Issuu on Google+

Edition #393

THE BRAZILIAN NEWSPAPER

Edition #535

jornalasemana.com

29 de Março a 3 de abril de 2014

PROTETOR DO MESSI

QUERO TRABALHAR

Biografia de Messi diz que R10 era um ‘pai’ para o craque

Peladona de Congonhas ‘protesta’ por falta de emprego

Valor econômico ESPORTES 19

Reforma migratória reduziria déficit em US$ 900 bilhões

Internet

FOFOCAS 28

Mexicanos tentam entrar nos país dentro de caixa e são pegos por cães farejadores LOCAL 4

Por que investir em imóveis continua sendo um excelente negócio? LOCAL 14

Cliente diz que foi chamado de ‘idiota’ em SMS enviado pela operadora Oi LOCAL 23

Área de busca do avião da Malásia é alterada após nova pista LOCAL 25

Recém-casada que empurrou marido de penhasco é condenada a 30 anos de prisão LOCAL 24

Imigrantes continuam a acreditar numa reforma imigratória para 11 milhões de pessoas

LOCAL 3

Revendedora da Toyota investe na comunidade brasileira A Mcgee Toyota já esta no mercado de automóveis a mais de 25 anos. Com uma equipe sempre dedicada a fornecer produtos de qualidade e excelente atendimento. Hoje conta com uma equipe de funcionários profissionais e entre eles alguns brasileiros. INSIDE 11

La casa del Chicharron: 40 nacionalidades dão tempero a pratos da culinária caribenha A variedade das comidas preparadas no restaurante La Casa Del Chicrarron é um reflexo direto das mais de 40 diferentes nacionalidades das populações que colonizaram o Caribe. O prato típico mais popular são as cotelas de porco preparadas de uma maneira bem exótica para o nosso paladar. BUSINESS 8


2

PUBLICIDADE

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

3 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006

LOCAL

Reforma migratória reduziria déficit em US$ 900 bilhões Em 20 anos, reforma migratória reduziria o déficit dos EUA em US$ 900 bilhões, segundo Escritório de Orçamento do Congresso

O Escritório de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos (CBO, na sigla em inglês) informou na terça-feira que a reforma migratória apresentada pelos legisladores democratas na Câmara dos Representantes reduziria o déficit do país em US$ 900 bilhões em um período de 20 anos. O escritório orçamentário, um órgão não partidário, estima que a aprovação de

tal texto poderia representar uma economia de US$ 200 bilhões somente na primeira década. Essa previsão anunciada hoje supõe que o projeto de lei aumentaria a população dos EUA em 10 milhões de pessoas em mais de uma década, enquanto outros 8 milhões de imigrantes ilegais teria sua situação legalizada. Ao contrário do texto aprovado pelo Senado em junho passado, uma medida também bipartidária, o projeto de lei estudado pela CBO não considera os US$ 38 bilhões que contempla o texto da câma-

ra alta para segurança fronteiriça. Após conhecer os dados do escritório orçamentário, o líder da minoria democrata da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, reiterou que a reforma migratória é uma “legislação sensata”, pela qual o país pode “aumentar os salários”, assim como “estimular a inovação e criar novos postos de trabalho”. “Podemos levar nosso sistema quebrado de imigração em linha com nossa história e nossos valores: a segurança de nossas fronteiras, a proteção de nossos trabalhadores, a união de nossas

Joe Raedle/AFP

Jovens imigrantes nos EUA: a aprovação do projeto poderia representar uma economia de US$ 200 bilhões somente na primeira década

famílias e a criação de uma via para obter a cidadania”, acrescentou Pelosi. A legisladora, no en-

tanto, lamentou que, “apesar dos enormes benefícios” econômicos e do “arrasador apoio” do povo ameri-

cano à reforma, os republicanos continuem bloqueando a votação de uma reforma migratória integral.


4

LOCAL TRANSAMERICA BOSTON

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM

Mexicanos tentam entrar nos país dentro de caixa AP

A descoberta foi feita por um cão farejador da equipe de patrulha da fronteira do México com a Califórnia

Jornalista Diogo Luz é o novo integrante da “TRANSAMÉRICA BOSTON 1570AM Diogo Luz é jornalista e iniciou a carreira como repórter da editoria de Política & Justiça do jornal Diário da Manhã, cobrindo o governo de Goiás. Atuou por seis anos no Senado Federal acompanhando o dia-adia do coração político do Brasil. Também foi diretor de jornalismo da Rádio 730, a maior em audiência na categoria do país.

Oficias que faziam a patrulha da fronteira do México com a Califórnia encontraram três imigrantes mexicanos dentro de uma caixa de madeira que estava dentro de uma van que foi parada no ponto de inspeção. A descoberta só foi possível porque um cão farejador detectou algo estranho quando o veículo foi inspecionado perto da cidade de Indio, em Coachella Valley, Califórnia. Os policiais suspeitaram que havia algo de errado quando encontraram um compartimento sob o leito do veículo, que guardava uma

A polícia encontrou 3 imigrantes mexicanos dentro de uma caixa depoisd e encontrar um conmparimetno suspeito debaixo de um dos leitos do veículo

caixa de madeira. A tampa muito bem parafusada do objeto causou ainda mais desconfiança nos guardas. Os homens, de nacio-

nalidade mexicana, tinham 17, 19 e 21 anos. O motorista e a passageira, que são cidadãos americanos, foram presos por suspeita de tráfico de imi-

grantes. Dois milhões de imigrantes foram deportados durante a administração de Barack Obama até agora.


