__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Quarta-feira, 9 de junho de 2021

Ano 48 - Nº 25

R$ 4,00

Novo Refis irá socorrer devedores de impostos

Proposta é ofertar renegociações dos débitos de empresas de forma proporcional a queda do faturamento. | 5

BRASIL VENCE MAIS UMA

OS POSSÍVEIS PALANQUES DE BOLSONARO Heinze, Terra e Onyx ensaiam candidaturas ao governo do Estado. | 9

LÍDER DO PDT CRITICA ATUAÇÃO DO PARTIDO Beiço diz que sigla perdeu as eleições porque se afastou das bases. | 9

Richarlison e Neymar comemoram o primeiro gol do Brasil diante do Paraguai. Seleção lidera as Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar | 13

BASE DO GOVERNO CONTRARIA QUEIROGA NA CPI Ministro Marcelo Queiroga afirmou que não tem infectologistas na sua equipe. | 8

CASO RAFAEL TEM JÚRI MARCADO PARA NOVEMBRO Menino Rafael foi morto em 2020, em Planalto; mãe é a suspeita. | 11

HOSPITAIS TÊM DIFICULDADE PARA SE MANTER Presidente da Hospinoroeste, Vilmar Scheer, fala da saúde na região. | 12


2

Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2021

RADAR PIX O Banco Central (BC) aprovou a criação do Mecanismo Especial de Devolução do Pix, que entra em operação em 16 de novembro, quando o sistema de pagamento instantâneo completará um ano de funcionamento no País. De acordo com o BC, a criação do mecanismo é uma forma de padronizar as regras e os procedimentos para viabilizar a devolução de valores "nos casos em que exista fundada suspeita de fraude ou nas situações em que se verifique falha operacional nos sistemas das instituições envolvidas na transação". A devolução poderá ser iniciada pelo prestador de serviço de pagamento (PSP) do usuário recebedor, por iniciativa própria ou por solicitação do PSP do usuário pagador. CARNES As exportações brasileiras de carne bovina registraram queda nos cinco primeiros meses de 2021 em comparação a igual período do ano passado. Foram vendidas ao exterior, de janeiro a maio, 710.093 toneladas, 2,9% a menos do que o registrado no mesmo período de 2020, de 731.422 toneladas. No entanto, as vendas para o exterior tiveram um aumento de 2,2% no faturamento, de US$ 3,2 bilhões no acumulado de 2021 ante US$ 3,14 bilhões no mesmo período de 2020. Os dados, divulgados ontem pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia. COMÉRCIO O volume do comércio varejista brasileiro teve alta de 1,8% de março para abril deste ano. O crescimento veio depois de uma queda de 1,1% observada na passagem de fevereiro para março. Essa é a maior alta para o mês de abril desde 2000. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O varejo também cresceu 0,4% na média móvel trimestral, 23,8% na comparação com abril do ano passado, 4,5% no acumulado do ano e 3,6% no acumulado de 12 meses. CANNABIS O Projeto de Lei (PL) 399/15, que regulamenta o plantio de maconha, denominada Cannabis sativa, para fins medicinais e a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta, foi aprovado ontem na comissão especial da Câmara dos Deputados que analisou o tema. Houve 17 votos favoráveis e 17 contrários à proposta, aprovada com o voto do relator, Luciano Ducci (PSB-PR), que desempatou o placar. Como a matéria tem caráter conclusivo, ela seguirá para o Senado, caso não haja um recurso de 51 deputados (10%) para que seja votada em plenário. A proposta altera a Lei 11.343/06, que institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas e que autorizou o plantio de vegetais como a Cannabis para fins científicos ou medicinais, em local e prazo determinados, mediante fiscalização.

OLHO DA RUA A lixeira de um imóvel que está para alugar na Rua Alfredo Steglich está virando um ponto de descarte de lixo incorreto e tem incomodado os vizinhos e pessoas que passam pelo local.

INDICADORES Poupança 7.6.2021 ................... 0,15 % Ouro 7.6.2021.............R$ 306,56(gr) Dólar Comercial.................... R$ 5,0349 Dólar turismo ....................... R$ 5,2224 Euro ......................................... R$ 6,13 IPC/FIPE Abril. /2021 ................ 0,44% INPC Abril. /2021 ....................... 0,38% IGP-M Abril. /2021 ..................... 1,51% IPCA Abril. /2021 ....................+0,31% TR Maio./2021 ..........................+0,0% SELIC Maio./2021 ..................+3,50 %

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º -6.468 2º -0.713 3º -5.285 4º -5.609 5º -8.373 ENTRE ASPAS "Eu nem me considerava um bom piloto, eu considerava que conseguia fazer os carros melhores, porque eu sempre trabalhei nos carros e eu, antes de entrar na Fórmula 1, nunca tive engenheiro." Tricampeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet

"A economia de alguma maneira se adaptou a essa nova maneira de fazer as coisas, e acho que em grande parte [essas mudanças] serão permanentes." Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto "Em um momento de pandemia, com o menor orçamento da história, [o Dnit] foi e entregou, no ano passado, 92 obras. Outras tantas já estão sendo entregues este ano. Imagina como vai ser quando o dinheiro voltar." Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas

GETÚLIO

LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 2250

04 05 06 10 12 13 14 18 19 20 21 22 23 24 25 QUINA

CONC URSO nº

5584

07 10 35 67 78 PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

21° Sol com algumas nuvens, não chove.

MIN.

13°

QUINTA

MÁX.

19° Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à qualquer hora

MIN.

12°

SEXTA

MÁX.

17°

Sol o dia todo sem nuvens no céu.

MIN.

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

QUarTa-FEIra, 9 dE jUnho dE 2021

TRIBUTOS

Governo avalia alíquota menor para comércio O governo vai propor uma alíquota diferenciada para o setor de comércio e serviços na 1ª fase da reforma tributária. A alíquota será inferior aos 12% propostos para a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS) para que a carga tributária do setor não aumente. O ministro da Economia, Paulo Guedes, indicou a congressistas que essa alíquota pode ficar em 8%. O chefe da equipe econômica discutiu o assunto com a ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, na noite de segunda-feira e ontem, e afirmou que “não quer de

Paulo Guedes

jeito nenhum aumentar” a carga tributária dos serviços. “Estamos considerando a possibilidade de ter duas alíquotas. Uma para comércio e serviços, mais baixa, e outra para a indústria, um pouco mais alta”, disse Guedes, em live com o setor de serviços. O ministro afirmou que a ideia inicial era que todos os setores tivessem a mesma alíquota na CBS, que vai unificar os impostos que incidem sobre o consumo. Porém, disse que o tratamento especial está em estudo já que o governo não vai conseguir desonerar a folha de pagamento neste momento. Levantamento da Roit Consultoria mostrou que a CBS pode elevar a carga de impostos de 20% das empresas do setor de serviços. Isso ocorre porque o segmento é intensivo em mão de obra e costuma ter menos gastos com insumos para deduzir

Estamos considerando a possibilidade de ter duas alíquotas. Uma para comércio e serviços, mais baixa, e outra para a indústria, um pouco mais alta."

Relator da PEC defende reforma Tributária ampla O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), presidente da Comissão Mista da reforma Tributária, disse querer uma reforma Tributária mais ampla. “Mas ela tem que nascer com os princípios de justiça social, buscando sempre a simplificação, a modernização, a desoneração e a competição. Com a desoneração, inclusive, das exportações. O Brasil é um dos poucos lugares que exporta imposto. É um absurdo”, disse. O parlamentar disse ser preciso fazer escolhas e avançar nos pontos da reforma onde há consenso e usar a teoria do “copo meio cheio ou do copo meio vazio”. “E acho que devemos começar pelo copo meio cheio, que foi a retomada do diálogo entre os Poderes”, afirmou. “Temos um momento de fazer escolhas. A gente não

pode ficar enganchado, por conta desse ou daquele ponto. Se o ponto não tiver possiblidade de avançar, a gente tem que retirar. Um exemplo é o caso dos fundos de investimento, da agência que se propunha a criar, que foi retirado no relatório do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) na comissão mista”, destacou. Entre os pontos de consenso, ele citou a unificação dos impostos sobre a base de consumo, imposto seletivo, princípio do destino, cobrança eletrônica, crédito financeiro, tratamento diferenciado para alguns setores, como a educação e saúde, que deverão ter apenas um comando constitucional na PEC e ser regulamentados por lei complementar, regras uniformes em todo o País.

o imposto. Guedes defende a volta da CPMF como forma de desonerar a folha de pagamento. Contudo, deixou o assunto para depois por conta da resistência política e quer fazer a reforma “que é possível” agora. “Não vai ter grande novidade na reforma tributária. É uma reforma moderada. Eu gostaria de fazê-la um pouco mais ampla, inclusive com a desoneração da folha. Não é o momento ainda, mas nós não vamos desistir. Vamos fazer gradualmente”, afirmou o ministro. Na reunião de ontem, empresários e representantes do setor de serviços afirmaram que a alíquota de 12% proposta pelo governo para a CBS poderia elevar a carga tributária do segmento. Há uma preocupação de que o aumento precise ser repassado para o consumidor ou trave as contratações do setor, que responde por boa parte da atividade econômica e dos empregos do País. Líder do PP na Câmara, Cacá Leão (BA) disse aos empresários que participaram da reunião que a bancada vai defender o setor na discussão sobre a reforma Tributária. O presidente da Frente Parlamentar do Setor de Serviços, deputado Laércio Oliveira (PP-SE), também tem defendido o assunto.

3

Impasse coloca em risco operações internacionais Indefinições ameaçam operação na Ponte São Borja-Santo Tomé. O contrato de concessão do modelo de gestão compartilhada entre Brasil e Argentina se encerra em agosto deste ano. A ponte Internacional é o segundo maior canal de trânsito de mercadorias em fronteira do Estado. Um eventual encerramento das atividades do Centro Unificado de Fronteiras (CUF) ou alteração do modelo de concessão internacional traria uma série de prejuízos, principalmente para a indústria. As operações realizadas no CUF representa 26% de todas as transações comerciais entre Brasil e Argentina. Em valores, isso significa U$$ 7 bilhões por ano em mercadorias na média da última década. Coordenador do Conselho de Comércio Exterior (Concex) da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Aderbal Lima reforça a teoria e diz que, neste caso, as cifras bilionárias de importação de veículos e de suas peças abalariam o fluxo de mercadorias, em um efeito cascata capaz de reverberar por toda a Aderbal Lima cadeia produtiva. Lima cria um cenário hipotético, nem um pouco desejável. Primeiro, diz que os preços seriam elevados, por falta de insumos. Logo em seguida, as linhas de montagem poderiam paralisar em diversos segmentos. Em oscilação, os estoques exerceriam pressão sobre os preços na outra ponta da cadeia. "Os impactos do eventual bloqueio de um corredor tão importante para o Brasil podem ser sentidos em basicamente todas as etapas da cadeias relativas à montagem de veículos. Não resta dúvidas que o CUF de São Borja-São Tomé é um exemplo de integração aduaneira por representar eficiência e agilidade ao exportador e ao importador, bem como aos prestadores de serviços, como agentes de cargas, despachantes, empresas logísticas", sintetiza. Ele lembra que a própria Fiergs, por exemplo, possui um dos postos de emissão de certificados de origem localizados no CUF, justamente para garantir velocidade e praticidade ao exportador.

Vendas no comércio devem ter incremento Os comerciantes e lojistas de Ijuí estão com boas expectativas para o Dia dos Namorados, data celebrada no próximo sábado. As lojas já estão com seus estoques abastecidos e devem oferecer vantagens aos clientes como forma de atrair os consumidores. Para o presidente do Sindilojas de Ijuí, Bruno Hass, as vendas deste ano devem ser significativas, se comparadas ao mesmo período de 2020, momento em que o comércio encontrava-se com restrições diante da pandemia da covid-19. "Uma pesquisa da Fecomércio apontou que teremos um incremento de 29,4% a mais do que no ano passado. E uma pesquisa feita junto com os nossos associados chegamos a conclusão que deveremos ter, se tudo ocorrer bem, um incremento de 33%", disse o

representante dos empresários locais, em entrevista ao JM. "Isso é um número bastante elevado nesta época, um incentivo para que os empresários acreditem e façam o possível para atingir esses índices", acrescenta. De acordo com a pesquisa da Fecomércio, 54,5% dos entrevistados apontaram que irão comprar presentes no Dia dos Namorados, com média de R$ 131,45. Na comparação com o Dia dos Namorados de 2020, entre os que realizaram compras no ano passado, 46,9% dos consumidores devem gastar o mesmo valor que no ano anterior, enquanto 41% sinalizaram que terão um gasto menor ou muito menor. Entre os locais de compra, os mais citados são as lojas do Centro das cidades (48,8%). Preços (39,7%), promoções

Bruno Hass

(20,3%) e atendimento (16,4%) são os três fatores mais citados como determinantes do local compra.


4

Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2021

SAÚDE

Vacinação contra a gripe está abaixo do esperado A terceira fase da vacinação contra a gripe começa hoje. Os grupos prioritários dessa nova etapa serão as ForçasArmadas, os servidores da Segurança Pública e do Sistema Prisional, trabalhadores do transporte coletivo, do sistema portuário, pessoas com comorbidades e a população privada de liberdade. A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe avança, mas está longe de atingir a meta. De acordo com dados do Localiza SUS, a expectativa era vacinar cerca de 33 milhões de pessoas nas duas fases anteriores, mas somente 22 milhões foram vacinados até agora. A meta nas três fases é imunizar mais de 78 milhões de pessoas. Os especialistas orientam que é importante se vacinar contra a gripe nesses tempos de pandemia, porque o vírus Influenza também pode causar a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Além disso, a vacinação pode facilitar o diagnóstico de covid-19 e evita coinfecção de covid e do vírus da gripe. Cabe lembrar que a vacina da gripe e a da covid-19 devem ser tomadas com um intervalo de pelo menos 14 dias entre elas. As informações sobre onde se vacinar podem ser encontradas nas secretarias municipais de saúde. O Ministério da Saúde distri-

Próxima etapa Quem será vacinado entre 9 de junho e 9 de julho: Pessoas com comorbidades Pessoas com deficiência permanente Caminhoneiros Trabalhadores de transporte coletivo Trabalhadores portuários Forças de segurança e salvamento Forças Armadas Funcionários do sistema prisional População privada de liberdade buiu mais de2,9 milhões de doses de vacina contra a gripe para o Rio Grande do Sul. Em Ijuí, já foram aplicadas 11.929 doses, o que representa 31,3% do total de 38.101 pessoas que estão na lista para receber essa imunização. "Ainda tem muitos trabalhadores de saúde que não se vacinaram, como também crianças e professores que estão abaixo da cobertura", comenta a coordenadora municipal de Imunização, Salester Ruver. "Provavelmente, porque tem que aguardar 15 dias entre as doses da vacina da covid-19 e de outras", pondera. Conforme os dados da Secretaria Municipal de Saúde, somente o Grupo das Crianças passou

da metade da meta, atingindo 57,6%. Já os idosos, 37%, e as puérperas, 37,8%, são os grupos com coberturas mais baixas. As gestantes têm pouco mais de 40% do grupo imunizado, e os Trabalhadores de Saúde, 46%. As vacinas da gripe estão sendo aplicadas nas Salas de Vacina das Unidades Básicas de Saúde e na Praça da República. O Rio Grande do Sul aparece em terceiro lugar no ranking nacional de doses aplicadas (52,5%), atrás de São Paulo e Minas Gerais. A Secretaria Estadual da Saúde alerta que é importante se proteger contra o vírus da influenza porque a gripe pode provocar complicações, internação hospitalar e até a morte.

CPI visa evitar aumentos abusivos nas medicações Bloqueadores neuromusculares e anestésicos, utilizados para intubação de pacientes com covid-19, são as medicações alvo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Medicamentos, da Assembleia Legislativa gaúcha. O midazolam, por exemplo, era comercializado por R$ 4 a ampola, em média; no ápice da crise chegou a ser comercializado por R$ 280 a ampola, por alguns grupos farmacêuticos. Atualmente, o custo está em R$ 40 - ainda dez vezes acima. Um paciente com covid-19 utiliza 30 ampolas destas por dia. "O objetivo desta Comissão é evitar que haja novamente aumentos abusivos nos valores das medicações. Esses remédios são aqueles fundamentais para manutenção da vida, do Kit Intubação e que tiveram aumentos exorbitantes no período do pico da crise, entre março e abril", comenta o presidente da CPI dos Medicamentos, deputado estadual, Thiago Duarte (MDB-RS). Em alguns casos, o aumento chegou a quatro mil por cento, o que colocou em risco o atendimento hospitalar. Conforme relatos de algumas instituições de Saúde à CPI, ocorreram extorsões e chantagens por parte das distribuidoras, com cobrança de pagamento antecipado, sem a Thiago Duarte garantia de recebimento. "Algumas inclusive tiveram que transferir pacientes a outros locais porque não tinham remédio para manter o atendimento. Isso realmente não pode acontecer. Nosso objetivo é responsabilizar quem fez isso e evitar que, em eventual nova onda, tenhamos o risco de ocorrer novamente", disse Duarte. Nos hospitais, os membro da Comissão se reúnem com a diretoria e farmacêuticos, a fim de verificar a atual situação e o que ocorreu no período investigado para atuar de forma preventiva. "E buscar autoria e materialidade dos fatos para que possamos, ao fim desse processo, responsabilizar eventuais situações que ocorreram." Além disso, durante a visita técnica são verificados os estoques de medicamentos, e, em caso de falta ou escassez, é realizado contato com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Na sexta-feira, uma comitiva da CPI irá visitar os hospitais de Caridade de Ijuí (HCI) e o Bom Pastor.


Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2021

5

PROPOSTA

Congresso prepara mudanças no Refis

O novo Refis (parcelamento de débitos tributários) preparado pelo Congresso vai abarcar também dívidas anteriores à pandemia da covid-19 e permitir o aproveitamento pelas empresas do prejuízo fiscal como crédito para abater o valor a pagar de impostos acumulados (crédito de prejuízo) em anos anteriores. As duas medidas serão incluídas no projeto em tramitação no Senado, segundo antecipou o relator e líder do governo, senador Fernando Bezerra (MDB-PE). O projeto, incluído no fatiamento da reforma tributária, também facilitará as condições da negociação direta entre os devedores e o governo para a solução de conflitos fiscais – chamada tecnicamente de transação tributária. O parecer vai elevar de 50% para até 70% o desconto do valor total da dívida nessa modalidade. A medida permitirá descontos de até 100% sobre multas; já juros e encargos terão abatimento de até 70%. As empresas que optarem pelo instrumento também poderão aproveitar o crédito do prejuízo fiscal. O valor que o governo deve abrir mão da arrecadação com uma nova rodada do Refis vai depender das condições do novo

programa e do nível de adesão das empresas. Para aceitar o Refis, o ministro da Economia, Paulo Guedes, quer vincular a habilitação ao programa à redução do faturamento durante a pandemia. A ideia é que a empresa que tiver tido uma queda superior a 15% possa aderir ao Refis. As condições serão mais favoráveis à medida que o tombo no faturamento for maior. O pagamento da parcela à vista, que é exigida, vai oscilar de 20% a 2,5%, conforme o tamanho da queda do faturamento. Quem estiver em situação pior vai pagar uma parcela à vista menor. As empresas com maior dificuldade também poderão aproveitar um porcentual maior de crédito do prejuízo fiscal para quitar a dívida. “Muitas empresas têm prejuízos fiscais acumulados, que elas não usam ou vão usando de forma pequena. Agora, esse será um instrumento poderoso para ter uma redução ainda maior daquilo que elas vão pagar”, explicou Bezerra. Guedes aceitou mais um programa de parcelamento para que as empresas possam limpar o passado, o que ele chama de “passaporte tributário” para o futuro de crescimento. “Dá des-

Principais pontos do Refis • Alcance da renegociação: Renegociações de dívidas antigas e não apenas as contraídas na pandemia da covid-19.

• Transação tributária: Aperfeiçoamento desse mecanismo de negociação de dívidas que é feito diretamente com a PGFN (área jurídica do Ministério da Economia). Ela faz uma avaliação de risco em relação ao crédito tributário. Só se habilita à transação as empresas que tiveram o risco de realização do crédito mais baixo, na faixa de “C” e D” num rating de classificação da capacidade de honrar. Abre a porta para uma negociação mais benéfica. O relator vai elevar de 50% para 70% o total da dívida que pode ser descontado.

• Prejuízo fiscal: É decorrente do resultado negativo que a empresa registrou e que pode ser compensado com os lucros positivos que foram obtidos em anos posteriores. O prejuízo pode ser compensado até o limite de 30% no imposto a ser pago. O projeto vai permitir o aproveitamento de crédito desse prejuízo acumulado para pagar as dívidas numa velocidade maior tanto no Refis como na transação tributária. • Previsão de aprovação no Senado e na Câmara: Até 15 de julho conto de 70%, o cara paga”, disse Guedes, na semana passada. Para reforçar as condições do Refis, o Senado deve pedir ainda esta semana o reexame de entendimento de acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) que determina que a perda de receita que o governo

Congresso tem resistência à proposta Na Câmara e também no Senado, há resistências em vincular o Refis às empresas que perderam faturamento com a pandemia, como quer Paulo Guedes. A Economia também quer restringir o programa às empresas, sem alcançar as pessoas físicas. Parlamentares pressionam para que o Refis seja amplo, aberto a todas as empresas e também às pessoas físicas. Esse ponto ainda não está fechado, admite relator e líder do governo, senador Fernando Bezerra (MDB-PE). “Não existe empresa meio grávida. Todas as empresas, com raríssimas exceções, estão com problemas ”, diz Vivien Suruagy, presidente da Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática (Feninfra). O presidente da Confederação Nacional de Serviços (CNS), Luigi Nese, disse que prefere como socorro o financiamento de baixo custo das empresas do que programas de Refis, mas

Fernando Bezerra

ressaltou que neste momento da pandemia discriminar as empresas não é bom. “Como vai diferenciar A de B. O Refis tem de ser amplo.” Os parlamentares querem aprovar no mesmo projeto um

Refis também para as empresas que pagam pelo Simples, sistema simplificado de tributação para as micro e pequenas empresas. O time do ministro Guedes, porém, quer fazer o Refis do Simples em projeto separado, segundo Bezerra. Entre os tributaristas que acompanham de perto a evolução das negociações do novo Refis, a percepção é de que Guedes aceitou melhorar as condições da transação para desestimular o Refis. Tradicionalmente, a equipe econômica é refratária à edição de Refis sucessivos porque entende que eles estimulam a existência do contribuinte “devedor contumaz”, que adere ao programa para conseguir a certidão negativa de débitos e depois volta a deixar de pagar. Para o tributarista Luiz Bichara, o aproveitamento do crédito do prejuízo fiscal será muito importante. Hoje, está limitado a 30% por ano. “Enquanto o efeito da crise vem de uma vez, a recuperação tem de se dar com essa trava imposta pelo Fisco.”

abrirá mão com desconto de multas, juros e encargos seja compensada com base na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Para a transação tributária, diz o relator, o TCU já consolidou entendimento de que não há renúncia a ser compensada porque esse é um crédito de

difícil recuperação. Segundo Bezerra, a consultoria do Senado tem parecer que contesta a necessidade da compensação também para o Refis. Com base nessa manifestação da consultoria legislativa, o Senado vai pedir ao TCU uma releitura do entendimento de 2019.

Reforma economizaria R$ 31 bi com altos salários O governo poderia economizar R$ 31,4 bilhões em 10 anos com a inclusão de militares e de membros de Poder – como parlamentares, procuradores e magistrados – na reforma Administrativa. As categorias não estão entre os grupos que entraram na proposta de reforma encaminhada ao Congresso no ano passado. A justificativa para não incluir os membros de Poder, que integram o Judiciário, é de que o Executivo não pode interferir nos demais poderes. A economia, no entanto, seria de R$ 14,1 bilhões em 10 anos, se houvesse um aumento de horas trabalhadas. Já sobre os militares, categoria com cerca de 334 mil pessoas na ativa, o motivo para não incluir na proposta é que o projeto era voltado apenas para civis. A inclusão garantiria uma economia de R$ 17,3 bilhões em 10 anos só com reajustes menores. Ontem aconteceu uma reunião com os líderes da Câmara dos Deputados para discutir a tramitação da reforma Administrativa. O texto já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e deverá ser analisado por uma comissão especial antes de ir para o plenário. Mas para especialistas, essa discussão em relação as propostas de mudanças é lenta e parcial. "Essa reforma não é o ideal que nós esperávamos", disse o professor Aldemir Berwig, lembrando que ela vai atingir uma parte dos servidores e não a cúpula onde concentram os altos salários. "Na verdade, serão os servidores com baixos salários que irão sofrer com a reforma e neste sentido perde a justificativa justamente porque não irá provocar profundas alterações que deem sustentabilidade. Na realidade, a reforma proposta cria uma complexidade na legislação dos servidores públicos e dão maior liberdade para nomeações de concursos públicos e termina gerando super poderes para os chefes do poder Executivo", finaliza.


6

Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2021

Opinião do JM IDAS E VINDAS DA REFORMA TRIBUTÁRIA

frisar que este cenário não pode ser desperdiçado e é preciso avançar, o que se torna importante para a retomada da competitividade. No entanto, especialistas defendem a necessidade do engajamento do governo por uma reforma ampla, porque uma reforma tributária fatiada não vai resolver os problemas do sistema tributário. O governo precisa mostrar mais comprometimento na defesa de uma reforma tributária ampla, como se empenhou para aprovar outros temas de interesse do Executivo no Congresso e que são de difícil entendimento da sociedade,

O País aguarda por uma reforma Tributária há muitos anos, pois o sistema atual é um entrave ao crescimento, à facilidade de fazer negócios e à liberdade econômica.

como a autonomia do Banco Central, o novo marco regulatório do saneamento e outras medidas. Por enquanto, a única proposta do governo em análise é a que busca unir PIS e Cofins em um único encargo, que terá o nome de Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS). A reforma tributária não avançará se o governo não se colocar dentro da reforma, pois o sistema tributário brasileiro é formado por uma série de tributos que, se alterados, criados ou eliminados, terão efeito sobre outros impostos que também necessitarão de ajustes para que o sistema não fique desbalanceado. O País aguarda por uma reforma tributária há muitos anos, e precisa dela, pois o sistema atual é um entrave ao crescimento, à facilidade de fazer negócios e à liberdade econômica. Infelizmente, a julgar por todas as propostas na mesa, não será desta vez que haverá uma verdadeira reforma, reduzindo a tributação sobre a produção e o consumo, que prejudica os mais pobres, para tributar mais a renda e o patrimônio, instituindo uma justiça tributária na qual quem tem mais paga mais. Que toda a demora, as idas e vindas, as negociações sirvam para que tenhamos um projeto realmente benéfico para o País.

ARTIGO

Importância da vacinação para a saúde Mari Estela Kenner Gerente de Saúde do Sesc/RS

No dia 9 de junho, comemoramos o Dia Nacional da Imunização. A data é uma forma de reforçar a importância de nos mantermos imunizados. A vacinação é o caminho para a prevenção de diversas doenças sendo considerada uma das maiores conquistas da humanidade no controle e erradicação de doenças infectocontagiosas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a vacinação evita de dois a três milhões de mortes por ano. Historicamente, programas de vacinação com cobertura universal alcançaram a eliminação da varíola, a quase erradicação da poliomielite e a diminuição da incidência de doenças como caxumba, sarampo e catapora. Com o surgimento da covid-19, causada por um novo coronavírus, o Sars-Cov-2, houve uma mobilização e um esforço mundial que possibilitou em menos de um ano a disponibilização de vacinas. Como não possuímos até o momento um tratamento específico para esta doença, a vacinação é a forma mais segura e eficaz de prevenir a covid-19. As vacinas aprovadas para uso no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são seguras e eficazes. Quando chegar a

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

sua vez, vacine-se contra a covid-19. A Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm) reforça que a vacinação elimina ou reduz drasticamente o risco de adoecimento ou de manifestações graves, que podem levar à internação e até mesmo ao óbito. Assim, a vacinação é tão importante para a nossa saúde quanto o consumo de uma dieta saudável e a prática regular de atividade física. No entanto, ainda faltam dados para sabermos se as vacinas, além da proteção contra a doença provocada pelo novo coronavírus (especialmente sua forma grave), também conseguem impedir a transmissão do vírus entre as pessoas. Até lá, temos que manter todas as medidas não farmacológicas para a prevenção: o uso regular e correto da máscara, a higiene das mãos com água e sabão ou álcool em gel 70% e o distanciamento físico. Tomar a vacina reduz as chances de infecção, mas não elimina a necessidade de evitar o contato com o vírus. Não esqueça de que enquanto não alcançamos a imunidade coletiva para o SarsCov-2, essas medidas preventivas são essenciais, aliadas à vacinação, para o combate à pandemia!

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui. com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

ARTIGO

Licenciamento: uma nova visão Marjorie Kauffmann Presidente da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) A Fepam completa 31 anos de história rompendo barreiras e celebrando conquistas. Acreditando que desenvolvimento e meio ambiente andam juntos, nossa gestão se pauta no equilíbrio necessário para que o Rio Grande do Sul prospere de maneira responsável rumo a uma posição de referência na preservação. Enxergando o licenciamento ambiental com os pés em 2021 e os olhos no futuro, renovamos nosso compromisso de trilhar esse caminho de vanguarda, alinhados no propósito de garantir a sustentabilidade e promover a competitividade econômica por meio da modernização e do diálogo com a sociedade. Nesse sentido, inovar nas práticas utilizando a tecnologia é o desafio que se impõe. A busca por regramentos atualizados no processo de licenciamento deve ser uma constante, principalmente para que se abandone de vez a ideia ultrapassada de que eles representam entraves ao crescimento. Ao contrário, o licenciamento ambiental deve ser encarado como um instrumento valioso no uso racional dos recursos naturais e na mediação estreita entre a preservação e o desenvolvimento. Para dar sequência nessa evolução, aproveitamos este aniversário para lançar um novo marco: o projeto de modernização do Sistema On-line de Licenciamento (SOL). Adotado em 2017, o SOL representou um grande avanço. Como todo sistema, é preciso revisão e atualização permanentes para que as entregas sejam cada vez melhores. Com apoio técnico e financeiro da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) e do Ministério Público Estadual, foi possível a estruturação de três novos módulos que serão colocados em funcionamento ainda este ano. O primeiro, em fase de testes, traz a melhoria dos fluxos internos para uma distribuição organizada e análise horizontal dos processos. O segundo módulo prevê a implantação de uma base única de dados para denúncias e ações de fiscalização acessível para técnicos da Sema, Fepam, Brigada Militar e municípios e, o terceiro, a Integração Simplificada para Municípios, que poderão utilizar o SOL como porta de entrada e saída de documentos licenciatórios. É assim que a Fepam seguirá fortalecida para os próximos anos, agregando tecnologia para atender aos anseios da população e continuar prestando com excelência seu primordial serviço à sociedade: cuidar do meio ambiente.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome, profissão, documento, endereço e fone) em fonte times, com no máximo 2.750 caracteres (espaço maior), ou 2.050 caracteres (espaço menor) com espaçamento, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 Semestral: R$ 280,00 Anual: R$ 560,00 Correio: R$ 460,00 (semestral); R$ 900,00 (anual)


Jornal da Manhã

QUarTa-FEIra, 9 dE jUnho dE 2021

ESTUDO

Ensino superior teve queda nas matrículas Em 2021, as matrículas em cursos presenciais de graduação no Ensino Superior privado tiveram queda de 8,9% e aumento de 9,8% na Educação a Distância, aponta a 11ª edição do Mapa do Ensino Superior no Brasil, divulgado ontem pelo Instituto Semesp. Apesar da queda proporcional, as matrículas presenciais seguem sendo maioria no País, com 71,5% dos alunos neste tipo de graduação. O Ensino Superior privado continua concentrando as matrículas em graduação no País, com 75,8% dos universitários nestas instituições. A taxa de escolaridade líquida segue abaixo do ideal. O número representa o percentual de jovens de 18 a 24 anos matriculados no Ensino Superior em relação ao total de pessoas na mesma faixa etária. O mapa do Semesp traz que 18,1% destes jovens estavam cursando graduação, bem abaixo da meta do Plano Nacional de Educação, que estipula alcançar 33% desta população matriculada até 2024. Para Rodrigo Capelato, diretorexecutivo do Semesp, o aumento de matrículas nos cursos EAD não está elevando a taxa de

7

Ceap faz maquete de Ijuí

Alunos dos 3ª anos construíram maquetes retratando a história do Município

Diretor-executivo do Semesp Rodrigo Capelato destaca os dados da pesquisa

escolarização líquida do país. Isso ocorre porque os cursos EAD atraem pessoas mais velhas (acima de 24 anos). Em relação às áreas, cursos das áreas de Negócios, Administração e Direito lideram o número de matrículas; seguido por Educação, e Saúde e Bem-Estar. Os dados indicam maior taxa de evasão entre alunos que não contam com apoio para pagar as mensalidades, como o Programa

Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudos, e o Financiamento Estudantil (Fies), que oferece crédito para pagar mensalidades a juros zero ou reduzidos. Evasão é quando os estudantes desistem de estudar. Em 2019, 26,2% dos estudantes que deixaram de fazer graduação não contavam com apoio do Fies e Prouni. Entre os alunos do Fies, a evasão foi de 6,4%. Do Prouni, 8,8%.

Os alunos dos 3º anos foram desafiados a construírem junto com sua família maquetes que representassem o Município. O trabalho interdisciplinar envolveu dedicação e alegria na construção das maquetes. Segundo as professores responsáveis, Cristiane Bertoldo, Marlova Groth e Rosane Hoffmann as disciplinas de História, Geografia e Artes foram exploradas ao máximo. Os alunos demonstraram preocupação em apresentar os espaços urbano e rural com muitos detalhes. A maquete escolar é uma opção para exercitar a criatividade dos alunos e fazê-los colocarem a mão na massa. Além de ser uma atividade divertida, a maquete é um recurso didático importantíssimo. Ela na auxilia na compreensão de temas complexos e promove uma conexão entre a teoria apresentada em sala de aula e o cotidiano do estudante. "Ao construí-la, o aluno tem a oportunidade de expor os seus pontos de vistas e perspectivas sobre o mundo que o rodeia e principalmente estará em contato com amigos e familiares compartilhando os conhecimentos do tema proposto", relatam as professoras.

Ação coleta lixo eletrônico

Quase 90% das escolas não voltaram às aulas Quase nove a cada dez escolas do País (89,5%) não voltaram às atividades presenciais no ano letivo de 2020, apontam dados da segunda etapa do Censo Escolar, que abrange escolas públicas e privadas. A pesquisa é coordenada pelo Inep, autarquia do Ministério da Educação (MEC), e foi divulgada na última quarta-feira. A rede pública tem 81,4% das matrículas da educação regular. Os dados apontam que mais da metade dos estudantes não tiveram aulas on-line ao vivo durante ensino remoto (54,3%) em 2020, o que permitiria maior interação entre estudantes e professores. Os indicadores apontam alta na taxa de aprovação, em geral. O dado estaria relacionado à recomendação de não reprovar alunos e adotar o currículo contínuo, com avaliação ao fim do ano letivo de 2021, segundo Carlos Eduardo Moreno Sampaio, diretor de estatísticas educacionais do Instituto Nacional de Estudos e

Projeto de Extensão Energia Amiga realiza recolhimento de pilhas e eletrônicos

No último sábado, Dia Mundial do Meio Ambiente, o Projeto de Extensão Energia Amiga, da Unijuí, esteve envolvido no recolhimento de pilhas e eletrônicos em Ijuí. No dia 29 de maio, já havia ocorrido uma campanha de coleta de lâmpadas nas cidades de Ijuí e Santa Rosa. Realizado desde 2017, o Projeto de Extensão desenvolve ações com estudantes do Ensino Fundamental, com o intuito de disseminar conceitos sobre o consumo consciente da energia elétrica, Quase nove a cada dez escolas do País não voltaram às atividades presenciais uso seguro das instalações elétricas e resíduos tecnológicos. É neste sentido que acontecem as campanhas, conforme destacou a Pesquisas Educacionais Anísio as que registravam os menores professora Caroline Radüns. Teixeira (Inep). índices de conectividade do País. "Promovemos ações com o propósito de ampliar o conhecimento Outra pesquisa, divulgada nesta da comunidade sobre o correto descarte de resíduos eletrônicos, Na rede privada, houve queda na aprovação de alunos do 1º semana, aponta que alunos que pilhas e lâmpadas, que vão ao encontro do Objetivo de Desenvolao 5º ano e aumento na taxa de entraram no 3º ano do Ensino vimento Sustentável (ODS) 11 - Cidades e Comunidades Sustenabandono de 0,2% para 2,8%. Médio em 2021 estão com défi- táveis", reforçou a professora, lembrando que o ODS 11 busca A primeira etapa, o Censo Es- cit de 74% na aprendizagem. O tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, colar 2020 apontou que as escolas estudo foi feito pelo Núcleo de resilientes e sustentáveis. "Uma das metas é reduzir o impacto do Acre, Amazonas, Maranhão, Ciência Pela Gestão Educacional, ambiental negativo per capita das cidades, inclusive prestando Roraima, Pará e Amapá eram do Insper, e Instituto Unibanco. especial atenção aos resíduos", completou.


8

Jornal da Manhã

QUarTa-FEIra, 9 dE jUnho dE 2021

CPI DA COVID

Queiroga é contrariado até pela base governista O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ficou isolado no início de seu segundo depoimento à CPI da Covid e foi contrariado até por aliados do presidente Jair Bolsonaro. Queiroga afirmou que a cloroquina não tem eficácia comprovada contra a covid-19 e que não há nenhum infectologista trabalhando na pasta, mesmo 15 meses após o início da pandemia de coronavírus. “O Ministério da Saúde, ao longo do tempo, tem perdido quadros. Nós não temos, no Ministério da Saúde, médicos infectologistas”, afirmou o ministro, em resposta ao relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL). Diante da informação, o senador retrucou. “O que o senhor está dizendo é de uma gravidade muito grande, porque os infectologistas não estão sendo ouvidos na formulação de enfrentamentos de políticas públicas”. Queiroga enfatizou, no entanto, que há médicos consultores que apoiam a pasta. “Por exemplo, o doutor Clovis Arns, que é o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, tem atuado juntamente com o professor Carlos Carvalho na

Marcelo Queiroga

elaboração dos protocolos. Há outros colegas que são colaboradores eventuais que eu sempre consulto. Mas há dificuldades”, afirmou, admitindo ser necessário uma reestruturação. Os senadores governistas Marcos Rogério (DEM-RO) e Luis Heinze (PP-RS) chegaram a intervir, afirmando que havia infectologistas atuando na pasta.

Mas, após Calheiros rebater os colegas, afirmando que ambos estavam tumultuando a sessão, o ministro deu a resposta final. “Na minha equipe direta, eu não tenho nenhum infectologista comigo”. Durante a sessão da CPI, o ministro fez a declaração mais enfática até o momento sobre o chamado tratamento precoce, defendido por Bolsonaro apesar de não haver nenhuma evidência científica da eficácia de medicamentos como a hidroxicloroquina e a ivermectina contra a covid-19. "Senador, eu já respondi a Vossa Excelência, essas medicações não têm eficácia comprovada. Não têm eficácia comprovada", efantizou ele, ao relator, Renan Calheiros (MDB-AL). O ministro também falou que a credibilidade do Ministério da Saúde junto a entidades e cientistas está "absolutamente intacta", no seu entender "Temos o apoio de entidades e instituições universitárias." Apesar da declaração, Queiroga citou médicos que estão na "linha de frente" e "relatam casos de sucesso com esses tratamentos".

Quarentena eleitoral vira trunfo de PEC

Deputados articulam incluir a quarentena de juízes na PEC (proposta de emenda à Constituição) que tem o objetivo de impedir militares da ativa de ocuparem cargos políticos em governos. De autoria da deputada Perpétua Almeida (PC do B-AC), o texto havia recebido, até ontem, 116 das 171 assinaturas necessárias para começar a tramitar na Casa. A inclusão de magistrados também é defendida pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). A ideia é estabelecer um prazo de afastamento que deverá ser cumprido por militares e membros

do Judiciário que desejarem se candidatar a cargos eletivos. Esse tempo ainda está em discussão. Atualmente, um projeto de lei em tramitação sugere cinco anos de inelegibilidade para magistrados e procuradores. No entanto há quem defenda um período de oito anos para que ex-juízes e ex-procuradores possam disputar eleições. A definição de critérios mais amplos para o texto deve dominar as negociações entre os deputados. Nesta semana, congressistas a favor da medida devem se reunir com Lira para tentar chegar a um acordo.

Bolsonaro volta atrás sobre suposto relatório

Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se retratou sobre a informação dita na segundafeira de que o Tribunal de Contas da União (TCU) teria preparado um relatório colocando em dúvida 50% das mortes registradas por covid-19 no Brasil. “Vou só explicar uma coisa aqui, a questão do equívoco, eu e o TCU, de ontem. O TCU está certo, eu errei quando falei tabela’, disse o presidente em conversa com apoiadores e alguns jornalistas ontem. Bolsonaro tomou para si a responsabilidade sobre o documento que deixou de ser

um relatório e se transformou em ‘tabela’, mas insistiu na supernotificação de mortes por covid-19. "A tabela quem fez foi eu, não foi o TCU. O TCU não errou em falar que a tabela não é deles. A imprensa usa para falar que fui desmentido, o tempo todo é assim", disparou. O presidente argumentou que o TCU tem um acórdão sobre a destinação de recursos para combate à pandemia aos estados e municípios no qual levanta a possibilidade de vir a existir uma supernotificação para que mais dinheiro seja aportado para determinada localidade.

Fux marca para próxima quinta julgamento de ações que querem barrar Copa América O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, marcou para a próxima quinta-feira o julgamento de ações que querem barrar a realização da Copa América de futebol no Brasil. Fux atendeu a um pedido da relatora, ministra Cármen Lúcia. O julgamento será em plenário virtual, no qual os ministros inserem o voto em sistema eletrônico. Pela decisão de Fux, o julgamento começará à 0h00 e acabará às 23h59 de quinta-feira. A Copa América seria realizada na Colômbia, mas foi cancelada em razão de protestos no país. O torneio, então, foi transferido para a Argentina. Mas a competição foi cancelada por causa do avanço da covid. O Brasil, então, foi escolhido como sede, e a decisão teve o apoio do presidente Jair Bolsonaro. O torneio começa no próximo dia 13. A realização no Brasil, contudo, tem sido criticada por especialistas em saúde pública. Inicialmente, o governo disse que exigiria que todos os integrantes de todas as delegações estivessem vacinados. Depois, voltou atrás e informou que os atletas serão testados a cada 48 horas.

Para Leite, PSDB deve sintonizar com as ruas

Presidente de CPI manda recado ao STF

Candidato às prévias que vão definir o nome do PSDB para a disputa presidencial, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, tem sido cortejado por várias siglas, mas diz que não vai sair do partido, mesmo se não for o vencedor da disputa interna. "Quero ajudar o PSDB a voltar a sintonizar os sentimentos das ruas", afirmou ele.

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), disse esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) não proíba o depoimento de governadores no colegiado. No mês passado, 18 gestores estaduais protocolaram ação na Corte que questiona a convocação. Nove deles foram chamados pela comissão a prestar esclarecimentos sobre a aplicação das verbas recebidas da União para o combate à pandemia.

CPI segue sem rumo, diz Marcos Rogério

O líder do DEM no Senado, o senador governista Marcos Rogério, avaliou o desempenho da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid que, em sua visão, segue "sem rumo, investigando fatos alheios ao objeto de investigação". Para ele, o colegiado se distancia do objetivo inicial de apurar as ações no enfrentamento à covid-19.

16

deputados do Conselho de Ética da Câmara contra um votaram pela cassação do mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ), acusada de mandar matar o marido.

PF indicia Fernando Bezerra por propinas

Vieira representará contra senador Heinze

A Polícia Federal decidiu indiciar o senador Fernando Bezerra (MDB-PE) pelo suposto recebimento de R$ 10,4 milhões em propinas de empreiteiras entre 2012 e 2014, quando foi ministro de Integração Nacional da ex-presidente Dilma Roussef (PT). O filho dele, o deputado Fernando Bezerra Coelho Filho, também foi indiciado.

O líder do Cidadania no Senado, Alessandro Vieira (SE), anunciou irá protocolar representação no Conselho de Ética da Casa contra o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS). Segundo Vieira, os motivos do pedido são as "repetidas informações falsas" de Heinze, defensor do uso de medicamentos sem comprovação científica contra a covid-19.


Jornal da Manhã

QUarTa-FEIra,9 DE JUNHO DE 2021

ELEIÇÕES

Lideranças ensaiam candidaturas ao governo

Luis Carlos Heinze, Onyx Lorenzoni e Osmar Terra poderão disputar o eleitorado de Bolsonaro na corrida ao Piratini

Faltando pouco mais de um ano para as Eleições 2022, as peças do xadrez político no Estado seguem se movimentado. Na corrida ao governo do Estado, até aqui, já há uma certeza: Eduardo Leite (PSDB) não será candidato à reeleição. Os nomes que disputarão o Piratini, contudo, ainda são incertos. Nas apostas de candidaturas à direita, uma curiosidade chama a atenção. Bolsonaro poderá ter três, quatro ou até mais palanques no Estado. No Progressistas, os esforços para turbinar a candidatura de Luis Carlos Heinze (PP-RS) já estão na rua. O novo presidente do partido em Porto Alegre anunciou que sua prioridade será levar o senador ao Piratini no próximo ano. Heinze tem ganhado exposição durante a CPI da Covid como feroz defensor do

governo Bolsonaro. O PP de Heinze sonha em atrair o MDB e o ex-governador José Ivo Sartori para a chapa, oferecendo-lhe a vaga ao Senado. Integrantes do partido, contudo, dizem que a chance é remota. Além disso, o MDB poderia lançar um candidato próprio, como o deputado federal Alceu Moreira, que aliás tem em sua base um eleitorado muito parecido com o de Heinze, em especial pela liderança junto ao agro. Ainda no círculo bolsonarista, o deputado federal Osmar Terra está disposto a construir o caminho que for necessário para inflar Bolsonaro, inclusive como candidato ao governo do Estado - neste caso, teria que deixar o MDB. Nos bastidores, as apostas são para que ele migre para o

Patriotas (partido que abrigará o presidente) ou mesmo o PSL (partido pelo qual o presidente se elegeu), que já fez sondagens. Terra ganhou holofotes durante a pandemia, sempre ao lado do presidente e na defesa do chamado "tratamento precoce". Por fim, um fiel aliado de Bolsonaro, ainda da campanha de 2018, Onyx Lorenzoni apareceu bem cotado em sondagens divulgadas recentemente no cenário político. Ele chegou a chefiar a Casa Civil do governo no início do mandato, depois chefiou a pasta da Cidadania - que, aliás, já foi de Osmar Terra. Atualmente, lidera a Secretaria-Geral da Presidência. Onyx é deputado federal pelo Democratas. O DEM também poderá compor com Heinze na chapa ao Palácio Piratini.

"O PDT perdeu porque se afastou das bases"

Líder de bancada do PDT na Câmara Municipal, o vereador Cleuton Rolim ainda não apresentou projetos ao Legislativo. Segundo ele, em entrevista ao JM, aguarda pela construção de algo sólido que irá fazer a diferença para a comunidade. Mas, antecipa que deverá ser uma proposta voltada ao autismo e ao desenvolvimento industrial. No âmbito político, Cleuton fez duras críticas a seu partido. Para o vereador, o desgaste do PDT resultou na derrota nas últimas eleições municipais. "O PDT caiu. Às vezes, é preciso cair para levantar, mas o PDT deixou de ganhar as eleições porque estava doente e afirmo aqui, que se afastou das bases trabalhistas, dos bairros. O PDT precisa trabalhar com um novo

Cleuton Rolim

reaprender, buscar os caminhos que foram esquecidos, que estão nos bairros. Voltar a dialogar e ter a verdadeira ideologia do PDT que é o trabalhismo, educação."

Já a postura do partido dentro do Legislativo, conforme Cleuton, ainda não se entendeu. "Não se encontrou. Porque se fala A, entendem B, e se não tiver a coesão e a sintonia dos seis [vereadores] irá refletir nas próximas eleições", afirma. "É os interesses, as questões particulares, e tem que sair desse campo e pensar num todo, na questão da coletividade. Alguns querem voltar para os trilhos, outros acham tudo difícil. Tem que sentar, discutir e debater." O pedetista ponderou que, sobre a questão do turno único, não há unanimidade dentro do partido. "Alguns são a favor. Como Cleuton sou a favor do turno normal, e vou votar conforme [meu entendimento]. As pessoas querem que funcione normal."

9

Badesul sinaliza redução de juros em contrato com Ijuí O prefeito Andrei Cossetin (PP) esteve ontem em Porto Alegre, com objetivo de renegociar taxas de juros em um financiamento de R$ 12 milhões, visando economia de R$ 1 milhão em recursos, que poderão ser investidos no cercamento eletrônico do município. Ele foi recebido pelo diretor de Operações e Inovação do Badesul, Flávio Lammel, e pela superintendente do Setor Público, Márcia Santana. "Apresentamos nossa demanda, pedimos para baixar os juros, porque as taxas contratadas pelo governo passado já não são mais compatíveis com a realidade hoje. Ele irão analisar e nos mandar uma proposta de cálculo. Saímos felizes. Eles entenderam nossa demanda e apresentaram outras linhas de crédito, com juros mais baratos, o que irá viabilizar empreendimentos, também para o setor privado

de Ijuí, que iremos apresentar a quem tem interesse de investir no município", conta Cossetin, ao JM. Secretário municipal de Agricultura, o economista Daniel Claudy acompanhou o prefeito. Conforme ele, foram pleiteados novos tipos de contratos e projetos via Badesul para desenvolvimento do meio urbano e rural, com investimento em turismo. "De certa medida já conseguimos um juro mais baixo, principalmente de spread bancário, que anteriormente era de 6% para 5%. Não é uma melhora expressiva, mas é um retorno que pode dar maior eficiência ao contrato e aos recursos, para serem investidos em obras no município, hoje vinculados ao contrato com o Badesul", antecipa. O assessor jurídico da prefeitura, Paulo Giradi, acompanhou as negociações.

Girardi, Claudy e Cossetin participaram de renegociação com o Badesul, ontem

Secretária se compromete em contratualizar o Bom Pastor O deputado estadual do PDT, Gerson Burmann (PDT) intermediou audiência pública entre a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, e a diretoria do Hospital Bom Pastor, o secretário municipal de Saúde, Marcio Strassburger, e a coordenadora da 17ª Regional de Saúde (CRS), Janaína Silva. Lideranças políticas do Estado também participaram do encontro. "Questionamos primeiro a questão da oftalmologia e também da traumatologia, que irá ficar para um segundo momento. Também questionamos sobre a contratualização, haja visto que a que o Bom Pastor tem hoje com o Estado é ainda é do tempo em que tinha o antigo hospital, muito menor, e agora precisa ser revista", comenta Burmann, ao JM. O deputado destaca a estrutura

que o Bom Pastor dispõe, tanto em equipamentos quanto de equipe profissional. "Para que possamos, a partir do final do mês, quando deverá ser assinado o acordo com a secretaria, essa nova contratualização, em relação á oftalmologia, temos certeza que será um ganho muito grande para Ijuí. Temos que ressaltar também que hoje temos o curso de Medicina pela Unijuí, e tudo ajuda para que possamos viabilizar esse credenciamento. Estamos felizes porque a secretária [Arita Bergmann] assumiu esse compromisso", pontua Burmann. Em sua análise sobre o encontro, o deputado disse acreditar que no próximo mês já seja possível a realização dos procedimentos de média e alta complexidade em oftalmologia pelo Bom Pastor.


10

Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 dE jUnho dE 2021

BENEFÍCIO

Auxílio emergencial deve ser prorrogado O governo deve prorrogar o auxílio emergencial por mais dois meses. Com isso, a ajuda voltada aos mais vulneráveis durante a pandemia de covid-19 será estendida até setembro, nos mesmos valores de R$ 150 a R$ 375 e com igual alcance em termos de público. Hoje, o auxílio contempla cerca de 39,1 milhões de brasileiros. Para bancar a prorrogação, a equipe econômica deve abrir um crédito extraordinário de aproximadamente R$ 12 bilhões. O valor vai reforçar os cerca de R$ 7 bilhões que ainda estão disponíveis dentro dos R$ 44 bilhões já destinados ao programa e que não foram usados porque o número de famílias na nova rodada ficou abaixo do inicialmente projetado. O crédito extraordinário banca despesas emergenciais e fica fora do teto de gastos, regra que limita o avanço das despesas à inflação. A extensão da ajuda a vulneráveis é uma forma de manter a assistência às famílias em um cenário de risco de agravamento da pandemia de covid-19 e também evita um “vácuo” até

João Roma

o lançamento da nova política social permanente do governo. No desenho atual, a última parcela é prevista para julho deste ano. No entanto, fontes do governo afirmam que “alguma prorrogação é razoável”, dado que o número de casos e óbitos pela doença parou de cair. Além disso, a extensão da ajuda dará

maior conforto até a vacinação mais ampla da população. A prorrogação deve ocorrer por medida provisória. A necessidade de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para isso, aventada anteriormente, perdeu força porque esse tipo de crédito já fica fora do teto, e há espaço na meta fiscal (que permite rombo de até R$ 247,1 bilhões no ano) para acomodar o gasto adicional. No início do ano, o governo precisou de uma PEC para aprovar os primeiros R$ 44 bilhões destinados à nova rodada do auxílio porque o Orçamento de 2021 ainda estava em tramitação no Congresso Nacional, e não havia espaço na meta. Os detalhes da estratégia do governo para as políticas sociais têm sido discutidos em frequentes reuniões com o presidente Jair Bolsonaro. Ele recebeu na segunda-feira, o ministro da Cidadania, João Roma. Na semana passada, Bolsonaro já havia tratado do assunto com Roma e os ministros da Economia, Paulo Guedes, da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, e da Secretaria de Governo, Flávia Arruda.

Luiz Fux se reúne com Bolsonaro O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, se reuniram ontem, no gabinete da presidência do STF, em Brasília. Segundo a assessoria da Corte, Fux pediu a Bolsonaro que, "por cortesia", aguarde a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello antes de indicar o seu substituto. A aposentadoria compulsória do decano do Supremo ocorrerá no início de julho. A indicação para a vaga cabe ao

presidente da República e precisa ser aprovada pelo Senado Federal, após uma sabatina. O encontro não constava na agenda de ambos. Segundo a presidência do STF, após falarem por telefone, eles combinaram a visita, por isso, ela não foi incluída nas agendas oficiais. A reunião durou cerca de 20 minutos. O encontro entre Fux e Bolsonaro ocorre às vésperas do julgamento de duas ações protocoladas na Corte contra

a realização da Copa América 2021 no país. A análise do caso foi marcada para esta quintafeira , após pedido de urgência da relatora, ministra Cármen Lúcia. A competição de futebol terá início no próximo domingo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, com a partida de abertura entre Brasil e Venezuela. As ações foram protocoladas pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM).

Assembleia aprova prática de ensino domiciliar A Assembleia Legislativa aprovou, ontem, com 28 votos favoráveis e 21 contrários, o projeto que prevê a regulamentação da educação domiciliar no Estado. Só no Rio Grande do Sul, estima-se que mil famílias adotem a educação domiciliar, também conhecida como homeschooling. A prática é legalizada em mais de 60 países. O autor da proposta, deputado Fábio Ostermann (Novo), assegurou que a prática não significa o fim das escolas tradicionais e a adesão tambem não será obrigatória. "Trata-se apenas de oportunizar uma outra opção, um outro método que se adeque às individualidades, aptidões e necessidades das crianças e jovens", afirmou o deputado. O projeto tramitava na Casa há dois anos. O projeto determina que os resposáveis que optarem por essa modalidade de ensino devem declarar a sua escolha à Secretaria de Educação do município por meio de formulário específico disponibilizado pelo órgão responsável. Além de manter um registro atualizado das atividades pedagógicas desenvolvidas.

Fábio Ostermann

Para comprovar o aprendizado, crianças e adolescentes educados no regime deverão passar por avaliações periódicas aplicadas pelo sistema regular. A fiscalização das atividades ficará sob responsabilidade do Conselho Tutelar das cidades. No que diz respeito ao cumprimento do currículo mínimo estabelecido, a fiscalização ficará sob encargo da Secretaria Estadual de Educação e das Secretarias Municipais.

Estado tem 4 melhores universidades do mundo O Rio Grande do Sul figura no QS World University Rankings 2022 com quatro universidades — uma a mais do que na edição de 2021. O levantamento, feito pela Quacquarelli Symonds (QS), analista global de Ensino Superior, listou as 1,3 mil melhores universidades do mundo. A novidade gaúcha é a entrada da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) no ranking, somando-se a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A QS é uma empresa britânica especializada em educação que publica anualmente a relação das melhores universidades do mundo. A UFRGS é a instituição de ensino melhor elencada do Rio Grande do Sul no levantamento e se manteve em oitavo lugar nacional, mesma posição de 2021. A universidade ficou em 42ª colocação entre as instituições da América Latina. Apesar de estável em nível de Brasil, a federal sofreu queda no cenário mundial — enquanto, em 2021, esteve na faixa de posição 701-750, em 2022, ficou na faixa 751-800.

Rio Grande do Sul ultrapassa 29 mil mortes por covid-19

Tribunal vai apurar conduta de servidor

Salário mínimo ideal subiu para R$ 5.351,11 em maio, diz Dieese

O Rio Grande do Sul ultrapassou, ontem, a marca de 29 mil mortes por covid-19. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 216 óbitos foram registrados em 83 cidades gaúchas, duas delas em Ijuí. Ao todo, 29.082 pessoas já morreram em decorrência da doença desde o início da pandemia no Estado. Nas últimas 24 horas, a pasta contabilizou 3.013 novos infectados pelo coronavírus, em 298 municípios, elevando para 1.121.887 o número total de casos.

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai abrir uma investigação interna para avaliar a conduta de um servidor Alexandre Figueiredo Costa e Silva, que produziu um documento sobre mortes na pandemia do novo coronavírus. Segundo informações, Costa teria inserido a informação no sistema sem que constasse de qualquer processo do órgão.

O salário mínimo ideal subiu para R$ 5.351,11 em maio de 2021, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em abril, o valor havia sido de R$ 5.330,69. O mínimo ideal do mês é quase cinco vezes superior ao piso nacional vigente, de R$ 1.100. Para chegar ao valor, o órgão calcula o gasto necessário para sustento de quatro pessoas.


Jornal da Manhã

QUarTa-FEIra, 9 dE jUnho dE 2021

FISCALIZAÇÃO

PRF flagra mais de 150 situações irregulares A Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu 152 multas de trânsito aos motoristas que trafegaram nas rodovias federais durante o feriado prolongado de Corpus Christi, na região Noroeste do Estado. O balanço da Operação foi divulgado pelo inspetor chefe da 10ª Delegacia da PRF, em Ijuí, Vilmar Keske. Segundo Keske, foram feitos 621 procedimentos em toda a circunscrição regional, dos quais em 164 foram feitas abordagens de veículos. Do total de abordagens, 152 motoristas receberam notificações por irregularidades. "É um número bastante significativo para a gente que fiscaliza, onde se percebe que nossos usuários ainda insistem em descumprir normas gerais de circulação e conduta, descumprir com atenções básicas para sua segurança e dos demais usuários que se utilizam da rodovia”, ressalta Keske. Outro dado constatado foi o

Marcado para novembro o juri do Caso Rafael A juíza Marilene Parizotto Campagna, da Comarca de Planalto, marcou para 8 de novembro o júri do Caso Rafael. Alexandra Salete Dougokenski é acusada de matar o filho, Rafael Mateus Winques, 11 anos, em maio de 2020. A sessão será realizada em Planalto, mas o local específico e as condições ainda serão definidos. Na decisão tomada na segunda-feira, a magistrada ainda negou pedido da defesa de revogação da prisão preventiva da ré, que está detida na Penitenciária Municipal de Guaíba desde julho do ano passado. Além do homicídio qualificado (motivo torpe, motivo

fútil, meio cruel, dissimulação e recurso que dificultou a defesa da vítima), Alexandra responde pelos crimes de ocultação de cadáver, falsidade ideológica e fraude processual. São agravantes ainda os fatos do crime ter sido cometido contra menor de 14 anos e contra descendente. O caso foi registrado quando Rafael Mateus Winques desapareceu em 15 de maio de 2020, na cidade de Planalto. O corpo foi encontrado 10 dias depois, em uma caixa de papelão colocada no terreno da casa vizinha onde vivia com a mãe. A causa da morte indicada pela perícia foi asfixia mecânica, provocada por estrangulamento.

Policiais rodoviários realizaram a abordagem de 164 condutores de veículos

alto número de infrações, que contabilizaram 102. O inspetor relata também que o feriado apresentou outros números negativos, como a morte de um motociclista na quinta-feira, em Panambi, após um acidente. Além disso, ele comenta que foram mais quatro acidentes registrados nos cinco dias da

Operação Corpus Christi. Em relação ao combate à criminalidade, foram apreendidos quatro quilos de cocaína com um casal da região Metropolitana, US$ 20 mil oriundos do Uruguai e foram cumpridos mandados de prisão que estavam em aberto. "Atuamos em todas as frentes", finaliza.

Juri da Boate Kiss ouvirá 34 pessoas

Responsável pelo processo da tragédia da Boate Kiss, o juiz Orlando Faccini Neto afirmou que 34 pessoas serão ouvidas no júri marcado para começar em 1º de dezembro, no Foro Criminal de Porto Alegre. Conforme o magistrado serão 30 vítimas e testemunhas de acusação e de defesa e os quatro réus. Além disso, há o tempo de manifestação dos advogados de defesa e do Ministério Público. Os sócios da boate Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann e os músicos Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão respondem por homicídio de 242 pessoas e 636 tentativas de homicídio, das vítimas que sobreviveram ao incêndio. O magistrado não projeta o tempo que deverá levar o julgamento,

11

Rafael Mateus Winques foi encontrado morto em maio de 2020; mãe é acusada

mas disse que não terminará em dois ou três dias. Até então, o júri de maior duração no Estado foi o

que resultou na condenação dos quatro réus acusados de matar o menino Bernardo Boldrini, 11 anos, crime que aconteceu em abril de 2014. Foram cinco dias de sessão no Foro de Três Passos, em março de 2019. Faccini Neto ainda destaca que deverá de ser definido um limite de horas por dia para o julgamento. Sobre o local escolhido, um novo plenário está em construção no Foro Criminal e que a capacidade deverá ser de até 200 pessoas. Haverá transmissão em vídeo e possibilidade de telões em outros andares do próprio prédio. "É um compromisso que eu assumi logo no primeiro despacho. É um júri que se realizará a portas abertas. Não há a menor possibilidade de se realizar esse julgamento sem público", destaca.

A Brigada Militar de Ijuí, após receber denúncias sobre uma ocorrência de disparos de arma de fogo na Rua Pedro Thorstemberg, no bairro Assis Brasil, prendeu um homem por ameaça e por ter disparado com a arma que possuía. O caso ocorreu quando os policiais obtiveram denúncias da irmã do acusado que ao chegar em casa percebeu um dos disparos e os gritos das filhas pedindo para não matarem o pai. Em averiguação no local foi localizado um estojo deflagrado calibre 9 milímetros, cujo projétil atingiu a porta da residência. Baseados nas informações das caraterísticas do suspeito, durante as diligências ele foi avistado próximo a UPA em uma motocicleta de cor vermelha, sendo que com o apoio das demais guarnições foi possível a sua abordagem próximo ao trevo do bairro Modelo, após ter tentado fugir. Ele foi identificado como um homem, 25 anos, natural de Ijuí, com antecedentes criminais por ameaça e lesão corporal. A arma de fogo não foi localizada com o suspeito. O homem foi preso e o cartucho deflagrado apreendido.

ACIDENTE

COMANDO

SEQUESTRO

Um casal de idosos foi vítima fatal de um acidente na BR-472, em Três de Maio. A colisão frontal ocorreu na tarde de ontem, na localidade de Lajeado Lambedor, a aproximadamente um quilômetro do trevo de acesso a Três de Maio. O veículo em que eles estavam colidiu frontalmente com uma caminhonete.

O Diário Oficial da União confirmou as trocas de comando da Polícia Federal no Rio Grande do Sul e em mais oito Estados e no Distrito Federal. O chefe da instituição passa a ser o delegado Aldronei Pacheco Rodrigues, que estava lotado na Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros.

Orlando Faccini Neto

Homem é preso por ameaça e disparo de arma de fogo

Plantão

PORTE ILEGAL

Dois jovens de 19 e 20 anos foram presos por porte ilegal de arma de fogo em Cruz Alta. O caso aconteceu, após a Brigada Militar (BM) perseguir a dupla, que estava em uma motocicleta, por várias ruas da cidade. Após a dupla cair da motocicleta, foram detidos pela guarnição da Brigada Militar.

Um homem, 25 anos, foi encontrado preso dentro do portamalas de um carro envolvido em um acidente na ERS-122, em Farroupilha. Segundo o Comando Rodoviário o indivíduo estaria sendo sequestrado pelos proprietários do veículo, que acabou colidindo contra um caminhão. Eles foram presos.

TRÁFICO

Uma mulher foi presa pela guarnição da Força Tática no bairro Boa Esperança em frente a uma residência conhecida como ponto de tráfico, em Santo Ângelo. Conforme informações da BM, foi localizada na residência cerca de R$ 2,6 mil. A mulher foi detida. Após o registro dos fatos feito, ela foi liberada.


12

Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 dE jUnho dE 2021

COVID-19

Piora da pandemia faz hospitais viverem crise A situação ainda é complicada nos hospitais da região em razão da piora da pandemia de covid-19. Falta de insumos, dificuldade de arrecadação e de aquisição de medicamentos são alguns desses problemas, os quais foram destacados pelo presidente da Associação dos Hospitais da Região Noroeste do RS (HospiNoroeste), Vilmar Scheer. Segundo Scheer, em entrevista ao JM, o cenário estabelecido há alguns meses continua afetando o andamento e o atendimento das casas de saúde. Há aumento constante de casos positivos ao vírus, internações e lotação de UTIs. “Vivemos dias realmente tensos em relação ao combate da pandemia. O abastecimento de insumos está prejudicado além de as instituições estarem sem previsão de receberem um aporte financeiro expressivo para 2021. Há também a questão da escassez de produtos no mercado, que não suprem a demanda”, salienta. O presidente também destaca o alto custo para a aquisição dos medicamentos necessários

Vilmar Scheer

para abastecerem os hospitais. Scheer informa que houve um aumento de quatro a cinco vezes em comparação ao período inicial da crise sanitária. “Nossa principal falta é referente a anestésicos e relaxantes musculares, os quais são costumeiramente utilizados nos kits de intubação e às pessoas que permanecem na UTI”, ressalta. Já sobre a questão financeira,

houve uma amenização nos últimos meses, principalmente pela destinação de recursos em março e início de abril. “Há uma necessidade dos hospitais em relação a esse aporte. Junto da Federação dos Hospitais do Rio Grande do Sul (Fehosul), foi feito uma solicitação para que seja repassado as instituições R$ 430 milhões, que atenderiam por seis meses a necessidade de recursos dos hospitais”, comenta. O presidente, porém, ressalta que há um projeto de lei que pleiteia um maior volume de recursos, que ajudaria a angariar o custeio até o final do ano, no valor de R$ 3 bilhões. “Não temos data ainda para que isso tenha andamento, depende de diversos trâmites até os hospitais receberem esses recursos. Estamos sim com dificuldade em relação a manter as atividades, e é importante destacar que não atendemos apenas os pacientes de covid-19, mas inúmeras outras situações de urgência e emergência. É um desafio muito grande atualmente para continuar mantendo a assistência hospitalar”, comenta.

Instituto do Coração oferece novo tratamento O Instituto do Coração (Incor) do Hospital de Caridade de Ijuí é referência na oferta de serviços de saúde no Rio Grande do Sul. Dentre os serviços ofertados está o de diagnóstico e tratamento de arritmias. Este serviço iniciou em 2014, e deste então já são sete anos e mais de 1.500 procedimentos realizados. Neste momento o serviço entra em um novo momento, explica o médico eletrofisiologista e coordenador do Serviço de Arritmias Cardíacas do Incor, Rafael Manhabosco Moraes. “Agora começamos a fazer tratamento de arritmias mais complexas, que necessitam de um sistema de mapeamento adicional, o que até então não estava disponível na instituição, o chamado sistema de mapeamento eletroanatômico”, disse o eletrofisiologista. Segundo ele, esse sistema permite que a equipe de profissionais de saúde reconstitua o coração de maneira tridimensional, tendo maior nitidez e precisão sobre o local onde deve ser feito o trata-

mento da arritmia. "A tecnologia garante mais efetividade e também segurança, evitando atingir estruturas que não podem de maneira nenhuma ser lesadas durante um procedimento de maneira inadvertida”, explica Rafael. Para a realização deste procedimento, o médico conta com apoio de uma equipe de Porto Alegre. "A empresa traz esse sistema de mapeamento permitindo aumentar o hall de arritmias que vamos poder tratar aqui no Instituto do Coração. Até então, os pacientes que necessitavam deste procedimento eram encaminhados para outros centros. Mas agora serão atendidos aqui." Rafael reforça ainda que, por enquanto, esta é uma tecnologia que só está disponível para o paciente que têm convênio e ou por atendimento particular. “Vamos dispor desse tipo de serviço para toda a região e hoje o procedimento realizado foi em um paciente masculino de 65 anos, que teve êxito, já que conseguimos reverter a arritmia

Rafael Manhabosco

dele com o auxílio da nova tecnologia”, conclui o coordenador. O primeiro procedimento de mapeamento eletroanatômico realizado pelo serviço de arritmias do Incor contou com a participação do anestesista Júlio Coracini. O serviço de arritmias conta ainda com a participação da médica Andriele Cristina de Oliveira.

Aapecan lança campanha de doação de sangue

Um levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde (MS) aponta para uma queda de aproximadamente 20% nas doações de sangue no Brasil a partir de 2020. Esse dado tem como principal causa a pandemia do novo coronavírus. Pensando nisso, e para incentivar a doação voluntária e regular de sangue, a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) - que também requer a atenção para a necessidade de sangue para muitos de seus usuários em tratamento - lança a campanha Aapecan Sangue Bom que ocorrerá durante o mês de junho por todo o Rio Grande do Sul. O objetivo da campanha é a conscientização da população e o aumento da taxa de doação de sangue voluntária dos gaúchos que reduziu em 60% no ano de 2020, de acordo com dados do Hemocentro do Estado. A Campanha da Unidade de Ijuí incentiva a comunidade para realizar doação para o Banco de Sangue do Hospital de Caridade. Atualmente, pode ser feito por meio de agendamento. Interessados em apoiar devem ligar, se informar e agendar pelo telefone (55) 3331 9373. Uma das ações da campanha será a realização de uma exposição com obras em graffiti em telas de pintura. Os autores das

obras de artes são quatro artistas das cidades do Sul do Estado que voluntariamente produziram as peças. Cassiano Mendes, Diego Reis Franz, Gabriel Veiz e Lucas Stuczynski retrataram a importância da doação de sangue, do amor ao próximo e de fazer o bem. A mostra real estará fixada no Shopping Total, na Avenida Cristóvão Colombo, 545, bairro Floresta, em Porto Alegre e diversas reproduções, em banners, estarão expostas nos Municípios gaúchos que abrigam Unidades da Associação. De acordo com o MS a reposição frequente dos estoques de sangue é necessária para tratar anemias crônicas, cirurgias de urgência, acidentes que causam hemorragias, complicações da dengue, febre amarela, tratamento de câncer e outras doenças graves. O Ministério da Saúde ainda esclarece que todas as medidas de segurança em relação à covid-19 estão sendo adotadas pelos hemocentros do país desde o início da pandemia, como condições de higiene e antissepsia adequadas na recepção dos candidatos, coleta do sangue sem exposição a aglomerações por meio de agendamentos e distanciamento entre as cadeiras de coleta.

Deputado Clair Kuhn debate demandas de Ijuí

O deputado estadual Clair Kuhn (MDB) se reuniu virtualmente com a secretária estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, na segunda-feira. Em pauta, demandas para os municípios de Cristal do Sul e Ijuí. Para Ijuí, o assunto tratado foi a demanda encaminhada pela Colônia de Pescadores e Aquicultores Z-18, localizada na Linha 6 Oeste do município. Eles solicitaram ajuda para a perfuração de um poço artesiano na sede social, além da revisão da Lei Estadual 41.672/2002, que proíbe a pesca do dourado, do surubim e outras espécies. "Como ex-presidente da Emater, sei o quanto a agricultura é essencial para a maioria dos nossos municípios gaúchos. Além disso, a atividade tem sido protagonista na retomada da economia do nosso Estado e do nosso país. Seguiremos atuando para que as demandas possam ser atendidas para contribuir com o trabalho do nosso

Clair Kuhn

homem do campo", destacou o deputado Clair Kuhn, presidente da Frente Parlamentar para a Retomada da Economia no Estado.


Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2021

Esportes

TERCEIRONA I

TERCEIRONA II

O São Borja venceu o Sapucaiense por 2 a 0, ontem à tarde no Estádio Vicente Goulart abrindo as quartas de final da Terceirona Gaúcha. Os gols do time sãoborjense foram marcados por Matheus Guerreiro aos dois minutos do segundo tempo e Matheus Paulista aos 46 da etapa final.

Hoje às 15h, no EstádioArthur Lawson o Rio Grande recebe o Doze Horas de PortoAlegre.Amanhã às 15h tem uma partida. No Estádio da Zona Sul, o Elite de Santo Ângelo enfrenta o Gaúcho de Passo Fundo. A situação do Novo Horizonte será analisada pelo Tribunal de Justiça Desportiva. O time de Esteio perdeu por W.0. na última rodada da primeira fase.

Seleção Brasileira vence o Paraguai e segue 100%

A Seleção Brasileira venceu o Paraguai por 2 a 0, ontem à noite no Estádio Defensores del Chaco e segue líder das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar com 18 pontos. Em seis jogos, seis vitórias do Brasil. Em uma semana tensa nos bastidores com afastamento do presidente da CBF Rogério Caboclo, acusado de assédio moral e assédio sexual, a Seleção manteve 100% de aproveitamento. Com o resultado, o Brasil quebrou um jejum de 35 anos sem vencer o Paraguai em Assunção. A última vitória brasileira na capital paraguaia aconteceu em 1985, quando a Seleção venceu por 2 a 0, com gols de Zico e Casagrande. O jogo no Paraguai começou intenso e com superioridade brasileira.Aos três minutos, Gabriel Jesus foi lançado na lateral direita e cruzou na área. Richarlison não alcançou a bola, mas Neymar aproveitou a sobra para abrir o placar. Com o gol anotado, Neymar igualou a marca de Zico e Romário como maior artilheiro da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do

13

CONTRATAÇÃO

0x2 PARAGUAI

Seleção Brasileira derrotou o Paraguai e lidera as Eliminatórias com 18 pontos

ELIMINATÓRIAS 8ª rodada Ontem,8.6 Equador 1 x 2 Peru Venezuela 0 x 0 Uruguai Colômbia 2 x 2 Argentina Paraguai 0 x 2 Brasil Chile 1 x 1 Bolívia

Mundo. Todos do trio têm 11 gols cada. A Seleção Brasileira marcou o segundo gol aos 47 minutos do segundo tempo. Lucas Paquetá recebeu assistência de Neymar e

Classificação 1º) Brasil, 18 pontos; 2º) Argentina, 12 pontos; 3º) Equador, 9 pontos; 4º) Uruguai e Colômbia, 8 pontos; 6º) Paraguai, 7 pontos; 7º), Chile, 6 pontos; 8º) Bolívia, 5 pontos; 9º) Venezuela e Peru, 4 pontos.

finalizou sem chances para Antony Silva. O Brasil volta a jogar nas Eliminatórias em 2 de setembro, diante do Chile fora de casa.

Antony Silva; Rojas (Espínola) Gustavo Gómez Alderete Junior Alonso; Giménez (Ávalos), Villasanti Cardozo (Bareiro); Arzamendia Almirón Ángel Romero (Samudio) Técnico: Eduardo Berizzo

BRASIL Ederson; Danilo Eder Militão Marquinhos Alex Sandro; Casemiro Fred (Lucas Paquetá) Neymar; Gabriel Jesus(Gabigol) Roberto Firmino (Douglas Luiz) Richarlison (Everton Cebolinha) Técnico: Tite

Gols: Neymar aos 3 minutos do 1º tempo) e Paquetá aos 47 minutos do 2º tempo(Brasil).Árbitro: Patrício Loustau (ARG) Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Gabriel Chade (ARG). Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Ángel Cardozo, Bareiro, Junior Alonso (Paraguai); Fred, Gabriel Jesus (Brasil). Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (PAR).

Jogadores publicam manifesto contra a Copa América A polêmica envolvendo a Seleção, presidência da CBF e governo federal em torno da Copa América 2021 chegou a um capítulo que parece ser o último. Ontem, cinco dias depois de o elenco de jogadores afirmar nos bastidores que não queriam jogar a competição da Conmebol, um manifesto

assinado pelos atletas e comissão técnica foi publicado nas redes sociais dos profissionais. A nota apareceu primeiro nos stories dos perfis de Instagram. A mensagem foi publicada às 00h25min da quarta-feira (9), depois de vencer o Paraguai por 2 a 0, na noite de terça, no Estádio Defensores del Chaco, em As-

sunção. Os atletas se manifestaram dizendo que são contra a realização da CopaAmérica, mas nunca dirão não à Seleção. Diante disso vão jogar a competição que começa domingo. "Todos os fatos recentes nos levam a acreditar em um processo inadequado em sua realização, é um dos trechos da nota".

Preparação da dupla para duelos da Copa do Brasil

O Inter com ajustes é aguardado para o jogo de amanhã frente ao Vitória pela Copa do Brasil. O técnico Miguel Ángel Ramírez tem um dilema na zaga. O titular Lucas Ribeiro está com um problema no tornozelo direito e é dúvida. Se ele não atuar as únicas opções são justamente dois zagueiros que falharam na goleada por 5 a 1, sofrida para o Fortaleza, Zé Gabriel, que fez um gol contra e Pedro Henrique, expulso no Castelão. Não há outra alternativa no elenco para jogar ao lado de Victor Cuesta nesta partida. Existem dúvidas também no ataque. Carlos Palácios estará à disposição, ele jogou ontem pela Seleção Chilena nas Eliminatórias Sul-Americanas. Segue para Porto Alegre antes da Copa América e poderá

atuar uma partida. A tendência é que o treinador após cobrança da direção fixe uma equipe titular. Se o Inter não apresentar um bom desempenho e não vencer, o treinador corre riscos de ser demitido. O Grêmio terá novamente o goleiro Paulo Victor entre os titulares no jogo de amanhã diante do Brasiliense. Mesmo que Adriel tenha sido titular no título da Recopa Gaúcha, Paulo Victor seguirá como o reserva imediato de Brenno, que está a serviço da Seleção Olímpica que venceu a Sérvia.Jhonata Robert pode ganhar nova chance. Rafinha, Ferreira e Diego Souza retornam e a grande dúvida está no meio de campo. Maicon pode retomar a titularidade, mas briga pela posição com Lucas Silva e o garoto Fernando Henrique.

JOGOS DE VOLTA-3ª FASE

Ontem,8.6 Santos 1 x 0 Cianorte(Santos classificado) São Paulo 9 x 1 4 de Julho-PI(São Paulo classificado) Hoje,9.6 Vasco x Boa Vista-RJ-16h30 ABC x Chapecoense-16h30 Bahia x Vila Nova-19h Juazeirense x Cruzeiro-19h Athletico x Avaí-19h Palmeiras x CRB-19h Red Bull Bragantino x Fluminense-21h30 Criciúma x América-MG-21h30 Atlético-GO x Corinthians-21h30 Amanhã,10.6 Brasiliense x Grêmio-15h30 Ceará x Fortaleza-19h Atlético-MG x Remo-19h Coritiba x Flamengo-21h30

Novo reforço do Botafogo de Ribeirão Preto para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, o atacante Ariel, de 25 anos, elogiou a estrutura e prometeu honrar a camisa botafoguense.Com passagens pelas categorias de base do Grêmio e do Internacional, o jogador também atuou pelo Luverdense, Sergipe, EC Novo Horizonte, Jaraguá, Pelotas e São Luiz, onde disputou 11 jogos no Gauchão e marcou um gol. No Rubro, atuou ao lado de Gustavo Xuxa, um dos reforços contratados pelo clube para a disputa da Série C.“Estou muito feliz com a oportunidade de vestir a camisa do Botafogo. Tive excelentes recomendações sobre a atual estrutura do clube e aceitei a proposta. Vejo como um salto na minha carreira”, disse Ariel. O jogador tinha uma negociação encaminhada com um clube da Armênia, mas resolveu permanecer no Brasil.Ariel tem contrato até o final da Série C do Brasileiro.

SÃO LUIZ O Rubro trabalha para colocar até a próxima sexta-feira as cartelas da Ação Entre Amigos cujo sorteio será no mesmo dia. O presidente Lauro Hass disse que o clube ainda tem cartelas a serem colocadas e a venda de 100% é fundamental para que se consiga saldar os compromissos que ainda possui com alguns fornecedores e começar a programar e organizar o segundo semestre. "Ainda vamos ficar com compromissos relativos a empréstimos de associados e de premiação dos atletas e comissão técnica. Isso quer dizer que mesmo com a venda de todas as cartelas vamos ficar com um déficit bem alto e que teremos que encontrar alternativas para saldar", comentou o presidente Lauro Hass. O São Luiz tem acerto encaminhado com o técnico Paulo Henrique Marques, mas falta o anúncio oficial da permanência do comandante para a próxima temporada.


14

Jornal da Manhã

QUARTA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2021

INDICADOR

Dióxido de carbono no ar é o maior da história A

pesar de uma imensa redução nos deslocamentos e atividades comerciais nos meses de pandemia, a quantidade de carbono na atmosfera terrestre em maio chegou ao maior nível já registrado na história moderna, mostrou um indicador global divulgado na segunda-feira. Cientistas da Agência Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA, na sigla em inglês) e do Instituto Scripps de Oceanografia, da Universidade da Califórnia em San Diego, disseram que as descobertas, que foram tiradas a partir da quantidade de dióxido de carbono (CO2) no ar, no observatório climático da NOAA em Mauna Loa, no Havaí, são de que a taxa é a mais alta desde o início das medições há 63 anos. A medição, batizada de curva de Keeling em homenagem a Charles David Keeling, o cientista que começou a rastrear o dióxido de carbono naquele local em 1958, é um padrão de referência para o nível de carbono na atmosfera. Os instrumentos no observatório da NOAA, que fica no topo de uma montanha, registraram 419 partes de dióxido de carbono por milhão no mês passado, mais do que as 417 partes por milhão registradas em maio de 2020.

NOVELAS

Elabora o ranking do tênis (sigla)

Urna, em inglês

Cidade do Paraná onde se localiza o Parque Estadual de Vila Velha O mais fundo Diversificado (o público)

Mestre de (?): supervisiona a construção

(?) Ciata, ícone do Carnaval carioca

Arca Espaço de culto do Candomblé

A tecnologia como o disquete

Ocorre no inverno da região Sudeste

Senhora (abrev.) Planta do pé (Anat.)

Prego, em inglês Léo Batista, jornalista

Oswald de Andrade, poeta modernista (?) Araújo, atriz Tipo de vinho

504, em romanos Governadores-(?): Mem de Sá e Duarte da Costa

(?) comum: cova para enterrar indigentes Tecnologia da Informação (sigla)

Que foge do convívio social (fig.) Gravata, em inglês

Maria Ísis e João Lucas se beijam Conto de Machado de Assis sobre um psiquiatra louco que põe todos no hospício

29

Solução

B O R L O E T A I M O B R A S

TE

BANCO

3/atp — imo — tie — urn. 4/nail. 5/estio. 13/ciência e saúde.

Maria Marta sugere que José Alfredo ajude a família de Cristina. Xana comenta com Juliane e Naná que se preocupa com o comportamento de Fernando. Ismael pede para voltar a morar com Lorraine. João Lucas se declara para Maria Ísis. Maria Ísis e João Lucas se beijam. Maria Marta repreende José Pedro por ofender Cristina. Cora insiste que a sobrinha vá atrás de José Alfredo. José Alfredo conversa com Maria Clara sobre Enrico. José Alfredo estranha o comportamento de João Lucas. Cora reclama ao ver Cristina sair para encontrar Vicente. Marta cobra uma resposta de José Alfredo sobre a ajuda a Cristina.

Animal como o guepardo e o gato

C S R E N T E ZA N U R N A T P E G G R O S S A A I T A D F E LI N O A U A G O G E N E O A S L B O T A I S A R I S C O O O A L S T I E E N I S TA

Império

Fruto verde de sabor amargo

I I

Rafael diz a Junior que não consegue pedir Renatinha em noivado. Helena deixa Téo impressionado ao dizer que quer Luna/Fiona a seu lado durante a cirurgia do filho. Úrsula descobre que Luna não se formou na universidade que consta em seu currículo. Alexia mostra a Kyra a chave da porta dos fundos da casa de Dominique. Kyra confessa a Alexia que está dividida entre Rafael e Alan. Alexia fica triste com a aproximação de Zezinho e Bel. Isaac pede a Luciano que dê um atestado liberando Bia para participar do campeonato. Marlene mostra a Alejandro a casa onde mora Ermelinda.

Recipiente de vidro do mel

V A

Salve-se Quem Puder

Alexia mostra a Kyra a chave

Nome da 8ª letra do alfabeto

Um dos sete anões (Lit.)

L A

Vitória fica satisfeita com o desempenho de Cecília. Iná e Laudelino dançam e trocam declarações de amor. Ana e Lúcio, Wilson e Moema se divertem no baile. Rodrigo pede para Manuela voltar por causa de Júlia. Eva fica contrariada por Ana defender Manuela. Manuela chega de Florianópolis para passar o fim de semana com Júlia. Rodrigo vai para a casa de Nanda, que não consegue animar o irmão. Eva procura Manuela.

© Revistas COQUETEL

Serafins, querubins e arcanjos Pronome da 2ª pessoa do singular

Significa- Eletrododo de B, méstico em "B.O." utilizado para fazer sucos

Seção de jornais com notícias sobre Medicina, Nutrição, Astronomia, Física Fator de perigo em praias agitadas

R R E I R O

Eva procura Manuela

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

C J I E O N P C I A H E S T A U D G E

A Vida da Gente

Cerca de 40 bilhões de toneladas métricas de CO2 poluente são adicionados na atmosfera por ano

Horóscopo Áries Sentir-se de fato envolvido com as suas buscas é determinante para que a jornada seja trilhada com sua máxima potência. Perceba se seus ideais seguem lhe motivando. É tempo de mudanças promissoras. Touro Quando a sensibilidade fala mais alto, pode ficar difícil dar nome ao que se sente, e quando isso acontece o melhor é relaxar para que as emoções possam se manifestar. É tempo de fluir com liberdade. Gêmeos Para que você não se perca em meio às informações que absorve, procure organizar a mente e simplificar as ideias, concentrando-se no que deseja aprofundar. É tempo de usar a sua sabedoria produtivamente. Câncer Sensibilidade é força, e quando você reconhecer que a sua capacidade de cuidar e acolher quem ama é o que lhe torna tão singular, passa a entregar o seu afeto com mais alegria. É tempo de se valorizar. Leão A paciência é necessária para que você possa vivenciar os seus processos de forma madura, evitando a ansiedade que acaba comprometendo os resultados esperados. É tempo de dar um passo de cada vez. Virgem Aquilo que lhe importa deve ser valorizado, e hoje você se sente ainda mais preparado para se expressar com a firmeza necessária. É tempo de se posicionar, honrando as suas próprias necessidades. Libra Questionar o que não faz sentido para você é uma forma potente e autêntica de buscar a segurança necessária para tomar decisões promissoras. Observe os dois lados das situações. É tempo de avaliação. Escorpião Com suavidade, tudo pode ser dito. Preze por palavras afetuosas, possibilitando os acordos desejados e, ao mesmo tempo, preservando a harmonia nas suas relações. É tempo de buscar a cordialidade. Sagitário Por mais certeza que você tenha em relação a determinado assunto, mantenha a mente aberta para acolher novos pontos de vista, expandindo as fronteiras do saber. É tempo de manter a curiosidade acesa. Capricórnio Maturidade é olhar para a própria história buscando encontrar nela referências e orientações que permitem ações cada vez mais sábias. É tempo de se concentrar na evolução, aprendendo com o que viveu. Aquário O seu desenvolvimento pessoal está agora diretamente associado à sua expansão espiritual. É tempo de se interiorizar para poder se aprofundar nos sentimentos e nas sensações que deseja desvendar. Peixes Hoje fica mais fácil equilibrar as suas necessidades, já que o desejo de cumprir com os afazeres se mostra tão grande quanto o de viver momentos de lazer. É tempo de prezar pelo seu bem-estar.


Jornal da Manhã

QUARTA-feiRA, 9 de jUnho de 2021

15

TRÂNSITO

Vantagens e desvantagens do trabalho híbrido Susan Pereira, acadêmica de Jornalismo

De acordo com o artigo publicado pelo site Administradores. com o conceito de trabalho híbrido consiste em dividir os profissionais da empresa em profissionais trabalhando de forma remota e outros de forma presencial em escritórios, mas de forma colaborativa. As vantagens e desvantagens não vem apenas da estrutura do local de trabalho, mas na forma com que os funcionários atuam. O trabalho híbrido foi adotado com o surgimento da pandemia e alguns benefícios são destacados como a flexibilidade, agilidade e opcionalidade do local de trabalho, pois o profissional pode trabalhar de casa, escritório ou dividir seu tempo entre ambos. Do ponto de vista do empregador oferece oportunidades de otimização e redução do espaço físico, já que a empresa não precisa mais ter espaço para a totalidade de funcionários. Sem contar na redução de despesas gerais e fixas que refletem diretamente no caixa da empresa. Além disso, este modelo oferece acessibilidade interna e externa para os funcionários e oportuniza a empresa a acessar novos talentos de cidades e estados diferentes da matriz. No entanto, ainda existem alguns pontos que precisam ser repensados quando se fala em trabalho híbrido, como a falta de gestão com os funcionários presenciais e os que estão em casa, sem contar que, os líderes precisam acompanhar os funcionários em relação às distrações, já que funcionários estão acostumados com o modelo de trabalho tradicional. Além disso, a competência de liderança e sócio-emocional são vitais para o gerenciamento, assim como soluções colaborativas ajudam a manter todos conectados. O trabalho híbrido é uma boa opção, pois, para alguns funcionários, não há como voltar ao trabalho local. Vale salientar que é essencial que empresas adotem processos e tecnologias que garantam a segurança da informação e de todos. Fonte: Administradores.com

Acidentes na 12 de Outubro causam receio no bairro Elizabeth A situação dos acidentes na Rua 12 de Outubro, no bairro Elizabeth, tem se tornado rotina. Recentemente uma idosa foi atropelada por uma motocicleta na via ao andar pelo acostamento, já que no local, o trecho que deveria ter calçada, está tomado pela vegetação, não oferecendo qualquer tipo de segurança aos pedestres que precisam transitar pela rua. Em anos anteriores, outros acidentes também foram registrados no mesmo local. Um deles causou a morte de uma pessoa próximo ao viaduto. Uma moradora que reside no bairro há pelo menos 30 anos, Marlene de Oliveira, relata que seguidamente colisões graves acontecem por ali, o que gera um

Trânsito intenso de veículos e falta de calçada trazem risco para pedestres

perigo iminente aos moradores da localidade. "Vários acidentes já aconteceram. É complicado

de passar no trecho pois não tem segurança nem nada. Os carros vem e não respeitam quem

precisa passar ou atravessar a rua", relata. Marlene ressalta que alunos das escolas do bairro também andam pelo local, o que causa preocupação. "Já fui no Executivo atrás de uma solução, mas por enquanto nada. Acredito que deveria ser colocada uma lombada e também uma faixa de segurança. A falta de acostamento também poderia ser revertida. Ali tem um terreno abandonado, que ninguém limpa e prejudica o passeio público", relata. A moradora comenta também que o principal perigo é quanto aos idosos que andam nas redondezas, já que a maior parte das pessoas que moram na região são aposentados e por isso é preciso uma solução.

Campanha do Agasalho arrecada doações

A Campanha do Agasalho, promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social em parceria com o Gabinete da Primeira-Dama, tem angariado, desde a última semana, diversos itens a serem doados. A campanha teve início no dia 1º e desde então tem recebido ajuda de colaboradores, seja com pontos de coleta, ou com doações, para que todas as pessoas possam receber os agasalhos. "A campanha tem o nome de Aqueça Seu Coração e para efetuar doações, a população pode se dirigir aos pontos de

coleta que são na Prefeitura e na Secretaria de Desenvolvimento, além de outras lojas do comércio", comenta a primeira-dama, Andressa Carvalho. A primeira-dama ainda destaca que há horários específicos para recebimento dos agasalhos na prefeitura e na Secretaria de Desenvolvimento Social, das 8h às 11h30, e das 13h30 às 17h e em horário comercial nos demais pontos de coleta. Andressa destaca que é importante que a população se conscientize sobre a doação, para que não entregue roupas não usáveis.

Campanha busca angariar roupas em bom estado para serem doadas

Brechó do Lar Meame arrecada mais de R$ 8 mil

Brechó contou com boa participação de público e deve voltar a ocorrer

O Lar Meame promoveu, na última semana, o brechó solidário da entidade. A ação teve início no dia 1º e se estendeu até o dia 4, com a comercialização de roupas entre R$2 e R$10 e foi realizada na capela da Missão Evangélica União Cristã, no Centro de Ijuí. Ao todo, a entidade conseguiu arrecadar mais de R$ 8 mil com a comercialização das roupas, valor este que será revertido na manutenção das atividades realizadas e o atendimento das pessoas em vulnerabilidade. O presidente da entidade,

Walter Ernesto Ludwig, ressalta que os valores são muito bem-vindos. "A arrecadação é de boa ajuda para nós pois esses 8 mil representam quase 80% da nossa folha de pagamento mensal. Já é um valor bastante significativo, mas ainda precisamos de mais ações. Estamos correndo sempre atrás da máquina. Temos muito estoque de roupas para vender e vamos querer fazer logo um novo brechó, no mesmo local, mas vamos divulgar previamente, pois demanda uma grande organização", comenta.


WWW.CLICJM.COM

DUPLA GRE-NAL COM DÚVIDAS NOS TIMES

LIXO ELETRÔNICO

No Grêmio, Maicon pode retomar a titularidade e no Inter o problema é na zaga. | 13

ENSINO DOMICILIAR É APROVADO Deputados aprovaram projeto que autoriza educação domiciliar. | 10

PERIGO AO ANDAR NO ACOSTAMENTO Moradores do Elizabeth reclamam dos riscos da Rua 12 de Outubro. | 15

"O País aguarda por uma reforma Tributária há muitos anos, pois o sistema atual é um entrave ao crescimento, à facilidade de fazer negócios e à liberdade econômica." Leia no editorial na página 6

ÚLTIMA ETAPA A terceira fase da vacinação contra a gripe começa hoje. Entretanto, as duas etapas anteriores estão com cobertura vacinal baixa no Estado. Em Ijuí, pouco mais de 30% dos públicos-alvo já foram vacinados |4

Reforçando as ações em prol do Meio Ambiente, integrantes do projeto de Extensão Energia Amiga da Unijuí participaram do recolhimento de pilhas e eletrônicos. Meta é reduzir o impacto ambiental. | 7

Profile for clicjm

https://issuu.com/clicjm/docs/jornal_da_manh_-_quarta-feira_-_09-05-2021  

https://issuu.com/clicjm/docs/jornal_da_manh_-_quarta-feira_-_09-05-2021  

Profile for clicjm
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded