Page 1

Edition #393

EDIÇÃO #665

THE BRAZILIAN NEWSPAPER 17 A 23 DE MARÇO DE 2017

PÁGINA - 15

WWW.JORNALASEMANA.COM

MULHER MELÃO

“GOLEIRO BRUNO”

presa no aeroporto após ser entrevistada na salinha da imigração e foi deportada

“E se o Bruno fosse seu filho?”, diz diretor do Boa sobre contratação

LOCAL - 03

SE A MIGRA VIER:

“Não abram a porta, não digam nada, não assinem nada”

ESPORTE 20

LOCAL - 06

Governo Trump estuda separar as crianças dos pais que cruzarem a fronteira ilegalmente COMUNIDADE - 08

Empresa mineira de software conquista prêmio no M.I.T. em Cambridge, MA DESTAQUE - 12

Trump ligou para Temer neste sábado: saiba o que os dois presidentes falaram POLICIA - 24

IMIGRAÇÃO PÁGINA 10

Americano é inocentado após ficar 32 anos preso por crime que não cometeu


2

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

LOCAL

3 Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Mulher Melão é presa no aeroporto após ser entrevistada na salinha da imigração

Cantora ficou no quartinho da Polícia no local e viveu momentos de terror ao ser deportada de volta para o Brasil Foto: reprodução

A coisa está ruim pra todo mundo. Milhares de pessoas estão encontrando problemas para entrar nos Estados Unidos após Donald Trump assumir a presidência do país. Se antes já era complicado, com a aprovação de leis anti-imigração proposta pelo magnata, as coisas pioraram ainda mais. Até mesmo para os brasileiros as coisas estão difíceis e já tem gente voltando para a casa após serem barrados por lá, como a Mulher Melão. Renata Frisson é conhecida em todo o Brasil como a Mulher Melão, uma cantora de funk e modelo no país. A gata estava ansiosa para curtir

uns dias na terra do Tio Sam, mas tudo deu errado e a Mulher Melão teve sérios problemas com a polícia federal dos EUA. A cantora de funk tentava entrar nos EUA nesta quinta-feira (16) quando teve sérios problemas que fizeram ela voltar para o Brasil sem nem sair do aeroporto. Com as leis anti-imigração de Donald Trump, o cerco foi apertando-se para diversas pessoas que procuram o país para viver ilegalmente. Não que a Mulher Melão procurasse isso mas, um detalhe pode ter deixado as autoridades com dúvida sobre ela ao ser entrevistada no aeroporto em solo americano.

Mulher Melão é impedida de entrar nos EUA e volta apavorada para o Brasil


4

CHARGE - OPINIÃO OPINIÃO

Toninho Mindball

O Jornal A SEMANA é uma publicação semanal e independente. Distribuído gratuitamente em todo o estado de Massachusetts. Claudio Santos Presidente / Head of Operation

Pedro da Silva Diretor da Redação

Tania Jota Diretora Comercial

Diagramação Marcos Soares

Graphic Design Frederico J Dos Santos

Colaboradores Nivaldo Guedes

CARNE FRACA “Arroto” de Buraco Negro dos FrigorÍFIcos

Investimentos

Antônio Machado Ponto de Vista

Eliana Barbosa Alto Astral

Angela Cardoso Moda & Beleza

Central de Vendas Mônica Prado (617)863-7979 Claudio Santos (617) 417-6006 Escritório Central (617) 955 0043

Impressão Gráfica SMG

Distribuição Guerreiros da Rota DBA

Termos e Responsabilidades A responsabilidade pela qualidade dos produtos, serviços e promoções divulgadas nesse jornal é exclusiva dos anunciantes. As opiniões expressas em artigos publicados são de responsabilidade de autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. Os interessados em publicar seus artigos podem remeter o material para avaliação do editor chefe deste jornal através do email geral asemana@ME.com. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone (617) 417-6006.

A palavra “Ärroto” é um nome vulgar, frequentemente acompanhada de som característico, ocorre quando gases do estômago são expelidos através da boca. É o excedente de ar absorvida pelo organismo. Em diferentes culturas e épocas, arrotar durante e ao final de refeições públicas pode ser sinal de boa ou má educação. Mas, na verdade a expressão foi usada para identificar sinais através Telescópio espacial Hubble que identificou que a “Última ceia” ocorreu há pelo menos 6 milhões de anos: desde então, o buraco negro, só faz pequenos lanches. A expressão passou a ser utilizada, depois dos comportamentos das pessoas, inclusive o presidente Temer em um luxuoso restaurante paulista localizado no Itaim Bibi, em São Paulo, onde cumpria agenda que incluiu um encontro com vários advogados. Na oportunidade o apresentador Faustão, educadamente o Presidente Temer almoçou com Faustão que pagou a conta do presidente da República, Michel Se por um lado o fato do encontro não tem nenhum motivo em relação aos escândalos da operação “CARNE FRACA”, mas no cardápio com certeza foi um gesto inusitado de gentileza do Faustão, Continuando no assunto restaurante o O presidente Michel Temer convi-

dou os embaixadores dos países que mais importam carnes do Brasil para um churrasco em uma das casas mais frequentadas de Brasília (DF). O convite foi feito durante reunião no Palácio do Planalto neste domingo (19) para esclarecer que não há risco sanitário no produto nacional. Mas, a carne servida era importada, não nacional! No encontro, Temer tentou minimizar os resultados da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal. O presidente afirmou que, das 21 unidades frigoríficas envolvidas na operação, somente 6 exportaram nos últimos 60 dias. A carne continua fraca com ou sem arroto por parte do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, teria planos de erguer um MURO orçado em R$ 1,6 milhão para proteger o Palácio da Cidade, localizado em Botafogo, do Morro Dona Marta. As redes sociais pontuam que a primeira-dama Sylvia Jane teria ficado apreensiva com a proximidade da favela, que fica nos fundos do palácio. O edifício tem sido usado por Crivella como residência oficial. Se tratando de MURO o prefeito, com certeza vai ter apoio do Presidente Donald Trump (MURO MÉXICO) VS (MURO FAVELA). A carne do prefeito é fraca com certeza!

10 A 16 DE MARÇO DE 2017 Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

5 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


6

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

LOCAL

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM

Governo Trump estuda separar de suas famílias as crianças que atravessarem a fronteira ilegalmente

Foto: Rede Globo

“Esta medida visaria a desestimular a imigração irregular”, diz o Secretário de Segurança Interna Uma criança que entre nos Estados Unidos ilegalmente junto com seus pais poderia ser separada deles, se isso fosse descoberto pela polícia da fronteira. O Governo de Donald Trump estuda implementar essa medida, como mais um exemplo da estratégia do presidente republicano de adotar uma política de linha dura contra a imigração ilegal. “Para impedir mais movimentação nessa rede terrivelmente perigosa, estou avaliando exatamente isso”, admitiu nesta segunda-feira o secretário de Segurança Interna, John Kelly, em entrevista à rede CNN.

