Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Ano 46 - Nº 91

R$ 3,00

Mudança na lei trabalhista reduz número de processos Juiz do Trabalho, Luís Veçozzi avalia impactos da reforma Trabalhista na redução de processos judiciais. | 3

Perondi diz que vai ficar isento nas eleições municipais

IBGE NA COMUNIDADE

Chefe da agência de Ijuí, Elis Regina Allegranzi repassou informações sobre o Censo Demográfico 2020 a representantes de 50 entidades, em encontro realizado ontem | 5 Deputado disse que pretende seguir atuando nas questões macro de interesse de Ijuí e região | 9

Augusto Aras é escolhido para PGR Presidente Jair Bolsonaro fez anúncio na tarde de ontem, em Brasília. | 8

Presidente sanciona lei de abuso de autoridade Ao todo, Jair Bolsonaro vetou 19 dispositivos de crimes de abuso 8


2

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2019

RADAR FORMAÇÃO - O Hospital Bom Pastor de Ijuí promove hoje uma formação em Saúde Mental, integrando a programação Setembro Amarelo, mês mundial de prevenção ao suicídio. A capacitação, intitulada 'Abordagens em situações de violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes', será ministrada pelo psicólogo Jean Von Hohendorff. O evento acontece a partir das 19h30, no Auditório do Sesc Ijuí. Podem participar profissionais da área da saúde, educadores e acadêmicos, tendo como ingresso 1kg de alimento não perecível. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura Municipal de Ijuí, da unidade local do Sesc e da Secretaria Estadual da Saúde. COMUNIDADES - O ministro da Cidadania, Osmar Terra, afirmou que o governo federal planeja ampliar, no ano que vem, o número de vagas em comunidades terapêuticas. De acordo com cálculos apresentados à Comissão de Seguridade Social e Família, da Câmara dos Deputados, a expansão de 11 mil para 20 mil vagas exige um investimento de R$ 92 milhões. O 3º Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas pela População Brasileira, elaborado por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), indicou que 7,7% dos brasileiros de 12 a 65 anos já consumiram maconha ao menos uma vez na vida e 3,1% experimentaram cocaína. PRODUÇÃO ORGÂNICA - Pesquisa encomendada pelo Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis) mostra que 19% dos brasileiros consomem algum produto orgânico; 35% consumiram produtos orgânicos nos últimos seis meses; e 67% estão dispostos a aumentar compra de produtos. Na Região Sul está o maior percentual de consumo, 48%, seguido pelo Sudeste, com 42%. Os hortifrutis se mantêm na liderança de consumo no setor orgânico, sendo 35% frutas, 24% de verduras, 21% alface, 16% legumes, 15% tomate e 8% de hortaliças. A pesquisa aponta ainda que 35% dos consumidores brasileiros sabem que existem outros tipos de produtos orgânicos além dos alimentícios, como produtos de limpeza, cosméticos e vestuário. QUEIMADAS -A Amazônia teve mais chuvas, mais queimadas e mais alertas de desmatamento entre janeiro e agosto em 2019 do que o registrado no bioma nos mesmos períodos desde 2016. Os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O período de análise não pôde ser anterior a 2016 porque o sistema de monitoramento de desmate mudou e não permite comparações mais antigas. Os números vão contra declarações dadas pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Os dados mostram ainda que mesmo no trimestre da estiagem (junho, julho e agosto), a média de chuva registrada nas áreas de floresta amazônica foi acima da média histórica.

OLHO DA RUA No Campus da Unijuí, cedinho, uma capivara estava atravessando a rua pela faixa de segurança. Em Ijuí, até a capivara respeita as leis de trânsito.

INDICADORES Poupança 5.9.2019 ................... 0,45 % Ouro 5.9.2019.............. R$ 199,28 (gr) Dólar Comercial.................... R$ 4,0933 Dólar turismo ....................... R$ 4,2500 Euro ..................................... R$ 4,5200 IPC/FIPE Julho /2019 ................. 0,15% INPC Julho/2018 .......................+0,1% IGPM Julho /2019 .........................0,4% IPCA Julho /2019 ....................... 0,19% TR agosto/2019.........................+0,0% SELIC julho/2019 ......................+6,5%

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 4.195 2º - 2.784 3º - 4.047 4º - 1.288 5º - 9.594 ENTRE ASPAS "Defendo que radares, pardais e lombadas eletrônicas são essenciais para preservar a vida nas estradas. A prova disso é que o número de acidentes nas rodovias estaduais cai gradativamente. Os equipamentos certamente contribuíram para a redução desses índices." Secretário de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul, Juvir Costella

QUINA

CONCURSO nº

5065

15 20 66 69 76 MEGA SENA

CONCURSO nº

2185

Resultados de quarta

"A Comissão de Meio Ambiente da Câmara recebeu um abaixo-assinado com mais de 1 milhão de brasileiros pedindo providências do Congresso para garantir a preservação da Amazônia." Deputado federal, Airton Faleiro (PT-PA) "Nós (deputados) precisamos dar o exemplo para, assim, termos moral para entrar em questões espinhosas que vêm pela frente, como o redimensionamento do plano de carreira (dos servidores públicos), no qual vamos mexer na vida e desacomodar muita gente. Imagina se não tivermos moral para isso? Presidente da Assembleia Legislativa, Luis Augusto Lara (PTB)

GETÚLIO

09 18 19 22 42 47 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

22° Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

MIN.

11°

SÁBADO

MÁX.

26° Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

MIN.

16°

DOMINGO

MÁX.

25° Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

MIN.

18°

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

JUSTIÇA

Reforma reduz número de processos trabalhistas O cenário trabalhista no Brasil é repleto de ações movidas por conflitos econômicos, jurídicos ou individuais, normalmente motivados pela insatisfação do funcionário perante algum fator dentro da organização. Falta de registro na carteira de trabalho, erros no cálculo de dias não trabalhados, benefícios pagos equivocadamente, são diversos os problemas que podem surgir e gerar ações trabalhistas. Há dois anos, quando a reforma Trabalhista foi aprovada no governo de Michel Temer, havia uma constante discussão sobre o Brasil ser o País com o maior número de processos trabalhistas. Segundo estatísticas do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a Justiça de Trabalho recebeu 3,9 milhões de novos processos só no ano de 2016. E essa quantidade de processos parados e ações pendentes, levaram o governo a estruturar não só a Reforma

Trabalhista, como muitas outras medidas. Em novembro de 2017, a reforma Trabalhista entrou em vigor e levou à progressiva diminuição do elevado número de processos apresentados à Justiça de Trabalho. O volume de ações que foram ajuizadas em 2018 caiu 34% em relação a 2017, segundo levantamento realizado pelo TST. "Temos conhecimento de que no País todo a redução foi na ordem de 30% a 40% nas demandas novas. Na Vara de Ijuí, tivemos em 2017, 1.079 processos novos ajuizados, e no ano passado, esse número chegou a 708 novas ações trabalhistas", comenta o juiz do Trabalho na Comarca de Ijuí, Luís Ernesto dos Santos Veçozzi. Para ele, são vários os fatores que podem explicar essa redução no número de ações, principalmente o repasse da obrigação de arcar com os custos desses processos que antes recaíam

Secretarias cedem para reduzir déficit na LDO A Secretaria Municipal de Planejamento está trabalhando junto às demais pastas do Executivo na elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2020. Em um primeiro momento, cada secretaria apresentou os investimentos que gostaria de realizar no próximo ano, assim como as demandas da comunidade. "Compilamos todas as ideias, mas chegamos a um déficit muito grande. Então, fizemos novamente uma conversa com todas as secretarias, para adequarmos nossa necessidade, a expectativa da comunidade, à receita que temos projetada para 2020. Conseguimos chegar a um termo comum, cada um cedeu um pouquinho, e estamos chegando a uma Lei de Diretrizes Orçamentárias com déficit bem pequeno", conta a titular do Planejamento, Márcia Boniatti, Questionada sobre o déficit inicial, a gestora afirmou apenas que ficou muito acima da realidade - em torno de R$ 20 milhões. "Fizemos um seminário, conversamos e vimos que precisamos trabalhar com o pé no chão. Devemos fazer o que é preciso, atender a comunidade, mas levando em conta a receita do Município. Agora, estamos com déficit em R$ 7 milhões", acrescenta. "Quem mais teve que ceder foi o [secretário de Cultura] Sérgio Correa que tinha muitos

planos, mas ele viu que para, de fato, realizar tudo que queria não vai ter dinheiro." Educação e Saúde são as pastas com maior orçamento - a definição dos valores deverá acontecer em reunião no próximo dia 25. Além disso, o orçamento do Demasi está sob análise. Ainda de acordo com a secretária, a receita do Município deverá ter crescimento em 6% - IPCA mais o PIB. "A maior solicitação de investimentos, inclusive no interior, é em estradas, melhorias e pavimentações, e esse será nosso maior investimento, com recapeamento asfáltico, drenagens. Isso tudo estamos negociando nas reuniões e irão acontecer em 2020."

Márcia Boniatti

somente nas empresas. Ou seja, trabalhadores que entrassem com uma ação não tinham nenhum custo e se ganhassem algo, era apenas lucro. "Hoje, ele pode, se tiver um determinado pedido ou a demanda inteira rejeitada pelo Judiciário, ter que vir arcar com os honorários do advogado da empresa. Isso traz um ônus que não existia antes", pontua Veçozzi. "Nós podemos ainda considerar que isso reflete nas causas que têm alguma dificuldade de ter o direito do trabalhador provado, porque não houve mudança sensível na questão do ônus da prova, mas aquelas situações do dia a dia de uma relação de trabalho, se o empregado não tiver como demonstrar e for dele o encargo probatório, acredito que haja escritórios especializados que não assumam essa causa porque ela tem poucas chances de êxito, porque não é uma demanda viável." Veçozzi cita casos de repara-

ção por dano extrapatrimonial, dano moral, como exemplos desta situação. "Em que, por alguma razão, o empregador excedendo seu poder disciplinar eleva o tom do diálogo com o empregado, usando expressões de baixo calão ou de expressão que o desrespeite ou humilhe, porém, se isso ocorra somente entre patrão e trabalhador, é o trabalhador que deve demonstrar que essa situação ocorreu." A redução no número de novos processos se deu também em função de petições mais enxutas. "Eu cheguei a julgar um processo com 40 pedidos, e cada um é um julgamento, em uma única ação, e, hoje, em função da sucumbência, das dificuldades do ônus de prova, dos riscos, enfim, temos petições iniciais com bem menos pedidos, e isto promove uma celeridade maior no julgamento desta causa." Para Veçozzi, a exemplo de todas as áreas, não existe algo que seja absoluto, totalmente bom ou totalmente ruim. "A reforma Trabalhista trouxe pontos importantes de avanço e trouxe também retrocessos. Não posso dizer que um prepondere sobre outro." Ainda em entrevista ao Grupo JM, o juiz acredita ser prematuro avaliar alterações trabalhistas previstas pela MP da Liberdade Econômica, uma vez que ela ainda não está em vigor.

3

Luís Ernesto dos Santos Veçozzi

Hoje, ele pode, se tiver um determinado pedido ou a demanda inteira rejeitada pelo Judiciário, ter que vir arcar com os honorários do advogado da empresa. Isso traz um ônus que não existia antes."

Parcela do IPTU vence na próxima semana A penúltima parcela do IPTU vence na próxima quinta-feira, em Ijuí. A última vence em 15 de novembro. Coordenador do setor de Cadastros e Tributos do município, Airton de Moura orienta ao contribuinte que perdeu a guia de pagamento a procurar a prefeitura e emitir a segunda via. Aqueles que estão de posse do carnê, devem se dirigir a agências bancárias ou lotéricas e realizar o pagamento. "Tivemos um grande número, a exemplo de anos anteriores, de pessoas que optaram pelo pagamento em cota única, cerca de 60%, e o restante está pagando parcelado. A arrecadação está dentro do previsto pela Secretaria da Fazenda, planejado no início do ano", comenta Moura. Além disso, a Coordenadoria realiza trabalho

junto aos contribuintes voltado à renegociação da dívida ativa. "Muitos vêm e parcelam. Mesmo assim, há quem, por alguma questão ou outra, dificuldade financeira, não consegue fazer o parcelamento. No caso desses contribuintes, por força de lei, temos que encaminhar à execução judicial ou a protesto, gerando com isso mais custas com honorários advocatícios a este contribuinte. Então, ao pagar a parcela ele evita essa execução judicial, e os gastos, que hoje ficam em torno de 20% do valor do débito", orienta Moura. Ele lembra ainda que, além das custas do processo, no caso do contribuinte em dívida ativa, há os acréscimos legais. "O juro é de 1% ao mês. Mas, se efetuar o parcelamento, o juro cai para 0,5% ao mês, então é vantajoso ficar em dia com o Município."

BC estuda redução de juro especial O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse ontem que enxerga a promoção de Educação Financeira como mecanismo fundamental, já que o cheque especial - modalidade de crédito que está entre as mais caras do mercado - é acessada fundamentalmente pelos que ganham menos e têm menor escolaridade. "Em breve vamos sair com um plano para diminuir os juros nos produtos emergenciais, tanto no rotativo (do cartão de crédito) quanto no cheque especial", disse. Dentre as ideias que estão sendo consideradas, uma é reunir birôs de crédito e fazer com que disponibilizem conteúdos de educação financeira, de maneira que os usuários possam melhorar sua

nota de crédito quando fizerem os cursos. Outra iniciativa aventada é fazer uma espécie de programa de milhagem, para que a participação em cursos de educação financeira tenha como contrapartida o acúmulo de pontos que possam ser trocados em descontos em produtos bancários. Sobre as pautas do BC, Campos Neto ressaltou que já há um projeto pronto para hedge cambial, medida que deve ajudar a impulsionar o financiamento à infraestrutura no País. Ele também afirmou que o BC segue perseguindo a diminuição do custo do crédito em várias frentes. Campos Neto disse também

que a inflação está sob controle e bem ancorada e afirmou ainda que o BC cortou a Selic em julho já vendo espaço para queda adicional. "(A) inflação está sob controle, temos inflação bem ancorada no curto, médio e longo prazos", disse. Quanto ao dólar, Campos Neto afirmou que as intervenções cambiais funcionam como mecanismo de estabilidade no mercado de câmbio. Ele voltou a avaliar que o Brasil tem posição bastante sólida na parte externa, enfatizando a importância da posição cambial líquida detida pelo País, que considera ser a medida adequada de proteção efetiva.


4

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

SAÚDE

Saída do PA 24h permitiu readequação de serviços A tranferência do Pronto Atendimento 24h, localizado na Rua 19 de Outubro, para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Avenida Getúlio Vargas, permitiu que a Secretaria Municipal de Saúde ampliasse o espaço de alguns serviços no prédio do conhecido Susão. Segundo o titular da Saúde, Josias Pinheiro, no terceiro piso do prédio, onde está a área administrativa, não houve alterações. Da mesma forma, não houve qualquer modificação no segundo piso, onde está a Central de Regulação de Exames, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Municipal, o setor da Saúde da Mulher e os serviços de nutrição. Já no terceiro piso, onde estava o PA, ocorreram

adequações. “Nós tínhamos dificuldades com relação ao espaço físico. Agora, estamos redistribuindo os serviços que já existiam, como o posto de saúde, que atende não só a comunidade do Centro, mas dos bairros São José e Storch." Há mais espaço para os consultórios, para o setor de raio-x e ultrassom, e para a Policlínica, que conta com serviços de média complexidade. “Já temos os consultórios do cardiologista, da dermatologista e agora estamos reservando espaço para o traumatologia, que será uma novidade na Secretaria e aliviará a fila de espera na área”, destacou o secretário. A Sala de Vacinas também irá para o Susão. Ao Grupo JM, Josias destacou que as dificuldades financeiras

Unidade que atende o Centro, São José e Storch ampliou seu espaço

na área da saúde continuam na cidade. Na última semana, segundo ele, Ijuí recebeu do Estado o repasse referente ao mês de junho. Mas não houve mais notícias sobre o pagamento do passivo de anos anteriores. O governo gaúcho havia assumido o compromisso de quitar a dívida em 36 vezes com os municípios, na área da Saúde. “Quanto aos repasses de 2019, o governo vem mantendo um atraso de 90 dias. Mas, pelo menos o dinheiro está vindo. Agora, quanto ao parcelamento anunciado, tanto para hospitais quanto para secretarias de saúde, recebemos apenas a primeira parcela no mês de junho. A dívida que o Estado tem com Ijuí já chega a R$ 8 milhões”, explicou o secretário, lembrando que recursos vêm sendo remanejados para que a pasta consiga encerrar o ano dentro do previsto. “Foi feita uma previsão orçamentária de valores vindos do Estado, que ainda não está se confirmando. Por isso ficamos fazendo ajustes em horas-extras, serviços, para que possamos priorizar medicamentos, exames, atendimentos e pagamento de profissionais.” Segundo Josias, estava previsto um orçamento de R$ 80 milhões para este ano, que deve chegar a R$ 82 milhões, com recursos vindos de emendas parlamentares. Para 2020, o orçamento deverá fechar em R$ 85 milhões.

Saúde é o principal problema do País A saúde foi citada como o principal problema do país, segundo a mais recente pesquisa Datafolha. Para 18% dos entrevistados, a área é a mais problemática, quando levado em conta o campo de atuação do governo federal. Em seguida aparecem educação e desemprego, com 15% cada. Segurança pública, sob responsabilidade do

ministro Sergio Moro, foi mencionada por 11%. No levantamento de julho, as questões relacionadas à violência foram apontadas como o maior problema brasileiro, com 19% das menções. O Datafolha ouviu 2.878 pessoas em 175 municípios de todas as regiões do país nos dias 29 e 30. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro, dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

UTI conta com odontólogo para reduzir risco de infecção

Há mais de um ano e meio, odontólogos integram equipe da UTI no HCI

Há mais de um ano e meio, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) conta com odontólogos integrando a equipe multidisciplinar. Conforme explica o coordenador do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Regional, Erlon Beck, a Resolução nº 7 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de 2010, colocou requisitos para o funcionamento das UTIs no Brasil – e, entre eles, que a assistência odontológica deve ser realizada à beira do leito do paciente. “O odontólogo atua de forma integrada à equipe, a fim de reduzir o tempo de permanência do paciente, melhorar a qualidade da saúde bucal, minimizando o risco de infecções e diminuindo o uso de medicamentos”, explicou Erlon, lembrando que na UTI do HCI atuam profissionais do CEO, que têm habilitação em odontologia hospitalar. “É importante manter o controle em pacientes intubados, com traqueostomia e até pacientes cardiológicos. Quando se sofre uma cirurgia cardíaca, os cardiologistas solicitam a avaliação do dentista para evitar que o paciente tenha um foco dentário, que possa

vir a contaminar essa cirurgia”, explicou o especialista. Um dos principais objetivos, segundo Erlon, é buscar evitar a pneumonia por aspiração de bactérias, em razão de a cavidade oral não estar sendo controlada. Com um bom controle, é possível reduzir até 40% dos casos. “A pneumonia, para se ter uma ideia, é responsável por 50% dos óbitos de pacientes intubados”, lembra Erlon. De acordo com ele, a equipe de odontólogos realiza pelo menos duas intervenções na UTI por semana. No entanto, técnicos de enfermagem realizam a limpeza da cavidade oral dos pacientes três vezes por dia. Eles são orientados pelos odontólogos, através de capacitações. Para além deste trabalho, profissionais do CEO Regional realizam o atendimento de pacientes especiais em bloco cirúrgico, com sedação e em sessão única. “Somos o único Centro do Estado que realiza esse atendimento pelo Sistema Único de Saúde. Esse trabalho ocorre geralmente às sextas-feiras, quando agendamos até três pacientes especiais”, lembrou.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

5

CENSO

IBGE começa a preparação da comunidade A Agência do IBGE de Ijuí reuniu a comunidade na Estação Cultura, na manhã de ontem, para debater a realização do Censo Demográfico 2020. Ao todo, representantes de 50 entidades foram convidados a participar do encontro, que teve por objetivo principal orientar sobre a contribuição de cada um no processo de levantamento dos dados, ao repassar as informações à comunidade. "Esta é uma atividade instituída desde o Censo 2007, e é uma forma de conversar com a sociedade sobre sua realização, o período, as dificuldades, enfim, dar transparência ao processo. Então, estamos convidando a comunidade a partir de agora, a participar e debater esse tema tão importante para nós", explica a chefe da unidade local, Elis Regina Allegranzi. Neste momento, a equipe da agência trabalha intensivamente na base cartográfica, finalizando alguns municípios e atualizando alterações em legislações, ocor-

ridas nos últimos dois anos. Essa etapa deverá ser finalizada em 30 de setembro. "Depois disso, deveremos ter os processos seletivos e virá toda a preparação do Censo propriamente dito", antecipa Elis, acrescentando a importância da colaboração da comunidade com o recenseador, ao passar dados fidedígnos. "Porque o processo Censo, o IBGE irá fazer com tranquilidade, porque é a maior missão institucional da fundação, mas a qualidade do resultado, dos dados, provém da informação que o morador irá nos repassar. Então, é extremamente importante duas coisas. Primeiro, que o morador consiga identificar que realmente é um recenseador do IBGE, que tenha consciência de que todos os dados são de caráter sigiloso, e não são repassados de forma individualizada a nenhuma outra entidade, e que a qualidade do trabalho vem desta informação." Os dados obtidos pelo Censo 2020 serão utilizados por toda a sociedade até 2030. "Nós preci-

Estamos convidando a comunidade a partir de agora, a participar e debater esse tema tão importante para nós."

samos falar sobre Censo e precisamos que as pessoas tenham o conhecimento do que realmente é, como acontece e para que ele serve. Então, o objetivo é justamente informar a sociedade para que ela possa contribuir com o IBGE na divulgação e nos esclarecimentos para todos os moradores." Durante o Censo Demográfico, serão visitados todos os domicílios, dos 5.070 municípios brasileiros. "Por si só, pelo volume e pela logística, já é um desafio", pondera a chefe da agência de Ijuí, acentuando que o trabalho deverá ter sucesso, a

Chefe da Agência do IBGE de Ijuí, Elis Regina Allegranzi, fala sobre processo

exemplo de 2010. Os Censos Demográfico, Agropecuário e Geográfico constam no Orçamento de 2020 enviado ao Congresso Nacional. Isso significa que o concurso IBGE, que ocorre este ano, terá a receita esperada para a convoca-

ção dos aprovados e manutenção das pesquisas no ano seguinte. Atualmente, o IBGE realiza concursos para os Censos Demográfico e Experimental. Com receita para o Censo Agropecuário, é possível que um novo concurso ocorra ainda neste ano.


6

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2019

Opinião do JM

PROCESSOS EM XEQUE

As novas regras traA reforma trababalhistas representaram lhista tem impactos uma diminuição de mais interessantes, como a de mil de processos na redução de litígio na Justiça em Ijuí. Ocorreu Justiça do Trabalho. queda no número de Mas não é um fator ações, houve ganho que cria empregos. de produtividade. A Temos de voltar a redução no número crescer com novos de novos processos investimentos. deu à Justiça do Trabalho oportunidade para reduzir o estoque de processos pendentes de julgamento. Muitos atribuem boa parte do recuo à nova exigência para que o trabalhador, em caso de derrota, pague honorários de sucumbência para

o advogado da outra parte ou honorários periciais. Antes da reforma trabalhista, o empregado, mesmo ao perder o processo, não era responsável por esse tipo de pagamento. É importante salientar que a reforma trabalhista surgiu como uma política para aumentar a abertura de empregos. O governo usou o argumento de que poderia elevar a criação de vagas para facilitar a aprovação da medida em 2017. Em qualquer âmbito, seja na política ou na economia, todas as mudanças enfrentam, de maneira geral, resistências, por mais que sejam necessárias e até mesmo oriundas da vontade. Entretanto, são essas mesmas mudanças que permitem e proporcionam o progresso. A reforma trabalhista tem impactos interessantes, como a redução de litígio na Justiça do Trabalho. Mas não é um fator que cria empregos. Temos de voltar a crescer com novos investimentos. Quando isso acontecer, vamos ter mais empregos. Neste período, o total de desempregados no País atinge 13 milhões de pessoas, o que coloca em xeque o argumento de que era necessário modernizar a Consolidação das Leis do Trabalho para manter e gerar empregos no país.

ARTIGO

Amazônia brasileira? Walter Lídio Nunes, Vice-presidente da Associação Gaúcha das Empresas Florestais (Ageflor)

O debate desordenado sobre a Amazônia decorrente das falas do presidente Bolsonaro ativaram discussões sobre questões ambientais, econômicas, sociais e políticas, gerando "bate-bocas" globalizados plenos de acusações e conclusões duvidosas, orientadas por interesses das várias partes envolvidas. É inegável que este ecossistema é importante para o controle do clima da biosfera, assim como também é verdade que há enormes interesses internacionais envolvidos além da questão climática. ONGs estrangeiras promoveram demarcações de terras indígenas para restringir o uso sustentável de recursos naturais. O Brasil, após o período militar, perdeu o controle sobre a região. Entidades públicas passaram a atender aos objetivos de ONGs internacionais por meio de restrições ao uso sustentável da região. Ao não planejar a ocupação e o uso sustentado da Amazônia em benefício do povo brasileiro, ficamos subordinados às iniciativas demarcativas destas organizações. Neste quadro de descontrole, conjugaram-se devastações, desmatamentos e explorações ilegais amparadas pela conivência política e pelas necessidades eleitoreiras, além de casos onde

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

há cumplicidade de lideranças indígenas. Tal conjuntura torna evidente a ausência e a incapacidade coercitiva e punitiva do Estado brasileiro. A internacionalização do assunto com as divulgações "oportunas" do aumento dos desmatamentos e incêndios na região acabaram por tornar Bolsonaro "o vilão". Corporações públicas difamaram a situação brasileira para enfraquecer a liderança do presidente. A França, habilmente, usou as falas bolsonaristas para descredenciar a agricultura brasileira no acordo comercial. Enfim, uma disparatada discussão eivada de emoção e de acusações generalizadas descaracterizou o foco da questão e da sua solução: o Brasil deve planejar, controlar, integrar e gerenciar de maneira efetiva o uso sustentável da Amazônia e consolidar que ela não pertence exclusivamente a grupos étnicos ou ONGs, mas a todos brasileiros. Esta posição servirá para fortalecer o nosso compromisso com os pactos pelo clima e, também, para criar mecanismos como uma taxa mundial – tipo green bounds –, dando um valor econômico pela nossa contribuição para sustentabilidade do planeta, em vez das medíocres "esmolas" ofertadas por outros países para controlar o desmatamento da região.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

ARTIGO

Ministério Público: os direitos fundamentais Martha Beltrame Presidente da Associação do Ministério Público do RS

Vivemos um momento de transformação quando pensamos em direitos fundamentais. A mudança não está na existência dos mesmos, que, por lei, não são novidade. A virada está na compreensão da importância de defendê-los e no protagonismo de quem tem a missão de resguardá-los. Neste cenário, está o Ministério Público. A instituição, que conquistou o respeito e o apoio da sociedade brasileira, aparece na Constituição Federal de 1988 como uma instituição permanente e essencial à função jurisdicional do Estado. A defesa do regime democrático, da ordem jurídica e dos interesses sociais e individuais é premissa básica. Ficou claro que não basta defender as individualidades se o coletivo estiver enfraquecido. O País precisa de políticas públicas e serviços sociais efetivos. Por isso, o Ministério Público estruturou-se em todo o Brasil. No Rio Grande do Sul, por exemplo, foram criadas milhares de vagas na Educação Infantil a partir do trabalho de promotores e procuradores que perceberam a urgência e a relevância do tema, dentre outras iniciativas. A corrupção e o crime organizado seguem sendo combatidos com ética e rigor. A supressão e o mau uso do dinheiro público ferem o cidadão. Verbas desviadas para o bolso de alguns fazem muita falta para o cotidiano de muitos. "Intocáveis" foram responsabilizados, civil e criminalmente, e tiveram que devolver bilhões de reais à Nação. Ao mostrar o que antes não era mostrado, a atuação do Ministério Público, sempre embasada na legalidade, incomodou àqueles que tinham muito a esconder. O órgão passou a sofrer ataques na tentativa de enfraquecer sua atuação. O Ministério Público nunca teve a pretensão de se julgar melhor do que os outros ou imune a erros. Mas jamais vai se intimidar. Para analisar acertos e equívocos e aprimorar sua atuação, o Congresso Nacional do Ministério Público reúne promotores e procuradores até esta sexta-feira em Goiás. Os direitos fundamentais e a efetividade da instituição serão os principais temas de debate. Integrantes de todo Brasil estarão presentes para pensar no papel e no futuro do MP. O cidadão pode ter certeza de que seus direitos estarão bem representados.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 Semestral: R$ 240,00 Anual: R$ 480,00 Correio: R$ 460,00 (semestral); R$ 900,00 (anual)


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

EDUCAÇÃO

Experiências estimulam autonomia em crianças

Alunos do Maternal 1A, da Escola Municipal Infantil Branca de Neve, puderam explorar a argila durante aula

Um pedaço de argila pode significar um mundo de descobertas para uma criança. E é fazendo uso de materiais simples, de elementos presentes na natureza e de espaços ambientados, que a Escola Municipal de Educação Infantil Branca de Neve trabalha com os cerca de 185 alunos, com idades entre zero e 4 anos. “Cada professor busca desenvolver vivências com suas turmas, de acordo com o interesse dos alunos”, explicou a coordenadora pedagógica, Lineia Kronberg Denes.

Conforme explica a educadora, ao proporcionar estas experiências, os professores desenvolvem a autonomia dos pequenos estudantes. Curiosos, eles exploram, investigam, buscam respostas para o que está sendo proposto e realizam experiências. “A criança acaba sendo protagonista de todo o processo. O professor permanece ali, mediando as descobertas, oferecendo novas possibilidades”, destacou. Outra característica da escola é dar prioridade ao trabalho com o meio ambiente, sempre estimulando

que os alunos tenham vivências fora da sala de aula e da escola. “Num mundo tão tecnológico, acreditamos que seja essencial que os alunos tenham contato com a natureza, com as plantas, com a chuva, com a terra. Muitas acabam permanecendo em casa, em apartamentos, sem ter esse contato”, observa a coordenadora pedagógica. As experiências propostas ajudam os alunos a terem um olhar mais atento ao ambiente que os cerca e a ter um cuidado especial com os elementos da natureza.

7

MEC vai dobrar oferta de escolas cívico-militares

O Ministério da Educação (MEC) anunciou ontem o Programa das Escolas CívicoMilitares. A pasta diz que vai dobrar o número da oferta para 216 instituições. O lançamento ocorreu no Palácio do Planalto, em Brasília. A intenção do governo federal é ofertar as mais de 200 escolas cívicomilitares no país até 2023. A adesão de Estados e municípios é voluntária. Com o programa, a União colocará à disposição de governos estaduais e municipais estrutura e militares da reserva, que atuarão em funções administrativas nas escolas. Serão gastos R$ 54 milhões só no próximo ano. Cada escola receberá R$ 1 milhão para adequações de infraestrutura. Depois de assinar o decreto que cria o programa, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o modelo deve ser imposto às escolas, embora o MEC indique que o projeto será implementado por adesão de governos e também da comunidade escolar. "Não tem que aceitar, não, tem que impor. (Se o aluno) na prova do PISA (avaliação internacional), ele não sabe

uma regra de três, não responde pergunta básica, não tem que perguntar para o pai irresponsável nessa questão se ele quer ou não uma escola com uma militarização. Tem que impor, tem que mudar. Não queremos que essa garotada cresça para ser pelo resto da vida dependente de um programa social do governo", disse Bolsonaro. A ideia do programa vem do Rio Grande do Sul, onde tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei articulado pelo deputado estadual TenenteCoronel Zucco (PSL-RS). O parlamentar mantém, desde o início do ano, reuniões no MEC para implementar sua ideia a nível nacional. No final de julho deste ano, Bolsonaro assinou decreto autorizando policiais e bombeiros a atuarem em escolas cívico-militares. As redes de ensino terão de 6 a 27 de setembro para indicar duas escolas que poderão receber o projeto em formato piloto no próximo ano. São elegíveis ao modelo escolas do segundo ciclo do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e de Ensino Médio com ao menos 500 alunos e no máximo 1 mil.

Escola Ijuí promove exposição de antiguidades

Núcleo Social promove palestras motivacionais Os adolescentes do Lar da Criança Henrique Liebich participaram da oficina sobre Ética e Cidadania, nesta semana. A palestra, ministrada pelo 2º sargento Fritz e pelo soldado Lucas do 12º Batalhão de Bombeiros de Ijuí, abordou assuntos relacionados a como ingressar na profissão, áreas de atuação e oportunizou um momento para esclarecimento de dúvidas. O coordenador do Núcleo Social de Ijuí, Diego Rodrigo da Silva, em entrevista ao Grupo JM, falou sobre a importância dessa palestra, que tem teor motivacional para os jovens do Lar, pois, ao ouvir histórias relacionadas a questões profissionais, eles começam a pensar em qual carreira gostariam de seguir, e sentem-se estimulados a buscar um futuro melhor, com base na honestidade, determinação e trabalho duro. “Foi um momento de interação e aprendizado, despertando o interesse não só por essa área, mas também por um assunto muito importante e até então de pouco conhecimento por parte de nossos participantes: o concurso

público”, falou. As palestras ministradas por profissionais de diversas áreas ocorrem desde o ano passado, com o objetivo de preparar os adolescentes do Lar para o mercado de trabalho, permitindo que eles adquiram segurança para participar de entrevistas de emprego, e principalmente para que percebam que a atual realidade em que vivem não define a vida que terão futuramente, podendo dar a eles a possibilidade de almejar

uma vida melhor. Os participantes da oficina têm entre 13 a 15 anos e, com o auxílio dos colaboradores do Núcleo, já possuem carteira de trabalho e currículos sendo encaminhados para participar do programa Jovem Aprendiz. Silva ressalta que no Núcleo é trabalhado a questão da postura, como se vestir e falar em eneterevistas de emprego, bem como a importância de se ter interesse por uma profissão. Após debate em sala de aula, exposição foi organizada pelos alunos

As palestras são realizadas com profissionais de diversas áreas desde o ano passado

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Ijuí, o Ijuizinho, organizou uma exposição de antiguidades por meio dos alunos do 5º Ano, da turma 51. A partir do artigo “Não chore suas mágoas na rede”, de Marcus Pessoa; e dos textos “Comunicações e informações no mundo atual” e “Os avanços nas comunicações”, ambos retirados de livros didáticos, os estudantes realizaram um resgate através da pesquisa e da reflexão sobre o avanço tecnológico que os objetos sofreram ao longo do tempo. A exposição foi realizada após debate em sala de aula. A mostra foi organizada pelos alunos e contou com objetos variados, uma vez que foi despertada nos alunos a curiosidade e o interesse por utensílios domésticos antigos, dinheiro, dentre outros. A exposição foi visitada por todas as turmas dos Anos Iniciais. O trabalho foi coordenado pela professora Eliane Teixeira e pela coordenadora pedagógica Graciela Bottega.


8

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

MEDIDA Moro supera em 25 pontos aprovação de Bolsonaro e é o ministro mais bem avaliado Sergio Moro continua como o ministro mais bem avaliado do governo Jair Bolsonaro (PSL), com um patamar de apoio da população que supera o do próprio presidente. A conclusão é da mais recente pesquisa nacional do Datafolha, feita na quinta e sexta-feira da semana passada. Segundo o levantamento, Moro é conhecido por 94% dos entrevistados, a taxa mais alta na Esplanada. Dentre os que afirmam conhecê-lo, 54% avaliam sua gestão à frente do Ministério da Justiça e Segurança Pública como ótima ou boa. Outros 24% a consideram regular, e 20%, ruim ou péssima -2% não responderam. Em comparação, são 29% os entrevistados pelo Datafolha que aprovam o governo Bolsonaro, 30% os que o consideram regular e 38% os que avaliam como ruim ou péssimo (2% não responderam). O titular da Justiça mantém esse nível de aprovação em meio às constantes "frituras" por parte do presidente, a derrotas no Congresso e à divulgação de mensagens que expuseram a sua proximidade com procuradores da Lava Jato e colocaram em dúvida a sua imparcialidade como juiz federal. Presidente Jair Bolsonaro atendeu pedido do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e vetou itens da Lei de Abuso de Autoridade

Governo sanciona lei do abuso de autoridade O presidente Jair Bolsonaro assinou a lei sobre abuso de autoridade com 19 vetos. Alguns itens foram pedidos pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. Bolsonaro vetou um dispositivo que previa, como pena substitutiva à prisão, a proibição de o agente público exercer funções de natureza policial ou militar no município em que o crime tiver sido praticado e onde residir o envolvido. A justificativa é que isso fere o princípio constitucional da isonomia, podendo, inclusive "prejudicar as forças de segurança de determinada localidade". Também foi barrado trecho de um artigo que estabelecia como crime decretar prisão "em manifesta desconformidade com

as hipóteses legais". O dispositivo também estabelecia como infração a situação em que a autoridade, dentro de prazo razoável, não concedesse habeas corpus, não relaxasse prisão manifestamente ilegal ou não substituísse a detenção preventiva por medida cautelar diversa, quando a lei assim o exigir. Segundo o presidente, se o dispositivo não fosse vetado, haveria "insegurança jurídica por se tratar de tipo penal aberto e que comportam interpretação, o que poderia comprometer a independência do magistrado ao proferir a decisão pelo receio de criminalização da sua conduta". Outro artigo integralmente vetado foi o de número 11, que tinha por objetivo criminalizar o

agente que executasse a prisão ou busca e apreensão de pessoa que não esteja em situação de flagrante delito ou sem ordem escrita de autoridade judicial. Nas razões do veto, Bolsonaro argumentou que esses itens também geravam insegurança jurídica, "tendo em vista que há situações que a flagrância pode se alongar no tempo e depende de análise do caso concreto". Outro inciso vetado definia como crime o constrangimento do preso pela autoridade, mediante violência ou grave ameaça, a produzir prova contra si mesmo ou contra terceiro. "A propositura legislativa gera insegurança jurídica, pois o princípio da não produção de prova contra si mesmo não é absoluto", disse o presidente.

Bolsonaro indica Augusto Aras para PGR O presidente Jair Bolsonaro bateu o martelo: o novo procurador-geral da República é o subprocurador Augusto Aras, que foi comunicado da escolha pelo Planalto na tarde de ontem. Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB), Aras não constava da lista tríplice eleita pelos membros do Ministério Público Federal (MPF). Ele substituirá Raquel Dodge e ficará no cargo pelos próximos dois anos, com a possibilidade de ser reconduzido por mais dois. Aras sempre foi o favorito para ocupar o cargo de PGR, mas sua indicação contrariava uma parte da ala bolsonarista, que o vê como um "nome de esquerda". Isso porque o subprocurador chegou a ser cogitado para o Supremo Tribunal Federal (STF) durante o governo de Dilma Rousseff (PT).

Augusto Aras

Nos últimos dias, porém, seu nome ganhou ainda mais força graças ao seu alinhamento às questões ambientais, tema que

gerou uma das maiores crises do governo Bolsonaro, após a disparada das queimadas na Amazônia. Veio de Aras, por exemplo, a ação do Ministério Público Federal (MPF) para resolver o caso do linhão de Manaus/BoaVista, travado há anos por impasses com os povos indígenas. Por não compor a lista tríplice da Associação Nacional de Procuradores da República (ANPR), Aras sempre correu por fora. Conforme adiantado pelo Correio, o novo PGR poderá favorecer o ex-deputado Alberto Fraga, amigo do subprocurador e intermediário dos encontros de Aras com o presidente. Aras é mestre em direito econômico e doutor em direito constitucional pela PUC/SP. Ele integra o MPF desde 1987.

Equipe da Lava Jato na PGR pede demissão

Câmara aprova novas regras eleitorais

O grupo de trabalho da Lava Jato na Procuradoria-Geral da República fez um pedido de demissão coletiva citando "grave incompatibilidade de entendimento" da equipe com uma manifestação do órgão enviada ao STF (Supremo Tribunal Federal). A ação foi em protesto contra a titular da PGR, Raquel Dodge.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou novas regras para o sistema eleitoral. A proposta segue para apreciação do Senado. Para assegurar a validade da nova legislação nas eleições estaduais em 2020, o texto precisa ser publicado até um ano antes do primeiro turno (início de outubro). O textobase foi aprovado na terça.

Votação da Previdência deve ocorrer quarta-feira O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, trabalha com a possibilidade de o plenário da Casa votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência na quarta-feira da próxima semana."Há alguma divergência em relação a prazos, mas se não houver objeção de líderes partidários ou partidos políticos, a gente vai tentar botar na quarta-feira da semana que vem, em primeiro turno", disse o senador a jornalistas.

2,6

bilhões de reais é o valor do fundo da Lava Jato que irá para Amazônia e para a educação. O combate ao desmate receberá R$ 1 bilhão. O dinheiro foi acertado entre Petrobras e Departamento de Justiça dos EUA .

Barroso autoriza semiaberto a Marcos Valério

Mudança na PF é dada como certa

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso autorizou que o pivô do caso do mensalão, o empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, deixe o regime fechado e vá para o semiaberto. Condenado a mais 37 anos de reclusão, ele está preso desde 2013. A decisão contraria parecer da procuradorageral, Raquel Dodge, que apontou supostos privilégios e suspeita de corrupção dentro do cárcere na Apac.

Após as recentes declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre a saída do diretorgeral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, é tratada internamente como quase irreversível. Valeixo, no entanto, está até o momento decidido a não pedir demissão e aguardar a definição sobre sua exoneração. Mesmo que a "poeira volte a baixar", frase que tem sido muito usada por dirigentes da polícia, a demissão deve ocorrer.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

POLÍTICA

Polarização no Brasil supera outros países A polarização política no Brasil atingiu um nível elevado de intolerância que supera a média internacional de 27 países observados em uma pesquisa do Instituto Ipsos. Tema perceptível no cotidiano do brasileiro nos últimos anos, o radicalismo que envolve as discussões político-partidárias tem sido aspecto de análise do professor de Direito da Unijuí, Sérgio Rodrigues. Para o especialista, na medida que a população brasileira fica neste embate, que causa um custo e gasta a energia, "esquecemos dessa essencial previsão constitucional do tipo de Estado que queremos". "Nós temos no país um texto que conduz as ações dos Estados e municípios, dos políticos, das pessoas em geral, que é a Constituição do país. A Constituição de 1988 funciona como um grande guia para nós todos. E essa Constituição, se lida por todos, aponta que o nosso Estado,

Sérgio Rodrigues

a nossa estrutura de poder, é para implantar um estado democrático e liberal-social, onde se tenha o exercício político e assegure às pessoas condições dignas de vida,

de acesso à moradia, alimentação, medicamentos. Isso tudo então é tarefa de todos". O professor diz ainda que tem a impressão de que falta uma visão de futuro para o país. "O fenômeno Bolsonaro não é um grande guia para um objetivo maior, mas sim temporário, um corte no momento histórico muito ruim em que estávamos desviando dessa previsão da Constituição. Os grupos do poder político, eles foram corrompidos por um setor da economia, com a visão de se apropriar dos recursos do Estado. Então tivemos uma reação de instituições do próprio Estado, que detectaram essas práticas e que agora então se observa que há uma recomposição dos mesmos grupos que antes corromperam a estrutura do Estado". No entanto, Rodrigues salienta que existe uma luta de quem praticou políticas espúrias, mas que pretendem retomar o poder..

9

Perondi vai acatar decisão do diretório sobre eleições O deputado federal Darcísio Perondi (MDB) afirmou, na manhã de ontem, que irá “acompanhar” a decisão do diretório municipal da sigla sobre as coligações para eleições municipais do ano que vem em Ijuí. O MDB se coligou com o PDT/ PTB / PPS / PP / PSDB/ PSD na eleição que elegeu Valdir Heck e Valdir Zardin para o mandato 2017/2020, e administra as secretarias de Administração e Habitação. “Foi o diretório que decidiu da vez passada, eu acompanhei, e o que eles decidirem eu vou acompanhar”. Perondi disse, ainda, que nos próximos dois anos e meio de mandato que possui na Câmara quer continuar trabalhando por questões macrorregionoais, como a reforma da Previdência, a Lei do Saneamento, a área econômica do Banco Central."Além desse foco de Ijuí e região, gosto desse tema macroeconômico do Brasil, para que tenhamos mais investimentos privados", ressalta. Sobre ações específicas para Ijuí, o deputado disse que tem atuado para a consolidação do projeto

de cidades inteligentes da Unijuí, para que o Hospital de Caridade siga sendo referência, além da duplicação da BR-285, melhorias em praças esportivas e a liberação de recursos para a construção da Avenida das Nações. Sobre a reforma da Previdência, que foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o deputado federal comemorou o avanço e garantiu que ela não irá tirar nenhum direito dos cidadãos brasileiros. "Ela mantém todos os direitos dos trabalhadores, não mexeu com a aposentadoria dos agricultores, mas mexeu fortemente com as aposentadorias dos privilegiados que ganham muito , como no Executivo, Legislativo, Judiciário, Defensoria Pública, todo esse pessoal que se aposenta normalmente com 50 anos, com R$ 30 a R$ 35 mil mensais", ressalta. Para o deputado Perondi, o avanço da reforma da Previdência é uma demonstração que o governo enfrentou um problema histórico do país e que agora já colabora para o pagamento de dívidas e atrair mais investimentos para o Brasil.


10

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

COMISSÃO

Pirataria e comércio informal são debatidos A Comissão de Combate à Informalidade se reuniu na manhã de ontem, sob coordenação do vice-presidente da FecomércioRS, Daniel Amadio. Na pauta do encontro, uma avaliação sobre o lançamento da Frente Parlamentar de Combate à Pirataria, sediado na Federação no último dia 12. O grupo, presidido pelo deputado estadual Issur Koch (PP), vai atuar junto à Assembleia Legislativa para promover a educação de crianças e adolescentes, no apoio às polícias em ações de repressão e na elaboração de leis contra à informalidade. Catiuce Lopes, do Núcleo Jurídico Tributário da FecomércioRS, apresentou dois projetos de lei que impactam diretamente nas pautas discutidas na Comissão. Juntamente com o grupo, a assessora discutiu o texto do PL 2303/2019, de autoria do deputado federal Hiran Gonçalves, que proíbe a comercialização de lentes oftalmológicas sem as especificações fixadas na legislação sanitária. A partir do projeto, ficam proibidas em território nacional a fabricação, fornecimento e comercialização de armações, lentes oftalmológicas e blocos de

Em agenda em Brasília, o governador Eduardo Leite foi à Câmara dos Deputados, na noite de quarta-feira, para conversar com parlamentares, líderes de bancada e o presidente Rodrigo Maia sobre a PEC da cessão onerosa do pré-sal. “Os critérios aprovados no Senado para a divisão dos recursos são muito ruins para o Rio Grande do Sul, pois receberemos menos em relação a outros Estados. Como o projeto volta para a Câmara, estou trabalhando para que os deputados se sensibilizem e compreendam a importância de definir critérios mais justos para a divisão dos recursos”, afirmou Leite. O governador gaúcho defende que não seja colocado como critério apenas o Fundo de Participação dos Estados (FPE), mas outros, como o Fundo de Exportação (FEX) e a Lei Kandir, para que haja um equilíbrio maior na distribuição dos recursos da cessão onerosa. Em outra frente, o governo gaúcho trabalha para que a União libere recursos devidos da FEX e da Lei Kandir, fundamental para que o Estado recupere o equilíbrio fiscal e retome o desenvolvimento.

Comissão de Combate à Informalidade reuniu-se na manhã de ontem

lentes de contato sem certificação qualidade. Outro projeto de lei comentado durante a reunião trata da proibição na comercialização ou distribuição de lentes de grau e outros produtos ópticos (lentes de contato, armações para óculos e óculos em geral) em estabelecimentos não credenciados (PL 11.253/2018). Os estabelecimentos que desejarem comercializar esse tipo de produto devem obter licença para funcionamento emitida pela Vigilância Sanitária, que é quem fará a fiscalização. Catiuce falou também sobre o

Mapa da Pirataria e Contrabando apresentado para o Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado, Rodrigo Brandalise. O material desenvolvido pela Fecomércio-RS mostra como funciona a pirataria no RS e quais os produtos mais pirateados no território gaúcho, bem como o valor que eles movimentam. Entre os cinco mais pirateados estão cigarro, eletroeletrônicos, vestuário, acessórios automotivos e equipamentos de informática. O mapa também apresenta quais os departamentos de segurança atuam em cada nicho de produto.

Abertura de empresas cresce no Estado A confiança do investidor gaúcho pode ser um dos motivos do aumento de 14,2% no número de abertura de empresas no Rio Grande do Sul neste primeiro semestre em relação a igual período do ano passado. De acordo com balanço da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Estado, entre janeiro e junho foram constituídos 92.747 negócios, enquanto os seis primeiros meses de 2018 somaram 81.163. Também houve leve que-

Leite articula mudanças nos recursos do pré-sal

da nos fechamentos de empresas no primeiro semestre: 37.162 extinções em 2019, e 37.978, em 2018. A percepção de estabilidade pós-eleição contribuiu para o bom desempenho deste ano, avalia Celio Levandovski, presidente do Sescon-RS, entidade que representa escritórios de contabilidade no Estado. Para ele, ajudou o fato de o presidente Jair Bolsonaro ter se comprometido com reformas, principalmente a da Previdência,

MUNICIPIO DE AUGUSTO PESTANA AVISO DE LICITAÇÃO Pregão Presencial SRP-27/2019 Objeto: GRAMA ESMERALDA EM LEIVA.Abertura em :25/09/2019, às 8h30; Local: Pref. Mun. Augusto Pestana. Edital/informações: Fone(55) 3334-900 e/ou site www.augustopestana.rs.gov. br. Augusto Pestana, 5 de setembro de 2019. Vilmar Zimmermann-Prefeito Municipal.

MUNICÍPIO DE AJURICABA – PODER EXECUTIVO Aviso de Licitação PREGÃO ELETRÔNICO Nº 02/2019 – OBJETO: Aquisição de estação total de topografia a laser. Cadastro das propostas até 23 de setembro de 2019 às 8h30. Abertura das propostas: 23 de setembro de 2019 a partir das 8h31. O edital se encontra disponibilizado no site: ajuricaba.rs.gov.br e pregaobanrisul.com.br. Maiores informações pelo fone (55) 3387-0607; e-mail compras@ajuricaba.rs.gov.br; ou diretamente no Setor de Compras junto a sede da Prefeitura durante o horário de expediente. Ajuricaba/RS, Ivan Chagas, Prefeito.

que ainda tramita no Senado. O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Ruy Irigaray, concorda com a avaliação do Sescon e adiciona que contribuiu para o aumento no número de empresas as propostas enviadas à Assembleia pelo governador Eduardo Leite. A intenção é demonstrar que o Estado está interessado em enxugar os gastos públicos também em nível regional. O presidente do SesconRS prevê que, com a aprovação das reformas, o ambiente deve melhorar nos próximos anos e, talvez, aumentar o número de constituições de empresas no Rio Grande do Sul.

Leite conversou com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

Pacto dos Poderes pode regularizar folha, diz Lara O presidente da Assembleia Legislativa, Luis Augusto Lara (PTB), propôs ontem que todos os Poderes façam economias para que, junto com o dinheiro da venda das ações do Banrisul, o governo do Estado pague em dia o salário dos servidores do Executivo. "Nas conversas que estamos tendo com os chefes do Executivo, Judiciário e dos órgãos independentes, como Ministério Público (MP) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), estamos vislumbrando o seguinte: se o governo utilizar o recurso da venda das ações do Banrisul para pagamento da

EXTRATO DE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº. 03/2019 O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Noroeste do no Estado do Rio Grande do Sul – CISA, da cidade de Ijuí/RS, no uso das suas atribuições estatutárias e legais, torna pública a realização de Processo Seletivo Simplificado, com a participação da Empresa CEFOR, CNPJ nº 07.500.000/0001-08, sediada na Rua José Bonifácio, nº 534, Centro, Ijuí-RS, sob a fiscalização de comissão designada através da Portaria nº. 001, de 06 de fevereiro de 2019 e regido pelas normas estabelecidas no Edital, para o preenchimento de vagas de estágio de estudantes e formação de cadastro de reserva, no âmbito do Consórcio, em nível de ensino médio. Inscrições de 6 até 12 de setembro de 2019 junto ao CEFOR. Celso José Dal Cero – presidente do CISA. Ijuí, 5 de setembro de 2019.

folha de servidores, e se cada Poder conseguir ajudar com um pouco daquilo que tem à disposição nos seus fundos - e que isso possa ser feito em uma operação que garanta que isso vai ser devolvido aos cofres dos Poderes -, talvez consigamos chegar a um entendimento para colocar o salário dos servidores em dia", projetou. Tanto deputados que são favoráveis à privatização do Banrisul quanto os contrários cobraram explicações do governo Eduardo Leite (PSDB) sobre onde será aplicado o dinheiro oriundo da venda das ações do Banrisul.

Votação da Consulta Popular encerra-se hoje Hoje é o último dia para os eleitores elegerem as prioridades regionais. Para votar, basta o número do título de eleitor, acessar o consultapopular. rs.gov.br e escolher a demanda. Além da internet, é possível votar presencialmente em pontos definidos pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

OPERAÇÃO

PC combate crimes de violência doméstica A Polícia Civil realizou operação, ontem, para combater crimes de violência doméstica e familiar contra mulheres. Foram cumpridos 78 mandados de busca e apreensão e 26 mandados de prisão em diversas cidades do Estado, inclusive em Ijuí. A chamada Operação Vênus conta com a participação das 22 Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (Deam) do Rio Grande do Sul. No total, 152 policiais civis participaram da ação. Eles também verificaram 49 casos de medidas protetivas de urgência — o objetivo é conferir se os agressores não se aproximaram mais das vítimas após decisões judiciais. Houve 14 prisões e recolhimento de dez armas até o fim da tarde de ontem. Em Ijuí, segundo o delegado Ricardo Miron, responsável pela Delegacia Especializada da Mulher, foram cumpridos

quatro mandados de busca, porém nenhuma arma foi apreendida. "Efetuamos verificações de denúncias e de cumprimento de medidas protetivas. Não houve prisão", disse. Na região houve também ações em Cruz Alta - só mandados de busca e verificações; Santa Rosa - um mandado de prisão; e Santo Ângelo - um mandado de prisão. Em entrevista coletiva à imprensa, a chefe de Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, defendeu um acolhimento cada vez maior às vítimas para que as elas possam “denunciar mais” e forneçam “subsídios para que se possa investigar e devidamente punir” os agressores. “É uma busca incessante para que as mulheres façam as denúncias. O exemplo da punição e prisão também são formas de prevenção da violência”, lembrou. A diretora do Departamento Estadual de Proteção a Grupos

Operação teve a participação de várias delegacias especializadas do Estado

Vulneráveis, delegada Shana Hartz, lamentou que a maior parte das vítimas de feminicídio “sequer tenha registrado uma ocorrência contra os seus agressores”. De acordo com ela, as mulheres precisam buscar ajuda e que “tragam a violência que estão sofrendo para a devida apuração e punição do responsável”. Observando que a violência doméstica tem como característica ficar restrita aos lares, a delegada Shana Hartz afirmou que a ocorrência de um feminicídio não quer dizer que foi a primeira ocorrência registrada contra a vítima. “Ele significa que já havia violências não notificadas. Podemos agir antes que o crime se torne mais grave”, resumiu. Já a delegada Tatiana Bastos explicou que a operação Vênus conclui as atividades do Agosto Lilás, no qual foram lembrados os 13 anos da Lei Maria da Penha. “Há uma dificuldade das mulheres em romper o círculo da violência e procurar ajuda na delegacia. Cerca de 90% delas não notificam essa violência. A maioria morre calada”, constatou. “Quanto antes isso acontecer mais fácil e eficaz retirá-la desse círculo de violência doméstica e familiar contra a mulher”, acrescentou. A delegada Tatiana Bastos avaliou que a ação deflagrada visa também os “agressores que descumprem medidas protetivas de urgência” e, com isso, “inibir a progressão da violência”. A chefe de Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, aproveitou para anunciar um projeto no qual todas as delegacias de polícia de pronto atendimento no RS, conhecidas como DPPAs, tenham as “Salas das Margaridas”, onde as mulheres terão acolhimento especializado 24 horas. “Elas serão ouvidas separadamente e com uma atenção maior. Estamos fomentando a ideia em todas as regiões”, adiantou. A próxima sala deve ser instalada em São Leopoldo.

11

Acidente grave deixa duas pessoas feridas na BR-285

Um grave acidente foi registrado por volta das 10h30 de ontem, no KM 446,2, na BR-285, no município de Bozano. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a colisão frontal ocorreu quando uma GM/S 10, de Flor do Sertão/Santa Catarina, seguia no sentido Panambi/ Ijuí, quando se deparou com o trânsito muito lento à sua frente. Neste momento, para evitar colidir na traseira do veículo à sua frente, e sem observar o trânsito em sentido oposto, desviou para a contramão, de onde vinha o Ford Fiesta de Passo Fundo. O condutor do Fiesta tentou

desviar para o seu acostamento, no entanto, a colisão foi inevitável. Na caminhonete S10 estavam três pessoas. O condutor, de 24 anos, nada sofreu, um passageiro de 20 anos sofreu lesão leve e outro de 38 anos, lesão grave. Já no Ford Fiesta, o condutor, de 35 anos, teve lesão grave. Os feridos foram socorridos e removidos para o Hospital de Caridade de Ijuí. Participaram do atendimento da ocorrência policial, além da Polícia Rodoviária Federal, Samu, Corpo de Bombeiros e da Brigada Militar.

Acidente ocorreu na manhã de ontem, no KM 446 da BR-285, em Bozano

Assaltante leva tiro após roubar lotérica

Um bandido foi baleado após um assalto a uma lotérica no bairro Vera Cruz, em Passo Fundo, na tarde de ontem. Segundo a Brigada Militar, uma adolescente e um indivíduo chegaram ao estabelecimento na Avenida Rio Grande e anunciaram o assalto. O dono do estabelecimento reagiu à ação e efetuou disparos de arma de fogo contra a dupla; um dos bandidos foi atingido. A dupla fugiu e embarcou em um Fiat Palio Weekend, no qual havia outro indivíduo. Na Avenida Sete de Setembro, eles capotaram o carro e fugiram para um terreno baldio

nas proximidades. A adolescente foi apreendida na avenida e dois homens fugiram. Um deles, na fuga, invadiu uma casa e fez um idoso de 85 anos de refém, na rua Lajeado, também no bairro Vera Cruz. De acordo com o relato policial, o bandido colocou uma arma de fogo na cabeça do morador e, por isso, a BM efetuou disparos que atingiram o criminoso. Ele foi levado para atendimento médico ao hospital por uma guarnição. O indivíduo é conhecido por ‘Bem-te-vi’, morador do bairro José Alexandre Zachia.

Plantão

ARROMBAMENTOS

PRISÕES

ATO OBSCENO

TRÁFICO

TRÂNSITO

Dois arrombamentos foram registrados na Delegacia de Polícia de Ijuí. Na Rua Doutor Pestana, um Fiat Uno que estava estacionado em via pública foi arrombado e ladrões furtaram um casaco e aparelho de som. Já na Rua Max Franck uma residência foi arrombada. Do local foram furtados uma televisão e roupas.

De janeiro a julho de 2019, a Polícia Civil de Panambi efetuou 50 prisões. O número é superior ao das outras 18 delegacias que compõem a 14ª Região Policial, como Palmeira das Missões e Frederico Westphalen. A informação foi divulgada pelo delegado de polícia Gustavo Fleury na Câmara de Vereadores.

Um homem de 27 anos foi preso em Passo Fundo na manhã de ontem, suspeito de assediar meninas. O acusado que estava em um VW/Gol, de cor branca, teria perseguido alunas da Escola Mário Quintana e fazia atos obscenos, baixando a calça e mostrando as partes íntimas. A Brigada Militar foi acionada e abordou o homem.

A Brigada Militar de Santiago prendeu um homem com 13 quilos de maconha, em Santiago. Após uma denúncia anônima, a polícia foi até uma residência e localizou o suspeito com as drogas. Dois menores de idade também foram detidos e encaminhados à delegacia, onde foi feito o registro. O homem foi para o presídio.

Em virtude da Feicat, que inicia hoje, a Brigada Militar de Catuípe alerta à população que atente para o trânsito na cidade. Em diversas ruas houve desvio e até mudança de fluxo, tudo devidamente sinalizado, considerando o movimento de feirantes e visitantes. Também será feito o trabalho de policiamento ostensivo.


12

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

Esportes

AMISTOSO I

A Seleção Brasileira enfrenta a Colômbia em amistoso hoje às 21h30, no Hard Rock Stadium, nos Estados Unidos. A formação tem a volta de Neymar e a permanência de Philippe Coutinho, que terminou a Copa América questionado.

AMISTOSO II O técnico Tite deve escalar o Brasil com: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Richarlison, Neymar e Roberto Firmino. É o primeiro jogo do Brasil depois da Copa América.

Inter decide a final em casa O Internacional decidirá a final da Copa do Brasil 2019 contra o Athletico-PR em casa. Em sorteio realizado na sede da CBF ontem, os mandos de campo da decisão foram definidos e o time rubro-negro abre a disputa em Curitiba. O jogo de ida será no dia 11 de setembro, próxima quartafeira às 21h30, na Arena da Baixada. No dia 18, no mesmo horário, os times voltam a se encontrar, desta vez no Beira-Rio. A equipe colorada chegou na decisão ao vencer o Cruzeiro por 1 a 0 fora de casa e 3 a 0 em Porto Alegre. Já o Athletico reverteu a desvantagem do duelo de ida contra o Grêmio, repetiu o placar de 2 a 0 e avançou nos pênaltis. O Internacional reagiu de forma positiva ao sorteio dos mandos de campo das finais da Copa do Brasil contra o Atlhletico-PR. O diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano disse que era exatamente isso que o Inter queria. Não considera uma vantagem, algo que dá favoritismo ao time, mas entende que é algo positivo não ter a desvantagem de jogar a segunda partida na casa do adversário.

Técnicos Tiago Nunes e Odair Hellmann no sorteio dos mandos de campos da decisão

A reapresentação do grupo após a vitória por 3 a 0, quarta-feira sobre o Cruzeiro foi ontem. Paolo Guerrero deixou o gramado mancando levemente, mas está recuperado e à disposição do

técnico Odair Hellmann para o jogo da próxima quarta-feira contra os paranaenses. Frente ao São Paulo, amanhã, o time será reserva, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

Grêmio deve escalar titulares

Maicon segue fora do time do Grêmio

Depois da eliminação nos pênaltis na Copa do Brasil na noite de quarta-feira, a delegação do Grêmio sequer voltou à Porto Alegre. Seguiu para Belo Horizonte onde domingo às 11h enfrenta o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro. Será o Brasileirão a única competição gremista até o jogo de ida contra o Flamengo, pelas semifinais da Libertadores já no início do mês de outubro. Possivelmente será escalado time titular diante da Raposa, domingo às 11h, no Estádio Independência em Belo Horizonte. Serão dois desfalques. Mai-

con tem lesão na panturrilha e Leonardo Gomes, com uma lesão no joelho direito que pode afastá-lo por um bom tempo, dos gramados retornaram a Porto Alegre. Caso a lesão de Leonardo Gomes seja grave, Renato pode ter problemas para a posição no restante da temporada. Isso porque Léo Moura, o reserva imediato, também se recupera de lesão muscular. Desde 2016 quando retornou ao Grêmio, a derrota para o Athletico-PR foi a quinta eliminação do Tricolor sob o comando de Renato Portaluppi em matas-matas.

Paulo Baier fará estágio no Corinthians Paulo Baier fará um estágio a partir do dia 16 no Corinthians com o técnico Fábio Carille. O meia que vestiu camisetas tradicionais do futebol brasileiro, entre elas do Atlético-MG, Botafogo, Vasco, Palmeiras, Goiás, Criciúma, Athletico-PR e encerrou a carreira no São Luiz, intensifica os estudos para continuar na função de treinador iniciada no Toledo- PR. Já trabalhou no Próspera-SC, onde foi campeão da TerceiraDivisão do Campeonato Catarinense e Brusque-SC. "Além do estágio, tem toda a divulgação em São Paulo. Participarei de programas esportivos na TV. Estava há algum tempo fora da mídia e tenho que retomar de novo. Essa é a ideia de passar uma semana na capital paulista". Paulo Baier, quarta-feira, esteve na Arena da Baixada em Curitiba,acompanhado do auxiliar-técnico Silmar Prestes, onde assistiu a vitória do Athletico-PR diante do Grêmio, por 2 a 0, no tempo normal e 5 a 4 nos pênaltis, que garantiu vaga na final da Copa do Brasil. Ídolo da torcida atleticana, ele disse que torceu, claro, pelo seu ex-clube, mas foi à Arena mais como treinador para observar os dois bons times que jogam ofensivamente para ter uma leitura melhor, pois está se preparando. Baier recebeu o carinho da torcida do Furacão na Arena da Baixada. Posou para muitas fotos e deu vários autógrafos.

ALMOÇO BENEFICENTE O Consulado do Grêmio e a Borrachos Noroeste promovem amanhã no Salão de Eventos da Paróquia São Geraldo um almoço beneficente. Entre outras atrações, estarão os ex-jogadores Carlos Miguel e Dinho, o ônibus gremista com taças, e a Banda do Noroeste. Haverá o sorteio de três camisetas oficiais. Ingressos estão sendo vendidos com integrantes do Consulado de Ijuí, Secretaria da Apae, Cadile´s Calçados,K3 Lanches ou pelo fone 9.9120.5964. O cônsul gremista em Ijuí Luciano dos Santos (foto), disse que a procura de fichas para o almoço é boa e pode superar o evento realizado ano passado no CTG Farroupilha.

COPA IJUÍ A 1ª Copa Ijuí de Futsal será decidida hoje a partir das 20h30 no Ginásio Wilson Mânica entre as equipes Seco Frutas e LA Kachuk dos Trilhos. Na preliminar às 19h30 tem amistoso do Sub-17 do Ouro Verde contra a equipe da Escola Técnica Estadual Entre-Ijuís. Promovida pelo Botafogo do bairro Alvorada, a Copa começou há cerca de um mês. A entrada nesta sexta-feira, a exemplo dos outros jogos será um quilo de alimento não perecível. O total arrecadado durante a competição será doado ao grupo Ijuí Sem Fome.

COPA SEU VERARDI O Pelotas goleou o União Harmonia de Canoas por 3 a 0, ontem à tarde no Estádio Cristo Rei em São Leopoldo pela 5ª rodada. Os gols do time pelotense foram marcados por Giovane Gomez em três oportunidades. O aure-cerúleo lidera a chave A com 10 pontos.

BOCHA

Silmar Prestes e Paulo Baier acompanharam a classificação do Atlético-PR

O 8º Campeonato de Bocha do Interior de Ijuí tem andamento hoje com a sexta rodada do returno. A partir das 20h serão realizados estes jogos: no Rincão dos Goi, Juventude x Barreiro; na Toca da Raposa, Toca da Raposa x Amigos da Oca da Linha 5; na Linha 8 Leste, Ijuí da Linha 8 x 25 de Julho; e na Linha 6 Norte, Amigos do 25 de Julho x Amigos do Timbó.


Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 6 dE SETEmbRo dE 2019

Ação social do BROTO IJUÍ

FESTINFANTIL

Jornal da Manhã e Sesc estão preparando a programação do 2º Festival Infantil, uma tarde cheia de atrações para toda família, que acontecerá no último domingo de setembro, tendo entre as atrações o concurso Menina Modelo. Todos os detalhes no Caderno 2 de nossa edição de amanhã.

I

SEMANA FARROUPILHA

As entidades tradicionalistas do município começam na próxima sexta-feira, dia 13, a programação da Semana Farroupilha, que se encerra com o desfile, no dia 20. Serão jantares e bailes, todas as noites.

RINCÃO DOS GOI

A Festa de 65 anos de Fundação do G.E.R. Juventude, de Rincão dos Goi será no dia 27 de outubro a partir das 8h, na Comunidade de Rincão dos Goi. Informações com Leo Goi pelo telefone 99107-9025

FESTA NO INTERIOR

Acontece domingo, a Festa da Comunidade Evangélica Santíssima Trindade de Rincão Seco, em Augusto Pestana, no Salão de Festas da comunidade. No almoço será servido churrasco, galinhas assadas, saladas diversas, cucas, pães e bebidas. À tarde festejos populares, sorteio da ação entre amigos e reunião dançante com a Banda Metais em Brasa, de Santa Cruz do Sul.

GREMISTAS

Acontece amanhã o almoço Beneficente do Consulado do Grêmio e Borrachos Noroeste, no Salão de Eventos da Paróquia São Geraldo. O almoço é beneficente à Apae. Os convites podem ser solicitados pelo 99120-5964. O valor é de R$ 40 para adultos, e R$ 25 para crianças de 5 a 12 anos.

13

Isabela Reimann Agne em foto de Mateus Matsuo, do ensaio fotográfico feito para a revista Stampa de setembro, que circula na próxima semana

sabela Reimann Agne, Modelo da Capa Stampa e Broto Ijuí está promovendo uma ação social, requisito que faz parte do regulamento do Concurso Broto Rio Grande do Sul, que ela disputa no fim do mês, em Canoas. Sua ação consiste em arrecadar materiais de construção, que possibilitem a concretização da construção de duas salas pedagógicas na Apae. A lista de materiais necessários está na Schirmann, e os interessados em ajudar podem adquirir os materiais, com desconto. Sobre sua iniciativa, Isabela declarou: "Escolhi desenvolver esse projeto para ajudar as pessoas especiais que possuem dificuldades de realizar as tarefas do dia a dia. Elas precisam do nosso cuidado, apoio e carinho, além de todo o suporte que a ciência desenvolve para ajudar. Perceber que tenho a capacidade de poder melhorar a vida das pessoas me deixou muito feliz."

Tarde de primavera Na tarde de quarta, a primavera começou a ser anunciada em Ijuí. Na Paróquia São Geraldo, o Chá Sonho & Tradição lotou a Cripta, em uma ocasião que teve muitas delícias à mesa, sorteio de brindes e desfile de modas. Na Congregação Emanuel, as Servas Luteranas receberam o público em um ambiente decorado com muitas flores, um delicioso café, delícias e devoção.

São Geraldo: Zelina Souza Brás, Beatriz Maria de Oliveira e Dulce Rasia

SOLIDARIEDADE

Acontece hoje, véspera de feriado do Dia da Independência, o Jantar e Show Baile com Jorge Guedes e Família, no Grupo de Folclore Chaleira Preta, a partir das 20h30. Promovido pelo Chaleirão - Invernada Veterana, os convites custam R$ 40. No cardápio, churrasco, arroz, mandioca, maionese e saladas diversas. O baile será animado por Raone e Grupo Alma Xucra.

Emanuel: Andreia Korb e Marli Dolovitsch

São Geraldo: Marivane Echer, Loiva Echer e Neusa Pocai

NO CAMPUS

Paula e Salet Dalla Lana curtndo a Casa de Dança

CASA DE DANÇA Aberto todas as sextas, a partir das 23h, sempre com música ao vivo, a Casa de Dança é um espaço direcionado para a dança de pares. Um local agradável, ideal para dançar, reunir amigos e confraternizar. Nesta sexta, a Banda Califórnia anima a festa. Informações podem ser obtidas pelo fone 3332-4378 e 99118-0348.

O estilista Ronaldo Fraga será um dos palestrantes do seminário de encerramento do Campus Fashion Week, hoje, no Campus. Ele falará às 19h30, no Centro de Eventos. Ronaldo deve abordar os principais temas sobre moda e sua importância para retratar as transformações do tempo, a identidade e o desejo da sociedade atual. “Eu falarei sobre a moda para além da roupa, a moda como registro de um tempo, a moda como manifesto político e a moda não só como geração de emprego e renda, mas a moda que gera a cultura de um povo”, adiantou Fraga. Os convites para sua palestra estão esgotados. A ijuiense Larissa Lucchese, editora de Moda Sênior da Revista Marie Claire também fará amanhã a sua palestra “Conteúdo e Moda no Mundo Digital”, às 13h45. O Campus Fashion Week teve uma semana cheia de atividades, entre elas, muitas palestras, desfiles e capacitações. Na noite de terça, os participantes tiveram a oportunidade de conferir dois desfiles. Estudantes de Design da Unijuí, sob orientação da professora Diane Johann, desfilaram com peças e projetos desenvolvidos nas disciplinas de Vestuário e Editorial. Essa é a primeira vez que o curso participa do evento. Mais um momento organizado pelo curso de Estética encerrou a noite: um desfile que trouxe as tendências de maquiagem para 2020 (foto), orientado pela professora Tatielle Coppetti.


Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2019

COISAS DA VIDA

A

mo o inverno. Tempo de recolhimento, ao pé de uma lareira, café quentinho e uma boa leitura. Também pode ser com rodada de chimarrão, pipoca com melado e descontraída conversa entre amigos. Para completar o aconchego, um filme para aquecer a alma. Mas de outro lado, temos a rigidez do inverno e segundo Gary Chapman, “a dor, a raiva e a frustração, muitas vezes seguidas pela solidão e por

NOVELAS

Bom Sucesso

Marcos leva Paloma em casa Marcos decide assistir ao desfile ao lado de Paloma. Paloma se prontifica a costurar um vestido de Sambrini que será usado por Dani Lieb Dich no lugar da costureira que passou mal. Sambrini parabeniza o trabalho de Paloma. Luan se inscreve no concurso de poesia, encorajado por Alice. Eugênia percebe que Vicente gosta de Gabriela. Paloma e Marcos conseguem escapar de um assalto. Gabriela confessa a Alice que não para de pensar em Vicente. Marcos leva Paloma em casa, e Ramon os flagra. Ramon cobra uma explicação de Paloma, e Marcos tenta defender a costureira.

A Dona do Pedaço

Leandro ameaça Fabiana

Camilo promete ajudar Maria da Paz a localizar suas sobrinhas. Leandro jura vingança contra Fabiana. Evelina pede que Maria da Paz não comente com Camilo sobre o passado de Chiclete. Evelina e Antero se declaram uma para o outro. A pedido de Régis, Téo oferece ajuda financeira a Maria. Kim engana Márcio e fica com Paixão. Agno garante a Rock que fará Jô perder seu dinheiro. Rock não aceita uma nova luta arranjada por Chico. Leandro ameaça Fabiana. Agno promete que fará Jô ganhar muito dinheiro.

Cada termo da multiplicação (Mat.) Cumprimento militar Armação para a tela do pintor (pl.)

© Revistas COQUETEL

Fase do Um dos efeitos espeinseto rados pela cirurgia plástica estética Eduardo Suplicy, político Cão (fam.)

"Devagar se (?) ao longe" (dito)

O mulato de cabelos claros

Óleo de frituras Capazes (fem.) Turismo (abrev.) Descrição de um fato

Perceber; observar Futura esposa Considera bom Ofensa; ultraje

Tony Ramos, ator de "O Sétimo Guardião" Protege as roupas contra traças Nela se guardam as águas da chuva

Apartamento (bras. pop.)

Terminação de "erguer"

Sílaba de "tenda"

Grande açude do Ceará Efeito do engasgo A rosca do parafuso

Gás de letreiros luminosos Aparelho para purificar a água

Mar, em inglês

Nêutron (símbolo) Chefe; guia

Sujar (o meio ambiente) Saudação jovial Desabitado

Ilha formada por corais

Molusco de jardins Arte do vestuário Tim (?), Renato cantor de Aragão, "Me Dê humorista Motivo" Lucro financeiro Selvagem; cruel

Consoantes de "nabo"

Caminho; direção Segunda vogal

Orígenes Lessa, romancista

BANCO

3/sea. 6/filtro. 7/afronta. 9/cavaletes. 11/continência.

Órfãos da Terra

Valéria e Camila chegam ao Brasil Almeidinha e Tomás invadem o quarto de Dalila. A vilã foge dos policiais com a ajuda de seu motorista. Valéria e Camila chegam ao Brasil. Almeidinha tem uma ideia para prender Dalila e comunica a Laila e Jamil. Camila visita a família e esclarece para todos sua relação com Valéria. Jamil, Laila e Almeidinha pedem a ajuda de Bruno no plano para prender Dalila. Valéria propõe acordo com Norberto para conseguir o divórcio. Abner e Latifa voltam para casa. Laila declara seu amor por Bruno nas redes sociais e anuncia sua suposta união. Dalila fica intrigada com a notícia sobre o novo casal. Chega o dia do falso casamento de Bruno e Laila. Dalila aparece para a cerimônia disfarçada. Dalila tenta fugir, mas é cercada por Almeidinha e Tomás.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

1

Solução R T E S O J A T U R O V A E R I N A E O S SE R C A O I S M A E T E NT O O L

Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

Já o verão é caracterizado por sentimentos de felicidade, satisfação, realização e conexão. Saímos para fora com maior frequência, vestimos com maior leveza, desejamos o frescor da sombra das árvores, nos hidratamos para enfrentar seu calor intenso. No outono é tempo de cair as folhas e as nossas árvores ficam sem sua roupagem... galhos descobertos. O outono é o prelúdio do inverno, tempo de trocas, de mudanças... nossas folhas mudam de cor e começam a cair lentamente. Todas as estações têm suas peculiaridades e beleza e assim também é conosco. Cada fase desperta diferentes emoções e sentimentos, positivos e negativos. Gari nos lembra que uma atitude negativa e crítica nos empurra para a frieza do inverno, enquanto que uma atitude positiva leva ao entusiasmo da primavera e ao calor do verão. Isso significa que precisamos apreciar a beleza de cada estação, vivenciando o melhor que cada uma delas oferece. Nas palavras de Cecília Meireles, “Aprendi com as primaveras a deixar-me cortar e a voltar sempre inteira”.

L A L E R S V A A P R T E T A L E S A N T P O R O L E OM U R D I M A R O

Sônia Arriens Cassel

um sentimento de rejeição, são algumas emoções do inverno”, revelando sua frieza. Para Gary, nossa tendência natural no meio do inverno é evitar as intempéries o máximo possível. Nos recolhemos, tentando sobreviver à fria estação, esperando a primavera. Como muitos, aprecio a estação do inverno e concordo com Chapman ao afirmar que o frio do inverno pode também estimular o desejo de cura e saúde pela necessidade do aconchego e aquecimento. A boa notícia que logo após vêm a primavera. Tempo de recomeços, quando voltamos ao otimismo, entusiasmo, esperança e alegria. A primavera é caracterizada por sentimentos vivos e intensos (Chapman). “Essa estação tem o poder de tirar-nos de casa e nos levar para um mundo completamente novo de atividades aceleradas”, diz Gary. Há um clima vital, afetuoso, aberto, atencioso, onde tudo está desabrochando, como as flores...há perfume agradável no ar! Na primavera voltamos a cultivar, planejar, comunicar-se, buscar ajuda quando necessário. Buscamos mudanças positivas, plantamos sementes...

F C A V N O T A N O I T R I A N A F R E P R N E O C N F I L T M A I A D R E N B A R B

14

Horóscopo Áries Ainda que você confie plenamente naquilo que acredita, é preciso ter cuidado para não julgar as opiniões que diferem das suas. É tempo de cultivar a tolerância e a paciência, investindo nas suas relações. Touro Os erros que cometemos sempre trazem grandes aprendizados, aumentando a nossa maturidade. É tempo de agir com o coração, permitindo que a coragem e a prudência convivam em harmonia. Gêmeos Agora você inicia uma fase em que a sua produtividade tende a aumentar. Busque, então, direcionar a sua atenção para aquilo que deseja materializar nesse momento. É tempo de estabelecer metas e objetivos. Câncer Busque hoje se envolver com atividades que auxiliem o autoconhecimento, já que a sua capacidade de perceber as mensagens que a alma envia está amplificada. É tempo de promover a sua espiritualidade. Leão Hoje é um dia auspicioso para você focar nas questões da alma que pedem compreensão. A tendência é que você se sinta seguro e confiante para desbravar os seus mistérios. É tempo de autoconhecimento. Virgem Ao tentarmos manter tudo sob controle, acabamos nos deparando com algumas frustrações. Por isso, a flexibilidade é fundamental. É tempo de aceitar o movimento natural dos acontecimentos. Libra A possibilidade de viver novas experiências e de conhecer o que vem chamando a sua atenção é o que de melhor você pode fazer por si mesmo agora. É tempo de tornar a rotina uma experiência criativa. Escorpião A sua sensibilidade é uma força que deve ser usada para detectar as energias que o cercam. Assim, você evita os ambientes que não fazem bem à sua alma. É tempo de estar protegido pelo que lhe é familiar. Sagitário A maior satisfação que você pode sentir agora é a de estar em paz consigo mesmo, feliz com as suas escolhas e decisões. É tempo de investir em certos ajustes, que irão aumentar o seu contentamento. Capricórnio O olhar minucioso e atento com o qual você observa as suas questões acaba se tornando um exemplo para os que estão à sua volta. É tempo de mostrar que a autocrítica é uma forma de se aperfeiçoar. Aquário A sua forma delicada de lidar com as pessoas faz com que você conquiste o afeto de todos. O importante é ser generoso com as suas necessidades também. É tempo de encontrar o equilíbrio nas relações. Peixes É provável que você se sinta capaz de estimular aqueles com quem estabelece parcerias e alianças. E para realizar bem essa função, é preciso ouvir a todos com atenção. É tempo de agir como um líder.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 6 de setembRo de 2019

15

VANDALISMO

Inovação pessoal e nos governos Muita gente fala em inovação, mas pouca gente inova e o motivo é bem conhecido: a resistência à mudança. Engajar as pessoas nas empresas ou nos governos é fundamental para buscar inovação. Tentar transformar o jeito de pensar das pessoas envolvidas com a evolução proposta é sempre uma tarefa difícil. O que vimos tendo de inovação ao longo da história mudou decisivamente e para melhor a vida das pessoas, o trabalho, o lazer, a saúde, a informação, mas infelizmente ainda se sofre muito com a resistência a inovação e as mudanças. Claro que não é possível transformar tudo ao mesmo tempo e na mesma velocidade, mas mudar é uma necessidade e quem resiste geralmente está numa zona de conforto que não consegue perceber o óbvio e até repete que “é assim e pronto”, “isso nunca vai mudar”, “Não adianta, não vai funcionar.” Ao estudar um pouco sobre como promover a inovação logo se aprende que esquecer é tão importante quanto lembrar. As crenças, as experiências e os ambientes moldam a forma como cada um vê e pensa o mundo. Como você já deve ter lido e ouvido em muitos meios: somos o que acreditamos, aprendemos e vivemos. O problema é que muita gente se molda e passa a pensar que deve ser daquele jeito para sempre. Todavia, o contexto muda rápido e com a mudança surge a necessidade de mudar também, ou ficar trabalhando, vivendo e tomando decisões com base num contexto que não é mais parte da realidade. Para quem ainda não havia se dado conta, Darwin mostrou através da teoria da evolução, que sobrevivem e prosperam aqueles seres que conseguem se adaptar melhor ao contexto que surge. Para isso, primeiro é necessário criar novas formas de pensar e isso exige esquecer algumas outras. Não porque precisa liberar espaço na mente para as novas ideias, mas porque para pensar de um jeito novo, é preciso deixar para trás ideias que não valem mais, velhos hábitos, conceitos pré-concebidos, informações, normas, leis, padrões, que não existem mais, para dar lugar ao novo. Infelizmente o número de pessoas resistentes a rever os conceitos que criou ao longo da vida ainda é grande e dependendo da posição destes nas organizações públicas ou privadas, ocorre o sacrifício de ideias, muitas iniciativas, com desmotivação e perdas. As melhores inovações vêm dos grupos, pensando juntos, atentos às mudanças e as adaptações necessárias. Provoque este espírito na sua casa, na sua empresa, nas entidades em que participa. Uma pergunta importante para reflexão sobre cada assunto com o qual nos deparamos é “Qual foi a última vez que você mudou de opinião sobre isso?” Um abraço e até a próxima!

Túmulo é alvo de depredação no Cemitério Municipal O Cemitério Municipal de Ijuí tem sido alvo de vandalismo. O familiar de uma pessoa enterrada em um dos túmulos violados procurou a equipe de reportagem do Grupo JM para fazer uma denúncia. Caroline Kusiak de Oliveira reside em Rondonópolis, Mato Grosso, e ao chegar no cemitério para visitar o túmulo de sua mãe, deparou-se com uma cena de depredação. Caroline afirmou estar indignada com a situação, visto que a prefeitura tem cobrado uma taxa de concessão de todos os usuários. “Estou indignada com o vandalismo ocorrido no túmulo da minha mãe. Isso é inadmissível e um total desrespeito por parte das

pessoas. Antes de começar a pagar a taxa, isso não havia acontecido, e agora que pagamos, ocorre isso. Fica aqui meu apelo, pois não quero que isso ocorra novamente nem comigo, nem com outras pessoas”, desabafou. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito, Jair da Rosa informou que se a pessoa comprou um espaço no cemitério, ela necessita desse título de concessão para poder usá-lo. Este seria o motivo da cobrança de taxa. Existe um decreto executivo, do ano passado, que regulamenta a cobrança dessa taxa de emissão de título de concessão, que não seria uma taxa de manutenção ou segurança do local.

Melhorias no Senar beneficiam produtores rurais O diretor e superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Senar/RS, Eduardo Condorelli, em entrevista ao Grupo JM, contou que a Expointer deste ano mostrou para a sociedade gaúcha que o produtor rural é especialista em se superar diante de crises, dificuldades e recessão. “O produtor rural está sempre demonstrando que acredita no seu negócio, por isso é importante enxergarmos que os 17% a mais de venda certamente deixam claro que o produtor rural continua acreditando no crescimento do país. Ou não estaria investindo em seu próprio negócio”, informou. Nessa linha de crescimento, o Senar vem observando que o produtor rural está mais preocupado com a gestão do seu negócio, mais do que as questões técnicas de produção e produtividade. “Com o lançamento do nosso Programa de Ações de Assistência Técnica e Gerencial,

onde o Senar passará a fazer visitas mensais aos produtores rurais do estado do Rio Grande do Sul, observamos que o produtor rural tem maior interesse em cima da gestão, a questão do controle financeiro econômico do seu negócio, da avaliação de lucratividade, como base para que o negócio possa prosperar, e que ele e sua família tenham qualidade de vida”, afirmou. A região de Ijuí é uma das mais participativas nas ações do Senar, e Cordonelli salienta que é importante dizer que o foco está destinado para as questões de manutenção dos trabalhos realizados até hoje, aumentando a excelência, mesmo que ao custo da redução de quantidade de produção, desde que seja possível o aumento da qualidade do que é produzido. “Estamos trazendo a Ação de Assistência Técnica e Gerencial do Senar (Ateg), onde estaremos atendendo 10 mil propriedades”, concluiu.

EXTRATO PARA PUBLICAÇÃO O Departamento Municipal de Energia de Ijuí – DEMEI, de acordo com a Lei 8.666/93, torna público o seguinte processo licitatório: PREGÃO 09/2019, do tipo menor preço global para a Aquisição de LACRES DE SEGURANÇA PARA MEDIDOR DE ENERGIA, conforme especificações constantes do anexo I do Edital. Entrega dos envelopes no dia 24 de setembro de 2019, às 8h30. O edital estará à disposição dos interessados gratuitamente através de solicitação ao endereço eletrônico compras@demei.com.br e no site do Demei, endereço eletrônico: www.demei.com.br. Informações complementares poderão ser adquiridas junto ao Setor de Compras deste Departamento, à Av. Getúlio Vargas, 1454, Bairro Assis Brasil, Ijuí/RS, no horário entre no horário entre 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h ou pelo telefone (55) 3331-7716. Ijuí, 5 de Setembro de 2019. Elisandra Auzani Coordenadora de Compras

Ação deixou vasos de flores quebrados, a lápide danificada e o túmulo aberto

Artesão ijuiense representa município na Expointer O artesão Rodolfo Gartner participou da Expointer deste ano, como único representante do município de Ijuí. Em entrevista ao Grupo JM, Gartner disse que a experiência foi inédita em todos os seus anos trabalhando como produtor de artesanato. O artesão informou que participou de uma classificação regional e, posteriormente, de uma classificação estadual, que resultou na possibilidade de levar seus trabalhos até a exposição. “Eu só posso elogiar a atitude do pessoal que realizou a classificação, por ver que o trabalho de Ijuí é um trabalho de primeira linha, e lá recebemos muitos elogios pelos trabalhos realizados em prol das crianças, pois meu foco é em brinquedos de madeira e brinquedos lúdicos”, informou. Gartner ressaltou que atualmente, com a ascensão da era da informática, crianças pequenas se divertem com celulares e tablets, mas que deveriam ter

outras atividades que auxiliassem no desenvolvimento cognitivo. “Não podemos desprezar os brinquedos eletrônicos, mas a ocupação da criação com brinquedos manuais e lúdicos é importante para o futuro delas”, salientou. O artesão contou que a exposição de seus trabalhos foi um sucesso, e que várias pessoas visitaram o seu estande, onde ele aproveitou a oportunidade para mostrar aos visitantes a revista da Expo-Ijuí do ano passado, fazendo uma pequena promoção do evento local. “Notei que a Expo-Ijuí deveria fazer divulgações a nível estadual, não apenas regional. Muitas pessoas nunca tinham ouvido falar a respeito da feira, então contei sobre as etnias e as casas étnicas, e as demais atrações. Creio ter feito o meu trabalho durante esse tempo que permaneci em Esteio”, finalizou. Gartner informou que não irá participar da Expo-Ijuí neste ano, pois estará expondo em Maratá.

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 109/2019 – OBJETO: Aquisição de controladores de tráfego para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito. ABERTURA: 26/09/19 às 13h45. Informações pelo telefone (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br, no link “Licitações – Pregão Presencial”. PREGÃO PRESENCIAL Nº 111/2019 – OBJETO: Aquisição de fluoxômetro e aspirador (ar e oxigênio) para a UPA24h. ABERTURA: 26/09/19 às 9h. Informações pelo telefone (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br, no link “Licitações – Pregão Presencial”. Ijuí/RS, 5 de setembro de 2019. Valdir Heck Prefeito


www.clicjm.com

ACIdENtE

EXPERIÊNCIAS

Colisão entre caminhonete e Fiesta, na BR-285, deixou dois homens feridos | 11

Inter decide o título no Beira-Rio Colorado fará em casa o seu segundo jogo da decisão da Copa do Brasil. | 12

EMI Branca de Neve desenvolve a autonomia dos alunos através de vivências | 7

RESGAtE dA HIStÓRIA

MERCAdO dE tRABALHO

Alunos da Escola Ijuí organizaram uma exposição de antiguidades | 7

Palestras visam motivar os adolescentes a escolher uma profissão | 7

EDITORIAL | 6 A reforma trabalhista tem impactos interessantes, como a redução de litígio na Justiça do Trabalho. Mas não é um fator que cria empregos.

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - sexta-feira - 6.9.2019  

Jornal da Manhã - sexta-feira - 6.9.2019  

Profile for clicjm
Advertisement