Jornal da Manhã - Sábado - 20-11-2021

Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sábado e domingo, 20 e 21 de novembro de 2021

PF QUER INVESTIGAR EMENDAS STF recebe pedido de instauração de inquérito para apurar se houve irregularidades nos pagamentos. | 15

Ano 48 - Nº 135

R$ 4,00

Plano de Mobilidade completa 10 anos sem estar concluído

ANA AMÉLIA ANUNCIA SAÍDA DO PP Política pretende concorrer ao Senado em 2022 e recebeu convites do PSDB e PSD. | 14

LOJISTAS COBRAM REFORMAS Empresários estiveram reunidos com Executivo e pediram melhorias na área central de Ijuí. | 10

No mesmo período, frota de veículos de Ijuí cresceu quase 50%, passando de 41,2 mil, para 61,2 mil | 7

PROVAS DO ENEM COMEÇAM A SER APLICADAS AMANHÃ

NOVAS MEDIDAS CONTRA A COVID JÁ ESTÃO EM VIGOR

MULHER ACUSADA DE INCENDIAR E MATAR EX MARIDO É PRESA

Os candidatos farão no primeiro dia prova de Linguagens, Ciências Humanas e Redação. | 18

Deixa de ser obrigatório o distanciamento de pelo menos um metro entre pessoas em ambientes abertos ou fechados. | 9

Crime ocorreu no dia 31 de outubro, no bairro Storch. Acusada, 45 anos, foi presa pela Draco após investigação. | 19


2

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 20 E 21 DE NOVEMBRO DE 2021

RADAR VACINAÇÃO O Brasil atingiu a marca de mais de 300 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 aplicadas desde o início da campanha de vacinação, informou ontem o Ministério da Saúde (MS). Até o momento, 157,6 milhões de pessoas receberam a primeira dose e 129,8 milhões tomaram as duas doses ou a dose única da vacina, o que representa que 73,3% da população-alvo completou o ciclo vacinal. VEGETAIS Uma pesquisa divulgada, ontem, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aponta que a maior parte dos vegetais comercializados no Brasil são seguros para consumo. Segundo o levantamento, 89% das amostras de produtos de origem vegetal analisadas pelo Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes (PNCRC) em Produtos de Origem Vegetal “estão dentro do nível de conformidade”. Ainda, segundo o estudo que foi feito em 2019 e 2020, 49% dos produtos analisados não apresentaram nenhum resíduo e contaminante. FGTS Até 2025, mais de R$ 326 bilhões de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderão ser usados para a contratação de projetos nas áreas de habitação, saneamento básico e infraestrutura urbana. O Conselho Curador do FGTS aprovou o orçamento operacional do fundo para 2022 e o plano plurianual de aplicação para o período de 2023 a 2025. As propostas foram encaminhadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que é o gestor da aplicação dos recursos e referendadas pelo colegiado, durante reunião ordinária. ENERGIA O Brasil ultrapassou a marca histórica de 12 gigawatts (GW) de capacidade instalada de energia solar em usinas de grande porte e em sistemas de pequeno e médio portes instalados em telhados, fachadas e terrenos. A potência corresponde a 1,8 GW de energia firme, que é a capacidade de suprimento de energia. Essa quantidade de energia gerada é suficiente para abastecer quatro milhões de residências brasileiras com consumo médio de energia de 150 KWh (kilowatt/hora). INSS A elevação da estimativa de alta da inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) para 10,04% vai impactar os reajustes do salário mínimo, dos ganhos de aposentados e pensionistas e elevar o teto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para R$ R$ 7.079,50 a partir de janeiro. Teto do INSS é o valor máximo que o trabalhador pode receber de aposentadoria. Com o novo percentual, o salário mínimo poderá subir dos atuais R$ 1.100 para R$ 1.210,44 em 2022. A previsão inicial, apresentada na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), era de R$ 1.147, valor R$ 63,44 abaixo da mais recente estimativa.

OLHO DA RUA Ijuí já está entrando no clima natalino. Por onde se olha já se pode ver enfeites decorando os ambientes. Nesta semana, a Apae recebeu a decoração deixando o espaço mais bonito e encantado.

INDICADORES Poupança 19.11.2021 ............... 0,44 % Ouro 19.11.2021.............R$ 333,35(gr) Dólar Comercial.................... R$ 5,6080 Dólar turismo ....................... R$ 5,8187 Euro .......................................... R$6,33 IPC/FIPE OUTU. /2021 .................... 1% INPC OUTU. /2021 ..................... 1,16% IGP-M OUTU. /2021.................... 0,64% IPCA OUTU. /2021 ..................+1,25% TR OUTU/2021 ..........................+0,0% SELIC OUTU/2021..................+7,75 %

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 3.293 2º - 6.931 3º - 1.619 4º - 7.301 5º - 9.337 ENTRE ASPAS "Não o individualismo, postura do e os erros "O quequeremos acontece que é o seguinte. Existe umaa pressão avanço, de condução política cometidos pelo governador João Doria não vou dizer da civilização, um avanço das pessoas que moram comprometam a relação histórica que os partidos têm em no Centro-Sul do Brasil para áreas de terras não ocupadas na nível nacional e estadual. Vamos continuar conversando com Amazônia. Há essa pressão." Vice-presidente da República, o PSDB sobre as eleições. O partido terá toda a disposição Hamilton Mourão de diálogo e construção conjunta." Presidente do DEM, ACM Neto "Há preocupação com a trajetória fiscal, se temos juros de "É possívelara Ministério da Vice-presidente da 12% ou 13% como crescimento deSaúde." 1%, temos claramente uma CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) trajetória [fiscal] explosiva." Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto

"Esta CPAlguma coisa aconteceu temdeque ser res"Nunca passou pela minha cabeçae aalguém hipótese deixar o ponsabilizado isso." Senadora, Simone (MDB-MS) PSDB, partidopor a que pertenço há cerca de Tebet 30 anos. Prévias são instrumentos democráticos e devem servir para apontar caminhos e não para fechar portas. Devem ser instrumentos de inclusão e não de exclusão." Deputado federal, Aécio Neves

GETÚLIO

QUINA

CONC URSO nº

5709

17 44 49 50 65 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 2376

01 02 04 06 08 09 14 15 16 17 19 21 22 23 24 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

29° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

12°

DOMINGO

MÁX.

33° Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

14°

SEGUNDA

MÁX.

35°

Sol com algumas nuvens. Não chove.

MIN.

18°

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembRo de 2021

VENDAS

Portaria flexibiliza comércio de alimentos

A Secretaria Estadual de Saúde publicou a portaria 763/2021 que regulamenta as boas práticas na manipulação e comercialização de alimentos em açougues e fiambrerias no Estado. A medida atende as reivindicações da Fecomércio-RS e dos Sindicatos de Gêneros Alimentícios, corrigindo exigências do decreto nº 53.304/2016, que recebeu inúmeras críticas no Estado. O assessor parlamentar da

Adriano Beuren

Fecomércio, Adriano Beuren, salienta a importância da nova portaria que permite flexibilizações sobre exigências que acabavam prejudicando diversos estabelecimentos do segmento, pela complexidade das normas e o elevado grau de exigência por determinadas atividades, o que, muitas vezes, inviabilizou vários negócios. “Uma das principais modificações desta portaria é a desobrigação de responsável técnico com formação específica na área de alimentos para açougues e fiambrerias que possuem sala própria para manipulação. Essa função poderá ser feita, a partir de agora, pelo proprietário do estabelecimento ou um colaborador, desde que tenham o curso de Boas Práticas e Manipulação de Alimentos.” Outra alteração apontada por

A portaria retira a complexidade das exigências a serem cumpridas, torna mais clara as normas. Ao mesmo tempo beneficia o consumidor"

Beuren, diz respeito à carne moída. Ele lembra que, antes, os estabelecimentos com sala de manipulação podiam vender esse produto, desde que a moagem da carne fosse assistida pelo consumidor. Agora, os estabelecimentos poderão vender carne moída a granel, contanto que respeitem o limite do balcão expositor e que a carne seja moída diariamente e as sobras descartadas. Beuren diz que essas alterações não atendem apenas os pleitos da Fecomércio-RS e dos Sindicatos dos GênerosAlimentícios, mas traz benefícios aos consumidores. “A portaria retira a complexidade das exigências a serem cumpridas, torna mais clara as normas. Ao mesmo tempo beneficia o consumidor. Tudo porque caso fossem mantida a necessidade de contratação de profissional especializado na área de alimentos, os estabelecimentos teriam mais custos que seriam, automaticamente, repassados aos preços do produto.” O assessor da Fecomércio também observa que a flexibilização não vai comprometer o controle sanitário, pelo contrário, vai facilitar o trabalho dos profissionais que atuam na fiscalização da qualidade dos alimentos.

Auxílio atinge 23,7% dos domicílios O aumento do desemprego e a criação do auxílio emergencial, durante a pandemia da covid-19, mudaram o perfil do rendimento domiciliar dos brasileiros em 2020. Neste período, aumentou o número de lares com moradores que recebem “outros programas sociais”, classificação utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para designar o novo auxílio e outros benefícios oferecidos pelo governo, que não incluem o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC-Loas), pago a pessoas com baixa renda. É o que revela a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua 2020 – Rendimento de todas as fontes, divulgada,ontem, pelo instituto. No primeiro ano da pandemia, o auxílio emergencial destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais e desempregados esteve presente em cerca de 23,7% dos lares no Brasil. Em 2019, apenas 0,7% dos domicílios recebiam recursos somente de algum outro programa

social do governo federal. O aumento do desemprego foi registrado em todas as regiões brasileiras, mas o Nordeste foi a região que apresentou a maior proporção de domicílios com beneficiários desses outros programas: 34%. Já a região Sul teve o menor número, de 14,4%. Enquanto isso, a proporção de domicílios que recebia o Bolsa Família caiu de 14,3% para 7,2%, uma vez que parte dos beneficiários passou a contar com o auxílio. O estudo também mostra que o número de brasileiros com rendimento gerado pelo trabalho despencou de 92,8 milhões em 2019 para 84,7 milhões em 2020, uma queda de mais de oito milhões de pessoas. Sendo assim, apenas cerca de 40,1% da população do País tinha faturamento proveniente do emprego no ano passado. Entre os fatores que ajudam a explicar este cenário está a intensa redução de pessoas contratadas formalmente, uma queda de 8,7% em comparação com 2019, último

ano completo antes da pandemia no País. Pela primeira vez, o Nordeste registrou um percentual de pessoas com rendimento de trabalho inferior ao das pessoas que vivem de outras fontes de renda, como aposentadoria, aluguel ou pensão. Cerca de 32,3% dos nordestinos estavam empregados formalmente, já, 32,8% deles se sustentavam de outras maneiras. No período, o peso do salário vindo do trabalho formal em todo o Brasil caiu de 74,4% para 72,8% na composição do rendimento médio domiciliar. Também caíram os rendimentos de aposentadoria ou pensão (de 18,7% para 17,6%), aluguel (de 2,4% para 1,5%) e pensão alimentícia, doação ou mesada (de 1,2% para 0,8%). O rendimento médio mensal domiciliar per capita, ou seja, o faturamento total de um domicílio dividido pelo número de moradores, caiu 4,3% em 2020. As regiões Norte e Nordeste registraram os menores valores, de R$ 896 e R$ 891, respectivamente.

3

Votação da Consulta Popular inicia na segunda A Consulta Popular inicia na próxima segunda-feira, em todo o território gaúcho. Trata-se de uma política pública de Estado, que existe há 23 anos, cujo processo é organizado nas regiões pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). Neste ano, a votação inicia às 7h do dia 22 de novembro e encerra às 23h59 do dia 30 de novembro. Ela é realizada toda via internet e pode ser feita por meio do aplicativo COLAB ou diretamente no site de Consulta Popular: www.consultapopular. rs.gov.br. Para votar é preciso ser eleitor. A ideia, segundo o presidente do Corede Noroeste Colonial, Nelson Thesing, é que a comunidade participe do processo a fim de eleger o projeto prioritário entre os cinco elencados (confira

os projetos propostos no quadro abaixo). Os três projetos mais votados serão os eleitos. Um ponto de destaque é que os municípios, para terem acesso aos recursos da Consulta Popular, deverão atingir, no mínimo, 2% de votos de acordo com seu colégio eleitoral. Neste ano, o valor total da Consulta Popular para a região é de R$ 942.857,14, o qual será destinado para as três propostas mais votadas. A primeira irá receber R$ 424.285,72 (45% do valor total do rateio), a segunda R$ 282.857,14 (30% do valor total) e a terceira proposta irá receber R$235.714,28 (25% do total). Os projetos aprovados serão realizados nos 11 municípios de abrangência do Corede.

Demandas que estarão na cédula da Consulta Popular 2022 : Aquisição de veículos populares para Ascar/Emater para prestar serviços de assistência técnica nos municípios do Corede Noroeste Colonial Desenvolver projetos de apoio a pequenas empresas, microempreendedores individuais, urbanos e rurais, através de cursos de qualificação disponibilizando-os através da sala do Empreendedor dos municípios Apoiar a Agroindústria Familiar Qualificação de pessoal e aquisição de material para oficinas que mantem os idosos ativos física e mentalmente, nos 11 municípios do Corede Noroeste Colonial Incentivar a bacia leiteira

Número de trabalhadores cai ao menor nível A população ocupada no Brasil desabou 8,7% e passou a ser de 84,7 milhões em 2020, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se do menor contingente de trabalhadores da série histórica, iniciada em 2012, quando 86,7 milhões estavam no mercado de trabalho. A redução do número de profissionais ocupados é citada pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgada como um dos fatores que derrubou a massa mensal de rendimento em 5,6% no ano passado, para R$ 207,4 bilhões. De acordo com o estudo, a massa de rendimento teve movimento de expansão entre

2012 e 2014, com posterior queda entre 2015 e 2017 e recuperação de 6,3% entre 2017 e 2019, que foi interrompida em 2020 devido ao início da pandemia. Contudo, frente a 2012, a massa de rendimento registrou expansão de 5,5%. Ainda assim, a saída de 8,1 milhões de pessoas do mercado de trabalho em 2020 fez o rendimento médio, habitualmente recebido de todos os trabalhos apresentar um aumento de 3,4%. Na percepção do IBGE, o dado pode indicar que aqueles que continuaram ocupados tinham rendimento do trabalho maior, puxando a média para cima. No entanto, pesou mais a redução da ocupação que o aumento de rendimento médio.


4

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de novembro de 2021

NEGÓCIOS

Mulheres destacam os desafios de empreender Estatisticamente, mulheres passam por mais desafios diários em busca do sucesso do que os homens. Desigualdade salarial, dificuldades para liderar simultaneamente uma família e equipe de trabalho e falta de confiança são alguns problemas recorrentes. No entanto, muitas mulheres estão contribuindo para mudar esse dado. No Brasil, o contingente de mulheres empreendedoras endossa a importância do dia comemorativo. Elas são mais de 30 milhões, em um universo de 52 milhões de empreendedores, segundo dados do Global Entrepreneurship Monitor 2020 (GEM), principal pesquisa sobre empreendedorismo do mundo, feita em parceria com o Sebrae. Segundo os dados, o Brasil é o sétimo País com o maior número de mulheres empreendedoras no mundo. Dos 52 milhões de empreendedores no País, 30 milhões (48%) são mulheres. Já, entre os microempreendedores individuais (MEI), as

mulheres representam 48% do total. A preferência delas é pelos segmentos de beleza, moda e alimentação. Ontem, foi comemorado o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, o JM destaca histórias de mulheres que decidiram ir à luta e conquistaram o seu espaço. Há mais de 10 anos no mercado empresárial, Susete Mass é sócia proprietária da Dádivas Enxovais, e neste período teve que conciliar família e empresa Ela relata que um dos principais desafios neste atual momento é estar sempre atualizada. "Vejo que no mundo atual, hoje ser uma mulher empreendedora é um grande desafio, é necessário estar sempre atenta ao mercado que muda a cada momento para que possamos buscar resultados positivos. Mas faço realmente o que gosto porque para ser empreendedora é estar em busca de novos desafios", disse. Os desafios de se manter no mercado, principalmente neste período de pandemia da covid-19, é lembrando pela

Empresária Susete Mass está a frente de uma empresa de enxovais há mais de 10 anos

empresária Lucinéia Felipin Woitchunas, da Loja Poder e Luxo. Segundo ela, a pandemia veio a desafiar os empreendedores de uma forma nunca antes vista e exigiu muito esforço, muita força de vontade para quem decidiu permanecer no mercado. "Nesse momento, a situação começa a melhorar. No entanto, a incerteza gerada pela

pandemia sobre o que ainda está por vir e como será o breve futuro deixa todos muito inseguros, empreendedores, consumidores e isso causa incerteza no mundo dos negócios, sem contar com a crise financeira que também é uma incógnita", destaca a empresária, que ressalta que o empreendedor tem que ter "sangue no olho" e saber lidar com as adversidades e acreditar

que o futuro será melhor. "Esse período exigiu muito mais, mas acredito que o futuro é promissor para quem conseguiu se manter no mercado. Em termos de consumo, como atuo no setor da moda, acredito que as cores que surgiram nas coleções pós pandemia refletem o desejo que as pessoas tem de uma vida alegre cheia de cores, de vida", acrescenta.

Coordenadoria da Mulher promove campanha contra a violência Desde a última quinta-feira, até 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos), a Coordenadoria da Mulher de Ijuí promoverá ações de conscientização sobre a garantia e defesa dos direitos das mulheres. Diversos eventos, como campanhas envolvendo o fim da violência doméstica e familiar, rodas de conversa, palestras e eventos on-line estão no cronograma oficial da Campanha dos16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. O objetivo é mobilizar a população e as organizações que atuam na área sobre a importância do engajamento na pre-

venção e eliminação de todas as formas de violência contra mulheres e meninas. Por isso, a campanha engloba o dia da Consciência Negra, celebrado celebrado hoje; o dia 25 de novembro, data que marca o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres; e termina no 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. A titular da Coordenadoria da Mulher de Ijuí, Carla Mussi, destacou a importância da semana para acolhimento, bem como valorizou as atividades que serão realizadas no município na luta contra a violência doméstica. "Esta é uma campa-

nha mundial que não é exclusiva do Brasil. Foi aderida pelo nosso País, onde foi incluído o dia da Consciência Negra. Iniciamos nossa programação na quinta-feira, com uma atividade envolvendo o grupo operativo que nós temos dentro da Coordenadoria. São grupos de mulheres que já passaram por situação de violência ou ainda passam. Na atividade elas confeccionaram bonecas negras, ao modelo como eram feitas pelas mulheres escravas nos navios negreiros", relata. Além desta atividade, ontem à noite, também, foi promovido no Parque da Pedreira, uma roda de conversa com o

tema Arte Cultura e Religião afro-brasileira em Evidência. Nessa ação foram convidados representantes da sociedade, de órgãos públicos, além de religiões de matrizes africanas na tentativa de desmistificar os pré-conceitos das religiões africanas. Na próxima semana será feita uma live com o tema Gênero: Uma reflexão acerca dos Cuidados e Prevenção à Violência. Também haverá um teatro, oficinas, cinema com usuárias da coordenadoria, bem como ações alusivas ao Dia de Combate ao HIV, celebrado no dia 1º de dezembro, e ao Dia do Direitos Humanos.

Carla Mussi


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de novembro de 2021

5


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de novembro de 2021

6

Opinião do JM |

REFORÇO E FLEXIBILIZAÇÃO nistério, ao oferecer para uma parcela maior da população Dez meses após a primeira gaúcha receber a dose inicial O Rio Grande do Sul a possibilidade de fortalecimento do sistema imunológico, contra a covid-19, não há o que contestar em relação ao êxito é um dos Estados que da imunização como grande arma para conter a pandemia. lideram a vacinação e aos elevando a barreira individual e coletiva para a circulação do vírus. A adoção da terceira dose da vacina para a faixa acima dos poucos, mantendo outros É preciso, portanto, reforçar as campanhas de conscienti18 anos, com um prazo de carência de cinco meses, é um cuidados, os gaúchos vão zação e, se for necessário, empreender a busca ativa para ensaio para o processo de imunização que, tal qual a gripe, erguendo uma barreira deve ganhar contornos sazonais. A ciência ainda não definiu mais sólida contra o vírus. elevar a porcentagem com a vacinação completa. No entanto, apesar dos índices de internação terem reduzio prazo de eficácia do imunizante por só ter meio de fazer dos nos últimos meses, detendo a circulação do vírus, ainda a comprovação com o decorrer do tempo, mas já se sabe que duas ou três doses não são definitivas para o enfrentamento ao vírus. é essencial que toda a população apta complete o seu esquema vacinal e A meta é, a partir de um maior grau de vacinados, que ele se manifeste receba a dose de reforço quando for o caso, ampliando a barreira individuna forma mais branda, sem levar milhões de pessoas aos hospitais, compro- al e coletiva contra o novo coronavírus. Ao mesmo tempo, ainda seguem metendo o atendimento pelo mundo afora. No Brasil, o SUS foi e continua importantes os cuidados pessoais, como o uso de máscara, higienização das sendo uma referência, mas nem ele deu conta integralmente da inesperada mãos e sempre que possível evitar aglomerações. O Rio Grande do Sul, um dos Estados que lideram a vacinação no País, já demanda dos últimos dois anos. Nesse cenário todo, ainda houve aqueles que se aproveitaram da situação para ganhos pessoais ou corporativos, tem aproximadamente 90% da população com o esquema completo. Aos como revelou a CPI da Covid, cujo relatório ainda está sobre a mesa do poucos, mantendo outros cuidados complementares, os gaúchos vão erguendo procurador-geral da República, Augusto Aras. uma barreira mais sólida contra o vírus, chegando cada vez mais perto de Neste momento, então, é preciso reconhecer a postura proativa do mi- superar um episódio que marcará para sempre a trajetória da humanidade.

ENTREVISTA Como a economia e o urbanismo se relacionam em sua avaliação? Os dois são intimamente ligados, queiramos ou não. Se as pessoas vão para uma cidade, não é porque é bonita, prazerosa ou algo assim. É porque podem encontrar um emprego lá. É baseado na economia. Não significa que somente o mercado de trabalho ou a economia são importantes, mas são uma fundação na qual cada coisa que gostamos nas cidades é construída: restaurante, bar, museu, estádio, casa de shows... O que faz a vida na cidade prazerosa e criativa. Mas, no dia em que o mercado de trabalho colapsa, a economia colapsa e cada coisa que gostamos na cidade desaparece. E, se uma cidade é grande, requer muita infraestrutura. De que forma pode ocorrer? Se você está em uma cidade pequena e tem um poço e ele seca, pode ,provavelmente ,conseguir água na vizinhança. Mas em uma cidade de 5 milhões de habitantes, se a vizinhança não tem água por 10 dias, é inacreditável. Ou se a eletricidade não funciona. Então, quanto maior a cidade, mais cara é a infraestrutura e é vital mantê-la. E se a economia da cidade não é capaz de pagar por essa infraestrutura, então, a qualidade de vida dessa grande cidade desaparece rapidamente. Quais são as regras aceitáveis no planejamento urbano? Numa cidade grande, é preciso conectar os lotes privados. Isso pode ser feito somente de cima para baixo. O mercado não constroi rede de esgoto. Pode ter a rede operada por uma empresa privada, mas para projetar o sistema de esgoto, de vias, de metrô, de transporte... precisa engenharia e precisa esse "de cima para baixo". Deve ser feito para servir o movimento espontâneo das pessoas - se os jovens querem viver em um pequeno apartamento no Centro, e os ricos em grandes casas no subúrbio, a infraestrutura deve servir isso. Não deve ser o

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

tanto. É melhor que o governo gaste dinheiro em água potável e educação, é claro, e ter essa casa numa área acessível. Ou seja, não tem solução, (a pessoa) deve poder se mover pela cidade. Se uma cidade é muito densa, na área adensada precisa de transporte público, táxi, não pode ter somente pedestres em todo lugar. O importante não é a distância, é o custo e a velocidade de locomoção.

Alain Bertaud Urbanista oposto, dizer "nós projetamos aqui uma grande rede de esgoto para proporcionar que a densidade seja alta aqui, porque a rede requer alta densidade ou o metrô requer alta densidade". A infraestrutura deve servir de estrutura para as pessoas conforme elas se desenvolvem. Incluindo, a propósito, o pós-covid. Devemos ter uma distribuição populacional que será diferente e isso vai significar um ajuste na infraestrutura. Aqui no Brasil, uma parcela das cidades não é planejada formalmente? O problema de assentamentos informais é que se tornam grandes e não têm infraestrutura para se conectar com o resto da cidade. Essas pessoas vão sofrer com transporte ruim, vão participar apenas em uma pequena parte do mercado de trabalho. E, talvez, o melhor emprego esteja no Centro. Mas não conseguem alcançar ou levam duas horas para chegar. O papel do governo, quando a cidade se expande, é prover um grau de infraestrutura. Daí pode permitir à população pobre decidir onde será a moradia. Se você é pobre, vive em 40 metros quadrados, e tiver água limpa, lixo recolhido e acesso a transporte para chegar a um bom emprego, o material da casa, metal, madeira, bambu, não importa

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

Como discutir mobilidade e o Plano Diretor? O mercado é bom em alocar espaços privados, mas os espaços públicos devem ser planejados ou replanejados. O governo deve prover mobilidade, não necessariamente operar o sistema. O sistema de ônibus pode ser parte da mobilidade. Não sou entusiasta de masterplans (planos diretores). Como planejador, é claro, que precisa projetar como prover água, eletricidade, escola. Mas a projeção não pode se tornar regulamento. Olhe para firmas de sucesso, como Apple ou Google. Eles não dizem "em 10 anos vamos vender tal modelo de telefone". Eles fazem o telefone e ajustam cada vez ao que as pessoas querem, a cada ano. O problema é que se faz um grande esforço um ou dois anos fazendo o masterplan, aprova, o que é demorado, e então executa ele por 10 anos, quando na verdade deveria construir uma capacidade de analisar dados enquanto estão mudando, imediatamente: analisar sistema de tráfego, por exemplo. É preciso ajustar a cada momento. O que deve ser monitorado? Movimento das pessoas em ônibus, carros, motocicletas e bicicletas, isso a cada dois ou três meses. Também preços de aluguel de apartamentos, casas de diferentes tipos, renda das pessoas e distribuição por renda. Isso deve ser monitorado constantemente. As coisas do dia a dia devem ser ajustadas a cada seis meses. Assim como o Google e a Amazon fazem mais dinheiro porque monitoram os clientes. Com as cidades deve ser o mesmo, saber o que as pessoas querem e responder ao que elas querem.

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 SEMEStRAl: R$ 300,00 ANUAl: R$ 600,00 CORREIO: R$460,00 (SEMEStRAl); R$ 900,00 (ANUAl)


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembRo de 2021

7

MOBILIDADE

Plano não é concluído 10 anos depois

O problema do trânsito caótico em Ijuí cresce a cada ano. Ele é apenas um dos reflexos dos desafios da mobilidade urbana no município, a qual tem sido amplamente discutida nos últimos anos não apenas pela população como também pelos setores públicos e privados. No entanto, o direito de ir e vir esbarra em dificuldades de compartilhamento das vias entre pessoas, carros, motos, bicicletas, caminhões e ônibus. A necessidade de melhorias na mobilidade urbana no município nunca foi tão urgente, mas, para propor soluções, é preciso conhecer melhor as dificuldades enfrentadas. Ontem, a partir da iniciativa da Comissão de Mobilidade presidida pelo vereador Bira Erthal (PL), ocorreu na Câmara de Vereadores, o 1° Simpósio Municipal de Mobilidade Urbana. O evento, que ocorreu no formato híbrido (on-line e presencial) teve a participação do professor da UFSM, Carlos Felix, professora da Unijuí, Te-

nile Rieger Piovesan, a diretora do Procidades de Porto Alegre, Ida Bianchi, do engenheiro Rui Pires, do secretário executivo da Associação Nacional dos Transportes Públicos Alexandre Rezende, do secretário municipal de Desenvolvimento, Obras e Trânsito de Ijuí, Fábio Franzen, que debateram alternativas para mobilidade do município. "Nós debatemos os problemas enfrentados pelo transporte coletivo durante a pandemia. Também a necessidade de implantarmos com urgência os sistemas binários no município, a questão dos passeios públicos, a NBR 9050 da acessibilidade, as vias com pontos de acidentalidades. A necessidade de termos estudos para verificarmos as melhores saídas, os investimentos em tecnologia para coibir o excesso de velocidade", disse Erthal. Muitos dos temas trazidos ontem estão preconizados desde 2011, quando foi instituído o Plano. Diretor de Transportes e Mobilidade Urbana (2011 a

2021). Constituído quando Erthal era o coordenador de Trânsito do município, o plano também previa a execução de obras de melhorias na infraestrutura, a construção de ciclos vias, a ampliação do sistema binário (mãos únicas) nas ruas 19 de Outubro, Bento Gonçalves e Álvaro Chaves, por exemplo, a melhoria do transporte público. Mas passado uma década, o plano que custou cerca de R$ 80 mil, não foi concluído, mesmo com a frota de veículos tendo aumentado quase 50% no mesmo período. Em 2011, eram 41.256 veículos e em setembro de 2021 chegava a 61.223, de acordo com os dados do Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul (DetranRS). "Todos concordam que tudo o que está no Plano de Mobilidade deve ser revisto pela atual administração, do que pode ser feito a curto prazo para melhorar a fluidez, e uma delas é a implantação do sistema binário de forma emergencial", destaca o vereador. A implantação do sistema

Secretário de Obras, Fábio Franzen, e vereador Bira Erthal (à esquerda)

binário em Ijuí sofre resistência, principalmente do setor empresarial, que alega que a mão única irá reduzir a passagem de pessoas em frente aos estabelecimentos."Nós tivemos dificuldades técnicas de desenvolvimento de pesquisas e de tomada de decisões para implantação do sistema binário, além da mudança do estaciona-

mento oblíquo para paralelo aumentando as vias de tráfego, a possibilidade da implantação de corredores de ônibus", reconhece Erthal, que lembra ainda que cerca de 90% do que foi planejado de obras para melhorar a mobilidade foram realizadas no período que foi secretário de Desenvolvimento, Obras e Trânsito.


8

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembRo de 2021

SAÚDE

HCI assina novo contrato com o IPE Saúde O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) assinou ontem contrato com o IPE Saúde, dentro da nova modalidade de contratualização de Procedimentos Gerenciados, através do qual o Instituto tem o propósito de oferecer maior previsibilidade de custos e eficiência nos contratos com o Hospital, na especialidade de Nefrologia. O contrato foi assinado pelo diretor-presidente do IPE Saúde, Júlio César Viero Ruivo, acompanhado do diretor executivo, Rafael Amaral, e pelo presidente do HCI, Douglas Uggeri, acompanhado pelo diretor-geral, Jeferson Machado Pereira, e a diretoria voluntária, nas dependências do Hospital. A nova modalidade de negociação é conhecida no setor de saúde como Pacotes Assistenciais e prevê uma remuneração previamente acordada entre o IPE Saúde e o Hospital, proporcionando uma visão clara dos custos, além de tornar mais eficiente o processo de pagamentos. Ruivo destacou a importância do HCI para o

Douglas Uggeri e diretor-presidente do IPE Júlio César assinaram o contrato

IPE Saúde, com quem sempre podem contar, sendo um importante parceiro da autarquia, que vem trabalhando para ampliar e descentralizar o projeto também para as instituições do interior do Estado, priorizando um seleto grupo de instituições. “Saímos pelo Estado em busca de parcerias e fortalecimento e encontramos aqui no HCI. Estamos buscando dar maior atenção aos nossos prestadores parceiros, fazendo justiça, por-

que, muitas vezes, temos ajudado quem não tem manifestado grande parceria nos momentos de dificuldades. O IPE passa por um momento de revitalização e reestruturação e estamos na fase mais difícil, porque, além da pandemia, estamos no momento de quebrar os ovos, com o realinhamento dos serviços e novos protocolos, mas o grande objetivo é prepará-lo para os próximos 30 anos e esse é o legado que deixaremos”, frisou Ruivo.

Ijuí pode flexibilizar passaporte vacinal Quase metade dos municípios do Rio Grande do Sul já atingiu 90% da população adulta com esquema de vacinação completo contra a covid-19. Conforme dados do governo do Estado, das 497 cidades gaúchas, 237 delas (47,6%) atingiram o índice mínimo de vacinação exigido para a flexibilização do passaporte vacinal, entre elas Ijuí. Com as novas regras, esses 237 municípios podem, caso desejem, parar de exigir a apresentação de carteira de vacinação para acesso a atividades com alto

risco de contágio. A aplicação de duas doses ou dose única no caso da vacina da Janssen é considerada como esquema vacinal completo. O cálculo de população adulta considera a estimativa do IBGE de população com 18 anos ou mais em cada cidade gaúcha. Por outro lado, a maior parte das cidades gaúchas (52,3%) ainda não atingiu o índice desejado de imunização, conforme os dados disponíveis no painel do governo do Estado. Assim, esses 260 municípios, entre os quais está Porto Alegre, preci-

sam manter a exigência obrigatória de checagem de passaporte vacinal para atividades de alto risco de contágio. A apresentação da carteira de vacinação é exigida para cinco grupos de atividades: casas noturnas e demais eventos sociais; competições esportivas, como jogos de futebol; atividades artísticas como cinemas, teatros e shows; atividades coletivas de lazer como parques de diversão e temáticos; e feiras e exposições. A exigência de passaporte vacinal entrou em vigor em 18 de outubro no Rio Grande do Sul.

Estado confirma aplicação da terceira dose em adultos

Após o Ministério da Saúde determinar que todos os brasileiros com 18 anos ou mais recebam a terceira dose de vacina contra a covid-19, a Secretaria Estadual da Saúde (SES-RS) e os gestores de municípios do Rio Grande do Sul, confirmaram que gaúchos adultos poderão buscar a dose de reforço cinco meses após a segunda aplicação. Na prática, gaúchos com 18 anos ou mais podem procurar a terceira dose se receberam a segunda aplicação até 19 de junho, independentemente da vacina recebida. Até o fim de dezembro, cerca de 339 mil pessoas entre 18 e 59 anos fecharão o intervalo de cinco meses e estarão aptas para o reforço, segundo levantamento do Estado. Autoridades foram além da resolução do Ministério da Saúde e especificaram que a terceira dose, depois de ser ofertada para idosos com 60 anos ou mais, profissionais da saúde e imunossuprimidos, deve ser priorizada para “aqueles com maior risco, como as pessoas com comorbidades, abrindo aos demais, conforme disponibilidade de doses”. A especificação sobre foco em grupos prioritários serve mais como forma de convocar prefeituras a mobilizarem Maicon Lemos servidores para ligar e visitar indivíduos que fazem parte dos grupos prioritários (e que, portanto, estão mais vulneráveis) para receber a terceira dose. " O presidente do Conselho dos Secretários Municipais da Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems-RS), Maicon Lemos, explica que além de oferecer a terceira dose, prefeituras precisam assegurar no estoque vacinas para a segunda aplicação. Cerca de 870 mil gaúchos estão, atualmente, com a segunda dose em atraso — a maioria, homens e adultos jovens. O Estado destaca que o Ministério da Saúde ainda não enviou doses suficientes para o avanço da terceira dose no Rio Grande do Sul.

Entidades pedem revisão sobre o uso de máscaras

A Federação de Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS) e entidades ligadas à Educação Infantil enviaram solicitação para que o governo do Estado reveja algumas determinações impostas aos alunos com menos de 6 anos de idade. O documento, endereçado ao chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, foi elaborado por Fecomércio-RS, Sindicato Intermunicipal dos Estabelecimentos de Educação Infantil do Estado do Rio Grande do Sul (Sindicreches-RS) e Sindicato das Instituições Pré-Escolares Particulares de Caxias do Sul (Sinpre). No ofício, as entidades pedem revisão da portaria que modificou a regra até então referência para estabelecimentos de ensino, no que diz respeito ao uso de máscaras por crianças. Os autores do documento relembram a dificuldade de impor o uso do acessório aos pequenos, principalmente aos menores de três anos de idade. Com a melhora nos indicadores da pandemia e o avanço na vacinação, as entidades acreditam que os dispositivos devem ser revogados.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembro de 2021

9

COVID-19

Governo publica novas flexibilizações

As mudanças que já haviam sido anunciadas pelo governo do Rio Grande do Sul no que diz respeito às novas flexibilizações nas regras de enfrentamento à covid-19 foram publicadas no Diário Oficial do Estado, na manhã de ontem. As medidas entram em vigor a partir de hoje. Conforme o decreto, deixa de ser obrigatória e passa a ser uma medida recomendada manter o distanciamento de pelo menos um metro entre pessoas em ambientes abertos ou fechados, de forma que não há mais um teto de ocupação para quaisquer locais, que podem ter lotação máxima. A partir do afrouxamento das restrições, a responsabilidade de cada pessoa pela sua própria proteção e pela saúde coletiva passa a ser a peça-chave na nova abordagem de combate à pandemia adotada pelo Estado. Mas há quatro protocolos que permanecem obrigatórios, sendo eles a disponibilização, em todo e qualquer estabelecimento, de produtos para higiene das mãos, como sabão

ou álcool 70% aos funcionários e clientes; a utilização de máscara de proteção individual para circulação em espaços públicos, mantendo boca e nariz cobertos, com possibilidade de multa por descumprimento. A única ressalva é que não se aplicam multas ou advertências quando o descumprimento da determinação for por parte de crianças ou adolescentes até 12 anos de idade, ficando vedada a responsabilização de seus pais, curadores, tutores, educadores ou dos estabelecimentos comerciais, de ensino ou templos religiosos. O encaminhamento imediato para atendimento médico e o afastamento do trabalho, conforme determinação médica, dos empregados de estabelecimentos (sejam eles públicos, privados, fechados, abertos, comerciais ou industriais) destinados à utilização simultânea por várias pessoas, quando apresentarem sintomas de covid-19. A apresentação de compro-

vante de vacinação antes de acessar eventos e atividades de maior risco ou aglomeração – nas cidades com mais de 90% da população adulta com o esquema completo, medida passa a ser recomendação. Conforme o decreto, é obrigatório comprovar a vacinação contra a covid-19 para ingressar e permanecer em competições esportivas com público, eventos de entretenimento em locais fechados como casas de festas, casas noturnas ou em locais abertos com controle de acesso de público. O mesmo vale para acessar feiras e exposições corporativas, convenções, congressos, cinemas, teatros, auditórios, circos, casas de espetáculos, casas de shows, parques temáticos, de aventura, de diversão, aquáticos, naturais, jardins botânicos, zoológicos e outros atrativos turísticos similares. Essa medida não se aplica, no entanto, em municípios onde 90% da população adulta estiver com o esquema vacinal

O uso de máscara continua sendo obrigatório no Rio Grande do Sul

completo. Nestes casos, o comprovante de imunização deixa de ser obrigatório e passa a ser uma recomendação. Também fica a recomendação para que eventos, estabelecimentos ou ambientes de uso coletivo que não foram citados entre os locais que de-

vem obrigatoriamente exigir o passaporte vacinal o façam, se assim desejarem. O prefeito Andrei Cossetin já havia anunciado que irá retirar a obrigatoriedade da vacinação para o ingresso em eventos e estabelecimentos.


10

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de novembro de 2021

INFRAESTRUTURA

Empresários ijuienses cobram melhorias na área central A diretoria do Sindilojas Noroeste esteve reunida nesta semana com o secretário de Desenvolvimentos, Obras e Trânsito, Fábio Rodrigo Franzen, para solicitar melhorias na infraestrutura urbana do Centro do município. Conforme levantamento do Sindilojas junto aos associados, a preocupação dos empresários é com a limpeza da área central, a pintura de cordões, a iluminação no início da rua 15 de Novembro e a regularização e fiscalização dos ambulantes que ficam em toda a área central. De acordo com a entidade empresarial, o secretário relatou uma lista de serviços de manutenção realizados pelo Poder Executivo que vai desde esgoto a céu aberto, melhorias nos passeios públicos, capinas,

Diretoria do Sindilojas esteve reunida com secretário Fábio Franzen

repintura de faixas de pedestres, meio-fios, até limpeza e manutenção nos cemitérios. Quanto a pauta sugerida pelo sindilojas, Fábio garantiu que concentrará os esforços e

equipes na área central para as festas de final de ano. “Estamos trabalhando em total sincronismo com a Secretaria de Cultura e Turismo para a realização do projeto natalino e faremos o

possível para atender as solicitações dos empresários que nesse momento representam a comunidade de modo geral”, disse o secretário. Para os diretores do Sindilojas, o encontro foi importante por ter esse feedback da parte do Executivo para que o setor possa, de forma tranquila, preparar-se para receber o público que vão as compras durante as semanas que antecedem o Natal. “Estamos otimistas quanto ao Natal e o “Up” nas vendas previsto para esse ano, com certeza receberemos pessoas de toda a região, para isso, é importante sabermos que podemos contar com nossa administração pública, da mesma forma que nos colocamos a disposição”, ressalta o presidente do Sindilojas Noroeste, Bruno Alberto Hass.

Ação do Sesc irá distribuir 100 mil refeições no Estado

Parceria entre o Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, o Instituto Dunga de Desenvolvimento do Cidadão e a Seleção do Bem beneficia instituições sociais de todo o Estado. O Programa Mesa Brasil do Sesc de Ijuí, ultrapassou a meta prevista de 125 toneladas de alimentos para todo o ano de 2021, visto que o acumulado até o mês de outubro já soma 126 toneladas. Segundo o gerente Regional do Sesc de Ijuí, todo ano é realizada uma prestação de contas para as famílias beneficiadas,

parceiros e para a comunidade. Uma das campanhas realizadas de maior abrangência e resultados durante a pandemia, foi a Futebol Tá na Mesa seja um doador campeão e Seleção do Bem, projetos que iniciaram em 2020 em parceria com o ex-jogador de futebol Dunga e arrecadaram mais de 31 toneladas de alimentos. Em entrevista ao JM, Dunga, destaca a importância do trabalho social realizado. “Em todas as ações da Seleção do Bem, estou presente. É muito mais do que dar o ali-

mento, é levar uma palavra de conforto, carinho e esperança. É dizer àquelas pessoas que elas não estão sozinhas, pois só quem passou ou passa por algum tipo de dificuldade, necessidade, sabe o quanto a solidariedade, uma ajuda, faz toda a diferença”, declara. Neste mês, Instituto Dunga de Desenvolvimento do Cidadão em parceria com Projeto Seleção do Bem e o SESC irá distribuir mais de 100 mil refeições para famílias em situação de vulnerabilidade social. O município de Ijuí irá re-

ceber 15 mil refeições, Santa Maria 12 mil refeições, Erechim 8,5 mil, Cachoeira do Sul 8,5 mil, Rio Grande 9 mil, Lajeado 12 mil e Porto Alegre 35 mil. A previsão de chegada das refeições é na próxima quarta-feira. Ronaldo informou ao JM que na próxima quinta-feira, estará em Porto Alegre para realizar uma prestação de contas da Campanha “Futebol Tá na Mesa Seja um doador Campeão. Ronaldo destaca a importância dos parceiros e colaboradores para o sucesso das campanhas.

Famurs realiza seminário com secretários da Agricultura A Famurs, através de uma parceria com o Conselho dos Secretários Municipais de Agricultura do RS (Consema), Emater/ RS e Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural promoveu o 28º Seminário dos Secretários Municipais de Agricultura. O evento foi presidido pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Ambiental de Panambi, Rafael Jacques de Oliveira. O prefeito de Panambi, Daniel Hinnah, foi um dos painelistas abordando o tema Boas práticas municipalistas no Agro, juntamente com os prefeitos Gilson Adriano Becker e Marcelo Arruda dos municípios de Vera Cruz e Barra do Rio Azul,

respectivamente. Em entrevista ao JM, o prefeito Hinnah, falou da importância do evento para proporcionar a troca de experiências entre os gestores e secretários dos municípios, bem como as ações, programas e estratégias adotadas. "Precisamos fortalecer e unir os municípios para fomentar o desenvolvimento das regiões, de forma sólida e concreta, não podemos pensar ou agir de forma isolada, pois muitas vezes as problemáticas existentes no município vizinho é a mesma que a nossa, por isso, dialogar, trocar ideias, buscar alternativas em conjunto é muito importante para o sucesso da região, Estado e do País", explica.

O prefeito de Panambi Daniel Hinnah foi um dos palestrantes do evento

"A ideia foi promover a integração e a troca de saberes, através de palestras, espaços para questionamentos e debates,

além de demonstrações de boas práticas municipalistas no agro”, explicou o presidente da Famurs, Eduardo Bonotto.

INSANIDADE Atribui-se a Albert Eintein a frase: “insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”. Poucos exemplos se encaixam tão bem nessa definição quanto o tabelamento de preços para combater a inflação. Não foi por falta de tentativas que essa medida nunca deu certo. Desde os primeiros registros conhecidos, na Babilônia e Egito antigos, até o Brasil do governo Sarney e as várias experiências da Argentina, o resultado foi sempre o mesmo: um desastre. HISTÓRIA O problema também não é a ausência de incentivos e colaboração dos produtores e comerciantes: enquanto no Brasil a população foi mobilizada com o apoio da mídia para se tornar um “fiscal do Sarney”, e a Polícia Federal chegou ao ápice de apreender bois no pasto para os levar ao abate, na Roma antiga o imperador Diocleciano estabeleceu pena de morte para quem desrespeitasse os preços tabelados. E se a história é sempre a mesma, por que governos insistem nisso? INFLAÇÃO A resposta está no fato de que nenhum governante admitiria ser responsável pela inflação, ao expandir a oferta de dinheiro em circulação na economia. Desta forma, como a maior parte das pessoas não entende a real origem da inflação, governos podem colocar a culpa nos “comerciantes inescrupulosos”. Logo, se os responsáveis seriam os comerciantes, por que não os impedir de aumentar os preços? A questão é que isso não resolve o problema, pois age apenas nas consequências – o aumento de preços – e não nas causas da inflação. Ao estabelecer um controle de preços, ignora-se a função do sistema de preços na economia, que é de indicar a abundância ou escassez de cada bem ou serviço, regulando assim as relações entre oferta e demanda. Mas além de não solucionar a inflação, o congelamento de preços ainda resulta na escassez dos itens regulados. Ao fixar os preços abaixo do que seria o natural em um sistema de livre mercado, a consequência inevitável é o incentivo ao consumo e o desestímulo à produção. Como a inflação persiste para tudo o que não é controlado, os custos aos produtores aumentam, tornando inviável a produção – e nesse momento os produtos somem das prateleiras.


Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 20 E 21 DE NOVEMBRO DE 2021

ESTADO

Estudo mostra panorama da desigualdade racial

Representando 21% da população gaúcha, cerca de 2,3 milhões de habitantes, as pessoas negras (pretas e pardas) estão em desvantagem na comparação com os brancos em uma série de indicadores relativos à educação, saúde, mercado de trabalho e representação política no Rio Grande do Sul. Conforme pesquisa feita pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE), vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), há, por exemplo, maiores taxas de analfabetismo entre negros do que entre brancos, diferenças significativas nas taxas de Ensino Superior completo, maior distorção idade-série entre negros (percentual de alunos que têm idade acima da espe-

rada para o ano em que estão matriculados), além de maior risco de óbito por covid-19 entre pessoas com mais de 60 anos e maior taxa de desemprego entre negros em relação aos brancos no Estado. Educação A taxa de analfabetismo entre a população negra é maior do que entre os brancos em todas as faixas etárias, chegando a ser três vezes maior em alguns casos. Entre pessoas com 15 e 17 anos, por exemplo, a taxa é de 5,2% ante 2% dos brancos, chegando a 16% entre a população negra com 60 anos ou mais contra 5,2% na mesma faixa etária entre os brancos. Quando o tema é escolaridade, a população negra também está em desvantagem. No Esta-

do, 16,4% dos brancos tinham Ensino Superior completo em 2019 contra 6,3% dos negros. Já, entre a população com Ensino Fundamental incompleto, o percentual entre os negros era de 38,8% contra 31,5% dos brancos. Entre os matriculados na Educação Básica, os brancos representavam 84% do total dos estudantes, contra 10% de pardos e 5% de pretos. Saúde Em 2019, 19,2% da população branca do Estado avaliava seu estado de saúde como "muito bom", percentual que cai para 16,7% entre os pardos e 12,2% entre os pretos. O acesso a serviços privados de saúde chega a 30,4% entre os brancos ante 17,1% entre os pardos e 16,3%

11

Pesquisa demonstra desigualdade racial no Estado. Confira alguns pontos: Educação - Analfabetismo é maior no total do Brasil do que no RS; é superior nas faixas etárias mais elevadas e está duas vezes maior entre os negros, atingindo o triplo em alguns casos; Saúde - Brancos possuem quase o dobro do acesso aos serviços privados de saúde (30,4% versus 16,3% e 17,1% de pretos e pardos); mais da metade dos pretos e pardos procuram os serviços públicos (59,1% e 58,2% versus 45,6% dos brancos); Trabalho - Nacionalmente, em 2020, a taxa de desocupação entre pretos e pardos era 55% e 43% maior, respectivamente, do que a dos brancos. No Estado, as diferenças eram ainda maiores: 88% e 78% respectivamente; Política - Em 2018, não houve alteração significativa no perfil dos eleitos: 91 eram brancos (96,8%) e 3 eram negros (3,2%). entre os pretos. Trabalho Na taxa de desemprego por raça/cor no Rio Grande do Sul, o percentual é mais expressivo entre os pretos e pardos em relação aos brancos. No primeiro trimestre de 2020, o último antes dos maiores efeitos da pandemia do covid-19, a taxa era de 13,5% entre a população preta, 12,8% entre os pardos e 7,2% entre os brancos. No mesmo período de 2020, o rendimento médio dos negros respondia por pouco mais de

55% do rendimento dos brancos Representação política Nas eleições de 2014, de 91 eleitos pelo Rio Grande do Sul no pleito, 90 eram brancos (98,9%) e um era negro (1,1%). O cenário quatro anos depois permaneceu sem alteração significativa: dos 94 eleitos, 91 eram brancos (96,8%) e três, negros (3,2%). Quanto ao número de candidaturas, houve um aumento entre os pleitos: 6,5% do total de candidaturas eram de negros em 2014 e 11,5% do total em 2018.


12

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembRo de 2021

ECONOMIA

Agronegócio critica ameaça à carne brasileira

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) repudiou em nota a tentativa da Associação de Produtores de Carne dos Estados Unidos (NCBA) de impedir a entrada de carne brasileira em solo americano. Pedido nesse sentido foi encaminhado para o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) no dia 12 de novembro. Em nota, a Confederação afirma que o Brasil nunca teve qualquer caso de forma típica da Encefalopatia Espongiforme Bovina, o mal da vaca louca, e que nos casos atípicos da doença, registrados este ano, foram cumpridos todos os trâmites exigidos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Segundo ainda a CNA, o País não foi notificado sobre qualquer ação irregular. Na nota, a CNA disse que a associação americana ou está desinformada sobre a situação brasileira ou está adotando uma postura sem nenhum caráter sanitário.

Os EUA têm mostrado, nos últimos dias, que pretendem interferir no comércio com o Brasil. Na quinta-feira, o senador Jon Tester apresentou um projeto de lei pedindo o fim da entrada de carne bovina brasileira no País. Assim como a China, que suspendeu as importações da proteína animal brasileira no início de setembro, os dois pedidos americanos questionam os processos que o Brasil utiliza para detectar doenças animais e falam sobre a demora em avisar sobre dois casos atípicos de doença da vaca louca. O Brasil é o maior exportador de carne bovina do mundo. Entre janeiro e julho deste ano, os embarques de carne bovina do Brasil para a China alcançaram 490 mil toneladas e geraram vendas de 2,5 bilhões de dólares (R$ 13,6 bilhões), um aumento de 8,6% e 13,8%, respectivamente, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira

As alterações foram anunciadas no fim de agosto, em meio ao crescimento de golpes e fraudes com o Pix. Desde o dia 4 de outubro, o limite para pagamentos digitais entre pessoas físicas à noite, entre 20h e 6h, é de R$ 1 mil. Mas o cliente podia, até então, alterar o início da faixa noturna, que poderia ser iniciado de 20h a 23h59. Esse período, contudo, representava um grande leque de opções, que permitia que cada cliente fizesse uma escolha totalmente diferente, complicando a operacionalização. O Banco Central também já

John Tester

das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec). Outros países também foram impedidos de exportarem carne à China e enfrentam vetos semelhantes ao do Brasil. Após um caso atípico de vaca louca no ano passado na Irlanda, a China também acabou vetando a carne deste País.

previa que o cliente pudesse alterar o limite de R$ 1 mil. Mas, caso a requisição seja para ampliar o valor transacionado, as instituições têm prazo mínimo de 24h e máximo de 48h para efetivá-la, de modo a limitar ações de criminosos em sequestros relâmpagos, por exemplo. Na última terça-feira, dia em que o Pix fez um ano, entrou em vigor o Mecanismo Especial de Devolução, que agiliza o ressarcimento de valores ao usuário vítima de golpe ou falhas operacionais das instituições financeiras. O Pix conta com mais de 100 milhões de usuários em todo o Brasil.

Brasil já tem etanol mais caro do que a gasolina O posto responsável por vender o etanol mais caro do Brasil, por R$ 7,899, está situado na cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul, e já comercializa o biocombustível por um valor superior ao cobrado pela gasolina (R$ 7,769). A disparidade de 1,65% chama atenção pelo fato de que os veículos abastecidos com etanol têm um rendimento cerca de 30% inferior em relação aos que tiveram o tanque preenchido com gasolina. Segundo os dados mais recentes da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o Rio Grande do Sul é o estado responsável pelo maior preço médio cobrado pelo litro do etanol (R$ 6,943). O Estado situado no

Milhares de beneficiários do auxílio-doença tiveram até o final da noite de ontem para agendar nova perícia médica no INSS, sob pena de terem os pagamentos suspensos. Nas contas do governo, havia ainda cerca de 86 mil beneficiários que precisam marcar a perícia, mas a expectativa é que menos de 10% fariam o agendamento nos próximos dias. Há a avaliação de que uma parcela dos que estão recebendo os pagamento já está recuperada e, por isso, não deve atender ao chamado do INSS. Mesmo quem segue incapacitado para trabalhar e perder o prazo desta sexta ainda poderá fazer o agendamento, embora fique exposto a uma eventual suspensão temporária do benefício, até que a perícia seja marcada para dar o parecer final sobre a continuidade dos pagamentos. O segurado que tiver o benefício suspenso tem até 60 dias para fazer o agendamento, o que basta num primeiro momento para reverter a suspensão

136 bi

Banco Central limita horário do Pix O Banco Central limitou as opções que o usuário possui ao definir o período noturno para o uso do Pix. Além do horário padrão, de 20h às 6h, haverá apenas mais uma outra faixa, de 22h às 6h. A nova regra consta na Instrução Normativa 185, publicada ontem. "A pedido do usuário final, o período noturno poderá compreender o período entre 22 horas e 6 horas", diz a nova norma. A diferenciação entre o período diurno e noturno para uso do Pix ocorreu no bojo das mudanças para conferir mais segurança aos meios de pagamentos eletrônicos.

Encerrado o prazo para beneficiários do auxílio-doença fazer agendamentos

extremo sul do País é também aquele no qual menos vale a pena abastecer com o biocombustível, com paridade de 98,04% na comparação com os cerca de R$ 7,082 cobrados pelo litro de gasolina na região. As estimativas apontam que, apesar de o etanol custar menos na imensa maioria dos estabelecimentos, ele só compensa quando custar menos do que 70% do preço cobrado pela gasolina. A diferença significativa ocorre porque o veículo abastecido com álcool gasta mais litros para percorrer a mesma distância que o com gasolina. Na semana passada, o etanol não era competitivo em nenhum dos Estados brasileiros e nem do Distrito Federal.

de reais é o valor dos dividendos das distribuidoras gigantes do mercado brasileiro, a Petrobras e a Vale, que são destaques nos lucros.

Setores pressionam por novo Refis

BC fará mudanças para coibir contas laranjas

Representantes de diversos setores da economia cobram do Congresso a aprovação de projeto de lei que cria novo Refis para o parcelamento de dívidas de empresas e de pessoas físicas com o governo federal. O programa deve abranger tributos como o Imposto de Renda a parcelas atrasadas do eSocial, a plataforma de registro para o cumprimento de obrigações trabalhistas e tributárias.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade monetária estuda mudanças em regras para abertura de conta em fintechs e bancos digitais para evitar as chamadas contas laranjas, que são alugadas ou emprestadas a criminosos e golpistas.O Banco Central está em "processo de refazer algumas das regulações", mas, não voltará ao modelo de abertura de conta presencial.

Petrobras ignora transição energética

Confiança no comércio cai pela terceira vez

Apesar das crescentes pressões pela redução da produção de combustíveis fósseis no mundo, a Petrobras manterá em seu novo plano estratégico para os próximos cinco anos a decisão de não investir em projetos de geração de energia renovável.A estratégia é questionada por especialistas diante da maior resistência global ao petróleo.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio recuou 1,3% em novembro na comparação com outubro. Essa é a terceira queda consecutiva do indicador, da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. A conjuntura econômica é apontada como a principal causa que tem afetado a confiança empresarial.

Árabes de olho em times do Brasil O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que investidores árabes pretendem comprar 2 times de futebol no Brasil. No entanto, não revelou nomes. “Vão investir em estradas, em poços de petróleo, até em clubes de futebol”, disse. Ao falar sobre quais poderiam ser os “alvos” dos investidores, Guedes disse que gostaria de ver os árabes investindo no Flamengo, enquanto outros membros da comitiva defenderam a compra do Vasco e do Palmeiras.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de novembro de 2021

ENSINO

Unijuí reúne-se com o Conselho Universitário

A Unijuí esteve reunida, na quinta-feira, com o Conselho Universitário, tendo como tema as diretrizes para o orçamento anual da Unijuí para 2022. Para a reitora, Cátia Maria Nehring, é preciso entender o que significa a composição dessas diretrizes, que é uma peça orçamentária que traz definições, pressupostos e diretrizes do orçamento econômico e financeiro da instituição. "Nesse documento, nós apresentamos, para análise do Conselho Universitário, tudo aquilo que vai constituir receitas e despesas da Unijuí e aí, o Conselho Diretor analisa, depois, a Fidene. Neste contexto, estamos com a composição da receita, que é 96% da instituição, em relação às mensalidades", afirma. Cátia destaca que houve grandes movimentos por parte da vice-reitoria de Administração, a quem compete apresentar ao ao Conselho Universitário as diretrizes orçamentarias, levando uma proposição de 6% para o ano de 2022. "A Câmara de Administração, analisando o impacto do orçamento das possibilidades e, ainda, de uma grande redução de número de

Cátia Maria Nehring

estudantes, leva ao Conselho Universitário, a proposição de 8%", pontua. Conforme a reitora, a partir desta negociação, houve um movimento, também,por parte dos estudantes na quinta-feira." No Conselho Universitário, ficou aprovado um índice de reajuste de até 9%, levando um grande indicativo de nosso reajuste ser 8% abaixo do patamar de inflação acumulada para 2022". Cátia entende que este é um

Alunos do CSCJ realizam atividade de culinária As turmas do Pré 1 A, B e C do Colégio Sagrado Coração de Jesus (CSCJ) realizaram uma atividade de Culinária, em que compartilharam experiências vivenciadas com a mãe ou pessoas do seu contexto familiar sobre momentos significativos de Culinária em casa e, também, conversaram sobre o que faz um cozinheiro, os utensílios que ele utiliza, o local de trabalho dele, entre outros assuntos. De acordo com a coordenadora pedagógica da Educação Infantil, Haide de Valença Elmers, o trabalho foi realizado a partir da aula de Educação Tecnológica. “Sempre procuramos fazer uma contextualização para motivar e aguçar a curiosidade dos alunos. Procuramos fazer uma prática como a culinária ou montar um cenário, conversando, pesquisando e compartilhando as descobertas no grupo para enriquecer a aprendizagem”, afirma. Após as novidades relatadas e as descobertas feitas pelas crianças, elas colocaram o avental e prepararam um lanche saudável e, na sequência, as turmas foram desafiadas a construírem, com as peças de Lego, objetos e utensílios referentes ao ambiente de cozinha (mesa, cadeiras, bancada etc.) e locais de trabalho dos cozinheiros (casa, restaurantes, quiosques), sendo que esta foi uma proposta que possibilitou às crianças ampliação do repertório simbólico, criatividade e imaginação, bem como, oralidade, coordenação motora e noções de Matemática. Haide destaca que a prática e o concreto sempre acontecem de maneira lúdica. “Os alunos puderam escolher uma opção saudável de lanche, reforçando o incentivo de boas escolhas, inserindo frutas de uma forma diferente. Elas adoram realizar a prática da Culinária e, sempre que possível, as professoras oportunizam essa prática. É um trabalho interdisciplinar, onde o aluno se torna protagonista do seu conhecimento",complementa.

assunto extremamente delicado, visto que houveram imensas perdas salariais ocasionadas pela pandemia. "Se vamos a um supermercado, a gente vê, cotidianamente, o valor dos curstos e isso não poderia ser diferente com os nossos estudantes, que são trabalhadores ou filhos de trabalhadores", comenta. Para ela, a grande questão é olhar para a instituição e para aquilo que é, efetivamente, a necessidade. "Estamos trabalhando com uma instituição que é pública não estatal, praticamente sem políticas públicas. Então, a gente pode ver o recuo do Fies, a manutenção do Prouni, mas com limite de filantropia ainda, mas, que de fato, exigiria dos governos, tanto estaduais, quanto federais, uma política pública de investimentos, efetivamente, na Educação Superior", afirma. Cátia destaca que, após a reunião com o Conselho Universitário, houve uma conversa com o DCE. "Nossa universidade prima pelo diálogo, mas é um momento difícil, principalmente para o Ensino Superior. Vamos buscar um consenso e uma possibilidade", finaliza a reitora.

13

Smed apresenta avaliação para diretores municipais A Secretaria Municipal de Educação (Smed) realizou, na manhã de ontem, o encontro mensal dos diretores das escolas da rede municipal para orientações sobre o calendário escolar 2022, Sistema de Avaliação Municipal da Educação Básica, quadro de recursos humanos e Feira do Livro. O encontro foi sediado na Escola Municipal de Educação Infantil Raios de Sol e teve a participação da reitora da Unijuí, Cátia Maria Nehring, que, na oportunidade, explanou sobre a aplicação da avaliação diagnóstica, que tem como objetivo fazer um diagnóstico da Educação Básica no município, do 2º ao 9º Ano do Ensino Fundamental, em Língua Portuguesa e Matemática.A prova será aplicada na próxima terça-feira, em todas as escolas de Ensino Fundamental da rede municipal. O secretário de Educação, Cláudio de Souza, reforçou que, a partir dos resultados da avaliação, as escolas terão condições de identificar e analisar as habilidades não desenvolvidas pelos alunos de cada ano, situação que interfere diretamente na continuidade de etapas posteriores, e desenvolver estratégias para melhorar a aprendizagem. “A avaliação foi planejada para servir de subsídio ao pla-

Cláudio de Souza

nejamento dos próximos anos, considerando estes mais de 20 meses de pandemia. Os dados produzidos não serão de rankeamento, e, sim, diagnóstico do aluno, da turma, da escola, da rede”, disse. A Smed e diretoras também discutiram o calendário escolar 2022 com previsão de início das aulas no dia 21 de fevereiro de 2022, o quadro de servidores e professores e a participação das escolas na Feira do Livro, de 23 a 26 de novembro.


14

Jornal da Manhã

Sábado e domingo,20 e 21 de novembro de 2021

ELEIÇÃO

Heinze discute plano de governo com Progressistas em Ijuí O senador Luis Carlos Heinze participou, ontem à noite, de encontro com os Progressistas de Ijuí, na Casa do Produtor, no Parque de Exposições Wanderley Burmann. Na oportunidade, o pré-candidato ao Palácio Piratini discutiu com lideranças progressistas do município e da região o plano de governo que pretende elaborar para apresentar aos gaúchos. Heinze destaca que esse é um momento importante para ouvir os diferentes segmentos da sociedade e de setores estratégicos para o desenvolvimento do Estado, da agricultura, indústria, comércio e prestação de serviços. “É preciso saber quais as principais demandas da sociedade gaúcha para incluir no nosso plano de governo.” O político diz que a ideia do partido no Estado é avaliar a composição para as eleições

de 2022. Se o PP vai de chapa pura ou formando composição com outro partido. “Ao longo da semana, nos reunimos com o presidente do PTB, assim como, representantes do PSD que acenam para nós. Também estive com o deputado Zucco, que esteve conosco, recentemente, acompanhando o vicepresidente, Hamilton Mourão, que visitou Ijuí.” O senador gaúcho também reafirmou seu compromisso com o presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2022. “Conversei com o presidente. Apresentei o trabalho de articulação dos Progressistas e minha situação como pré-candidato. Mais uma vez afirmei que nosso palanque no Rio Grande do Sul será do presidente Bolsonaro.” Luis Carlos Heinze lembra que faz 40 anos que os Progressistas tiveram o último governo

Luis Carlos Heinze vem promovendo encontros regionais com o PP

no Estado. “Nosso companheiro, Jair Soares, fez um grande governo no Rio Grande do Sul. Ele já está em franca

campanha trabalhando para que o Progressistas retorne ao Piratini, visando a retomada do desenvolvimento do Estado.”

Ex-senadora Ana Amélia vai deixar o Progressistas

A ex-senadora, Ana Amélia Lemos, atual secretária de Relações Federativas e Internacionais do Rio Grande do Sul, confirmou que deixará o Partido Progressista (PP), para viabilizar sua entrada em nova disputa ao Senado em 2022. Segundo ela, o projeto de concorrer pela sigla ficou inviabilizado desde que a candidatura do senador Luis Carlos Heinze (PP) ao governo gaúcho foi formalizada, há alguns meses. "Fui ignorada pelo partido, mesmo tendo sido uma senadora de 3,4 milhões de votos em 2010", lamenta Ana Amélia.

Apesar disso, ela demonstra confiança no trabalho realizado durante os anos em que esteve no Senado Federal. "Tive um mandato muito produtivo, até agora tem rendido frutos ao País, e isso é um legado que ninguém tira". Ana Amélia tem sido cotada por alguns partidos para a futura filiação, entre os que já formalizaram o convite estão o PSD, na figura do seu presidente Gilberto Kassab, o Republicanos, e o PSDB, sigla do governador Eduardo Leite. O convite tucano partiu pessoalmente do presidente regional, Lucas Redecker,

HCI conquista R$1 milhão O deputado federal, Ubiratan Sanderson, anunciou, ontem, emenda de R$ 1 milhão ao Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). O recurso destinado é para custeio para despesas como salários de funcionários, energia, água e outras despesas. Sanderson destacou o trabalho do Sistema Único de Saúde (SUS) e o esforço do presidente Jair Bolsonaro que destinou um grande volume de recursos para o enfrentamento da covid-19. O parlamentar disse que, além dos recursos para os hospitais, o governo investiu na compra de vacinas.

Ubiratan Sanderson

com o apoio de Leite. A secretária de Relações Federativas e Internacionais do Rio Grande do Sul, afirma, ainda que tem tempo para se decidir. E afirmou que não pretende tomar a decisão de forma precipitada, tendo em vista que só precisa deixar o cargo em abril para a disputa eleitoral. Também salientou que aguarda o resultado das prévias do PSDB, marcadas para domingo, e demais conjunturas da política nacional, que devem interferir no cenário político do Rio Grande do Sul, para bater o martelo.

Ana Amélia Lemos

PL defende universidade O vereador César Busnello (PSB) encaminhou projeto para criação de Frente Parlamentar em Defesa das Universidades Comunitárias. Na próxima segunda-feira, às 11 horas, o vereador vai se reunir com a reitoria da Unijuí, Catia Nehring, para explicar a proposta da frente e as ações que serão implementadas. Busnello frisa que o artigo 201 da Constituição Estadual estabelece que o Estado deve aplicar 0,5% da receita líquida de impostos próprios na manutenção das universidades comunitárias que têm um papel importante não apenas no ensino, mas também na pesquisa e extensão, auxiliando as políticas de desenvolvimentos dos municípios. O edil explica que as universidades tiveram queda de receita pela redução do número de alunos. Segundo o vereador, entre 7 a 8 mil alunos deixaram de ter acesso ao ensino superior neste período de crise econômica em virtude da pandemia da covid-19. Busnello destaca como fundamental uma articulação integrada com diferentes setores da sociedade. Ele lembra que no Rio Grande do Sul são 13 universidades comunitárias em funcionamento.

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

REPÚBLICA OU MONARQUIA O plebiscito de 1993, previsto cinco anos antes pela Constituição, mostrou que 86,6% dos eleitores preferiam o sistema republicano e 13,4% a monarquia. Ontem, quando o presidente em exercício Hamilton Mourão postou nas redes um texto comemorativo à Proclamação da República, a reação não veio na mesma proporção do resultado do plebiscito. Talvez metade das manifestações, ou perto disso, culpa a República pelos nossos males e defende que a monarquia teria evitado muitas de nossas mazelas. No plebiscito de 1993, todos os eleitores só haviam vivido numa república e nenhum em regime de monarquia parlamentar; e não havia redes sociais para debater sistemas de governo. Antes que se alegue que a proclamação da República foi um golpe militar tramado por uma elite intelectual e apoiado por escravistas furiosos com a Abolição; antes que se lembre que Deodoro era amigo e admirador do Imperador e o derrubou depois que Benjamin Constant o fez sair do leito de enfermo com a fofoca que Pedro II chamara Gaspar Silveira Martins para ser chefe do governo - logo ele, Gaspar, de quem Deodoro tinha ciúmes por causa de Maria Adelaide, a “baronesa" do Triunfo; antes que se argumente que a família real amava mais o Brasil que os políticos da República - vamos ponderar se a responsabilidade pelas mazelas deste país não é do sistema de governo, mas dos que operam as instituições do estado brasileiro. Quem quer que leia as biografias dos grandes do império - políticos do parlamento e ministérios e das províncias, empresários, senhores de terras, generais, juristas, vai encontrar muita semelhança com deputados, senadores, ministros, governadores, juízes, empresários, que vieram depois de 1889. Antes e depois tivemos leis a serviço de interesses individuais e de grupos, ações de governantes, legisladores e juízes em defesa não do bem comum, mas de setores mais próximos do poder. O Império, a República Velha e a Nova República conservaram os maus hábitos, sempre em defesa dos interesses dos que se apropriam do estado que, por sua vez, defende a sua burocracia administrativa e jurídica, como se fossem mais do que guardiões - verdadeiros donos do governo. Assim, temos uma cultura que persiste, seja qual for a forma de governo. Essa cultura escreveu, no único parágrafo do primeiro artigo da Constituição, que todo poder emana do povo, que o exercerá diretamente ou por seus representantes eleitos. Essa mesma cultura escreveu na Constituição que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. Que não haverá censura, que é livre a manifestação do pensamento, que é livre a locomoção no território nacional, que a casa é o asilo inviolável, que deputados e senadores são invioláveis por quaisquer opiniões, que o Ministério Público é essencial à Justiça. A cultura que escreveu isso é a mesma que mudou de monarquia para república, para o bem país - e se manter. São amarras centenárias enraizadas, que resistem e reagem quando sentem a ameaça de mudança real. No Brasil de hoje, cumprir a Constituição já será uma boa mudança.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de novembro de 2021

15

POLÍTICA

PF pede ao STF abertura de inquérito de emendas

A Polícia Federal solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a instauração de um inquérito para apurar se houve irregularidades no pagamento de emendas de relator a deputados e senadores. A corporação afirmou à corte que considera necessário investigar se houve uso ilícito de dinheiro público no pagamento dessas verbas para compra de tratores e máquinas agrícolas. A intenção da PF é identificar os autores das emendas e a forma como as verbas relacionadas a elas foram executadas. O Supremo já apontou que falta transparência no pagamento dessas emendas e mandou suspendêlas. Inicialmente, a suspensão foi determinada pela ministra Rosa Weber e, depois, a decisão foi ratificada pelo plenário por 8 votos a 2.

No julgamento, o Tribunal também mandou o Congresso dar ampla publicidade ao pagamento das emendas desta natureza relativas aos anos de 2020 e 2021. A maioria do Supremo concordou com o voto da ministra. A magistrada afirmou que esses recursos controlados pelo relatorgeral da lei orçamentária criam “um grupo privilegiado de parlamentares que poderá destinar volume maior de recursos a suas bases eleitorais”. A ministra, disse ainda, que falta transparência na destinação dessas emendas. ”Não há como saber quem são, de fato, os deputados federais e senadores da componentes desse grupo incógnito, pois a programação orçamentária utilizada por esse fim identifica apenas a figura do relator-geral”, disse.

Enquanto prosseguem as articulações internas, interlocutores privilegiados estão encarregados de convencer o presidente Bolsonaro do cenário de risco que se aproxima: desistir do Partido Liberal seria deixar o partido à deriva, inclusive para apoiar Lula e Moro, de acordo com conveniências regionais. As opções do presidente também vão ficando rarefeitas. Optar por um partido nanico, ainda menor que o PL, deixa Bolsonaro sem a capilaridade nacional necessária e o obriga a gerar uma ampla estrutura para viabilizar a campanha. Partidos do Centrão, como PP

Rosa Weber

Essas emendas são usadas pelo governo em parceria com a cúpula do Congresso para beneficiar parlamentares aliados e construir maiorias em votações.

e PRB, apresentam problemas semelhantes e com grau de complexidade ainda maiores que o PL. O presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, está disposto a aguardar o resultado das prévias do PSDB, previstas para este domingo, para desatar o principal nó: a promessa de apoio do PL à candidatura de Rodrigo Garcia, que Doria deseja emplacar no Palácio dos Bandeirantes. O pré-candidato, no entanto, tem desempenho muito aquém dos concorrentes, Geraldo Alckmin e Fernando Haddad, o que não anima o PL a trocar Bolsonaro por Garcia.

PEC dos Precatórios pode ser desmembrada O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse esperar que o Senado mantenha quase todo o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, mas admitiu a possibilidade de fatiamento do texto para garantir o pagamento, em dezembro, de R$ 400 do Auxílio Brasil, o programa que substitui o Bolsa Família. O relator da PEC no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), também admitiu um eventual desmembramento. “O fatiamento é uma possibilidade, mas não tem decisão tomada sobre isso”, afirmou o senador. “Isso dependerá da natureza das alterações que serão inseridas no meu relatório.” A PEC dos Precatórios é a aposta do Planalto para bancar o Auxílio Brasil de R$ 400, em substituição ao Bolsa Família, a partir de dezembro. A proposta adia o pagamento de mais da metade dos R$ 89 bilhões previstos para serem quitados no ano que vem em precatórios — dívidas da União

Ex-ministro da Justiça e pré-candidato à Presidência da República em 2022, Sergio Moro disse que não guarda qualquer rancor do expresidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também afirmou que não houve uma “cruzada pessoal” contra Lula durante a Operação Lava-Jato. O ex-juiz defendeu o papel da força-tarefa no combate à corrupção, sua principal agenda de campanha. “A gente tem de restabelecer a verdade”, afirmou, em entrevista ao site O Antagonista. “O que houve foram investigações que revelaram que a Petrobras foi saqueada. Ou vamos dizer aqui que a Petrobras não foi roubada como nunca antes na história deste País?” Em junho, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão que declarou Moro parcial ao julgar Lula no caso do triplex do Guarujá (SP). Moro filiou-se, recentemente, no Podemos e poderá concorreu ao Planalto.

1%

PL caminha para o racha por Bolsonaro O comando do Partido Liberal já se prepara para a debandada de correligionários que fazem oposição a Bolsonaro e de líderes regionais que terão prejuízo em alianças se o presidente, de fato assinar, a ficha de filiação da legenda. O momento é de intensas conversações para o “manejo dos danos”. Mas o partido está disposto a enfrentar as dificuldades para abrigar a candidatura à reeleição de Bolsonaro, capaz de ampliar de forma expressiva o número de cadeiras da legenda no Legislativo e turbinar o acesso a verbas que financiam a atividade política.

Moro diz que não houve uma “cruzada pessoal” contra Lula na Lava-Jato

reconhecidas pela Justiça — e amplia o teto de gastos. O objetivo do Ministério da Economia é abrir uma folga fiscal de R$ 91,6 bilhões no orçamento do próximo ano. Na quarta-feira, os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE), José Aníbal (PSDB-SP) e Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) apresentaram uma proposta alternativa a Bezerra. Entre outros pontos que estão em discussão pelos parlamentares, o grupo propõe assegurar o pagamento dos R$ 89 bilhões de precatórios no ano que vem, com a exclusão dessas despesas do teto de gastos. Outra sugestão é tornar o Auxílio Brasil um programa permanente, e não com vigência até dezembro de 2022, como prevê o governo. Além disso, os senadores defendem que sejam mantidas as regras atuais do teto de gastos. Segundo eles, essas medidas viabilizariam R$ 99 bilhões.

dos mais ricos ganham 35 vezes mais renda do que os 50% mais pobres. A renda mensal destes é, em média, R$15.816. Já a dos mais pobres fica em R$ 453.

Presidente contesta dados sobre Amazônia

Servidores do Inep enviam denúncias

Em live nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro contestou informações sobre o índice de desmatamento na Amazônia e afirmou que “a Floresta Amazônica não pega fogo”. O chefe do Executivo também criticou o passaporte vacinal contra a covid-19 e duvidou da eficácia dos imunizantes contra a doença. Bolsonaro destacou que em seu mandato não há nenhum caso de corrupção.

Associação dos Servidores do Inep (Assinep) enviou um documento com denúncias de supostos casos de assédio moral e supostas intervenções no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O material foi entregue a diferentes comissões na Câmara dos Deputados, ao Tribunal de Contas da União, à CGU (Controladoria-Geral da União) e à ouvidoria do próprio instituto.

PSDB diz que 90% dos políticos tucanos estão inscritos para votar nas prévias Para dar legitimidade ao nome tucano que será escolhido nas prévias de domingo, o PSDB divulgou o perfil de quem vai votar. O número de cadastrados corresponde a 3% dos filiados no partido, o que equivale a 44,7 mil pessoas. Apesar disso, é expressivo o número de tucanos inscritos que vivem diretamente na política, o que qualifica o nível de engajamento na votação. O PSDB informou que 90% dos tucanos com mandato no Executivo e Legislativo se registraram no aplicativo e estão aptos a votar. Alguns grupos se inscreveram em sua totalidade.

Luna deve ir ao Senado Federal O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, deverá participar de uma audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado para discutir os sucessivos aumentos nos combustíveis e a política de preços da empresa. A reunião está marcada para a próxima terça-feira, às 9h. O senador Otto Alencar (PSD-BA), que é presidente da CAE, disse que em 2021, a Petrobras aumentou os preços da gasolina 11 vezes e do diesel, 9 vezes.


16

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de novembro de 2021

Esportes

DIVISÃO DE ACESSO

URUGUAI DEMITE TÉCNICO

O Guarany de Bagé recebe amanhã às 15h30, no Estádio Estrela D'Alva, o Avenida pelo jogo de volta da semifinal. Na partida de ida nos Eucaliptos em Santa Cruz do Sul deu empate de 1 a 1. Quem avançar se garante no Gauchão 2022 e decide a Divisão de Acesso com o União Frederiquense, que venceu o Lajeadense por 3 a 1 na partida de volta após empate de 1 a 1 na Arena Alviazul em Lajeado.

A Associação Uruguaia de Futebol (AUF) demitiu, ontem, o técnico Óscar Tabárez do comando da seleção uruguaia. Em comunicado, a entidade agradeceu os serviços prestados pelo treinador ao longo dos últimos 15 anos e disse que a decisão foi tomada devido ao mau rendimento da equipe nacional nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022.

Iarley lança livro sobre os bastidores do Mundial O ex-atacante Iarley em uma sessão de autógrafos no sábado, dia 13 de novembro, lançou o livro que retrata os bastidores da vitória do Internacional sobre o Barcelona. O ídolo Colorado foi um dos grandes herois na vitória de 1 a 0 sobre o time espanhol, que deu o título mundial ao clube gaúcho em 2006. Em entrevista ao Jornal da Manhã, Iarley disse que já fazia um tempo que tinha escrito o livro e estava esperando o momento certo para lançar. "A obra foi feita logo após a conquista. Em 2007 comecei a gravar, a guardar um arquivo. Depois meu assessor de imprensa foi colocando no computador, a gente foi criando uma estrutura do livro. Com o passar dos anos fui aprimorando". Ele conta todos os bastidores desde a nossa saída de Porto Alegre que foi uma festa da torcida até o Aeroporto, os problemas no voo, teve um probleminha na França. Conto o dia a dia do Internacional no Japão, o que antecedeu o jogo contra o Al-Ahly, o vestiário, a semana toda antes da partida contra o Barcelona, aconteceram episódios interessantes, as reuniões com o técnico Abel Braga". Iarley disse que o carro-chefe é a jogada do gol. Muitos perguntam porque ele não tocou a bola para o Luiz Adriano e sim para o Adriano Gabiru. O ex-atacante afirmou que tem muita coisa bacana no livro, um diário mesmo, o torcedor quando adquirí-lo vai observar todos os detalhes da conquista até a volta à Porto Alegre com a carreata excepcional. Iarley comentou que é imensurável a importância do técnico Abel Braga na conquista, com toda a parte de estratégia, a montagem do elenco, do time. O presidente Fernando Carvalho montou o grupo jogador por jogador. Afirmou que sem a inteligência de Fernandão,dificilmente, o Inter ganharia algum título."A minha liderança era mais dentro do vestiário, do grupo, para resolver os problemas. Esses caras aí são os cabeças da vitória no Mundial".

O ex-atacante, campeão da Libertadores e do Mundial de 2003 com o Boca Juniors disse que foi diferente vencer com o Inter. A sua conquista com o time argentino ajudou bastante, pela experiência que adquiriu lá e trouxe para o Internacional fazendo com que a equipe tivesse tranquilidade, sonhasse que era possível ser campeã. Iarley, que trabalhou no Projeto Aprimorar, lapidando fundamentos dos garotos no Inter está começando a carreira de treinador e disse que o mais importante para ele é se preparar, estudar bastante e esperar o momento certo. Nos tempos de atleta aproveitou para conversar muito com os técnicos Carlos Bianchi, Vicente del Bosque, Mano Menezes, Tite, Abel Braga e Muricy Ramalho, grandes profissionais que o orientaram e possuem perfis diferentes.O livro Gigante Iarley: diário de uma conquista pode ser aquirido na loja virtual, loja.pedroiarley.com. Foto: Daniel Boucinha/Revista Foco POA

Ex-atacante Iarley lançou o livro que conta os bastidores da vitória do Internacional sobre o Barcelona em 2006 no Japão

ATLETISMO

O atleta de Ijuí Filipe Matter Cargnelutti mais uma vez largará no Pelotão de Elite na São Silvestre. No dia 31 de dezembro, a 96ª Corrida Internacional de São Silvestre estará, mais uma vez, movimentando a Capital paulista. A Prova, que teve de ser adiada no ano passado em razão das restrições da pandemia, está confirmada e voltará a fechar o ano esportivo brasileiro.

RÚSTICA SESC/AABB Acontece amanhã a partir das 8h30 em Ijuí a 1ª Rústica Sesc/AABB. Será nos percursos de 5km para adultos e 2km, infantil, 13 a 15 anos e de 10 a 12 anos, um km. Entre os inscritos será sorteado um título de sócio da AABB Ijuí. A Rústica marca também a abertura da temporada da piscina na Associação Atlética Banco do Brasil. Haverá sorteio de brindes aos participantes. A largada e chegada serão em frente à AABB,Rua Felipe Kroth,449. O técnico de esporte e lazer do Sesc Jarbas de Oliveira confirmou também que em uma parceria com o a prefeitura de Ijuí será organizado o Campeonato Distrital de Futebol.

AABB de Ijuí conquista cinco medalhas em jornada esportiva A Associação Atlética Banco do Brasil(AABB) de Ijuí participou em Cruz Alta dia 6 de novembro da Jornada Esportiva Microrregional de AABBs(JEMAB). Os ijuienses conquistaram cinco títulos. Foram os primeiros colocados no beach tennis livre misto, bocha livre misto, tênis simples feminino, tênis simples livre masculino e futebol(quarentinha minicampo).

Rafaela Hahn, campeão no tênis simples feminino

Jeferson G. de Oliveira e Julio Beal Junior, do Beah Tennis

João Felipe, campeão do tênis simples masculino

Campeões da bocha livre mista

Classificação da AABB de Ijuí: Beach Tennis Livre misto: Jeferson Gomes de Oliveira/ Julio Cezar Beal Junior Bocha Livre Misto: Alisson Pizzoni, Elio Tadeu Del Frari, Juarez Rosa e Robson Seidel Tenis Simples Feminino: Rafaela Hahn Tênis Simples Masculino: João Felipe da Silva de Oliveira Futebol: Quarentinha Minicampo


Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 20 E 21 DE NOVEMBRO DE 2021

17

DOIS TOQUES

Carlos Alberto Padilha esporte@jornaldamanhaijui.com

APOIO- O goleiro Jonatas, ex-Corinthians, Pelotas, São Luiz e Esportivo está enfrentando um problema de saúde, nos rins e precisa de ajuda. Amigos e familiares lançaram uma campanha na busca de recursos para auxiliar no tratamento. A campanha termina dia 15 de dezembro e os interessados podem ajudar via pix, chave Nubank. E-mail: jesse-costa-@ hotmail.com.Jonatas teve atuação decisiva no retorno do São Luiz à elite do Gauchão em 2017. Na final contra o Avenida defendeu um pênalti e fez o gol do título cobrando uma penalidade. OBJETIVO- O Juventude enfrenta o Atlético-MG, no Mineirão hoje, às 19h. O jogo em Belo Horizonte é válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo, líder isolado da competição, quer vencer para se aproximar ainda mais do título do Brasileirão. O Ju, por sua vez, busca manter a ótima fase e a invencibilidade com Jair Ventura, para pontuar e seguir brigando contra o rebaixamento. JOGOS-A Escolinha do Esporte Clube São Luiz joga amistoso amanhã, a partir das 9h, no campo da Associação Atlética Banco do Brasil(AABB). Os jogos serão contra a Escolinha do Greminho Cruz Alta nas categorias 2010/2011, 2012/2013. No período da tarde a Escolinha do Rubro joga contra o Gaúcho de Tupanciretã, Sub-12 e Sub-13. EVOLUÇÃO- A Escola GBM de Ijuí atua hoje no campo do bairro Lambari pelo Gauchão Noligafi. Enfrenta a Academia do Futebol de Espumoso. A rodada abre às 13h45 e os jogos serão nas categorias Sub-11 e Sub-13. FINAL-Red Bull Bragantino e Athletico-PR duelam hoje a partir das 17h no Estádio Centenário em Montevidéu, no Uruguai em busca do título da Sul-Americana. Pela primeira vez na história, dois clubes brasileiros irão decidir o título do torneio. Nas semifinais o Bragantino eliminou o Libertad do Paraguai e o Athletico superou o Peñarol, do Uruguai.

Yuri Alberto desfalca o Inter hoje diante do Flamengo O atacante Yuri Alberto, com um edema ósseo no pé esquerdo desfalca o Inter hoje às 21h30 no Beira-Rio no jogo contra o Flamengo pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Matheus Cadorini deve ser o substituto.É o único atacante de área disponível para o jogo deste sábado. Não está descartada a improvisação de Palacios no ataque. O técnico Diego Aguirre deve ter os retornos de

Taison, Rodrigo Lindoso e Gustavo Maia. O camisa 10 desfalque nos últimos três jogos por causa de luxação no ombro direito deve voltar ao time. Lindoso ainda é dúvida e caso não possa atuar será substituído por Johnny. O trio Victor Cuesta, Moisés e Maurício que cumpriu suspensão na derrota para o Cuiabá fica à disposição. Provável Inter: Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Johnny), Edenilson, Patrick e Taison; Matheus Cadorini (Palacios). O Flamengo deverá escalar força máxima diante do Inter. O Rubro-Negro seguiu para Porto Alegre com todo o elenco e finaliza na capital gaúcha a recuperação de jogadores importantes vindos de lesão, casos de Arrascaeta, Pedro, Bruno Henrique e Rodrigo Caio. O goleiro Diego Alves deve voltar ao time.

CAMPEONATO BRASILEIRO

Atacante Yuri Alberto com edema ósseo no pé esquerdo desfalca o Inter

Vagner Mancini deve repetir escalação em Chapecó

34ª rodada Hoje, 20.11 Atlético-MG x Juventude-19h Chapecoense x Grêmio-19h Fortaleza x Palmeiras-19h Atlético-GO x Ceará-21h Internacional x Flamengo-21h30 Amanhã,21.11

Corinthians x Santos-16h Fluminense x América-MG-17h Bahia x Cuiabá-19h Quarta-feira,24.11 São Paulo xAtlético-MG-21h30 33ª rodada Quinta-feira,18.11 Sport 1 x 0 Bahia

São Luiz anuncia volta do atacante Juba

O atacante Juba está de volta ao São Luiz. O atleta,que é bem identificado com o clube, chega para a quarta passagem (esteve nas campanhas de 2013, 2020 e 2021). Integrava recentemente o elenco do Botafogo da Paraíba. Disse que está muito feliz em retornar. “É um clube de tradição

no Rio Grande do Sul. Tenho total respeito e quero ajudar em seus objetivos. Em 2022, teremos o apoio do nosso torcedor de novo, uma torcida apaixonada, que empurra o time sempre para as vitórias. É um prazer jogar em Ijuí e, se Deus quiser, será um ano abençoado”, disse.

Grêmio ainda não está definido para o jogo contra a Chapecoense fora de casa

O time do Grêmio que enfrenta a Chapecoense hoje, às 19h, na Arena Condá em Chapecó é um mistério. O técnico Vagner Mancini deve anunciar a equipe somente momentos antes do jogo pela 34ª rodada do Brasileirão. Os jogadores ainda não foram comunicados sobre a decisão final da comissão técnica. Existe possibilidade de repetir o time.Como a equipe teve uma atuação boa na última rodada, a repetição de escalação pode ocorrer, mesmo com o retorno dos jogadores que estavam à disposição das suas

seleções nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Com as dúvidas em relação ao aproveitamento de Gabriel Chapecó, Villasanti e Borja, este é o time provável do Grêmio: Brenno (Gabriel Chapecó), Rafinha, Geromel, Kannemann e Cortez; Lucas Silva, Thiago Santos (Villasanti); Jhonata Robert, Campaz e Ferreira; Diego Souza (Borja). Matheus Ribeiro, com lesão muscular na coxa esquerda, é desfalque na Chapecoense. O goleiro Keiller não tem retorno garantido.

Atacante Juba vai jogar a sua quarta temporada no Esporte Clube São Luiz

Nome: Juberci Alves da Cruz Posição: Atacante Idade: 37 anos Nacionalidade: Brasileira Altura: 1,80 cm Peso: 77 kg Último Clube: Botafogo-PB Clubes que atuou: Ipiranga de

Sarandi, Aimoré-RS, São JoséPR, Flamengo-PI, Panambi-RS, Novo Hamburgo-RS, G.E. BrasilRS, Caxias-RS, São Luiz, Boa Esporte-MG, Veranópolis-RS, Macaé-RJ, Operário Ferroviário-PR, Criciúma-SC, Goiás-GO, CuiabáMT, Maringá-PR e Botafogo-PB.


18

Jornal da Manhã

SÁBADO E DOMINGO, 20 E 21 DE NOVEMBRO DE 2021

SELEÇÃO

Redação será aplicada no primeiro dia de provas do Enem A edição 2021 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ocorre amanhã e no domingo da próxima semana, dia 28. No primeiro dia, os candidatos respondem a 90 questões objetivas – 45 delas dos componentes Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e outras 45 em Ciências Humanas e suas Tecnologias -, além da redação dissertativa-argumentativa. Os participantes devem chegar ao local da prova com antecedência, já que os portões abrem às 12 horas e fecham às 13 horas. A prova ocorre entre 13h30 e 19h (horário de Brasília). No segundo dia, serão mais 90 questões, divididas entre Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. A entrada ocorre no mesmo horário. A duração da prova, porém, é de 5 horas, entre 13h30 e 18h30 (horário de Brasília). Em Ijuí, mais de 1,8 mil alunos

farão a prova, que será aplicada em seis escolas do município: Modelo, Escola Rui Barbosa (Ruizinho), Colégio Tiradentes, Escola Estadual Otávio Caruso Brochado da Rocha, Instituto Estadual de Educação (Polivalente), Escola 25 de Julho e Escola São Geraldo.

Ontem, as escolas estaduais de Ijuí montaram kits especiais para que os alunos que fossem fazer a prova no domingo se sentissem acolhidos. O kit contém caneta estereográfica, água, biscoitos, chocolate, suco e uma mensagem de motivação. Os locais de prova estão disponíveis no Cartão de

Confirmação de Inscrição constam na Página do Participante. Além do documento oficial de identificação com foto e da caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, a máscara de proteção facial é item obrigatório. De acordo com o edital do exame, os participantes que não estiverem com máscara de proteção facial não poderão ingressar no local de prova. A regra vale tanto para o Enem impresso quanto para o digital. Durante todo o exame, os candidatos deverão usar a máscara cobrindo o nariz e a boca. O Enem seleciona estudantes para vagas do ensino superior em universidades públicas, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e serve de parâmetro para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Condor está entre as 10 cidades mais desmatadas do RS Em um período de 12 meses, entre setembro de 2020 e setembro de 2021, a Seção de Perícias Ambientais do Instituto-Geral de Perícias (IGP) calculou que 359 hectares foram desmatadas no Rio Grande do Sul. Ao todo, foram 175 laudos analisados, onde houve corte raso, ou seja, toda a vegetação foi removida do local. Os crimes ambientais foram registrados em ao menos dez municípios neste período, sendo a maior área (63 hectares) em União da Serra. A valoração referente aos laudos elaborados foi de R$ 45.558.192,58. "Esse seria o custo dos serviços ambientais prestados por esta vegetação, como manutenção do clima,

controle da erosão e polinização da área", apontou o IGP. O levantamento, divulgado ontem, também mostrou que o bioma da Mata Atlântica é o mais atingido pelo desmatamento em solo gaúcho. Para chegar a este valor, foram levados em conta o estágio de sucessão da vegetação (se a floresta estava em desenvolvimento inicial, médio ou avançado), o tipo de uso do solo na região (se a área afetada era circundada por floresta nativa, se estava em meio a uma lavoura ou perto de um centro urbano) e a existência de restrições legais para a ocupação (área de preservação permanente, reserva legal ou unidade de conservação).

Renda dos gaúchos diminui em 2020, aponta IBGE

A renda total dos gaúchos diminuiu em 2020, ano marcado pelos efeitos da pandemia de coronavírus. O rendimento médio da população do Estado, levando em conta todas as fontes, recuou 3,84% ante o mesmo período de 2019. Os dados são da nova edição da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na manhã de ontem. O rendimento médio real de todas as fontes de recursos dos gaúchos ficou em R$ 2.523 no ano passado — menor valor desde

2012. A cifra representa menos R$ 101 no bolso em relação aos R$ 2.624 registrados em 2019. Mesmo assim, na comparação com outros Estados, o Rio Grande do Sul ocupa a quarta colocação entre as maiores rendas médias. O desempenho gaúcho ocorre na esteira do resultado nacional. A renda média mensal no País ficou em R$ 2.213 no ano passado, o que representa retração de 3,44% em relação a 2019. O coordenador da Pnad Contínua no Estado, Walter Rodrigues, afirma que a

queda em outros rendimentos, como a aposentadoria, pode explicar essa redução em todas as fontes. Em 2020, a média dos rendimentos com aposentadoria e pensão no Estado caiu de R$ 2.063 para R$ 1.990. "Dos outros rendimentos, que não são do trabalho, o grupo de aposentadoria e pensão é o principal. O impacto dele é muito maior", destaca Rodrigues. Nos dados da série histórica, a renda média de todas as fontes da população gaúcha diminuiu 0,23% de 2012 a 2020. No País, o movimento é inverso, mas tímido, com avanço de 0,68% no mesmo período.

Emater|Ascar

TURISMO RURAL Turismo Rural é um segmento do turismo desenvolvido em áreas rurais produtivas, relacionado com o alojamento na sede da propriedade e na participação do turista nas diferentes atividades agropecuárias desenvolvidas neste espaço, quer como lazer ou aprendizado. Deve ser incluída nesta modalidade a oferta de produtos naturais de origem local ou regional como a gastronomia típica e o conhecimento da cultura local. Segundo Barrera (1998), “Um conceito fundamental para se definir o turismo rural, além do relacionamento com a agropecuária, é que os serviços de alojamento, alimentação e outras atividades devem ser ofertadas pelos produtores rurais”. Como elementos básicos da atividade de turismo rural pode-se dizer que deve estar obrigatoriamente em harmonia com os seguintes interesses: da comunidade local, do turismo e do meio ambiente. A harmonização destes fatores significa garantir sustentabilidade da atividade através dos três elementos básicos: Elementos Culturais, Elementos Ecológicos e Elementos econômicos. “ ... uma atividade para ser categorizada como turismo rural, tem que interagir com o espaço rural, seja cultural, econômica ou socialmente. Esta interação ocorre cultural e socialmente quando há contatos entre turistas e moradores do local, economicamente quando há t r o ca s d e p r o d u to s o u v a l o r e s ent r e o estabelecimento ou o turista e a pessoal local. “ (Rodrigues, 2001). O turismo rural é uma atividade dinâmica, em plena ascensão, com amplos desafios, que concentra cada vez mais, investidores, recursos e trabalhadores. Constitui uma cadeia natural produtiva que envolve, distintos atores e depende de serviços especializados, tais como, a hospedagem, alimentação, lazer, entre outros. E tem seu crescimento explicado por duas razões: a necessidade que o produtor rural tem de diversificar sua fonte de renda e de agregar valor aos seus produtos, e a vontade dos moradores urbanos de reencontrar suas raízes, de conviver com a natureza, com os modos de vida, tradições, costumes e com as formas de produção das populações do interior


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembRo de 2021

HOMICÍDIO

Mulher é presa suspeita de matar marido no Storch

Um incêndio criminoso ocorrido no bairro Storch, na noite do dia 31 de outubro, foi solucionado ontem pela Polícia Civil. Policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), da Polícia Civil, após investigação do caso, prenderam preventivamente a ex-companheira da vítima, José Carlos da Silva Rodrigues, 49 anos. Ela foi presa após diversas diligência investigatórias onde se apurou que a possível autora agiu motivada por ciúmes e por não aceitar o término da relação, ou seja, cometeu o mais grave crime contra a vida duplamente qualificado: por meio de fogo e por motivo torpe. A mulher, 45 anos, é natural de Ijuí, tem dois antecedentes criminais por tráfico de drogas em 2008 e 2013, estava em liberdade condicional, e, também, tem envolvimento com facções criminosas. Quando se aportaram fartos elementos de autoria e materialidade o delegado, Gustavo Rodrigues Arais, representou pela prisão preventiva da investigada para assegurar a ordem pública,

Vítima foi morta carbonizada em incêndio ocorrido no bairro Storch

o que teve rápido e ágil deferimento pelo Poder Judiciário, após igualmente rápido e ágil parecer do Ministério Público. A possível autora foi capturada no bairro Luiz Fogliatto, na tarde de ontem. Após os trâmites legais foi encaminhada à Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí. O crime foi registrado por volta das 21h de 31 de outubro. A casa onde José morava, feita de madeira, foi consumida pelas chamas. Segundo informações, o

fogo teria se alastrado com rapidez pela moradia, que fica localizada nos fundos do endereço. A residência foi destruída parcialmente, restando apenas a parte frontal da casa. O Corpo de Bombeiros combateu as chamas, mas ao final dos trabalhos encontraram o corpo da vítima carbonizada dentro da casa. A área foi isolada para levantamento do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santo Ângelo e trabalho da Polícia Civil.

Estado investirá R$ 465 mi na área penal

O governo do Estado anunciou, o maior valor já destinado de uma vez só aos sistemas penal e socioeducativo. O investimento de R$ 465,6 milhões será aplicado até 2022 para implementar novas tecnologias para qualificação do sistema prisional, fortalecer serviços de inteligência, qualificar a assistência aos apenados nas áreas de saúde, educação e trabalho, modernizar o monitoramento eletrônico, além de ampliar e construir unidades prisionais e centros de atendimento socioeducativo. Ao todo, serão investidos R$ 443,4 milhões no sistema penal, em segurança e tecnologia, gestão e tratamento penal e obras. Além disso, com R$ 109,3 milhões para segurança e tecnologia, o programa Avançar vai custear, com R$ 39,3 milhões, a aquisição de veículos para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Serão adquiridas 100 viaturas-cela, com capacidade para quatro presos. Outras 20 viaturas serão adquiridas para o transporte de grupamento especial e duas via-

Eduardo Leite e secretário Mauro Hauschild divulgaram o investimento

turas para transporte de cães de trabalho, todas semiblindadoas. Outros R$ 3,96 milhões serão usados para a locação de 110 viaturas administrativas de dezembro de 2021 a dezembro de 2022. Um destaque é o investimento de R$ 29,7 milhões para o reaparelhamento bélico de todas as unidades prisionais do RS. A compra permitirá o aparelhamento dos Grupos Táticos da Susepe, além de fornecer pistolas e coletes balísticos in-

dividuais para todos os agentes penitenciários. Também serão comprados três drones para o sistema penal (R$ 117 mil), 25 scanners corporais, equipamentos usados para revista nas unidades prisionais para barrar entrada de materiais ilícitos (R$ 7 milhões) e sistemas de bloqueador de celular e antidrones para 15 unidades prisionais, com tecnologia nova capaz de identificar, bloquear e rastrear aparelhos eletrônicos (R$ 29,2 milhões).

19

Operação combate violência contra os idosos A Polícia Civil gaúcha deflagrou, na última quinta-feira, a Operação Vetus II. A ação é desenvolvida desde outubro, com foco no combate à violência contra idosos. A operação faz parte de uma mobilização nacional coordenada e articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi). No Estado, a operação resultou na prisão de quatro pessoas, na apuração de 499 denúncias, sendo 1875 vítimas atendidas em 235 municípios abrangidos. Desde o dia 15 de outubro, diversas ações preventivas e repressivas foram realizadas em todo o Estado. Neste período, os profissionais de segurança pública apuram denúncias do Disque 100, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), e de canais locais. O trabalho contou com a realização de diversas diligências policiais, tais como a instauração e conclusão de inquéritos, visitas a abrigos e

residências de vítimas todas com foco na proteção, prevenção e combate à violência contra a população. No País, a ação atendeu mais de 16 mil idosos vítimas de violência em todo o País. Ao todo, a Operação Vetus II resultou na prisão de 444 pessoas acusadas de crimes de agressão, maustratos, abandono de incapaz e tortura. Na média, foram atendidos 485 idosos por dia durante esse período. A ação abrangeu 2.788 municípios brasileiros, com a apuração de 14.908 denúncias do Disque 100. A Operação Vetus II, também efetuou o resgate de 157 vítimas e fez 15.488 visitas a abrigos e residências de vítimas. Foram solicitadas 1.035 medidas protetivas e cumpridos 229 mandados de busca e apreensão e de prisão. Em 2020, a primeira edição da Operação Vetus teve 569 pessoas presas, 14.907 visitas realizadas e 874 medidas protetivas cumpridas. Foram 13.424 denúncias de violência contra idosos apuradas em todo o País.

Plantão

MORTE

ACIDENTE

Um motociclista morreu após um grave acidente de trânsito na ERS-344, em Santa Rosa. Conforme informações, o motorista realizou uma ultrapassagem, quando colidiu com a traseira de um caminhão. O piloto não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ele foi identificado como Edomiro Moreira Fernandes, 53 anos.

Um acidente de trânsito foi registrado na manhã de ontem, na RSC-472, em Três Passos. Segundo informações, um caminhão saiu da pista e capotou em um barranco. As vítimas sofreram escoriações sem gravidade e foram socorridas por voluntários que passavam pelo local e deslocadas até o Hospital de Caridade de Três Passos.

PRISÃO

NOTAS

Foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Cruz Alta, por meio da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e de Abigeato, a Decrab, um idoso, 63 anos. Ele é proprietário de um ferro velho da cidade, onde foram encontrados objetos furtados de uma propriedade rural.

Policiais militares do 7º BPM prenderam dois homens por estarem na posse de dinheiro falsificado. A prisão ocorreu em Tenente Portela, após abordagem de um veículo, sendo localizado com os ocupantes várias notas de 50 reais falsificadas. A dupla foi encaminhada para Delegacia de Polícia para registro.

ASSASSINATOS

FURTO

Um homem, 29 anos, e uma mulher, 31, foram executados a tiros em Santa Maria. O caso está sendo investigado pela polícia. Até o momento, nenhum suspeito foi preso. Um bebê de aproximadamente um ano, que é filho da mulher morta, estaria dentro da casa no momento do crime. A criança não se feriu.

Um homem foi preso no bairro Thomé de Souza, em Ijuí, após tentar fugir de uma abordagem da BM. Ele estava dormindo no telhado de um açougue e era suspeito de furto. Com ele foi encontrado uma faca. Em frente ao local estava uma bolsa com diversos pertences, que não tinham procedência.


20

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de novembro de 2021

CRIME

Traficante é preso com remédios tarja preta

CRPO Missões realiza Plano Tático Operacional

O Comando Regional da Brigada Militar (CRPO Missões), que abrange 32 município da região, promoveu, na quinta-feira, mais uma edição da operação Plano Tático Operacional. A ofensiva teve o objetivo de reforçar a prevenção de delitos, maximizar ações de visibilidade e da presença policial nas ruas, aumentando a sensação de segurança para as comunidades, além de promover repressão qualificada e respostas adequadas à criminalidade e à violência, em especial dos crimes violentos letais intencionais, com atividades monitoradas e reavaliadas para melhor eficácia do trabalho. A ação é feita com base nas diretrizes do programa RS Seguro, da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Na operação, na qual foram

empregados 85 policiais militares e 32 viaturas, houve a apreensão de uma arma, de 34,14 gramas de maconha. Também foram presas sete pessoas e recapturado um foragido da Justiça. No total, segundo a BM, foram abordadas/identificadas 352 pessoas, 235 veículos fiscalizados, sendo 15 veículos autuados. Quatro deles foram recolhidos. Com o novo Plano TáticoOperacional, a Brigada Militar, também busca ampliar a integração com outros órgãos de segurança e com as comunidades. Participaram da operação Comando Rodoviário, Batalhão Ambiental, Comando de Bombeiros e Agentes Municipais de Trânsito que atuam nas cidades da região.

Medicamentos e maconha foram apreendidos em veículo usado pelo homem preso em flagrante pela Brigada

A Brigada Militar (BM) de Ijuí efetuou, no fim da tarde de quinta-feira, a prisão de um homem, 35 anos, pelo crime de tráfico de entorpecentes. A prisão ocorreu durante a operação Plano Tático Operacional, realizada em todos os municípios de abrangência do Comando Regional (CRPO Missões). De acordo com a BM, uma guarnição estava em patrulhamento em local conhecido pela traficância na rua Manaus, no bairro São Paulo, quando abordou um veículo GM Agile preto, em atitude suspeita. Ao abordarem o veículo,

os policiais identificaram o homem, natural de Roque Gonzales, que possui vários antecedentes criminais como posse de entorpecentes, furto qualificado, embriaguez e outros crimes. Ao fazerem buscas pessoal e no veículo, os policiais localizaram uma porção de maconha e 15 embalagens de medicamento tarja preta e tarja vermelha, os quais tem a venda controlada pela Anvisa. Os policiais também apreenderam um celular que estava sob posse do traficante. O homem preso também

indicou local onde havia mais outros itens nas redondezas. Os policiais verificaram e encontraram mais duas porções de maconha, uma balança de precisão, outro aparelho celular, mais duas embalagens de remédio tarja preta e outra embalagem de medicamento com tarja vermelha. Os policiais deram voz de prisão ao suspeito que foi encaminhado para exames de saúde na UPA e apresentado na DP com o material apreendido, onde o fato foi registrado como tráfico de entorpecentes. O veículo foi apreendido.

Sete são presos em operação contra o tráfico

Policiais localizaram drogas em um ponto de venda usado pela facção

A Polícia Civil (PC) realizou nesta semana, uma operação contra um grupo apontado pelas práticas de crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico e tentativa de homicídio em Frederico Westphalen e Vicente Dutra. De acordo com a PC, o grupo possuía um esquema de venda de drogas nos dois municípios, bem como foi responsável por uma tentativa de homicídio ocorrida no dia 22 de setembro deste ano, na cidade de Pinheirinho do Vale, vitimando um desafeto do núcleo criminoso. Segundo a polícia, foram cumpridas 11 ordens judiciais, sendo quatro mandados de busca e apreensão e sete prisões preventivas. Em um dos locais, em Vicente Dutra, onde funcionava um ponto de venda de drogas pertencente aos investigados, um homem foi preso em flagrante delito por tráfico de drogas.

Ação foi realizada em 32 municípios de abrangência do CRPO Missões

Madrasta de Miguel conta detalhes da morte Em audiência que apura a responsabilidade pela morte de Miguel dos Santos Rodrigues, de sete anos, a madrasta da criança, Bruna Nathiele Porto Rosa, disse que a mãe do garoto, Yasmin Vaz dos Santos Rodrigues, é a responsável pela morte e ocultação do cadáver da criança. Afirmou ainda, em depoimento ontem, que Yasmin agredia Miguel "constantemente". A mãe do menino se recusou a prestar depoimento e foi retirada da sala de audiências. As rés foram denunciadas pelo Ministério Público e respondem por tortura, homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. A criança é considerada desaparecida desde 29 de julho, quando o Corpo de Bombeiros iniciou as buscas. Até hoje o menino não foi encontrado.

O depoimento de Bruna foi concedido ao juiz Gilberto Pinto Fontoura, da 1ª Vara Criminal (que foi juiz em Ijuí na década de 1990) e do Júri de Tramandaí, e ao promotor de Justiça André Luiz Tarouco Pinto. Ao magistrado, Bruna confirmou agressões que foram apuradas durante a investigação policial e disse que Miguel foi dopado e colocado em uma mala após ficar horas trancado em um poço de luz. Esta ação teria ocorrido em 27 de julho, dia em que câmeras de segurança flagraram mãe e companheira carregando o objeto nas ruas de Imbé. Bruna disse, durante o depoimento, que antes da morte de Miguel, ele teria sido intensamente agredido pela mãe, o que explica inclusive uma marca na parede do quarto da pousada onde os três viviam em Imbé, no Litoral Norte.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembRo de 2021

COMUNIDADE

Alunos do Polivalente fazem atividade interdisciplinar

Os alunos do 2º e 3º Ano do Ensino Médio do Instituto Estadual de Educação Guilherme Clemente Koehler (Polivalente) produziram, no dia 8, sabão de glicerina com o reaproveitamento de óleo de cozinha. De acordo com a diretora, Marli Terezinha Dutra Neubauer, o Polivalente é piloto de um projeto de Educação Financeira, uma parceria entre o Banrisul e a 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), que visa desenvolver, no aluno, o senso sobre um consumo sustentável, de forma que a sustentabilidade possa, ainda mais, ser desenvolvida, tendo em vista que hoje os recursos estão esgotados. Dessa forma, pensouse em formas alternativas de desenvolver o projeto, fazendo com que os alunos pensassem em uma forma de economizar e de cuidar do meio ambiente. Assim, surgiu a ideia de fazer algo

Sabão de glicerina é feito com reaproveitamento de óleo de cozinha

que pudesse ser sustentável, e, ao mesmo tempo, render lucros. “Então, foi pensado na reutilização dos resíduos e a turma da noite pensou este projeto da fabricação de sabão e a coordenadora, Marli Ott, escreveu o projeto,

Servidores participam de curso contra incêndios Foi realizado, em todo o Estado, o Curso de Brigadista. O Treinamento de Prevenção e Combate a Incêndios (TPCI) para os servidores das Escolas da Rede Estadual de Ensino, de Abrangência da 36ª CRE, ocorreu em duas etapas. A parte teórica foi realizada através de videoconferência no dia 28 de setembro, ministrado pelo CBM/RS. A parte prática foi realizada entre os dias 26 de outubro e 18 de novembro. As 59 escolas e a Coordenadoria, foram divididas em 15 grupos, em dias e horários diferentes. Cada encontro foi sediado por uma escola que acolheu escolas próximas, ou todas no caso de municípios menores. O 12º Batalhão de Bombeiros Militar de Ijuí se deslocou a cada uma das sedes. O encerramento ocorreu no dia 18, com um grupo de escolas do campo, recepcionados na 36ª CRE.

Integrantes do 12° Batalhão de Bombeiros realizaram o treinamento

apresentamos para os alunos e para a 36ª e, então, passamos a desenvolver”, relata. Conforme a diretora, é um projeto interdisciplinar, visto que houve o envolvimento de todas as disciplinas.

“A Química, Física e a Biologia são as disciplinas que deram o início nesse projeto, com a fabricação de sabão, as reações químicas e o calor. A Matemática entra com o custo dos componentes e, a partir dali, quanto poderia ser fabricado, quanto foi gasto e quanto vai poder ser vendido. Já a Língua Portuguesa entra com a escrita e a produção dos relatórios e a professora de Artes vai fazer toda a parte da embalagem do produto”, afirma. Ela relata que o projeto também contou com a participação da Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan), com as professoras Vera Lucia Silva e Regina Ribeiro. “Cada um dos alunos trouxe um óleo de cozinha e a escola acabou comprando as outras partes dos ingredientes e a Aipan foi a que trouxe a receita e ajudou”, comenta.

Aapecan faz palestra sobre Novembro Azul A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) realizou, na tarde de quarta-feira,uma palestra alusiva ao Novembro Azul, em parceria com Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG. A temática aborda informações preventivas para o cuidado dos homens no combate ao câncer de próstata, tendo como objetivo principal a conscientização para o diagnóstico precoce. A atividade, ministrada pela assistente social da instituição, Simone Thomé da Cruz, teve transmissão via Youtube da Cooperativa e durou cerca de uma hora, contando com a participação de colaboradores, associados e público geral. Para ela, abordar sobre a temática é algo de extrema importância para a comunidade, pois permite a quebra de tabu sobre o câncer de próstata, e por proporcionar um momento em que as pessoas pensem sobre o assunto. "Nós entendemos que a prevenção pode salvar vidas e que um diagnóstico precoce será sempre mais adequado e com mais chances de cura", afirma. Durante a explanação, a assistente social abordou assuntos como saúde integral do homem, autocuidado, explicações sobre o tipo de câncer, alguns fatores de risco, sinais e sintomas, prevenção e orientações para a busca por médico, destacando que a Sociedade Brasileira de Urologistas orienta que homens a partir de 50 anos procurem um profisisonal especialista. Além disso, ela apontou dados sobre o câncer de próstata. De forma voluntária, os participantes e colaboradores realizaram a contribuição de alimentos não perecíveis e produtos de higiene recolhidos nas dependências da instituição financeira cooperativa e destinados à Associação.

21

Prefeito Andrei Cossetin recebe atletas da ANR

O Prefeito Andrei Cossetin, juntamente com o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Noel Torquato Ribeiro, recebeu os atletas da Associação Noroeste Runners (ANR), residentes em Ijuí, que foram vencedores nos Campeonatos Gaúchos de Atletismo em 2021. O prefeito, também, homenageou o atleta Rodrigo Mendes, do Polo Panambi de atletismo da ANR, campeão Brasileiro Sub 16 nos 1.000 metros rasos e nos 1.000 metros com obstáculos. Na ocasião, o prefeito parabenizou os atletas pelos resultados e ressaltou a necessidade de todos estudarem. Também afirmou apoiar o Atletismo e todos os esportes no município.

O prefeito Andrei Cossetin parabenizou os atletas pelos resultados

EM MEMÓRIA AO 1° ANO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA OSMAR MONTEIRO *13/09/1955 +24/11/2020 A família de OSMAR MONTEIRO, convida todos os familiares e amigos para a celebração de saudades de 1 ano de falecimento. A missa será realizada no dia 23 de novembro de 2021 às 19:00, na Paróquia São Geraldo. Desde já a família agradece a quem comparecer. “Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós e permanecem vivos em nossos corações”. Ijuí, 20 de novembro de 2021

EM MEMÓRIA AO 4º ANO DE FALECIMENTO ELIO ZAMBON DE OLIVEIRA *27/11/1953 +20/11/2017 Quatro anos de muitas saudades e felizes lembranças que acalentam nossos corações. Queríamos tê-lo fisicamente por perto, mas acreditar num reencontro faz a saudade menos dolorida. A saudade eterniza a presença de quem se foi. Com o tempo essa dor se aquieta. Se transforma em silêncio que espera, pelos braços da vida, um dia reencontrar... “O senhor é bom, um refúgio em tempos de angústia. Ele protege os que nele confiam”. Ijuí, 20 de novembro de 2021


22

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembRo de 2021

COMUNIDADE

Apae promove oficina de Artes Literárias A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) promoveu, na tarde de ontem, a 13ª Mostra de Artes, que busca integrar a pessoa com deficiência à sociedade por meio da arte, promovendo a socialização de experiências artísticas de caráter pedagógico e contribuindo para excelência na prestação de serviços, valendo-se deste fazer, como movimento de inclusão do público, ou seja, alunos com deficiência intelectual e/ou múltiplas. Com o incentivo do Ministério da Cultura - dedução do Imposto de Renda Pessoa Física e Jurídica e que abrange as oito Apaes do 4º Conselho Regional, estará sendo realizado até o final de 2022. A presidente, Avani Brizzi Zwanziger, destaca que nessa primeira etapa, estão sendo realizadas capacitações aos profissionais de arte. Na segunda etapa, serão realizados trabalhos com os alunos das oito Apaes. De acordo com ela, projeto é aberto ao público, que pode acompanhar através do Youtube

O público pode acompanhar as oficinas pelo Youtube e Facebook da Apae

e Facebook da Apae de Ijuí. Ela entende que a arte, para os alunos com deficiência intelectual e autistas, pode manifestar sua expressividade singular, socializando- se, além de trabalhar suas emoções e habilidades, o que contribui para o seu desenvolvimento cognitivo e sua inserção social. "As Apaes do nosso conselho foram para além de nosso território, indo sempre concorrer

no festival estadual e, também, a nível nacional", afirma. Avani considera que as oficinas para os profissionais possibilitam aprendizagens diferenciadas para além da escola e possibilita que outros segmentos participem através das redes sociais. "É uma forma de valorizar o profissional instigando-o a procurar novos meios de ensinar e aprender”, comenta.

Brigada Militar realiza doações de alimentos em Ijuí O 29º BPM realizou uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis. A ação ocorreu na última quinta-feira, como parte das comemorações alusivas ao aniversário de 184 anos da Brigada Militar. Dessa forma, foram arrecadados 112 kg de alimentos e 17 litros de leite, que foram doados aos lares Bom Abrigo e Associação Filantrópica Monte Moriá (Affim), que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social do município. A psicóloga e coordenadora do lar Affim, Nina Rosa Accioly, expressa gratidão pela participação da Brigada Militar, destacando que eles estão presentes em qualquer situação, sempre que solicitados, tanto em festas, doações, auxílio, bem como, situações adversas. Para ela, é de extrema importância a aproximação com a Bri-

gada e o respeito das crianças, bem como, o vínculo para que elas tenham confiança e que a Brigada conheça a realidade das crianças. “A gente fica muito agradecido, não só pelos itens, de suma importância para a nutrição das nossas crianças, mas, também, pela presença daquelas pessoas que estão nos protegendo e também nos amparando nas dificuldades”, afirma. A presidente do Lar Bom Abrigo, Marli Gaspar, destaca que as doações recebidas vão reforçar o estoque de alimentos, tendo em vista que há uma grande demanda, sendo que hoje o lar conta com 27 crianças e adolescentes acolhidos. “Então, as doações são importantes, porque quando não precisa comprar, nós podemos investir esse dinheiro em outros projetos para as crianças e adolescentes”, finaliza a presidente.

Medalhas do Desafio são entregues hoje que vivemos, portanto, vamos ser agentes promotores de ações comunitárias”, afirma a delegada representante do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS), contadora Luciane Maria Cerezer Schuts. Ela pontua que fazer o trabalho técnico é importante, mas, fazer algo a mais é essencial. “Estamos mobilizando os colegas, escolas, universidades, entidades contábeis a serem voluntários, mobilizando e sensibilizando as pessoas a praticarem o bem-comum e a pensarem no coletivo. Concomitante estaremos participando do mês da Solidariedade Contábil, evento que vai se estender até o dia 5 de dezembro”, finaliza a contadora Luciane.

Luciane Maria Cerezer Schutz

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), através dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) deram início, ontem, à campanha "Solidariedade Nota 10", que se encerra no dia 10 de dezembro. Conforme a assistente social e coordenadora do Cras Glória, Fabíola Dutra, a campanha tem como objetivo a arrecadação de material escolar, que serão doados, posteriormente, para as famílias que estão em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelos Cras do município. "Temos alguns apoiadores como o Senac, Atacadão amigos do Real, Supermercado Modelo, Livraria Centenária, Unopar/Fagep, se alguém tiver interesse em fazer sua doação pode procurar estes pontos de coleta e os Cras, e também, se quiser fazer do seu local de trabalho um ponto, pode entrar em contato, através do telefone 3331-8808", aponta a assistente social, Fabíola Dutra.

PALESTRA

ADOÇÃO

DESLIGAMENTO

BAZAR

EVENTO

A Secretaria de Saúde, Assistência Social de Augusto Pestana e Emater promovem, no dia 7 de dezembro, às 14h, a palestra "Chaves para Elevar a autoestima feminina".

Com o apoio do Gabinete da Primeira-dama, a Coordenadoria de Proteção Animal promove hoje, a 2ª edição da Feira de Adoção de Animais na Praça da República, das 9h às 12h.

Na terça-feira, o Demei interromperá o fornecimento de energia elétrica entre as ruas Irmãos Gressler e São Paulo e entre as ruas Barão do Rio Branco e Dr.Pestana e adjacências.

No dia 27, o Hospital Bom Pastor realizará um bazar solidário em prol da instituição com produtos doados pela Receita Federal. O bazar acontecerá no auditório do hospital, das 8h às 17h.

A Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo (SMCET), juntamente com a Emater/RS e Senar/RS, promove, na terça-feira, às 14h, no Sindicato Rural,um bate-papo sobre o Turismo Rural.

Em comemoração ao Dia do Contador, que ocorreu no dia 22 de setembro e, também, tendo a proximidade do Outubro Rosa e Novembro Azul, o SindiContábil e a Unijuí promoveram o Desafio Virtual entre os profissionais de Contabilidade e a comunidade. O evento teve início no dia 15 de outubro e o encerramento ocorreu na última segunda-feira. A entrega das medalhas acontece hoje, das 9h às 10h30 na Praça da República.Para participar do evento, o valor da inscrição é a doação de alimentos não perecíveis, que serão destinados em benefício da Liga Feminina de Combate ao Câncer. “A ideia é de que a Contabilidade pode fazer muito para melhorar a sociedade em

As doações arrecadadas foram destinadas para o Bom Abrigo e Affim

Campanha da SMDS visa arrecadar material escolar

Serviços


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 20 e 21 de noVembro de 2021

23

Memória JM Notícias de NOVEMBRO de 1986 Armindo Pydd

Ijuí: Aliança vence

PROMESSAS SOMENTE **Há alguns anos na conferência do clima em Paris os países ricos prometeram passar 100 bilhões de dólares por ano para os países em desenvolvimento cuidarem da emissão de gases tóxicos.

A

Aliança Popular (PDT/PDS) foi a vitoriosa no pleito de 15 de novembro para o Governo do Estado em Ijuí. O PMDB, no entanto, teve um excelente desempenho nas urnas e se transformou na nova força política do município, onde PDT e PDS sempre disputaram a hegemonia. A votação do PMDB em Ijuí foi superior a 10 mil votos.

** Passaram-se os anos agora numa nova conferência, agora em Glasgow na Escócia, lá vem novas promessas, mas a antiga ainda não foi cumprida e tudo se resume a muitos discursos e a um acusar o outro. Enquanto isso os países que realmente emitem muito gás que prejudica o meio ambiente como a China, os Estados Unidos e a Índia sequer se manifestam.

Governador aldo ...................13.125 Simon ................11.263 Chiarelli .............5.440 Ilgenfritz ............3.751 Petracco .............1.427 Brancos .............3.881 nulos .................1.331

** O Revalida brasileiro aprova muito pouca gente. No último dava para contar nos dedos das mãos os que foram aprovados. Outros tentam novamente no próximo ano, quando o caminho que existe aqui no país que é de ter um preparo rigoroso e se dedicar ao máximo e passar no vestibular é o que é mais seguro.

** Bolsonaro acaba de concretizar sua grande peça eleitoral para o ano que vem: o Auxílio Brasil que será o substituto da Bolsa Família e vai beneficiar 17 milhões de brasileiros com até R$ 600 por mês. ** O Afeganistão de novo nas manchetes negativas durante os últimos anos. Com a influência americana teve um governo que defendia a via democrática e proporcionava eleições e o povo voltou a ter liberdade inclusive com as mulheres podendo frequentar as escolas e até o renascimento das artes e da cultura. Agora houve uma queda deste regime e o Talibã novamente está mandando, e as proibições voltaram especialmente atingindo as mulheres cujo destino nesse regime é cuidar da família e não pode ter a grande maioria das profissões que os homens têm.

Dos deputados federais e estaduais ligados diretamente com Ijuí, Wilson Mânica, o mais votado em Ijuí, e Moesés Berlesi estão eleitos para o seu primeiro mandato na Assembléia Legislativa; e Amaury Müller integrará a Assembleia Constituinte pelo PDT.

O

** Desde antes da eleição e agora já com três anos de mandato, Bolsonaro está no palanque diário explicando a sua posição, desfazendo acusações e mantendo informações sobre o seu governo. Eis que a mídia brasileira não sendo remunerada regiamente não lhe dá espaço. Agora temos ainda um ano para ele se manter nesse nível para tentar a reeleição para o qual ele é um dos favoritos. ** Temos Ciro Gomes que também está fazendo sua campanha nas redes sociais e sendo atacado. Moro mal apenas botou a cara de fora e já tá sofrendo também com a campanha de desconstrução e os próximos que agora estão sendo pesquisados por outros partidos entrarão na mesma linha.

Deputados eleitos

15 mesas escrutinadoras funcionaram na Sogi

trabalho de apuração de votos da 23ª Zona Eleitoral duraram cerca de 34 horas. Trabalhando pela manhã até o anoitecer, durante três dias e mais toda manhã de ontem [dia 19], as 15 mesas apuradoras, com seis escrutinadores em cada, contaram um total de 54.718 votos depositados nas 331 seções eleitorais que funcionaram nos municípios de Jóia, Augusto Pestana, Ajuricaba e Ijuí. Em Ijuí, o primeiro voto aberto foi dado para Pedro Simon ao Governo do Estado, Bisol e Campezato para o Senado, Orlando Burmann para deputado federal e o número 11.175 que corresponde a Wilson Mânica para deputado estadual.

CONCURSOS NONOAI- A prefeitura anunciou a realização de um novo Processo Seletivo para preencher três vagas na contratação de profissionais entre níveis Médio e Superior. O profissional deve exercer funções em jornadas de 20 a 40 horas semanais, referente a remuneração mensal no valor que alterna entre R$ 994,65 a R$ 9.946,50. As inscrições devem ser efetuadas até às 12h do dia 26, por meio do site da Objetiva Concursos, com taxa no valor de R$ 22,60, que deve ser efetuado até o dia 26. Os candidatos serão avaliados mediante aplicação de prova objetiva na data prevista de 19 de dezembro de 2021. FADERS- A Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com

Deficiência e Pessoas com Habilidades no Estado anunciou um novo Concurso Público para a contratação de Agente Institucional e Intérprete de Libras. Quando contratado, o profissional será beneficiado com salário no valor de R$ 2.515,87, em jornada de 40 horas semanais.As inscrições devem ser feitas até o dia 16 de dezembro, no site do Instituto Nacional de Qualificação e Capacitação (INQC), mediante o pagamento de taxa de R$ 92,64. FURG/RS- A Universidade Federal do Rio Grande anunciou a realização de um novo Concurso Público para o preenchimento de nove vagas destinadas à contratação de profissionais de Nível Superior. Os profissionais irão desempenhar funções em carga horária de 20 a 40 horas semanais, com salários de R$ 4.180,66 ao mês. As inscrições devem

ser efetuadas a partir das 9h do dia 29 até às 23h59 do dia 10 de dezembro, por meio do site da universidade, mediante o pagamento de taxa de R$110, que deve ser efetuado até o dia 13 de dezembro. Os candidatos serão avaliados mediante aplicação de prova teórica e de títulos IPÊ/RS- A prefeitura anunciou a realização de um novo Processo Seletivo para contratar profissionais para o cargo de Agente Comunitário de Saúde. Quando contratados, os servidores vão cumprir jornada de 40 horas por semana, com remuneração de R$ 1.289,80. As inscrições serão recebidas na Prefeitura, na Rua Frei Casimiro Zaffonato, nº 1060, até o dia 26, das 7h45 às 11h45 e das 13h15 às 16h30. O Processo Seletivo será composto de prova objetiva, com 20 questões de múltipla escolha.


www.clicjm.com

CULINÁRIA NA ESCOLA

JUBA VOLTA AO RUBRO

A partir de uma aula de Educação Tecnológica, as crianças do Pré 1-A, B e C do Colégio Sagrado Coração de Jesus participam de atividade | 13

São Luiz anuncia o retorno do atacante. Atleta chega para a quarta passagem no clube ijuiense | 17

TIMES GAÚCHOS ATUAM HOJE NO BRASILEIRÃO

CURSO DE BRIGADISTA

Internacional recebe o Flamengo. Grêmio enfrenta a Chapecoense e o Juventude joga com o líder Atlético-MG. | 17

Servidores da rede estadual de ensino, de abrangência da 36ª CRE, participam de treinamento para a prevenção e combate a incêndios | 21

OPINIÃO JM | 6 Aos poucos, mantendo outros cuidados complementares, os brasileiros vão erguendo uma barreira mais sólida contra o vírus da covid-19.


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.