Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sábado e domingo, 1° e 2 de junho de 2019

Reintegração de posse

Moradores que ocupavam área pertencente ao município tiveram que deixar o local conforme determinação judicial | 9

Equipe de saúde redobra cuidados com jovens grávidas Considerada de alto risco, gravidez na adolescência requer cuidados. Ijuí conta, hoje, com 59 gestantes entre 14 e 19 anos . | 7

Ano 46 - Nº 23

R$ 3,00


2

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 1º E 2 DE JUNHO DE 2019

Radar UPA - O poder Executivo está realizando todas as etapas do processo que antecede a abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O secretário municipal de Saúde, Josias Pinheiro, esteve reunido com a Comissão Intergestores Regional (CIR) e com o Conselho Municipal de Saúde, onde obteve concordância para continuar o processo. Em junho, segundo o secretário, o assunto será levado à reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que se reunirá no dia 18, em Porto Alegre. RECEITA - Os contribuintes que ainda não quitaram o IPVA 2019, cujo calendário de pagamento se encerrou no fim de abril, devem regularizar o pagamento do tributo para evitar a inscrição em Dívida Ativa da Fazenda Pública pela Receita Estadual. De uma frota de 3,61 milhões de veículos tributados, cerca de 648 mil (17,9%) seguem transitando com o imposto atrasado. A Receita Estadual já iniciou as blitze do imposto e deve intensificar as ações nas próximas semanas em todo o Estado, a fim de combater a inadimplência do tributo. O motorista flagrado durante as operações arca com custos de multa, serviços de guincho e depósito do Detran. RECOMENDAÇÃO - O Ministério Público Federal (MPF) afirmou na noite de ontem que encaminhou ao Ministério da Educação, "na pessoa de seu ministro", uma recomendação para que ele cancele a nota oficial dizendo que "professores, servidores, funcionários, alunos, pais e responsáveis não são autorizados a divulgar e estimular protestos durante o horário e no ambiente escolar". Assinada pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) e pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do Rio Grande do Sul, a recomendação deu ao MEC dez dias para responder se acatará ou não a recomendação e faz parte de um inquérito civil. DIVÓRCIO - A Corregedoria Nacional de Justiça divulgou ontem que expediu recomendação para que os Tribunais de Justiça do País não editem normas que regulamentem o "divórcio impositivo", uma espécie de divórcio extrajudicial. Nele, um dos cônjuges pode pedir a averbação do divórcio diretamente no cartório, sem anuência ou presença do outro, deixando para o Judiciário outras questões como filhos, alimentos e partilha de bens. Para o corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Humberto Martins, autor da determinação, o ordenamento jurídico brasileiro não permite que o divórcio seja realizado extrajudicialmente quando não há consenso entre o casal. POSICIONAMENTO - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, disse ontem que não há espaço para ideologias e paixões no Judiciário. Em evento na Fiesp, em São Paulo, ele reforçou que os juízes têm papel moderador e o objetivo único de obedecer à lei e à Constituição. Toffoli marca posição após o presidente Jair Bolsonaro ter criticado a atuação da Corte no julgamento sobre criminalização da homofobia, que já tem maioria formada, favorável. Toffoli destacou ainda que já há maioria formada (seis votos a zero) em relação à criminalização da homofobia, ainda que o julgamento não tenha acabado.

OLHO DA RUA

INDICADORES Poupança 24.5.2019 ................. 0,39 % Ouro 24.5.2019 ............. R$ 164,94 (gr) Dolar Comercial.................... R$ 3,9242 Dolar turismo ....................... R$ 4,0800 Euro ..................................... R$ 4,3800 IPC/FIPE abril /2019 ................+0,29% INPC abril/2018 ........................+0,6% IGPM abril /2019 ........................ 0,92% IPCA abril /2019......................... 0,77% TR Março/2019 .........................+0,0% SELIC março/2019 ....................+6,5%

LOTERIAS

1º - 1.011 2º - 0.076 3º - 2.353 4º - 9.032 5º - 1.709

Todas as pessoas já devem ter visto, em algum momento, um joão-de-barro trabalhando em sua casinha, que normalmente é construída em postes de energia elétrica, a exemplo desta residência, que parece ter sido abandonada por seu morador.

ENTRE ASPAS "O governo do Estado enviará à Assembleia projetos de lei em forma de cheques em branco para privatizar a CEEE, a Sulgás e a CRM. É inadmissível que o governo, num momento de forte crise econômica e de desemprego, não diga o que será feito com o dinheiro da venda e com os trabalhadores." Deputada estadual, Luciana Genro (PSOL) "O governo vai se ajustar, está se ajustando. Quando o presidente procura o diálogo e entendimento direto com os poderes, está fazendo um sinal de que quer conversar, quer dialogar, quer fazer política. Não existe velha nem nova política, existe a boa política e nós estamos procurando fazê-la". Presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) "A gente tem obrigação de não fazer marola. A gente está jogando na Previdência uma esperança dos brasileiros. Tanto é que o apoio popular cresceu muito. Ou a gente abraça essa causa ou vamos para o buraco." Ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), General Heleno

GETÚLIO

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

QUINA

CONCURSO nº

4989

24 52 54 67 69 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 1821

02 03 04 05 07 09 10 13 14 16 17 19 20 21 25 PREVISÃO DO TEMPO HOJE

MÁX. Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

19° MIN.

11°

DOMINGO

MÁX.

20° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

10°

SEGUNDA

MÁX.

21° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

3

RESULTADO

Estagnada, economia flerta com recessão O Brasil está flertando com uma nova recessão, embora, oficialmente, o PIB (Produto Interno Bruto) não tenha recuado por dois trimestres consecutivos, critério popularmente usado para definir essa situação nos ciclos econômicos. A desaceleração do consumo das famílias e a forte contração do investimento privado – revelados pelos dados da economia divulgados nesta semana pelo IBGE – somados à recente piora das expectativas em relação ao futuro são sintomas de um ambiente recessivo, segundo analistas. Do ponto de vista apenas da demanda doméstica, a economia está em recessão técnica, já que, somados, o consumo das famílias e a chamada formação bruta de capital fixo recuaram por dois trimestres seguidos. Isso não ocorria desde o fim de 2016. Embora a ocorrência de uma recessão técnica para a economia no primeiro semestre deste ano seja

pouco provável, a paralisia é evidente. "Depois de o PIB crescer 1,1% por dois anos seguidos, chegou-se a ventilar a hipótese de que estava em curso uma recuperação, mas o cenário que vemos agora não é esse. Temos, sim, uma estagnação com vistas a termos recessão de forma oficial na economia", avalia o professor da Unijuí, Argemiro Brum. Mesmo o avanço da reforma da Previdência no Congresso, e o aceno de estímulos do governo ao consumo das famílias, não permitem antever uma melhora do quadro econômico. Do ponto de vista das expectativas de consumidores e empresários, a situação tem piorado, segundo Brum. "Embora esteja ainda em discussão, e com boa perspectiva de aprovação, também se ventila a possibilidade de a reforma nem passar pelo Congresso neste ano. É isso que nos faz pensar em um PIB negativo para o segundo trimestre, assim como ocorreu no primeiro", avalia o professor de economia.

Confiança do varejo gaúcho segue em queda Pela segunda vez consecutiva, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) registrou retração no Rio Grande do Sul, conforme pesquisa divulgada pela Fecomércio-RS ontem. Em maio, o Icec atingiu 121,1 pontos, uma variação de 11,2% em comparação com o mesmo período em 2018, porém, na margem, este dado representou queda de 1,7%. A avaliação negativa se deu pela retração dos índices de condições atuais e de expectativas, enquanto o de investimento permaneceu praticamente estável. “O resultado do levantamento

aponta que o clima de incerteza tem afetado a percepção dos varejistas frente aos primeiros meses de 2019. Apesar da avaliação ainda ser superior com relação ao ano passado, os empresários esperam por sinais consistentes de melhora no cenário econômico e no mercado de trabalho”, destaca o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn. Um dos fatores responsáveis pela queda da confiança dos empresários, o Índice de Condições Atuais do Empresário do Comércio (Icaec) atingiu 105,3 pontos, depois de cair 3,1% frente a abril.

A confirmação do resultado fraco da economia brasileira no primeiro trimestre e as perspectivas preliminares também fracas para o período seguinte dispararam o gatilho de revisão de projeções dos economistas. Ganha força entre analistas um cenário em que o PIB cresce menos

de 1% em 2019. Se a fraqueza do início do segundo trimestre se confirmar nos próximos meses, as previsões de crescimento econômico no ano devem migrar para a faixa de 0,5% a 1%. "O que vem se desenhando é a adoção, por parte do governo, de estratégias para

o estímulo ao consumo, como é o caso da intenção de liberar as contas do FGTS. Isso ajuda no curtíssimo prazo, fomenta o consumo, mas logo ali na frente tudo volta ao normal. É um voo de galinha, que sobe um pouco mas em seguida já toma um tombo", afirma Argemiro Brum.

Nova regra para o ICMS gera polêmica Objeto de insatisfação de empresários de diversos setores produtivos, a nova regra da substituição tributária do ICMS foi prorrogada e passará a valer a partir de janeiro de 2020, conforme anunciou o secretário estadual da Fazenda do RS, Marco Aurelio Cardoso. O adiamento, o segundo realizado pelo Piratini, vale apenas para empresas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano, enquadradas no Simples. Grandes empresas já estão enquadradas na nova regra desde março. Na prática, a complementação do imposto seria devida sempre que o preço praticado fosse dife-

rente ao utilizado no cálculo da substituição tributária. Com isso, a medida prevê que as empresas façam dupla revisão do ICMS devido, podendo cobrar ou tendo que pagar ao governo do RS, a depender da diferença entre preço final e o cálculo da substituição. Com o cenário, uma das principais reclamações das empresas foi que o curto prazo para adequação teria gerado um ambiente de incertezas e insegurança jurídica. A Federasul, que reúne associações empresariais do Estado, emitiu nota afirmando que o adiamento é positivo, mas não resolve o problema. De acordo com o vice-presi-

dente de Integração da entidade, Rafael Goelzer, “o modelo atualmente proposto amplia a burocracia do sistema, exigindo tanto do Estado quanto das empresas um esforço desnecessário para apurar a carga tributária”. A assessora tributária da Fecomércio-RS, Tatiane Corrêa, afirma que a própria Secretaria da Fazenda já admitiu ter dificuldade em implementar a regra, tamanho é o número de dados que terão de ser cruzados. Ainda segundo Tatiane, o tema é pauta de julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), que ainda não emitiu decisão definitiva a respeito da substituição tributária.


4

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

12º CONCURSO DE REDAÇÃO

Alunos refletem sobre responsabilidade social Neste ano, estudantes de escolas municipais, estaduais e particulares da região de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) tem um novo desafio, proposto pelo 12º Concurso de Redação Jornal da Manhã e Rotary Club de Ijuí: pesquisar, refletir e escrever sobre o tema “Responsabilidade social, boas ideias, bons exemplos”. Um assunto amplo, importante e atre-

A responsabilidade social não se faz apenas no momento presente, mas é parte de um projeto permanente, voltado aos interesses da coletividade. Questões que envolvem o meio ambiente dizem respeito a este conceito, porque a ecologia é fundamental para todos nós."

lado à comunidade. Coordenador-geral do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro-Noroeste), Valdir Kinn explica que o tema acabou vinculado à atividade empresarial. No entanto, entende que é necessário refletir sobre a responsabilidade social a partir da cidadania. “Nós, enquanto cidadãos, só existimos sob o ponto de vista coletivo e, logo, nossa responsabilidade transcende os interesses particulares. Quando pensamos em responsabilidade social, precisamos pensar no compromisso que cada um de nós tem com a sociedade, com a preservação daquilo que é fundamental para que possamos existir e nos desenvolver de forma coletiva”, explica Kinn, que também é professor de Filosofia na Unijuí. O 12º Concurso de Redação propõe que estudantes do Ensino Fundamental escrevam uma narrativa em prosa, e que alunos do Ensino Médio produzam uma

dissertação sobre responsabilidade social, baseando-se em ideias ou exemplos existentes no País, no Estado ou na própria cidade. E há boas iniciativas em várias áreas, como lembra Kinn, a exemplo de grupos que trabalham em prol da causa animal, de projetos que são desenvolvidos por empresas ou coletivos engajados em causas sociais. “A responsabilidade social não se faz apenas no momento presente, mas é parte de um projeto permanente, voltado aos interesses da coletividade. Questões que envolvem o meio ambiente dizem respeito a este conceito, porque a ecologia é fundamental para todos nós, seres humanos. Precisamos da tomada de consciência, de ações que garantam a sua preservação. Não apenas para nós, mas para as gerações futuras.” O professor destaca a importância de não confundir responsabilidade social com atividades pontuais, que muitas vezes têm caráter puramente assistencialista. “Precisamos pensar em ações que

Textos devem ser entregues neste mês Alunos de toda a região estão envolvidos na pesquisa e elaboração de textos para o 12º Concurso de Redação Jornal da Manhã e Rotary Club de Ijuí. Até o próximo dia 25, as produções devem ser entregues por alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio às direções dos seus educandários. O Concurso de Redação propõe, neste ano, a discussão sobre o tema "Responsabilidade Social, boas ideias, bons exemplos". Mais do que incentivar a reflexão sobre o conceito, o Concurso estimula, embora não condicione, que os alunos saiam em busca de boas ações e bons projetos na comunidade. A sugestão de "boas ideias" abre a possibilidade de focalizar no texto ações das quais os estudantes

têm conhecimento, ou até mesmo sugestões de possíveis atividades. Não apenas exemplos concretos podem embasar as redações, mas também ideias conhecidas, através de pesquisas ou de notícias. Conforme a agenda do concurso, após a entrega das redações, no dia 25, as escolas têm até o dia 28 de junho para entregá-las na 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) - apoiadora do Concurso de Redação, junto com a Secretaria Municipal de Educação, Unijuí e Casa da Amizade. São patrocinadores a Comercial Zaffari, CCAA, Sicredi, Clip, O Boticário e Óptica Albrecht. Os trabalhos serão avaliados no mês de julho por uma Comissão Julgadora nomeada pelos promo-

tores, Jornal da Manhã e Rotary Club de Ijuí, que selecionará as 10 melhores redações em cada categoria, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Essas redações farão parte do Caderno do 12º Concurso de Redação, publicado pelo Jornal da Manhã, e dentre elas, a comissão apontará as cinco de cada categoria que receberão a premiação. No ano passado, o Concurso de Redação recebeu o número recorde de 873 redações das escolas estaduais da região da 36ª CRE, escolas particulares e municipais de Ijuí. A solenidade de premiação acontecerá no mês de agosto. Os vencedores, professores e direção de escolas, serão informados do local, dia e horário da premiação.

promovam a consciência coletiva, em relações sociais que promovam o bem-estar da coletividade. Isso vale para a ação de indivíduos, coletivos ou de instituições, sejam elas da sociedade civil ou empresas, que possam estar engajadas em projetos que tenham essa dimensão da preocupação com o bem-estar de todos”, ressalta. Valdir Kinn destaca a importância do Concurso de Redação para incentivar a pesquisa, a escrita e a compreensão do tema entre os alunos. E reforça que é fundamental que os jovens, e principalmente as crianças, entendam e desenvolvam uma cultura de responsabilidade social desde os primeiros anos da escola. “É importante que os pequenos desenvolvam a educação voltada ao coletivo, à preservação do meio ambiente e das condições necessárias para uma vida socialmente viável e digna. O debate sobre responsabilidade social é fundamental para que possamos criar, a médio e longo prazo, uma cultura da responsabilidade, uma

Valdir Kinn

cultura preservacionista. Aquilo que é fundamental para o coletivo da nossa sociedade e da nossa própria existência”, destacou o professor.

Para o Ensino FundamEntal E Ensino médio Professor(a) orientador(a) do 1° lugar: Um relógio da Óptica Albrecht; um vale-compra de R$ 150,00 da CLIP Santo Antônio; um kit de O Boticário; assinatura semestral da revista Stampa; Para a escola do 1º lugar: assinatura semestral do Jornal da Manhã; Professor(a) orientador(a) do 2° lugar ao 5º lugar: um kit de O Boticário; rEdaçõEs: 1º lugar: uma bolsa de estudo de inglês de um semestre do CCAA (intransferível e sem material didático); um celular; um kit de O Boticário; medalha; certificado e a publicação da redação no Jornal da Manhã. 2º lugar: um tablet; um kit de O Boticário; medalha e certificado. 3º lugar: um celular; um kit de O Boticário; medalha e certificado. 4º lugar: um conjunto de fone e caixa de som sem fio; um kit de O Boticário; medalha e certificado. 5º lugar: um relógio Albrecht; um kit de O Boticário; medalha e certificado.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

5

DESENVOLVIMENTO

Ijuí e Chapecó realizam intercâmbio de ideias Criado no ano passado, o projeto Ijuí Mais é uma iniciativa que chama entidades públicas e privadas do município a discutir os caminhos para o desenvolvimento econômico e social. Introduzido pela Associação Comercial (ACI) em parceria com várias outras instituições, o projeto possui diversos pilares, sendo um deles o intercâmbio de conhecimento. Neste sentido, a ACI, em parceria com o Sindilojas, trouxe ao município ontem o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, que palestrou em evento aberto à comunidade. No evento, Buligon falou sobre como a cidade enfrentou a tragédia com o avião da Chapecoense, que em 2016 resultou na morte de 71 pessoas, gerando comoção mundial. Em um segundo momento, o

prefeito da cidade do Oeste catarinense se dedicou a exemplificar as ações que levaram Chapecó a se destacar economicamente nos últimos anos. Atualmente, o município de 216 mil habitantes tem o 6º maior PIB de Santa Catarina, e vive situação inversa a do País em termos de geração de emprego e renda. Segundo Buligon, o foco no setor agro, principal atividade econômica em Chapecó, foi crucial para que o município obtivesse crescimento e desenvolvimento econômico. Coordenador do projeto Ijuí Mais, o empresário Jerry Joris ressaltou a importância de iniciativas como essa, já que, com a capacidade de investimento atual em Ijuí, a troca de informações com casos de sucesso é um dos caminhos para o desenvolvimento.

