Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sábado e domingo, 17 e 18 de agosto de 2019

Ano 46 - Nº 77

R$ 3,00

Cresce o uso de mulheres no tráfico de drogas em Ijuí

Cerca de 75% das prisões de mulheres efetuadas no município foram por associação e venda de drogas. | 20

Hospitais cobram aumento de repasses Presidente das Santas Casas, André Lagemann esteve em contato com parlamentares e ministro da Saúde. | 8

Laboratório de análise dá destaque nacional ao município Único no País, painel de análise sensorial de azeite de oliva poderá certificar o produto de todas as regiões. | 12

FÓRUM MUNICIPAL

Entidades, Executivo e Judiciário debateram ações de erradicação ao trabalho infantil, ontem à tarde, em Ijuí | 21

Valdir Heck muda o tom e não descarta candidatura No início do ano, prefeito afirmou não concorrer. | 5


2

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 17 E 18 DE AGOSTO DE 2019

RADAR OBSERVATÓRIO - A média salarial de homens empregados no setor formal no Brasil é de R$ 3,2 mil por mês, e das mulheres cerca de R$ 2,7 mil. A diferença é ainda maior para mulheres negras, que recebem praticamente a metade do rendimento dos homens brancos. Dados como esse estão disponíveis no Observatório da Diversidade e da Igualdade de Oportunidade, lançado esta semana pelo Ministério Público do Trabalho, com apoio da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Estudos das Nações Unidas mostram que empresas que promovem a igualdade tem uma probabilidade 32% maior de serem mais lucrativas. EVENTO - O Laboratório Angiolab realizará hoje, às 9h, um evento em sua sede para marcar o Dia e a Semana da Consciência Vascular, que têm como objetivo alertar a população para a prevenção de doenças vasculares - distúrbios ou irregularidades apresentadas no sistema venoso. Conforme explica o diretor da Angiolab, Antônio Casco da Silva, médicos de Ijuí e da região foram convidados a visitar o Laboratório, para onde são encaminhados pacientes todos os dias. O Angiolab está localizado na Avenida José Martins, nº 152, junto ao Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). ENSINO A DISTÂNCIA - As instituições de todo Brasil poderão ofertar mestrado e doutorado a distância a partir do primeiro semestre do ano que vem. A autorização foi aprovada pelo Ministério da Educação (MEC). Para disponibilizar programas de pós-graduação stricto sensu EAD as faculdades precisam seguir requisitos específicos. Dentre as exigências estão ter o Índice Geral de Cursos (IGC) igual ou superior a 4 (quatro) e estar credenciadas junto ao Ministério da Educação (MEC) para a oferta de cursos a distância. Em 2019, instituições interessadas em oferecer mestrado EAD já submeteram suas propostas. FUTURE-SE - O Ministério da Educação (MEC) prorrogou até 29 de agosto o prazo para receber contribuições na plataforma de consulta pública do programa Future-se, que pretende flexibilizar o financiamento do ensino superior alterando leis para que as instituições possam captar mais recursos, além dos repassados pelo governo. Até o momento, o programa havia recebido 16.703 comentários em ao menos um dos pontos da proposta, de acordo com o MEC. Quase 50 mil pessoas se cadastraram na plataforma. Para participar, é preciso se cadastrar com e-mail e CPF na plataforma de consulta. OPOSIÇÃO - Um governo com base de apoio fragmentada, envolvido em polêmicas sucessivas e conduzido por um presidente que insiste na retórica divisionista.Adespeito do território fértil à oposição, os partidos de esquerda perderam protagonismo nos primeiros meses de Bolsonaro no Planalto. Até agora, o antagonismo político mais eficaz tem sido praticado ora pelo centrão, ora pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Restrita a 131 deputados na Câmara e 12 parlamentares no Senado, as bancadas de PT, PCdoB, Psol, PSB e PDT não têm força sequer para propor uma CPI ou apresentar uma proposta de emenda à Constituição cujo apoio mínimo é de 171 assinaturas.

OLHO DA RUA Calçadas da Rua Carlos Gomes, no bairro Osvaldo Aranha, estão cobertas por inços e matagais, dificultando a passagem dos pedestres e denegrindo a imagem do município.

INDICADORES Poupança 16.8.2019 ................. 0,37 % Ouro 16.8.2019..............R$ 193,72 (gr) Dólar Comercial.................... R$ 4,0010 Dólar turismo ....................... R$ 4,1600 Euro ..................................... R$ 4,4400 IPC/FIPE Julho /2019 ................. 0,15% INPC Julho/2018 .......................+0,1% IGPM Julho /2019 .........................0,4% IPCA Julho /2019 ....................... 0,19% TR agosto/2019.........................+0,0% SELIC julho/2019 ......................+6,5%

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 6.883 2º - 7.546 3º - 8.970 4º - 7.428 5º - 7.887 ENTRE ASPAS " Quem manda sou eu, vou deixar bem claro. Eu dou liberdade para os ministros todos, mas quem manda sou eu. Quando vão nomear alguém, falam comigo. Eu tenho poder de veto, ou vou ser um presidente banana agora? Cada um faz o que bem entende e tudo bem?" Presidente Jair Bolsonaro "Absolutamente claro que nós não apenas somos contra o desmatamento ilegal, mas como também nos propomos a fazer parte da fiscalização para não ocorrer o desmatamento. Se alguém tem condições de fiscalizar para que isso não aconteça, somos nós (produtores rurais)." Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Alceu Moreira

QUINA

CONCURSO nº

5048

19 31 38 57 74 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 1854

03 04 05 06 08 11 13 14 15 16 17 18 20 22 24 PREVISÃO DO TEMPO

" Eu tive contatos rápidos com dois filhos dele [Donald Trump], na verdade três. Ninguém tem mais acesso ao Jair Bolsonaro do que eu . E também conto com uma simpatia do presidente dos EUA." Deputado federal, futuro indicado para embaixada do Brasil nos EUA, Eduardo Bolsonaro

GETÚLIO

Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX. Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

28° MIN.

15°

DOMINGO

MÁX.

18° Chuvoso durante o dia e à noite.

MIN.

11°

SEGUNDA

MÁX.

14° Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

MIN.

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

ECONOMIA

Pagamento do 13º terá impacto positivo O governo decidiu transformar a antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS em política permanente. O presidente Jair Bolsonaro assinou no início deste mês, Medida Provisória que prevê o pagamento da primeira parcela, equivalente à metade do valor a que o beneficiário tem direito, nos meses de agosto de cada ano. A antecipação do 13º aos beneficiários do INSS já vem sendo feita desde 2006, mas por meio de decreto presidencial, de forma discricionária (a critério do presidente). Não havia mês fixo, ou seja, o pagamento da primeira parcela poderia variar no calendário de acordo com a disponibilidade de caixa do governo federal. "Antes, dependia sempre de um decreto do governo, a cada

ano reiterando os meses. Agora, a partir da medida provisória tem a previsão de ser, a cada ano, esses meses reservados para o pagamento dos aposentados", resume o coordenador do setor de benefícios da Agência do INSS de Ijuí, José Korbes. "Ao mesmo tempo que vai alavancar economia, pois são injetados R$ 21,9 bilhões, (a medida) transforma uma política de governo em uma política de Estado", disse o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho. "Por decisão de Bolsonaro e por orientação de Guedes (ministro da Economia, Paulo Guedes), estamos transformando política de governo em uma de Estado para que no futuro aposentados e pensionistas possam se preparar e tenham garantia de que vão receber".

Divulgadas primeiras alterações do eSocial MP da Liberdade Econômica prevê que o eSocial, que unifica o envio de dados sobre trabalhadores, será substituído por um sistema simplificado de informações digitais de obrigações previdenciárias e trabalhistas. Hoje, o eSocial reúne os dados trabalhistas, fiscais, previdenciários das empresas em uma só plataforma. A MP não define prazo para a substituição do eSocial, nem como deverá ser a nova plataforma ou as informações que deixarão de ser solicitadas. Em julho deste ano, no entanto, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, já havia informado que o eSocial só deverá funcionar até janeiro. A plataforma será substituída por dois sistemas: um da Receita Federal e outro de Trabalho e

Previdência. A intenção é cortar as informações exigidas de 900 para 500. Informações como título de eleitor, número da carteira de identidade e informações de saúde e segurança do trabalho deixarão de ser exigidas. Entre as informações que deverão mantidas está a comunicação de acidentes de trabalho e informações de folha de pagamento, férias, Rais e Caged, por exemplo. No início deste mês, foi divulgada nota técnica com as primeiras modificações do sistema. As mudanças já estão sendo implantadas para facilitar o processo de adaptação, e se referem à primeira fase do trabalho de simplificação. A principal mudança é a alteração de diversos grupos e campos de ‘OC’, Obrigatórios na Condição, para ‘F’, Facultativos.

A PARTIR DA vERSãO REvISADA, NãO SERÁ MAIS NECESSÁRIO O ENvIO DOS SEGuINTES EvENTOS: S-1300 - Contribuição Sindical Patronal; S-2260 - Convocação para Trabalho Intermitente; S-2250 - Aviso Prévio; S-1070 - Tabela de Processos Adm./Judiciais (dispensada quando a matéria do processo for autorização de trabalho de menor, dispensa de contratação de PCD ou aprendiz, segurança e saúde no trabalho, conversão de licença saúde em acidente do trabalho. Será obrigatória apenas quando a matéria do processo for tributária, FGTS ou Contribuição Sindical);

Segundo o governo, a medida vai beneficiar quase 30 milhões de pessoas. Os pagamentos ocorrerão na mesma data do recebimento do benefício mensal de agosto, de acordo com o cronograma que vai do fim de agosto até os primeiros dias de setembro. A parcela será acrescida ao benefício. AAgência do INSS de Ijuí, que

Ao mesmo tempo em que vai alavancar a economia, transforma uma política de governo em uma política de Estado.

3

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO 13º DO INSS Nº final do 1 salário Mais de 1 benefício mínimo salário mínimo 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0

26/8 27/8 28/8 29/8 30/8 2/9 3/9 4/9 5/9 6/9

2/9 3/9 4/9 5/9 6/9 2/9 3/9 4/9 5/9 6/9

Tem direito ao adiantamento, aposentados e quem recebe pensão por morte, auxílio doença, acidente e reclusão

abrange 113 municípios, pagou 308 mil benefícios referentes à julho, em um volume de R$ 341 milhões. Em Ijuí, são 20,8 mil beneficiários aposentados, que correspondem a R$ 33 milhões. "Com a implementação de 50% do 13º, esse valor subirá para em torno de R$ 470 milhões", projeta Korbes, acentuando o impacto na economia local. "Quando os aposentados recebem, é o maior

valor injetado nos municípios, porque o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o retorno que têm do governo, é menor do que o dinheiro que a Previdência paga, por meio dos aposentados." A segunda parcela, segundo a MP, será liberada na folha salarial de novembro, a partir do dia 25. Nesse pagamento, há desconto de imposto de renda para segurados que não são isentos.


4

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

EXPO-IJUÍ

Obras no Parque são intensificadas A Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI) realiza melhorias no Parque de Exposições Wanderley Burmann, para realização da Expo-Ijuí/Fenadi 2019, que acontece de 11 a 20 de outubro. Na manhã de ontem, a reportagem do Grupo JM, acompanhada da presidente da ExpoIjuí, Nadine Dubal, visitou o Parque de Exposições. "Verificamos in loco o trabalho que está sendo realizado, sob a coordenação de James Dalavusca, em melhorias na infraestrutura", comenta. "Estamos há quatro meses à frente da diretoria, então, nem tudo que gostaríamos de deixar 100%, conseguiremos, por uma questão de tempo." As melhorias vão desde a entrada do Parque de Exposições, com o plantio de flores e plantas, também nos canteiros internos, e melhorias nas ruas. O Pavilhão do Artesanato terá importantes mudanças, entre elas, a instalação de climatizadores. "Teremos áreas de lazer neste ano melho-

radas. Estamos focando bastante nisso, para que as pessoas venham e se sintam mais à vontade, se encantem e consigam desfrutar do melhor que o parque tem", frisa Nadine. Segundo ela, a previsão de gastos com a parte de organização da estrutura e pagamento de serviços teceirizados é de R$ 1,5 milhão - a receita com a comercialização de espaços internos e externos é de R$ 1,4 milhão. "Então, ainda não paga toda a estrutura que a gente precisa para que a feira aconteça. A complementação de recursos para esses gastos será feita através da bilheteria, que conseguimos manter o mesmo valor do ano passado, de R$ 10." Nadine comenta ainda que a construção da identidade visual da feira está sendo feita por dois artistas plásticos, que deixarão uma obra de arte no Parque de Exposições, no dia 12 de outubro. Pela primeira vez, haverá uma Arena de Shows, fechada. "Tudo isso é trabalho de um grande grupo, sou apenas a representante."

Criatec é destaque em inovação A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs) divulgou o resultado preliminar com as 200 ideias aprovadas, entre os 784 projetos inscritos, na primeira fase do Programa Centelha RS. Egressos e estudantes incubados na Criatec, oriundos dos Campi Ijuí e Santa Rosa foram selecionados. "Tivemos a pré-aprovação de seis projetos. Estamos animados, porque só perdemos para Porto Alegre, em relação a todas as outras regiões do Estado, que ganhamos em número de projetos", comemora a coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini. Agora, o programa vai para a segunda fase, na qual os proponentes que tiverem ideias aprovadas devem elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo, com o objetivo de demonstrar as chances da ideia para gerar um bom negócio. Paralelo a isso, a Criatec promove ações de interação com o projeto de extensão Programe seu futuro, coordenado pelo professor Marcos Cavalheiro, da área de Ciências da Computação. "É um trabalho para que alunos do Ensino Fundamental e Médio tenham contato com a linguagem de programação, desenvolvimento de aplicativos, dentro de uma linguagem adequada a eles, e nós, como incubadora,

Maria Odete Palharini

trabalhamos com a questão do empreendedorismo com os adolescentes. Está sendo uma experiência muito bacana, e acho que é um projeto que no futuro poderá ser ampliado para outras escolas", frisa. A Criatec também é uma das 17 incubadoras selecionadas pelo programa de aceleração de startups da Samsung Creative Startups, realizado em parceria com a Anprotec e o Centro Coreano de Economia Criativa e Inovação.

Executivo moderniza setor de tributos

Presidente Nadine Dubal confere as melhorias que estão sendo implementadas

O serviço de IPTU e de ISS da prefeitura de Ijuí está indisponível em função da migração de dados para o novo sistema de informática do setor de Cadastros e Tributos, que agora terá armazenamento em nuvem. "O funcionário irá acessar tudo via web, assim como o contribuinte. Hoje, para se ter uma ideia, o cidadão tem a Nota Fiscal Eletrônica, a Declaração Eletrônica de ISS, e o atendimento via web, então, são vários serviços, como declaração de impostos e emissão de notas, guias de recolhimento, certidão negativa de débitos, tudo pela web. E esses serviços estão localizados em um computador da prefeitura, em nuvem, dando maior agilidade", explica o coordenador, Airton de Moura. Outros serviços serão implementados com a migração, sendo um deles, a

possibilidade de acessar todos os dados do contribuinte por meio do telefone. "É uma novidade para os próximos dias." Ainda em entrevista ao Grupo JM, Moura orientou os contribuintes sobre o vencimento da quarta parcela do IPTU, no dia 15 de setembro. "Temos notado que muitos contribuintes têm nos procurado para realizar o parcelamento, a renegociação e ficar em dia." A arrecadação do mês de julho, segundo ele, ficou dentro do projetado pela Secretaria da Fazenda. Até o momento, o Município já arrecadou R$ 16 milhões em IPTU e taxa de coleta do lixo. "Acreditamos que chegue a R$ 18 milhões, até o final do ano, que é o que está previsto pelo Orçamento. É um recurso que cai direto no cofre da prefeitura, e no outro dia pode ser aplicado, 25% na Saúde e 20% na Educação, conforme a lei."


