Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

Desfile Cívico faz resgate da cidadania

Ano 45 - Nº 92

R$ 3,00

Estado de saúde de Jair Bolsonaro é estável Candidato foi vítima de atentado, na quinta, em Juiz de Fora. | 15

Comissão solicitará melhorias a autistas Gargalos no atendimento foram debatidos em audiência. | 8

Projeto do Sindilojas tem fase concluída Escolas abordaram temas como meio ambiente, saúde mental, inclusão, solidariedade e amor | 12

Inscrições do Menina Modelo abrem segunda O concurso será uma das atrações do Festinfantil, 29, no Sesc. | Caderno 2

Desenvolve Noroeste visa qualificar empresários. | 3


RADAR

PESCA – A Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca foi instituída no Rio Grande do Sul. A lei havia sido aprovada em 21 de agosto pela Assembleia Legislativa e foi sancionada pelo governador José Ivo Sartori. A principal determinação é de que a pesca de arrasto de fundo, que hoje acontece dentro das três milhas da costa, só possa ser realizada além das 12 milhas náuticas (22,224 mil metros). Segundo pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), a execução da lei pode aumentar a arrecadação de ICMS e reabilitar a vida marinha na área mais próxima à costa.

INDICADORES

Poupança 7.9.2018 ...............................0,5 %

Ouro 7.9.2018......................... R$ 159,18 (gr) Dolar Comercial ............................. R$4,1004 Dolar turismo ................................ R$4,2300 Euro ............................................... R$4,7294 IPC/FIPE julho/2018 ......................... +0,23% INPC Julho/2018 .............................. +0,25% IGPM Julho /2018 ............................ +0,51% IPCA Julho /2018 ............................. +0,33% ICV Diese Jun/2017 ..............................0,78% TR 10 de agosto/2018 ........................ +0,0% SELIC agosto / 2018 ........................... +6,5%

O tempo colaborou e a comunidade ijuiense foi à Praça da República prestigiar o Desfile Cívico e Militar, na manhã de ontem. Nem mesmo o friozinho atrapalhou a presença dos idosos, que com cobertas acompanharam os estudantes e militares bem de perto.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 7.853 2º - 8.222

ENTRE ASPAS "O ajuste nos preços dos fretes se baseou apenas no anúncio do aumento dos preços de diesel nas refinarias, antes mesmo dos preços chegarem nas bombas de combustível ou afetar o custo dos transportadores. A decisão foi tomada pela ANTT sem participação dos embarcadores." Presidente da CNI, Robson Braga de Andrade “A privatização é uma ferramenta que nós devemos usar com inteligência e não com preconceito ideológico.” Candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes

"As pessoas fazem o que é necessário para se reeleger. Maquiaram contas públicas, roubaram da Petrobras. Temos que ter política de longo prazo no nosso curto prazo político. Em vez de fulanizar as conquistas, partidarizar, precisamos institucionalizá-las. As democracias fazem assim". Candidata à presidência da República, Marina Silva (Rede)

3º - 7.259 4º - 2.898 5º - 8.741

QUINA

CONCURSO nº

“O PSDB, Geraldo, apoiou o meu governo. Não faça como aqueles que falseiam, que mentem para conseguir votos influenciado pelo marqueteiro. Seja realista, conte exatamente a verdade”. Presidente Michel Temer

PIS - Cerca de 11,8 milhões de brasileiros ainda não realizaram o saque das cotas do Programa de Integração Social (PIS) a que têm direito. O valor total disponível ultrapassa R$ 20,2 bilhões. O prazo para o saque termina em 28 de setembro para os cotistas do PIS com idade inferior a 60 anos. Segundo a Caixa Econômica Federal, até o fim de agosto, 8,3 milhões de cotistas sacaram o benefício, somando R$ 7,8 bilhões em pagamentos. SETEMBRO AMARELO - O Poder Executivo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Colmeia, promovem durante o mês de setembro ações que integram a campanha nacional de prevenção ao suicídio, denominada Setembro Amarelo. Na segunda-feira, uma Conferência Interna destinada a público específico – equipe dos três Caps e Assami/Casa Ama, abordará o Suicídio como Anomia Social – Atualidade de Emily Durkheim. O convidado para ministrar o tema é o doutor e mestre em Sociologia pela UFRGS, professor do Curso de Mestrado em Direitos Humanos da Unijuí, Ênio Waldir da Silva.

LOTERIAS

Resultados de quinta

RECEITA FEDERAL - A Receita Federal enviará cartas a 22.299 contribuintes com suspeita de sonegação fiscal. O total de indícios de sonegação para o período de setembro de 2013 a dezembro de 2017 é de aproximadamente R$ 1,6 bilhão, informou o órgão. Segundo a Receita, foram encontradas inconsistências entre informações prestadas por empresas na Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de Informações à Previdência Social (Gfip) e as apuradas pela fiscalização. Se as inconsistências forem confirmadas, os contribuintes terão que encaminhar Gfip retificadora e efetuar o recolhimento das diferenças de valores de Contribuição Previdenciária, com acréscimos legais.

2

OLHO DA RUA

4770

13 38 44 53 64 Resultado de quarta

CURSOS - O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) irá oferecer mais de 4,5 mil vagas grátis para cursos técnicos em 17 sedes localizadas em 16 cidades gaúchas. Os cursos podem ser integrados ao Ensino Médio, concomitantes ao Ensino Médio, subsequentes ao Ensino Médio ou em cursos de graduação, incluindo bacharelados, licenciaturas e superiores de tecnologia, para ingresso no primeiro semestre de 2019. As oportunidades são em Alvorada, Bento Gonçalves, Canoas, Caxias do Sul, Erechim, Farroupilha, Feliz, Ibirubá, Osório, Porto Alegre (nas sedes da Restinga e do Centro), Rio Grande, Rolante, Sertão, Vacaria, Veranópolis e Viamão. Todos os cursos são gratuitos.

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

MEGA SENA CONCURSO nº

2075

07 09 23 33 57 59

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

QUALIFICAÇÃO

Sindilojas conclui primeira fase de projeto No primeiro semestre deste ano, o Sindicato Lojista de Ijuí deu início a um ambicioso projeto, com o intuito de qualificar os processos gerenciais e mercadológicos das empresas do setor varejista do município. Foi assim que nasceu o Desenvolve Noroeste, iniciativa projetada em parceria com o Sebrae, e que em sua primeira fase realizou um diagnóstico de empreendimentos locais a fim de identificar potencialidades e fragilidades. Ao todo, 68 empresas de Ijuí participaram até o momento. "Quem executou esse trabalho foram os técnicos do Sebrae, que detem a expertise para um diagnóstico nessas empresas, captando também as percepções deste empresário para sugerir em quais pontos ele pode melhorar", explica Fabio Ramos, diretor do Conselho de Formação Empresarial do Sindilojas. O diagnóstico incluiu um questionário, feito aos empresários, sobre áreas como finanças, marketing, processos e pessoas. Ao final disso, o Sebrae aferiu um indicador chamado de 'grau de maturidade' das empresas, a fim de que fossem feitas recomendações para a melhoria desses negócios. "Na hora em que o técnico do Sebrae realiza a visita, logo após os resultados da pesquisa, o

Desenvolve Noroeste tem como foco a qualificação do setor empresarial

empresário já recebe um diagnóstico e um plano de ações, sobre como ele pode evoluir", detalha Fábio Ramos. O trabalho foi voltado a micro e pequenas empresas, com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. Segundo o diretor do Sindilojas, algumas das principais carências identificadas entre as empresas participantes, nesta primeira fase do Desenvolve Noroeste, foram nas áreas de planejamento, marketing e finanças. "A ideia, a partir disso, é de o Sindilojas promover, em parceria com o Sebrae e o Senac, eventos de formação que contemplem estes aspectos. A partir disso, o foco das formações serão nos

empresários, e não necessariamente nos funcionários. Uma agenda de palestras ainda será composta neste sentido", afirma Fábio Ramos. Ao todo, o Sindilojas Noroeste tem uma área de abrangência de 25 municípios, e muitos empreendimentos participantes nesta fase do Desenvolve Noroeste são de cidades da região de Ijuí. A segunda fase do projeto vai abranger os associados que ficaram de fora da primeira rodada de visitas dos técnicos do Sebrae, e também será aberta a não sócios, ou seja, qualquer empresa do ramo lojista pode solicitar a participação na iniciativa do sindicato local.

Renda de brasileiros é insuficiente A renda de 35% dos brasileiros é insuficiente para pagar as contas em dia, mostrou na última quintafeira um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Segundo o estudo, outros 46% dos consumidores dizem que não falta, mas também não sobra dinheiro com a renda que possuem, enquanto 13% dizem estar com as contas no azul, sobrando dinheiro para consumir ou fazer investimentos. Neste cenário, cresceu o percentual dos brasileiros que tiveram crédito negado ao tentar fazer uma compra parcelada. O estudo do SPC mostra que 19% deles não conseguiram os recursos em julho, contra 17% no mês imediatamente anterior. O principal motivo para a negativa foi a restrição do CPF pelo não pagamento de contas, seguido

da falta de comprovação de renda ou renda insuficiente. Para obter empréstimos e financiamentos, é ainda mais difícil. Metade dos consultados pelo levantamento do SPC disse que tem dificuldades para conseguir este tipo de crédito. Entre aqueles que ganham até 5 salários mínimos, esse percentual sobe para 55%. “Há um contingente grande de consumidores que já tiveram acesso ao crédito em um passado recente, mas que hoje enfrentam restrições por atrasos de pagamentos ou pela perda do emprego, explicou por nota o presidente da CNDL, José Cesar da Costa. "Por mais que isso seja frustrante, a liberação sem critérios aumentaria o risco de inadimplência, de endividamento excessivo e exigiria juros elevados para cobrir esse risco”, afirmou. O levantamento também constatou que 44% dos que contraem empréstimos e financiamentos

atrasaram as parcelas da dívida em algum momento. Destes, 18% ainda possuem pendências no pagamento.

José Cesar da Costa

3

Prefeitura recupera R$ 2,7 milhões em IPTU Se encerrou no dia 30 de agosto o prazo para o pagamento de valores devidos em dívida ativa, referentes a IPTU e ISS em Ijuí. Através de um projeto, o poder Executivo local criou condições especiais para a quitação de passivos com contribuintes, oferecendo até o último dia 30 o desconto de 100% em multas e juros sobre os valores devidos. Segundo o titular da Coordenadoria de Cadastros e Tributos da prefeitura, Airton de Moura, a arrecadação no período foi positiva, atingindo patamares superiores à projeção inicial em casos como o do Imposto Sobre Serviços. "A arrecadação do IPTU neste período foi de R$ 2,7 milhões, enquanto nossa previsão orçamentária é de arrecadar R$ 3,8 milhões com o IPTU em dívida ativa. Já de ISS, nossa arrecadação atingiu R$ 856 mil, para uma previsão de R$ 554 mil, então superamos a projeção inicial", revela Airton de Moura. A renegociação de impostos em atraso ainda permanece vantajosa, já que condições especiais de pagamento de dívidas com o poder público municipal vão até dezembro deste ano. "Temos um novo prazo, que vai até o dia 30 de outubro, com 100% de desconto nas multas e mais 70% de dedução nos juros.

Se perder esse prazo, teremos uma outra faixa de pagamento até 30 de dezembro, quando as multas caem 100% e os juros se reduzem em 50%", comenta o coordenador. Está em vigor, também, o recebimento de pedidos de isenção de IPTU 2019. O benefício é voltado a aposentados e pensionistas, e o recadastramento é feito diretamento na prefeitura, no balcão de atendimento. O prazo para a apresentação dos documentos vai até 30 novembro. Os critérios para a concessão da isenção estão no site www. ijui.rs.gov.br

Airton de Moura

Cobrança de dívidas deve obedecer algumas regras Nos últimos meses, o Balcão do Consumidor de Ijuí, serviço que funciona junto ao Procon, tem recebido uma série de demandas sobre cobranças de dívidas em termos abusivos. Embora o credor tenha direito de solicitar o pagamento dos valores devidos pelo consumidor, é preciso respeitar algumas regras, e exceder estes limites pode implicar em sanções. "O comerciante tem o direito de cobrar a dívida, seja por meio de contato telefônico, envio de mensagens pelo celular, envio de carta para o endereço residencial. Todos esses são meios legais. No entanto, não é possível atrapalhar os limites, é preciso ter cuidado para não fazer cobrança no local de trabalho do consumidor, especialmente na frente de outras pessoas. Também não se pode postar mensagens em redes sociais, enfim, todo tipo de cobrança pública é ilegal", explica a coordenador do Balcão do Consumidor, e professora de Direito da Unijuí, Fabiana Fachinetto. Segundo ela, inúmeros casos atendidos pelo Balcão se referem

a situações como ameaças indevidas a consumidores endividados, além de cobranças por meio de familiares e até através dos chefes e colegas do cidadão que possui a dívida. "O constrangimento causado nestas situações caminha para o dano moral, e o consumidor pode, sim, postular em juízo um ressarcimento financeiro por esse dano", afirma. Ainda conforme a professora de Direito, já houve situações em que um comerciante foi cobrar uma dívida de R$ 100 de um consumidor, excedeu os limites do bom senso na hora de exigir os pagamentos, e acabou sofrendo um processo por danos morais, sobre o qual teve que pagar R$ 5 mil para o consumidor que lhe devia. "Claro que, muitas vezes, acontece de o consumidor se ocultar, mudar de endereço, não atender o telefone ou não receber o cobrador da dívida. Para esses casos, há o poder Judiciário, que detém a prerrogativa de executar esta dívida da forma correta", explica.


Jornal da ManhĂŁ

SĂĄbado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

4


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

5

RESTITUIÇÃO

PL acaba com lucro em depósitos judiciais A Assembleia Legislativa aprovou nesta semana o parcelamento pelo Executivo do valor histórico sacado das contas dos depósitos judiciais. Os 36 deputados que estavam presentes, incluindo a oposição, votaram a favor da proposta do governo. Pela proposta, o Palácio Piratini se compromete a devolver cerca de R$ 70 milhões por ano dos R$ 10,7 bilhões que foram sacados. Nesse cenário, o ressarcimento poderia levar até 150 anos para ser feito. O dinheiro dos depósitos judiciais pertence às partes que estão com processos em discussão. A recomposição do fundo poderá ser mais rápida caso o Estado registre superávit. Nos anos em que as contas fecharem no azul, além dos R$ 70 milhões, mais 3% do saldo positivo deverão ser repassados. Atualmente, não há previsão de devolução dos recursos que foram utilizados pelos últimos quatro governadores. A nova lei também altera o

juro que o Estado paga mensalmente por usar essa verba. Até o início deste ano, o Piratini devolvia o dinheiro com base na taxa Selic. A partir da sanção do projeto, o governo passará a desembolsar os valores pela variação da caderneta de poupança, o que representa juro mais baixo. Segundo o Piratini, essa mudança poderá gerar economia de cerca de R$ 150 milhões ao ano. Com a aprovação do projeto, termina o chamado spread bancário envolvendo os depósitos, que é “lucro” que o Judiciário tinha diante da diferença de juro que recebia do Executivo (mais alto) e do que repassa às partes (mais baixo). O valor pago às partes vencedoras em processos, e contempladas com recursos depositados em juízo, segue o mesmo. Essa rentabilidade foi proibida em recente julgamento no Supremo Tribunal Federal. O rendimento era destinado ao reaparelhamento do Judiciário

e utilizado, por exemplo, na construção de foros. Como o Judiciário já contava com esses recursos pelos próximos anos, o governo se compromete a repassar R$ 150 milhões em 2018 e outros R$ 150 milhões no ano que vem. Em 2017, o gerenciamento dos depósitos judiciais gerou rendimentos de R$ 296 milhões. Desse total, R$ 220 milhões ficaram com o Judiciário. O Grupo JM entrou em contato com a assessoria do TJ-RS, que afirmou que o Tribunal não vai se manifestar sobre o caso. Além do destino dos rendimentos, há outra polêmica envolvendo os depósitos judiciais. Desde o governo Germano Rigotto, o Executivo era autorizado a "tomar emprestado" um percentual do montante da conta para fazer frente aos seus gastos cotidianos. Todas as últimas gestões fizeram saque no sistema e os valores nunca foram devolvidos. Esse procedimento agora também foi proibido pelo STF.

Proposta foi aprovada no plenário da Assembleia e seguirá para sanção

A atual gestão, de José Ivo Sartori, sacou, de 2015 até janeiro de 2018, R$ 3 bilhões dos depósitos judiciais. Desde o início deste ano, o governo interrompeu o uso desses recursos – já prevendo a decisão que foi tomada em março, pelo STF, proibindo novos saques dessa natureza.

No governo de Tarso Genro, de 2011 a 2014, o Estado atingiu o ápice desse tipo de saque, ao utilizar R$ 5,6 bilhões dos depósitos. Na gestão de Yeda Crusius, de 2007 a 2010, os saques somaram R$ 615 milhões, enquanto que, no governo de Germano Rigotto, o montante foi de R$ 1,4 bilhão.


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

DEMOCRACIA EM PERIGO

O

tumulto que resultou no esfaqueamento do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), na última quinta-feira, em Minas Gerais, é um episódio típico que pode ter consequências muito sérias para o processo político brasileiro neste ano, podendo descambar para problemas mais sérios na composição do tecido democrático do País. Até o momento, os enfrentamentos entre os candidatos e correligionários seguia o baixo nível habitual da política nacional, com pobres embates de ideias e muitas acusações chulas entre os políticos. O caso ocorrido com Bolsonaro, por outro lado, rompe qualquer limite aceitável na disputa eleitoral, já que descamba para a manifesta tentativa de homicídio contra um candidato, por motivos claramente políticos. Nesta hora, pouco importa a ideologia ou as ideias defendidas pelo candidato, pois atentar contra a vida de quem quer que seja é um crime gravíssimo, que merece a devida punição aos responsáveis. Discursos que dizem Acontecimentos que Bolsonaro, Lula ou como esse são coMarielle 'colhem o que muns em países com plantam' são discursos pouca tradição demoantidemocráticos e decrática. No México, vem ser repudiados. que recentemente também passou por eleições nacionais, cerca de 15 candidatos a cargos Legislativos e Executivos foram assassinados por defender ideias contrárias a grupos radicais. No Brasil, porém, a nova república ainda não tinha registrado episódio tão grave como esse, onde um dos candidatos favoritos a alcançar o segundo turno das eleições presidenciais não foi assassinado por detalhe. O aumento do tensionamento entre eleitores de ideologias distintas já vinha sendo motivo de alerta por parte de analistas. O episódio no qual o ônibus que transportava o ex-presidente Lula (PT) e sua comitiva foi alvejado por tiros, em maio, acendeu o sinal de alerta para a violência que passou a dominar a cena política e eleitoral em 2018. O caso mais grave ocorreu com a morte da vereadora carioca Marielle Franco (Psol), alvejada enquanto se deslocava de carro pela capital fluminense, e cuja morte já completa quase seis meses sem qualquer resolução por parte das autoridades. Agora foi a vez de Jair Bolsonaro, que a despeito de despertar a ira de muitos opositores em virtude da contundência de sua ideias, não merece ser vítima de nenhum tipo de agressão física, muito menos uma clara tentativa de homicídio. Mesmo que o capitão reformado discurse a favor de um certo tipo de truculência, não é possível relativizar a gravidade do incidente que quase tirou a vida do candidato do PSL. Discursos que dizem que Bolsonaro, Lula ou Marielle 'colhem o que plantam' são discursos antidemocráticos e devem ser repudiados. O Brasil, com seus inúmeros problemas urgentes a serem resolvidos, não pode se transformar em uma república que mata políticos. O essencial, neste momento, é defender a democracia acima de tudo, condenando qualquer tipo de violência, independente de partido, ideologia ou ideias que defende.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

6

ENTREVISTA Como solucionar o problema das contas públicas do Rio Grande do Sul e a dívida do Estado com a União? O Rio Grande do Sul tem uma crise grave, que não é só fiscal, é uma crise econômica. O Rio Grande do Sul é vítima do governo (Michel) Temer (MDB), que aprofunda a recessão. Nós sofremos com a recessão do governo Temer e sofremos duplamente por conta da incompetência, da falta de compromisso do governo Sartori, que aprofunda a crise do Estado. O Rio Grande do Sul tem hoje 510 mil desempregados, uma população empobrecida, uma crise na nossa atividade do leite. Estamos perdendo o polo naval, temos o problema da economia. Nós temos que recuperar a nossa economia. Precisamos voltar a crescer, ter trabalho e emprego, produzir riqueza e melhorar a arrecadação. Vamos combater a sonegação, dar mais eficiência na cobrança da nossa dívida ativa, melhorar o gasto do Rio Grande do Sul. O governo estadual gasta mal. Temos condições de melhorar o perfil do nosso gasto, acompanhar bem e gastar bem, só o necessário.O Rio Grande do Sul já paga há 20 anos essa dívida. São R$ 4 bilhões por ano que saem do Rio Grande do Sul. O atual governo não paga essa dívida. Dívida se paga, mas vamos discutir uma forma justa de pagamento dessa dívida com o próximo presidente da República. Portanto, com crescimento econômico, combatendo a sonegação, gastando só o necessário, com muito controle, e resolvendo a dívida e a Lei Kandir, vamos recolocar o Rio Grande do Sul numa rota de crescimento. O que o senhor pretende fazer na área da segurança pública? Nenhum dado, nada justifica uma avaliação positiva do governo Sartori em segurança. É um desastre. O Rio Grande do Sul é o segundo estado do Brasil em chacinas. Perdemos para o Rio de Janeiro. Isso nunca teve aqui. No Rio Grande do Sul, quando pegamos três anos, que é um período de avaliação de um governo, acompanhamos um aumento de 80% de assaltos e roubos. Em Porto Alegre, na Região Metropolitana, um aumento de 100%. Acompanhamos 35% de aumento dos assassinatos. Quando pegamos a referência de junho deste ano, são quase 5 mil policiais a menos no Estado do que tínhamos há três, quatro anos. Este governo, de uma forma irresponsável, desorganizou a segurança pública do Rio Grande. Há um descontrole total da segurança pública. O povo gaúcho vive com medo, como nunca. Estamos trabalhando um plano de segurança pública para o Rio Grande do Sul com impactos imediatos. Vamos recuperar os nossos efetivos. Quero Brigada Militar e Polícia Civil cada vez mais integradas no seu trabalho, pessoalmente, nas suas áreas de inteligência. Temos que definitivamente enfrentar o tema do sistema prisional. Hoje, há um total descontrole da maioria dos nossos presídios, e olha que a nossa turma da Susepe (Superintendência de Serviços Penitenciários) trabalha e muito. No meu governo, as facções não vão governar os presídios. O senhor falou que o pagamento do salário dos servidores em dia é prioridade. A pergunta é: como pagar em dia? Com os recursos que temos. Há recurso para pagar em dia. O atual governo trabalha pouco, trabalha mal e tem demonstrado uma incompetência brutal na gestão pública do Estado. Não há uma única iniciativa desse governo positiva. O que faz esse governo? Reclama, reclama, reclama, vende patrimônio para pagar as contas de uma forma absolutamente irresponsável, não toma uma iniciativa para defender a economia gaúcha, se subordina a todas as iniciativas do Temer, reproduz o Temer no Rio Grande do Sul. Tem futuro um Estado que faz isso? Claro que não. Quero governar um Estado com uma liderança positiva, defendendo o Rio Grande do Sul, tendo altivez, responsabilidade com o meu estado, meu povo, reivindicando junto a Brasília o que é necessário para o nosso estado, apoiando a nossa economia. É assim que se governa o Rio Grande do Sul. Temos uma indústria importante. Somos a terceira indústria de transformação do Brasil, somos grandes produtores agropecuários, temos que

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

Miguel Rossetto

Candidato do PT ao Governo do Estado apoiar essa economia com investimentos, com cooperação, com diálogos; e, a partir daí, a gente recupera o Rio Grande do Sul. Tenho muita confiança nisso. Quais medidas o senhor vai tomar na educação? Temos que recuperar a escola pública. Hoje, 85% da juventude gaúcha está na escola pública, municipal ou estadual. O Ensino Médio é uma responsabilidade exclusiva do Estado, e temos que superar problemas gravíssimos. Hoje, 30% da juventude que está no Ensino Médio se afasta da escola ou roda na escola, não consegue ter progressão. O que significa isso: a cada 300 mil alunos que estão no Ensino Médio, por ano, quase 100 mil se afastam. Então temos muitos compromissos com uma educação de qualidade que dê perspectiva de futuro. Vamos nos dedicar muito à recuperação dessa escola de nível médio, começando pelo pagamento de salário em dia. Depois, vamos fazer uma manutenção básica nessas escolas e um plano de médio e longo prazos. E, a partir daí, recuperar a escola pública no Rio Grande do Sul, valorizando professor, qualificando e envolvendo a comunidade. Estamos pensando inclusive em um plano de 10 anos. Buscar financiamentos internacionais, buscar capacidade com recursos extraordinários para investir nas nossas escolas. Temos que pensar uma educação integral do século XXI, preparando a nossa juventude para o mundo do trabalho e para a cidadania. E os institutos federais são uma referência forte do que é uma escola de nível médio que devemos perseguir. O senhor vai rever a extinção das fundações? Sim, vou rever. E se tiver condições, revogo por decreto. Nenhum estado, nenhum país, nenhuma cidade no mundo se desenvolveu sem produção de conhecimento e tecnologia. O que estamos discutindo é uma nova estrutura de governança. A ideia é fortalecer um sistema de educação e de pesquisa estadual. Trabalhar com a ideia da Uergs como um polo de educação e os institutos de pesquisa em um sistema articulado com a Uergs, portanto, dando potência à educação e à pesquisa. Vamos buscar uma integração cada vez maior com nossas universidades, enxergar uma boa distribuição do acesso nas regiões e municípios, e fazer com que a Uergs e as nossas universidades, cada vez mais, se articulem com os projetos de desenvolvimento regional. Esse é um desafio estratégico muito grande, fazer com que nossas universidades sejam polos de extensão em tecnologia e inovação para a economia gaúcha.

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 SEMEStRAl: R$ 220,00 ANUAl: R$ 440,00 CORREIO: R$ 440,00 (SEMEStRAl); R$ 880,00 (ANUAl)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

EVENTOS NO ESTADO

Abertura de cursos EAD pauta debates

Nesta semana, a reitora da Unijuí, Cátia Nehring, esteve participando do VI Congresso Ibero-americano de Investigação e Governança Universitária e I Encontro Regional de Gestão Educacional em Diferentes Contextos, realizados na Universidade La Salle, em Canoas. Do evento, participaram pesquisadores de toda a América Latina. “Este evento teve foco nas instituições de Ensino Superior, a partir das novas políticas e dos grandes movimentos do Ministério da Educação, dos players (investidores) que estão assumindo grandes instituições”, explicou a reitora, lembrando que a conferência magna esteve a cargo do professor doutor Gilberto Gonçalves Garcia, reitor da Universidade São Francisco, de São Paulo, e membro da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE). Ele debateu a "Educação Básica e Superior no Brasil: seus modelos de gestão, cenários e desafios". “Estranhamos o fato de a Educação Básica estar em todos os pontos de pauta. E isso aconteceu exatamente pelo processo de expansão que ocorre na educação. A partir da legislação, há possibilidade da Educação Básica entrar na modalidade de ensino a distância (EAD) e de players

começarem a olhar esta etapa do ensino com perspectiva de negócios de ampliação. E isso é sério no Brasil. O que vai significar esse movimento? Lembrando que não estamos discutindo a modalidade EAD numa perspectiva de uso da tecnologia, mas no sentido de talvez não termos mais uma Educação Básica na modalidade presencial”, disse. Em contato com a redação, Cátia Nehring falou sobre a recente participação na audiência pública realizada em Santa Rosa e promovida pela Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa. No evento, se debateu a falta de financiamento e a proliferação desenfreada de cursos a distância. Nesta audiência, a reitora falou sobre quatro pontos que deveriam ser levados ao Parlamento Gaúcho e a Brasília: o reconhecimento da lei das comunitárias; políticas de avaliação, supervisão e regulação; políticas de financiamentos para Educação Superior e qualidade e estrutura na Modalidade EAD. “O Brasil precisa ter expansão, mas uma expansão com qualidade, que preze pela formação do profissional. Quando a Unijuí é avaliada, em sua modalidade EAD, somos cobrados por livros na biblioteca, por professores, desenvolvimento de pesquisa e

de extensão. Como estas demais instituições são cobradas? Há um movimento muito errado neste processo”, opina. Cátia adianta que a Unijuí deverá apresentar, até o mês de outubro, no Conselho Universitário, um novo modelo EAD que prime pela qualidade e pelo ambiente. “Que considere o estudante um estudante universitário, que pode e deve desenvolver pesquisa e extensão, e possa utilizar nossos espaços”, afirma.

Para confecção das placas, os alunos contaram com doações da comunidade

geográfico. Para a construção das placas, os educandos buscaram doações de paletes, tintas e arames. Com o material em mãos, desmancharam os paletes, pintaram, escreveram os nomes das ruas e fixaram as placas de identificação. Hoje há identificação por rua, com o devido nome. Destaca-se

CEAP promove o despertar dos sentidos Uma encantadora vivência no campo do Ceap promoveu o desenvolvimento de estímulos sensoriais importantes para os alunos do Nível 2 do Ceapzinho. A professora Tainan Gonzato da Rosa teve o cuidado de organizar vários materiais naturais para que os seus pequenos pudessem tocar, identificar e conhecer. Os sentidos nos aproximam e nos causam sensações tanto físicas, quanto emocionais, por isso são tão importantes. E os pequeninos, inevitavelmente fazem, sentem e produzem com todo o corpo. A

criança põe sua essência em tudo o que vivencia. É um ser dotado de sensibilidade tátil, auditiva e visual; sinestésica. Os uniformes voltaram para casa sujinhos, mas a alegria e as carinhas de curiosidade frente à natureza foram indescritíveis. Eles brincaram na terra, com potinhos variados, exploraram os materiais na roda das bandejas que continham, madeira, casca de árvore, pinha, serragem, folhas, galhos, bambu, areia e sementes. A tarde estava ensolarada e propícia às descobertas da vida.

Cátia Nehring

Alunos trabalham na identificação de ruas Através de estudos realizados no projeto pedagógico "Meu bairro, minha escola: nossa história", que está sendo desenvolvido pelos alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Emil Glitz, foi constatado que as ruas do bairro não têm placas de identificação. Quando o bairro foi criado, as ruas não tinham nome. A identificação dos endereços era realizada através de quadras, como, por exemplo, Quadra A e Quadra B. Para resolver o problema da falta de identificação das ruas, estudantes das turmas 101, 102 e 301 do Ensino Médio resolveram, juntamente com a professora de Arte, Alesandra Pinheiro, confeccionar placas de identificação para fazer uma intervenção urbana. O trabalho tem o objetivo de proporcionar melhorias aos cidadãos, principalmente aos trabalhadores que atuam com entregas (Correios, serviços terceirizados, entre outros), para as pessoas que visitam a escola e o bairro, localizando-os no espaço

7

que a identificação das ruas está definida pelo nome de uma pessoa famosa ou alguém que exerceu importância para o país, cidade ou para a comunidade local. As placas foram construídas de maneira simples, com material reutilizado, recebido como doação, mas que tiveram grande utilidade. .

Materiais naturais foram colocados à disposição dos alunos do Nível 2

Secretários debatem desafios na educação Um encontro realizado em Catuípe, na última semana, reuniu secretários e conselheiros de educação para debater os desafios enfrentados no setor. A presidente do Conselho de Secretários de Educação da Amuplam, titular da pasta em Pejuçara, Carla Regina Decian, deu destaque às dificuldades na implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o risco de extinção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Aprovada em dezembro de 2017 pelo Ministério da Educação (MEC) para o Ensino Fundamental, a base curricular está em fase de implantação e, com isso, os municípios estão fazendo articulações acerca do assunto. Segundo Carla, as reuniões ocorrem mensalmente e é nesse momento que o colegiado debate pautas específicas de cada um dos 11 municípios da Amuplam. “O que acontece conosco, secretários de educação, é que não estamos próximos de órgãos de governo que nos auxiliem. Então, uma vez por mês, na função de presidente, me desloco até Porto Alegre para as reuniões do colegiado de secretários estaduais, onde recebo todas as orientações e informações relativas à educa-

ção”, enfatizou. A presidente afirmou que a discussão da BNCC deve ser bastante problematizada pois, em proposta inicial, o governo federal deveria auxiliar os municípios na implementação da Base. Porém, esse auxílio financeiro e pedagógico de assessoramento não aconteceu. “A solução que encontramos foi de que nós, municípios menores da Amuplam, nos organizamos por proximidade geográfica e já contratamos uma assessoria pedagógica terceirizada que está nos auxiliando nessa implementação. Os municípios estão unindo forças para viabilizar formações para o corpo docente e para as equipes diretivas das escolas, otimizando o tempo e os recursos financeiros” destacou Carla. Outro ponto debatido é o risco de extinção do Fundeb. “No dia 20 de agosto, nós participamos, em Porto Alegre, de um seminário que debateu essa extinção. No próximo ano nós temos o término da lei de vigências do Fundeb e isso nos preocupa. Estamos nos organizando para mobilizar nossos prefeitos e os nossos contatos com deputados para que haja uma nova forma de financiamento da educação básica nos municípios, visto que o Fundeb é a nossa principal fonte de recursos ."


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Comunidade debate políticas para autistas Por proposição do vereador César Busnello (PSB), foi realizada, na noite da última quarta-feira, uma audiência pública para debater políticas públicas às pessoas que possuem Transtorno do Espectro Autista (TEA). O encontro contou com a presença de familiares, dos vereadores Adalberto Noronha (PT) e João Monteiro (PDT), além de representantes da OAB local, 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, Conselho Tutelar, Assami/ Casa Ama, Secretaria de Saúde, Apae, Caps Infantil, Liga Feminina de Combate ao Câncer, Hospital Bom Pastor, AABB Comunidade e escolas. “A audiência resultou de uma provocação dos familiares. Nós ouvimos as dificuldades relatadas pelos pais, e também ouvimos o que está sendo feito no Município. E há gargalos no atendimento. Há carência de consultas com fonoaudiólogo e outros profissionais, por

Audiência pública foi realizada na Câmara Municipal, na última quarta-feira

exemplo. O Município não tem sequer dados sobre o número de crianças e jovens com autismo”, disse Busnello. Durante a audiência, o TEAmor – Grupo de Familiares eAmigos dos Autistas de Ijuí solicitou medidas na área de educação, para que o processo de inclusão implique no fazer docente; na área da saúde, para que o tratamento ocorra por

uma equipe multiprofissional e especializada, com continuidade; na administração pública, com a criação de um banco de dados; e fez um apelo para que a comunidade se envolva nos debates para construção de políticas públicas. Uma comissão foi formada e as demandas serão levadas ao prefeito, Valdir Heck, e ao secretário municipal de Saúde, Josias Pinheiro.

8

Ministério da Saúde reforça campanha contra o HPV Nesta semana, o Ministério da Saúde iniciou uma campanha publicitária para impulsionar a vacinação de adolescentes contra o HPV. A convocação tem como alvo 20,6 milhões de meninas, com idades entre 9 e 14 anos, 11 meses e 29 dias; e meninos, dos 11 aos 14 anos, 11 meses e 29 dias. Eles devem ir aos postos de saúde para se imunizar pela primeira vez ou tomar a segunda dose da vacina e completar a proteção. O vírus HPV (Papilomavírus Humanos) é sexualmente transmissível e infecta pele e mucosas da boca ou das áreas genital e anal, provocando verrugas e diferentes tipos de cânceres em homens e mulheres (cólo do útero, anal, pênis, vagina, orofaringe). Segundo o Ministério, cerca de 30% dos tumores provocados por vírus no mundo são causados pelo HPV. “A campanha é importante porque temos baixos índices de vacinação contra o HPV, em todas as faixas etárias e em ambos os públicos”, explicou a coordenador do Setor de Imunização da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Cledis Otonelli.

Em contato com o Grupo JM, Cledis lembra que foi prorrogada a campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite, até o dia 14 de setembro. Hoje o Estado está com 89% de cobertura para a pólio e 88,5% para o sarampo, enquanto que o Ministério da Saúde recomenda pelo menos 95%. Cenário diferente de Ijuí, onde 100,82% das crianças foram vacinadas contra a pólio e 100,84% contra o sarampo. “A meta proposta pelo Ministério da Saúde era que Ijuí vacinasse 3.911 crianças, mas 4.096 foram imunizadas até o momento”, disse. De acordo com Cledis, quatro municípios da região de abrangência ainda não chegaram à meta: Crissiumal, Humaitá, Jóia e São Valério do Sul. Em Ijuí, as doses das vacinas continuam disponíveis nas 14 salas de vacina, no horário de funcionamento da Rede Pública de Saúde: de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30. Devem receber as doses bebês de um ano até crianças de 4 anos, 11 meses e 29 dias.

Unimed Noroeste aborda sexualidade na terceira idade A sexualidade ainda é abordada com certo desconforto por muitas pessoas, em especial, da terceira idade, por considerar assunto dos mais jovens. Visando tratar mensalmente de assuntos que reforçam a importância do autocuidado, da promoção à saúde e da prevenção de complicações, o setor de Medicina Preventiva da Unimed Noroeste/ RS proporcionou ao grupo Qualidade de Vida debate sobre a sexualidade na terceira idade. O encontro ocorreu na última quarta-feira. Para sentirem-se mais à vontade ao tratar do tema, os pacientes foram divididos em dois grupos, conforme o gênero. A conver-

sa foi conduzida pelos médicos Marcos Boff e Martha Fonseca da Silva e Silva, integrantes da equipe multidisciplinar da área de Medicina Preventiva. Na abordagem aos homens, Boff apontou os cuidados, a autoestima dentro da sexualidade e, principalmente, a parceria de um casal, “o comportamento em busca de uma satisfação sexual e qualidade de vida". Às mulheres, Martha evidenciou a importância de conhecer o próprio corpo, explicando que problemas de saúde, e também mudanças hormonais, podem influenciar na sexualidade, por isso a necessidade de comentar com o médico todos os sintomas. Em

alguns casos, o casal deve procurar orientação profissional. “Nascemos com capacidade de amar e também com sexualidade”, ilustrou, apontando que “muitas vezes se enxerga isso com preconceito, que pode vir da gente mesmo”. O aumento nos casos de doenças sexualmente transmissíveis na terceira idade também foi abordado com preocupação. Afinal, entre jovens ou idosos, a prática exige proteção. Assim, os profissionais destacaram a importância do sexo seguro e também o uso correto de medicações, conforme orientação médica. A enfermeira Dagmar Scholl Lauter, que atua no setor de Me-

Debate sobre sexualidade foi realizado com o grupo Qualidade de Vida

dicina Preventiva, esclarece que o assunto está incluído em uma proposta de abordar temas diferenciados, que envolvem a saúde física, mental e emocional, em

alguns casos, considerados tabus. O grupo integra as atividades desenvolvidas através do Programa de Atenção Integral à Saúde da Unimed Noroeste/RS.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

EM BRASÍLIA

Município aguarda autorização para utilizar prédio da UPA Em sua passagem por Brasília, nesta semana, o prefeito Valdir Heck aproveitou para conferir, junto ao Ministério da Saúde, como está a tramitação do pedido de adequação do uso da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O Município pretende transferir o Pronto Atendimento 24h, hoje localizado na Rua 19 de Outubro, para o prédio da UPA, instalada na Avenida Getúlio Vargas. “Existem orientações a respeito e estamos nos adequando à nova exigência do Ministério da Saúde, que abre a possibilidade de uso do prédio, não propriamente como UPA, mas com outros serviços da área da saúde. Lembrando que o prédio foi construído com recursos da União e, por isso, precisamos da autorização para fazer uso do local”, explicou o prefeito, lembrando que não há data para que o retorno aconteça. Em contato com o Grupo JM, o prefeito explicou que a UPA foi concebida com uma proposta específica. “Mas, diante das dificuldades financeiras em que mergulhou o País, o Estado e os municípios, nem todos conseguiram colocar ou manter a UPA em funcionamento”, explicou. Durante encon-

tro da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, em maio deste ano, o presidente Michel Temer assinou as alterações no Decreto nº 7.827/2012, que traz informações sobre a readequação da rede física do Sistema Único de Saúde (SUS). Com a medida, estados e municípios podem utilizar a estrutura de UPAs, que estão prontas e sem funcionar, para outra finalidade na área da saúde, sem precisar devolver recursos federais. De acordo com o próprio Ministério da Saúde, atualmente há 148 UPAs 24h construídas ou em fase final de obras paradas, sem oferecer atendimento à população, diante da dificuldade de estados e municípios de custear o serviço. A mudança atende a uma demanda das gestões locais para não perder a estrutura. “Estive em Brasília no ano passado, já buscando soluções para isso”, destacou o prefeito, lembrando que será necessário redimensionar o atendimento no Pronto Atendimento, após a autorização. “À medida que colocamos à disposição da população esse serviço continuado 24h, iremos reformular o período de atendimento. Porque não é possível ter duas bases nestas condições”, reforçou.

Valdir Heck

Criatec tem duas novas empresas incubadas A Incubadora de Empresas daUnijuí Criatec incluiu recentemente dois novos empreendimentos em suas fileiras, chegando a 11 empresas que recebem tutoria técnica para o desenvolvimento de negócios. Segundo a coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini, uma das novas empresas atua na área de marketing digital, focada em pequenos e médios empreendimentos, e outra no segmento de consultoria automotiva, com foco no relacionamento entre os usuários e as concessionárias de veículos. Em novembro deste ano, a Criatec deverá graduar uma empresa, estágio no qual o empreendimento incubado já é considerado apto para atuar sozinho no mercado. Com isso, haverá a abertura de uma vaga na incubadora, e uma nova seleção de empresas escolherá projetos para incubação a partir de março de 2019. Conforme a diretora da Criatec, está em andamento o projeto de expansão física da incubadora, o que permitirá que mais empresas possam receber tutoria ao mesmo tempo. "A gente precisa ampliar nossa estrutura, porque a empresa fica dentro desse espaço da incubadora em salas de 14 metros quadrados para cada uma, e se há a contratação de mais um funcionário o espaço já fica pequeno. Estamos propondo essa ampliação já a partir de 2019", explica Maria Odete Palharini. Neste momento, a incubadora busca recursos para iniciar as obras mais básicas, como terraplanagem, construção de sanitários e demais espaços coletivos.

Incubadora de Empresas da Unijuí esteve reunida com os novos empreendedores que receberão tutoria

"Trabalhamos uma ideia de sustentabilidade, onde cada empresa incubada possa adquirir e trabalhar dentro de um contêiner, que é adquirido pela própria empresa. Só que precisamos da infraestrutura mínima adicional, como os espaços coletivos", afirma a coordenadora. Neste ano, a Criatec estará novamente presente na Expo-Ijuí/Fenadi 2018, com um estande voltado ao agrotech. "Vamos apresentar as tecnologias que a gente desenvolve aqui, e que são úteis para po-

tencializar os resultados do agronegócio. As empresas que vão expor têm produtos e serviços focados no agronegócio, em um estande bem temático", comenta. Ainda há as programações, previstas para ocorrer a cada dois dias durante a realização da feira, que serão conectadas aos produtos e serviços desenvolvidos pelas empresas participantes, de maneira a expor o trabalho dos empreendedores e oferecer soluções tecnológicas para a produção rural.

10

Nilton Kasctin dos Santos Promotor de Justiça

A lição dos gansos Os animais são pródigos em exemplos que garantem equilíbrio ambiental e qualidade de vida. Mas também nos ensinam como viver em sociedade. Os gansos selvagens, aves migratórias que precisam voar longas distâncias em busca de lugar seguro para procriar, exploram as leis da física para voar de forma confortável e rápida. Sempre em grupo, organizam no ar uma formação em “V” com o vértice (ponto que une as duas retas do “V”) para frente. Assim, a velocidade do voo aumenta em cerca de 70%, pois o bater de asas em conjunto rompe a barreira do ar com mais facilidade e cria um vácuo entre as duas fileiras, o que permite que as aves de trás planem e assim economizem energia. O ganso que puxa a frente precisa empreender maior esforço. Por isso de quando em quando ele troca de lugar com um dos que vêm na retaguarda. Os de trás, que estão mais folgados, voam grasnando para encorajar os da frente. Além disso, quando um deles não pode mais voar por doença ou ferimento provocado por caçador, um ou dois animais o acompanham no chão até que sare ou morra, integrando-se depois a outra formação que por ali passar. Do comportamento dos gansos podemos extrair duas belas lições: a) o trabalho em equipe é sempre mais eficiente e confortável, sendo indispensável na maioria das atividades humanas. Imaginem-se milhares de pessoas trabalhando isoladamente no resgate de vítimas de um grande terremoto. O efeito seria praticamente nulo; b) no grupo ninguém é menos ou mais importante, apenas a equipe deve aparecer, como algo indivisível. Quando perguntado sobre qual instrumento era mais importante na famosa orquestra sinfônica que regia, um grande maestro respondeu: “Qualquer um que estiver faltando”. Ocorre que não existe o todo enquanto falta uma parte, por pequena que possa parecer. Ao contrário do que fazem os gansos, os brasileiros (a começar pelos que se dizem líderes) de regra priorizam sua figura e atuação individual, desprezando o valor do todo, da equipe. O que me preocupa em relação a isso é que no Brasil a sociedade inteira enxerga os líderes políticos como responsáveis absolutos pelo bem estar de todos. Embora as autoridades públicas sejam meros representantes ou gestores dos interesses do povo, recebendo remuneração por isso, são vistas como benfeitoras abnegadas, merecedoras incondicionais de honrarias pessoais. Exemplo disso é o que ouvi outro dia de um cidadão: “Isso que é prefeito bom. Asfaltou quase todas as ruas”. E na imprensa encontramos todos os dias matérias como esta: “O deputado fulano mandou tantos mil reais para o hospital, para a escola ou para o projeto tal”. E o mais triste é que os políticos realmente conseguem votos por causa disso. Como se o dinheiro empregado em obras públicas fosse propriedade do prefeito ou do deputado. Como se qualquer obra pública não dependesse do trabalho árduo de uma grande equipe de funcionários. Só para comparar, se perguntarmos aos cidadãos europeus qual o político (prefeito, governador, deputado, vereador) que construiu esta ou aquela obra pública, ninguém saberá responder. Porque as pessoas de países desenvolvidos têm consciência de que as autoridades não passam de empregados do povo. Para elas, quem constrói o bem comum é o povo. Sempre em equipe. É lamentável que uma pessoa possa tirar proveito individual do que é realizado por todos, com o dinheiro de todos. Realmente nós, brasileiros, temos muito a aprender com os gansos selvagens.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

EXPO-IJUÍ/FENADI 2018

Núcleo de Quarto de Milha divulga novidades

Entre os dias 18 e 21 de outubro, o Núcleo Noroeste Gaúcho de Cavalo Quarto de Milha (NNGQM) estará na Expo-Ijuí/ Fenadi 2018, como parte da 29ª Feira Agropecuária. Este ano, o Núcleo traz algumas novidades para o público. A primeira delas é o Laço Técnico, uma das modalidades que evidencia o cavalo e está em alta entre os criadores da raça Quarto de Milha. A prova consiste em analisar o comportamento do equino na procura do gado, no momento do laço. O cavalo precisa ter o comportamento mais natural possível sem muita interferência do laçador. Outra novidade é a abertura para que outras raças também possam ser laçadas durante as modalidades da programação de sábado e domingo. O intuito é que mais pessoas que gostam e desenvolvem essas atividades também possam participar do evento e, consequentemente, conseguindo mais visibilidade para a raça Quarto de Milha. A programação será transmitida ao vivo pelo Canal Sinuelo, fechando as novidades para este ano. Outro ponto importante, des-

Parque de Exposições recebe melhorias Reformas e melhorias nos espaços do Parque de Exposições Wanderley Burmann tiveram início há cerca de quatro meses. Uma das novidades deste ano é a construção de nova casa para a Polícia Civil. "Uma obra nova no Parque, terá em torno de 70 metros quadrados e trata de instalações para a Segurança", conta o presidente da Expo-Ijuí, Nilo Leal. "É muito importante a garantia da segurança dos expositores e dos visitantes." Segundo ele, nos últimos anos não foram registradas ocorrências dentro do Parque de

Exposições. Além disso, também foram construídos novos sanitários, principalmente no setor do Agronegócio. "Com relação aos locais de lazer, instalamos bancos de jardim para descanso dos visitantes, em diversos locais, na frente dos pavilhões e nas áreas verdes, com aproveitamento total de árvores e galhos caídos que foram aproveitados na construção dos bancos, pensando sempre na sustentabilidade e na qualidade da estrutura do parque para receber bem as pessoas", finaliza Nilo.

Pelo segundo ano consecutivo, Núcleo Noroeste Gaúcho participará da Expo-Ijuí

tacado pelo presidente do Núcleo, Ronaldo Ferretti, é a utilização do espaço nos plátanos, que facilitará os acampamentos. Três dos principais laçadores do Brasil e campeões em diversas modalidades, Gilson Santos, Juninho Scapini e Juliano Souza, atual campeão do QM na Expointer, já confirmam presença no evento. "Nossa expectativa é que o evento seja maior do que o ano passado, principalmente na inscri-

ção e participação da raça Quarto de Milha. Também teremos, novamente, demonstração de apartação que chama a atenção do público para o nosso evento e o nosso leilão de coberturas no sábado à noite", afirma o primeiro vice-presidente do NNGQM, Emerson Pereira. A raça Quarto de Milha vem crescendo na região pela sua versatilidade, conhecida mundialmente, conquistando diversas pessoas e famílias.

Artesãos serão fiscalizados na feira O Sine realiza o cadastro de artesãos que irão participar da Expo-Ijuí/Fenadi 2018. Podem procurar a agência de Ijuí, artesãos dos 11 municípios de abrangência. "Na Fenii, o controle é feito pelo Município. Na Expo-Ijuí o controle é da Associação Comercial. O Luiz Hocevar me disse que os espaços estão todos praticamente reservados, mas neste ano temos uma novidade: fui convidada a fazer a triagem no pavilhão do artesanato na ExpoIjuí", comenta a avaliadora, Tânia dos Santos. Ela explica que a triagem consiste em fiscalizar os estandes. Ou seja, os artesãos devem ter expostos somente os trabalhos que estão registrados na carteira. "Tem muita gente que coloca produtos do Paraguai, compra coisas prontas, e a gente conhece, e estamos sempre lutando contra isso. Temos que valorizar o artesanato manual." Para Tânia, realizar a triagem durante a feira é desafiador e o reconhecimento de um trabalho desenvolvido há 38 anos. "A

11

Expo-Ijuí é espaço pago, e terei que agregar todos os artesãos, mas já foram comunicados e para mim é motivo de orgulho." Ela aguarda um representante de Porto Alegre para acompanhá-la durante a triagem. Nesses anos todos, ela destaca a criatividade com pouco recurso e a força de vontade como o que mais lhe chama atenção nos artesãos. "Muitas das pessoas que atendo estão em depressão, e o artesanato tem isso, a ocupação, e muita gente acaba saindo deste quadro. Sou muito feliz e gosto do que faço." Além disso, ela conta que é intensa a procura de novos artesãos pelo registro profissional. A Carteira de Artesão é o documento emitido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), por meio do Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), que identifica o profissional de artesanato devidamente registrado e reconhecido pelo Ministério do Trabalho e Emprego para fins de benefícios. Nela estão impressos os dados de identificação do pro-

Tânia dos Santos

fissional, seu número de registro no PGA e as matérias-primas por ele utilizadas e que provou estar habilitado."É realizado teste. A pessoa traz um trabalho pronto e outro para ser feito. Se aprovado, já sai como artesão e dentro de 30 a 45 dias", finaliza Tânia.

Está em andamento a construção da casa da PC no Parque de Exposições

Comdica lançará novo edital para entidades O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) realizou assembleia mensal na última semana. O encontro foi pautado pela escolha dos suplentes do Conselho Tutelar, uma vez que os eleitos em 2015 já assumiram como titulares. Além disso, foi tratado do projeto, promovido pelo Comdica em parceria com o Ministério Público, de implantação dos Círculos de Paz nas Escolas, oriundo da Justiça Restaurativa. "Esse projeto ainda está em desenvolvimento, mas, em princípio, de um plano geral, irá tratar da modificação da visão que se tem hoje em relação ao outro, para que possamos promover maiores entendimentos, desde o convívio no ambiente escolar e que isso seja levado para suas casas, suas famílias, com intuito de fazer com que as crinças melhorem suas convivências no coletivo", comenta o presidente do Comdica, Vanderlei Ávila. O projeto também atuará na solução de conflitos.

Vanderlei Ávila

O Conselho irá lançar novo edital até o final deste mês, que irá contemplar entidades que trabalham com crianças e adolescentes, com recursos aportados no Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fundocad). "São recursos doados pela comunidade, por meio da destinação de parte do imposto de renda."


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

12

DIA DA INDEPENDÊNCIA

Desfile Cívico resgata a cidadania na população O tempo colaborou e o público, e autoridades locais, prestigiaram o Desfile Cívico e Militar, na manhã de ontem, na Praça da República. Escolas, militares e órgãos da Segurança levaram para avenida temas cotidianos, buscando reforçar o civismo na população e o resgate de valores, chamando atenção da comunidade, por exemplo, para importância do cuidado com o planeta, por meio da coleta seletiva do lixo e produção orgânica dos alimentos; a necessidade de prestar atenção às pessoas, identificando sinais de depressão e evitando tragédias como o suicídio; o poder do amor, da fé e da solidariedade; o combate à violência doméstica; e também, do avanço da inclusão em todos os espaços sociais. "Neste ano inovamos e invertemos a ordem, com as escolas desfilando primeiro, em função das crianças, e os militares, muito aguardados, fecham o ato", comentou o comandante do 29º BPM, Edilson Goes. Para o chefe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Vilmar Keske, o Desfile Cívico Militar é um resgate do civismo na população. "Tendo em vista a atual realidade em que vivemos, onde á muita inversão de valores, precisamos resgatar o civismo do cidadão brasileiro. Hoje, as escolas mostraram ações e temas interessantes visando demonstrar o compro-

Muito aguardados, os militares foram os últimos a desfilar

misso que devemos ter com a cidadania." Desfilaram, por ordem de sorteios, as escolas Professora Cândida Iora Turra; Maria Barriquello; Casa da Criança; Solange Ana Copetti; Doutor Ruy Ramos; EFA; Ceap; Soares de Barros; Luiz Fogliatto; Imeab; Otávio Caruso Brochado da Rocha; Modelo; Deolinda Barufaldi; Adventista; Colégio sagrado Coração de Jesus; Emil Glitz;Osvaldo Aranha; e Polivalente. Também desfilaram os três grupos de escoteiros: Ijuí, Velho Lobo e Farrapos Carijós. Colégio Tiradentes também fez parte do Desfile Militar, ontem

A EFA abriu seu desfile representando São Francisco de Assis

Escoteiros defenderam os valores familiares na avenida

O Ceap abordou temas como integração e informação

A importância dos esportes foi um dos temas do Luis Fogliatto

O Meio Ambiente fez parte da abordagem do Soares de Barros

A Escola Adventista abordou o combate à violência doméstica

O Sagrado reforçou o cuidado permanente com o planeta Terra

Estudantes do Imeab abordaram a importância dos sentimentos


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

13

LOGÍSTICA

Tabela do frete tem reajustes de 1,66% a 6,24% O governo publicou no Diário Oficial a tabela do frete do transporte rodoviário de cargas com novos valores, incorporando o aumento do diesel anunciado na semana passada. A medida foi criticada por entidades representativas do setor produtivo, que afirmam que o reajuste no valor dos transportes de cargas prejudica a recuperação econômica do País. Segundo nota da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), responsável pela definição dos preços, o percentual de reajuste varia de 1,66% a 6,24%, dependendo do tipo de carga e da distância percorrida. Mais cedo, a ANTT havia informado que o índice de correção da tabela era de 5% em média. Nos próximos dias, o presidente Michel Temer assinará um decreto dando poderes à agência para fiscalizar o cumprimento da tabela em todo o País. A adequação da tabela ao novo preço do diesel e uma fiscalização para inibir a contratação de frete abaixo do preço mínimo são as principais reivindicações dos

caminhoneiros. A correção da tabela do frete foi criticada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em nota, a entidade argumenta que a medida vai prejudicar ainda mais o crescimento da economia e elevar os custos para o setor industrial. Antes do reajuste, diz o texto da CNI, o impacto para a indústria já era de 12%. "O tabelamento do frete é medida equivocada e simplista, que não soluciona o problema do transporte rodoviário do País nem dos caminhoneiros, agrava os problemas da indústria e pune todos os consumidores brasileiros", afirma o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade. A entidade reafirma que o setor produtivo aguarda uma decisão rápida do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as ações contra a política de preços mínimos, em vigor desde 30 de maio. Os empresários pedem que a Corte declare a medida inconstitucional, alegando que viola princípios da livre-iniciativa e da concorrência. A Confederação da Agricultura e Pecuária

do Brasil (CNA) protocolou um reforço no pedido para que o STF analise logo a ação de inconstitucionalidade da tabela do frete rodoviário. A entidade vai argumentar que o reajuste vai agravar os problemas já apontados, como o aumento da inflação dos alimentos e a impossibilidade de realização de vendas no mercado futuro de grãos. Para as cargas geral, de granel e frigorificada, a CNA encontrou aumentos de 3,15% a 6,82% sobre a tabela vigente. "Se continuar nesse ritmo, em 12 meses de tabelamento, teremos aumento de 13% a 30%", disse o superintendente técnico da entidade, Bruno Lucchi. Segundo Lucchi, o maior prejuízo é suportado pela sociedade, por causa do aumento do preço dos alimentos. Motoristas acham que aumento é 'o mínimo' a ser feito pelo governo O reajuste da tabela do frete foi recebido pelos caminhoneiros como uma simples atualização devida pelo governo, que não afasta outras

Adequação da tabela é uma das principais reivindicações dos caminhoneiros

preocupações da categoria. "É o que precisava ser feito, é o repasse conforme a lei", disse o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac) de Ponta Grossa (PR), Neori "Tigrão" Leobet. A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) classificou a medida como "apenas" uma atualização. No entanto, a falta de informação quanto às fiscalizações ainda

causa tensão. O líder Wallace Landim, o "Chorão", disse que está mantida a manifestação marcada para o próximo dia 12, em frente à sede da ANTT, para pressionar pela atuação dos fiscais pelo descumprimento da tabela. A ANTT somente deve apresentar uma nova tabela de reajuste em outubro, quando a proposta ficará em consulta pública. O órgão ainda analisa sugestões encaminhadas.

ANTT inicia fiscalização da tabela mínima do frete em todo o País A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou no Diário Oficial da União (DOU) de quarta-feira, uma nova tabela com preços mínimos de frete rodoviário. O texto altera a primeira tabela, editada em 30 de maio dentro do pacote negociado pelo governo com os caminhoneiros para acabar com a greve da categoria, que durou 11 dias. Os novos preços sofreram um reajuste médio de 5% para acomodar a alta de 13% no óleo diesel anunciada semana passada. "Está dentro da expectativa daquilo que a ANTT deveria produzir em função da Lei 13.703, que prevê exatamente isso, que cada aumento do combustível, para mais ou para menos de 10%, tenha que ter o aumento ou a redução na tabela do piso mínimo de frete", comenta o presidente do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de Ijuí, Carlos Alberto Litti Dahmer. Agora, a busca da categoria é por uma fiscalização efetiva da tabela, para que haja o cumprimento das determinações. "As transportadas se negam a executar o piso mínimo, alguns desembargadores se negam ainda a cumprir a lei, que está aí, e a forma de fazer com que funcione e não gere mais conflitos, é a forma eletrônica, que a ANTT vai implementar, mas demanda um pouco mais de tempo, porque

se trata de um sistema e depende dos Estados na emissão da nota. Mas, a fiscalização através dos agentes da ANTT vai acontecer e irá começar neste fim de semana, em todo o País", afirma. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) pretende protocolar um reforço no pedido para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise logo a ação de inconstitucionalidade da tabela do frete rodoviário. A entidade vai argumentar que o reajuste dos preços vai agravar os problemas já apontados, como o aumento da inflação dos alimentos e a impossibilidade de realização de vendas no mercado futuro de grãos. O STF analisa três ações de inconstitucionalidade sobre o tabelamento. "Isso a gente conhece desde o primeiro momento, quando foi assinada a medida provisória, estabelecendo o piso mínimo do frete", avalia Litti. "É a manifestação de quem sempre foi contrário. CNI, CNA, quem está explorando o sistema há muito tempo não vai querer que saia dinheiro do seu bolso para dar ao transportador autônomo de carga ou à pequena empresa de transporte. Quer continuar e manter a exploração porque está em uma situação cômoda, enquanto os demais sofrem."


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

14

ELEIÇÕES 2018

Checagem de dados aponta falhas nos discursos de candidatos no RS

A Agência Pública, que pertence à ONG Pensamento e tem como parceiro no Rio Grande do Sul o Filtro Fact-checking, divulgou ontem cinco destaques da série 'Truco nos Estados', que se debruça a analisar declarações de candidatos ao governo gaúcho em discursos, debates e entrevistas. A seguir, os principais destaques divulgados pela agência. 1. Mais de 5 mil esperam convocação na segurança No Painel Eleitoral ARI, José Ivo Sartori, candidato à reeleição pelo MDB, afirmou que convocou todos os aprovados em concursos para a segurança nos três anos de seu governo. Mas isso não é verdade. Há pelo menos 5.850 novos concursados aguardando convocação. Registros apresentados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) somam 4.290 servidores chamados por Sartori, a maioria de concursos do governo anterior. 2. Assaltos e roubos cresceram quase 80% Em entrevista ao Jornal do Comércio, Miguel Rossetto (PT) comparou os resultados dos três primeiros anos do atual governo (de José Ivo Sartori, MDB, que concorre à reeleição) com os três primeiros de seu antecessor, seu colega de partido, Tarso Genro. Além de acusar um aumento de

80% nos roubos, Rossetto disse que houve 35% mais assassinatos no estado sob a atual gestão. É fato. Estatísticas criminais da SSP mostram que houve um aumento de 77% no número de roubos - valor arredondado pelo candidato - e de 36% no de homicídios. 3. Canoas foi melhor no Ideb do que Pelotas No duelo particular entre exprefeitos no debate da Band, Jairo Jorge (PDT) comparou resultados de Canoas e Pelotas na educação, a partir dos resultados do Ideb ao final dos mandatos dele e de Eduardo Leite (PSDB). De fato, o Ideb do 4º e do 5º ano de Canoas supera Pelotas desde 2005, quando começou o levantamento. Além disso, Canoas bateu a meta em quatro das cinco avaliações, enquanto Pelotas teve desempenho positivo em duas ocasiões. Jairo tem razão: os números de Canoas são melhores do que os de Pelotas no Ideb. 4. Setor agropecuário paga um dos menores salários Em entrevista ao Jornal do Comércio, Roberto Robaina (PSOL) afirmou que o setor agropecuário paga um dos salários mais baixos no RS. O candidato se apoia na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), que indica a remuneração média de trabalhadores

Candidatos ao governo do Estado tiveram discursos e entrevistas avaliados

com carteira assinada em 25 subsetores. Em 2016, a agropecuária tinha o segundo menor salário (R$ 1.860,00), à frente apenas do comércio (R$ 1.823,00). Portanto, é verdade que o setor paga um dos piores salários no RS. 5. Polícia e judiciário divergem sobre elucidação de crimes No Painel ARI, Eduardo Leite (PSDB) elogiou seu vice, o delegado Ranolfo Vieira Júnior (PTB), por ter criado delegacias especializadas na investigação de homicídios quando foi chefe de Polícia do estado, no governo Tarso Genro (PT). Com as

unidades, a taxa de elucidação desses crimes passou de 20% para mais de 70% de 2013 para 2014. Mas o aumento expressivo de eficiência de um ano para outro abriu margem para contestação. Um levantamento feito em 2013 mostrou que apenas 30,7% dos crimes foram denunciados à Justiça pelo Ministério Público. Nos demais casos, não havia provas suficientes para levar os suspeitos ao tribunal. Para o MP, esses crimes não são considerados elucidados. Como há divergência de critérios, o Truco nos Estados classificou o dado como 'discutível'.

Ação judicial contesta leilão de bens da prefeitura Após o cancelamento do leilão de bens imprestáveis e inservíveis da prefeitura de Ijuí, que seria realizado na última terça-feira, o vereador César Busnello (PSB) criticou novamente, ontem, o que chamou de falta de competência do poder Executivo municipal na gestão do patrimônio público. Segundo o parlamentar, o processo de leilão dos bens já apresentava inúmeros vícios e problemas legais desde seu início, quando do projeto aprovado pela

Câmara de Vereadores que deu provimento à intenção do poder Executivo em leiloar itens como caminhões, carros e materiais de escritório. Diante disso, Busnello protocolou petição na Justiça, na qual solicitava o cancelamento do certame. "Esse leilão já foi cancelado por duas vezes, e isso demonstra um grande amadorismo por parte da prefeitura. Deveria ter sido feita uma consulta mais apurada à Procuradoria-Geral do Muni-

cípio, uma busca de orientação jurídica mais específica para saber sobre os termos de realização desse processo. Simplesmente abriram um leilão, que apresenta inúmeros problemas, e que precisou ser cancelado por duas oportunidades. Ao menos o Executivo reconheceu que errou", opina. Por outro lado, Busnello lembrou que, para além do desgaste político das indas e vindas do processo de leilão, há ainda os gastos com o transporte dos materiais.

"São dois leilões cancelados em sequência, isso tem um custo para os cofres públicos, e quem paga é o contribuinte. Isso porque envolve o trabalho de funcionários públicos de diversos setores, e também a movimentação destes materiais, que vão da Garagem Municipal até o local do leilão, ou do Parque de Exposições até um outro local. Isso ocupa tempo e dinheiro que poderia ser investido em outras demandas que temos", critica Busnello.

Governo do RS quita salários de 38% dos servidores Diferentemente do previsto, a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) anunciou na quinta-feira que iria pagar até o final do dia os salários líquidos dos servidores que recebem entre R$ 1.500 e R$ 1.750. Os pagamentos correspondem à quitação da folha de 38,5% dos servidores do Poder Executivo, que somam 28,4 mil matrículas. Para atender este grupo, de acordo com o governo, foram necessários R$ 50,1 milhões,

recursos com origem na variação dos saldos do caixa único. O pagamento veio antes do previsto. Até o final da semana passada, o Piratini previa novos depósitos apenas a partir de segunda-feira, com a entrada de recursos do ICMS. Na segundafeira, dia 3, entretanto, quitou os salários de quem recebe R$ 1,3 mil e R$ 1,5 mil. Mesmo com este novo depósito, o governo Sartori segue com a programação de quitar

os salários líquidos de até R$ 7 mil até o dia 13 deste mês. A parte líquida da folha de agosto fechou em R$ 1,208 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Executivo contempla mais de 341,4 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas. O que já foi pago até agora: Dia 31/08 – Até R$ 1.300 líquidos (77.199 matrículas) – R$ 82,1 milhões Dia 31/08 – 8ª parcela do

13º salário de 2017 – R$ 118 milhões Dia 31/08 – Indenização pelo atraso / folha de julho – R$ 1,5 milhão Dia 04/09 – Quitação dos salários das fundações – R$ 25 milhões Dia 04/09 – Até R$ 1.500 líquidos (102.893 matrículas no acumulado) – R$ 39,4 milhões Dia 06/09 – Até R$ 1.750 líquidos (131.337 matrículas no acumulado) – R$ 50,1 milhões.

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

AGORA É CINZA Muito simbólico que em plena Semana da Pátria, um repositório de raízes do Brasil tenha sido reduzido a cinzas. Como bem identificou o New York Times na primeira página, Negligência, depois Chamas. O Museu Nacional, instalado no Palácio Imperial onde moraram Dom João VI, Pedro I e Pedro II, é administrado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - que destina, pasmem, pouco mais de 500 mil por ano para manter um dos lugares mais importantes do País. O reitor, pasmem também, ainda tentou empurrar a responsabilidade para os bombeiros, que não encontraram água nos hidrantes do Palácio. O museu não tinha brigada contra incêndio nem equipamento anti-fogo. Por algum motivo, a UFRJ, que tem autonomia financeira e orçamentária, não deu ao Museu a atenção que ele merecia. Guardadas as proporções, é como se a Itália não desse importância a Florença. Ainda não se sabe se foi um acidente ou um crime para encobrir um roubo. Mas crime foi, de qualquer forma, de lesa-pátria, de desleixo, de omissão. Um crime que destruiu patrimônio histórico, arquitetônico, científico e artístico do Brasil e da Humanidade. Destruiu algo que cada geração deveria legar às seguintes. As gerações atuais ficam devedoras desse vácuo entregue aos brasileiros de amanhã. Fico imaginando se esse crime de omissão fosse praticado na China - se alguém fosse responsável por acidente que destruísse os guerreiros de terracota no Mausoléu Imperial. Adivinhem qual seria a pena para a incompetência e negligência. Com o miserê destinado ao mais importante museu do país, e ao Paço Imperial, não há como não fazer comparações. Pela Lei Rouanet, o dinheiro destinado a shows de artistas que não precisam de ajuda, a livros de poesia ou de fotografia, a exposições de gosto esquisito, soma quase 60 milhões de reais - o suficiente para manter o Museu, com base na proposta de orçamento da UFRJ, por 99 anos. Imaginem os milhões desviados pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral; imaginem se as joias da mulher dele tivessem sido doadas para o Museu. Pois o repositório de raízes da nação mereceu menos que trocados dos corruptos condenados na Lava-Jato. O principal foi para sustentar folhas de pagamento inchadas e com poucos resultados. O ministro da Educação disse que o Ministério “não medirá esforços para auxiliar a UFRJ a recuperar o Museu”. Recuperar o quê? Quando? No Juízo Final, quando ressuscitarem a nossa Luzia e as múmias? O presidente Temer, lembrando o Conselheiro Acácio, de Eça, chamou a tragédia de “perda incalculável” e o governo anunciou, esta semana, que o BNDES, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica vão prover verbas para os museus e que o Itamaraty vai buscar ajuda externa, assim como vão chamar entidades empresarias e bancos privados para ajudar. Será que vão lembrar disso dentro de 30 dias? Toda essa saliva me faz lembrar de um velho samba: Agora é cinza; tudo acabado e nada mais.


Notícias Fachin nega liminar a Lula

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou uma liminar (decisão provisória) pedida pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que buscava garantir a presença do político na disputa pela Presidência da República. A defesa insiste na tese de que uma liminar concedida pelo Comitê de Direitos Humanos da ONU garante a Lula o direito de concorrer à eleição como candidato do PT. Fachin afirmou que a liminar do organismo internacional é válida somente no âmbito eleitoral, não servindo para suspender os efeitos de uma condenação criminal.

Seis Estados sem visitas Seis Estados brasileiros não receberam nenhuma visita dos candidatos à Presidência da República nas primeiras três semanas de campanha: Amazonas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte e Roraima – este último vive uma crise com a chegada de venezuelanos. Com a exceção de Roraima, esses Estados não estão entre os que possuem os menores eleitorados do País. Em conjunto, somam 15% do total de pessoas aptas a votar nas Eleições de 2018.

Temer na disputa

A ideia de Michel Temer se lançar à reeleição pelo MDB para defender seu legado renasceu entre parte de sua equipe e já teria sido levada ao próprio presidente. O partido pode trocar de candidato até o dia 17 de setembro. Como Temer está sendo atacado e o candidato da legenda, Henrique Meirelles, finge que nem o conhece, a saída seria pressioná-lo para ceder o lugar ao presidente. Meirelles tem oscilado entre 1% e 2% nas pesquisas. Já Temer tem a aprovação de 3%.

Multas na Freeway

Um levantamento preliminar da Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que mais de mil multas por excesso de velocidade já foram aplicadas na freeway desde quinta-feira, no Estado, quando começou a operação de Feriado de Independência da PRF.

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

15

ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro é esfaqueado durante campanha eleitoral em Juiz de Fora Em sua primeira declaração após ataque sofrido na quinta-feira, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) comparou o momento com uma bolada em um jogo de futebol. "A dor era insuportável. E parecia que tinha algo mais grave acontecendo", disse. Nas redes sociais ele afirmou estar bem e em recuperação, e agradeceu a todos pelas orações e boas energias. De acordo com médico que participou da cirurgia em Bolsonaro, o estado de saúde ainda inspira cuidados, mas as chances de recuperação são boas. O candidato foi transferido para o hospital Albert Einstein, em São Paulo, na manhã de ontem. O líder do PSL na Câmara, deputado Fernando Francischini, é delegado da Polícia Federal licenciado e tem divulgado informações sobre o caso à imprensa diante do silêncio da polícia sobre o caso De acordo com ele, Adelio Bispo

de Oliveira, 40 anos, tinha dois celulares no momento em que foi preso, logo após a facada. No quarto de pensão onde o homem estava hospedado havia duas semanas, teriam sido encontrados outros dois celulares e um notebook que serão periciados, ainda segundo o deputado. Por meio das redes sociais do agressor é possível identificar que o homem esteve no último ano em cidades como Uberaba, Montes Claros e Montes Clarinhos, em Minas, além de ter visitado o Estado de Santa Catarina. A PF irá cruzar os dados das viagens de Bispo com os da agenda de campanha de Bolsonaro para entender se o agressor estaria seguindo os passos do presidenciável. Bolsonaro levou uma facada durante um ato de campanha em Juiz de Fora, na tarde de quintafeira. Ele era carregado nos ombros por apoiadores quando foi

Temer distribui ataques a Alckmin e Haddad

Mais uma vez, o presidente Michel Temer usou as redes sociais para criticar candidatos à Presidência da República - nas últimas horas, ele publicou dois vídeos com críticas a Geraldo Alckmin (PSDB) e um criticando Fernando Haddad (PT). Na quinta-feira, um dia depois de ir a público dizer que os partidos que apoiam Alckmin fazem parte de seu governo, o presidente disse que o próprio PSDB participou da gestão desde o começo. Nos últimos dias, o tucano tem criticado o emedebista e disse que sua gestão foi um fracasso em áreas como saúde e educação. No começo da tarde, o alvo foi Haddad. Temer ironizou a situação do petista, que deve assumir a cabeça da chapa, já que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi declarado inelegível pela Justiça. "Candidato Geraldo Alckmin, eu volto a falar com você. Vários que apoiam a sua candidatura foram e são do meu governo", disse o presidente. "Agora, eu volto a falar com você para dizer como o PSDB me ajudou no governo e como fez parte do governo." Temer citou os ministros José Serra (Relações Exteriores), Bruno Araújo (Cidades) e Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo) como exemplos da proximidade do PSDB e sua gestão.

Ciro vai ao Nordeste em busca de voto petista Com a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato do PDT à Presidência nas eleições 2018, Ciro Gomes, inicia na última semana uma incursão pelo Nordeste para tentar ganhar mais espaço em Estados com eleitorado tradicionalmente petista. Em ascensão na preferência dos eleitores, segundo pesquisa Ibope, a ideia do pedetista é "virar" o apoio de ao menos cinco governadores que hoje estão mais próximos do PT por causa de Lula. Estão na mira palanques no Ceará, Sergipe, Paraíba, Maranhão e Alagoas. Dos "alvos" principais, apenas Alagoas não deve entrar no roteiro de campanha de Ciro nesta semana. Aliados do candidato apostam que, após a decisão do TSE de rejeitar o registro Lula, condenado e preso no âmbito da Operação Lava-Jato, candidatos aos governos estaduais que firmaram compromissos com o ex-presidente agora vão abrir mais espaço ao candidato do PDT. Na avaliação da campanha de Ciro, o compromisso de alguns aliados petistas é com a pessoa de Lula e não com seu partido.

Bolsonaro teve lesões nos intestinos delgado e grosso e passou por cirurgia

ferido na barriga. Bolsonaro foi socorrido e levado à Santa Casa de Misericórdia da cidade. O hospital informou que ele deu entrada na emergência, com "uma lesão por material perfurocortante na região do abdômen". Segundo

os médicos, Bolsonaro chegou com a pressão baixa por causa da perda de sangue. Ele teve lesões nos intestinos delgado e grosso e passou por uma cirurgia que durou cerca de duas horas. O estado de saúde dele é estável.

Álvaro Dias garante que irá manter Bolsa Família

O candidato do Podemos à Presidência da República, Alvaro Dias, defendeu uma mudança na política de reajuste do salário mínimo e sua desvinculação dos benefícios da Previdência Social. "[Salário mínimo] Vinculado ao crescimento do Produto Interno Bruto [PIB] e descolando as demais despesas públicas do salário mínimo. O salário mínimo não pode ser a referência para as outras despesas públicas", disse o candidato. Para Dias, o salário mínimo tem de estar vinculado ao crescimento econômico do país para

recuperar o poder de compra dos trabalhadores. A proposta do candidato não inclui no cálculo da correção do mínimo a variação da inflação, como ocorre atualmente. Seu programa de governo prevê o aumento dos investimentos para 22% do PIB em 2022, o que deverá elevar o crescimento do país para, em média, 5% ao ano e gerar 10 milhões de empregos. O presidenciável disse ainda que vai manter o Bolsa Família, mas propõe a criação de um programa de formação profissional dos beneficiários para que eles consigam emprego com carteira assinada.

A Polícia Federal concluiu o inquérito que investigou repasses indevidos da empreiteira Odebrecht a integrantes do MDB, incluindo o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia). Segundo o inquérito, enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Odebrecht teria transferido cerca de R$ 14 milhões para a campanha eleitoral do PMDB (hoje MDB) em 2014. No relatório encaminhado ao ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, o delegado Thiago Machado Delabary conclui que há indícios de que Temer supostamente pra-

ticou crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os dois ministros teriam praticado crime de corrupção passiva. A Polícia Federal investigou o repasse para o MDB de R$ 4 milhões, que teriam sido pedidos por Moreira Franco, e de R$ 10 milhões, que teriam sido negociados por Padilha. As articulações, que seriam do conhecimento de Temer, na época vice-presidente da República, foram narradas por dirigentes da empreiteira, incluindo Marcelo Odebrecht, Cláudio Melo Filho, José de Carvalho Filho, Benedito Barbosa Júnior e Paulo Cesena, em acordo de delação premiada.

PF conclui investigação da Odebrecht com MDB


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

Campeões nos Jogos Comerciários

16

PLACAR GERAL COPA DUNGA A 21ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores tem rodada hoje a partir das 13h30 no campo do Serviço Social do Comércio (Sesc) em Ijuí. Serão realizadas estas partidas: prémirim, Escolinha do Sesc x CFE Ijuí; infantil, Grêmio Dimicron x CFE Ijuí; feminino,Grêmio Cruz Alta x São Luiz/Calcio; mirim amarelo, Grêmio Dimicron x São Luiz; infantil,São Luiz Vermelho x Grêmio Manjabosco; e mirim verde, Grêmio Manjabosco x São Luiz.

FUTEBOL AMADOR

Assistência Técnica Machado venceu no futsal feminino dos Jogos do Sesc

A 38ª edição dos Jogos Comerciários de Ijuí, na modalidade futsal conheceu os campeões na última terça-feira no Ginásio de Esportes Wilson Mânica. No feminino, a equipe Assistência Técnica Machado venceu por 5 a 1 o time Divas/Posto do Ganso. A goleadora foi a atleta Carolina Silva,

que marcou três gols. No masculino, a equipe Supergasbras/Localiza Imóveis venceu por 4 a 2 a Quality Sports. O goleador foi o atleta Leandro Denes Junior, com 11 gols marcados. As duas equipes campeãs da etapa municipal, estão classificadas para a fase final dos Jogos Comerciários, dias

Filipe Cargnelutti disputa Circuito em Porto Alegre

Supergasbras/Localiza Imóveis conquistou a primeira posição no masculino

10 e 11 de novembro, no Sesc Campestre em Porto Alegre.Depois das disputas do futsal, o Serviço Social do Comércio ijuiense organizará as competições do futebol sete, futebol, atletismo e canastra.Os 38º Jogos Comerciários movimentam os gaúchos entre os meses de julho e outu-

bro.As disputas acontecem nas modalidades Atletismo Adulto e Master (masculino e feminino), Canastra (misto), Futebol Sete Adulto e Master (masculino), Futebol (masculino), Futsal Adulto (masculino e feminino) e Master (masculino) e Voleibol (masculino e feminino).

Atleta do Gaúcho é aprovado no Grêmio O atleta João Veiga, 14 anos, atacante da Escolinha do Grêmio Esportivo Gaúcho de Ijuí foi aprovado recentemente nas categorias de base do Grêmio em Porto Alegre. Conforme Sandro Palharini, que treina as categorias de base da equi-

pe ijuiense, João atua no time Sub-15 e é primo dos ex-atacantes Darlan( Jacaré) e Fabiano Veiga, que já atuaram pelo Esporte Clube São Luiz. Nos próximos dias um outro atleta do Gaúcho vai treinar nas categorias de base do Coritiba.

Filipe Matter Cargnelutti foi o sexto colocado na sua categoria em Porto Alegre

O atleta de Ijuí, Filipe Matter Cargnelutti foi vice-campeão geral em Santo Ângelo no último domingo na Segunda Rústica de Incentivo à Doação de Órgãos promovida pelo Hospital Santo Ângelo. O percurso foi 15 quilômetros, na prova disputada com chuva e frio. Filipe liderou a corrida até o quilômetro 12. Depois sentiu um pouco, mas acabou ficando em segundo lugar. Em outubro participará de uma competição em São Luiz do Maranhão. Na última quintafeira, o atleta fez sua inscrição

para mais uma São Silvestre. Filipe disputou em 26 de agosto uma das provas mais fortes do Rio Grande do Sul, o Circuito Caixa com os principais atletas do país. Foi o sexto colocado no geral masculino nos 10 quilômetros, sua melhor posição no Circuito Caixa. Reconhecido como um dos mais tradicionais e importantes eventos de corrida de rua do Brasil, o Circuito já recebeu mais de 280 mil atletas em provas espalhadas por todo o país. A primeira etapa de 2018 foi em maio em Belo Horizonte.

Técnico da Escolinha do Gaúcho Sandro Palharini e atacante João Veiga

O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí, 1ª Divisão tem a disputa da terceira rodada amanhã com a realização destes jogos pela chave A no Estádio Bertholdo Christmann (Montanha): 9h45, Boca Juniors/APAG xArsenal/ Baterias Goi; 13h45, Juventude dos Goi x Guarani; e 15h45, Meninos da Villa F.C. x G.E. Gaúcho. Na 2ª Divisão a terceira rodada terá estas partidas neste domingo: campo do Farroupilha,chave A,9h45, Huracan x Lion F.C. Ijuí; chave B,13h30, E.C.Santa Cruz x E.C.União; e chave B,15h30,Associação Independência x E.C. Farroupilha; campo do Thomé de Souza,chave A,9h45, Academia Ruyzão x Talento F.C.; chave C,13h30, Tamo Junto xAtenas Audax; e chave C,15h30, Flamengo da Linha 4 Leste x Bahia Esquadrão de Aço.

JOGOS DO SESI As semifinais do Campeonato de Futsal Livre do Serviço Social da Indústria (Sesi) foram disputadas na última terça-feira no Centro Esportivo Arthur Fuchs em Ijuí com a presença de um grande público. No primeiro jogo aconteceram diversas viradas no placar.Depois de estar na frente por 2 a 0, a Hoff Pneus/ Camera/Star Gesso cedeu o empate para a Cisbra Farinhas/Taimak ainda no primeiro tempo, terminando 2 a 2. Na segunda etapa, a Cisbra Farinhas/ Taimak, virou o placar em 3 a 2 e a Hoff Pneus/Camera/Star Gesso, virou novamente para 4 a 3. O jogo ficou empatado em 5 a 5 até os segundos finais, quando o goleador da competição e, destaque da partida, Luis Paulo Ribas, que assinalou três gols no jogo, decretou a vitória fazendo um gol faltando menos de 10 segundos para terminar a partida. O destaque da Hoff Pneus/Camera/Star Gesso foi o atleta Romulo de Souza que fez três gols. O placar final foi vitória da Cisbra por 6 a 5.Na outra semifinal, em jogo bem disputado e com gols somente na segunda etapa, a equipe da 3 Tentos A saiu na frente com Juliano Portela da Silva, mas a equipe da Hidroenergia empatou logo em seguida com Clenio de Lima. Faltando menos de dois minutos e a partida sendo levada na disputa de pênaltis, Alisson Ferreira fez o gol da vitória por 2 a 1, levando a equipe da 3 Tentos A ao jogo final da competição na próxima sexta-feira, 14 de setembro, às 20h.


Jornal da Manhã Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

Gre-Nal do primeiro turno do Brasileiro terminou empatado em 0 a 0, na Arena

0 a 0 com o Santos na última quinta-feira no Pacaembu também não está definido. Renato Portaluppi vai levar o mistério até momentos antes do Gre-Nal. O capitão Maicon se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda que o tirou de campo nos momentos iniciais do jogo diante do Botafogo. Será reavaliado até este domingo. As alternativas são o jovem Matheus Henrique e

Campanha de novos sócios do Rubro tem ação

Thaciano. O atacante Jael também depende de avaliação médica. Caso não atue a tendência é pela escalação de André. Os desfalques certos no Tricolor são o zagueiro Kannemann e o atacante Everton convocados para as Seleções da Argentina e do Brasil respectivamente. Bressan e Alisson devem ser os substitutos. O lateral Bruno Cortez, que não enfrentou o Peixe em razão do terceiro cartão amarelo reassume a vaga ocupada diante do Peixe por Marcelo Oliveira.O empate diante do Santos colocou o Grêmio na quinta posição e o pensamento é voltar ao G-4. Renato Portaluppi disse que independente de quem

INTER

GRÊMIO

Marcelo Lomba; Fabiano Moledo Victor Cuesta Zeca (Uendel); R. Dourado Edenílson Nico López Patrick William Pottker; Jonatan Alvez (Leandro Damião) Técnico: Odair Helllmann

Marcelo Grohe; Léo Moura Geromel Bressan Bruno Cortez; Cícero Maicon (Matheus Henrique ou Thaciano) Ramiro Luan; Jael (André) Alisson Técnico: Renato Portaluppi

Árbitro: Péricles Bassols (RJ) . Os assistentes serão Clóvis Amaral da Silva e Cléberson do Nascimento Leite (dupla pernambucana). O quarto árbitro é Fabricio Lima Baséggio e os adicionais são Anderson Farias e Eleno Todeschini. Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Início: 16h.

inicia a partida o Grêmio chega forte para o clássico. A definição do time será no treinamento fechado marcado para a manhã de hoje. A direção do Inter aguarda a presença de 45 mil torcedores. No primeiro turno deu empate de 0 a 0, na Arena.

SÉRIE A

Colaboradores da ACI foram os primeiros a vestir a camiseta Sócio Fiel

O Esporte Clube São Luiz aposta forte que a nova campanha Sócio Fiel vai alcançar o propósito de chegar aos dois mil sócios até o início do Gauchão 2019. No lançamento, terça-feira passada, dirigentes, conselheiros, torcedores e profissionais da imprensa, puderam conhecer as peças publicitárias prontas como os novos cartazes, banners e camisetas personalizadas, que foram produzidas por uma equipe de profissionais de marketing, liderados por Rogério Hansen, que atuou 10 anos no clube. A nova fase da campanha começa hoje, quando a diretoria, Conselho Deliberativo e torcedores, estarão na Praça da República, a partir das 10h da manhã até as 12h30, para a inclusão de novos sócios. "Estamos aproveitando o movimento do centro da

cidade, para atrair novos associados e pular dos atuais 1.282 sócios e chegar no objetivo, que é atingir os 2.000 sócios ativos", explica o diretor de marketing Allan Denís Fonseca. Os valores são os mesmos deste ano, sendo as cadeiras por R$ 60,00 mensais, arquibancada da social por R$40,00 e arquibancada da geral por apenas R$ 25,00 mensais. Aquele que pagar as 12 mensalidades de uma vez só, tem 10% de desconto. Os primeiros novos associados vão ganhar uma camiseta personalizada da campanha Sócio Fiel, uma parceria com a Associação Comercial e Industrial de Ijuí, que aproveita a chegada da Expo-Ijuí Fenadi para ajudar na divulgação da campanha do rubro. Os colaboradores da ACI foram os primeiros a vestir a camiseta Sócio Fiel.

23ª rodada Quarta-feira,5,9 Bahia 2 x 0 Sport Botafogo 1 x 1 Cruzeiro Ceará 2 x 1 Corinthians Palmeiras 2 x 0 Atlético-PR Paraná 1 x 1 Chapecoense Atlético-MG 1 x 0 São Paulo Inter 2 x 1 Flamengo Quinta-feira,6.9 Santos 0 x 0 Grêmio Fluminense 0 x 0 Vitória América-MG 2 x 1 Vasco 24ª rodada

Hoje,8.9 Sport x Cruzeiro-16h São Paulo x Bahia-19h Flamengo x Chapecoense21h Amanhã,9.9 América-MG x Ceará-16h Fluminense x Botafogo-16h Internacional x Grêmio-16h Palmeiras x Corinthians-16h Paraná x Santos-19h Vitória x Vasco-19h Segunda-feira,10.9 Atlético MG x Atlético PR- 20h

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRÃO SÉRIE A 2018 TIMES LIBERTADORES

CLÁSSICO- Internacional e Grêmio chegam em alta para o clássico 417 amanhã no Beira-Rio. O Colorado é o líder e o Tricolor, o quinto colocado do Campeonato Brasileiro. Quando iniciou a competição ,o pensamento do Inter era se manter na Série A e poucos apostavam em uma campanha em que o time de Odair Hellmann fosse brigar pelas primeiras posições. Seria um coadjuvante brigando em uma posição intermediária. Aos poucos a diretoria foi colocando mais jogadores de qualidade à disposição do treinador e os resultados começaram a aparecer. O Inter não é brilhante, longe disso, mas sabe o que faz. Tem padrão tático definido e isso é mérito do seu técnico. Fui um dos críticos de Odair e dou mão à palmatória, está fazendo um grande trabalho. O Grêmio,com um plantel qualificado poderia estar mais bem situado no Campeonato se a diretoria não tomasse a decisão de poupar jogadores. FUTEBOL FEMININO- O Esporte Clube Ijuí encara o Brasil amanhã às 15h30 no Estádio das Castanheiras, em Farroupilha, pelo Gauchão 2018. Os dois times estão com três pontos e com vagas encaminhadas para a segunda fase. O time ijuiense quer escapar da dupla Gre-Nal na próxima etapa. VÔLEI-A etapa final do Torneio Municipal de Voleibol Misto de Ijuí será realizada amanhã com início às 14h no Ginásio Municipal Wilson Mânica. O primeiro jogo será a semifinal entre Amigos da AABB e Vôlei HN. A equipe que for derrotada enfrenta a equipe Amigos do Marcelo na disputa da terceira colocação. O time que vencer a segunda semifinal, enfrentará, na disputa do título a equipe Gladiadores do Vôlei, já classificada. RUBRO- A Copa São Luiz de Futebol Veteranos teve dois jogos quinta-feira no Estádio 19 de Outubro: Caramuru de Catuípe 6 x 1 Independência de Ijuí e Bozano 2 x 0 Trianon de Cruz Alta. Caramuru e Bozano estão garantidos na fase decisiva.Quarta-Feira o Inter de Ajuricaba goleou o Master do São Luiz por 3 a 0. Na próxima semana serão conhecidos os demais classificados.

O clássico Gre-Nal 417 de amanhã às 16h no Estádio BeiraRio ganha de importância pela boa fase vivida por Internacional e Grêmio no Campeonato Brasileiro.O Colorado é o líder com 46 pontos e o Grêmio, o quinto colocado, com 41 pontos. Com vagas bem encaminhadas na próxima Libertadores, os dois times sonham com o título do Brasileirão. Nos dois times persiste o mistério. As escalações somente serão conhecidas momentos antes da bola rolar. O técnico Odair Hellmann orientou um treino com portões fechados ontem no Beira-Rio e ainda tem dúvidas em duas posições. Com Iago suspenso o treinador pode escalar Fabiano na lateral direita direita, passando Zeca para a esquerda. A outra alternativa é escalar Uendel reserva natural de Iago. No ataque o treinador poderá escalar Leandro Damião, que se recuperou de uma lesão lombar entrando na vaga do centroavante Jonatan Alvez. O elenco do Inter ainda treina na manhã deste sábado. O Grêmio que empatou em

SUL AMERICANA

Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com

Times indefinidos para o Gre-Nal

REBAIXADOS

DOIS TOQUES

17

1º INTERNACIONAL 2º SÃO PAULO 3º PALMEIRAS 4º FLAMENGO 5º GRÊMIO 6º ATLÉTICO-MG 7º CRUZEIRO 8º CORINTHIANS 9º AMÉRICA-MG 10º SANTOS 11º BAHIA 12º FLUMINENSE 13º ATLÉTICO 14º VITÓRIA 15º BOTAFOGO 16º VASCO 17º SPORT 18º CEARÁ 19º CHAPECOENSE 20º PARANÁ

P

J

V

E

D GP GC SG

46 46 43 41 41 38 32 30 29 28 28 28 27 26 26 24 23 23 22 16

23 23 23 23 23 23 23 23 23 22 23 23 22 23 23 22 23 23 22 23

13 13 12 12 11 11 8 8 8 7 7 7 7 7 6 6 6 5 4 3

7 7 7 5 8 5 8 6 5 7 7 7 6 5 8 6 5 8 10 7

3 3 4 6 4 7 7 9 10 8 9 9 9 11 9 10 12 10 8 13

30 35 35 33 29 38 19 25 24 26 24 22 25 22 21 26 20 15 22 11

13 19 16 20 11 28 19 20 28 23 28 27 22 40 32 34 36 25 32 29

17 16 19 13 18 10 0 5 -4 3 -4 -5 3 -18 -11 -8 -16 -10 -10 -18


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

18

AVANÇO

Programa Bicicleta Brasil segue para sanção presidencial

Incentivar o uso da bicicleta para melhorar a mobilidade urbana é o objetivo do Programa Bicicleta Brasil (PBB), aprovado na última quarta-feira no Plenário do Senado. A medida está prevista no PLC 83/2017, que vai à sanção presidencial. Para estimular a integração das bicicletas ao sistema de transporte público coletivo em todo o país, o Programa Bicicleta Brasil vai apoiar os estados e os municípios na instalação de bicicletários públicos e na construção de ciclovias e ciclofaixas, além de promover campanhas de divulgação dos benefícios do uso desse meio de transporte. O relator, senador Eduardo Braga (MDB-AM), leu o parecer, no qual recomendou a aprovação do texto, apresentado pelo deputado Jaime Martins (Pros-MG). "Com a implantação do PBB, cidades que já desenvolvem ações para valorizar o transporte por bicicleta contarão com maior apoio, particularmente financeiro, e aquelas que ainda não o fazem se sentirão motivadas a desenvolver projetos como este", afirmou Braga. Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Randolfe Rodrigues

Programa, aprovado no Senado, vai apoiar Estados e Municípios com a instalação de bicicletários seguros

(Rede-AP) e Jorge Viana (PTAC) elogiaram a proposta. Para Viana, esse é um dos projetos mais importantes aprovados nos últimos tempos no Senado: "Estamos tomando uma medida que faz conexão com o combate à mudança do clima, com inclusão social, com mobilidade urbana. Está tudo previsto neste projeto".

Alterada sinalização de carga e descarga em Ijuí O Núcleo Viário da Coordenadoria Municipal de Trânsito realizou a substituição das placas que orientam o horário para a realização de serviços de carga e descarga no Centro da cidade. "Alteramos de 9h para 10h, o horário de restrição de caminhões com mais de oito metros de comprimento em todo o perímetro central da cidade", explica

Conforme a proposta, o PBB vai integrar a Política Nacional da Mobilidade Urbana (Lei 12.587, de 2012) e será financiado por 15% do total arrecadado com multas de trânsito. A coordenação será do Ministério das Cidades. As ações poderão ser financiadas também com recursos da CideCombustíveis, por meio de alteração na lei que fixa os critérios

desse tributo (Lei 10.636, de 2002) e no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503, de 1997). De acordo com Braga, a arrecadação com multas de trânsito é da ordem de R$ 9 bilhões anuais, o que significaria que, aprovada fração de 15% para a infraestrutura cicloviária, seriam investidos nesse segmento da mobilidade urbana cerca de R$ 1,3 bilhão.

PRF dá início à Operação Independência

o coordenador do Núcleo, agente de trânsito Rogério Costa. A medida atende solicitação feita ao poder Executivo, pelo Sindilojas Noroeste. Com isso, fica ampliada em uma hora a permissão para o serviço no quadrilátero entre a Rua Álvaro Chaves e a Avenida 21 de Abril, na Bento Gonçalves e na Rua 13 de Maio.

Rodovias federais da região terão acréscimo em fiscalizações, segundo PRF

Medida atende solicitação feita pela direção do Sindilojas ao poder Executivo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deu início à zero hora de quinta-feira à Operação Independência em todo o país. Entre os focos da fiscalização das equipes da PRF estão o controle de velocidade, as ultrapassagens proibidas e a embriaguez ao volante. O transporte de crianças e o trânsito de motocicletas também serão alvo de fiscalizações específicas da PRF durante os quatro

dias da operação, que termina às 23h59 de amanhã. Durante o feriado prolongado, a previsão é de que o fluxo de veículos aumente, em média, 40% em relação aos dias normais. O pico de movimento na saída para o feriado deve se concentrar entre o fim da tarde e início da noite de quinta-feira e na manhã de sexta. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e noite de domingo.

Emater / Ascar

INFORMAÇÕES TÉCNICAS DE TRÊS FORRAGEIRAS ANUAIS DE VERÃO Estamos em um período de transição entre forragens de inverno e de verão, a seguir irá ser descrita as principais características técnicas de três forrageiras anuais que são cultivadas em nossa região com o objetivo de melhorar o planejamento forrageiro, para a produção de leite e de carne. MILHETO ou CAPIM ITALIANO O Milheto é uma gramínea anual de verão, cespitosa, de porte ereto e apresenta perfilhamento abundante. A altura do colmo pode superar 3,0 m. Pode atingir 1,5 m aos 50 a 55 dias após a emergência. O Milheto requer mais calor do que o sorgo para germinar e se estabelecer de maneira uniforme e proveitosa. A prática tem revelado que só são bem-sucedidas as semeaduras realizadas a partir de outubro, quando a temperatura do solo situa-se em torno de 20 ºC. O Milheto pode ser estabelecido por plantio direto, com 12 a 15 kg ha de sementes, em linhas espaçadas de 0,30 a 0,50 m, ou de 25 a 30 kg ha quando a lanço. As sementes devem ficar a 3,0 cm de profundidade do solo. Milheto é muito nutritivo, proporciona rápido ganho de peso animal e recupera-se com notável velocidade, após o corte ou pastejo, permitindo aproveitamento a cada 2 a 5 semanas. Esta espécie, diferente do sorgo, não apresenta durrina, sendo nesse sentido atóxica para os animais em qualquer estádio vegetativo. O pastejo de milheto deve ser realizado quando as plantas apresentarem altura de 60 a 80 cm, deixando-se de 15 a 20 cm de resteva. SORGO FORRAGEIRO É uma gramínea anual de verão, cespitosa, com altura de 0,6 a 4,5 m de altura. Sorgo forrageiro, utilizada para pastejo ou silagem. O valor nutritivo como silagem é de 85 a 90% do obtido com milho. Para as condições do Rio Grande do Sul, sorgo é semeado desde fins de setembro até início de fevereiro, obtendo-se os melhores resultados nas semeaduras de meados de outubro a meados de dezembro. O sorgo forrageiro é cultivado a partir de sementes, sendo suficiente cerca de 10 kg ha em linhas distanciadas de 0,20 a 0,50 m ou a lanço de 15 a 20 kg ha. Pode ser estabelecido sob plantio direto. A profundidade de semeadura pode variar de 3 a 5 cm. Se o solo estiver úmido, semear mais superficialmente. O sorgo deve ser pastejado quando as plantas atingem 0,60 m, ou mais, para evitar problemas de risco de intoxicação. Os animais têm de ser adaptados ao pastejo de sorgo. No início do pastejo os animais não devem estar famintos, e o primeiros pastejos devem ser por períodos curtos (3 horas dia). Sorgo forrageiro requer método de pastejo rotacionado, carga animal elevada por curtos períodos, deixando uma altura de resteva de 15 a 20 cm. Apresenta grande resistência ao pisoteio e palatabilidade elevada. Essa gramínea responde bem à aplicação de nitrogênio após cada corte ou pastejo. Sob condições favoráveis, pode ser cortado a cada 3 a 4 semanas. Sorgo é muito produtivo, com rendimento de 30 a 60 t ha de forragem verde, mas por curto período, cerca de 80 a 120 dias de utilização.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

19

NÚMERO HISTÓRICO

RS chega à marca de 40 mil apenados O número de presos no Estado ultrapassou a barreira dos 40 mil pela primeira vez, fazendo com que, somada, a atual população carcerária do Rio Grande do Sul supere o número de habitantes de 444 dos 497 municípios gaúchos. Ou seja: 90% das cidades do Estado estariam abaixo das prisões somadas em um ranking de moradores. O crescimento da massa carcerária acentuou-se nos últimos anos. Da mesma forma, elevou-se significativamente o déficit de vagas no sistema, que já chega a pelo menos 12 mil. A equação de difícil solução entre o aumento constante do número de presos e a falta de vagas é motivo de apreensão das autoridades do Poder Judiciário e do Ministério Público. “A gente se preocupa com o avanço no número de presos ao mesmo tempo em que não são disponibilizadas novas vagas no sistema. O aumento do déficit pode fazer com que sejam escolhidos presos para a concessão de prisão domiciliar, por exemplo. O Estado não tem condições econômicas para a construção constante de presídios e penitenciárias, então, é preciso buscar alternativas penais, como o uso de tornozeleiras eletrônicas”, argumenta o juiz substituto da Vara de Execuções Criminais (VEC) de Porto Alegre, Alexandre Pacheco. Para o magistrado, ainda não é possível vislumbrar soluções a curto e médio prazos. “Outra opção seria investir em prisões no método Apac (a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), que opera como entidade auxiliar dos poderes Judiciário e Executivo e na administração do cumprimento das penas privativas de liberdade nos regimes fechado, semiaberto e aberto. São prisões com custo bem mais baixo”, afirma. Pelo Ministério Público, o coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal e de Segurança Pública do MP, Luciano Vaccaro, concorda que a superlotação das prisões é um problema grave que afeta o sistema penitenciário. Para ele, a solução

não passa pelo desencarceramento. “Quem conhece a realidade sabe que há uma superlotação das prisões. Mas há também uma mudança de visão nas instituições. O Ministério Público vem combatendo a lavagem de dinheiro e o crime organizado, visando a prisão de seus líderes, justamente buscando a redução dos índices de criminalidade”, afirma o promotor. Vaccaro defende ainda o aumento no número de vagas no sistema e uma mudança na gestão de presídios e penitenciárias. “Do jeito que está, o Estado não exerce o controle das prisões, só mantém o preso segregado”, diz. Nota da Susepe Por meio de nota, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) elencou medidas que vêm sendo adotadas no enfrentamento da falta de vagas no sistema. Segundo a instituição, tem-se feito esforço “no sentido de recolher, da melhor forma possível, os detentos”. O Complexo Prisional de Canoas, considerado modelo, e os dois Centros de Triagem da Cadeia Pública de Porto Alegre são citados pela Susepe. A contratação de novos servidores também é elencada pela instituição. “Teremos o acréscimo de mais 230 servidores, atualmente em curso de formação, com previsão de formatura em 28 de setembro.” Para abrigar os detentos, há a previsão da abertura de 416 novas vagas, até outubro, no Presídio Estadual de Porto Alegre (junto à Cadeia Pública de Porto Alegre), além de 56 novas vagas com as ampliações do Presídio Estadual de Camaquã e 73 vagas, sendo 10 femininas, no Presídio Estadual de Santiago, com previsão de conclusão em dezembro. “Ainda neste ano, teremos o incremento de cerca de 550 vagas, e, até fevereiro de 2019, mais 420 vagas no Presídio Estadual de Bento Gonçalves”. “É importante ressaltar que o aumento do número de presos é consequência de um quadro social complexo, que foge ao

Presídio Central de Porto Alegre é o que mais sofre com falta de vagas no Rio Grande do Sul

controle desta superintendência, embora estejamos sempre atentos no sentido de poder resolver a questão”, finaliza a nota.

Agente é condenado por permitir abusos Um dos crimes de grande repercussão na área policial do Rio Grande do Sul teve um novo capítulo. O ex-agente penitenciário Jorge Rosa Macalão, 61 anos, foi preso em sua casa no bairro Passo d’Areia, zona norte de Porto Alegre, por policiais da Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais. Ele é acusado de ter permitido abusos sexuais contra o músico nativista Diógenes Gomes de Lima, o Dida Gomes, 31 anos. O caso ocorreu dentro de uma cela do Presídio Central, em 1992. Diógenes havia sido detido por taxistas nas imediações da Usina do Gasômetro e levado para o

Palácio da Polícia por suspeita de abusar sexualmente de uma menina de seis anos de idade. Mais tarde, na cadeia, foi estuprado por diversos detentos e espancado. Posteriormente, o músico foi transferido em surto psicótico para o Instituto Psiquiátrico Forense (IPF), onde se enforcou. Macalão havia sido condenado a 23 anos de prisão em 2005. No entanto, a defesa recorreu e o ex-agente continuou respondendo em liberdade. Em 2011, decisão em segundo grau reduziu a pena para 10 anos e 6 meses. Houve novo recurso. No dia 28 do mês passado, após a decisão ser mantida pelas instâncias su-

periores, foi expedido o mandado de prisão para que o ex-agente finalmente inicie o cumprimento da pena. Não há mais possibilidade de recursos. Macalão terá que cumprir a pena em regime fechado. Ele foi levado para a Penitenciária Modulada de Charqueadas. A Justiça já havia condenado a 13 anos e quatro meses de prisão o ex-agente penitenciário Enio Dutra Martins. Além de ser conivente com o crime, ele teria inclusive estimulado os presos a abusarem de Diógenes. O episódio ficou conhecido como “O Caso Diógenes”. O suposto abuso contra a menina nunca foi confirmado.

A população carcerária Homens: 37.655 - Mulheres: 2.402 Total: 40.057 - Fonte: Susepe

Taxista reage a assalto e mata ladrão

Um taxista reagiu a um assalto e matou um ladrão de 19 anos em Lagoa Vermelha, no norte do Estado, no início da tarde de quarta-feira. Ciro Xavier, 66 anos, atendeu ao chamado de quatro jovens no bairro Suzana por volta do meio-dia. “Eu já tinha feito uma corrida para o homem que me ligou. Mas, chegando no local, estavam mais duas mulheres e um outro homem”, contou o motorista. Os quatro embarcaram no carro do taxista com destino ao bairro Medianeira, a cerca de 4 km do local. “Durante o trajeto eu percebi que seria assaltado. Então, desviei a rota para

tentar ir em direção ao centro, foi quando o homem que estava ao meu lado pulou no meu pescoço.” O motorista conta que conseguiu se abaixar e pegar uma faca que estava embaixo do banco. “Era uma faca velha, enferrujada. Eu tinha usado ela dias atrás num serviço e estava dentro do carro. Foi tudo muito rápido, nem sei onde acertei”, afirmou. Conforme a Brigada Militar, o homem ferido foi identificado como Joelton da Silva Marques. Ele foi levado por populares ao Hospital São Paulo, em Lagoa Vermelha, mas não resistiu ao ferimento e acabou morrendo.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

20

BM DE CATUÍPE

Abigeato é desafio para novo comandante

Novo comandante do Pelotão da Brigada Militar (BM) de Catuípe, o tenente Marcos Heberle identificou, em um primeiro momento, que há necessidade de combater a perturbação do sossego público na área urbana do Município. No interior, o problema principal a ser atacado é outro: casos de abigeato. Ao avaliar os furtos de animais, que são recorrentes em Catuípe, o tenente esclareceu que tem o conhecimento da dificuldade de conter o crime. “O abigeato possui uma característica específica no Município por ser uma cidade que tem uma longa extensão territorial: as propriedades são bem afastadas da área urbana. Muitas dessas sedes de propriedades ficam longe de piquetes e os próprios proprietários acabam não tendo condições de fazer a vigia dos animais. Se os próprios donos não conseguem fazer essa vigia, muito menos a BM consegue estar em cada uma dessas localidades ao mesmo tempo”. Outra constatação feita pelo tenente é a proximidade com municípios maiores. “Vemos que alguns desses furtos ocorrem por parte de indivíduos de Santo Ângelo que cometem o abigeato no meio rural e rapidamente conseguem voltar. Estamos fazendo essa ronda pelo interior, mas encontramos muitas dificuldades porque não temos uma caminho-

nete, o que seria ideal para atender à demanda”, avaliou. Segundo Heberle, outra forma de atacar o abigeato é a deflagração de operações. “Queremos fazer barreiras policiais. Combatemos também com fiscalizações feitas pelo Comando Regional onde atacamos estabelecimentos que comercializam carnes clandestinas. Houve na grande região, recentemente, uma grande operação, com apreensões em Catuípe. Se não houver a receptação, não haverá o abigeato. Dificilmente quem comete o furto de animais o faz para alimentar suas famílias. O crime é cometido para uma renda ilícita”, frisou o tenente. Com relação à perturbação do sossego público, frequentemente o telefone de emergência da BM de Catuípe registra solicitações de atendimento a ocorrências de perturbação do sossego na área central da cidade. Neste sentido, no último fim de semana, uma operação foi deflagrada. Como resultado: um veículo foi removido ao depósito do Detran por encontrar-se em situação irregular; um aparelho de som e uma arma branca, tipo punhal, apreendidos e dois Autos de Infração de Trânsito confeccionados. Patrulha Escolar Após assumir o comando, o tenente realizou a reestruturação da Patrulha Escolar, que atua nos educandários da zona urbana do Município.

Irmãos são condenados após efetuarem disparos Esteve reunido na manhã de ontem o Tribunal do Júri de Ijuí. Dois irmãos foram denunciados por tentativa de homicídio ocorrida em 20 de julho de 2013, nas proximidades da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na Rua 19 de Outubro, área central do Município. Conforme denúncia do Ministério Público (MP), Clairton e Eziquiel Pinheiro da Silva efetuaram disparos contra outro homem,

sem o atingir. Como resultado do júri, houve a desclassificação da tentativa de homicídio, sendo condenados por disparos de arma de fogo em via pública. Para ambos, o juiz Eduardo Giovelli fixou pena de 2,3 anos de reclusão em regime aberto, sendo este cumprido no Instituto Penal de Ijuí. Ainda pode haver o apelo em liberdade.

Há duas semanas, policiais militares integrantes do Programa Mais Efetivo (PME) estão sendo empregados diariamente em pelo menos dois turnos, entre manhã, tarde e noite, com variações diárias conforme a necessidade. “Até então cada um dos dois policiais atuava a pé e por dia cobria apenas uma escola. Com a reestruturação, todas as escolas da cidade serão visitadas ao longo do mesmo dia”, disse Heberle. Os policiais militares da patrulha escolar de Catuípe também contarão com o apoio do efetivo empregado no policiamento ostensivo, sempre que houver a necessidade de realizar abordagens a pessoas estranhas à comunidade escolar. “Aqueles que não fazem parte da comunidade escolar e sobre os quais haja qualquer suspeita de carregarem consigo algo ilícito, poderão ser identificados e revistados. Orientações no trânsito, no arruamento do entorno das escolas, também serão prestadas. Acredito que a possibilidade de deslocar rapidamente de uma escola para a outra aumentará a percepção de segurança da comunidade escolar, que contará com presença de guarnição composta da Brigada Militar diariamente, atuando de forma personalizada e proativa”, comentou o tenente Novo comandante Ao longo da carreira como militar, o tenente Heberle, que anteriormente trabalhava exclu-

Casos de abigeato preocupam e desafiam Brigada Militar de Catuípe

sivamente no meio da comunicação, inclusive com atuação no Grupo JM, ingressou há exatos 15 anos na BM, porém nunca perdeu o contato com os microfones. Em 2011 foi aprovado no curso técnico para sargento. Nos anos de 2011 e 2012 foi promovido a 2º sargento e a 1º sargento respectivamente. Há cerca de 30 dias concluiu o curso de 1º tenente e passou a atuar no comando da BM em Catuípe, no lugar do tenente Gilberto de Mello Martins, que se aposentou. Anteriormente, Heberle atuava no Serviço de Inteligência, o qual é responsável pela busca de informações auxiliando o Comando.

Tenente Marcos Heberle

Jovens são presos por tráfico de ecstasy Dois jovens foram presos na tarde de quarta-feira em Ijuí. A ação policial foi desencadeada pela Polícia Civil (PC), que abordou a dupla na rodoviária. Segundo o informado pelo delegado Tiago Madalosso Baldin, responsável pela 2ª Delegacia de Polícia (DP) de Ijuí, ambos estavam sendo monitorados há algum tempo pela polícia. "Os dois indivíduos estavam distribuindo drogas sintéticas em festas eletrônicas e outras festas nas imediações do Município. A partir disso, investigamos e conseguimos prender dois traficantes que haviam encomendado uma razoável quantidade de ecstasy vinda de Balneário Camboriú, que seria vendida no feriado e no fim de semana em festas". Cada comprimido, segundo a PC, é vendido por R$100. Com os dois, foram apreendidos 50 comprimidos. Portanto, a polícia calcula que os traficantes faturariam cerca de R$ 5 mil. Nenhum dos dois presos tinha

Polícia apreendeu 50 comprimidos de ecstasy com jovens no município

passagem pela polícia. Eles foram identificados como Felipe Riciere Dal Molin e Liliano Daltrozo Pauletto. "Com essas prisões, esperamos que a grande parte das drogas sintéticas que vinham para Ijuí não mais cheguem no Município.", esclareceu o delegado.

Na noite de quarta-feira, Felipe e Liliano foram conduzidos à Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí aos cuidados da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), ficando à disposição da Justiça. No entanto, segundo a direção da Modulada, os presos foram soltos na quinta-feira.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

HOMENAGEM E CONVITE PARA CULTO

SEMANA FARROUPILHA

ESF promove evento cultural A Estratégia de Saúde da Família (ESF 2) do bairro Tancredo Neves promoveu evento cultural alusivo à Semana Farroupilha com o Grupo Viver com Saúde, na última semana. O objetivo do encontro foi de proporcionar um momento de interação entre os participantes. Foram distribuídos brindes e promovidas ações como verificação dos níveis de glicemia capilar e pressão arterial. A programação

contou com participações da prenda da 9ª Região Tradicionalista, Pietra Padoim, que declamou uma poesia; e dos músicos Breno e Elvio Schneider, que animaram o público presente. O grupo é coordenado pela técnica de enfermagem Adriana Castro, juntamente com a nutricionista Muriel Burkatt da Silva, e conta com a colaboração das agentes comunitárias de saúde Cátia, Liliane, Mara e Rosélia.

Encontro teve o objetivo de propiciar momentos de interação

Colônia Z 18 elege nova diretoria hoje A Colônia Z 18 realiza hoje assembleia e posse da nova diretoria, a partir das 9h, em primeira chamada, e às 9h30, em segunda chamada. O ato acontece na sede social da entidade, na Linha 6 Oeste. Uma chapa foi inscrita e deverá alcançar 50,1% dos votos, para ser eleita. Caso isso não aconteça, será lançado novo edital, e a atual chapa não poderá concorrer. Os associados têm até às 16h para depositar seus votos nas urnas. Depois deste horário será realizada contagem de votos. Também no sábado,

será realizado o 5° Encontro das Colônias de Pescadores da Bacia do Rio Uruguai, com a presença de representantes da Regional do INSS de Ijuí e do coordenador de Recursos e Benefícios do INSS de Brasília, Alberto Carlos Alegre, acompanhado de sua equipe. Eles irão abordar o segurodefeso, outros benefícios dos pescadores e demais informações. Ao meio-dia será servido almoço: piava frita, galeto, churrasco e acompanhamentos. As fichas podem ser adquiridas por R$ 20.

EM MEMÓRIA AO 1º ANO DE FALECIMENTO DO FILHO, IRMÃO, CUNHADO, TIO E PAI CLAUS NELDO KUSS Desde que você partiu ficou um vazio grande em nossos dias, toda a felicidade de tê-lo em nosso lado foi substituído por saudades. Eterna saudade da mãe, irmão, cunhada, sobrinhos e filhos. Ijuí, 8 de setembro de 2018.

21

HOMENAGEM, AGRADECIMENTO E CONVITE PARA MISSA DE 7º DIA Esposa Emilia, filhos Simone, Silvia, Marcia e Giovane, genros Edemar, Diego e Joarez, nora Gabrieli, netos Tainá, Rafael, Thaisa e Enzo e demais familiares de

ADÃO OLIVEIRA BRIZOLA

*15/06/1948 +02/09/2018 convidam para missa de 7º dia de falecimento que será celebrada amanhã, dia 9 às 19h, na Paróquia São Geraldo, Ijuí/RS. Tudo nós fizemos para que sua vida não extinguisse, mas Deus assim quis. Seja feita a sua vontade. Dele guardaremos o exemplo de trabalho, honestidade e amor a família e aos amigos, sem exigir recompensa. Deixou em nossos corações uma profunda saudade, pelo tempo que viveu entre nós. Agradecemos aos familiares, amigos e vizinhos pelo apoio e conforto neste momento de dor. Ijuí, 8 de setembro de 2018.

HOMENAGEM DE FALECIMENTO RUDY SCHERER

*21/01/1936 +05/08/2018 Residiu em Coronel Barros e Ijuí. Foi viajante comercial no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, sendo também por muitos anos comerciante em Ijuí, o que lhe rendeu belas histórias e nos ensinou o valor do trabalho e da honestidade. Casado com Reny Scherer, pai de Marisa Scherer Gonçalves e Paulo Scherer, avô de Luca Gonçalves e Leonardo Scherer, sogro de Ricardo Gonçalves e Lisiane Wickert e demais familiares, sempre muito presente com sua família. Em sua caminhada construiu muitas amizades, atuou ativamente no Gervi e recentemente na Associação dos Aposentados, sempre pautado pelo auxílio e solidariedade aos que lhe cercavam. Abençoados pelos anos de convívio e pelo exemplo vivido, tristes e saudosos por seu falecimento. O que era história, virou saudade... “Aqueles que andam retamente entrarão na paz...” Isaias 57:1 Ijuí, 8 de setembro de 2018.

Homenagem da família enlutada para a sempre lembrada e amada esposa, mãe, sogra, avó e bisavó

IRIA FRANÇOIS Compreender os desejos de Deus muitas vezes pode ser uma tarefa muito árdua, lágrimas passam pelos nossos olhos e o vazio da saudade aumenta a cada pensamento. Hoje a saudade nos faz mais uma visitinha, mas não vem acompanhada da tristeza... Com corações mais serenados, dedicaremos esta homenagem para relembrar os bons momentos que foram compartilhados e como a presença de uma pessoa tão querida foi capaz de transformar tantas vidas abençoadas. Sete vezes fez de seu corpo aconchego, lar e abrigo. Sete sonhos, sete mitos e, por isso, a bendigo. Sete cores do arco-íris, Sete notas musicais. Sete torres, Sete vidas, Sete véus e Sete céus. Sete verdades, Sete segredos profundos. Sete mares, Sete maravilhas do mundo. Sete anjos, Sete almas, Sete templos, Sete colunas. Sete sonhos, sete mitos. Muitos choros, risos e gritos. Sete almas bem nutridas, sete vidas bem vividas. Deus, Pai e Mãe, amor e bondade, te conduz na eternidade. Teu exemplo de aconchego merece um lar que não vejo. Não choremos, serenemos, e em paz te entreguemos para que sigas tua via em serena alegria. Sete vezes foi teu corpo aconchego, lar e abrigo. Sete sonhos, sete mitos e, por isso, te bendigo. “Wir lieben dich für immer, unsere Liebe ist dein; solang wie wir leben, wirst du unsere Mutter sein.” A sua partida tira muito a alegria de nossas vidas. A sua risada agora só vai encher a sala das nossas memórias, a sua voz alegre e forte agora ecoa apenas nos nossos corações. Você foi uma mulher querida e respeitada por todos, porque você era uma pessoa de bom coração, uma mãe excepcional, uma avó amorosa, um ser humano incontestável. Já sentimos saudades do seu abraço carinhoso, das histórias sábias que você sempre tinha para contar. Enquanto viveu você foi um exemplo de pessoa, deu amor, protegeu e construiu uma família linda. E agora que não está mais entre nós essa família será o reflexo eterno da sua maravilhosa vida. Que a dor da nossa perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia e que daqui para frente esta ausência seja capaz de fortalecer ainda mais os laços de nossa família. Esposa amada, mãe, avó e bisavó, mande daí do céu chuvas de estrelas coloridas para nós e daqui estaremos sempre rezando por você. Sentiremos saudades eternas. Vá com Deus! A família agradece aos médicos e a equipe de profissionais do hospital Unimed e em especial a cuidadora Cristiane Lambert e ao Dr. Marco Tulio Somavilla Duarte. Também convida para culto memorial a realizar-se amanhã, dia 9, às 9 horas na Igreja IECLB do centro. Ijuí, 8 de setembro de 2018.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

SETOR PRIVADO

HCI busca novas receitas por meio de parcerias

Supervisor de projetos do HCI, Genésio Gomes realizou entrega de placa à diretoria da Cotripal, em Panambi

O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), por meio da diretoria voluntária, formada por representantes da comunidade, em conjunto com o Comitê de Gestores da instituição, decidiram criar uma área específica para a captação de recursos. A ideia é valorizar e ampliar doações por meio de parcerias, como a realizada com êxito com a rede de farmácias Panvel, por meio do Troco Amigo, que em dois anos arrecadou R$ 42 mil, que foram investidos em reformas de leitos do SUS. "Para nós, que lidamos diariamente com a falta de recursos, os projetos de captação de recursos vão ser uma

luz no fim do túnel e abre novas perspectivas", avalia o presidente do HCI, Cláudio Matte Martins. O setor de captação de recursos do HCI também fez visitas às instituições hospitalares que já implantaram esse sistema. Supervisor de projetos, Genésio Gomes destaca que os hospitais aprenderam a pedir de forma profissional e está animado com a receptividade da comunidade. Os projetos de captação de recursos deixaram de ser tubos de ensaio para efetivamente ser mais uma fonte de arrecadação. “Eu vi que hospitais como o nosso, estão preocupados em melhorar o desempenho. Antes

uma arrecadação era o que vinha, agora olham como um processo de melhoria contínua”, avalia. Nesta semana, Genésio esteve em Panambi, em mais uma visita de agradecimento, onde entregou aos dirigentes da Cotripal Agropecuária Cooperativa a placa Empresa Amiga do HCI. A cooperativa fez uma doação de R$11 mil ao projeto de reforma e adequação do Cacon, principal serviço de oncologia do interior do Estado, por meio da Lei do Idoso. Mais informações sobre o projeto, e a viabilidade de doações e parcerias, podem ser obtidas pelo telefone 3331 9300, ramal 9699.

Imeab realiza Dia de Campo Na manhã de quinta-feira, foi realizado na Escola Fazenda do Instituto Municipal de Ensino Assis Brasil (Imeab) o Dia de Campo com alunos do curso Técnico em Agropecuária. De acordo com a vice-diretora do educandário, Mirian Beck, a programação tem como objetivo aproximar a comunidade da instituição. "É o momento das famílias visitarem a escola e ver o que os filhos estudam no cotidiano escolar. Isso proporciona que eles conheçam os projetos desenvolvidos pelas turmas desde o início do ano letivo”, frisa Mirian. A estimativa da escola é ter recebido cerca de 500 visitantes para conhecer 35 projetos experimentais desenvolvidos pelos alunos do 1º ao 3º Anos do Curso Técnico em Agropecuária. Dias de Campo são importantes para buscar encontrar soluções sustentáveis de desenvolvimento para uma região específica e reflete diretamente na busca de

Promovida pelo curso técnico, programação visa aproximar comunidade da escola

novas tecnologias. Cria condições e oportunidades de planejamento de safras e alternativas mais sus-

tentáveis, aumentando a rentabilidade e a produtividade e, por fim, fortalecendo a agricultura.

22

Secretaria de Habitação regulariza áreas A Secretaria Municipal de Habitação dá continuidade à regularização fundiária. Em entrevista ao Grupo JM, ontem, o titular da pasta, Ramsés Lemos, detalhou algumas ações. Na Rua Paulina Guentz, no bairro Boa Vista, já foi concluída a penúltima etapa do processo, que se encaminha para a finalização. Em relação ao bairro Getúli Vargas, já foi criado o cronograma de atuação, e a pasta recebeu laudo geológico de área próxima ao cemitério. O próximo passo será o envio da documentação à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e ao registro de imóveis para individualizar as escrituras. "Em breve, as pessoas receberão um aviso para virem à Secretaria atualizar seus cadastros, para que possamos iniciar o processo", comenta Ramsés. A expectativa é de que todo esse processo seja concluída no primeiro trimestre do próximo ano. Também na área conhecida como Thomézinho, os moradores receberão comunicado. "Mais lotes consolidados, com casas construídas, que não têm a matrícula.

Ramsés Lemos

É nesta área que iremos trabalhar nos próximos dias . Depois, iremos para a área que fica no lado direito, e por último, que é mais complicado, iremos atuar no local chamado de Buraco do Getúlio." Além disso, o secretário, juntamente com a assessoria jurídica da pasta, estuda alterações na lei municipal de 2010, que estabeleceu a regularização fundiária.

INSS suspende cobrança indevida de consignado Uma resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última semana pretende dar mais segurança aos mais de 33 milhões de aposentados e pensionistas do País. Assinada pelo presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Edison Garcia, a regra determina que a cobrança de empréstimo consignado será imediatamente suspensa se o segurado fizer uma queixa sobre o valor descontado no benefício. "É uma decisão importantíssima, e atende a uma ação civil pública, desenvolvida pelo Ministério Público do Pará", comenta o presidente da Associação de Aposentados e Pensionistas de Ijuí, Leoveral de Oliveira. Segundo ele, a entidade recebe muitas denúncias relacionadas a esse assunto. "Inclusive, já entramos em contato com a Defensoria Pública, que teria que entrar com processo individual. E a associação, como pessoa jurídica, estava encaminhando audiência na Promotoria Pública para entrar com um pedido coletivo." Aposentados só pode comprometer até 35% de seu benefício no pagamento de empréstimos. "Temos, na Associação, mais de 200 casos deste sentido. Em alguns casos, há aposentados comprometidos com 80,3%, tendo dificuldades, inclusive, para comprar alimentação, porque também

Leoveral de Oliveira

têm gastos com remédios", revela. Leoveral frisa que não é uma crítica a financeiras ou bancos, mas a luta é para que atendam ao limite de comprometimento da renda dos aposentados e pensionistas. "Porque esse é o dinheiro mais seguro que o sistema financeiro tem, porque o aposentado nem vê o dinheiro, já que é descontado de seu benefício", justifica. Se constatada irregularidade no consignado, a instituição financeira tem de extinguir o empréstimo e devolver os valores cobrados indevidamente. Mas se não houver problema, os descontos serão retomados, mantendo-se o contrato na forma original.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 8 e 9 de setembro de 2018

23

Memória JM Notícias de SETEMBRO de 1983

CARA OU COROA Armindo Pydd

CAPTAÇÃO X REPARTIÇÃO

COMUNIDADE RECLAMA DO RECOLHIMENTO DO LIXO

**A PREVIDÊNCIA SOCIAL PÚBLICA no Brasil usa o regime de REPARTIÇÃO, onde os segurados na ativa contribuem para o pagamento dos benefícios do grupo de segurados em inatividade. Assim, quando os segurados da ativa se aposentam devem existir novos segurados da ativa contribuindo e arcando com os benefícios e assim por diante.

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

**No regime de CAPITALIZAÇÃO, usado no Chile, cada segurado contribui em seu próprio benefício futuro. É uma poupança individual. Fica assim estabelecida uma relação entre custeio e benefício de cada um. **Com o sistema de repartição, a previdência social está acumulando déficits gigantescos no Brasil. A natalidade no país está em 1,77 filhos por mulher e está diminuindo e a longevidade aumentando. **Em 10 anos o Brasil vai viver o que aconteceu recentemente na Grécia. Certo dia, todos os aposentados, ao chegarem ao banco, recebiam a comunicação de que acabou o dinheiro. Protestos gigantescos, queda do governo, assumem a esquerda. Nada adiantou. Veio o socorro da União Europeia junto com medidas como: redução do valor das aposentadorias em 30% e aumento da idade mínima de aposentadoria para mais de 60 anos. E acabaram também os privilégios de certas categorias. Acabou o “direito adquirido”.

Desfile da Pátria Lixo acumulado causa reclamações

A

Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Obras, alterou o esquema de recolhimento de lixo, que agora é feito diariamente, durante à noite, no perímetro compreendido entre as ruas Dr. Pestana, 21 de Abril, 12 de Outubro e 19 de Outubro. Nos bairros, o recolhimento ocorre em dias alternados. As modificações, no entanto, fizeram surgir reclamações de não recolhimento, especialmente nos bairros, embora o sercretário assegure que não recebeu qualquer queixa. Para Jorge Falkenbach, "o óbvio é que o caminhão estragou". (...) Ao contrário de algumas reclamações recebidas pelo Jornal da Manhã, o secretário nega, ainda, que não esteja sendo recolhido o lixo armazenado em latas, mas somente o que está em sacos plásticos. Jorge Falkenbach explica que a utilização do saco é apenas uma sugestão da Secretaria de Obras, porque é uma forma de racionalizar o tabalho, reduzindo o tempo e melhorando o recolhimento. Atualmente, 20 funcionários atuam na coleta de lixo, entre as 3h e às 23h. De acordo com o secretário, a adoção do novo esquema fez com que a Prefeitura contratasse mais funcionários, para formar uma nova equipe.

**Algum dos candidatos nas eleições daqui a 30 dias no Brasil está dizendo com clareza o que vai fazer com a previdência pública no Brasil? **Pronatec, ensino público profissionalizante com apoio financeiro, inclusive para o estudante, teve uma evasão de 80% dos alunos em 2017. Em tudo no país o problema da gestão é crucial. **Mãe e filha com parada respiratória, mais outros 15 venezuelanos morreram de frio (fora os não descobertos) na travessia dos Andes entre Bucaramanga e Pamplona no chamado Paramo de Berlin. Congelar e morrer de frio. Uma imagem aterradora entre os que fogem de seu país natal, Venezuela. **Alguém entre os leitores já visitou o Museu Nacional do RJ? Era uma atração turística e cultural que nós valorizávamos? E aqui em Ijuí, nosso Museu Antropológico Diretor Pestana, que se mantém bravamente, é devidamente valorizado? São perguntas que cabem agora que um incêndio destruiu o maior repositório de nossa história. **“O Dragão começou a comer o próprio rabo”. Observação do saudoso Dr. Nilo Bonfanti quando a discussão era em torno da situação econômica do Brasil. **Traições, infidelidades, coligações inexplicáveis e agora ainda um maior aporte financeiro público. É o falido sistema político brasileiro. Quais as propostas de mudanças dos candidatos?

E

Ijuí é o 176º no País

ntre os primeiros 500 municípios do País, Ijuí ficou em 176º lugar em 1982, conforme dados da revista "O Dirigente Municipal", que leva em consideração indicadores econômico-financeiros (arrecadação municipal, estadual, federal e valor adicional de ICM), infra-estrutura de serviços (ligações elétrica, d'água, esgoto e telefones) e indicadores sociais (leitos hospitalares, número de veículos e profissionais liberais). O levantamento mostrou que o município alcançou, nos últimos oito anos (75/82), a classificação média de 150º lugar, sendo a melhor posição em 76 (83º). Embora conserve-se como o mais positivo, os indicadores financeiros vem sofrendo a queda mais acentuada, em especial a partir de 78. Nos últimos oito anos, perdeu 86 posições. A arrecadação municipal destacava-se como o melhor índice (em 76 ocupava o 15º lugar entre os 500 municípios brasileiros), enquanto o fator ICM perdeu 186 posições.

Mais de 3 mil pessoas entre estudantes e militares participaram pela manhã do desfile cívico comemorativo ao 161º aniversário da Independência do Brasil. O vento frio e a chuva que se fizeram sentir pela manhã por pouco não impediram a continuidade do desfile. Contribuíram, entretanto, para tirar parte de seu brilho, pois os estudantes, muitos dos quais em uniformes esportivos, não estavam preparados para enfrentar a baixa temperatura.

Nova escola O titular da 36ª Delegacia de Eduação, Luiz Tadeu Ceccato, recebeu na tarde de ontem [9 de setembro] comunicação da Secretaria de Educação do Estado sobre a criação da escola estadual de 1º grau no bairro Lulu Ilgenfritz. A criação de mais esta escola em nossa cidade foi aprovada pelo Conselho Estadual de Educação em parecer de número 497/83.

Cumprimentos Os dirigentes das instituições de ensino superior do Estado que estiveram reunidos em Rio Grande no último dia 2 enviaram cumprimentos à direção da Fidene pela aprovação pelo Conselho Federal de Educação da Carta Consulta que possibilitará a transformação em Universidade de Ijuí - Unijuí.

CONCURSOS HORIZONTINA - A Câmara de Horizontina publicou o edital para preenchimento de três vagas para profissionais de nível Superior - uma para agente legislativo, remuneração de R$ 2.941,77; uma para contador, remuneração de R$ 3.096,60; e uma para secretário operacional, remuneração de R$ 5.573,88. A jornada de trabalho será de 20 horas semanais para contador e de 40 horas semanais para os demais cargos. Para concorrer ao cargo de Agente Legislativo é necessário possuir graduação completa ou estar cursando qualquer

área. Para Secretário Operacional é necessário possuir graduação completa em Administração, Economia ou Direito. As inscrições já estão abertas e poderão ser realizadas no site www.objetivas.com, até o dia 19 de setembro. JÚLIO DE CASTILHOS - A prefeitura tornou público edital para contratação de advogado, agente de vigilância ambiental, agente de combate a endemias, agente de obras, agente de Vigilância Sanitária, bibliotecário, fonoaudiólogo, monitor de Educação Infantil, motorista

de veículos leves, professor Anos Iniciais, professor de Educação Infantil, professor de música, professores de séries ou Anos Finais - artes, ensino religioso, português/ inglês -, professor de informática, professor supervisor escolar, psicopedagogo e secretário de escola. As vagas são para nível Fundamental a Superior com pósgraduação. O salário varia de R$ 1.077,12 a R$ 2.985,49. A inscrição deve ser feita até o dia 10 de setembro, e a taxa custa de R$ 60 a R$ 140. A prova será aplicada em 14 de outubro, e a prova prática para alguns cargos em 17 de novembro.


www.clicjm.com

CLÁSSICO GrE-NAL 417

EXPO-IJUÍ/FENADI

Inter do técnico Odair Hellmann defende a liderança contra o Grêmio de Renato Portaluppi, quinto colocado no Brasileirão | 17

Parque de Exposições recebeu melhorias estruturais. Entre elas, está a construção da casa da Polícia Civil | 11

São Luiz promove ação na Praça hoje Rubro aposta forte na campanha Sócio Fiel, que pretende chegar aos dois mil sócios até o início do Gauchão. | 17

DIA DE CAMPO

INtErvENçãO

Alunos do Curso Técnico em Agropecuária do Imeab realizaram Dia de Campo na Escola Fazenda. A programação visa aproximar a comunidade do educandário | 22

Ao perceberem que as ruas do bairro não eram identificadas, alunos da Escola Emil Glitz confeccionaram placas, com materiais doados pela comunidade | 7

EDITORIAL | 6 Discursos que dizem que Bolsonaro, Lula ou Marielle 'colhem o que plantam' são discursos antidemocráticos e devem ser repudiados.

Jornal da Manhã - Sábado - 08-09-2018  
Jornal da Manhã - Sábado - 08-09-2018  
Advertisement