__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

Ano 47 - Nº 149

R$ 3,50

Reestruturação traz resultados nos primeiros 100 dias de gestão

Em entrevista exclusiva ao Grupo JM, prefeito Andrei Cossetin fala sobre investimentos e desafios. | 4

ESTELIONATOS DUPLICAM

NOVA DIREÇÃO DA ACI FOCA NA INOVAÇÃO E NO EMPREENDEDORISMO Presidente Marcos Kieling assumiu a gestão da Associação Comercial de Ijuí. | 5

LEITE FLEXIBILIZA ATIVIDADES PARA DAR FÔLEGO À ECONOMIA Medidas foram anunciadas mediante compromisso de intensificar a fiscalização. | 11

DIFERENÇA ENTRE SALÁRIOS PÚBLICOS E PRIVADOS CRESCE Remuneração de funcionários do setor público cresceu 20%, no privado 7%. | 3

PC DESARTICULA FACÇÃO CRIMINOSA QUE AGIA EM IJUÍ Líder da organização comandava tudo de dentro da Penitenciária Modulada. | 19


2

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 10 E 11 DE ABRIL DE 2021

RADAR

OLHO DA RUA

MONARQUIA O príncipe Philip, marido da rainha britânica Elizabeth e uma figura-chave na família real britânica por quase sete décadas, morreu aos 99 anos, informou o Palácio de Buckingham ontem. O duque de Edimburgo, como era oficialmente conhecido, esteve ao lado da rainha ao longo de todos os 69 anos de seu reinado, o mais longo da história do Reino Unido. Durante este período, ele ganhou a reputação de ter uma atitude dura, séria e de uma propensão a gafes ocasionais. VACINAS O Senado fez uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que impede a cobrança de impostos sobre vacinas úteis ao combate de pandemias no Brasil. De acordo com o texto, nenhum Estado ou município, nem a União, poderão exigir tributos pelos três anos seguintes a contar do reconhecimento, pelo Poder Executivo, do estado de emergência em saúde pública de importância nacional. A PEC teve apoio unânime no Senado e agora segue para a Câmara. OCEANOS Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e a Organização Marítima Internacional (IMO) lançaram, ontem, uma campanha mundial para combater o lixo marinho e limpar os oceanos. Pelo menos 30 países, incluindo vários da América Latina, já aderiram à campanha. A iniciativa se baseia no projeto da ONU chamado GloLitter para prevenir e reduzir o lixo marinho, derivado dos setores de transporte marítimo e pesca, em especial os plásticos, disse a FAO em um comunicado divulgado em Roma. TROCA Foi publicado no Diário Oficial da União de ontem a exoneração de Camilo Mussi do cargo de diretor de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Para o lugar de Mussi, foi nomeado Daniel Miranda Pontes Rogério. A mesma edição traz ainda uma troca no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Ronei Alcantara da Fonseca foi exonerado. Ele será substituído por Luis Henrique Falconi, cuja nomeação também está publicada no documento. INTERNET O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), realizaram ontem a primeira ligação com a tecnologia 5G no País. Bolsonaro estava no Palácio do Planalto, em Brasília, e Faria na sede da Nokia, em São Paulo. O conselheiro Carlos Manuel Baigorri, relator do 5G na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), afirmou que o leilão da rede deve ocorrer até o fim do primeiro semestre de 2021. A tecnologia do 5G estará disponível em todas capitais brasileiras até julho de 2022.

INDICADORES Poupança 9.4 .2021 .....................0,4 % Ouro 9.4.2021.............R$ 318,48(gr) Dólar Comercial.................... R$ 5.6745 Dólar turismo ....................... R$ 5.9002 Euro ......................................... R$ 6,75 IPC/FIPE Fevereiro. /2021 ......... 0,23% INPC Fevereiro. /2021 ................ 0,82% IGP-M Fevereiro. /2021............... 2,53% IPCA Fevereiro. /2021 .............+0,86% TR janeiro./2021........................+0,0% SELIC Março../2021 ...............+2,75 %

RESULTADOS DE QUINTA

Cenas de gente dormindo na rua ou em abrigos improvisados têm voltado a aparecer em Ijuí. Não é um problema exclusivamente ijuiense, ele está presente no mundo todo, mas é um sinal alarmante da dificuldade da população frente à crise social e financeira.

ENTRE ASPAS "Eu julgo que a corrente minoritária, quando ela não consegue atingir os seus objetivos, busca utilizar o STF. E aí, na minha visão, isso aí é uma interferência que não é devida." Vice-presidente da República, Hamilton Mourão "Hoje eu vi aqui a produção do IFA nacional. Acredito que no mês de agosto já tenhamos IFA produzido na Fiocruz. Isso representa uma conquista excepcional. Autonomia do Brasil e dispensa a necessidade de importação desse insumo para que a Fiocruz produza vacinas." Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga "O IBGE é uma verdadeira joia no serviço público brasileiro, uma instituição da qual todos devemos nos orgulhar, como cidadãos brasileiros, a cada dia de nossas vidas." Ex-presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Cordeiro Guerra

GETÚLIO

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 7.194 2º - 3.035 3º - 1.061 4º - 6.494 5º - 1.799 QUINA

CONC URSO nº

5536

01 04 07 13 78 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 2202

01 05 09 10 13 14 15 16 17 18 20 21 22 24 25 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

33° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

22°

DOMINGO

MÁX.

22° Sol com muitas nuvens. Período de céu nublado com chuva. À noite o tempo fica firme

MIN.

14°

SEGUNDA

MÁX.

25°

Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

10°

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 10 E 11 DE ABRIL DE 2021

3

ECONOMIA

Rendimento do servidor cresce três vezes Entre 2012 e 2020, o rendimento do servidor público com carteira assinada cresceu 20,4%, enquanto que para o trabalhador do setor privado o crescimento foi de 7,1%, valor quase três vezes menor. Entre os militares e servidores estatutários (concurso público), o crescimento no período foi de 13,1%. Os dados são da consultoria IDados, com base em números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, observando toda a série histórica disponível, entre o primeiro trimestre de 2012 até o quatro trimestre de 2020. Pesquisador da consultoria, Bruno Ottoni aponta que desde o início da série histórica é possível identificar uma vantagem explícita no setor público. No primeiro trimestre de 2012, a renda real no setor público já era 56,9% maior que a do setor privado, quando o salário médio mensal habitual na área era de R$ 2.190 enquanto no setor público era R$ 3.437. Já os últimos dados analisados, do quarto trimestre do ano passado, mostram que essa diferença subiu para 76,4%. A diferença

entre a renda do trabalhador privado e do militar e estatuário, no ano passado, é ainda maior, de 91,1%. Assim, para Ottoni, o que se percebe é que não apenas a renda real habitual média do setor público é muito maior que a do privado, mas que a diferença vem aumentando. “Isso provavelmente se deve a características do setor público, como correção monetária e ajustes automáticos dos salários, progressão de carreira garantida e maior estabilidade, que não são tão frequentes no setor privado”, disse. A diferença salarial entre os setores é antiga, vem aumentando e deve ficar ainda maior na pandemia. Entre os motivos, o pesquisador da IDados Bruno Ottoni aponta o fato de os funcionários de empresas privadas sofrem com demissões e redução salarial, especialmente nos momentos de reestruturação de setores econômicos, enquanto os servidores mantêm a estabilidade, com correção monetária e ajustes de salário. Esta disparidade deve ficar mais evidente nas próximas

pesquisas. Em 2020, o governo criou o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm), que permitia às empresas acordos de redução e suspensão de jornada com seus funcionários para conter as demissões na pandemia. Uma reedição do programa está sendo desenhada pelo governo e deve ser lançada em breve. Para Ana Carla Abrão, sócia da área de serviços financeiros e

Sine disponibiliza mais de quatro mil vagas de emprego

Ana Rosa Fischer

As Agências FGTAs/Sine oferecem 4.034 oportunidades de trabalho. Desse total, 66,6% não exigem experiência e 23,9% também não exigem escolaridade. As ocupações com os maiores números de vagas abertas são alimentador de linha de produção (882), motorista de caminhão (171), ajudante de motorista (122), pedreiro (108), marceneiro (96) e vendedor de comércio varejista (93).

"São boas oportunidades para os trabalhadores que quiserem se candidatar", disse a diretora de relações com o Mercado da FGTAS, Ana Rosa Fischer, em entrevista ao Grupo JM. Com relação à escolaridade, 26,8% das oportunidades exigem Ensino Fundamental completo e 19%, Médio completo. A remuneração de 53,7% das oportunidades varia de 1,5 a 2 salários mínimos; 19%, de 2 a 3; e 8,5%, de 1 a 1,5 salários mínimos. "Essas vagas são uma boa porta de entrada para o mercado e até para quem eventualmente ficou desempregado e possa pensar em mudar do ramo onde estava trabalhando, porque a indústria está oferecendo oportunidades e não exige experiência prévia para o trabalho", ressalta Ana. Os trabalhadores devem acessar o aplicativo Sine Fácil

(disponível na Play Store e Apple Store) ou buscar atendimento presencial na Agência FGTAS/ Sine mais próxima para se candidatar às vagas de emprego. Nas Agências é permitida a entrada e permanência de público equivalente ao número de atendentes disponíveis. No entanto, em Ijuí, em decorrência do Sine ter dois atendentes, a direção optou por disponibilizar um cartaz com as vagas de emprego para que os interessados em se candidatar aos cargos procurem diretamente a empresa. "Com a entrada de mais duas servidoras nesta semana, o atendimento presencial volta a ocorrer na próxima semana", disse o coordenador do Sine de Ijuí, Nestor José Matter Dellier à reportagem. Nesta semana, a média de vagas de emprego disponibilizada em Ijuí foi de 30 cargos.

setor público da Oliver Wyman no Brasil, até que aconteça uma reforma administrativa, o BEm deveria ser aplicado ao setor público também - para todos, reforça. Contudo, ela explica que o Judiciário se esquiva e o Congresso rechaça a ideia diante da pressão dos sindicatos." Além da estabilidade, as promoções no setor público acontecem automaticamente, independentemente do cenário econômico

e produtividade. É quase uma imoralidade com esse colapso", diz Ana Carla. Ela afirma que dentro do funcionalismo público também há grandes diferenças e pondera que, na prática, o programa de redução de salários e jornada talvez afetasse apenas quem está na ponta mais vulnerável, como professores, policiais e médicos, que acabariam trabalhando a mesma carga horária por menos.

Analista explica o que afeta a alta do câmbio A pesquisa Focus do Banco Central atualizou nesta semana as projeções para a economia brasileira. E, pela segunda semana consecutiva, o dólar foi revisado para cima. A expectativa do mercado é de que a cotação ao final deste ano seja de R$ 5,35. Para o fim de 2022, a previsão é de que a moeda americana fique em R$ 5,25. De acordo com economistas consultados pelo Grupo Jornal da Manhã, as projeções para a moeda variam de R$ 5,35 até R$ 5,70. Economista João Roberto Borin explica que a alta do câmbio ocorre influenciada pela crise causada pela pandemia do coronavírus, que fez com que houvesse redução da produção e escassez de mercadorias. "Essas moedas também estão atreladas a estes ativos reais. Então, isso é relativamente normal em relação ao cenário mundial. Nada que não se acomode daqui a dois ou três trimestres para frente, principalmente na hora que retomar a produção mundial", disse em entrevista ao Grupo JM. Outro fator citado pelo especialista para o aumento do câmbio é a substituição gradativa do papel moeda por moeda digital. "Isso também está influenciando no preço das moedas pelo mundo. Alguns bancos centrais mundiais estão fazendo estudos de colocar parte de suas reservas em moedas digitais e isso vai influenciar na economia real e, em minha opinião, para melhor", frisa. Borin afirma ainda que a economia brasileira não começou a retomada, mas que existe uma estimativa de crescimento. "Não podemos nos assustar", reforçou, lembrando que os dados têm mostrado neste momento que o crescimento está previsto para ocorrer no segundo semestre do ano se houver flexibilização das regras de Distanciamento Controlado. "Se houver uma flexibilização de umas horas de trabalho para a produção, principalmente nos muitos municípios ligados ao agronegócio, e que correspondem a quase 50% do PIB ( Produto Interno Bruto) do Brasil, teremos uma condição de melhora", finaliza.


4

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

100 DIAS

Cossetin faz balanço de metas alcançadas Ao assumir a prefeitura, em 1º de janeiro, o prefeito Andrei Cossetin trouxe consigo compromissos importantes de campanha e o desafio de combater a pandemia de covid-19, que assola o País desde março de 2020, e teve um dos piores picos na cidade, em fevereiro e março. Cossetin recebeu a reportagem em seu gabinete na manhã de ontem, para uma entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã. Ele falou por cerca de uma hora sobre Economia, Saúde, Educação, Assistência Social, conquistas, desafios, projetos e pandemia. "Quando chegamos era tudo muito novo, encontramos algumas dificuldades de acesso a algumas informações, chamamos técnicos para recuperar alguns dados, demorou além do normal para nos estabelecermos, com uma equipe totalmente nova",

avalia seus primeiros dias como chefe do Executivo. Durante sua campanha ao Executivo municipal, Cossetin se comprometeu com a comunidade em escolher gestores qualificados para as principais pastas de seu governo, em reduzir o número de Cargos em Comissão (CCs), valorizar os servidores e promover economia ao caixa público. Passados 100 dias, é com convicção que ele afirma que sim, as promessas estão sendo cumpridas. Para compor o quadro de secretários, a escolha dos nomes passou pelo critério técnico, o que exigiu um período de adaptação, já que a maioria não atuava do setor público. "Vieram da iniciativa privada, da Universidade, são empresários. Nos comprometemos com a população em trazer pessoas qualificadas, e tem dado certo, conforme vemos em nossos índices", acrescenta, lem-

Avanços nos primeiros 100 dias: Transferência do Centro de Triagem gerando economia de recursos e permitindo a destinação de R$ 500 mil aos hospitais de Ijuí; Investimentos na infraestrutura das escolas, aquisição de Chromebooks, levando tecnologia às salas de aula, e a confirmação de instalação de uma Escola Cívico-Militar; Redução de mais de 40% dos CCs: De 136 para 60; Regularização dos distritos industriais e busca de novas empresas para se instalarem no município; Criação de cursos para qualificação da mão de obra; Abertura de licitação para instalação de 9 mil lâmpadas LEDs; Alinhamento com a Corsan e criação de uma comissão para fiscalização das obras feitas pela autarquia; Levantamento da legislação para alterações necessárias a fim de facilitar a regularização de áreas e a desburocratização; Digitalização dos processos, gerando economia de R$ 20 mil somente em impressões, no período;

brando que no dia 18 de fevereiro, o Estado entrou em Bandeira Preta, limitando a atuação dos gestores. "Começamos a cuidar muito mais da Saúde Pública Covid, porque era necessário salvar vidas e ajudar os hospitais." Nesses primeiros meses, foram realizados diagnósticos em cada área e reestruturação da gestão, sendo registrados importantes avanços, como a garantia de R$ 7,2 milhões para a construção das paralelas da BR-285, demanda antiga e necessária, e que, conforme Cossetin, começam a sair do papel neste ano, juntamente com a execução de um projeto voltado à área próxima ao Parque de Exposições, com incentivo à instalação de indústrias e a busca de novas empresas, o que irá contribuir com a revitalização da entrada da cidade. O desenvolvimento econômico é uma das principais metas do Executivo municipal, com foco na geração de emprego, renda e incentivo ao comércio, indústria, serviços e empreendedorismo. "Vamos fazer a tríplice hélice, que é ocupar o conhecimento da academia, o setor empresarial, para atrair inovação em parceria com as entidades representativas, e o poder público. Fazendo esse elo, Ijuí terá plus no desenvolvimento, é hora de somar esforços", frisa, acrescentando a importância do setor empresarial na retomada econômica. "Assim conseguiremos manter as empresas, incentivando os pequenos e grandes e atraindo investimentos de fora." Também está na lista, a organização da Sala do Empreendedor, a Junta Comercial e a oferta de Microcrédito.

O prefeito Andrei Cossetin recebeu a reportagem em seu gabinete ontem

Polo em Saúde, Ijuí abrange uma população de cerca de 1,5 milhão de pessoas. Em meio ao pico da pandemia, os hospitais chegaram ao limite da capacidade e a Administração precisou buscar ajuda de municípios da região. "Fizemos reuniões pedindo recursos, insumos. Em em uma dessas me emocionei." Na Saúde, o objetivo é fortalecer a Atenção Básica, a partir da reestruturação das Unidades de Saúde. Por meio de parcerias público-privadas, o Executivo busca uma saída para a fila de espera por cirurgias eletivas problema que se tornou ainda maior na pandemia. Também apoia a busca por referências, a exemplo do Hospital Bom Pastor, na área de oftalmologia, com o qual a prefeitura já assinou um pré-acordo de encaminhar os pacientes do Sistema Único à instituição. Em meio a uma avalanche de casos confirmados de covid-19 e do Estado em bandeira preta, Cossetin teve que limitar as atividades econômicas na cidade e criou um Comitê Gestor para auxiliar na tomada de decisões. O prefeito tem expectativa no retorno em breve de todas as atividades. "Que o governo possa deixar que cada prefeito tome suas decisões baseadas em seus dados. Em Ijuí já poderíamos ter uma flexibilização, com todos os cuidados", pondera.