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

5

ELEIÇÕES 2020

"Em princípio, não serei candidato"

Diferente do que afirmou no início do ano que não seria candidato a prefeito nas Eleições 2020 e apresentou o vereador Marcos Barriquello (PDT) como seu sucessor, o prefeito Valdir Heck, não foi tão enfático, ontem, em entrevista ao Grupo JM. Pela quarta vez à frente do Executivo municipal, ele disse que "em princípio" não pretende ser candidato à reeleição. " O que eu disse, eu mantenho. Eu quero ter outro candidato do partido. Nós temos outros nomes.” No entanto, nesta semana, o presidente do PDT, Paulo Stumm, confirmou que Heck colocou o nome à disposição para ser candidato. Outros nomes interessados seriam o do ex-prefeito Fiovarante Ballin, da presidente da Câmara de Vereadores, Alexandra Lentz, do líder do partido no Legislativo, João Monteiro, e do deputado estadual Gerson Burmann. Nos bastidores, corre a informação de que a disputa interna pela vaga da indicação da cabeça

de chapa do PDT está acirrada, visto que o nome de Ballin ganha destaque, inclusive aparecendo com alto índice de aprovação em pesquisas internas, mas este não seria o primeiro nome que Heck gostaria para ser seu sucessor no Executivo ijuiense - mesmo Ballin tendo sido vice-prefeito de Heck, sempre houveram divergências políticas entre ambos. O PDT é hoje o maior partido do município e está no comando há quase 20 anos, ininterruptamente. Já sobre a relação com Barriquello, o prefeito disse ter uma boa sintonia, já que haviam trabalhados juntos em outros mandatos, e que tem dele as melhores recordações. No Legislativo, o vereador foi líder de governo de Heck em outras gestões. “Eu também acho que ele é daqueles, em termos de formação como contabilista e vereador experiente, que podia dar uma contribuição para Ijuí no campo Executivo. Foi naquele momento. Pois, para minha surpresa, as coisas

mudaram. Mas isso não é novidade. O PDT sempre tem alguém que nós perdemos no caminho, que resolve sair, mas poucos se deram bem depois no campo político. Eu continuo tendo um apreço para o Barriquello, mas acho que ele não está agindo de acordo. Ele tinha todo o espaço dentro do PDT, mas já que existe este pensamento da saída dele, que aconteça dentro da normalidade, porque o PDT é muito grande. Nós não podemos ficar dependendo apenas de uma pessoa ou de um político. PDT tem mais de três mil filiados", ressaltou o chefe do executivo. Heck afirmou ainda que se o vereador pretende concorrer por outra sigla, então ele não pertence mais ao PDT. Na entrevista, Heck também ressaltou o trabalho realizado em sua gestão. Disse que Ijuí passa por uma nova fase e que avanços estão acontecendo, mesmo com toda a crise financeira que assola o Estado e o País, que, por consequência, resultaram na redução

O que eu disse, eu mantenho. Eu quero ter outro candidato do partido. Nós temos outros nomes."

de repasse de recurso para os municípios brasileiros. "As coisas estão acontecendo. Estamos com muitas frentes de trabalho e isso requer muita presença nossa e dos secretários que assimilam as demandas. Vivemos um momento singular. Eu já passei três mandatos, esse é o quarto, mas diante das circunstâncias do país e do Estado, eu me sinto em uma situação bem animada, porque as coisas estão acontecendo em Ijuí." De acordo com Heck, a Coordenadoria de Compras do município irá realizar nos próximos dias novas licitações para a pavimentação asfáltica em diversas vias. Deve

Valdir Heck

iniciar em breve a pavimentação na antiga Faixa Velha, que dá acesso ao distrito Itaí. Outro destaque é a iluminação na Praça da República. O prefeito lembrou ainda das empresas que estão vindo para o município e que irão gerar vagas de empregos. "Nós temos a perspectiva de gerar mais de 500 empregos com os investimentos que estão chegando. Só a Havan passa de 100", comemora Heck.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

6

Opinião do JM MULHERES NO CRIME

C

ada vez mais as mulheres estão sendo usadas para o tráfico pai, tio etc., ou, ainda, envolvem-se com os traficantes como usuárias, de drogas. Seja para dar continuidade aos negócios ilícitos do com o objetivo de obter drogas, e acabam em um relacionamento Em geral, as mulheres companheiro, seja por não chamarem tanta atenção. Em razão de uma afetivo que as conduz ao tráfico. Também não há um único motivo atuam como coadjuvante, imagem estereotipada da mulher, vista como dócil e incapaz de cometer determinante para o cometimento do crime do transporte de drogas enquanto os protagonistas crimes, por muito tempo associou-se a ela tão somente a prática de para dentro da prisão. O reconhecimento pelos homens e o respeito continuam sendo os hodelitos passionais ou aqueles chamados crimes contra a maternidade. adquirido em face das demais mulheres também é motivo para levámens. Mas, por estarem Hoje, estatísticas demonstram que, majoritariamente, as mulheres estão las ao crime, o que, por sua vez, representa uma forma de obtenção diretamente ligadas ao sendo encarceradas por crimes ligados ao tráfico de drogas. de poder e de ascensão social. objeto final do crime, são Em sua maioria são negras, jovens, mães, solteiras. São milhares. Em geral, as mulheres atuam como coadjuvante, enquanto os protaas primeiras a serem presas. Atrás das celas do sistema penitenciário brasileiro estão 42.355 mugonistas continuam sendo os homens. Mas, por estarem diretamente lheres — 656% a mais em relação ao total registrado no início dos ligadas ao objeto final do crime, ou seja, na frente mais arriscada do anos 2000, de aproximadamente 6 mil. Quarto país que mais prende negócio, são as primeiras a serem presas, enquanto muitos homens no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, da China e da Rússia, o Brasil passam longe da prisão ou impunes. No entanto, ainda faltam dados para dizer se há mais tem penitenciárias superlotadas, onde 45% da população carcerária sequer foi julgada. criminalidade, se o País só está prendendo mais mulheres ou se elas estão entrando mais A falta de políticas públicas ameaça o sistema em que as mulheres continuam longe de para o crime. O fato pode ser associado à falta de políticas sociais, porque o tráfico de casa sem prover o sustento e a educação dos filhos. drogas funciona como a base de uma renda familiar e não de criminalidade em si. Não Considerando-se a motivação, essas mulheres tornam-se traficantes por múltiplos fatores: dá para excluir também a crise financeira e o alto número de desemprego, mas o tráfico em razão de relações íntimo-afetivas, para dar alguma prova de amor ao companheiro, se tornou um mercado paralelo de sobrevivência.

ENTREVISTA Qual a sua avaliação sobre o primeiro semestre do governo Bolsonaro no âmbito da política externa? Bolsonaro fez uma série de mudanças, de modo geral, carregadas de muita contradição. O que ele propõe vai muito além do que normalmente se faz em um país quando troca o governo. Ele está avançando em uma determinada política que não tem nem sustentação interna no País como também no sistema de relações internacionais. É uma mudança de política externa com dificuldade de ser implementada. Primeiro, com uma reaproximação aos Estados Unidos, identificando-os como o grande centro de poder, tecnologia militar, econômica e, o que é fundamental, negando a multipolaridade. Ou seja, que há outros polos de poder no mundo. A outra é a aproximação dos governos mais à direita no mundo. Essa é uma política basicamente ideológica, que encontra muito problema quando se vai, na prática, fazer diplomacia, que não olha tanto assim para questões ideológicas ou internas dentro dos governos. E há outras questões, por exemplo, na integração regional. Isso vem sendo desmontado, nos últimos dois ou três anos, e segue com muita força, mudando inclusive alguns princípios que tínhamos, de 200 anos, no relacionamento com os países vizinhos. Qual vinha sendo o perfil do Brasil até o governo Bolsonaro? O Brasil é, do ponto de vista das relações internacionais, uma potência intermediária. Normalmente, (esse tipo de país) evita aproximação muito forte de uma grande potência. Para garantir margem de manobra e de ação, ele procura resguardar a região para si; ele quer ser um líder regional, e tem um forte discurso nas instâncias multilaterais, seja na ONU (Organização das Nações Unidas) ou na OMC (Organização Mundial do Comércio), onde ele tem uma forte interação buscando liderar os países menores em relação aos desenvolvidos. O que Bolsonaro faz é praticamente o contrário. Por exemplo, o Brasil precisa da região, tem uma espécie de influência, que, se não cuidar, os outros países vêm. Vai ter a presença chinesa, americana, europeia, assim por diante. Que consequências, em um prazo de quatro anos,

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

André Silva Professor e especialista em Relações Internacionais esse tipo de política pode ter? Temos um patrimônio diplomático que está sendo consumido, não está florescendo já há um bom tempo, e uma hora não vai ter mais nada. O que vemos é o desengajamento do Brasil nas grandes questões globais e regionais. Não estamos lá para defender nossos interesses. O Brasil vende seus produtos industriais basicamente para o Mercosul e para a América do Sul, e um pouco mais na África e no Oriente Médio. Se a gente abre mão do Mercosul, então esses países poderiam receber recursos industriais de outros países. Cada detalhe em barreiras sanitárias, fitossanitárias, pode fazer diferença. Então, se não tiver muito cuidado nesse jogo que ocorre em vários cenários, o Brasil periga correr também risco de perder mercados já consolidados. Recentemente, deu-se um passo mais sólido em relação ao acordo comercial do Mercosul com a União Europeia (UE). Como avalia?

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

O acordo com a UE tem um problema. Na verdade, não temos os dados do que foi acordado. Ele ainda está na forma de segredo, o que é muito estranho. Aliás, essa é uma das tendências do governo Bolsonaro. Eles anunciam algo, mas não divulgam seus detalhes. O acordo do Mercosul com a UE está parado há mais 20 anos. Basicamente, emperra na questão de concessões de lado a lado. A UE não abria mão da questão da política agrícola comum. O Brasil também dizia que não abriria mais o seu mercado industrial se não tivesse compensações pelo menos na agricultura. É um jogo muito intrincado. Os europeus fazem a negociação do valor de cotas, quantidade de produto e também tarifas alfandegárias, mas eles jogam muito com questões extracomerciais. Questões fitossanitárias, segurança de produtos, também ambientais, questões trabalhistas, de direitos humanos. Eles anunciaram um acordo que ainda não foi referendado por todas as partes. Minha hipótese é que os europeus avançaram nisso para barrar o governo Bolsonaro na questão do meio ambiente e dos direitos humanos. E aí estaria a grande contradição interna. Não tenho muita ilusão no acordo MercosulUE. Tudo que estava amarrado, não se desamarraria em tão pouco tempo. A não ser que uma nova condição tenha sido colocada que a gente não sabe. Como vê a atuação junto ao Brics, que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul? É um dos grandes testes para a política externa de Bolsonaro. Houve uma pequena rusga com a China, logo após a eleição, mas o vice-presidente (general Hamilton Mourão, PRTB) foi lá, a coisa foi atenuada. Vamos ter o encontro do Brics aqui. Colocava-se (no Brics) uma agenda que, de certa forma, é mais ampla, mas pode deixar desconfortáveis grupos de apoio interno (a Bolsonaro). Minha hipótese é que os atenuadores estão trabalhando, dizendo que não vale a pena abrir mão do Brics, para tentar ver o que a gente consegue convergir com eles a médio e longo prazos. E isso pode descontentar a base de apoio de Bolsonaro. Para concluir, a grande contradição da política externa de Bolsonaro é que o mundo das relações internacionais é muito mais pragmático, ele não serve para guinadas radicais ideológicas, sejam para esquerda ou para a direita.

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 SEMEStRAl: R$ 240,00 ANUAl: R$ 480,00 CORREIO: R$460,00 (SEMEStRAl); R$ 900,00 (ANUAl)


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

Para vereador, falta educação no trânsito

ENSINO

Formação, com o promotor regional de Educação, Márcio Bressan, ocorreu no Centro de Eventos da Unijuí

Ministério Público aponta problemas da Educação Básica Aconteceu na quinta-feira, no Centro de Eventos da Unijuí, mais uma etapa da formação continuada para diretores e orientadores educacionais da região da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Quem esteve à frente do encontro foi o promotor regional de Educação, Márcio Rogério de Oliveira Bressan. A partir do tema "Educação Básica: desafios e perspectivas para região sob o olhar do Ministério Público", o promotor buscou esclarecer a diferença entre a atuação da Promotoria Regional, que atua em situações coletivas, e da Promotoria local, que atende casos individuais na área de educação. "Uma forma de exemplificar as competências

é citando a falta de vaga para uma criança, cujo caso é encaminhado à Promotoria local; e a falta de vagas na Educação Infantil de um município, que acaba penalizando um grupo e deve ser comunicado à regional", explicou a assessora pedagógica da 36ª CRE e coordenadora da formação, Solange da Silva Moraes. Ela contou com auxílio da coordenadora de Gestão Escolar, Carmi Wildner, para organização. O promotor falou das preocupações do Ministério Público, como a falta de vagas em creches e até mesmo na Pré-escola. A meta do Plano Nacional de Educação era de que, até 2016, todas as crianças de 4 e 5 anos estivessem na escola, mas há municípios que

ainda não conseguiram a universalização. Há preocupação com a distorção idade-série e, durante o encontro, foram debatidas iniciativas para reduzir o número de alunos que estão fora da idade indicada para suas séries, a exemplo do programa Avançar, desenvolvido pela 36ª CRE. Outro ponto debatido foi a autoridade do professor e do diretor na escola. "Antes da reunião, nós solicitamos aos participantes que nos apresentassem dúvidas, questionamentos. E um dos pontos citados foi a dificuldade de se impor como autoridade em sala de aula", explicou Solange. Os diferentes tipos de famílias também foram abordados.

Mostra reúne várias linguagens artísticas O ensino e aprendizagem, quando relacionados às artes, propiciam o desenvolvimento do pensamento criativo, despertando no aluno a sua sensibilidade e imaginação, tanto na hora de criar seu ambiente em sala de aula, quanto no momento de apreciar obras de arte e assistir a um espetáculo de qualquer natureza. Nesse sentido, professores do Ceap criaram um projeto conjunto, envolvendo as disciplinas de Artes Visuais, Teatro e Música. A Mostra Artística reuniu os alunos das turmas de 7º, 8º e 9º Anos do Ensino Fundamental. Os professores Helquer Paez (Teatro), Ana Maia (Música) e Janaína Feller (Artes Visuais) trabalharam no trimestre as linguagens em unidades temáticas com a proposta de desenvolver nos alunos o senso producente,

7

Projeto do Ceap envolve as disciplinas de Artes Visuais, Teatro e Música

capaz de analisar, dialogar, concluir, discutir questões sociais, políticas e culturais. Além disso, essas linguagens da arte proporcionam momentos reais de aprendizagem em relação

a outras culturas e suas diferenças sociais, ampliando o desenvolvimento de sua criticidade, o que possibilita ao aluno ser também protagonista e criador dessas linguagens artísticas.

Ao Grupo JM, o presidente da Comissão Especial de Trânsito da Câmara Municipal, vereador Jeferson Dalla Rosa (PSB), elogiou a ação da Coordenadoria Municipal de Trânsito de levar informações acerca de um trânsito mais seguro às escolas do município. Na avaliação do edil, Ijuí apresenta um trânsito indisciplinado, onde as pessoas - sejam elas condutoras ou pedestres - demonstram pouca tolerância. "Nos assustamos com o número de acidentes, dentro e fora da cidade, mas se pararmos por 10 minutos no Centro de Ijuí, percebemos como as pessoas são imprudentes. E que este número, na verdade, é pequeno frente ao comportamento demonstrado nas ruas e rodovias", explicou o vereador, que defende a realização de um programa, de curto prazo, para educar as pessoas para o trânsito. Ele cita como mau exemplo o uso de vagas direcionadas a deficientes, por pessoas que não se enquadram nessa condição. "Um programa de educação como este não traria grande impacto financeiro ao município", afirma. Dalla Rosa está organizando um encontro, para os próximos dias, com a Coordenadoria de Trânsito, a fim de debater o Plano de Mobilidade Urbana, que está adormecido, segundo ele. "Nós precisamos avançar para um trânsito mais inteligente. A Coordenadoria tem mais de 70 pedidos

Jeferson Dalla Rosa

de lombadas encaminhados pela Câmara Municipal. Mas, mais do que atender à comunidade, instalando rotatórias e lombadas, é necessário um planejamento. E nós temos uma lei, que precisa ser revisada", afirmou. Na avaliação de Dalla Rosa, enquanto se fala na humanização do trânsito, mais voltada ao pedestre, Ijuí ainda está focada nos condutores e nos veículos. "Acredito que, com planejamento, conseguiremos avançar nos dois sentidos: na mobilidade dos pedestres e dos veículos", afirmou.

Orçamento do CNPQ está sendo resolvido, diz Pontes O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, afirmou que o problema da falta de orçamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) está “sendo resolvido”. O titular da pasta informou que conversou com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e que ele teria dado resposta positiva. “Temos uma questão de orçamento que está sendo resolvida. O ministro Onyx Lorenzoni já deu a sua palavra de que isso vai ser resolvido em setembro, em valores para completar esse orçamento”, afirmou, em cerimônia nesta semana, na sede do ministério para lançar a Câmara Agro 4.0. O CNPq é uma das principais instituições de financiamento da pesquisa no país, que custeia dezenas de milhares de bolsas

para estudantes, pesquisadores e professores. Em entrevistas, o presidente do órgão, João Luiz Filgueira de Azevedo, afirmou que há um déficit de R$ 330 milhões no orçamento da instituição. Segundo Azevedo, o órgão não teria como pagar as bolsas a partir de setembro. O que implicaria no corte dos benefícios para mais de 80 mil pessoas em todo o país, de alunos em programas de iniciação científica a docentes com projetos de pesquisa. Segundo Pontes, o risco da suspensão do pagamento das bolsas ainda existe. Mas o titular do MCTIC afirmou confiar na promessa do ministro da Casa Civil de acréscimo dos recursos. “Tem que ser um crédito novo. O risco existe até termos o número. Mas foi promessa do ministro e eu acredito na palavra dele”, declarou.


8

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

PRÉ-NATAL

País tem campanha de valorização da paternidade Muitos não sabem, mas agosto é o Mês de Valorização da Paternidade. E é neste período que o Ministério da Saúde busca promover o debate acerca do engajamento dos homens no planejamento reprodutivo, no acompanhamento do pré-natal, no momento do parto da parceira e nos cuidados no desenvolvimento da criança. A ideia é chamar a atenção para a "paternidade ativa", que nada mais é do que ser um pai presente em todos os momentos da vida do filho. Comprometido com os cuidados e com o desenvolvimento da criança. Em Ijuí, a inclusão do parceiro na fase do pré-natal da mulher já uma rotina, há alguns anos, segundo a enfermeira do setor de Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde, Maria Celina Freitas. "Quando a mulher descobre que está grávida, e procura a rede pública de saúde, nós já incluímos o parceiro. No momento que ela chega para agendar o pré-natal, nós convocamos o

Maria Celina Freitas

homem para comparecer com ela ao encontro. Se isso não acontece, nós agendamos um momento para que ele possa ir até o serviço", explicou a profissional. Segundo Maria Celina, este

é o momento de preparar o casal para a chegada de uma nova vida, e de "chamar o parceiro para a responsabilidade", lembrando a importância do pai estar presente em todas as consultas, todo o desenvolvimento da gestação e da criança. "Nós realizamos o agendamento e o homem passa por uma consulta, assim como a mulher gestante. Neste momento, conferimos os sinais vitais, a caderneta de vacinação, realizamos testes rápidos - de HIV, sífilis, hepatite B e C - e também passamos algumas orientações de saúde. Não é só a mulher que engravida. É a família. E este é um momento dos dois", reforça a enfermeira. Maria Celina lembra que muitos homens se descobriram hipertensos nesta avaliação. A ação, fomentada pelo Ministério da Saúde, amplia e melhora o acesso e acolhimento dos homens no serviço de saúde; promove a saúde masculina; e conscientiza-o ao cuidado com a própria saúde.