Palestra promovida pela ACI abordou temas voltados ao desenvolvimento socioeconômico de cidades


Jornal da Manhã Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

6

Opinião do JM DE OLHO NAS ELEIÇÕES

A

mais de um ano das disputas, as eleições municipais já mobilizam Os partidos entenderam o recado do eleitorado na última eleição. as atenções dos partidos. Deve haver números recordes de canPor isso, os maiores partidos começam a mudar os nomes de suas Além de migrações de siglas. Ficou clara a rejeição à velha política, e a necessidade da didaturas próprias, resultado da regra, ainda inédita, de vedação das coligações nas proporcionais, o que levará partidos a apostarem nas líderes entre legendas, a comunicação direta com o eleitor. No entanto, não adianta os partidos majoritárias para tentarem reforçar os desempenhos dos integrantes tendência é que a relação mudarem o nome, tem que mudar é a maneira de fazer política, tem das nominatas aos Legislativos. de forças entre partidos que mudar é a maneira de se posicionar. Ou seja: é preciso mudar postura do partido, e não apenas o nome. Hoje, o descrédito dos As próximas eleições só acontecem em 2020, mas os partidos já se altere, com siglas hoje apartidos políticos é gigantesco. começam a desenhar as estratégias para este período que antecede pouco conhecidas ganhando Além de não contar com líderes históricos da política local que a próxima votação. Autocrítica, oposição à atual gestão e busca por peso no xadrez político foram protagonistas em todos os últimos pleitos, a eleição do ano protagonismo na cena política devem ser algumas atitudes adotadas. A cada convenção de partido em Ijuí, surgem novos nomes, e a lista enquanto que outros devem que vem será marcada por novas regras da legislação eleitoral. A já está grande, entre eles figuras conhecidas da política. principal delas é o fim das coligações partidárias na disputa proenfraquecer. porcional. Isso significa que os partidos não poderão mais tomar Os movimentos políticos esperados para os próximos meses devem carona com outros para conquistar cadeiras na Câmara de Vereadoalterar a divisão de forças entre os partidos em Ijuí. De um lado, siglas hoje pouco expressivas tendem a crescer e podem chegar à eleição. Outro fato res e dependerão de seus próprios votos. Atualmente, as alianças para o Legislativo que irá alterar este cenário, é o destino de alguns vereadores que planejam trocar de são determinantes nas negociações pré-eleitorais. A tendência é que isso beneficie os legenda. Tudo isso deve ser decisivo no cenário da disputa pela sucessão de Valdir partidos maiores e seja fatal para os nanicos. Os próximos dias serão decisivos para Heck no ano que vem. Além de migrações de líderes entre legendas, a tendência é montar o pleito eleitoral em Ijuí, com a formação de chapas, coligações, e trocas de que a relação de forças entre partidos se altere, com siglas hoje pouco expressivas partidos. No entanto, os pré-canditados devem, principalmente, focar em proposta para buscar o desenvolvimento de Ijuí. ganhando peso no xadrez político, enquanto outras devem se enfraquecer.

ENTREVISTA Quais os desafios de assumir uma pasta que traz como herança uma dívida de R$ 900 milhões? Como convidada que fui, me sinto muito honrada de poder participar do governo. A Secretaria da Saúde não é uma ilha, mas faz parte de um conjunto, e qualquer posição em relação a repasses de recursos atrasados, precisa ser tratado, planejado em conjunto com outros órgãos de governo. Mas, a perspectiva e a vontade é de que se façam os pagamentos nas competências, porque o importante é que o município tenha previsibilidade de pagamento para poder se organizar, atender seus compromissos, e da mesma forma os hospitais. A liberação de uma linha de crédito para as santas casas e hospitais filantrópicos é uma mostra dessa vontade? A saúde tem total prioridade em nosso governo e essa medida reflete a importância que damos às instituições que prestam relevantes serviços à população gaúcha. Esse anúncio, através do Funafir, é resultado de um trabalho conjunto entre as secretarias da Saúde e da Fazenda. Traz preocupação à senhora o fato de que mais de 80% do público-alvo foi vacinado contra a gripe e ainda falte muita gente para receber a imunização? Com certeza, muita preocupação, porque as emergências dos hospitais já estão lotadas. Nesta semana, estávamos com 25 crianças aguardando leitos de UTI. O inverno nem chegou ainda, a preocupação é imensa, e quero aproveitar esse espaço para ainda solicitar, estimular, dizer para a população alvo da campanha que há tempo de procurar as unidades básicas de saúde. A que a senhora atribui essa redução tão significativa na procura por vacinas? Se observarmos a série histórica, veremos que tem diminuído o número de pessoas vacinadas nos últimos anos, e neste ano, particularmente, os números são chocantes? Acredito que são vários fatores. Um deles é que as pessoas [estão inseguras], até porquê têm campanhas, fake news, que colocam em dúvida a eficácia e a

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

identificar qual é a motivação para não irem a um posto de saúde fazer a vacina.

Arita Bergmann Secretária Estadual de Saúde segurança do resultado da vacina. De outro lado, a população talvez não tenha todas as condições de procurar uma unidade de saúde, inclusive, conclamamos aos gestores municipais que estendessem o horário das salas de vacinas até às 20h, porque muitas pessoas trabalham e não têm condições de se deslocar até uma unidade básica. Mas, acima de tudo, nos parece que embora a vacina seja um direito, e um dever do poder público oferecer esse insumo para proteger a saúde da população, as pessoas também não assumem a sua responsabilidade de levar seu filho, porque crianças de seis meses e menores de seis anos não têm condições de fazer o deslocamento sozinhas. Não tenho ainda um dado objetivo, se as escolas de Educação Infantil foram visitadas pelas vacinadoras, para atingir pelo menos o público da faixa etária de 5 anos, que deveria estar na escola. Estamos pensando, e já tem um projeto, de fazer uma pesquisa para tentarmos

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

Acompanhamos o debate de algumas medidas, até mais radicais, para fazer com que os pais levem seus filhos para vacinar, como a exigência na hora da matrícula na escola. Até que ponto a senhora acha que medidas assim, até mais radicais, podem fazer com que em uma campanha de vacinação as famílias de fato levem seus filhos para vacinar? Consideramos que o ideal seria que as pessoas tomassem essa atitude espontaneamente de procurar a unidade de saúde. Agora, por outro lado, nem sempre essa informação é assimilada pelo familiar, então consideramos que cada município também tem autonomia de procurar os órgãos, não só de controle. A matrícula pode ser um mecanismo e vamos avaliar, depois de terminada a campanha, para que no próximo ano, possamos incluir esse requisito na matrícula escolar, porque isso já foi feito há alguns anos, aliás, no Bolsa Família é um dos critérios de legibilidade a pessoa estar em dia com as vacinas, então acho que é simpática essa posição. A senhora falou sobre as fake news, tem alguma coisa que lhe preocupa especificamente em relação a esses movimentos que questionam a eficiência das vacinas? Primeiro, nós tentamos pelos meios de comunicação, a divulgação da eficácia, da segurança, da proteção que gera a pessoas vacinadas. Agora, cientificamente, há comprovação de que vacinas são seguras. Agora, para combater divulgações que geram dúvidas, que afastam as pessoas das unidades básicas de saúde, não temos objetivamente nenhuma medida de imediato. O que fizemos foi procurar a Sociedade de Pediatria, a área de obstetrícia, nas redes sociais, ou seja, pessoas que nos ajudassem a divulgar que há essa necessidade de vacinação. Não tenho, nesse momento, um contraponto do que nós podemos fazer, até porque estamos assumindo o governo e a vacina é um dos pontos focais, mas esperamos que essa campanha nos dê subsídio na tomada de decisão nas futuras campanhas.

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 SEMEStRAl: R$ 220,00 ANUAl: R$ 440,00 CORREIO: R$ 440,00 (SEMEStRAl); R$ 880,00 (ANUAl)


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

7

PLANEJAMENTO FAMILIAR

Ijuí tem quase 60 gestantes adolescentes Dados do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (Sinasc) mostra que, entre os anos de 2000 e 2016, o número de casos de gravidez na adolescência teve queda de 33% no Brasil, saindo de 750.537 nascimentos para 501.385 casos. Em 2017, dados preliminares do Sinasc informaram que nasceram 480.211 crianças, filhas de mães com idades entre 10 e 19 anos, e 394.717 em 2018. No entanto, embora os dados apontem para uma tendência de queda, a taxa de gravidez entre jovens, no País, é maior que nas Américas: aqui, a média é de 58,7 bebês nascidos a cada mil, enquanto que nas Américas chega a 48,6. Neste ano, inclusive, o Ministério da Saúde já realizou um levantamento sobre a quantidade de casos de gravidez de estudantes com idades entre 10 e 19 anos, alunas de escolas públicas e privadas de

todo Brasil. Os dados não foram divulgados, mas o objetivo será direcionar ações de saúde para o cuidado e a prevenção da gravidez na adolescência. Segundo a coordenadora do programa Mãe Gestante da Secretaria Municipal de Saúde, Karine Santos Lima, hoje o Município tem a inscrição de 423 gestantes e, destas, 59 são adolescentes – a mais jovem tem 14 anos, e as demais até 19 anos. E vários fatores colaboram para este alto número, segundo ela. “Acredito que os adolescentes têm informação, seja através dos meios de comunicação ou da própria internet. Tanto que muitos passam parte do tempo acessando o celular. O problema é o que estes jovens fazem com a informação que recebem. Que atitude têm diante do que leem”, explica Karine, que acredita que muitos jovens não utilizam, de forma correta, as

orientações que recebem sobre os métodos contraceptivos. Muitas adolescentes relatam que esquecem de tomar a pílula anticoncepcional ou que fazem uso de um método de forma errônea. Enfermeira na Secretaria Municipal de Saúde, junto à Saúde da Mulher, Maria Celina Freitas observa que as adolescentes, hoje, contam com o apoio do parceiro e principalmente da família. “Nós percebemos que as meninas comparecem com as mães, e com próprio pai do bebê. Nós temos, inclusive, um pré-natal masculino. Quando a menina vem para o primeiro contato com o serviço, para fazer o cadastro, nós solicitamos que o pai do bebê compareça para fazer testes e passar por consultas. E isso ocorre”, destacou a enfermeira. Embora as meninas realizem o mesmo acompanhamento das demais gestantes adultas, a equipe da

Carine Lima e Maria Celina integram o setor da Saúde da Mulher

Saúde Mulher dá um olhar especial à gestante, segundo Maria Celina. “Precisamos avaliar se essa jovem está indo à consulta, e se faltou, vamos atrás. Ou entramos em contato com o Conselho Tutelar ou a Rede de Proteção”, comenta, lembrando que o primeiro atendimento é prestado na unidade de referência do bairro. Mais do que observar a presença nas consultas, a equipe também acompanha a presença das meninas na escola. “É importante que, durante a gravidez, a adolescente não

deixe de ir à escola. Nós contamos com apoio do Conselho Tutelar para atendimento das jovens, do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e da Clínica de Psicologia da Unijuí. Também contamos com a parceria do Centro Especializado de Assistência Social (Creas), que conta com atendimento psicológico”, destaca Carine. Ela lembra que a rede pública de saúde dispõe de métodos contraceptivos, a exemplo de camisinhas, DIU, contraceptivo oral e injetável, e pílula do dia seguinte.

Gravidez na adolescência tem alto risco, lembra ginecologista

Dario Ronchi

Médico ginecologista na Secretaria Municipal de Saúde, Dario Ronchi explica que a gravidez precoce desencadeia uma série de mudanças nas jovens. “O corpo da menina ainda não está desenvolvido para que aconteça o processo de gestação. E na gravidez, o corpo acaba passando por um processo rápido de transformação, que leva a alterações metabólicas, que no futuro podem provocar algum distúrbio na mulher adulta. E só pelo fato de a gestação acontecer antes dos 19 anos, a gravidez já é enquadrada como alto risco, em função das complicações que podem acontecer.” Um dos problemas mais comuns está no desenvolvimento da criança. O bebê pode não crescer muito e há risco de doenças, como

a hipertensão, que na adolescência representa um grande fator de risco. Nesta fase, as meninas também não têm o peso e nem uma alimentação adequada. “Então o risco é grande. E não apenas na adolescência, mas em todas as faixas etárias, as mulheres atrasam o início da realização do pré-natal, o que implica em situações que podem colocar as gestantes em risco." Segundo Dario, existe um protocolo de atendimento, determinado pelo Ministério da Saúde, que aponta como ideal a realização de sete consultas durante todo o período de gestação. Além da consulta com o médico, a gestante recebe atendimento de uma equipe multidisciplinar, como nutricionista, enfermeiro e dentista. "A mulher realiza exames para identificar a

presença de infecções, se está com anemia ou pré-disposição para diabetes. E há um cronograma para isso. Se o pré-natal inicia tarde, dificulta. E se identificamos algo na metade da gravidez, iniciamos uma corrida contra o tempo para tentar reverter”, lembra. O atraso na realização do pré-natal acaba não preparando a menina para o parto, que acaba tendo uma condução mais difícil. “Percebo que, no caso de adolescentes, o parto acaba sendo mais instrumentalizado, com

procedimentos mais cirúrgicos. O que leva a complicações à mãe e ao bebê.” Dario orienta que a unidade de saúde seja procurada o mais breve possível, no caso de suspeita de uma gestação. E lembra que rede pública de saúde está disponível para o aconselhamento às jovens para uso de métodos contraceptivos, para que uma gravidez não desejada não ocorra, ou para que a adolescente receba os cuidados necessários diante da confirmação de uma gravidez.


8

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

CRISE

Subutilização da força de trabalho bate recorde Taxa de desemprego

EM PORCENTAGEM POR TRIMESTRE MÓVEL

O número de brasileiros que não trabalham ou trabalham menos do que gostariam bateu novo recorde em abril. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), já são 28,4 milhões de pessoas, o equivalente a 24,9% dos brasileiros em idade para trabalhar. É o maior número da série histórica da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, iniciada em 2012. Na comparação com o trimestre encerrado em janeiro, houve crescimento de 3,9%, ou 1,06 milhão de pessoas. O coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, destacou, porém, que o mercado de trabalho mostrou sinais de reação, com estabilidade na população ocupada e melhora, pela primeira vez em 16 trimestres, no número de brasileiros com carteira assinada. "É um primeiro sinal de recu-

peração do mercado. Se isso vai se firmar, não dá para garantir", disse ele. "O ponto negativo, que ainda vai durar por um tempo, é esse volume de pessoas na subutilização", ponderou. O índice de subutilização é composto por pessoas que estão procurando emprego, trabalhadores subocupados (que trabalham menos horas do que gostariam) e desalentados, aqueles que gostariam de trabalhar mas não procuraram emprego no período. Os contingentes de pessoas subocupadas e desalentadas também bateram recorde no trimestre encerrado em abril. No primeiro caso, foram 7 milhões de trabalhadores, 3,3% a mais do que no trimestre anterior. No segundo grupo, são 4,9 milhões, alta de 4,3%. Azeredo frisa que o desalento afeta principalmente mulheres, pretos e pardos, o que gera neces-

sidade de formulação de políticas públicas para trazer esse grupo de volta ao mercado de trabalho. No trimestre encerrado em abril, a taxa de desemprego no país foi de 12,5%, alta em relação aos 12% verificados no trimestre encerrado em janeiro. Ao todo, segundo o IBGE, 13,2 milhões de brasileiros procuraram emprego no período, 4,4% (ou 552 mil pessoas) acima do trimestre anterior. "O aumento da desocupação ainda está muito relacionado à sazonalidade, nos meses de fevereiro e maio ainda tem a dispensa de temporários", disse Azeredo. "O choque é o aumento da carteira assinada", continuou. No trimestre encerrado em abril, 33,1 milhões de pessoas tinham carteira de trabalho no país, estável em relação ao trimestre encerrado em janeiro, mas alta de 1,5% com relação ao mesmo período do ano anterior.

PL reduz dívidas de Estados com a União Um projeto de lei no Senado propõe a mudança, mais uma vez, do indexador das dívidas dos estados. Em 2015, o índice foi alterado para o IPCA ou Selic —o que for menor— mais 4%. A ideia agora, articulada pelo senador Esperidião Amin (PPSC), propõe manter só o IPCA, retirando a correção. Em mais um capítulo da frágil relação entre a gestão Jair Bolsonaro

(PSL) e o Congresso, o projeto preocupa a equipe econômica do ministro Paulo Guedes. O governo tenta demover Amin da proposta e acredita que ela não deve andar, mas a discussão se mantém no Senado. O projeto resgata proposta apresentada em 2015 pelos então senadores gaúchos Paulo Paim (PT), Ana Amélia (PP) e Lasier Martins (PDT). O Rio Grande do Sul é um

dos estados que enfrentam uma das piores situações fiscais. A troca seria retroativa, alterando o cálculo desde 1997, e teria enorme impacto sobre o caixa do governo federal. Estimativas iniciais dão conta de que o custo adicional da União encostaria em R$ 200 bilhões. Em alguns estados, a União passaria de credor a devedor. O resgate dessa proposta está sendo interpretado por integrantes do governo como um dos efeitos colaterais da desarticulação política do governo federal no Congresso. Sem ação mais contundente do governo, parlamentares estariam suscetíveis a encampar propostas dos estados e municípios, em especial as que desagradassem a União. Dentro dessa lógica seria mais fácil, por exemplo, atender a uma nova demanda de alguns governadores.

Estagnação do PIB eleva pressão por corte na taxa básica de juros por parte do Banco Central A contração de 0,2% do PIB (Produto Interno Bruto) no primeiro trimestre de 2019 intensificou a pressão para que o governo adote medidas de estímulo à economia, além dos esforços para aprovar a reforma da Previdência, incluindo a retomada da política de cortes de juros. “[O resultado do PIB] é mais uma evidência de que o Banco Central pode cortar os juros. É o único instrumento de curtíssimo prazo para ajudar a economia a voltar a crescer”, diz Sérgio Werlang, ex-diretor de Política Econômica do BC. Desde maio de 2018, a Selic, taxa básica de juros da economia, permanece em 6,5%. A estabilidade sucedeu um período de repetidos cortes que levaram a taxa a cair a menos da metade (em outubro de 2016, a Selic era 14,25%). A suspensão da política de afrouxamento monetário ocorreu na esteira da percepção de que a recuperação da economia poderia levar à volta das pressões inflacionárias.

Estoque de crédito fica estável em abril

Contas públicas têm saldo positivo

O estoque total de crédito do sistema financeiro nacional se manteve estável (0,0%) frente a março, e avançou 5,4% em relação a abril de 2018, totalizando R$ 3,3 trilhões, conforme o BC. Como proporção do PIB, o montante total de crédito ficou em 47,0%. Na região Sul, o saldo total de crédito em março foi de R$ 619,1 bilhões, com avanço de 0,2% frente ao mês anterior.

As contas públicas registraram saldo positivo em abril. O setor público consolidado, formado pela União, estados e municípios, anotou superávit primário de R$ 6,637 bilhões no mês passado. Em abril de 2018, o resultado também foi positivo, entretanto menor: R$ 2,9 bilhões. Esse foi o maior resultado para abril desde 2017, quando houve superávit primário de R$ 12,908 bilhões.

38º

O recuo de 0,2% no PIB no primeiro trimestre coloca o Brasil na 38º posição de uma lista de 43 países elaborada pela consultoria Austin Rating, empatado com o México e acima apenas de Letônia, Coreia do Sul, Indonésia e Nigéria.

Governo quer Imposto de Renda negativo O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, afirmou ontem, que o governo estuda a mudanças no Imposto de Renda (IR), entre elas a criação de um imposto negativo, com uma rede de seguridade social para camadas de renda inferior. "Seria um enorme avanço na direção de criar uma renda básica mínima. Isso nos permitiria garantir um patamar mínimo de sustentação, uma rede de segurança de toda a sociedade, o que é um sonho do liberalismo".

Peso da indústria para a economia tem queda

Agro perde fôlego no ano, aponta IBGE

A leitura de que o Brasil vive uma precoce e rápida desindustrialização foi reforçada pela divulgação dos resultados da economia no início deste ano. Os cálculos feitos pelo economista Paulo Morceiro mostram que a participação do setor no PIB equivalia a 11,3% no fim de 2018 e recuou para 10,4% no começo deste ano. Até então, o pior resultado (11% do PIB) havia sido registrado no primeiro e repetido no segundo trimestre de 2018. Segundo IBGE, o setor industrial recuou 0,7% no trimestre.

O PIB da agropecuária voltou a cair. O recuo nos três primeiros meses deste ano, em relação a igual período de 2018, foi de 0,1%. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, a queda foi de 0,5%, segundo o IBGE. Está difícil para o PIB do setor dar sustentação à economia neste ano, como vinha ocorrendo em períodos anteriores. Neste primeiro trimestre, houve redução de produção e de produtividade de alguns dos principais produtos brasileiros.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

9

GETÚLIO VARGAS

Justiça faz reintegração de posse de terreno

Efetivo da Brigada Militar foi reforçado para acompanhar a desocupação

Depois de três pedidos negados pela Justiça para a prorrogação do prazo de reintegração de posse da área invadida no bairro Getúlio Vargas, a oficial de justiça, acompanhada de um grande aparato da Brigada Militar e de representantes do Conselho Tutelar, cumpriram na manhã de ontem a ordem judicial que determinava a saída de 36 famílias de um terreno que pertence ao Município. O processo

de reintegração de posse tramitava na 2ª Vara Civil de Ijuí desde 2016. A operação começou por volta das 8h e terminou às 9h30 sem nenhum problema ou interferência dos moradores. De acordo com a PM, a maioria das casas já estava desocupada e 13 famílias ainda seguiam no local, mesmo com os moradores tendo sido avisados sobre a ação, durante encontro no 29° Batalhão da Polícia Militar,

em que foram orientados a deixar o local antes da execução judicial. A medida era evitar um possível confronto. “A reintegração de posse ocorreu da melhor forma possível, dentro do nosso planejamento, sem nenhum incidente”, disse o major do 29° BPM, Edilson Flora Góes. Ao Grupo JM, o representante dos moradores, Emerson Gomes, durante a manhã, disse que a ação é um marco triste para o município. “Em pleno 2019 nós estamos vivendo isso aí. Nós sabíamos que essa reintegração algum dia iria acontecer, pois por cima da Lei não conseguimos passar, mas graças a Deus, o pessoal entendeu o motivo da desocupação e transcorreu tudo de forma tranquila e pacífica, até por que aqui moravam seres humanos e não bichos, como alguns nas redes sociais diziam”, comentou. Com a saída das pessoas que estavam na área, o poder Executivo irá realizar trabalhos de infraestrutura e lotear o terreno em 165 partes, que serão doados para pessoas que estão cadastradas e se encaixam nos critérios de vulnerabilidade social da Secretaria Municipal de Habitação. A lista dos contemplados deve sair nos próximos dias,

segundo o poder Executivo. “Agora vamos pressionar o Executivo, pois se o problema era a desocupação, agora está pronto. Então queremos que seja acelerado o processo para que sejam concluídas as ruas e que sejam entregues os lotes para os 160 contemplados e as famílias possam ter o seu cantinho novamente”, ressaltou Gomes. O secretário municipal de Habitação, Ramsés Lemos, disse ao grupo JM que na segunda-feira será publicada a lista com os nomes dos contemplados com os lotes. Disse ainda que já foi solicitado para que o processo de regularização fundiária, encaminhado ao

Registro de Imóveis seja agilizado, para que ocorram as melhorias de infraestrutura necessárias. De acordo com Ramsés, a prefeitura disponibilizou caminhões para retirada dos móveis e parte deles foram colocados de forma provisória no prédio da Secretaria Municipal de Habitação. "Não deixamos nenhuma família desamparada. Duas delas, que tinham crianças, inclusive de colo, nós disponibilizamos um local para ficarem", disse o secretário. Questionado onde seria este local, Ramsés preferiu não informar, pois, segundo ele, foi um pedido das próprias famílias.

Caminhões da prefeitura levaram as mudanças das famílias que estavam no local

Prédio da prefeitura de Ijuí é invadido por famílias do Getúlio No fim do expediente do poder Executivo de Ijuí, por volta das 17h, moradores que estavam na área desocupada na manhã de ontem invadiram o prédio da prefeitura. Com cartazes, eles reivindicavam um local para morar e pediam uma resposta do poder Executivo. O representante dos moradores, Emerson Gomes, disse que o protesto é uma resposta em relação "a palhaçada que ocorreu durante a manhã, na reintegração de posse".

"Nós já vínhamos dizendo que toda ação tem uma reação e eles acharam que o povo iria ficar quieto e nós viemos aqui reivindicar o nosso direito. Estamos fazendo uma manifestação pacífica. Não estamos depredando nada do prédio público ou causando algum dano ao patrimônio", disse ao Grupo JM. "Nós somente estamos reivindicando o nosso direito, pois as pessoas não têm para onde ir. Estamos aqui mais uma vez unindo forças por essa luta por moradia",

acrescentou o líder. Mas a mobilização não durou muito. Antes das 18h30, as famílias já haviam saído do local. Em contato com o prefeito Valdir Heck, ele disse que apenas foi cumprida a decisão judicial. "Estamos tratando da regularização daquela área e apenas cumprindo uma decisão, que não iniciou conosco e acredito que as famílias tomaram consciência disso, deixando o prédio da prefeitura", ressaltou Heck.

Com faixas e pedidos, moradores invadiram o hall de entrada da prefeitura


10

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 1º E 2 DE JUNHO DE 2019

ENSINO PRIVADO

Sinepe questiona formato de programas do governo federal

O Fies praticamente inexiste. Temos pouco acesso, as instituições não estão aderindo em função da forma com que ele funciona" Bruno Eizerick

O Sindicato do Ensino Privado no Rio Grande do Sul (Sinepe-RS) está questionando junto ao Ministério da Educação, os critérios de ingresso no Programa Universidade para Todos (ProUni). Presidente da entidade, Bruno Eizerick defende que deve ser considerado somente o fator renda do aluno, e não o fato dele ter estudado em escola pública ou privada. "O ProUni é muito importante, mas tem uma questão que envolve o programa e preocupa o Sinepe, de que ele tem que ser acessado pelo aluno em função de sua renda, e não se ele estudou em escola pública ou privada. O aluno ter estudado em escola privada, que pode ter uma renda não tão alta, fica fora de um programa tão importante, simplesmente por sua família ter feito um esforço de ter pago uma escola particular", explica, acrescentando que busca a revisão desta regra. Sobre a possibilidade do programa oferecer bolsas de pesquisa no segundo semestre, é vista com ponderação pelo presidente do Sinepe. "Com a situação hoje que envolve a Educação, isso e o contingenciamento, não temos muitas certezas. Temos que esperar

um pouco para ver efetivamente o que vai acontecer." Outra problemática apontada pelo Sinepe envolve o Fies, programa de financiamento estudantil, que sofreu alterações, colocando mais responsabilidade sobre as universidades e reduziu a busca por parte dos estudantes. "O Fies praticamente inexiste. Temos pouco acesso, as instituições não estão aderindo ao novo Fies em função da forma com que ele funciona, porque o financiamento é concedido para o aluno, a instituição presta serviço, e se o aluno não pagar o financiamento, caberá à universidade ou faculdade pagar. Então, esse é um financiamento que deixa de existir, porque o risco todo passa a ser das instituições. Enquanto o governo federal não repensar um financiamento que pense no futuro de nosso País, pensando a Educação como o bem mais importante que temos, continuaremos tendo milhares de jovens que querem ingressar no Ensino Superior e, simplesmente ficam à parte deste processo tão importante." Ainda em entrevista ao Grupo JM, Eizerick contou que as negociações para o dissídio dos

professores da rede privada está fechado, restando apenas a negociação da hora/aula dos professores da Educação Básica, o que deverá ser definido em reunião marcada para a próxima semana. Além disso, os professores da rede privada se preparam para o Congresso do Ensino Privado, que acontece na última semana de julho, e deverá ter a presença de mais de 1,8 mil educadores.

Novo FIES O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação (MEC), instituído pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições de Educação Superior não gratuitas aderentes ao programa.

Assembleia do Corede debateu o desenvolvimento regional Com o objetivo de debater o desenvolvimento regional, foi realizada nesta semana Assembleia do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) Noroeste Colonial, no Centro de Eventos do Campus Ijuí. O professor Sérgio Allebrandt, palestrante na assembleia, observa que o objetivo da fala foi mostrar aspectos importantes no processo de planejamento regional. “É necessário que se olhe para os indicadores, que dão uma ideia do que está acontecendo na região em termos de PIB e principalmente nas questões sociais, que tentam mensurar questões vinculadas com a pobreza, IDH e Idese, por exemplo. Temos municípios com indicadores representando baixo desenvolvimento e outros com indicadores elevados, considerando alto desenvolvimento. Precisamos, dessa forma, olhar para o desenvolvimento da região como um todo.” Segundo o professor, atualmente é fundamental olhar para questões relativas à urbanização. “Existe uma discussão no mundo sobre a necessidade de se estabelecer políticas públicas para resolver

O que é Consulta Popular? Desde 1998 o Estado do RS instituiu, através da Lei nº 11.179, que a população define diretamente parte dos investimentos e serviços que constarão no orçamento do Estado. Esse processo foi denominado de Consulta Popular. Anualmente o governo do Estado fixa o valor submetido à deliberação da população. Este valor é distribuído entre as 28 Regiões do Estado, de acordo critérios como a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE). Para a Consulta Popular 2018/2019 o valor disponibilizado foi de R$ 80 milhões.

problemas decorrentes da urbanização, já que a maioria da população nos próximos anos estará vivendo em cidades”, complementa. O encontro, que foi conduzido pelo presidente do Corede Noroeste Colonial, professor Nelson

Centro de Eventos da Unijuí recebeu assembleia do Corede Noroeste Colonial

Thesing, que também atua como pró-reitor da Unijuí no Campus Panambi, teve a participação de membros dos conselhos municipais de desenvolvimento, administrações municipais e entidades da região. O Corede Noroeste Colonial promove espaços de deliberação entre organizações e sociedade civil para o enfrentamento das desigualdades regionais. Abrange

os municípios de Ijuí, Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Coronel Barros, Condor, Catuípe, Jóia, Panambi, Pejuçara e Nova Ramada. O Corede também é responsável pela organização da Consulta Popular, realizando o levantamento das demandas regionais que vão a votação da população, que define quais áreas receberão investimentos do governo do Estado.

DEJALMA CREMONESE Professor do Depto. de Ciências Sociais da UFSM

As manifestações de maio Ataque às instituições democráticas. Este foi o tom das mobilizações do último domingo, dia 26 de maio. As bandeiras levantadas pelos manifestantes próBolsonaro incluiu investidas contra o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF), e à mídia. Por outro lado, os participantes apresentaram cartazes a favor da reforma trabalhista e ao projeto anticrime do Ministro Sérgio Moro. É preciso lembras que as instituições atacadas foram construídas e consolidadas às duras penas. Vencemos o Estado de exceção e a ditadura, agora precisamos fortalecer a nossa já caricata e minguada democracia. Não podemos retroceder e flertam com o autoritarismo e a ditadura novamente. De todas as ações dos manifestantes pró-governo, a mais emblemática e simbólica foi a retirada da faixa “em defesa da educação” do prédio histórico da UFPR. Este gesto é típico de pessoas e de um governo que vê como inimigo a cultura e a educação. Por outro lado, nenhuma reclamação ou protesto contra o desemprego que já atinge 14 milhões de pessoas, muito menos contra a recessão, o preço do gás, a gasolina, o custo de vida e o fim da aposentadoria. Silêncio total também sobre a alta do dólar, a perda do mercado internacional e, principalmente sobre a corrupção: nenhum pio sobre Queiroz, Flávio, laranjas e milicianos. As manifestações pró-Bolsonaro aprofundaram também o “mal estar” entre o governo e os deputados do “Centrão” - grupo que tem seu núcleo duro no DEM, PP, PL (ex-PR), PRB e Solidariedade que reúne aproximadamente 200 parlamentares. Assim como o Centrão, o presidente do Congresso Rodrigo Maia foi alvo dos manifestantes. As notícias não são boas para o governo também na economia. No último dia 30 de maio foram divulgados os dados do PIB do Brasil. Segundo o IBGE o PIB caiu 0,2% no 1º trimestre e tem primeira retração desde 2016. Para um país que precisa crescer os percentuais do PIB segue os patamares de 2012. Também o apoio a Jair Bolsonaro despencou 72 pontos no mercado financeiro internacional. Segundo a última pesquisa da XP, realizada com investidores, economistas e gestores de recursos, a percepção ótima ou boa do governo despencou de 86% em janeiro para atuais 14% entre investidores milionários; o nível de ruim ou péssimo saltou de 1% para 43% no mesmo intervalo. Como resposta contra as práticas autoritárias e ao desmonte e ao contingenciamento dos recursos da educação do atual governo, milhares de estudantes e professores voltaram novamente às ruas na última quinta feira, dia 30 de maio. Os protestos ocorreram em mais de 100 cidades do país. Na verdade o ministro da Cultura, Abraham Weintraub, tem virado um “animador de protestos estudantis”. Desde que foi indicado ao cargo de ministro, Weintraub tem se esforçado em “ressuscitar” o movimento estudantil do Brasil a UNE. Desde o termo “balbúrdia” usado por ele, passando pela exclamação “idiotas úteis” do presidente, até o corte de verbas educacionais, parece que os estudantes e professores estão dispostos a resistir ao governo. Novos protestos se avizinham, e as Centrais Sindicais prometem parar o Brasil no próximo dia 14 de junho e a pergunta que fica é esta: até onde vai o desgoverno Bolsonaro?


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

UNIMED NOROESTE

Aberta nova edição do Café com Saúde Visando o cuidado com a saúde de seus médicos, a Unimed Noroeste/RS promove todos os anos o projeto Café com Saúde. Direcionado aos cooperados e cônjuges, o evento une prevenção e uma pausa para um café. O cronograma da edição de 2019 iniciou-se na última semana, em Ijuí. O evento foi também comemorativo aos 14 anos do Hospital Unimed. A realização de exames laboratoriais, a verificação de sinais vitais e entrevista sobre as condições de saúde antecederam o café da manhã de integração. O médico Marco Túlio Somavilla Duarte sempre faz questão de participar do evento e avalia como uma excelente iniciativa. “Acho ótimo, considerando que é uma ação preventiva e que proporciona a conscientização de cuidar-se”, observa o cooperado, apontando a importância dos médicos também realizarem exames periodicamente. Além de incentivar a prevenção de doenças e a promoção à saúde, o evento busca promover a integração. Neste ano, como dife-

Evento proporciona cuidado com a saúde dos cooperados da Unimed

rencial, o evento de Ijuí teve ainda o intuito de valorizar o trabalho desenvolvido pelos profissionais no hospital próprio. Três médicos foram homenageados pela dedicação e comprometimento em consolidar os serviços da Unimed como referência macrorregional. Foram destacados como “Médicos Amigos do Hospital Unimed” o cardiologista Bruno Wayhs, o otorrino-

laringologista Jorge Sierakowski e o pneumologista Maurício Rieger. O cronograma do Café com Saúde deve seguir nas próximas semanas. O projeto será levado aos médicos das demais Coordenadorias de Área, abrangendo aqueles que atuam nas regiões de Frederico Westphalen, Palmeira das Missões, Panambi, Santo Augusto, Tenente Portela e Três Passos.

11

IPE segue com atraso de R$ 5 milhões ao HCI O anúncio de pagamento dos valores atrasados, por parte do governo do Estado, não garantiu alívio total ao Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). Segundo o presidente, Cláudio Matte Martins, a expectativa da instituição é receber, via Funafir (Fundo de Apoio Financeiro e de Recuperação dos Hospitais), R$ 1,6 milhão, devido pelo governo pelos serviços prestados pelo HCI nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2018. O grande problema, hoje, está no IPE Saúde. "Seguimos com problemas no IPE. O atraso foi grande em 2018 e hoje, por mês, o dívida chega a R$ 5 milhões. Com o Estado, estamos regularizando a situação. Mas nos mantemos na luta, junto com a Federação das Santas Casas, para que seja realizado o reajuste da tabela SUS, e para que isso seja discutido com o Ministério da Saúde", destacou o presidente. Em contato com o Grupo JM, Cláudio Matte falou sobre a revitalização necessária nos leitos SUS e sobre a reforma que vem sendo realizada no Centro de Alta Complexidade em Oncolo-

Cláudio Matte Martins

gia (Cacon). Novos consultórios estão sendo construídos, graças a projetos elaborados pelo HCI, que conquistaram aporte de recursos junto a empresas e grandes laboratórios. Há uma reforma no Banco de Sangue e busca-se recursos para construção de espaços que abriguem o equipamento de ressonância magnética e o novo angiógrafo.

Vacinação contra a gripe é aberta à população a partir de segunda A Secretaria Estadual de Saúde, em conjunto com o Conselho de Secretários de Saúde, decidiu, ontem, prosseguir com a campanha de vacinação contra a gripe, ampliando a imunização para toda a população.

Ontem era o prazo previsto para o fim da campanha de imunização aos grupos prioritários, conforme destacou a coordenadora do Programa de Imunização da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), enfermeira Patrícia Hil-

debrandt. A meta não foi atingida entre crianças – com idades entre 6 meses e 6 anos de idade -, gestantes e população com morbidades, e por isso o chamamento segue a estes grupos. Com a diferença, agora, da abertura para demais interessados,

a partir de segunda-feira, dia 3. “No Rio Grande do Sul, vínhamos há bastante tempo preocupados com a baixa cobertura vacinal em alguns grupos. E a partir da análise de dados, foram traçadas estratégias.Acampanha segue para

aqueles que não conseguimos atingir, e asseguraremos a quantidade de vacinas necessárias para que seja possível atingir a meta”, destacou a coordenadora. Para receber a dose, é necessário apresentar a caderneta de vacinação.


12

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

IMPACTOS

Municípios discutem a judicialização na saúde Judicialização da Saúde foi o tema do encontro realizado no Centro de Eventos de Tapera na quinta-feira. Uma iniciativa do Comitê Executivo Estadual da Saúde que é composto por diversas instituições, como Tribunal de Justiça do RS, Ministério Público e Defensoria Pública, com o apoio da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs) e Associação dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja). Explanaram sobre o tema, a representante da Defensoria Pública do Estado do RS, e dirigente do Núcleo de Defesa da Saúde, Regina Célia Borges de Medeiros, a juíza corregedora do TJ-RS, Rosana Garbin, e a médica e representante do Comitê Estadual de Saúde, Elisabeth Collares. O debate teve a presença do juiz da comarca de Espumoso, Daniel Luz, e da promotora de Justiça de Tapera, Marisaura Raber Fior. Na oportunidade, prefeitos, vices, assessores jurídicos e secretários de Saúde puderam esclarecer dúvidas e ter melhor compreensão a respeito da judicialização e seus impactos na execução de políticas públicas do setor. Conforme o presidente da Amaja, e prefeito de Quinze de Novembro, Gustavo Stolte, é preciso buscar convergência com o Judiciário, visando mais agilidade e solução para os problemas dos

Ajuricaba reinaugurou o Estratégia Saúde da Família (ESF) nesta semana. A unidade de saúde teve que passar por adequações na infraestrutura, devido às péssimas condições em que se encontrava, e que tornavam o ambiente insalubre para pacientes e funcionários. A reforma foi realizada por meio de recursos próprios e do governo federal, proveniente do programa Requalifica UBS, por indicação do parlamentar Elvino Bohn Gass (PT-RS). O projeto teve apoio do Conselho Municipal de Saúde de Ajuricaba e foi encaminhado ao prefeito Ivan Chagar, que se deslocou a Brasília, onde reivindicou a continuidade da liberação dos recursos para ampliação do prédio.

A nova estrutura conta com salas para atendimentos diferenciados, por exemplo, raio X odontológico, farmácia local e espaço de puericultura com brinquedoteca. Esses locais estão em fase de organização e aguardam aprovação da Vigilância Sanitária. Além disso, conta com sala de espera, sala de acolhimento, consultório de enfermagem, consultório médico, ambulatório, sala de observação, sala de educação em saúde/reunião, consultório odontológico, sala de materiais esterilizados, copa, almoxarifado, lavanderia e sala de guarda de resíduos. Segundo Ivan Chagas, com a entrega das novas instalações da ESF 3, a administração leva mais qualidade de vida à população.

Encontro reuniu prefeitos e lideranças da Famurs, na última semana

cidadãos. “A maioria dos municípios já investiu 25% na área da Saúde, onde a obrigação funcional é de 15%. A situação é difícil e, por isso, estamos buscando os comitês para que possamos diminuir as ações, direcionando as obrigações para cada responsável. Precisamos primeiramente entrar no entendimento do Judiciário e andarmos todo mundo na mesma linha, buscando agilidade nos processos dessas demandas, sempre pensando que ali existe um paciente que precisa do nosso esforço”, salientou. Juíza corregedora do Tribunal de Justiça, Rosana Garbin explica que as ações dos Comitês de Saúde visam debater questões comple-

xas e sensíveis da área da saúde, prevenindo a judicialização, ao dar um atendimento melhor das ações que efetivamente ingressam e uma cooperação entre os entes envolvidos nessas questões. “Sabemos que os municípios são uma ponta, e uma ponta muito importante nessa questão complexa da judicialização. Por isso essa interlocução, tanto para apresentar todo o trabalho que é feito, como ouvir as demandas dos municípios. A pretensão dos comitês de saúde é que os magistrados abram espaço para ver qual é a demanda, estimulando um canal para dialogar e melhor atender a população em geral”, destaca Rosana.

PL das Licitações entra na pauta da Câmara O PL que muda as regras para licitações no setor público é o destaque da pauta do Plenário na próxima semana. A proposta cria modalidades de contratação, exige seguro-garantia para grandes obras, tipifica crimes relacionados ao assunto e disciplina vários aspectos do tema para as três esferas de governo - União, Estados e municípios. De acordo com o substitutivo da

Ajuricaba reinaugura unidade de saúde

comissão especial, o administrador poderá contar com modalidades diferentes de licitação das atuais. Das modalidades em vigor, o texto mantém o pregão, a concorrência, o concurso e o leilão. Por outra lado, é criado o diálogo competitivo para obras, serviços e compras de grande vulto. O diálogo competitivo se caracteriza por conversas com licitantes

previamente selecionados por meio de critérios objetivos.Após essa etapa, as empresas devem apresentar sua proposta final. Essa modalidade será aplicada a objetos que envolvam inovação tecnológica ou técnica; a situações nas quais o órgão ou entidade não possa ter sua necessidade satisfeita sem a adaptação de soluções disponíveis no mercado.

Prefeito Ivan Chagas e autoridades participaram da reinauguração do ESF

Corsan aprova aumento na taxa de água A revisão tarifária das contas de água da Corsan será de 7,69%. O índice foi aprovado pelo Conselho Superior da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) na quinta-feira. Conforme a Agergs, a previsão é de que o valor entre em vigor a partir de hoje. O percentual foi aprovado após duas tentativas da Corsan, que sugeriu revisões de 25,75% e 13,54%, ambas negadas pela agência reguladora. A decisão atinge 280 municípios gaúchos e abrange também a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Delegados de São Borja (Agesb).

Governo do Estado recoloca à venda aeronaves da Brigada Militar

Projeto é apresentado no IPE

Conta de luz fica mais barata em junho, segundo a Aneel

Seis aeronaves da Brigada Militar (BM) serão colocadas à venda pelo governo gaúcho na próxima sexta-feira. São três aviões e três helicópteros, sendo um deles avaliado em quase R$ 2,6 milhões. Se todos os itens forem arrematados, a arrecadação mínima pode ultrapassar os R$ 3,3 milhões. De acordo com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), os recursos serão destinados ao Fundo Especial da Segurança Pública e reinvestidos na própria BM.

O encontro de apresentação do projeto RHE Previdência, que viabilizará a melhoria da gestão previdenciária a partir da utilização do sistema existente no Estado, no Instituto de Previdência do Estado do RS (IPE Prev), importante para que se possa iniciar a transformação do instituto.

A Aneel anunciou nesta sexta-feira que a bandeira tarifária na conta de luz para junho será verde, ou seja, sem imposição de custos adicionais aos consumidores. Segundo nota do órgão, a previsão hidrológica além do esperado gera tendência de vazões acima da média histórica para o período, geralmente marcado como estação de seca nas bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional. De acordo com a Aneel, as chuvas possibilitarão manutenção dos níveis dos principais reservatórios das hidrelétricas.


Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 1º E 2 DE JUNHO DE 2019

AGROINDÚSTRIA FAMILIAR

Triplica adesão ao novo sistema de sanidade

As simplificações promovidas no processo de adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf-RS) impactaram diretamente no volume de adeptos ao modelo. Desde agosto do ano passado, quando as mudanças entraram em vigor, o número de municípios inscritos pulou de 33 para 90, segundo a Secretaria da Agricultura. Uma das alterações no sistema ocorre no âmbito das vistorias. Antes, auditorias de equivalência presenciais eram obrigatórias, o que impactava diretamente na agilidade do processo de análise dos pedidos, que dependia da disponibilidade de servidores. Agora, esse trâmite foi substituído por um termo de responsabilidade firmado pelo prefeito do município e demais interessados. Inspeções aleatórias serão realizadas no novo sistema, mas a Secretaria da Agricultura informa que, em razão da alta de demanda, “o foco está no atendimento de prefeituras e agroindústrias, mas as inspeções serão retomadas em seguida”. Essa é justamente a crítica da Associação dos Fiscais Agropecuários do Estado (Afagro). Os técnicos consideram que o fim das auditorias em todos os estabelecimentos enfraquece o processo

O novo modelo funciona basicamente em duas etapas: - O município faz o processo de adesão e indica os estabelecimentos registrados no SIM que vai credenciar no Susaf. - Os empreendimentos indicados apresentam a documentação à Instância Operativa Central (IOC), da Secretaria da de certificação de qualidade. O presidente da entidade, Antonio Augusto Medeiros, diz que as vistorias presenciais fortaleciam o sistema. "Muitos (municípios) têm veterinários, servidores altamente qualificados, mas a auditoria dava respaldo para essa inspeção municipal e, assim evitava pressão política e se aprovasse de qualquer maneira, sem as condições necessárias para o produto chegar na mesa do consumidor." Criado em 2011 e regulamentado no ano seguinte, o Susaf surgiu como ferramenta para impulsionar a venda de produtos de agroindústrias além dos limites municipais. Com o selo do sistema, estabelecimentos inscritos no Serviço de Inspeção Municipal (SIM) têm

Agricultura. Todos os envolvidos - prefeito, responsável técnico da agroindústria, veterinário oficial do SIM e proprietário do estabelecimento -, precisam anexar termos de responsabilidade sobre adequação às legislações sanitárias cabíveis. autorização para comercializar seus produtos em todo o Estado. Problemas de documentação por parte dos municípios e falta de pessoal na Secretaria da Agricultura para responder à demanda de solicitações travaram a expansão do sistema estadual, que abrigava apenas 33 dos 497 municípios gaúchos no modelo antigo, até o fim do ano passado. Sem o registro no Susaf, produtores familiares dependiam de portarias específicas do governo estadual para participar de feiras como a Expointer. Diretor do Departamento de Agricultura Familiar e Agroindústria, José Alexandre Rodrigues afirma que o sistema estimula a economia dos municípios, pois as agroindústrias passam a ter o Estado inteiro como “balcão de negócios”.

13

Reunião que debate mudanças nas INs chega a Ijuí A reunião sobre as Instruções Normativas (INs) 76 e 77 que entraram em vigor na quinta-feira, alterando a forma de produção, coleta e armazenagem do leite cru, chega a Ijuí. O evento será realizado no próximo dia 12, às 13h, no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum da Unijuí. As inscrições são gratuitas, limitadas a 558 vagas e podem ser realizadas em www.sympla.com.br/. A iniciativa tem o objetivo de esclarecer dúvidas de produtores, indústrias e de prefeituras do interior do Estado sobre a adequação às normas. De acordo com o secretário-executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do RS (Sindilat), Darlan Palharini, essas mudanças buscam um ajuste ainda maior na qualidade do leite e favorecem toda a cadeia produtiva, principalmente o consumidor. "As novas regras aumentam os controles e as responsabilidades do processo produtivo para a indústria. Mas, para que isso se concretize na propriedade rural, a mesma terá de ter uma boa infraestrutura. Também é necessária

uma boa estrutura viária e acesso à energia elétrica, o que requer a participação das prefeituras e governo do Estado", afirma. A programação inclui palestras sobre a Lei do Leite, aspectos de inspeção do leite que se modificam a partir das INs 76 e 77 e sobre o Plano de Qualificação de Fornecedores. O encontro contará ainda com depoimentos de produtores e da indústria sobre o programa Mais Leite Saudável e com uma mesa redonda com especialistas da área, na qual o público poderá fazer perguntas ao vivo e via WhatsApp pelo número 51 9 8909 1934. O evento terá transmissão simultânea por meio do Facebook do Sindilat - em web.facebook. com/sindilatrs/. O encontro é promovido pela Superintendência Federal do Ministério da Agricultura no Estado (Mapa/RS), Secretaria da Agricultura, Sindilat, Apil, Famurs, Farsul, Fetag, Sistema Ocergs, Emater, Embrapa, Conseleite, Gadolando, Associação dos Criadores de Jersey, Fecoagro, Simvet, CRMV/RS, Unijuí e prefeitura.

Emater divulga expectativa Enquanto os produtores gaúchos aceleram os preparativos para a implantação das culturas de inverno no RS, como busca por crédito para financiamento das lavouras, a Emater/RS-Ascar apresenta o primeiro levantamento com relação à intenção de plantio da safra no RS. Esse levantamento foi realizado na primeira quinzena de abril em 246 municípios gaúchos (89% da área) que produzem trigo, 62 municípios (90%) produtores de cevada, 78 municípios (86,41%) produtores de canola e 139 municípios (80%) produtores de aveia no Estado e divulgado na quinta-feira .

Produtores participarão de audiência sobre a reforma da Previdência no RS Preocupados com os reflexos da reforma da Previdência para aposentadoria rural, cerca de 200 agricultores familiares do Estado devem participar da audiência pública com o presidente da comissão especial, Marcelo Ramos (PSB-AM), marcada para a próxima segunda-feira. O pedido dos trabalhadores é

de que o campo seja excluído da PEC 6/2019. A principal crítica é em relação ao aumento da idade mínima de aposentadoria para as mulheres no campo, que passaria a ser de 60 anos — atualmente é de 55 anos. Para convencer o governo, os agricultores usam como argumento a quantidade de horas

trabalhadas, que segundo o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado (Fetag-RS), Carlos Joel da Silva, é superior à da jornada urbana: "Não tem razão que explique fazer uma reforma para quem ganha o mínimo e trabalha o máximo."

Integrante da comissão, o deputado Heitor Schuch (PSB-RS) entende que a visita de Ramos é uma “oportunidade para que todos possam ser ouvidos, já que a grande maioria não tem como estar nas audiências realizadas em Brasília”. O evento será a partir das 10h, na Assembleia Legislativa do Estado.


14

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Barriquello quer ser protagonista na disputa a prefeito em 2020 Apontado nos bastidores como um possível candidato à sucessão do prefeito Valdir Heck (PDT), o vereador Marcos Barriquello afirmou que quer ser protagonista nas eleições em 2020, independentemente do partido. Filiado no PDT há mais de 20 anos, o vereador diz que há possibilidade do partido apoiar a sua candidatura, mas reconhece que a concorrência interna é grande. Em entrevista ao Grupo JM, Barriquello confirmou que está na mira de outros partidos. “Neste momento, o que está certo é que vou concorrer a prefeito, independentemente de ser pelo PDT ou por outro partido”, afirma o vereador. Segundo o edil, a intenção de disputar a prefeitura no processo eleitoral de 2020 já é de conhecimento dos mais próximos, inclusive do PDT. “Ainda estamos conversando sobre o processo eleitoral, acredito que o PDT vai buscar coligações, pois será dificuldade para os partidos em concorrer com chapa pura. A discussão sobre a política partidária, ainda está indefinida. O que está certo é que vou concorrer a prefeito, e se não for

pelo PDT será por outro partido, e pra isso já tenho mantido alguns contatos, mas me sinto lisonjeado de ter sido apontado pelo prefeito Valdir Heck. Eu tenho uma relação positiva com o prefeito, e também dentro do partido, por isso fica claro que quando ocorrer a decisão não será em razão de algum descontentamento com o PDT”, explica Barriquello. O vereador destaca que a decisão será tomada com base na sua ideologia política, mas garante que tem uma boa relação com todos os partidos em Ijuí, inclusive os menores. Ele destaca também a importância da participação da sociedade e das lideranças no pleito eleitoral. “Nos últimos dias, em uma reunião na Associação Comercial de Industrial de Ijuí (ACI) foram passadas informações sobre a agência de desenvolvimento do Município de Ijuí, por isso é importante ressaltar que a ACI e o Sindilojas são peças fundamentais para o desenvolvimento de Ijuí”. Na entrevista, o vereador voltou a criticar a falta de acessibilidade no interior. “Eu tenho falado

PSB é 'única verdadeira oposição' no município

As articulações políticas para o pleito de 2020 começam a se intensificar, e as lideranças partidárias iniciam o processo de conjecturas para a formação de alianças. Tendo passado de um para dois vereadores em 2016, o PSB local se fortaleceu e, hoje, é um dos maiores partidos do município. Liderança proeminente da sigla, o vereador César Busnello garantiu, nesta semana, que o PSB terá 'candidato na majoritária' e, conforme as conjunturas, poderá até mesmo ter um postulante à prefeitura no próximo ano. Isso porque, conforme Busnello, a firme oposição feita pelo partido pressupõe que oções eleitorais precisam ser dadas à população de Ijuí. "De todos os partidos que estão aí, o PSB é única e verdadeira oposição às práticas de governo que dominam Ijuí há 20 anos", afirma o parlamentar. "Claro que o PCdoB também tem se mantido como oposição nos últimos anos, junto conosco. Então seria contraditório que, fazendo oposição às práticas

de governo atuais, nós não oferecêssemos um candidato", diz Busnello. O vereador também cogita colocar seu nome à disposição do partido para a disputa. "Acho que, acima de tudo, para o desafio de assumir a gestão de um município do porte de Ijuí não basta um nome. É preciso muita preparação, além de uma unidade muito forte entre várias pessoas com bom perfil técnico e político. Mais do que isso, exige dialogar com quem conhece de administração pública, algo que tenho feito muito", diz Busnello.

César Busnello

constantemente sobre a falta de acessibilidade no interior, dizem que está bom, mas posso dizer que não está bom, mas se queremos tapar o sol com a peneira, tudo bem, mas posso afirmar que não está bom. Estamos vendo e tem situações que são insuportáveis”, relata Barriquello. Ele informou que irá convidar o presidente do PDT Paulo Stum para fazer um roteiro pelo interior. “Indiferente do partido que esteja à frente da Secretaria de Obras. A prefeitura é uma só, se nós temos recursos sobrando na educação, vamos colocar na agricultura, se nós temos recursos sobrando na agricultura, vamos colocar na saúde. Todas as secretarias devem se ajudar, não é porque eu tenho um orçamento, que não posso dispensar recursos para outras secretarias. Precisamos pensar que a prefeitura de Ijuí é uma só. O município peca em algumas questões sobre acessibilidade no meio rural. Agora se entendem que é diferente, bom aí não posso fazer nada, eu já levei provas, encaminhamentos e estou diariamente

Marcos Barriquello

em contato com pessoas do interior, e a reclamação é uma só. Agora no inverno teremos uma demanda com muita intensidade, o transporte escolar tem que passar, o transporte do leite tem que passar, o agronegócio tem que funcionar”, relata o vereador.

Vereador propõe audiência para debater a Expo-Ijuí

Jeferson Dalla Rosa quer maior integração da comunidade na Expo-Ijuí

O vereador Jeferson Dalla Rosa (PSB) na última sessão da Câmara de Vereadores propôs a realização de uma audiência pública para debater questões relacionadas aos eventos Expo-Ijuí/ Fenadi. Em entrevista ao Grupo JM, o vereador explicou que o objetivo da audiência é debater a feira junto com comunidade e lideranças de Ijuí buscando melhorar o evento. “A Feira sempre é alvo de críticas por parte da comunidade, que muitas vezes se sente excluída do evento um exemplo ocorreu com a Uabi, que no ano passado fez duras críticas ao evento”, ressalta o edil.

Ele salienta que recebeu vários pedidos de pequenos empresários que relataram que se sentem excluídos da feira. “A Expo-Ijuí é uma das maiores feira do Estado, e os pequenos empresários precisam estar incluídos neste processo, por isso, através da audiência será possível debater melhorias, buscando uma integração entre sociedade e a feira”. Segundo ele, na ocasião os organizadores da Expo-Ijuí também poderão expor o impacto financeiro do evento. “O nosso objetivo é fortalecer ainda mais a feira e não criticar, mas sim agregar”, justifica Dalla Rosa.

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

PACTO SINISTRO Em 23 de agosto de 1939, os ministros de Relações Exteriores da Alemanha de Hitler e da União Soviética de Stalin - nazistas e comunistas - assinaram o Pacto de Não-Agressão. Uma semana depois, Hitler invadiu a Polônia, sem reação soviética. Cinco anos depois, quando divisões soviéticas se aproximavam de Varsóvia em contra-ofensiva, fizeram um alto para esperar que os alemães liquidassem os poloneses em revolta. Depois, liquidaram os alemães. Dez anos antes do início da II Guerra, o comunista Gramsci, em prisão italiana, escrevia seus cadernos sobre a dominação pelas mentes. Pois aqui, nesses últimos 30 anos, o pacto do nazismo com o comunismo voltou a ser aplicado, não para destruir a Polônia, mas para destruir o Brasil. E quase conseguiram. O nazismo entrou com a máxima de Goebbels, de que a mentira repetida se torna verdade; e o comunismo contribuiu com os ensinamentos de Gramsci, aplicados no ensino e na informação, para conquistar as mentes, com sectarismo usual de nazistas e comunistas. Meu amigo Paulo Vellinho, com a sabedoria de seus 90 anos, demonstrou que fomos usados como cobaias, num projeto fracassado. Para não ficarem expostos como fracassados, sabotam as soluções, como se não tivessem pátria. E, efetivamente, nazistas e comunistas tinham o mesmo projeto cosmopolita. A sabotagem, pela pregação do pessimismo e divulgação de um lado único da história tem produzido resultados entre os que dependem das mesmas fontes de informação. Nas manifestações de domingo, muitos foram capazes de negar o que as imagens mostravam. A seita dos que querem fechar o Congresso e o Supremo foi usada pelos agentes da desinformação. No mundo real, a maciça maioria defendeu as reformas combinadas com 58 milhões de eleitores, onde se inclui o fim do conchavo fisiológico. Houve político afirmando que povo nas ruas significa perigo para a democracia. E, claro, essa falácia máxima foi para a primeira página. Aliás, no plenário da Câmara, na votação que manteve o COAF no seu ministério de origem, alguns reclamavam dos que, com o celular, transmitiam nas redes sociais o voto de cada um. Não queriam que seus mandantes soubessem de como estavam votando. Povo na rua, contra e a favor do governo, é a democracia agindo, funcionando, expressando vontades. As ruas digitais cumprem papel semelhante, agrupando, socializando, agregando vontades e forças, de onde emana todo poder. E são um bom antídoto para a associação Gobbels-Gramsci. Aí, 2G vira passado.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

15

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Relator quer negociar texto com líderes pela aprovação Relator da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara, o deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP) disse ontem que pretende conversar com líderes partidários para construir um parecer com "tendência de ser aprovado pela grande maioria". O parlamentar tucano afirmou que deve apresentar o relatório no final da semana que vem ou no início da semana seguinte, atendendo a um pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A proposta que altera as regras de aposentadoria é uma das principais apostas do governo Jair Bolsonaro para recuperar as contas públicas. A intenção de Maia é que o texto da reforma da Previdência seja votado em junho na comissão especial e, no mês seguinte, no plenário da Câmara. Para viabilizar a votação neste prazo, Moreira pretende construir um texto com o maior consenso possível entre as legendas. Moreira falou sobre o anda-

mento da proposta de reforma da Previdência ao chegar para a convenção nacional do PSDB, realizada em Brasília, que vai eleger o novo presidente da sigla. O relator destacou que o partido dele sempre foi “reformista” e que a sigla atua para servir o Brasil, e não o governo. "Não estamos aqui para servir ao governo. O PSDB não está a serviço do governo. O PSDB está a serviço do Brasil. É um partido reformista, sempre apoiamos as reformas da Previdência: do Lula, da Dilma, do Fernando Henrique. Nós entendemos que é preciso reformar a Previdência”, enfatizou. Samuel Moreira também citou as emendas apresentadas pelos deputados como sugestões de mudança no texto enviado pelo governo. Foram mais de 270 emendas. A maioria a favor de manter como é hoje o Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos carentes, e suavizar mudanças na aposentadoria rural e dos professores.

Samuel Moreira

Nosso desejo é manter a capitalização, mas este é um dos temas também bem polêmicos e, neste momento, ao meu ver, o mais importante é equilibrar as contas da Previdência."

RS avança para ter Marco Legal do Biogás

Zila Breitenbach

Próximo a Semana do Meio Ambiente, a presidente da Frente Parlamentar da Matriz Produtiva dos Biodigestores, deputada estadual Zilá Breitenbach, comemora chegada do projeto de lei do executivo gaúcho à Assembleia Legislativa do RS para criação da Política Estadual do Biogás e Biometano, o Programa Gaúcho de Incentivo à Geração e utilização do Biogás e Biometano – RS Gás. Foram dois anos de reuniões, audiências, viagens pelo interior do RS e também para fora do Brasil, para que com a Formação de um Grupo de Trabalho fortalecido com a instalação da Frente Parlamentar. "Este

texto foi construído em muitas mãos, com pessoas que como eu acreditam que com planejamento, trabalho e entusiasmo, independente de cores partidária, podemos unir forças em prol de projetos que possam auxiliar no desenvolvimento do RS. E projetos que tenham como ser executados, eficientes, porque o papel aceita tudo", explica Zilá . O texto apresentado ainda em 2018 para o Governo do RS tem como principal objetivo tornar os biodigestores acessíveis aos produtores rurais e usar a tecnologia para dar destinação adequada aos dejetos animais, mais tarde evoluindo para também os resíduos humanos.

Ministro diz que lei protege minorias O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal) afirmou que a Corte não está legislando no caso da criminalização da homofobia, que voltará a ser analisada pelos magistrados no começo de junho. Ele foi questionado sobre as declarações do presidente Jair Bolsonaro, que questionou se o STF não estaria "legislando" ao tratar da questão. "Não há nada de legislar. O

que há é a aplicação da efetividade da Constituição, [que é] protetiva de uma minoria que no Brasil sofre violência tão somente por sua orientação sexual", afirmou Moraes. "O Brasil é o quarto País do mundo com maior índice de agressões a pessoas tão somente em virtude de sua orientação sexual. Não é possível continuar com isso", diz o magistrado. Moraes explicou que o Con-

gresso já criou leis para inibir o preconceito "contra mulher, contra crianças, contra idosos, contra o consumidor, contra pessoas com deficiência e contra qualquer outro tipo de discriminação. Ou seja, o Congresso legislou sobre todas [as formas de preconceito]. E se quedou inerte em relação a outra [contra os homossexuais] que é uma interpretação possível de preconceito em geral, que já está na lei".

'Não está na hora de termos um ministro do STF evangélico?', pergunta Bolsonaro Em evento ontem na igreja Assembleia de Deus, em Goiânia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) cobrou um ministro evangélico no STF (Supremo Tribunal Federal). “Será que não está na hora de termos um ministro do STF evangélico?”, perguntou o presidente. O presidente ainda questionou se a corte não estaria “legislando”, ao julgar uma ação que trata da criminalização da homofobia. Sua fala foi seguida de uma forte salva de palmas, e os presentes chegaram a levantar em sinal de aprovação às palavras do presidente. A indicação de ministros do Supremo é uma atribuição do presidente da República, que depois precisa ser aprovada pelo Senado. Até o final de seu mandato, Bolsonaro poderá indicar ao menos dois deles. O primeiro ministro do Supremo que deve deixar a corte é o decano Celso de Mello, em novembro de 2020. A segunda vaga no STF deve ficar disponível com a aposentadoria de Marco Aurélio Mello, em julho de 2021.

Gasolina terá queda de preço nas refinarias

Brasil e Argentina assinam acordo

A Petrobras reduzirá o preço médio dos combustíveis nas suas refinarias a partir de hoje. Em comunicado, divulgado na noite de ontem, a estatal informou que o valor médio do litro do diesel diminuirá 6%, enquanto o preço da gasolina vai cair 7,16%. O valor da gasolina reduzirá, em média, R$ 0,1399, passando a R$ 1,8144 por litro, o menor valor desde o dia 16 de março.

O ministro da Justiça, Sergio Moro, assinou ontem, em Buenos Aires, durante reuniões de ministros do interior, um acordo para que a Argentina compartilhe com o Brasil informações sobre 5 mil torcedores com antecedentes de violência e delitos, os chamados "barrabravas", para que eles não consigam vir ao País durante a Copa América, que começa em 14 de junho.

Leite diz que PSDB honra suas origens O PSDB realizou ontem a convenção nacional. Na ocasião o Leite defendeu que o partido mantenha sua visão liberal, mas também priorizando uma forte ação na área social. Defendeu o respeito às diferenças e citou como exemplo ações que promovam a diversidade e a igualdade de gênero. No discurso, o governador do RS também alertou para a necessidade de respeitar a democracia e disse que é preciso trabalhar também com ponderação.

2,87

É o valor em bilhões que a empresa Braskem, investigada na Lava Jato, terá que devolver até janeiro de 2025. O acordo foi assinado com a Controladoria-Geral da União (CGU) e Advocacia-Geral da União.

Cunha é transferido para o presídio Bangu

Projeto quer permitir ensino em casa

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha deixou ontem o Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde estava preso há dois anos e sete meses. De acordo com a Polícia Federal, Cunha ficará detido no Presídio Pedrolino Werling de Oliveira, Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona Oeste. O ex-deputado foi condenado em primeira instância a 15 anos e quatro meses de reclusão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Um projeto apresentado pelo deputado Fábio Ostermann (Novo) quer permitir o ensino das crianças em casa no Rio Grande do Sul, na prática que ficou conhecida como "homeschooling" ou ensino domiciliar. O texto está tramitando no Parlamento, atualmente aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e já há uma audiência pública agendada para junho. A intenção é ouvir especialistas a respeito dos prós e contras da prática na formação de crianças e adolescentes. Ostermann defende a criação de uma legislação específica sobre o tema.


16

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

Esportes

CAMPEÃO DA RECOPA

COPA DO BRASIL

O River Plate venceu o Athletico-PR por 3 a 0, quinta-feira à noite no Estádio Monumental de Nuñez em Buenos Aires e conquistou pela terceira vez a Recopa Sul-Americana. Fernandez, Lucas Pratto e Suárez marcaram os gols dos argentinos.

O Palmeiras venceu o Sampaio Correa por 2 a 0, quinta-feira no Allianz Parque e avançou para as quartas de final. Maike e Zé Rafael fizeram os gols do Alviverde treinado por Felipão.

Juvenil tem jogo decisivo

São Luiz fez no Glória o último treino antes do jogo deste sábado

O Juvenil do São Luiz após três derrotas seguidas busca reabilitação no Gauchão da categoria. Enfrenta a SER Santa Rosa hoje a partir das 15h no Estádio Carlos Denardin, pela sétima rodada. Quarto colocado com quatro pontos, o Rubro tem um duelo direto com o adversário que é lanterna, com três pontos. O São Luiz terá a estreia do novo técnico Marcelo Galvão (Guiné). O trabalho de ontem à tarde foi novamente no campo do bairro

Glória e o treinador orientou uma atividade tática e de posicionamento. Também deu ênfase à bola parada, finalizações e cobranças ensaiadas de faltas. A equipe ainda não está definida, mas terá mudanças. Voltam ao time, Pablo, Dionatan, e Battu que não atuaram diante do Panambi. Santa Rosa e São Luiz terá arbitragem de Edegar Frick com os assistentes Renato Bueno de Oliveira e João Carlos Pedersen.

7ª Rodada Hoje, 1º/6 Novo Hamburgo x Nacional(São Leopoldo)11h-Estádio do Vale (Novo Hamburgo) Cruzeiro(Santiago) x Uruguaiana-15hEstádio Alceu Carvalho (Santiago) Santa Rosa x São Luiz-15h-Estádio Carlos Denardin(Santa Rosa) Inter(SM) x Rosário-15h-Estádio Presidente Vargas(Santa Maria) Gramadense x São José (POA)-15h-Complexo Ernestão(Gramado)

Guarany(Ba) x Rio Grande-15h-Estádio Estrela D´Alva (Bagé) Brasil(Fa)x Apafut(Caxias)-15h-Estádio das Castanheiras(Farroupilha) PRS(Garibaldi )x Encantado-16h-Estádio Alcides Santa Rosa-Garibaldi Amanhã,2/6 Americano x Esportivo-15h-Estádio João Renato Feltes(Novo Hamburgo) Safurfa x Ypiranga(Erechim)-15h-Estádio Renato Bebber(Marau)

Brasil(Pel) x Progresso(Pel)-15hCT Xavante(Pelotas) União Harmonia (Canoas) x Cruzeiro (Cachoeirinha)- 15h-Estádio Santos e Schein(Canoas) Classificação chave F 1º) SER Panambi-13 pontos; 2º) Ypiranga-7 pontos; 3º) Safurfa e São Luiz-4 pontos; e quinto- SER Santa Rosa-3 pontos

Futsal do Ceap é campeão em torneio Equipes de futsal do Colégio Evangélico Augusto Pestana(Ceap), treinadas pelo professor Paulo Wissmann, disputaram na última quarta-feira o Torneio Início da Onase, Região Missões. A equipe infantil levou o título de forma invicta, após na primeira fase vencer o Rui Barbosa de Carazinho por 3 a 0, o Da Paz de Santa Rosa por 2 a 1 e empatar com o Sinodal de Ibirubá em 1 a 1. Na semifinal derrotou o Logeman de Horizontina por 2 a 1 e na final, em um jogo emocionante, o Ceap venceu o time da casa nos últimos minutos, por 4 a 3. O time foi formado por Matias, Ricardo, Nicholas, Tael, Dudu, João Vitor, Gustavo, Jonas, João Vitor da Silveira, Cristian, Gustavo Penno e Isaac.

JOGOS DO SESI I O Campeonato de Futebol Sete Livre do Serviço Social da Indústria de Ijuí tem hoje no Centro Esportivo Arthur Fuchs do Sesi o último jogo da primeira fase válido pela sexta rodada. Às 14h45 jogam pela chave B as equipes Prosis/Agrimetal/ Funicalha/Di Moville e 3 Tentos A. A quinta rodada teve estes jogos no último sábado:chave A,Camera/ Imasa 2 x 2 Cisbra/Hoff Pneus; chave B, Dubai Alimentos 5 x 0 Prosis/Agrimetal/Funicalha/Di Moville; e chave B, 3 Tentos A 6 x 2 Realize/SBR/ JN. A segunda rodada do futebol sete master do Sesi será disputada hoje a partir das 13h45. Atuam Cisbra/Hofff/Pneus e 3Tentos Agroindustrial.

JOGOS DO SESI II Os Campeonatos de Voleibol Masculino e Misto do Sesi terão início na próxima segundafeira em Ijuí com estes jogos no Centro Esportivo pela primeira rodada:19h,Misto, Gimenez/Garcel Móveis x 3 Tentos; e 20h,masculino, 3 Tentos x Prosis/Agrimetal/Funicalha/Di Moville/Aprossis. A segunda rodada terá estas partidas na quarta,5 de junho no Sesi: 19h, Soberana Alimentos x perdedor do jogo 1 e 20h, masculino,Gimenez/Garcel Móveis x perdedor do jogo número 2.

COPA DUNGA Devido às condições climáticas, o Serviço Social do Comércio de Ijuí está cancelando a rodada de hoje da 22ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores. Seriam realizados jogos nos campos do Sesc e da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Equipe do Colégio Evangélico Augusto Pestana conquistou título no Torneio da Onase

Filipe participa da Maratona Internacional

Filipe Matter Cargnelutti(3º à esq.) foi campeão no Circuito POA Dan Run, no percurso de 3km

O atleta de Ijuí Filipe Matter Cargnelutti participa amanhã em Porto Alegre da 36ª edição da Maratona Internacional. Ele corre na Rústica de 7,5km. A prova terá ainda 21km e 42km. São 10 mil atletas participando. Filipe foi campeão no último dia 19 em Porto Alegre no Circuito POA Day Run Hospital Moinhos de Vento no percurso de 3km. A competição teve a prova de 21km às 7h da manhã e 3km, 5km e 10km às 9h, todas com largada e chegada no Parque Marinha do Brasil. Participaram mais de duas mil pessoas. "Na prova que participei dos 3km, uma corrida rápida com intensidade alta, terminei em 9 mimutos e 4 segundos. Estou muito feliz pelo resultado, poder competir na capital gaúcha em alta performace, e conseguindo vencer a competição".

DISTRITAL O Campeonato Distrital de Futebol de Ijuí tem amanhã a disputa da 8ª rodada. No campo do Ijuí da Linha 8 acontece rodada tripla com estes jogos:10h,Flamengo de Santo Antônio x Santana; ao meio-dia será servido almoço no valor de R$ 20,00. No cardápio, carne de gado, galeto, arroz, pão e saladas diversas. À tarde serão disputados mais dois jogos:às 14h15 Avante do Arroio das Antas x Floresta e às 16h, Juventude do Barreiro x Chorão. No campo da AABB com mando de campo do Juventude da Esquina Heidmann serão dois jogos:às 14h15, Juventude da Esquina Heidmann x Flamengo da Linha 11 e às 16h Juventude do Rincão dos Goi x São José do Alto da União. As equipes do Avante-16 pontos;Floresta-15 pontos; Aesa(Santana),Flamengo(Linha 11 Norte);Chorão e Flamengo de Santo Antônio, todas com 12 pontos e Juventude dos Goi, com 8 pontos estão garantidas na segunda fase. Juventude de Esquina Heidmann e Juventude do Barreiro, 4 pontos e São José do Alto da União,1 ponto brigam pela última vaga.


Jornal da Manhã

DOIS TOQUES

Carlos Alberto Padilha esporte@jornaldamanhaijui.com

COMEÇO- A estreia do novo técnico Marcelo Galvão no Juvenil do São Luiz é hoje em Santa Rosa em um jogo em que a vitória é fundamental. Guiné, que gosta muito do trabalho do técnico Tiago Nunes, do Athletico-PR, ex-colega no Pelotas nos tempos de preparação física é sanguíneo, aprecia times guerreiros, mas que saibam jogar futebol. Entra no lugar de Tarcísio Macuglia que tem uma história bonita no Rubro. DECISÃO-A rodada decisiva da Copa América de Futebol Sete do Colégio Evangélico Augusto Pestana (Ceap) que seria disputada hoje no campo do Parque Esportivo Richard Steinke foi adiada para a próxima semana. Jogariam neste sábado na decisão do terceiro e quarto lugares, Argentina e Paraguai e pelo título, Colômbia x Uruguai. Os jogos das semifinais tiveram no último dia 19: Colômbia 3 x 2 Paraguai; e Uruguai 2 x 2 Argentina(nos pênaltis, vitória do Uruguai). MUDANÇA- Eduardo Mundstock não é mais o head coach(técnico) do Queens Flag de Ijuí. No último domingo a equipe ijuiense ficou vice-campeã no Campeonato Gaúcho de Flag em Carlos Barbosa ao perder a decisão para o Santa Cruz Chacais por 19 a 7. Mundstock disse que em comum acordo com a diretoria se optou pela sua saída da função de treinador da equipe. Renan Jung(Boka) deve ser o novo técnico. A atleta do Queens, a running back Tânia integra a Seleção do Campeonato Gaúcho de Flag Feminino. FOLGA-A Associação Esportiva Ijuiense Futsal (AEIF) não joga neste sábado pela Liga Gaúcha 3. O próximo compromisso é dia 8 de junho, em Ijuí contra o AFI de Itaqui. A equipe treina para corrigir os erros e buscar os três pontos. A partir de terça-feira serão vendidos os ingressos antecipados a R$ 7,00 em Baterias Goi e na Deltasul. SÃO LUIZ- O ex vice- prefeito Bira Teixeira prefere não falar neste momento sobre o assunto, mas ele formou uma chapa para comandar o Conselho Deliberativo. Afirmou que tem encontro na segunda-feira para definir algumas situações e depois na terça-feira poderá abordar o tema. A eleição da nova mesa acontece no dia 11 de junho. FINAL- Liverpool e Tottenham decidem hoje às 16h a Liga dos Campeões da Europa. A decisão será no Estádio Wanda Metropolitano em Madri. Jogaço.

SÁBADO E DOMINGO, 1º E 2 DE JUNHO DE 2019

17

Grêmio enfrenta o Bahia fora e Inter joga em casa com o Avaí Com desfalques, o Grêmio visita o Bahia, hoje às 19h, no Estádio Pituaçu,em Salvador pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor Gaúcho ocupa o 18º lugar com cinco pontos e quer deixar a zona do rebaixamento.Lesionados, Paulo Miranda, Kannemann, Marcelo Oliveira, Alisson e Luan seguem entregues ao departamento médico gremista. Na defesa, Geromel e Rodrigues permanecem. Preservado, o volante Maicon ficou em Porto Alegre e na sua vaga entra Thaciano. Matheus Henrique e Everton, que foram convocados para as seleções sub-23 e principal, desfalcam o clube na sequência do Brasileiro. A dúvida fica no meio-campo entre Montoya ou Diego Tardelli. Pepê vai compor o ataque ao lado de Felipe Vizeu. Embalado por ter eliminado o São Paulo na Copa do Brasil, o Bahia quer manter a ascensão no Brasileiro. Os baianos estão na oitava posição com 10 pontos. Depois da classificação à próxima fase da Copa do Brasil, o Internacional

retornou aos treinos ontem no CT Parque Gigante. Os titulares ficaram no vestiário realizando trabalhos regenerativos. Os demais jogadores fizeram um trabalho técnico com bola no gramado no qual foi exigido muita intensidade e finalizações dos atletas. Recuperado de lesão, o meia Patrick treinou normalmente com o restante do grupo. Uendel que havia sentido um desconforto na coxa esquerda diante do Paysandu correu ao redor do gramado e não deve ser problema.A única mudança deve ser a entrada do meia D'Alessandro no lugar de Guilherme Parede. Uma provável escalação do colorado deve ter: Marcelo Lomba; Zeca, Emerson Santos, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Nonato e D´Alessandro; Nico López e Paolo Guerrero. Hoje às 11h30 ocorre o último treinamento, novamente no CT. Internacional e Avaí se enfrentam amanhã às 19h no Estádio Beira-Rio, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

TIMES Bahia: Douglas; Nino, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Douglas Augusto, Elton e Elber; Artur e Gilberto. Técnico: Roger Machado Grêmio: Paulo Victor; Léo Gomes, Geromel, Rodrigues e Juninho Capixaba; Michel, Thaciano, Jean Pyerre e Tardelli (Montoya), Felipe Vizeu e Pepê. Técnico: Renato Portaluppi

Vizeu marcou três gols nos últimos jogos e segue titular no Grêmio

Nico López está confirmado no time que enfrenta o Avaí, no Beira-Rio

Esse será o último jogo de Paolo Guerrero com a camisa vermelha antes da disputa da Copa América

pela Seleção do Peru. No Brasileirão, o colorado ocupa o sétimo lugar com 10 pontos.

BRASILEIRÃO 7 rodada Hoje,1º.6 16h, no Estádio Nilton Santos no Rio de Janeiro, Flamengo x Fortaleza 19h, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, Bahia x Grêmio Amanhã,2.6 11h, no Estádio Nilton Santos no Rio de Janeiro, Botafogo x Vasco 16h, na Arena Castelão em Fortaleza, Ceará x Santos

16h, no Morumbi, São Paulo x Cruzeiro 16h, na Arena da Baixada em Curitiba, Athletico-PR x Fluminense 19h, no Beira-Rio, em Porto Alegre, Internacional x Avaí 19h, na Arena Condá, em Chapecó, Chapecoense x Palmeiras 19h, no Independência em Belo Horizonte, Atlético-MG x CSA

Guilherme não descarta um dia treinar o São Luiz

G

uilherme Macuglia foi atacante do Grêmio, São Luiz e vários times. Como técnico tem um currículo invejável e já orientou 15 de Novembro de Campo Bom, Guaratinguetá-SP, Cerâmica de Gravataí, Criciúma, Coritiba, Caxias e Ypiranga entre outros clubes. Semana passada esteve em Ijuí visitando familiares. Conversou com o Jornal da Manhã.

Técnico Guilherme Macuglia esteve em Ijuí visitando familiares

JM- Você esteve no 19 de Outubro, revendo amigos Pensa em treinar o Rubro um dia? no São Luiz. Fazia tempo que não vinha à cidade? Guilherme- Nunca descartamos voltar à nossa cidade. Guilherme-É um prazer sempre estar em Ijuí visitando Além do lado profissional, tem o lado do orgulho de amigos e familiares e também com outros objetivos que trabalhar na equipe da cidade. Visito o clube e lembro tracei para resolver aqui. Estou correndo atrás da cidadania dos tempos em que tinha 12 anos, tinha a Escolinha do italiana.Estou contente pelo que vi em Ijuí, a cidade está Maurinho que era jogador. Participava do São Luiz e o crescendo, andei praticamente em todos os bairros. Fazia restante da história nossa no clube todos conhecem. Não uns dois ou três anos que não vinha para ficar mais tempo. só a minha, como de vários atletas aqui de Ijuí.A região O São Luiz está representando bem a cidade, isso deixa sempre foi rica na formação de jogadores. Acho que futuramente o São Luiz deve estar pensando nisso. Na a gente contente pelo que está sendo feito no esporte. JM-Teu último trabalho foi no Ypiranga em Erechim. região de Porto Alegre todos comentam que aqui é um Celeiro na formação de novos jogadores. O Rubro está no Como está a carreira? Guilherme- Desde o ano passado tracei algumas metas. caminho certo e agora vai levar o nome de Ijuí nas disputas Aprincípio queria fazer o curso de inglês,meu filho também nacionais. Nunca descarto a possibilidade de trabalhar no tinha ido trabalhar nos Emirados Árabes, não na área clube do coração e cidade da gente. esportiva. Tive a oportunidade de conhecer, fiquei dois JM-Como está vendo a dupla no momento. O Grêmio meses fora, analisando algumas situações lá mesmo, mas você conhece bem, jogou com o Renato na época de infelizmente não gostei do que foi proposto e retornei. Em atleta e o Inter agora com o Odair Hellmann? cima disso estou cada vez mais me aprimorando, vendo as Guilherme- Sou até certo ponto meio bairrista pela situações de atualização da licença que está sendo exigida classe. Fico orgulhoso quando vejo sete ou oito profissionais no Brasil pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). gaúchos treinando na Série A do Campeonato Brasileiro e É um assunto que às vezes temos uma certa divergência o técnico da Seleção é o Tite,também do Rio Grande do Sul. Isso dá orgulho e ao mesmo tempo a porque antes você tinha que ter a faculdade gente torce pela dupla Gre-Nal.Às vezes de Educação Física e o curso técnico dado encontro o Odair e o próprio Renato. pelo Sindicato dos Treinadores. Agora a CBF se meteu e está dando o mesmo curso A região é um Ce- Fiquei uma semana no ano passado com praticamente. Claro que a metodologia leiro na formação de ele no Grêmio lá no início. Vi coisas assim o nosso futebol a tendência é crescer. mudou, a gente precisa se atualizar. A novos atletas. Todos que Apesar de que entra naquele lado de que metodologia de treinamentos avançou comentam isso em antigamente eram sete, oito jogadores muito. Estou atento a isso e ao mesmo Porto Alegre formados na base da dupla ou do futebol tempo neste ano o meu projeto é voltar. gaúcho.Hoje um ou dois atletas cantam o Sempre gostei de iniciar os trabalhos, já tive nosso hino, tem muita gente de fora. As experiência em pegar trabalhos andando, categorias de base também estão trazendo é mais complicado. Iniciando um trabalho atletas de fora, casos de Nonato, no Inter e Matheus as chances de conseguir os objetivos são bem maiores. JM-Como viste a campanha do São Luiz no Gauchão? Henrique no Grêmio.


18

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

TRÂNSITO

Blitz educativa encerra atividades do Maio Amarelo A campanha do Maio Amarelo terminou ontem e, para encerrar as ações de conscientização sobre a segurança no trânsito, a Coordenadoria de Trânsito e entidades ligadas à segurança nas vias, realizaram uma blitz educativa em Ijuí. A atividade ocorreu na manhã de ontem, na Rua 15 de Novembro, na Praça da República, e incluiu a distribuição de material informativo para condutores e pedestres que passavam pelo local. O coordenador de Trânsito, Vilmar Mior, afirma que a ação visa conscientizar a comunidade da importância do uso dos equipamentos de segurança, além da necessidade de reduzir a velocidade e as regras básicas de circulação. "Infelizmente nosso trânsito está doente e essa é mais uma ação de conscientização e pedimos o apoio da comunidade para que nós não tenhamos a infelicidade de alguém que se acidentou ou ficou ferido em um acidente de trânsito", destacou. Durante o mês de maio em Ijuí foram realizadas mais de 20 atividades, entre palestras, cinema rodoviário, blitz educativas,

escolinha de trânsito. Até ontem, as ações da Coordenadoria de Trânsito e entidades parceiras alcançou, aproximadamente, três mil pessoas. "A mudança vem de todos nós, em conjunto, não é somente de uma pessoa. Então nós precisamos aprender um pouco mais das regras de circulação e obedecê-las para não colocar ninguém em risco", salienta Mior. A Coordenadoria de Trânsito e demais entidades ligadas a segurança estudam agora a implementação da Campanha Ijuí Unido na Prevenção de Acidentes, lançada no início da semana e que tem objetivo de fomentar outras ações de conscientização durante todo o ano. Nos próximos dias será realizado um encontro para tratar do andamento do projeto, que vai levar orientação para a comunidade através de palestras, escolinha de trânsito, em parceria com as empresas. Campanha Mundial O Movimento Maio Amarelo surgiu para chamar atenção para o alto índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo. As ações,

Daer cria padrão para laudos de vistoria

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) definiu novas regras para a apresentação dos laudos de vistoria exigidos para a emissão da Autorização Especial de Trânsito (AET). A licença é fornecida a veículos que realizam transporte de cargas em rodovias administradas pela autarquia. A mudança estabelece um novo regramento para apresentação dos laudos de vistoria para liberação de AET. A decisão normativa foi publicada no Diário Oficial do Estado em 15 de maio e entrará em vigor em 14 de junho. “O novo modelo para emissão de laudos de vistoria servirá para todos os tipos de veículos, combinações veiculares ou conjuntos transportadores que necessitem de AET para transportar cargas”, especifica a superintendente de Transporte de Cargas do Daer, engenheira Alessan-

dra Ribeiro. “Essa mudança tem como objetivo regrar e uniformizar a apresentação destes laudos, além de facilitar ao departamento o controle das informações prestadas”, acrescentou. Para realizar a alteração nas regras, o Daer aplicou um questionário aos responsáveis técnicos cadastrados na autarquia. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (Crea-RS) também foi consultado para verificar a regularidade e validade do método proposto. O último passo foi uma análise das exigências legais e normativas dos órgãos reguladores de trânsito, assim como a ABNT. Os usuários podem consultar mais informações e acessar o modelo de laudo no site da autarquia. O documento também está disponível para download: www.daer.rs.gov.br

Atividade de encerramento do Maio Amarelo foi realizada na manhã de ontem

promovidas pelo poder público e pela sociedade civil, envolvem segmentos de diversos setores para promover engajamento em ações com foco na propagação de conhecimentos. Em 2019, a campanha deu destaque à preocupação de familiares com os motoristas. Nessa linha, o slogan dos cartazes

deste ano é "Ouvir o conselho de quem te ama faz todo o sentido". Os banners ainda destacam dados estatísticos, como o que aponta que quatro crianças morrem por dia no trânsito no Brasil, e que um condutor sob efeito de álcool é 14 vezes mais propenso a ser responsável por um acidente fatal.

"Transporte vai melhorar em 2020", projeta sindicato Um ano após a greve dos caminhoneiros, que paralisou o País e deixou marcas no setor de transportes, com empresas migrando suas operações para transportadoras e frotas próprias, o cenário ainda é de espera. Presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado (Setcergs), João Jorge Couto da Silva, argumenta que, com a chegada do novo governo ao poder, 2019 será marcado como um ano de transição. O grande salto, projeta Silva, virá em 2020, com crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e, consequentemente, no volume a ser transportado pelas rodovias. A busca por caminhões, que vem crescendo desde o ano passado, acompanhará o crescimento, afirma o dirigente, e poderá faltar veículos a quem ficar na defensiva. “Vejo que o governo Bolsonaro está se adaptando. Quando assumiu, o presidente disse para não esperar o que ele iria fazer, mas o que iria desfazer. Esse desfazer é o desmonte de vários aparatos de corrupção, de gasto de dinheiro público, contratos mal feitos. Só isso já vai diminuir o gasto público, e a preparação para 2020 será muito forte. Temos 2019 como um ano de laboratório. Ali pelo segundo bimestre de 2020, o mercado estará aquecido”. Silva afirma que a economia está estagnada em função da série de ações que os políticos não estão fazendo. “A economia e o Brasil precisam de mudanças rápidas, que, se não tivermos, vamos ficar estagnados. Tenho confiança de que 2019 será um ano de ajustes e, ano que vem, um ano bastante promissor”, salientou. Para o presidente do sindicato, o setor tem que se modernizar, buscando tecnologias e equipamentos mais atualizados, se não, não acompanha a economia. "Por isso que estamos levando startups à Transposul, montamos o hub de transportadores para que os embarcadores tenham opções", ressaltou.

Emater|Ascar

CADEIA PRODUTIVA DO LEITE ATENDE A NOVAS EXIGÊNCIAS A qualificação e o fortalecimento da cadeia produtiva do leite no RS são os principais objetivos para a capacitação de entidades, como de produtores, indústria e setor público, que nos últimos dias têm discutido, em várias regiões do Estado, as duas novas instruções normativas referentes a padrões do leite, a 76 e a 77, que passam a vigorar a partir de 30 de maio. As novas regras para a produção de leite no país, especificando os padrões de identidade e qualidade do leite cru refrigerado, do pasteurizado e do tipo A, foram fixadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em novembro do ano passado, com prazo de 180 dias para entrar em vigor, quando serão revogadas as instruções 51/2002, 22/2009, 62/2011, 07/2016 e 31/2018. Essas normativas alteram as exigências para produção e armazenamento do leite cru e são muito importantes para qualificar nossa produção, cujo processo iniciou há 20 anos e se consolida a cada atendimento de nossos extensionistas a produtores e agroindústrias, aos quais prestamos Assistência Técnica e Extensão Rural e Social há quase 64 anos no RS. Como a produção leiteira é um dos eixos de atuação da Emater/ RS-Ascar, os critérios de produção de leite passam a ter foco nas boas práticas agropecuárias e na educação sanitária, e objetivam intensificar o controle na obtenção de leite, aplicando ferramentas de gestão de qualidade nas propriedades, incluindo manejo sanitário, refrigeração e estocagem, qualidade da água e uso racional de medicamentos veterinários. Essa qualificação dos processos de produção de leite é muito importante, pois somos o segundo maior produtor de leite do país, com um volume estimado de produção de 4.473.485.610 litros por ano. Importante destacar que os responsáveis pela produção de quase todo este volume (92,3%) são os produtores que vendem leite cru para indústrias, somados aos que processam leite em agroindústria própria. Assim, para melhorar a qualidade e a competitividade do nosso leite, temos agora que nos adaptar e enquadrar nossos produtores à IN 76, que trata das características e da qualidade do produto na indústria, e à IN 77, que define critérios para obtenção de leite de qualidade e seguro ao consumidor. Esse processo engloba desde a organização da propriedade, suas instalações e equipamentos, até a formação e capacitação dos responsáveis pelas tarefas cotidianas, e o controle sistemático de mastites, da brucelose e da tuberculose. Entre as novas normas, no caso do leite cru refrigerado foi mantida a contagem bacteriana máxima de 300 mil unidades por ml e de 500 mil células somáticas por ml. O produto não deve apresentar substâncias estranhas à sua composição, como agentes inibidores do crescimento microbiano, neutralizantes da acidez nem resíduos de produtos de uso veterinário. Isso envolve também cuidados na captação e no transporte. Queremos ressaltar que a implementação dessas normas permitirá um avanço significativo nos índices de qualidade do leite, no aumento da produtividade leiteira do nosso Estado, na oferta de alimentos mais seguros à população e na queda de barreiras comerciais para exportação.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

SEGURANÇA PÚBLICA

PRF aguarda reposição de efetivo de policiais

A Polícia Rodoviária Federal tem chamado atenção para o déficit de pessoal. A falta de servidores chega a quase 8 mil em todo o País. São pouco mais de 10 mil policiais, quando o ideal seria 18 mil para a toda a corporacão. Essa falta de profissionais também é sentida na 10ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (DPRF) de Ijuí. “Em termos de efetivo, mão de obra humana, assim como as demais instituições, carecemos sim de buscar um incremento neste sentido”, afirmou chefe da 10ª DPRF de Ijuí, Vilmar Keske, em entrevista ao Grupo JM. Ele disse ainda que este problema não é apenas uma particularidade 10ª Delegacia, como também não é um desafio apenas da Polícia Rodoviária Federal a necessidade de acréscimo de efetivo. No entanto, Keske acredita que entre os meses de agosto e setembro deva iniciar um curso de formação de novos policiais, que contemplaria 500 vagas e que está sendo buscado junto ao Ministério da Justiça ampliação desse número de vagas. Mas não somente suprir o

déficit de policiais que a Polícia Rodoviária Federal precisa. Muitos postos estão precisando melhorar a infraestrutura. Nesta semana, a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou que irá realizar investimentos em melhorias nos postos localizados em diversas regiões do Estado do Rio Grande do Sul, como nos municípios de Pelotas, Uruguaiana e Rio Grande. A 10ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal não foi contemplada. No entanto, Keske explica que anualmente a instituição possui uma lotação orçamentária para fazer investimentos em estrutura predial e como na região as delegacias de Ijuí e Cruz Alta houve a construção de novas unidades operacionais em 2017 e 2014, respectivamente, neste momento “não fomos agraciados com investimentos em infraestrutura predial, já que elas estão a contento”. No entanto, a 10ª Delegacia precisaria da construção de um prédio novo para abrigar a parte administrativa do posto e que busca alternativas para a construção no novo espaço. “Vamos trabalhar outros meios, tanto fi-

Vilmar Keske

nanceiros quanto de outras searas para construirmos uma unidade de operação administrativa. Também necessitamos de investimentos de garagens para viaturas e particulares na unidade operacional de Cruz Alta”, destaca. Sobre a questão de viaturas, Keske afirmou que neste momento a demanda está sendo suprida pelos veículos que estão disponíveis.

Motociclista fica ferido em acidente

Colisão ocorreu no cruzamento da Rua Marechal Malett e a Pinheiro Machado

Um motociclista ficou ferido na tarde de ontem após se envolver em um acidente de trânsito, em Ijuí. A colisão ocorreu no cruzamento da Rua Marechal Mallet com a Avenida Pinheiro Machado, área central do município. No local houve a colisão de um caminhão de mudanças e uma motocicleta. O condutor da moto, de 49 anos, teve fratura exposta em uma das pernas e diversas escoriações pelo corpo e foi encaminhado ao Hospital de Caridade pelo socorro do Samu. Até o fim da tarde de ontem não havia informações sobre o estado de saúde do motorista da moto. O condutor do caminhão não ficou ferido.

Plantão

VIOLÊNCIA

ROUBO A PEDESTRE TORNOZELEIRAS

Duas ocorrências de violência doméstica foram registradas no plantão da Delegacia de Polícia de Ijuí, na noite de quinta-feira. Os fatos ocorreram nos bairros 15 de Novembro e Assis Brasil. Em ambos os casos, as vítimas, baseados na Lei Maria da Penha, pediram medidas protetivas.

Um roubo a pedestre foi registrado na Rua São Francisco, bairro São Geraldo de Ijuí na noite de quintafeira. Na ocasião, um jovem de 17 anos, que retornava para casa foi surpreendido por dois elementos que arracaram um celular, avaliado em R$ 800. Após, eles fugiram em direção ao bosque dos Capuchinhos.

O secretário da Administração Penitenciária (Seapen), César Faccioli, acompanhou o início das instalações das novas tornozeleiras eletrônicas no Estado, que aconteceu ontem, na Penitenciária Regional, em Santa Cruz do Sul. Cada equipamento custa R$ 66.

19

BM prende homem por furto qualificado A Polícia Civil de Cruz Alta desencadeou operação policial visando cumprir dois mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão relativos ao tráfico de drogas em Cruz Alta e em Panambi. Em Panambi, um homem, de 25 anos, foi preso preventivamente por associação ao tráfico de drogas. Na residência do indivíduo foi apreendido um revólver calibre .38 e munições do mesmo calibre. A prisão ocorreu na Rua Lajeado, Bairro Pavão. O preso é natural de Cruz Alta Já em Cruz Alta foi preso preventivamente um homem de 28 anos. Na residência do apenado do regime semiaberto foram encontrados apenas objetos oriundos de furto ocorrido no interior do município de Fortaleza dos Valos, nesta semana. O indivíduo

possui antecedentes por crimes de roubo, porte de arma de fogo e estupro. Durante as investigações constatou-se que o acusado, além de traficar no local onde reside, Vila Esperança, também introduzia drogas para dentro do presídio, conforme imagens gravadas pelas câmeras de videomonitoramento do estabelecimento. Ontem, agentes da Susepe realizaram, em revista na cela do investigado, onde apreenderam cinco aparelhos de telefone celular. Outros dois indivíduos, de 19 anos, e 20 anos, também da Vila Esperança, foram presos durante as investigações, e encontram-se recolhidos. Foram cumpridos outros dois mandados nas casas de dois adolescentes na Vila Esperança, que também são investigados pelo envolvimento com o grupo.

Homem morre em acidente na BR-285 Um jovem de 20 anos morreu em um acidente no fim da tarde de ontem na BR-285, em Santo Antônio das Missões. A colisão foi no km 598 da rodovia, perto das 18h. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem dirigia uma caminhonete em direção a São Borja e, ao tentar entrar no parque de exposições da cidade, bateu de frente com outra caminhonete que vinha no sentido contrário.

O motorista do primeiro veículo morreu no local. Apesar do impacto, o segundo condutor, de 37 anos, não se feriu. Ambos os carros pararam fora da pista após a colisão. Ao ouvirem o barulho do acidente, populares que estavam em um rodeio que é realizado no parque acionaram o Samu. Conforme a PRF, o profissional que prestou atendimento constatou que a vítima sofreu traumatismo craniano.

Colisão entre caminhonetes ocorreu na BR-285, no fim da tarde de ontem


20

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

SEGURANÇA

Balada Segura tem foco no combate à alcoolemia O Detran RS lançou ontem uma nova campanha da Balada Segura, programa gaúcho de combate à alcoolemia no trânsito. O texto da campanha, narrado de forma revezada por dois jovens, é em poesia rimada do tipo slam, estilo surgido nos anos 1980 em Chicago, nos Estados Unidos. O apelo poético busca, principalmente, sensibilizar o público para a importância de se voltar da festa em segurança – a escolha de um “motorista da rodada” é a alternativa mostrada no vídeo. De forma complementar, a campanha demonstra a Balada Segura como uma causa social na qual toda a sociedade deve se engajar. Para a diretora institucional do DetranRS, Diza Gonzaga, a Balada Segura já se encontra em um patamar de aceitação social extremamente representativo, “visto que 97% dos motoristas escolhem soprar o bafômetro e que a imensa maioria deles zera no teste. Contudo, a alcoolemia no trânsito é um fenômeno cultural

que precisa ser desconstruído de forma sistemática e ampla – daí a importância das campanhas de publicidade educativa para reforçar a mensagem de preservação e valorização da vida”. Diza quer criar uma Escola Pública de Trânsito e, assim, levar o tema para dentro das salas de aula. "Essa escola seria a grande formadora de professores e educadores em geral. O objetivo é criar uma cultura de segurança. Temos de nos guiar pelo melhor, e o melhor está na Suécia. Lá, eles têm cidades com mais de 100 mil habitantes com nenhuma morte no trânsito. Há cinco anos não contabilizam mortes em cidades com menos de 50 mil habitantes. Não tem mágica. Lá, nenhuma morte no trânsito é aceitável. Eles mudaram o paradigma", diz. A intenção é que a Escola Pública de Trânsito forme educadores por meio de ensino a distância e aulas presenciais. "Eu acredito na educação, e educação é processo. Quero que a Viagem Segura não

Adolescente é apreendido com arma em escola Um adolescente de 13 anos foi apreendido na tarde de quartafeira em posse de um revólver, no momento em que entrava em uma escola, localizada no interior do município de Santo Antônio das Missões. Segundo a Brigada Militar, o pelotão da polícia se deslocou até a escola e durante a revista na mochila do menor foi encontrado um revólver cal .38 sem marca e numeração aparente, municiada com seis cartuchos intactos. No momento foi acionado o Conselho Tutelar e posterior foram encaminhados o adolescente infrator e um segundo adolescente de 17 anos para esclarecimentos. Durante o relato dos jovens, eles disseram que estavam sendo

ameaçados e pretendiam revidar as agressões. Os policiais foram até a residência de um dos adolescentes e no local os pais do jovem entregaram uma espingarda Cal .40, um revólver cal .38 e uma espingarda cal .28, além de um cartucho cal .38, um cartucho cal .28, dois frascos com espoletas e diversos estojos de diferentes calibres. Eles não possuíam porte de arma. Foi dada a voz de prisão do homem, que foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil de Santo Antônio das Missões para a confecção do registro. Durante o depoimento, o homem relatou que “as armas são antigas, que havia ganho de herança. Após ser ouvido, o homem foi liberado.

Diza Gonzaga

seja somente um slogan. Estou trazendo para dentro do Estado a visão das pessoas de fora. Trazendo o olhar da sociedade para dentro do sistema. Quero colaborar com isso. É a minha missão", ressalta Diza.

Caminhão com soja tomba em rodovia Um acidente envolvendo uma carreta foi registrado por volta das 10h de ontem, na ERS-551, na estrada que liga os municípios de Eugênio de Castro a Entre-Ijuís, na região das Missões. De acordo com a Brigada Militar, o motorista perdeu o controle do caminhão, saiu da pista e tombou. Parte da carga de soja ficou espalhada pela via. O veículo saiu do município de Eugênio de Castro e iria para a cidade de Cruz Alta com carregamento de 37 toneladas de soja. O condutor, que teve um braço ferido, foi conduzido ao Hospital de Santo Ângelo. A pista não chegou a ser bloqueada.

Revólveres e duas espingardas foram apreendidas pela Brigada Militar

Idosa cai em golpe e perde quase R$ 100 mil Acidente ocorreu na ERS-551, entre Eugênio de Castro e Entre-Ijuí

Mulher é condenada por matar afilhado

Uma mulher acusada de matar o afilhado com veneno em Dom Feliciano, foi condenada a 29 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado, por homicídio qualificado. O julgamento foi realizado na quinta-feira, em Camaquã. Conforme o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, cabe recurso e a ré já apelou na sentença. O defensor público Tiago Körbes, que representou a ré, afirmou que ela é inocente, e que vai recorrer da decisão. "Ela, em todas as oportunidades em que

fora ouvida – tanto em sede policial quanto em juízo, inclusive no júri de ontem – sempre negou a autoria do fato, afirmando não ter sido ela quem colocou o agrotóxico no iogurte que o afilhado comeu", declarou. "Tão logo proferida a sentença condenatória, a própria acusada manifestou a sua irresignação com o resultado", acrescentou. O menino Kaíke Sodré Drosdosky morreu no dia 21 de maio de 2013, após sofrer intoxicação, segundo indicou a necropsia.

Conforme foi relatado no julgamento, a ré Laura Fernandes da Luz Drosdosky colocou veneno com uma seringa em um pote de iogurte e entregou para a criança, no dia que o menino estava de aniversário, completando 4 anos de idade. Ela era esposa do tio de Kaíke, irmão do pai do menino. Na ata do julgamento, consta que a acusada demonstrou desprezo pela família, realizando o crime na presença dos pais da criança e de seu marido.

Uma idosa de 85 anos caiu em um golpe e perdeu quase R$ 100 mil em Soledade. Ela relatou à Polícia Civil que o caso ocorreu quando saía de uma agência do Banrisul, no dia 25 de maio. O criminoso abordou a vítima e disse que ela havia deixado cair um papel no chão, no qual constava a cobrança de uma multa, mas que esse valor poderia ser revertido no caixa eletrônico. O golpista ofereceu ajuda à idosa, que entregou o cartão ao homem. Ele foi até o caixa e, ali, teria efetuado a clonagem. Ao retornar, informou à vítima que tinha conseguido reverter a situação.

No entanto, entre os dias 28 e 29, o estelionatário efetuou pagamentos e transferências, que somadas chegam próximo a R$ 100 mil. A vítima descobriu o golpe na quinta-feira , quando recebeu uma ligação do banco que questionava sobre as inúmeras movimentações bancárias feitas em sua conta. Para evitar que a vítima descobrisse, o criminoso foi até um guichê eletrônico e efetuou a troca do número de telefone informado ao Banrisul, para que a idosa não recebesse as mensagens das transações no celular. A Polícia Civil trabalha na investigação do caso.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

AÇÃO SOCIAL

Mesa Brasil beneficia mais de seis mil pessoas O programa Mesa Brasil Sesc dará continuidade ao trabalho desenvolvido no município de Ijuí. Ao todo, são 73 entidades cadastradas e 6,5 mil pessoas beneficiadas em Ijuí e nos 16 municípios de abrangência, por meio da doação de alimentos, feita por aproximadamente 60 doadores regulares e entidades sociais cadastradas no programa. Qualquer pessoa pode doar para o Mesa Brasil, basta ir ao Sesc, na Rua das Chácaras, nº 926, ou ligar diretamente para o número 55 3333 0801. O programa conta com um caminhão para fazer a coleta dos alimentos doados nas residências e empresas.

O Mesa Brasil Sesc é uma rede permanente de solidariedade, que atua desde novembro de 2003 no Rio Grande do Sul. Seu objetivo é contribuir para a promoção da cidadania e a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza, em uma perspectiva de inclusão social. A nutricionista, Ana Paula Fischer Garcia, explica que o programa busca onde sobra e entrega onde falta. “De um lado, contribui para a diminuição do desperdício, e de outro, auxilia na melhora da qualidade nutricional de crianças, jovens, adultos e idosos. Em ambos os polos desse percurso, as estratégias de mobilização e as ações

HOMENAGEM E CONVITE PARA MISSA ILGA MENEGON * 07/02/1947 + 26/05/2019 José Menegon e família comunicam o passamento de Ilga Menegon, esposa, mãe, sogra e avó, ocorrido na manhã do dia 26 de maio, às 9h15. “Quem nasce para fazer o bem e ama a Deus sobre todas as coisas vive para sempre!” Da mesma forma agradecem aos familiares de todos os graus, aos amigos, amigas, colaboradores, Coral Italiano, Centro Cultural Regional Italiano, aos amigos da Paróquia Cristo Rei, aos Cursilhistas, ao Pe. Silvestre e pároco João o conforto recebido. Estendem os agradecimentos à maravilhosa e incansável Drª Cheila M. Eickhoff e a todos os funcionários da Unimed, especialmente aos da quimioterapia e internação, pelo profissionalismo e carinho que dispensaram. À Funerária Lupattini pelo atendimento impecável e confortável. Agradecem ainda a todos que, por um motivo ou outro, não puderam se fazer presentes, mas manifestaram condolências à família. Amigos e amigas, muito, muito obrigado pelo conforto naquelas horas de muita DOR DO AMOR. Convidamos para missa de 7º dia, momento especial em que acreditamos que ela se fará presente pela fé inabalável que sempre demonstrou. A celebração será realizada hoje, dia 1º, às 18 horas, na Paróquia Cristo Rei. Ijuí, 1º de junho de 2019.

Programa conta com caminhão para coleta em residências

educativas incentivam a solidariedade e o desenvolvimento comunitário”. No RS, o Mesa Brasil Sesc é realizado pelo Sistema Fecomércio-RS nas cidades de Porto Alegre e Região

Metropolitana, Cachoeira do Sul, Ijuí, Erechim, Santa Maria, Rio Grande e Vales do Taquari e Rio Pardo - Lajeado, Estrela, Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires -, sempre em parceria com as prefeituras.

HOMENAGEM AO 2º ANO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA MARIA DE LOURDES VEBER CEZIMBRA * 16/01/1959 + 05/06/2017 Nem as palavras mais bonitas deste mundo poderiam trazer algum tipo de alegria para o dia de hoje. A saudade conseguiu preencher todos os espaços das nossas vidas, inclusive aqueles que por algum motivo continuavam livres. O vazio deixado pela ausência é imensurável com a pura certeza que jamais será novamente ocupado. Por mais que os segundos passem, a dor não minimiza e a aquela incerteza de como será possível seguir em frente nos próximos dias, só complica ainda mais os pensamentos confusos que invadiram as nossas vidas. Mas o pior de tudo isso é ter a certeza de que é preciso encontrar forças, mesmo que por dentro não consigamos acreditar que elas existem. Encontrar a esperança em um dia tão triste pode até ser improvável, mas nunca impossível. Apesar da dor e do sofrimento, não podemos ignorar que é realmente necessário seguir em frente. A saudade será eterna e a presença não poderá mais ser sentida, mas as lembranças dos bons momentos vividos são um ótimo conforto, que permanecerá para sempre conosco. O tempo necessário para toda esta dor ir embora é ainda indeterminado, mas todos os dias em que a coragem de seguir em frente vencer a tristeza devem ser devidamente comemorados. A família convida para missa a ser celebrada hoje, na Paroquia Cristo Rei, às 18h. Ijuí, 1º de junho de 2019.

21

Executivo autoriza a compra de mudas

Dos 21 produtores inscritos, 14 tiveram seus projetos habilitados no Programa Mais Verde Mais Vida. Na tarde de ontem, o prefeito Valdir Heck assinou requisição autorizando a compra de parte das 3,5 mil mudas, entre exóticas e nativas – a serem adquiridas pelo Município para viabilizar o programa. “Primeiro estamos encaminhando a compra das mudas exóticas [500 mudas de noz-pecã e 500 de erva mate] e, posteriormente, faremos o processo para adquirirmos as mudas nativas”, observa o técnico agrícola da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, Jaime Porazzi. De acordo com ele, a retomada do programa Mais Verde Mais Vida é uma iniciativa do prefeito Valdir Heck com o objetivo de incentivar a utilização econômica por pequenos agricultores, conforme estabelece a Lei nº 6724/2018. Os plantios de árvores, por meio do programa, deverão ser executados na proporção de 70% para cultivo de erva-mate e/ou noz-pecã, e 30% para espécies nativas.

AGRADECIMENTO Esposa Helena Schünemann Fengler, filhos, genros, netos e bisnetos do querido e amado esposo

CARLOS FENGLER *18/03/1929 + 22/05/2019 Agradecem aos médicos Aureo Zimermann, Laurence Bressan Werle, as enfermeiras do posto central de saúde de Coronel Barros, a cuidadora Marli e esposo, Rose. Pastor Cristian, comunidade Bom Pastor e ao coral, à Funerária Coronel Barros pelos serviços prestados. A família que deu todo apoio necessário. Obrigado a todos que trouxeram seu abraço e demonstrações de carinho Ijuí, 1º de junho de 2019.

HOMENAGEM E CONVITE PARA MISSA Eliane, Patricia e Tamires Perkoski convidam para missa de 7° dia de falecimento do esposo e pai

VALDIR PERKOSKI *28/08/1952 + 26/05/2019 A missa será celebrada, hoje, dia 1º de junho, às 19h na Paróquia São Geraldo. Agradecemos a equipe de hemodiálise do HCI, aos médicos, a equipe de enfermagem e aos demais que prestaram auxílio e confortaram nos momentos difíceis. “Tu, Senhor, manténs acesa a minha lâmpada; O meu Deus transforma em luz as minhas trevas.” Salmos 18:28 Ijuí, 1º de junho de 2019.


22

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de junho de 2019

MEIO AMBIENTE

Atividades começam na próxima terça-feira Começa nesta terça-feira, a programação da Semana Municipal do Meio Ambiente em Ijuí, promovida pelas secretarias municipais de Meio Ambiente (SMMA) e de Educação (Smed) e entidades ambientalistas. As atividades são alusivas ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na próxima quarta-feira, e que terá como tema a poluição do ar. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Aproximadamente 7 milhões de pessoas morrem prematuramente a cada ano devido à poluição do ar, sendo 4 milhões das mortes somente na região da Ásia e do Pacífico. O Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano incitará governos, indústria, comunidades e indivíduos a se unirem para explorar a energia renovável e as tecnologias verdes, bem como melhorar a qualidade do ar em cidades e regiões de todo o mundo. Segundo a ONU Meio Ambiente, 92% das pessoas em todo o mundo não respiram ar limpo; a poluição do ar custa à economia

Os alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Ruy Barbosa Ruyzão fizeram uma ação social no Lar do Idoso do bairro Glória. A iniciativa partiu do Grêmio Estudantil no Dia da Solidariedade, juntamente com a diretoria da escola, para arrecadar alimentos. No total, foram arrecadados aproximadamente 200 quilos de alimentos e materiais de higiene. A doação ocorreu na tarde de ontem, na qual os alunos dedicaram seu tempo para dar, não somente os itens arrecadados, mas também, carinho e atenção para os idosos. Os alunos conversaram e ouviram as histórias que os moradores do lar tinham para contar, momento esse também, em que a aluna, Nathália Fabrim, participante do Canta Meu Bairro Canta, cantou para alegrar os idosos.

Foi uma tarde de emoção e solidariedade, segundo o diretor da escola, Paulo Barcellos. “Havia um senhor que marcou a data em que estivemos lá, no ano passado, e quando chegamos ele nos disse que estava esperando por nossa visita novamente.” O aluno do 1º ano do Ensino Médio, Clemerson Marques, em entrevista ao Grupo JM, conta que para ele foi muito gratificante participar da ação, pois os idosos ficam muito felizes e comovidos, já que muitos deles não possuem o acompanhamento da família. Para eles, a grande doação é o carinho que eles recebem nesse momento. O projeto acontece anualmente, e esse ano teve a participação de 10 alunos, que estão organizando um grupo no WhatsApp para realizarem mais ações sociais durante o ano.

Ao longo do ano, escolas desenvolvem projetos socioambientais

global 5 trilhões de dólares por ano; a poluição do solo pelo ozônio deverá reduzir os rendimentos de cultivos básicos em 26% até 2030. Ao longo da próxima semana, serão realizadas palestras, rodas de conversas e encontros com escolas e instituições acerca de temas que permeiam o meio ambiente. Dentre as atividades, está a exposição dos trabalhos socioambientais realizados nos educandários.

Além disso, ainda dentro da programação, dando continuidade às discussões sobre questões socioambientais, o Fórum da Agenda 21 realiza sua reunião mensal no Museu Antropológico Diretor Pestana, no próximo sábado. Integra a pauta da reunião, a apresentação do filme Quem se importa, de Mara Mourão e visitação à exposição Conhecer para Preservar – Desafios da Vida.

Data marca dia de luta contra o tabagismo Não são só os pulmões que sofrem com o hábito de fumar. Pele, cabelos e sistema vascular, por exemplo, também são prejudicados pelo consumo de cigarro. Com o intuito de alertar a população sobre os malefícios do tabagismo, em todo 31 de maio é celebrado o Dia Mundial Sem Tabaco, promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O tabagismo mata mais de 8 milhões de pessoas no mundo anualmente. Dessas, cerca de 7 milhões estão relacionadas ao consumo direto, enquanto mais de 1 milhão são provocadas pelo fumo passivo, conforme a OMS. No Brasil, o cenário preocupa: o tabagismo provoca cerca de 150 mil mortes todo o ano e o custo

Alunos do Ruyzão promovem ação em Lar do Idoso

Estudantes do Ruyzãorealizaram entrega de alimentos para os idosos

de assistência médica para tratar problemas decorrentes do fumo supera R$ 12 bilhões, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer referentes ao ano de 2015. Em Ijuí, o Grupo de Tabagismo da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é baseado no Programa Nacional do Controle do Tabagismo, do Ministério da Saúde e do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Equipe composta por uma assistente social, duas nutricionistas e uma médica coordenam os encontros, que são realizados em grupos, e onde são abordados temas e passadas orientações aos fumantes, para que deixem de fumar. Coordenador do grupo, Oliverson Scherer explica que, para participar, inicialmente é feita

uma entrevista individual. Após ingressar no grupo, que se reúne por quatro sessões, uma vez por semana, o integrante passa para um grupo de manutenção, em que são realizados encontros quinzenais, para aqueles que fazem uso de medicação e adesivos e precisam de orientações. “Cada grupo possui em média 20 pessoas. No ano passado, em Ijuí, 210 fumantes participaram dos grupos. Ao final dos encontros, tínhamos 104 participantes concluintes sem fumar”, disse, em entrevista ao Grupo JM. Para participar, é necessário entrar em contato com a SMS pelo telefone 3331 8800, ou diretamente no 3º piso da pasta, onde é feita a inscrição.

Lixo eletrônico

AABB

Viagem

Pizza

Comdica

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) realiza hoje o recolhimento de lixo eletrônico na Praça da República. Também será feito recolhimento de óleo de cozinha para o Lar Bom Abrigo. O caminhão estará disponível pela manhã, das 8h30 às 11h30. Se chover, a ação será cancelada.

AAssociaçãoAtlética do Banco do Brasil (AABB) realiza hoje o Galeto Solidário. A ação visa arrecadar fundos para ajudar dois funcionários que estão em tratamento de saúde. A entrega dos galetos ocorre a partir das 11h, na AABB. As fichas estão sendo vendidas ao preço de R$ 20.

O Sesc Ijuí oferece pacotes de viagens para Maceió. Na oportunidade, os turistas poderão fazer um city tour pela cidade, passando pelas praias do Francês e Jequiá e pelas piscinas naturais de Paripueira. A viagem ocorre de 23 a 31 de julho. Mais Informações podem ser obtidas pelo 3332 7511

O Círculo de Pais e Mestres da Escola Municipal Dona Leopoldina realiza no dia 14 de junho, a venda de pizzas no educandário. Serão oferecidos os sabores de frango, calabresa ou mista. As fichas estão sendo vendidas ao valor de R$ 20, na escola, até dia 13.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ijuí (Comdica) realiza assembleia ordinária do mês de junho, na próxima terça-feira, a partir das 8h15, na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS).

Vigilância aguarda resultado de 73 exames De acordo com a Vigilância Ambiental, desde o início do ano ano até agora, foram registradas 161 notificações, de casos suspeitos de Dengue. Destes, 35 casos foram confirmados, sendo 31 autóctones e 4 importados; 51 suspeitas descartadas; e 73 ainda aguardam os resultados. “A reversão desse quadro só será possível com o engajamento de toda a comunidade”, reforça o coordenador da Vigilância, Rinaldo Pezzetta, acrescentando que a situação pode se agravar devido ao comportamento do clima nos últimos dias. “Estamos há pelo menos 15 dias sem poder ir a campo com os agentes em função da instabilidade climática”, afirma.

Serviços


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 1º e 2 de JUnHo de 2019

23

Memória JM CARA OU COROA

Notícias de JUNHO de 1984

Armindo Pydd

O DESMAME ** Legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência são os princípios básicos do serviço público. Ou deveriam ser. Baseado nisso, o novo presidente da Itaipu, segunda maior hidrelétrica do mundo, com sede em Foz do Iguaçu, general Silva Luna transformou num escritório simples, a sede enorme com 150 funcionários em Curitiba que pagava aluguel de R$ 208 mil por mês e chegava a gastar R$ 8 milhões por ano, onde as diárias e viagens para Foz somavam muito. ** Começou em 1991, com o deputado Eduardo Jorge e projeto de lei, e continuou com o presidente Itamar Franco, e Fernando Henrique Cardoso, e José Serra. Foi autorizado em 1999 a comercialização e fabricação por qualquer laboratório de medicamentos cujas patentes expiraram. A identificação passou a ser um G grande de genérico e um extenso nome do princípio ativo. ** Logo surgiram os “similares” e hoje se calcula que houve uma redução geral de 35% no preço dos citados medicamentos. ** A OMS informa que o número de farmácias públicas suficiente é de um para oito mil habitantes. Para Ijuí, seriam 10 a 11 farmácias. Em Porto Alegre, temos uma farmácia para 2 mil habitantes. E em Ijuí qual a situação? ** Justiça do Trabalho tem gasto anual em torno de R$ 17 bilhões no País inteiro com sua estrutura e tem um retorno para os que a ela demandam em torno da metade deste valor. As férias de seus juízes são de 60 dias e o recesso de 20 dias. Seu objetivo é cuidar de medidas de proteção ao emprego mediante cumprimento da legislação. Custo desta Justiça para os cofres públicos (nossos impostos) é o mais alto do mundo. Houveram pequenas mudanças recentemente, mas continua sendo fator preponderante do custo Brasil (Nelson Marchesan Junior [pronunciou quando deputado federal]). ** As boas safras vêm depois do uso adequado de fertilizantes, defensivos agrícolas, sementes certificadas. Enfim tecnologia atual. Está aÍ a agricultura de precisão. E tudo tem custo. Um deles que mais recebe contestações é o valor de 7,5% do produto entregue como royalties da semente certificada. É tudo isto mesmo? ** Não tem explicação que justifique os R$ 90 e R$ 70 mil por mês que serão pagos para presidente e diretores, respectivamente, do banco público gaúcho. E o que o mercado paga? ** R$ 128 milhões bloqueados do patrimônio de Aécio Neves. De outros políticos, valores maiores ainda. Existem evoluções de dinheiro desviado que ultrapassam os bilhões. E tudo acontecia num país de enorme imprensa atuante e Judiciário idem. E ninguém viu nada? E hoje continua acontecendo? Nas nossas barbas?

Trem trouxe a cultura e a arte do Estado A

população de Ijuí voltou a conviver com sua antiga estação ferroviária nesta semana, graças ao Projeto Cultural desenvolvido pela Subsecretaria de Cultura da SEC. Quatro vagões "Pullmann" restaurados e pintados de azul e branco atraíram, em três dias de permanência em Ijuí, cerca de 16 mil pessoas, em sua maioria escolares. Foi a penúltima parada num roteiro de nove municípios do Trem da Cultura, verdadeiro museu sobre os trilhos levando parte do acervo de instituições culturais do Estado. No primeiro vagão, uma professora explicava as técnicas dos trabalhos expostos representando o Centro de Desenvolvimento da Expressão; no segundo vagão, mapas e fotografias de índios do Mato Grosso, do acervo Museu Anchieta e peças valiosas do Museu Arqueológico. No vagão 3, documentos e peças do Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul, com dois documentos de verificação de posses e discriminação de terras públicas da Colônia de Ijuí, datados de 21 de agosto de 1903, obras e peças da Bibliot4eca Pública do Estado, do Museu Histórico Farroupilha, do Museu Julio de Castilhos, do Museu de Arte do Rio Grande do Sul e do Instituto Estadual do Livro. O último vagão fascinou as crianças com suas miniaturas de "Maria -Fumaça" e instrumentos com fotos que lembram os tempos de ascensão deste meio de transporte no Brasil, num panorama histórico organizado pela Viação Férrea do Rio Grande do Sul. Espetáculos - À noite, diversificava-se o público do Trem da Cultura. A partir das 20 horas começavam a chegar os pais das crianças que haviam visto a exposição de dia, alunos da Fidene e alunos das escolas noturnas. Na noite de quarta-feira, foram projetados, ao ar livre, um filme sobre a Alemanha e um sobre a Serra Pelada. Na noite de quinta-feira, um grande público assistiu à exibição de música rock com o conjunto Valhala, de Porto Alegre, em um tablado montado junto ao trem. Na última noite, a 36a. Delegacia de Educação organizou a noitada cultural, que foi aberta pelo Coral de Câmara de Ijuí e prosseguiu com apresentações de grupos folclóricos, declamadores e cantores.

Trem da Cultura atraiu centenas de pessoas

Estudo sobre o Parque

O secretário de Obras do município, engenheiro Jorge Falkenbach, apresentou quarta-feira à Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI) estudo para fins de anteprojeto de aproveitamento da área de 15,5 hectares do Parque Regional de Feiras e Exposições Assis Brasil. O estudo se constitui dos levantamentos topográfico, hidrográfico, de vegetação e o reconhecimento geológico da área. Jorge Falkenbach explicou que este estudo caracterizou também as necessidades de existência de um parque municipal que sirva ao mesmo tempo para exposições e o lazer. Na área de lazer o estudo prevê a implantação de um mini-zoológico, uma área de camping para no mínimo 60 barracas, um playground, além de restaurante permanente e demais instalações necessárias. É definida também uma área de estacionamento, para cerca de 960 carros e 60 ônibus, além da área de exposição.

Veto do prefeito

O prefeito Wanderley Burmann reafirmou que irá encaminhar segunda-feira à Câmara de Vereadores o seu veto ao projeto de autoria do vereador Constantino Goi, que cria o distrito de Alto da União. Enquanto isso, o líder do bloco independente do PDS, vereador Fermino Bagetti, disse acreditar que o veto será derrubado, já que o número de vereadores favoráveis é superior aos 14 necessários. Burmann disse que matérias sobre a criação de distritos é de exclusiva competência do Executivo, já que envolve recursos, os quais não existem no momento.

CONCURSOS CÂNDIDO GODÓI - A prefeitura publicou edital para cadastro reserva para provimento de vagas para o quadro geral dos servidores do município. Os vencimentos básicos variam entre R$ 823,97 e R$ 1.600,07. As inscrições serão realizadas até o dia 4 de junho, apenas via internet, no endereço eletrônico www.legalleconcursos. com.br. As taxas de inscrição variam entre R$ 73,50 e R$ 120,50. PASSO FUNDO - A prefeitura publicou edital com oferta de 152 vagas de ampla concorrência e 16 para pessoas com deficiência. Os vencimentos variam de R$ 1.216,54 a R$ 8 mil. As inscrições vão até 10 de junho, no endereço eletrônico www.consulpam.com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 40 (Superior) e R$ 20

(Fundamental e Médio). Na data provável de 14 de julho, os candidatos farão provas objetivas e deverão entregar os títulos em horário e local que serão disponibilizados. ALTO FELIZ - A prefeitura publicou edital para selecionar candidatos de nível Médio completo, para composição de uma vaga imediata, por prazo determinado. Será contratado Monitor de Educação Básica, para trabalhar em carga horária de 40 horas semanais. O vencimento ofertado é de R$ 1.633,11. As inscrições vão até o dia 6 de junho, junto à sede da Biblioteca Pública Municipal Sidnei Ismael Rauber, de segunda a sexta feira, no horário das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30. BENTO GONÇALVES - A prefeitura

publicou edital para preencher três vagas para profissionais de níveis Médio e Superior. As inscrições serão realizadas entre os dias 3 e 7 de junho, das 08h30 às 11h30, na Recepção da Secretaria Municipal de Habitação e Assistência Social. Para nível Médio, o salário é de R$ 1.700,54 e jornada de 40 horas/semana. Para nível Superior são duas vagas e o salário é de R$ 5.219,42 para 40 horas/semana. SANTA MARGARIDA DO SUL - A Câmara de Vereadores lançou edital para preencher uma vaga no cargo de Técnico em Contabilidade. O vencimento básico é de R$ 1.620,51, em jornadas trabalhistas de 20 horas/semana. A inscrição deve ser feita em www.legalleconcursos.com.br até o dia 21 de junho.


WWW.CLICJM.COM

CONSCIENTIZAÇÃO

Vacina contra a gripe é liberada à população Grupos prioritários seguem sendo alvos da campanha, mas população pode buscar a dose a partir de segunda. | 11

Sinepe busca mudança de critérios para acesso ao ProUni

Blitz educativa foi realizada na Praça da República no encerramento do Maio Amarelo | 18

BRASILEIRÃO

Sindicato do Ensino Privado reivindica que somente a renda do aluno seja considerada, e não onde ele estudou. | 10

SOLIDARIEDADE

Grêmio enfrenta o Bahia hoje à noite em Salvador Internacional recebe o Avaí amanhã, no Beira-Rio, pela 7ª rodada do Campeonato Nacional. | 17

Alunos do Ensino Médio do Ruyzão realizaram entrega de alimentos para os idosos moradores da Casa Lar, em um momento de descontração | 22

EDITORIAL | 6

A próxima eleição será em 2020, mas os partidos começam a desenhar as estratégias para o período que antecede a votação.

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - Sábado 1.6-2019  

Jornal da Manhã - Sábado 1.6-2019  

Profile for clicjm
Advertisement