Importante avanço ocorre também na área de Assistência Social, onde o trabalho vai muito além da ajuda às famílias em vulnerabilidade, mas busca a autonomia delas. "Devemos promover a independência dessas pessoas que hoje dependem de um benefício social." Para isso, as pastas do Desenvolvimento Social e Econômico já trabalham integradas, com o objetivo de, a partir do Cadastro Único, promover cursos de qualificação da mão de obra. A causa animal ganha espaço no governo de Cossetin, que também é protetor e defensor da pauta. Um Plano de Ações na área já foi apresentado ao Ministério Público e aprovado. Para este ano, está prevista a castração de 500 animais, em parceria com o Hospital Veterinário da Unijuí, e a microchipagem de mil cães. A valorização dos servidores públicos passa pelo incentivo à qualificação profissional, pela reorganização dos cargos e a reestruturação dos espaços físicos. Por meio do programa interno Trabalhe Bem, um grupo de cinco servidores faz visitas aos locais onde recebe as demandas de cada setor. Os secretários municipais organizam relatórios de suas pastas a serem entregues ao prefeito e, a partir deles, novas ações serão planejadas.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

5

EMPRESÁRIOS

Nova diretoria da ACI toma posse Em solenidade no formato híbrido, tomou posse na quinta-feira a nova diretoria da Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI) para a gestão 2021-2023. Devido à pandemia de coronavírus, o evento teve número reduzido de pessoas, cumpriu com todos os protocolos de prevenção e foi transmitido pelas redes sociais da Associação. Assumiu a presidência da ACI o empresário do ramo industrial Marcos Kieling. Ele substituiu o empresário Nilo Leal, que estava há duas gestões à frente da entidade. Como vice-presidentes tomaram posse André Bigolin, no segmento do Agronegócio; Carlos Ludwig, na área Administrativa/Financeira; Juliano Beck, no Desenvolvimento; Clóvis Thomas, na Integração; e, Fernando Gonzales, nas Relações Institucionais. A posse da nova diretoria teve a participação virtual do presidente da Federasul, An-

derson Trautman Cardoso, e presencial do prefeito de Ijuí, Andrei Cossetin. "A nova diretoria é composta por um grupo bastante forte e influente no meio empresarial de Ijuí e que pretende dar uma renovada, como é característica do meio empresarial, buscando alternativas e perspectivas de negócios", disse Kieling, em entrevista ao Grupo JM. "A pandemia vai reduzir significativamente nos próximos meses e temos que nos habituar para o que estão chamando de novo normal, que é o mundo póspandemia, e o que nós estaremos vivenciando em 2022 será muito diferente do que se vivia em 2019", acrescenta. O novo presidente reforça a importância da associação de empresários neste momento para enfrentar os obstáculos impostos pelas regras de Distanciamento Controlado e para o futuro. "A ACI cumpre sua função neste sentido de tentar trazer os asso-

Em ato híbrido, diretoria da Associação Comercial de Ijuí assumiu para a gestão 2021/2023

ciados para junto da Associação, para poderem trocar ideias, se unirem, se fortalecerem e se prepararem conjuntamente, trocando esforços para que essa adaptação a esse novo mundo de negócios que está por vir longo em frente, seja ao menos traumática possível", reforça o representante empresarial, que

integra a diretoria da ACI nos últimos oito anos. Na próxima semana, a nova diretoria da ACI pretende divulgar as linhas de ações que deverão direcionar a nova gestão. Entre elas está a participação ativa nos processos de definição e execução dos projetos de desenvolvimento socioeconômico

regional e no fortalecimento do empreendedorismo, da inovação nos setores de serviço, comércio e indústria em toda a área de abrangência. "Inovação e empreendedorismo são intrínsecos à atividade empresarial e é onde a atual administração vai centrar mais o seu foco efetivamente", finaliza.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

6

Opinião do JM O INCHAÇO DA MÁQUINA PÚBLICA

M

das. Problema que deve ser agravado ainda mais nas próximas udanças nos modelos tradicionais de gestão pública Mas não é no salário do pesquisas devido aos impactos econômicos da pandemia que onde se priorize a economia de recursos em prol de inprofessor ou do policial atinge fortemente todos os setores. vestimentos é urgente. O setor público ainda acumula gastos onde está o problema A atual situação da máquina pública exige uma reforma Admialtos e não poderá sobreviver a um ano de pandemia, em que e sim nos salários que nistrativa, mas com impactos reais. Mexer na estabilidade das a queda de arrecadação será drástica sem mexer em gastos. ficam acima do teto e de categorias salariais vai se tornar um dos maiores desafios dos O próprio modelo de gestão implantado em Ijuí, promessa categorias específicas. gestores nas três esferas públicas. A manutenção da prestação de campanha do atual prefeito, é um dos exemplos de uma de serviço precisa ser repensada e estratégias de gestão mais reestruturação que deu resultados. O foco é priorizar a saúde e desafogar os gargalos econômicos. A estratégia em cortar cargos públicos condizentes com a atual realidade da economia brasileira implantadas. Um processo de readequação, mas sem seleção, atingindo a esfera Judiciária, potem dado certo e a economia se torna investimento. O momento exige esforços, e não apenas do setor privado. A pandemia atingiu lítica e das próprias forças armadas. Situações enraizadas, mas que precisam em cheio a economia e o setor empresarial, um dos principais responsáveis por ser corrigidas na tentativa de derrubar os índices que revelam a disparidade manter o desenvolvimento dos municípios que não têm mais fôlego. Resultado gritante entre o funcionário público e o assalariado: enquanto um lado enrié uma defasagem cada vez maior entre o público e o privado. Pesquisas mos- quece, outro começa a ficar cada vez mais pobre. tram que nos últimos oito anos o crescimento do trabalhador do setor público Mas não é no salário do professor ou do policial onde está o problema e sim chegou a ser três vezes maior que o da iniciativa privada, onde a diferença da nos salários que ficam acima do teto e de categorias específicas que usam de manobras legais e políticas para garantir uma vida de marajá. O que, mesmo média salarial já supera os 70%. A progressão de carreira no setor público garante uma estabilidade econômica não sendo ilegal, diante da atual situação de colapso financeiro que vive o que dificilmente algum dia chegará ao mesmo patamar das empresas priva- país, é no mínimo imoral.

ENTREVISTA O Orçamento de 2021 aprovado pelo Congresso está à beira de um crime de responsabilidade fiscal? Se for sancionado do jeito que foi aprovado, sim, mas não será, porque vai ser modificado. Não é apenas uma questão de crime de responsabilidade, é um Orçamento inexequível. Claro que tem crime de responsabilidade, sim. Mas não é um crime de um do governo, veio do Congresso dessa forma. O governo tem que reagir do jeito que é possível, e me parece que está se chegando a um entendimento para que isso (a sanção) não aconteça.

emergentes. De longe, o maior: 74,3% do PIB (em dezembro de 2019). Nós enfrentamos uma pandemia, na qual o governo gastou mais de R$ 700 bilhões. É meritório esse gasto, porque muita gente ia morrer de fome. E muita empresa ia quebrar. Esse gasto não é criticado. Talvez, pode-se dizer que foi mais do que deveria. Se comparado com os países emergentes, gastou mais do que a média, é verdade. Mas o gasto em si não é criticado. Ah, vai aumentar a (relação) dívida-PIB. Mas, em um caso como esse, é um caso de guerra, paciência. É um caso de emergência absoluta. Só que, nesse processo, todo mundo ficou mais pobre. O brasileiro ficou, em média, de 20% a 25% mais pobre. Todos, inclusive, a arrecadação pública, perderam. Só que o gasto público não pode diminuir. E pior, o próprio Supremo Tribunal Federal (STF) diz que não pode reduzir jornada e salário (dos servidores). Mas em que mundo a gente está vivendo?

Sempre se falou que o Orçamento do Brasil era fictício, mas, agora, chegamos ao extremo. Isso não é um perigo para um País com a condição fiscal do Brasil? A verdade é que o Brasil teima em querer resolver seus problemas por meio das consequências dos problemas. O Brasil não está, pelo menos não esteve até agora, disposto a ir na causa do problema. E qual é a causa do problema? A causa do problema é que o Estado é maior do que o país. O Brasil tem um Estado que custa 40% do PIB (Produto Interno Bruto). O serviço que o Estado presta é ruim, para dizer o mínimo. O Estado faz absolutamente tudo, então, quando você faz tudo, você não faz nada direito. E, simplesmente, tornou-se muito maior do que o país é capaz de aguentar. Até por isso, a gente não para de fazer deficit, porque o país não consegue gerar riqueza suficiente para pagar esse Estado. A gente vem, há 30, 40 anos, aumentando o gasto público nas três esferas. A maneira de resolver é a fácil: arrecada mais do lado privado, vai aumentando a carga tributária. Nós dobramos a carga tributária nesse período, só que isso foi para pagar gasto corrente, ou seja, para acomodar despesa. Tem um momento, porém, que fica inviável. O Brasil não cresce há 15 anos. Isso é um crime. O País está, de tal maneira, sufocado. Isso é inexorável. Enquanto o mundo cresceu, nes-

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Luiz Fernadno Figueredo Economista se período, entre 3,5% e 4% ao ano, o Brasil ficou absolutamente para trás. E quem mais paga por isso são os mais pobres. Tanto é que se está vendo o aumento da pobreza de forma assustadora… Não tenha a menor dúvida disso. Um País que não cresce não consegue reduzir sua pobreza. Pelo contrário, ela aumenta. Então, tem que atuar na causa, que é reduzir o gasto público. De novo: um País que gasta o que arrecada em todas as esferas públicas, 40% do PIB, não é possível que não consiga fazer um esforço, que nunca fez, de corte de 10% a 15% das despesas. O que acontece nas nossas despesas em casa? Quando precisa, a gente aperta. Em uma empresa, quando precisa, ela aperta. Só que, agora, o que aconteceu? No ano passado, o Brasil já tinha um endividamento que era o maior de todos os países

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

E como sair desse quadro dramático? O Brasil, infelizmente, só age direito quando está à beira do precipício. É o nosso caso agora. Tem país que se joga no precipício de peito aberto, como a Argentina, a Venezuela, o Equador, vários outros. Mas o Brasil nunca fez isso. Eu suspeito, pelos indícios, que também não será dessa vez que o país vai cair no precipício. O que acontece é que, se mexer nas causas, se fosse fácil, já seria feito. Tem um bilhão de lobbies, que foi o caso dessa brincadeira recente com o Orçamento. Foi um monte de gente querendo emenda, e ficou um negócio inviável. Existe uma discussão que eu acho muito equivocada. Se discute o teto de gasto e quanto se pode gastar mais. Mas o que é preciso passar a discutir, que tem mérito e é razoável, é o seguinte: quais são os gastos prioritários e os menos prioritários. Quando se tem uma situação em que apareceu uma prioridade tão emergencial, eu tenho que reduzir os gastos não-prioritários. É simples assim. O mundo é assim. Só no setor público brasileiro que não pode. Tem a Constituição, o STF não deixa. É uma loucura.

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 SEMEStRAl: R$ 240,00 ANUAl: R$ 480,00 CORREIO: R$460,00 (SEMEStRAl); R$ 900,00 (ANUAl)


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

7

CONTROLE

Congresso tem mais da metade do Orçamento

O Congresso terá controle de mais da metade dos investimentos federais neste ano, conforme o Orçamento aprovado pelos parlamentares e pendente de sanção do presidente Jair Bolsonaro. Dos R$ 55,5 bilhões reservados para execução de obras e compra de equipamentos públicos, R$ 27,2 bilhões em verbas, ou seja, 52% do total, receberam a digital dos deputados e senadores por meio das emendas parlamentares. É a primeira vez que isso ocorre. Em anos anteriores, a maior parte do dinheiro ficava nas mãos do governo. Quando os recursos são destinados por emendas parlamentares, o governo precisa repassar o valor conforme a indicação definida pelo congressista. Não é possível, por exemplo, construir um hospital com uma emenda aprovada para pavimentação de uma rua. Além disso, o pagamento é obrigatório. A regra pressiona o Executivo em um cenário de Orçamento apertado e exigência do teto de gastos, que limita o crescimento das despesas à inflação do ano anterior. O momento da liberação é determinado pelos ministérios, o que coloca

Wagner Primo

essas verbas no centro de uma articulação política em troca de apoio do Legislativo. Bolsonaro avalia vetar parte do Orçamento para recompor despesas obrigatórias, como da Previdência Social, que foram reduzidas pelo Legislativo para turbinar as verbas de caráter eleitoral. Se isso ocorrer, o patamar de investimentos nas mãos dos parlamentares deve cair.

O diretor da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara, Wagner Primo, diz que é possível que o aumento observado em 2021 nas emendas do relator-geral do Orçamento seja revertido com o ajuste das despesas obrigatórias. "Então, ao invés de R$ 52 bilhões (em investimentos) deve ficar em por volta de R$ 40 bilhões no máximo", estima. O Congresso aumentou o controle sobre o Orçamento gradativamente nos últimos anos. O total de investimentos federais diminuiu de R$ 82 bilhões em 2014 para R$ 52,2 bilhões em 2021, em função da crise fiscal e do teto de gastos. Os investimentos para emendas parlamentares, por outro lado, foram na contramão e dispararam de R$ 7,6 bilhões para R$ 27 bilhões nesse período. Houve um salto significativo em 2020, após a criação das emendas de relator e comissões. Além disso, as verbas de bancadas estaduais passaram a ser impositivas há dois anos, caráter anteriormente dado apenas às emendas individuais, aquelas indicadas por cada deputado e senador.

"Estamos vendo a inflação mais alta" O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, reafirmou ontem, que a inflação, em maior parte, não é estrutural, mas, por estar elevada, forçou uma reação de política monetária ao contaminar expectativas para o ano que vem. "À medida que a inflação de 2021 sobe, contamina 2022", comentou. "Estamos vendo a inflação mais alta e reagimos a isso", acrescentou o presidente do BC, referindo-se ao aumento da Selic no mês passado, com

nova alta "contratada" para o mês que vem. Segundo Campos Neto, mesmo com o aumento da taxa, os juros seguem perto dos níveis mais baixos da história. Em paralelo, observou, a segunda onda reduziu a demanda por crédito. Ele considerou ainda, durante o evento, que muitos países emergentes estão com condições financeiras mais apertadas. Também pontuou que a China vem absorvendo cada vez mais fluxos de investimento, tanto em

ações quanto em renda fixa, ao explicar por que a participação de estrangeiros vem caindo no financiamento da dívida pública brasileira. O presidente do Banco Central disse ainda que, embora o Brasil enfrente variantes mais contagiosas da covid-19, a economia aprendeu a lidar com a pandemia e deve mostrar um processo de reabertura e aceleração no segundo semestre, considerando o avanço da imunização.

Mais de 70% das indústrias não têm insumos

A escassez de insumos e matérias-primas nacionais para a produção atingiu 73% das empresas da indústria geral (extrativa e de transformação) e 72% da indústria da construção em fevereiro. Os números foram divulgados ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) dentro de uma pesquisa feita com 1.782 empresas. Os percentuais são próximos aos da sondagem anterior, realizada em novembro de 2020, de 75% e 72%, respectivamente, fazendo com que as expectativas anteriores dos empresários, de que a normalização das cadeias produtivas nacionais se desse no primeiro semestre de 2021, fossem

postergadas. Enquanto 37% acreditam que a situação se normalize até o fim de junho, 42% creem que isto acontecerá no segundo semestre e 14%, somente em 2022. Cerca de 6% esperavam que a normalização ocorresse ainda em março. Além da escassez de insumos nacionais, as empresas também estão enfrentando dificuldades em conseguir matérias-primas importadas, independente de pagarem mais caro pelos produtos. Nas empresas da indústria geral que precisam importar, em fevereiro 65% estavam com essa barreira, a, patamar que chegou a 79% na indústria da construção.

Crédito imobiliário da Caixa bate recorde no primeiro trimestre A concessão de crédito imobiliário pela Caixa Econômica Federal cresceu 35,5% no primeiro trimestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado, divulgou a instituição financeira. Nos três primeiros meses do ano, o banco concedeu R$ 28,9 bilhões em empréstimos imobiliários, assinando 134,8 mil novos contratos. Entre os segmentos do crédito imobiliário, os empréstimos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que financia a compra da casa própria com recursos da poupança, somaram R$ 16,1 bilhões, com alta de 103,1% em relação ao primeiro trimestre de 2020. Apenas em março, R$ 7,2 bilhões foram emprestados, volume 146,5% superior ao de março de 2020. Com o resultado do primeiro trimestre, a carteira de crédito habitacional da Caixa, atingiu R$ 514,1 bilhões e alcançou 5,6 milhões de contratos.

Custo da construção aumenta em março

Inflação foi de 0,93% em março

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) registrou inflação de 1,45% em março deste ano, taxa acima da observada em fevereiro (1,33%). O dado foi divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O Sinapi acumula taxas de inflação de 4,84% no ano e de 14,46% em 12 meses. Com isso, o custo médio para se fazer uma obra de construção ou reforma no País chegou a R$ 1.338,35 por metro quadrado.

Em março, a inflação ficou em 0,93%, a taxa mais alta para o mês desde 2015, quando alcançou 1,32%. Em março de 2020, a variação havia sido de 0,07%. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumula variação de 2,05% no ano e de 6,10% nos últimos 12 meses. Os principais impactos vêm dos aumentos nos preços de combustíveis (11,23%) e do gás de botijão (4,98%).

R$ 50

milhões é a multa da Tim por derrubar chamadas promocionais: 'Propaganda enganosa', diz o Superior Tribubal de Justiça.

Cobrança do Pronampe será adiada na Caixa Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães garantiu, ontem, que o banco está adiando em três meses o início da cobrança dos empréstimos tomados em 2020 pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). A medida foi anunciada no início de março pelo governo federal, permitindo que os bancos estendessem de 8 para 11 meses o prazo de carência para início da cobrança.

Bolsonaro sanciona a nova Lei do Gás

Índice de confiança despenca em março

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o Projeto de Lei que trata do novo marco regulatório do setor de gás. O texto aprovado prevê a desconcentração do mercado, não permitindo que uma mesma empresa possa atuar em todas as fases, da produção e extração até a distribuição; e o uso de autorização em vez da concessão para a exploração do transporte de gás natural.

A confiança dos micro e pequenos empreendedores despencou em março, de acordo com estudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Índice de Confiança do Comércio de Micro e Pequenas Empresas (ICOM-MPE) caiu 21,6 pontos, passando de 89,9 pontos em fevereiro para 68,3 em março.