Hospital apresenta nova sala de pré-parto

Sala foi idealizada pelas enfermeiras Karolina Polo e Mariana Alievi

A clínica obstétrica do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) apresentou a nova sala de pré-parto direcionada a gestantes de convênios e particulares. O novo ambiente está equipado, tendo como referência as boas práticas de assistência ao parto e nascimento. A sala de pré-parto foi idealizada pelas coordenadoras do setor, enfermeiras Mariana Alievi e Karolina Polo, com apoio da equipe de médicos obstetras e médicos residentes. A novidade conta também com apoio da diretoria executiva e da gerência de enfermagem da instituição e tem o intuito de proporcionar experiências positivas de parto e nascimento, cumprindo a Política Nacional de Humanização e respeitando o plano de parto individual de cada gestante. A enfermeira Mariana Alievi conta que o espaço é acolhedor e humanizado, focado nas medidas não-farmacológicas de alívio da dor e relaxamento. “A nova sala tem banheira para imersão, banho terapêutico, aromaterapia, cromoterapia, musicoterapia, massagem relaxante com óleos aromáticos, bolas suíças e espaldar para exercícios pélvicos. Para melhor acomodação da gestante e acompanhantes, tem ainda poltrona de amamentação, smart TV, e frigobar”, explica a enfermeira.

A depressão é totalmente tratável

Conversa com especialista na Unimed Noroeste abordou sintomas e tratamentos

Estudos recentes mostram que, a partir de 2020, a depressão vai ser a causa mais frequente de incapacidade nos países subdesenvolvidos, como o Brasil. Este dado foi apresentado pela médica da Família e Comunidade, Martha Fonseca da Silva e Silva, durante bate-papo com pacientes da Unimed Noroeste/ RS. Preocupada não apenas com a saúde física, mas também mental, a cooperativa levou o assunto aos participantes dos grupos operativos Qualidade de Vida e Bem-Estar. A atividade ocorreu na quarta-feira, no auditório do setor de Medicina Preventiva. A médica abordou alguns pontos importantes que devem ser observados em si ou em pessoas próximas. A mudança nos prazeres e no autocuidado são alguns deles. “O diagnóstico da depressão vai depender do estilo de vida e do comportamento de cada pessoa. A partir das mudanças nestes aspectos, e também sintomas como ansiedade e insônia, é que poderá saber se de fato é depressão ou apenas um momento

de tristeza”, ressalta Martha. A profissional explica ainda que a depressão e a insônia são situações que muitas vezes acontecem correlacionadas, por isso é preciso estar atento. Em caso de automedicação, esta deve ser comunicada ao médico, pois há medicamentos que podem ser causadores de depressão. “Considerando que esta é uma patologia totalmente tratável, é importante que as pessoas falem o que sentem, pois o problema será maior se a depressão não for diagnosticada, podendo virar crônica”, alerta a médica. É indispensável o acompanhamento de um profissional para tratar a doença. Terapia aliada aos medicamentos é muito importante para que a pessoa possa entender o que lhe causou a depressão. Além das orientações da médica, que é integrante da equipe multidisciplinar de Medicina Preventiva, o encontro também foi um espaço para troca de experiências entre os pacientes.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

9

REDES SOCIAIS

Uso abusivo aumenta depressão entre jovens O

uso de redes sociais por adolescentes não tem preocupado apenas os pais, mas profissionais da área da Saúde. E não é à toa: uma pesquisa realizada pela instituição de saúde pública do Reino Unido, Royal Society for Public Health, em parceria com o Movimento de Saúde Jovem, mostra que as redes sociais são mais viciantes que álcool e cigarro. Os resultados mostram que 90% das pessoas entre 14 e 24 anos usam estas plataformas mais do que qualquer outro grupo etário, o que as torna ainda mais vulneráveis a seus efeitos colaterais. Ao mesmo tempo, as taxas de ansiedade e depressão nessa parcela da população aumentaram 70% nos últimos 25 anos. "Estamos numa época de influencers, de publicidade via redes sociais, e acaba que temos nestes espaços uma realidade construída. Muitas vezes o adolescente, ao ver o perfil de uma pessoa com uma vida aparentemente perfeita, acaba desenvolvendo expectativas irreais. É como se a sua vida não correspondesse, não fosse igual, não estivesse nos mesmos parâmetros, seja de realização financeira ou de imagem", explicou a neuropsicóloga Márcia Baiocchi Amaral. Mais do que sentirem-se frustrados por não ter uma vida como a de outras pessoas, a exemplo dos influenciadores, os jovens também acabam dependentes dos 'likes', conforme observa a profissional. "É ativado o sistema de recompensa cerebral. E se eu não tenho aquele like, eu não me sinto satisfeito", explica Márcia. Não é à toa que o Instragram foi avaliado como a rede social mais prejudical à mente dos jovens, conforme a pesquisa mencionada. E para combater o clima de competição dentro da rede, focando no conteúdo - conforme nota divulgada pela própria empresa - decidiuse ocultar o número de curtidas nas postagens de todos os

Márcia Amaral, neuropsicóloga: é necessário moderação

perfis do Instagram. Medida avaliada de forma positiva pela neuropsicóloga. "Autoridades de saúde já haviam recomendado essa medida, e também recomendado que as redes sociais colocassem avisos sobre o uso nocivo. A contagem gerava uma competitividade entre os usuários. O Instagram

é a rede que mais impacta negativamente na saúde mental, muito em razão das imagens perfeitas. Pesquisas também mostram que seu uso impacta no sono, na autoimagem, no medo de ficar por fora dos acontecimentos", disse. Segundo Márcia, o ideal é que adolescentes ou adultos fiquem até 2 horas em contato com tecnologias. Mas há estudos que mostram que o tempo médio, gasto em redes sociais, é de 137 minutos por dia - sem contar o uso do WhatsApp. "O contato com as redes acaba gerando a diminuição dos contatos sociais. A gente vai deixando de fazer outras atividades, vai perdendo a produtividade no estudo, no trabalho." Os pais precisam estar atentos ao período que o adolescente permanece utilizando o smartphone, o computador, e precisam estar atentos a alguns sinais, que mostram que o jovem não está bem. "A pessoa começa a apresentar dificuldade de concentração, não consegue se manter focado nos estudos, fica interrompendo o trabalho, deixa de ter interesse em atividades, em sair com amigos. Há estudos que mostram que jovens americanos já estão até perdendo o interesse em namorar. Preferem ficar em frente a uma tela", destacou Márcia, reforçando que as redes sociais prejudicam as habilidades sociais. Márcia diz que o aumento no número de casos de depressão, ansiedade e automutilação entre jovens é perceptível nos consultórios e no sistema público de saúde. "As pesquisas mostram isso e a prática clínica também. A internet, as redes sociais, vieram para ficar. Não vamos banir, não podemos proibir o uso. Mas é necessário ter moderação, e não tirar o tempo de atividades essenciais de lazer, ao ar livre, de estudo, para permanecer no ambiente virtual."


10

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

TRIBUTOS

ST definitiva é defendida pela Receita Estadual

O subsecretário da uma emenda constitucioReceita Estadual Ricarnal que resgate a definido Neves detalhou as tividade e atualização reais possibilidades de permanente das margens. alteração na substituição O projeto estadual terá tributária durante reunião uma solução setorial em na Fecomércio-RS, nesta que as empresas poderão semana. optar pela substituição tributária. Para isso, será Questionado pelo prenecessário um número sidente da Federação, mínimo de empresas Luiz Carlos Bohn, Neves do setor optando pela entende que a ST foi definitividade, conforme ressignificada a partir da previsto em convênio decisão do STF. “Para nos pelo Confaz. A empresa adaptarmos a essa decique não optar terá que são, o modelo desenhado seguir fazendo o ajuste pela equipe da Receita foi da ST, complementando feito de maneira para ser Encontro na Fecomércio debateu possibilidades ou restituindo o imposto. o mais simples possível. Bohn aproveitou o momento São duas apurações dentro da deveríamos resgatar a plenitude mesma guia, com antecipação e definitividade da ST em nosso de construção dessa pauta para do crédito do estoque”, disse o Estado”, disse. Ele ainda desta- reforçar que o modelo opcional subsecretário. cou que na próxima semana o já havia sido sugerido pela FeEle destaca que é quase R$ 1 segmento de combustíveis terá deração, e que atende aos embilhão creditado pelas empresas uma nova normativa possibili- presários. “Podemos melhorar que agora está sendo apurado. tando a opção pela definitividade o ambiente de negócios. Este é o meu compromisso com vocês “Temos o pagamento do comple- da ST neste grupo. mento como algo sem volta. Ou Neves ainda pediu apoio para “, afirmou Neves.

Economia opera abaixo da capacidade Dados divulgados pelo Banco Central apontam que a economia opera abaixo da capacidade em todo o Brasil. Segundo o Boletim Regional, o nível da atividade econômica no Norte recuou, no trimestre encerrado em maio, por conta do fraco desempenho da indústria extrativa no Pará e parcialmente compensado pelo comércio regional e pela produção do Polo Industrial de Manaus. De acordo com o Banco Central, a evolução dos principais indicadores econômicos da região Sul reforça o processo de acomodação da atividade no primeiro semestre do ano, em linha com a trajetória

Transparência é neste governo, afirma diretor

Eduardo Rios Neto, diretor de Pesquisas do IBGE

observada no País. Segundo o economista Ciro Almeida, são as reformas estruturais, unidas entre si, que vão fazer com que com que o Brasil cresça economicamente. No que se refere ao mercado de trabalho, o emprego com carteira assinada dá sinais de abatimento no ritmo de expansão. Por outro lado, o recuo da taxa de desocupação e a expansão da massa de rendimentos sugerem a ampliação da demanda nos próximos trimestres, que deverá ser ampliada pela liberação de recursos das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O diretor de Pesquisas do IBGE, Eduardo Rios Neto, rebateu críticas de que faltou democracia nas mudanças no questionário do Censo 2020 e elogiou a relação do atual governo federal com o instituto. “Temos que falar a verdade: transparência é agora”, afirmou, citando como exemplo a obtenção, pelo IBGE, de dados do CadÚnico (cadastro de beneficiários de programas sociais) e bases da Receita Federal. “A gente teve quatro anos de gestão de uma linha política [governo petista] que desenvolveu o CadÚnico, e merece elogios por isso, mas não o disponibilizava. Tinha dono. Hoje, pela primeira vez, a gente tem acesso”, afirmou. Segundo Rios Neto, o IBGE trabalha para parear dados do instituto com os coletados em registros administrativos, como o CadÚnico, e torná-los públicos, garantindo o sigilo das informações individuais. "Não é só o professor pesquisador que vai ter acesso, numa sala especial para manter o sigilo. Qualquer aluno de mestrado vai poder usar”, afirmou, ontem. Ele também disse que o principal objetivo da redução no questionário se deve a procura por maior cobertura e qualidade nos dados.

Desigualdade de renda no País chega ao 17° trimestre consecutivo de alta Pesquisa da FGV Social, feita com base em dados da Pnad Contínua do IBGE, revela que a desigualdade de renda no Brasil aumentou no 2º trimestre de 2019. Com o resultado, o indicador chegou ao 17º trimestre consecutivo de alta, o que representa o ciclo mais longo já registrado no País. De acordo com o balanço, entre 2014 e 2019, a renda do trabalho da metade mais pobre da população caiu 17,1%. Por outro lado, a renda dos 1% mais rico subiu 10,11% no mesmo período. Já a renda da parcela dos brasileiros considerados de classe média recuou 4,16%. A redução da renda média atingiu com mais intensidade os jovens com idade entre 20 e 24 anos, com 17,16%. Entre os analfabetos foi registrada uma diminuição de 15,16%. Os moradores da região Norte notaram uma queda de 13,08%, enquanto os do Nordeste de 7,55%. Entre os principais motivos apontados para o aumento da desigualdade de renda estão a desaceleração econômica e o desemprego.

Banco privado poderá gerir depósitos judiciais

Governo diz que faz milagre para sobreviver

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai permitir que os tribunais do País contratem bancos privados para administrar os depósitos judiciais. Hoje esses valores - estimados em mais de R$ 500 bilhões - ficam somente com as instituições públicas. O Banco do Brasil recebe a quantia decorrente dos processos em andamento na Justiça Estadual e a Caixa de tribunais regionais.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem que o Brasil está sem dinheiro e que seu governo está fazendo um milagre para sobrevivência do País. O governo passa por uma compressão sem precedentes no Orçamento federal, ameaçando a paralisia de programas de ministérios nos próximos meses por falta de dinheiro. Segundo ele, o Exército reduzirá sua carga horária.

500

É o valor em milhões de reais que o Brasil negocia com o Brics. O valor será repassado a prefeituras do País para obras de saneamento, tratamento de resíduos e energias renováveis.

Caixa estima reduzir juros da casa própria A Caixa Econômica Federal vai reduzir os juros da compra da casa própria na nova modalidade de crédito imobiliário, corrigido pelo IPCA, índice oficial de inflação, a ser lançado na próxima terça-feira. Mas, na avaliação da economista Ana Maria Castelo, coordenadora de Projetos da Construção na Fundação Getulio Vargas/IBRE, a troca da TR pelo IPCA como indexador dos financiamentos aumenta o risco de inadimplência, o que pode manter os investidores longe deste mercado.

Pagamentos de cotas começam na segunda

Preço médio dos combustíveis avança

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil vão começar a pagar na segunda-feira os recursos das cotas do PIS/Pasep. Mas nem todos os trabalhadores irão receber esse dinheiro: somente terá valor a resgatar quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada entre 1971 e 4 de outubro de 1988 e ainda não sacou a quantia (no caso do PIS). O mesmo vale para quem atuou como servidor público ou militar no período (no caso do Pasep). As cotas são diferentes do abono.

Os preços médios dos combustíveis avançaram nos postos nesta semana, com a gasolina e o diesel voltando a subir após terem interrompido uma série de recuos na semana anterior, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A cotação média do diesel fechou a semana a R$ 3,525 por litro, alta de 0,03%. Foi o segundo aumento consecutivo, depois de uma sequência anterior de três semanas de baixa.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

INTERNET

Divergências ameaçam plano de unificar tributos

Acordo de cooperação técnica foi assinado pela ministra Tereza Cristina e pelo ministro Marcos Pontes

Ministérios irão reforçar conectividade no campo

Os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações lançaram, na quinta-feira, a Câmara do Agro 4.0. Resultado de um acordo de cooperação técnica entre as duas pastas, a iniciativa vai ampliar a conectividade no campo e estabelecer ações para que o Brasil seja um exportador de soluções de internet das coisas com aplicação no agronegócio. Durante a assinatura da parceria, a ministra Tereza Cristina destacou a importância da cooperação para o Brasil produzir mais com sustentabilidade, sem precisar ampliar a área plantada.

Ela também destacou que os pequenos produtores estão entre as prioridades da iniciativa. “Eles precisam de muito apoio em inovação, ciência e tecnologia. Queremos levar tecnologia [ao campo] e colocá-los na roda produtiva.” A Câmara 4.0 é parte do Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT.BR), lançado em junho. Os trabalhos serão conecentrados para levar conectividade às propriedades rurais de todo País. “Além disso, vamos estimular a internet das coisas, para ser aplicada dentro das propriedades em diversas modalidades, desde coleta de dados até a melhoria

do solo, passando pela aplicação de defensivos de forma muito precisa”, garantiu o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. Internet das Coisas é o nome dado à rede de objetos que se comunicam e interagem de forma autonôma, via internet. “Tem muita coisa para ser trabalhada para melhorar a conectividade no campo. Hoje, o Brasil tem algo em torno de 90 mil torres de conectividade na área urbana. Os Estados Unidos têm cinco vezes esse número, algo em torno de 500 mil torres”, comentou o diretor de Inovação para Agropecuária do Mapa Luís Cláudio França.

Famurs debate cadeia produtiva do leite O presidente da Famurs e prefeito de Palmeira das Missões, Dudu Freire, reuniu-se com o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag-RS) e do Instituto Gaúcho do Leite (IGL), Carlos Joel da Silva. Durante a reunião, que contou com a presença de colaboradores da entidade e da diretoria do IGL, foram debatidas alternativas para o desenvolvimento da cadeia produtiva do leite no Estado do RS. Uma das possibilidades levantadas é a parceria das entidades para a realização de seminários regionais para a discussão do futuro do leite no Estado. Questões como preço para o produtor; qualidade do leite;

11

Presidente da Famurs recebe representes da Fetag e do Instituto do Leite

sanidade; mercado; tributação; e o apoio ao produtor rural também foram debatidas durante o encontro. A reunião teve também

o objetivo de criar um ambiente de discussão, aproximando a cadeia produtiva e o poder público em prol da qualificação do leite.

Divergências entre União, Estados e municípios ameaçam o plano de unificar os cinco tributos sobre bens e serviços da reforma Tributária que tramita na Câmara. Entre os principais entraves estão a sugestão de governadores de excluir o governo federal do comitê que irá gerir o novo imposto e a tentativa dos prefeitos de aumentar sua parcela no bolo tributário. O governo federal diz que as exigências de Estados e municípios inviabilizam a reforma e prefere tratar dos tributos federais separadamente. O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que vai enviar à Câmara uma proposta para unificar apenas tributos federais sobre bens e serviços, mas deixando a possibilidade de que outros entes possam aderir ao modelo. Seria o modelo de IVA (Imposto sobre Valor Agregado) ou IBS (Imposto sobre Bens e Serviços) dual, segundo ele, adotado com sucesso no Canadá. "A União não manda nos estados. Se todos quiserem um IVA, até os municípios, ok. Senão, a gente faz a nossa parte. Quem quiser vem junto." Guedes disse que os estados que podem perder com a unificação devem ter a liberdade de manter suas regras e benefícios tributários. "Quem é liberal não fica preocupado com guerra fiscal. Eu chamo de liberdade fiscal", afirmou. Os estados querem manter a Glademir Aroldi União de fora do comitê gestor do novo tributo. Dessa forma, o governo federal apenas receberia sua parte da arrecadação, mas não teria assento no colegiado que também será responsável pela fiscalização e interpretação das normas. A Receita Federal considera essa questão inaceitável. A CNM (Confederação Nacional de Municípios) também quer alterar a proposta da Câmara, para aumentar a fatia das prefeituras. Algumas emendas elaboradas pela entidade se referem a tributos que não estão incluídos na PEC 45. Os municípios querem, por exemplo, obrigar a União a compartilhar a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e também todos os tributos que vierem a ser criados pelo governo federal."Concordamos com esse imposto único [sobre bens e serviços], mas estamos apoiando uma proposta em que os municípios possam ter uma maior participação no bolo tributário", afirma o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Prorrogação do custeio traz fôlego aos produtores O Conselho Monetário Nacional autorizou a prorrogação dos financiamentos de custeio de arrozeiros. Pela resolução, parcelas vencidas e por vencer em julho e agosto poderão ser pagas em até três vezes, a partir de outubro. A medida era aguardada com expectativa pelo setor. "É importante porque tira a pressão de venda neste momento complicado. E dá tempo para que possamos avançar em medidas estruturais necessárias e solução para endividamento dos produtores", avalia Alexandre Velho, presidente da Federação das Associações de Arrozeiros (Federarroz-RS). Ficaram de fora, no entanto, as solicitações para que as linhas de investimento, comerciali-

zação e dívidas de produtores de soja em áreas afetadas por enchentes também tivessem postergação do vencimento das parcelas. "Acho que, sem dúvida, a prorrogação autorizada ajuda, mas deixou de fora questões que são extremamente importantes", reforça Antônio da Luz, economista-chefe da Federação da Agricultura do RS (Farsul). A crise do setor se consolidou neste ano com fatores como o elevado custo de produção e queda acentuada da produtividade por conta das enchentes na Fronteira Oeste e Campanha, que representam mais de 30% da área plantada. A produção gaúcha encolheu quase 1 milhão de toneladas.


12

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

ENERGIA

Demei amplia trabalho na detecção de fraudes

Desde 22 de julho, está em vigor o reajuste de - 9,18% na tarifa de energia elétrica para consumidores do Demei. Na prática, o consumidor sentirá o impacto desta redução na leitura do final de agosto, início de setembro. Entretanto, segundo o diretor-presidente do Demei, Rubem Härter, nas leituras realizadas já é possível observar uma diminuição na fatura de muitos consumidores. Ainda de acordo com ele, esse reajuste já está com tributos descontados. "É o preço final. Na verdade, se não tivéssemos ido a leilão, haveria um acréscimo de 9,44%. Então, se olharmos o total, a vantagem que o consumidor teve com esse

processo, dá em torno de 20%", avalia. "Outras concessionárias que não entraram no sistema, tiveram uma elevação significativa." Além disso, essa redução será benéfica à economia local, uma vez que, dentro de um faturamento próximo de R$ 10 milhões, quase R$ 1 milhão deixará de ir para os cofres do Demei, e ficará no orçamento das famílias, girando no comércio. "A energia é algo essencial, essa fatura precisa ser paga, se não fica sem o fornecimento. É um custo que as famílias têm e que não dá para escapar, então, quanto menor for esse custo, mais a sociedade é beneficiada como um todo, e o dinheiro circula em

Diretor-presidente do Demei, Rubem Härter antecipa investimentos

outras coisas, que também são necessárias." Para 2020, o Demei trabalha no combate à inadimplência e fraudes com intuito de manter as tarifas reduzidas. Para isso, a autarquia investe em tecnologia e qualificação de pessoal, a fim de identificar casos de fraudes. "Quando há fraudes, todos pagam essa parcela depois, então, quanto menor for os gatos, menores serão as tarifas." Härter não tem a dimensão das fraudes em números, mas antecipa que equipamentos estão sendo comprados, com condições de detectar alterações. Entretanto, a melhor forma de combate, ainda é a denúncia, afirma. "Na verdade, isso será equacionado totalmente quando conseguirmos implementar a telemetria. Já temos 70% da cidade com a fibra instalada, e o próximo passo será fazer com que cada unidade consumidora e cada transformador tenha em tempo real o controle de dentro do Demei. É um investimento caro, que ainda levará um tempo. As concessionárias em todo o País irão trabalhar neste sentido, até porque no futuro, teremos portabilidade total na energia, energia pré-paga, e tudo isso requer esses investimentos em medidores inteligentes, muito investimento na área de informática, para ter esses controles muito claros. Mas, até lá, nosso maior aliado é o próprio consumidor, realizando denúncias."

Especialista avalia dados de desmatamento O desmatamento da Amazônia aumentou 15% no acumulado de agosto de 2018 a julho de 2019 em comparação com total registrado nos 12 meses anteriores. Os dados são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), que não é ligado ao governo. A área desmatada nos últimos 12 meses chegou

a 5.054 km². "A Ciência tem apontado que as florestas em pé significam riqueza, e não esse entrave às questões de progresso e desenvolvimento, como aqueles que são a favor do desmatamento estão colocando. Temos muita clareza da dependência do Brasil e do resto do mundo em relação, por exemplo, à manutenção da floresta

amazônica em pé, desde a questão da regulamentação do clima, e a Ciência mostra a necessidade de que aquela floresta se mantenha, e seja, inclusive, recuperada, porque já chegamos a alguns locais da floresta com desmatamento bastante avançado e isso tem influenciado em outras regiões", comenta a presidente do Fórum da Agenda 21 e da Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan), Francesca Ferreira. A professora contesta também a justificativa de que há necessidade de aumentar a produção de grãos para acabar com a fome. "Temos dados da própria FAO, que são baseados em dados oficiais de todos os países, de que a produção de alimentos já é maior do que a demanda. Então, desde 2010, aproximadamente, já temos um superávit capaz de alimentar em torno de 12 bilhões de habitantes, e ainda não chegamos a 8 bilhões de habitantes na Terra."

Ijuí tem 1º laboratório de análise de azeite do País

Presidente da Argos, Guajará de Oliveira faz demonstração da análise

O 1º Painel de Análise Sensorial de Azeite de Oliva do Brasil foi inaugurado ontem, em Ijuí, pela Associação Riograndense de Olivicultores (Argos), por meio do qual, os azeites serão classificados de acordo com as categorias estabelecidas pelo Conselho Oleícola Internacional (COI). É um dos 100 laboratórios de análises da América Latina, e um dos 80 do mundo, credenciados pelo COI. "É muito importante porque dará segurança para quem consome azeite. Aquele estabelecimento que possuir o certificado emitido pelo painel da Argos terá garantia absoluta de que aquele azeite é de qualidade", comenta o presidente da Argos, Guajará de Oliveira. "É uma questão muito séria, porque nos mercados, os azeites estão com rótulos extra virgem, e na prática, muitos deles são virgens, ou até mesmo inferiores." Segundo ele, hoje, os azeites são avaliados somente por análise química, o que aponta os parâmetros dos elementos que existem

no azeite, mas isso, conforme Guajará, não significa que aquele azeite não tenha, sensorialmente, algum defeito e, portanto, não poderia ser considerado extra virgem. "Todos aqueles atributos que a pessoa está buscando no alimento para sua saúde, ela não terá, porque o azeite está com uma qualidade inferior em relação ao rótulo. Esse, simplificando, será todo o trabalho que iremos fazer." Azeites de oliva comercializados em qualquer parte do País poderão passar por análise sensorial no laboratório de Ijuí e receber a certificação. "Como somos credenciados pelo COI, esse certificado tem validade internacional. Então, avaliamos qualquer azeite, que venha de exterior também", frisa Guajará. "É um trabalho que coloca Ijuí na rota da olivicultura e do azeite, porque hoje, temos aqui no município, os maiores especialistas em análise sensorial de azeite do Brasil. Está tudo concentrado aqui. São pessoas que vêm treinando há mais de um ano."

Adesão ao Susaf ampliará mercado consumidor O poder Executivo, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR), começa concentra esforços no processo de adesão do Município de Ijuí ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf). A decisão foi tomada nesta semana, em reunião envolvendo o prefeito Valdir Heck, o titular da SMDR, e vice-prefeito, Valdir Zardin, e o médico veterinário, Adriano Lorenzoni. “Para que os municípios obtenham, de forma voluntária a adesão a este Sistema, é necessária a comprovação da equivalência junto à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural dos seus processos e procedimentos de inspeção e fiscalização", explica Lorenzoni. O principal impacto dessa medida, segundo o médico veterinário, é a ampliação do mercado para as agroindústrias de Ijuí, interessadas em comercializar seus produtos para a região. “Esse encaminhamento está sendo realizado agora, porque o Executivo está sendo demando pelas empresas que estão demonstrando interesse em ganhar mais mercado fora do município, mas todo o processo de adesão leva certo tempo até ser concluído”, pontua. Das agroindústrias registradas no Serviço de Inspeção Municipal (SIM), três já demonstraram interesse em aderir ao Susaf, segundo Lorenzoni, com objetivo de ampliar seus mercados e, consequentemente, aumentar a geração de renda em suas propriedades rurais.


Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 17 E 18 DE AGOSTO DE 2019

13

SAÚDE

Hospitais buscam aumento de repasses federais De terça a quinta-feira, foi realizado em Brasília o 29º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. E como costumeiramente acontece, no segundo dia do evento foi realizado um Café da Manhã com deputados e senadores, de diversos estados, a fim de apresentar as demandas das instituições hospitalares. “Uma das principais pautas, em âmbito nacional, é a busca pela recomposição de recursos para custeio dos nossos hospitais. Trata-se de um pleito antigo, que gera um dos problemas mais crônicos em nossos caixas. Todos sabem, há uma falta de atualização da tabela do Sistema Único de Saúde e o governo federal, ao longo dos últimos anos, não tem realizado reajustes de forma programada, planejada. Muito pelo contrário, isso tem sido feito de forma bastante pontual, de um ou outro procedimento. E isso, obviamente, não atende aos interesses e às necessidades dos segmentos, do setor”, explicou ao Grupo JM o presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul, André Lagemann. Ele explica que, há muitos anos, o governo federal tem realizado repasses aos hospitais, através de incentivos. E agora,

Direção da Federação se reuniu com parlamentares e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

busca-se uma atualização destes valores, “partindo do princípio que há um novo governo”. “Temos dialogado com a equipe econômica, com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para buscar justamente alguma forma de remanejo de recursos, dentro do Executivo Federal, para que possamos ter um novo recurso para custeio. Nosso pedido, enquanto Confederação das Misericórdias do Brasil, da qual a Federação gaúcha faz parte, é de uma recomposição de R$ 3,5 bilhões, para as 2.100 santas

casas e hospitais filantrópicos do Brasil”, reforçou Lagemann, lembrando que, a partir de agora, os gestores estarão monitorando as ações do governo, a fim de verificar se será possível atingir ou chegar próximo do pleito apresentado. Acompanhada de parlamentares gaúchos, a direção da Federação também esteve reunida, na quarta-feira, com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para entrega de um pedido que trata da ampliação do Teto de Média e Alta Complexidade (MAC).

Atualmente, o governo do Estado destina mensalmente entre R$ 16 milhões e R$ 17 milhões para cobrir o que falta no chamado Teto MAC, recurso que seria de responsabilidade do governo Federal. Os recursos referem-se a serviços contratados pela Secretaria da Saúde junto a hospitais, mas que ainda não foram habilitados pelo Ministério da Saúde. Segundo Lagemann, "sem essa habilitação, o custeio desses serviços hospitalares é pago pelo Estado. Nosso pedido é por uma atualização desse teto, fazendo com que tenhamos essa habilitação e que, assim, o recurso venha do governo federal. Isso, não só aliviaria um gasto para o governo gaúcho, como também daria ao gestor do hospital uma maior tranquilidade no equilíbrio das contas”, complementa.


14

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

JUSTIÇA

Ministério Público ajuíza ação contra congelamento de gastos O procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, ingressou ontem com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020. A lei foi sancionada pelo governo do Rio Grande do Sul no dia 30 de julho, foi aprovada pela Assembleia Legislativa. A Procuradoria-Geral do Estado informou que o ajuizamento da ação está sendo analisado e vai se manifestar no prazo legal. O projeto do Executivo prevê um déficit de R$ 4,3 bilhões com o congelamento de gastos para todos os poderes. De acordo com o Ministério Público, a ação está fundamentada em um estudo da assessoria jurídica da instituição, que confirmou o que já havia sido dito aos deputados durante a tramitação do projeto. "O estabelecimento de um percentual de reajuste de 0% na LDO, inviabilizando qualquer nova discussão sobre o tema durante a tramitação Lei Orçamentária, se afigura inconstitucional, uma vez que implica em redução da parcela orçamentária sem que haja, ao menos, possibilidade de novo debate visando acordo com membros dos Poderes e das instituições autônomas", afirma Dallazen. Após a publicação da lei, o

MP informou que recebeu representações de entidades de classe que alegaram inconstitucionalidade da LDO. “A jurisprudência é bastante clara nesse caso, pois fica evidente que a referida lei fere a autonomia administrativa e financeira das instituições, constitucionalmente protegida. Isso foi desrespeitado na forma como o projeto foi concebido, enviado e votado na Assembleia Legislativa”, acrescenta o procuradorgeral de Justiça. Dallazen disse ter convicção de que a Ação Direta de Inconstitucionalidade será julgada procedente, possibilitando a reabertura desta discussão durante a tramitação da Lei Orçamentária. O presidente do Tribunal de Justiça se manifestou sobre o tema, classificando o congelamento total do orçamento como inaceitável. "O Judiciário é um prestador de serviços, atende as mais diferentes demandas da população e deve sempre exercer sua atividade com a maior independência possível. Por isso, redução e congelamento do orçamento é algo inaceitável". A declaração do desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, ocorreu na abertura do XIII Congresso Estadual de Magistrados, na última quarta-feira.

Busnello cobra melhorias no bairro Osvaldo Aranha Moradores e empresários do Osvaldo Aranha, em Ijuí, estão sofrendo com a falta de infraestrutura no bairro. Ruas esburacadas, acúmulo de água e diversos outros problemas fazem parte da rotina de quem mora no local. Um exemplo é a Rua Carlos Gomes, onde buracos enormes comprometem a segurança de pedestres e condutores de veículos. Na última quinta-feira, o vereador César Busnello (PSB) esteve reunido com alguns empresários. "É lamentável, mais um descaso por parte do poder público local com antigas demandas, que precisam de uma atenção maior por parte do Executivo. Aqui na Rua Carlos Gomes, onde tem várias empresas estabelecidas, a reclamação é o descaso e o desleixo, onde os próprios moradores tiveram que

fazer uma intervenção paliativa, mas eles não têm todos os instrumentos para fazer um serviço a contento", disse Busnello. De acordo o vereador, os moradores e empresários já realizaram vários pedidos para o Executivo, mas até o momento nenhuma providência foi tomada. "Essas pessoas estão pedindo socorro ao Executivo, já fizeram inúmeras solicitações por email, pessoalmente, até que me procuraram para fazer um encontro. E eles querem uma solução. Eles querem que o Executivo tome uma medida de enfrentamento desse problema. Isso aqui não é aceitável, que uma rua esteja tão abandonada." Durante a entrevista, Busnello criticou a Secretaria de Desenvolvimento, Obras e Trânsito devido a demora para providenciar a melhoria na rua do bairro Osvaldo Aranha.

Procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen ingressou ontem com ação

A Lei de Diretrizes Orçamentárias sancionada não prevê aumento de gastos, seja em custeio ou em investimentos. Conforme o governo, não há "receitas fictícias como em outros exercícios" contemplados na lei. A receita total será de R$ 62,1 bilhões, e a despesa, de R$ 66,4 bilhões, restando déficit de R$ 4,3 bilhões. Considerando despesas como as transferências constitucionais aos municípios e outros, o orçamento será reduzido a R$ 44,7

bilhões. Em outros anos, havia, pelo menos, uma suplementação para cobrir o crescimento automático das folhas de pagamentos do Judiciário, Legislativo, Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas – o que não é previsto na proposta aprovada no mês passado. A lei foi aprovada pela Assembleia Legislativa em 9 de julho, com 37 votos favoráveis e 13 contrários.

Cossetin apresenta proposta para iluminação pública O vereador Andrei Cossetin (Progressistas) apresentou na última sessão legislativa, uma proposta para solucionar a deficiente iluminação pública no munícipio. De acordo com o parlamentar, a ideia seria uma Parceria Público Privada (PPP), onde a empresa vencedora da licitação teria a responsabilidade total pela iluminação das ruas, recebendo os valores pagos por todos os consumidores por meio da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), já existente nas contas de energia elétrica. “Este tipo de PPP já existe em vários lugares do mundo e Ijuí precisa se modernizar e solucionar problemas históricos. A população não suporta telefonar para o Demei e ser informada que, pra a troca de lâmpadas deve procurar a prefeitura e, depois ligar para a prefeitura e ouvir que o Demei é o responsável.” Em seu pronunciamento, o progressista reiterou que a CIP

Andrei Cossetin

não terá aumento. “Ao trocar as lâmpadas antigas por lâmpadas LED mais econômicas e desligar a iluminação que fica ligada durante o dia os gastos diminuem e a empresa tem o lucro pelo serviço.”

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

A AMAZÔNIA É NOSSA Esta semana, Sua Santidade o Papa fez um apelo para que os líderes do mundo salvassem a Amazônia. Perdão, Santidade, mas quando estouraram os escândalos do Banco do Vaticano ou da pedofilia, não ouvi nenhum líder brasileiro pedindo que o mundo salvasse a Santa Sé. Há quase um ano, achei bom que o Papa da vizinha Argentina não tivesse feito nenhuma manifestação quando o líder na campanha presidencial brasileira foi esfaqueado para morrer. Afinal, o Vaticano nada tem a ver com a política brasileira. Mas agora vão fazer por lá em outubro, um Sínodo para a Amazônia, cujo relator é o arcebispo de São Paulo, Dom Claudio Hummes. Vão tratar da amazônia brasileira, que é brasileira; e de suas populações, que são brasileiras - num território estrangeiro, tal como faziam os impérios espanhol e português, ao nos colonizarem. Dois cardeais alemães discordam de Roma a respeito desse Sínodo. O ex-prefeito emérito da Congregação da Doutrina da Fé, Dom Gerhald Muller e o cardeal de 90 anos, Dom Walter Brundenmuller alegam que a carta com princípios do Sínodo é herética, estúpida e apóstasa. Não chega às 95 teses de Lutero nas portas da igreja de Wittenberg, há mais de 500 anos, mas é um aviso. Problemas internos na Igreja, mas problemas maiores com o Brasil. Da Alemanha também nos chega a informação de que o governo pode suspender 35 milhões de euros que seriam destinados a projetos contra o desmatamento da Amazônia. O dinheiro alemão, como de outros europeus, iria para ONGS que têm estabelecido territórios autônomos na Amazônia brasileira, onde já impediram a entrada de general brasileiro. Como passou o tempo de governos mais preocupados em garantir dinheiro para permanecer no poder, estamos descobrindo agora de quem é a Amazônia. A riqueza do solo e do sub-solo é nossa e de mais ninguém. E a conquistamos a despeito do Tratado de Tordesilhas, não é, Pedro Teixeira? E depois de Tordesilhas, não é Plácido de Castro, não é José Maria da Silva Paranhos Jr? E agora vem um argentino nos dizer que líderes do mundo precisam “salvar” a Amazônia? O General Villas Boas, consagrado esta semana no Senado como nosso herói contemporâneo, tuitou a coincidência de a cobiça recrudescer depois de anunciado o acordo entre Mercosul e União Européia. Teria sido também coincidência o anúncio de suposto desmatamento por parte do então diretor do INPE? Na homenagem a Villas Boas no Senado, ocupou a tribuna o líder do MDB, Senador Márcio Bittar, do Acre que, repetindo Plácido de Castro, lembrou que essa terra é nossa. Não temos que receber lições de ninguém. E nem é preciso discutir o mérito, porque nossa Soberania está acima de qualquer julgamento. Que toda essa cobiça insistente sirva para que pensemos sobre o bordão “sabendo usar não vai faltar”. A Amazônia, porque é nossa, é nossa responsabilidade. Significativamente, o Vice-Presidente da República, General Mourão, encerrou seu discurso de saudação a Villas Boas com o grito de SELVA!


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

15

PRIVATIZAÇÃO

Leite assina convênio para venda da CEEE O governo do Rio Grande do Sul deu na tarde de ontem mais um passo para a venda da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) e da Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT), com a assinatura do contrato de assistência técnica para privatização da empresa. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) será o responsável pela criação de um modelo comercialização da estatal, que impossibilita uma concessão, isto é, uma transferência temporária dos direitos de receita e manutenção. No texto, estarão incluídos a estratégia de venda e a interlocução com os investidores, a ser feita totalmente pela agência de investimento. O calendário para entrega desses estudos ainda será definido. As demais empresas autorizadas a serem vendidas, Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás) e Companhia Riograndense de Mineração (CRM)

Governador Eduardo Leite esteve reunido com Gustavo Montezano, do BNDES

também estarão neste mesmo escopo de análise. Os contratos serão assinados em breve, conforme o secretário estadual da Fazenda, Marco Aurelio Santos Cardoso. "A efetiva data para a realização da venda vai depender do mercado. A estimativa é que seja ao longo

de 2020", disse Cardoso. O Piratini obteve aval da Assembleia para as privatizações no primeiro semestre deste ano. Entre os temas da modelagem a ser orquestrada pelo BNDES, está uma resolução para o passivo trabalhista da CEEE.

Brasil pode sair do Mercosul, diz Bolsonaro O presidente Jair Bolsonaro concordou ontem com a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que caso o candidato da oposição, Alberto Fernández, vença as eleições presidenciais na Argentina e apresente resistência à abertura econômica do Mercosul, o Brasil deixará o bloco. Fernández, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner, recebeu 47% dos votos nas primárias realizadas no último domingo. O atual presidente, Mauricio Macri, ficou com 32%. "O atual candidato que está à frente na Argentina, ele já esteve visitando o (ex-presidente) Lula, já falou que é uma injustiça ele estar preso, já falou que quer

rever o Mercosul. Então o Paulo Guedes, perfeitamente afinado comigo, falou que se criar problema, o Brasil sai do Mercosul, e está avalizado", disse Bolsonaro ao deixar o Palácio da Alvorada nesta manhã O presidente brasileiro disse que está disposto a conversar com Fernández, mas que o argentino "vai ter que dar o sinal". "Por causa do viés ideológico, o meu sentimento (antes de ser eleito) é que tinha que acabar com o Mercosul. Lógico, nós chegamos, afastamos o viés ideológico, o contato foi excelente com Macri, excelente com o Mario Marito (presidente do Paraguai), o do Uruguai (Tabaré Vázquez), apesar de ser um pouco da esquerda".

Maia promete lei de recuperação fiscal

Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse ontem acreditar que em três semanas já terá um texto para mudanças na lei de recuperação judicial e também terá avançado na lei que muda o marco regulatório. Maia afirmou que a Câmara trabalha em uma agenda para melhorar a competitividade no país, citando ainda uma nova lei de concessões que estaria sendo construída para que o "Brasil volte a ter investimentos em infraestrutura". Maia defendeu ainda uma redução do Estado brasileiro e afirmou que é necessário reduzir as despesas públicas. Diante da atual situação das contas públicas, disse que um projeto de reforma tributária não poderia hoje tratar de nenhuma redução de carga. "É possível ou

não redução de carga tributária? É preciso primeiro reduzir o tamanho do estado", disse, completando: "Para que reforma tributária não seja só simplificação, temos que olhar antes despesas do Estado brasileiro". A uma plateia de empresários e investidores, ele afirmou que o Congresso sabe que é necessário respeitar contratos vigentes e dar previsibilidade na reforma tributária. "Todo mundo investiu nos últimos anos em uma realidade tributária e temos que respeitar contratos", disse. Ele voltou a destacar que a Câmara trabalha numa reforma administrativa própria, com rediscussão de carreiras. E afirmou esperar que o Executivo encaminhe sua própria reforma "o mais rapidamente possível".

Deltan fez lobby com o STF e governo Bolsonaro para tentar emplacar novo procurador-geral O procurador Deltan Dallagnol usou o prestígio obtido como coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba para tentar emplacar nos bastidores o procurador regional da República Vladimir Aras, seu aliado no MPF (Ministério Público Federal), como o novo comandante da PGR (Procuradoria-Geral da República). Para isso, fez lobby com ministros do governo Jair Bolsonaro (PSL), senadores e ao menos três ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). É o que mostram conversas privadas enviadas por fonte anônima ao site The Intercept Brasil. Os diálogos entre Deltan e Aras revelam que o coordenador da Lava Jato se engajou pessoalmente na campanha do aliado, articulando diariamente com ele estratégias para que fosse recebido por autoridades. Deltan mostra, em diversos momentos, receio de que sua interferência na disputa viesse a público: "bom ficarmos [sic] na sombra", disse a Aras em diálogo pelo aplicativo Telegram.

Projeto prepara jovens para novas tecnologias

'Caixa preta' do BNDES deve será divulgada

A Secretaria Nacional da Juventude lançou ontem o projeto Espaço 4.0 que vai equipar espaços comunitários com ferramentas para criação de projetos e trabalhos de manufatura. De acordo com a Secretaria Nacional da Juventude, o objetivo é preparar os jovens para os desafios da chamada quarta revolução industrial com foco na produtividade, formação de renda, emprego e no empreendedorismo da juventude.

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai começar a liberar a partir da próxima segunda-feira as informações, que o presidente Jair Bolsonaro chama de “caixa-preta do BNDES”. A informação foi detalhada por ele ontem, na saída do Palácio da Alvorada. Pelo que insinuou o presidente, serão divulgadas, inicialmente, informações sobre a liberação de R$ 2 bilhões para compra de jatos particulares.

Gilmar Mendes vai analisar abuso de poder Crítico da Operação Lava Jato, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), vai analisar a ação de parlamentares do Novo que pede para reverter a votação na Câmara dos Deputados que aprovou o projeto de abuso de autoridade. O texto já foi encaminhado ao Palácio do Planalto, onde aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro.

30%

É a previsão de queda nos juros da casa própria com crédito corrigido pela inflação. Segundo fontes, serão diferentes faixas de financiamento, com percentuais que vão variar de acordo com o valor do imóvel.

Frota vai para o PSDB após expulsão do PSL

Ministra arquiva pedido do PT contra Moro

Expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou que vai para o PSDB. A convite do governador de São Paulo, João Doria, Frota participou de cerimônia para sacramentar a filiação ao partido ontem. Em entrevista, o congressista aproveitou para alfinetar o presidente Jair Bolsonaro ao dizer que ele tem "uma milícia". "Estou aliviado de não ter mais o peso Bolsonaro nas minhas costas. Isso não é ser Judas, como a milícia dele tenta pintar."

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou o arquivamento de um pedido do PT para que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, fosse investigado por supostamente ter tido acesso à investigação sigilosa da Polícia Federal na Operação Spoofing, que apura a invasão de celulares de diversas autoridades. Cármen Lúcia atendeu o pedido da Procuradoria-Geral da República.


16

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

Esportes

MOTOCROSS

INTEGRAÇÃO

A 8ª Copa Cidades de Motocross acontece neste final de semana na pista do Moto Clube em Ijuí. Hoje das 15 às 17h serão realizados os treinos livres e amanhã a partir das 11h15 tem a disputa de três baterias. A partir das 13h30 começam as disputas de mais 11 baterias. Os ingressos custam R$ 10.00.

O 1º Festival de Mini Futebol será realizado amanhã a partir das 8h no Estádio 19 de Outubro, promovido pela Escolinha do São Luiz. A finalidade é integrar as escolinhas da região e viabilizar a viagem a Curitiba.

Campeonato Distrital de Futebol conhecerá campeão

AESA terá que vencer no tempo normal e nos pênaltis para chegar ao título

Juventude do Rincão dos Goi tem a vantagem do empate na decisão do Distrital

O 6º Campeonato Distrital de Futebol de Ijuí conhecerá o campeão de 2019 amanhã no Distrito de Santana. A equipe da casa, a AESA, precisa vencer o Juventude por qualquer placar para levar a decisão aos pênaltis. O time do Rincão Goi venceu a partida de ida em seu campo por 2 a 1 e tem a vantagem de jogar por um empate para conquistar o terceiro título na competição. Foi campeão em 2017 e 2018. A AESA está em busca do primeiro título no Distrital. O técnico Edison de Oliveira terá a disposição o jogador Patrick, após cumprir suspensão pelo segundo cartão amarelo no primeiro duelo decisivo.O treinador deve escalar este time: Moacir; André, Daniel, Paulinho e Maurício; Fernando, Patrik (Aloísio), Juliano; Dudar,Igor e Lucas. O Juventude não deve ter o atacante Anderson Denes. Ele está jogando a Copa Seu Verardi pelo time de Cruz Alta e tem compromisso neste domingo. Ceretta deve atuar em seu lugar. Elias cumpriu suspensão e é mais uma opção para o técnico Nestor Grenzel. O desfalque por suspensão é João Marcelo. O provável time do Juventude: Dorival; Guilherme, Anderson, Rodrigo Dal Molin e Gustavo; Cleber, Vanderson e Arthur; Igor, Ceretta e Jorge. O jogo começa às 15h15. Na preliminar às 13h15 atuam as equipes do Floresta e do Juventude do Barreiro.Decidem terceiro e quarto lugares. Após a final entre AESA e Juventude dos Goi a Coordenadoria de Esportes fará a entrega da premiação.

Ijuí Futsal tem partida decisiva em casa A Associação Esportiva Ijuiense de Futsal(AEIF) recebe a Associação Novo Barreiro de Futsal(ANBF), hoje às 18h, no Ginásio Wilson Mânica pela primeira rodada do returno da segunda fase da Liga Gaúcha 3. O time ijuiense precisa da vitória para seguir em busca da classificação para a próxima etapa da competição. O técnico Jaques Schultz definiu o time que inicia a partida com: Cleberson; Vinícius, Robi, Louzada e Batatinha. O comandante ganhou mais uma opção com a chegada do ala Jean Ramos, que já atuou em vários times gaúchos. A equipe treinou terça e quinta-feira no Ginasião. A diretoria da AEIF espera a presença de um bom público na partida que inicia mais cedo, em novo horário."Contamos com o incentivo da nossa torcida para a busca de um resultado positivo", disse o presidente Maurício Dal Molin.No primeiro turno em Novo Barreiro, a ANBF venceu por 4 a 1,na noite fria de 3 de agosto. O time do técnico Leco em caso de vitória neste sábado conquista a classificação para a semifinal da Conferência Oeste da Liga Gaúcha 3 de Futsal. O ingresso antecipado está sendo vendido ao preço de R$7,00 nestes locais: Loja Deltasul da José Bonifácio, Metamorfose e Baterias Goi. Na hora custará R$10,00.

COPA DUNGA A 22ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores promovida pelo Serviço Social do Comércio tem rodada hoje a partir das 13h45. Serão realizadas estas partidas no campo do Sesc em Ijuí: infantil, Cometa x Grêmio Manjabosco; infantil,Tio Mazza/Olinto x Grêmio Arena Goulart; mirim verde,São Luiz x CFE Ijuí; mirim amarelo,CFE Ijuí x GBM Unijuí; mirim verde,GBM SBR x Grêmio Manjabosco; e mirim verde,Grêmio Dimicron x Marítimo. Na quadra sintética acontecem estes jogos: fraldinha, ACF x São Luiz; pré-mirim, ACF Farmed x Modelo/Líder Engenharia; fraldinha, ACF Conficredi x Cometa 2011; pré-mirim, São Luiz Branco x Cometa Vermelho; pré-mirim, Marítimo x Grêmio Dimicron e pré-mirim,São Luiz Vermelho x GBM Sultech.

AVALIAÇÃO Nascimentos Eventos Esportivos promove avaliações técnicas no dia 24 de agosto no campo do Grêmio, em Ajuricaba e dia 25 deste mês, no Estádio do Ipiranga em Coronel Barros. Estas avaliações que buscam descobrir talentos serão realizadas pelo Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, através do ex-zagueiro do tricolor nos anos 1970 e 1980, o uruguaio naturalizado brasileiro Atílio Genaro Ancheta. Serão avaliados atletas nascidos nos anos de 2002 a 2011. Os atletas deverão estar às 8h30 nos respectivos locais de testes, em Ajuricaba e Coronel Barros, levando consigo chuteiras, caneleiras, meias e calções, além da Carteira de Identidade. Será cobrada uma taxa de R$ 10,00 para custeio das despesas. Inscrições antecipadas pelos fones 55.9.9149.8363 e 9.9994.1172,WhatsApp com o Maninho, no 55.9.9641.1360 ou pelo facebook. Em Ajuricaba com Everaldo Camargo, pelo fone 55.9.8172.0909.

1ª DIVISÃO

Ijuí Futsal precisa superar o time de Novo Barreiro pela segunda fase da Liga Gaúcha 3

Returno-2ª fase 2ª rodadaHoje,17.8 Em Ijuí às 18h-AEIF x ANBF(Novo Barreiro) Em Ibiraiaras às 20h-Ibira x Serade(São Borja)

Classificação-chave E 1º)ANBF-7 pontos 2º) Ibira(Ibiraiaras) e Ijuí Futsal4 pontos 4º) Serade(São Borja)-3 pontos

A 1ª Divisão do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí tem início amanhã. No Estádio Bertholdo Christmann(Montanha) serão disputados estes jogos a partir das 13h30:chave B, Gaúcho x Guarani; e Avante do Arroio das Antas x Boca Juniors. No campo da Imasa, chave A: Palestino x Bahia/Esquadrão de Aço e Arsenal Baterias Goi x Aimoré. A 2ª Divisão terá amanhã a partir das 13h30 os jogos atrasados da segunda rodada. No campo do Lambari,chave C,Juventude do Osvaldo Aranha x SER Lion Ijuí RS; e Associação Club Colonial x Huracan. A terceira rodada tem estes jogos neste domingo no campo do Thomé de Souza,chave D: Resenha x Associação Atlética Vila Nova; e Vasco da Gama x Luiz Fogliatto.


Jornal da Manhã

DOIS TOQUES

Carlos Alberto Padilha esporte@jornaldamanhaijui.com

NACIONAL- A 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro abre hoje com estes jogos: às 17h, Fortaleza x Internacional; e Corinthians x Botafogo; às 19h, Athletico-PR x Atlético-MG; Vasco x Flamengo; e às 21h, Grêmio x Palmeiras. Amanhã serão realizadas estas partidas: às 16h, São Paulo x Ceará; Fluminense x CSA; e Cruzeiro x Santos; e às 19h, Chapecoense x Avaí. Na segunda-feira às 20h, Bahia x Goiás. INTER- Focado na disputa do mata-mata da Libertadores, o Internacional visita neste sábado o Fortaleza, às 17h, no Castelão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.O Colorado deseja terminar com o jejum de quase um ano que não vence fora de casa na competição.Atualmente o Inter ocupa a oitava posição, com 21 pontos. Recém-contratado pelo Inter, o volante Bruno Silva deve fazer a sua estreia com a camiseta vermelha. Suspenso, o atacante Nico López permaneceu em Porto Alegre e treina com os demais titulares visando o duelo da semana que vem contra o Flamengo pela Libertadores. Recuperado de lesão, o zagueiro Emerson Santos deve compor zaga ao lado de Klaus. Já nas laterais serão ocupadas por Zeca e Natanael. No setor do meio-campo irá contar com a presença de Rithely, Nonato e Sarrafiore. Por fim o setor do ataque terá Wellington Silva e Tréllez. O Fortaleza teve a saída nessa semana do técnico Rogério Ceni que foi treinar o Cruzeiro. Rapidamente a diretoria agiu e anunciou a chegada de Zé Ricardo que fará a sua estreia.Na tabela de classificação do Brasileiro, o Leão ocupa a 12ª colocação, com 17 pontos. TRICOLOR-Visando retomar a liderança do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras visita o Grêmio neste sábado, às 21h, pela 15ª rodada da competição, em Porto Alegre. Luis Felipe Scolari não poderá contar com quatro jogadores, um por lesão e os outros por suspensão. O técnico Renato Portaluppi deve escalar reservas. O Tricolor ocupa a 14ª colocação, com 17 pontos. Suspenso, o lateral-esquerdo Juninho Capixaba desfalca os Grêmio. Deve ser improvisado o volante Darlan. A outra dúvida fica no meio-campo entre Diego Tardelli e Galhardo.

SÁBADO E DOMINGO, 17 E 18 DE AGOSTO DE 2019

17

São Luiz define parceria para construção de um CT A diretoria executiva do São Luiz anunciou na manhã de ontem o acerto de uma parceria com a prefeitura de Coronel Barros para a construção de um Centro de Treinamento(CT). A informação foi passada pelo presidente Pedro Pittol que esteve acompanhado no ato no Estádio 19 de Outubro pelo diretor de patrimônio Sadi Pereira e o prefeito, Edson Arnt. O custo aproximado do CT será de dois milhões e 500 mil reais, verbas que serão captadas através de emenda parlamentar do deputado federal Darcísio Perondi, pela Lei de Incentivo ao Esporte junto ao Ministério da Cidadania. Conforme Sadi Pereira, serão construídos dois campos oficiais nas mesmas dimensões do gramado do Estádio 19 de Outubro, vestiário, alojamento e academia em uma área de seis a oito hectáres entre as Linhas 7 e 9 Oeste em Coronel Barros. O planejamento é de que

as obras iniciem no meio do ano de 2020 e conforme o presidente Pedro Pittol as categorias de base e os profissionais poderão utilizar o Centro de Treinamento. A Secretaria Nacional dos Esportes também será a grande parceira da construção do CT. A prefeitura de Coronel Barros cederá o Centro de Treinamento para o São Luiz em regime de comodato por um período de 30 anos. "Representamos uma importante região e o nosso pensamento é atrair jovens talentos,trabalhar na formação de atletas. O projeto é um marco para o clube que está sendo pensado para o futuro", afirmou o presidente Pedro Pitttol. Disse que é um sonho de muitos anos, o São Luiz ter um Centro de Treinamento. Lembrou que é uma necessidade os clubes terem um CT preparando os jogadores nas categorias de base. "No passado, o São Luiz formou

Juvenil enfrenta o Rosário pelo returno

O juvenil do São Luiz tem duas decisões no Estadual. A primeira é hoje às 15h, no Estádio Centenário em Rosário do Sul, contra a Associação Rosário de Esportes. Terceiro colocado da chave 13, o Rubro somente se mantém vivo na competição em caso de vitória. Na última rodada recebe o Ypiranga. O técnico Marcelo Galvão(Guiné) escala o time com: Christian Rein; Beretta, Pedro, Eduardo e Emerson; Battu, Cristian, Gebson e Ernestina; Piolho e Pablo.O jogo terá arbitragem de Rodrigo Crivellaro. "O nosso trabalho iniciou em cima da hora. Em 60 dias montamos comissão técnica e praticamente todo o elenco e os resultados estão aí. Se for traçar um paralelo com os demais times que estão jogando há muitos anos juntos, casos do Ypiranga, Inter-SM e Rosário, a nossa campanha é boa. Independente se classificarmos ou não, foi feito um projeto que vai dar frutos este ano. Na próxima temporada poderá ser mais tranquilo, uma base foi montada".

Hoje,17.8 às 15h no Estádio Emílio João Assoni em Três Arroios-Ypiran-

Presidente do São Luiz, Pedro Pittol

as tramitações."A ideia do CT é criar um Celeiro de jogadores da região, com as categorias de base do Rubro, além de servir para o grupo de jogadores profissionais".

Corridas Unimed movimenta Ijuí

Cerca de 500 atletas estão inscritos para a etapa do Corridas Unimed em Ijuí Diretor do juvenil, Edemir Sebastiany

Edemir Sebastiany comentou que está bem assessorado pelo coordenador Luciano Miron e o assessor Éber Costa. "O Tarcísio ajudou na avaliação dos atletas no início dos trabalhos e depois seguimos o planejamento. Não podemos parar, precisamos dar continuidade em 2020", finalizou.

2ª rodada-returno Chave 13 Hoje,17.8 às 15h no Estádio Centenário em Rosário do Sul-Associação Rosário de Esportes x São Luiz-apito de Rodrigo Crivellaro com os assistentes Haury Temp e Rafael dos Santos Alves

jogadores mas com dificuldades, pois temos apenas um gramado que recentemente passou por melhorias. Precisamos de mais espaços para ajudar no surgimento de novos atletas", frisou o presidente. Comentou que não há necessidade de um Centro de Treinamento ser junto do Estádio. Salientou que o São Luiz tem um novo contexto e está no meio de uma grande região que gosta muito de futebol. Em cima disso os jovens talentos buscam a agremiação pensando em iniciar na carreira. O prefeito de Coronel Barros Edson Arnt afirmou que a região sai ganhando. "O São Luiz é um parceiro nesta iniciativa que receberá jovens que tenham o sonho de um dia ser atleta profissional. Estamos investindo também na inclusão social que o esporte permite", disse o prefeito. Ele salientou que nos próximos dias estará em Brasília para agilizar

ga x Inte-SM-apito de Cristiano Santos com os assistentes João Carlos Pedersen e Vágner Maurício da Luz Classificação 1º) Ypiranga-10 pontos 2º) Inter-SM-7 pontos 3º) São Luiz-6 pontos 4º) Associação Rosário-0 ponto

A etapa de Ijuí do Corridas Unimed amanhã, tem mais de 500 inscritos entre atletas profissionais, amadores e iniciantes. Mais que uma competição, é um evento de integração e de estímulo à prática de atividade física em benefício da saúde e da qualidade de vida, conceitos valorizados pela Unimed Noroeste/RS. Toda a comunidade do município e região está convidada a prestigiar a atividade, que integra também o 8º Circuito Regional de Corridas de Rua (6ª etapa). A largada está prevista para as 9h no Complexo Poliesportivo. Pela cidade também será possível observar a movimentação dos atletas, que percorrerão dois quilômetros na categoria Estudantil e cinco quilômetros na Adulto. Já a categoria Mirim fará 600 metros no próprio local. Os diferentes percursos podem ser conferidos nas redes sociais da cooperativa médica (www.facebook.com.br/unimednors e www. instagram.com/unimednors). “A corrida é um esporte com adeptos de todas as idades. E a Unimed, enquanto serviço de saúde, sente-se feliz em poder estimular esta prática, atendendo suas estratégias de proporcionar saúde e qualidade de vida. A cada ano, percebemos o quanto as crianças são incentivadas à participação e à adesão a práticas esportivas. Certamente neste ano não será diferente e nós esperamos o prestígio de toda a comunidade”, ressalta o presidente do Conselho de Administração, médico Reimar Bock. A prova é organizada pela Unimed Noroeste/RS e pelo Clube de Corredores de Ijuí, com apoio da Sicredi das Culturas RS/MG e do Poder Executivo.


18

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

LEGISLAÇÃO

Crime de trânsito pode deixar de ter pena alternativa

Fabiano Contarato

Penas restritivas de direito - chamadas de alternativas, por serem mais leves - poderão deixar de ser aplicadas ao motorista que dirigir embriagado e ferir ou matar alguém em um acidente de trânsito. Esse endurecimento na punição deverá constar do Código de Trânsito Brasileiro – CTB (Lei 9.503, de 1997). A mudança está prevista no Projeto de Lei (PL) 600/2019, aprovado em decisão final nesta semana, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Apresentada pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES) e com voto favorável do relator, senador Marcos do Val (Cidadania-ES), a matéria será agora avaliada pela Câmara dos Deputados. O CTB já determina pena de reclusão para quem dirigir sob efeito de álcool ou outra substância

psicoativa e for condenado por lesão corporal e homicídio culposos (não intencionais) no trânsito. No entanto, nem sempre esse rigor é seguido na definição da pena. A repressão ao condutor embriagado se torna mais maleável, segundo observou Marcos do Val, quando o juiz decide ampará-la no artigo 44, inciso I, do Código Penal – CP (Decreto-lei 2.848, de 1940). Esse dispositivo admite a substituição das penas privativas de liberdade (prisão) por penas restritivas de direitos (alternativas), quando o crime for culposo. Para vetar essa possibilidade, o PL 600/2019 insere no Código de Trânsito a determinação expressa de que essa disposição do CP não se aplica aos crimes de trânsito culposos. “A reprovabilidade social que recai sobre alguém que se embriaga

e mata ou fere um inocente deve ser proporcional à dor que causa à vítima, se sobreviver, e à sua família. Queremos que referidos autores passem ao menos um período mínimo na prisão, como um preso comum, ainda que no regime semiaberto ou aberto. A prisão tem um evidente potencial dissuasório e não vemos por que não a utilizar, quando necessário”, pontuou o relator. Apesar de reconhecer avanços com o advento da Lei Seca, Contarato lamenta a insistência de muitos motoristas em continuar dirigindo sob efeito de álcool e outras substâncias psicoativas sem, contudo, assumir o risco de provocar acidentes de trânsito. "No Brasil, somente no ano de 2017, o seguro DPVAT cobriu 383.993 indenizações por morte, invalidez permanente e despesas médicas."

Frota maior deve segurar frete no segundo semestre O crescimento da frota de caminhões no país deve limitar o aumento sazonal dos fretes de adubos entre os principais portos e o interior no segundo semestre. Grupos agrícolas de grande porte e transportadoras têm investido na aquisição de sua própria frota de caminhões desde a publicação da Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, em maio de 2018, após a greve dos caminhoneiros, reduzindo a procura pela terceirização do serviço e elevando o volume de autônomos ociosos. No primeiro semestre, o licenciamento total de caminhões no Brasil teve alta de 46,1% na comparação com igual período do ano passado, segundo dados da

Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Para os principais tipos de veículos usados no transporte de adubos, a Associação Nacional de Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anr) estima que o emplacamento de caminhões graneleiros registrou alta anual de 75,6% na mesma base de comparação, enquanto o de caçambas basculantes subiu 89,8%. "No início deste ano, embarcadores receberam caminhões e implementos adquiridos no ano passado em razão do aumento nos fretes rodoviários após a greve dos caminhoneiros", disse Markenson Marques, diretor da Federação das Empresas do Transporte de Carga do Paraná.

Número de caminhões no Brasil cresceu 46% neste ano, aponta pesquisa

Entidades debaterão alterações nas leis de trânsito

Enio Bacci critica ordem de retirar radares móveis

Aumento de pontos para a suspensão da CNH, eliminação da multa para quem não coloca as crianças em cadeirinhas, revogação do exame toxicológico para motoristas profissionais. Para debater essas e outras alterações do Código de Trânsito Brasileiro propostas pelo governo Bolsonaro, o Rio Grande do Sul reúne suas principais autoridades de trânsito na próxima segunda-feira. A Jornada do Trânsito acontece às 14h no Auditório da Secretaria da Segurança Pública, em Porto Alegre. A promoção é do CetranRS, DetranRS e frentes parlamentares federal e estadual em defesa do trânsito seguro. O PL 3.267/19, protocolado pelo presidente Jair Bolsonaro em 4 de junho, provocou polêmica. O projeto também prevê o aumento da validade da habilitação de cinco para dez anos (de três para cinco anos para idosos), a redução da multa por transitar sem capacete e a restrição da exigência do farol aceso durante o dia para as rodovias de pista simples. Além dos promotores, estarão representados a Empresa Pública de Transporte e Circulação, Instituto Zero Acidente, Fundação Tiago Gonzaga, Famurs, Associação Gaúcha de Municípios.

O diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (DetranRS), Enio Bacci, demonstrou preocupação com a decisão do presidente Jair Bolsonaro de ordenar o fim de uso de radares móveis nas rodovias federais. Desde a tarde de quinta-feira, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) parou de realizar fiscalizações com esse tipo de equipamento. Sustentando que "pegadinhas" e abusos na aplicação de multa deveriam acabar, Bacci defendeu o uso dos equipamentos para multar motoristas que excedem o limite de velocidade permitido. "Ele está tirando o único instrumento que tínhamos para abordar aquele motorista que andam a 180 quilômetros por hora", disse. "Se hoje estamos na posição de motorista que vai poder andar com mais velocidade, amanhã estaremos do outro lado como um pai que perde um filho atropelado", completou. O diretor ainda afirma que é necessário encontrar um "meio termo", com melhorias na sinalização de locais em que os radares podem ser usados e aumento no limite de velocidade em rodovias.

Emater|Ascar

AS CORES NA ALIMENTAÇÃO ALIMENTOS NA COR VERMELHA Fontes de carotenoides (precursores da vitamina A). Bons para a memória. Fortalecem olhos e pele. Fontes de licopeno (responsável pela cor vermelha): Substância que age como antioxidante. Previne o câncer de próstata. Contém antocianina que estimula a circulação sanguínea. Ex: morango, tomate, melancia, caqui, goiaba vermelha, framboesa, acerola, cebola vermelha, cereja, ciriguela, goiaba vermelha, maçã, pêra vermelha, pimenta, pimentão vermelho, rabanete, romã e uva vermelha. ALIMENTOS NA COR LARANJA Fontes de carotenóides. Ricos em vitamina C, que é um antioxidante fundamental para a proteção das células. Ajudam a manter a saúde do coração, da visão e do sistema imunológico. Ex: abacaxi, abóbora, ameixa amarela, batata baroa, batata doce, batata inglesa, bergamota, caju, carambola, caqui, cenoura, damasco, gengibre, laranja, mamão, manga, maracujá, moranga, melão, milho, nectarina, pêssego e pimentão amarelo. ALIMENTOS NA COR ROXA (azulados): Contém niacina (vitamina do Complexo B), vitamina C e minerais, como o potássio. Mantém a saúde da pele, nervos, rins e aparelho digestivo e retardam o envelhecimento. Antioxidantes que previnem doenças cardíacas. Ex: alcachofra, almeirão roxo, alface roxa, alho roxo, ameixa preta, amora, azeitona preta, berinjela, beterraba, cebola roxa, figo roxo, framboesa, jaboticaba, mirtilo, repolho roxo e uva roxa. ALIMENTOS NA COR VERDE Ricos em cálcio, fósforo e ferro. Promovem o crescimento e ajudam na coagulação do sangue. Evitam a fadiga mental. Auxiliam na produção de glóbulos vermelhos do sangue. Fortalecem ossos e dentes. Ex: abacate, abobrinha verde, acelga, almeirão, alface, azeitona verde, brócolis, cebolinha, couve, chuchu, ervilha, jiló, kiwi, limão, pepino, salsa, uva verde e vagem. ALIMENTOS NA COR MARRON Fontes de fibras e vitaminas do complexo B e E Melhoram o funcionamento do intestino. Combatem a ansiedade e a depressão. Previnem o câncer e as doenças cardiovasculares. Ex: nozes, aveia, castanhas e cereais integrais. ALIMENTOS NA COR BRANCA Fontes de vitaminas do complexo B e flavonóides. Atuam na proteção das células. Auxiliam na produção de energia, no funcionamento do sistema nervoso e inibem o aparecimento de coágulos na circulação. Ex: aipim, aipo, alho, alho-poró, arroz, aspargo, banana, batata baroa branca, cará, cebola, cogumelo, couve-flor, graviola, inhame, nabo e pêra.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

CRIMINALIDADE

Operação Faroeste Caboclo realiza prisões

Suspeitos presos na operação foram conduzidos à Penitenciária Modulada de Ijuí

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu 18 pessoas ontem – 13 temporariamente e cinco em flagrante –, no âmbito da Operação Faroeste Caboclo, deflagrada em seis cidades do interior do Estado com o objetivo de combater uma organização criminosa atuante no tráfico de drogas. Por meio da Delegacia de Polícia de Santa Bárbara do Sul, as ações foram realizadas nos

municípios de Santa Bárbara do Sul, Carazinho, Passo Fundo, Palmeira das Missões, Panambi e Cruz Alta. Ao todo, foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão. Também foram apreendidas drogas, dinheiro, uma arma de fogo, munições, celulares, além de outros objetos. Segundo o delegado Josuel Muniz, a organização criminosa que agia na região tinha ligação

com uma facção criminosa de Porto Alegre. Para a delegada titular da Polícia Civil na região de Cruz Alta, Caroline Bamberg Machado, a operação foi um sucesso. “A operação dá certo quando o objetivo dela é cumprido e quando todos os policiais voltam inteiros. São todos os órgãos de segurança pública envolvidos nisso, e isso é muito importante para nós e para a sociedade verificar que nós estamos imbuídos de uma função de proteção da sociedade. E essa função vem sendo demonstrada por meio dessas ações, dessa união das forças. Todos, no primeiro contato que a gente fez, logo se dispuseram a nos auxiliar para que desse tudo certo.” Aproximadamente 161 policiais civis participaram da ofensiva. As ações contaram com o apoio do helicóptero da Polícia Civil, que deu suporte aéreo as atividades, da Brigada Militar, da Polícia Rodoviária Federal, da Susepe e do Exército Brasileiro, que fechou as principais entradas de Santa Barbará do Sul. Os presos foram encaminhados para a Penitenciária Modulada de Ijuí.

Exército permite venda de pistolas 9 mm O Comando do Exército publicou, na quinta-feira, a portaria que disciplina o decreto das armas do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e define quais calibres passam a ser considerados de uso permitido no Brasil. A lista confirma que civis, agora, podem ter acesso a munições antes classificadas como de uso restrito (9 mm, .40 e .45, por exemplo), mas veta a liberação de fuzis. O documento está disponível no Diário Oficial da União. A decisão foi comemorada pela maior fabricante de armas do país. “A Taurus terá a oportunidade de oferecer ao mercado brasileiro quase toda a sua linha de produtos, com diferentes tipos de calibres

19

Carga avaliada em mais de R$ 1,7 milhão é apreendida Avaliado em mais de R$ 1,7 milhão , um carregamento superior a 350 mil maços de cigarros paraguaios contrabandeados foi apreendido em uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e Brigada Militar, no município de Seberi. O flagrante ocorreu por volta das 23h30 de quarta-feira na BR-386. A mercadoria ilícita estava sendo transportada em uma carreta Scania T112, com placas de Marmeleiro, no Paraná, que

foi abordada em uma barreira montada na rodovia. O motorista, de 28 anos, foi preso após ser constatado o contrabando escondido sob a lona na carroceria do caminhão. A interceptação da PRF e da BM ocorreu quando foi recebida uma informação de que uma carreta suspeita estava se deslocando de Santa Catarina e ingressaria no Rio Grande do Sul pela BR 386. O caso foi encaminhado à Polícia Federal em Santo Ângelo.

Foram apreendidos mais de 350 mil maços de cigarros contrabandeados

PC apura participação de mais pessoas em sequestro A Polícia Civil considerou “emblemático” o desfecho do recente caso de sequestro de uma comerciante, de 23 anos, em Taquara. “Todos envolvidos foram identificados e presos em um pequeno espaço de tempo. A vítima foi resgatada ilesa e sem pagamento de resgate”, resumiu o titular da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), delegado João Paulo de Abreu, na manhã de ontem. Três criminosos presos e um morto foi o saldo da mobilização policial que incluiu também a DP de Taquara. “Foi um trabalho in-

tenso. O que esclarecemos em princípio é que todos envolvidos estão presos. Existe uma suspeita muita vaga de outras pessoas, mas até o momento não foi confirmada”, observou. Conforme o titular da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos do Deic, o motivo de terem escolhido a jovem devese ao fato do pai dela ser um profissional liberal que ajudava as pessoas na região. “Os criminosos acreditavam que ele teria dinheiro para pagar R$ 100 mil e resolveram praticar o sequestro, mas ele não tinha esse valor”, avaliou. Nas negociações, o pedido de resgate foi reduzido.

em vários modelos de armas (…) Até então só oferecíamos uma pequena parcela deste portfólio”, afirma a empresa, em nota. Em maio, Bolsonaro assinou decreto que aumentava o rol de armamentos que poderiam ser comprados por cidadãos comuns. Para isso, o governo federal ampliou o limite de energia de disparo de 407 para 1.620 joules, o que permitia acesso a uma série de calibres usados apenas por forças policiais. A regra, porém, provocou polêmica: o aumento da potência abria brecha para obter alguns tipos de fuzis. Contestado na Justiça e alvo de derrotas no Congresso, o decreto ganhou novas versões depois.

Na última edição, de junho, o governo incorporou regra de que o Exército iria definir, arma a arma, qual deveria ser restrita ou permitida. O Exército manteve parte da ampliação de Bolsonaro, permitindo calibres como 9mm, .40 S&W, .45 Colt e 357 Magnum. Todos eram de uso restrito antes. Por outro lado, decidiu que munições 5.56 mm e 7.62 mm, usadas em fuzil, devem permanecer restritas. Coordenadora de projetos do Instituto Sou da Paz, Natália Pollachi critica o decreto presidencial. “Armas mais potentes, de maior alcance e com mais poder de estrago, vão parar em mãos menos treinadas”, afirma.

ACIDENTE

COLISÃO

MORTE

PRISÕES

ABIGEATO

Um acidente no cruzamento das ruas Venâncio Aires com a 19 de Outubro deixou uma pessoa ferida gravemente, na manhã de ontem. No local houve a colisão entre uma motocicleta e um Fiat Uno. O condutor da moto foi conduzido ao Hospital de Caridade de Ijuí.

A Polícia Rodoviária Federal atendeu na quarta-feira uma colisão traseira na BR-285, em São Luiz Gonzaga. O acidente aconteceu quando um caminhão baú colidiu na traseira de um bitrem que saía do posto e acessava a rodovia. O condutor ficou ferido.

Lairton Beckman da Silva, 35 anos, morreu de forma trágica na tarde de quinta-feira, em uma Granja em Cruz Alta. Lairton estava junto de alguns colegas de trabalho descarregando pedra, quando a caçamba do caminhão baixou e apertou a cabeça da vítima.

A Polícia Civil de Roque Gozales cumpriu seis ordens judiciais, sendo três mandados de prisões preventivas e três mandados de busca e apreensão no bairro Santo Antônio, município de Roque Gonzales. As investigações tiveram início em dezembro de 2018.

Ontem, a Polícia Civil realizou uma operação com o objetivo de combater o abigeato, sendo que foi realizada uma fiscalização em nove estabelecimentos comerciais, entre mercados e açougues na cidade de São Nicolau. Foram apreendidos mais de 50 quilos de carne.

Plantão


20

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

DROGAS

Maioria das mulheres é presa por tráfico

Mais de 75% das mulheres que estão na Penitenciária Modulada de Ijuí foram presas por tráfico e associação ao tráfico de drogas em Ijuí. Os dados são da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe). Ao todo, são 41 mulheres estão detidas no presídio. Dessas, 31 foram presas por tráfico. Já na região, entre as 10 casas prisionais da 3ª Delegacia da Susepe de Santo Ângelo, são 190 mulheres, sendo 126 detidas pelo crime de venda de entorpecentes. Já no Instituto Penal de Ijuí, o número chega a quase 100%. Das 11 mulheres que cumprem pena na casa prisional, 10 são pelo comércio de maconha, cocaína e crack. Segundo fontes ouvidas pelo Grupo JM, que pediram para não se identificadas, muitas vezes, quando um traficante é preso, ele recorre a alguém de sua confiança para assumir as funções no tráfico de drogas e, geralmente, são suas esposas, mães, companheiras, que acabam assumindo a gerência administrativa da facção. De acordo com a fonte, as mulheres são mais organizadas e na visão dos traficantes isso as torna aptas para assumir essa função. No entanto, estudo divulgado pela Susepe aponta que a maioria é convencida, por meio de

Mais de 75% das mulheres que estão na Modulada foram presas pelo crime de tráfico

ameaças e agressões dos companheiros ou familiares, a violentar o próprio corpo para entrar com materiais ilícitos (drogas e armas) no interior de estabelecimentos prisionais. Segundo a Susepe, a maioria das mulheres em situação de prisão declara que já sofreu violência doméstica. Já um estudo publicado pelo Departamento Penitenciário Nacional revelou que a cada cinco mulheres presas no País, três têm ligação com a venda de drogas.

Muitas utilizam a beleza e a boa aparência para despistar a polícia. Exemplo desta realidade, nesta semana, a Brigada Militar prendeu em flagrante uma mulher, de 19 anos, no bairro Getúlio Vargas, vendendo entorpecentes para dois indivíduos. Em média, as mulheres presas têm de 25 a 35 anos. Além disso, as mulheres também são cooptadas para o transporte de drogas, por não chamarem tanto a atenção da polícia. Muitas ainda levam filhos juntos para disfarçar.

Operações do POE prendem dois homens Dois homens foram presos por ações do Pelotão de Operações Especiais (POE) de Ijuí, em 24 horas, no município. Ontem à noite, em uma ação

conjunta com a Seção de Inteligência do 29º Batalhão da Brigada Militar de Ijuí, foi preso um homem no bairro Lambari pelo crime de tráfico de drogas.

No bairro Lambari, homem de 34 anos foi preso com três tijolos de maconha

O homem, de 34 anos, segundo a polícia militar, possui vários antecedentes criminais. Durante a abordagem, foram apreendidos com o suspeito três tijolos de maconha e dinheiro. O suspeito foi preso em flagrante, conduzido à Delegacia de Polícia, onde foi lavrado o flagrante por tráfico de drogas. Após os trâmites legais, o homem foi encaminhado para a Penitenciária Modulada. Em outra ação, na quinta-feira, o POE , que efetuava o patrulhamento ostensivo na Rua Tobias Barreto, bairro Luiz Fogliatto, abordou um indivíduo suspeito, após ter recebido informações sobre a possível localização de um foragido. Ele foi abordado e identificado pelas iniciais: M.A.M., 57 anos, natural de Ijuí. Em consulta ao Sistema Informatizado foi constatado que em seu desfavor havia um mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Crime de Ijuí. Diante dos fatos, os policiais deram voz de prisão ao apenado, que foi conduzido à Modulada.

Polícia indicia 39 pessoas por integrar esquema de roubo APolícia Civil indiciou 39 pessoas suspeitas de integrar um esquema de roubo, clonagem e venda de veículos comandado de dentro da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). Entre os investigados, está o apenado Fernando Martins Marques, 41 anos, que tem mais de 60 anos de condenação. Ele é apontado como o líder do esquema criminoso, suspeito de ter lucrado em dois anos R$ 1 milhão com o chamado escritório do crime. Os demais indiciados seriam ladrões e clonadores de carros, falsificadores de documentos e os laranjas que emprestavam as contas bancárias para o grupo. O delegado Rafael Liedtke, da Delegacia de Roubo de Veículos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), diz que o trabalho é resultado de quase dois anos de investigação e de operação policial deflagrada dia 26 de julho deste ano com 175 agentes em 10 cidades gaúchas. Na ocasião, 18 pessoas foram presas. A polícia conseguiu confirmar que mais de 40 veículos roubados e clonados foram negociados desde a metade de 2017. Os suspeitos

respondem por estelionato, organização criminosa, roubo e clonagem de veículos, receptação qualificada, falsificação de documento público, uso de documentos falsos, porte ilegal de arma de fogo e posse irregular de arma de uso restrito. As ordens para o roubo de veículos eram dadas por Marques e um comparsa de dentro de uma cela da Pasc.

Rafael Liedtke

Ministério aponta redução no número de homicídios Nos primeiros quatro meses de 2019, o Brasil registrou 3.528 homicídios dolosos a menos que no mesmo período do ano passado. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, nos primeiros quatro meses deste ano, 13.142 pessoas foram mortas por alguém que agiu intencionalmente ou assumiu o risco consciente de matar. É um resultado 21,2% inferior aos 16.670 casos registrados entre janeiro e abril do ano passado. A melhora também foi constatada em indicadores de outros nove tipos de crimes acompanhados pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp) – plataforma de informações integradas criada em 2012 e que está a cargo da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A base de dados é alimentada pelos estados e pelo Distrito Federal, responsáveis por lançar os boletins de ocorrência. Segundo o balanço parcial que o Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou, a maior variação percentual (-38,5%) foi observada na redução do número de roubos.

PF ameaça "implodir" se houver interferência

A tentativa do presidente Jair Bolsonaro de interferir na escolha do superintendente da Polícia Federal no Rio é mais um capítulo da disputa velada de forças que ele trava com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. A PF não aceita indicação de “cima para baixo” para o preenchimento dessa vaga e ameaça implodir caso o ministro ceda a uma interferência do Planalto. Segundo informações, se Bolsonaro insistir em impor sua vontade, para Moro restariam duas alternativas. Uma é aceitar e perder o controle da Polícia Federal. A

outra é rejeitar a interferência e pedir demissão do cargo. Dirigentes da PF dizem que não vão agir como os colegas da Receita Federal, que vêm sendo atacados pelo presidente constantemente sem reação. O secretário da Receita, Marcos Cintra, se reuniu ontem no Rio com o ministro Paulo Guedes para discutir uma reestruturação no órgão. Bolsonaro falou sobre o assunto duas vezes ontem. Primeiro, avisou que é ele “quem manda”. Em nova entrevista, horas depois, baixou o tom. “Eu sugeri o de Manaus", afirmou.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

21

TRABALHO INFANTIL

Forum incentiva denúncias e mais informação O 2º Fórum Municipal sobre Erradicação do Trabalho Infantil foi promovido, na tarde de ontem, pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), no Cras Centro Social Urbano. Em entrevista ao Grupo JM, a coordenadora do Cras, Marlise Weschenfelder, conta que foi realizadas uma roda de conversa sobre a erradicação do trabalho infantil, com a participação de representantes do poder Judiciário, da Justiça do Trabalho, das secretarias de Educação e Desenvolvimento Social, do prefeito, Valdir Heck, de adolescentes que fazem parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, e de representantes dos Cras, dos Creas, da Saúde e Educação, da ACI e Sindilojas, e da União das Associações de Bairros de Ijuí (Uabi). “Necessitamos falar sobre o trabalho infantil, pois, o último Censo do IBGE de Ijuí, em 2010, apontou dados que indicam crianças em situação de trabalho infantil, mas não sabemos onde estariam essas crianças, pois o IBGE não nos fornece essa informação, devido a isso, o próprio município, via governo federal, recebeu o programa de erradicação de trabalho

No Brasil, estimase que mais de 2 milhões de crianças ainda trabalhem em condições superiores ao que suas forças poderiam suportar, em prejuízo ao seu desenvolvimento pessoal e escolar."

O objetivo do Fórum é erradicar o trabalho infantil através da informação, incentivando a realização de denúncias

infantil”, explica. Segundo Marlise, a erradicação vai ocorrer a partir da informação, porque se existe trabalho infantil, é por meio das denúncias que irá chegar ao conhecimento do Conselho Tutelar, que encaminha para o Cras e o Creas, e então as instituições vão trabalhar essas questões com a

família da criança ou adolescente. Além disso, as instituições realizam todo um trabalho através da divulgação, explicando o que é o trabalho infantil para que essas famílias não coloquem seus filhos em situações de risco. O juiz do Trabalho, Luiz Veçozzi, pontua que esse é um tema de extrema importância para a

sociedade mundial e brasileira, e afirma que a Justiça do Trabalho gaúcha tem muita preocupação com essa chaga que em pleno Século 21 atinge tantas crianças. “No Brasil, estima-se que mais de 2 milhões de crianças ainda trabalhem em condições superiores ao que suas forças poderiam suportar, em prejuízo

Campanha virtual beneficia Liga Feminina A loja Belona Confecções realizou uma campanha de arrecadação de roupas e calçados, que teve início no Dia do Amigo, em 20 de julho, e foi lançada nas plataformas digitais, Instagram e Facebook, e no rádio, convidando clientes que tivessem interesse em se desfazer de alguma peça de vestuário ou calçado, para que as levassem à loja. Segundo a proprietária da loja, Edite Schlindwein Zeni, em entrevista ao Grupo JM, conta que a campanha teve retorno muito positivo, e foi arrecadada uma quantia expressiva de roupas e calçados, que foram destinados integralmente à Liga de Combate ao Câncer de Ijuí. O objetivo da ação é beneficiar uma instituição que serve a comunidade prestando assistência aos doentes de câncer e suas famílias carentes. “A empresa Belona, leva consigo o slogan É dando que se recebe, e por meio disso, nos comovemos com o trabalho da Liga em nossa cidade, então decidimos encontrar uma alternativa de apoiar essa entidade tão importante, e com isso, parabenizar o belo trabalho prestado”, declara.

ao seu desenvolvimento pessoal e escolar, e muitas vezes correndo riscos de saúde e de vida. Mais do que um crime, o maior mal que os pais estão fazendo é para seus próprios filhos, pois expor precocemente uma criança ao trabalho é subtrair a sua infância, antecipar uma maturidade fora do momento e é expô-la a riscos desnecessários. Em relação a esse tipo de adulto, a Justiça do Trabalho tem feito, em parceria com o Ministério Público do Trabalho gaúcho, um trabalho de conscientização, pois essa é a única forma de eliminarmos da nossa história esse crime que é expor crianças e adolescentes ao trabalho”, finaliza.

Caps organiza atividade No próximo mês acontece a continuação do trabalho iniciado pelo Caps II Colmeia em julho passado. A informação é da coordenadora do Programa de Saúde Mental e do Caps, assistente social Daiana Quadros. “Dentro da programação Setembro Amarelo, temos a oportunidade de oferecer mais alguns encontros de formação.” A próxima ação do Setembro Amarelo prevê uma capacitação no Caps Infantil sobre a responsabilidade desse serviço.

EM MEMÓRIA AO 4° ANO DE FALECIMENTO ILSE MARIA DA SILVA NISTCHE *04/02/1971 + 19/08/2015 Compreender os propósitos de Deus, muitas vezes pode ser uma tarefa bem difícil, principalmente quando a tristeza bate na nossa porta porque acabamos de perder um ente querido. Que a dor da nossa perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia e que daqui para frente esta ausência seja capaz de fortalecer ainda mais os laços da nossa família. Saudade do esposo Leoclides, filhos Priscila, Lucas, mãe Edilia, irmãos Isaac, Sonia, Oneide, sobrinhos e cunhados. A campanha foi promovida através das redes sociais e obteve retorno positivo da comunidade

Ijuí, 17 de agosto de 2019.


22

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSto de 2019

INAUGURAÇÃO

Novo CRVA vai agilizar atendimento ao público

Lixo é recolhido na Linha 4 Leste após denúncia

Denúncia sobre o descarte incorreto e o acúmulo de lixo foi realizada na quinta-feira

O diferencial proposto no novo posto é facilitar o atendimento ao público, tornando-o mais ágil, efetivo e sem entraves

A apresentação oficial das instalações do novo Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA) de Ijuí ocorreu na quinta-feira pela manhã. “As instalações foram projetadas e a equipe treinada para prestar um serviço de excelência à população, trazendo as melhores práticas adotadas na capital e em outras grandes cidades aqui para Ijuí. O número de guichês passará dos atuais três para sete, realizaremos a vistoria dos veículos 0KM nas próprias concessionárias e, também, assinamos contrato com o Banrisul para pagamento das guias, aqui mesmo no CRVA, entre outras facilidades”, ponderou o oficial designado Francisco Dalla Valle Von Kossel, ao destacar a importância da instalação do serviço. De acordo com ele, o CRVA

está com sua estrutura 100% pronta, dependendo apenas da liberação do sistema pela Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), fato que deve ocorrer até meados da próxima semana. O coordenador do CRVA, Márcio José Azolim informou que o diferencial proposto no novo posto é facilitar o atendimento ao público, tornando-o mais ágil e efetivo, para que não haja entrave e demora nos processos. “Pretendemos colocar inicialmente quatro atendentes para o público em geral, dois atendentes para os credenciados, que são os despachantes, e separamos os atendimentos para que possamos atender com qualidade tanto o despachante, quanto o cidadão comum”, explicou. A presidente do Poder Legisla-

tivo, vereadora Alexandra Lentz, lembrou a luta travada pelos gestores municipais e agentes políticos, com o objetivo de dotar o município de um CRVA próprio. “Muitos recursos que poderiam ficar aqui iam para outro município e isso mudará, assim que o CRVA estiver efetivamente em funcionamento”, afirmou. O CRVA de Ijuí é o de número 350 no Estado e está localizado, com amplas instalações, à Rua Doutor Pestana 1.484, no bairro Glória, zona norte de Ijuí. O funcionamento será das 9h às 17h de segunda a sexta sem fechar ao meio-dia. A equipe inicial conta com nove colaboradores, mas já com previsão de ampliação para até 15 funcionários. Atualmente Ijuí conta com uma frota de aproximadamente 58,8 mil veículos.

Grupo doa pães nos bairros da cidade O grupo Ijuí Sem Fome tem realizado doações de pães e outros alimentos em alguns bairros do município. A integrante do projeto, Maristela Staats, em entrevista ao Grupo JM, relatou que as doações têm sido destinadas para os bairros Getúlio Vargas e Colonial, e são entregues todos os sábados, no período da tarde. Os pães são doados pela distribuidora KWS, e os demais alimentos são doados por diversas entidades do município. Além disso, o grupo arrecada alimentos em mercados e participa de campanha promovida pelos organizadores da 1ª Copa Ijuí

de Futsal, em que o valor da entrada é 1 quilo de alimento, e ao final do campeonato, as doações serão destinadas integralmente ao Ijuí Sem Fome. No total, mais de 40 famílias são beneficiadas por essa ação, através de cadastro realizado na instituição. "Me sinto realizada, pois não tem preço receber o carinho das pessoas. Nós do Ijuí Sem Fome somos mais beneficiados com tudo isso do que as próprias famílias que são ajudadas. Levar uma palavra de carinho para as pessoas, além dos mantimentos, faz toda a diferença", comenta Maristela.

A reportagem do Grupo JM foi acionada por moradores da Linha 4 Leste, nas proximidades do Parque Wanderley Burmann, na tarde de quinta-feira, por conta do descarte irregular de lixo. Na tarde de ontem, um mutirão foi realizado para retirada do material pelo Departamento Municipal de Água e Saneamento (Demasi). O empresário Vanderlei

Racoski, um dos moradores que fez a denúncia, comemorou a limpeza e disse esperar que a comunidade colabore. “O recolhimento do lixo no local é feito toda terça-feira, então, peço que a comunidade local descarte os materiais somente nesse dia, para que os cães não rasguem as sacolas, espalhando todo o lixo", finalizou.

Ação beneficia Cacon e Pediatria do HCI

Foram doadas 33 peças de agasalhos ao Cacon e 23 peças para a pediatria

O Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) e a Pediatria do HCI receberam, na quarta-feira, agasalhos doados pelo Lions Clube de Ijuí. Foram doadas 33 peças de mantas, cachecóis e toucas ao Cacon, e 23 peças de roupas e mantas para a Pediatra. Os recursos para a fabricação das peças de roupas foram obtidos através do brechó promovido pela entidade no ano passado, e com parte da arrecadação da palestra de Marcel Scalko. Os itens foram confeccionados pelo Grupo das Fuxiqueiras, formado pelas senhoras do Lions Clube, que se reúnem nas terçasfeiras à tarde com objetivo de fazer trabalhos manuais para serem doados a comunidades carentes.

Serviços DOAÇÃO

BRECHÓ

ENERGIA

CAMPUS

TEATRO

Campanha arrecada rações em prol das ONGs de proteção aos animais. As doações podem ser entregues na Barbearia do Beto, nas Lojas Deltasul e no Tele Chaves. Neste domingo, será realizado o dia D da arrecadação, na Praça da República, das 9h às 17h, com diversas atrações.

O Lar Meame realiza o seu brechó/bazar nos dias 22, 23 e 24 deste mês. O evento acontece na Comunidade Evangélica da Paz, em frente à Escola 25 de Julho, das 9h às 16h. A ação visa arrecadar fundos para custear as despesas da instituição, bem como suprir as necessidades básicas dos acolhidos.

O Demei interromperá o fornecimento de energia elétrica em parte do bairro Modelo, no trecho situado entre as ruas Henrique Siedemberg e Osvaldo Scherer, e entre a Avenida Rudy Glitz e a Rua Christian Walter, na terça-feira, das 8h às 11h, para melhorias na rede de baixa tensão.

O Domingo no Campus ocorre no dia 18, às 15h. O evento está em sua 2º edição e tem como objetivos mostrar o trabalho feito nas escolas, oportunizar a apresentação das bandas marciais, promover a integração entre as escolas e levar as comunidades escolares até a Universidade.

O Sesc de Ijuí estará promovendo o Teatro do Sesc com a participação do humorista Badin – O Colono, que busca resgatar e manter viva a cultura colonial, além de divertir as pessoas, no dia 4 de setembro, às 19h. Ingressos limitados já estão à venda, no Sesc, na Rua Crisanto Leite, nº 202.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de agoSTo de 2019

23

Memória JM Notícias de AGOSTO de 1984

CARA OU COROA Armindo Pydd

OS CATEGÓRICOS... ** Adotar medidas categóricas. Fazer julgamentos definitivos. Acharse o dono da verdade não é coisa de hoje. A inquisição romana em 1633 condenou Galileu Galilei porque ele contrariava a interpretação oficial da Bíblia na época que dizia ser a Terra o centro do Universo. Somente em 1992, isto é, 360 anos depois, o Papa revogou esta condenação. Aí está um exemplo clássico. ** A discussão atual em torno dos defensivos agrícolas, ou agrotóxicos como querem outros, está cheia de afirmações categóricas. O Brasil seria campeão de intoxicação, fala-se em até alguns quilos consumidos por pessoa junto da alimentação. Prega-se a necessidade de alimentação natural. ** Aí o contraponto de que é graças aos adubos e defensivos que a população mundial é alimentada, que em épocas antigas a alimentação era produzida pela própria família, isto é vegana. Natural. E que hoje, a idade média da população passa dos 75 anos, contra 60 anos, décadas atrás. E seguem-se outros argumentos. ** A Amazônia é o pulmão do mundo. Sua destruição afetaria a todos. Deve ser preservada sua biodiversidade e sua população. O aquecimento global tem um fator na Amazônia. Nossa biodiversidade deve ser protegida em beneficio do País. ** Aí vem o contraponto de que a Amazônia sozinha não é o pulmão do mundo, que ações do homem podem alterar microclimas localizados, de que importam mesmo as ações dos oceanos que são 3/5 da Terra. Nióbio, ouro, manganês, diamantes, urânio, petróleo estão no subsolo em abundância e aí estaria o interesse mundial inclusive das milhares de ONGs lá funcionando. ** Quando vamos almoçar, podemos ter a batata inglesa, que é originária da Cordilheira dos Andes, o feijão que surgiu no México, o arroz, originário da Índia e sudeste da Ásia, a carne de gado que veio ao Brasil com os colonizadores portugueses e aqui no Sul com as missões jesuíticas. Se tivermos fartura na mesa, temos ainda carne de galinha que também surgiu na Ásia, e carne de porco que vem dos chineses. Se comermos um pão é do trigo originário do médio Oriente ou de milho do golfo do México. Resta o peixe de todos em todas as águas do mundo. ** E vamos para o cafezinho originário da África, Etiópia. Resta o licor, a cachaça, final e presente em todos os relatos, inclusive de ancestrais bíblicos. ** No Brasil de hoje, todas as nossas riquezas na agropecuária foram incorporadas (café, soja, gado, aves, etc). Em compensação, uma delas, a borracha nossa, outros produzem mais que nós. A biodiversidade é de todo o mundo e sempre foi assim. ** Existe uma categoria de pessoas, infalível, inteiramente idealista e justa? Esta é a questão a ser respondida quando se fala sobre abuso de autoridade.

Banda Carlos Gomes recebe prêmio de nível nacional

A "Garbosa" foi premiada a nível nacional

O professor Leonardo Azambuja, titular da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, recebeu ontem [dia 16] a informação de que a Banda Municipal Carlos Gomes teve uma música por ela executada classificada entre as 80 melhores de todo o País em concurso promovido pela Funarte e Secretaria de Cultura do MEC, para o 1º Inventário Nacional de Música para Bandas. A música premiada é Cavalinho, do gênero maxixe, de autoria de José Hermes, e executada pela Banda Carlos Gomes, que deverá receber um troféu e mais um prêmio de Cr$ 100 mil.

Área industrial começa a ser viabilizada Em reunião realizada ontem à tarde [dia 16] entre representantes da Prefeitura Municipal, Associação Comercial e Industrial e empresários possuidores de áreas no Distrito Industrial, foi definido que a administração deverá iniciar já na próxima semana os levantamentos sobre as ruas que precisam ser abertas ou melhoradas, e a ampliação da rede de energia elétrica. Os empresários, por sua vez, se comprometeram a iniciar as obras de suas empresas tão logo as ruas estejam abertas e a energia esteja à disposição. O presidente da Associação Comercial e Industrial, Élbio Paulo Bagetti, disse que inicialmente seis empresários deverão transferir suas empresas para o Distrito Industrial, das quais quatro dentro de pouco tempo.

Centavo extinto Muito desvalorizado, o centavo deixará de existir após a publicação no Diário oficial da União da Lei 7.214 sancionada quarta-feira pelo presidente Figueiredo. O Banco Central deverá agora divulgar circular com os prazos da perda do poder aquisitivo e de recolhimento das moedas de centavos. Ao mesmo tempo em que extingue os centavos, o Governo nega qualquer intenção de eliminar o excesso de zeros no meio circulante e prepara o lançamento de novas cédulas, de Cr$ 10 e Cr$ 50 mil para outubro. O centavo vem do tempo mil-réis, criado em outubro de 1942, quando Getúlio Vargas introduziu o cruzeiro como novo padrão monetário brasileiro. A maior surpresa com a extinção do centavo ficou por conta do mercado de ações, que já havia se posicionado contrário à ideia do governo, alegando dificuldades em corrigir as cotações dos papéis.

Aleitamento materno Dar assessoria a criação do Centro de Lactação de Ijuí - Pronto Socorro de Aleitamento Materno na agência local do Inamps – e oferecer orientação especializada à comunidade para a solução de problemas relacionados à amamentação, são objetivos que trazem a Ijuí, nos dias 24 e 25, a líder da Liga do Leito do Brasil e consultora da Unicef para aleitamento materno. Becky Magalhães participará do I Encontro sobre Aleitamento Materno e II Encontro de Mães.

Empresas no desfile O desfile da Semana da Pátria deste ano terá como inovação a participação de empresas e de clubes sociais e esportivos de nossa cidade. A decisão de ampliar o número de participantes foi tomada esta semana em reunião da comissão organizadora com a direção das escolas estaduais, municipais e particulares.

CONCURSOS PINTO BANDEIRA - A prefeitura divulgou dois editais com abertura de 58 vagas imediatas, mais formação de cadastro reserva para candidatos de todos os níveis de escolaridade. Os salários variam entre R$ 1.291,50 e R$ 7.372,21. Os interessados poderão se inscrever até o dia 9 de setembro, pela internet, em www.objetivas.com.br. As taxas vão de R$ 50 a R$ 100. ENCANTADO - A prefeitura abriu inscrições para uma seleção simplificada que vai preencher uma vaga e formar cadastro de reserva no cargo de Agente de Combate às Endemias. O emprego exige Ensino Fundamental completo, idade mínima de 18 anos, boa saúde, não ter antecedentes criminais, entre outros. O salário é de R$

1.402,29, para carga horária semanal de 40 horas. As inscrições vão até o dia 18 de agosto, e devem ser realizadas pela internet, em www.schnorr.com.br. VALE REAL - A prefeitura divulgou edital para preencher 10 vagas abertas em cargos públicos efetivos, além do cadastro reserva que será formado para futuras convocações. O edital reserva ainda 10% das vagas para os candidatos portadores de deficiência. As inscrições podem ser realizadas até o dia 19 de agosto, pela internet, em site www.unars.com.br. CANDELÁRIA - A prefeitura abriu nova seleção simplificada de pessoal para preencher vagas temporárias e formar cadastro reserva em diversos cargos de Ensino

Superior e Médio na Secretaria da Saúde. As inscrições devem ser feitas até o dia 9 de setembro, em www.candelaria.atende. net. O valor da inscrição será de R$ 173,85, para as funções de nível Superior, e de R$ 92,72, para as funções de nível Médio. LAGOAS DOS TRÊS CANTOS - A prefeitura torna público que realizará um novo concurso público que servirá para formar cadastro reserva para o cargo de fonoaudiólogo. O vencimento é de R$ 1.363,36 para 40 horas semanais. Os candidatos deverão se inscrever das 0h do dia 19 de agosto até as 23h59min do dia 2 de setembro, em www.unars.com.br. Para o processo seletivo não haverá cobrança de taxa de inscrição. No concurso público, será cobrada uma taxa no valor de R$ 108,50.


WWW.CLICJM.COM

EM OBRAS

Preparativos para Expo-Ijuí estão centrados agora em melhorias na infraestrutura do Parque | 4

FINAL

SITUAÇÃO PRECÁRIA

Vereador César Busnello esteve no bairro Osvaldo Aranha e cobrou melhorias nas ruas | 14

CONSTRUÇÃO DO CT

Campeonato Distrital tem partida decisiva AESA de Santana e Juventude do Rincão dos Goi disputam a segunda partida decisiva amanhã. | 16

Diretoria do Esporte Clube São Luiz anunciou uma parceria com o município de Coronel Barros para a implantação de um Centro de Treinamento | 17

EDITORIAL | 6 Cada vez mais as mulheres estão sendo usadas para o tráfico de drogas. Seja para dar continuidade aos negócios ilícitos do companheiro, seja por não chamarem tanta atenção.

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - Sábado 17.8.2019  

Jornal da Manhã - Sábado 17.8.2019  

Profile for clicjm
Advertisement