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

IMIGRAÇÃO ÚLTIMA NOTÍCIAS MICHELE DA SILVA Advogada - Defesa Criminal e Imigração

www.lawdasilva.com (551) 265-4395

Devo entrar em um acordo no meu processo criminal? Você sabia que é você, o acusado (Defendant), que decide se levará o seu processo criminal a um julgamento ou irá declarar-se culpado em troca de um benefício pelo promotor? No entanto, seu advogado criminalista pode e deve ajudá-lo a tomar essa importante decisão. Em um processo criminal no tribunal distrital, o acusado pode entrar com as seguintes três posições: não culpado, culpado, ou, com o consentimento do juiz, não contestar (nolo contendere.) Após se apresentar como não culpado, o acusado também poderá admitir fatos suficientes para justificar sua inocência. As leis exigem que o acusado que entra em um “acordo”, ou seja, não leva o caso para o julgamento, ou não contesta (nolo contendere), e ao invés disso admite sua culpa, deve estar ciente se ele ou ela não é um cidadão americano, uma afirmação dessas pode ter a consequência de deportação, exclusão de admissão para entrar nos EUA, ou negação de naturalização. A lei tambem exige que o seu advogado criminalista lhe informe das consequências imigratórias da sua convicção penal. Obtenha por escrito do seu advogado quais serão as consequências imigratórias. Consequência de um Acordo (Plea Bargin) Para aqueles que são ilegais ou que têm um cartão verde, um acordo criminal pode ter consequências severas como a detenção pelo ICE (Immigration and Customs Enforcement) e,finalmente, a deportação. NÃO ENTRE em um acordo sem saber exatamente quais serão as conseqüências colaterais imigratórias do seu acordo. Se você sentir que seu advogado não é bem esclarecido na área de imigração,não deixe de consultar uma advogada especializada na área de imigração antes de aceitar qualquer acordo. Tome cuidado com advogados que lhe respondem, “não deve haver problemas”. Pergunte quais serão todas as possibilidades com respeito ao seu processo imigratório, mesmo que o seu advogado não acredite que o acordo terá efeitos negativo para o seu caso. É difícil imaginar o porque do acusado se declarar culpado, ao em vez de atribuir fatos suficientes para alegar sua inocência. Às vezes,o promotor exige uma declaração de culpa em troca de uma redução penal. Outras vezes, o promotor exige culpa antes de entrar em uma recomendação de uma sentença reduzida pelo juiz. Os acusados muitas vezes preferem admissões como uma forma de resolver o caso sem ter que levar o caso para o julgamento ou sem ter que admitir atual culpa. O objetivo da negociação é chegar à disposição mais favorável para o acusado para que ele ou ela possa inteligentemente decidir se quer levar o caso para o julgamento ou quer dispor do caso mais rapido. A definição de favorável depende do indivíduos. Uma pessoa pode estar mais preocupada com a quantidade de tempo que terá de servir na cadeia, enquanto outra pode estar mais preocupada com os atuais cargos criminais que ele ou ela terá quando se declarar culpado. Na maioria das vezes, um acusado que

tem a intenção de se declarar culpado ou admitir a fatos suficientes para evitar prisão. Um acordo pode prever alternativas à prisão, como liberdade condicional, pena suspensa, tratamento de saúde mental, ou tratamento para abuso de drogas. Você pode se surpreender ao saber, mas tudo é negociável, incluindo as condições de liberdade condicional ou de uma pena suspensa. Sentenças Aumentada Será que um cliente saiba que enfrentar a perspectiva de uma sentença aumentada se ele ou ela escolhe ir a julgamento? Sim! É comum para uma sentença após jugamento ser maior do que lhe foi oferecido quando a negociação era pré-julgamento. O advogado tem a responsabilidade ética de informar ao seu cliente desta realidade. Se você tem uma queixa criminal contra você, você deve obter respostas do seu advogado sobre as seguintes perguntas antes de decidir se aceita ou não um acordo: * Qual é a pena máxima? Tem um termo obrigatório de prisão antes que você possa sér elegível para ser libertado com condições? * Quanto serão o máximo de multas que deverei pagar? * Existem conseqüências colaterais para estas convicções? Por exemplo, se uma convicção sujeitar ao acusado a revogação de sua carteira de motorista, ou requisitos para se registrar como um agressor sexual? * Haverá conseqüências com a imigração se você é ilegal ou tem o green card? * Se você está atualmente em liberdade condicional (probation), quais serão as consequências destas novas acusações? * Como esta acusação afetará os seus direitos de custódia, se você está em um divórcio litigioso? Por favor, não leve apenas em consideração se você vai ser preso, antes de aceitar um acordo. Faça perguntas e exija respostas de seu advogado. É o seu futuro! Lembre-se que o acordo pode ter consequências significativas no seu futuro. Se você não estiver satisfeito com o seu advogado, informe o juiz, e peça tempo para obter uma nova representação. É a sua vida, sua liberdade e seu futuro que estão em risco! A advogada Michele Da Silva é a proprietária do escritório de advocacia Da Silva Law Group localizada na 4 Longfellow Place, Boston, MA 02114 e tem escritórios afiliados em Nova York. Ela e suas equipe representam clientes nas áreas de imigração e de defesa criminal. Para mais informações ligue para o telefone +1 (551) 265-4395 ou visite o site www.LawDaSilva. com.

5 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006


6

CHARGE - OPINIÃO

O Jornal A SEMANA é uma publicação semanal e independente. Distribuído gratuitamente em todo o estado de Massachusetts. Claudio Santos Presidente / Head of Operation

Gisele Fraguas Diretor Comercial

Diagramação

‘FELIPÃO’ Recebe chave da nova Granja Comary O presidente Marin entregou a chave, em um gesto carregado de simbolismo, e o comandante não fugiu à responsabilidade.

Lucio Freitas

Colaboradores Plinia Rosemberque Local News

Nivaldo Guedes Investimentos

Adson Fernandes Ponto de Vista

Eliana Barbosa Alto Astral

Dina Souza Moda e Beleza

Central de Vendas Gisele Fraguas (617) 701-3141 Claudio Santos (617) 417-6006 Central Vendas (617) 932-1344

Impressão Gráfica SMG

Distribuição Guerreiros da Rota DBA

Termos e Responsabilidades A responsabilidade pela qualidade dos produtos, serviços e promoções divulgadas nesse jornal é exclusiva dos anunciantes. As opiniões expressas em artigos publicados são de responsabilidade de autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. Os interessados em publicar seus artigos podem remeter o material para avaliação do editor chefe deste jornal através do email geral asemana@ME.com. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone (617) 417-6006.

Felipão, que juntamente com seus companheiros de comissão técnica foi um dos entusiastas de primeira hora na construção de um novo Centro de Treinamento, na Granja Comary, não só aceitou como assumiu o desafio. A CBF cumpriu tudo o que foi prometido. A partir de agora, a responsabilidade é nossa, da comissão técnica. Felipão continuou chamando a responsabilidade para si e para a comissão técnica. Aqui teremos todas as condições de fazer uma grande preparação para tentar a conquista do hexa. Se quiserem cobrar alguma coisa, cobrem da gente. Como disse antes, a CBF fez a sua parte. Felipão ressal-

tou a importância da nova construção não só para a Seleção Brasileira Principal como para várias gerações da base que se prepararão daqui por diante na Granja Comary. O técnico destacou também o nível de segurança, conforto e privacidade que os jogadores encontrarão na nova Granja Comary, onde, inclusive, iniciou o seu trabalho na seleção em 2001. - Os jogadores encontrarão tudo semelhante ou melhor do que estão acostumados em seus clubes na Europa. A Granja Comary ficará como uma grande herança para muitos técnicos, que aqui trabalharão e para as jovens promessas do futebol brasileiro.

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006


77

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


8

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

BUSINESS

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM

La casa del Chicharron: 40 nacionalidades dão tempero aos pratos da culinária caribenha Os diversos pratos preparados pelo chefe Francisco são muito apreciado pelos brasileiros Framingham - A variedade das comidas preparadas no restaurante La Casa Del Chicrarron é um reflexo direto das mais de 40 diferentes nacionalidades das populações que colonizaram o Caribe. O prato típico mais popular são as cotelas de porco preparadas de uma maneira bem exótica para o nosso paladar. Os diversos pratos preparados pelo chefe Francisco são muito apreciado pelos brasileiros. As carnes, vegetais, frangos e peixes são feito com este estilo delicioso do caribe muito interessante nessa aventu-

ra gastronômica podem pedir um ensopado de frango muito parecido em sabor com o frango a passarinho. Outro destaque são as marmitex que vem com arroz, feijão, vegetais e o freguês escolhe um tipo de carne. Mesmo quem nunca provou nenhuma comida do sabor caribenho não terá problema ao ser apresentado a aos vários pratos do La Casa del Chicharron que oferece peixes, carnes, vegetais, ovos, entre outros, além de molhos apimentados. La Casa del Chicharron que leva o nome do chicharron que em português quer dizer torresmo, criou uma atmosfera bem Caribenha para servi-lo. Francisco presenteia o visitante com seu prédio histórico da cidade de Framingham em um ambiente lindo e bem cuidado.

O preço dos pratos inicia por volta de $5.99 e você leva uma porção que chega a chocar. Come-se bem com US$ 5.99 na La Casa Del Chicharron. Uma dica importante: é bom caprichar no pedido para fazer um jantar La moda del Caribe, pois os chefe Francisco não têm nenhuma cerimônia em preparar o prato principal. Mas a espera compensa. Aos domingos, música ao vivo acompanha os pedidos. Outros destaques na música com fortes influências africanas. Casais que gostam de um ritmo parecido com o forró podem apreciar mais durante o Jantar. La Casa Del Chicharron fica no 18 Irving Street na cidade de Framingham, MA - Para pedidos é entregas ligue (508) 875-6200.

Foto: Divulgação

Francisco presenteia o visitante com seu prédio histórico da cidade de Framingham em um ambiente lindo e bem cuidado


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

NA HORA PONTO DE VISTA ADSON FERNANDES Jornalista / Empresário

Machismo a culpa, é minha, é sua e não delas! Aos dois anos de minha idade, meu pai o típico machista brasileiro, decidiu abandonar a família, minha mãe, dois irmãos mais velhos e eu. Não sem sofrimento minha mãe teve de assumir também o papel de pai. Minha mãe foi apenas mais uma mulher para aquele “macho” covarde que abandonou tantas outras famílias. Minha avó nos contava que havia próximo à nossa cidade um Padre que fazia o casamento do meu “pai” tantas vezes ele quisesse desde que efetuasse um pagamento. Meus avós tiveram uma educação rígida baseada nos princípios católicos, para eles o casamento religioso era o mais importante e acabaram concordando com o casamento apenas na igreja, diante da promessa de que no futuro haveria o casamento no civil. Promessa jamais cumprida já que meu “pai” já era casado perante a lei. Minha história é apenas uma de tantas outras de um país de machistas. O fato é que eu tive uma educação também machista, ainda que educado por minha mãe e minha avó, já que elas também foram vítimas e mesmo inconscientemente aceitavam as posições do mundo machista daquela época. O tempo passou e aprendi a entender que não há superioridade entre pessoas e muitos menos entre homens e mulheres. Aprendi que atribuir às mulheres o papel de submissão, exigindo delas que sejam as responsáveis pelos serviços de casa, sejam fêmeas apenas para satisfazer nossos desejos de machos e procriar não é uma atitude de homem e sim de um machista e covarde, já que é difícil separar as duas coisas. No auge dos meus 53 anos de idade, é com tristeza que li a pesquisa realizada pelo IPEA sobre a violência contra as mulheres. O tempo passou, houveram avanços, mas os números mostram que pouca coisa mudou. Um percentual de 65% dos brasileiros atribui à forma das mulheres se vestirem a culpa pelas agressões sexuais por homens, muitas vezes realizadas pelos próprios parceiros. A seguir tal raciocínio eu poderia concluir que são as vítimas de assaltos culpadas por usarem bens de consumo que os assaltantes não podem comprar. Para mim o fato é vergonhoso e me visto de uma vergonha ainda maior ao constatar que Vitória ES, meu Estado, é a capital com o maior número de ocorrência de agressões contra mulheres. Sinceramente, depois dessa, a mim não surpreenderia inclusive a criação de alguma lei que realmente desse direito ao homem agressor de processar sua vítima. Parece estranho não é? Mas é isso mesmo que eu quis dizer, afinal, o que não falta é político brasileiro com pensamento convergente com os resultados dessa pesquisa. Quero aqui externar minha indignação e lembrar mais uma vez do alto da pequenez de nosso machismo pátrio, o quanto nós somos dependentes das mulheres. O quanto nós precisamos delas não apenas para nascer, para constituir família, perpetuarmos nossas espécies e tantas coisas mais. Aliás, o nosso machismo nos ensina que até mesmo quando desejamos ofender profundamente outro homem, é a imagem da mulher que nós usamos. Afinal qual de nós homens nunca ofendeu um amigo, ou até mesmo um juiz de futebol adjetivando de forma pejorativa suas referidas mães? Meu desejo é de que cada vez mais as mulheres se envolvam em todas as áreas no nosso país, sobretudo no poder, pois vejo ai o caminho para a criação de medidas que até agora os homens não foram capazes de implementar. Só espero viver o suficiente para ver um dia uma pesquisa com resultados que mostrem o quanto somos iguais, ainda que diferentes. Tenham todos uma otimASEMANA!

9 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006


10

PUBLICIDADE

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

11 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006

INSIDE

Divulgação

Para Ricardo o importante é o cliente fazer um bom negócio e que fique satisfeito com o veiculo adquirido

Revendedora da Toyota investe na comunidade brasileira Com o crescimento de brasileiros a procura de carro zero e seminovos grandes revendedoras buscam a cada dia um atendimento mais personalizado para a comunidade

Peembrok - A Mcgee Toyota Superstore já esta no mercado de automóveis a mais de 40 anos. Com uma equipe sempre dedicada a fornecer produtos de qualidade e excelente atendimento. Hoje conta com uma equipe de funcionários profissionais e entre eles alguns brasileiros para servir melhor a comunidade da língua portuguesa. O Mercado sempre muda e sofre diferentes alterações e atento a estas mudanças a McGee Toyota investe na comunidade de língua portuguesa e contratam mais brasileiros para atender melhor estes valiosos clientes que representam uma grande parte dos consumidores de Massachusetts. Calcu-

la-se que existe mais de 400.000 brasileiros residentes na nova Inglaterra e que durante o período do verão chega a aumentar em 10% devido à oferta de trabalho. O numero de brasileiros a procura de carros novos e seminovos aumentam a cada ano. Ricardo Machado uma especialista em vendas e financiamentos da revendedora da McGee Toyota tem atualmente ajudado muitos a conseguirem iniciar o crédito na America através da compra e financiamento de veículos, abrindo crédito juntos as instituições bancarias americanas. Para Ricardo o importante é o cliente fazer um bom negócio e que fique satisfeito com o veiculo adquirido. Uma boa sugestão deste brasileiro que traz sempre um grande sorriso para receber a todos na revendedora. A sugestão é seminovo que vem com qualidade patrão McGee que encanta

os brasileiros que buscam um carro de estilo com preço e boa economia na hora do de abastecer. Ricardo alega que o sucesso da revendedora McGee junto aos brasileiros é devido a estoque de mais de 600 carros e a facilidade de financiamento. Isso mostra porque a McGee Toyota vem recebendo os mais importantes prêmios do setor automobilístico e tornou-se o maior sucesso do de vendas e qualidade dos últimos tempos. Ricardo convida você a fazer um test-drive hoje mesmo e descubra a felicidade que só a McGee pode oferecer. Para quem quer fazer um bom negócio na hora de comprar um carro o endereço da McGee Toyota e na cidade de Pembrooke que fica na 32 Schooset Street / Rota 139 / Saída 12 da rota #3. Antes de fazer uma visita e sempre bom ligar antes e falar com Ricardo Machado no (781) 829-2555.


12

ALTO ASTRAL FIQUE DE BEM COM A VIDA ELIANA BARBOSA Escritora / Apresentadora

www.elianabarnosa.com.br

Plantar e colher Há pessoas, neste mundo, que passam a vida a lamentar-se, reclamando da família, do governo, da falta de oportunidades ou da saúde precária. Não percebem que os anos vão passando e, apesar das reclamações, nada muda para melhor, e, sim, para pior. Porque pensamentos e palavras criam a realidade, moldando o nosso viver. A melhor maneira de você conduzir sua vida com qualidade é escolher deixar a posição de vítima e assumir que você é a força criadora em todos os caminhos existenciais que quiser seguir. Às vezes, pode parecer mais cômodo ficar nas queixas e na inércia, vendo os outros fazerem por você, porém, tudo é só aparência. Esta postura, na verdade, esconde um grande sentimento de inadequação e incapacidade. É preciso entender que ninguém pode caminhar, crescer e evoluir em seu lugar. Você é único e precioso para o Universo. Lembre-se que a sorte, que você tanto busca, nada mais é do que o preparo encontrando a oportunidade. Com isso, prepare-se sempre para o melhor, para vencer as naturais dificuldades e as doenças que surgirem. E aprenda, também, a doar primeiro, para depois, naturalmente, receber. Por exemplo, muitas pessoas casam-se à procura de amor e atenção, sendo que o correto é casar-se com a intenção de oferecer amor e atenção, e, em consequência, recebê-los de volta, sem cobranças. Muitos casamentos, hoje em dia, são desfeitos devido a essa expectativa dos cônjuges, querendo “colher” antes de “plantar”. Sabendo de tudo isso, procure cumprir a sua parte, com pensamentos, palavras e atitudes positivas e efetivas, e, confiante, permita-se viver a prosperidade e a alegria! Encerro esta reflexão com este belo conto, de autor desconhecido: “Um homem, ao passar pela floresta, viu uma raposa que perdera as pernas e admirou-se como, mesmo assim, ela sobrevivia. Neste momento, um tigre apareceu e trazia, entre os dentes, caça nova. A fera comeu o quanto quis, deixando o resto ao lado da raposa, que logo se encarregou de comer. O homem, intrigado, voltou no dia seguinte, e a mesma coisa aconteceu. Então, ele pensou: ´Deus nutriu a raposa usando um tigre.´ Ele admirou a bondade de Deus e pensou consigo mesmo: ´Eu também vou deitar-me n´algum cantinho, com muita confiança no Senhor. E Ele vai mandar-me o quanto me for necessário.´ De fato, assim o fez, por muitos dias, mas nada aconteceu e o pobre estava já às portas da morte, quando ouviu uma voz que lhe disse: ´Estás na trilha do erro! Abre teus olhos e contempla a verdade! Segue o exemplo do tigre e deixa de imitar a raposa aleijada!´” Eliana Barbosa é consultora comportamental, lifecoach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento, apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos. Conheça melhor as suas atividades profissionais no site www.elianabarbosa.com.br Contato: eliana@elianabarbosa.com.br

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006


1313

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


14

MERCADO Investimentos NIVALDO GUEDES Economista / Consultor imobiliario

www.nivaldoguedes.com (617) 387-4700

Por que investir em imóveis continua sendo um excelente negócio? O alto déficit habitacional propicia um cenário promissor aos investidores, uma vez que a valorização imobiliária média ainda fica acima da média da rentabilidade dos investimentos conservadores e seguros do mercado. Atrelado a essa oportunidade, os imóveis novos tende a se valorizar mais em curto prazo. Ele é, normalmente, vendido antes de estar pronto, dependendo da sua localização a demanda é muito grande. Assim, quando o empreendimento é entregue, ele se valoriza em consonância com a região onde está inserido. E, com o passar do tempo, além de o imóvel normalmente aumentar de valor com base na correção natural dos índices da inflação, o investidor conta, pelo menos, com a garantia de ter o próprio imóvel. “Isso é resultado de um balanço do mercado chamado lei de oferta e da procura. Existem pesquisas que mostram que o déficit habitacional existente hoje no Brasil só será superado em 2025. Assim, esse déficit, aliado à lei da oferta e procura, faz com que o imóvel não caia de preço e se configure como um ótimo negócio para os investidores”. QUAL É A EXPLICAÇÃO PARA A VALORIZAÇÃO DOS IMÓVEIS EM 14% , APONTADA PELA FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISAS ECONÔMICAS (FIPE) ? Uma série de fatores ocasiona a valorização dos imóveis. O custo de construção, que envolve mão de obra, equipamentos e material, continua subindo. Além disso, a construção de imóveis de segmento econômico, com maior facilidade para pagamento, também contribui para

esse crescimento. Como investir em imóveis é uma aplicação interessante, já que eles têm rendimentos acima da poupança, essa é uma das causas para o crescimento desse mercado. O imóvel vem se mostrando excelente investimento, pois sua valorização é superior ao de outras aplicações. É um ativo real, por sua natureza, de baixo risco. Segurança, rentabilidade e taxas de juros mais baixas também explicam esse fenômeno de crescimento. INVESTINDO EM IMÓVEIS O RETORNO FINANCEIRO É GARANTIDO? Eu sempre disse e não tenho dúvida ao repetir. O imóvel é um bem ativo, diferente do carro, que é um bem passívo, é lógico que o investimento em imóveis são feitos com expectativas de retorno, a médio e longo prazo, porém com segurança. O imóvel confere rentabilidade do que aplicar no mercado financeiro. Enquanto nas aplicações financeiras o indivíduo recebe 7,5% ao ano, menos a inflação e o imposto de renda, o que representa um valor inferior a 0,6% ao mês, investir em imóveis confere cerca de 0,6% do valor do imóvel somado à correção da inflação. Dessa maneira, a liquidez e a segurança são maiores ao se investir em imóveis do que em aplicações financeiras. Por isso, o mercado imobiliário continua sendo um excelente negócio e deve permanecer em médio e longo prazo. Muitos investidores lucram com aluguéis que rendem, atualmente, cerca de 0,6% ao mês, em alguns casos podem chegar até a 0,8%. Na venda, existem casos de 20% de valorização ao ano.

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006


1515

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

16

PUBLICIDADE

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

17 Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


18

A PALAVRA COLUNA EVANGÉLICA PASTOR CAIRO MARQUES Igreja do Evangelho Quadrangular

Da escravidão para a liberdade Moisés nasceu no Egito, em um tempo de muita tribulação para os hebreus (ou israelitas). Eles viviam na escravidão de um governo tirânico e cruel de um Faraó que, sem piedade, ordenou às parteiras hebreias que matassem todos os meninos que nascessem das mulheres israelitas naquela época. Faraó temia que o povo de Deus, por serem a maioria, se unisse aos inimigos do Egito em uma guerra e, vencendo, fossem embora daquela terra que os escravizava de maneira sórdida e desumana. Portanto, os egípcios os castigavam cada vez mais para que os israelitas não se multiplicassem de forma progressiva. Porém, quanto mais eram atribulados, mais eles se multiplicavam e cresciam grandemente. Apesar dos maquiavélicos intuitos de Faraó, Deus tinha um plano tremendo na vida de seu povo - ele levantaria no tempo certo, um homem dentre eles, que libertaria do cativeiro todos os israelitas que sofriam as atrocidades de um reinado impiedoso e atroz. E os planos do Senhor ninguém pode sobrepujar nem tampouco tentar destruir, pois Deus é soberano e nada há que possa impedir seu agir na vida de seus filhos amados. E para que o pequeno Moisés não caísse nas mãos dos perversos egípcios, sua mãe o colocou em um cesto betumado e o levou até o rio Nilo, e lá deixou que as águas o levassem para longe dali. Mas, aquele pequeno cesto foi parar justamente onde a filha de Faraó estava tomando banho. Ela pegou a criança em seus braços e levou para criá-lo como se fosse seu próprio filho. Moisés foi criado como um príncipe do Egito, porém os planos de Deus para ele eram outros. Ele seria aquele que iria tirar todos os hebreus do cativeiro egípcio, ele seria o libertador do povo do grande Eu Sou. Mas, não seria fácil como poderíamos pensar ou imaginar, tudo seria no tempo e conforme a vontade do Senhor Todo-Poderoso. E aconteceu naqueles dias que, sendo Moisés já homem, saiu a seus irmãos, e atentou

para as suas cargas; e viu que um egípcio feria a um hebreu, homem de seus irmãos. E olhou a um e a outro lado e, vendo que não havia ninguém ali, matou ao egípcio, e escondeu-o na areia - Êxodo 2:11-12. Por causa desse imprevisto, Moisés teve que fugir do Egito para não morrer. Apesar de ser um príncipe egípcio, ele era hebreu e não podia mais continuar naquele lugar. Foi vagando pelas terras desertas até que chegou a Midiã e ali conseguiu abrigo na casa de Reuel, o qual se tornaria seu sogro mais tarde. Você pensa que foi fácil e tranquilo a volta de Moisés ao Egito? Foi muito difícil e com muitas provações também. A luta foi grande mas, Deus o tornou um vencedor e tirou os israelitas com mão forte daquela terra que os escravizaram durante centenas de anos. O mais incrível é que, depois de libertos, o povo começou a murmurar e desejar as iguarias do Egito. E assim acontece em nossos dias, no meio do povo de Deus: cristãos que só sabem murmurar de tudo, não param para orar nem ler a palavra de Deus, se esquecem das maravilhas que o Senhor já fez e continua fazendo na vida de todos os que a ele servem. Como no passado os hebreus esqueceram das grandes coisas feitas por Deus a eles, assim os filhos de Deus também tem se esquecido dos milagres e dos livramentos que o Senhor tem dado a cada um dos seus filhos. Deus está sempre pronto para abençoar a todos os que o buscam verdadeiramente. Então, pare de murmurar, levante a cabeça e veja a grandeza do Deus Todo Poderoso, ore e busque a presença do Pai em todo o tempo. Seja persistente em suas orações e clamores, creia que o Senhor está perto de você. Como nos tempos de Moisés, hoje existem muitos escravos: do pecado, da mentira, da ingratidão... Eleve seus olhos para o alto, pois só de Deus vem as bençãos que você necessita. Lembre-se de que Deus o tirou da escravidão para a liberdade.

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

ESPORTE

19 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006

Primeira biografia autorizada de Messi diz que R10 era um ‘pai’ para o craque Autor do livro, lançado somente na Espanha, conta que Ronaldinho protegeu o argentino em seu início de carreira no Barcelona

Livros que contam a história de Lionel Messi não faltam nas livrarias de todo o mundo, mas a primeira biografia autorizada do craque só foi lançada agora na Espanha e, por enquanto, não tem previsão para chegar ao Brasil. São 600 páginas sobre a vida do jogador argentino, que chegou um menino no Barcelona e se tornou o número 1 do mundo (aos 26 anos, acumula quatro prêmios da

Fifa). As páginas que contam esse começo no clube catalão também destacam um brasileiro: Ronaldinho Gaúcho, atualmente no Atlético-MG. Segundo a biografia, R10 era considerado um pai por Messi na época em que os dois jogaram juntos. - Imagina quando o Ronaldinho era o melhor do mundo (levou o prêmio em 2004 e 2005). Alguns psicólogos esportivos dizem que, neste momento, a estrela tem duas opções: ou “mata” o adversário ou protege. Ronaldinho resolveu protegê-lo - contou Guillem Balagué, autor da biografia, ao comentar o trecho em que destaca a relação de Messi com o craque brasileiro.

Adriano é testado entre titulares na véspera da reinauguração da Arena O atacante Adriano não quer ficar fora da festa de reinauguração da Arena da Baixada, com o jogo-treino contra o JMalucelli, às 15h (horário de Brasília) de sábado. Recuperado de lesão na coxa, o jogador de 32 anos já treina

com o grupo principal. Ele, inclusive, chegou a ser testado pelo técnico Miguel Ángel Portugal entre os titulares no treino desta sexta-feira. O trio ofensivo tinha o Imperador, Marcelo e Ederson.

Adriano não atua desde a derrota para o Vélez Sarsfield, na segunda rodada da Libertadores, no dia 25 de fevereiro. Depois, ele teve uma lombalgia e desfalcou o Furacão jogo contra o Universitario, no Peru.


20

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

BRASIL

Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006

Avião faz pouso de emergência no aeroporto JK, em Brasília TV Globo/Reprodução

Avião pousou de barriga, porque trem de pouso dianteiro não abriu. Aeronave vinha de Petrolina com 49 passageiros a bordo.

Um avião da Avianca fez um pouso de emergência na tarde de sexta-feira (28) no aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, segundo a Inframerica, concessionária que administra o terminal. O avião, que vinha de Petrolina com destino à capital federal, pousou de barriga no chão – o trem de pouso dianteiro não abriu. De acordo com a Inframerica, ninguém ficou ferido.

Avião da Avianca que fez pouso de barriga no aeroporto JK

Em nota, a Avianca diz que o avião “pousou de forma segura” e

prestou atendimento a todos os passageiros. A empresa informou que

havia 49 pessoas a bordo – 44 passageiros e 5 tripulantes.

Todos os ocupantes tiveram de deixar o avião, um modelo Fokker 100, por uma rampa inflável na porta dianteira da aeronave. De acordo com a empresa, 20 passageiros seguiram para outros destinos em voos da própria companhia, 14 foram para suas residências em Brasília e nove adultos e uma criança foram acomodados em um hotel. Sem o trem de pouso dianteiro aberto, o piloto fez o avião andar centenas de metros apenas sobre as rodas traseiras até o avião perder velocidade e tocar com a ponta da aeronave no chão, que foi se arrastando até parar. Anters do pou-

so, o piloto deu voltas sobre Brasília para gastar o combustível e reduzir o risco de explosão. Bombeiros do aeroporto despejaram jatos de espuma na aeronave para evitar um eventual incêndio. A pista onde o avião pousou foi fechada. Os voos e decolagens programados a partir das 18h estavam sendo direcionadas para a segunda pista do aeroporto. O engenheiro agrônomo Roque Marinato, que estava no avião, relatou que o piloto avisou que faria um pouso de emergência e que todos os ocupantes da aeronave se prepararam para um o choque da aeronave no solo.