8

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

SAÚDE

HCI apresenta dados da instituição ao Legislativo A diretoria do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), representada pelo presidente, o médico Douglas Uggeri, e pelo 1º secretário da diretoria voluntária, o advogado Marco Antônio Sagave, apresentou ao presidente do Legislativo gaúcho, Gabriel Souza (MDB-RS), dados sobre os atendimentos de pacientes com covid-19, número de leitos, equipes, consumo de insumos e suprimentos. "Agradecemos a ajuda que o poder estadual nos deu de R$ 1,098 milhão para combate à covid e solicitamos uma ajuda a mais, principalmente de custeio, no combate à pandemia", conta Uggeri ao Grupo JM. Esse recurso é oriundo de uma articulação entre os Poderes, que resultou na destinação de R$ 90 milhões a 254 hospitais gaúchos. O documento mostra que os estoques de anestésicos, bloqueadores neuromusculares, sedativos, gases medicinais e outros materiais médico-hospitalares foram utilizados em grande escala devido ao aumento na demanda de pacientes intubados nos últimos 30 dias. Também ocorreu aumento no consumo de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) máscaras, toucas, luvas, aventais cirúrgicos -, assim como o álcool líquido e em gel, produtos de

Presidente do HCI, Uggeri foi recebido pelo presidente da AL Gabriel Souza

higiene e elevação de uso de oxigênio e ar comprimido. "O recurso, que varia conforme o número de leitos dos hospitais, não será suficiente para solucionar todos os problemas ocasionados pela pandemia, mas certamente dará um fôlego financeiro", comenta Souza. O HCI passa por uma reestruturação financeira em função da crise enfrentada pela instituição, e que não se restringe à pandemia, conforme Uggeri, mas anteriores a ela. "Vários problemas técnicos administrativos que constatamos e estamos tentado resolver." O médico divide o atual cenário da pandemia no município em duas partes: uma, preocupante,

é a queda na média de idade de pacientes atendidos na UTI, entre 35 e 50 anos; e a redução progressiva no número de internações. O estoque de medicamentos está normalizado na instituição, o que traz tranquilidade às equipes para o atendimento de pacientes. Ao agradecer à comunidade por toda ajuda que tem destinado à instituição, Uggeri antecipa que o HCI trabalha na construção de um Portal da Transparência com intuito de prestar contas dos recursos recebidos pela instituição. "O HCI foi criado para a comunidade para salvar vidas, esse é nosso objetivo e seguiremos nesse sentido."

Epicovid tem nova rodada no município Teve início ontem, e segue no fim de semana, a nova rodada da pesquisa Epicovid19-RS, que tem por objetivo fazer o levantamento do número de casos de infecção pelo novo coronavírus na população gaúcha. Em Ijuí, as visitas são realizadas por voluntários da Unijuí, devidamente treinados e identificados.

Os participantes da pesquisa responderão a um questionário e também realizarão um teste para detecção de anticorpos contra a covid-19. Para o exame, o entrevistador coletará uma amostra de sangue (gota) da ponta do dedo do participante. Essa é a 10ª rodada de entrevistas da pesquisa, que é coordenada pela UFPel.

Vacinação contra a gripe começa na segunda-feira Começa nesta segunda-feira, a 23ª campanha de vacinação contra a gripe comum, ao mesmo tempo em que o País promove a vacinação em massa contra a covid-19. Ambas as campanhas pretendem imunizar quase 80 milhões de pessoas, o que leva a um duplo desafio para as autoridades de Saúde Pública brasileiras. O Ministério da Saúde pretende vacinar contra a gripe 90% dos públicos-alvo até 9 de julho. Além da grande escala, surgem dúvidas relativas aos dois imunizantes. "É importante salientar que a campanha de vacinação contra a gripe vai começar com grupos que não são prioritários para covid-19. Isso foi feito exatamente para desvincular uma campanha da outra", afirma o presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, Juarez Cunha. Diante da gravidade da pandemia e da ausência de estudos sobre a coadministração das vacinas da gripe e da covid-19, o Ministério da Saúde recomenda que se dê prioridade à vacinação contra o coronavírus, e somente depois tomar a vacina da gripe. "Para pessoas que fazem parte

do grupo prioritário da vacinação contra influenza e que ainda não foram vacinadas contra a covid-19 devem ser priorizadas as doses contra a covid-19 e agendada a vacina contra a influenza, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas”, orienta o Ministério da Saúde, em nota, que não recomenda a aplicação das duas ao mesmo tempo, devido à falta de estudos que comprovem a segurança e a eficácia das vacinas contra covid-19 nessas situações. Ambas são doenças respiratórias causadas transmitidas por contato respiratório e que inicialmente podem ter quadros muitos parecidos. "Sendo assim, todas as medidas que puderem ser tomadas para diminuir a incidência dessas doenças contribuirão para desafogar a rede de saúde, que já está bem comprometida pela situação da pandemia", afirma Cunha. Crianças, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde integram o primeiro grupo a receber a vacina contra a gripe, que será aplicada no local onde era o antigo Quiosque, na Praça da República, para evitar confusão na comunidade - estará disponível também nas Unidades de Saúde.

Segunda dose contra a covid-19 é aplicada hoje

Uma nova remessa de vacinas contra a covid-19 chegou ao Rio Grande do Sul na manhã de quinta-feira. São mais de 300 mil doses fabricadas no Instituto Butantan e Fiocruz. Com a remessa, o Estado chega a 3,1 milhões de doses recebidas desde o início da campanha de vacinação. A coordenadora técnica da Atenção Básica de Ijuí, Salester Ruver, chama atenção da população de que hoje, as equipes de saúde estarão aplicando a segunda dose à população que foi vacinada no dia 13 de março, no sistema de drive-trhu no campus da Unijuí. Essa ação teve início na tarde de ontem. Também serão vacinadas hoje, pessoas com idade a partir de 63 anos, no Posto Central e nas Unidades de Saúde com Sala de Vacinação. O Executivo solicita a doação voluntária de um quilo de alimento, que será entregue ao programa Mesa Brasil, para ser distribuído às famílias que passam por necessidades.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

CORONAVÍRUS

Equipe multidisciplinar contribui na recuperação A pandemia do novo coronavírus está mostrando a importância da abordagem multidisciplinar no tratamento dos pacientes. O ineditismo da doença tem exigido que tanto os médicos como demais profissionais da saúde trabalhem em conjunto. A explicação é simples: o inusitado da covid-19 é justamente a falta de um diagnóstico único e preciso. Dentro deste cenário, o póspandemia é uma preocupação do Conselho Regional de Farmácias (CRF) devido às sequelas causadas em pacientes infectados com covid-19, tanto pela necessidade de internações, que deixam as pessoas debilitadas e enfraquecidas, quanto por problemas decorrentes da infecção, como cardíacos e respiratórios. O CRF é um defensor da busca por atendimento médico mesmo depois da recuperação. "É importante as pessoas bus-

Tarso Pietro Bortolini

carem ajuda dos profissionais de saúde. Na alta do hospital, a equipe multidisciplinar, é importante que ocorra um planejamento com avaliação dos profissionais da saúde sobre quais as terapias adequadas para o tratamento das sequelas que a covid tem

deixado nas pessoas", orienta o vice-presidente do Conselho Regional de Farmácias (CRF), Tarso Pietro Bortolini, acentuando que se trata de uma doença que, pela gravidade, muitas vezes mesmo depois de recuperado, o paciente experimenta algum tipo de comprometimento. Além de pneumologistas, entram em cena infectologistas, imunologistas, hematologistas, cardiologistas, gastros e intensivistas – entre outros especialistas médicos – enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos, todos empenhados na manutenção da vida do paciente. Os profissionais de farmácia, assim como os demais, têm contribuído no combate à pandemia por meio de atendimento e orientação da população, sobre os melhores caminhos a serem seguidos, quando ainda restam sequelas a serem tratadas.

9

Busca por Centro de Triagem segue alta O registro de 17 óbitos por covid-19 no município, durante o último feriadão chamou atenção das autoridades em saúde que atuam diretamente no combate à pandemia. Coordenadora do Centro de Triagem de Ijuí, a enfermeira Rubia Zardin atribui esse número à irresponsabilidade da população com as medidas sanitárias preventivas ao contágio e propagação do coronavírus. "Falta de cuidado, de distanciamento. Muitas vezes, as pessoas estão com o laudo de isolamento e não respeitam, pacientes positivos convivendo com demais familiares, na roda de chimarrão, em jantas. A cada dia vemos situações aumentando, são pessoas mais jovens, obesas, com diabetes, hipertensas e que evoluem muito rápido de um dia para o outro", comenta ao Grupo JM. Nos primeiros dias deste mês, já foram atendidos 250 pacientes no Centro de Triagem, o que é considerado alto pela enfermeira. "As pessoas acham que depois de tomar a primeira dose

da vacina podem voltar à vida normal e não é assim, temos que continuar com os cuidados, intensificando cada vez mais." No momento em que o paciente chega ao Centro de Triagem com sintomas da doença, sai com o atestado de isolamento para ele e seus familiares. "Acontece que muitas vezes o restante da família vai ao trabalho, circula e não tem os cuidados, e é esse número que nos preocupa. Entre terça e quarta-feira, teve um número elevado de pessoas realizando testes em farmácias e dando positivo." Rubia lembra que não há um prazo para a reinfecção e alerta para a agressividade da nova variante do vírus. "Ocorre mais em jovens, em questão de um ou dois dias o paciente evolui muito rápido. Antes os sintomas que agravavam bastante era dor de cabeça, diarreia, tosse, hoje, os sintomas mais frequentes são irritação na garganta, tosse, cefaleia, mialgia, que é a dor no corpo", enumera, reforçando à população que siga com os protocolos de segurança à covid-19.


10

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abRiL de 2021

AGRONEGÓCIO

Brasil pode fechar 2021 com recorde na exportação de soja

O sétimo levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mostrou que o Brasil irá bater o recorde na produção de soja em 2020/2021. Isso deve favorecer não só um aumento expressivo nas exportações, que devem bater o recorde histórico, como ajudar o País a recompor um pouco os estoques de passagem. O Brasil irá colher uma nova safra recorde de soja de 135,5 milhões de toneladas, aponta o 7º levantamento (são 12 no total) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Esta nova estimativa mostra uma leve ampliação em relação aos 135,1 milhões de toneladas previstos em março. Um fato curioso é que dos 20 Estados acompanhados pela Conab, apenas três não devem quebrar seus recordes estaduais. “Esse aumento de produção é motivado pela alta dos preços internacionais, a forte demanda exportadora e o aumento da

Brasil irá colher uma nova safra recorde de 135,5 milhões de toneladas

demanda interna por soja”, afirma a Conab. A estimativa em relação ao consumo interno de soja é de 50,44 milhões de toneladas, um pouco maior que as 48,99 milhões de toneladas de 2020. “A demanda interna deve permanecer aquecida em virtude do crescimento da economia, do aumento da produção de carnes para exportação e

da mistura do biodiesel, que passou de B12 para B13”, diz a entidade. Já as exportações de soja têm tudo para bater o recorde histórico obtido em 2018, que foi de 83,2 milhões de toneladas. “Espera-se que as exportações atinjam um número próximo de 85,6 milhões de toneladas, motivadas pela

forte demanda chinesa e pelo alto percentual comercializado para a safra 2020/2021”, estima a Conab. Por fim, os estoques de passagem de soja em grãos da safra 2020/2021 devem ser um pouco mais elevados que os estoques da safra 2019/2020 e “não haverá falta de produto para abastecer o mercado interno”, garante a entidade.

IBGE prevê safra de 264,9 milhões de toneladas em 2021 A produção de cereais, leguminosas e oleaginosas estimada para 2021 alcançou mais um recorde, devendo totalizar 264,9 milhões de toneladas, 4,2% (10,7 milhões de toneladas) acima da obtida em 2020 (254,1 milhões de toneladas). As informações são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado na quintafeira, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na informação do levantamento de março em relação à de fevereiro, destacaram-se as variações positivas nas produções de trigo (8,1% ou 541,6 mil toneladas), cevada (7,9% ou

31,3 mil toneladas), feijão de 1ª, 2ª e 3ª safra (0,8%, 5,0% e 1,7%, somando 77 mil toneladas), uva (4,9% ou 78,4 mil toneladas), sorgo (2,4% ou 67,5 mil toneladas), soja (1,1% ou 1,4 milhão de toneladas) e arroz (0,9% ou 100,3 mil toneladas). São esperadas quedas na produção do milho de 1ª e 2ª safra (-1,5% e -0,1% ou 471,2 mil toneladas) e da aveia (-0,3% ou 2,5 mil toneladas). O maior impacto no Rio Grande do Sul será na produção de soja, com crescimento de 131,1 milhões de toneladas, e de uva. A estimativa da produção em março foi de 1,7 milhão de

toneladas, crescendo de 4,9% em relação ao mês anterior e de 18,7% em relação a 2020, o que se deve ao bom rendimento das lavouras. "As condições de estiagem, combinadas com grande amplitude térmica diária, de dias quentes e noites frias, ocorridas no final da primavera e início do verão, não anteciparam o ciclo e foram muito favoráveis para a quantidade e a qualidade enológica das uvas precoces. Outro fator foi o consumo de vinho durante a pandemia de covid-19 que cresceu bastante", declarou o gerente da pesquisa do IBGE, Carlos Barradas

Carlos Barradas

Senador diz que Fiagro é a saída com recursos menores

BNDES anuncia programa de crédito voltado a pequenos produtores

Aprovado no dia 25 de março pelo Congresso Nacional, o orçamento de 2021 tem sido alvo de críticas de parlamentares, economistas e da própria equipe econômica do governo. Para o senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS), o setor agrícola deve pensar em novas formas de arrecadação. "Devido aos gastos com a pandemia, a fonte do governo secou. Diante disso, é preciso encontrar novas soluções. O Fiagro é uma saída. Ele pode e deve ser implementado’", diz.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou na quinta-feira, o BNDES Garantia, programa que, segundo o banco, vai ajudar a elevar a oferta de crédito privado para pequenos produtores do campo. De acordo com o BNDES, o novo programa terá um modelo similar ao do Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (Peac), que destinou R$ 92 bilhões em financiamentos no ano passado. A modelagem foi concebida como uma solução para estimular o financiamento privado ao setor..

Emater|Ascar

Manejo e correção de solos Estamos praticamente encerrando a colheita da soja e até realizarmos a semeadura das culturas de inverno, teremos um tempo de, no mínimo, 40 a 50 dias em que o solo estará descoberto e exposto às intempéries climáticas. Este período também é o mais indicado para a realização de operação visando às correções químicas e físicas, tendo em vista o aumento da fertilidade e produtividade. A correção deve partir de uma análise de solo, para tal, é necessário fazer a coleta de amostra e encaminhar para um laboratório credenciado. Após ter o laudo da análise, ela deve ser interpretada por um profissional capacitado que irá fazer a recomendação de uso de corretivos e o manejo do solo. Normalmente, os agricultores têm efetuado a correção superficial, pois utilizam a semeadura direta. Porém, como temos procurado atingir níveis de produtividade mais elevados é muito importante saber como se encontra o solo nas camadas inferiores e corrigi-las com o revolvimento do solo e incorporação do corretivo nessas camadas, ou seja, reiniciar o plantio direto e dar uma sequência de outras técnicas recomendadas como a rotação de culturas o plantio intercultural etc. Para saber a situação do solo em profundidade é necessária a realização de amostras e análise de solo em diferentes camadas, ou seja, análise estratificada. Também é importante fazer a verificação da existência ou não de camadas adensadas e onde elas se encontram, se isto ocorrer deve ser programada a execução de uma operação mecânica de rompimento desta camada para permitir maior infiltração de água e desenvolvimento de raízes nestas camadas. Caso o solo não apresente necessidade de correção e nem camadas adensadas, é recomendado fazer a semeadura de plantas de cobertura visando à proteção do solo contra intempéries e da radiação solar, além de aumentar a quantia de material orgânico, ou seja, alimentar o solo. Para isso, recomendamos que sejam plantadas culturas de crescimento rápido e que produzam grandes quantidades de matéria seca por área. As culturas que são recomendadas para esta finalidade são: o milho, sorgo sudanense (aveia de verão), o centeio, nabo e aveias.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

11

MEDIDAS

Para vender precisa fazer o básico e um pouco mais A dificuldade de vender vinha historicamente da redução da demanda, porém, no momento este é apenas um dos motivos de preocupação. As tentativas de prevenção da pandemia pela restrição de dias e horários para alguns setores, o próprio receio de parte do público em circular, além da concorrência global através da internet, com players de todos os tamanhos, origens e formas, acirrando muito mais a disputa pelas vendas de bens de consumo e bens duráveis. Ouvimos em pesquisas que os empresários do varejo já sabem “o básico”, porém, conhecendo alguns dos negócios deixa claro que precisaria ser feito o básico. Conseguindo fazer o básico, o passo seguinte para vender mais é fazer algo diferente. Em meio as tentativas de fazer algo diferente aparecem algumas ações mirabolantes, sem técnica, planejamento, pesquisa ou estudo, o que obviamente deve ser evitado. Antes disso, sugiro conferir se “o básico”, já foi feito. Um requisito do “básico” é priorizar a atenção às pessoas, como ouvir colegas, fornecedores, clientes. “Escutar bem é quase responder!”, escreveu Pierre Marivour. Outro requisito “básico” é a comunicação visual, ou em outras palavras, como os pontos de venda/atendimento físicos e virtuais são vistos pelo público, como eles contribuem com a imagem mental do público alvo. Veronis, Shler e Associados, dentre outros pesquisadores mostram que entre 83 e 85% do que as pessoas memorizam tem origem em impressões visuais. A localização, a fachada, a vitrine, a iluminação, as cores, a organização, a limpeza, o site, os perfis nas redes sociais, as cores reforçam aquele ditado: “uma imagem vale mais do que mil palavras”. Interesse, respeito e atenção geram a chamada empatia com quem se deseja negociar, ou apresentar algo, além de ser uma potencial vantagem do varejo físico sobre o virtual. Demonstrar interesse, respeito, afeição e especialmente atenção às prioridades de cada público é “básico”, mas muitos negócios não o fazem, além de ser mais difícil de ser imitado pelos grandes competidores.

Governo amplia horário de funcionamento de atividades Com a melhora do cenário epidemiológico do Estado, o governo anunciou ontem novas medidas para reabertura responsável de atividades e serviços no Rio Grande do Sul, desde as 0h de hoje. O governador Eduardo Leite destacou que a redução no nível de restrições, demandada por entidades setoriais, prefeitos e deputados, só está sendo possível graças ao compromisso firmado com prefeitos para reforço na fiscalização. Até ontem, o Gabinete de Crise já havia recebido 402 novos planos municipais com os pré-requisitos exigidos para permitir a cogestão, entre os quais, a atuação de um fiscal para cada dois mil habitantes - entre eles, o de Ijuí, encaminhado na semana passada. "É com empatia que estamos fazendo novos protocolos. Entendemos que existem muitas pessoas em determinados setores que estão muito afetadas por conta das restrições e que os dados nos dão segurança para dar um passo com cautela, para permitir atividades com protocolos, com intensa fiscalização", disse Leite. Entre os indicadores que apontam uma melhora no cenário, está a queda de internação em leitos clínicos e de UTI no Estado. O total de pacientes confirmados e suspeitos em leitos clínicos atingiu o pico em 12 de março, com 6.229 internações. Quase um mês depois, em 7 de abril, havia 3.624 internados. O Comitê de Dados, que monitora diariamente os boletins de casos e de internações, ainda aguarda o decorrer da próxima semana para avaliar os efeitos do feriado de Páscoa.

O total de pacientes confirmados e suspeitos em UTI alcançou o pico em 15 de março, com 110,3% de ocupação, e o maior número de internados em leitos de UTI foi registrado em 21 de março – 2.771 pessoas. Esse total vem apresentando leve redução, chegando a 2.431 internações em 7 de abril. Os hospitais vêm observando, desde 15 de março, queda na ocupação de leitos de UTI Covid, decorrente do aumento no número de leitos (+236) e de uma lenta redução nos casos confirmados desde o dia 27 de março. Com isso, espera-se que o atendimento a pacientes por outras causas seja gradualmente retomado. "É como tirar um paciente da UTI e querer jogá-lo de volta à vida normal, às atividades corriqueiras. Isso não pode acontecer. Da mesma forma, o Estado passou por um momento muito crítico e está tendo evolução que permite reduzir algumas restrições, mas ainda inspira muitos cuidados." De acordo com o governador, esse passo só está sendo dado devido ao alinhamento com os municípios gaúchos. Em reuniões feitas com prefeitos e representantes regionais, o governo do Estado demandou que as prefeituras atualizassem e enviassem novos planos de fiscalização à Secretaria da Saúde (SES). O governo do Estado disponibilizará até R$ 4,4 milhões para que as prefeituras possam contratar novos fiscais. O auxílio financeiro só será liberado a partir do envio e da atualização desse plano. Até o momento, 402 municípios já cumpriram a solicitação.

NOVAS RESTRIÇÕES DE HORÁRIOS Supermercados, farmácias e serviços essenciais: • Todos os dias: cliente presencial sem restrições de horário, desde que com restrições de distanciamento. Comércio não essencial • Todos os dias: das 5h às 20h, cliente presencial, com restrições de distanciamento. Das 20h às 5h, delivery. Restaurantes, lanchonetes, bar, sorveteria, etc. (Somente para refeições. Proibido happy hour) • De segunda a sexta-feira: das 5h às 22h, cliente presencial, com restrições. O ingresso no estabelecimento pode ser feito até as 22h e a saída até as 23h. Das 22h às 5h, delivery. • Sábado, domingo e feriado: das 5h às 15h, cliente presencial, com restrições. O ingresso no estabelecimento pode ser feito até as 15h e a saída até as 16h. Das 15h às 20h, delivery e pegue e leve. Das 20h às 5h, delivery. Academias e serviços religiosos • Todos os dias: das 5h às 22h, com restrições de distanciamento. Nos demais horários, permanece fechado. Demais serviços em geral com atividade permitida • Todos os dias: das 5h às 20h, presencial restrito. Das 20h às 5h, sem atendimento presencial. NOVOS PROTOCOLOS ESPECÍFICOS DE BANDEIRA VERMELHA (limite da cogestão na bandeira preta) Feira livre de comércio não essencial - Comércio de produtos não essenciais (ex.: artesanato) em feiras livres, com distanciamento de três metros entre barracas, controle de acesso e de fluxo de acesso às bancas. Obrigatoriedade de cartazes informativos sobre a lotação máxima. Restaurantes - Lotação máxima de 25%, exclusivamente para refeição. Clientes devem permanecer sentados, com distanciamento de dois metros entre as mesas, e limite máximo de cinco pessoas por mesa. Proibida música ao vivo som mecânico. Parques temáticos - Lotação máxima de 25%, exclusivamente para locais abertos com Selo Turismo Responsável. É obrigatório o uso contínuo e correto de máscara, o distanciamento nas filas e a higienização. Serviços de educação física - Uso exclusivo para atividade individual voltada à saúde. Uma pessoa para 16m² de área. Grupos de no máximo duas pessoas para cada profissional habilitado. Vedado compartilhamento de equipamentos simultaneamente. Esportes individuais ou em dupla, sem contato físico - Jogos de no máximo quatro pessoas, sem contato, sem público, com agendamento e intervalo mínimo de 15 minutos para higienização. Ficam vedadas confraternizações pré e pós-jogos. Transporte fretado, metropolitano executivo/seletivo, intermunicipal e interestadual - Lotação máxima de 75% assentos, com obrigatoriedade do uso contínuo e correto de máscara e da ventilação (janelas e/ ou alçapão abertos). Transporte coletivo municipal - Lotação máxima de 60% da capacidade do veículo, uso contínuo e correto de máscara e a ventilação. NOVO PROTOCOLO DE BANDEIRA PRETA Igrejas e serviços religiosos - Limite máximo de 10% público, limitado a 30 pessoas.

Governador Eduardo Leite apresentou os dados e anunciou novas medidas


12

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abRiL de 2021

CONCURSO DE REDAÇÃO

Smed e 36ª CRE reafirmam parcerias

Nos últimos dias, após o lançamento do 14º Concurso de Redação Jornal da Manhã e Rotary Club de Ijuí que tem o tema "Quando tudo isso passar...", representantes dos órgãos promotores realizaram a entrega de material para a Secretaria Municipal de Educação (Smed) e 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), onde foram recebidos pelo secretário Cláudio da Cruz de Souza e a coordenadora Eveline Eberle. Ambas as intituições reafirmaram o apoio e tiveram início as tratativas para organizar a participação dos professores. Segundo Cláudio de Souza, que sempre apoiou o projeto da rede estadual, o objetivo este ano é fazer com que todas as escolas municipais se engajem no projeto. "Temos muito a ganhar, é um projeto que desenvolve a leitura, a escrita e a pesquisa. Vamos dar todo o apoio aos professores para ter uma excelente participação da rede municipal", confirmou. A coordenadora Eveline também salienta que já acompanha o concurso na comissão organizadora e que agora, como coordenadora, também faz questão de que as escolas esta-

Secretário de Educação, Cláudio garantiu a participação da rede municipal

duais tenham uma participação significativa. "É uma parceria muito importante, uma opção que vai levar um debate para a sala de aula de forma que todos possamos falar na superação deste momento", avalia. Além do material entregue aos apoiadores, as escolas privadas também receberam o material e devem iniciar os trabalhos com os alunos. Podem participar alunos de escolas públicas e privadas de abrangência da 36ª Coordenadoria de Educação, dos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. As redações devem ser encaminhadas às escolas até o dia

28 de julho. O regulamento e a folha de texto estão disponíveis nos canais digitais do Jornal da Manhã, Smed e 36ª CRE. Serão premiados os cinco primeiros colocados em cada categoria e 10 classificados participam da publicação do Caderno do Concurso. Recebem prêmios também os professores orientadores dos primeiros colocados e a escola do aluno vencedor. O Concurso conta com o patrocínio de Sicredi, O Boticário, CCAA, Ótica Albrecht, Rede Clip Ijuí, Cia da Música, Super Cérebro e Doctor Pré Vestibular e tem apoio da Smed, 36ª CRE, Unijuí e Casa da Amizade.

Rede é organizada para o Novo Ensino Médio A 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) está trabalhando na organização e preparação da Rede Estadual de Ensino para implantação do Novo Ensino Médio, que entra em vigor a partir de 2022, em todas as escolas do País. Iniciase na próxima quarta-feira, um ciclo de formações com as escolas de Ensino Médio e o Imeab, da Rede Municipal de Ensino. A primeira webformação terá a participação do professor Wisley Pereira, que participou da construção do Novo Ensino Médio, em Brasília. Desde 2019, a 36ª CRE desenvolve as diretrizes em 10 escolas-piloto de sua região de abrangência. Dentre as principais mudanças previstas, está o aumento da carga horário, com adicional de 400 horas e a inclusão dos Percursos Formativos, que permitirão ao estudante optar por áreas que queira destinar parte de seu estudo. "O aprofundamento em determinada área. Se durante os três anos, estudantes perceber que não está na área em que quer, ele pode mudar para outro percurso, e irá mais seguro quando for definir qual graduação fará", explica a titular interina da 36ª CRE, Eveline Eberle. A partir de agora, a Coordenadoria irá trabalhar com as 24 escolas de sua abrangência,

ouvindo a comunidade escolar para definição do que cada uma irá oferecer dentro do Percurso Formativo. "Temos um grande trabalho pela frente", acrescenta Eveline, que já esteve reunida com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) em diversas oportunidades, onde pode observar o desejo do governo do Estado em retomar as aulas presenciais. "Vários estudos e institutos têm mostrado o que o aluno não estar em sala de aula representa hoje para o nosso País e na vida de cada estudante." No último encontro, a nova titular da pasta, Raquel Teixeira, pontuou a importância do cuidado com a saúde dos professores e estudantes. "Inclusive esse cuidado de prevenção a escola também é responsável por ensinar, porque temos alunos que moram em determinado bairro e não estão se cuidando, não têm os equipamentos de proteção, e a escola também tem o dever de ensinar isso. Por mais que estejamos nos esmerando com as aulas on-line, nem todos têm esse acesso e acaba agravando ainda mais a diferença social." Eveline conta que já foi encaminhado o processo para sua efetivação como titular da 36ª CRE, e acentua que as escolas da Rede Estadual de Ensino estão prontas para retornar com as aulas presenciais.

Levantamento aponta concentração do abandono escolar no Brasil A taxa de abandono das escolas brasileiras, que indica o percentual dos alunos matriculados que deixaram de frequentar a escola durante o período letivo, caiu nos últimos anos, porém ainda é um problema a ser enfrentado. Atualmente, a média dessa taxa é de 1,4% para as escolas do Ensino Fundamental e 3,6% para as do Ensino Médio, o que representa cerca de 376 mil e 270 mil alunos por ano, respectivamente. Com o intuito de entender melhor essa questão, foi realizada análise da distribuição das taxas de abandono das escolas por

região em 2019, buscando mostrar o quão concentrado e desigual é esse problema no Brasil. A distribuição das escolas foi feita de acordo com a taxa de abandono por regiões do País, e aponta que ele está concentrado em algumas, pois um número considerável não teve nenhum abandono no Ano Letivo. No Ensino Fundamental, por exemplo, com exceção do Norte, em todas as regiões mais de 60% das escolas não apresentaram nenhum abandono em 2019, o que significa que o abandono se

concentrou no restante das escolas - cerca de 40%. No Ensino Médio, nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, 50% das escolas concentraram o problema do abandono; no Sul e Nordeste, 75%; e no Norte, 73%. Além disso, é possível observar que, no Ensino fundamental, as regiões Norte e Nordeste têm maior incidência de abandono que as demais. No Norte, 22% das escolas apresentaram mais de 5% de abandono; no Nordeste, 9%; e nas demais regiões menos que 4%. No Ensino médio, onde o problema é maior, Norte e

Nordeste novamente se destacam com a pior situação, com 49% e 32% das escolas respectivamente apresentando mais que 5% de abandono. Isso significa que nessas escolas, de cada 20 alunos, ao menos um aluno abandonou a escola em 2019. Em resumo, o que os dados apontam é que há uma certa concentração do abandono em algumas escolas, que o problema das escolas que registram abandono é maior do que sugere a média geral e que as regiões Norte e Nordeste sofrem mais com essa questão.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

13

AUTISMO

Política de Atenção prevê a criação de Centros O governo do Estado lançou, nesta semana a Política de Atendimento Integrado à Pessoa com Transtornos do Espectro Autista (TEA), também chamada de programa TEAcolhe, no Rio Grande do Sul. O evento teve a participação de convidados externos, entre eles famílias que convivem com o TEA, o mestrando em Informática na Educação, youtuber, autista e programador Willian Chimura e o apresentador de televisão Marcos Mion. A participação de pessoas que convivem com o TEA, direta ou indiretamente, reforça a importância do acolhimento a essas famílias e às pessoas diagnosticadas com o transtorno. Além do apresentador de TV, cujo filho Romeo foi diagnosticado com autismo, contribuíram com depoimentos três famílias. O mestrando Willian foi o responsável por conduzir o evento,

transmitido nas redes sociais do governo. "O nome parece complicado, mas a ideia é bastante simples. É oferecer estrutura, apoio, amor e carinho às pessoas que têm TEA e também às famílias. Fico verdadeiramente muito feliz por estarmos aqui com tantas pessoas que entendem desse assunto que nos ajudaram a formar essa nova política de atenção às pessoas com TEA em nosso Estado”, disse o governador. O TEAcolhe cria 30 Centros Regionais de Referência (CRR) e sete Centros Macrorregionais de Referência (CMR), com o objetivo de organizar e fortalecer as redes municipais de saúde, de educação e de assistência social no atendimento às pessoas com autismo e suas famílias. O decreto que estabelece a política, assinado nesta segunda pelo governador, é baseado na Lei 15.322, de 25 de setembro de

2019, e regulamenta as diretrizes para implementação e execução dessa política de atendimento a pessoas com TEA. "Esse formato também chama as prefeituras a se envolverem. As estruturas não podem ser estanques. Tem que envolver escola, posto de saúde, centros, atuando de forma integrada, porque é uma mesma população, uma mesma pessoa que está inserida em uma rede e precisa de atendimento integral, não compartimentado. Como governo, mobilizamos toda a nossa estrutura, e é a partir desse movimento integrado das secretarias e do comitê técnico que simbolizamos e sinalizamos a amplitude dessa política transversal coordenada pela Secretaria da Saúde. É um compromisso que estamos assumindo”, detalhou o governador. Cada Centro Regional de Referência em TEA será desti-

O mestrando em Informática, youtube, autista e programador Willian Chimura

nado ao atendimento dos casos severos, graves e refratários da região, definidos por protocolo previamente estabelecido. As ações dos centros de referência em TEA poderão ser executadas, prioritariamente, por serviços públicos já existentes ou, de forma complementar, por instituições privadas, com expertise no atendimento às pessoas com autismo e suas famílias, sempre norteadas pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, do Sistema Único de Assistência Social e do Sistema Nacional de Educação.

As equipes dos Centros Macrorregionais de Referência construirão, com apoio das equipes de Saúde, Educação e Assistência Social de cada município da macrorregional, projetos e propostas de intervenção que atendam às diferentes necessidades de cada realidade, promovendo vínculo interpessoal e apoio institucional, fortalecendo os diferentes espaços de atendimento, na perspectiva da inclusão, para que a pessoa com TEA seja atendida, de forma integrada e qualificada, em qualquer local por onde circular.


14

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

DESENVOLVIMENTO

Executivo abre diálogo com bairros sobre Plano Plurianual Com o intuito de mudar a formatação do Plano Plurianual, o Executivo de Ijuí, a partir da Secretaria de Planejamento, vem se organizando desde o mês de fevereiro para verificar as necessidades de toda a comunidade. A verificação vem sendo feita com diálogo com as associações dos bairros e distritos do município. Ao total, de acordo com o secretário de Planejamento, Luiz Francisco Schroer, 31 dos 37 bairros já realizaram algum contato, mas a pretensão, assim que as restrições e o contágio da covid-19 reduzirem, é de ir até os bairros e ouvir a população que mora nessas localidades. "Estamos aguardando uma melhora desse quadro para iniciar um trabalho de campo para ir até os bairros, de forma íntima

Secretário de Planejamento, Francisco Schroer destacou o trabalho da pasta

e específica para saber todas as suas necessidades", salienta. O secretário também destacou que para isso ocorrer, o contato será ampliado com as diretorias dos bairros, com as

Deputado defende lei que facilita compra de vacinas O deputado federal Pompeo de Mattos (PDT-RS) defendeu a lei que permite a compra de vacinas facilitada. A lei foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta semana e autoriza aos municípios, Estados e setor privado adquirirem os imunizantes. Conforme ele, essa aprovação traz a importância de ampliar ainda mais a vacinação em todo o território nacional. “Ela contempla segmentos importantes da sociedade e amplia o leque, sem deixar de priorizar quem efetivamente

Pompeo de Mattos

precisa da vacina”, afirmou. Segundo o projeto de lei aprovado, enquanto houver vacinação de grupos prioritários, as empresas que fizerem a aquisição de imunizantes devem doar todas as doses ao Sistema Único de Saúde, e após essa vacinação prioritária, ainda doar metade das doses. Nessa etapa, as empresas podem iniciar a vacinação de seus funcionários. A previsão é de que o grupo prioritário termine a vacinação apenas em junho. Existem outros projetos em tramitação que também visam a compra dos imunizantes. Entidades do setor produtivo vêm manifestando que a imunização em massa deve promover a retomada da economia, por isso o processo necessita ser mais rápido. E isso acontecerá a partir da permissão da compra de vacinas por pessoas jurídicas. Diversas medidas que permitem a inserção da iniciativa privada em medidas de enfrentamento à pandemia estão em pauta. Entre outras propostas que ainda tramitam no Congresso, estão a previsão de dedução no Imposto de Renda de Pessoa Jurídica das despesas efetuadas com a aquisição das vacinas.

secretarias, gabinete de governança, além dos vereadores, que vão compor o grande grupo de demanda que os bairros têm para identificar os problemas que existem em cada região

da cidade. "A nossa intenção é fazer com que o morador se sinta bem morando aqui; a ideia é sanar os problemas para fazer a vida social de cada um melhor", enfatiza. Schroer explica que o Plano Plurianual é o planejamento que prevê o que será feito com as finanças na gestão. Assim que ele é realizado passa a fazer parte da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). "É a diretriz do orçamento. É o que se prevê fazer com os recursos em prol das comunidades", destaca. Ele finaliza afirmando que a intenção é fazer com que as demandas levantadas a partir dos diálogos entrem na próxima Lei Orçamentária Anual (LOA). Ao fazerem parte da legilação, estarão documentadas e, portanto, serão incluídas nas finanças e realizadas.

Dois projetos avançam nas comissões da Câmara O Legislativo deu andamento a dois projetos de lei oriundos do Executivo, na manhã de ontem. O primeiro autoriza o poder Executivo a celebrar termo de cedência recíproca de servidores com Augusto Pestana. Os profissionais que participarão da permuta serão da área da Educação. O segundo projeto que avançou nas comissões foi o que autoriza a abertura de crédito adicional no valor de R$ 19.1 mil. A autorização visa viabilizar

o pagamento de complementação de valores referentes à obra para criação de espaço com o propósito de servir de referência para orientação turística, com infraestrutura adequada a permitir melhor atendimento ao público, que será implementado no imóvel localizado na antiga revistaria, na Praça da República. Os projetos agora vão à votação, que possivelmente ocorrerá na próxima sessão ordinária da Câmara, que vai acontecer na segunda-feira.

Reunião das Comissões definiu os projetos que irão à votação nesta segunda

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

LIBERDADE E PASSIVIDADE O mês de abril entrou com um alerta de perigo para a democracia brasileira. Seis presidenciáveis assinaram um manifesto, que saiu nos jornais de 1º de abril. Mandetta, Ciro, Dória, Leite, Amoedo e Huck. Não constam as assinaturas de Lula, Moro e Bolsonaro. O manifesto afirma que "a democracia brasileira é ameaçada", uma constatação tardia: há tempo que estão presos, por crime de opinião, um jornalista e um deputado federal - no que o Brasil se assemelha à Venezuela. A ameaça se torna mais consistente com o silêncio da mídia a respeito do jornalista e com a anuência do próprio legislativo a que pertence o deputado. O manifesto adverte sobre "submissão arbitrária do indivíduo ao estado…respeito aos direitos individuais… excesso, abuso, intimidação”. Mas, ironicamente, os dois governadores que o subscrevem, baixaram medidas que atingem direitos fundamentais do artigo 5º, cláusula pétrea da Constituição, como liberdade de locomoção, de trabalho, de reunião, de culto. A prisão do deputado infringiu a inviolabilidade do mandato prevista no art. 53 da Constituição e o asilo inviolável da casa, também do art. 5º. A censura e prisão do jornalista, feriu a liberdade de manifestação, da mesma cláusula pétrea, e as liberdades de expressão e informação, garantidas pelo art. 220. Quando liberdades garantidas pela Constituição são feridas, a democracia é atingida. O manifesto constata que “não há liberdade sem justiça”. Aí vem a lembrança de que se anularam condenações por corrupção, resultado de julgamentos em três instâncias da Justiça. E ainda houve um julgamento por suspeição do juiz que presidiu na primeira instância os processos anulados -, com base em provas obtidas por meios ilícitos - o que é inadmissível, como está no pétreo art. 5º. O manifesto registra que democracia é direito ao voto. Por três vezes os legisladores criaram um comprovante que garantisse o voto digitado na urna eletrônica - por três vezes as leis foram derrubadas pela Justiça - projetos de Roberto Requião(MDB), Flávio Dino(PC do B) e Brizola Neto(PDT) e Bolsonaro(PP). O PSDB, após derrota de Aécio, constatou que a urna eletrônica não comporta auditagem. Ora, a insegurança no direito do voto também é perigo para a democracia. O manifesto não “dá o nome aos bois”, nem registra os atos que motivaram o alerta, mas alguns indícios mais evidentes estão na nossa cara. Perigo é a passividade, que rima mas não se mistura com Liberdade.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

INVESTIGAÇÃO

Membros da CPI da Covid serão indicados na terça O requerimento de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 no Senado federal será lido na próxima sessão, terça-feira, pelo presidente Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Na sequência, os partidos poderão indicar os membros da comissão, que funcionará de forma presencial. “Será o único órgão a funcionar presencialmente no Senado, e eu vou buscar garantia e segurança sanitária de senadores, servidores, das pessoas que venham a depor nessa CPI”, disse Pacheco. A determinação de abertura da CPI partiu do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). A comissão vai apurar ações e omissões do governo federal no combate à pandemia de covid-19. O pedido foi feito pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO), no início de fevereiro. O requerimento conta com cinco assinaturas a mais do que as que são exigidas. Em relação à decisão, Pacheco afirmou que vai cumpri-la, mas que considera a determinação “equivocada” e que invoca precedentes inadequados. Para ele, a CPI pode gerar instabilidade política no Brasil, principalmente para contratar vacina e insumos. “Essa apuração tem que ser feita, mas não era o momento”, declarou. Ontem, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) atacou o ministro Luís Roberto Barroso.

Presidente da República, Jair Bolsonaro, e do Senado, Rodrigo Pacheco

Em conversa com apoiadores, o presidente da República afirmou que Barroso e a esquerda se uniram para desgastar a administração. “Dentro do Senado tem processo de impeachment contra ministro do STF. Eu quero saber se o Barroso vai ter coragem moral de mandar instalar esse processo de impeachment também. Pelo que me parece falta coragem moral do Barroso e sobra ativismo judicial”, disparou. No ano passado, Bolsonaro decidiu terceirizar a operação política do governo. Com popularidade em queda, aliados sob investigação e murmúrios sobre impeachment, o presidente fechou um acordo de proteção no Congresso. Agora, a abertura da CPI da Covid no Senado embaralha os termos dessa negociação. Controlar uma

Comissão de Inquérito exige processos políticos complexos. O governo precisa monitorar a escolha do presidente e do relator, a indicação de senadores para o colegiado, a convocação de depoimentos explosivos e a aprovação de quebras de sigilo. Se o centrão soltar alguma dessas engrenagens, o estrago pode ser grande. Aliados de ocasião, esses parlamentares conhecem as fragilidades de Bolsonaro e sabem o tamanho do prejuízo que ele pode sofrer na CPI. Mas até aqui, em vez de derrubar o presidente, eles estão mais interessados em extrair benefícios do governo. Essa proteção tem um preço, porque o mero funcionamento da comissão tende a ser um fator considerável de desgaste para o presidente Jair Bolsonaro.

Guedes reclama de ajustes no Orçamento Ainda sem uma definição sobre qual será a atitude do presidente Jair Bolsonaro sobre o Orçamento para 2021, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reclamou que o ajuste feito por deputados e senadores na peça orçamentária, que cortou R$ 26,5 bilhões em despesas obrigatórias para turbinar emendas parlamentares, tenha tido a participação de “ministros fura-teto”, e que a equipe econômica foi surpreendida com a redação final da matéria. Ontem, Guedes afirmou que a sua equipe e ele concordaram com os congressistas em uma manobra que destinasse mais R$ 16 bilhões às emendas que são indicadas por deputados e senadores, mas que depois disso

houve um novo acordo sem a participação da Economia. De acordo com Guedes, “alguém foi em nome do presidente da República e pediu um dinheiro que não estava combinado, e deu quase o dobro do que estava combinado para caber dentro do Orçamento”. “O primeiro acordo era em torno de R$ 8 (bilhões), ela (a equipe econômica) acompanhou. O segundo acordo era R$ 16 (bilhões), ela acompanhou. De repente fizeram um acordo que extrapolou e não cabia e não era parte do acordo das principais chaves, a presidência da Câmara, do Senado, a Secretaria de Governo. Houve equívocos de um lado ou de outro. Todo mundo

está junto no erro”, ponderou o ministro. Guedes reclamou que o Executivo sempre tem um “ministro mais ousado”. Apesar de ele não ter citado nomes, é consenso dentro do governo de que ele se referia ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que em outras oportunidades já foi taxado pelo colega da Economia de “fura-teto”. Na avaliação do ministro da Economia, o novo acordo à peça orçamentária feito sem o conhecimento da equipe econômica teria acontecido para possibilitar a realização de mais obras de infraestrutura pelo governo federal com o dinheiro indicado por deputados e senadores.

15

Governo age para colocar ministro Luis Roberto Barroso no alvo A trégua estabelecida nos últimos dias pelo presidente Jair Bolsonaro, em especial a partir dos movimentos de presidente da Câmara e do Senado, não durou muito. Ontem, o presidente, mais uma vez, fez sua artilharia atravessar a Praça dos Três Poderes, e mirou diretamente no Supremo Tribunal Federal. O alvo escolhido foi o ministro Luís Roberto Barroso, que em decisão de quinta-feira determinou a abertura da CPI da covid-19 no Senado. Bolsonaro se dirigiu a apoiadores e disse que o ministro havia feito uma jogada ensaiada com a “bancada de esquerda”, com intuito de prejudicá-lo. Ao fazer esse movimento, o presidente usa de tática conhecida e inflama sua militância ideológica contra o inimigo da vez. Não há novidade nem mesmo quanto à escolha de um integrante do Supremo. Alexandre de Moraes também já sofreu com a violência digital de apoiadores do presidente.

MP denuncia Roberto Jefferson por ofensas

Senado irá debater desarmamento

O presidente do PTB nacional, ex-deputado federal Roberto Jefferson, foi denunciado pelo Ministério Público gaúcho por ofensas proferidas contra o governador Eduardo Leite. Os promotores decidiram mover duas ações: uma na esfera criminal, por injúria e preconceito, e outra na cível, por dano moral à comunidade LGBT+.

O Senado Federal aprovou a criação da Frente Parlamentar pelo Desarmamento. A proposta foi apresentada pela senadora Eliziane Gama e irá debater ações pelo desarmamento no Congresso Nacional. O texto agora segue para promulgação.“Nós temos, hoje, no Brasil, o fato de que 70% dos homicídios são com armas de fogo”, disse Eliziane.

R$ 20

bilhões será a ampliação da verba para a compra de vacinas contra a covid-19, afirma o ministro Paulo Guedes.

Presidente do BC projeta nova Selic Presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto afirmou ontem que a Selic deve sofrer novo aumento de 0,75 ponto percentual e ir para 3,5% ao ano na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), “a não ser que algo extraordinário aconteça” até o encontro marcado para os dias 4 e 5 de maio. O economista, no entanto, ponderou que a decisão “não está escrita em pedra” e que deve variar de acordo com o cenário.

Eletrobras deverá ser privatizada

Relatora retira isenção tributária de empresas

O presidente Jair Bolsonaro confirmou ontem as resoluções para recomendar a inclusão da Eletrobras e da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) no Programa Nacional de Desestatização (PND). Os textos foram publicados no Diário Oficial. A decisão do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) havia sido anunciada em meados de março e confirmadas pelo Ministério da Economia.

O médico gaúcho Alberto Beltrame foi denunciado criminalmente mais uma vez, pelo Ministério Público, por sua atuação enquanto secretário estadual da Saúde no Pará - cargo que ocupou até meados de 2020. Promotores de Justiça afirmam que ele beneficiou empresas que superfaturaram a venda de máscaras e jalecos a estabelecimentos de saúde paraenses, durante a pandemia.


16

Jornal da Manhã

Sábado e domingo,10 e 11 de abril de 2021

Esportes

PAULISTÃO I

PAULISTÃO II

A Federação Paulista de Futebol (FPF) definiu na tarde de ontem, as datas e os horários dos próximos jogos do Campeonato Paulista, que foi autorizado pelo governo do Estado de São Paulo a ser retomado após quase um mês de paralisação. Devido ao longo período de interrupção do torneio, os times terão menos tempo de descanso entre as partidas.

Jogos confirmados: hoje, 10 de abril, São Bento x RB Bragantino, às 20h-9ª rodada; São Paulo x São Caetano, às 20h-11ª rodada; Santos x Botafogo-SP, às 22h-9ª rodada; amanhã,11 de abril,Guarani x Corinthians, às 20h-11ª rodada;Segunda-feira-12 de abril, RB Bragantino x São Paulo, às 20h-7ª rodada. De terça até sexta-feira serão disputadas mais partidas nesta retomada do Paulistão.

O dia a dia do analista de desempenho do São Luiz Lucas Dornelles/E.C.São Luiz

Analista de desempenho Mateus Bolívar disse que São Luiz e Grêmio foi um grande jogo

O analista de desempenho do São Luiz, Mateus Bolivar em entrevista ao Jornal da Manhã explicou como funciona o dia a dia de um profissional da área. Consiste primeiramente na coleta de material das sessões de treinamento e também das partidas. "Tentamos fazer a coleta de material de um molde no qual a gente consiga analisar tanto a nossa equipe como os times adversários, num plano aberto, pegando linha com linha. Posteriormente começamos a trabalhar na análise dos treinamentos, é onde a gente prepara a equipe, os comportamentos tanto individuais quanto coletivos para os jogos. A partir daí montamos o material da partida, análise do jogo, do nosso adversário, tanto em bolas paradas, nos momentos do jogo, uma rotina bem corrida, mas que a gente gosta muito, ama o que faz. Com a evolução do futebol e das mídias digitais hoje se especializa ainda mais e aumentam as ferramentas para a ope-

racionalização do processo. O objetivo é levar ainda mais informações para a comissão técnica tomar suas decisões". Mateus Bolivar disse que existe um grupo de whatsapp dos analistas dos clubes do Gauchão para uma interação. Tem umas regras de expor o material de cada partida. O profissional da equipe mandante tem 24h após a partida para por o material e que todos consigam ter em mãos e fazer a análise do seu adversário. É um comum acordo de todos os profissionais dos 12 clubes do Campeonato Gaúcho. "Temos uma boa relação e isso é muito bom para o futebol. Quanto mais ferramenta, e mais material tivermos melhora a qualidade do jogo. A imprensa que acompanha sabe que a evolução das equipes é nítida neste pouco tempo de competição".Mateus Bolívar acompanha todas as partidas se não ao vivo, depois disponibilizado o material acaba olhando. O analista de desempenho

do São Luiz, afirmou que tem muitas equipes organizadas no Gauchão, com padrão e uma ideia de jogo bem bacana, com bons níveis aos olhos do público. Mateus disse que o Internacional desponta com uma novidade tática, uma ideia um pouco diferenciada. O técnico espanhol Miguel Ángel Ramírez está implementando uma forma um pouco diferente daquilo que vem sendo vivenciado no Estadual, saídas um pouco diferente, uns movimentos dos zagueiros, de condução. Seria algo mais no sentido de novidade. Segundo ele equipes organizadas e com ideias, padrão de jogo têm várias dentro do Estadual, inclusive o São Luiz. Mateus Bolivar entende que São Luiz 2 x 2 Grêmio no Estádio Vermelhão da Serra em Passo Fundo, foi um grande jogo, bonito de ver. O time ijuiense conseguiu colocar em prática aquilo que treina, os comportamentos intensos trabalhados."Tivemos muita personalidade para jogar, construir jogo a partir de um grande adversário, de Série A do Campeonato Brasileiro e que das últimas quatro Libertadores, chegou nas semifinais de três. A linha defensiva deles tinha Victor Ferraz, David Braz e Cortez. Foram titulares muitas vezes da equipe principal. Lucas Silva e Darlan também. Isso é de se enaltecer. Fica visível a força da nossa equipe. Infelizmente não conseguimos a vitória." O analista de desempenho afirmou que o elenco acredita muito no trabalho realizado desde a pré-temporada e vai brigar forte por vaga nas semifinais do Gauchão, na Série D do Brasileiro e Copa do Brasil. Frisou que o São Luiz tem um grupo coeso dentro da competição."Após a nossa estreia muitos profissionais da Região Metropolitana davam o São Luiz como o principal candidato ao rebaixamento e a gente no decorrer da competição mostrou o contrário".

Jogo com o Brasil em Pelotas será dia 18 A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) confirmou as datas e horários dos jogos da 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. Brasil e São Luiz se enfrentam domingo, dia 18 de abril, às 20h,no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. Inter e Aimoré fazem a partida de abertura e se enfrentam às 21h30 da próxima quarta-feira, no Cristo Rei, em São Leopoldo. O Grêmio enfrenta o Novo Hamburgo às 20h do domingo, 18 de abril, na Arena. Dois jogos ocorrem na segunda-feira, às 20h: Esportivo x Juventude e São José x Pelotas.O duelo entre Caxias e Ypiranga encerra a 10ª rodada na terça-feira, às 20h.O Tricolor lidera o Campeonato com 17 pontos. O

São Luiz é o sétimo colocado, com 12 pontos. Os jogos da 10ª rodada Aimoré x Inter - 14/04, quarta-feira, às 21h30 Grêmio x Novo Hamburgo - 18/04, domingo, às 20h Brasil x São Luiz - 18/04, domingo, às 20h Esportivo x Juventude - 19/04, segunda-feira, às 20h São José x Pelotas - 19/04, segunda-feira, às 20h Caxias x Ypiranga - 20/04, terça-feira, às 20h

COPA SUL-AMERICANA I A Conmebol realizou ontem o sorteio das equipes para a fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2021. Destaque para o Corinthians, único grande de São Paulo, que é cabeça do grupo E e enfrenta na primeira fase: Huancayo-PER, River Plate-PAR e o vencedor do confronto uruguaio entre Montevideo City e Fénix.Além do Corinthians , o Athletico-PR, Atlético-GO, Bahia, Bragantino, e Ceará também disputam a competição. Grêmio e Santos são outras duas equipes brasileiras, ambos disputam a fase eliminatória da Libertadores e, em caso de derrota, passam para a Sul-Americana.

COPA SUL-AMERICANA II Confira como ficaram os grupos: Grupo A: Rosário Central, Huanchipato, 12 de Octubre e E4 (eliminado de San Lorenzo x Santos) Grupo B: Independiente, Bahia, Guabirá e Uruguai 1 (Peñarol ou Cerro Largo) Grupo C: Jorge Wilstermann, Arsenal de Sarandi, Ceará e E3 (eliminado de Bolívar x Junior Barranquilla) Grupo D: Athletico-PR, Melgar, Aucas e Metropolitanos Grupo E: Corinthians, Huancayo, River Plate-PAR e Uruguai 2 (Montevideo City ou Fénix) Grupo F: Newell's Old Boys, Palestino, Atlético-GO e E1 (eliminado de Libertad x Atlético Nacional) Grupo G: Emelec, Tolima, Talleres e Bragantino Grupo H: Lanús, La Equidad, Aragua e E2 (eliminado de Independiente del Valle x Grêmio)

CAMPEÃ DA SÃO SILVESTRE O atletismo nacional está de luto. Atleta olímpica e campeã da Corrida Internacional de São Silvestre em 1996, Roseli Aparecida Machado morreu quinta-feira por complicações causadas pela covid-19. Ela estava com 52 anos e ficou intubada por duas semanas antes de falecer.A ex-atleta foi a segunda brasileira campeã da prova feminina da São Silvestre, instituída a partir de 1975 para as mulheres. Também representou o Brasil nos 5 mil metros dos Jogos Olímpicos de 1996, em Atlanta, terminando na 22ª colocação.

CAMPEONATO GAÚCHO A Federação Gaúcha de Futebol remarcou o jogo atrasado entre Caxias e Grêmio para a próxima sexta-feira, dia 16, no Centenário, em Caxias do Sul. O duelo da 1ª rodada do Gauchão aconteceriahoje, mas foi adiado por conta da mudança da partida do Tricolor com o Independiente del Valle, pela Libertadores.O jogo não foi disputado na data correta porque o Grêmio estava envolvido na final da Copa do Brasil à época.


Jornal da Manhã

Carlos Alberto Padilha esporte@jornaldamanhaijui.com

TRICOLOR- O Grêmio enfrentou um bom time ontem no Paraguai. O Independiente del Valle mesmo saindo atrás do placar, soube tocar a bola e encontrar os espaços para vencer o Grêmio. A arbitragem errou no lance que o Ferreira iria marcar. Atacante gremista não estava impedido. Dá para reverter em Porto Alegre, mas o Tricolor precisará jogar mais. RUBRO- O gerente de futebol do São Luiz Delmar Blatt trabalha com três vagas para a Série D do Brasileiro de 2022. O regulamento da competição diz que o Gauchão 2021dará duas, mas segundo Delmar a Federação Gaúcha de Futebol não deve dar a terceira vaga ao campeão da Copinha. Neste caso o São Luiz, sétimo colocado com 12 pontos com mais um empate ou vitória se garante na competição. Quanto ao perigo de rebaixamento, o São Luiz matematicamente ainda tem possibilidade de cair para a Divisão de Acesso, mas precisaria perder as duas partidas contra o Brasil-Pel e Aimoré e de muitas combinações. TREINOS- O São Luiz seguiu ontem a preparação para a retomada do Gauchão. Antes do início da atividade o técnico Paulo Henrique Marques realizou uma reunião com os jogadores no centro do gramado. Depois trabalho físico, treino com bola e atividade técnica orientada por Paulo Henrique. Rafael Goiano, Jadson e Lucas Alves, entregues ao DM não treinaram.Testes de covid-19 no elenco deram negativo.O volante Rafael Lima e o lateral Márcio Goiano trocaram agressões no treino de ontem. Depois se entenderam, mas acabaram ficando de fora da atividade. 9ª-RODADA-Esportivo e Ypiranga empataram em 1 a 1, ontem na Montanha dos Vinhedos em Bento Gonçalves. Tavison fez o gol do Ypiranga e Wesley Pacheco, o gol do Esportivo, que está com 8 pontos em 11º. O Ypiranga é o terceiro do Gauchão, com 15. CANCELAMENTO- A Seletiva que seria realizada hoje pela Associação Noroeste Runners foi cancelada. Nova data será definida.

17

Grêmio é derrotado e precisa agora reverter a desvantagem O Grêmio perdeu, de virada, por 2 a 1 para o Independiente del Valle, do Equador ontem à noite pela ida da terceira fase da Libertadores, no Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai.Com muitos desfalques, o Tricolor até abriu o placar com Diego Souza, mas viu o time equatoriano tomar conta da partida e buscar a virada com dois gols de Faravelli, ambos no segundo tempo. O zagueiro Ruan ainda foi expulso pelo segundo cartão amarelo. O jogo de volta será realizado na quarta-feira, às 19h15, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Para se classificar para a fase de grupos da Libertadores, o Tricolor precisa vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença. O time equatoriano, por outro lado, depende apenas de um empate.A equipe que levar a melhor entrará no Grupo A da Libertadores, com Palmeiras, Defensa y Justicia, da Argentina, e Universitário, do Peru. Quem for eliminado, por sua vez, vai disputar a Copa SulAmericana, entrando no grupo com Lanús, da Argentina, La Equidad, da Colômbia, e Aragua, da Venezuela. O Grêmio abriu o placar na primeira chance que criou. Aos oito minutos do primeiro tempo, Diego Souza aproveitou a cobrança de falta pela direita de Alisson e, na entrada da pequena área,

Natalia Aguillar/POOL/AFP

2x1

Atacante gremista Ferreira ia marcar um golaço, mas o lance foi anulado

impedimento. No segundo tempo, o time equatoriano seguiu pressionando. Logo no início, Ortíz explodiu a trave em cobrança de falta. Aos sete minutos, o Independiente fez grande jogada e buscou o empate. Faravelli tocou para Vite, disparou, recebeu passe de primeira de Montenegro dentro da área e bateu cruzado para marcar um golaço. O Grêmio teve a chance de retomar a vantagem aos 12 minutos. Diego Souza ficou cara a cara com o goleiro Ramírez. O centroavante tentou driblar o goleiro e finalizou para fora, desperdiçando boaoportunidade. O zagueiro Ruan cometeu falta dentro da área em Montenegro e

testou firme no canto esquerdo do goleiro Moisés Ramírez. O Independiente del Valle depois do gol sofrido dominou as ações. Ortíz levou perigo em chute de fora da área, aos 16 minutos, e parou em uma grande defesa de Brenno aos 26, em finalização de dentro da pequena área. O atacante Vite acertou o travessão aos 35 minutos. Antes do intervalo o Grêmio voltou a ameaçar o Independiente e chegou até a balançar as redes. Aos 43, Diego Souza recebeu de Alisson e tocou de letra para Ferreira, que dominou dentro da área e mandou uma cavadinha de pé esquerdo. O atacante ia marcar um golaço, mas o lance foi incorretamente anulado por

INDEPENDIENTE GRÊMIO Brenno; Moisés Ramírez; Felipe Albuquerque Segovia (Bruno Cortez) Pacho Ruan Schunke Rodrigues Beder Caicedo; Diogo Barbosa; Faravelli Lucas Silva Pellerano (Bryan (Fernando García) Henrique) Christian Ortíz Matheus Henrique (Murillo) Alisson (Léo Chú) Hurtado (Jhon Pinares (Darlan); Sánchez); Ferreira Vite (Mera) Diego Souza Montenegro (David Braz) (Escobar) Técnico: Técnico: Renato Alexandre Paiva Mendes(auxiliar) Gols: Faravelli, aos 7 e aos 15 minutos do segundo tempo (Independiente del Valle); Diego Souza, aos 8 minutos do primeiro tempo (Grêmio).Árbitro: Néstor Pitana (ARG).Cartões amarelos: Vite, Mera e Segovia (Independiente del Valle); Rodrigues, Brenno e Ruan (Grêmio). Cartão vermelho: Ruan(Grêmio). Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (PAR).

foi expulso pelo segundo cartão amarelo aos 15 minutos. Na cobrança de pênalti, Faravelli deslocou Brenno, chutou no canto esquerdo e decretou a virada. Mesmo com um jogador a mais o Independiente buscou administrar a vantagem.

Internacional estreia fora de casa no próximo dia 20

O Inter já sabe qual caminho precisará percorrer na Libertadores. Em sorteio virtual realizado pela Conmebol no início da tarde de ontem em Luque no Paraguai, o Colorado caiu na chave B, ao lado de Olimpia-PAR, Deportivo Táchira-VEN e Always Ready-BOL. Após o sorteio, a Confederação Sul-Americana de Futebol também divulgou a tabela de jogos da fase de grupos, acompanhada das data-base para cada partida. O Inter estreia como visitante, diante do Always Ready, no próximo dia 20 de abril. O técnico Miguel Ángel Ramírez teve uma semana sem jogos

para treinar forte e ajustar detalhes da equipe para a reta final do Gauchão. Foram cinco dias de trabalhos intensos, exercitando as partes físicas, técnicas e táticas. Agora, o elenco descansa no fim de semana antes do próximo desafio pelo Estadual. Na manhã de ontem, o grupo se apresentou no CT Parque Gigante. A comissão técnica organizou atividades de troca de passes curtos, posse de bola e depois complementou com um exercício tático, orientando posicionamento e movimentação da equipe.O fim de semana será de folga para o elenco, que voltará aos treinos na segunda-feira no turno da manhã. O próximo jogo do Inter no Campeonato Gaúcho é na quarta-feira (14.4), às 21h30, contra o Aimoré, no Estádio Cristo Rei, pela 10ª rodada da primeira fase do Gauchão.

LIBERTADORES Chave A Grupo A: Palmeiras, Defensa y Justicia-ARG, Universtario-PER, G2 (Grêmio ou Del Valle-EQU)

Grupo F: Nacional-URU, Universidad Catolica-CHI, Argentinos Juniors-ARG, G1 [Libertad ou Atletico Nacional-COL)

Grupo B: Olimpia-PAR, Internacional, Deportivo Táchira-VEN, Always Ready-BOL

Grupo G: Flamengo, LDU, Vélez Sarsfield-ARG, Unión Calera-CHI

Grupo C: Boca Juniors-ARG, Barcelona Guayaquil, The Strongest-BOL, G4 (San Lorenzo ou Santos) Grupo D: River Plate-ARG, Independente Santa Fe-COL, Fluminense, G3 (Bolivar ou Jr Barranquila) Grupo E: São Paulo, Racing-ARG, Sporting Cristal-PER, RentistasURU)

Grupo H: Cerro Porteño-PAR, Atlético-MG, América de Cali-COL, Deportivo Laguaira-VEN

Ricardo Duarte/Internacional

DOIS TOQUES

SÁBADO E DOMINGO,10 E 11 DE ABRIL DE 2021

Jogos do Inter: 20/04 – Always Ready x Inter 27/04 – Inter x Deportivo Táchira 04/05 – Inter x Olimpia 11/05 – Deportivo Táchira x Inter 18/05 – Olimpia x Inter 25/05 – Inter x Always Ready

Atacante peruano Paolo Guerrero busca adquirir melhor ritmo de jogo


18

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

TRIBUTOS

Estado protocola projetos de apoio à economia na Assembleia O governo do Estado protocolou na Assembleia Legislativa, na quinta-feira, um conjunto de projetos que foram apresentados aos deputados estaduais da base aliada. Os projetos têm intuito de estimular o desenvolvimento econômico como estratégia de enfrentamento à pandemia no Estado. Ao todo, são oito propostas apresentadas ao Parlamento sob regime de urgência. A partir disso, há o prazo de 30 dias para serem apreciadas. Após o período, as proposições passam a trancar a pauta de votações. O primeiro projeto diz respeito a uma reforma operacional do Fundo Operação Empresa do Estado do Rio Grande do Sul (Fundopem/RS). A nova legislação proposta pelo Estado prevê maior facilidade para aquisição do incentivo. A proposta é oriunda do Descomplica RS. O segundo, aumenta em R$ 30 milhões a destinação de recursos estaduais do ICMS para apoio a projetos de incentivos nas áreas de cultura, assistência social e esporte. Empresas que apoiam projetos nesses setores abatem os valores destinados

via crédito presumido do ICMS. Consideradas atividades altamente prejudicadas na pandemia, poderão ter aporte de até R$ 101 milhões via ICMS em 2021. Um terceiro projeto, proposto por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, busca realizar uma reforma do Programa Estadual de Desenvolvimento Industrial (Proedi). A nova lei estenderá o benefício também para atividades correlatas às indústrias (logística, serviços e armazenamento), com abatimento de 90% no valor da área para indústrias e de 50% para outras atividades. Há também a medida que busca a transferência de saldo credor de ICMS por estabelecimento industrial fabricante de silos metálicos para cereais, criando uma possibilidade atualmente não prevista na legislação. Neste setor, insumos utilizados na produção são adquiridos, em regra, com carga tributária superior à aplicada nas saídas, o que faz com que os contribuintes acumulem significativos montantes de saldo credor, com chance de utilização limitada pela legislação tributária vigente.

projetos protocolados nesta quinta: *PL 74/2021 – Reforma operacional do Fundopem *PL 75/2021 – Cultura, esporte e assistência via ICMS *PL 76/2021 – Reforma do Proedi *PL 77/2021 – Benefícios para silos metálicos, resinas e facilitação para importação no Procam *PL 78/2021 – Aquicultura *PL 79 e 80/2021 – Contragarantias para captação de recursos pelo BRDE *PL 81/2021 – Marco Legal do Gás Canalizado Uma outra medida é voltada à agricultura e tem o objetivo de compatibilizar sistemas produtivos de criações de espécies exóticas, meio ambiente e maior segurança jurídica. Ela é aliada ao grande potencial aquícola do Estado, a Câmara Técnica da Aquicultura, vinculada à Secretaria Executiva do Conselho Gaúcho de Pesca e Aquicultura Sustentável (Congapes) e define e disciplina a atividade de aquicultura no Rio Grande do Sul. Dois outros projetos tratam

da oferta, por parte do governo do Estado, de contragarantias para que o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) possa captar fundos no exterior junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Serão dois programas, divididos em dois projetos de lei. Por fim, o Executivo propôs uma legislação que quer preparar o Estado para se inserir no novo mercado de gás, ampliando o acesso ao energético e incrementando as condições de suprimento. e atendimentos.

Governo faz campanha por distanciamento e máscara

Após autorização dada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o Palácio do Planalto promove campanha a favor do uso da máscara de proteção facial e pelo distanciamento social. Trata-se de uma nova fase dentro da campanha divulgada pelo Ministério da Saúde. As mensagens foram publicadas em perfis oficiais do Planalto no Twitter e no Facebook. Mesmo com a vacinação contra a covid-19 avançando cada vez mais, é muito importante continuarmos cuidando uns dos outros. Por isso, lave sempre as mãos com água e sabão ou utilize álcool em gel, evite aglomerações, mantenha o distanciamento e use máscara", diz uma

das mensagens nas redes sociais. A nova campanha já vinha sendo preparada antes mesmo da chegada do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, à pasta, mas ela não avançava justamente pela resistência do presidente da República. Queiroga, porém, insistiu, inclusive publicamente, afirmando que "daria o exemplo" e defenderia o uso de máscara e de medidas de distanciamento Segundo fontes do governo, nos últimos dias Bolsonaro percebeu que precisava ajustar o seu discurso e autorizou a nova campanha. Há receio entre fontes ligadas ao Ministério da Saúde de que o presidente (como é de costume) volte atrás em algum

posicionamento e isso acabe gerando insatisfação com Queiroga, que é o quarto titular da Saúde no governo Bolsonaro. Até agora, a Saúde já gastou cerca de R$ 50 milhões em publicidade. Os números da nova campanha ainda não foram divulgados. Além das redes sociais, estão programadas inserções publicitárias em rádio e televisão com o mesmo foco. Além da campanha, o Ministério da Saúde vai lançar nos próximos dias um novo portal com informações. O uso de máscaras só não é recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pela Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para crianças abaixo de 5 anos.

Estado tem a sétima semana consecutiva de bandeira preta

Entidades médicas definem critérios para triagem de paciente em UTIs

O Rio Grande do Sul entra na sétima semana consecutiva em bandeira preta. O mapa da 49ª rodada do Distanciamento Controlado segue com as 21 regiões classificadas em risco altíssimo devido à ainda grande pressão sobre a capacidade hospitalar. Mesmo com a melhora em indicadores de internação de leitos clínicos e de UTI e com redução no número de óbitos, a trava de segurança do modelo ainda é acionada pela baixa quantidade de leitos de UTI livres.

Diante do esgotamento dos leitos públicos de terapia intensiva, entidades médicas lançaram ontem um documento com recomendações para a triagem de pacientes em UTIs respeitando critérios clínicos, éticos e jurídicos. Na prática, as recomendações são para decidir quem deve ser escolhido para acessar prioritariamente o leito porque tem mais chance de sobreviver, a partir de informações técnicas sobre a vitalidade, a presença de comorbidades e a fragilidade dos doentes.

1964 O socialismo avançava a pleno no Brasil, promovido por Jango com o apoio dos sindicatos e outras forças da esquerda. Então veio a revolta popular, burguesa, de classe média, suportada pelas forças armadas. Todos os que se opunham à ditadura socialista festejaram lá e podem festejar agora. 1967 O que começou com um golpe contra o socialismo, se transformou num movimento fascista. Antes e depois de 1964, não existia, como não existe até hoje, nada que lembrasse estarmos sendo governados com base em princípios liberais. Antes de 1964 e depois de 1967, os governos desprezavam os direitos individuais. Entre 1964 e 1967, também, porém muitos direitos que vinham sendo retirados estavam sendo devolvidos em parte. CHILE No dia 31/03, fico pensando sempre no Chile. Allende era o nosso Jango, um pouco mais extremista. Mas aqui não se teve um Pinochet que, apesar de ter sido impiedoso com os socialistas (ou por causa disso), abriu o caminho para que princípios liberais fossem sendo implantados por lá. Hoje, os liberais que se opõem à 1964, que condenam a brutalidade de Pinochet e os abusos ocorridos a partir de 1967 no Brasil, usam o progresso chileno como modelo, como exemplo de país livre. Ora, sem Pinochet, o Chile teria chegado com Allende a uma situação igual ou pior do que aquela que pode ser vista em Cuba, na Argentina ou na Venezuela dos dias atuais. CONTROVERSO É fácil louvar as consequências de um fenômeno controverso, evadindo-se do que foi que as causou. É fácil também dizer que se queria os mesmos resultados mas que o modo de chegar a eles deveria ser diferente. É fácil, mas não é coerente e nem foi o que aconteceu. 1964 só não é louvado pelos que apreciam o que aconteceu no Chile, porque houve 1967 e uma guinada dos revolucionários para o fascismo. Tivessem os militares, e os civis associados, adotado uma agenda liberal, não estaríamos aqui pisando em ovos quando falamos da revolução da classe média amedrontada com a ameaça marxista. Como a Revolução Farroupilha, a Revolução de 1964, que acabou por implantar o fascismo no Brasil, nutrir o socialismo e riscar do mapa político os liberais, também não foi vitoriosa. Por que então comemorá-las mesmo? (Roberto Rachewsky)


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abRiL de 2021

OPERAÇÃO

Polícia Civil desarticula facção criminosa em Ijuí As forças de segurança tiveram êxito no combate ao tráfico de drogas em Ijuí. Na manhã de quinta-feira, a Polícia Civil deu fim à segunda fase da Operação Conexão, que teve início em fevereiro com as investigações e resultaram em sete indiciamentos por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, três mandados de prisão preventiva por tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico de entorpecentes e cinco mandados de busca e apreensão. Os mandados de busca foram cumpridos nos bairros Storch, Alvorada e Boa Vista, bem como no Instituto Penal de Ijuí (IPI) e na Penitenciária Modulada de Ijuí (PMEI). O trabalho foi coordenado pelo delegado de polícia, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Ijuí, Gustavo Rodrigues Arais. Um homem, natural de Curitiba, 39 anos, e com inúmeros antecedentes policiais, era o líder da organização criminosa, e comandava tudo de dentro da Penitenciária Modulada de Ijuí. Em nota enviada para a imprensa, os policiais lamentaram o

fato. “Infelizmente, faz parte da nossa realidade apenados da mais alta periculosidade terem acesso a telefones celulares, internet, etc”. O líder da facção criminosa foi mencionado, inclusive, em um vídeo que circulou pelos aplicativos de whatsapp na Comarca fazendo apologia ao crime e indiretamente ameaçando membros de várias carreiras jurídicas. Esse fato auxiliará na transferência do criminoso para um Presídio Federal (sem acesso facilitado a telefones). Contra ele foi decretado prisão preventiva em seu desfavor e a expectativa é de que ele receba, no mínimo, mais de 10 anos de condenação aproximadamente (cinco anos do tráfico, três da associação, somados a 1/3 pela reincidência específica), o que o tira de circulação por mais tempo (na prática, mais tempo preso). A companheira do líder da organização, 33 anos, de Três de Maio, igualmente multirreincidente, também foi presa na quinta-feira, por agentes da 2ª DP e encaminhada à Penitenciária. Ela, além de dividir a

Companheira do líder da facção foi presa na quinta-feira pelos policiais

liderança com o companheiro, repassava orientações e era responsável pelas operações financeiras da célula-criminosa. Já em Porto Alegre, um terceiro indivíduo foi preso por agentes da 10ª DP da Capital. Trata-se de um homem, 34 anos, natural de Santo Antônio das Missões, elemento responsável pela distribuição e logística das drogas, bem como pelo comércio das armas de fogo. Todos os envolvidos já haviam sido alvos da primeira fase da Operação Conexão, realizada em 2019. Durante a investigação ficou comprovado que eles atuam em toda a região, se utilizam de adolescentes, são muito bem equipados/organizados/armados, pertencem à uma facção criminosa, são multirreincidentes, praticam extorsões e suas atividades ilícitas fomentam os homicídios. Os demais integrantes, também indiciados no Inquérito Policial pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, exerciam funções diversas relativas à traficância e movimento dos entorpecentes. Na primeira fase da Operação Conexão, ocorrida em 4 de dezembro de 2019, foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão e 11 integrantes do grupo criminoso foram presos preventivamente. Quatro mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em celas de diferentes galerias da Penitenciária Modulada de Ijuí. Os presos lançavam mão, além de armas de fogo, de adolescentes infratores para o cometimento do tráfico de entorpecentes. Ao longo da investigação, iniciado no começo de 2019, foram presos outros dez integrantes da organização criminosa.

19

Força Tática conta com cinco novos integrantes O pelotão Força Tática do 29º BPM de Ijuí selecionou novos integrantes. Os cinco novos soldados foram recrutados levando-se em consideração características próprias e profissionais, como disciplina e camaradagem, que facilitam o desenvolvimento das atividades de policiamento em suas mais diversas modalidades desenvolvidas no dia a dia, bem com o convívio em grupo, já que as guarnições são compostas geralmente por quatro homens, ou com motocicletas (Rocam), em duplas. Conforme o comandante Marcos Heberle, o pelotão desenvolve diuturnamente suas atividades profissionais rotineiras em Ijuí, e está sempre pronto para apoiar os demais municípios da

área em ocorrências que fujam da normalidade. De acordo com o comandante, rotineiramente as atividades da Força Tática se voltam ao policiamento ostensivo, com atividades preventivas e de repressão aos mais diversos crimes. “Com o término da nova sede do nosso pelotão, uma área de 150m, que conta com academia e alojamento padronizado, conseguimos implementar atividades físicas diárias para o efetivo que entra de serviço, rotina de treinamento operacional, reuniões e manutenção de armamento longo e de porte individual, semanalmente. Com a vinda destes policiais o pelotão agora conta com 21 homens”, destacou.

O pelotão, com a chegada dos cinco integrantes, passa a ter 21 homens

Capotamento é registrado no Centro do município Um capotamento foi registrado na tarde de ontem na esquina da Rua 20 de Setembro com a Rua Tiradentes, no Centro, esquina do Fórum de Ijuí. O acidente ocorreu por volta das 16h, quando um veículo Corsa, de cor branca, com placas de Ijuí, não respeitou a placa de pare e atingiu a lateral de um Gol prata, com placas do Mercosul. Com o impacto, o gol capotou e ficou com os eixos virados para cima. De acordo com o Departamento de Trânsito, nenhum dos integrantes dos veículos ficou ferido, havendo apenas danos materiais em ambos os carros. Além dos agentes de trânsito, a Brigada Militar também esteve no local do acidente.

Plantão

TOMBAMENTO

PRISÃO

ACIDENTE

APREENSÃO

INCÊNDIO

Uma carreta com placas de Lajeado tombou na BR-285, entre Coronel Barros e Ijuí. O acidente ocorreu por volta das 15h20 de quinta-feira. O fato ocorreu quando a carreta, após passar pela ponte do Rio Conceição, tombou no acostamento, após tentar fazer uma ultrapassagem. Ninguém ficou ferido.

Um homem, 36 anos, foi preso em Panambi por tráfico de entorpecentes. A abordagem ocorreu após denúncia anônima de que havia chegado uma caixa com drogas na residência do indivíduo. Na casa do homem foram apreendidos R$ 634, um celular, cocaína e crack. O homem foi recolhido à Penitenciária Modulada de Ijuí.

Um acidente de trânsito ocorrido ontem resultou em vítima fatal. A colisão frontal ocorreu entre um caminhão transportador de leite e uma caminhonete S10, no interior de Jóia. A vítima que conduzia a S10 ficou presa às ferragens. Ele foi identificado como Reinhardt Fuhr, 68 anos, natural de Augusto Pestana.

Uma adolescente, 16 anos, foi apreendida por tráfico de drogas em Cruz Alta. O caso aconteceu durante a Operação Inquietação, que cumpriu 11 mandados de busca e apreensão na Cohab do município. Foram apreendidas porções de cocaína, uma balança de precisão e dinheiro. O MP investiga o caso.

Um incêndio destruiu uma casa em Catuípe na noite de quinta-feira. O sinistro ocorreu no bairro Santa Fé e causou perda total na residência atingida, bem como dos objetos, roupas e utensílios da moradora, uma mulher de 40 anos. Ninguém ficou ferido. As causas são desconhecidas.


20

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

ÍNDICES CRIMINAIS

Estelionatos mais que dobram em Ijuí Um dos crimes que mais tem ganhado força e vem sendo cada vez mais utilizados por criminosos é o de estelionato. Golpistas se aproveitam de vulnerabilidades nas redes sociais, clonam telefones e perfis e fazem diversas vítimas. Em Ijuí, somente no primeiro trimestre de 2021, os dados demonstraram um crescimento de 138% em relação ao primeiro trimestre de 2020. Foram registrados 141 golpes no período frente à 59 no ano anterior. No Rio Grande do Sul, os números mantêm a mesma média. Nos três primeiros meses do ano, 19.144 golpes foram registrados no Estado, um aumento de 107% em comparação a 2020, quando houve 9.246 registros do crime. Em relação ao primeiro trimestre de 2019, a comparação é ainda mais desigual. Apenas 6.605 crimes de estelionato ocorreram no Rio Grande do Sul, um crescimento de quase 200%. Os dados foram divulgados na tarde de quinta-feira pela Secretaria de Segurança Pública. Além dos crimes de estelionato, Ijuí também apresentou

elevação em relação aos casos relacionados ao tráfico de drogas. Foram 14 ocorrências registradas, enquanto que em fevereiro apenas quatro haviam ocorrido. Em todo o trimestre, o total de ações voltadas ao tráfico equipara ao ano anterior. Já são 31 ocorrências, contra 33 em 2020. Os homicídios também tiveram um pequeno aumento. Três ocorreram no mês passado, maior número do ano. Os demais índices seguem a tendência de todo o Rio Grande do Sul e apresentaram quedas significativas. A principal delas, em relação ao mês de fevereiro, é no que diz respeito aos furtos que teve seu índice reduzido pela metade, sendo 20 ocorrências registradas em março. No mês anterior, o total de furtos foi de 42. A razão para a diminuição está na restrição de horários de circulação impostos pelo governo estadual, que fez diminuir a quantidade de pessoas à noite nas ruas e também as ações policiais que foram amplificadas. No Rio Grande do Sul, mais uma vez os indicadores apre-

sentaram queda significativa nos seus dados. A principal variação foi nos índices de feminicídio, onde houve a redução de 77% neste tipo de crime. Com três casos registrados o índice no Estado é o menor em toda a série histórica de contabilização, iniciada em 2012. De acordo com os dados, o acumulado nos feminicídios no primeiro trimestre apresentou uma tendência de queda. Enquanto 2020 havia apresen-

Dois são capturados por tráfico em Ijuí Guarnições da Força Tática da Brigada Militar efetuaram a prisão de um homem e apreenderam um menor por tráfico de entorpecentes na noite de quintafeira, em Ijuí. A ação ocorreu na Rua Jorge Leopoldo Weber, no bairro Lambari, onde, segundo informações, um indivíduo pertencente a uma organização criminosa, vindo de outra cidade estaria traficando naquele lugar. No local, os policiais abordaram uma pessoa que saía na boca de fumo. Ele foi identificado como um homem, 36 anos, natural de Porto Alegre, com antecedentes por posse de entorpecentes, furto qualificado, receptação e tráfico de entorpecentes. Durante a busca pessoal foi apreendido com ele 50 pedras de crack e R$ 74 em dinheiro. Em diligências feitas no local em que o suspeito saiu foi abordada uma adolescente do sexo feminino, 17 anos, também de Porto Alegre. Com ela foi apreendido 78 pedras de crack e uma porção de maconha.

Foram apreendidas 128 pedras de crack e dinheiro com os criminosos

Próximo ao ponto de tráfico foi abordada uma moto Honda Pop 100, que, segundo informações, estaria sendo utilizada para recolher o dinheiro para a mesma organização criminosa. O seu condutor foi identificado como sendo um homem, 26 anos, natural de Ijuí, com antecedentes por ameaça e por fornecimento de produto que causa dependência para adolescentes. Com ele foi apreendido o valor de R$ 236

em espécie. Os policiais deram voz de prisão aos acusados maiores e a adolescente foi apreendida. Após os procedimentos de praxe, todos foram conduzidos e apresentados na Delegacia de Polícia, junto do material apreendido. Lá foi lavrado o flagrante por tráfico de entorpecentes para o primeiro indivíduo e a adolescente foi apreendida pelo tráfico de entorpecentes. O condutor da motocicleta foi qualificado como suspeito, para apuração da sua participação em Inquérito Policial.

tado elevação considerável, com soma de 27 vítimas contra 15 nos três meses iniciais do ano anterior, o acumulado de 2021 recolocou a curva na tendência de queda. De janeiro a março, o total ficou em 18 vítimas, o que representa queda de 33%, para o segundo menor total da série histórica. Outro crime contra a vida que manteve a tendência de redução no Estado foi o homicídio. O número de vítimas

em março caiu de 155, no ano passado, para 121, o que representa retração de 21,9%. Com o resultado, o acumulado do primeiro trimestre também fechou em queda. Em todo o RS, houve 402 vítimas entre janeiro e março deste ano contra 493 no mesmo período de 2020. De acordo com a SSP, a estratégia adotada no RS Seguro se mantém como fator fundamental para puxar a queda no total de homicídios no Estado.

Vítima de acidente entre carro e bicicleta vai a óbito

Um homem, 49 anos, teve morte confirmada na manhã de quinta-feira no Hospital de Caridade de Ijuí. Ele foi vítima de um acidente de trânsito que ocorreu na manhã do dia 1º de abril, na Rua Sepé Tiarajú, no bairro Glória. A vítima, identificada como Cláudio do Amaral . Conforme boletim de ocorrência, o homem voltava do trabalho de bicicleta quando colidiu com a porta de um veículo, um Honda HR-V, enquanto passava. Ele foi arremessado ao chão e bateu a cabeça com o impacto. O Serviço de Atendimento Móvel e Urgência foi acionado e Cláudio, que já estava de pé, se negou a ir até o Hospital. Ele assinou um termo para abrir mão do atendimento e foi liberado. Segundo consta no registro da ocorrência, ele foi orientado a não dormir. Após retornar para casa, três horas depois do acidente, Cláudio aparentou estar desorientado. O Samu foi novamente chamado e conduziu o homem até o HCI.

Ao passar por exames, o homem precisou passar por uma cirurgia no crânio. Ele ficou em estado de coma desde então, até ocorrer a sua morte. Cláudio, segundo o laudo médico, a sua morte foi por traumatismo craniano encefálico. A morte é investigada pela polícia.

Cláudio do Amaral


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

RESTRIÇÕES

Unimed revisa seu Plano de Contingência

A estrutura do Pronto Atendimento do Hospital UnimedNoroeste-RSvoltou a ser unificada, mantendo áreas distintas para acolher pacientes com sintomas compatíveis à covid-19 e aqueles que apresentam outras manifestações clínicas. Tal medida foi avaliada pela equipe técnica, que permanece atenta ao cenário instável provocado pela pandemia do novo coronavírus. Por alguns meses, o atendimento ambulatorial e de emergência havia sofrido modificações devido à elevada demanda relacionada à doença. “Embora a redução da procura por atendimento emergencial, é importante frisar que a pandemia não acabou. A população deve

continuar seguindo os protocolos de segurança para evitar o retorno a período crítico como o que vivemos até poucos dias. Os números reduziram, mas pacientes com quadros graves seguem internados e continuam chegando à nossa instituição diariamente”, alerta o diretor técnico do Hospital Unimed NoroesteRS, médico Marcelo Miron. No mês de março, 1.245 pacientes procuraram pelo Pronto Atendimento com sintomas respiratórios compatíveis com a covid-19 - média de 40 atendimentos/dia. Esse número representa quase o dobro de atendimentos em comparação ao início do ano - em janeiro foram 642. Na recente melhora deste cenário, a média diária

NOTA DE AGRADECIMENTO JAIME LuIs COTTENs GHIsLENI *23/03/1960 +31/03/2021

21

Jovens disputam bolsas em curso gratuito Um time de 78 jovens representa o Rio Grande do Sul na disputa pelas 1,3 mil bolsas de estudo para a capacitação profissional em cibersegurança oferecidas gratuitamente pela empresa de tecnologia Cisco do Brasil. São estudantes de Ensino Médio, ou já formados, que podem ter a oportunidade de participar de uma formação de 140 horas, totalmente on-line, que prepara para carreiras especializadas em cibersegurança. No País, são aproximadamente 5 mil candidatos.

NOTA DE FALECIMENTO ERNO sCHROER *15/12/47 +02/04/21

Estrutura do Pronto Atendimento voltou a ser unificada

de atendimentos nos sete primeiros dias de abril é de pouco mais de 20 pacientes. Há uma queda também nos números de internações clínicas e de terapia intensiva na UTIAdulto, “porém, isso não configura ainda uma

estabilidade definitiva da situação da pandemia”, reforça. A revisão do Plano de Contingência, contudo, não representa flexibilização das medidas restritivas de circulação.

NOTA DE FALECIMENTO Os filhos: MARCOS CARVALHO FONTOURA; LORENÍ DA FONTOURA DALLA CORTE; PAULO JOSÉ CARVALHO FONTOURA E MOACIR CARVALHO FONTOURA (in memorian); onze netos, dez bisnetos, um trineto e demais familiares, participam o falecimento de

NOEMI CARVALHO DA FONTOuRA

Por incontáveis vezes nós mentalizamos te buscar na porta do hospital com uma placa escrita “eu venci a covid-19”. E você venceu. Você venceu porque a covid-19 jamais será maior do que a história que você construiu, do que o amor que você tinha pela tua família, do que a intensidade com que você vivia a vida e do que a disposição que você tinha em ajudar aos outros. Você venceu porque nos teus 61 anos de vida você deixou marcas e lembranças muito bonitas em cada um que cruzou teu caminho. Você venceu porque construiu, com muito amor, ao lado da nossa mãe, uma família incrível. Seremos sempre nós 4. Hoje fazem 10 dias que você partiu deste plano, deixando uma dor que não cabe no peito, um vazio difícil de entender. Mas nosso coração, hoje, dói menos, porque conseguimos perceber, aos pouquinhos, a oportunidade que a vida nos deu de conviver com este homem maravilhoso que você foi e sempre será. Se foi bênção, sorte ou mero acaso, não sabemos, mas que felicidade foi viver todos estes anos ao teu lado. Queremos registrar nosso mais sincero agradecimento aos médicos e amigos Douglas Uggeri e Martha Fonseca da Silva, bem como a toda equipe da Unimed e especialmente do HCI, que não mediram esforços para que o nosso Jaime se sentisse amado. Queremos agradecer, também, ao apoio e suporte que temos recebido de amigos e familiares. Com muita saudade e com a certeza de que nos reencontraremos, da tua esposa e parceira de vida, Liane, e daquelas que são a tua criação e carregam na carne a tua história e a tua existência, filhas Pâmela e Rafaella.

Viúva de José Silva Fontoura, ocorrido no Hospital Unimed, em decorrência de longas enfermidades. A família agradece, sensibilizada, aos amigos e parentes pelas suas preces, e aos médicos ADAIR GARAFFA, IBRAHIM EL AMMAR, CARMEN COPETTI, MARIA LEOCÁDIA PADILHA e aos plantonistas que, durante muitos anos a atenderam em consequência de suas doenças. Gratidão, igualmente, às Equipes do Hospital Unimed, que foram incansáveis com seus cuidados: Enfermagem, Nutrição e Alimentação, Limpeza, Farmácia, Laboratório, Portaria, Pronto Atendimento, e demais funcionários. Agradecimento especial à fisioterapeuta Tamara Marzari, às cuidadoras Nair, Iloni, Elaine e demais cuidadoras que auxiliaram durante muitos anos. “O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor para todo o sempre." SALMO 23

Ijuí/RS, 10 de abril de 2021.

Ijuí, 10 de abril de 2021.

*12/03/1935 +03/04/2021

Esposa Mariado Carmo Weinert Schroer, filhos Maurício, Cristiano e Diogo, noras Michele, Daniela e Eliana e netos, participam com pesar o falecimento de ERNO SHROER, ocorrido em 02/04/2021, aos 73 anos. Família agradece as mensagens de carinho. Ijuí, 10 de Abril de 2021

AGRADECIMENTO E HOMENAGEM JORGE LuIs sCHOTT *20/04/1966 +29/03/2021 A esposa Carmen Antunes, enteada Gabrielle Antunes Seibert, Pai Vendelino Schott, irmãos Vilson, Rose e Paulo Schott, cunhadas, cunhados e sobrinhos, comunicam o falecimento de JORGE LUIS SCHOTT. Agradecem a todos pelas mensagens de carinho e conforto neste momento doloroso. Em especial à equipe do CACON, pela amizade que estabeleceu nos dois anos de tratamento. Ao Dr. Guilherme Brondani que o atendeu por último de forma muito humana, dedicada e carinhosa, ao Dr. Fábio Franke, que o diagnosticou no início da enfermidade, mobilizando os profissionais do CACON para o melhor tratamento possível, ao Dr. Alison Castanho, Drª Letícia, Drª Caroline e demais médicos, aos atendentes do balcão, enfim, a todos os profissionais do CACON. Agradecimentos a equipe do HCI ( recepcionistas, porteiros, enfermeiros, médicos...), por todas as vezes que precisou de atendimento, com presteza e tratamento muito humano. À Dra. Paula Birk pelas palavras de consolo e carinho à família. À APECAN por ter contribuído com o tratamento. À equipe da Empresa Buenão, Cascavél/PR, na qual atuava como representante comercial. Ao Esporte Clube São Luiz de Ijuí, pela homenagem realizada ao Jorge; Aos dirigentes da Funerária Ademir & Filho; Aos amigos, vizinhos e a todos que prestaram homenagens de conforto. A família se conforta com a mensagem: "EU SOU A RESSUREIÇÃO E A VIDA, QUEM CRÊ EM MIM, AINDA QUE MORRA, VIVERÁ ( João 11,25.) Carmen Antunes - Esposa Ijuí, 10 de abril de 2021.


22

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abril de 2021

CAUSA ANIMAL

"Ainda não apresentamos as ações, mas isso vai acontecer"

A causa animal voltou a ser pauta de discussões em Ijuí. Isso ocorreu após uma cobrança na Câmara de Vereadores e dos protetores da causa em relação às ações voltadas para a área, que não foram apresentadas ainda pelo Executivo. Entre as cobranças estão a apresentação de um planejamento dessas ações que deveriam ter ocorrido em março, o que segundo o prefeito Andrei Cossetin só não ocorreu devido à bandeira presta, e outra é no que tange o uso do Centro de Bem-Estar Animal. Conforme a titular da Coordenadoria de Proteção Animal de Ijuí, Melissa Machado Ferreira, em um primeiro momento, essas ações não estão sendo divulgadas justamente para

Centro de Bem Estar Animal foi alvo de críticas, assim como a falta de ações

não causar falsas expectativas. "Ainda não lançamos um programa de ação, mas isso vai acontecer", salienta. Melissa também destaca

que a ideia é atuar na raiz do problema. "Nossa preocupação não é de conseguir um lugar para recolher os animais, mas criar um programa de controle de

saúde animal e desenvolvê-lo, junto das escolas e com outras secretarias, para orientar a população", disse. A coordenadora explica que estão procurando alternativas para uma ação mais direta no cuidado com dos animais. Uma das ações feitas neste ano foi referente a um convênio com a Unijuí, que ajuda a recuperar animais vítimas de atropelamentos e outros acidentes, que estejam em situação de rua. Neste primeiro momento não há a intenção do Executivo em abrir um canil ou um abrigo. Apesar dos esforços, boa parte das ações bate de frente nos recursos financeiros. Um projeto que incentiva a doação voluntária para o Fundo do Bem-Estar animal foi aprovado na última sessão da Câmara e poderá ajudar na questão.

Faturas da Corsan podem ser impressas na internet A Corsan disponibiliza em seus canais digitais diversos serviços ao cliente. Um dos mais solicitados é a emissão de segunda via da fatura de água e esgoto. A conta pode ser emitida por meio do site corsan.com.br, aplicativo e totem de autoatendimento nas unidades. Para oferecer um atendimento de qualidade aos seus clientes, a Companhia busca a evolução constante dos seus canais de relacionamento. Hoje, os canais digitais são os mais procurados, representando mais de 86% do total das demandas registradas.

O nível de digitalização dos serviços da Corsan está em 88%, tornando a Companhia referência entre os demais órgãos do governo do Estado. O destaque principal é a Central de Serviços, no site, canal que registra o maior número de solicitações e tem sido um diferencial no atendimento ao cliente desde o início da pandemia, oferecendo cada vez mais serviços. Nesse canal, o cliente pode registrar a sua solicitação, 24 horas por dia, sem necessidade de atendimento telefônico ou presencial, para os principais serviços. Ao investir na ampliação dos serviços

nas plataformas digitais, a Corsan agrega agilidade ao atendimento ao cliente, facilitando a solicitação de serviços, 24 horas por dia, 7 dias por semana. A modernização dos canais de relacionamento é estratégica para a Corsan, buscando a evolução com foco no cliente da Companhia. Oferecer novos canais de relacionamento, qualificar cada vez mais o atendimento e ampliar os serviços digitais ao cliente estão entre os objetivos. Para isso, novas funcionalidades estão sempre em desenvolvimento.

Executivo e militares unem forças para fazer limpeza Com o envio de um caminhão pipa, os militares participaram da higienização do local que começa novamente ter condições de receber eventos esportivos, sua função matriz. “Sempre acreditamos no trabalho em conjunto, sociedade, poder público e demais forças vivas sociais. Somos mais fortes, unidos, o que possibilita agilidade nas ações”, afirmou o prefeito Andrei Cossetin, em agradecimento parceria e ajuda dos militares.

Exército ajudou com o fornecimento de um caminhão-pipa para os servidores

VAGAS

CADASTRO

CAMPANHA

SOLIDARIEDADE

O Executivo divulgou Processo Seletivo Simplificado de Estagiário nº 01/2021. Nele, estão compreendidas vagas para atuar nas diversas secretarias do governo municipal. As inscrições vão até o dia 20 de abril e devem ser realizadas pessoalmente ou mediante procuração.

A Coordenadoria de Proteção Animal (CPA) está realizando o cadastro dos protetores independentes, pelo site do município. O cadastro é obrigatório e faz parte do planejamento para ações que irão beneficiar os animais sob responsabilidade dos protetores.

A Aapecan realiza a campanha Viva Aapecan – portas abertas para acolher, ao longo deste mês. O objetivo é atrair olhares ao trabalho da organização. Para seguir o compromisso serão realizadas ações virtuais em regiões de abrangência da Unidade de Ijuí.

O Colégio Tiradentes realizando uma campanha solidária que consiste na arrecadação de itens para auxiliar instituições que estão passando por necessidades em razão da pandemia. A entrega dos produtos está sendo feita no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e no Hospital Bom Pastor.

Uma parceria entre o Executivo de Ijuí e o comando do 27º Grupo de Artilharia de Campanha (27º GAC) tem rendido frutos em prol do bem do município. Nesta semana, a guarnição colaborou com a limpeza do Ginásio Municipal Wilson Mânica. De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Noel Torquato, que acompanhou os trabalhos, a situação estava deplorável.

Serviços

Publicitário fala sobre criação de conteúdo Susan Pereira, acadêmica de Jornalismo

Os alunos dos cursos de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda e Jornalismo da Unijuí, tiveram a oportunidade, de bater um papo com Lucas Schuch, que é publicitário, doutorando em Comunicação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e criador do projeto “Propaganda não é só isso aí”, que abordou a temática “Do podcast à criação de conteúdo”. Lucas, na oportunidade, falou sobre seu projeto de pesquisa no curso de mestrado, que foi baseado em traçar mapas sobre as inovações na publicidade, através do processo cartográfico. Surgiram, assim, pontos que caracterizam problemas e levantam questionamentos na indústria da publicidade. A partir disso, com o intuito de divulgar seu conhecimento e buscar por uma transformação na publicidade, o pesquisador criou a primeira frente de conteúdo do projeto, o podcast. O podcast “Propaganda não é só isso aí” atualmente conta com cerca de 50 episódios e funciona baseado nos pontos problemas, sendo utilizados como métodos de investigação, através de discussões de projetos e soluções pertinentes com profissionais que tenham rompido e criado uma iniciativa em comunicação. Lucas ressalta que ainda existem alguns problemas em trabalhar com podcasts, como monetizar, distribuir e entregar o conteúdo. Desta maneira, o publicitário precisou compreender em qual rede os ouvintes estavam. “Eu queria ser podcaster, só que acabou que foi inevitável. Para fazer as pessoas me escutarem, comecei a criar conteúdo, e isso trouxe mais pessoas.” Através do Instagram, Lucas começou a criar conteúdos com gatilhos mentais, instigando os seguidores a procurar mais informações e aumentar a audiência nos podcasts. Desta forma, o publicitário criou algumas estratégias para aumentar os compartilhamentos e também um guia para a produção de conteúdo, tanto para Instagram quanto para curadoria de pessoas. "


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de abRiL de 2021

23

Memória JM Notícias de ABRIL de 1986 Armindo Pydd

MAIS DO MESMO 1 - Nesta semana foi quebrado o record de óbitos por covid-19. Durante um dia mais de 4 mil ao mesmo tempo em que se anunciava que mais de 600 novas covas são abertas diariamente em São Paulo. 2 - Aumentou muito o número de brasileiros que passam fome, teria triplicado, seria a soma da população dos países Paraguai, Uruguai e Chile, que somados chegam perto de 30 milhões. Também veio a informação de que diminuiu o número de brasileiros que estão contribuindo com doações de comida para diminuir o sofrimento dos que passam fome.

E

É tempo de ver o cometa Halley

stamos na semana decisiva para melhor observação do cometa Halley, pois ele alcança a distância mínima da Terra durante sua trajetória, ou seja, 63 milhões de quilômetros. Embora para alguns ele já seja uma decepção, pois em março a sua aparição era tênue e ele mais parecia um borrão no céu, ainda resta uma esperança de que a sua esplendorosa figura possa ser apreciada com mais nitidez nos céus do dia 11 de abril, quando vôos noturnos e festas em altos edifícios já foram alvo de cuidadosos e bem bolados esquemas de marketing em todo o Brasil. Para nós, ijuienses, a decepção será ainda maior se o tempo chuvoso persistir, determinando o céu encoberto à noite e impossibilitando a visão do Halley nesta sua 29ª aparição registrada historicamente.

3 - Realizaram-se leilões de privatização de diversos aeroportos e de uma ferrovia, todos com sucesso. Isso indica que o capital estrangeiro que está disponível e que é muito, está interessado no Brasil e fez com que também o ministro Paulo Guedes fizesse a seguinte afirmação: “estamos no caminho da prosperidade”. 4 – Em Ijuí a fila está andando. Se compararmos com municípios da região, que equivalem população ao nosso município podemos dizer que aqui estamos com novidades positivas. Novas empresas se instalando e as que já estão aí se fortalecendo cada vez mais, a exemplo da saúde e da educação, agronegócio e construção civil. Então, aqui entre nós temos essas notícias boas, apesar de também termos já tantos óbitos e tanta gente sofrendo com a pandemia. 5 - A discussão sobre abertura das igrejas agora está no Supremo Tribunal Federal. E aí vêm as mais diversas posições. É de se salientar, como disse o pastor Garros, ijuiense, radicado no Canadá, que na verdade cada um dos cristãos é em si mesmo uma igreja. Ou como destacou o ex-ministro da justiça Mendonça, que o Cristão de maneira nenhuma vai contribuir para o óbito de alguém, porque ele não mata, ele toma todos os cuidados, mas estariam sim dispostos a morrer pela fé. 6 – A Letônia está instituindo um dia nacional da limpeza. Todo país naquele dia, a população inteira, limpa o seu pátio, a sua calçada, a sua rua a vizinhança, para que o país seja cada vez mais agradável. Isso que já é muito limpo aquele país. Que tal uma cidade como Ijuí começar algo assim no seu bairro. E se isso realmente tiver adesão como seria diferente o aspecto de nossa cidade.

Pedágio do Muito Obrigado Nesta sexta-feira [dia 11], voluntários e voluntárias da Sociedade de Amparo e Bem Estar da Velhice estarão espalhados pela cidade para receber as voluntárias doações da comunidade. Será o Pedágio do Muito Obrigado, que vai beneficiar a continuação das obras da Aldeia Agape, mantida pela Sabeve. As obras da Aldeia iniciaram há mais de dez anos e compreendem fundamentalmente um núcleo habitacional com seis módulos. Três deles estavam concluídos em 84, quando foi inaugurado o lar e lá passaram a residir os primeiros idosos. Hoje são 25 os moradores, ainda há acomodações disponíveis e são muitas as reservas.

AIMC tem novos dirigentes

A foto do Halley no JM Às 4h45min, na madrugada de quinta-feira [dia 10], o nosso fotógrafo Eurides Martins (Pancho) teve a felicidade de tirar algumas fotos do Halley, mesmo que a sua nitidez não fosse a esperada, documentando para o nosso jornal a passagem do cometa errante. Pancho utilizou uma máquina Yashica, equipada com teleobjetiva Zoom 80 a 200 milímetros, variando o tempo de exposição entre oito a 10 segundos. O filme utilizado foi de 400 asas. Pancho disse que valeu a pena se acordar de madrugada para fotografas o Halley, mesmo que no filme não apareça nada além do que pequenas manchas. A foto está publicada na capa desta edição [dia 12].

A Associação Integração MuseuComunidade escolheu seus novos dirigentes em assembléia geral realizada no último sábado [dia 5] em dependências do Museu Antropológico Diretor Pestana. Alfredo Adolfo Beck foi reeleito presidente, sendo para os demais cargos eleitos os seguintes: vice-presidente – Lothar Friedrich; 1ª secretária – Érica Tiede Weiler; 2º secretário – Ademar Campos Bindé; 1º tesoureiro – Hilário Barbian; 2º tesoureiro – Luiz Mário dos Santos de Araújo; vogais – Ciryllo Da Ros, Ulrich Löw e Argemiro Jacob Brum; Conselho Fiscal – Ernay Bastos Costa, Celeste Lucca e Luiz Carlos Ávila.

CONCURSOS CANDELÁRIA - A prefeitura abriu concurso para 70 vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva, de níveis Médio e Superior. As oportunidades são destinadas aos profissionais da área da Educação. A inscrição deverá ser feita de forma on-line apenas no site da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec), empresa responsável pela execução da seleção. Ela precisa ser feita até o dia 7 de maio. CAXIAS DO SUL - A prefeitura está com processo seletivo aberto para a contratação de profissionais para atuarem como agentes de saúde e de endemias. As oportunidades são de nível Médio, onde será formado cadastro reserva. Os interessados devem soli-

citar participação, exclusivamente via internet, até 18 de abril de 2021. Para isso será necessário acessar a página do processo seletivo no site da Legalle Concursos. CANDIOTA - A prefeitura realiza processo seletivo para a contratação de profissionais na área da Educação. São 12 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva em outras 21 vagas. Os interessados devem solicitar participação, até a próxima segunda-feira, no site da Legalle Consutsos ESA 2021 - Foi aberto edital para o concurso ESA 2021 que terá 1,1 mil vagas para os Cursos de Formação e Graduação de Sargentos (CFGS) das Áreas Geral, Música e Saúde do Exér-

cito. O certame possui oportunidades para ambos os sexos, em diversas localidades do País. Após a formação na Escola de Sargentos das Armas (ESA), os alunos se tornarão Sargentos. Os registros para o concurso ESA estarão disponíveis até o dia 4 de maio. As inscrições devem ser realizadas no site da ESA. NOVO CABRAIS - A prefeitura formará cadastro reserva. Serão fornecidas oportunidades para profissionais de nível Superior. O processo seletivo garante vencimentos de até R$ 1.858,84. As inscrições poderão ser feitas até o dia 19 de abril, no Protocolo Geral do Município, situado na Avenida 28 de Dezembro, nº 1.200, Centro, Novo Cabrais.


WWW.CLICJM.COM

INTER CONHECE RIVAIS NA LIBERTADORES

GRÊMIO PERDE NO PARAGUAI

Colorado ficou na chave de Olimpia, Deportivo Táchira e Always Ready. | 17

VACINAÇÃO CONTRA COVID ACONTECE HOJE Posto Central e Unidades de Saúde estarão abertos no período da manhã. |8

VEÍCULO CAPOTA NO CENTRO Após colidir, carro perde o controle e para com os eixos para cima. 19

"A estratégia em cortar cargos públicos tem dado certo gerando investimentos." Leia no editorial na página 6

PARCERIA NA EDUCAÇÃO Promotores do 14º Concurso de Redação Jornal da Manhã e Rotary Club de Ijuí reafirmam parceria com a rede estadual. 36ª CRE recebeu material de apoio para iniciar os trabalhos | 12

Tricolor saiu vencendo no primeiro tempo, mas foi derrotado pelo Independiente del Valle, do Equador. Time decide na Arena vaga para a próxima fase da Libertadores. Se vencer o jogo de volta por 1 a 0, conquista a classificação | 17

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - Sábado10e11.4.2021  

Jornal da Manhã - Sábado10e11.4.2021  

Profile for clicjm
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded