Page 1

m vida WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sábado e domingo, 25 e 26 de setembro de 2021

Ano 48 - Nº 100

R$ 4,00

Resistência das famílias diminui doações de órgãos Campanhas buscam incentivar o diálogo sobre o tema para aumentar número de transplantes. | 4

CONTRIBUINTES DEVEM R$ 50 MI DE TRIBUTOS À PREFEITURA

NOVA USINA HIDRELÉTRICA

Valor poderia ser usado para construir 37 escolas infantis no município. | 5

PSB DE IJUÍ COMEÇA DISCUTIR ATUAÇÃO NAS ELEIÇÕES DE 2022 Informação é do presidente do partido, o vereador César Busnello. | 14

LEI DE COTAS AINDA ENCONTRA RESISTÊNCIAS Para o professor Maiquel Wermuth, a expectativa é a renovação em 2022. | 9

Ceriluz recebe licença para construir a primeira hidrelétrica em Augusto Pestana | 18

BM MIRA QUADRILHAS DE TRÁFICO DE DROGAS SINTÉTICAS Polícia tem apreendido quantidades grandes de alucinógenos em Ijuí, como ecstasy e LSD. Apreensões passam, segundo o capitão Gilmar Bischoff, pelo trabalho da inteligência. | 19


2

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 25 E 26 DE SETEMBRO DE 2021

RADAR

OLHO DA RUA

REFORÇO O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou ontem a inclusão de profissionais da Saúde no grupo de pessoas que receberão uma dose de reforço da vacina contra a covid-19. A nova aplicação deverá ocorrer a partir de seis meses da imunização completa dessas pessoas. "Acabamos de aprovar a dose de reforço para profissionais de saúde, preferencialmente com a Pfizer, a partir de seis meses após a imunização completa. Essa já é a maior campanha de vacinação da história do Brasil", postou em suas redes sociais.

Na rua Albino Brendler, o ecoponto destinado para vidros se tornou, de forma incorreta, um local de descarte para outros materiais.

MEDICAMENTO Durante a gravidez, o paracetamol, recomendado para tratar dores e febres, deve ser usado somente quando houver indicação médica, na menor dose eficaz e pelo menor tempo possível. A lista de condições é defendida por um grupo internacional de especialistas que, ao apresentá-la, chamou autoridades de Saúde a reverem as regras para o uso do medicamento. Publicado na revista especializada Nature Reviews Endocrinology, o apelo é resultado da revisão de uma série de estudos científicos, publicados ao longo de 25 anos, que avaliaram os efeitos da droga em experimentos laboratoriais. ENSINO O Brasil tem 172.030 professores e professoras de Língua Inglesa na Educação Básica. Do total, 80,34% são mulheres e 19,66% são homens. A média de idade dos docentes é de 41,2 anos. Cada profissional leciona, em média, para cerca de 300 estudantes. Entre os docentes, 16,70% não têm Ensino Superior completo. Os dados fazem parte de uma pesquisa nacional inédita feita pelo Observatório para o Ensino da Língua Inglesa, uma plataforma on-line promovida pelo governo britânico e desenvolvida pelo British Council. INVESTIMENTOS O Brasil pode atrair investimentos externos na retomada econômica póspandemia, em especial do Reino Unido, se optar por projetos de infraestrutura sustentáveis e limpos. Estudo do Programa de Investimentos Verdes no Brasil (BGFP, na sigla em inglês), identifica a necessidade de R$ 3,6 trilhões em obras de infraestrutura.Com esse viés no Brasil nos próximos 20 anos e lista o que o Brasil precisa fazer para atrair investidores. JOVENS Um documento do Instituto Figueira Fernandes, da Fundação Oswaldo Cruz alerta para o aumento da gravidade da covid-19 em crianças e adolescentes da faixa etária de zero a 19 anos. De acordo com o levantamento, até agosto de 2021, foram notificados mais casos de internações pela doença, com pacientes na faixa etária de zero a 19 anos, do que em todo o ano de 2020. Até a última semana de dezembro do ano passado, foram 14.638 hospitalizações nessa idade. Entretanto, até agosto deste ano, já foram registradas 16.246 internações pela doença.

INDICADORES Poupança 19.9.2021 ................. 0,30 % Ouro 10.9.2021............. . R$ 301,67(gr) Dólar Comercial.................... R$ 5,2661 Dólar turismo ....................... R$ 5,4656 Euro .......................................... R$6,22 IPC/FIPE JULHO /2021.............. 0,96% INPC JULHO /2021 .................... 1,02% IGP-M JULHO /2021 ................... 0,78% IPCA JULHO /2021..................+0,96% TR JULHO/2021 ........................+0,0% SELIC JULHO./2021 ...............+5,25 %

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 0.207 2º - 3.493 3º - 1.972

ENTRE ASPAS " A Língua Brasileira Sinais, como qualquer outra, "Não queremos que o de individualismo, a postura e ostem erros um todo, com regras gramaticais, com sintaxe, desistema condução política cometidos pelo governador Joãotudo. Doria Écomprometam por meio dela que a gente se expressaque plenamente, interage a relação histórica os partidos têm em com asnacional pessoas esurdas, conserva nossa história enquanto nível estadual. Vamos acontinuar conversando com comunidade, semasisso a gente não temterá nada." o PSDB sobre eleições. O partido toda Presidente a disposição dadeAssociação Surdos deconjunta." São Paulo,Presidente Jorge Rodrigues diálogo e dos construção do DEM, ACM Neto "Nosso relacionamento institucional frutífero tem sido a razão pela qual este Supremo da Tribunal Federal se apresenta "É possívelara o Ministério Saúde." Vice-presidente da como exemplo vivo de que a democracia deriva do dissenso CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) institucionalizado, e não da discórdia visceral ou do caos generalizado" Presidente do STF , Luiz Fux "Esta CPAlguma coisa e alguém tema maneira que ser res" Graças ao Brexit, a leiaconteceu pode mudar e alterar de ponsabilizado isso." Senadora, Simone funcionamentopor dos exames de direção deTebet uma (MDB-MS) forma que não poderia ter acontecido se ainda estivéssemos na União Europeia." Ministro britânico dos Transportes, Grant Shapps

GETÚLIO

4º - 4.712 5º - 2.467 QUINA

CONC URSO nº

5666

04 25 28 37 70

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

23° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

10°

DOMINGO

MÁX.

28° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

11°

SEGUNDA

MÁX.

32°

Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

15°

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

AUTOMÓVEIS

Carros usados estão mais valorizados A paralisação das atividades de linhas de produção das montadoras de veículos no País afora se tornou uma constante desde o início da pandemia de covid-19. Diante da escassez de insumos e componentes, multinacionais se viram obrigadas a diminuir o ritmo e conceder férias coletivas aos funcionários, cancelar turnos de trabalho ou até suspender contratos e adiar lançamentos. A falta de carro novo para comprar aumentou preços no de veículos usados. Estudo da KBB Brasil, em-

Waldir Weller

presa especializada em pesquisa de preços de veículos, apontou reajuste médio de 13% no Rio Grande do Sul no primeiro semestre na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram considerados carros com idade entre quatro e 10 anos. "De abril para cá, durante a pandemia, valorizou muito os usados. Em todos os meus anos de trabalho e de experiência nunca havia visto o seminovo aumentar tanto de preço e chegar a quase ao patamar do veículo zero", disse em entrevista ao JM o gerente da Sponchiado Jardine de Ijuí, concessionária da Chevrolet, Valdir Weller. Dados da Fenabrave mostram que, até julho, cerca de 8,8 milhões de carros seminovos e usados foram comercializados no Brasil. São 3 milhões a mais do que o mesmo período do ano passado. O aumento, inclusive, também é visto em relação ao acumulado até julho de 2019, no período pré-pandemia, quando foram vendidos cerca de 8,1 milhões de veículos seminovos. "O veículo zero tem um custo Em todos os meus anos de trabalho e experiência nunca havia visto um seminovo aumentar tanto de preço."

Governador debate tema dos precatórios com TJRS Depois da entrega do Plano de Pagamento dos Precatórios do Rio Grande do Sul para 2022, o governador Eduardo Leite foi recebido, na tarde de ontem, no Palácio da Justiça, pelo presidente do Tribunal de Justiça (TJRS), desembargador Voltaire de Lima Moraes. O valor nominal para pagamento em 2022 foi estimado em R$ 2,1 bilhões. Cumprindo o prazo, o documento foi protocolado na terça-feira (21/9). Além de projetar os pagamentos para 2022, os chefes de Poderes, o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, os secretários da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso e da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, o subsecretário do Tesouro do Estado, Bruno Jatene e a juíza coordenadora da central de precatórios, Alessandra Bertoluci, discutiram as perspectivas para os próximos anos. “Assumimos o Estado com salários parcelados e atrasados, compromissos com hospitais, serviços de saúde e municípios em atraso, os quais não só colocamos em dia, como estamos pagando dívidas que havia nestas frentes e não deixamos mais atrasar, graças às reformas e medidas que aprovamos", afirmou o governador. Nos últimos anos, o Estado vem trabalhando na adoção de diferentes medidas para atenuar passivos que, no caso dos precatórios, somam cerca de R$ 16,5 bilhões.

elevado e todo mês é reajustado o preço e vai ficando mais difícil para o pessoal comprar um novo e o usado vai continuar com um forte mercado nos próximos meses", afirma Weller. Ao avaliar a retomada da produção de veículos da GM, o gerente de concessionária lembra que as fábricas da empresa voltaram a produção nos últimos 30 dias, "mas ainda não tem componentes suficientes para estar a todo a vapor, mas aos poucos vai retomando", disse. "As fábricas estão tirando alguns componentes eletrônicos, como os kits multimídias e internet de alguns veículos que usam muitos chips e condutores eletrônicos para poder voltar ao mercado normal", pontua o gerente. O objetivo é tentar depender menos de poucos fornecedores concentrados na Ásia. Com isso, a GM espera recuperar ao menos parte dos cerca de 200 mil veículos que deixou de produzir no período em que as unidades ficaram fechadas por falta de semicondutores. Ele lembra que a General Motors está investindo muitos milhões nas fábricas de veículos para que possam ser retomados os lançamentos dos novos automóveis. "Atrasou um pouco, mas está vindo a nossa nova caminhonete Montana, um nome consagrado para concorrer com o Fiat", ressalta.

3

Entidades empresariais debatem piso regional Entidades empresariais do Rio Grande do Sul estiveram reunidas nesta semana com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gabriel Souza (MDB), por videoconferência, para discutir o piso regional do Rio Grande do Sul. O parlamentar já havia tratado da pauta com entidades representativas dos trabalhadores em agosto. O grupo, formado por representantes da Fiergs, Fecomércio e Farsul também apresentou suas considerações em audiência pública da Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. O próximo passo será o agendamento de uma nova reunião, em data a ser definida, com todos os interessados para verificar se é possível alcançar algum avanço. O debate tem como base o projeto de lei 237/2021, protocolado pelo Executivo em julho. A proposta prevê a alteração do piso regional e a nova tabela de salário regional para 2021, fixando um reajuste de 2,73% sobre a tabela do ano anterior. Participaram do encontro o presidente da Fiergs, Gilberto Porcello Petry, o Gilberto Petry presidente da Fecomércio, Luiz Carlos Bohn, o diretor jurídico da Farsul, Nestor Hein, e o presidente da Comissão de Economia da Casa, deputado Zé Nunes (PT). Para Petry, a lei do piso regional é arbitrária e de posiciona contra a medida, que foi implementada em 2001, no governo de Olívio Dutra (PT). “É uma situação complicada essa, já são 20 anos que a gente luta com essa dificuldade, pois dá um barulho enorme, os deputados puxam para cá, para lá e no fundo o que deveria vir disso, que era uma melhoria salarial para os trabalhadores. O governo coloca arbitrariamente, infelizmente, a lei no Rio Grande do Sul é assim, e acaba refletindo sobre as negociações coletivas e demora para que a gente consiga aprová-las. Já estamos quase em outubro e as negociações não estão fechadas, por conta que se fica esperando esse valor. Nós sempre fomos contra e continuaremos sendo contra a este piso”, disse, em entrevista ao JM. Por outro lado, entidades representativas dos trabalhadores dizem que mínimo regional do RS se encontra congelado há mais de dois anos e sete meses. O último reajuste ocorreu em 1º de fevereiro de 2019. Eles cobram dos deputados estaduais a reposição de 10,3% no salário mínimo regional de 2021.

Renda média do trabalho encolhe Mesmo com o avanço da vacinação e com o retorno de trabalhadores informais e por conta própria ao mercado de trabalho, a recuperação da economia segue em ritmo lento. Já o rendimento médio dos brasileiros com algum tipo de ocupação está encolhendo e atingiu o valor mais baixo desde 2017. A renda média real do trabalho ficou em R$ 2.433 no 2º trimestre de 2021, o que representa uma queda de quase 7% na comparação com o mesmo trimestre de 2020 (R$ 2.613) já descontada a inflação do período. Os números integram levantamento elaborado pela consultoria IDados, com base nos indicadores da Pesquisa Nacional por

Amostra de Domicílio (Pnad) do segundo trimestre nos últimos 40 anos, e considera a renda real habitual da ocupação principal do trabalhador. Ou seja, valores já descontando a inflação. Embora a renda média ainda esteja em nível semelhante ao do valor pré-pandemia, um achatamento ainda maior ao longo dos próximos meses é dado como inevitável em razão do elevado número de desempregados em busca de uma oportunidade e pela retomada dos setores que

concentram as remunerações mais baixas. "Ainda são mais de 14 milhões de desempregados e a tendência é que as pessoas voltem subocupadas, ou seja, trabalhando menos horas do que gostariam e em empregos informais. Com mais gente nesses empregos que pagam menos, o rendimento médio vai cair mais. E as perspectivas de aumento da inflação só prejudicam ainda mais o quadro", afirma Bruno Ottoni, pesquisador do IDados e autor do estudo.


4

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de SeTembRo de 2021

ÓRGÃOS

Manifestar em vida pode ampliar doações Tema que assusta muitos até em pensamento, a morte inibe discussões essenciais para salvar vidas. A próxima segunda-feira é o Dia Nacional da Doação de Órgãos, instituído por lei em 2007, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre o tema, pautando discussões entre familiares e amigos. O Setembro Verde é a campanha mensal que também reforça a importância da iniciativa de se tornar um doador. O debate se torna ainda mais urgente ao se considerar o abalo provocado pela pandemia no número de procedimentos realizados. De acordo com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), registrou-se queda de 30% nas cirurgias desse tipo nos piores momentos da crise sanitária — o segundo semestre de 2020 e o primeiro semestre deste ano —, em decorrência da mobilização da rede hospitalar para priorizar o combate à covid-19. Durante a pandemia diminuiu o número de doadores e de transplantes no Rio Grande do Sul. Em 2019, houve 243 doações; em 2020 foram 182; e até agosto de 2021, 96. Em Ijuí, os números têm apresentado melhoras, principalmente, na questão da recusa familiar. Em 2019, foram 10 protocolos de doação de órgãos abertos, dos quais apenas uma captação foi feita e oito famílias recusaram a doação. Já em 2020, foram os mesmos 10 protocolos, e três captações foram feitas, com sete recusas. Neste ano, até o início de setembro, houve nove protocolos abertos, em que foram feitas duas captações. Os protocolos, no entanto, são abertos em todo caso suspeito de morte encefálica, de forma obrigatória.

Em Ijuí, HCI realizou duas captações neste ano; mas recusas ainda persistem

Doações em Ijuí No município, as doações de órgão são feitas junto a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (Cihdott) do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), que trabalha a partir dos protocolos de doações junto a Central de Transplantes do Estado. O trabalho é de grande relevância e importância para a sociedade, uma vez que realiza acompanhamento e apoio psicológico com as famílias, principais responsáveis por decidir pela doação de órgãos. "Atualmente a doação só é possível por meio de um gesto de muito amor ao próximo, gesto de empatia e solidariedade, pois, sabemos que existem inúmeras pessoas precisando de órgãos em estado de doença, necessitando do transplante. A doação só é possível pelo gesto nobre, gesto de bondade da família do potencial doador. Contudo, ainda existe bastante resistência por parte das famílias quanto a doação de órgãos. Isso acontece porque a maioria das pessoas não gosta de falar sobre a morte, pensar em perder

um ente querido. Há muito tabu em relação a isso e muita falta de informação", enfatiza a coordenadora do Cihdott e enfermeira intensivista, Dircelene Heck. Recusa familiar Hoje, o principal motivo para que a doação de órgãos não seja feita no Brasil é a negativa familiar. Somente no ano passado, segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, 43% das famílias recusaram a doação de órgãos de seus parentes após morte encefálica comprovada. "Para ser doador de órgãos, basta eu comunicar a minha família o desejo de ser doador de órgãos pois, quem faz a autorização da doação é a família. Muitas vezes o potencial doador não teria verbalizado em vida a sua vontade de ser doador de órgãos. Por este motivo há recusa por parte da família, pela falta de conhecimento em relação a este assunto", esclarece a enfermeira. Manifestar o desejo de se tornar um doador, deixando pais, filhos, irmãos e demais familiares cientes dessa decisão, dá segurança e tranquilidade

para quem será consultado a respeito do assunto pelas equipes responsáveis. Lista de espera Hoje, a lista de espera por transplantes praticamente dobrou do ano passado para cá. Em 2019, ao final do ano, haviam 1,4 mil pessoas na lista de espera e hoje existem 2,5 mil pessoas", disse. No Brasil, dados evidenciam que o número, anteriormente de 30 mil, passou para 40 mil. "Cada vez mais as pessoas estão ficando doentes e dependendo de um gesto nobre da família e de empatia para que se faça a doação de órgãos. A gente deve refletir, pensar que talvez poderia ser um familiar da gente que estaria nesta fila de espera. Hoje, tentamos e fazemos campanhas sensibilizando a população e as famílias a refletirem sobre a doação de órgãos, pois a gente nunca sabe o dia de amanhã", declara Dircelene. Transplantes As cirurgias de transplante, que vinham aumentando ano a ano, sofreram uma queda histórica em comparação aos últimos dez anos. Algumas foram mais afetadas como é o caso do transplante de rins de doador vivo, que teve redução de 64%. No caso dos transplantes de rins em vida, foram realizadas apenas 411 cirurgias do tipo em 2020, ante 1.076 em 2019, segundo o relatório da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). No HCI, o trabalho é feito a partir da identificação de um potencial doador, por meio da Central de Transplantes. O doador passa por exames clínicos complementares, médicos e enfermeiros especializados, "Aqui trabalhamos muito com

a captação. Na maior parte das vezes equipes especializadas dos centros maiores como Porto Alegre e Passo fundo vem até o nosso município, onde fazem a captação dos órgãos. Para onde este órgão vai após, nunca sabemos, pois, é tudo controlado pela Central de Transplantes. São eles que têm a lista de espera e que decidem para qual hospital, paciente e cidade os órgãos retirados aqui serão disponibilizados", complementa. No Hospital de Caridade, é oferecido, principalmente, o serviço de transplante de rins. "Tivemos vários procedimentos renais feitos no nosso hospital. Eles dependem da regulamentação e do estado clínico de quem receber. Vai depender da compatibilidade do órgão do doador com o do receptor. A cidade é privilegiada por ter disponível no serviço, a oportunidade de as famílias fazerem a diferença.", ressalta a enfermeira. De acordo com ela, a data celebrada, nesta segunda-feira, mais do que conscientizar, busca chamar a atenção para a importância do ato.

Dircelene Heck


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

ORÇAMENTO

Contribuintes devem R$ 50 milhões em tributos Contribuintes com dívidas com o Poder Executivo de Ijuí podem, até a próxima quinta-feira, realizar o pagamento à vista dos débitos com 100% de descontos na multa moratória e nos juros. Desde maio, a Coordenadoria de Cadastros e Tributos disponibiliza o Programa de Incentivo à Recuperação de Créditos Tributários e não Tributários inscritos em dívida ativa. Em tributos atrasados, com taxas e juros, o Município deixou arrecadar aos cofres municipais R$ 50 milhões. “Este programa de refis gera uma oportunidade com descontos expressivos para as pessoas que estão nesta condição de débito tributário virem aos cofres da prefeitura acertarem seus débitos”, disse o secretário de Planejamento, Chico Ortiz. Para quem optar em realizar o pagamento à vista até 31 de outubro, o desconto é de 100% da multa e 75% dos juros. Já até o fim do ano, o valor é de 100% da multa e 50% dos juros. “Neste ano, nesta lei especifica do refiz de 2021, nós temos também a oportunidade

de pagamentos parcelado com descontos. A prefeitura possui o parcelamento, mas era sem descontos, mas conseguimos, pela primeira vez, incluir essa modalidades com desconto”, afirma Ortiz. O contribuinte que optar pelo parcelamento, desde que seja realizado dentro de 2021, também tem desconto de 50% dos juros e 100% da multa moratória. E se a última parcela do vencimento ocorrer entre 1° de janeiro a 31 de dezembro de 2022, o desconto será de 50% da multa e 50% dos juros e a parcela inicial será e 20% do débito parcelado. Podem recorrer ao programa de renegociação pessoas e empresas que possuem débitos pendentes até o fim de 2020 no Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Serviços (ISS). “Temos a intenção em imediato de recuperar, no mínimo R$ 10 milhões, mas, estendendo que os pagamentos à vista até 31de dezembro de 2021 e com a possibilidade de parcelamento até 31 de dezembro do ano que vem, a gente chegue a percentuais maiores, como por exemplo

R$ 15 milhões ou até mesmo R$ 20 milhões. Tudo vai depender da adesão a esses termos e, principalmente, do priorizar da população a este que é um dever de todos”, afirma o secretário. Os R$ 50 milhões correspondem a quase metade do valor estimado para investimentos nos próximos quatro anos em obras no município. O valor ainda daria para construir mais de 90 Unidades Básicas de Saúde igual à do bairro Modelo (R$ 533 mil) ou 33 praças iguais a do Rodolfo Burmann no bairro Getúlio Vargas (R$ 1,5 milhão) ou 57 colégios iguais a Escola de Educação Infantil Casa da Criança (R$ 870 mil). “E este recursos, que falta no caixa, nos torna limitados de fazer investimentos”, salienta Ortiz. Para realizar o pagamento, o contribuinte pode se dirigir até o balcão de atendimento para fazer simulação e ver quanto fica o seu débito para o pagamento à vista ou parcelado ou pode ainda solicitar de forma on-line, pela página oficial da prefeitura ijui.rs.gov.br.

Chico Ortiz

Temos a intenção em imediato de recuperar no mínimo R$ 10 milhões, mas estendendo que podemos chegar a percentuais maiores."

5


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

6

Opinião do JM |

DOAÇÃO, É AÇÃO EM VIDA

A

ação em massa se traduzindo, na prática, em índices positivos. pandemia de covid-19 evidenciou a questão da saúSe colocar no lugar do outro As campanhas seguem com o mote real de que doar órgãos de e rendeu novos olhares para a questão social. A e dar chance à vida é um pode salvar vidas e de que qualquer pessoa pode precisar e responsabilidade com a vida passou a ser vista como comportamento grandioso depender disso um dia. Então, a palavra que resume qualuma ação coletiva. Infelizmente, foram as sequelas de famífrente às adversidades. E quer tipo de campanha é empatia. Se colocar no lugar do lias que sofreram as mortes, as principais motivadoras para mais uma vez, é hora de outro é dar chance à vida, é um comportamento grandioso que a sociedade adotasse um comportamento de prevenção. lembrar que cada um pode frente às adversidades do enfrentamento de uma doença. Assim, a conscientização coletiva será talvez um dos únicos fazer a sua parte pela valo- E, mais uma vez, é hora de lembrar que cada um pode fazer resultados positivos diante da pandemia. E é essa conscienrização da vida. a sua parte pela valorização da vida. É um comportamento tização que poderá perdurar os efeitos positivos em prol da coletivo que deve ser abraçado com a busca de informação sobre o processo saúde e contra as perdas. Os números de mortes causadas pelo covid são assustadores e ainda não de doação para quebrar estigmas que ainda envolvem o tema. Para isso, o mais importante não é apenas ser a favor da doação, mas maniestão totalmente controlados, mas apesar disso, há um movimento médico que pede, tato às pessoas como aos setores públicos, que a mesma im- festar esse desejo em vida. De forma consciente e natural com o simples objeportância deve ser dada às demais doenças que assolam as comunidades. tivo de não passar tal responsabilidade para as famílias. O momento da perda Muitas dessas doenças são graves e só podem ser controladas com a do- chega junto com o luto e muitas vezes não é fácil tomar a decisão que poderia ação de órgãos. Na próxima segunda-feira, dia 27, comemora-se o Dia ter sido registrada e comunicada à família que será apenas porta voz de uma Nacional de Doação de Órgãos. A data precisa ser memorizada dada a decisão pessoal já tomada em vida, sem pressão, mas a partir da vontade de sua importância em ser debatida, com o intuito de mobilizar pessoas salvar uma vida. Somente aumentando o número de doadores, a saúde pública É preciso que, de fato, a doação deixe de ser um assunto retórico e se torne uma poderá trabalhar para reverter a redução de transplantes.

ENTREVISTA Como a pandemia afetou os professores e funcionários de escolas? Mesmo quando não haviam voltado as aulas (nas escolas), o governo exigia plantões nas escolas, onde ficavam a direção e os funcionários. Nesse contexto, muitos contraíram a doença e, infelizmente, muitos faleceram. Inclusive, temos um mosaico no nosso site, para homenagear e lembrar dos mais de 100 professores e funcionários que morreram de Covid. Aliás, na semana passada, recebi uma informação sobre um surto de Covid em uma escola em Não Me Toque, onde já temos 15 pessoas infectadas, um professor e 14 alunos. E olha que a escola está seguindo todos os protocolos sanitários. Não adianta medir a febre dos alunos e dos professores, porque, se tiver alguém assintomático, vai contaminar as outras pessoas. Esse fato e o avanço da variante Delta do vírus têm nos preocupado. Como foi a transição para as aulas virtuais, quando as aulas presenciais foram suspensas? Foi terrível. No dia 19 de março de 2020, encerraram as aulas presenciais. Nos comunicaram que teríamos que dar aulas virtuais. Houve muito sofrimento da categoria, porque, primeiro, com o salário extremamente defasado, comprar internet já era artigo de luxo. Muitos professores tiveram que comprar um notebook para poder desenvolver o trabalho. Acabaram se endividando, comprando em prestações, porque não tínhamos recursos para isso e nem o governo ofertou. Não foi fácil, mas a categoria conseguiu dominar esses espaços. Durante a pandemia, muitos professores trabalharam muito mais do que as horas para as quais são contratados. Por quê? Primeiro, tinham que estudar para entender. Segundo, fazer os vídeos, gravar, jogar na internet. Isso custou muitas horas trabalho. E ainda custam, porque, mesmo com as aulas voltando presencialmente, ainda há necessidade de atender os alunos virtualmente, quando os pais não mandam seus filhos para a escola, porque não consideram seguro.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

conseguíamos comprar em novembro de 2014. Isso, somado com os 57 meses de atraso no nosso salário, que fez com que tivéssemos que nos endividar para pagar as nossas contas. Qual seria o reajuste ideal para o Cpers? O ideal seria cobrir todas as perdas salariais. Aí o nosso salário teria o mesmo poder de compra que em novembro de 2014. Entretanto, temos a clareza que dificilmente vamos receber esse percentual de mais de 45%. Então, ao discutir o reajuste, temos que partir de algum ponto. Só no governo Leite, acumulamos mais de 14% de defasagem (15,6%, segundo o INPC).

Helenir Schürer Presidente do Cpers Sindicato Muitas pessoas dizem que o formato híbrido veio para ficar. Qual sua avaliação? A pandemia nos ensinou muitas coisas. Em primeiro lugar, hoje muitos pais percebem a importância do professor e da escola, porque vivenciaram como é difícil educar os alunos. Quanto ao ensino híbrido, acredito que a internet deve servir como apoio da aprendizagem, não pode ser o fim, porque ela não substitui o professor. Não podemos descartar a tecnologia como ponto de apoio e pesquisa, mas jamais vai substituir o professor. O Cpers iniciou uma campanha por reposição. Qual a dimensão das perdas salariais da categoria? Em novembro, faz sete anos que os profissionais da educação estão sem reajuste salarial. Se considerarmos a inflação oficial desse mesmo período, que é de 46,53% (conforme o INPC), constatamos que a categoria perdeu quase metade do poder de compra. Isso quer dizer que hoje conseguimos comprar metade das coisas que

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

A ideia é incluir algum reajuste no orçamento de 2022? Exato. A LOA para 2022 deve ser apresentada até setembro. Por isso, temos pressa para que o governo nos atenda. Sabemos que o governo (do presidente Jair) Bolsonaro (sem partido) aprovou uma lei que impede reajustes salariais em 2021. Então, só podemos ter algum reajuste a partir de 2022. Queremos incluir alguma reposição na LOA de 2022, para que possamos recebê-la nem que seja em janeiro de 2022. No novo plano de carreira dos professores, o Estado passou a pagar o piso salarial? A forma que o governo usou para pagar o piso no Rio Grande do Sul é ridícula, porque o dinheiro para pagar o piso saiu dos benefícios extintos dos próprios professores. O governo não injetou dinheiro algum no nosso salário. Ele simplesmente pegou os nossos triênios e passou ao salário-base para fechar o piso. Continuamos recebendo a mesma coisa, só que sem nenhuma possibilidade de aumentar os salários através das vantagens que existiam na carreira. Temos professores e funcionários de escola que, ao perderem o difícil acesso, tiveram diminuição nos salários. Também temos casos de aposentados que, ao pagar a alíquota imposta pela reforma da Previdência, perderam o dinheiro que precisavam para pagar um remédio, por exemplo.

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 SEMEStRAl: R$ 280,00 ANUAl: R$ 560,00 CORREIO: R$460,00 (SEMEStRAl); R$ 900,00 (ANUAl)


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

7

ENERGIA

Programa que prevê desconto está em vigor

Já em vigor, o programa de redução voluntária do uso de energia elétrica irá dar descontos na conta de luz para consumidores que economizarem ao menos 10% de energia entre setembro e dezembro, se comparado ao mesmo período do ano passado. Se o morador não conseguir reduzir o consumo em setembro, por exemplo, pode tentar compensar nos demais meses. O limite da redução foi definido entre 10% e 20%. Ou seja, mesmo que o consumidor consiga economizar mais de 20% na soma dos quatro meses, ele não receberá bônus adicional. Para uma família que teve consumo médio de 200 kWh entre setembro e dezembro de 2020 e conseguiu reduzir o número em 10%, chegando a 180 kWh ao mês, o desconto na conta será de R$ 40. Se a família conseguir reduzir o consumo em 20%, ficando em uma média de 160 kWh ao mês, o desconto será de R$ 80. Mesmo que economize mais do que isso, o desconto não irá aumentar, pois se limita a 20%. A conta com o desconto deve chegar apenas em janeiro ou fe-

Veja o exemplo elaborado pelo Ministério de Minas e Energia: *Se uma família consumiu 120 kWh em setembro, 130 kWh em outubro, 110 kWh em novembro e 140 kWh em dezembro de 2020, a sua média foi de 125 kWh no ano passado *Se a família consumir 105 kWh em setembro, 110 kWh em outubro, 100 kWh em novembro e 110 kWh em dezembro de 2021, seu consumo médio durante a apuração do programa terá sido de 106,25 kWh Assim, essa família terá reduzido em 15% o seu consumo em relação à média dos mesmos meses do ano passado Ao final do programa, a família terá direito de receber R$ 37,50 a título de bônus vereiro de 2022, dependendo de qual distribuidora é responsável pela medição do consumo. O desconto virá de uma só vez, depois que for feito o cálculo do consumo, em dezembro deste ano. Para ter acesso ao benefício, não é preciso fazer nenhum tipo de cadastro, apenas poupar energia. O bônus foi definido

pelo governo no intuito de frear o consumo para evitar possível racionamento e apagões no País, que vive a pior seca dos últimos 91 anos. Entre as medidas para conseguir economizar energia, especialistas recomendam tomar banhos mais rápidos e desligar a torneira ao se ensaboar, por exemplo.

Reforma não inclui Judiciário no texto

Arthur Maia

Depois de quase 13 horas de discussão, a comissão especial da Câmara dos Deputados concluiu, já na madrugada de ontem, a votação da reforma Administrativa. O texto-base havia sido aprovado mais cedo, no fim da tarde de quinta. O relatório do deputado Arthur Maia (DEMBA) foi aprovado por 28 votos favoráveis e 18 contrários. Mas

a votação dos destaques foi até pouco depois de meia-noite. Um dos pontos mais polêmicos da reforma, a inclusão da elite do Judiciário e do Ministério Público, nas novas regras só será decidida na votação da proposta no plenário da Câmara dos Deputados – onde a PEC enfrentará uma batalha. São necessários 308 votos favoráveis em dois turnos. Durante a votação dos chamados destaques, emendas para modificar o texto, a comissão cedeu ao lobby da bancada da segurança e aprovou um destaque apresentado pelo bloco Pros-PSC e PTB, que transforma guarda municipal em órgão policial. A medida representa o armamento das guardas municipais e pode impactar as contas dos municípios. A categoria já tinha sido contemplada pelo relator ao ser incluída nas carreiras típicas de Estado. Para facilitar a votação da proposta, o governo substituiu vários integrantes da própria base na comissão. O número de

membros subiu de 34 para 47. O relator da proposta, deputado Arthur Maia (DEM-BA), apresentou seis versões do parecer, com mudanças de última hora. Foram várias idas e vindas, o que gerou críticas dos partidos da oposição e obstrução dos trabalhos na comissão. Entre elas, ele recuou em dois trechos que tinha acordado com a oposição: retomou de seis para 10 anos, o prazo máximo de duração dos contratos temporários no serviço público e trouxe de volta um dispositivo que permite aos entes públicos firmarem convênios com a iniciativa privada para prestação de serviços, inclusive com compartilhamento de estrutura física e recursos humanos. Maia já tinha feito várias modificações no texto original do governo, como por exemplo, manteve a estabilidade a todos os servidores públicos, não só nas carreiras típicas de Estado. Ele também condicionou a redução de 25% de jornada e de salário da categoria a situações de crise fiscal.

Taxa de efetivação de temporários no Natal será a maior em 5 anos, diz CNC Além de projetar para este Natal o maior número de vagas temporárias dos últimos oito anos - 94,2 mil -, a Confederação Nacional do Comércio (CNC) estima que a taxa de efetivação desses trabalhadores também será superior aos últimos cinco anos, com expectativa de absorção de 12,2% desse contingente. No ano passado, essa efetivação atingiu apenas 0,2% dos empregos temporários. A maior taxa registrada nos últimos dez anos ocorreu em 2015, quando foram efetivados 24,5% do quadro temporário do Natal."As incertezas quanto à rapidez no combate aos fatores que têm dificultado uma evolução ainda mais favorável das condições de consumo e os desdobramentos decorrentes da crise hídrica tendem a impedir uma taxa de efetivação próxima àquelas observadas antes de 2016", explica Fabio Bentes, economista da CNC responsável pelo estudo.

2,66%

é o aumento do dólar frente ao real durante o mês de setembro. Ontem, o dólar fechou cotado a R$ 5,34.

Leilão da 5G acontece em novembro

Contas externas têm superavit de US$ 1,7 bi

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou que o leilão do 5G acontecerá no dia 4 de novembro. A decisão foi tomada ontem, quando o Conselho Diretor da estatal aprovou a versão final do edital com as regras para a implementação da tecnologia no Brasil. A estatal deve publicar a íntegra do edital na próxima segunda-feira. Na licitação, serão ofertadas quatro faixas de radiofrequências.

O Banco Central (BC) divulgou, ontem, as estatísticas do setor externo referentes ao mês de agosto. De acordo com os dados da autarquia, as transações correntes no mês fecharam com saldo superavitário de US$ 1,7 bilhão, ante US$ 1 bilhão registrado em 2020. O resultado é formado pela balança comercial (exportações x importações de produtos entre Brasil e outros países).

Gasolina e energia elétrica são os maiores impactos individuais no IPCA-15, diz IBGE A inflação dos combustíveis e da eletricidade ditou o ritmo da alta de 1,14% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) em setembro, conforme os dados divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sozinhos, a gasolina (com alta de 2,85%) e a energia elétrica (alta de 3,61%) foram os itens com maior impacto de alta, isoladamente, contribuindo com 0,17 ponto porcentual (p.p.), cada, para a variação agregada do índice. O grupo Transportes registrou alta de 2,22% no IPCA-15 de setembro, contribuindo com 0,46 p.p. na variação agregada do índice.

Senador defende reforma Tributária O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) defendeu que a reforma Tributária ampla só ocorrerá se houver acordo para a tramitação de todos os projetos de forma simultânea ao participar da live Reforma Tributária sobre o consumo. O parlamentar é relator da PEC 110/2019, que tem como foco os tributos sobre o consumo. Segundo ele, o Senado tem condições de votar o projeto em outubro, junto com a reforma do Imposto de Renda, e que, para isso, é necessário que tanto senadores quanto deputados trabalhem em conjunto.


8

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de SeTembRo de 2021

SAÚDE

HCI realiza novo procedimento inédito Mais um marco histórico foi atingido pelo Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), com a realização de procedimento inédito no Noroeste, e que havia sido feito somente uma vez no Estado, em Lajeado. Com isso, o HCI avança ainda mais na área da Saúde ao oferecer serviços de ponta a seus pacientes. Realizada na tarde de ontem, em duas pacientes, pelo médico cirurgião de cabeça e pescoço do HCI, RobledoAlievi, a ablação por radiofrequência é um procedimento considerado minimamente invasivo e é uma das recentes alternativas para tratar nódulos de tireoide sem cirurgia. Alievi, segundo cirurgião a realizar o procedimento no Rio Grande do Sul, teve como tutor o médico cirurgião de cabeça e pescoço, Gustavo Philippi de Los Santos, pioneiro em cirurgia de tireoide com método que não deixa cicatriz. Muito utilizada em países como Itália e Ásia, a técnica chegou ao Brasil em 2017, e já é realizada com frequência no Rio de Janeiro e São Paulo. "O procedimento atingiu todas as nossas expectativas. É importante

Procedimento foi realizado pelo cirurgião Robledo Alievi, na tarde de ontem

frisar que chegar a um momento de fazer essa abordagem terapêutica invasiva, mas menor do que um procedimento cirúrgico, não é simplesmente ter a vontade, marcar, alguém te ensinar e você fazer. Esse é o ápice de uma jornada que teve início há dois anos. Segundo o médico, o procedimento transcorreu muito bem. "O doutor Gustavo foi um ótimo orientador, eu já tinha participado de procedimentos no mês passado, em Florianópolis, acompanhando-o. Os casos selecionados foram bons para uma primeira abordagem.

O tempo nos procedimentos foi adequado e as pacientes já deram alta do hospital", explica o doutor Robledo. Nesse procedimento, uma agulha é inserida até o nódulo, com o auxílio do aparelho de ultrassom, sendo, posteriormente, ligada a um aparelho de radiofrequência para queimá-lo, causando sua diminuição após alguns meses. É um procedimento ambulatorial que não necessita de anestesia geral e o paciente é liberado poucas horas depois, podendo retomar às suas atividades diárias.

Centro de Oncologia da Unimed completa um mês O Centro de Oncologia do Hospital Unimed Noroeste/RS, completou um mês de funcionamento. A nova estrutura já registra cerca de 400 pacientes em tratamento, muitos deles vindos de diferentes regiões do Estado. O novo espaço oferta tecnologia, conforto e inovação ao paciente oncológico, referenciados no Jeito de Cuidar Unimed, somando todo conhecimento técnico de uma equipe de especialistas, composta por oito médicos e o apoio de 12 profissionais das áreas de Enfermagem, Farmácia, Nutrição e Psicologia, que somam conhecimentos na luta contra os diferentes tipos de câncer. O Centro de Oncologia tem espaço total de 541 metros quadrados, com cores harmônicas e ambiência agradável. A estrutura física contempla três consultórios, uma sala de emergência, dois leitos, uma sala de procedimentos e outra para acolhimento, seis banheiros, recepção e áreas ad-

ministrativa e para preparação de medicamentos. No ambiente para aplicação de quimioterapia estão dispostas 15 poltronas elétricas reclináveis, em boxes individuais. “Toda esta estrutura nos deixa de acordo com os centros de Oncologia mais modernos disponíveis hoje. Nossa equipe multidisciplinar consegue avaliar os pacientes nas suas necessidades e adequar o tratamento de acordo com a evolução. Além disso, o fato de termos oncologistas em tempo integral dentro do serviço permite atender qualquer intercorrência", destaca o coordenador técnico do serviço, médico Fábio Franke. O investimento superior a R$ 2,1 milhões consolida o Hospital Unimed Noroeste/RS na oferta de tratamento oncológico para pacientes do Estado, sendo referência especialmente nas regiões Noroeste, Celeiro e Médio Alto Uruguai.

Unimed oferta tecnologia, conforto e inovação ao paciente oncológico

Ijuí amplia vacinação para adolescentes de 15 anos Ijuí ampliará a vacinação contra a covid-19 para adolescente com mais de 15 anos fora dos grupos prioritários a partir da próxima segunda-feira. A imunização para este grupo ocorre na Estação Cultura, das 13h45 às 19h. È necessário que o adolescente apresente CPF, documento de identificação e comprovante de endereço. A imunização segue para quem precisa receber a 2ª dose. Quem recebeu as vacinas da Astrazeneca e da Pzifer e estavam agendados para 27 de setembro a 9 de outubro podem comparecer a partir de segunda-feira na Estação Cultura. A vacinação começa às 7h45 e vai até as 11h. A Secretaria Municipal de Saúde informa ainda que a primeira dose está disponível apenas no turno da tarde na Estação Cultura. Pessoas que precisam tomar a segunda e terceira dose ( todas as marcas) devem ir no turno da manhã a Estação Cultura. Já quem precisa tomar a segunda dose da Astrazeneca pode procurar atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, à tarde. O reforço (terceira dose) é aplicado em idosos acima de 70 anos que receberam a segunda dose há seis meses. Até ontem, segundo o vacinômetro da SMS, 61.634 ijuienses (73,84% da população) já tinham tomando a primeira dose da vacina. Estão com a imunização completa, com duas doses ou dose única, 43.636 ( 52,27% da população).


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de SeTembRo de 2021

LEGISLAÇÃO

Com quase uma década, Lei de Cotas ainda possui resistência A Lei de Cotas, sancionada em agosto de 2012, deverá ser revisada no ano que vem, quando completa 10 anos de vigência. Para o coordenador do Programa de Pós Graduação Strictu Sensu em Direitos Humanos da Unijuí, Maiquel Wermuth, as cotas raciais são frutos de ações afirmativas, que são medidas discriminatórias positivas, ou seja, discriminam para integrar, ao contrário das medidas discriminatórias negativas (como o Apartheid foi na África do Sul), que servem para segregar. Wermuth destaca que, considerando que o Brasil foi o último País a abolir a escravidão, é preciso considerar que 10 anos de vigência de uma lei não são suficientes para corrigir o cenário de desigualdade gerado por mais de 300 anos de tráfico e tortura de pessoas negras. “Mesmo assim, entendo que a Lei de Cotas nas universidades e institutos federais é uma legislação que deve ser destacada pelo seu relevante papel na reparação de injustiças históricas que, ao longo dos anos, favoreceu pessoas brancas. Essa legislação existe para que

seus beneficiários possam competir no mercado de trabalho e exercer seus direitos plenamente e em igualdade com aquelas pessoas que foram historicamente favorecidas”, avalia. A expectativa, para ele, é de que a lei seja renovada para que sua vigência ocorra em um período maior do que os 10 anos iniciais previstos. Além disso, Wermuth defende que é fundamental que, após a revisão, a legislação passe a incluir avaliações regulares, por meio de dados quantitativos e aspectos qualitativos, que permitam acompanhar o desenvolvimento dos estudantes cotistas no decorrer da graduação, mensurando também os índices de abandono do curso e seus respectivos fatores como uma forma de induzir políticas públicas reparatórias nestes aspectos. Ele também destaca sobre o levantamento de dados realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que demonstrou que a Lei de Cotas aumentou significativamente o número de alunos pretos, pardos e indígenas nas instituições públicas de

Ensino Superior. “Está evidenciado o importante papel da Lei de Cotas na mudança do cenário observado nos anos 1990. A exclusão observada naquele período, comprovadamente, era causada pelas desigualdades estruturais que marcam a sociedade brasileira. As mudanças promovidas pela Lei nº 12.711 garantem que um perfil cada vez mais diverso de pessoas possa alcançar o sonho de frequentar uma universidade”, observa. Porém, ainda existe uma resistência quanto à lei, o que, para Wermuth, se dá por fatores culturais. “Devemos considerar que temos pouco mais de cem anos de abolição da escravidão negra. A Lei de Cotas tem menos de 10 anos. Já produziu efeitos muito significativos, mas precisamos avançar mais. Ao instituir um sistema de cotas no acesso ao Ensino Superior público não está criando uma discriminação negativa, mas positiva. Busca-se, tímida e lentamente, corrigir uma dívida histórica do País com sua população negra, explorada, subalternizada”, finaliza.

Maiquel Wermuth

Essa legislação existe para que seus beneficiários possam competir no mercado de trabalho e exercer seus direitos plenamente

9


10

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 25 E 26 DE SETEMBRO DE 2021

RESULTADOS

Associados do Simers aprovam contas do ano de 2020 Os associados do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) aprovaram, por ampla maioria, as contas da entidade referentes a 2020. O ato ocorreu em Assembleia Geral Ordinária, realizada de forma remota, em respeito às regras de segurança à saúde e distanciamento social. “A transparência e o orçamento realista são legados que deixamos. O resultado do nosso trabalho está expresso nestes números, nas conquistas em favor da categoria e na defesa permanente dos médicos”, disse o presidente do Simers, Marcelo Matias, ao conduzir a apresentação. E complementou: “A entidade profissionalizou sua gestão, superou adversidades e se preparou para enfrentar os desafios futuros. Tudo isso com equilíbrio nas contas e fidelidade e ao propósito de fazer sempre o que é certo, buscando sempre valorizar a categoria”.

Presidente do Simers, Marcelo Matias destaca os resultados

Mesmo impactada pela pandemia e por situações advindas de gestões anteriores, a entidade médica apresentou um balanço patrimonial ativo com cresci-

mento permanente de 7,47%, entre 2019 e 2020. Com relação ao balanço patrimonial passivo circulante (valores a pagar com forne-

cedores, tributos, encargos e remunerações de funcionários e antecipações aos associados), o Simers registrou uma redução de 5,05%. O balanço patrimonial passivo exigível (que considera o valor pagável de prováveis contingências judiciais, acima de 360 dias) teve seu total atualizado. E, a partir de 2020, acumulou uma reserva significativa, com objetivo de honrar dívidas de ações trabalhistas do passado. No encerramento, o presidente destacou que a prestação de contas do ano passado visa mostrar claramente o que há em caixa e os cuidados tomados para prever um orçamento suficiente — seja para iniciativas em favor dos associados, seja para quitar despesas de mandatos anteriores. Marcelo Matias também ressaltou a importância da auditoria externa e do Conselho Fiscal, que aprovaram os resultados apresentados.

Audiência discute implementação do Novo Ensino Médio

Sofia Cavedon

Audiência Pública da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa, realizada ontem avaliou o processo de implementação do Novo Ensino Médio no Estado. Desde 2019, 264 escolas da Rede Rstadual de Ensino estão progressivamente adotando em seus currículos escolares as mudanças a serem efetivadas no novo ensino médio. Implementado por iniciativa federal, ele entrará em vigor em 2022 para os alunos do 1° ano e até 2024 atingirá todas as turmas do País. A carga horária terá um

total de 3 mil horas ao longo dos três anos. Destas, 1.800 horas serão destinadas para as disciplinas que são obrigatórias da Base Nacional Comum Curricular e 1.200 horas serão destinadas para o aluno decidir, por meio de itinerários formativos oferecidos pelas escolas, nas áreas de linguagem e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; humanas e sociais aplicadas e formação técnica e profissional. A deputada Sofia Cavedon (PT), coordenadora do debate, disse que o tema tem grande

impacto para os estudantes gaúchos. Ela anunciou que irá fazer uma apelo à Secretaria de Educação no sentido de adiar a implantação da reforma, prevista para o próximo ano. Sofia Cavedon pediu que todas as escolas-piloto estaduais encaminhassem ao Conselho de Educação e a Comissão de Educação um balanço do que foi feito nas escolas. Ela informou que o Colegiado irá propor ao Conselho que faça uma escuta destes depoimentos, antes de deliberar sobre o novo diferencial curricular que será implantado no Estado.

Inscrições do Enem para isentos ausentes encerra amanhã Termina amanhã o prazo de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 para os candidatos que tiveram isenção em 2020, mas não compareceram nos dias das provas. A inscrição pode ser feita até às 23h59 do dia 26 de setembro. Quem se inscrever até este prazo vai realizar o exame em 9 e 16 de janeiro de 2022, mesmas datas em que a prova será aplicada para adultos privados

de liberdade e jovens cumprindo medida socioeducativa que inclui privação de liberdade (Enem PPL). Para os demais participantes do exame que já tiveram a inscrição confirmada, a realização das provas será mantida nos dias 21 e 28 de novembro de 2021. Após abstenção recorde do exame em 2020 que aconteceu durante a pandemia de covid-19 e atingiu 55,3% do total de candidatos

confirmados, o Ministério da Educação (MEC) manteve a regra que proibia a isenção de taxa a alunos que faltaram às provas na última edição e não apresentaram uma justificativa. Com isso, apenas 3.109.762 inscrições tinham sido confirmadas em 2021, menor número desde 2005. Partidos e entidades acionaram o Supremo Tribunal Federal (STF) sob o argumento de que muitos candidatos que

faltaram ao Enem 2020 estavam, por exemplo, com receio de pegar covid ou estavam com algum sintoma da doença. O STF determinou, então, a reabertura de inscrições para quem perdeu direito à gratuidade por não ter comparecido em 2020. A determinação pode garantir a participação de quase 3 milhões de estudantes que não se inscreveram para a atual edição do Enem.

OAB NA DEFESA DOS DIREITOS SOCIAIS NO CONGRESSO NACIONAL A Medida Provisória, cujo tema principal era a criação do malfadado e mal-intencionado Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, trazia – nas entrelinhas e sem o menor debate sobre o tema com a sociedade – a previsão de que o segurado passaria a ser o responsável por custear a perícia médica em demandas judiciais contra o INSS, incluindo diretrizes rígidas sobre a justiça gratuita e revogando artigos do recente Código de Processo Civil. A Medida Provisória já havia, inclusive, sido aprovada sem muito alarde na Câmara dos Deputados e seguia seu curso para aprovação no Senado Federal. Evidente que a aprovação de tal matéria causaria consequências negativas e restrição de acesso à justiça aos cidadãos que já sofrem com a precarização do atendimento junto à autarquia previdenciária, diante da falta de investimento para com o órgão. Felizmente, após diálogo com os Senadores gaúchos que acolheram os argumentos apresentados, a contrariedade surtiu efeito, de forma que não houve a conversão da Medida Provisória em Lei. No entanto, nas trincheiras do debate legislativo, são muitas as batalhas a serem travadas. Se de um lado a Medida Provisória não foi convertida em Lei, de outro tramita no Congresso Nacional o Projeto de Lei n.º 3.914/2020 com o mesmo objetivo de impor ao segurado o ônus de custear as perícias médicas nas demandas em que se discute benefícios previdenciários por incapacidade. São muitos os projetos de lei que trazem insegurança jurídica e ameaçam direitos. Não há dúvidas, porém, que a instituição manterá sua vigilância e missão de defender as prerrogativas dos advogados e os direitos sociais do cidadão brasileiro.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de SeTembRo de 2021

11

PESQUISA

LIBERALISMO Muitos dizem que o liberalismo, base ideológica do capitalismo como sistema político, não é aplicado integralmente em nenhum lugar, como se fosse uma utopia. Isso é um equívoco. Ainda não se aplicou o liberalismo na sua totalidade, nem se chegou ao capitalismo plenamente, exatamente porque liberalismo e capitalismo são, respectivamente, a ideologia e o sistema social que promovem a revolução pacífica. PACÍFICO Os defensores do liberalismo e do capitalismo não tentam aplicar suas ideias através da coerção, pelo contrário, são muito tolerantes com aqueles que fazem oposição aos seus ideais e não titubeiam em usar a força, diretamente ou através do estado, para impedir que o liberalismo e o capitalismo prevaleçam. DIREÇÃO Muitos detratores do capitalismo dizem que este sistema social nunca existiu e que não existe ainda hoje, mesmo nos países mais livres e civilizados. Ora, liberais aceitam mudanças graduais desde que elas nos levem em direção aos ideais que norteiam o capitalismo e são descritos pelo liberalismo. Em outras palavras, não importa o ideal, a não ser para referência. Importa o grau de adoção dos princípios e se estes são respeitados minimamente. Há países que têm um grau de liberdade bastante próximo do ideal e outros que estão tão distantes que seus povos vivem oprimidos e em condições miseráveis. BRASIL Aqui no Brasil é isso que acontece. Vivemos em uma sociedade de economia mista. Economia mista não significa uma mistura de socialismo e capitalismo, o que seria uma contradição absoluta, já que são excludentes entre si. Economia mista significa a mistura, sempre promíscua, do estado (coerção) e da iniciativa privada (produção), o que resulta invariavelmente em um sistema social coletivista, estatista, autoritário e deletério. Liberalismo defende uma sociedade na qual o governo tem como função necessária e suficiente, proteger os direitos individuais dos que dela fazem parte, defendendo-os contra os que querem se valer da coerção, da força ou de fraude, para violá-los. Numa sociedade livre e civilizada, baseada nas ideias do liberalismo e na prática do capitalismo há a absoluta separação entre o governo e a economia. (via Roberto Rachewsky)

