Page 1

REPRESSÃO

Polícia na captura de motoristas que dirigem sob a influência da maconha

CORINTHIANO SANDERSON

Marcelo Médici em “CADA UM COM SEUS POBREMA” faz show em Boston

LOCAL - 3

EDIÇÃO #679 Edition #393

O Gringo da Viola fará útima apresentação em Massachusetts antes de seguir para temporada no Brasil

EVENTOS - 11

THE BRAZILIAN NEWSPAPER 11 a 17 de Agosto de 2017

WWW.JORNALASEMANA.COM

Trump quer copiar o sistema de imigração que deu certo em outros países Governo estuda a possibilidade de implantar o mesmo sistema de imigração do Canadá e da Austrália

A nova proposta do Presidente Trump para a imigração legal pode retardar o crescimento econômico dos EUA, já que o fluxo de novos trabalhadores do exterior tem sido um fator importante para manter a expansão da economia.

LOCAL - 11

Prefeito de Boston comparece ao lançamento do livro “Brasileiros nos Estados Unidos”

Preocupado com o reflexo dessas medidas a administração do Trump sondou o Canadá e a Austrália como modelos quando o presidente aprovou a legislação para conter a imigração legal através da instituição de um sistema baseado em pontos que recompensa os falantes de alto nível do inglês.

DESTAQUE - 10

IMIGRAÇÃO - 20

Jorge Aragão arrasta multidão para o Tropical Café Dani Suzuki toma decisão sobre a carreira e futuro FAMOSOS - 28

O badalado Tropical café promoveu uma noite de samba que contou com a participação de vários artistas. O evento que aconteceu no ultimo dia 11 de agosto agitou a noite de Framingham. A atra-

ção principal foi o cantor Jorge Aragão que cantou seus sucessos. Interpretando canções de Luiz Melodia “Gringo da Viola” surpreendeu a todos apenas com voz e violão. LOCAL - 06


2

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

LOCAL Polícia na captura de motoristas que dirigem sob a influência da maconha

3

Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Os residentes do Sudeste de Massachusetts podem esperar para ver mais patrulhas da polícia estadual nas rodovias, disseram as autoridades, depois de prometer uma repressão à motorista que conduzem após consumir maconha. A polícia do estado disse que estavam aumentando o número de oficiais com treinamento especial para detectar os motoristas estão sob a influência do THC, o produto químico psicoativo na maconha. m obstáculo contínuo para a aplicação da lei é a falta de um teste científico confiável, semelhante a um teste de respiração para o álcool, para medir o comprometi-

mento do THC. Funcionários também revelaram uma campanha de mídia de educação pública voltada para adultos mais jovens que usam um toque humorístico para levar para casa os riscos associados com a condução de veículos com efeito da droga. Um ponto de TV retrata um jovem, evidentemente apedrejado, repetidamente e futilmente tentando acender uma grade de gás sem um tanque de propano, sugerindo o quanto é perigoso, poderia ser a mesma situação se um homem tentasse dirigir para algum lugar para encher o tanque. Arthur Kinsman, administrador regional da

demonstram tempos de reação mais lentos, sonolência e mais dificuldade em estimar o tempo e a distância, de acordo com a Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário. Uma lei recentemente aprovada que faz revisões da lei de Massachusetts incluiu a criação de uma força-tarefa para estudar “todos os aspectos da capacidade da equipe de aplicação da lei para testar adequadamente os operadores com deficiência e prevenir a operação prejudicada de veículos motorizados”.

Foto: Reprodução

Artwork: Jornal dos Sports

Repressão à motorista que conduzem após consumir maconha

National Highway Traffic Safety Administration, disse que o objetivo não é “demonizar” o uso de maconha, mas mudar as percepções de que é mais seguro dirigir depois de usar maconha e do que depois de beber álcool. “Este não é um filme de Cheech e Chong, onde todo mundo está meio sorrindo e dirigindo e todos estão descontraídos”, disse Kinsman, referindo-se a dupla popular da comédia de stoner da década de 1970. Os eleitores de Massachusetts estavam entre aqueles em quatro estados que aprovaram questões de maconha recreativa em novembro passado, juntando quatro estados que o fizeram anteriormente. Os motoristas que dominam a maconha


4

CHARGE - OPINIÃO OPINIÃO

Toninho Mindball

O Jornal A SEMANA é uma publicação semanal e independente. Distribuído gratuitamente em todo o estado de Massachusetts.

Depressão em alta voltagem

Claudio Santos Presidente / Head of Operation

Sara Santos Diretora de Redação

Tania Jota Diretora Comercial

Diagramação Marcos Soares

Graphic Design Frederico J Dos Santos

Colaboradores Flavia Leal Moda & Beleza

Antônio Machado Ponto de Vista

Eliana Barbosa Alto Astral

Angela Cardoso Fatos & Fotos

Central de Vendas Mônica Prado (617)863-7979 Claudio Santos (617) 417-6006 Escritório Central (617) 955 0043

Impressão Gráfica SMG

Distribuição Guerreiros da Rota DBA

Termos e Responsabilidades A responsabilidade pela qualidade dos produtos, serviços e promoções divulgadas nesse jornal é exclusiva dos anunciantes. As opiniões expressas em artigos publicados são de responsabilidade de autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. Os interessados em publicar seus artigos podem remeter o material para avaliação do editor chefe deste jornal através do email geral asemana@ME.com. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone (617) 417-6006.

No início deste ano o suicídio de um PM no Rio reabriu o debate sobre as condições de trabalho na polícia. Aos 28 anos o policial militar Douglas Vieira se matou com um tiro na cabeça. O suicídio foi transmitido por um vídeo ao vivo em sua conta no Facebook, e tem gerado debates sobre as condições de trabalho nas polícias no Rio de Janeiro. Vieira havia sido internado quatro vezes no departamento de psiquiatria do Hospital Central da instituição. Entre os motivos, segundo relatos de especialistas e de familiares das vítimas, está a pressão sofrida nas ruas e nos quartéis. Pesquisas mostram avanço de suicídio entre policiais brasileiros. Foi realizado no mês de julho deste ano, em São Paulo, o 11º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com o tema “Reforma e Modernização das Instituições Policiais e os esforços regionais na redução dos homicídios com as Reformas e Modernizações das Instituições Policiais” e reuniu pesquisadores, representantes da sociedade civil organizada e do setor privado, policiais e membros do sistema de justiça criminal do país e do exterior. Uma das pesquisas, realizadas pelo Laboratório de Análise da Violência da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), entrevistou 224 policiais militares daquele Estado. Deles, 22, ou seja, 10% declararam ter tentado suicídio. Pelo menos 50 disseram ter pensado em suicídio em algum momento da vida. Todos foram voluntários a participar da pesquisa. Policiais pensam na própria

morte como saída para uma rotina marcada pelo alto estresse “Os policiais relatam profundo sofrimento psíquico, tristeza, tremores e sentimento de inutilidade”. Muitos confessam que usam drogas lícitas e às vezes ilícitas. Ao final do ano de 2016 a Delegacia da Mulher de Divinópolis registrou o caso do policial Gabriel Andrade, de 24 anos foi encontrado morto junto com a noiva em Divinópolis e as investigações realizadas concluiu que a noiva Helena Pacheco, de 23 anos, pretendia sair do relacionamento. “O casal já tinha um histórico de brigas”, homicídio seguido de suicídio (crime passional). Neste sábado (12) novamente acontece mais uma tragédia familiar em Divinópolis: de acordo com a Polícia Militar, Igor Quintão Vieira, de 23 anos, matou Aline Guimarães Rodrigues, de 34 anos, que também era soldado da PM e a mãe dela, Elisabete Guimarães Rodrigues, de 66, em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas. Já a mãe do militar, Eloiza Santa Quintão Vieira, de 48 anos foi morta em Rio Pomba, na Zona da Mata, onde morava e também onde o soldado se matou em seguida. Deixou uma mensagem pelo whatsapp para o irmão pedindo desculpas por não ser forte e confessando que havia matado a namorada e a mãe dela em Divinópolis. Na mensagem, ele confessou a morte da sargento Aline e da mãe dela e disse que não aguentaria ver o sofrimento da mãe e, por isso, também teria que matá-la. Mais uma tragédia passional

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017 Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

5 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


6

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

LOCAL

Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM Foto: Sara Santos

Jorge Aragão arrasta multidão para o Tropical Café Tropical Café promove encontro de sambistas em Framingham com Jorge Aragão

Tropical Café com uma organização ao nível das grandes casas de show em Boston. “Tudo sobre controle” Por Sara Santos O badalado Tropical café promoveu uma noite de samba que contou com a participação de vários artistas. O evento que aconteceu no ultimo dia 11 de agosto agitou a noite de Framingham. A atração principal foi o cantor Jorge Aragão que cantou seus sucessos. A abertura do espetáculo ficou por conta do Grupo Na Pegada que cantou músicas de vários sambistas. Ao som do cavaquinho e outros instrumentos o Na Pegada conquistou e encantou o público. Interpretando canções de Luiz Melodia “Gringo da Viola” surpreendeu a todos apenas com voz e violão. A apresentação do Gringo da Viola teve a participação da musicista Mirella Costa e de

Ricardo Borsatto. O cantor e compositor Jorge Aragão subiu no palco e continuou no comando da festa. Ele que já fez parte do Grupo Fundo de Quintal fez o público cantar junto sucessos como “Eu e Você sempre” entre outros. O cantor que no dia anterior havia se reunido com a imprensa de Massachusetts, disse que estava feliz por se apresentar para a comunidade brasileira nos EUA. O músico que já se apresentou em palcos da Europa e da Ásia, disse que atualmente por causa da saúde tem algumas limitações para viajar. Os produtores do evento e a equipe do músico trabalharam em conjunto e conseguiram proporcionar a alegria do público em ver mais

um show de Jorge Aragão realizado em território americano.

O Artista O artista que tem mais de 20 álbuns gravados e um extenso o repertorio de sucessos, busca selecionar as músicas para os shows de uma forma que haja sintonia com o público. Visando a qualidade de suas apresentações ele tem uma equipe de músicos que o acompanha em todos os shows. Para Jorge o amor é a fonte de inspiração para escrever e interpretar suas canções. “Coisinha do pai” um dos grandes sucesso de Jorge foi feita para sua filha, ele não tinha noção que a música chegaria as casa de milhões de pessoas. Ele afirmou que

ainda se surpreende em ver as pessoas se emocionarem com suas antigas composições, já que ao longo dos anos surgem novas canções. Jorge Aragão é um dos principais expoentes do samba brasileiro. Ele tem mais de 40 anos de carreira e ao longo dessa trajetória viu suas composições serem interpretadas por diversos artistas, como Elza Soares, Seu Jorge, Lenine, Martinho da Vila, entre outros. O artista que é fã de tecnologia utiliza os recurso para auxiliar o seu trabalho.

Proprietário do Tropical Cafe, Gil, foi elogiado pelo artista Jorge Aragão

Saiba Mais Endereço: 85 hollis st. Framingham, MA 01702 Email: contact@tropicafe.biz Telefone: 1(855) 876-7420

Jorge Aragão sempre bem acompanhado


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

7 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


8

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

9 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


10

DESTAQUE Prefeito de Boston participa de evento da comunidade Álvaro Lima lança o livro “Brasileiros nos Estados Unidos” no consulado brasileiro em Boston Foto: Sara Santos

Prefeito de Boston Marty Walsh, Cônsul Geral do Brasil em Boston, Glivânia Maria Oliveira e o autor do livro “ Brasileiros nos Estados Unidos, Alvaro Lima Por Sara Santos O prefeito de Boston Marty Walsh participou da cerimonia de lançamento do livro “Brasileiros nos Estados Unidos” de autoria do Diretor de Pesquisas da Prefeitura de Boston Álvaro Lima. O evento que aconteceu do dia 8 de agosto no Consulado Geral do Brasil em Boston recebeu a presença de representantes da comunidade brasileira, autoridades americanas. O prefeito Marty Walsh é descendente de Irlandeses e em seu discurso relembrou as suas origens. Ele ressaltou o papel dos imigrantes e o desenvolvimento econômico no país. Marty Walsh também destacou a importância do trabalho do Álvaro que contribui para a sociedade americana e a comunidade brasileira.

O livro Brasileiros nos Estados é um trabalho desenvolvido a partir de uma parceria entre Álvaro Lima e Alanni de Castro que ao longo de mais de dois anos se empenharam na produção do resumo de informações sobre a imigração de brasileiros para os Estados Unidos. A obra contém dados estatísticos coletados em diversas fontes, além de relatos de vários brasileiros que viveram nos EUA e depois de anos decidiram regressar para o Brasil. O registro de um conjunto de informações proporciona ao leitor conhecer o perfil histórico dos imigrantes brasileiros. Esses dados são a base para analise e o desenvolvimento de novos estudos. O conteúdo do livro é um suporte de orientação para a criação de estratégias nos diversos setores que

auxiliam os imigrantes, segundo Álvaro Lima. O evento também recebeu a presença de Salwa Smith uma das precursoras da estruturação do consulado brasileiro em Boston. Segundo Sailwa o trabalho de Álvaro Lima reflete o progresso e o avanço da comunidade brasileira na sociedade americana. Ela que durante anos trabalhou em prol da divulgação do Brasil, está radiante com a notoriedade que os brasileiros conquistaram em Boston. Salwa também enfatizou que a tendência é que a comunidade brasileira alcance mais visibilidade nos EUA devido ao trabalho que vem sendo desenvolvido com parcerias de diversos setores. O deputado brasileiro Wilson Brandão que também é um historiador esteve prestigiando o evento, que mar-

ca o lançamento de uma obra que reflete o fluxo migratório de vários brasileiros. No cenário atual do Brasil muitas pessoas estão optando por tentar novas possibilidades em outros países entre eles os EUA. Com vários brasileiros chegando a Massachusetts a sugestão do Álvaro é que essas pessoas busquem agregar a comunidade brasileira para juntos continuarmos a progredir. A Cônsul-Geral do Brasil em Boston, embaixadora Glivania M. Oliveira agradeceu a presença a presença de Marty Walsh e de todos que estavam presentes. Ela ainda completou seu discurso destacando a importância do trabalho do Álavro para a história da comunidade. Segundo Gilvania ele está sempre contribuindo no auxilio ao consulado e a comunidade brasileira.

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017 Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

11 Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

EVENTOS

O Gringo da Viola fará útima apresentação da temporada na região

No sábado (19) o músico receberá convidados em homenagem ao samba no Tropical Café em Framingham O Gringo da Viola fará o último show da temporada em New England no dia 19 de agosto, sábado, na casa de shows Tropical Café, em Framingham. O músico, que tem sido considerado a nova cara da bossa e chamado de sensação do momento em Boston estará recebendo no palco convidados especiais para fechar a temporada. Denominado ‘Samba, I Love You’ em alusão à música ‘Não tem tra-

dução’, de Noel Rosa, o evento fará homenagem à trajetória do samba, inspirado pelas famosas noites cariocas dos anos 30 e 40 e promete entreter o público com surpresas. O show terá abertura do cantor Zac Dolan e contará com músicos de Berklee College of Music durante a apresentação do Gringo, incluindo os cantores Mirella Costa e Nick Zwolinski, o violonista 7 cordas Ricardo

Foto: Reprodução

O Gringo da Viola, que lotou o Hard Rock Cafe Boston no mês de junho e fez a abertura do Jorge Aragão nesta sexta-feira (11)

Borsatto, a flautista Anggie Obin, o pandeirista Kan Yanabin e o melodicista Stan Moon. A produção será realizada pela equipe da Joujoux Productions e colaboradores, com figurino de Vini Kiss e patrocínio cultural de Kevin MacMurray, dono da MacMurray & Associates, advocacia referência em imigração e acidentes na região. O Gringo da Viola, que lotou o Hard Rock Cafe Boston no mês de junho e fez a abertura do Jorge Aragão nesta sexta-feira (11) se demonstrou animado com o show, que revelará músicas originais e planeja passar uma temporada realizando shows no Rio de Janeiro a partir do mês que vem. Graças ao apoio cultural de empresas, os ingressos para a apresentação podem ser encontrados no www.gringodaviola.com a preços populares.


12

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

NOVIDADES

Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Marcelo Médici em CADA UM COM SEUS POBREMA faz show em Boston Foto: Reprodução

Uma das produções teatrais de maior sucesso de público e crítica em todo o Brasil com Marcelo Medici acontece dia 16 de Setembro na Barklee Performance Center A produção da comédia Cada Um Com Seus Pobrema perdeu as contas de quantas pessoas viram o espetáculo de 2004 a 2012. Nesta comédia-solo Marcelo Médici interpreta oito personagens hilários e surpreende com sua agilidade e talento de mudar radicalmente de expressão e voz. Com uma linguagem moderna, humor inteligente e veloz, o espetáculo contagia o público, levando-o as

gargalhadas do início ao fim. No enredo o personagem central é um ator de teatro que ao desistir de fazer sua apresentação começa a falar sobre sua própria vida. Surgem então Mãe Jatira, Jonson, Creusa, Sanderson, Smurfete, Mico Leão Dourado e Tia Penha comentando e criticando com muito humor várias situações do cotidiano, garantindo a contemporaneidade do texto e causando uma

identificação imediata no público. A direção de Ricardo Rathsam privilegia a brilhante capacidade de improvisação de Médici, dando uma característica única a cada apresentação, enquanto o figurino se transforma conforme mudam os personagens, mantendo o ritmo dinâmico do espetáculo. Escrito e interpretado por Marcelo Médici o espetáculo já é considerado um clássico do ator.

No show Marcelo Médici interpreta oito personagens hilários, entre eles, o corinthiano Sanderson, do programa Vai que Cola Durante sua trajetória, a peça chegou a ter ingressos esgotados com três meses de antecedência. A atualização constante de texto garante à comédia um frescor em cada

nova temporada. Tamanho sucesso garantiu ao espetáculo até uma continuidade, o Cada Dois Com Seus Pobrema, que estreou em setembro de 2014 e ficou

em cartaz durante nove meses. Tickets Online www.berklee.edu


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

13 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


14

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

DIVÃ DA BELEZA FLÁVIA LEAL

FLÁVIA LEAL INSTITUTE Empresária do setor de estética & Beleza

www.flavialeal.com

Hidratação: como e qual escolher?

Cabelos ressecados, quebradiços, frizzy e pontas duplas: o pesadelo de toda mulher! Estamos sempre apostando em diferentes produtos e tratamentos para manter os cabelos lindos e saudáveis. Mas, nem sempre temos sucesso. Mudamos o corte, o penteado. Inventamos e reinventamos. Mas nada vai funcionar se o nosso cabelo continua ressecado. Ele perde o brilho, a cor e a maciez. Mas, nem tudo está perdido. Suas tentativas de manter o seu cabelo lindo e sedoso pode ter haver com a hidratação escolhida para o seu tipo de cabelo: Dependendo do estado e da ocasião, uma hidratação não vai resolver o seu problema. Talvez, porque não é o que você está precisando no momento, ou, não é compatível com o seu cabelo. Conheça então, alguns tipos de hidratação, e saiba qual atende a sua necessidade:

Hidratação Tradicional Indicado para cabelos quebrados e desnutridos. Essas hidratações recuperam a maciez, a textura e a úmidade dos

fios, ajudando-os a crescer fortes e saudáveis. É aconselhavel fazer de 15 em 15 dias, para manter as vitaminas que deixam o cabelo com aquela aparência viva.

Queratina Indicado para cabelos que sofreram descolorações e muita química, resultando naquele cabelo com pontas duplas e cheios de frizzy. O tratamento com queratina elimina o efeito “elástico” dos fios, recuperando o aspecto saudável do mesmo. A frequência ideal para este tipo de hidratação é de pelo menos uma vez ao mês.

Reconstrução Capilar Adequado para cabelos com muita química e que vivem expostos ao calor do sol, ao cloro e sal. Este tipo de hidratação devolve os nutrientes ao cabelo, fortalecendo os fios novamente. O ideal é realizar este tratamento a cada dois meses, ou após o cabelo passar por um processo químico como tintura ou luzes.

Cauterização dos Cabelos Para todos os tipos de cabelos, inclusive aqueles em que as pontas estão duras e com as cutículas bem apontadas. A cauterização vai eliminar as “escamas”, fechando as cutículas dos fios e devolvendo a maciez e o brilho ao couro cabeludo. O indicado é fazer este tratamento a cada 40 dias. Estas são apenas algumas hidratações. Antes de escolher, procure sempre conversar com especialistas da área, para não investir em um tratamento que não lhe trará resultados. No Instituto Flavia Leal de Everett, oferecemos diversas hidratações. A mais procurada é a “Keratriplex Treatment”, com produtos da linha Awapuhi by Paul Mitchell - um tratamento que utiliza produtos para todos os tipos de cabelos: Com coloração, seco, com frizzy, e quimicamente tratados. As estudantes do Instituto Flavia Leal são instruidas e orientadas pelos professores, para realizar passo a passo o tratamento e utilizar os produtos adequados a sua necessidade.

Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

15 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

16

PUBLICIDADE

Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

17 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

18

PUBLICIDADE

Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM

PASSAPORTE MOVEL Vamos até você para renovar seu Passaporte


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

ALTO ASTRAL FIQUE DE BEM COM A VIDA ELIANA BARBOSA Escritora / Apresentadora

www.elianabarbosa.com.br

Culpa por más palavras Sendo a culpa um dos sentimentos que mais paralisam a vida das pessoas, reflitamos, hoje, sobre a culpa por más palavras. Nos relacionamentos humanos, as palavras têm um poder muito grande elas constroem ou destroem. As palavras constroem quando são direcionadas ao nosso próprio crescimento e ao daqueles à nossa volta. E destroem quando magoam, criticam, fazem fofocas ou ferem os mais profundos sentimentos dos outros. E como a “lei do plantar e colher” é infalível, ao proferir más palavras, dentro de você pode ser gerado - de forma consciente ou, na maioria das vezes, inconsciente - um sentimento de cul-

pa que vai desencadear um mecanismo de autopunição e, mais cedo ou mais tarde, o conduzirá às frustrações, decepções ou às doenças. Veja dois exemplos bem comuns e tristes: 1) O filho jovem que critica e hostiliza o pai que é alcoólatra e, décadas depois, sem perceber, se rende também ao álcool, como forma inconsciente de autopunição por sua intolerância com o pai; 2) A filha que vê a mãe suportar maus tratos do pai e fica criticando e acusando-a por não tomar atitude e abandoná-lo, anos mais tarde escolhe como parceiro um homem rude como o pai e, como autopunição por ter sido tão crítica com a mãe, não con-

segue também se impor nem se desvencilhar desse relacionamento tóxico. Sabendo disso, cuidado: Na vida familiar, onde você pensa que é livre para falar o que quiser, modere suas palavras e seja mais carinhoso e paciente com aqueles que fazem parte de sua história pessoal. E, na vida profissional, procure se dirigir a todos com respeito e educação, de forma que sua consciência esteja sempre leve por saber que você tratou os outros como gosta de ser tratado ou, se possível, até melhor! Consciência tranquila é senha poderosa para você abrir as portas da prosperidade em sua vida.

Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento, apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos. Conheça melhor as suas atividades profissionais no site www.elianabarbosa.com.br Contato: eliana@elianabarbosa.com.br

19 Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


20

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

IMIGRAÇÃO Trump quer copiar o sistema de imigração que deu certo em outros países

Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Governo estuda a possibilidade de implantar o mesmo sistema de imigração do Canadá e da Austrália Foto: Rep[rodução

Por Sara Santos A nova proposta do Presidente Trump para a imigração legal pode retardar o crescimento econômico dos EUA, já que o fluxo de novos trabalhadores do exterior tem sido um fator importante para manter a expansão da economia. Preocupado com o reflexo dessas medidas a administração do Trump sondou o Canadá e a Austrália como modelos quando o presidente aprovou a legislação para conter a imigração legal através da instituição de um sistema baseado em pontos que recompensa os falantes de alto nível do inglês. Mas copiar esses países não funcionará, de acordo com um novo documento do Fórum Nacional de Imigração e da Fundação Nacional para a Política Americana. Existem grandes diferenças entre seus sistemas de imigração e o que o Trump está defendendo. “O sistema de pontos nesses países é atrair mais imigração, não reduzi-lo”, disse Stuart Anderson, diretor executivo da Fundação Nacional. A Austrália desenvolveu o seu sistema de pontos para complementar os imigrantes patrocinados pelo empregador, oferecendo aos que não oferecem ofertas de emprego a oportunidade de obter residência permanente. Os imigrantes obtêm pontos de acordo a idade, habilidade linguística e educação. O Canadá utilizou o sistema de pontos para atrair imigrantes sem uma conexão anterior ao país. Ambos os países também admitem dois a três vezes mais imigrantes todos os anos que os EUA, em relação ao tamanho de suas populações. Mesmo para traba-

lhadores temporários, a Austrália admitiu aproximadamente o mesmo número de titulares de vistos altamente qualificados que os EUA apesar de ter apenas 10% da população dos EUA. Os senadores Tom Cotton (R-AR) e David Perdue (R-GA) argumentaram que sua lei, o RAISE Act, daria prioridade aos imigrantes “qualificados”. Mas a legislação não aumentaria o número de imigrantes qualificados para os EUA. Em vez disso, transferiria os 140 mil vistos de imigrantes usados anualmente pelos empregadores para as pessoas que acumular mais pontos. Na Austrália e no Canadá, os empregadores continuam a patrocinar trabalhadores estrangeiros fora do sistema de pontos. O sistema de pontos não é a única maneira de obter residência permanente, e ambos os países admitem imigrantes sobre o reagrupamento familiar e os que tem motivos humanitários. Isso não significa que o sistema de pontos funcione sem problemas. No Canadá, os empregadores muitas vezes criticam o sistema de pontos porque enfrentam dificuldades em encontrar trabalhadores qualificados, como nas indústrias de carnes e hospitalidade. As regras aperfeiçoadas nos últimos anos também tornaram mais difícil para executivos corporativos, neurocirurgiões e trabalhadores transferirem dentro da mesma empresa para obter pontos suficientes para garantir a “entrada expressa” porque esses empregos não exigiam uma avaliação de impacto no mercado de trabalho.

Neste modelo o governo tenta combinar diferentes habilidades de imigrantes com as necessidades do país Para Anderson é muito difícil a implantação deste sistema de pontos efetivo, conforme previsto por Trump, pois o governo dos EUA está estruturado, com uma separação de autoridade entre os poderes legislativo e execu-

tivo. Membros do Congresso aprovam leis, e as agências federais implementam essas leis. Mesmo assim, pode levar anos para o governo federal emitir novos regulamentos, que podem estar sujeitos a litígios.

Peter Rekai, um advogado de imigração em Toronto, disse que o sistema de pontos do Canadá ajudou a inaugurar a “era do designer imigrante”, com o governo tentando combinar diferentes habilidades de imigrantes com as ne-

cessidades do país. Mas o sistema não funciona tão bem como deve ser, disse ele, porque “é difícil sentar-se com um pedaço de papel e projetar o imigrante perfeito que vai” bater no chão correndo “.


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

21 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


22

ESPORTE

11 A 17 DE AGOSTO 2017 EdiçãoDE# 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Neymar festeja Torre Eiffel iluminada com seu nome: ‘Nem nos melhores sonhos

Foto: Rep[rodução

Atleta foi a primeira pessoa a ganhar essa homenagem em Paris. ‘Realmente emocionado’, disse Neymar foi recebido em Paris em grande estilo. Ao ser apresentado à torcida do Paris SaintGermain no estádio do time, o Parque dos Príncipes, quebrou o protocolo, tirou a camisa e jogou para o público. Naquele momento, o ex-namorado de Bruna Marquezine, que parabenizou a atriz em seu aniversário, afirmou ter ficado arrepiado com a receptividade da torcida de seu novo clube. Mas o que estava por vir deixou o atleta extasia-

do. Naquela noite a Torre Eiffel, maior monumento de Paris, ganhou as cores do PSG e, pela primeira vez, deu as boas-vindas a uma pessoa com seu nome iluminado em sua base. “A sensação é maravilhosa. Não só eu, como minha família está deslumbrada com essa homenagem. Estou muito feliz, muito obrigado, Paris. Eu realmente estou muito emocionado”, disse em um vídeo publicado em seu Instagram.

Neymar «deslumbrado com o tributo» na Torre Eiffel antes de apresentação

R$820 Milhões

Para integrar o elenco do Paris Saint-Germain, Neymar foi comprado do Barcelona, seu antigo clube, por nada menos que 222 milhões de euros, o equivalente a R$

820 milhões. De acordo com a revista “Carta Capital”, na capital francesa, o atleta terá um salário de R$ 148 milhões por ano, excetuando-se o valor lucrado com publicidade. “E o maior desafio, o que mais me motivou a me juntar aos meus novos companhei-

ros foi ajudar o clube a conquistar os títulos que sua torcida quer. A ambição do Paris SaintGermain me atraiu para o clube, junto com a paixão e energia que isso trouxe. Eu joguei na Europa por quatro temporadas e eu me sinto pronto para aceitar

este desafio”, completou o pai de Davi Lucca, com quem curtiu os últimos dias de férias em São Paulo. “O que eu tenho para dizer é que essas pessoas que pensam que vim por dinheiro não sabem nada da minha vida”, disse Neymar em entrevista.


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

23 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


24

POLICIA

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017 Edição # 679 Edição # 540 WWW.JORNALASEMANA.COM asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006 Foto:

Reprodução

Carcereira sexy enviava fotos eróticas para prisioneiro O caso de Chelsea Blacwell, de 27 anos, acabou repercutindo em todo o mundo. A carcereira trabalha na Inglaterra, em uma prisão de grande segurança na cidade de Aulesbury. Muito linda e competente, Chelsea acabou virando notícia em todo o mundo por conta de uma atitude realizada na prisão do Reino Unido. Ela se apaixonou, justamente, por quem não devia. Chelsea ficou enamorada de um dos prisioneiros da cadeia. Ela ficou muito apaixonada pelo rapaz, que seria um gato daqueles. O sortudo em questão é Emmanuel Calender-Scott, de 21 anos. Durante praticamente um ano, os dois se corresponderam de maneira secreta. Ele foi preso foi conduta violenta. Emmanuel é considerado um rapaz muito agressivo e estava amargando os seus

dias vendo o sol nascer quadrado. A vida dele mudou quando Chelsea começou a mandar mensagens para ele. Os dois trocavam mensagens e fotos extremamente obscenas. O caso virou um tremendo mistério dentro da cadeia. A polícia apenas sabe que o preso tinha um celular em mãos, mas ninguém sabe explicar como ele entrou na cadeia. A #Carcereira nega que tenha sido ela a dar o aparelho ao rapaz. Ela confessou apenas que se apaixonou por ele e que, por isso, trocava mensagens com o bonitão. Os dois planejavam como seria a vida fora da cadeia. O planejamento, no entanto, não estava dando tão certo como os dois imaginavam. Ao todo, a polícia registrou mais de 900 mensagens da carcereira sexy para o prisioneiro. Todo o conteúdo foi enviado pelo

celular. A maior parte das mensagens eram apenas conversas sexuais da mulher falando sobre os seus desejos que tinha pelo encarcerado. Ela chegou a mandar fotos sem mostrar o rosto. Além de mandar mensagens, ela também ligava para o rapaz. Foram mais de 120 ligações da casa dela para o bonitão. Praticamente todos os dias, pela manhã, ela fazia esse ritual. A carcereira também enviada cartas sem colocar o seu nome, mas se esqueceu de um detalhe, o endereço. As mensagens datam de julho a agosto de 2016. Porém, o caso só foi a julgamento nessa semana. Ou seja, em um mês, a mulher enviou 900 mensagens, ligou 120 vezes e mandou muitas cartas para o amado. Agora ela ficará 8 meses presa. #Preso sexy. Fonte Blasting News


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

25 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


26

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


27 27 27

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

BIZARRAS

Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Homem não aguenta mais ser traído e faz Boletim de Ocorrência contra a esposa Boletim de ocorrência foi feito à base de muitos palavrões e um desabafo emocionante. Marido, de 50 anos, disse não aguentava mais ‘tomar chifre” Morador de Cáceres, localizada no estado Mato Grosso – MT, procurou a delegacia para registrar um boletim de ocorrência inusitado. No BO, M.F.F. relata que “é corno dos grandes” e decidiu buscar ajuda na Polícia Civil após chegar em casa e flagrar a esposa mantendo relação sexual com outro homem. O boletim de ocorrência foi feito com termos chulos e palavras grosseiras em relação ao suposto comportamento da mulher do morador, além de conter vocabulários normalmente encontrados no linguajar mato-grossense.

A Polícia Civil confirmou que o boletim de ocorrência foi feito pelo marido na delegacia, que assinou e concordou com o que foi dito. O documento foi classificado como ‘natureza atípica’. Por isso, não gera nenhum procedimento policial, já que a situação narrada não é considerada crime pela justiça. Os casos de adultério sempre geram muita discussão, confusão e causam desconforto para quem é vítima. Mais adultério é crime? Vale lembrar que a prática de adultério foi descriminalizada no Brasil há 12 anos.

Foto: Reprodução

Boletim de ocorrência feito com termos chulos e palavras grosseiras ditadas pelo marido traído


28

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

FAMOSOS Dani Suzuki toma decisão sobre a carreira e futuro

Edição # 613 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

A atriz e apresentadora após 30 anos de carreira resolveu tomar uma importante decisão

Ela está se preparando para morar fora do Brasil, como informa o jornalista Flávio Ricco. Trata-se de uma ideia que ela vem alimentando há muito tempo. Seu primeiro trabalho foi um comercial aos 9 anos

Dani Suzuki Atriz e Apresentadora

‘Se eu precisar, coloco silicone sem problemas’, declara Mel Maia, de 13 anos

Foto: Reprodução

Mel Maia pensa em aumentar seios e bumbum no futuro: ‘Se eu precisar, coloco silicone sem problemas’ Diferentemente de outras atrizes mirins como Larissa Manoela, que levantou suspeitas de ter feito a intervenção cirúrgica ao postar foto de biquíni nas redes sociais, Mel Maia afirma ainda ter a estrutura física infantil e não ter problemas com isso. “Sinto que ainda tenho corpo de bebê. Quero crescer um pouco mais. Cresci de idade, mas continuo

da mesma altura. Gosto do meu corpo, mas acho que quando ele crescer, ele vai desenvolver melhor. Agora está bom do jeito que está”, afirma a adolescente. “Sobre os meus seios e o meu bumbum, se eles crescerem, ok, se eles não crescerem, tudo bem também. Se eu precisar, coloco silicone sem problemas”, completa.

de idade. No entanto, na medida do possível Dani não pretende abandonar o mercado brasileiro, e inclusive está escalada para a série “Baile de Máscaras”, com produção da Giros para a TV Brasil. Além disso, ela negocia a participação no filme “Dano Moral”, de Marcos Pimenta. Dani foi expulsa da TV Globo porem o motivo oficial não foi divulgado,

mas dizem que Giovanna Antonelli, mulher de Leonardo Nogueira, teria pedido a sua cabeça, por não querer proximidade entre os dois. Agora na Band, ela dividirá o comando do concurso com Cássio Reis e agora na rede Band que segue realizando a migração de ex-artistas da Globo para as suas atrações. Após Fernanda Paes Leme, agora é a vez de Dani Suzuki. A atriz foi

definida como a nova apresentadora do “Miss Brasil BE Emotion” na emissora, no lugar de Mariana Rios. Mariana, por sua vez, retorna à Globo para integrar a equipe do “The Voice Brasil”. Recentemente, Daniele havia sido escalada para integrar o elenco da novela “Sol Nascente”, no entanto, foi retirada às pressas pela direção da novela das seis.


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

CLASSIFICADOS

29 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


30

DIVERTIR

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017 Edição # 679 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

31 Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM


32

11 A 17 DE AGOSTO DE 2017

PUBLICIDADE

Edição # 679 WWW.JORNALASEMANA.COM

A SEMANA - The Brazilian Newspaper  

11 a 17 de Agosto de 2017