{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Ano 46 - Nº 192

R$ 3,00

Pacientes aguardam por cirurgias no município Custeadas pelo governo do Estado e solicitadas pelo Município, cirurgias geram longa fila em Ijuí. | 4

DESENVOLVIMENTO

Combate à sonegação deve ser prioridade Presidente do Sindifisco, Altemir Feltrin destaca que governo do Estado deve focar na busca de receitas. | 3

Guedes promete envio da reforma Administrativa A continuidade do Cresce RS foi tema de reunião entre o secretário de Governança e Gestão Estratégica (SGGE), Claudio Gastal, e o deputado Ernani Polo | 10

Senac amplia oferta de capacitações Cursos de Gestão e Informática são ofertados. | 5

Ministro da Economia deve enviar proposta ao Congresso em até duas semanas, no máximo. | 3

Unijuí equipa rede básica de saúde Bens foram entregues ontem; investimento estava previsto no edital de implantação da Medicina. | 7


2

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2020

RADAR

OLHO DA RUA

GASOLINA - A Petrobras informou ontem que vai reduzir o preço médio da gasolina e do diesel nas refinarias em 3% a partir de hoje. Em janeiro, já é a terceira vez que a estatal corta o preço dos combustíveis. Na semana passada, a empresa diminuiu o preço médio da gasolina e do diesel nas refinarias em 1,5% e 4,1%, respectivamente. Em 14 de janeiro, promoveu um corte de 3%. A petroleira estatal tem reiterado que sua política para ambos os combustíveis segue o princípio da paridade de importação, que leva em conta preços no mercado internacional mais os custos de importadores, como transporte e taxas portuárias.

As Tagetes são originárias do México e são plantas com flores que exalam muito perfume e sua coloração varia entre tons de amarelo e laranja. As flores dessa espécie foram escolhidas para embelezar o entorno do Monumento ao Imigrante.

INSS - O governo anunciou medidas para tentar dar vazão aos pedidos de benefícios previdenciários como aposentadoria, salário-maternidade e auxílio-doença, que estão represados à espera de análise do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Parte delas engloba a contratação de pessoal para auxiliar na redução da fila de pedidos. No entanto, o reforço para acelerar a análise dos requerimentos é justamente para não ter que fazer concurso público, segundo o próprio INSS. A lista de medidas apresentadas inclui a contratação de até 7 mil militares da reserva e de servidores aposentados do próprio INSS. PETRÓLEO - A Universidade de São Paulo (USP) desenvolveu um composto derivado do bagaço de cana que pode substituir o petróleo na fabricação de plásticos. A pesquisa é do professor do Instituto de Química de São Carlos Antonio Burtoloso. “A gente construiu uma molécula interessante, que é um poliol, que são muito utilizados para fazer alguns tipos de plásticos”, explicou o pesquisador. A substância é, segundo Burtoloso, semelhante a usada para elaborar plásticos como os usados em painel de carro ou alguns tipos de espuma dura. EMPREENDIMENTOS- O número de novos empreendimentos aumentou 25,5% em novembro de 2019 em relação ao mesmo mês do ano anterior. Foram registradas 257.697 aberturas, segundo o Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian. Na comparação com outubro de 2019, houve queda de 16,2%. O acumulado de janeiro a novembro mostrou a abertura de 2,9 milhões de empresas, com alta de 23,3% no ano. O volume de novos negócios foi maior na Região Norte, com aumento de 36,3% em novembro comparado ao mesmo mês do ano passado. Em seguida aparecem o Nordeste (27,3%), o Centro-Oeste (26,3%), o Sul (24,8%) e o Sudeste (24,2%). RODEIOS - O projeto de lei 6319/19 revoga a legislação que instituiu o Dia Nacional do Rodeio, a ser comemorado no dia 4 de outubro - data em que se comemora também o dia de São Francisco de Assis, padroeiro dos animais. A lei foi sancionada no fim do ano passado. O autor da proposta, deputado Fred Costa (Patriota-MG), lamenta que a atividade seja comemorada. "Devemos repudiar os absurdos comemorativos criados para se ganhar dinheiro ou riso fácil em cima da dor e do sofrimento dos animais."

INDICADORES Poupança 29.01.2020 ..................0,5 % Ouro 29.01.2020.............R$ 214,56(gr) Dólar Comercial.................... R$ 4,2574 Dólar turismo ....................... R$ 4,6962 Euro ......................................... R$ 4,91 IPC/FIPE Dez. /2019 .................. 0,94 % INPC Nove/2018 ........................ 0,54% IGPM Dez. /2019 ........................ 2,09% IPCA Dez. /2019 ......................... 1,15% TR Jane./2019 ...........................+0,0% SELIC jane./2019 ......................+4,5%

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 9.263 2º - 5.101 3º - 9.578 4º - 8.636 5º - 2.030 QUINA

CONCURSO nº

5184

05 43 45 53 69 ENTRE ASPAS "Eu não sei como é que o governo vai fazer com o seu ministro do Meio Ambiente. Eu acho que, de alguma forma, ele [Salles] perdeu as condições de ser o interlocutor. Acho que ele radicalizou demais, não sei se combinado com o presidente ou não." Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

Resultados de quarta - 29.01.2020

MEGA SENA

CONCURSO nº

2229

06 11 29 40 41 58 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 1922

02 03 04 05 06 "Não souberam esperar mais quatro anos, quando talvez pudessem implantar um governo liberal, conservado. E o resultado está aí. Temos hoje um país governado por loucos." Escritor, cantor e compositor, Chico Buarque

07 08 10 12 16 17 18 19 23 25 PREVISÃO DO TEMPO

"O rápido recuo da taxa de juros pegou os brasileiros despreparados. Até então nossa cultura era de investir em poupança e renda fixa." Fundador e ex-presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Roberto Teixeira da Costa

GETÚLIO

Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

29° Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

MIN.

20°

SÁBADO

MÁX.

30° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

18°

DOMINGO

MÁX.

33°

Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

19°

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

SONEGAÇÃO

Sindifisco defende aumento na fiscalização Em meio a uma semana decisiva para o funcionalismo público do Estado, o Grupo JM conversou com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tributária do Estado (Sindifisco-RS), Altemir Feltrin, sobre as mudanças propostas pelo governo e aprovadas pela Assembleia Legislativa. Para ele, o atual cenário político aponta para uma situação delicada e grave. "Infelizmentes estamos vivendo um momento de aprovação de pacotes de projetos que colocam no servidor público a responsabilidade das mazelas do Estado, como se a solução fosse tirar os direitos dos servidores. Isso, na verdade, em nossa visão, acaba por precarizar o serviço público e deixa a população mais carente, que mais necessita do serviço público, de mãos abanando, porque no momento em que tu precarizas educação, saúde, segurança, o menos favorecido é o que mais é prejudicado", afirma Feltrin. Ele lembra que o Sindifisco-RS e os auditores fiscais da Receita Estadual têm demonstrado, por meio de números e propostas, desde 2017, soluções para ajudar a resolver a crise do Estado, inclusive lançaram a campanha das 5 Receitas. A categoria defende que a solução é pelo lado da receita e não somente pelo corte de despesas - que os governos têm feito, sucessivamente. "Nós precisamos que tenhamos um foco mais afinado na busca da receita, no combate à

O combate à sonegação é fundamental para as finanças do Estado. Temos que efetivamente atacar algumas questões muito sérias e problemáticas." sonegação, na busca de recursos para aí sim, com ajuda, quem sabe, de um pouco de crescimento e desenvolvimento da economia, a gente possa ver o nosso Estado no lugar em que realmente gostaríamos de vê-lo e do qual nunca deveria ter saído, que é de destaque na economia do País." Além disso, Feltrin aponta a precariedade do quadro de pessoal como uma dificuldade na busca de recursos - dos 830 auditores fiscais, hoje, são menos de 400. "Estamos gestionando junto ao governo para que seja reposto, pelo menos, parcialmente o quadro, para que esse trabalho de qualidade possa continuar em 2020 ajudando o Estado a sair da crise." O auditor fiscal afirma que, a partir do momento em que houver nomeações e ingresso de auditores fiscais, a receita terá uma reação imediata. "Já divulgamos esses números, e continuaremos, para ressaltar que a contratação de auditor fiscal não é despesa, é in-

Altemir Feltrin

vestimento. Da mesma forma que é inevitável se ter investimento em educação, saúde, na área da Receita também, que é resonsável por buscar os recursos. O combate à sonegação é fundamental para as finanças do Estado. Temos que efetivamente atacar algumas questões muito sérias e problemáticas. Outro problema muito sério é a questão da dívida, que se transformou de forma estratosférica. Fomos buscar os números históricos e ela já foi paga, mas infelizmentes estamos devendo ainda R$ 60 bilhões para a União. Então, essas questões estruturais também têm que ser enfrentadas politicamente", finaliza.

Governo sinaliza envio de reforma O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem, que o governo vai enviar a proposta de reforma Administrativa ao Congresso em uma ou duas semanas. Guedes destacou que confia no Congresso em relação às reformas e que o presidente Jair Bolsonaro nunca foi contra a reforma Administrativa, sendo “tudo uma questão de timing”. Em relação à reforma Tributária, o ministro afirmou que o governo fará de tudo para que ela aconteça este ano. Na quarta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, havia criticado a condução da agenda econômica engendrada pelo governo. Ele afirmou que “não tem culpa” de o governo não ter enviado o projeto de reforma Administrativa e voltou a defender a proposta de

Paulo Guedes

reforma Tributária do professor Bernard Appy, de relatoria do deputado Baleia Rossi (MDB-

SP). “Estamos pedindo há muito tempo”, criticou. O presidente Jair Bolsonaro já havia declarado no início deste ano que poderia enviar o projeto de emenda constitucional (PEC) da reforma Administrativa ao Congresso em fevereiro. A sinalização representou uma mudança no discurso que ele vinha adotando até então. Bolsonaro chegou a afirmar que o projeto iria “demorar um pouquinho” para ser analisado pelo Legislativo. A PEC da reforma Administrativa muda as regras do serviço público, criando diretrizes mais próximas às da iniciativa privada. Devido a temores em relação ao impacto das mudanças na popularidade do presidente, houve pressões do núcleo político do governo para que o encaminhamento ao Congresso fosse postergado.

3

Valorização do trigo traz alento ao produtor gaúcho De acordo com pesquisas do Cepea, os preços do trigo seguem em alta no mercado doméstico, influenciados pela postura firme de vendedores e pelas elevações nas cotações do cereal argentino. Triticultores permanecem na expectativa de negociar a preços superiores nos próximos meses, observando que a disponibilidade no mercado interno é baixa e que os estoques de compradores devem se reduzir. "Traz alento aos produtores que colheram trigo na safra anterior, e que segregaram, que fizeram sua parte, procuraram entregar produtividade com qualidade, e que agora estão vendo seu trabalho recompensado, fruto dessa valorização que está acontecendo no trigo por uma série de fatores", explica o presidente da Câmara do Trigo da Farsul, Hamilton Jardim. Segundo ele, o Brasil consome em torno de 11,5 milhões de toneladas por ano. Nesta safra, a produção não chegou à metade, ficando na casa de 5,2 milhões de toneladas. O Rio Grande do Sul colheu 2,2 milhões, o suficiente para abastaecer a indústria moageira no Estado e exportar aos demais. "Acreditamos que esse cenário é de manutenção de quadro de preço e hoje ninguém esperava que o trigo estivesse nesse patamar e principalmente buscado Hamilton Jardim avidamente pela indústria moageira brasileira e gaúcha, portanto, isso é um bom alento, sinal de que iremos crescer na próxima safra de trigo e que vamos ter mercado para nossa produção, que é fruto de uma genética cada vez melhor embutida na semente, permite que mesmo em anos, como aconteceu agora, em que grande parte da produção não estava colhida pegou chuva, mantenha as aptidões comerciais que são as desejadas pela indústria moageira. Portanto, é sinal de valorização da safra, do sistema de produção e sem sombra de dúvidas, pontos a serem comemorados pelo produtor gaúcho." Ainda em entrevista ao Grupo JM, ele destacou a importância de trabalhar o trigo como uma cultura fundamental, sendo a única que o Estado não é autossuficiente, tendo, segundo Jardim, plenas condições de ser. Mas, para isso, é preciso resolver questões relacionadas ao seguro agrícola e custos de produção. "Nós temos condições de elevar esse teto de produção para quem sabe 7 ou 8 milhões de toneladas em curto espaço de tempo."

Rombo da Previdência bate recorde em 2019 O rombo nas contas da Previdência atingiu R$ 318,4 bilhões em 2019. O número é o maior registrado na série histórica. Em 2019, o déficit previdenciário da União cresceu cerca de 10% em relação ao ano anterior, apontam dados do Tesouro Nacional. A diferença entre o que o governo arrecada e o que gasta nessa área havia ficado negativa em R$ 289 bilhões em 2018 e R$ 270,3 bilhões em 2017. Para corrigir distorções no sistema de aposentadorias e reduzir o rombo, o governo apresentou e conseguiu aprovar uma proposta de reforma da Previdência em 2019. O impacto para o ano passado, porém, foi nulo, e o efeito nas contas de 2020 ainda serão pequenos. Os dados divulgados pelo Tesouro incluem os resultados do Regime Geral de Previdência Social, que atende o setor privado, e os regimes de servidores públicos e militares, além do Fundo Constitucional do Distrito Federal. O déficit da Previdência foi o principal alvo da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, em seu primeiro ano de gestão. Apresentada com uma economia aos cofres públicos estimada em mais de R$ 1 trilhão em 10 anos, a proposta para mudar regras de aposentadoria do setor privado e de servidores públicos acabou aprovada pelo Congresso com um impacto de aproximadamente R$ 800 bilhões.


4

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2020

SAÚDE

Espera por cirurgias gera angústia em pacientes P

restes a completar 36 anos, Maria (nome fictício; a fonte não quis se identificar) não tem muitos motivos para comemorar. Há mais de um ano, ela sofreu uma queda, que mudou drasticamente a sua vida. Demorou seis meses para conseguir uma consulta com ortopedista na rede pública de saúde, passou por uma série de exames e consultas – realizados não apenas em Ijuí, mas em Santo Ângelo e Tenente Portela – e está há mais de um ano afastada do trabalho. “Sempre fui muito trabalhadora. Nunca fiquei em casa. Trabalho desde os meus 12 anos e, agora, sinto dor 24h por dia. Hoje, tenho dificuldades para me locomover, perdi o movimento da perna e só consigo caminhar com o auxílio de muletas”, explica a jovem, que aguarda na fila de espera por uma cirurgia de ligamento e menisco na perna esquerda. A lesão, segundo ela, já evoluiu para uma doença degenerativa no joelho. “Quanto mais o tempo passa, mais problemas surgem. Eu realmente não tenho condições de pagar pelo procedimento. E um perito ainda

falou que eu também devo estar com desgaste no quadril.” Sem ter qualquer previsão de quando a cirurgia será realizada, Maria aguarda para, no mês que vem, realizar uma nova perícia. Segundo ela, duas opções a assombram agora: ou será aposentada por invalidez, ou receberá alta e terá que voltar ao trabalho. “Eu não tenho condições de trabalhar agora”, afirma, lembrando da dor intensa que sente. Desde que o episódio ocorreu, Maria prefere se manter em casa. Devido ao inchaço da perna, só consegue usar calças destinadas a gestantes. Jeans ou bermudas, roupas que gostava, já não podem ser usadas. “Não sou mais a mesma pessoa. E tenho vergonha de sair.” UMA ENTRE DEZENAS Maria não é a única na fila de espera. Segundo o secretário municipal de Saúde, Josias Pinheiro, a busca por cirurgias é grande na cidade e preocupa a pasta. “Temos pacientes aguardando há mais de seis meses, há um ano ou mais”, diz, lembrando que as cirurgias são

classificadas de acordo com avaliação do especialista: podem ser enquadradas como emergenciais, quando há risco de morte; urgentes, quando há risco de morte, mas o procedimento não precisa ser feito de forma tão imediata; ou eletivas, quanto podem ser postergadas por um tempo maior, sem causar danos ao paciente. “Neste último caso, se enquadram casos de cirurgia de hérnia, cálculo na vesícula, que não tem inflamação ainda”, disse, afirmando, ainda, que as cirurgias eletivas têm andado relativamente bem, com um prazo de realização de um a dois meses. “Dentro de uma realidade de saúde pública do País, é um prazo curto”, disse. Somente no ano passado, foram feitos 704 encaminhamentos de cirurgias na Secretaria Municipal de Saúde. Mais de 400 foram agendadas e liberadas. Mas cerca de 250 cirurgias ainda precisam ser feitas. De acordo com Josias, na semana que passou ele conversou com a diretora executiva do Hospital Bom Pastor, Rosane Schiavo, que apresentou uma proposta para que houvesse um

Secretário municipal de Saúde, Josias Pinheiro

complemento do município para realização de cirurgias e diminuição, consequentemente, da fila de espera. “Estamos trabalhando com a questão orçamentária e vendo se a gente consegue chegar num convênio com o Bom Pastor, ou quem sabe com o Hospital de Caridade de Ijuí, para que possamos reduzir essa fila”, explicou o secretário, que sabe quão doloroso é, para cada paciente, essa demora. Josias explica que a Secretaria faz a solicitação do procedimento no sistema, após o encaminhamento médico, e é o Estado, por meio da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), que classifica os casos de menor e maior risco. “Hoje, todas as cirurgias são feitas por meio do Estado, sem custo ao município, porque são casos de média e alta complexidade. O Município é responsável pela baixa complexidade. Se a gente firmar convênio com algum dos hospitais, mais uma vez estaremos indo além da nossa obrigação oficial. Não temos recursos recebidos dos governos federal e estadual para cirurgias. As mais de 400 encaminhadas no último ano, todas foram financiadas pelo governo gaúcho. Se firmamos convênio com alguma instituição hospitalar, aí sim vamos estar investindo recursos próprios.” As cirurgias acontecem não

apenas em Ijuí, mas em outros municípios, como Tenente Portela, Palmeira das Missões, Porto Alegre e até Passo Fundo. Questionado sobre a área de traumatologia e ortopedia, da qual necessita atendimento a paciente contatada pelo Grupo JM, Josias explica que a referência está em Cruz Alta – que não tem garantido a resolutividade necessária aos municípios. “Estamos há algum tempo nessa discussão, para que deixemos de encaminhar nossos pacientes a Cruz Alta. Mas precisamos de outro município para cobrir essa necessidade. Poderia ser Ijuí, que já manifestou interesse, mas diante dos valores que o SUS repassa aos hospitais para estes procedimentos, eles são insuficientes. A gente sabe.” O próprio HCI está em tratativas para atender a área de traumatologia. E há uma participação da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) para que uma solução seja encontrada o mais breve possível. “As consultas em traumatologia, que eram um problema sério, porque também tínhamos que encaminhar pacientes para fora, conseguimos resolver, juntamente com a prefeitura de Novo Hamburgo, que nos cedeu um profissional. Isto está acelerando as consultas”, lembra.

Município promoveu mutirão para cirurgias Com o intuito de reduzir o tempo de espera, a administração de Frederico Westphalen promoveu um mutirão de cirurgias eletivas em diversas especialidades. No total, foram 158 cirurgias realizadas de novembro de 2018 a março de 2019, na primeira edição. Os pacientes atendidos já haviam passado por consultas e exames especializados e receberam encaminhamento para realização do procedimento. Orçado no valor de R$ 202.421,00, o projeto foi custeado de maneira integral pelo Município por meio da destinação da cota extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Dentre os procedimentos, foram feitas cirurgias de hérnia, fraturas, bexiga, exploração de vias biliares, reconstrução de ligamentos, entre outros.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

5

CURSOS

Senac capacita para o mercado de trabalho

Durante muito tempo, os cursos profissionalizantes e técnicos sofreram com um estigma no Brasil. Ele era reservado para os jovens que não conseguiam passar no vestibular ou que não achavam que tinham capacidade para fazer mais. Mas esse pensamento está ultrapassado: hoje, o mercado de trabalho está atrás de mais profissionais técnicos e, muitas vezes, eles podem ganhar mais e ter mais oportunidades do que quem é formado em uma universidade. Apesar disso, apenas 6% dos jovens brasileiros estão em um

Ensino Médio profissionalizante. Isso é problemático porque uma porcentagem pequena de jovens formados no Ensino Médio entra na universidade depois – cerca de 40%. Os outros, além de não entrarem na faculdade, não têm formação alguma quando tentam entrar no mercado de trabalho. E o ensino nas escolas comuns é voltado unicamente para o vestibular, como se o técnico não fosse uma opção. Ao contrário da universidade, o ensino em cursos técnicos e profissionalizantes são muito mais voltados para o mercado de trabalho. Ele ensina a exercer uma função específica e necessária no mercado da região. Atentos a essa demanda e para as atuais mudanças do mercado profissional, o Senac de Ijuí tem agido para ampliar os cursos profissionalizantes e técnicos e proporcionar mais conhecimento para quem quer entrar ou voltar para o mercado de trabalho.

"É importante para as pessoas que têm esse interesse em buscar qualificação, pois oportunidade de trabalho nós temos. Ouvimos muito de empresários da cidade e de autoridades que as pessoas estão indo em busca de trabalho, mas não conseguem emprego por não estarem qualificadas para isso", disse a diretora do Senac Ijuí, Cláudia Scherer. O Senac é um dos parceiros da campanha "Compre Aqui", do Grupo Jornal da Manhã. Para facilitar a vida de todos, o Senac possui cursos de formação rápida, que variam de 24 a 180 horas e cursos técnicos, que costumam durar de 800 a 1200 horas, e o custo é bem mais baixo do que o de uma universidade. Ele é, sem dúvidas, o caminho mais curto entre o Ensino Médio e o mercado de trabalho. "O curso tem um tempo hábil para que a pessoa possa, em prazo rápido, de três a quatro semanas, ter uma formação. Como é caso da nossa nova turma de Dicção, que tem duração de 30

horas, onde a pessoa se dedica 10 noites. Na Informática temos uma geração que já nasce sabendo, mas ao mesmo tempo ela precisa formatar esse saber. Hoje o curso de Informática dura 60 horas, isso são 20 turnos. Temos uma turma no turno da noite, que iniciamos na quarta-feira". Os cursos de Informática são oferecidos na segunda, quarta e sexta-feira, onde o aluno aprende a trabalhar com o computador e com celulares. "Trabalhamos desde a formação básica na área tecnológica. No ponto de vista da Gestão, a questão comportamental está muito em voga. Então temos pensado em formar pessoas com habilidades de líderes e, para isso, temos para maio um curso de 24 horas para desenvolvimentos de líderes", ressaltou Cláudia. O Senac também vai oferecer, a partir de 7 de abril, um curso de 16 horas de Autogestão, "que é um trabalho de autodescobrimento". Em 16 de

Cláudia Scherer

junho será oferecido um curso de 36 horas para vendedores de alto desempenho, com foco na performance. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3332-7022, e no site senacrs. com.br/ijui.


6

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2020

Opinião do JM DESCASO COM A SAÚDE de outras tantas pessoas que esperam por tratamento. O que é mais estranho é que Ijuí, enquanto polo de saúde, que possui três hospitais de referência, acaba encaminhando inúmeros pacientes para outras cidades. Política estadual. Sim! Mas e o compromisso do município? Vejamos o caso do município de Frederico Westphalen, que para tirar da fila os cidadãos do município, fez um mutirão entre novembro de 2018 a março de 2019, que atendeu 158 pacientes em diferentes modalidades. Orçado no valor de R$ 202 mil, o projeto foi custeado de maneira integral pelo município por meio da destinação da cota extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Dentre os procedimentos, foram feitas cirurgias de hérnia, fraturas, bexiga, exploração de vias biliares, reconstrução de ligamentos. Se a paciente ijuiense morasse em Frederico teria já o seu problema resolvido no ano passado. Mas o cidadão brasileiro deve exercer o direito à saúde através da Justiça e não se amedrontar face ao Estado inerte. Cabe até prisão dos agentes públicos omissos em não agendar a cirurgia do cidadão doente, já que sempre se usa a lei como referência para os deveres, mas esquece também que ela deve ser usada para os nossos direitos. E se o Estado é inerte e não cumpre o seu papel social, vamos buscar o manto constitucional e com ele exercer o direito do cidadão brasileiro.

todos e dever do Estado, garantido mediante O cidadão brasileiro políticas sociais e deve exercer o direito à econômicas que visem saúde através da Justiça a redução do risco de e não se amedrontar face doença e de outros ao Estado inerte. agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”. Pois bem, não é o que ocorre nos dias atuais. Em Ijuí, uma mulher de quase 36 anos, com problemas na perna esquerda, levou seis meses para conseguir agendar uma consulta com um ortopedista via Sistema Único de Saúde (SUS) e espera há mais de um ano por uma cirurgia. Enquanto aguarda, o sofrimento das dores, a incerteza sofre o futuro, a angústia de nem sequer saber se vai poder voltar a trabalhar, faz desse drama um reflexo da situação

ARTIGO

O primeiro mês mostra o que vamos enfrentar André Frota Membro do Observatório de Conjuntura e professor do curso de Relações Internacionais Os dois eventos de proporções globais que apresentaram as primeiras credenciais do ano que se inicia foram a morte do líder da guarda revolucionária iraniana, derivada de uma investida militar norteamericana no Iraque, e o passeio global da pluma de carbono — resultado do incêndio australiano. De um lado, um ataque aéreo e unilateral do governo americano ao aeroporto de Bagdá executou Qasem Soleimani, sendo justificado pelo presidente Trump como uma janela de oportunidade única para retirar o arquiteto da estratégia de expansão e da influência iraniana no Oriente Médio. A morte do general criou um cenário de incerteza, seja no interior da sociedade americana, seja no Oriente Médio. Do lado americano, a ação do presidente abriu espaço para um possível enfrentamento entre EUA e Irã em meio ao processo de impedimento aberto contra Trump, que acontece no calor da corrida eleitoral. Do lado iraniano, Soleimani era a provável próxima liderança a dar continuidade à tradição dos aiatolás. Como chefe da guarda revolucionária iraniana, força militar organizada e institucionalmente for-

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

mada para preservar o regime dos aiatolás, Soleimani era seu principal estrategista e provável liderança responsável por perpetuar o regime. Já no hemisfério sul, ainda que concomitante ao cenário hobbesiano no Oriente Médio, a nuvem de gás carbônico, derivada do incêndio generalizado na Austrália, espalhava-se pelo globo, indo em direção à sua volta olímpica pelo planeta. A proporção, a força e as causas dessa pluma estão relacionadas a fatores locais, como o excesso de biomassa acumulada nos ecossistemas florestais australianos, mas sobretudo pela influência sistêmica de um clima globalmente mais aquecido e menos previsível. Ambos eventos, tanto o quase colapso das relações entre EUA e Irã (os quais poderiam ter resultado em uma escalada imprevisível dos conflitos e da guerra no Oriente Médio) como os lastros de uma primeira catástrofe atmosférica de escala global revelam o limiar em que a sociedade internacional estará submetida daqui em diante. Ou seja, eventos com potencial de estilhaçar o tecido humano-social e a vida biológica no planeta.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

ARTIGO

Ditadura à brasileira Getúlio Dorneles Fernandes da Silva Administrador "Aquele homem foi perseguido pela ditadura da realidade no Brasil, pediu asilo na Embaixada da Imaginação, nunca mais saiu." (Milton Braga da Motta Júnior - Poemas nos ônibus). Tenho sérias dúvidas se vivemos em uma democracia. Talvez, vivamos em uma aparente democracia. Digo isso porque vivemos, há muitas décadas, sobre a égide de decretos, decretos-leis, medidas provisórias, decisões muito lentas nos legislativos e Judiciário, não comum, contrariando a vontade e o desejo do povo. Povo que deseja justiça para quem comete ilícitos, correção na condução dos recursos públicos e soluções para problemas que se eternizam. Diante do exposto, vivemos a ditadura da realidade. Embora tenhamos Executivo, Legislativo e Judiciário supostamente independentes, vemos neles uma soma de conflitos que acabam prejudicando a nação brasileira e travando o seu progresso. O Executivo, no cumprimento de sua obrigação constitucional, elabora planos que visam à solução de problemas crônicos, como justiça salarial, qualidade da educação, melhoria na infraestrutura, na condição de vida da população e aí por diante. Acontece que a ditadura da realidade criou disparidades tais, entre os Poderes, que quaisquer iniciativas para tentar equalizar os ganhos geram um descontentamento entre os que recebem mais. Esbravejam e não admitem congelar, por algum tempo, seus rendimentos ou perder penduricalhos vergonhosos, enquanto a população amarga baixíssimos salários, que acabam por onerá-la com uma carga maior de impostos. Buscando soluções, cujos resultados não serão imediatos, os governantes encaminham projetos ao Congresso Nacional. Muitos ficam em banho-maria, outros sofrem alterações que os desfiguram e para aprovação, antes acontecia o mensalão, atualmente, a antecipação de emendas. Essas emendas são impositivas, isto é, obrigatoriamente, devem ser liberadas durante o ano. Constata-se que, para aprovação de projetos ou emendas, é necessária a antecipação desses recursos para atender interesses das bases parlamentares. O STF, por sua vez, tem sido muito criticado por mudar seu entendimento em uma determinada matéria ou fato, além de legislar em determinados assuntos. O Brasil não sairá da gravíssima situação que se encontra se todas as esferas públicas não se conscientizarem e adotarem a mesma bandeira. Logicamente, dentro da lei e da ordem.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 Semestral: R$ 240,00 Anual: R$ 480,00 Correio: R$ 460,00 (semestral); R$ 900,00 (anual)


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

CONTRAPARTIDA

Fidene/Unijuí entrega equipamentos à Saúde Este primeiro repasse será direcionado às unidades básicas de saúde. Todo edital do curso de Medicina está ligado à qualificação do atendimento ao cidadão, a partir do SUS.

Entrega de equipamentos ocorreu ontem, na Biblioteca do Campus

Atendendo ao edital de implantação do curso de Medicina, a Fidene, mantenedora da Unijuí, realizou, na tarde de ontem, a entrega de bens ao poder Executivo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em evento realizado na Biblioteca do Campus Ijuí. Para participação no Edital nº 01 de 05/07/2017 Seres/MEC, a Fidene propôs um plano de contrapartida, considerando as estruturas de serviços, ações e programas de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) de Ijuí, cidade selecionada para receber o curso. “Essa contrapartida envolve dois grandes processos: primeiro, a qualificação para pessoas ligadas ao SUS, vinculadas ao poder público municipal. Este processo foi

feito ainda no ano passado. Já temos um profissional realizando o mestrado em Atenção Integral à Saúde e cerca de 50 pessoas fazendo cursos Lato Sensu. A Unijuí tem mais de R$ 200 mil aplicadas na qualificação destes sujeitos que estão na ponta do serviço de saúde”, explicou ao Grupo JM a reitora da Unijuí, Cátia Nehring. A segunda contrapartida refere-se a investimentos em estruturas locais de saúde. Ontem, a Fidene/Unijuí realizou a doação de diversos itens, como computadores e acessórios de informática, estetoscópios, termômetros, lanternas clínicas, maletas médicas e diversos outros aparelhos utilizados pelos profissionais nos serviços de

saúde do município, chegando a mais R$ 93 mil em investimentos. “Este primeiro repasse será direcionado às unidades básicas de saúde. Todo edital do curso de Medicina está ligado à qualificação do atendimento ao cidadão, a partir do Sistema Único de Saúde.” A Universidade atua nas duas frentes, qualificando e equipando, porque de nada adianta, como lembra a reitora, ter equipamentos se os profissionais que estão na ponta – sejam eles médicos, enfermeiros ou nutricionistas, por exemplo – não conseguirem fazer uma reflexão e ter a qualificação do seu trabalho. Além da reitora, participaram do ato, ontem, o vice-reitor de Administração, Dieter Siedenberg, o prefeito de Ijuí, Valdir Heck, e a secretária adjunta de Saúde, Andreia Amorim dos Santos, além de membros do corpo docente do curso e chefia do Departamento de Ciências da Vida.

12ª Fenii começa a ser organizada O secretário de Desenvolvimento Econômico de Ijuí, Antônio Carlos Tambara, em entrevista ao Grupo JM falou sobre os preparativos para a 13ª Feira de Negócios da Indústria de Ijuí (Fenii). Segundo Tambara, a comissão organizadora está trabalhando no cronograma da 12ª edição da feira desde o encerramento da 11ª edição da Fenii, que ocorreu em maio do ano passado. Tambara afirmou que em janeiro a organização e o trabalho se intensificou. “Existem muitas coisas planejadas para fazermos uma grande feira dos dias 29 de abril a 3 de maio, no Parque de Exposições Wanderley Burmann”, disse. Tambara afirmou que para este ano espera-se maior movimento.

“Isso gera uma enorme oportunidade para as nossas indústrias, trazendo visibilidade às empresas de Ijuí”, salientou, informando que “a feira oferece um grande espaço para que nossa indústria local mostre ao público consumidor que Ijuí produz." O secretário disse que no mês de fevereiro as inscrições para as empresas que têm interesse em expor serão abertas. “O nosso objetivo é atender todos de uma maneira organizada para que todos tenham a oportunidade de mostrar a Ijuí e região a importância da Feira de Negócios da Indústria de Ijuí, pois a feira oportuniza o cliente a conhecer os produtos, fazendo com que cada empresa, que é daqui, ganhe a sua identidade”, ressaltou.

Antônio Carlos Tambara

7

Obras da Bacia 14 vão começar pela Avenida Coronel Dico O gerente regional da Corsan, João Batista Corim e engenheiros da companhia estadual estiveram reunidos nesta semana com prefeito Valdir Heck (PDT) para definir a continuidade das obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário no município. A Corsan deverá iniciar as obras na chamada Bacia 14, que prevê atendimento urbano abrangendo cerca de 35 mil pessoas e até 76 quilômetros de extensão na área leste do município. Na ocasião, a administração fez o pedido para que a empresa vencedora da licitação exercite inicialmente a rede entre a Praça da República e o Monumento do Centenário, numa extensão de 1.200 metros, que passarão pela Avenida Coronel Dico."Concluído esse trecho, iremos passar para a Avenida David José Martins", disse o gerente da Corsan, João Batista Corim ao Grupo JM. Essa ação decorre do interesse da administração municipal em realizar o asfaltamento posterior da rede ainda no corrente ano. Também foram discutidos encaminhamentos com relação à instalação de água e esgoto sanitário para novo Hospital Bom Pastor e no Complexo de

João Batista Corim

Ciência da Saúde da Unijuí. A reunião permitiu também uma avaliação dos serviços em andamento do esgotamento sanitário na comunidade de Faixa Velha. A companhia também pretende concluir a bacia do Parque da Pedreira. O secretário de Governo, Telmo Alves, e o secretário de Meio Ambiente, Antenor Weiller, também estiveram participando da reunião.

Regulamentada lei que garante ingresso no Fundamental Foi regulamentada pela Secretaria Estadual da Educação (Seduc), em publicação no Diário Oficial de terça-feira, a lei 15.433, que permite a matrícula de alunos com cinco anos de idade no 1° Ano do Ensino Fundamental da rede estadual de ensino. A lei estava em vigor desde 27 de dezembro do ano passado, após aprovação pela Assembleia Legislativa e sanção do governador Eduardo Leite. Neste ano, têm direito à vaga as crianças que completarão seis anos até o dia 31 de maio. A partir de 2021, poderão ser matriculados alunos que completam seis anos até o dia 31 de dezembro. No entanto, a Seduc esclarece que terá que ser comprovada a maturidade física, psicológica, intelectual e social, mediante parecer de equipe multiprofissional. O ingresso com cinco anos de idade é opcional. Se os pais quiserem, podem deixar os filhos um ano a mais na Educação Infantil e matricular no Ensino Fundamental com seis anos. As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de fevereiro. Os interessados devem acessar o site da secretaria e escolher uma das escolas com vagas disponíveis. Ao todo, são cerca de 15 mil vagas na rede pública em todo o Rio Grande do Sul. Conforme a Secretaria Estadual da Educação, a regulamentação deve ser seguida pelas rede municipal e privada. A medida é contestada por especialistas em educação. Segundo eles, a legislação federal, apoiada em parecer do Conselho Nacional de Educação, diz que as crianças com seis anos completos ou que atingem essa idade mínima até 31 de março devem ser matriculadas no 1º ano do Ensino Fundamental. Além disso, é questionada a antecipação da entrada da criança em uma etapa de ensino que não é adequado a ela. O Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe/ RS) juntamente com demais entidades do setor, afirmou em nota publicada no site que irá questionar a decisão judicialmente, para que haja a suspensão da lei.


8

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

REFORMAS

AL aprova subsídios para a Brigada Militar Propostos pelo governo Eduardo Leite, os subsídios da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros foram aprovados na tarde de ontem pela Assembleia Legislativa. Os deputados chancelaram a proposta do Palácio Piratini, impondo salários entre R$ 4 mil e R$ 27,9 mil, por 37 votos favoráveis e 16 contrários. É a oitava vitória governista em plenário na convocação extraordinária chamada para apreciação do pacote que altera a carreira do funcionalismo gaúcho.

Pela nova lei, todos os apêndices que compõem os vencimentos, como risco de vida e tempo de serviço, passam a ser unificados nos contracheques, evitando o efeito cascata sobre a folha de pagamento. A votação transcorreu sob protestos das galerias. "Canalhas", gritaram os servidores. Até a mudança, os servidores recebiam gratificações por triênios e adicionais por tempo de serviço. Agora, essas vantagens serão extintas. Os militares que hoje

Assembleia encerrou ontem a sessão extraordinária com votação da BM

ganham esses valores seguem recebendo, mas na forma de parcela autônoma correspondente ao montante que ultrapassar seu subsídio. Para assegurar a vitória, Leite cedeu a pedidos da categoria. Após negociações lideradas pelo vice-governador e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, apresentou nova proposta de subsídios na quartafeira da semana passada. A reforma aumentou as remunerações de soldados, cabos, sargentos e tenentes. O vencimento do soldado de nível I, por exemplo, subiu de R$ 6,2 mil para R$ 6,7 mil. A contrapartida foi a redução do subsídio de capitães, de R$ 20,3 mil para R$ 19,5 mil. Durante a sessão, o presidente da Assembleia, Luis Augusto Lara (PTB), acatou o pedido do parlamentar e líder do Governo, Frederico Antunes (PP), a retirada do PLC 5/2020 da pauta. O projeto propõe a alteração da Lei Complementar que dispõe sobre o Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Militares do RS e institui o Fundo Previdenciário dos Servidores Militares – Fundoprev/Militar. Após a decisão, Lara encerrou a sessão no plenário. O governador Eduardo Leite esteve na AL-RS e agradeceu o resultado da votação feita em convocação extraordinária.

Subsídios e carreira do IGP serão alterados Os deputados estaduais aprovaram na manhã de ontem – com 53 votos favoráveis e nenhum contrário – o projeto que modifica os subsídios dos profissionais do Instituto-Geral de Perícias (IGP). As entidades que representam os peritos concordaram com a versão final do projeto, na tentativa de reduzir perdas da categoria, o que levou os parlamentares da oposição a votar a favor da medida. No quarto dia de sessão extraordinária - com votações programadas para a manhã, tarde e noite - os deputados apreciam quatro projetos que afetam os servidores da segurança pública. São eles: o projeto que transforma em subsídio o salário dos profissionais do Instituto-Geral de Perícias (IGP); o que trata da aposentadoria especial dos policiais civis e agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe); o que modifica a tabela de subsídios da Brigada Militar e Corpo de Bombeiros; e o que altera as alíquotas previdenciárias dos brigadianos. Quanto ao projeto do IGP, aprovado ainda durante a manhã, os servidores deram apoio ao texto final da proposta, tentando diminuir as perdas impostas pelas mudanças na carreira. Embora os valores da tabela salarial tenham aumentado na última redação do texto, a parcela autônoma da categoria (que engloba as gratificações e vantagens temporais) vai sofrer descontos toda vez que os subsídios do IGP aumentarem. Na prática, a medida acarreta o

congelamento salarial da categoria por vários anos. Por exemplo, se o salário do perito aumentar R$ 100,00, o valor da parcela autônoma diminuirá R$ 100,00, até que ela seja totalmente extinta. A categoria só vai receber aumento real no salário, depois que a parcela autônoma for zerada. Essa é a regra da parcela autônoma que, inicialmente, o Palácio Piratini queria implantar para todas as categorias do serviço público. Mas, como as matérias foram sendo alteradas com emendas de plenário, por pressão das categorias e da própria base aliada, os projetos que tratam de diferentes categorias ficaram com regras diferentes. Essa foi a principal crítica que a oposição levou a tribuna na sessão. “Todo mundo compartilha da crítica sobre a parcela autônoma: para algumas categorias vai funcionar de um jeito, para outras, de outro. Por exemplo, para o magistério, o projeto aprovado nesta quarta-feira determinou o seguinte: quando tiver reajuste, não vai ter mais descontos da parcela autônoma. No IGP, vai ter”, analisou Jeferson Fernandes (PT). Fernandes acredita “é bem provável que haja judicialização”, por conta das diferentes regras aprovadas para cada categoria. A tese é de que isso fere a norma da isonomia do serviço público, que determina igualdade de direitos para todos os servidores.

Aposentadoria da Polícia Civil é alterada Por 49 votos favoráveis e três contrários, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 509, que modifica aposentadoria especial da Polícia Civil, foi aprovado poucos minutos antes do término da primeira sessão desta quintafeira na Assembleia Legislativa. Foi durante a apreciação deste, no início da tarde desta quinta-feira, que ocorreu um dos momentos de maior tensão da convocação extraordinária da Assembleia para votar o pacote de reforma administrativa e previdenciária proposto pelo governador Eduardo Leite. Servidores da área da segurança viraram as costas e passaram a gritar palavras de ordem durante a manifestação do líder da bancada do Novo, deputado Fábio Ostermann. O partido, desde a apresentação do pacote, destacou seu entendimento de que o projeto vai "na contramão" do fim dos privilégios. Ostermann, em seu pronunciamento, apresentou dados neste sentido. Tomando por base situação semelhante ocorrida no estado de Rondônia, onde o questionamento de medidas equivalentes foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF), a bancada do Novo não descarta ingressar judicialmente contra o texto. Conforme o PLC, o policial civil, bem como o agente penitenciário, que tenham ingressado nas respectivas carreiras ou em quaisquer das carreiras das polícias militares, dos corpos de bombeiros militares ou

Fábio Ostermann

de agente socioeducativo, até a data de entrada em vigor da Lei Complementar n° 14.750, de 15 de outubro de 2015, poderão se aposentar observada a idade mínima de 55 anos para ambos os sexos. Eles poderão aposentar-se aos 52 anos de idade, se mulher, e aos 53 anos de idade, se homem, desde que cumprido período adicional de contribuição correspondente ao tempo que faltaria para atingir o tempo de contribuição previsto em lei. O governador Eduardo Leite usou as redes sociais para celebrar a aprovação dos textos.

Governador não garante equilíbrio nas contas

O governador Eduardo Leite comentou a aprovação de oito projetos do pacote de reforma administrativa na Assembleia Legislativa, até ontem. O chefe do Executivo agradeceu o apoio dos deputados em entrevista coletiva concedida após as votações. Entre os projetos está a PEC 285, que define idades mínimas para aposentadoria, termina com vantagens por tempo de serviço e veda a incorporação, nos salários, de gratificações. O texto passou em segundo turno pelo placar de 36 votos a 16. Já o PL 3/2020, que altera o plano de carreira do magistério, teve placar de 32 a 19. Mesmo com a aprovação das matérias, o governador não garantiu o equilíbrio nas contas do Estado ainda em 2020. Eduardo Leite disse que os projetos da reforma não vão colocar os salários do funcionalismo em dia, mas que, no futuro, vão permitir que o pagamento não atrase mais. “Para colocar o salário em dia, nós precisamos gerar receita extraordinária suficiente para vencer o passivo que nós temos”, observou. “Nós temos um desencaixe de fluxo no caixa de R$ 1,5 bilhão”, prosseguiu, citando a necessidade de privatizações. “Nós temos uma expectativa muito positiva para o ano de 2020”, completou Leite. Eduardo Leite ressaltou que a PEC 285 ajuda na recuperação do Estado ao conter os gastos com a Previdência. Sobre o plano de carreira do magistério, o governador lembrou que o atual modelo salarial vigora desde 1973. Com as mudanças aprovadas pelo PL 3/2020, os subsídios vão de R$ 2.886,22 (para educadores em início de carreira e com nível educacional médio) a R$ 5.049,56 (para aqueles em final de carreira e com doutorado). O chefe do Executivo voltou a criticar o Cpers, chamando o sindicato de “intransigente”. Para Leite, a nova estruturação do magistério vai garantir um futuro melhor para os servidores. “É um marco na carreira dos professores, que vai permitir que se estabeleçam novas e melhores condições remuneratórias”, avaliou


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

9

CASA CIVIL

Mudanças são prenúncio de minirreforma As mudanças anunciadas pelo presidente Jair Bolsonaro na Casa Civil são vistas por integrantes do Palácio do Planalto como um prenúncio de uma minirreforma ministerial. Segundo fontes do Planalto, há uma ofensiva interna capitaneada pela ala militar, mas com apoio de ministros de fora do palácio, contra o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que se intensificou após ele entrar em férias. Dois de seus principais auxiliares foram demitidos durante a sua ausência: Vicente Santini, que fez "voo particular" com avião da Força Aérea Brasileira (FAB), e Fernando Moura, que ficou apenas um dia como interino. Com as mudanças, a Casa Civil está por ora sem comando. Oficialmente, o ministro volta ao trabalho na próxima segunda. Uma saída estudada seria transferi-lo para um ministério da área social, retirando ele do Palácio do Planalto, onde despacha o chefe da Casa Civil, assim como o presidente.

Onyx Lorenzoni chegou a ser um dos principais ministros de Jair Bolsonaro

A ofensiva contra Onyx também teria outro foco, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, que vem acumulando desgastes recentes depois da identificação de erros graves no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Abraham e o irmão, Arthur, que é assessor especial da Presidência,

foram apresentados ao presidente justamente por Onyx. O MEC apresenta problemas desde o início da gestão Bolsonaro. Abraham não é o primeiro ministro a assumir a pasta. O antecessor, Ricardo Vélez Rodríguez, foi demitido após gestão marcada por controvérsias e recuos.

Maia diz que Weintraub "atrapalha" Em coletiva de imprensa na manhã de ontem, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou duramente o ministro da Educação do governo Bolsonaro, Abraham Weintraub. Foi direto ao ponto falar que o chefe da pasta “atrapalha o Brasil”, que ele está “comprometendo o futuro de gerações”, e chamou de “péssima” a qualidade de administração do discípulo do astrólogo e guru do Executivo, Olavo de Carvalho. Falou ainda de Ricardo Salles, do

Meio Ambiente, que chamou de “um bom quadro”, mas destacou que, por conta do radicalismo, terá dificuldades em sua gestão em 2020. De fato, o ministro da educação atrapalha o Brasil”, afirmou Maia ao destacar que a incumbência de contratar ou demitir ministros pertence à Bolsonaro. “Atrapalha o futuro das nossas crianças. Está comprometendo o futuro de gerações a cada ano que se perde com a ineficiência, o discurso ideológico e péssima

qualidade na administração. Ele acaba prejudicando os anos seguintes da nossa sociedade”, disparou. “São casos distintos. Quem nomeia e quem demite é o presidente. Deixo claro que não fiz nenhuma crítica ao presidente da República. Nos últimos meses nossa relação tem ficado muito positiva. Com diálogo permanente. A gente tem conversado. Eu digo que muitas vezes eu vou divergir, mas de forma muito respeitosa, ao seu governo e à sua pessoa”, ponderou.

Cidadania deve apoiar PDT em Ijuí

Dinorah Ghen

O partido Cidadania está se articulando para as eleições municipais de Ijuí neste ano, mesmo com as indefinições sobre o pleito. A presidente da sigla, Dinorah Ghen, disse ao Grupo JM que o partido, que já apoiou a coligação que venceu as eleições em 2016 e elegeu Valdir Heck (PDT) e Valdir Zardin (PP) para o Executivo, já conversou com lideranças pedestistas para entender os rumos que os pedestistas darão no município. Dinorah disse que mesmo ainda não tendo a definição do diretório municipal e de quem

será o candidato a prefeito pelo PDT, o Cidadania deve apoiar novamente o partido. " Mas vamos nos reunir a partir de março para tomarmos essa decisão, que depende dos nossos filiados e da direção estadual", ressaltou. Para as proporcionais, o Cidadania deve indicar dois nomes de duas mulheres como candidatas a uma das 15 vagas da Câmara de Vereadores . "Mais ainda estamos vendo com os nossos filiados se tem mais pessoas interessadas", ressaltou a presidente. Atualmente o partido tem mais 250 filiados e não possui nenhuma cadeira no Legislativo.

Moro anuncia inauguração de canal para receber denúncias contra a corrupção O ministro Sérgio Moro inaugurou um canal eletrônico de denúncias contra a corrupção.A ferramenta, que pode ser acessada no site do Ministério da Justiça e Segurança Pública, foi elaborada em parceria com o International Chamber of Commerce (ICC) do Brasil e garante o anonimato do denunciante. O ministro pede divulgação da iniciativa. "Alô imprensa, favor divulgar. É de interesse público." Segundo Moro, a Ouvidoria-Geral do Ministério "irá receber essas denúncias e realizar o encaminhamento necessário para a apuração". O ministro destacou o apoio da Controladoria Geral da União. "Combater a corrupção não é um projeto pessoal ou de Governo, é um projeto de País." "Setor público e privado têm que trabalhar juntos contra a corrupção. Orgulhosamente, o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o ICC - International Chamber of Commerce Brasil inauguraram juntos um canal eletrônico de comunicação, com garantia do anonimato da fonte, de denúncias de corrupção".

Sertanejos pedem o fim da meia-entrada

Bolsonaro aumenta gastos com militares

O presidente Jair Bolsonaro recebeu, nesta semana, promotores de eventos culturais, artistas e cantores sertanejos, que foram manifestar apoio ao atual governo. Em discurso, o representante da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), Doreni Caramori, defendeu o fim da meia-entrada em eventos culturais.

O investimento em obras e compras de equipamentos do governo federal aumentou no ano passado. Por fora, bela viola: foi surpresa grande, pois se esperava queda feia dessas despesas. Por dentro, pão bolorento: o investimento cresceu porque o governo aumentou em mais de R$ 10 bilhões o capital de três estatais.

Regina Duarte terá R$ 2,2 bilhões de orçamento .A secretaria Especial de Cultura Regina Duarte será responsável por gerenciar a política do setor no país, orçada em R$ 2,25 bilhões, segundo o Portal da Transparência. Ela chefiará uma estrutura de seis secretarias, seis escritórios regionais e sete entidades vinculantes, sendo quatro fundações e três autarquias, como a Agência Nacional do Cinema (Ancine). Tanto poder, contudo, terá um custo. Para assumir a pasta, Regina Duarte rescindirá o contrato com a TV Globo, onde recebe salário fixo de R$ 60 mil.

1.060

é o número de viagens que os ministros de Jair Bolsonaro fizeram com aviões da FAB no 1º ano de governo. O número é menor que o realizado na gestão Temer, que tinha, porém, mais ministros.

Financiamento privado ganha apoiador

Incra vai entregar 100 mil títulos de terras

Um dos principais articuladores da Aliança pelo Brasil, partido que Jair Bolsonaro tenta criar, o advogado Luís Felipe Belmonte faz coro ao discurso do presidente contra o fundo eleitoral e defende o restabelecimento do financiamento privado das campanhas. “Para mim, está claro que o dinheiro público não pode ser usado para favorecimento de partidos nem políticos”, disse.

Com pouco mais de três meses na presidência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Geraldo José da Câmara Ferreira de Melo Filho disse que mais de 100 mil posseiros deverão receber títulos definitivos neste ano. Desde 1970, o Incra já assentou 970 mil famílias, mas somente 60 mil títulos definitivos foram dados até hoje.


10

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

CRESCE RS

Competitividade é colocada em evidência A continuidade do projeto Cresce RS, iniciativa da Assembleia que conta com a parceria do governo do Estado, foi tema da reunião realizada nesta semana entre o secretário de Governança e Gestão Estratégica (SGGE), Claudio Gastal, e o deputado Ernani Polo, que nos próximos dias será empossado presidente do Legislativo. O objetivo do projeto é propor e monitorar ações para destravar os investimentos necessários ao crescimento do Rio Grande do Sul. Três eixos compõem o Cresce RS – Infraestrutura e Logística; Desburocratização; e Fomento dos Bancos Públicos –, que também tem mais de 20 demandas mapeadas. Entre os projetos priorizados estão a extensão da pista do aeroporto Salgado Filho, licenciamentos ambientais por compromisso, consolidação das obras de estradas, apoio ao avanço e expansão das energias renováveis, evolução do status sanitário, Junta Comercial digital, reformulação do modal hidroviário, zonas francas de fronteira, polo naval

Ernani Polo

de Rio Grande e simplificação da compensação e ressarcimento de tributos. Nesse ano, o Cresce RS terá a competitividade como novo enfoque. Um dos indicadores acompanhados será o Ranking de Competitividade dos Estados, tradicional estudo promovido pela CLP – Liderança Pública, em que

o RS ocupa atualmente a sétima posição. “Continuaremos com as demandas que estamos monitorando, buscando uma sintonia nas ações do Executivo e instituições da sociedade”, afirmou Ernani Polo. “O diferencial será essa nova frente. Para isso, criaremos um comitê público-privado, que observará os gargalos e apontará onde atuar para melhorar a competitividade." A metodologia para o monitoramento das ações seguirá o mesmo padrão que SGGE utiliza para acompanhar as demandas das pastas e órgãos vinculados do Executivo. Os responsáveis pelos projetos apresentam os conteúdos, os impactos previstos, a situação-problema, a alternativasolução e a proposta de ação para concluir a entrega. "No segundo ano do Cresce RS, vamos manter a frequência do trabalho e seguir cobrando os resultados esperados pela população. Essa postura, por consequência, contribuirá também para os índices de competitividade do RS", declarou Claudio Gastal. O próximo encontro do Cresce RS deverá ocorrer em março.

Estado tem dois casos suspeitos de coronavírus O Ministério da Saúde do Brasil informou na tarde de ontem que o País tem nove casos suspeitos de coronavírus em observação, incluindo dois no Rio Grande do Sul. No boletim de ontem, o Estado não tinha nenhum suspeito: todas as cinco notificações haviam sido descartadas (três) e excluídas (duas). Contudo, um novo caso foi registrado como suspeito e um paciente que tivera o diagnóstico descartado, voltou para estado de observação por mudanças no quadro clínico. Além do RS, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Ceará têm um caso suspeito cada, e São Paulo tem três. As identidades e localidades dos pacientes não são informadas para proteção desses. O Brasil está em nível 2, de perigo iminente, e passará para o nível 3, de Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional, quando for confirmado o primeiro caso no País. De quarta para ontem, 10 novas notificações ocorreram no Brasil, somando 43 desde o dia 18 de janeiro. Apesar do número de casos suspeitos ser o mesmo, isso não quer dizer que são os mesmos, frisou o Ministério. O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que,

por enquanto, não há previsão de alguma “medida mais drástica” com relação ao carnaval. Além disso, sugeriu que sejam evitadas viagens à China que não sejam essenciais. Tampouco a pasta trabalha neste momento com restrição de pessoas que vêm da China, apesar da prevenção já adotada: “Não vai haver nenhum bloqueio com relação a pessoas que venham na China”, disse Gabbardo.

João Gabbardo

Civis terão direito a comprar OMS declara emergência por coronavírus A Organização Mundial da muito cedo” para declarar alerta chinês, o que indica transmissão 200 munições por ano Saúde (OMS) declarou ontem global. O argumento foi de que, interna nesses locais, cenário que O governo federal estipulou em 200 o número de munições que podem ser adquiridas anualmente por civis que têm posse e porte de arma. A decisão consta de portaria assinada pelos ministros da Defesa, Fernando Azevedo, e da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro e publicada no “Diário Oficial da União” na última terça-feira. O número de munições que poderiam ser compradas por civis oscilou de 50 até 5 mil durante o governo de Jair Bolsonaro. Propostas de flexibilização das regras de posse e porte de armas foram bandeiras da campanha do presidente em 2018. Pela portaria, as aquisições de munições são restritas ao calibre correspondente às armas registradas como de propriedade do comprador. Além disso, os donos das armas precisarão apresentar o Certificado de Registro de Arma de Fogo (Craf) válido no momento em que adquirirem as munições.

emergência de saúde pública de interesse internacional pelo surto do novo coronavírus. Identificado pela primeira vez em dezembro, na China, o vírus já infectou mais de 7,8 mil pessoas, das quais 170 morreram. A decisão foi tomada pela diretoria da entidade após a consulta a um comitê formado por especialistas de todo o mundo, que se reuniu por mais de sete horas na tarde de ontem, em Genebra. O comitê de emergência já havia se reunido duas vezes na semana passada, mas, na ocasião, chegou à conclusão de que “era

embora já configurasse uma emergência na China, o surto ainda estava muito localizado e não representava uma ameaça internacional. O cenário, no entanto, se agravou na última semana. Embora mais de 98% das infecções tenham sido registradas em território chinês, o número de países com casos confirmados vem aumentando todos os dias. Já são 18 nações além da China com registros da infecção. Em três delas (Alemanha, Japão e Vietnã), o vírus contaminou pessoas que não estiveram em território

aumenta o risco de propagação global. Esse foi o motivo pelo qual o diretor-geral da OMS decidiu reconvocar o comitê de emergência. "Embora o número de casos em outros países seja relativamente pequeno em comparação com o registrado na China, devemos agir juntos. Não sabemos o tipo de dano que esse vírus pode causar se ele se espalhar em um país com um sistema de saúde mais frágil. Por isso, declaro emergência em saúde pública internacional", declarou o diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus

Ruy Irigaray nega que deixará Secretaria do Turismo

Prazo para aderir ao Simples Nacional termina hoje

Placa veicular no padrão Mercosul torna-se obrigatória

O secretário estadual de Turismo e Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul, Ruy Irigaray, vai permanecer no cargo, ao contrário do que publicou no Twitter o seu colega de partido, o deputado federal Bibo Nunes (PSL). "Não vou voltar pra Assembleia agora. Segunda-feira tenho uma reunião com o governador", esclareceu

O prazo para solicitar o Termo de Opção pelo Simples Nacional termina hoje. Portanto, ainda há tempo para que as empresas que desejem optar ou permanecer no regime possam regularizar eventuais pendências com União, Estados, Distrito Federal e Municípios.A solicitação de opção deve ser realizada via internet, por meio do Portal do Simples Nacional, utilizando código de acesso obtido dentro do portal ou por certificado digital.

Após uma série de adiamentos e batalhas judiciais, as placas de carro no padrão Mercosul começam a valer em todo o Brasil a partir de hoje. A data foi definida em junho do ano passado, em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que também promoveu mudanças nas características do item. Até a semana passada, além do Rio Grande do Sul, Amazonas, Bahia, Espírito Santo e outros seis estados já aderiram.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

ABUSO DE AUTORIDADE

"Lei limita as ações da polícia", diz delegado A Polícia Civil e a Brigada Militar montaram um esquema especial de esclarecimento para auxiliar os servidores da segurança pública do Rio Grande do Sul a lidar com as principais mudanças da Lei de Abuso de Autoridade. Por meio de instruções normativas enviadas este mês, as corporações buscam esclarecer o conteúdo da Lei 13.869/2019, que passou a vigorar no dia 3 de janeiro. As normas são válidas para agentes públicos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público. O texto estabelece 45 condutas abusivas por parte dos agentes, que poderão ser punidos com detenção de até 4 anos, multa ou indenização. Entre as principais medidas está a que não permite a divulgação de dados pessoais de pessoas investigadas ou presas em flagrante. Na prática, a regra proíbe que as polícias informem o nome de suspeitos de crimes, inclusive de foragidos. De acordo com o subchefe da Polícia Civil, delegado Fábio Motta Lopes, esse tipo de dispositivo previsto na lei acaba por "limitar a ação das polícias" na busca da elucidação das infrações penais. "A lei veda a revelação de dados de identificação ou partes do corpo dos acusados. Nem mesmo se eles estiverem de costas. Precisamos esclarecer que esta é a nova lei, não é má vontade da polícia. Se a imprensa conseguir captar alguma imagem na rua ou em via pública, isso está dentro da liberdade dos

Delegado Fábio Motta Lopes, subchefe da Polícia Civil, criticou a nova legislação

profissionais de imprensa", explica Lopes. O delegado conta que objetos relacionados à prática de crimes e itens apreendidos em operações, como drogas e armas, podem ser divulgados. Nesse sentido, vídeos e fotos continuarão sendo entregues à imprensa. Na interpretação do subchefe, somente após condenação judicial é que haverá a divulgação do nome do criminoso. "Um exemplo é esse episódio trágico ocorrido em Porto Alegre, quando um casal e o filho foram mortos em razão de uma briga de trânsito. Havia um mandado de prisão temporária decretado, já convertido em preventiva, contra o suposto autor do crime. Nesse caso específico, nós não podemos revelar os dados dele e muito

menos a imagem desta pessoa. É importante fazer essa distinção: o foragido que é apenas investigado não terá seus dados revelados", argumenta. A nova lei também proíbe a condução coercitiva de testemunha ou investigado antes de intimação judicial, prevê punição a agentes que realizarem interrogatório no período da noite (com exceção das prisões em flagrante) e determina um limite de horário para operações de busca e apreensão. "Antes da lei, excepcionalmente em alguns casos como tráfico de drogas, o judiciário autorizava o cumprimento de mandado de busca e apreensão em um domicílio que estava sendo usado para o tráfico. Agora, isso não pode mais ser feito", diz o delegado.

PC combate venda de diplomas falsos Através da Operação Educatio, a Polícia Civil desencadeou, na manhã de ontem, ações de combates a venda de diplomas falsos de cursos de graduação e pós-graduação. Foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, além do bloqueio de cerca de 100 imóveis, 17 veículos e outros bens. Conforme a polícia, a investigação teve início no final de 2016, a partir de diversas denúncias de irregularidades envolvendo a emissão de diplomas, especialmente na área da saúde. "A maioria dos diplomas diz respeito à área da saúde. Isso acaba por gerar absoluto risco à integridade física e à vida das pessoas, que serão atendidas por profissionais que sequer teriam a formação básica para o ato", disse

o delegado Max Otto Ritter. Além da venda de diplomas e ofertas indevidas de cursos, sem autorização do Ministério da Educação, está sendo investigado o uso de laranjas. Os nomes dos alvos não foram divulgados, e mais detalhes serão fornecidos em coletiva à imprensa. Um dos endereços que foi alvo da ofensiva na Capital foi um escritório em um centro comercial na Avenida Bento Gonçalves, no bairro Santo Antônio. Moradores das torres residenciais que ficam no mesmo terreno relataram que, no local, funciona uma escola de cursos a distância. Trabalhadores foram impedidos de entrar no local desde as 7h, quando os agentes chegaram ao prédio. Foram ao menos 20 viaturas no endereço. A primeira fase da Operação

Educatio foi deflagrada em março de 2018. À época, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede do Grupo Educacional Facinepe, em imóveis do ex-dono da empresa, o advogado Faustino da Rosa Júnior, em Porto Alegre, e nas Câmaras de Vereadores da Capital e de Guaíba. Ao todo, foram cumpridos 19 mandados judiciais de busca e apreensão nas duas cidades, além de 13 ordens judiciais de indisponibilidade de bens. Foram apreendidos, pelo menos, oito veículos — entre eles Porsche Boxster, BMW Z4, Azera, Civic, Porsche Cayenne e Amarok. O Grupo Facinepe era investigado desde 2017 por irregularidades na oferta de cursos de pós-graduação pela Polícia Civil, pelo Ministério Público Federal e pelo Ministério da Educação.

11

Ônibus de torcedores tomba e deixa múltiplos feridos Um grave acidente de trânsito ocorrido na noite de quarta-feira deixou inúmeras pessoas feridas. Um ônibus com torcedores do Pelotas saiu da pista e caiu em um barranco. O acidente aconteceu no quilômetro 70 da RS-135, em Erechim. O veículo levava passageiros que haviam ido assistir ao jogo do Pelotas contra o Ypiranga, válido pela terceira rodada do Campeonato Gaúcho. Na lista do ônibus, constavam 32 pessoas. Pelo menos 25 se feriram. Ambulâncias de quatro cidades atenderam a ocorrência durante toda a madrugada de ontem. As vítimas foram encaminhadas para os hospitais de Caridade e Santa Terezinha, em Erechim, São Roque, em Getúlio Vargas, e São Vicente de Paulo, em Passo Fundo. Durante a manhã de ontem, 10 pessoas seguiam internadas nestas instituições de saúde. Duas delas

precisaram passar por cirurgia e estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outras quatro devem ter alta nas próximas horas. Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), os dois motoristas que estavam no ônibus afirmaram que uma carreta que trafegava no sentido contrário, de Getúlio Vargas a Erechim, invadiu a pista e acabou colidindo com o coletivo. De acordo com o comandante do Pelotão Rodoviário de Erechim, sargento Sandro Lazzarin, não há registro de mortes. Conforme a assessoria de comunicação do Pelotas, o expresidente do clube Ítalo Gomes estava no veículo. Ele teve uma provável fratura de clavícula, sendo internado no Hospital de Clínicas de Passo Fundo. Em nota, a Federação Gaúcha de Futebol se solidarizou com os torcedores do Pelotas e desejou "pronta recuperação".

Na manhã de ontem, ônibus foi retirado das margens de rodovia em Erechim

Identificada vítima fatal de acidente em Miraguaí Foi identificada, na manhã de ontem, a vítima do acidente ocorrido na noite de quarta-feira. A indígena Suzana de Souza Camargo, de 36 anos, residia em Redentora e estava na carona de uma moto que colidiu com um veículo Vectra que, segundo relatos de populares em depoimento à Polícia Civil, estava parado com o porta malas aberto enquanto um ocupante trocava um pneu. A motocicleta trafegava no sentido Redentora-Miraguaí e colidiu na traseira do automóvel.

Motocicleta teria colidido na traseira de veículo Vectra, resultando em óbito


12

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

Esportes

ANÚNCIO I

O Pelotas anunciou ontem o novo técnico. É Luiz Carlos Winck, substituto de Antônio Picoli, que pediu demissão após a derrota do time para o Ypiranga por 2 a 1, na última quartafeira no Estádio Colosso da Lagoa em Erechim. A apresentação de Winck será hoje. Com ele chega também o auxiliar técnico Zé Carlos. O contrato é até o final do Campeonato Gaúcho.

ANÚNCIO II

A estreia de Luiz Carlos Winck no comando do Pelotas será diante do Juventude, amanhã às 16h no Estádio da Boca do Lobo. Com um ponto conquistado, o áureocerúleo ocupa a penúltima colocação do grupo A do Gauchão, com apenas um ponto conquistado em três rodadas.

Elenco do São Luiz volta aos treinamentos

São Luiz trabalhou no campo da Imasa pensando em reabilitação diante do Novo Hamburgo

O São Luiz retomou ontem a preparação para enfrentar o Novo Hamburgo domingo às 19h no Estádio do Vale pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho. O volante João Paulo cumpriu suspensão pela expulsão diante do Juventude, mas deve permanecer na reserva de Maycon . O goleiro Lúcio, que foi bem ao substituir Reynaldo permanecerá como titular. Os primeiros jogadores que se reapresentaram foram os que atuaram diante do Internacional na última quarta-feira. Realizaram um trabalho no Estádio 19 de Outubro. Os demais treinaram no campo da Imasa. Primeiramente foi uma atividade de confrontos progressivos onde o objetivo era

criar superioridade para as finalizações. Na segunda parte aconteceu trabalho de posse de bola e circulação. O elenco treina hoje a partir das 17h, possívelmente no Estádio 19 de Outubro. O São Luiz é o lanterna da chave A .Ainda não pontuou. A partida em Novo Hamburgo virou uma decisão para a permanência do clube na elite do futebol gaúcho e vencer é a palavra de ordem. O técnico Leandro Machado na entrevista coletiva após o jogo com o Inter reconheceu que o time sofreu os gols por erros defensivos e entende que a equipe poderia ter conquistado um melhor resultado."Essa oscilação do time é normal.

A gente sabia que seria difícil. Vamos tentar corrigir os erros e buscar a primeira vitória”, disse Leandro. O treinador afirmou que está orgulhoso pelo rendimento do time que foi até os 48 minutos com chances de empatar com o Inter. Disse que foi a partida que o time mais criou e teve mais intensidade. O atacante Mateus Totô disse que o grupo está consciente do que apresentou nestas três primeiras partidas do Campeonato.Lembrou que o elenco precisa continuar trabalhando como sempre fez desde o início e acredita que o time fará um grande jogo em São Leopoldo. "Ao contrário das outras partidas, nesta diante do Inter atacamos muito bem, conseguimos ter mais finalizações, concluir marcando três gols. Dava para ter feito mais. No ataque fomos quase perfeitos. Tivemos algumas falhas mas precisamos continuar trabalhando para a gente encaixar a equipe. No próximo jogo vai dar tudo certo", previu. O jogador disse que no momento em que se enfrenta um time da qualidade do Inter é preciso concentração total."Estávamos bem concentrados, pecamos em algumas situações, mas isso é do futebol. Precisamos colocar a cabeça no lugar porque o Campeonato ainda não terminou. Mateus Totô disse que o São Luiz tem atacantes bons e a briga pela titularidade é muito boa. "O Michel vem de uma sequência com três gols. Tenho que seguir trabalhando para buscar meu espaço e ajudar o Rubro". Novo Hamburgo e São Luiz terá arbitragem deAnderson da Silveira Farias. Os assistentes serão Rafael da Silva Alves e Maíra Mastella Moreira.

Grêmio reage e vence o São José na Arena

O Grêmio venceu de virada por 2 a 1 o São José, ontem à noite na Arena no fechamento da terceira rodada do Campeonato Gaúcho. O Tricolor teve dificuldades para a conquista da vitória que deixou o time com seis pontos, a um do líder do grupo B o Caxias. A equipe gremista volta a jogar no Gauchão na segunda-feira, diante do Esportivo novamente na Arena. O São José abriu o placar aos 45 minutos do primeiro tempo. Diguinho deixou David Braz no chão e finalizou antes da chegada da cobertura de Paulo Miranda que substituiu Kannemann lesionado. A equipe gremista foi vaiada no final do primeiro tempo. O Grêmio voltou do intervalo com mais poder ofensivo. Everton assumiu o protagonismo e foi decisivo. Aos 11 minutos o jogador acertou o travessão de Fábio em uma finalização de cabeça. Logo em seguida Everton desviou de cabeça e Luciano acertou também o travessão.Aos 18 minutos o lateral Victor Ferraz cruzou da linha de fundo para Everton que cabeceou sem chances para o goleiro. O gol da vitória saiu aos 42 minutos

em jogada iniciada por Ferreira que havia substituído Lucas Silva. Ele acertou a trave e Everton finalizou sem chances para Fábio.

GAUCHÃO 3ª rodada Quarta-Feira,29.1 Ypiranga 2 x 1 Pelotas Juventude 0 x 0 Novo Hamburgo Aimoré 0 x 1 Caxias Brasil-Pel 0 x 0 Esportivo São Luiz 3 x 4 Inter Ontem,30.1 Grêmio 2 x 1 São José 4ª rodada Amanhã,1º.2 Pelotas x Juventude-16h Ypiranga x Internacional-19h Domingo,2.2. Caxias x Brasil-Pel-16h São José x Aimoré-18h Novo Hamburgo x São Luiz-19h Segunda-feira,2.2 Grêmio x Esportivo-20h

Lateral Victor Ferraz teve boa atuação no Grêmio

INTER Mais novo reforço do Inter para a temporada de 2020, Gabriel Boschilia foi oficialmente apresentado ontem. Anunciado na última terça, o meia de 23 anos se mostrou empolgado com a oportunidade de vestir a camisa colorada. Revelação da base do Guarani, Boschilia foi negociado com São Paulo em 2012. No tricolor paulista realizou 44 jogos e, de lá, foi vendido ao Monaco (FRA), em 2015. Também soma passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira, tendo disputado a Copa do Mundo Sub-17 no ano de 2013, anotando seis gols em quatro partidas. Em seu currículo, ostenta, ainda, convocações para as categorias Sub-20 e Sub-21. No Velho Continente, Gabriel ainda atuou por Standard Liége (BEL) e Nantes (FRA). Com o Inter, o jogador assinou contrato até o final de 2022.Ontem foi definido que o argentino Facundo Tello apita Universidad de Chile e Inter na terça-feira pela Pré-Libertadores.

TORNEIO DE FUTSAL Acontecerá nos próximos dia 8 e 9 de fevereiro a 1ª edição do Torneio Comunitário de Futsal Uabi/SMCET de Ijuí. O evento esportivo irá estimular as práticas esportivas entre os bairros da cidade.As equipes serão formadas por moradores dos bairros, no masculino e feminino, e deverão ter o aval dos presidentes dos bairros para participação. O evento comunitário marcará a inauguração do novo piso do Ginásio Wilson Mânica e terá esta programação: sábado, dia 8, às 13h30, entrega do novo piso e dos 520 assentos esportivos à comunidade com a presença do prefeito Valdir Heck e do secretário de Estado do Esporte e Lazer do RS João Derli, que quando foi deputado federal destinou emenda parlamentar para a aquisição do equipamento. Às 14h15 tem início os jogos. No domingo a partir das 8h30, a continuidade dos jogos que se estenderão até o final do dia.Os bairros interessados em participar devem entrar em contato com a União de Bairros de Ijuí para retirar as fichas de inscrição.A confirmação de participação e congresso técnico acontecerá na próxima segunda-feira, às 19h no Ginasião.O Torneio é promovido e organizado pela União de Bairros de Ijuí em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo.


Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 31 dE jAnEIRo dE 2020

Planejando 2020 Terça-feira, no Restaurante Confraria, integrantes da BPW Ijuí - Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais tiveram o primeiro encontro do ano, que foi de confraternização e também de planejamento. A agenda das ações para 2020 foi o tema das conversas, sob a orientação da presidente Ivete Batista. As primeiras iniciativas do grupo feminino devem acontecer em março, com foco no tema mulher.

Carnaval

No dia 24 de fevereiro, a Associação dos Subtenentes e Sargentos da Guarnição de Ijuí vai promover seu Carnaval, a partir das 20h30, em sua sede. Haverá música ao vivo. O valor do convite é de R$ 10.

Folia infantil

A entrada para o Carnaval Infantil da Sogi, dia 23 de fevereiro, às 16h, para sócios será um quilo de alimento não perecível, mediante apresentação da carteira social. Os ingressos para o público em geral serão vendidos somente na hora do evento no valor de R$ 10 por pessoa. Crianças até 4 anos não pagam entrada.

Casa de Dança

Hoje, a partir das 23h, a banda Tok Legal anima a festa na Casa de Dança. O espaço é direcionado à dança de salão e conta sempre com música ao vivo, com um repertório eclético passando por todos os ritmos musicais. Convide amigos e venha dançar e confraternizar ao som dos ritmos da dança de pares. Informações e reserva de mesa: 3332-4378 e 99118-0348.

Festa da Uva em Santo Antônio: Aline Stamboroski, José e Dejanira da Rosa

Baile O Baile da Agrovet, de volta às aulas, acontece no dia 13 de março, promovido pelo Centro Acadêmico de Agronomia e Veterinária da Unijuí, no CTG Laureano Medeiros. A animação será do Grupo Rodeio. O primeiro lote de ingressos antecipados custa R$ 25 e a mesa com quatro lugares R$ 160.

AJURICABA - O Clube 29 de Maio de Ajuricaba vai promover seu Pré-Carnaval no próximo sábado, às 23h, com animação das bandas Navesom e Popsul. No dia 24 de fevereiro, acontece a Segunda de Carnaval, com animação de Pérola Negra e Banda G10.

Glasnost: Tarcila e Vinicius Benetti

CATUÍPE - O Clube Comercial de Catuípe vai promover seu tradicional Carnaval na segunda-feira, 24 de fevereiro, às 23h30. No palco principal, a animação será da banda Indústria Musical e Vibe Tri e no segundo ambiente, Dj Tercio. Ingressos antecipados para blocos têm valores especiais. Informações pelos telefones 99122-0228 e 99137-4085.

Baile no Tiarajú: Denise e Edenilson dos Santos

ENCONTRO COM GOVERNADOR

O governador do Estado, Eduardo Leite, recebeu, na tarde de quarta-feira, a presidente eleita do MTG, Gilda Galeazzi, juntamente com o adido cultural do Estado e vice de Administração e Finanças, César Oliveira; o conselheiro do MTG, Luiz Henrique Petersen Lamaison; e o chefe de gabinete do Mateus Wesp, Lucas Cidade. No decorrer da reunião, Gilda convidou o governador para prestigiar a Festa Campeira (Fecars 2020), que acontece em Pelotas, cidade natal de Leite. Ela também esclareceu as demandas do Movimento Tradicionalista Gaúcho e ajustou os trabalhos a serem executados em conjunto com o governo do Estado durante o ano.

Revéillon Aruba: Emerson e Tainá

13


Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2020

onsidero alguns temas relevantes e C que já escrevi em colunas anteriores . Um deles foi sobre a gentileza e nessa

coluna pretendo retomá-lo. Gentileza é um substantivo feminino, sinônimo de atenção, afabilidade, amabilidade, cortesia, delicadeza, educação, elegância, graciosidade... Martina Neubüser definiu com precisão ao dizer que se trata de uma “palavrinha leve,

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Carlos e Inês fazem as pazes Carlos desabafa com Lola sobre sua briga com Inês. Olga e Zeca visitam Lola e Clotilde. Emília sente ciúmes da relação entre Justina e Candoca. Isabel pede que Felício adie sua conversa com Lola. Alfredo descobre sobre o relacionamento de Isabel e Felício. Shirley comenta com Durvalina sobre a proximidade entre Afonso e Lola. Carlos pede a Felício que se afaste de Isabel. Julinho descobre que Assad tem dívidas de jogo. Alfredo e Lúcio se preparam para um importante comício político. Carlos e Inês fazem as pazes. Clotilde procura por Almeida, e Natália a questiona.

Salve-se quem puder

Rafael tranquiliza Agnes

Luna desperta e tenta segurar Téo, mas ele se desprende da árvore e é levado pela correnteza. O furacão e a tempestade terminam. Alexia e Kyra são levadas para o Consulado Brasileiro. Luna caminha pela cidade destruída, com a corrente de Téo em suas mãos. Rafael tranquiliza Agnes. Marieta percebe que Renatinha torce para Kyra não aparecer. Renzo garante a Dominique que as testemunhas morreram durante o furacão. Alexia e Kyra ficam aliviadas ao verem que Luna se salvou. Juan avisa a Luna que Mário foi atingido pelo furacão e está no hospital. Micaela e Úrsula decidem ir para o México. Dominique avisa a Renzo que quer garantias sobre a eliminação das três testemunhas.

Amor de Mãe

Matias fica com Tracy Raul se desespera e socorre Vinícius. Álvaro descobre que Vinícius foi atingido. Lídia sofre com o estado de Vinícius. Lucas conta para Álvaro que Vitória sabia que Vinícius fazia parte do grupo de ativistas, e que a advogada informou Raul. Amanda e Guará falam com Davi sobre a situação de Guaporim. Vinícius pede que Raul se afaste de Álvaro e da PWA. Ryan contrata Osana para trabalhar na casa de Lurdes, que se incomoda. Thelma insinua que Danilo e Camila podem se separar, e Lurdes confronta a amiga. Matias fica com Tracy. Leila estranha o comportamento de Penha. Davi decide ficar em Guaporim e iniciar um protesto, e Vitória se revolta. Miriam vê Penha com Belizário.

© Revistas COQUETEL

Agradável; atraente

A economia simbolizada City (?), pelos passeio turístico camelôs

(?) Mader, atriz brasileira

Grupos de atividades literárias Gênero de plantas como o estragão

A bomba pronta para explodir Disfarçar (fig.) (?) da Raposa, sede do Cruzeiro (fut.)

Autor de "Em Busca do Tempo Perdido" Desapertado; afrouxado

Cortesã que traiu Sansão

Igualmente O oposto de "logout" (Inform.)

A anestesia para pequenas cirurgias (?) Stravinski, compositor russo

Pequena flauta Operação bancária

Exercer o poder

Obra de Luis Fernando Verissimo (HQ)

BANCO

Código da Alemanha na internet

Otto Dix, pintor Enxofre (símbolo)

1.002, em algarismos romanos

Estado produtor de borracha

Lêdo Ivo, escritor alagoano Prefixo de "estripar" A terceira nota musical

Stock (?), categoria de corridas

Emílio Santiago, cantor brasileiro

3/car. 4/tour. 5/gaita — login. 6/proust.

Éramos Seis

Falta de chuva; Virtude da estiagem pessoa Tornada voluntária reflexiva

60

Solução S R E S T I M O C I O N A D A A M U F L A R P R O U S T C A R D E T A M B E M L I L A L I O C A L E S G O R M I I I G A I T A N A R U D AC R E O B R A S

COISAS DA VIDA

D O C

Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

das e íntegras ações”. Lembrando também Rosana Braga, ao defender que a gentileza além de abrir portas, “muda o rumo dos conflitos, facilita negociações, transforma humores, melhora as relações”. A escritora defende que as pessoas intolerantes, briguentas ou nada gentis geralmente sofrem de enxaqueca, gastrite, ansiedade, cansaço, entre outras limitações. Pessoas pouco ou nada gentis são ásperas, amargas, tristes, negativas, pesadas, deselegantes, ácidas, indelicadas...difíceis de conviver! Ganhamos muito quando agimos de forma gentil. Ganhamos amigos, oportunidades, saúde, respeito, admiração, solidariedade, paz interior, além de evitar conflitos e guerras desnecessárias. Nas palavras de Albert Schweitzer, “assim como o sol derrete o gelo, a gentileza evapora mal entendidos, desconfianças e hostilidade”. Que tal se cada um de nós se comprometer a praticar, ensinar, retribuir, promover e espalhar gentileza por aí? Sem dúvida esse exercício diário nos abrirá a possibilidade de nos relacionarmos com mais leveza, ética, respeito e profundidade. Eu quero e você?

S

Sônia Arriens Cassel

soa fresca como brisa de verão. Alimenta a boca de quem fala e aquece os ouvidos de quem escuta”. Para ela são quatro sílabas de humanidade genuína, na sua mais pura forma. Concordo com Martina e em especial ao afirmar que a gentileza valida nossa existência pois produz frutos que não apodrecem e ainda se multiplicam. O velho e não fora de moda jargão -“gentileza gera gentileza”. Quem discorda disso? Quem não aprecia ser tratado com gentileza, amabilidade, cortesia, delicadeza, educação, elegância...? Quem não deseja conviver com gente assim? Confesso que já fui deselegante, indelicada, nada gentil em determinadas ocasiões... mas o sentimento posterior ao comportamento não foi nada agradável...senti remorso e muito mal estar... e é claro, busquei a mudança imediata. Talvez possa continuar falhando nesse quesito, mas vou continuar tentando ser alguém gentil, amável, cortês... Como já citei Leonardo Boff numa coluna escrita em 2016 : “não serão nossos gritos que farão a diferença e sim a força contida em nossas mais delica-

P R A C I T O N D A L I Z M A D A

14

Horóscopo Áries É possível que hoje você tenha percepções mais concretas sobre aquilo que vem imaginando, permitindo assim a construção de diversos caminhos e possibilidades. É tempo de estruturar as suas ideias. Touro Algumas das questões que você vem vivenciando internamente tendem a se resolver através de bons diálogos e trocas intelectuais. Procure então estar mais perto de quem admira. É tempo de renovar a mente. Gêmeos Caso esteja se sentindo pouco atraído pelo seu trabalho, permita-se renovar o seu sistema produtivo, dando a chance para que novas técnicas e realidades possam surgir. É tempo de reinventar o seu caminho. Câncer Para favorecer a sua criatividade, busque conhecer mais a fundo os assuntos que vêm despertando o seu interesse, absorvendo assim novos aprendizados e boas informações. É tempo de investir no intelecto. Leão Para que você possa investir no seu bem-estar hoje, é preciso que se comprometa com as transformações e renovações emocionais que precisam ser feitas. É tempo de se desprender de questões ultrapassadas. Virgem Todo relacionamento passa por transformações, e ao acolhermos esses movimentos nos permitimos aproveitar ainda mais as mudanças que chegam. É tempo de investir na paixão e no aprimoramento do encontro. Libra Os mecanismos que você vem adotando para desenvolver o seu trabalho tendem a demandar mudanças agora, e isso deve ser feito visando a sua satisfação. É tempo de valorizar a qualidade do seu serviço. Escorpião Hoje você deve sentir a sua espiritualidade mais presente, percebendo as intuições com clareza e fazendo um uso consciente daquilo que a sabedoria interna evidencia. É tempo de apostar no que sente. Sagitário A confiança no seu caminho é determinante para o sucesso das suas conquistas, procure então fortalecer a positividade hoje, investindo nos resultados que quer obter. É tempo de se dedicar aos seus sonhos. Capricórnio A forma realista e prudente como você costuma enxergar a vida tende hoje a se mostrar mais sonhadora, o importante é relaxar para deixar que essa energia se desenvolva. É tempo de viver suas fantasias. Aquário Você iniciou um período de grande produtividade, marcado pela conexão profunda com as suas metas. É tempo de direcionar as suas intenções, aproveitando a energia fértil e fecunda que o momento oferece. Peixes As suas relações afetivas tendem a caminhar de forma mais intensa a partir de hoje, e para aproveitar essa energia é preciso refletir agora sobre as suas necessidades e demandas. É tempo de se posicionar.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 31 de janeIRo de 2020

15

SOLIDARIEDADE

Uma vida para se orgulhar no futuro! Uma frase que gosto de lembrar aos amigos que buscam conselhos, opiniões, é “Você faz suas escolhas e suas escolhas fazem você.”, de Steve Beckman. Esta ideia está presente em palavras bíblicas, mas também em provérbios chineses e ainda, em pensadores gregos. “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória.”.. e por aí vai. Diz-se que a felicidade está no equilíbrio. Portanto, fazer escolhas considerando o equilíbrio entre as possibilidades, pode levar mais facilmente ao que cada um considera felicidade. Ralph Marston lembra que mesmo as melhores coisas da vida podem deixar de fazer bem, quando são levadas ao extremo. Muita gente lida com aquilo que gosta como se mais fosse melhor, todavia, isso raramente é verdade. Veja por exemplo, que alguns dias no seu local preferido para as férias é ótimo, mas depois de vários dias os problemas começam a aparecer com maior volume e evidência. Sabendo que para quase tudo em nossa vida existe um limite, é lógico que “mais” não significa “melhor”. Em sua publicação “Extremos”, Marston escreve que nem sempre estamos com o foco correto quando queremos mais, pois muitas vezes, na verdade, o que queremos não é mais do mesmo e sim, aquilo, melhor. Um exemplo, seria quando temos fome e comemos mais, na verdade, estamos precisamos é de comida mais nutritiva e/ou mais saborosa. Outro exemplo é quem já tem bastante e quer muito mais dinheiro, deveria lembrar que esse esforço seria mais bem investido se gastasse o que já tem com mais sabedoria. Outra situação clássica são aquelas pessoas que já são elogiadas por sua beleza e seguem fazendo tratamentos, cirurgias, e outros, mas precisam na verdade, de melhor estima, sabedoria e qualidade de vida, não de mais tratamentos de beleza. No fundo, sabe-se que quem está constantemente buscando mais e mais, e mesmo assim nunca está satisfeito, é porque provavelmente nunca vai se satisfazer com aquilo. Para Marston, a intenção de conseguir mais é sempre uma resposta óbvia e simples, mas isso não significa que seja a resposta certa. É preciso substituir a busca incessante pela quantidade, pela busca da qualidade. Uma vida rica é uma vida diversificada de condições, fatos, experiências, erros e acertos, fracassos e vitórias. A qualidade pode existir independentemente da quantidade, pois mais do mesmo, mesmo que seja de algo muito bom, não significa melhor. Ao invés de preocupar-se em conseguir mais para ser mais feliz, penso que o foco de todos os esforços deveriam ser na busca de uma vida da qual possamos nos orgulhar no futuro. Investir toda e a melhor energia procurando o melhor para quem está próximo, e para sua vida, pensando no legado de sua passagem por aqui: o que ficará, para ser lembrado pelas pessoas, quando lembrarem de seu nome, por onde passou. Pense no seu legado! Um grande abraço e até a próxima!

Hospital Bom Pastor conta com apoio da comunidade O Hospital Bom Pastor conta com uma campanha permanente de ajuda à entidade, que se chama “Ser Amigo Faz Bem”. A ação é aberta à comunidade, médicos e produtores, com o objetivo de conseguir recursos financeiros para a conclusão da obra do novo complexo hospitalar. Em entrevista ao Grupo JM, a diretora executiva, Rosane Dalla Rosa Schiavo, informou que qualquer pessoa física ou jurídica pode auxiliar com valor único ou mensal, sendo uma forma dinâmica e versátil de doar. Além disso, Rosane contou que clubes de serviços, eventualmente, realizam doações para a instituição, como por exemplo o Rotary Club Ijuí Nova Geração, que nesta semana doou materiais esportivos conquistados a partir da captação de recursos do projeto “Práticas de prevenção e cuidados em relação ao uso de drogas: promovendo cidadania na infância e juventude” ao Caps Infantil. "Agradecemos muito o incentivo dos membros do Rotary Club Nova Geração, que proporcionaram a oportunidade de auxiliar nossa instituição e nossas crianças e adolescentes", enfatizou

a diretora executiva. O presidente do Rotary, Tácio Vendruscolo, falou que a doação foi possível por meio de um projeto desenvolvido junto com o distrito, com o objetivo de levar materiais que ajudem as instituições. “Anteriormente, doamos uma máquina de costura para o Hospital de Caridade de Ijuí e também material hospitalar para o Hospital Bom Pastor”, falou, explicando que “sempre que realizamos determinada ação, uma parte do lucro é doada em forma financeira ou material”. Rosane falou que, embora a comunidade ajude com doação de bens materiais e alimentação, o Caps AD encontra-se com carência de recursos, e pediu que aqueles que tiverem interesse em ajudar, possam entrar em contato com a secretaria ou o setor financeiro do hospital. A diretora executiva ressaltou que a ajuda não precisa ser apenas financeira, mas também em forma de voluntariado, através de ações nos grupos de convivência, rodas de conversa, dedicação do tempo e talento para pessoas que precisam. “Temos várias possibilidades de voluntariado aqui. Por

Serviços CONTATO O telefone da sede do Conselho Tutelar de Ijuí mudou. O novo número é 3331 8870. O telefone antigo será desativado posteriormente e o número do plantão segue o mesmo, 9 8451 1029, para melhor atender a comunidade.

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISO DE LICITAÇÃO PREGAO PRESENCIAL Nº 2/2020 – OBJETO: Registro de preços para futura e eventual aquisição de medicamentos e materiais de curativos. ABERTURA: 13/02/20 às 09h00min. Informações pelo telefone (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br, no link “Licitações – Pregão Presencial”.

Rosane Schiavo

exemplo, pessoas que gostam de cantar ou tocar instrumentos podem vir até aqui para entreter nossos pacientes, lembrando que o voluntariado é uma via de mão dupla, quem ajuda também é ajudado”, declarou.

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CMS - 3ª DE – AD/3 - 27º GAC AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 10/2019 – 27º GAC (UASG 160375) Objeto: Peças e acessórios para viaturas militares e administrativas, conforme Edital e anexos. Edital disponível a partir das 08:00 horas de 31/01/2020, no site http://www.comprasgovernamentais.gov.br/ Início da sessão pública, às 08:00 horas de 12/02/2020. Informações pelo telefone (55) 3332-7520 Ramal 237. Ijuí – RS, 30 de janeiro de 2020. MÁRCIO GREGÓRIO SANTOS ARAGÃO – Ten Cel Ordenador de Despesas

Ijuí/RS, 30 de janeiro de 2020. Valdir Heck Prefeito

MUNICÍPIO DE BOZANO – AVISO DE LICITAÇÃO

MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL N° 1/2020 – MENOR PREÇO

(Exclusiva às beneficiárias da LC 123/2006)

PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DE IJUÍ Demonstrativo Simplificado do Relatório de Gestão Fiscal 3º Quadrimestre de 2019

Objeto: Contratação de empresa(s) para fornecimento de gêneros alimentícios destinados à merenda escolar das Escolas Municipais, conforme especificações contidas no Edital e seus anexos, disponíveis no site www.bozano. rs.gov.br ou na Prefeitura. Recebimento e julgamento dos documentos e propostas: 9 horas do dia 14 de fevereiro de 2020. Informações complementares: (55) 3643–2004/2107; e-mail: compras@bozano.rs.gov.br . Bozano, 30 de janeiro de 2020. ERNESTO NATAL NICOLETTI Prefeito

MUNICÍPIO DE BOZANO – AVISO DE LICITAÇÃO

REGISTRO DE PREÇOS - PREGÃO PRESENCIAL N° 2/2020

(Exclusiva às beneficiárias da LC 123/2006)

Objeto: Registro de Preços para eventual aquisição de Cestas Básicas. Sessão pública: 14/02/2020 às 14hs. Edital e seus anexos estão disponíveis no site www.bozano.rs.gov.br Informações complementares: (55) 3643– 2004/2107. Bozano/RS, 30 de janeiro de 2020. ERNESTO NATAL NICOLETTI, Prefeito.

O Relatório de Gestão Fiscal do 3º quadrimestre de 2019, de janeiro de 2019 a dezembro de 2019, encontra-se afixado no mural de publicações do prédio da Câmara Municipal de Ijuí, situado na Rua Benjamin Constant, 116 desde 30/01/2020, bem como disponibilizado no site: www.camaraijui.rs.gov. br Rubem Carlos Jagmin Presidente CPF: 085.878.920-53

Viviane Carré Malaquias Contadora CRC: 067880/O-8 CPF: 935.335.350-53


www.clicjm.com

REAÇÃo

Obras de esgotamento sanitário vão avançar no município Corsan deverá iniciar as obras pela chamada Bacia 14, que atenderá 35 mil pessoas. | 7

Everton marcou os dois gols do Grêmio que saiu perdendo, mas venceu o São José | 12

Bom Pastor está aberto a parcerias Comunidade pode auxiliar o Hospital Bom Pastor com doações e voluntariado | 15

Deputados aprovam alterações nas carreiras Das nove proposições encaminhadas pelo governo, oito foram aprovadas | 8

EDITORIAL | 6 O cidadão brasileiro deve exercer o direito à saúde através da Justiça e não se amedrontar face ao Estado inerte.

Cidadania negocia com PDT apoio para as eleições municipais Presidente da sigla, Dinorah Gehn afirma que decisão depende dos filiados e da direção estadual do partido. | 9

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - sexta-feira - 31-01-2020  

Jornal da Manhã - sexta-feira - 31-01-2020  

Profile for clicjm
Advertisement