Homens idosos morrem mais por suicídio no Estado Um dia quente de verão, durante a semana. Para os gaúchos, sinônimo de trabalho ou férias. Para muitos idosos - principalmente homens, brancos, com idade entre 60 e 69 anos e sem antecedentes criminais, pode ser o último dia de vida. Esta é a conclusão de uma pesquisa feita por uma perita criminal do Instituto Geral de Perícias (IGP), a partir da consulta a todas ocorrências da Polícia Civil e laudos periciais do IGP, relacionados aos óbitos por suicídio entre 2017 e 2019 no Estado. Os dados mantêm o Rio Grande do Sul como sendo o Estado brasileiro onde há mais casos de suicídio entre a população idosa, e Porto Alegre como a campeã dessa realidade entre as capitais. A pesquisa analisou 4.019 ocorrências de suicídio. Destes, 1145 foram de idosos, o que corresponde a 28,5% dos suicídios do período, o dobro do Estado de Mato Grosso. O índice cresceu: o percentual de idosos suicidas entre 2001 e 2015 era de 23,3%. A taxa média anual de mortalidade, registrada na faixa etária acima dos 60 anos, foi 19,1 casos/100 mil habitantes. Houve aumento de 17,7% nos casos, nos anos abrangidos pelo estudo

(345 em 2017, 394 em 2018 e 406 em 2019). O número médio anual de óbitos por suicídio de idosos no RS (382) foi duas vezes superior ao registrado na Itália (2005-2010) e quatro vezes maior que o da Irlanda (1997-2006). Ainda assim, os dados obtidos no RS não são tão alarmantes quando comparados aos dos EUA, Coreia do Norte ou China. O estudo apurou as taxas de suicídio quanto à região do Estado em que aconteceram. Porto Alegre teve a maior quantidade absoluta de casos: 80. Venâncio Aires, porém, dominou a tabela dos municípios com mais de dez mil habitantes idosos, com 71,6 casos a cada 100 mil habitantes. Os três casos registrados em Camargo, próximo a Passo Fundo, garantiram ao município a maior taxa na relação por 100 mil habitantes – 162,5/ 100 mil. A autora também avaliou as análises toxicológicas das amostras biológicas, que são coletadas nas mortes violentas ou com suspeitas de violência, para identificar a presença de álcool, drogas e medicamentos no organismo dos idosos. Foram realizadas 1895 análises laboratoriais em amostras de fígado, conteúdo estomacal, urina e/ou

sangue. A presença de etanol foi observada em 16,3% dos idosos submetidos ao teste de alcoolemia. Em contrapartida, houve a detecção de algum medicamento em 33% das análises realizadas. A pesquisa “Perfil geográfico, temporal, epidemiológico e toxicológico das vítimas idosas de suicídio no Rio Grande do Sul, Brasil, entre 2017 e 2019” também classificou as vítimas pelas variáveis idade (mais da metade dos casos foi registrada entre idosos com 60 a 69 anos), sexo, presença ou ausência do nome do pai na certidão de nascimento, forma utilizada para cometer o suicídio (a maioria utilizou o enforcamento), quinzena do mês e período do dia. O trabalho é um desdobramento da tese de Doutorado da perita criminal Maria Cristina Franck, do Departamento de Perícias Laboratoriais do IGP, e que foi defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O artigo será publicado na revista Debates em Psiquiatria e tem como co-autoras Maristela Goldnadel Monteiro e Renata Pereira Limberger. As autoras também fazem considerações sobre a existência de

Maria Cristina Franck

políticas públicas de prevenção ao suicídio e de como a pesquisa pode colaborar para a elaboração destes. “Compreender e contextualizar os fatores relacionados aos casos de suicídio entre os idosos, a partir de informações regionais, auxilia na elaboração de políticas públicas e no direcionamento de recursos voltados ao acolhimento e à melhora na qualidade de vida dessa população”, afirma Maria Cristina Franck.

Meninos vão três vezes menos ao médico na adolescência

Daniel Suslik Zylbersztejn

Dados do Ministério da Saúde obtidos pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) mostram que adolescentes do sexo masculino procuram menos o médico.

Em 2020, o acesso dos jovens do sexo masculino entre 16 e 19 anos ao Sistema Único de Saúde (SUS) foi três vezes menor, em comparação com as meninas. Foram 2,1 milhões de garotos atendidos no ano passado na rede pública, ante 6,9 milhões de jovens do sexo femnino. Entre outros motivos, o número preocupa os médicos porque, nessa faixa etária, os jovens deveriam iniciar um acompanhamento especializado para ter mais acesso a informações sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), gravidez precoce, doenças que afetam a fertilidade, entre outras. De acordo com a SBU, essa diferença entre os gêneros na busca por consultas de rotina se deve, principalmente, a fatores culturais. “Uma das principais explicações é o preconceito de considerar o sexo masculino

como mais forte e de erroneamente assumir a existência da autossuficiência no cuidado da própria saúde do adolescente masculino”, explica Daniel Suslik Zylbersztejn, urologista e titular da entidade. Esse preconceito faz o jovem crescer buscando informações sobre saúde somente com amigos ou na internet, e não com um profissional médico habilitado. “Não ir ao médico de forma regular dificulta a aquisição do hábito de saúde”, destaca o médico. Outra pesqusia realizada pela SBU constatou que 44% dos adolescentes não usaram preservativo na primeira relação sexual e que 35% dos entrevistados só se protegem raramente ou nunca. Os adolescentes do sexo masculino também aderiram menos à vacinação contra o HPV, vírus associado à ocorrência de diversos tumores genitais. O

imunizante é oferecido no SUS para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14. Os números atualizados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações referentes ao período de 2013 a 2020 mostram que a média nacional de cobertura vacinal para segunda dose do HPV é de 65,8% para a população feminina e 35,6% para a masculina. A pesquisa destacou ainda que as infecções sexualmente transmissíveis mais comuns na adolescência são sífilis, herpes simples, cancro mole, HPV, linfogranuloma venéreo, gonorreia, tricomoníase, hepatites B e C e HIV. A SBU também destacou a expansão entre jovens do número de infecções pelo vírus do HIV, que apresentou um aumento de 64,9% na faixa etária de 15 a 19 anos de 2009 a 2019.


12

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 25 E 26 DE SETEMBRO DE 2021

EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO

Professores estaduais concorrem à premiação Encerra-se na segunda-feira, dia 27, o prazo para a inscrição ao 2º Prêmio Excelência em Educação, uma realização da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, que tem promoção do Jornal da Manhã e revista Stampa, e patrocínio de Unimed Noroeste, Sicredi das Culturas RS/MG, Cotrijuí, Senac Fecomércio e Óptica Wolff. Professores das escolas estaduais dos 12 municípios da 36ª CRE podem concorrer à premiação que tem caráter pedagógico educacional, com o propósito de reconhecer o empenho de educadores em encontrar soluções para o enfrentamento das dificuldades impostas pela pandemia, além de divulgar e valorizar experiências de ensino e aprendizagem bemsucedidas, criativas e inovadoras. As inscrições devem ser efetivadas junto à 36ª CRE, onde também podem ser obtidas todas as informações sobre os procedimentos. Esta segunda edição do Prêmio Excelência em Educação tem em disputa oito categorias: Gestor de Escola, Coordenador Pedagógico, Orientador Educacional, Professor do Ensino Fundamental - Anos Iniciais, Professor do Ensino Fundamental - Anos Finais, Professor do Ensino Médio, Professor da Educação Especial, Professor da Educação Profissional. A entrega da premiação está marcada para o Dia do Professor, 15 de outubro, no Teatro do Sesc.

Smed acena instalação da Cipave+ para 2022 Na última semana, o prefeito Andrei Cossetin e o secretário de Educação, Cláudio da Cruz de Souza, acompanhados pelo coordenador pedagógico da Smed, José Augusto Fiorin e demais secretários e assessores estiveram em Porto Alegre para conversar com a coordenadora estadual da Comissão Interna de Prevenção a Acidentes e Violência Escolar (Cipave+) / Seduc, Maria Luisa Giacobbo e a assessora estadual, Elis Jacqueline Dockorn, a fim de obter mais informações sobre o programa. Na ocasião, foi apresentada a estruturação, funcionamento e a importância dos projetos e das ações desenvolvidas nas escolas das Coordenadorias Regionais de Educação do Estado, que através das Cipaves instaladas nas Coordenadorias e nas escolas buscam, de forma preventiva, reduzir os índices de violência escolar. De acordo com Souza, o programa é uma lei estadual que está em vigor desde 2014, com o objetivo de identificar situações e violência e acidentes escolares, bem como definir a frequência com que ocorrem e pensar em Cláudio da Cruz de Souza um plano de prevenção. Dessa forma, as comissões são formadas dentro das escolas por alunos, professores, pais, funcionários e equipe diretiva. “Na reunião dos diretores no mês de outubro a ideia é conversarmos para que eles formalizem estas comissões, para que, no início do ano letivo de 2022, nós já tenhamos as Cipaves instituídas dentro das escolas da rede municipal”, afirma.

Projeto estimula exercício Setembro Amarelo é marcado por ações da empatia entre alunos No Colégio Sagrado Coração de Jesus foram realizadas atividades que envolvem a discussão sobre a importância da valorização da vida. Neste mês, reforçou-se o necessário debate sobre a prevenção ao suicídio, onde foram trabalhados temas como a valorização da vida e do diálogo e o resgate de valores como tolerância, respeito e convivência social. A professora de Sociologia e Filosofia do Ensino Médio, Sandra Nunes, realizou, em suas aulas um projeto com apoio do Serviço de Orientação Educacional (SOE). No dia 22 foram realizadas diversas ações referentes ao Setembro Amarelo dentre as quais destaca-se a entrega de um bombom para cada estudante, com mensagens de otimismo e apoio escritas pelos próprios alunos.

Nas reflexões em aula, também se abordou sobre a importância de se quebrar o tabu a respeito de terapias e atendimentos psicológicos, acentuando a importância da Saúde Mental da comunidade. Além disso, divulgou-se o número 188 do Centro de Valorização da Vida(CVV), que oferece atendimento gratuito para pessoas que sintam a necessidade de pedir ajuda. Sandra, destaca que o debate e o diálogo sobre o suicídio são questões pertinentes para a Educação para além da área da Saúde, de forma que são necessárias políticas públicas de acolhimento e encaminhamento para aqueles que estão sofrendo. “A sociedade deve participar desse debate para que, juntos, possamos superar os mitos que rondam um tema tão caro a todos nós”, finaliza a professora.

Em sala de aula, foram abordadas questões como a importância da quebra do tabu sobre terapias e atendimentos psicológicos

O mês de agosto foi marcado por comemorações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que visa o desenvolvimento de conteúdos para conscientizar a sociedade sobre as necessidades específicas de organização social e de políticas públicas, para promover a inclusão social desse segmento populacional e para combater o preconceito e a discriminação. Desde o ano de 2014, a Escola Municipal Fundamental Deolinda Barufaldi, em parceria com a coordenação pedagógica e demais profissionais da educação, realiza atividades pedagógicas, que visam a inclusão dos alunos no processo de pertencimento da escola, de forma que o objetivo do educandário vai além da formação e desenvolvimento de aspectos cultural, social e cognitivo. Neste mês, a escola está desenvolvendo o projeto A Diferença está no olhar de quem vê, em que o objetivo, conforme a professora Vanessa Lazzarotto Frank, é promover a empatia, de forma a se colocar no lugar de pessoas que nasceram cegas ou que tenham perdido a visão. “A primeira oficina foi a Trilha Sensorial, na qual os alunos e professores foram vendados e guiados para vivenciar diferentes sensações, aguçando outros sentidos que não sejam a visão”, afirma. A professora destaca que serão realizadas outras oficinas, como vivenciar pintura sem os braços, sessão de cinema, respeitando a faixa etária dos alunos, contação de história para a Educação Infantil e Anos Iniciais, exposição de fotos das oficinas para a visitação dos alunos e a confecção da árvore dos desejos, a partir da reflexão Qual é o mundo que queremos viver. “Nosso educandário é um lugar que se preocupa com o pertencimento de nossos alunos, para que se sintam parte da escola, que sejam vistos como indivíduos que têm limitações e dificuldades, mas que têm o seu valor e são importantes para a escola, sua família e sociedade”, disse. “O mais importante é respeitarmos cada pessoa pelo que ela é, pela sua história e seu desejo de vencer os obstáculos, se superar todos os dias, sabendo que ele é amado e que a escola também é sua casa”, finaliza.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

AGROPECUÁRIA

Comissão debate situação da bacia leiteira na região A Comissão de Assuntos Municipais promoveu audiência pública híbrida na semana passada no município de Santo Cristo, campeão na produção leiteira do Rio Grande do Sul, para avaliar o crescente abandono de produtores diante de adversidades como os custos, o clima, e especialmente, a falta de política pública para acolher e incentivar a cadeia produtiva do leite. Loureiro cobrou do governo estadual “política pública adequada” para enfrentar o abandono da atividade, que preocupa o município e a região, que é a principal bacia leiteira do Estado. Documento da Emater divulgado na Expointer indica que 54% dos produtores de leite do RS abandonaram a atividade de 2015 para cá. Ele referiu o impacto no desenvolvimento regional pela exclusão de muitas famílias produtoras de leite do processo, o que “promove a concentração na mão de poucos.

Eduardo Loureiro

Disse que “o Estado precisa dizer o que quer da atividade, se é o mercado que vai regular ou se haverá algumas ações concretas para amenizar a situação”, cobrando “vontade política” para enfrentar o problema. Há três anos, em Pinheirinho do Vale, a crise do setor leiteiro também

esteve em discussão na Comissão de Assuntos Municipais. Pelo Sindilat, o secretário executivo Darlan Palharini observou a queda de consumo do leite nas classes C, D e F, como reflexo da inflação e aumento da energia elétrica, embora o auxílio emergencial durante a pandemia tenha assegurado o consumo. Ele alertou para a entrada de produtos de origem vegetal com a nomenclatura de produtos lácteos, estimulando a venda de queijos veganos, manteiga vegetal ou queijo de caju. Pediu ação junto ao Ministério da Agricultura. "A conclusão disso tudo é que o governo do Estado não tem um plano estruturado, uma política pública para poder auxiliar de alguma maneira essas famílias. É sempre importante que haja o envolvimento do governo, que não deixa essas famílias desses produtores, pela importância desse setor, sem algum tipo de apoio, ou subsídio, ou programa", conclui Loureiro.

OAB se reúne com delegados de polícia As prerrogativas dos advogados estão previstas pela lei n° 8.906/94 e garantem ao profissional o direito de exercer a defesa plena de seus clientes, com independência e autonomia, sem temor de qualquer autoridade que possa tentar constrangê-lo ou diminuir o seu papel enquanto defensor das liberdades. Essas regras garantem, por exemplo,

que um advogado tenha o direito de peticionar junto as delegacias de polícia e receba tratamento respeitoso, além do devido protocolo das petições. Para ajustar as prerrogativas dos advogados, nesta semana, o conselheiro estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Edmilson Michelon, a vice-presidente da OAB

Integrantes da OAB Ijuí debateram prerrogativas com delegados da Polícia Civil

Ijuí Maria Cristina Lucion e do presidente da Comissão de Prerrogativas Cristiano Sander, realizou reunião com o Delegado Regional da Polícia Civil, Ricardo Miron, para tratar do protocolo de petições de advogados e advogadas junto as delegacias. A Ordem postulou que sejam respeitadas as prerrogativas profissionais, sem entraves no direito de livre petição e com o devido respeito a advocacia. Na oportunidade, o delegado regional e a OAB Ijuí alinharam entendimento no sentido de que as prerrogativas serão respeitadas, e que os(as) advogados(as) terão suas petições protocoladas com a devida ciência da autoridade policial e sem nenhuma violação de prerrogativas. A OAB Ijuí também aproveitou a oportunidade para dar as boas vindas ao novo delegado, Antonio Gilberto Matter Soares, que atenderá a Delegacia da Mulher. A Ordem destaca que o(a) advogado(a) é essencial a administração da justiça e que a violação das prerrogativas fere a cidadania de todas as pessoas.

13

Sicredi lidera operações de crédito do Plano Safra O Sicredi, uma das instituições que mais fomentam o agronegócio gaúcho, encerrou o Plano Safra 2020/2021, com mais de 127 mil operações realizadas no Rio Grande do Sul, o que corresponde a aproximadamente 45% todas as contratações de crédito rural do Estado. Em volume concedido, o valor liberado foi de quase R$10 bilhões. Já, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), representou 73% do total de operações liberadas pelo Sicredi. “O Sicredi é a primeira instituição financeira em número de operações de crédito rural no Rio Grande do Sul, o que demonstra que os valores concedidos chegam a um maior número de produtores rurais, reforçando nosso compromisso com o apoio ao setor. Também no Plano Safra 2020-2021, tivemos um aumento de 26% no volume liberado em comparação ao ciclo anterior. Estes resultados mostram a força do Sicredi como uma instituição financeira cooperativa muito próxima de seu associado, buscando o Márcio Port desenvolvimento local sustentável e a melhoria da qualidade de vida”, explica o vice-presidente da Central Sicredi Sul Sudeste, Márcio Port. Reforçando sua posição como uma das instituições financeiras que mais concedem crédito ao agronegócio no Brasil, o Sicredi já registrou a contratação de mais de R$ 4,8 bilhões em crédito rural no País, apenas no primeiro mês do Plano Safra 2021/2022. O valor é 51% maior do que o registrado no mesmo período de 2020 e supera a média de alta verificada no mercado, que registrou aumento de 16% do valor contratado por produtores rurais, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Com o desempenho apresentado neste início de novo ciclo do Plano Safra, o Sicredi tem uma representatividade de 18% das contratações realizadas no País em julho. Isso significa que existe um interesse muito grande do produtor rural em buscar inovação, melhorias e investimento para seus negócios”, conclui Port. Em nível nacional, o Sicredi é, hoje, a segunda maior instituição financeira em crédito rural. No ano-safra 2020/2021, liberou um volume de R$ 29,1 bilhões aos produtores.


14

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

ELEIÇÕES

César Busnello confirma pré-candidatura a deputado

O presidente da PSB de Ijuí, o vereador César Busnello, confirmou que será candidato a deputado em 2022. Ele adiantou que irá decidir junto ao partido se deverá disputar uma vaga na Assembleia Legislativa ou Câmara dos Deputados. Em entrevista ao JM, Busnello salientou que seu nome está “à disposição do partido e salientou que irá trabalhar para que a região tenha uma nova representação política. “Já disputei uma eleição para deputado estadual, e agora estamos analisando se devo concorrer a uma vaga na Assembleia ou como deputado federal, pois estamos precisando de renovação política na região”, declara. Segundo ele, o PSB já oficializou o nome do Beto Albuquerque como candidato ao governo

do Estado e está articulando com vários partidos em relação as eleições para presidente. “Acredito que dificilmente o partido irá apoiar o atual presidente Jair Bolsonaro, eu defendo uma terceira via, pois o País está dividido e precisa encontrar o equilíbrio. Busnello informou ainda que no dia 1º de outubro o PSB irá realizar o Congresso Municipal, às 19h no plenário da Câmara de Vereadores. Na ocasião, segundo o presidente da sigla, ocorrerá a eleição por voto direto e secreto do Diretório Municipal, Conselho de Ética e Fiscal, e delegados ao Congresso Estadual e os seus respectivos suplentes. “Este será um momento importante para reunir e fortalecer o grupo vislumbrando os próximos passos da sigla nas eleições do

César Busnello diz que o PSB está trabalhando com foco nas eleições de 2022

próximo ano.” O presidente do PSB de Ijuí ressalta ainda que o partido nas próximas eleições estará ao lado de quem respeite os direitos do

trabalhador. “Estaremos ao lado daquele candidato que invista em Educação, Saúde, que melhore a segurança e que gere emprego e renda para juventude."

MDB começa formar cenário para a eleição de 2022

Deputados do MDB compareceram em peso a evento realizado no Alto Uruguai

Com a presença do ex-governador Germano Rigotto, que admite concorrer a deputado depois de 15 anos sem exercer mandato, o MDB deu início em Erechim, a uma série de encontros para preparar a campanha de 2022. Os principais líderes do partido atravessaram o Estado, apesar do mau tempo, para marcar presença no encontro que, por causa da pandemia, ocorre em formato híbrido, com transmissão pelas redes sociais. Batizada de Caminhos do Rio Grande, a série de reuniões ocorrerá em sete macrorregiões e terá como foco a discussão do plano de governo, com palestras de especialistas em economia, inclusão social e gestão pública. O MDB pretende anunciar seu candidato

em 4 dezembro. O mais cotado é o presidente do partido, Alceu Moreira, que abriu o encontro de Erechim falando do plano de governo. "Nosso plano de governo será um instrumento do MDB para a disputa eleitoral de 2022. O projeto vai reproduzir o que pensa cada emedebista do Rio Grande do Sul. Mas será um documento aberto, que aceitará sugestões dos partidos que possam vir a se coligar conosco futuramente. Também participaram do encontro, que teve como anfitrião o prefeito Paulo Polis, os deputados estaduais Gabriel Souza, Carlos Búrigo, Tiago Simon, Gilberto Capoani, Vilmar Zanchin, Beto Fantinel, Clair Kuhn e Patrícia Alba, e os federais Giovani Feltes, Márcio Biolchi e Osmar Terra.

Fusão entre PSL e DEM gera incertezas no Estado A articulação nacional que deverá resultar na fusão entre o PSL e o DEM gera incertezas de como o casamento entre as duas siglas se dará no Rio Grande do Sul. Além disso, dependendo dos alinhamentos em relação ao governo de Jair Bolsonaro, é grande a possibilidade de que parlamentares venham a não migrar para a nova sigla. Além disso, nos bastidores, o clima é de que a união entre os partidos, ao invés de fortalecer uma sigla no campo da direita, pode acabar resultando

em um partido sem força. Segundo o presidente estadual do PSL, deputado federal, Nereu Crispim, a união busca dar musculatura a um possível candidato majoritário em 2022. No DEM, por exemplo, há dois nomes citados como pré-candidatos, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Apesar de reconhecer que ainda não há acerto sobre como se dará “a acomodação” local com a fusão, Crispim

espera que todos os parlamentares permaneçam na sigla. “A ideia é manter todos”, apontou. No caso da Assembleia, os deputados do PSLtêm alinhamento com o governo federal. No caso da bancada gaúcha na Câmara, o alinhamento também é forte com Bolsonaro. O deputado federal Bibo Nunes também direciona para o mesmo caminho. No caso do DEM no Rio Grande do Sul o compasso também é de espera. O presidente estadual

da sigla, Rodrigo Lorenzoni, filho do ministro Onyx Lorenzoni, diz que a tendência é que o processo de fusão evolua e, com isso, novos desdobramentos serão necessários, como as composições de diretórios. Atualmente, o DEM tem dois assentos na Assembleia. Porém, um dos integrantes, o deputado Thiago Duarte, já anunciou a intenção de deixar o partido. Enquanto isso, o deputado Eric Lins acompanha com preocupação as movimentações em torno da fusão.

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

FLORESTAS E ÍNDIOS O Presidente do Brasil falou ontem na ONU respondendo a uma campanha antibrasileira , que tem focado em desmatamento e genocídio indígena. Foi curto, conciso, denso, objetivo e claro. Deu uma boa invertida nas falsidades, em geral difundidas na Europa e Estados Unidos, por agentes dos inconformados que ficaram sem as oportunidades de parasitar no dinheiro público. Da tribuna da ONU, o Presidente explicou que mantemos dois terços da vegetação dos tempos de Cabral e 84% da floresta amazônica. Poderia comparar Brasil e Europa antes de Cabral e agora. Mil anos atrás, o território hoje brasileiro, detinha uns 10% das florestas do mundo e a Europa Ocidental, cerca de 7%. Pois hoje, segundo dados da Embrapa Territorial, a Europa tem meros 0,1% das florestas do planeta e o Brasil quase 30%. Não que não tivéssemos desmatado, mas o restante do mundo desmatou bem mais que nós. A Europa tem a aprender com o Brasil e sua história não lhe permite nos dar lições. Quanto aos índios, o Presidente afirmou que temos reservas de 110 milhões de hectares, quase 14% do território nacional e bem mais que os 8% do solo ocupado com agricultura. Calcula-se em 1 milhão de brasileiros de etnias nativas. Já os americanos, para 3,5 milhões de indígenas, reservaram apenas 3% de seu território - boa parte em deserto. E seria maldade se o Presidente comparasse o General Custer com o Marechal Rondon. Por aqui, a história é de integração e miscigenação étnica. É bom lembrar que a Polícia Federal derrubou uma a uma as falsas denúncias assassinatos de índios, que políticos e artistas alardearam. Para mostrar a realidade, o vice-presidente Mourão já fez duas viagens à Amazônia, levando 20 embaixadores, a maioria de países europeus. As narrativas de ONGS cheias de dinheiro, de certas lideranças religiosas, que encontram eco na militância midiática, querem, no fundo, enfraquecer a soberania nacional sobre a Amazônia, onde estão 94 milhões de hectares de terras indígenas e uma riqueza mineral e biológica gigantesca.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

15

GOVERNO

“Brasil enfrenta crise hídrica com planejamento” O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem que o Brasil enfrenta a crise energética e hídrica com “planejamento, seriedade e transparência”. A fala foi dita em um evento da Organização Mundial das Nações Unidas (ONU) que discute a questão energética com chefes de Estado e demais representantes de países e do setor. Atualmente, o País vive um cenário de reservatórios com baixo nível de água por conta da falta de chuvas, principalmente na região Sudeste, o que provocou aumento nas contas de luz e pedidos do próprio governo para que haja consumo consciente da energia elétrica. “ Apesar da situação privile-

giada da nossa matriz energética, não estamos de braços cruzados. Queremos contribuir para o desafio coletivo desse processo de transição. São tarefas enormes que o mundo tem pela frente. Aprofundar a descarbonização dos transportes, ampliar a geração de energia para nossas necessidades de desenvolvimento, ou, ainda, lidar com os desafios climáticos, como exemplo a atual escassez hídrica do Brasil, que estamos enfrentando com planejamento, seriedade e transparência”, afirmou Bolsonaro. A manifestação vem um dia após a sua live semanal, realizada na quinta-feira, quando Bolsonaro pediu que a população apague a luz em casa e reduza o uso de ar

Moro avalia Presidência, mas há entraves pessoais O vice-líder do Podemos no Senado, Oriovisto Guimarães, disse ontem que o ex-juiz Sergio Moro não leva em conta apenas questões políticas para a decidir se vai ou não ser candidato em 2022 – mas, principalmente, questões pessoais. “São vários problemas que ele tem que resolver. Ele tem que resolver problemas com a família dele, ele é um homem que depende do salário dele para sobreviver, ele não é um homem que tenha muitos recursos, tá bem de vida, tem um bom salário, mas depende desse salário, teria que fazer um acerto com o empregador. Não é uma decisão fácil para ele”, explica. Guimarães também afirmou que o foco de Moro é uma possível candidatura à Presidência, e negou que o ex-juiz tenha interesse em concorrer a outras posições. “Nunca tive nenhuma conversa em que ele manifestasse esse desejo. Nem ao Governo do Estado do Paraná, nem senador. Eu vejo muita especulação sobre isso”, destaca. O senador, que é um dos principais entusiastas da candidatura de Moro na legenda, reforça: “Ele nunca disse sim, ele nunca confirmou a candidatura, mas ele também nunca disse não, ele nunca disse ‘não serei’. Enquanto ele não disser ‘não serei’, nós continuaremos”, finaliza. No Brasil, Moro vai ter encon-

Sergio Moro

tros com a cúpula do Podemos e com outros interlocutores para definir se entra ou não na política. Foram confirmadas agendas com a presidente do Podemos, deputada federal Renata Abreu (SP), com os senadores Álvaro Dias (PR) e Oriovisto Guimarães (PR). Na quinta, Moro esteve em Curitiba, onde mora a filha mais velha, que não acompanhou a família na mudança para os Estados Unidos. Os locais e as datas das reuniões políticas entre Moro e interlocutores são mantidos em segredo. Os encontros podem acontecer em Curitiba, em São Paulo ou em Brasília.

condicionado para economizar energia elétrica. Também sugeriu evitar o uso de elevadores e banhos frios. “Tomar banho é bom, mas se puder tomar banho frio, é muito mais saudável. Ajude o Brasil”, disse na transmissão, afirmando que a crise energética é a maior dos últimos 91 anos. “Temos trabalhado para dar acesso à energia (elétrica) para todos os brasileiros, de forma limpa e sustentável”, afirmou. O governo vem tomando iniciativas para garantir o abastecimento de energia elétrica nos horários de pico e evitar, assim, os chamados apagões. Recentemente, foi lançado um programa de bonificação, com descontos nas contas de luz de

Bolsonaro destacou pontos em fala durante evento promovido na sede da ONU

consumidores residenciais que economizarem energia elétrica. Além disso, tem autorizado o acionamento de usinas termelétricas. Em sua fala, Bolsonaro disse que o Brasil possui “a matriz energética mais limpa dentre as grandes economias do mundo”. “Mais de 47% da nossa matriz energética e mais de 80% da nossa matriz elétrica são

renováveis. Somos exemplo de transição energética, processo que, no Brasil, teve início nos anos 70”, ressalta. O presidente também afirmou que o Brasil se comprometeu a reduzir, nos próximos 10 anos, 620 toneladas de emissão de carbono no setor de combustíveis e transporte, além de investir recursos para pesquisa e treinamento para produção de hidrogênio limpo.

Vice-governador vai para o PSDB O vice-governador e secretário de Segurança do Estado, Ranolfo Vieira Júnior, irá se filiar ao PSDB na próxima segunda-feira. O ato terá a participação do governador do Estado, Eduardo Leite (PSDB), e outras lideranças tucanas. A filiação está marcada para as 19h, no Plaza São Rafael, em Porto Alegre. Ranolfo estava há oito anos no PTB e se desfiliou do partido na última semana. No Twitter, o presidente estadual do partido e deputado federal, Lucas Redecker, felicitou a filiação. “Desejo boas-vindas e muito sucesso na jornada. Tenho certeza que será uma parceria de muitas conquistas”, escreveu. A ex-governadora do Estado, Yeda Crusius, também deu as boas-vindas ao vice-governador em sua conta. A saída do PTB ocorreu após o presidente nacional da sigla, Roberto Jefferson, atacar o governador Eduardo Leite e criticar as políticas de enfrentamento à pandemia adotadas por ele. Na

Vice-governador Ranolfo Vieira (D) assinará filiação ao partido de Leite

época, o vice saiu em defesa de Leite e Jefferson decidiu dissolver o diretório estadual do PTB. Com o ocorrido, o trabalhista foi condenado a pagar R$ 300 mil por ofensas homofóbicas a Leite e vários políticos - entre vereadores e deputados estaduais - também anunciaram seu desejo de sair do partido. Em sua conta no Twitter, o vice-

governador disse deixar a sigla por “não ter outra alternativa”, se referindo ao ocorrido. “Inclusive em respeito ao histórico local dos companheiros petebistas e ao cargo que eu exerço como vice-governador do Rio Grande do Sul, em sintonia com o governador Eduardo Leite”, escreveu ele, em publicação na semana passada.

18 dos 23 ministros já contrairam covid-19 Dos atuais 23 ministros do governo do presidente Jair Bolsonaro, pelo menos 18 já pegaram covid. Quatro tiveram a doença antes de assumir o cargo. As duas confirmações mais recentes são da ministra Tereza Cristina (Agricultura) e Bruno Bianco (Advocacia-Geral da União), que anunciaram teste positivo ontem. Outros cinco ex-ministros

também tiveram covid. Os cinco enquanto estavam nos cargos. Os últimos casos, juntos do deputado Eduardo Bolsonaro e do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foram confirmados em viagem do Itamaraty aos Estados Unidos e ao Reino Unido. Av proporção de disseminação do vírus na Esplanada, portanto, é oito vezes maior que a da média da população brasileira. Até

o momento, pouco mais de 21 milhões de pessoas contraíram a covid-19 no país (aproximadamente 10% dos brasileiros). O próprio Bolsonaro segue em isolamento e pode pegar até um ano de prisão caso descumpra uma quarentena de 14 dias depois de chegar ao Brasil na quarta-feira da viagem aos Estados Unidos para participação na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).


16

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

Esportes

COPA DO MUNDO DE FUTSAL

VOLTA DO PÚBLICO AOS ESTÁDIOS

Rumo ao hexacampeonato, a Seleção Brasileira de Futsal volta à quadra amanhã, às 10h (de Brasília), em Vilnius, na Lituânia, pelas quartas de final. A equipe treinada por Marquinhos Xavier enfrenta o Marrocos, que passou pela Venezuela, nas oitavas. O time brasileiro na fase anterior venceu o Japão por 4 a 2, gols de Ferrão, Leozinho, Pito e Gadeia. O jogo foi disputado na última quinta-feira.

Diversos estados têm anunciado o retorno das torcidas aos estádios. Horas depois de Pernambuco, foi a vez do governo de São Paulo antecipar a volta do público em jogos de futebol. A partir do dia 4 de outubro será liberada 30% da capacidade dos estádios, sendo um aumento gradual, chegando em 15 de outubro em 50% e em 1º de novembro na capacidade máxima. Só poderão participar dos eventos quem tiver tomado as duas doses da vacina.

Sandro Palharini treina o Sub-20 da SER Cruz Alta O ijuiense Sandro Palharini é o técnico do time Sub-20 da SER Cruz Alta. A equipe estreia no Estadual da categoria no próximo dia 3 de outubro, contra o União Frederiquense. A primeira partida seria contra o Passo Fundo, no Estádio Vermelhão da Serra, mas a Federação Gaúcha de Futebol(FGF) vai definir nova data. O time cruzaltense está na chave A junto com Ypiranga de Erechim, Santo Ângelo, Riograndense-SM, União Frederiquense, Atlético de Carazinho e Passo Fundo. Quatro times avançam para a segunda fase da competição. Palharini foi gerente de futebol do São Luiz e já treinou o Sub-19 do Rubro. O convite para treinar a SER Cruz Alta partiu dos desportistas que tem a gestão do 12 Horas de Porto Alegre, integrante da Copa FGF/Troféu Dirceu de Castro. "Começamos um trabalho difícil, tudo novo, a estrutura. O Guarany não existe mais e então a SER Cruz Alta tem a documentação certa, é um clube que precisa crescer e para que isso aconteça tem que trabalhar, jogar campeonatos. Iniciamos agora com o Sub-20. Estamos formando a equipe, preparando uma estrutura em todos os sentidos, de material, campo de treinamento, tudo que precisa um clube para jogar. Estamos trabalhando há duas semanas, com jogadores de 17 anos em diante. Se o atleta for bom, vai jogar também", disse Sandro Palharini. O treinador salientou que a equipe está quase formada para o primeiro jogo diante do União. As partidas da SER Cruz Alta serão no Estádio do Nacional, com os treinos no campo do Riograndense. A ideia é disputar em 2022 a 3ª Divisão do Gauchão. Palharini recordou que Cruz Alta é um lugar onde foi muito forte o futebol, mas o trabalho que está iniciando agora será de longo prazo. O técnico disse que os empresários que assumiram a SER Cruz Alta buscam também a revelação de novos jogadores. De Ijuí estão confirmados no grupo o goleiro Renan, os laterais Luan e Antony, o volante Miguel, o zagueiro Dente,

o meia Guilherme e o atacante José Carlos. O meia Luan, que foi Sub-17 do São Luiz também faz parte do elenco. Palharini, organizador dos jogos dos Veteranos do Esporte Clube São Luiz confirmou para 2 de outubro a participação em uma festa esportiva em Passo Burmann, Catuípe, diante do Sete de Setembro. Os ex-jogadores Daniel Coracini, Alencar, Evandro Brito, Itaqui, e Tiago Gaúcho atuarão. No dia 4 de dezembro no Estádio 19 de Outubro, acontecem os amistosos do São Luiz de Todos os Tempos contra o Botafogo de Santo Augusto e o Gaúcho de Ijuí. O ex-goleiro Danrlei, o ex-meia Arilson e o ex-atacante Jardel estarão presentes. Os ex-treinadores Cassiá, Cristiano Baggio e Pontes e o treinador Tiago Nunes virão.Haverá homenagem ao ex-volante Nelson, que faleceu nesta semana em São Borja. Dia 11 de dezembro os Veteranos atuarão em Santa Rosa contra o Dínamo, revivendo o clássico regional.

Classificação Sub- 11 1º) Ypiranga e Academia do Futebol-6 pontos 3º) GBM e Marítimo-4 pontos 5º) Avenida e Grêmio Santo Ângelo-3 pontos

As Gurias Coloradas contam com mais uma atleta em seu elenco. Natural de Salvador, a atacante Tamara é a nova contratada do Internacional. Aos 18 anos, a atleta chega ao Inter após passagem pelo Bahia, equipe que defendeu na mais recente edição do Campeonato Brasileiro Sub-18. Famosa pela velocidade que exibe dentro das quatro linhas, Tamara também é chamada pelo apelido de Bolt. A rapidez, contudo, não é a única das qualidades da atleta, que brilhou com três gols e uma assistência no Nacional Sub-18 disputado no último mês de julho, competição cuja primeira fase foi encerrada com o Bahia na vice-liderança do grupo F, dono de 10 pontos após seis rodadas.

GAUCHÃO FEMININO I

Sandro Palharini comandará o Sub-20 da SER Cruz Alta no Estadual

GBM estreia amanhã no Sub-15 da Noligafi O GBM de Ijuí estreia amanhã na categoria Sub15 do Campeonato da Nova Liga Gaúcha de Futebol Infantil(Noligafi Evolução). Enfrenta o Grêmio Santo Ângelo, a partir das 15h no campo do bairro Lambari. No Sub-11 e Sub-13 a equipe ijuiense volta à campo diante do Ypiranga de Erechim dia 3 de outubro, em Ijuí. No sub-13 o time lidera a chave com nove pontos e no sub-11 ocupa o terceiro lugar com quatro pontos. A Escola Marítimo de Ijuí jogará dia 3 de outubro, fora de casa contra o Avenida de Agudo. No sub-13 o Marítimo é o terceiro com quatro pontos e no sub-11 o quarto com quatro pontos, ficando atrás do GBM nos critérios.

CONTRATAÇÃO

A primeira rodada do Gauchão de Futebol Feminino fecha amanhã com uma partida. No Estádio Estrela D`Alva em Bagé se enfrentam Guarany e Pelotas, pela chave A. O jogo começa às 11h. No domingo, 3 de outubro serão disputadas as partidas válidas pela segunda rodada. Na chave A no Estádio das Castanheiras em Farroupilha, Brasil x Guarany-BA. Na Boca do Lobo, Pelotas x Grêmio. No grupo B no Sesc Campestre em Porto Alegre, Internacional x Elite de Santo Ângelo; e no CT Futebol Com Vida em Três Passos, Flamengo de São Pedro, Tenente Portela x Juventude.

GAUCHÃO FEMININO II Time Sub-13 do GBM goleou o Grêmio Santo Ângelo no Estádio da Zona Sul Sub-13 1º) GBM-9 pontos 2º) Academia do Futebol-5 pontos 3º) Marítimo e Avenida-4 pontos 5º) Grêmio Santo Ângelo e Ypiranga- 1 ponto

O Grêmio lidera o grupo A com 3 pontos. Pelotas e Guarany ainda não estrearam. O Brasil-FA não pontuou. Na chave B, Internacional e Flamengo lideram com 3 pontos. Elite e Juventude não somaram pontos na primeira rodada.O Campeonato tem oito times divididos em dois grupos com quatro equipes cada. A competição é em turno e returno. Os dois melhores avançam para as semifinais disputadas em jogos de ida e volta.


Jornal da Manhã

DOIS TOQUES

Carlos Alberto Padilha esporte@jornaldamanhaijui.com

ATRAÇÃO- O futebol feminino segue em alta na região. O Esporte Clube Ijuí promove amanhã a partir das 9h um torneio de futebol sete na Praça de Esportes Rodolfo Burmann. Participarão o Fênix de Crissiumal, Império de Ijuí, Constelação de Panambi, Guarani e TPM de Santo Ângelo, Sport e As Guardiãs de Tupanciretã e As Gurias de Jóia, entre outros times. No Gauchão Feminino o Elite de Santo Ângelo folga amanhã e volta a jogar dia 3 de outubro, contra o Inter, em Porto Alegre. JOGOS - A última rodada da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro será disputada hoje. Pela chave B às 15h jogam no Durival Britto em Curitiba, Paraná x Oeste. Às 17h serão realizados estes jogos: no Estádio José Maria de Campos Maia, Mirassol x Novorizontino; no Estádio Novelli Júnior em Itú, Ituano x Botafogo de Ribeirão PretoSP; no Orlando Scarpelli em Florianópolis, Figueirense x Criciúma e no Estádio Francisco Novelletto(Passo D´Areia) em Porto Alegre, São José x Ypiranga de Erechim. Os quatro primeiros: líder, Novorizontino, 36 pontos; segundo, Ituano, 32 pontos; terceiro, Ypiranga, 31 pontos; e quarto, Criciúma, 30 pontos estão garantidos na segunda fase. SÉRIE D- Os times gaúchos jogam hoje pela terceira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O Caxias atua às 16h, no Estádio Centenário diante do União Rondonópolis do Mato Grosso. O Esportivo recebe no mesmo horário no Estádio Montanha dos Vinhedos em Bento Gonçalves a Ferroviária de Araraquara, São Paulo, equipe de melhor campanha na competição. O lateral ijuiense Léo, integra o elenco do time paulista. Tanto o Grená como o Alviazul receberão torcedores nos seus Estádios, cumprindo todos os protocolos. DIVISÃO DE ACESSO-Três jogos abrem o Gauchão Série A2 hoje: às 15h, Cruzeiro x Brasil-FA; União Frederiquense x Tupi; e às 18h, Veranópolis x Igrejinha. Amanhã às 15h,Passo Fundo x Glória; Bagé x GuaraniVA; e Lajeadense x Inter-SM. Segunda-Feira às 19h, Avenida x Guarany-BA; e às 20h, São Paulo x São Gabriel.

SÁBADO E DOMINGO, 25 E 26 DE SETEMBRO DE 2021

17

Inter com Edenilson e Taison recebe o Bahia no Beira-Rio Com sete jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro e colado na zona da Libertadores, o Internacional vai em busca de mais três pontos para seguir subindo na tabela de classificação.Amanhã às 16h, no Estádio Beira-Rio, enfrenta o Bahia. Os laterais Moisés e Renzo Saravia estão suspensos e desfalcam o time colorado. Heitor e Paulo Victor devem ser escalados nestas posições. Recuperado de lesão a tendência é de que Taison volte ao time. O volante Edenilson, artilheiro do Brasileirão foi mais uma vez convocado pelo técnico Tite para três jogos da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Foi cumprimentado pelos colegas. " Muito feliz e honrado de representar nosso país com a Seleção, a melhor do mundo, com os melhores jogadores.É muito difícil chegar e valorizo muito, comemorou o jogador. Ele não será desfalque para o Inter, pois a CBF irá adiar as partidas das equipes que cederão jogadores para o Brasil.

Volante Edenilson foi convocado mais uma vez pelo técnico Tite

CAMPEONATO BRASILEIRO 22ª rodada Hoje,25.9 Ceará x Chapecoense-17h Corinthians x Palmeiras-19h São Paulo x Atlético-MG-21h Amanhã, 26.9 América-MG x Flamengo-11h

Grêmio repete equipe diante do Athletico O Grêmio deve repetir o time que venceu o Flamengo no jogo de amanhã às 18h15 na Arena da Baixada em Curitiba diante do Athletico. Felipão pode manter a estrutura da equipe.O atacante

ATHLETICO

GRÊMIO

Santos; Zé Ivaldo Lucas Fasson Nicolas; Marcinho Richard Christian Abner; David Terans Nikão Bissoli Técnico: Paulo Autuori

Gabriel Chapecó; Vanderson Ruan Rodrigues Rafinha; Thiago Santos Lucas Silva Villasanti; Alisson Borja Ferreira Técnico: Felipão

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa.VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (quarteto paulista).Local: Arena da Baixada em Curitiba. Início: 18h15.

Douglas Costa recuperado de lesão trabalhou durante a semana, mas deve deve ficar como opção no banco de reservas. Com uma vitória neste domingo, o Tricolor pode subir até cinco posições na tabela. A diferença para os primeiros times fora da zona de rebaixamento, América-MG e Bahia, é de apenas um ponto.

Douglas Costa recuperado de lesão muscular fica na reserva

Fluminense x Red Bull Bragantino16h Internacional x Bahia-16h Juventude x Santos-16h Sport x Fortaleza-18h15 Athletico x Grêmio-18h15 Atlético-GO x Cuiabá-20h30

INTER

BAHIA

Daniel; Heitor Bruno Méndez Víctor Cuesta Paulo Victor; Rodrigo Dourado Rodrigo Lindoso; Edenilson Taison Patrick; Yuri Alberto Técnico: Diego Aguirre

Mateus Claus; Nino Paraíba Germán Conti Luiz Otávio Juninho Capixaba; Lucas Araújo Lucas Mugni Daniel; Óscar Ruíz Isnaldo Rodallega Técnico: Diego Dabove

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Michael Correia. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (quarteto carioca). Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Início: 16h.

Rafael Bilu é o novo atacante do Juventude

Buscando qualificar e fortalecer o grupo de jogadores para a sequência da SérieAdo Campeonato Brasileiro, o departamento de futebol do Juventude oficializou a contratação de Rafael Bilu. O atacante, de 22 anos, chega por empréstimo do Corinthians até o final desta temporada. Revelado nas categorias de base do Corinthians, Rafael Bilu passou por todas as categorias de base do clube, desde a equipe sub-13. Conquistou a Taça BH com a equipe sub-17. O jogador também defendeu as cores de América-MG e CSA-AL. Em 2021 jogou o Campeonato Paulista pelo Mirassol e integrava a equipe sub23 do Corinthians no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O atleta já está com seu nome liberado no BID e à disposição do técnico Marquinhos Santos. Depois de afastar o jogador do elenco principal por indisciplina e não conseguir devolvê-lo ao Ceará, clube detentor dos direitos federativos, o Juventude definiu o destino do lateral-esquerdo Alyson. O jogador de 25 anos será repassado ao Sampaio Corrêa para a disputa da Série B do Brasileirão.Alyson participou de 16 jogos com a camisa alviverde, sendo mais frequente na reta final Campeonato Gaúcho, quando

tomou a condição de titular de Eltinho, que se transferiu para o Figueirense. Foram 10 jogos no Estadual, cinco deles como titular. No Brasileirão foram apenas quatro partidas. Ele também foi prejudicado por uma lesão contra o Palmeiras, na quarta rodada, que o afastou por dois meses dos gramados. O Juventude joga amanhã às 16h no Estádio Alfredo Jaconi diante do Santos. O técnico Marquinhos Santos deve escalar este time. Douglas; Michel Macedo, Juan Quintero, Vitor Mendes e William Matheus; Dawhan, Jadson e Guilherme Castilho, Wescley (Capixaba), Sorriso e Ricardo Bueno.

Atacante Rafael Bilu reforça o Juventude no Brasileirão 2021


18

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

COOPERATIVA

Ceriluz recebe licença para usina em Augusto Pestana A primeira usina hidrelétrica do município de Augusto Pestana começa a sair do papel para tornar-se realidade. Isso porque a Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Augusto Pestana recebeu ontem autorização para início das obras, a partir da emissão por parte da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), da Licença Prévia e de Instalação Unificada (LPI) número 160/21. O projeto pertence a empresa CGH Augusto Pestana Arroio Bonito Geração e Comércio de Energia Elétrica LTDA, cujos ativos pertencem integralmente à Ceriluz Geração. Com a licença em mãos, o primeiro passo será a aquisição dos equipamentos que formam o

conjunto de geração, incluindo turbina e gerador. A obra física deve começar no início de 2022, com previsão de conclusão até o mês de dezembro do próximo ano. A usina será instalada no Distrito de Arroio Bonito, nos fundos do Parque de Exposições Alfredo Schimidt e vai utilizar a vazão do Rio Conceição para geração de energia. Ela contará com uma turbina com capacidade de geração de 1,4 Megawatts (MW) e a área do lago será de cinco hectares, praticamente todo na calha do próprio rio, com baixo impacto no meio ambiente e para os moradores locais. A implantação do projeto contará com o apoio do Badesul, banco de fomento vinculado à Secretaria de Desenvolvimento

Econômico do Rio Grande do Sul. A parceria entre a Cooperativa e o agente financeiro foi formalizada no dia 9 de setembro, em Esteio, por ocasião da 44ª Expointer, onde o presidente da Ceriluz, Iloir de Pauli e o diretor secretário, Sandro Lorenzoni, participaram de ato de assinatura de protocolo de intenções para financiamento do projeto, no valor de R$12 milhões. Estiveram presentes na solenidade, o secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum, o presidente do Badesul, Odacir Klein, a vice-presidente, Jeanette Lontra, o diretor de Operações e Inovação, Flávio Lammel e o diretor financeiro, Kalil Sehbe Neto.

Iloir de Pauli

Programa Susaf possibilita a ampliação dos negócios

Pâmela Thomé da Cruz

O município de Coronel Barros, por meio do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e da Secretaria Municipal de Agricultura, recebeu a homologação da adesão ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf/RS), através da Portaria nº 254/2021, da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural. O Susaf consiste em um programa que se propõe a buscar equidade sanitária na produção, garantindo a qualidade e padro-

Pampa é o bioma que mais perde vegetação nativa

O Pampa, também conhecido como “Campos do Sul”, é o segundo menor bioma brasileiro e o que mais vem perdendo vegetação nativa proporcionalmente ao tamanho de seu território. A partir de análises de imagens de satélite feitas pelo Mapbiomas entre 1985 e 2020, foi observado que o bioma perdeu 21,04% de sua cobertura vegetal, ficando à frente do Cerrado (-19,8%), Pantanal (-12,3%) e Amazônia (-11,6%). Muito dessa perda se dá pelo avanço da agricultura no bioma gaúcho. Na última década, a atividade humana sobre a vegetação natural do Pampa passou a ser intensificada. Por ser uma região plana e constituída principalmente por vegetação campestre, como gramíneas, herbáceas e algumas plantas, o Pampa é um território natural para a atividade pastoril. No entanto, como explica Heinrich Hasenack, coordenador do mapeamento do Mapbiomas para o Pampa, ele vem sendo devastado pela substituição da formação campestre pela agricultura, que favorece a perda de biodiversidade e liberação de carbono na atmosfera, além de ser um um desvio de uma vocação econômica natural do Pampa: “Ao contrário da Amazônia ou do Cerrado, onde é preciso desmatar para criar gado, no Pampa a vegetação nativa é um pasto natural, o que permite que a pecuária se desenvolva preservando a paisagem”, explica o coordenador.

nização de produtos de origem animal regionais. Dessa forma, permite que as agroindústrias familiares registradas no SIM comercializem seus produtos em todo o Estado. A médica veterinária responsável pelo programa, Pâmela Thomé da Cruz, ressalta que a adesão ao Susaf é voluntária, isto é, somente as agroindústrias interessadas serão indicadas para o credenciamento. A solicitação ocorre mediante registro no SIM, bem como, o cumprimento ao disposto na Legislação Municipal.

Para ela, a adesão representa uma grande conquista para o município e para os produtores, uma oportunidade de ampliação dos negócios, visto que, muitas vezes, a comercialização apenas a nível local não proporciona retorno suficiente para manter as atividades. Pâmela destaca que o primeiro passo para o processo de adesão é o registro no SIM, salientando que há uma legislação municipal específica que contempla questões como estrutura e requisitos de boas práticas de fabricação.

Receita potencializa fiscalização no Estado

A Receita Estadual continua avançando na melhoria dos processos de fiscalização, com a implementação da Equipe de Prospecção de Indícios, vinculada à Divisão de Fiscalização. Formada por auditores fiscais e técnicos tributários, será responsável pelo aprimoramento da prospecção e da criação de “malhas finas” para fiscalização de contribuintes de tributos estaduais no Rio Grande do Sul. Os resultados serão utilizadas para compor o Plano Anual de Fiscalização, documento que detalha, por exemplo, as atividades de fiscalização dos Grupos Especializados Setoriais (GES) e das Centrais de Serviços Compartilhados (CSC).

“Teremos uma equipe especializada na elaboração de malhas finas, elaboradas em sintonia com a estratégia de fiscalização adotada institucionalmente, melhorando os processos, a gestão e o acompanhamento dos resultados”, afirma o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira. Com a equipe especializada e dedicada ao desenvolvimento de malhas, a Receita espera identificar mais rapidamente os ilícitos tributários e as divergências e inconsistências, auxiliando na priorização dos trabalhos e aprimorando um processo que antes era feito de maneira descentralizada.

Emater|Ascar

Fenômenos Nos últimos meses estamos convivendo com grandes anomalias no tempo, onde tivemos um período de 60 dias com poucas chuvas em pleno inverno e com geadas intensas; depois chuva de granizo, chuva de 150 mm em um período de 12 horas, também ocorreu temperaturas próximas a 40ºC e no dia seguinte 10ºC; isto causa certa ansiedade em relação ao comportamento do tempo. Como estamos em um período que se anuncia a formação do fenômeno “La Nina” na primavera deste ano, cabe uma reflexão sobre o assunto e quais os desdobramentos esses fenômenos podem causar. Sabemos que quando ocorre o fenômeno “El Nino” (aquecimento das águas do oceano Pacífico) provoca o aumento da probabilidade de ocorrência de chuvas regulares no Rio Grande do Sul e que o fenômeno “La Nina” (resfriamento das águas do Pacífico) reduz as probabilidades de ocorrência de chuvas regulares no Rio Grande do Sul. Recentemente foi publicado um estudo dos colegas Ronaldo Matzenauer, Jaime Ricardo Tavares Maluf e Bernardete Radin entre os anos de 1975-2000 sobre a influencia destes fenômenos na produtividade de soja e milho no Rio Grande do Sul, apontam que tivemos 13 anos com eventos neutros, 17 anos com ocorrência de “El Nino” e 15 anos com “La Nina”. Sendo que, a média de produtividade por hectare de soja nos anos de “El Nino” 1950 kg/ha e “La Nina” 1969 kg/ha e milho em anos de “El Nino” 3728 kg/ ha e 3490 kg/ ha em anos de “La Nina”, ou seja, os rendimentos foram semelhantes. Já, nos anos neutros os rendimentos foram muito inferiores com rendimento de 1639 kg/ha para a soja e 3006 kg/ha para o milho. Na região de Ijuí, esses resultados foram de: soja anos de “El Nino” 1995 kg/ha e milho 4.860 kg/ha e anos de “La Nina”2.024 kg/ha soja e 4412 kg/ha de milho. Em anos neutros tivemos 1760 kg/ha de soja e 3448 kg/ha de milho. Uma curiosidade que o estudo revela é que o ano que tivemos a pior estiagem da história que foi 2005 foi um ano de fenômeno “El nino” forte. Já nos anos de 2016/2017 tivemos o maior rendimento médio de soja por hectare com 3.361 kg/ha é foi um ano de “La Nina” fraco. O estudo aponta que “A hipótese de que os eventos “El Nino” são favoráveis e o “La Nina” é prejudicial ao rendimento de grãos das culturas de soja e de milho no Estado, não se confirmou”.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de Setembro de 2021

DROGAS

Inteligência ajuda reprimir ação do tráfico

O tráfico de drogas sempre é uma grande preocupação para a sociedade, seja pela sua fácil distribução, seja pela dificuldades em combatê-lo. No entanto, o tráfico de entorpecentes tem se mobilizado e evoluído de tempos em tempos, o que induz as forças de segurança a agirem de forma mais contundente e com maior inteligência para driblar os criminosos e conseguir realizar o seu trabalho. Foi desta forma que na última semana os policiais da Brigada Militar (BM) realizaram uma importante intervenção em Ijuí ao prenderem em flagrante dois traficantes que recebiam pelo setor de encomendas da rodoviária uma quantidade significativa de ecstasy, droga sintética de grande preocupação devido ao seu efeito alucinógeno. Os comprimidos do entorpecente eram oriundos de Balneário Camboriú, Santa Catarina, e iriam ser distribuídos em toda a região. A apreensão foi a primeira com este modus operandi no município, conforme destaca o sub-comandante do 29º BPM, capitão Gilmar Bischoff, em entrevista ao JM. Neste ano, apreensões de drogas sintéticas já foram feitas, mas esta foi a principal, pois afetou a distribuição regional da droga. “Essas drogas são diferentes e precisam de um trabalho minucioso de combate, feito com

Apreensões de drogas sintéticas tem crescido nos últimos meses em Ijuí

base na inteligência policial que identificou que as drogas estariam vindo ao município via setor de encomendas”, ressalta. O capitão também ressalta que essas drogas são localizadas em casos específicos, como festas e raves, frequentadas por pessoas com maior poder aquisitivo e que são muito utilizadas por quadrilhas para o comércio deste tipo de droga. Bischoff disse que não se pode afirmar quem são os principais consumidores, mas devido aos locais onde estes entorpecentes são localizados e o alto custo pelo qual elas são comercializadas, a tendência é de que são consumidas por pessoas que tenham uma melhor condição

financeira. “Para tentar identificar os possíveis locais de venda e consumo, como também deter as pessoas responsáveis, a BM tem buscado opções como diversas, como o uso de policiais disfarçados, bem como um trabalho de inteligência voltado a impedir que esses fatos aconteçam na nossa cidade”, relata. De onde as drogas são oriundas também não foi informado, uma vez que a tais informações são colhidas pela inteligência e podem atrapalhar futuras ações. “A Brigada Militar tem atuado para reprimir estas e outras drogas e o auxílio da comunidade é o principal aliado no combate ao tráfico”, finaliza.

Homem é agredido após roubo em Ijuí Um homem foi agredido com chutes e socos em um assalto a mão armada no bairro Getúlio Vargas, na noite de quinta-feira. Conforme boletim de ocorrência, o homem, 59 anos, havia saído da casa de uma vizinha de sua filha, na rua João Batista Bos, por volta das 20h.

Neste momento, ele foi surpreendido por dois homens que corriam atrás de uma outra mulher. Ao visualizarem a vítima, partiram para cima, derrubaram e renderam o homem. Em seguida começaram as agressões. Ainda, segundo o boletim, os assaltantes levaram um celular

da vítima e cerca de R$ 1,2 mil que estavam na carteira e logo depois fugiram sem deixar rastros. A mulher que fugia dos homens ajudou a vítima e chamou os familiares que prestaram o primeiro atendimento. Não há suspeitos e a Polícia Civil investiga o fato.

Operação apreende agrotóxicos na região Policiais militares do 4º Batalhão de Polícia de Área de Fronteira apreenderam 15 galões de herbicida de origem Argentina, na Linha Uruguai, interior de Porto Lucena. A apreensão ocorreu após informações recebidas pelos policiais que localizaram um veículo Escort carregado com o veneno, nos fundos de uma lavoura, próximo ao rio Uruguai. Um indivíduo ao visualizar a guarnição fugiu do local em direção à mata.

Já na tarde de ontem, os policiais militares abordaram um veículo Vectra próximo à Ilha do Chafariz em Doutor Maurício Cardoso, também na mesma região. Os policiais, ao realizarem revista no veículo localizaram 18 galões de veneno, produto proibido para uso e comércio no Brasil. Nas ações os veículos e os produtos foram apreendidos, um homem foi preso e conduzido a Polícia Federal de Santo Ângelo.

19

Lei de importunação sexual tem 7 mil casos registrados A Lei de Importunação, mais conhecida como Lei da Importunação Sexual, completou três anos ontem, com ao menos mil casos registrados no Brasil. Esse número, no entanto, deve ser maior por dois motivos: ainda não há dados consolidados no país e falta conhecimento sobre a legislação.Para aumentar a divulgação, a autora da lei, a deputada e presidente nacional do Podemos, Renata Abreu (SP), apresentará nova proposta para instalar placas informativas em ônibus e locais públicos. O texto do projeto já está pronto e será apresentado na Câmara dos Deputados nos próximos dias. A parlamentar destaca que até mesmo em delegacias os casos de importunação continuam sendo registrados como de menor potencial ofensivo, o que revela desconhecimento sobre a Lei de Importunação. Hoje, a Lei 13.718, de 2018, prevê como punição para quem comete o crime uma pena de reclusão que pode variar de um a cinco anos. Antes, a legislação previa apenas

o pagamento de multa. Na maioria dos casos, esse tipo de crime é cometido dentro do transporte público. Na última quinta-feira, a Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem dentro de um ônibus, na altura da BR-070, em Ceilândia, Distrito Federal. Ele importunava sexualmente duas mulheres, uma de 31 anos e a outra de apenas 15 anos. O motorista parou na Unidade Operacional da PRF e pediu auxílio. O abusador foi encaminhado à 15ª Delegacia de Polícia Civil do DF. Dados do Dossiê Mulher 2020, mostram que as mulheres jovens são as principais vítimas do crime de importunação sexual. No ano de 2020, das vítimas de importunação sexual, 29% tinham entre 0 e 17 anos (sendo 7% de 0 a 11 anos e 22% de 11 a 17 anos); 42,7% entre 18 e 29 anos; 26,3% de 30 a 59 anos; e 2% tinham 60 anos ou mais. Ou seja, 71,7% das vítimas têm até 29 anos. No Rio Grande do Sul, de janeiro a agosto deste ano, 747 casos foram registrados.

Plantão

LATROCÍNIO

DROGAS

Uma jovem, 20 anos, morreu baleada, com um tiro no peito, durante um assalto na noite de quinta-feira na avenida Chuí, em Porto Alegre. De acordo com a Polícia Civil, o latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu perto das 20h. A vítima havia saído do trabalho, no Barra Shopping Sul. Três criminosos a abordaram em uma parada de ônibus.

Cerca de 10,9 toneladas de drogas foram incineradas no forno de uma empresa na Região Metropolitana de Porto Alegre. Houve a destruição de 10,1 toneladas de maconha; 408,4 quilos de cocaína; 265,2 quilos de crack; 3,1 mil comprimidos de ecstasy; 489 pontos de LSD; 6,5 quilos de skank; 158,5 gramas de haxixe; 187,7 e outros insumos.

AVES

PRISÃO

A Polícia Federal flagrou a transação de sete aves das espécies Arara Azul, Arara Canindé e Papagaio, em frente um hotel em Passo Fundo. A ação teve início com o recebimento de informações pela PF em Porto Alegre, que acionou a delegacia de Passo Fundo para diligências.

A Brigada Militar de Santa Cruz do Sul realizou a Operação Retorno e efetuou duas prisões por cumprimento de mandado. A ação colocou atrás das grades uma mulher, 28 anos, moradora do bairro Avenida e um homem, 32 anos, morador do bairro Bom Jesus.

FURTOS

TRÁFICO

Um mercado localizado em Santa Bárbara do Sul foi invadido. O local já havia sido alvo de furto arrombamento há 3 meses, com o mesmo modus operandi do anterior e do furto ocorrido na sede da Apae da cidade. Do estabelecimento comercial foi furtado cigarros, vinhos e dinheiro.

Em cumprimento de mandado no bairro Harmonia, em Santo Ângelo, a Polícia Civil, através do Setor de Investigações localizou em uma residência 16 porções de cocaína pesando 6,4 gramas, três porções de crack pesando 4,20 gramas, um carregador de pistola .380, uma balança e R$ 2.378. Um casal foi preso.


20

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de SeTembRo de 2021

VIOLÊNCIA

Mais de 14 mil pessoas são presas em operação O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) divulgou números da Operação Maria da Penha, lançada em agosto e deflagrada em todo o Brasil, incluindo o Rio Grande do Sul, com o objetivo de enfrentar a violência doméstica contra a mulher e aprimorar o sistema de proteção às vítimas. Conforme a Operação, realizada em 20 de agosto e 20 de setembro, mais de 14 mil pessoas foram presas por violência doméstica, descumprimento de medidas protetivas e demais crimes contra a mulher. Outras 40 mil medidas protetivas de urgência foram acompanhadas por policiais civis. Ao todo, 127 mil mulheres foram atendidas, segundo os dados divulgados pelo governo. A operação foi um esforço concentrado coordenado pelo Ministério da Justiça para atender casos de violação da Lei Maria da Penha. A operacionalização ficou a cargo das forças de segurança estaduais. As polícias de 26 Estados e do Distrito Federal foram mobilizadas e mais de 108 mil profissionais trabalharam para atender ocorrências ligadas à violação da Lei Maria da Penha, de acordo com o ministério. Ainda segundo os dados do ministério, foram realizadas

Polícia Federal faz operação contra descaminho no RS A Polícia Federal deflagrou na manhã de ontem, a operação Sly no Rio Grande do Sul com o objetivo de combater o descaminho de vinhos argentinos. Os agentes da PF cumpriram nove mandados de busca e apreensão, sendo oito ordens judiciais em São Borja e uma em Porto Alegre. Cerca de 103 garrafas trazidas ilegamente foram recolhidas na ação. De acordo com a PF, a investigação começou com abordagem realizada pela Brigada Militar (BM) em outubro do ano passado em São Borja. Um veículo, carregado com caixas de vinho e outros produtos, foi interceptado. Outros flagrantes foram registrados no período pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Na ocasião, os dois ocupantes do veículo conseguiram escapar, mas foram identificados e tornaram-se alvos da ação desta sexta-feira. Um deles seria o responsável pela travessia de diversas mercadorias, especialmente vinhos argentinos, descarregadas em portos clandestinos na margem brasileira do rio Uruguai. Além do comércio local, os vinhos tinham como destino os grandes centros do País, sendo revendidos principalmente através de sites de comércio eletrônico. A estimativa da PF, com base na análise das informações obtidas, é de que em média 5 mil garrafas de vinho de origem ilegal sejam mensalmente comercializadas por esse grupo.

Ações integradas geraram a prisão das pessoas envolvidas nos crimes

cerca de 35 mil diligências policiais, instaurados quase 37 mil inquéritos e 349 apoios foram prestados a oficiais de justiça para intimação de medidas protetivas de urgência. Os dados foram compilados pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do ministério. A Operação também foi deflagrada em Ijuí. Foram realizadas diversas ações, mas que não acarretaram em prisões. Foram feitas ações de prevenção, como distribuição de folders e orientações à comunidade, mas também foram ampliadas as verificações de denúncias contra

a violência doméstica. Em levantamento feito no Estado, a Polícia Civil e a Brigada Militar (BM) detiveram 77 suspeitos. Desde o início da operação foram executadas diversas atividades de enfrentamento à violência doméstica contra a mulher. Foram registradas mais de 600 ocorrências policiais, que culminaram com a instauração de aproximadamente 500 inquéritos policiais. A operação teve, ao todo, o cumprimento de 39 mandados de prisão e 82 mandados de busca e apreensão.

BM localiza fábrica ilegal de carvão

Material estava em um galpão no meio de uma mata em Porto Xavier

A guarnição da Brigada Militar, durante a Operação Hórus, em patrulhamento na Linha Laranjeira, interior de Porto Xavier, localizou situação de fumaça vindo do interior de uma mata, ocasião em que foi constatado um forno (tipo artesanal) de tamanho grande, em processo de fabricação de carvão, bem como certa quantia de toras de lenha empilhadas prontas para o processo de carbonização. Nas proximidades, em um galpão, foram encontrados sacos de carvão empilhados prontos para comercialização. O proprietário não estava presente sendo que uma senhora apontou a autoria ao seu companheiro. Questionado quanto a legalização do processo carbonífero, disse não ser legalizada. O prejuízo ao crime foi de R$ 18 mil.

Mensalmente, grupo criminoso transportava 5 mil vinhos semanalmente

Suspeitos de aplicar golpe dos nudes são presos A Polícia Civil realizou ontem uma operação em Caxias do Sul e em Bento Gonçalves, na Serra, contra um grupo suspeito de aplicar o golpe dos nudes em todo o Rio Grande do Sul. Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva, mas dois criminosos seguem foragidos. Uma das vítimas da quadrilha perdeu aproximadamente R$ 100 mil. Mais de 20 agentes participaram da operação. Além dos mandados de prisão, foram cumpridos quatro de busca e apreensão. Dois integrantes do grupo já estavam no sistema prisional da região e agora respondem por mais este crime. Além disso, duas mulheres foram detidas. Os nomes dos investigados não foram divulgados porque as buscas ainda continuam. De acordo com o titular da Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos e Defraudações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) e responsável pela ação, André Anicet, os suspeitos respondem pelos delitos de extorsão e associação criminosa. Os integrantes do grupo passaram a ser investigados após a morte por suicídio, de uma das vítimas, em março deste ano; Anicet diz que um policial militar da reserva, 72 anos, que morava em Viamão, tirou a própria vida depois de ter sido extorquido várias vezes pela quadrilha. Ao todo, foram 25 pagamentos feitos por ele e o valor final foi de aproximadamente R$ 100 mil. O idoso era casado e tinha filhos, por isso, temia que a situação fosse exposta à família.


Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 25 E 26 DE SETEMBRO DE 2021

PILOTO

Projeto abordará educação financeira nas escolas A inclusão da educação financeira no currículo escolar parte do princípio de que, quanto mais cedo um indivíduo aprender sobre finanças, maiores são as chances de adotar hábitos conscientes sobre o consumo e traçar um planejamento de vida. Com a aprendizagem dos alunos sobre o tema, as famílias também serão influenciadas a pensar criteriosamente sobre o dinheiro e seus usos. O tema foi debatido no Instituto Estadual de Educação Guilherme Clemente Köehler. Na última quinta-feira a coordenadora pedagógica da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Rosane Menezes, e a as-

sessora pedagógica, Ruth Tressi Zanchet Gomes, discutiram o Projeto Piloto de Educação Financeira com a direção e professores do educandário. Segundo Rosane a iniciativa tem como objetivo conscientizar e orientar diretores, professores e estudantes sobre a importância do planejamento financeiro, para que desenvolvam uma relação equilibrada com o dinheiro e possam tomar decisões sobre finanças e consumo que promovam o seu bemestar. Ela informa ainda que o projeto será desenvolvido nos meses de outubro a dezembro com duas escolas piloto de abrangência da

O projeto foi debatido com a diretoria da Escola Polivalente

36ª CRE, em parceria com o Banrisul. Para a professora Ruth, inserir a educação financeira no contexto escolar é uma urgência social, devido a forma de como

as pessoas lidam com os recursos financeiros, o consumo descontrolado e a ausência de conscientização em relação ao meio ambiente e a sustentabilidade.

Festival vende mais de 1,2 mil cucas

Cucas foram confeccionadas por um grupo de 15 voluntárias

Encerrou-se ontem mais uma edição do Festival de Cucas promovido pela Comunidade Evangélica Luterana. Durante dois dias foram comercializadas cerca de 1,2 mil cucas de diversos sabores, sendo que a campeã de venda é a tradicional cuca de requeijão. O Festival foi realizado por uma equipe de 15 voluntárias que colocaram a mão na massa e confeccionaram os produtos. A promoção tem por propósito angariar recursos para manutenção

da comunidade evangélica e, também, custear despesas de manutenção da Sabeve, instituição que a Comunidade Evangélica Luterana é a mantenedora. Uma das coordenadoras do grupo, Ingrid Schwanke, comemorou os resultados e agradeceu o apoio da comunidade. "Conseguimos atingir a nossa meta que era vender 1,2 cucas e mais uma vez a comunidade prestigiou o nosso evento. Estamos muito felizes com os resultados.", afirma.

21

Bom Pastor lança projeto para idosos Na próxima segunda-feira, às 14h, ocorre o lançamento do projeto Envelhecimento Humano com Protagonismo e Qualidade de Vida no auditório do Hospital Bom Pastor. A iniciativa irá inicialmente envolver um grupo de 12 idosos, tendo como referências os que são atendidos na Unidade Básica do Centro Social Urbano. Segundo a nutricionista Rafaela Sperotto, a ideia é expandir este grupo com atendimento de outros idosos, de outras unidades básicas; mas, inicialmente, devido ao cenário da Saúde não é possível. O projeto tem a participação de integrantes da comunidade e do Conselho Municipal do Idoso.


22

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de SeTembRo de 2021

NUTRIÇÃO

Atividade aborda medicação e alimentação Nesta semana foi realizada uma ação temática sobre a interação entre fármacos e nutrientes. A atividade ocorreu na ala de Saúde Mental do Hospital Bom Pastor e foi promovida pelos acadêmicos do curso de Nutrição da Unijuí, que realizam neste semestre o estágio obrigatório em Nutrição Clínica II, supervisionado pela professora nutricionista Adriane Huth. A atividade teve como intuito explicar aos pacientes que ocorrem interações entre medicamentos e nutrientes. Alguns nutrientes apresentam necessidades alteradas, especialmente quando o paciente utiliza medicações de uso contínuo. Além disso, o processo de

envelhecimento também altera a absorção e a necessidade nutricional de alguns nutrientes. As acadêmicas também apresentaram aos pacientes os alimentos funcionais e os de nutrientes presentes nos alimentos, orientando a forma adequada de inclusão dos alimentos funcionais na dieta habitual. Após as explanações sobre o tema, o grupo de estudantes ofereceu aos pacientes uma combinação nutritiva para degustar, formada por mamão, mel e aveia. Enquanto os pacientes provavam os alimentos, as estudantes sanaram dúvidas que surgiram durante a conversa. Segundo a acadêmica Viviane

de Melo, explicar aos pacientes a importância da alimentação adequada, simultânea à medicação, auxilia no seu processo de recuperação. “É muito importante abordar essa temática, pois alguns medicamentos podem alterar a necessidade e/ou a absorção de nutrientes. Desta forma podemos prevenir carências nutricionais”, comenta. A estudante ainda explica que o estágio traz a possibilidade de atuar em diversas áreas nas quais os nutricionistas estão aptos. “O estágio proporciona a nós, estudantes, aprender na prática, reforçando os conhecimentos teóricos,” finaliza Viviane.

Secretaria lança Novo Pró-Esporte RS A Secretaria do Esporte e Lazer (Sel) lançou,o Novo Pró-Esporte RS. Trata-se de nova instrução normativa da Lei de Incentivo ao Esporte com diretrizes mais claras para que a população possa acessar os recursos desse incentivo do governo gaúcho. A partir de agora, existirão períodos pré-determinados e de longa duração para as inscrições de projetos. Elas podem ser feitas até às 18h do dia 8 de outubro, já sob orientação da nova regulamentação. A secretaria abrirá uma janela especial para inscrições de projetos a serem executados ou iniciados no primeiro semestre de 2022, sempre por meio do site proesporte.rs.gov.br. O lançamento do Novo PróEsporte RS está de acordo com o processo de remodelamento da filosofia da secretaria, tendo como principal pilar promover o “esporte para todos”. Os principais objetivos são a formação de talentos e trabalhar o esporte por meio da saúde e da educação, de forma inclusiva, didática e social, diminuindo a vulnerabilidade e fomentando a participação cada vez maior da população gaúcha. As principais mudanças estão pautadas na democratização e

Conferência finaliza Plano do Esporte e Lazer para se transformar em lei estadual -

capilaridade da política de incentivo, com a finalidade de manter o máximo equilíbrio e eficácia na utilização de recursos entre as modalidades esportivas coletivas e individuais e linhas de financiamento. De acordo com o secretário do Esporte e Lazer, Danrlei de Deus, um novo ciclo se inicia, sob a luz das políticas e diretrizes recentemente estabelecidas pela atual gestão. “Vamos introduzir, de forma efetiva, a abertura, a inclusão e a capacitação para todo o segmento esportivo. As mudanças atuais deverão garantir a qualificação evolutiva

Acadêmicos de Nutrição promovem atividade no Hospital Bom Pastor

Alunos do Sesquinho de Ijuí aprendem sobre trânsito A educação para o trânsito já começa na infância, e foi pensando nisso que a Escola de Educação Infantil do Sesc Ijuí (Sesquinho) promoveu um dia especial para ensinar seus alunos sobre as regras que possibilitam a boa convivência de veículos e pedestres. As crianças de 5 e 6 anos levaram para a instituição suas bicicletas. No pátio, uma cidade foi montada para que eles andassem e entendessem como funciona o trânsito fora dos portões. Placas de trânsito e semáforos foram colocados para sinalizar os caminhos e, se equilibrando em duas rodas, os alunos percorreram o trajeto determinado e simularam situações como incidentes e multas, entre outras. A partir da diversão e de um dia diferente na rotina escolar, as crianças puderam aprender mais sobre mobilidade e respeito às regras e às pessoas.

Agenda 21 debate sobre o regimento do Fórum

dos projetos e melhores entregas para a sociedade”, ressalta. O Pró-Esporte RS tem como objetivo promover a aplicação de recursos financeiros em projetos desportivos e paradesportivos em diversas modalidades. O programa atua por meio de duas ferramentas: a Lei de Incentivo ao Esporte, que concede incentivo do ICMS às empresas patrocinadoras de projetos esportivos aprovados pelo Pró-Esporte; e pelo Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte (Feie), realizado por investimentos de forma direta por parte do Estado, por meio de editais.

O Fórum da Agenda 21 de Ijuí esteve reunido, de forma on-line, com representantes das escolas municipais, 36ª Coordenadoria Regional de Educação - Secretaria de Educação (CRE), Secretária Municipal de Educação de Ijuí (Smed), Sindiáguas, Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan) e comunidade em geral. Inicialmente, aconteceu a discussão sobre o regimento do fórum, a lei nº 4990, que institui o programa Agenda 21 do municí-

pio e também o Passo-a-passo da Agenda 21, com algumas sugestões e proposições acerca destes documentos. Também foram realizados encaminhamentos para a escolha da nova coordenação do fórum para os próximos dois anos da gestão 2022 e 2023, que acontecerá no encontro do mês de outubro.a discussão de assuntos pertinentes ao fórum, o grupo debateu algumas propostas de exposição das cartas produzidas a partir da oficina da Carta da Terra.

Serviços SMED

AÇÃO

CONVOCAÇÃO

EFA

DESLIGAMENTO

As inscrições para a Educação Infantil devem ser feitas de forma on-line até o dia 8 de outubro. As inscrições realizadas no período extraordinário serão incluídas nas listas de espera das escolas na ordem a partir dos critérios já estabelecidos.

Com o intuito de espalhar gentileza entre os integrantes, o Rotaract Distrito 4660 promove, até terça-feira, a ação De Rotaractiano Para Rotaractiano para que sejam enviadas cartas, palavras afetivas ou algo de caráter motivacional.

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo informa que o prazo para a entrega e execução dos contratos referentes a Lei Aldir Blanc (subsidio emergencial Edital 03 e 04/2020) encerrarão no dia 31/10/2021.

A turma 221 do 2º Ano do Ensino Médio e o professor Gilmar Walker realizam na terça-feira, a Mesa Web Meio Ambiente e suas implicações sociais no contexto atual,que terá a participação de especialistas e será transmitida através do Facebook.

No dia 30, das 6h30 às 18h30, o Demei interromperá o fornecimento de energia elétrica no trecho entre a rua Irmãos Gressler e avenida 21 de abril e entre a José Bonifácio e Barão do Rio Branco e adjascências, para melhoria na rede de média tensão.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 25 e 26 de SeTembRo de 2021

23

Memória JM Notícias de SETEMBRO de 1986 Armindo Pydd

pensadores da liberdade 1 – O escritor Rodrigo Constantino no seu livro Pensadores da Liberdade observa que alguns pensadores são capazes de lançar uma sociedade inteira no caos e na miséria, enquanto outros conseguem dirigir toda uma nação rumo a um caminho de liberdade, prosperidade e progresso. 2 – O primeiro escritor analisado é John Locke, pensador e filósofo inglês que dizia o seguinte: as idéias liberais tem que estar baseadas na proteção dos direitos individuais inalienáveis que são basicamente três: à vida, à liberdade e a propriedade. Os EUA foram criados com estes princípios. 3 – Pela terceira vez o presidente Bolsonaro discursa na ONU e basicamente repete as mesmas idéias que ele defende e que levaram a sua vitória nas eleições que são: defesa do Brasil, especialmente da Amazônia, defesa dos valores da família, da criança em especial, crença em Deus e combate à corrupção. Seu governo evitou a implantação do socialismo no Brasil. Também quanto ao assunto atual reafirmou que toda a população estará vacinada até novembro, mas que ele é contra a obrigatoriedade da vacina. 4 – O Brasil alimenta um bilhão de pessoas falou Bolsonaro. O relatório da Aprosoja conta a situação do aproveitamento do Brasil e da sua superfície inteira que tem 553 milhões de hectares - 64% de florestas, 192 milhões de hectares - 22% de pastagens, 72 milhões de hectares - 9% agricultura e 38 Milhões de hectares de suas Áreas que compõem os 5% das cidades. Esse é o desenho da geografia do Brasil que já logo de cara mostra que nós temos realmente um fantástico reservatório natural que é a Floresta Amazônica e uma fantástica área para ainda aumentarmos nossa produção agrícola e produção de carnes e ainda fornecer muito mais alimentos para o mundo inteiro 5 - Onde for possível o Governo Bolsonaro está sendo bloqueado. Agora especialmente na CPI que está em andamento, mas também no Congresso Nacional, Câmara dos Deputados e no Senado. Existem ações típicas de quem quer bloquear o governo, como essa de não votar a indicação de mais um membro para o Supremo Tribunal Federal. Porque não é justamente da conveniência de muitos de nossos parlamentares, trata-se de um evangélico jurista. 6 – Noticia-se que um grande percentual de médicos e trabalhadores na área da saúde da França, que não faz a sua vacina pelas restrições que estão sendo noticiadas. 7 – O Haiti que recentemente foi atingido por mais um terremoto agora vê a consequência da imigração maciça por Estados Unidos, milhares de haitianos estão sendo expulsos daquele país onde estão ilegalmente.

Seminário sobre Oportunidades Empesariais

Decisão dos Juniores em Ijuí

Impulso à industrialização

Plinio Edgar Pereira e o presidente da ACI Élbio Bagetti na abertura do Seminário

O

Seminário sobre Oportunidades Empresariais e Investimentos Regionais, realizado pela Secretaria da Indústria e Comércio do Estado na terça e quarta-feira [dias 16 e 17], representou uma importante contribuição para que Ijuí retome seu processo de industrialização. O presidente da Associação Comercial e Industrial, Élbio Paulo Bagetti, destaca que esta meta, perseguida há dois anos no movimento Retomada do Desenvolvimento, pode ser alcançada como o apoio da SIC e a maior conscientização do empresariado local. O Seminário foi aberto pelo secretário substituto da Indústria e Comércio, Plínio Edgar Pereira. Para o técnico, o trabalho que a SIC desenvolve hoje busca modificar uma postura tradicional, de sempre corrigir formas errôneas de crescimento em vez de executar uma ação de preparação para a nova fase. Eixos Industriais Projeto da Secretaria de Indústria e Comércio do Estado identificou seis eixos industriais, abrangendo 23 municípios que representam, no total do Estado, 31 por cento dos estabelecimentos industriais, 32 por cento da mão de obra industrial e 32 por cento do Valor da Transformação Industrial. No caso específico do eixo industrial desta região, a pesquisa revela que os setores de mecânica e produtos alimentícios são os mais desenvolvidos, ficando como gêneros secundários os minerais não metálicos, metalúrgica, madeira, papel e papelão, couros, peles e similares e bebidas.

CONCURSOS PROCERGS- A partir de segunda-feira, estarão abertas as inscrições para o Concurso que irá preencher 39 vagas e formar um cadastro de reserva em 14 cargos. Os novos servidores terão salários entre R$ 2.960,20 e R$ 6.358,92, conforme o cargo e sua jornada de trabalho, que pode variar de 30 a 40 horas por semana. As inscrições podem ser efetuadas através do site da Fundação La Salle (organizadora) até o dia 26 de outubro, mediante taxa de R$92,64 para os Níveis Médio/Técnico e R$ 211,22 para Nível Superior. GHC/RS- Estão abertas as inscrições para o novo Concurso Público que vai formar cadastro de reserva em 39 cargos Os vencimentos ini-

ciais das variam entre R$ 1.425,60 e R$ 21.612,80. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site da Fundatec até o dia 14 de outubro, mediante taxa de inscrição de R$ 39,90 para cargos de Nível Fundamental; R$ 49,90 para cargo de Nível Médio; R$ 59,90 para os cargos de Nível Técnico e R$ 99,90 para os cargos de Nível Superior. SPGG/RS- A Secretaria de Estado de Planejamento, Governança e Gestão está com inscrições abertas para novo Processo Seletivo Simplificado para preencher 10 vagas e formar cadastro de reserva nos cargos de Médico, que exigem diploma de Nível Superior em Medicina, com registro no órgão competente, e têm salário de R$ 3.370,02, mais gratificações que, quando somadas ao salário, fa-

O tringular final do Campeonato Estadual de Juniores, envolvendo os clubes da Segunda Divisão, será realizado em Ijuí nos dias 10, 11 e 12 de outubro. Esta decisão foi tomada em reunião realizada na última segunda-feira [dia 22], na sede da Federação Gaúcha de Futebol. O torneio decisivo reunirá os juniores do São Luiz, do São José, de Porto Alegre, e do 14 de Julho, de Livramento.

Asfalto do aeroporto O governador Jair Soares assinaou na quarta-feria [dia 24], quando de visita a Ijuí, o edital de abertura de licitação para o asfaltamento do Aeroporto Municipal João Baptista Bós Filho. Jair Soares, que veio à região inaugurar obras rodoviárias, também entregou Cz$ 100 mil para a Biblioteca da Universidade de Ijuí e recebeu reivindicações do prefeito Wanderley Burmann e da Executiva Municipal do PFL.

zem com que a remuneração chegue até R$ 6.854,39. As inscrições podem ser efetuadas até o dia 13 de outubro, na Divisão de Pessoal (Dipes) da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão. UFSM- Inscrições abertas para o Concurso Público de provas e títulos da universidade, que irá preencher uma vaga de professor adjunto para a disciplina de Geociências/Meteorologia/Micrometeorologia, que exige graduação e doutorado nas áreas, O salário é de R$ 9.616,18, por jornada de trabalho de 40 horas por semana (dedicação exclusiva).As inscrições devem ser efetuadas em www.ufsm.br/trabalhe-na-ufsm/ até às 23h59 do dia 1º de outubro, mediante taxa de inscrição de R$ 240 e o pagamento deve ser efetuado até o dia 4, conforme expediente bancário.


www.clicjm.com

festival de cucas

seNsaÇÕes

O Festival promovido pela Comunidade Evangélica Luterana de Ijuí comercializou cerca de 1,2 mil cucas de diversos sabores | 21

Alunos da Escola Deolinda Barufaldi participaram de exercícios de estímulo à empatia | 12

tite coNvoca Mais uMa veZ edeNilsoN

precatórios

Volante do Inter estará em campo amanhã diante do Bahia, em jogo da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. | 17

felipÃo deve repetir eQuipe eM curitiBa Pela primeira vez, treinador do Grêmio poderá escalar a mesma equipe em duas partidas consecutivas na competição. Douglas Costa ficará na reserva. | 17

Governador Eduardo Leite e secretários de Estado foram recebidos pelo desembargador Voltaire de Lima Moraes e pela juíza Alessandra Bertoluci para debater pagamento da dívida | 3

OPINIÃO JM | 6 Se colocar no lugar do outro e dar chance à vida é um comportamento grandioso frente as adversidades do enfrentamento de uma doença.

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - Sábado - 25-09-2021  

Jornal da Manhã - Sábado - 25-09-2021  

Profile for clicjm
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded