Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2019

Uso indiscriminado de agrotóxicos agrava morte de abelhas

Ano 46 - Nº 92

R$ 3,00

Menina Modelo será no dia 29

Concurso é a principal atração do 2º Festival Infantil promovido pelo Jornal da Manhã e Sesc. | Caderno Dois

Investimento dá maior visibilidade ao setor do Artesanato Diretoria da Expo-Ijuí realizou melhorias no pavilhão, atendendo pedidos de expositores. | 5

Apicultores de Ijuí estão levando colmeias para a região da Fronteira para evitar mais perdas | 4

Defensoria garante realização de exames represados Defensor Eugênio de Oliveira obteve liminar para realização de tomografias. | 8


2

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE SETEMBRO DE 2019

RADAR BIOMETRIA - Os eleitores devem comparecer aos cartórios eleitorais para realizar o recadastramento biométrico até a próxima quarta-feira, dia 11 de setembro. Em caso de não comparecimento, o documento é cancelado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A partir de agora, quem tiver o título cancelado ganha prazo até 13 de maio para regularizar a situação, mediante o pagamento de multa. Para o pleito do ano que vem, o recadastramento só não deve ser obrigatoriamente concluído em 21 municípios gaúchos. QUEIMADAS -As queimadas no Rio Grande do Sul não têm relação com o desmatamento, como na Amazônia, mas também atingem números elevados em 2019. Dados do Inpe mostram que o mês passado teve o segundo maior registro de focos para agosto desde o começo da série histórica, iniciada em 1998. Foram 1.647 casos detectados, abaixo apenas do observado em 2003 (2.728). A quantidade é ainda mais do que o dobro de agosto do ano passado. Em junho e julho, os casos também foram bem superiores aos mesmos meses de 2018. Os números seguem elevados em setembro. Apenas nos primeiros quatro dias, foram 99 focos detectados. Ano passado, 222 durante todo o mês. IMPOSTO DE RENDA - A Receita Federal informou que a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda 2019 será aberta na próxima segunda-feira. O quarto lote inclui também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. Segundo a Receita, o dinheiro será depositado na conta do contribuinte no dia 16 deste mês. O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, totalizando R$ 3,5 bilhões. Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone (146) e informar o CPF e a data de nascimento. MORADIA - A situação de centenas de famílias que há anos residem em áreas no entorno das linhas da rede férrea da União (hoje concedidas a iniciativa privada) e que nos últimos meses estão sendo acionadas a deixarem suas moradias é um tema que preocupa lideranças políticas como o presidente da Famurs, Dudu Freire, e o deputado Eduardo Loureiro. Nesta semana, ambos estiveram reunidos com representantes das defensorias públicas da União e do Estado para articular uma estratégia conjunta no sentido de mediar o problema e evitar as ações de despejo que estão trazendo aflição a milhares de famílias em vários municípios gaúchos. FGTS - O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu ontem os processos em tramitação em todo o País que tratam da correção das contas do FGTS pela inflação. De acordo com a decisão do ministro, a suspensão será mantida até que o STF dê uma resposta definitiva sobre o tema. O julgamento do caso no plenário do Supremo está marcado para 12 de dezembro. O ministro afirmou que tomou a decisão de paralisar os processos considerando entendimentos divergentes no Judiciário, que poderiam causar prejuízos a cidadãos.

OLHO DA RUA Os alunos das escolas de Ijuí foram responsáveis pela guarda do fogo simbólico durante a semana. A extinção do fogo ocorre hoje, logo após o desfile, e será a cargo da Escola Osvaldo Aranha.

INDICADORES Poupança 6.9.2019 ................... 0,37 % Ouro 6.9.2019..............R$ 198,74 .(gr) Dólar Comercial.................... R$ 4,0655 Dólar turismo ....................... R$ 4,2300 Euro ..................................... R$ 4,4900 IPC/FIPE Julho /2019 ................. 0,15% INPC Julho/2018 .......................+0,1% IGPM Julho /2019 .........................0,4% IPCA Julho /2019 ....................... 0,19% TR agosto/2019.........................+0,0% SELIC julho/2019 ......................+6,5%

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 73.296 2º - 42.724 3º - 42.360 4º - 77.780 5º - 05.091 ENTRE ASPAS "Vocês deviam estar criticando isso, o Macron tá querendo fazer uma intervenção porque chamaram a mulher dele de feia, olha só que coisa horrível. Quer dizer que se alguém chamar sua mulher de feia você pode fazer uma intervenção internacional?" Ministro Paulo Guedes "Nossa Pátria só terá ordem e progresso se tiver a disciplina que o Exército tem. A Amazônia é nossa. E ela está secando, mas não é pelas queimadas, mas pela exploração das ONGs. Mas tenho certeza de que nosso capitão vai fazer com que nosso País tenha ordem." Deputado estadual, Sérgio Peres "Bolsonaro é fonte de preocupação e está inviabilizando o combate à corrupção no País para proteger seu filho. Infelizmente, uma questão menor, um crime dos mais banais envolvendo políticos - a 'rachadinha' dos salários no gabinete - está inviabilizando o combate à corrupção no Brasil." Procurador aposentado, Carlos Fernando dos Santos Lima.

GETÚLIO

QUINA

CONCURSO nº

5066

15 29 36 59 75 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 1861

02 03 05 06 07 08 09 13 14 16 18 22 23 24 25 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX. Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

26° MIN.

16°

DOMINGO

MÁX. Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

28° MIN.

19°

SEGUNDA

MÁX.

26° Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

MIN.

17°

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

Bancada do Novo apresenta estudo sobre privatização

TECNOLOGIA

Advogadas e advogados da 23ª Subsecção da OAB de Ijuí participaram de curso sobre processo eletrônico na área

Treinamento auxilia no uso de nova plataforma A 23ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) promoveu treinamento sobre Processo Eletrônico na Plataforma eproc, na noite de ontem, na sede da entidade. Voltada à área cível, o curso teve a presença de 70 profissionais e foi ministrado pelo advogado Adriano Blattes. O sistema de processo judicial eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região (TRF4), o eproc, passou por mudanças, e já está ativado, desde o final de agosto, tanto para o primeiro grau, nas Seções Judiciárias do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná, quanto no segundo grau, no TRF4.

A nova interface do sistema está sendo construída a partir das sugestões de todos os usuários que desejam participar do projeto. Para viabilizar a participação, será disponibilizado na página inicial do eproc um banner com acesso a pesquisas e consultas, onde o usuário poderá encaminhar suas sugestões. Dessa forma, o processo de mudança será mais interativo e direcionado às necessidades dos usuários. Em resumo, trata-se de um grande avanço para a área do Direito, pois o sistema que era utilizado até há pouco tempo, o eThemis, apresentava várias falhas e dificuldades, muitas

vezes, inviabilizando o dia a dia de trabalho de advogadas e advogados. Outro objetivo dessa nova plataforma é tornar o eproc um sistema responsivo, isto é, adaptado a qualquer dispositivo - computador, notebook, smartphone, por exemplo -, com a finalidade de proporcionar uma experiência funcional e confortável aos usuários em situações diversas como reuniões, teletrabalho e audiências. O eproc é utilizado não somente no TRF4 e na primeira instância da Justiça Federal da 4ª Região, mas por diversos tribunais espalhados por todo o Brasil.

Receita Estadual realiza blitz no município A primeira da série de barreiras de fiscalização que buscam inibir o trânsito de veículos com IPVA atrasado resultou na autuação e recolhimento de 150 veículos em seis cidades gaúchas. Multados em R$ 293,47, os proprietários terão que quitar o imposto, além de arcar com o custo do guincho e dos dias no depósito para reaver o veículo. Também são aplicados sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Em Ijuí, 2.966 veículos ainda não tiveram o IPVA pago, isso representa uma inadimplência de 4,37%. Para receber estes valores, cerca de R$ 1,2 milhão, a Receita Estadual realiza diversas ações, entre elas blitze, rotineiramente. "Se o veículo ou a moto for flagrada em uma blitze de IPVA, ou mesmo de trânsito, terá o veículo apreendido, não poderá continuar transitando. Fora isso, em função de o imposto estar vencido, todos estão sendo encaminhados para

3

Mais de dois mil condutores estão trafegando sem licenciamento em Ijuí

o Serasa, então, haverá restrição a crédito, e também para protesto, assim como estão sendo encaminhadas algumas situações para cobrança judicial", explica a chefe da Receita Estadual de Ijuí, Lizete Webler. Condutores que estejam inadim-

plentes podem realizar o pagamento diretamente nas agências bancárias, com exceção de títulos encaminhados a protesto. O imposto inclui IPVA, multas e o seguro obrigatório. "Para conseguir obter o licenciamento, terá que recolher todas essas taxas."

A Bancada do Novo RS, composta pelos deputados Fabio Ostermann e Giuseppe Riesgo, apresentou estudo sobre a venda de ações do Banrisul. Embora o banco seja uma sociedade de economia mista, o controle acionário é do governo do Estado. "Estudo da equipe técnica da Bancada, a respeito da temática da privatização ou não do Banrisul, chegou a uma conclusão, que creio ser de grande interesse do cidadão gaúcho, que vive o dia a dia de serviços públicos precários, de um Estado que parece estar permanentemente em crise, mas, que, às vezes, acabamos nos tornando reféns dessa pauta da crise, justamente por não explorar outras possibilidades de saída dela", comentou Ostermann, em entrevista ao Grupo JM. Segundo ele, que não concorda com a venda de parte das ações, o ideal seria a privatização total do Banrisul, porque ao abrir mão de parte das ações sem abrir mão do controle acionário, o Estado venderá suas ações muito abaixo do valor de mercado. Estima-se perdas entre R$ 3 e R$ 4 bilhões para o Rio Grande do Sul. Para ele, a privatização do Banrisul é um passo importan-

Fabio Ostermann

te para a recuperação fiscal do Estado, que tem as dívidas de governos anteriores como um dos principais pesos nas contas públicas. "Na prática, o retorno que o Banrisul dá comparado ao capital empregado, aquilo que na economia se chama de custo de oportunidade, não vale a pena. O custo de manter o Banrisul, para o Estado, é muito alto."

País precisa de mais medidas contra a crise Ainda que o cenário externo venha ocasionando a desvalorização da moeda, turbulências políticas internas e as constantes polêmicas também contribuem para gerar desconfiança no mercado em relação ao Brasil. No último trimestre, o PIB teve crescimento de 0,4%, o dobro do projetado, 0,2%. Mesmo assim, não é motivo para alívio do ponto de vista econômico, uma vez que a economia não experimentará grandes avanços até o final do ano, conforme a economista-chefe da FecomércioRS, Patrícia Palermo. "Quando a gente para e pensa, de que o PIB surpreendeu, com o dobro do esperado, que era 0,2%, nem por isso é algo que tenhamos que festejar. Se por um lado tivemos uma melhora, que levou para o campo positivo, afastando a possibilidade de uma recessão técnica, que flertamos,

não é um indicador para ser comemorado. Obviamente que ali dentro há alguns resultados que são positivos, como a construção civil que sobe depois de 20 trimestres de queda, mas de maneira geral, o dado que a gente tem é de uma economia que tem muita dificuldade ainda, de ter uma retomada com mais força", comenta, acrescentando que esse resultado leva a crer que o crescimento em 2019, será ainda menor em relação a 2017. "A expectativa é de ter um crescimento na casa entre 0,8% e 0,9%. Então, nesses três anos, 2017, 2018 e 2019, não se recupera sequer o que se perdeu em 2015. Sem dúvida nenhuma, essa crise está nos custando muito caro." Para ela, é preciso adotar mais medidas que sejam capazes de reduzir essa "crise de proporções históricas", que o País enfrenta.


4

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE SETEMBRO DE 2019

ABELHAS

A triste realidade por trás dos agrotóxicos A

morte de milhares de abelhas em todo o Estado, entre outubro de 2018 e março passado, saiu do campo das suspeitas para figurar entre os casos que vão parar no Ministério Público (MP) em busca de solução. Neste período, cerca de 6 mil colmeias foram eliminadas pelo uso indiscriminado de agrotóxicos. Na região Noroeste, a Patrulha Ambiental (Patram), com sede em Cruz Alta, recebe, de forma recorrente, denúncias de mortandade de abelhas em função da deriva destes defensivos agrícola. "Na semana passada, atendemos notificação, juntamente com a Secretaria de Agricultura. Foram colhidas amostras das abelhas e das plantas mortas, para fazer exame laboratorial e confirmar a suspeita de que houve envenenamento", conta o 1º Tenente do Comando Ambiental da Brigada Militar, Fernando Hochmuller. Ao receber uma denúncia, a Patram dá início aos procedimentos: levantamento da área, com medição da distância entre lavouras e colmeias; identificação do tipo de produto aplicado e respectivos receituários agronômicos; e a coleta de material para análise, que permite fazer um nexo de casualidade entre o ocorrido e o que foi utilizado. Hochmuller afirma que há casos comprovados na região de Ijuí e inquéritos tramitando no Ministério Público, tanto na esfera cível quanto penal, para apuração das denúncias. Conforme identificado nas amostras analisadas, o principal causador da morte destes insetos é o inseticida fipronil, anteriormente aplicado nas sementes, e agora nas foliares. "Causa a morte das abelhas quando elas entram em contato com a planta", acrescenta o tenente. Em Ijuí, o cenário é devastador.

De acordo com o presidente da Associação dos Apicultores, Aldair Cossetin, muitas colmeias foram perdidas. "Fizemos a coleta de amostras, para registro e encaminhamento a laboratórios para identificar a presença de agrotóxicos. Inclusive, um dos produtores que foi mais prejudicado, o Rogério Manchini, perdeu em torno de 40 colmeias", quantifica. Aldair acentua que a comprovação da causa destas mortes se deu por meio de testes realizados em laboratórios particulares. "Um dos sócios pagou duas empresas, entrou com ação, fez todo o trâmite legal, e nos laudos, há contaminação por agrotóxicos. Realmente é comprovado", afirma. "A gente sabe que nossa região Noroeste é a que mais veneno se aplica em seus produtos, no Brasil. Então, é bastante complicada a conscientização em relação à aplicação de veneno de forma equivocada, sem assistência técnica, porque se for aplicada com assistência técnica adequada, com prontuário de profissional, não haverá esse efeito de mortandade, e não apenas nas abelhas, mas em toda a cadeia de insetos que está nesses espaços." Até o momento, mais de três mil caixas de colmeias, com população média de 60 mil abelhas em cada, já foram retiradas de Ijuí e levadas à região da Fronteira, para evitar a contaminação e mortandade. "Estamos salvando as colmeias de nossa região, de nosso município, levando para longe, arrendando terras, onde teremos o mel orgânico, onde ainda não chegou a contaminação desses produtos." Pelo menos 37 mil famílias dependem da apicultura no Rio Grande do Sul, e o principal problema enfrentado por elas é o uso de agroquímicos em lavouras de

grãos. Para Cossetin, as perdas vão além da questão financeira. O verdadeiro impacto é sentido no meio ambiente. "Hoje, a perda de uma colmeia, para nós que trabalhamos na linha de produção de mel, significa em torno de R$ 600, mas e a perda ambiental? Essa é a pergunta que deixamos para a sociedade se despertar. A perda de polinização naquele espaço onde cada caixa tem cerca de 60 mil abelhas, que são extintas, e da mesma forma milhões em todo o mundo, em função destes defensivos, impróprios para insetos, usados de forma errônea, com fórmulas sem orientação técnica. O meio ambiente está pagando e no futuro pagará ainda mais, se não houver conscientização sobre isso." Integrantes da Associação de Apicultores de Ijuí trabalham com ações preventivas, uma vez que a maioria é produtor rural, e realiza aplicação de defensivos, porém, de forma consciente, com prontuário técnico, considerando quantidade, vento, entre outras coisas, para que não tenha efeito sobre as abelhas. "Mas, o vizinho dele não sabe e não quer saber, só quer saber da produção individual e de grãos, e não se preocupa que está contaminando o lençol freático, o meio ambiente, destruindo os insetos. As empresas hoje, de capital, de grande porte, constroem todo o processo do veneno, que em outros países são proibidos e no Brasil são liberados. O governo liberou mais 50 tipos de agrotóxicos. É bastante preocupante como o capitalismo age em nosso meio ambiente de uma forma esmagadora", lamenta Cossetin. Ijuí conta ainda com o GT dos Agrotóxicos, formado por entidades e órgãos de proteção ambiental, que

trabalham com a conscientização dos agricultores. As ações, segundo Cossetin, ainda não surtiram efeito, mas o grupo continuará trabalhando. Presidente da Federação Apícola do Rio Grande do Sul, Anselmo Kuhn defende ações do poder público, para não deixar o setor tão vulnerável, como, por exemplo, controlar melhor os espaços onde ficam as colmeias. "Mais a parte de como o avanço está acontecendo, os espaços estão sendo ocupados onde já eram da atividade da apicultura." Para tentar solucionar estes problemas, o presidente da Frente Parlamentar da Apicultura na Assembleia Legislativa, deputado Zé Nunes (PT), entregou, junto com entidades, uma série de reinvindicações a representantes do governo federal que atuam na área da agricultura. Eles pedem aumento na fiscalização. Para o tenente Hochmuller, o controle do uso indiscriminado de agrotóxicos, sem orientação técnica, esbarra na falta de uma legislação. "Temos uma para pulverização aérea, mas não temos uma que trate da deriva terrestre, que é o principal problema, principalmente relacio-

Estamos salvando as colmeias de nossa região, de nosso município, levando para longe, arrendando terras, onde teremos o mel orgânico, onde ainda não chegou a contaminação desses produtos." nado à morte das abelhas versus agrotóxicos. Como não existe uma legislação, não existe uma limitação de distância, e isso faz com que essa deriva atinja também pessoas e outros animais, é uma questão de saúde. Como não há uma legislação, não há como cobrar muito. Mas, existe logicamente especificações técnicas para aplicação de agrotóxicos e uma delas consta dentro do próprio receituário agronômico, que deve ser observado. A aplicação deve ser sempre acompanhada por um técnico responsável, para que se possa minimizar os danos", esclarece.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

EXPO-IJUÍ

Pavilhão do Artesanato terá maior visibilidade

A integrante da Comissão do Artesanato, Maria do Carmo, em entrevista ao Grupo JM, falou acerca de algumas demandas que haviam no Pavilhão do Artesanato, e que foram ouvidas e atendidas pela presidente da Expo-Ijuí, Nadine Dubal. Maria informou que antigamente os artesãos possuíam um espaço pequeno para realizar sua exposição, e, com o passar do tempo, foi reivindicado um espaço maior, momento em que foi cedido o Pavilhão 4, no Parque de Exposições Wanderley Burmann. O pavilhão possui espaços fixos para os estandes, e atualmente foi remodelado para a feira deste ano, tendo cada corredor pintado de uma cor diferente, dando ao local, uma visão artística, além de ter sido instalados dois climatizadores. Também foi realizada troca de lâmpadas e os banheiros reformados, contando com a instalação de fraldários e exaustores. “Apresentamos várias necessidades de adequação do

Artesãos de Ijuí e região irão expor trabalhos feitos de diversos materiais

pavilhão, em reunião, e todas as reivindicações foram atendidas. Isso se tornou motivo de alegria e agradecimento”, afirmou. Segundo Maria, 50% dos artesãos que irão expor na feira são de Ijuí, e irão apresentar trabalhos diversos, em MDF, palha de milho, taquaras, madeira, bordados, pinturas, bonecas, pesos de

porta, tapetes, jogos de banheiro, panos de pratos, entre outros. “Gostaríamos de convidar a todos para participar da Expo-Ijuí, que estará muito bem organizada, e aproveito a oportunidade para anunciar a Feira da Primavera, que irá ocorrer na semana que vem, com a participação de 95 expositores de todo o Estado.”

Criatec lança edital para novas empresas A Criatec publicou novo edital para seleção de novas empresas, que queiram desenvolver seus negócios, com apoio da Unijuí. São quatro vagas, o edital está disponível em www.criatecunijui.com. br e as inscrições vão até 12 de setembro. "Interessados devem acessar o edital e preencher um formulário com informações sobre o negócio. Depois, participará de entrevista no dia 17 de setembro, quando apresentará sua ideia a nosso Conselho Deliberativo, que irá escolher quem iremos apoiar nos próximos três anos", explica a coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini. Podem participar empreendedores com foco na inovação. A Criatec tem capacidade para prestar assessoria a

11 empresas, simultaneamente, por meio de parceria entre o Município e a Universidade. Empresas incubadas pela Criatec contam com toda estrutura física, softwares para o desenvolvimento das ideias, laboratórios de prototipagem, com vários equipamentos, e um pacote de consultorias e assessorias, dividido em cinco eixos de desenvolvimento do negócio: empreendedor, mercado, tecnologia, finanças e gestão. "Oferecemos um pacote de serviços nesses cinco eixos para que nos três anos que ele fique aqui possa, de fato, amadurecer e desenvolver o seu negócio e ao sair daqui, se desenvolva cada vez mais, e gere emprego e renda. Hoje com a Internet, o mercado é o mundo, e trabalhamos neste sentido."

5

Sicredi realiza ações para reduzir impactos ambientais Na Sicredi das Culturas RS/MG diversas ações são realizadas com vistas à sustentabilidade. Uma das iniciativas é voltada para a chamada “ecoeficiência”, uma estratégia de gestão que busca promover a redução dos impactos ambientais e de consumo dos recursos naturais que envolve todas as agências e a sua Sede. A partir da campanha de ecoeficiência, a instituição financeira cooperativa recebeu recentemente o certificado de emissão zero, emitido pela empresa Ecofinance, com base no Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). Em 2018, a Sicredi das Culturas RS/ MG emitiu 124 toneladas de gás carbônico (CO2), um dos principais responsáveis pelo efeito estufa. Com o objetivo de neutralizar os impactos causados, a cooperativa efetuou a compra de 124 créditos de carbono do projeto Complexo Eólico Santa Vitória do Palmar e Chuí. Este investimento representa a viabilização de energia renovável de baixo impacto ambiental, bem como, a redução da dependência de combustíveis fósseis para a geração de eletricidade. Na cooperativa, o Comitê de Sustentabilidade integra colaboradores, diretoria executiva e conselheiros, sendo responsável por planejar e executar ações com vistas para o crescimento sustentável e impacto na comunidade. “Um dos nossos diferenciais como instituição financeira cooperativa é justamente o nosso interesse pelo desenvolvimento das comunidades em que atuamos. Por isso, para além de nossas soluções financeiras, precisamos pensar nos impactos que nossas ações têm na sociedade”, destaca o diretor executivo da Sicredi das Culturas RS/ MG, Roque Enderle.

Integrantes do Comitê de Sustentabilidade da Sicredi das Culturas RS/MG


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

6

Opinião do JM INDEPENDÊNCIA QUE BUSCAMOS

H

oje é comemorado mais um 7 de Setembro, data da Independência De olho na manutenção do eleitorado para 2022, Jair Bolsonaro condo Brasil, que aconteceu em 1822. No entanto, os problemas tinua alimentando a polarização e, como consequência, a instabilidade. econômicos continuam a nos afligir e a cada ano tomam proporções No entanto, na contramão do óbvio, vivemos, mais uma vez, as Devemos ir além neste 7 assustadoras. Pois hoje o brasileiro convive com o desemprego, estagcontradições de um governo que tem acertos, especialmente na área de Setembro, lembrando nação econômica, crimes ambientais, desmontes e retrocessos. econômica, mas que parece haver esquecido que se elegeu pregando que o discurso é a principal Além das inúmeras desavenças políticas que aparecem aqui e ali. o fim da impunidade. ferramenta de liderança em Mesmo diante de todo esse cenário, o presidente Jair Bolsonaro pediu Devemos ir além neste 7 de Setembro, lembrando que o discurso é a uma sociedade. As palavras que todos os brasileiros vão para rua hoje, assistir aos desfiles cívicos principal ferramenta de liderança em uma sociedade. As palavras têm têm o poder de direcionar vestindo verde e amarelo. o poder de direcionar ideias e ações. Tanto é, que parlamentares trabaideias e ações. O governo pretende ainda que o 7 de Setembro vá além da festa cívica. lham para blindar as casas Legislativas dos impactos deste amontado Quer transformar a Semana da Pátria em uma ação positiva de grande de polêmicas descabidas. Acontece que isso tem um impacto negativo impacto, justamente para dar a sensação de que o Brasil está em fase terrível, pois enquanto a população tentar entender os demandos, que de crescimento econômico, incentivando o patriotismo em cada cidadão brasileiro. Mas mudam a cada dia, reformas importantíssimas são discutidas no Congresso sem o deesquece que as reformas andam devagar, mesmo com a aprovação, praticamente certa, da vido diálogo com a população. Quando seria necessário elevar o nível do debate e dar Previdência. Mas faltam outras, tão ou mais importantes, como a Tributária e a Política. prioridade para a retomada do desenvolvimento, Bolsonaro enche o País de dúvida sobre Nesse sentido, o Palácio do Planalto articula, junto ao setor empresarial, a realização se há, na mente presidencial, um mínimo resquício de aflição sobre os problemas reais de uma semana de ofertas durante toda a Semana da Pátria, ao estilo Black Friday, com do Brasil, enquanto a economia está parada e mais de 12 milhões de pessoas procuram descontos bem acima da média. O objetivo é estimular o comércio e o consumismo desesperadamente por emprego. É preciso que o País não perca o foco do que realmente importa e que possamos ter o que comemorar no Dia da Independência. verde e amarelo.

ENTREVISTA Mas a fiscalização é para aquele lá que está fazendo a implementação errada, ou queimando e derrubando árvores. Todo dia a gente recebe ligação de produtor dizendo "ah, estou sendo multado aqui porque derrubei árvore". Eu digo: "gente, não vou interferir nisso. Tem que pegar através das vias judiciais, a própria Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental), o próprio Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), e ir atrás. Se foste punido foi porque talvez erraste, tens que te defender, ou pagar também por isso". Nós, aqui do Estado, temos a Fepam. O próprio governo do Estado está fazendo toda essa parte de proteção ambiental, tanto é que estamos fazendo uma modernização da lei de licenciamento ambiental. Então a gente tem algumas situações que merecem, sim, proteção ao meio ambiente.

Na sua opinião como está o agronegócio no Estado? O agro terá uma mudança muito significativa nos próximos três anos, porque esse acordo entre Mercosul e União Europeia vai ser muito interessante para o Estado. As cadeias da agricultura, todas elas, vão ser muito beneficiadas, pois a gente vai abrir algum mercado que, hoje, não tem, e, agora, com essa briga comercial entre Estados Unidos e China, as portas do mercado asiático também estão se abrindo. Teremos, também, essa possível mudança do status sanitário do Rio Grande do Sul em relação à vacina da (febre) aftosa, então, com isso, também se abrem, imediatamente, outros mercados. A agricultura gaúcha vai ter uma mudança de cenário econômico, principalmente de comercialização. Na sua opinião, a troca de troca de declarações entre os presidentes do Brasil e da França pode influenciar no caso do acordo com o Mercosul? A gente tem que brigar muito para que, a todo momento, haja uma defesa de que o agro não é o que desmata. Ele também ajuda a proteger. Essas declarações do próprio presidente da República, talvez pela má interpretação que geram, ou talvez, também, pela falta de explicação do contexto, precisam ser mais bem explicadas. Temos uma legislação, o nosso código florestal é muito rígido. Se pegar os países aqui da volta, ninguém enfrenta uma legislação que nem essa. Então a gente também está traçando essa parte aqui no Rio Grande do Sul, de sermos parceiros da agricultura e do meio ambiente. E fazer essa venda (dessa ideia) para o exterior, principalmente. É claro que, na Amazônia, as queimadas... Nós também sofremos queimadas nos Campos de Cima da Serra, mas são autorizadas. Então precisas mostrar que, além disso, (a queimada) é importante para a agricultura, com o exemplo das queimadas da Serra, que são uma oportunidade de renovação de pasto, mas também existe uma grande proteção do meio ambiente. Acho que, agora, como agentes políticos e por estar conduzindo a agricultura aqui no Estado, vamos ter que fazer mais divulgação dessas ações de proteção do meio ambiente e mostrar

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Covatti Filho (PP) Secretário da Agricultura que a agricultura e o meio ambiente têm que caminhar juntos. E o produtor também, na minha visão, cada vez mais necessita que haja essa divulgação e essa proteção, até porque ele também vive e sobrevive do meio ambiente. Como funciona a fiscalização aqui no Estado? Aqui, a gente não sofre muito com esse tipo de queimada. Acho que vou fazer as duas comparações mais interessantes. Principalmente no ambiental, os bons não podem pagar pelos maus. E aquelas pessoas erradas precisam ser punidas de fato e de direito. Tem que acontecer isso. Faço uma comparação com o problema que estamos enfrentando com o 2,4-D. O 2,4-D é aquele defensivo agrícola que acaba prejudicando os nossos cultivos sensíveis. Estamos fazendo ações para que as pessoas que têm esse viés de proteção ambiental, respeito na aplicação e cuidam da sua terra, elas possam (usar), sem problema nenhum.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

De que forma o Estado está aprimorando a questão do licenciamento? Todas as ações andam em sincronia. A gente estava falando justamente de punir o errado, e, ao mesmo tempo, nem todos são inimigos do meio ambiente. Com essa visão, a gente está mudando um pouco o licenciamento ambiental. Tenho um caso lá na Secretaria da Agricultura... Tem gente que está, há dois anos, querendo ampliar seu chiqueirão, com o financiamento aprovado, com tudo aprovado, e dois anos esperando o licenciamento ambiental autorizar a fazer esse investimento. Isso não pode acontecer. O governo do Estado tem que tomar a atitude do "sim ou não". Resumidamente, todos vão saber as obrigações que vão ter que assumir para fazer esse empreendimento. A gente sabe das obrigações que o produtor rural tem que cumprir, e, ali na frente, a gente dá uma pré-autorização, e, depois, ele vai sofrer a fiscalização. Se cumpriu a lei, ele vai, cada vez mais, dando andamento ao seu empreendimento. Se não cumpriu a lei, aí, sim, tem que ser punido. Nem todo produtor é um criminoso. Até porque o Rio Grande do Sul está precisando crescer, empreender, está precisando, cada vez mais, fortalecer, e o agro é um caminho muito forte no nosso Estado, pois representa 40% do PIB (Produto Interno Bruto).

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 SEMEStRAl: R$ 240,00 ANUAl: R$ 480,00 CORREIO: R$460,00 (SEMEStRAl); R$ 900,00 (ANUAl)


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

EDUCAÇÃO

Programa Jovem Aprendiz reduz evasão escolar

Uma pesquisa divulgada neste ano pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC), mostra que 6,1% dos jovens abandonam o Ensino Médio no Brasil. No Rio Grande do Sul, esse percentual chega a ser maior: 7,4%. E entre

os inúmeros motivos que levam os adolescentes a deixar a escola está a necessidade de trabalhar e auxiliar a família com uma renda extra – ou talvez única. Os contratos de aprendizagem surgem não só para reduzir a alta taxa de desemprego entre jovens de 14 e 24 anos, mas também ajudam a conter a evasão escolar. Isso porque, para participar de um programa, como o Jovem Aprendiz, o aluno precisa ter mais de 14 anos, estar matriculado ou já ter concluído o Ensino Médio. “Jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho têm a possibilidade de entrar em contato com empresários e de apresentar o seu currículo. Se selecionado, a empresa o encaminha para o

O programa mantém o jovem na escola, lugar onde deve estar, e ainda o capacita para o mercado de trabalho." Milton Pereira

Senac, que passa a capacitar este jovem”, explicou o diretor do Senac Ijuí, Milton Pereira. Até então, os alunos cumpriam uma carga horária de 1.100h, entre aulas práticas, na empresa, e teóricas, no Senac. A partir da próxima semana, jovens já começam a participar do programa com uma outra roupagem: agora, a carga horária é de 1.600h. “Os jovens continuam participando de 480h de aulas teóricas, onde recebem orientações sobre o mundo do trabalho, informática, técnicas de escritório, vendas e atendimento ao cliente. Mas houve ampliação da carga horária prática, permitindo que a aprendizagem, que era de 13 meses, chegue a até 22 meses”, explicou Milton. Agora, os aprendizes terão uma imersão de 20 dias no Senac e, depois, terão períodos de teoria e prática intercalados. De acordo com Milton, entre as unidades de Ijuí e Cruz Alta, há 300 vagas de aprendizagem abertas todos os anos. “O programa mantém o jovem na escola, lugar onde deve estar, e ainda o capacita para o mercado de trabalho”, reforça o diretor.

Alunos recebem presidente do Legislativo A convite da Escola Adventista de Ijuí, a presidente da Câmara Municipal, vereadora Alexandra Lentz (PDT), esteve participando de um bate-papo com alunos do 7º Ano do Ensino Fundamental. Conforme explica a diretora, Eliane Dias, a participação ocorreu após discussões em sala de aula, durante a disciplina de Língua Portuguesa, coordenada pela educadora Giovana de Oliveira Argett Muraro. A releitura de uma imagem acabou gerando questionamentos entre os alunos e, a partir daí, surgiu a ideia de realizar uma atividade em que os estudantes se tornassem responsáveis por mudar a realidade em que vivem. Foi sugerido que a turma observasse a cidade, o bairro e sugerisse mudanças. Para isso, foram organizados grupos e, cada um deles, elaborou um projeto para contribuir, visando a melhoria de espaços. De acordo com a diretora, a visita de Alexandra proporcionou um debate sobre cargos públicos, projetos que tramitam e acabam sendo aprovados (ou não) no poder Legislativo e sobre como funciona a sessão na Câmara Municipal. Os alunos também

Desfile cívico-militar acontece hoje Findando a Semana da Pátria, acontece hoje, a partir das 8h30, o desfile cívico-militar pela Rua Benjamin Constant. Em caso de chuva, o desfile será transferido para a tarde, às 13h30. Se a chuva persistir ao longo do dia, ocorrerá amanhã, domingo, a partir das 8h30. "Em caso de chuva, apenas a extinção do fogo simbólico será mantida para esta tarde, às 13h30, a cargo da Escola Estadual de Ensino Fundamental Osvaldo Aranha, que completa 70 anos de história", explicou a coordenadora do desfile pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), Sandra Bombardieri, lembrando que a realização, ou não, do desfile será comunicada às 7h de hoje, por meio das redes sociais e imprensa local. As atividades iniciam com o desfile militar, seguido pelo desfile escolar - que terá início pelas escolas de Educação Infantil. Obedecendo a ordem do sorteio realizado, a Escola Municipal Raios de Sol será a primeira a desfilar, seguida da Escola Municipal Infantil Alvorada. Depois, inicia-se a passagem das escolas de nível Fundamental e Médio. Completando 120 anos de história, o Colégio Evangélico Augusto Pestana (Ceap) será o primeiro a desfilar, seguido pela Escola Estadual Osvaldo Aranha; Escola Estadual de Ensino Fundamental Sandra Bombardieri Rui Barbosa; Instituto Estadual de Educação Guilherme Clemente Koehler; Colégio Sagrado Coração de Jesus; Escola Municipal de Ensino Fundamental João Goulart - que estará acompanhada da banda da Escola Municipal Joaquim Nabuco; Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA); Instituto Municipal de Ensino Assis Brasil (Imeab); Escola Estadual de Ensino Médio Otávio Caruso Brochado da Rocha e Escola Estadual de Ensino Médio Emil Glitz. Depois, como lembra Sandra, seguem os três grupos de escoteiros: Grupo Escoteiro Ijuí - 300º/RS, Grupo Escoteiro Velho Lobo e Grupo Escoteiro Farrapos Carijós.

FAL terá cursos na modalidade EAD

Alexandra Lentz explicou o funcionamento da Câmara aos estudantes

puderam apresentar seus projetos e ideias. A vereadora também explicou o que acontece quando um projeto é vetado pelo prefeito municipal. “Foi muito positiva a participação da vereadora, pelo fato de poder mostrar aos alunos a realidade do poder Legislativo e também poder tirar dúvidas da turma”, explicou Eliane. Alexandra avaliou de forma positiva a atividade e o interesse

dos alunos pelo funcionamento da Casa e, principalmente, pelos problemas que assolam a cidade. “Os estudantes fizeram questionamentos bem importantes, sobre a função do vereador, como são elaboradas as leis e quais propostas temos avaliado. E o mais importante: eles produziram projetos, propostas focadas em gargalos da cidade. É importante estimular que os alunos pensem sobre estas questões”, destacou a presidente.

7

A direção da Faculdade América Latina (FAL) agradece professores, funcionários, todos aqueles que ajudaram direta ou indiretamente a instituição, e especialmente à coordenadora Celísia Bohn, pela conquista da autorização para oferta de cursos na modalidade Ensino a Distância (EAD). A instituição foi avaliada com nota 4. Desde o ano de 2016, a FAL, por meio de Celísia Celísia Bohn Bohn, trabalhava para que a autorização fosse conquistada. A notícia, recebida ontem, acontece após a visita de três avaliadores do Ministério da Educação (MEC), ocorrida entre os dias 18 e 22 de agosto. Os técnicos avaliaram desde o projeto pedagógico até as estruturas da FAL. Inicialmente, dois cursos de graduação serão ofertados a distância: Teologia e Pedagogia. Mais 70 cursos de pós-graduação deverão serão anunciados nos próximos meses. A direção também planeja abrir 150 polos, iniciando por 10, em cidades como Ijuí e estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia.