Com essa nova medida, as autoridades norte-americanas poderiam manter os pais sob custódia enquanto estes recorrem de seu processo de deportação ou entram com pedido de asilo. Os filhos ficariam sob os cuidados de serviços sociais enquanto se buscariam algum parente ou alguma família que quisesse acolhê-los. “As crianças seriam bem tratadas enquanto cuidássemos de seus pais”, explicou Kelly. Hoje, pais e filhos podem ficar juntos até três semanas sob a custódia das autoridades, e também permanecer nos EUA até que o caso da entrada ilegal no país seja resol-

vido. A Justiça decidiu, em julho do ano passado, que as crianças deveriam ser liberadas o mais cedo possível, mas não determinou que os pais também o fossem. Para aplicar a decisão, o Governo de Barack Obama definiu que pais e filhos não poderiam passar mais do que 21 dias em um centro de detenção de imigrantes. A mudança em estudo pela Administração Trump se dá em um momento em que esse tipo de imigração irregular está em seu auge. Entre outubro último e janeiro deste ano, cerca de 54.000 crianças e seus pais foram detidos pela polícia de fronteira norte-americana, quantidade mais do que duas

vezes superior à do mesmo período do ano anterior, segundo estatísticas mencionadas pela agência Reuters. Em 2014, os EUA receberam uma onda de menores de idade centro-americanos que viajaram ao país desacompanhados. Ainda como candidato à Casa Branca, Trump criticou a política em vigor, descrevendo-a como “deter e liberar”. Alguns políticos republicanos argumentam que muitas mulheres levam os filhos juntos em sua odisseia entre a América central e a fronteira norte-americana porque sabem que, se forem pegas, ficarão detidas por pouco tempo. Na entrevista, Kelly insistiu nesse ponto.

“Eu faria quase qualquer coisa para dissuadir as pessoas da América Central de entrarem nessa rede muito perigosa que os leva até o México e os Estados Unidos”, disse ele, referindo-se aos agentes que apoiam e muitas vezes abusam dos imigrantes em seu périplo rumo aos EUA em troca de um alto ganho financeiro. O ex-general, velho defensor da linha dura em matéria de imigração, disse que os serviços sociais têm uma “enorme experiência” no tratamento de menores desacompanhados. O Partido Democrata e diversas organizações sociais avaliam que a separação de pais e filhos poderia atentar contra os

direitos humanos e gerar traumas psicológicos permanentes. Questionado, na entrevista, se tinha consciência do quanto essa medida poderia afetar a imagem pública do país, Kelly respondeu: “O mais importante, para mim, é tentar afastar essas pessoas dessa rede terrível”. Em seu primeiro mês na Casa Branca, Trump gerou pânico entre os 11 milhões de imigrantes em situação irregular que se calcula haver nos EUA. Há duas semanas, o Departamento de Segurança Interna divulgou novas normas que abrem portas para que se realize a deportação de quase todos os imigrantes sem documentos.


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

7 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


8

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

COMUNIDADE

Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Empresa mineira de software conquista prêmio no MIT em Cambridge A Solides faturou o Crowd’s Award, oferecido pelo MIT. Dez startups da América Latina participaram da competição Fotos: Reprodução

Na old south church, trabalhadores, consumidores e ativistas falam dos riscos

Uma empresa mineira de Tecnologia da Informação conquistou um prêmio internacional, oferecido pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos. A Solides é especializada em software de mapeamento comportamental para gestão de pessoas. O prêmio foi o Crowd´s Award, na categoria popular. A outra categoria é a Early Stage, para startups em fase de ideação. A competição tradicional é realizada anualmente em Cambridge e seleciona as 10 melhores startups da América Latina. “Pra gente é uma enor-

me honra, e valida o trabalho que temos feito até aqui” - cita Alessandro Garcia, CEO da Solides. A empresa já teve seu trabalho evoluído também em Stanford e Berkeley no Vale do Silício, em Londres e Vancouver. Segundo Alessandro Garcia, atuar e validar o projeto nos principais polos de tecnologia no mundo é uma forma de trazer para o Brasil tecnologia de ponta em altíssimo nível. A empresa atende de pequenas a grandes empresas e, segundo avaliação dos usuários, 9 em cada 10 recomendariam o software a um amigo. Além do troféu,

a Solides ganhou um prêmio de US$5 mil. Mas muito melhor do que o premio financeiro, é o reconhecimento no MIT, afirma Alessandro Garcia: ‘’O prêmio valida o projeto pelo MIT, uma das melhores universidades do mundo, e com isso traz um respaldo e credibilidade muito grande que contribui pra penetração do produto no Brasil e também em breve no exterior.’’, diz o empresário. E conclui: ‘’Estamos crescendo mais de 10% mes-a-mes e sim duvida um premio do MIT contribui pra esse ritmo de progresso’’. Fonte: Estado Minas

Grupo Mulher Brasileira apoia decisão das Cortes e faz nova clínica legal Na quarta-feira, dia 29 próximo, às 18 horas, teremos mais uma sessão informativa legal com a advogada Nancy Kelly e o advogado John Wilshire O Grupo Mulher Brasileira está feliz, e mais aliviado, com a decisão das cortes federais de bloquear, temporariamente, a ordem executiva (OE) do Presidente Trump, que entraria em vigor dia 16 último A OE bane residentes de seis países, majoritariamente muçulmanos, de entrar no país e fecha o programa de refugidos por 120 dias. As Cortes, do Havaí e de Maryland, basearam-se em declarações do próprio Presidente quando em cam-

panha e após assumir a Casa Branca, e concluiram que a nova OE discrimina com base na religião, o que é proibido pela Constituição norte-americana. Em menos de dois meses de governo, a administração Trump já emitiu mais dw 16 ordens executivas reativas à imgiração, construção de um muro na fronteira do México, abolindo o Obamacare e agora submeteu ao Congresso um orçamento da União que militariza o país em de-

trimento de programas educacionais, de saúde, treinamento e empregos para jovens. Essa administração tenta aterrorizar a população, separar famílias, aniquilar com direitos civis, ao mesmo tempo que privilegia os mais ricos. O programa de saúde proposto pelos republicanos vai deixar sem sem seguro de saúde 24 milhões de pessoas nos próximos 10 anos, além de cobrar mais dos idosos e das pessoas com condições prévias de saúde.

O Grupo Mulher Brasileira lembra que o momento é difícil mas que a hora não é de desânimo, raiva ou para calar. Pelo contrário, a hora é de Resistência, de Luta e de consciência política. Saiba os seus direitos, A melhor forma de se proteger é estar bem informanda(o). Na quarta-feira, dia 29 próximo, às 18 horas, teremos mais uma sessão informativa legal com a advogada Nancy Kelly e o advogado John Wilshire. Aproveite

para tirar suas dúvidas e ficar bem informada. Esta sessão é para famílias recém-chegadas e com filhos que atravessaram a fronteira sozinhos. Jovens que nunca fizeram o DACA mas agora querem fazer, mães que querem passar a guarda dos filhos para amigos e parentes caso seja presa, quem tem corte marcada e tem medo de ir na Corte, quem se apresenta regularmente à imigração e está com medo de ficar presa. Traga do-

cumentos de imigração se os tiver. O Grupo Mulher Brasileira reafirma seu compromisso de lutar ao lado da comunidade pela dignidade de todos os imigrantes. Para informações como participar de quaisquer dos nossos programas, por favor, telefone para 617-202-5775. Heloisa Maria Galvão Brazilian Women’s Group - 697 Cambridge St. Suite 106 - Brighton, MA 02135 Ph 617-202-5775 www.verdeamarelo.org


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

9 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


10

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

IMIGRAÇÃO

Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Se a imigração vier : “Não abram a porta, não digam nada, não assinem nada” Detenção de indocumentado após deixar filha no colégio confirma piores temores sobre Governo Trump

Fotos: Da Redação

Pedaço de um resto de tapete utilizado por imigrantes para calçar os pés na fronteira com o México, em Lukeville (Arizona) É o pior pesadelo de uma família que tem um imigrante em situação irregular. Na terça-feira, um pai foi preso pela polícia de imigração dos Estados Unidos depois de deixar a filha de 12 anos no colégio. A prisão do mexicano Rómulo Avélica-González, de 48 anos, aconteceu em uma rua da zona leste de Los Angeles na frente da esposa e de outra filha, de 13 anos, que filmou a prisão de dentro do carro. Ela chora enquanto os agentes levam seu pai. As novas normas ditadas pelo presidente Donald Trump transformaram em alvo todos os imigrantes indocumentados. Nos últimos anos, apesar dos recordes de deportações, havia a sensação de que se um indocumentado não se envolvesse em problemas, o Governo Federal tinha outras prioridades. Não é mais assim. Em apenas um mês, Trump conseguiu fazer o medo se instalar nas comunidades de imigrantes nos Estados Unidos. Avélica-Gonzá-

lez tem antecedentes de condução alcoolizada e porte de documentos falsos. Mora há 25 anos nos Estados Unidos e tem quatro filhas, todas cidadãs norte-americanas, conforme a família contou à imprensa local. O mais inquietante de sua detenção é que ele não tinha feito nada além de sua rotina diária de deixar a filha no colégio. A prisão deve confirmar os piores temores de uma comunidade em que, nas últimas duas semanas, circulam rumores ainda não confirmados de que a polícia de imigração (ICE) está indo procurar os imigrantes em casa, nas escolas e nos hospitais. Não está claro se acontecerão mais prisões, ainda não há dados que permitam uma comparação com a época de Obama, mas já se percebe que os agentes da ICE estão fazendo coisas que não faziam antes. m lugares como Los Angeles, a cidade com maior número de imigrantes e onde se calcula que vivem um milhão de indocumen-

tados, esse ambiente de medo levou à mobilização de autoridades e associações para defender os imigrantes. Reuniões de orientação sobre o que fazer para escapar da polícia de imigração acontecem diariamente. No sábado, o presidente do Senado da Califórnia, Kevin de León, ele mesmo filho de uma imigrante mexicana, organizou uma reunião de moradores no centro de Los Angeles para tranquilizá-los em relação à política da Califórnia sobre os indocumentados e para que pudessem consultar advogados. Diante de mais de 200 pessoas sentadas sob um toldo, um advogado perguntava quantos estão nos Estados Unidos sem documentos ou têm familiares nessa situação. Mais da metade levantou a mão. De León começou dizendo que, na Califórnia, “não vamos levantar um dedo para ajudar a patrulha fronteiriça”. O senador está impulsionando uma lei que transformaria toda a Ca-

lifórnia em um Estado santuário, ou seja, cujas autoridades seriam proibidas por lei de compartilhar informação com a ICE. A situação criada por Trump também afeta as polícias locais. Os agentes que detiveram Avélica-González usavam coletes com a inscrição “polícia”. O prefeito da cidade pediu que parem de se fazer passar por policiais. Demorou décadas para construir uma relação de mínima confiança entre as forças de segurança e os moradores de bairros com forte presença de imigrantes. Em uma cidade como Los Angeles, com semelhante população indocumentada, a polícia teria um olho tapado se não pudesse contar com a colaboração e as denúncias de centenas de milhares de pessoas. Naquele dia estavam ali também o xerife do condado de Los Angeles, Jim McDonnell, e o sub-chefe da polícia local (LAPD) Robert Arcos. “Sou filho de imigrantes”, disse

McDonnell aos presentes, “entendo pelo que estão passando”. As forças da ordem “só podem ter sucesso se a comunidade nos apoiar. Se tiverem medo da polícia, todos seremos prejudicados”. McDonnell reiterou: “No condado de Los Angeles, a polícia e o xerife estão com vocês, para protegê-los.” “A polícia sabe que muitos de vocês têm medo e estão perdendo a confiança”, disse o sub-chefe Arcos. “Vou dizer alto e claro, a LAPD está aqui para proteger e servir”. Os ouvintes eram pessoas que, literalmente, têm medo de não voltar a ver seus filhos depois de deixá-los na escola. Ou crianças que têm medo de voltar para uma casa vazia. Como René G., de 33 anos, que mora há sete anos nos Estados Unidos. Vive em Watts, na zona sul de Los Angeles e naquele dia foi com a irmã e com a filha Stephanie, de quatro anos, para quem olhava enquanto dizia “eu sou seu apoio e ela o meu”. A prisão de Rómulo Avélica-Gonzá-

lez instalou o terror em pessoas como René. Um grupo de advogados deu conselhos aos imigrantes presentes. “Vocês têm direitos previstos na Constituição”, lembrou Luis Nolasco, da União Norte-Americana pelas Liberdades Civis (ACLU). Em um encontro com a ICE, “permaneçam calados, eles podem utilizar qualquer coisa que vocês disserem”. “Nunca assinem nada”, continuou. E, por último, se aparecerem em sua casa, “não abram a porta se não mostrarem uma ordem judicial”. Entre os conselhos que os advogados estão dando aos imigrantes irregulares há um especialmente doloroso. Comparecer a um cartório e nomear um tutor legal para seus filhos. Cerca de cinco milhões de menores de idade têm pelo menos um de seus pais em situação irregular, segundo um estudo do Migration Policy Institute citado pela Reuters. Fonte El Pais Inter


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

11 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

12

DESTAQUE Trump ligou para Temer neste sábado: saiba o que os presidentes do Brasil e dos Estados Unidos conversaram

Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Na mesma linha, o presidente Trump mencionou seu interesse em receber uma próxima visita do presidente Michel Temer aos Estados Unidos” Fotos: Da Redação

“O presidente Trump destacou a importância do nosso relacionamento bilateral com o Brasil, um dos nossos principais parceiros no Hemisfério Ocidental”, disse a Casa Branca. O presidente Michel Temer recebeu no sábado telefonema do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que mostrou interesse em receber uma visita do brasileiro aos EUA, disse o Palácio do Planalto em comunicado. De acordo com nota do Planalto, na conversa telefônica Temer e Trump falaram sobre as reformas em curso nos dois países e o presidente norte-americano demonstrou conhecimento das medidas que vêm sendo adotadas e cum-

primentou o colega brasileiro pelos resultados obtidos até aqui. “O presidente Michel Temer sublinhou que uma série de indicadores econômicos recentes permite afirmar que o crescimento da economia e do emprego já retornou. Enfatizou a importância de aprofundar uma agenda bilateral para o crescimento, baseada na expansão do comércio e do investimento”, afirmou a nota do Planalto. “Eles (Temer e Trump) acertaram man-

ter contato regular e deixaram abertos os canais diretos de diálogo, tendo estabelecido que voltariam a falar-se a qualquer momento em que se apresente questão de interesse mútuo. Na mesma linha, o presidente Trump mencionou seu interesse em receber uma próxima visita do presidente Michel Temer aos EUA.” O comunicado do Planalto afirma ainda que, por iniciativa de Trump, os dois presidentes discutiram “temas da atualidade re-

gional”. Em uma nota separada sobre as atividades de Trump no sábado e divulgada pela Embaixada dos EUA no Brasil, a Casa Branca não mencionou a manifestação de interesse em receber uma visita de Temer, mas classificou a conversa entre os dois presidentes como “proveitosa” e disse que ambos trataram da situação na Venezuela. “O presidente Trump destacou a importância do nosso relacionamento bilateral com o Brasil, um dos nossos princi-

pais parceiros no Hemisfério Ocidental”, disse a Casa Branca. “Os dois líderes concordaram em trabalhar juntos para promover o crescimento econômico no Brasil e nos Estados Unidos. Os líderes também discutiram a importância de incentivar assuntos relacionados aos direitos democráticos e humanitários na Venezuela.” A Venezuela vive uma grave crise econômica e política com desabastecimento de produtos e disputas entre o presi-

dente Nicolás Maduro e a oposição, que busca realizar um referendo revogatório do mandato presidencial. A crise levou o secretário-geral da OEA, Luís Almagro, a propor a suspensão da Venezuela da entidade por violação da cláusula democrática. A ideia conta com a simpatia do Ministério das Relações Exteriores brasileiro, disseram fontes diplomáticas à Reuters na semana passada. Fonte: Jornal Extra


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

13 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


14

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

DIVÃ DA BELEZA FLÁVIA LEAL

FLÁVIA LEAL INSTITUTE Empresária do setor de estética & Beleza

www.flavialeal.com A empresária carioca estudou pedagogia no Brasil e fez diversos cursos de maquiagem, estética, e outros na área de beleza, terminou a faculdade nos Estados Unidos e deu o pontapé inicial em um novo negócio: o Instituto Flávia Leal

Dicas da Semana

Drenagem Linfática , Modeladora e Redutora: Saiba a diferença

Fotos: Reprodução

Ah, as massagens! Muitos não sabem mas, elas ajudam em vários aspectos da saúde física e mental, e vai além do que apenas desfazer nódulos ou amenizar dores musculares. Fora esses benefícios, elas estimulam a circulação, devolvem a elasticidade da pele, melhoram a mobilidade, ajuda a curar trumas físicos, alivia o estresse e a tensão. A coluna da semana é para falar sobre as massagens mais procuradas nos últimos anos na área da estética corporal. Geralmente são confundidas, mas possuem objetivos distintos para o nosso corpo. Vamos entender então, a diferença básica entre cada uma delas: Drenagem Linfática: Utiliza movimentos suaves e rítmicos que estimulam o sistema linfático. Através dela, conseguimos a eliminação de toxinas acumuladas, aquelas que dão

aparência de inchaço no nosso corpo. Além disso, colabora com a oxigenação da pele e ativa o metabolismo, o que melhora um pouco o aspecto das celulites. Massagem Modeladora: É realizada com maior vigor e força nas mãos do que a Drenagem Linfática, e pode ser feita no corpo todo. Tem o objetivo de desenhar curvas e suavizar as celulites e acúmulos de gordura, melhorando a circulação sanguinea na região tratada. Durante a sessão, é comum o uso de produtos específicos com a finalidade de ajudar na queima de gordura . Massagem Redutora: Segue um ritmo mais acelerado do que as outras citadas, e usa movimentos de delizamento na região tratada. A massagem redutora se limita à áreas especificas como abdomên e culote, ou seja, áreas com maior concentração de gordura.

Quantas vezes fazer: Tudo depende do objetivo de cada um. O indicado é realizar a massagem escolhida pelo menos uma vez na semana, sempre dando continuidade no processo até chegar no resultado desejado. Procure sempre por especialistas na área para tirar dúvidas, e saber qual procedimento é o mais indicado para sua necessidade. Tornando-se um Profissional: Para atuar como massagista aqui no estado de Massachusetts é necessário ser licenciado em Estética ou Cosmetologia. Após realizado um destes cursos e adquirido a licença, o profissional tem a opção de se especializar não só na área da massagem, mas também em muitas outras. Esclareça suas dúvidas sobre a profissão no Instituto Flavia Leal localizado em Woburn ou em Everett. Nosso telefone é (781)995-4009.

Flávia Leal - Formada em Artes Liberais, Estética, Maquiagem, Cosmetologia e em diversos cursos na área da beleza, Flavia Leal inaugurou primeira escola de estética em 2010, seguida da Flávia Leal Nails Academy em 2011, da Esthetics Advanced School of Esthetics e o lançamento de sua linha de maquiagem em 2012. Durante esses anos Flávia também ministrou workshops de maquiagem, palestras motivacionais e de liderança nos Estados Unidos, Brasil e em alguns países da Europa, onde também recebeu prêmio por seu destaque como empresária. Em 2013 foi inaugurada a escola de cabeleireiros na cidade de Everett, e lançada oficialmente a marca Flavia Leal Cosméticos no Brasil, onde tem sido comercializada através de sistema de vendas diretas, gerando emprego para muitas famílias em sua terra natal.

Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

15

GUIA BOA MESA

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM

Oasis Restaurante & Oasis Bakery

373 Main Street - Medford, MA 02155 781.396.8337 / 781.396.8303

O tradicional nome Oasis de Medford oferece um restaurante com BBQ, bar completo e também uma padaria lanchonete ao lado. A clientela fiel a opção de uma tradicional churrascaria brasileira seguindo os conceitos de qualidade com excelentes produtos e preços baixos. O ambiente agradável com espaço aconchegante e atendimento personalizado logo atraiu uma grande clientela brasileira e americana ampos abertos ate as 10pm.

Terra Brasilis 14 anos de tradição

480 Shrewsbury St, Worcester, MA (508) 752-0390

Quem não gosta de relembrar os sabores brasileiros tendo um cardápio especialmente elaborado? Se a comida tiver ingredientes mineiros e um mix de sabores, melhora ainda. Com dois restaurantes em Framingham, Bridgeport(CT) e agora também em Worcester o rede Terra Brasilis tem um cardápio específico para cada dia da semana, com 60 funcionários treinados para um atendimento personalizado. Venha conferir!

Oliveiras Restaurante East Boston

297 Chelsea St, East Boston, MA 02128 (617) 561-7277

No Oliveira’s Restaurante de East Boston você vai saborear um delicioso churrasco e aquela comida tipicamente caseira. Venha e traga sua família para curtir momentos agradáveis em um ambiente aconchegante, com bar completo e telões ligados na programação brasileira. Desde já convidamos você para vir conhecer de perto o que ingredientes gastronômicos refinados agregados à experiência no ramo da culinária têm a oferecer.

Na mão, um roteiro de gastronomia

142 Slade Street, Belmont, MA (617) 417-6006

Seu restaurante pode e deve participar efetivamente do GUIA BOA MESA e tornar-se uma indicação de destaque na mídia. Hoje, além de dispor de uma estrutura competente, o GUIA BOA MESA está ampliando seu trabalho e modernizando ainda mais os seus serviços, para poder oferecer aos seus clientes o que há de mais avançado em divulgação em redes sociais e no portal do jornal A SEMANA ( jornalasemana.com).

Brazilian Grill-Hyannis & N.Dartmouth

680 Main Street - Hyannis, MA 464 State Rd.-N.Dartmouth, MA

A churrascaria Brazilian Grill de Hyannys e N.Dartmouth (MA) reúne o melhor da comida mineira, churrasco gaúcho e o típico tempero brasileiro, com centenas de opções. Ambiente estrategicamente planejado, carnes selecionadas, equipe treinada e clima brasileiro do mais alto padrão. Os restaurante já são referência na região, a primeira churrascaria foi inaugurada há 16 anos em Hyannis (MA). Reservas (508) 771-0109

Labaredas sob nova administração

500 Boston Post Rd. Marlboro, MA (508) 281-6555

O Labaredas Restaurante, um dos melhores representantes da culinária brasileira no estado, serve churrasco e buffet em Marlborough e tem notado a crescente demanda por reservas para as festividades de fim de ano. Aberto todos os dias de 11 da manhã até às 8 da noite (aos domingos de meio dia às 5 da tarde) procura manter o preço acessível e otimizar o serviço sempre, e com ambiente bem arejado e climatizado. O Melhor da região!

Panela de Barro é comida caseira

229 Newton St, Waltham, MA (781) 209-1888

Para você que adora comida caseira então venha conhecer o ‘Panela de Barro’, servindo a comunidade brasileira desde 2000 tem como objetivo em oferecer aos seus clientes a qualidade e o sabor tradicional da comida mineira. Ambiente familiar com um Buffet e churrasco todos os dias da semana, sucos naturais, refrigerantes e uma variedade de sobremesas. Venha se juntar a nós para o almoço ou jantar e matar a saudade de Minas.

Brazilian Steak House em Woburn

290 Main Street - Woburn, MA (781) 376-0030

Uma experiência como nenhuma outra. Sentar, relaxar e desfrutar da atmosfera. A Brazilian Steak House Churrascaria Rodeo em Woburn oferece o famoso rodízio brasileiro, bar completo e um cardápio completo com de marisco, uma variedade de aperitivos, legumes frescos e pastas. Uma excelente alternativa para o jantar fino tradicional ou para festas privadas, de 20 a 100 pessoas. Aberto de 4-10pm. Seja bem vindo!


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

16

PUBLICIDADE

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

17

PUBLICIDADE

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM

PASSAPORTE MOVEL Vamos até você para renovar seu Passaporte


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

18

PUBLICIDADE

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

ALTO ASTRAL FIQUE DE BEM COM A VIDA ELIANA BARBOSA Escritora / Apresentadora

www.elianabarbosa.com.br

O LADO BOM DAS COISAS RUINS Quando tudo começa a dar errado em nossas vidas, a tendência é desesperar ou até mesmo desistir. Porém, desespero e desistência só nos deixam mais abalados e inseguros. Eis aqui, então, 7 atitudes para que você aprenda a enxergar o lado bom das coisas ruins e, assim, fazer do ‘limão’ uma ‘deliciosa limonada’: 1. Nada de drama e aflição! Respire fundo, tome um banho relaxante, faça uma prece, e dê um tempo para os fatos se acalmarem, antes de tomar qualquer decisão. 2. Evite a reclama-

ção e a revolta, porque elas só fortalecem seus problemas. 3. Tenha em mente que toda dificuldade traz a semente de um grande benefício. Portanto, ao invés de ficar focado em seu infortúnio, foque na pessoa melhor que você está se tornando, ao superar tais desafios. 4. Procure se lembrar de situações difíceis do passado e de como você amadureceu depois das “tempestades”. 5. Busque se inspirar e ganhar coragem com casos reais de superação, em livros, filmes, ou mesmo em grupos de

apoio. 6. Use seu poder mental para pensar e, sobretudo sentir, que tudo já está resolvido, e seja grato por isso. Agradecer por antecipação cria a realidade que você quer! Portanto, mesmo que ainda não seja real, diga e repita: Sou feliz e grato por tudo estar bem em minha vida! 7. E da próxima vez em que for planejar algo, considere também o “Plano B”, ou seja, uma alternativa, uma saída para o caso de algum projeto não dar certo. Isso irá lhe proporcionar mais segurança e autoconfiança!

Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento, apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos.

19 Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


20

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

ESPORTE

Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

“E se o Bruno fosse seu filho?”, diz diretor do Boa sobre contratação

Fotos: Reprodução

O jorgador dividiu a opinião da cidade de Varginha Roberto de Moraes, diretor do Boa Esporte, concedeu entrevista ao Fantástico para repercutir a contratação de Bruno. Condenado em primeira instância a mais de 22 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e cárcere privado no caso Eliza Samudio, o goleiro foi

apresentado e se recusou a falar sobre o caso que o deixou detido por quase sete anos. Questionado pela reportagem sobre qual seria sua atitude se a vítima fosse sua filha, o cartola respondeu: “O meu pensamento é o seguinte. E se o Bruno fosse seu filho?”, rebateu Roberto de Moraes. “A gente sabia da

dificuldade. É um jogador de alto nível que estava aí no mercado para ser contratado”, completou. Bruno foi condenado em 2013 por um júri popular, só que recorreu da decisão. O STF entendeu que ele estava em prisão preventiva sem “justa causa” e, por isso, o liberou para aguardar o julgamento em segunda ins-

tância em liberdade, o que permitiu o acordo com o Boa Esporte. A reportagem do Fantástico mostrou que a contratação de Bruno dividiu a cidade de Varginha. Nas ruas, moradores, especialmente mulheres, se opuseram à chegada do goleiro. No estádio do clube, porém, a ampla maioria manifestou apoio.

O goleiro bruno com a camisa do Boa Esporte

Galo só tem um rival na busca por campanha perfeita nos campeonatos estaduais Somente dois clubes, entre os que integram a Série A do Campeonato Brasileiro, ainda têm chances de alcançar uma conquista perfeita de campeonato estadual em 2017. Atlético e Vitória são os únicos times com 100% de aproveitamento. No Campeonato Mineiro, passadas oito rodadas da fase de classificação, o Galo é líder isolado com 24 pontos, quatro a mais que o rival Cruzeiro. No sábado passado, o time foi até Divinópolis e derrotou o Tricordiano por 2 a 1. O triunfo valeu a classificação antecipada às semifinais do Campeonato Mineiro. Antes, o Alvinegro havia vencido AméricaTO (1 a 0), Tombense (3 a 0), Uberlândia (3 a 0), América (4 a 1), Democrata (3 a 2), Villa Nova (2 a 1) e Tupi (4 a 0). Com a vaga assegurada, o Atlético tem um objetivo claro nas três rodadas restantes: ratificar o primeiro lugar na classificação

para ter vantagens nas fases finais. “Esse é o objetivo. A gente vem tentando manter essa liderança, vem conseguindo, fazendo bons jogos. Faltam poucas rodadas. Qualquer tipo de diferença na fase seguinte é importante. Vamos atrás dessa vantagem”, destaca o lateral-esquerdo Fábio Santos. O clube de melhor campanha na fase de classificação garante o direito de jogar na semifinal por vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols ou por dois empates, além de decidir em casa a partida de volta. Se avançar à decisão, o time tem as mesmas vantagens. “Nosso intuito é terminar em primeiro lugar para decidir em casa e tirar proveito da vantagem. Vamos jogo a jogo, tem um clássico ainda”, alerta o atacante Luan. No dia 1º de abril, Atlético e Cruzeiro fazem o duelo que pode ser decisivo para a definição da liderança do campeonato.


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

ESPORTE

21 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM

Seleção treinará em Itaquera e Morumbi para as Eliminatórias da Copa Em 1º reencontro após 7 a 1, Brasil fará amistoso com Alemanha em março de A Seleção Brasileira passará pela Arena de Itaquera e o Morumbi, estádios de Corinthians e São Paulo, na próxima semana. O time de Tite, porém, irá apenas realizar treinamentos nos locais visando os jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia. Antes das atividades nos estádios, porém, a Seleção passará pelo CCT do São Paulo, na Barra Funda, e CT Joaquim Grava, do Corinthians. O Brasil se apresenta no domingo, dia 19, e faz o primeiro trabalho em campo no dia seguinte, no Centro de Treinamento corintiano. Já no dia 21, o treino será no CT do São Paulo, na Barra Funda. Neste mesmo dia, às 21 horas, a delegação em-

barca do Aeroporto Internacional de Guarulhos para Montevidéu, local do confronto com o Uruguai. O jogo contra o Uruguai está marcado para o dia 23 e, na véspera, a Seleção Brasileira fará uma atividade no Estádio Centenário, com um reconhecimento do gramado. A Seleção retorna ao Brasil na madrugada do dia 24 e, no dia 25, aí sim, realiza um treino aberto para a torcida no Estádio do Morumbi. No dia seguinte, domingo, será vez do estádio do Timão receber o treino, mas com portões fechados. Por fim, na véspera do jogo entre Brasil e Paraguai, terça-feira (28) na Arena de Itaquera, a Seleção fará mais um treinamento novamente no local da partida.

Fotos: Reprodução

Tite treinará uma equipe em Itaquera mais uma vez


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

22

BRASIL Carne Fraca: BRF e JBS caem na Bolsa com suspensão de importações Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

A União Europeia e a Coreia do Sul afirmaram que as empresas que estão envolvidas na Operação Carne Fraca terão importações suspensas Foto: Reprodução

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta sexta-feira (17) a Operação “Carne Fraca” para combater o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura em um esquema de liberação irregular de licenças para frigoríficos As ações da BRF e da JBS caíam nesta segunda-feira (20) na Bolsa. Por volta das 11h30, os papéis ordinários da BRF recuavam quase 5%, cotados na casa dos 35 reais. Já as ações da BRF tinham queda de 1,3%, negociadas por 10,58 reais. O mercado repercute as notícias de que a União Europeia e o Ministério da Agricultura da Coreia do Sul irão suspender temporariamente a venda de carne e frango do Brasil. A Comissão Europeia afirmou que está monitorando as vendas de carne de todas as empresas envolvidas na Operação Carne Fraca, deflagrada na última sexta-feira, pela Polícia Federal. Disse ainda que as importações serão suspensas.

“A Comissão garantirá que quaisquer dos estabelecimentos implicados na fraude sejam suspensos de exportar para a UE”, disse um porta-voz da Comissão Europeia em coletiva de imprensa regular. O Ministério da Agricultura da Coreia do Sul também afirmou que irá banir temporariamente as vendas de produtos da BRF. Disse ainda que intensificará a fiscalização de carne de frango importada do Brasil e exigir que os fornecedores enviem um certificado de saúde emitido pelo governo brasileiro.

Na Bolsa As ações da BRF e da JBS foram fortemente impactadas na Bolsa com a Operação Carne

Fraca. Na sexta-feira, as ações da BRF fecharam em queda de 7,25%, enquanto a JBS fechou em baixa de 10,58%. A dona da Friboi perdeu 3,456 bilhões de reais em valor de mercado em um único dia. A BRF ficou 2,31 bilhões de reais menos valiosa.

Esclarecendo os fatos No sábado, a BRF divulgou uma nota com esclarecimentos sobre a operação da Polícia Federal. A empresa explicou que a produção de carne de frango e peru na cidade goiana de Mineiros, fechada pelo Ministério da Agricultura após a operação, responde por menos de 5% o da produção da compa-

nhia. Ressaltou que a fábrica interditada tem três certificações internacionais e “está habilitada para exportar para os mais exigentes mercados do mundo.” A BRF negou que há papelão em seus produtos. Disse que houve um grande mal entendido na interpretação do áudio capturado pela Polícia Federal, já que o funcionário estava se referindo às embalagens do produto e não ao seu conteúdo. Em relação as acusações de corrupções, disse que não compactua com práticas ilícitas e refuta categoricamente qualquer insinuação em contrário. “Ao ser informada da operação da PF, a companhia tomou imediatamente as medidas necessárias para a apuração

dos fatos. Essa apuração será realizada de maneira independente e caso seja verificado qualquer ato incompatível com a legislação vigente, a BRF tomará as medidas cabíveis e com o rigor necessário. A BRF não tolera qualquer desvio de seu manual da transparência e da legislação brasileira e dos países em que atua.” Por fim, negou que comercializou “carne podre” e explicou que as menções a produtos fora de especificação, no âmbito da operação Carne Fraca, dizem respeito a outras empresas.

O que diz a JBS A JBS também se posicionou afirmando que

não tolera qualquer desvio de qualidade nos seus processos industriais. Em comunicado divulgado ressaltou que as fábrica são anualmente auditadas por missões sanitárias internacionais e por clientes. Disse ainda que no despacho da Justiça Federal não há qualquer menção a irregularidades sanitárias ou à qualidade dos produtos da JBS e de suas marcas. “Os lamentáveis casos citados na imprensa sobre produtos adulterados não envolvem nenhuma das marcas da JBS. Nenhuma planta da JBS foi interditada pelas autoridades. Publicado pela Exane Mercardo/Karla Mamona


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

23 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


24

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

POLICIA

Edição # 664 Edição # 540 WWW.JORNALASEMANA.COM asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Americano é inocentado após ficar 32 anos preso por crime que não cometeu

Estive preso por 32 anos, três meses e 14 dias. Faz tanto tempo, Wilson disse à CNN Foto: Reprodução

Um homem foi libertado depois de mais de três décadas preso por um crime que não cometeu. Andrew Leander Wilson foi detido com 30 anos, condenado por assassinato e, agora, com 62, ele é um homem livre. A liberdade veio após um grupo de advogados e estudantes de uma faculdade de Direito encontrarem novas informações sobre o caso, que mostravam que provas favoráveis a Wilson não vieram à luz na época de seu julgamento. Wilson passou metade de sua vida na prisão. Ele perdeu as datas especiais, formaturas e até o nascimento de sua neta, mas ele disse que não

está triste. Estive preso por 32 anos, três meses e 14 dias. Faz tanto tempo. Wilson disse à CNN. É passado. Eu só quero comer algo agora e amar minha família. Os advogados e alunos de um projeto para inocentes na Loyola Law School trabalharam para trazer novas informações sobre o caso. Eles descobriram que a acusação tinha retido informações sobre a testemunha principal durante o julgamento do assassinato. A juíza da Suprema Corte Laura Priver decidiu que Wilson tinha sido privado do seu direito a um julgamento justo, destituindo sua condenação e ordenan-

Andrew Leander Wilson

do sua soltura imediata. Um dia depois, Wilson estava livre. O americano foi preso pelo esfaqueamento de um homem de 21 anos em 1984. O jovem estava dormindo em seu caminhão quando foi fatalmente apunhalado. Sua namorada Saladena Bishop também estava no veículo. De acordo com o Projeto para os Inocentes, a namorada da vítima só reconheceu Wilson como culpado após um policial apontar para a sua foto e perguntar: “é ele?”, o que poderia ter influenciado a resposta da testemunha. Depois do julgamento, os policiais consideraram o depoimento de Sala-

dena pouco confiável, porque, em ocasião anterior, ela já havia preenchido um falso relatório policial acusando uma pessoa de sequesto e tentativa de estupro. Mais tarde, um amigo da garota ainda revelou ao promotor de Justiça que ela mesma já havia esfaqueado seu namorado no passado, levantando suspeitas de que Saladena poderia ser a assassina. A Loyola Law School disse que nenhuma dessas evidências foram entregues ao advogado de defesa de Wilson. Fonte: Jornal o Globo G1


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

25

POLICIA

Indiano é assassinado e outro ferido por suposto crime de ódio Autor gritou ‘saiam do meu país’, acreditando que as vítimas fossem do Oriente Médio, de acordo com jornal Foto: NOAH SEELAM / AF

Pai mostra foto de Alok Madasani, que ficou ferido em ataque americano matou um indiano e feriu um outro durante um tiroteio no estado do Kansas, na quarta-feira (22). No momento do ataque, o autor gritava “saiam do meu país”, acreditando que as vítimas fossem do Oriente Médio. Os dois homens - um deles vivia nos Estados Unidos há mais de uma década - foram baleados em um bar nos arredores de Kansas City, na noite de quar-

ta-feira (22), segundo o jornal The Kansas City Star. As autoridades dos Estados Unidos investigam o caso como um crime de ódio. O ataque comoveu a comunidade indiana dos Estados Unidos. No ataque, morreu Srinivas Kuchibhotla, de 32 anos, enquanto Alok Madasani, da mesma idade, ficou ferido. Ambos trabalhavam como engenheiros de sistemas de aviação no fabricante de GPS

Garmin. As autoridades prenderam um homem chamado Adam Purinton, de 51 anos, que teria dito às vítimas “saiam do meu país” antes de atirar, completou o jornal. O caso ocorreu em meio a uma atmosfera tensa nos Estados Unidos, no qual cresce a quantidade de delitos xenófobos nos últimos meses desde a campanha presidencial e a eleição de Donald Trump.

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

26

PUBLICIDADE

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


27 27 27

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

BIZARRAS

Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Eslovênia; Terra natal da mulher de Trump fabrica salame com rosto da primeira dama Melania não tem gostado muito da história e está processando os produtores que usam seu nome sem sua aprovação Foto: reprodução

A Eslovênia está tentando lucrar ao máximo com a filha ilustre da terra Melania Trump

A Eslovênia está tentando lucrar ao máximo com a filha ilustre da terra Melania Trump, primeira-dama dos Estados Unidos. Agora, o país do Leste Europeu lançou uma série de produtos com o rosto da mulher de Donald Trump. Um deles é um salame feito com carne de uma raça rara de porcos criados na região próima de onde Melania nasceu. Além disso, uma série de chocolates, cremes de beleza e vinhos foram feitos com o nome da primeira-dama. Me-

lania não tem gostado muito da história e está processando os produtores que usam seu nome sem sua aprovação. Um funcionário do Castelo Sevnica, local de fabricação do tal salame, afirmou que não vê problemas em “homenagear” a primeira-dama americana. “Nós fazemos bons vinhos, uns dos melhores salames e nossos produtos são ótimos”. Não temos medo ou vergonha de oferecê-los a um público maior, disse Rok Petancic à revista Time.


28

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

FAMOSOS

Edição # 613 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Juliana Paes sobre beleza: ‘Nunca farei grandes intervenções’ A atriz conversou com a imprensa na coletiva de ‘A Força do Querer’ na terça-feira, 14, e disse que cuidar da imagem ‘não é um fardo’ Juliana Paes será Bibi Perigosa na nova novela das nove, “A Força do Querer”. Em conversa com a imprensa na coletiva da trama na terça-feira, 14, ela falou sobre beleza, a boa forma invejável e os looks estilosos que

Juliana Paes Atriz e modelo famosa nas telenovelas

Imagem não é um fardo

Bem-resolvida, ela diz que a imagem não é um peso. “Eu não carrego isso como um fardo. Acho que faz parte do meu trabalho, mas me permito sair sem maquiagem em lugares em que isso não é exigido de mim. Levo meus filhos na escola de cara lavada. A minha vida é normal. Não acho que é um fardo ou grande obrigação. Me considero uma mulher como outra qualquer. Talvez tenha mais acesso às ferramentas de beleza, ao que há de mais novo

Foto: reprodução

em maquiagem, tecnologia e cremes, mas não me acho diferente de nenhuma outra mulher. Tenho meus dias de acordar com o olho inchado, de estar me sentindo feia, sou 100% como outro mulher. Me acho mais bonita do que quando vivi a Ritinha (primeiro papel da atriz em novelas em ‘Laços de Família’). Vejo fotos e me acho bochechuda. Também acho que estava com a sobrancelha muito fina... Por que que ninguém me falou isso (risos)?”, brincou.

usa. A atriz contou que sente que se aprimorou com o tempo: “Me sinto tão mais preparada agora, tão mais capaz, e me sinto lidando com isso de uma maneira muito saudável. Acho que quando você envelhece diante dos olhos do

público, na TV, precisa ter muito cuidado. A minha profissão tem essa demanda. Preciso cuidar do meu corpo, do meu rosto, isso está embutido na minha rotina e eu pretendo continuar assim. Me cuido, faço atividade física,

passo creminho aqui e alí, mas acho que nunca farei grandes intervenções porque sou contra. Cada um tem que fazer o que faz feliz, mas para quem está na TV o cuidado tem que ser maior”. Fonte EGO


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

29

CLASSIFICADOS

URGENTE!!! Vende-se apto pronto em Goiânia URGENTE!!! 2 Qtos, 1 suite, garagem sala com sacada. Entrada de R$ 40,000.00, saldo devedor de apenas R$ 175.000,00. Ótima localizaçao. Ligar para (201) 960 8228 ou (404) 4626215.

Medford - Casa com 2 quartos, sala grande, quintal, lareira, cozinha c/ lava pratos e triturador de comida. Recém-reformado $1,750. 00 tudo incluído. Disponível em 1 de agosto. Ligar para Sr. Gilberto (617) 799-6711 (#630) Everett - Aluga-se um apartamento no primeiro andar para família. 4 quartos, lavadora e secadora, vaga no driveway para 1 carro e sistema de segurança monitorado por câmaras. valor: $ 2,500.00 + depósito.(617) 461-3987 (#630) Everett - Alugo um quarto grande em casa de recem reformada somente para mulher . Todas as utilidades incluidas com Globo, Internet. Maquina de lavar e secar e vaga na garage. $1200.00 Ligar para 617-461-3987 (#609)

VENDE-SE Vendo um lindo sofa e um love seat de cor vermelha, em bom estado. $ 600.00. Contatos: 617-461-3987 Dodge Dakota 2003 - Pickup 4 portas, 6 cilindros, 4x4, auto, bom estado de conservação dentro e fora ligar (617) 932-1344 (#630)

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM

URGENTE

Higienista dental e Recepcionista para trabalhar em Framingham em consultório dentário é preciso conhecimentos básicos de computador e falar inglês e português e ter boa comunicação. Favor Enviar suas informações para o email:

sumbuln@gmail.com

CONTRACT FRAMING BUILDERS Empresa brasileira no ramo de construção com grande volume de trabalho o ano tudo, oferece oportunidade para profissionais na área de framng. Os interessados devem ligar para (781) 874-2032 (#638)

Diamond Blades - Temos todos os tipos de blades que voce necessita da melhor qualidade. Ligue hoje ou mande email para mais informações. Podemos enviar para qualquer lugar- (855) 925-2337 Elimine Rugas em minutos - Tenho para venda todos os produtos da Jeunesse e principalmente o poderoso produto para eliminar rugas em minutos o Instantly ageless da jeunesse / Adilson Whatsapp 1 571 225 2072 - Por favor envie mensagem de texto ou por whatsapp antes de ligar . Oferta de trabalho em fabrica de bolo - Fabrica em Chelsea, esta buscando por homens ou mulheres nos turnos da manha, da tarde e da noite. Insteressados , favor ligar para Andre no telefone 671-8461565 extencao 240. / Andre Andrade


30

DIVERTIR

10 A 16 DE MARÇO DE 2017 Edição # 664 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

31 Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM


32

10 A 16 DE MARÇO DE 2017

PUBLICIDADE

Edição # 664 WWW.JORNALASEMANA.COM

A SEMANA - The Brazilian Newspaper  

17 a 23 de Março de 2017

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you