8

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

TOMOGRAFIA

Estado terá que fornecer exames a pacientes

Nesta semana, o defensor público da Defensoria Pública Regional de Ijuí, Eugênio Pedro de Oliveira Junior, obteve medida liminar para a realização de exames de tomografia computadorizada, no prazo máximo de 45 dias, para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que tinham agendamentos com prazo superior a oito meses. Ele ainda requereu a realização de estudos pelo gestor estadual para adequação das necessidades envolvendo a realização dos exames. Ao Grupo JM, Eugênio explicou que, ainda no mês de fevereiro, chegou ao conhecimento da Defensoria Pública que havia uma longa fila de espera para o agendamento de tomografias. E a partir disso, foi mantido um diálogo com diversos órgãos, em especial com a 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), para que a situação fosse verificada. “Dentre as várias funções que exercita na defesa dos direitos dos cidadãos, a Defensoria atua fortemente na área da saúde. E neste

caso, a 17ª CRS abriu expediente administrativo, junto ao governo do Estado, para verificar o que estava acontecendo, para tentar melhorar o fluxo e abrir mais agenda para exames. Passado o período de seis meses, surgiram novas reclamações”, explicou o defensor público. No primeiro caso encaminhado, a Defensoria entrou com uma ação individual para atendimento do paciente oncológico, que teve seu exame agendado para o mês de dezembro. Uma ação liminar garantiu a realização da tomografia em 30 dias. Mas, em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, Eugênio descobriu que, até o mês de agosto, 379 pessoas aguardavam na fila por um agendamento. “A cota mensal fornecida pelo Estado é de 20 tomografias. E, logo, a média de espera, em casos não oncológicos, é de oito meses. Já pacientes com câncer tiveram o agendamento para dezembro. Foi então que reunimos a documentação e ingressamos com uma ação judicial, distribuída na 3ª Vara

Cível e despachada liminarmente pelo doutor Nasser Hatem, que determinou que todos os casos de tomografia, laudados pelo médico como urgente, fossem realizados em até 45 dias do dia da intimação.” Eugênio disse que aguarda a movimentação do Estado, através da 17ª CRS, para verificar se a determinação será cumprida ou não. Caso não seja, os casos serão avaliados individualmente e o pedido de bloqueio de valores do Estado será realizado, para que os exames sejam comprados na rede particular. Posteriormente, também será solicitada uma audiência com o Estado para que se possa debater ações que melhorem o fluxo e a abertura de mais cotas mensais. Ao Grupo JM, o coordenador regional de Saúde, Gerson Prudêncio, disse que ontem o assunto foi debatido em uma reunião. Afirmou que há 370 tomografias represadas na cidade, e mais 250 casos que precisam ser avaliados. “Já solicitamos aos municípios

HCI vence prêmio de Gestão Hospitalar O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) foi o vencedor do Prêmio de Gestão Hospitalar Luiz Carlos Rocha Falchi, com o case “Implementação das Ações para a Promoção da Qualidade e Segurança do Paciente no Âmbito Hospitalar". O Prêmio concedido pela Federação das Santas Casas e dos Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul valoriza as melhores práticas de gestão dos Hospitais Filantrópicos do Estado, apresentando cases de sucesso nas categorias Gestão de Pessoas, Gestão de Processos e Gestão do Atendimento e Segurança do Paciente. A premiação foi na noite de quinta-feira, no Hotel Continental, em Porto Alegre, durante o Encontro de Gestão dos Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul. O HCI esteve representado pelo diretor executivo Fernando Becker, pela gerente de recursos humanos Elisabete Brandenburg dos Santos, e pela enfermeira do escritório de qualidade

Cledir França Garcia. “ A diretoria eleita do HCI sempre apostou na gestão de processos e os prêmios mostram que estamos no caminho. Todos os colaboradores do HCI estão de parabéns, pois cada um tem sua importância, é um time”, resume Fernando Becker. Segundo a Federação das Santas Casas, o prêmio é uma forma de continuar inspirar os hospitais na jornada de superação, criatividade e excelência na gestão. O presidente do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), Cláudio Matte Martins, disse que recebe a honraria com muito orgulho, porque reforça a importância do HCI para a região, além de celebrar todo o trabalho que é desenvolvido para a satisfação dos clientes. “ O prêmio é compartilhado por todos nós, da diretoria, médicos, colaboradores e comunidade, pois são ações e melhorias voltadas a cuidar do paciente, enfim cuidar de vidas”, destaca Martins.

da nossa regional que encaminhem laudos dos pacientes que aguardam pelo exame, para que possamos avaliar quais são emergenciais. Há casos de cefaleia, de dor lombar, que não são tão urgentes. A nossa ideia é priorizar os casos mais graves e estabelecer um agendamento de exames, junto com o Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), que é quem regula esse processo hoje”, destacou o coordenador, lembrando que a 17ª CRS deseja auxiliar neste fluxo. O Estado, segundo Prudêncio, tem 750 exames de tomografia computadorizada contratados com o HCI, que correspondem a cerca de R$ 5 milhões e atendem à população da região. A instituição tem, no entanto, que também atender à sua demanda. “Todos sabem que sofremos com a falta de recursos na saúde, e Ijuí é um município onde os profissionais solicitam muitos exames. Para se ter uma ideia, a cada 23 pacientes, para um é solicitada a tomografia”, explicou o coordenador. Prudêncio acredita

Gerson Prudêncio

que será possível entrar num consenso com o Hospital de Caridade, para o agendamento dos exames necessários, até que seja possível a ampliação do contrato com o Estado e consequente ampliação dos exames disponibilizados.

Formação debate abuso sexual de crianças e jovens O Hospital Bom Pastor promoveu, ontem à noite, uma formação sobre “Abordagens em situação de violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes”. O encontro, direcionado a profissionais da área da saúde, educadores e acadêmicos, esteve a cargo do psicólogo Jean Von Hohendorff, que desenvolve um trabalho de pesquisa e extensão com foco em situações de violência contra crianças e jovens, e na atuação das redes de proteção. “Este evento foi organizado frente à necessidade que sentimos de falar sobre o assunto, em função do número crescente de casos que recebemos no hospital. São pacientes com depressão, com transtornos diversos, que se automutilam e que tentaram suicídio. Que tem como causa, na maioria das situações, o abuso sexual ou a violência sofridos na infância”, explicou a psicóloga do Hospital Bom Pastor, Neusa Ciechowicz. De acordo com ela, há casos de pacientes que chegaram aos 60 anos carregando este sofrimento, sem suportar mais e com a culpa por não ter feito algo para impedir. “Como profissionais, precisamos estar sempre falando sobre o tema, estudando, debatendo, para conseguir dar conta de toda a demanda”, destacou Neusa. O evento aconteceu no auditório do Sesc de Ijuí.

Promovida pelo Hospital Bom Pastor, formação aconteceu no Sesc


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

DENGUE

Definidas ações de combate ao mosquito O poder Executivo, através da Secretaria Municipal de Saúde e da Vigilância Ambiental, definiu novas ações para o enfrentamento do mosquito Aedes aegypti. No momento, o índice de infestação está com um percentual adequado, de 0,016%, mas com a proximidade do verão, ações preventivas são necessárias. “Nós decidimos cumprir a pactuação realizada com a Secretaria Estadual de Saúde. Há um número de visitas que devemos cumprir ao longo do ano e seguiremos realizando-as, para que haja um controle vetorial nas residências”, explicou o coordenador da Vigilância Ambiental, Rinaldo Pezzetta, lembrando que as visitas têm o objetivo de identificar, tratar

e eliminar criadouros do mosquito, além de orientar os moradores. O cronograma estabelecido prevê a realização de pesquisa larvária na área urbana, nos denominados pontos estratégicos – como borracharias, rodoviária e aeroporto. Estes pontos – e hoje há 84 identificados no município - são geralmente as áreas onde há um número maior de criadouros do mosquito. “Também iremos manter os mutirões de recolhimento de materiais específicos, sendo que, o próximo, deverá ser realizado na primeira quinzena do mês de novembro. Não se trata da coleta de lixo, mas de materiais que servem de criadouro do mosquito e que são indicados pelos agentes de combate a endemias

Vigilância Ambiental seguirá realizando mutirões de limpeza na cidade

e agentes comunitários de saúde”, explicou Pezzetta. Também deverão ser mantidos os mutirões de limpeza em pontos de descarte clandestino de lixo, em parceria com outras secretarias do Executivo. “Já estamos cansados de realizar este trabalho, mas é necessário. Para se ter uma ideia, já chegamos a fazer a limpeza de um local num dia, e no outro já havia materiais descartados novamente, de forma incorreta. Precisamos que a comunidade atue ao nosso lado”, observou. Segundo Pezzetta, palestras e ações de conscientização continuarão a ser realizadas, assim como fiscalizadas e multadas pessoas que não cuidarem dos seus pátios, gerando riscos à saúde pública. “Não adianta mobilizarmos o Exército, viaturas, recolher o lixo, fazer visitas, orientar e eliminar criadouros se a população não fizer a sua parte. Hoje, nosso índice de infestação é quase zero e não há circulação do vírus na cidade. No entanto, tivemos 52 casos de dengue confirmados neste ano. E isso pode acontecer novamente, se não houver o cuidado por parte da população”, destacou o coordenador, lembrando que, no dia 25 de setembro, ele irá a Porto Alegre com o secretário de Saúde, Josias Pinheiro, onde ocorrerá um encontro com representantes de todos os municípios onde há infestação do mosquito, para troca de experiências.

9

Defesa Civil quer melhorar emissão de alertas

O coordenador regional da Defesa Civil, Paulo Kunkel, em entrevista ao Grupo JM, informou que houve um evento climático de intensidade razoável, principalmente na região de Panambi, a qual resultou em aproximadamente 2 mil casas atingidas, e foram catalogadas 300 casas de famílias que irão precisar de auxilio, principalmente, de materiais relacionados a restabelecer as residências. “Em nossa área tivemos vários locais com registro de granizo, em Ijuí, Santa Rosa, Santo Cristo, Nova Ramada e em Três de Maio, onde houve um pequeno tufão que veio a destelhar alguns lugares comerciais no centro da cidade, mas não houve nenhum tipo de dano humano”, salientou. Kunkel disse que nessa semana foi realizada uma reunião para definir uma forma de divulgar os alertas para que toda a população tivesse essa informação no caso de uma probabilidade de evento de maior intensidade. Por isso, foi firmado uma parceria junto com os canais de televisão por assinatura, os quais transmitirão os alertas, Paulo Kunkel além das mensagens que serão enviadas para os celulares. “É uma evolução muito grande e vai abranger boa parte da população que não era atingida antes. Queremos buscar emitir esse alerta cada vez com mais precisão, para passar informações mais próximas da realidade para as pessoas, e também manter a capacitação dos integrantes de Defesa Civil. No dia 15 de outubro teremos outro curso de capacitação na regional, com todos os coordenadores municipais”, informou. Além disso, Kunkel informou que a Defesa Civil possui algumas medidas, como contato permanente com as barragens, além de vistorias constantes. “Hoje as barragens nos ajudam no sentido de que quando ocorre uma orientação da Defesa Civil, pode-se reter ou soltar a água conforme a precipitação para evitar enchentes de intensidade maior. Poderíamos ter uma nota 8 em termos de estrutura, mas ainda estamos trabalhando para que possamos ter dados mais precisos. Estamos buscando fazer parcerias com órgãos internacionais, pois sabemos que temos o 2º maior corredor de tornados do mundo”, concluiu.

Temperaturas devem ficar abaixo do previsto, adianta professora Os modelos meteorológicos apontam para uma condição de neutralidade quanto a eventos de grande escala, a exemplo do El Nino e La Nina. Segundo a professora Cleusa Bianchi, coordenadora do curso deAgronomia da Unijuí, existe a probabilidade de a região ter precipitações nos próximos meses, um pouco acima do normal, enquanto que as temperaturas ficarão abaixo da normalidade.

“Principalmente as temperaturas mínimas, que é que viemos acompanhando. No entanto, isso, de certa forma, não nos surpreende, porque geralmente no mês de setembro temos temperaturas menores, especialmente no início da manhã e final da tarde”, explica a educadora. As temperaturas mais baixas não estão ligadas à geada tardia, segundo Cleusa. “E tradicionalmente, pela observação que temos

do clima, se não tivermos nenhuma geada até o dia 20 de setembro, esperamos não ter mais. A chuva, prevista para este final de semana, tende a estabilizar a umidade do solo e isso é importante para as culturas que estão em desenvolvimento.” E por falar em culturas, houve problemas quanto ao plantio de milho, segundo Cleusa, em função da ausência de precipitação. Mas

para as culturas de inverno, o frio e a falta de precipitação, até certo ponto, favoreceu, já que não possibilitou a ocorrência de doenças. “Estamos numa condição de bom desenvolvimento. Algumas lavouras de canola tiveram prejuízos em função da geada que aconteceu no período final da floração e enchimento de grãos, mas isso não deve comprometer a produtividade.”


10

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE SETEMBRO DE 2019

ECONOMIA

Pacote estimula a atividade empresarial

tado um seguro como O pacote de combate garantia, em vez do ao desemprego em estu- O QUE TRAZ O PACOTE PARA GERAR EMPREGOS E EVITAR DEMISSÕES depósito em dinheiro, do pelo governo prevê que compromete os medidas em ao menos *Liberação de recursos para empresas limites de crédito das dez frentes. companhias. Mas isso Em uma delas, está *Parceria com agências de emprego não vale para processos prevista a liberação de até *Criação do Emprega+ anteriores à medida. R$ 65 bilhões para capital Por isso, uma das sude giro de empresas. Em *Estímulo à qualificação gestões é aplicar a mesoutra, a ideia é criar uma *Instituição do programa Emprego verde e ma norma para o estoque espécie de rede de “agêne liberar esses recursos cias de trabalho” privadas. amarelo para as empresas. As propostas estão na O time de Guedes mesa do ministro Paulo *Reformulação do MEI quer também incentivos Guedes (Economia) e já *Reconfiguração do Sine para a qualificação de foram apresentadas para desempregados e trabaum grupo seleto de em- *Criação do programa CERTSimples lhadores autônomos. Ele presários e banqueiros. *Redução de aposentadorias por invalidez vai reunir a equipe para Guedes ainda precisa dar decidir sobre qual será o aval às sugestões de *Ampliação de microcrédito a versão final do pacote alguns de seus secretários. de estímulo ao emprego Para estimular a atividade empresarial, a equipe recursais - valor em juízo para e a data para lançar as medidas. econômica estuda uma mudança poder recorrer de sentença tra- Além disso, a equipe econômica numa regra da Justiça do Trababalhista. quer criar um grupo técnico para lho, onde estão parados R$ 65 Desde 2017, a reforma traba- acompanhar o andamento do bilhões na forma de depósitos lhista permitiu que seja apresen- projeto e traçar metas.

Reduz o número de consultas ao crédito O Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) de Ijuí apresentou os números de consultas de crédito por empresas associadas, no mês de agosto. Ao todo, 26.939 consultas foram realizadas, o que representa uma redução de -13,83%, em relação ao período anterior, que teve 31.263. Na comparação com o mês de julho, a redução foi de - 4,53%. Além disso, no mês de agosto foram registradas 5.239 fichas de devedores, o que representa aumento de 5,77% na comparação com o mesmo período, no ano passado, quando foram registradas 5.098 fichas de devedores. Na comparação com o mês anterior, é observada redução de -9,5%, quan-

Ganho com exportação é temporário

Diretor da OMC, Edwini Kessie

do foram registradas 5.789 fichas de devedores. Ao todo, 5.647 fichas de devedores foram canceladas, o que representa um aumento de 8,08% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram canceladas 5.225 fichas de devedores. Na comparação com julho, quando foram canceladas 6.925 fichas de devedores, a redução foi de -18.45%. O total de consultas ao crédito e a cheques, foi de 45.059 consultas, cerca de - 15.61%, em relação a agosto do ano passado, quando foram realizadas 53.397. Na comparação com julho, a redução de consultas de crédito e cheques foi de -4.82%, com a realização de 47.341. O diretor da Divisão Agrícola e de Commodities da Organização Mundial do Comércio (OMC), Edwini Kessie, afirmou que os ganhos atuais do Brasil com o aumento nas exportações são temporários, principalmente de soja para a China, em meio à guerra comercial do país asiático com os Estados Unidos. Kessie destacou que, se o Brasil aumentar agora os investimentos para exportar mais soja, quando os Estados Unidos voltarem a vender o produto para a China, a tendência é que os preços caiam, o que pode prejudicar o setor brasileiro. Sobre o impacto da guerra comercial na economia mundial, ele disse que, se houver acordo no curto prazo, os efeitos não serão significantes. “Isso não é bom para os negócios que requerem previsibilidade”, declarou sobre esse impasse internacional. A disputa comercial iniciada entre entre China e Estados Unidos no ano passado aumentou as exportações brasileiras para a China em US$ 8,1 bilhões, em 2018, em comparação com o ano anterior. As vendas nacionais passaram de US$ 22,589 bilhões, em 2017, para US$ 30,706 bilhões. O maior salto em valor de exportação ocorreu com a soja.

Reformas da Previdência e Tributária avançam no Congresso Nacional A pauta econômica centralizou as atenções no Congresso Nacional, nesta semana. Discussões sobre as reformas dos sistemas Tributário e Previdenciário brasileiro avançaram na Câmara dos Deputados e no Senado. Outro tema abordado pelos parlamentares que pode gerar repercussão na economia foi o acordo entre Brasil e EUA para o uso comercial da Base de Alcântara, no Maranhão. Na área de infraestrutura, deputados da Comissão Especial do Saneamento Básico avaliaram a mudança na atuação da Agência Nacional das Águas (ANA), no setor. O relator da Proposta de Emenda à Constituição da reforma Tributária (PEC 110/2019), em análise na CCJ do Senado, Roberto Rocha (PSDB-MA), anunciou, no início da semana, que deve entregar o seu parecer final para votação no colegiado até o dia 15 de setembro.

IGP-DI registra queda de 0,51%

Inflação de agosto fica em 0,11%

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou deflação de 0,51% em agosto. A taxa é inferior ao IGP-DI do mês anterior, que já havia registrado deflação de 0,01%. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), que acumula taxas de inflação de 3,86% no ano e de 4,32% em 12 meses. A queda da taxa de julho para agosto foi puxada pelos três subíndices que compõem o IGP-DI.

Agosto registrou inflação de 0,11%, divulgou ontem o IBGE, em sua pesquisa de IPCA Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O resultado é 0,08 ponto percentual abaixo da taxa do mês passado. A variação acumulada no ano chegou a 2,54%, enquanto os últimos 12 meses registraram 3,43%. A desaceleração foi influenciada pela deflação nos grupos Alimentação e Bebidas (-0,35%) e Transportes (-0,39%).

709

É o número de empresas gaúchas que aderiram à Semana do Brasil, criada pelo Instituto para Desenvolvimento do Varejo com apoio do governo federal.

Bradesco reduz revisão de PIB de 2020 O Bradesco cortou a projeção de crescimento da economia brasileira em 2020 para 1,9% ao ano, ante os 2,2% previstos anteriormente, reflexo principalmente da piora no cenário global com a guerra comercial entre Estados Unidos e China. Neste ano, a projeção foi mantida em 0,8%, abaixo do desempenho nos últimos dois anos. Apesar da revisão de cenário para baixo, Fernando Honorato, economista-chefe do banco, afirma que agora o ambiente permite surpresas positivas.

Taxa Selic reflete na captação da poupança

Novas regras podem afetar investimentos

Com rendimento de 70% da Taxa Selic, a poupança está se tornando menos atrativa porque os juros básicos estão no menor nível da história, em 6% ao ano. Isso reflete diretamente no saldo da captação líquida da caderneta, que teve o pior resultado para o mês de agosto desde 2016. No mês passado, a poupança registrou saldo positivo de R$ 1,3 bilhão. Segundo o Banco Central, a caderneta de poupança acumula saques líquidos de R$ 14,7 bilhões.

As novas regras de saque do FGTS propostas pelo governo devem dar um impulso de curto prazo à atividade econômica, mas podem comprometer a capacidade de investimento do fundo, avaliam economistas. Eles destacam que o FGTS é fonte importante de recursos para projetos de habitação popular, infraestrutura e saneamento. Com os saques, poderá haver redução na poupança necessária para investimentos na economia.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

Municípios gaúchos podem receber R$ 730 milhões

ENSINO

Weintraub destacou universalização do acesso ao documento, já que não haverá mais custo para o estudante

Governo federal lança carteira estudantil digital

O presidente Jair Bolsonaro assinou ontem uma medida provisória (MP) que cria a carteira de identificação estudantil, em formato digital. O documento será chamado de ID Estudantil e poderá ser obtido após um cadastro na internet ou em agências da Caixa Econômica Federal. As entidades que tinham a prerrogativa exclusiva de emissão da Carteira de Identificação Estudantil, como a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), poderão continuar emitindo o documento.

11

Segundo o governo, a ID Estudantil poderá ser utilizada por todos os estudantes da educação básica, profissional e tecnológica e superior. Na cerimônia de assinatura da MP no Palácio do Planalto, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, destacou a redução da burocracia e a universalização do acesso ao documento, já que não haverá mais custo para o estudante. Ele também reforçou que será feito um melhor controle contra fraudes. "Vamos acabar com esse papel. Quem ainda não está conectado à internet, que são os mais pobres, que hoje não têm carteirinha porque a carteirinha é

cara, vai tirar na Caixa [Econômica Federal] a custo zero para a pessoa. ", afirmou. A emissão da nova carteira de estudante começará em 90 dias a partir da publicação da MP no Diário Oficial da União, ou seja, em dezembro, para os estudantes do ensino superior. Para os demais estudantes, o documento deverá estar disponível em até seis meses. Para se tornar definitiva, a alteração na lei, que vale inicialmente por até 120 dias (validade da MP), precisará ser aprovada no Congresso Nacional, que poderá propor alterações. O texto, depois, retornará ao Poder Executivo para sanção presidencial.

Governo facilita regularização de empresas

Foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado de ontem o decreto que institui o Programa Refaz Ajuste-ST. A intenção do governo é facilitar a regularização de empresas afetadas pela cobrança de adicionais de ICMS decorrentes do sistema de substituição tarifária (ST). Conforme as regras, o valor das diferenças acumuladas entre 1º de março a 30 de junho, poderá ser quitado sem acréscimo de multas e juros, desde que o pagamento seja feito até 19 de setembro de 2019. Outra condição para a retirada de multas e juros é a desistência de ações judiciais que contestem a

cobrança ou a execução, assim como de eventuais recursos futuros no âmbito administrativo. Para o vice-presidente da Federasul, Anderson Cardoso, que vem acompanhando as negociações entre o governo do Estado e os empresários mais atingidos pela cobrança, esse Refaz é positivo. Cardoso pondera que o intervalo de tempo coberto pela isenção de multas e juros é relativo a um período em que houve até dificuldade na apuração do valor devido. Ressalva, porém, que é provável que alguns setores que já estão discutindo a cobrança no Judiciário não queiram renunciar ao questionamento.

A aprovação pelo Senado nesta semana da proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê que a União dividirá com estados e municípios parte dos recursos oriundos de leilões de petróleo é vista como uma conquista pelo presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi. A estimativa de Aroldi, se aprovada, os municípios gaúchos dividirão R$ 730 milhões, o Estado do Rio Grande do Sul R$ 131 milhões e Ijuí irá receber R$ 3,8 milhões. "É um dinheiro significativo, importante para os gestores municipais e para o governo do Estado, que serão usados em investimentos. Quem vai ganhar com isso é a população". O recurso integra o acordo da chamada "cessão onerosa" que foi fechado pela Petrobras com a União em 2010 e permitiu à estatal explorar 5 bilhões de barris de petróleo em campos do pré-sal na Bacia de Santos, sem licitação. Em troca, a empresa pagou R$ 74,8 bilhões. O governo estima, porém, que a área pode render mais 6 bilhões de barris e fará um megaleilão, marcado para novembro, que pode render R$ 106 bilhões aos cofres públicos. Desse total, R$ 10,95 bilhões (15%) serão repassados a estados, via Fundo de Participação dos Estados (FPE); e R$ 10,95 biGlademir Aroldi lhões (15%) serão repassados aos municípios, via Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A PEC precisa passar pela Câmara ainda. Visando garantir estes recursos, uma comissão de prefeitos, liderada pela CNM, está organizando uma mobilização em Brasília para pressionar os deputados para votarem o quanto antes a medida. "Precisamos agilizar, pois o leilão acontece dia 6 de novembro e isto acontecendo, dentro do planejado, o governo pretende fazer o pagamento destes recursos no dia 23 de dezembro. Então estamos correndo contra o tempo para poder que isso efetivamente possa ocorrer neste ano", afirma Aroldi.

Daer abrirá edital para rodoviária em Ajuricaba O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) - vinculado à Secretaria de Logística e Transportes (Selt) – lançará um novo lote de concessão de estações rodoviárias gaúchas. Os editais de licitação começam a ser publicados ainda em setembro e atenderão 14 municípios. Na região, a cidade beneficiada é Ajuricaba. “A in-

tenção é fortalecer o sistema intermunicipal de passageiros, oferecendo à população gaúcha uma infraestrutura de qualidade que contempla todo o processo, da aquisição das passagens até o local onde os passageiros aguardam as suas viagens”, afirma o secretário Juvir Costella. “Aproximadamente 50 milhões de pessoas serão contempladas por essas melhorias".

Em Miami, governador conhece modelo de escolas comunitárias

Estado ganha frente de Prevenção a Prematuridade

Mais de 700 lojas gaúchas aderem à campanha Semana do Brasil

O governador Eduardo Leite cumpriu agenda, ontem em Miami, nos Estados Unidos, onde visitou uma escola comunitária. O sistema, comum no modelo americano, consiste em um sistema de escola pública independente, no qual as instalações são do governo, mas a administração é feita pela iniciativa privada. Na prática, o governo abre a possibilidade de implantação de uma escola, e as instituições se apresentam manifestando o interesse de colocar uma escola.

Foi instalada a Frente Parlamentar de Prevenção à Prematuridade no Rio Grande do Sul. A frente tem como objetivo a mudança de fluxo, a melhoria da assistência e a diminuição da prematuridade no território gaúcho. Dentre as ações concretas pelas quais a frente trabalhará, estão a ampliação dos leitos em UTIs neonatais; a liberação do acesso dos pais 24 horas na UTI e a ampliação da licença maternidade.

A patriótica promoção Semana do Brasil motivoumais 70 empresários gaúchos a oferecerem descontos, produtos exclusivos e brindes para clientes que fecharem negócio até dia 15 de setembro. Cabe à iniciativa privada atrair consumidores durante o período com promoções especiais, descontos exclusivos, produtos e serviços temáticos e ambientação de espaços físicos e virtuais. Para ter acesso ao selo, manual de identidade visual e aos materiais de divulgação, os empresários devem se cadastrar no site brasil.gov.br/semanadobrasil.


12

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE SETEMBRO DE 2019

LIXO

Associação de Reciclagem teme fechar as portas A

A Associação tem recebido muito lixo orgânico

Queremos continuar esse trabalho, porque é um importante, inclusive para a natureza, então precisamos de reconhecimento por isso."

Associação de Reciclagem da Linha 6 (ARL6) continua enfrentando dificuldades. A reportagem do Grupo JM esteve no local há cerca de dois meses e verificou que as condições de trabalho são precárias. Na época, os catadores informaram que a falta de apoio do poder público, e, possivelmente, a falta de conscientização da comunidade poderiam acarretar no fechamento da associação. Retornando ao local, a equipe de reportagem constatou que nada mudou. O reciclador Fabrício Carpes dos Santos conta que o material reciclável está escasso na coleta seletiva, e que, boa parte está sendo encaminhada à Central de Transbordo, e, posteriormente, ao aterro sanitário, em Giruá. Para agravar o problema, muito lixo orgânico está chegando ao Galpão de Reciclagem, o que inviabiliza o trabalho da associação. “Estamos tentando resolver esse problema com o apoio da Unijuí, que quer realizar alguns trabalhos de conscientização da população, mas precisamos do apoio do poder público. Queremos continuar esse trabalho, porque é importante, inclusive para a natureza, então precisamos de reconhecimento por isso”, desabafou. Santos informou que o Executivo aumentou o galpão da associação, mas que não foi concluído. Falta a colocação de calhas, pois está entrando muita água. “Precisamos conversar com o prefeito, pois quando começamos aqui, ele disse que iria nos apoiar e acompanhar, mas não foi o que ocorreu, tentamos marcar reuniões com ele, mas ele nunca está disponível. Tem muitas coisas pendentes aqui. Esses dias cortaram nossa luz, não tínhamos verba para custear as despesas,

muitos olham de fora e pensam que a associação está bem, pois veem o galpão cheio, mas tem vindo muito lixo e pouco material reciclável, temos muito trabalho e pouco lucro”, afirmou. As pessoas que trabalham na associação não possuem outra renda e dependem integralmente dos recursos oriundos dos materiais recicláveis para manter suas famílias com o mínimo de dignidade para viver, e manter toda a estrutura da associação. “Queremos apoio da administração pública, que nos traga melhorias e recursos para a execução do trabalho. Existe a possibilidade de fecharmos as portas, pois tudo o que é necessário para nos manter, tiramos daqui, mas se não há retorno financeiro, não temos como permanecer com a associação aberta. Antigamente a luz e água eram obrigação da prefeitura pagar, mas atualmente somos nós que estamos custeando todas as despesas da associação”, esclareceu. Por fim, Santos afirma que a população também não colabora, no que tange a separação correta do lixo, e mesmo com toda a informação disponível sobre como separar o lixo orgânico do reciclável, e sua importância, as pessoas ainda descartam todo o material misturado, dificultando ou até mesmo impossibilitando o trabalho dos recicladores. “Precisamos da atenção do Executivo e da população, para que possamos dar prosseguimento ao nosso trabalho, gerar nossa renda e ajudar o meio ambiente”, finalizou. As secretarias municipais de Meio Ambiente (SMMA) e Desenvolvimento Social (SMDS) desenvolveram, ao longo do mês de agosto, uma série de capacitações acerca da separação de resíduos sólidos

urbanos, que mostrou que o lixo é classificado em diferentes tipos, que seriam o orgânico, o reciclável (lixo seco), rejeito, vidro, eletrônico, azeite de cozinha, restos de galhos e lâmpadas. É importante a separação correta do lixo por questões ambientais, econômicas e sociais, principalmente pelo fato de que os recicladores necessitam que a separação seja efetiva para geração de renda.

A coleta seletiva é realizada com recursos próprios

As famílias dependem da renda oriunda dos materiais recicláveis para se sustentar e manter a associação


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

AGRICULTURA

Valor da produção agrícola brasileira bate recorde

Tupanciretã é o município do RS com maior faturamento na produção agrícola

A agricultura brasileira bateu recordes em várias culturas importantes no ano passado, que fizeram com que o valor de produção atingisse o recorde de R$ 343,5 bilhões, alta de 8,3% em relação ao ano anterior. A informação foi pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na publicação Produção Agrícola Municipal (PAM 2018). De acordo com o gerente de Agricultura do IBGE, o engenheiro agrônomo Carlos Alfredo, as principais explicações para o

recorde no valor de produção foram as boas condições climáticas no início do ano para algumas culturas. O clima foi ruim para a segunda safra do milho mas, em termos de valor, a falta do grão fez com que o preço do produto subisse. Foram plantados ao todo 78,5 milhões de hectares, redução de 0,6% na comparação com 2017. Alfredo observou que quando se olha o grupo dos grãos, principais produtos na categoria de cereais, leguminosas e oleaginosas,

percebe-se que não conseguiu ser batido em 2018 o recorde de 2017, quando o clima foi excelente para as culturas. "A gente teve produção de 227,5 milhões de toneladas. É uma queda de 4,7% em relação ao ano anterior, mas, mesmo assim, foi um bom resultado", afirma. No ranking brasileiro dos maiores valores brutos da produção agrícola em 2018, divulgado pelo IBGE, Tupanciretã é o município do Rio Grande do Sul com a melhor colocação. Os R$ 632,3 milhões acumulados no ano passado levaram a cidade da Região Central ao 63º lugar, ampliando 17 posições em relação ao levantamento anterior. Resultado puxado pela produção de soja, que alcançou 149,1 mil hectares, a maior área cultivada com o grão em território gaúcho no ano passado. Entre os Estados, o Rio Grande do Sul manteve a quarta posição, com R$ 39,2 bilhões de faturamento, o que representa 11,4% do total do país. Ficaram na frente Paraná, Mato Grosso e São Paulo. No país, o valor bruto da produção alcançado foi recorde, somando R$ 343,5 bilhões, alta de 8,3% em relação ao ano anterior.

Brasil pode suprir demanda de carne suína O Brasil tem a oportunidade de suprir a demanda de carne suína na China, com o rebanho asiático afetado pela peste suína africana. Essa foi a avaliação do diretor de Inteligência de Mercado na INTL FCStone, Renato Rasmussen, em palestra, durante o 7º Fórum de Agricultura da América do Sul, em Curitiba. Rasmussen lembrou que a doença é mortal para os animais, altamente contagiosa, causada por vírus e ainda sem tratamento. Segundo estimativas apresentadas por ele, após produzir cerca de 54 milhões de toneladas em 2018, a China deverá ter sua produção anual de carne de porco reduzida em, pelo menos, 30% em 2019.

E a demanda chinesa é alta, porque 73% da alimentação do país é baseada em carne suína. De acordo com ele, a oportunidade para o Brasil está na dificuldade de outros mercados de suprir a grande demanda chinesa. "Os países vizinhos da China estão sendo fortemente impactados pela doença", disse. Segundo o diretor, a União Europeia consegue suprir sozinha a demanda chinesa, até porque está "suscetível à doença" também. Já os Estados Unidos estar em guerra comercial com a China, o que impede o país norte-americano de vender mais carne de porco para o país asiático.

13

Setor de máquinas sente efeitos da falta de crédito Há várias maneiras de interpretar o balanço divulgado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) sobre o desempenho do setor de máquinas e implementos agrícolas em 2019. Em pelo menos dois recortes, o placar segue sendo negativo. Na comparação do acumulado até agosto com igual período do ano passado, houve redução de 5,8% no número de unidades vendidas no país. Olhando agosto sozinho, sobre igual mês do ano passado, o tombo fica ainda maior: 17,4%. É somente quando relacionado a julho, mês imediatamente anterior, que o cenário é positivo, apontando crescimento de 6%. Os resultados contrastam com o otimismo da recém-encerrada Expointer, quando os negócios encaminhados pelo setor expandiram 11,4%, ajudando a elevar a cifra final da feira. Mas existem explicações para isso. A principal é a falta de recursos, durante o primeiro semestre, em duas das principais linhas de financiamento, Moderfrota e Pronaf, fazendo com que o desempenho no período ficasse abaixo do ano passado. "Aquilo parou tudo. Foram praticamente dois meses sem

Claudio Bier

venda, o que foi muito ruim para indústria", reforça Claudio Bier, presidente do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas do Rio Grande do Sul (Simers). Bier tem uma visão um pouco mais otimista. Projeta ser possível “pelo menos empatar” as vendas deste ano com as de 2018. E acrescenta que o efeito positivo dos negócios fechados durante Expointer deve aparecer somente no próximo balanço dos números do setor.

Observatório integrará dados agropecuários

O presidente Jair Bolsonaro e a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) inauguraram o Observatório da Agropecuária Brasileira, ferramenta que dará a gestores amplo acesso a informações estratégicas para a tomada de decisões e elaboração de políticas públicas para o setor agropecuário. A ministra destacou que o observatório permitirá a integração de vários dados, atualmente espalhados em diversos setores do Mapa, o que ajudará na elaboração e condução de políticas públicas mais eficientes, princi-

palmente com foco no pequeno produtor. A iniciativa permitirá o acompanhamento e gestão integrada dos dados produzidos por diferentes unidades do Mapa e de outros ministérios que tenham projetos relacionados a diferentes cadeias produtivas e setores da agropecuária. O objetivo é facilitar o acesso do gestor à base diversificada de dados agropecuários produzidos pelo Ministério, tornar as estatísticas mais qualificáveis, para deixar o processo de decisão mais dinâmico e prevenir situações de risco.


14

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

ELEIÇÕES 2020

"Inchaço" da máquina pública garante PDT no poder, diz Callai A predominância do Partido Democrático Trabalhista (PDT) em Ijuí é um fenômeno que já chega a quase quatro décadas, tendo apenas um hiato de quatro anos no período de 1997 a 2000, quando esteve à frente do Executivo municipal o Partido Progressista (PP), com Ortiz Iboti Schröer. Como o PDT se mantém no poder há tanto tempo é uma das questões que as siglas da oposição tentam entender para buscar se eleger no município a cada quatro anos. Às vésperas de um novo pleito municipal, em que o PDT terá novamente candidato ao Executivo e buscará permanecer por mais quatro anos, o Grupo JM ouviu o professor e historiador, Jaime Callai. Para ele, um dos motivos que fazem com que a sigla tenha tanto respaldo da população vem de um processo histórico, em que pessoas saíram das áreas rurais e vieram para a cidade, em situação de vulnerabilidade social, e que o partido acaba atendendo os anseios da sociedade e as expetativas da população. "Uma população que veio para a cidade, na condição marginalizada, não tinha emprego. Ela se instala nos

bairros, com muita carência e você vai tendo um trabalho populista, assistencial, tentando resolver estes problemas que são sérios", disse."Por uma razão, que eu não consigo entender, se tornou uma tradição na política e na sociedade brasileira que temos de atender toda a população, onde ela se põe como alguém que demanda sem ter o compromisso em resolver o problema. (...) Este comportamento foi percebido pela administração do PDT que produziu algo muito interessante, pois se tem uma máquina pública municipal bastante grande, com um grande número de cargos em comissão (CC), que não são buscados pela sua eficiência, o que demonstra ser uma característica da administração pedetista que é ampliar e inchar o setor de funcionários, através dos cargos de confiança", acrescentou. Segundo o professor, esse comportamento e crítica já era feita em 1963, quando Beno Burmann e Eugênio Michaelsen (PTB/PRB) compõem uma chapa e ganham o Executivo. Com a ida de Burmann a deputado estadual assume o vice. "Ele assume criticando o excesso de funcionários

Pompeo crítica gestão do presidente Bolsonaro O deputado federal Pompeo de Mattos (PDT) fez uma análise nesta semana dos nove primeiros meses do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Para o parlamentar ijuiense, o mandato de Bolsonaro tem sofrido com problemas de governança e mostrou a sua insatisfação ao afirmar que o chefe do executivo brasileiro "não governa nem o próprio governo, então imagina o País”. No entanto, Pompeo salientou que respeita e reconhece o fato de o presidente ter sido eleito democraticamente, mas criticou a forma como o país está sendo conduzido pela atual gestão, que prometia resolver os problemas do Brasil. “Tem uma série de dificuldades e graças a Deus a Câmara, o Senado, o Poder Legislativo tem feito a sua parte. Pois se dependesse da governança, das atitudes do próprio presidente da República talvez nós não avançássemos em algumas

pautas importantes. Mas o Brasil vai bem, apesar do presidente, pois se dependesse do governo nós estaríamos pior do que estamos indo”, afirmou, em entrevista ao Grupo JM. O pedetista disse ainda que o país tem sofrido com problemas graves, como o desemprego, a economia estagnada, com o fechamento de empresas do comércio e com a redução da área industrial, e o que segue salvando o País é o setor da agricultura, do agronegócio. "Ou seja, o governo não se encontrou ainda passados estes noves meses. É lamentável, mas enfim, precisamos fazer a parte de cada um, pois somos todos brasileiros e estamos no mesmo barco e se ele afundar, muitos vão se afogar e outros tantos vão morrer, mas o presidente não tem feito o dever de casa como se imaginava, mas nem por isso vamos desistir", reforçou o deputado, que também é presidente estadual do PDT no Rio Grande do Sul.

Professor Jaime Callai diz que PDT tem a capacidade de angariar lideranças

contratados sem concurso. Isso é em 1963. Mas se você for à Câmara hoje vai ouvir a oposição criticando a administra-ção do Valdir Heck pelo excesso de CCs." Para Calai, outra característica do PDT é a habilidade de atrair lideranças emergentes, que acabam sendo cooptadas pelo partido,

como é o caso do ex-prefeito Fioravante Ballin, que foi do MDB. O professor salienta ainda que para vencer a sigla nas urnas em Ijuí é necessário união de todos os partidos de oposição, e que os vereadores saiam de seus gabinetes e realizem um trabalho na comunidade, nas associações.

Berlezi afirma que partido é rico em nomes e lideranças Uma das principais lideranças do PDT ijuiense e que já foi presidente da sigla por três vezes, Agustinho Berlezi, disse ao Grupo JM que o partido tem bons nomes para concorrer ao cargo de prefeito, mesmo com a saída do o vereador Marcos Barriquello, que era apontado como sucessor de Valdir Heck. "O PDT é rico em nomes e lideranças. Temos o próprio prefeito, que em momentos diz que não é mais candidato, de repente fica em dúvida que poderá ainda concorrer e tem outros nomes, como ex-prefeito Fioravante Ballin, que é uma liderança, que está pronto, nunca se afastou da comunidade, penetra muito bem em todos os bairros." Berlezi disse ainda que a relação do PDT com os Progressistas, que já possui um pré-candidato à prefeitura, mesmo estando coligado na atual gestão, é um pouco complicada, visto que o partido possui o vice-prefeito eleito. "É complicado acabar com essa coligação, agora é claro, estes vereadores que se manifestaram

que são oposição, mas se tiverem cargos no governo (...) eu acho que deveriam, esses sim, por uma questão de consciência e ética, retirar indicados do governo", finalizou.

Agustinho Berlezi

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

MILAGRE BRASILEIRO Nos anos 70, nosso país desfrutou do Milagre Brasileiro, assim chamado porque o PIB cresceu, por três anos seguidos, a média anual de 11,2% - onze vezes o que estamos crescendo agora. Estava todo mundo empregado e as compras estavam tão aquecidas que a indústria não tinha matéria-prima suficiente e faltava até papelão para as embalagens. Aconteceu isso por causa do Ministro da Fazenda Delfim Netto e do Presidente Médici? Não; aconteceu porque havia otimismo e entusiasmo na população, do operário ao investidor. Era o “pra frente, Brasil” mais o recado, nos vidros dos automóveis, para aqueles que, pela força, queriam implantar um regime igual ao de Cuba: Brasil – Ame-o ou Deixe-o. Hoje, esse mesmo Brasil recebe uma enxurrada de mensagens de pessimismo e desesperança. Parece um suicídio, um ato de masoquismo. Gente que prefere afundar, sofrer, a permitir que os milhões de eleitores que os derrotaram alcancem o objetivo de tirar o país do caos moral e econômico em que, à semelhança de Cuba – foi pouco a pouco se atolando, em meio à corrupção e ao populismo. Um país sorridente, para quem a Natureza sorriu com tanto potencial, tem sido alvo dos que o puxam para o fundo, ainda que estejam no mesmo barco. Hoje o desemprego cai pelo quarto mês consecutivo; a indústria da construção volta a crescer, o que não acontecia desde 2014; o PIB do segundo trimestre aumenta quase o dobro do que previam os especialistas; os investimentos igualmente crescem, mostrando aposta no futuro; os homicídios dolosos despencaram mais de 20%; as invasões de terra praticamente acabaram; a Reforma da Previdência está sendo aprovada; saiu a alforria do empresário na Lei da Liberdade Econômica; vem aí a Reforma Tributária; vêm aí mais privatizações e atualizações nas leis trabalhistas; as modernizações da Petrobras e do Banco do Brasil; a autonomia do Banco Central; a infraestrutura resgata o transporte do atraso – sem ministérios subjugados a partidos e sem corrupção. E provocaram tanto, com a histeria pirotécnica sobre a Floresta Equatorial Úmida, que nunca a Amazônia foi tão nossa, com a reação da população e das ForçasArmadas para dissuadir idéias de alienígenas cobiçosos. Em apenas oito meses, vimos a demonstração de que podemos sair do caos em que nos meteram; a democracia nos dá a liberdade para isso, depois que nos impuseram por décadas a tentativa de pensamento único, por meio do cavalo-de-tróia do politicamente correto. Mas temos que nos livrar do clientelismo de esperar que o governo faça tudo sozinho. Nossa casa e nossa empresa ou nosso emprego estão no Brasil. Aí, é bom recordar que nosso otimismo e nosso entusiasmo já fez milagre.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

15

LIBERDADE ECONÔMICA

Mendes diz que MP não precisa voltar à Câmara O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou nesta semana mandado de segurança protocolado pelo deputado Elmar Nascimento (DEM-BA) e decidiu que a Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica não deve voltar à Câmara dos Deputados. O Senado aprovou a MP, mas retirou do texto dispositivo que permitia trabalho aos domingos e feriados. Mendes disse, na decisão, que só seria obrigatório o envio do texto para a Câmara novamente caso o Senado adicionasse emendas, artigos ou outras regras, o que não ocorreu. Agora, o texto seguirá para sanção do presidente Jair Bolsonaro. Caso a MP retornasse para a Câmara, o texto poderia caducar e perderia efeito. A redação aprovada manteve de fora a criação do documento eletrônico de transporte, que contém todos os dados tributários, logísticos, comerciais, financeiros e outros regulamentados pelos

Ministro do Supremo Federal Gilmar Mendes negou nesta semana mandado

órgãos de transporte nas esferas federal, estadual e municipal. Foram mantidos trechos como a obrigatoriedade de ponto dos funcionários para empresas com mais de 20 empregados, atualmente, a regra vale para companhias com pelo menos 10

trabalhadores. Ficou ainda a parte que libera o ponto por exceção, em que o registro é feito nos dias em que o horário de trabalho foge ao habitual. Pelo modelo, um funcionário de qualquer empresa poderá fazer acordo individual escrito com o empregador.

Situação da UPA é debatida por vereadores Os vereadores de Ijuí estiveram reunidos na manhã de ontem para deliberar os projetos que serão votados na sessão da próxima segunda-feira e receberam o secretário municipal de Saúde Josias Pinheiro e o coordenador da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Edgar Moi, e a assessora jurídica. O líder da bancada do PDT, João Monteiro , disse ao Grupo JM, que os representantes da pasta da saúde estiveram no Legislativo ijuiense para conversar com os parlamentares sobre o atendimento nos primeiros 45 dias da unidade de saúde. "Eles nos explicaram como está sendo o funcionamento do pronto atendimento e nós como

representantes do povo, fizemos alguns questionamentos e demos algumas sugestões para melhorar o atendimento dentro da área da saúde na UPA", disse. Na avaliação de Monteiro, a reunião foi muito produtiva, pois demonstrou que os gestores estão buscando melhorar o atendimento na UPA e que um dos problemas que estão sendo enfrentados é que estão sendo solicitados leitos ao Hospital de Caridade, mas eles não estão disponíveis, devido a superlotação. De acordo com Monteiro, são disponibilizados 160 leitos para 140 municípios que possuem convênio com o HCI.

Vetos podem ser votados na terça-feira

Davi Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse que não há sessão do Congresso prevista para a próxima semana, mas se houver um consenso, os vetos do presidente Jair Bolsonaro ao Projeto de Lei do Abuso de Autoridade poderão ser analisados. É na sessão do Congresso, quando deputados e senadores se reúnem, que vetos presidenciais a leis aprovadas no parlamento podem ser acolhidos ou derrubados pelos parlamentares. “Vou me organizar com os líderes na terça-feira [10], não tem previsão de marcar sessão do Congresso na semana que vem mas, se os líderes concordarem que temos que convocar, a gente convoca para quarta-feira [11]”, disse Alcolumbre, na tarde de quinta, no Senado. Toda terça-feira

Alcolumbre reúne os líderes de partidos e de bancada para definir pautas prioritárias e firmar acordos. Bolsonaro sancionou quinta-feira a Lei de Abuso de Autoridade, com um total de 19 vetos. Dos 45 artigos do projeto de lei, Bolsonaro vetou 14 integralmente e mais 5 de forma parcial, totalizando 36 itens vetados. Na quinta, pelo Twitter, o presidente disse que “ouvindo ministros da Justiça, CGU [Controladoria-Geral da União], AGU [Advocacia-Geral da União], Secretaria-Geral e a sociedade”, vetou 36 itens, “preservando a essência do PL sem inviabilizar o trabalho das autoridades”. Para Alcolumbre, estão fazendo “um cavalo de batalha” em cima de um procedimento corriqueiro, que são os vetos presidenciais.

Ex- tesoureiro do PT vai para o regime semiaberto, mas terá que usar tornozeleira eletrônica Um dos presos mais conhecidos da Operação Lava-Jato conseguiu o direito de ir para o regime semiaberto. Em decisão tomada ontem, a juíza Ana Carolina Bartolamei Ramos, da 1ª Vara de Execuções Penais de Curitiba, autorizou o benefício ao ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, desde que utilize tornozeleira eletrônica. Ele está detido desde abril de 2015, quando foi deflagrada a 12ª fase da Lava-Jato. Há duas semanas, Vaccari recebeu o indulto da pena em que havia sido condenado a 24 anos de prisão. Mesmo assim, há uma condenação por corrupção passiva confirmada na segunda instância, de 6 anos e 8 meses. Há recurso em tramitação contra a sentença em tribunais superiores. Além disso, estão pendentes de julgamento na Vara Federal de Curitiba outros quatro processos contra o ex-tesoureiro. Como já cumpriu 2 anos, três meses e 16 dias em regime fechado, a defesa de Vaccari defesa requereu o semiaberto harmonizado.

Relator diz que produtor terá que cumprir código

Ex-vice de Serra é preso por fraude no Rio

A Medida Provisória de relatoria do senador Irajá Abreu (PSD/TO) e aprovada na Comissão Mista, altera o Código Florestal ao permitir que produtores rurais façam adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA) com três dias úteis para que os órgãos ambientais os convoquem para assinatura do termo de compromisso. Passado este prazo, as propriedades são consideradas “regularizadas ambientalmente”.

O ex-deputado federal Índio da Costa (sem partido) e ex-vice de José Serra na Campanha eleitoral de 2010, foi preso, na manhã de ontem, no Rio de Janeiro, por suspeita de participação em um esquema de fraudes nos Correios iniciado em 2016. De acordo com a Polícia Federal (PF), pelo menos R$ 13 milhões foram movimentados pela organização criminosa.

Mourão estará no Estado na próxima semana Depois de exercer a presidência da República por quatro dias, durante a nova cirurgia do presidente Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão desembarca no Rio Grande do Sul na próxima quinta-feira. Mourão participará de uma reunião-almoço com 140 pessoas promovida pela seccional gaúcha da Câmara Brasil-Alemanha, na Capital.

72%

é o número de pessoas que já fizeram cadastramento biométrico até o dia 5 de setembro, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o país. Das 27 unidades federativas, 15 já ultrapassaram 90%.

Aras começa a procurar senadores por apoio

Bolsonaro intensifica contato com religiosos

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a ProcuradoriaGeral da República (PGR), o subprocurador Augusto Aras já começou a procurar senadores em busca de apoio. O nome precisa ser aprovado por pelo menos 14 senadores na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e 41 no plenário. Aras telefonou para a presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS), na noite de quinta e anunciou que pretende visitar todos os 81 senadores da Casa.

Diante de uma avaliação popular em queda, com impacto inclusive em setores identificados com o bolsonarismo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) iniciou articulação para se aproximar ainda mais de evangélicos e seus líderes. Considerado um dos pilares de sua base de apoio, o grupo religioso é a aposta do presidente para evitar um aumento de uma rejeição social, blindar-se de retaliações no Congresso e catapultá-lo a uma disputa à reeleição.


16

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

Esportes

ESTADUAL JUVENIL I

As oitavas de final abrem hoje com estes jogos: às 15h, Esportivo de Bento Gonçalves x Apafut; Gramadense x Cruzeiro(Santiago); e Guarani(VA) x São José(POA).Amanhã serão realizadas estas partidas às 15h: Panambi x Progresso; e Ypiranga x Cruzeiro(Cachoeirinha).

ESTADUAL JUVENIL II

A competição Sub-17 promovida pela FGF tem mais estes jogos neste domingo às 15h: Santa Cruz x Juventude; Lajeadense x Inter e Brasil(Pel) x Inter (SM). São partidas de ida e volta valendo vaga na quarta fase.

Clube estuda uma definição sobre continuidade do Sub-17 COPA DUNGA

Juvenil do São Luiz esteve reunido na noite de quinta-feira durante jantar. Rubro fez uma avaliação da campanha do time sub-17

A coordenação do Juvenil do São Luiz realizou uma confraternização quinta-feira à noite no Estádio 19 de Outubro, com a presença de atletas, pais, dirigentes e imprensa. O diretor Edemir Sebastiany fez um agradecimento aos que trabalharam durante o período em que o Rubro jogou o Sub-17, o técnico Tarcísio Macuglia, primeiro comandante do time na competição, Marcelo Galvão (Guiné) que assumiu depois como treinador, o coordenador Luciano Miron, o assessor Éber Costa e o preparador físico Eduardo Macuglia. Citou o bom trabalho feito pelos pais dos jogadores e da imprensa. "Buscamos dar todas as condições dentro do possível. O Rubro já revelou vários jogadores, entre eles, Leandro Guerreiro, Fabiano Leissmann e Sander. O clube tem esta tradição de descobrir talentos", lembrou. O técnico Marcelo Galvão(Guiné) comentou que o seu time mostrou poder

de reação."Foi uma boa experiência, os atletas estão na vitrine. Cada um deu o seu máximo para a conquista de bons resultados. Deste grupo sairão jogadores sim", afirmou. O presidente Pedro Pittol agradeceu o empenho de todos na campanha rubra. Disse que o clube ainda não tem condições de manter uma categoria de base."Liberamos os jogadores por 40 dias até que seja tomada uma posição", disse. Também se pronunciou Fábio de Morais, pai do atleta Henri James. O coordenador do Sub-17 Luciano Miron comentou que a campanha foi boa, pois o trabalho começou tardio em relação a outras equipes. "Iniciamos no final de fevereiro com a formação de um grupo para a estreia em abril. Em 15 dias tivemos que colocar 14 jogadores no BID da CBF, que é o mínimo. As equipes do Ypiranga, do Panambi e do Santa Rosa por exemplo têm cinco anos de base, um

time formado e agregaram jogadores". Miron ao falar sobre a perda de seis pontos na segunda fase, lembrou que participou no final de janeiro em Porto Alegre da reunião que definiu o regulamento. No artigo 29 dizia que na primeira fase do Estadual os cartões seriam zerados. Todos seguiram como estava no regulamento. Posteriormente acabou a primeira fase e a Federação Gaúcha de Futebol(FGF) enviou um nota por e-mail para os clubes dizendo que no artigo 29 onde dizia primeira fase, era para trocar para segunda fase. Mudou o regulamento. "Na última rodada da primeira fase por exemplo, nós poupamos em Erechim três jogadores que tinham dois cartões amarelos. Fomos prejudicados. Na verdade houve um erro da FGF, mas eles não admitiram", disse Luciano. O coordenador afirmou que a Federação deveria ter tomado atitude de não punir ninguém.

Escolinha da ACF ganha mais um título

A 22ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores promovida pelo Serviço Social do Comércio tem andamento hoje a partir das 13h45 no campo do Sesc em Ijuí: infantil, GBM Etapa Formaturas x GBM Unijuí; mirim verde,GBM SBR Engenharia x Grêmio Manjabosco; mirim amarelo, Marítimo x Cometa; feminino,São Luiz/Felipe Paradinski x FC Meninas na Trave; e infantil,São Luiz Branco x São Luiz Vermelho. Na quadra sintética serão disputados estes jogos a partir das 13h45: fraldinha, ACF Conficredi x São Luiz; pré-mirim, ACF Farmed x São Luiz Vermelho; fraldinha,ACF x GBM Deltasul; fraldinha, Escolinha do Sesc x Grêmio Mareli; pré-mirim, Marítimo x Grêmio Linke; e mirim,Escolinha do Sesc x Grêmio 2006.

JOGOS DO SESI O segundo finalista do futsal livre dos Jogos do Serviço Social da Indústria(Sesi) será conhecido no dia 13 de setembro, no duelo entre Camera/Imasa e Hidroenergia. O primeiro classificado para a decisão é o Dubai Alimentos que venceu a 3 Tentos por 5 a 4 nos pênaltis após empate de 2 a 2 no tempo normal. A partida será no Ginásio Wilson Mânica em Ijuí.

FUTEBOL AMADOR O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí tem estes jogos amanhã a partir das 13h30: campo do Avante do Arroio das Antas, 1ª Divisão,chave A, Palestino x Aimoré; e Meninos da Villa x Arsenal Baterias Goi. No campo do Lambari, 2ª Divisão,chave C, Talento x Juventude do Osvaldo Aranha e 1ª Divisão chave A,Juventude dos Goi x Bahia/Esquadrão de Aço.

VOLEIBOL MISTO O Torneio Municipal de Voleibol Misto de Ijuí tem amanhã a partir das 9h30 no Ginásio Wilson Mânica a primeira etapa da repescagem. Estão garantidas nas semifinais estas equipes: Acelera Vôlei,Fenix, Mandela e Ajurivôlei A. O campeão será conhecido neste domingo.

CAMPEONATO DE PAIS

Time Sub-13 da Escolinha da ACF conquistou o título em Catuípe

Time Sub-7 da Escolinha da ACF foi vice-campeão regional

A Escolinha da ACF Futsal de Ijuí, categoria Sub-13 conquistou invicta dia 24 de agosto o título da 3ª Copa Catuípe de Futsal. Oito equipes participaram das disputas na categoria. O time ijuiense obteve estes resultados: ACF 1 x 0 AAPF, ACF 0 x 0 Asaf, ACF 2 x 1 Cometa, semifinal, ACF 2 x 1 São Borja e final, ACF 0 x 0 Asaf. Nos pênaltis a ACF Futsal venceu por 3 a 2.O aluno João Martel foi o atleta destaque

da competição. A ACF teve estes atletas:João Martel, Pedro, Matheus, João Vitor, Léo, Fabinho, Ederson, Glauber, Lorenzo e Gabriel. Técnico, professor Jean Mônaco. A Escolinha da ACF foi vice-campeã na categoria Sub-7 da Copa Catuípe dia 25 de agosto. A equipe treinada por Jean Mônaco teve estes atletas: Vinícius, Davi Lobato, Gustavo, João, Davi, Leonardo, Pedrinho, Miguel e Arthur.

A segunda rodada do 25º Campeonato de Pais do Colégio Sagrado Coração de Jesus, Futsal Masculino teve a disputa destes jogos na última quinta-feira no Ginásio do CSCJ em Ijuí: Acolhida 1 x 4 Aprendizagem; Inovação 4 x 2 Espiritualidade; e Respeito 1 x 3 Conexão. A terceira rodada terá estas partidas na próxima terça-feira: 19h15, Aprendizagem x Ensino; 20h15,Solidariedade x Respeito; e 21h15,Acolhida x Humanização. Com jogos às terças e quintas-feiras a competição será disputada até o mês de novembro.


Jornal da Manhã

DOIS TOQUES

Carlos Alberto Padilha esporte@jornaldamanhaijui.com

RUBRO- O goleiro Reynaldo, ex-Veranópolis está contratado pelo São Luiz para o Campeonato Gaúcho. A direção não confirma, mas o jogador deve ser anunciado. Está jogando no Linense, de Lins, São Paulo. O departamento de futebol continua as negociações para a formação do elenco. TRICOLOR- O Consulado do Grêmio e a Borrachos Noroeste promovem hoje no Salão de Eventos da Paróquia São Geraldo um almoço beneficente. Entre outras atrações, estarão os exjogadores Carlos Miguel e Dinho, o ônibus gremista com taças, e a Banda do Noroeste. Haverá o sorteio de três camisetas oficiais. Ingressos estão sendo vendidos com integrantes do Consulado de Ijuí, ou pelo fone 9.9120.5964. FUTSAL- A Junta Disciplinar da Liga Gaúcha de Futsal julga segunda-feira às 15h em Cachoeirinha as ações geradas partir do tumulto registrado no jogo do Ijuí Futsal com o Ibira, no último sábado em Ibiraiaras. Os dois times responderão ao artigo 257, inciso 3º. Jogadores das duas equipes também irão à julgamento. O Ibira avançou para a terceira fase para enfrentar a AVF de Vacaria. SÃO LUIZ- O diretor Edemir Sebastiany se reúne segundafeira às 9h com o presidente Pedro Pittol. Sebastiany levará ao dirigente uma proposta de continuidade do juvenil. Os atletas que jogaram pelo Rubro no Sub-17 chamam a atenção de outros clubes. Os zagueiros Eduardo e Gabriel Mello e o meia Luan, estaria sendo observados pela base do Criciúma. DECISÕES-A Série C do Campeonato Brasileiro tem jogos decisivos do mata-mata neste fim de semana. Vai definir quem sobe para a Série B. Hoje às 17h no Colosso da Lagoa em Erechim, o Ypiranga recebe o Confiança de Sergipe. No jogo de ida o time sergipano venceu por 1 a 0. O São José-POA joga hoje às 19h15 contra o Sampaio Correa no Estádio Castelão, em São Luís-MA Na ida deu empate de 0 a 0. O Juventude atua segunda-feira às 20h no Estádio Alfredo Jaconi, diante do Imperatriz-MA. O jogo de ida teve empate de 0 a 0. Amanhã às 18h, no Estádio dos Aflitos em Rceife, tem Náutico e Paysandu. O jogo de ida no Estádio Mangueirão, em Belém do Pará teve empate de 0 a 0.

SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE SETEMBRO DE 2019

17

Dirigentes do Esporte Clube São Luiz visitam a Chapecoense O presidente Pedro Pittol, o gerente de futebol do São Luiz Delmar Blatt, o arquiteto e urbanista ijuiense Gilmar Krug e o prefeito de Coronel Barros Edison Arnt visitaram quinta-feira a Arena Condá em Chapecó, Santa Catarina e o Centro de Treinamento da Chapecoense,clube da Série A do Campeonato Brasileiro.Foram recebidos por Oscar Mezzomo, gerente administrativo das categorias de base. O objetivo foi conhecer as instalações do CT servindo de observações para o Centro de Treinamento que o Rubro terá em Coronel Barros em parceria com aquele município. Delmar Blatt disse que o CT da Chapecoense é

bastante prático e serve de exemplo para muitas equipes. Elogiou o gramado tanto da Arena Condá como os do Centro de Treinamento. Delmar Blatt e o técnico Leandro Machado vão hoje a Erechim. Eles assistem Ypiranga e Confiança de Sergipe, jogo de volta do matamata da Série C do Campeonato Brasileiro. Na próxima segundafeira o auxiliar-técnico Célio Toledo Pretto deve ir a Caxias do Sul, acompanhar no Estádio Alfredo Jaconi o jogo Juventude e Imperatriz, também pela Série C do Campeonato Brasileiro. Já esteve na última segunda-feira no Estádio Passo D´Areia onde assistiu São José-POA 0 x 0 Confiança-SE.

Equipe reserva do Inter enfrenta o São Paulo Internacional e São Paulo jogam hoje a partir das 19h no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, a penúltima do primeiro turno. Desfalcado, o Tricolor tenta retomar o caminho das vitórias contra um motivado Colorado, recém-classificado para a final da Copa do Brasil. No momento, o Colorado ocupa a sexta colocação com 27 pontos, enquanto o São Paulo aparece na quarta posição com 31. Após a vitória contra o Cruzeiro no meio da semana, que garantiu o Internacional na decisão da Copa do Brasil, o técnico Odair Hellmann deve mandar uma equipe alternativa para o duelo contra os são-paulinos. O comandante não contará com o lateral Natanael, contundido, e o atacante Tréllez, que está emprestado pelo clube do Morumbi e não poderá atuar por conta de uma cláusula contratual. Outro que não deve estar disponível é o atacante Wellington Silva. O jogador estava na Espanha para prestar depoimento para a investigação de um suposto caso de manipulação de resultados, fato que também o deixou de fora do confronto contra a Raposa. Alista de baixas do São Paulo é ainda mais extensa. Convocados para a Seleção Olímpica, Antony e Walace não estão à disposição do técnico Cuca para o duelo. Também para vestir a amarelinha, mas a principal, Daniel Alves e Igor Gomes desfalcam o Tricolor neste sábado. O segundo foi chamado por Tite para participar dos treinamentos. Além deles, Pablo, Pato, Hernanes e Toró estão em recuperação e descartados para enfrentar o Inter. Além dos desfalques, o São Paulo tem outro obstáculo na caminhada rumo aos três pontos no Beira-Rio. O Tricolor não vence na casa colorada desde 2014, quando triunfou pelo

placar de 1 a 0, com gol de Paulo Henrique Ganso. O desempenho negativo recente também conta para os confrontos em geral. A última vez que o clube do Morumbi bateu o Internacional foi em 2015, ganhando por 2 a 0.

Goleiro Danilo Fernandes está confirmado no time do Internacional TIMES: INTER: Danilo Fernandes; Zeca, Klaus, Emerson Santos e Erik; Rithely, Bruno Silva e Nonato; Sarrafiore (Neilton), Rafael Sobis e Guilherme Parede. Técnico: Odair Hellmann SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Anderson Martins, Arboleda e Reinaldo; Hudson (Luan), Tchê Tchê; Igor Vinícius, Everton e Liziero; Raniel. Técnico: Cuca Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ) VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ) Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

.

Dirigentes do São Luiz e o prefeito de Coronel Barros visitaram o CT da Chape

Grêmio tem pela frente o Cruzeiro em BH O Grêmio, após a eliminação na Copa do Brasil, tem pela frente o Cruzeiro amanhã às 11h no Estádio Independência em Belo Horizonte. O técnico Renato Portaluppi deve escalar equipe titular, com exceção do lateral-direito Leonardo Gomes e do volante Maicon, ambos lesionados. O jogo diante do Flamengo pelas semifinais da Libertadores é dia 2 de outubro e até lá o comandante gremista terá tempo de ajustar as peças. Serão cinco partidas seguidas pelo Brasileirão onde é o 12º com 22 pontos. O lateral-direito Leonardo terá de passar por um novo exame de imagem no joelho direito. A suspeita do Grêmio é que há lesão no ligamento cruzado do jogador. Mas por conta do inchaço na articulação, o departamento médico gremista irá esperar até segunda-feira para refazer os procedimentos e ter um diagnóstico preciso da situação. A primeira avaliação é de que o ligamento cruzado anterior foi afetado. No entanto, ainda não há como saber a extensão da lesão justamente por conta do inchaço no local. No exame clínico, a manipulação do joelho direito do lateral fica comprometida. O Cruzeiro não atravessa boa 18ª RODADA Hoje,7.9 Vasco x Bahia-11h Corinthians x Ceará-11h Fortaleza x Fluminense-17h Avaí x Flamengo-17h Internacional x São Paulo-19h Goiás x Palmeiras-21h Amanhã,8.9 Cruzeiro x Grêmio-11h Santos x Athletico-PR-16h Botafogo x Atlético-MG-16 CSA x Chapecoense-19h

fase.Eliminada da Copa do Brasil pelo Inter na última quarta-feira, resta à equipe mineira treinada por Rogério Ceni o Brasileirão.Com 18 pontos, a equipe celeste ocupa o 16º lugar, primeira posição à frente da zona de rebaixamento. Para o duelo, um desfalque certo será o zagueiro Dedé, que sofreu torção no tornozelo na partida do Beira-Rio.

Everton volta ao time amanhã contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte TIMES CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Léo, Fabrício Bruno e Dodô; Henrique, Robinho, David, Thiago Neves e Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha. Técnico: Rogério Ceni GRÊMIO: Paulo Victor; Galhardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Rômulo (Michel), Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton; André. Técnico: Renato Portaluppi Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Helton Nunes e Éder Alexandre (trio de SC). VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC). Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte.


18

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

HABILITAÇÃO

Detran aguarda definição sobre obrigatoriedade de simuladores

Rogério Favreto

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS) deve aguardar uma definição em âmbito nacional antes de acatar liminar do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que suspende mudanças para candidatos à primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do Rio Grande do Sul SindCFC/RS ajuizou ação judicial contra a União Federal, conquistando liminar suspendendo aplicabilidade da Resolução nº 778/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o que determina continuidade dos serviços da forma como hoje se apresentam. Em nota , o Detran/RS informa que "não é parte no processo e aguarda informações oficiais do Contran, ou reversão da medida, caso o órgão de trânsito federal

busque a reforma da decisão, mediante interposição de recurso. Em sendo mantida a decisão judicial, caberá ao DetranRS dar-lhe atendimento". Em 28 de agosto, o desembargador gaúcho Rogério Favreto, atendeu o pedido de representante dos Centros de Formação de Condutores (CFCs), e manteve, entre outras medidas, a obrigatoriedade do uso de simulador em autoescolas do Rio Grande do Sul. A redução no valor da habilitação — estimada em 14% — pode não sair do papel. A resolução 778/19 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) está prevista para entrar em vigor no dia 16 de setembro e estipula o fim do uso obrigatório de simulador, a redução da carga horária de aulas práticas para quem pretende obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

categoria B de 25 horas/aula para 20 horas/aulas e torna opcionais aulas teóricas e práticas para a retirada de Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC) com até 50 cilindradas. O advogado do sindicato, Alexandre Dornelles Barrios, explica que há cinco anos vigora outra resolução, também do Contran, que obriga o uso do simulador. "Existe estudo técnico, manifestação de ONGs e entidades [em favor do equipamento]. Cinco anos depois, veio uma resolução sem estudo nenhum, nem participação da sociedade civil", observa. Com a decisão de Favreto, todas as alterações não devem ser aplicadas pelas autoescolas filiadas ao SindiCFC-RS até apreciação do tema em primeira instância. No Rio Grande do Sul, dos 276 centros, 272 são filiados.

Contran simplifica regras da placa do Mercosul A nova placa do Mercosul chegou a sua quarta versão. A mais recente passou a valer no dia 26 de agosto, quando entraram em vigor as novas regras do Conselho Nacional de Trânsito(Contran) para o padrão de identificação veicular. Já disponível em sete estados e presente em mais de 2 milhões de veículos no Brasil, o novo formato perdeu elementos de segurança e ficou mais simples que o primeiro modelo, que teve sua estreia no dia 11 de setembro de 2018. A última versão deixou de trazer duas características visuais empregadas para precaver clonagens e falsificações: as palavras “Brasil" e “Mercosul” com efeito difrativo, aplicadas sobre os caracteres e

na borda externa; e as chamadas ondas sinusoidais, grafadas no fundo branco do equipamento. Em seu lugar, agora, as inscrições passam a vir na mesma cor dos caracteres. Conforme a resolução n.º 780/2019, do Contran, publicada em 26 de junho, as empresas estampadoras, responsáveis pela aplicação dos elementos gráficos, podem usar seus estoques de películas com as mencionadas ondas e efeito difrativo até acabarem os atuais. Desde que começou a rodar, a placa Mercosul passou por outras duas alterações visuais. A primeira retirou o lacre, utilizado até hoje na placa cinza, e substituído pelo QR Code - que permite rastrear todo o processo de produção da placa.

Em meio a polêmicas, placas do Mercosul começaram a ser usadas em 2018

Mais de 40% dos acidentes envolvem sonolência

Brasil faz acordo com Argentina para carros

Cerca de 42% dos acidentes de trânsito estão relacionados à sonolência. Essa é ainda uma das principais causas de mortes nas rodovias. Os dados são da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), com o alerta de que a falta de descanso compromete a direção em nível semelhante ao provocado pela ingestão de bebida alcoólica. Pesquisa realizada pela Academia Brasileira de Neurologia, em conjunto com o Conselho Regional de Medicina e a Abramet, para a campanha “Não dê carona ao sono”, entrevistou quase 500 motoristas e concluiu que mais de 20% deles costumam dirigir com sono. Além disso, segundo o diretor de comunicação da Abramet, Dirceu Rodrigues Alves Júnior, 18% dos acidentes são ocasionados pela fadiga dos motoristas. Juntos, sono e cansaço representam alarmantes 60% dos acidentes de trânsito do país. Já para a diretora científica da Abramet, Regina Margis, uma das consequências do sono de má qualidade é o acidente de trânsito. “São mais de duas décadas de estudos que mostram a relação entre o sono e os acidentes de trânsito", afirma.

O governo brasileiro anunciou ontem um novo acordo comercial com a Argentina para o setor automotivo. Segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes, o objetivo é que se chegue ao livre comércio. Atualmente, Brasil e Argentina têm um acordo para o setor que vai até junho de 2020. O combinado é que, para cada US$ 1 que o Brasil importa da Argentina, pode exportar US$ 1,5 para lá. O novo acordo, se confirmado, passaria a vigorar depois de junho de 2020. Moraes não vê riscos para o acordo mesmo que a oposição vença a eleição presidencial na Argentina, que ocorrerá em algumas semanas. "O governo que entrar vai olhar para o Brasil como um parceiro", disse o presidente da Anfavea. A associação informou que em agosto a produção de veículos no Brasil caiu 7,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Foram produzidas 269,8 mil unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Emater|Ascar

Eficiência na Pulverização Agrícola O meio rural ao longo dos anos tem perdido a sua mão de obra para o meio urbano e devido a isto e outros fatores, tem cada vez mais substituído o trabalho antes realizado por humanos de forma braçal por meios mecânicos, com auxilio de maquinas e equipamentos, um deles o pulverizador agrícola cada vez mais tem sido utilizado para aplicação de diferentes produtos para controle de plantas indesejáveis, pragas, fungos adubação foliares. A correta utilização dos equipamentos e produtos pode ser uma ferramenta útil, porem, quando mal manejados ambos podem ter um efeito muito danoso tanto a saúde, ao ambiente e também ao bolso do produtor, dos consumidores e até mesmo de quem nada tem a ver com a produção e com o consumo. A pulverização agrícola eficiente parte de vários fatores, como a correta regulagem do pulverizador, e sua manutenção periódica, passa pelo monitoramento das pragas e doenças das culturas e chega até a escolha correta do produto a ser aplicado e momento da aplicação. A correta regulagem do pulverizador deve levar em conta inicialmente a escolha da marcha de trabalho do trator onde o pulverizador esta acoplado, a rotação do motor a fim de proporcionar a rotação da tomada de força requerida pelo equipamento, alem disso, devem ser observados pressão da bomba do pulverizador para cada tipo de produto a ser aplicado, inexistência de vazamentos, bicos que apresentam boa distribuição de gotas e adequados ao tipo de produto a ser aplicado, alem de um posicionamento correto dos mesmos na barra, não devem existir empecilhos mecânicos na faixa de distribuição da calda que saí dos bicos. Após o uso o pulverizador deve ser limpo para evitar que os produtos químicos utilizados deixem resíduos que possam comprometer a próxima pulverização, causando entupimentos e às vezes até mesmo fitotoxicidade as culturas; antes de cada aplicação devem ser revisados filtros e bicos de pulverização se estão limpos e posicionados corretamente. E importante salientar que os bicos de pulverização sofrem desgaste conforme o material que é fabricado e o produto que é aplicado, sendo que alguns duram menos de 10 horas de uso, outros podem chegar até 1000 horas de uso. Para cada tipo de alvo que se pretende atingir o tamanho da gota e sua distribuição sobre o mesmo é muito importante, e muitas vezes por falhas nos procedimentos acima descritos ocorrem erros de alvo e o produto e a aplicação que foi planejada para auxiliar a pessoa a executar o seu trabalho de forma mais eficiente e menos penosa acaba prejudicando um conjunto de pessoas e também ao meio que vive. Desta forma, por ser uma atividade onde os erros podem ser variados e suas conseqüências muito diversas, recomendamos que o agricultor procure estar sempre bem informado sobre o assunto para minimizar os erros, diminuir perdas e efeitos indesejáveis.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

TRÁFICO

PF apreendeu mais de 700 quilos de cocaína

Caminhões são os principais meios de tráfico de drogas no Estado, diz PF

Dados da Polícia Federal obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação pelo Grupo JM mostram que, entre janeiro de 2019 até a última segunda-feira, foram apreendidos 727 quilos de cocaína em todo o Estado do Rio Grande do Sul. Esse número representa 66% do que foi apreendido em todo o ano passado, quando foram pegos 1,1 toneladas em todo o Estado.

Esses números abrangem todos os tipos de apreensões registradas pela PF nos períodos analisados. Incluem, portanto, desde apreensões em aeroportos, feitas, geralmente, em pequenas quantidades, levadas pelas chamadas “mulas do tráfico, até mesmo grandes apreensões dentro de caminhões, como a que ocorreu no dia 19 de agosto, na freeway, em Gravataí, na região Metropo-

litana, quando foram apreendidos 359 quilos de pasta-base da cocaína recolhidos na ação. A PF explica que a maioria das apreensões ocorre na região Metropolitana de Porto Alegre, no entanto, existem rotas terrestres e o modal aéreo. A assessoria de comunicação da PF do Rio Grande do Sul informou que a rota terrestre de maior ocorrência é a BR-386: “O ingresso pelo modal aéreo se dá pela fronteira do Paraguai e da Bolívia com o Brasil. Pequenas aeronaves são carregadas com a droga nesses países e, posteriormente, se deslocam em direção ao Estado, conforme se verificou na Operação Planum, deflagrada no ano passado no combate ao tráfico de drogas”. A assessoria disse ainda que as diretrizes da Polícia Federal para a repressão ao tráfico de drogas são a descapitalização das quadrilhas através do sequestro, bloqueio e recuperação do patrimônio ilícito adquirido pelas organizações criminosas, por meio de investigações dedicadas não somente à apreensão de entorpecentes, mas, também, à lavagem de dinheiro desses grupos.

Operação prende cinco em Cruz Alta A Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) desencadeou na manhã de ontem, a Operação Clandestinos, em Cruz Alta. A operação contou com 50 policiais civis e quatro policiais militares da Patram A ação iniciou após uma investigação sobre furtos e roubos de fios e cabos de pivôs de irrigação, que estavam acontecendo no município desde 2018 , quando foram registradas mais de 30 ocorrências desta espécie de furto somente na área da 5ªRP. De acordo com as informações cedidas pelo delegado Rafael dos Santos, “o objetivo dos criminosos é o cobre, metal que depois

19

Colisão frontal causa a morte de uma pessoa Dois acidentes deixaram uma pessoa morta e outra gravemente ferida, nas estradas da região, na tarde de ontem. Em Jóia, uma colisão frontal causou a morte de um homem na ERS-377, localidade de São João Mirim, interior do município. No local, houve a colisão entre um automóvel Fiat Uno, com placas de Entre-Ijuís, e uma carreta, com placas de Ijuí. Com o impacto, o Uno acabou sendo esmagado pelo caminhão. A carreta estava vazia e o motorista não teve ferimentos

O nome da vítima fatal não foi divulgado pelas autoridades de segurança que atenderam a ocorrência. Já em Catuípe, uma saída de pista seguida de incêndio foi registrada na ERS-342. Uma caminhonete Duster, emplacada no município de Cruz Alta, por motivos desconhecidos, acabou saindo da pista e pegando fogo. O condutor do automóvel, de 64 anos, foi conduzido ao Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), onde passou por exames.

Colisão entre um Fiat Uno e uma carreta ocorreu na ERS-377, em Jóia

Líder da facção Os Manos é preso em Ivoti

é vendido para empresas que trabalham com o recebimento deste tipo de material. Em cada ação criminosa o grupo chegava a extrair de 200 a 300 quilos de cobre. O valor pago pelo referido metal pode chegar a R$ 20 o quilo. Em compensação o prejuízo causado aos produtores é severo, na casa de dezenas de milhares de reais em cada ação, sem contar o prejuízo para a lavoura.” Foram cerca de oito meses de investigação, com inúmeras diligências, quebras de sigilo, perícias, e outras ordens judiciais que demostraram que o grupo criminoso estava bem articulado para a pratica dos crimes. De acordo com a polícia, os

indivíduos costumavam circular pelas localidades durante o dia e escolher os alvos. A ação era sempre noturna e com emprego de veículo para transportar o material subtraído. Após o crime, o material era dividido entre os integrantes do grupo. Alguns dos alvos trabalham com recebimento de sucatas, o que facilitava o mascaramento da ilicitude, já que depois de limpo (separado da borracha), fica difícil apontar se o cobre é produto de crime. No curso da investigação também foram apuradas práticas de abigeato e participação em rinhas de galos por integrantes do grupo. Durante a operação foram presas cinco pessoas.

ARROMBAMENTO

PRISÃO

TRÁFICO

RECUPERAÇÃO

DETENÇÃO

Um arrombamento registrado na Avenida Brasil, bairro Elizabeth, foi registrado no Centro de Operações na quinta-feira. A janela dos fundos de uma residência foi arrombada. Da casa foram levados um notebook e uma televisão de 32 polegadas.

A PC efetuou a prisão em flagrante delito de um homem de 21 anos pela prática de roubo majorado, em Tupanciretã. O indivíduo havia praticado o roubo em um correspondente bancário no Centro da cidade. A polícia procura o outro suspeito.

Um homem de 27 anos foi preso em São Luiz Gonzaga, na tarde de ontem, por tráfico de drogas. Os policiais civis apreenderam na residência do suspeito porções de maconha e cocaína, além de uma balança, dinheiro, celulares e um veículo.

Durante Operação Avante realizada ontem, a Brigada Militar de Condor recuperou uma motocicleta que havia sido furtada em Trindade, em março de 2018. Os policiais abordaram uma Titan 150, conduzida por um homem de 40 anos, que foi detido.

A BM de Cruz Alta deteve três pessoas, após receber denúncias via 190, indicando que indivíduos estariam realizando venda e consumo de drogas próximo a Praça General Firmino de Paula. Com o trio foram encontrados dinheiro e pedras de crack e maconha.

A investigação sobre a morte de um homem resultou na prisão, ontem, do líder da facção Os Manos, em Ivoti, no Vale do Sinos. O crime em investigação, ocorrido em 12 de maio deste ano, foi o caso de Celso Berwing, de 51 anos, morto a tiros dentro de sua casa na Estrada do Moleque, no bairro Várzea Grande. O caso estava sendo investigado em Novo Hamburgo. Um celular encontrado na cidade foi a chave para o desenrolar do caso e a prisão temporária do líder regional da facção. A operação cumpriu três mandados de prisões preventivas e dois de

prisões temporárias. Conforme o delegado, Gustavo Barcellos, o homem apontado pelas investigações como líder do grupo atua diretamente no controle das ações da facção. O preso chefia o tráfico em Gramado, Nova Petrópolis e em parte das cidades das regiões de Campos de Cima da Serra e do Vale do Paranhana. “Todos os envolvidos na execução eram funcionários dele. Os vídeos gravados no celular apreendido mostram a liderança do suspeito. Ele é o responsável pelo grupo que cometeu o homicídio em Gramado”, disse.

Plantão


20

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

SEGURANÇA

Obras do Módulo serão retomadas na Praça

A empresa que ficou em segundo lugar no processo licitatório para a construção do Módulo da Brigada Militar, na Praça da República, irá assumir os trabalhos. A informação foi confirmada pelo prefeito Valdir Heck ao comandante do 29° Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Ijuí, major Edilson Della Flora Góes. De acordo com o major, em entrevista ao Grupo JM, a empresa deverá nos próximos dias iniciar a obra que está sendo aguardada há muitos anos pela Brigada Militar e que foi prometida para estar concluída em julho deste ano pelo Executivo municipal. “É um anseio nosso e acredito que de toda a comunidade, de voltarmos para a Praça da República”, disse o major Góes ao Grupo JM. O posto do Módulo da Brigada Militar foi desativado em dezembro do ano passado, quando a Brigada Militar deixou o local devido à falta de insalubridade do espaço, que era um ponto de apoio para a guarnições durante o patrulhamento pelas vias do município. Em janeiro, o espaço foi desmanchado em abril, o poder Executivo abriu licitação e teve uma empresa vencedora, mas acabou não executando o projeto. Quando concluído, o novo espaço irá abrigar o setor administrativo do 29 BPM, o que facilitará o contato dos policiais militares

Edilson Della Flora Góes

É um anseio nosso e acredito que de toda a comunidade de voltarmos para a Praça da República." com a comunidade. "Será um espaço totalmente novo, totalmente moderno, onde vai contemplar as nossas neces-

sidades de instalar a sede do policiamento Ostensivo. Então não vai ser simplesmente um Módulo, nós estaremos com a estrutura do policiamento junto à praça central. Estará lá o comandante da companhia, capitão Gilmar, junto com a parte administrativa e consequentemente uma maior circulação de um maior número de policiais e viaturas, ocupando efetivamente aquele espaço junto ao centro da cidade". O custo total da obra será de mais de R$ 74 mil e será realizado com recursos do município. O major disse ainda que essa mudança muda toda a forma da Brigada agir no patrulhamento. "Hoje toda a estrutura está vinculada junto a sede do batalhão, então todo o deslocamento é necessário ser feito a partir daqui, que fica numa das pontas da cidade, quase junto ao campo da Unijuí e estando na praça central muda totalmente. A troca de guarnições de serviço será feita junto à Praça, onde a comunidade terá uma presença policial mais efetiva", destaca. Desde que o Módulo da Praça da República foi desativado houve um aumento de ocorrência de prisões e apreensões por tráfico de drogas na área central, o que causou preocupação da comunidade e fez com que a Brigada Militar aumentasse o patrulhamento no local.

BM busca por responsáveis de trotes A Brigada Militar trabalha para identificar o autor de uma denúncia falsa de crime, ocorrida na noite desta quinta-feira. O trote envolveu oito viaturas da Brigada Militar, além de ambulâncias do Samu e equipe dos Bombeiros. Por volta das 22h os policiais receberam uma denúncia de que um grupo estaria tentando invadir complexo de clínicas, na Rua Pinheiro Machado. Bombeiros receberam uma ligação semelhante, com a informação de que um vigilante estaria baleado no local. Quando os policiais e Bombeiros chegaram, encontraram profissionais do Samu, que disseram ter sido acionados

também. Porém, ao chegarem lá, perceberam que nada tinha acontecido. A polícia fez rondas na região, mas nada foi encontrado. Por conta da gravidade das informações repassadas na falsa denúncia, a Brigada Militar encaminhou oito viaturas para o local. O coronel Erivelto Hernandes, comandante do Primeiro Regimento de Polícia Montada (1° RPMon), acredita que o trote passado na noite desta quinta foi diferente do que a Brigada Militar costuma receber: "A gente recebe muitos trotes, dos mais diversos tipos. A nossa sala de operações faz uma triagem, busca o máximo de informações possível até para evitar tirar viaturas das rondas

para uma falsa ocorrência. Então, com certeza as informações eram bem convincentes e a sala de operações encaminhou as viaturas por conta desse contexto dado". Agora, o coronel Erivelto Hernandes afirma que a própria Brigada Militar auxiliará a encontrar o autor do trote:" Temos aparelho bina e a gravação de todas as ligações feitas para o 190. Então se tem o número e a conversa, e tudo será encaminhado para a Polícia Civil, para seguir a investigação. Conforme um dos profissionais que atendeu a ligação, a voz era de um homem, que não aparentava estar embriagado, mas apenas nervoso pelas informações que passava. Ele dizia que estavam invadindo um prédio de consultórios médicos, e que um vigilante do local tinha sido baleado. Nenhuma das informações era verdadeira. A Polícia Civil também investiga o caso.

Estudantes ficam feridos em acidente envolvendo ônibus Um ônibus que levava estudantes da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) caiu em um barranco após sair da pista na BR-287, em São Pedro do Sul, na divisa com o município de Mata, na Região Central do estado, na madrugada de ontem. Dos 12 feridos, dois foram transferidos para Santa Maria. Uma jovem com fratura na bacia foi encaminhada para o Hospital Universitário e outro jovem para o Hospital de Caridade para fazer exames, já que ele tinha problemas anteriores de coluna. Os outros dez, incluindo o motorista, já foram liberados. O ônibus levava 25 alunos e professores do curso de arquitetura da URI. Eles voltavam de uma viagem a Porto Alegre e tinham como destino a cidade de Santiago. O arquiteto Felipe Aires, que estava no ônibus, contou que

acordou com os gritos dos colegas. "Eu tinha um pouco de sinal de celular, aí pedi ajuda." A empresa responsável pelo transporte, a Brandli Turismo, afirma que está tentando identificar as causas do acidente. Os estudantes chegaram a dizer que o motorista estaria sonolento, mas a empresa diz que não pode confirmar essa situação. O tacógrafo do ônibus foi recolhido e passará por averiguação. A empresa alega que o grupo contratou os serviços de ida para Porto Alegre na madrugada de quinta-feira e retorno na sextafeira, e que havia dois motoristas disponíveis para a viagem, mas que um deles teria desembarcado do ônibus em Santa Maria. Os estudantes que não se feriram foram levados de volta para casa em outro veículo. O trânsito na rodovia não chegou a ser bloqueado. A PRF ainda analisa as causas do acidente.

Segundo a PRF, 11 alunos e o motorista do ônibus tiveram ferimentos leves

Quadrilha que extorquia comerciantes é presa Na manhã de ontem, a Polícia Civil, por meio da 17ª DP de Porto Alegre deflagrou a Operação Toll com o objetivo de desarticular organização criminosa que atua extorquindo comerciantes informais, garotas de programa e comerciantes da região central da Capital. Durante a ação oito pessoas foram presas, armas, drogas e veículos de luxo foram apreendidos. Segundo o delegado Juliano Ferreira, titular da 17ª DP de Porto Alegre, as extorsões começaram há aproximadamente dois anos, primeiramente com comerciantes informais e garotas de programa que atuam no Centro de Porto Alegre, porém recentemente a orga-

nização ficou mais ousada e passou a extorquir também os comerciantes regulares daquela região. "O grupo criminoso foi responsável pelo incêndio ocorrido na Galeria Malcon na madrugada do dia 22 de maio, como forma de retaliação à instalação de uma guarita, a qual fazia a identificação dos frequentadores do prédio. No decorrer das investigações sete pessoas já haviam sido presas, complementa o delegado." Para frear o avanço dessa organização criminosa, foi deflagrada a Operação Toll que deu cumprimento a 58 mandados de busca e apreensão e oito mandados de Prisão preventiva, no Centro de Porto Alegre.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

SOLIDARIEDADE

Trote solidário beneficiou diversas entidades de Ijuí O curso de Medicina da Unijuí realizou neste segundo semestre o trote solidário, que, como forma de recepção aos calouros do curso, envolveu os estudantes com a comunidade. As atividades são realizadas em parceria com o Núcleo Acadêmico do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) e o Lions Club de Ijuí, e foram pautadas pela solidariedade. Na manhã de ontem ocorreu, na sede do Lions Club, a entrega de 1,4 mil kg de alimentos arrecadados nas ações do trote. Foram beneficiadas as seguintes entidades: Liga Feminina Combate ao Câncer, Acata, Lar Meame, Lar da Menina, Apae e Afimm. Os alimentos foram arrecadados pelos estudantes nos mercados Zaffari, Walmart e Rei das

21

Unimed é finalista em prêmio nacional O Hospital Unimed Noroeste/RS está entre os três finalistas do prêmio “Viver os 11 passos”, promovido pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral Enteral (Braspen). Também são finalistas o Hospital Oeste D’Or, do Rio de Janeiro, e o Hospital Real Português, do Recife. O prêmio visa estimular os profissionais das instituições de todo Brasil, engajadas no atendimento de pacientes hospitalizados a desenvolverem uma cultura perene de combate à desnutrição por meio de medidas simples e efetivas.

AGRADECIMENTO CRISTIANO A. E. PEUKERT

*18/01/1939 +08/08/2019 As doações foram entregues para as entidades na manhã de ontem na sede do Lions Club de Ijuí

Frutas. O trote solidário é uma parceria das universidades, bancos de sangue e de alimentos do Rio Grande do Sul. Todas as universidades do Estado que possuem o curso de Medicina são convidadas pelo Simers a participar das ações. “Este movimento teve o objetivo

de realizar uma ação social integrando os estudantes e a comunidade, promovendo a conscientização e o comprometimento dos futuros médicos com a comunidade”, observa o coordenador do curso, professor Jorge Brust. O Lions costuma desenvolver essas atividades para

destinação de donativos para as pessoas que necessitam. “Fomos procurados pelo Sindicato Médico, para fazer o acompanhamento, recolhimento e distribuição das doações, já que Ijuí não tem um banco de alimentos que pudesse fazer isso”, explicou o presidente do Lions, João Cassol.

Nova sala de pré-parto do HCI ganha doações

Silvana Weber Morais doou uma almofada para amamentação

A clínica obstétrica do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) é referência para atendimento SUS e não tinha uma sala específica para pré-parto direcionada a gestantes de convênios e particulares. O novo ambiente foi recentemente inaugurado, tendo como referência as boas práticas de assistência ao parto e nascimento. A enfermeira Mariana Alievi explica que o espaço é acolhedor e humanizado, focado nas medidas nãofarmacológicas de alívio da dor e relaxamento. “ A nova sala tem banheira para imersão, banho terapêutico, aromaterapia, cromoterapia, musicoterapia, massagem relaxante com óleos aromáticos, bolas suíças e espaldar para exercícios pélvicos. Para melhor acomodação da gestante e acompanhantes, tem ainda poltrona de amamentação, smart TV, e frigobar”, explica a enfermeira. Na manhã desta quinta-feira, dia 5, a empresária no ramo infantil, projetista ijuiense Silvana Weber Morais que assina projetos e desenvolve o enxoval completo para bebês, com delicadíssimas peças bordadas e personalizadas para todo o Brasil e até mesmo para países como Rússia e Dinamarca, fez uma doação de uma almofada para amamentação, exclusiva da sua grife.

Entidade recebe valor arrecadado em brechó A entrega do cheque simbólico do valor arrecadado no Brechó do Um Real, promovido pelo Lar da Criança Henrique Liebich e a Casa da Amizade, no dia 10 de agosto, em benefício ao Núcleo Social do Lar, que arrecadou R$ 5.241,00, ocorreu na tarde de ontem, na instituição. Na oportunidade estavam presentes as integrantes da Casa da Amizade e da comissão organizadora do brechó, Geni Ranoski e Edith Protti, que realizaram a entrega do cheque ao coordenador do Núcleo Social, Diego Rodrigo da Silva. A presidente da Casa da Amizade, Rosane Stucky, em entrevista ao Grupo JM, informou que há muitos anos existe uma parceria criada com o Lar, e através dela, são promovidas diversas atividades que visam beneficiar as crianças acolhidas.

Uma das principais atividades é o brechó, que é realizado com o apoio da comunidade que doa as roupas e demais artigos que serão comercializados, diretamente no Lar, que se encarrega de selecionar e organizar todo o material que estará disponível para a venda. A Casa da Amizade auxilia no dia do evento, na comercialização das peças e no monitoramento do caixa. “Atualmente o Lar desenvolve uma atividade muito significativa, que é atender mais de 100 crianças e adolescentes no turno inverso da escola, dos bairros próximos a instituição, para terem acompanhamento e uma série de atividades educativas, por isso, agradeço a comunidade de Ijuí pela doação de seus artigos, como roupas, calçados, cama, mesa e banho e brinquedos, que as pessoas podem aproveitar e fazer um bom uso”, declarou.

Esposa Irmgard, filhos Susana e Roberto, genro, nora, netos e bisneto agradecem aos médicos e enfermeiros do HCI, a Pastora Silvia da IECLB, a funerária Brito, aos parentes, amigos e vizinhos pelo apoio neste momento difícil. “O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.” Salmo 23-1. Ijuí, 7 de setembro de 2019.

PARTICIPAÇÃO E CONVITE PARA CULTO EM MEMÓRIA DE FALECIMENTO Filhas Marlene Krause, Liana Krause, Dulce Kettenhuber e Elaine Michalski, genros Arno, Egon, Walmir e Tadeu, netos Carlos, Cristiano, Paulo, Matheus, Volnei, Paula e Luis e Fabiane, bisnetos Lenara, Gustavo, Felipe, Eduarda, Ricardo, Letícia, Bernardo e Lorenzo participam o falecimento do pai, sogro, avô e bisavô

BERTHOLDO WOLFF

*15/11/1928 +29/08/2019 ocorrido no dia 29 de agosto, aos 90 anos. Outrossim convidam para culto que será realizado amanhã, dia 8, às 9 horas na Igreja Evangélica de Vila Chorão. A família agradece aos que comparecem. Querido Opa. Naquelas horas de dor com a tua partida, um amigo teu nos disse: “Aqui está um homem de verdade!” Essas palavras jamais esqueceremos, pois isso significa como conduziste a tua vida. Amparando a todos nós de uma forma ou outra deixando exemplos de honestidade e caráter. Por tudo isto e muito mais o amaremos para sempre. “Porque eu, o Senhor, teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te digo: Não temas que eu te ajudo.” Isaias 41,13. Ijuí, 7 de setembro de 2019.


22

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

PROJETO

Ronda Social auxilia moradores de rua A equipe de reportagem do Grupo JM registrou, nessa semana, imagens de pessoas dormindo na antiga rodoviária da cidade. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) desenvolve um trabalho de proteção dessas pessoas, visando erradicar a questão de pessoas em situação de rua, proporcionando-lhes um lar, entretanto, existem pessoas que não querem sair das ruas. A secretária de Desenvolvimento Social, Romi Rohde, em entrevista ao Grupo JM, contou que a secretaria possui o projeto de Ronda Social desde 2017, com o objetivo de acolher pessoas que, porventura, estejam passando a noite na rua. Os participantes da Ronda Social abordam as pessoas em situação de rua para saber o que as levou até ali, se está sob efeito de algum tipo de alucinógeno ou álcool, ou se possui problemas de saúde. “Os nossos servidores que realizam a Ronda Social são orientados por um assistente social que deixa clara a tipificação para

atendimento das pessoas de rua. Existem alguns cidadãos que não possuem vínculo com a família, ou que não são de Ijuí, estão na passagem de Ijuí, como é o caso de um cidadão que foi encontrado pelo coordenador adjunto da Ronda Social Jorge Luís Martins, que encontrou também o cidadão que foi fotografado pelo Jornal da Manhã, que tem sido monitorado por nós há mais de 15 dias, e não conseguimos abordá-lo e orientálo sobre seus direitos de não estar na rua. A assistência social do município não permite que um cidadão viva nessas condições, e sim, deseja que tenha plena qualidade de vida”, informou. Segundo Romi, o cidadão que estava na antiga rodoviária foi abordado pela Ronda Social e não quis dialogar com os responsáveis pela Ronda, mas ontem pela manhã, acompanhado pela Brigada Militar ele se identificou, sem documentos, e a Brigada Militar juntamente com a Policia Civil irá fazer a investigação de quem é essa pessoa, para que seja pos-

sível que a Secretaria através do serviço especializado do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), dar continuidade às orientações e encontrar a família desse cidadão para encaminhá-lo para a retomada de sua vida. O coordenador adjunto da Ronda Social afirmou que esse cidadão não é adepto do diálogo, e que quando foi abordado disse que não precisa de ajuda, e que a prefeitura não deve intervir em sua vida, e que não é para que ninguém se preocupe, pois ele ganha os materiais para suprir suas necessidades básicas. “O prefeito não quer ninguém na cidade passando fome ou frio, e por isso estamos realizando essas rondas e estamos à disposição na secretaria. Quando tiramos as pessoas das ruas, encaminhamos para entidades onde possam se abrigar, e fornecemos comida e roupa, mas muitas pessoas não querem sair das ruas”, apontou Martins. Por fim, Romi pede à comu-

Programa aproxima voluntários de entidades O Sesc/RS conta com uma nova ferramenta para quem deseja contribuir com o desenvolvimento social. No site da instituição, o espaço Quero ser voluntário permite com que os interessados consultem as vagas de voluntariado nas entidades parceiras do Sesc. Além disso, é possível conferir a agenda de cursos de capacitação para a atividade. A iniciativa busca facilitar o encontro de quem precisa com quem quer ajudar e, assim, auxiliar da dinâmica do Programa Sesc de Voluntariado. As oportunidades podem ser visualizadas no site www.sesc-rs. com.br/acaosocial/voluntariado. O Programa visa contribuir com a sociedade por meio do estabelecimento de uma rede de voluntários e entidades sociais, oferecendo capacitação e acompanhamento técnico. Além de formar voluntários, o projeto articula suas ações através de organizações parceiras que, por sua

Encontro de voluntários debateu o tema Voluntariado e Transformação Social

Abordado pela Ronda Social, cidadão se recusou a deixar as ruas e procurar abrigo

nidade, instituições, empresas e lojas próximas de locais onde haja pessoas em situação de rua, e que não possuem vínculo familiar, para que não deem esmolas

para essas pessoas, pois isso não irá solucionar o problema delas a longo prazo, e impossibilita que a Assistência Social consiga realizar o seu trabalho.

Executivo irá iniciar reperfilamento asfáltico O prefeito Valdir Heck assinou no início da manhã de hoje, a ordem de serviço para início das obras de Reperfilamento Asfáltico com SBUQ nas ruas 14 de Julho e 20 de Setembro. Ambos os trechos vão desde a Rua 24 de Fevereiro a 15 de Novembro, totalizando uma área de 11.436 metros quadrados. O valor do investimento, cujos projetos serão executados pela Bripav, vencedora da licitação, soma R$ 423.658,79. “Tão logo recebemos a autorização já demos início aos trabalhos”, pontua o diretor da empresa, Marcos Bussler. De acordo com o prefeito Valdir Heck, o prazo para execução da obra é de 60 dias. “Mas a empresa sempre assume o compromisso de desenvolver o trabalho com a maior brevidade possível, aproveitando as condições favoráveis do clima”, observa o chefe do Executivo. Além do prefeito e do diretor da empresa, também participaram do ato de autorização o secretário de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito, Jair da Rosa, e o engenheiro civil da Bripav, Joanir Folgiarini, responsável técnico pela execução do projeto. "Já realizamos muitas obras. Ainda não conseguiremos fazer tudo, nossa cidade está crescendo, e novos problemas vão surgindo, mas estamos trabalhando e iremos trazendo melhorias para o nosso município”, afirmou o secretário de Obras.

vez, também recebem capacitação na área de gestão. O resultado desse trabalho é o fortalecimento do terceiro setor e a promoção

da cultura do voluntariado em prol da promoção do bem-estar social e da responsabilidade social compartilhada.

VAKINHA

ALMOÇO

APRESENTAÇÃO

VACINAÇÃO

DOAÇÃO

O Lar Meame está realizando uma Vakinha Online com o intuito de arrecadar fundos para substituir o sistema elétrico da instituição por um sistema limpo e renovável. Para quem tiver interesse em doar, basta acessar ao link vaka.me/650488, e doar qualquer valor.

A Apae e a torcida do Grêmio Borrachos Noroeste estará promovendo um almoço beneficente hoje ao meio-dia, no salão de eventos da Igreja São Geraldo. Haverá sorteio de três camisas oficiais, e presença da banda do Noroeste. Os convites custam R$ 40.

O grupo Violas ao Sul faz apresentação de músicas sulinas, autorais e contemporâneas, no dia 12 de setembro, a partir das 20h, no Teatro do Sesc - Rua Crisanto Leite, 202. Os ingressos estão disponíveis no local com valores entre R$ 10 e R$ 20.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alertou a comunidade para o aumento no número de casos de sarampo em todo o País. A orientação da SMS é que todas as crianças de 6 a 11 meses sejam vacinadas. O objetivo é intensificar a imunização do público-alvo.

O Lar Bom Abrigo, em parceria com o Departamento Municipal de Energia Elétrica de Ijuí (Demei), está recebendo doações através das contas de energia. Para participar, basta entrar em contato pelos telefones 55 3332 6912 ou 9 9651 9119.

Serviços


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 7 e 8 de Setembro de 2019

23

Memória JM Notícias de SETEMBRO de 1984

CARA OU COROA Armindo Pydd

Parque Assis Brasil muda para a II Expo-Ijuí INTERNACIONALIZAÇÃO ** A maior floresta tropical do mundo, a Amazônia, pertence a toda humanidade. Deve ser preservada, pois regula o clima e é o pulmão do mundo (o que é só parcialmente verdade). Assim dever ser administrada por organismos internacionais. Este é o resumo do pensamento de muitos dirigentes mundiais. ** Existem precedentes. Aconteceu com a África inteira no passado. Feito o diagnóstico de que os africanos não sabiam se governar, ela foi dividida entre os chamados países cultos e desenvolvidos da Europa. Foi o colonialismo escancarado que tantas tragédias e guerras já provocou. ** O petróleo também pertence a toda humanidade. Idem os mais diversos recursos minerais. Eles são hoje indispensáveis para toda a humanidade. Deveriam também ser internacionalizados, pois servem para enriquecimento de poucos. E tudo que tem a ver com a saúde, a começar pelos medicamentos que são feitos a partir de conhecimentos e produtos da natureza vegetais ou minerais. Vamos internacionalizar tudo. ** Na verdade, fica muito clara a vontade de novas aventuras agora neocolonialistas escancaradas nas palavras do presidente francês. Enquanto se discute, os 25 milhões de amazonenses continuam entre a população mais pobre, desassistida e abandonada do Brasil. ** O Brasil é uma potência agropecuária do mundo em exportações. Mas em diversos itens ainda é um grande importador. Feijão chinês, arroz da Tailândia. Até mesmo a banana, símbolo nacional, é importada. E temos o trigo da Argentina e Ucrânia. E frutas e hortigranjeiros também, como pera, dos EUA, maçã, kiwi, da Itália, e ameixa, da Espanha. E por aí vai. ** O presidente assinou a concessão de um beneficio vitalício em dinheiro para famílias com crianças portadoras de sequelas do zika vírus. Mais de 300 mortes e muito mais crianças sofrem as consequências desta doença incurável. O Brasil tinha mortalidade infantil de 82,8 por mil nascidos vivos, em 1980, e recuou em 2015, para 13,3. A partir daí, começou a piorar. Vacinação, saneamento básico, cuidados com gestante e melhores condições de vida são as armas. ** Boa notícia. A melhor idade para produzir está entre 60 e 70 anos, apontou estudo científico nos EUA. Prêmio Nobel, média 62 anos, CEO, 63 anos, entre as 100 maiores igrejas americanas, os pastores têm média de 71 anos. ** Carteira de estudantes digitalizadas sem custos, anuncia o presidente. É mais gente tendo que sair da zona de conforto. Outra polêmica.

Dentro em breve terão início as obras de remodelação do Parque de Exposições Assis Brasil, com vistas a sua adequação ao projeto desenvolvido pelo engenheiro Jorge Falkembach, secretário de Obras do município, com o objetivo de tornar efetiva sua ocupação pela Expo-Ijuí e outras mostras que lá venham a ser realizadas. Falkembach fez uma explanação de seu projeto de utilização global da área às lideranças integradas no processo de retomada do desenvolvimento, reunidas quinta-feira à tarde no Parque Assis Brasil. Estiveram presentes a este encontro o prefeito Wanderley Burmann, o vice Valdir Heck, o diretor da Escola Assis Brasil, Alcides Lucion, o presidente da Associação Comercial e Industrial, Élbio Paulo Bagetti, membros da diretoria da entidade, o vice-presidente da Fidene/Unijuí, professor Paulo Frizzo, o diretor da Região Pioneira da Cotrijui, Bruno Eisele, o gerente da agência local do Banco do Brasil, Amário Mombach, entre outros. O projeto de utilização global do Parque prevê a construção, por etapas, de diversos pavilhões cobertos, alguns para exposição de animais; área de exposição externa, com espaço para mais de 100 expositores; área de estacionamento para 900 carros e cerca de 50 ônibus; uma área para camping; área de recreação, um mini zoológico e área para exposição de animais. Ainda durante o encontro ficou acertado que a prefeitura municipal, com apoio das demais entidades, manterá gestões no sentido de que seja adquirida uma área contínua ao Parque Assis Brasil, possibilitando assim a expansão do projeto, tanto na parte de animais quanto na de exposições comerciais e industriais.

Secretário de Obras fez explanação do projeto para autoridades e lideranças

Campeão de tênis O tenista Paulo Weckerle, de Ijuí, conquistou, na tarde de ontem, no Tênis Clube Caiçara, no Rio, o título brasileiro de veteranos. Weckerle jogou a final contra o paulista Roberto Cardoso, vencendo por dois sets a um, e também sagrou-se campeão brasileiro de duplas, em companhia de seu irmão Jorge, que reside em Florianópolis.

Projeto dos Comerciários O Sindicato dos Empregados no Comércio de Ijuí acertou na semana passada a compra de uma área de 6 hectares, localizada na Linha 3 Oeste, próximo a Fábrica de Postes da Ceriluz, onde irá construir um centro cultural e esportivo. O presidente João Antônio Franco de Almeida informou que o Sindicato pretende implantar gradativamente uma pista de atletismo, uma área para futebol de campo, um ginásio de esportes, piscinas, restaurante, salão de festas e alojamentos.

Geada causa perdas no trigo Caso se confirmem as observações feitas pelos técnicos da Cotrijui, os danos nas lavouras de trigo da Região Pioneira em função das geadas podem chegar, em média, a 65 por cento, conforme informou o diretor agrotécnico da cooperativa, Renato Borges de Medeiros. O quadro, segundo ele, é de apreensão entre técnicos e produtores, pois grande parte das lavouras está tendo uma maturação antecipada. O agrônomo lembra que a formação de geada no final de semana praticamente repetiu o fenômeno ocorrido entre os dias 19 e 20 de setembro de 1980, quando todas as lavouras de trigo da Região Pioneira foram seriamente afetadas.

CONCURSOS PINTO BANDEIRA - A prefeitura divulgou dois editais com abertura de 58 vagas imediatas, mais formação de cadastro reserva para candidatos de todos os níveis de escolaridade. Os salários variam entre R$ 1.291,50 e R$ 7.372,21. Os interessados poderão se inscrever até o dia 9 de setembro, pela internet, em www.objetivas.com.br. As taxas vão de R$ 50 a R$ 100. CAPÃO DO LEÃO - A prefeitura tem novo concurso público aberto para formar cadastro reserva em diferentes cargos em todos os níveis de escolaridade. As inscrições estarão abertas até 7 de outubro, pela internet, em www.integribrasil.com.br. A taxa de inscrição varia entre R$ 60 e R$ 100. SÃO MARTINHO DA SERRA - A

prefeitura abriu concurso público para preencher 10 vagas efetivas em cargos de todos os níveis de formação escolar. Os salários variam entre R$ 1.469,30 e R$ 10.731,47. As inscrições serão realizadas exclusivamente via internet, no site www. objetivas.com.br até o dia 16 de setembro. A taxa de inscrição é R$ 150,para cargos de nível Superior, R$ 80, para nível Médio, e R$ 60, para Ensino Fundamental.

CACHOEIRA DO SUL - A prefeitura realiza concurso para preencher duas vagas imediatas, além de formar cadastro reserva, para profissionais de níveis Técnico e Superior. As inscrições devem ser feitas até o dia 18 de setembro, em www.legalleconcursos. com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 131,92, para Técnico, e de R$ 164,90, para Superior. O concurso é composto por prova objetiva, aplicada em 27 de outubro.

SÃO JOÃO DA URTIGA - A prefeitura divulgou normas do novo concurso público que vai preencher quatro vagas e formar cadastro reserva nos níveis Fundamental, Médio, Técnico e Superior. Interessados deverão se inscrever até o dia 18 de setembro, em www.objetivas.com.br. O valor da taxa de inscrição é R$ 70.

CANDELÁRIA - A prefeitura tornou público edital para formar cadastro reserva para níveis Médio, Técnico e Superior, na área da Saúde, com remuneração de até R$ 18.373,35. As vagas são temporárias, por 12 meses, podendo ocorrer prorrogação, por igual período. As inscrições vão até o dia 9 de setembro, em candelaria.atende.net.


WWW.CLICJM.COM

BRINCANDO NO MUSEU

TRAGÉDIA

Colisão entre um Fiat Uno e uma carreta na ERS-377, em Jóia, causou a morte de um homem, ontem | 19

Nova exposição no Museu traz brincadeiras antigas e de diversos países |Caderno Dois

Inter recebe o São Paulo hoje pelo Brasileirão

Falta de incentivo público prejudica recicladores Associação de Reciclagem cobra investimento e mais colaboração da comunidade. | 12

LEGISLATIVO NA ESCOLA

Grêmio enfrenta o Cruzeiro amanhã, no Independência, em Belo Horizonte. | 17

Presidente da Câmara, Alexandra Lentz, reuniu-se com alunos do Adventista | 7

EDITORIAL | 6 Devemos ir além deste 7 de Setembro, lembrando que o discurso é a principal ferramenta de lideranças em uma sociedade. Palavras direcionam ideias e ações.

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - Sábado 7.9.2019  

Jornal da Manhã - Sábado 7.9.2019  

Profile for clicjm
Advertisement