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

21 Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

22

PUBLICIDADE

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

23

POLICIA

Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006

Cliente diz que foi chamado de ‘idiota’ em SMS enviado pela operadora Oi Ele conta que recebeu mensagem após solicitar suporte técnico para celular. Companhia afirma que vai apurar o caso e tomar as devidas providências. O analista judiciário Valdemir Gomes Soares, de 53 anos, afirma que foi chamado de ‘idiota’ e ‘imbecil’ após buscar suporte técnico para seu celular na Oi. Ele conta que ligou para a central de atendimento, na última segunda-feira (24), na tentativa de resolver um problema que ele acreditava ter em sua linha telefônica, mas recebeu em seguida a mensagem de SMS ofensiva da operadora. A Oi afirmou, por meio de nota, que vai apurar as informações e tomar as devidas provi-

dências pelo ocorrido. A empresa diz ainda que “o caso apresentado está totalmente fora dos padrões de qualidade e atendimento nas operações da companhia”. Valdemir diz que ligou para a operadora, pois precisava de ajuda porque, quando tentava fazer uma ligação, ouvia uma mensagem de outra operadora informando que aquele número não existia. “No fim das contas, depois que já tinha encerrado a ligação, vi que eu mesmo estava digitando o número errado. Mas isso não justifica a ofensa”, afirmou. Ele lembra que, em determinado momento da ligação para a central, a atendente que tentava resolver seu problema questionou se ele estava falando do mesmo telefone para o qual queria atendi-

Arquivo pessoal

Cliente promete entrar na Justiça por danos morais devido a ofensa

mento. O analista confirmou a informação e, minutos depois, encerrou a chamada. Logo em seguida, antes de receber a mensagem ofensiva, recebeu

um SMS informando o número de protocolo do atendimento. Depois, recorda-se, veio o xingamento também por meio de mensagem, alegando que o cliente não estava com

problema, pois ele estava usando o aparelho para falar com a central de atendimento. Valdemir adianta que já pediu o arquivo contendo a gravação da conversa

e que a empresa se comprometeu a enviar o material em até dez dias, prazo estipulado por lei. Ele diz pretende entrar com ação na Justiça por danos morais.


24

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

POLICIA

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM

Recém-casada que empurrou marido de penhasco é condenada a 30 anos de prisão Jordan empurrou o marido, Cody Johnson, de 25 anos, de um penhasco, após uma discussão sobre o arrependimento pelo casamento. A recém-casada que confessou ter empurrado o marido de um penhasco apenas 8 dias após o casamento foi condenada, na última sexta-feira, a 30 anos de prisão. De acordo com o jornal New York Post, o juiz Donald Molloy afirmou não ter visto sinais de ar-

rependimento de Jordan Graham, de 23 anos. A jovem ainda terá que pagar uma multa de cerca de US$ 16 mil (em torno de R$ 35 mil). O crime aconteceu no Parque Nacional Glacier, em Montana, nos Estados Unidos, em julho do ano passado. Jordan empurrou o marido, Cody Johnson, de 25 anos, de um penhasco, após uma discussão sobre o arrependimento pelo casamento. Johnson foi dado como desaparecido em 8 de julho, ao não comparecer ao trabalho. A mulher relatou mais tarde que ela

tinha visto seu corpo no parque, mas ele só foi encontrado cinco dias após o crime. Segundo o jornal, como foi condenada em uma esfera federal, dificilmente Jordan conseguirá redução da pena. A norteamericana estava chorando quando ouvia a sentença, em um tribunal em Missoula. Ela foi acusada de homicídio de segundo grau e confessou o crime em dezembro do ano passado. O juiz, contudo, afirmou que ainda não consegue acreditar plenamente nas afirmações de Jordan.

“Há apenas uma pessoa nessa sala que sabe o que aconteceu, e eu não acho que ela tenha sido completamente honesta sobre isso”, afirmou Molloy. Johnson foi declarado desaparecido um dia após o crime, quando faltou ao trabalho. Na época, ela afirmou à polícia que desconhecia o paradeiro do marido, que teria saído com um amigo na noite anterior. Posteriormente, Jordan disse ao FBI que ela havia discutido com o marido em 7 de julho, enquanto eles caminhavam no parque.

Reprodução / Instagram / Jordan Johnson

Jordan Linn Graham, de 22 anos, matou Cody Lee Johnson, de 25 anos

Ocupação do Complexo da Maré começa na madrugada de domingo Cerca de mil homens da Polícia Militar, incluindo o Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Choque (BPChoque) e Batalhão de Ações com Cães (BAC) vão ocupar as 16 favelas que fazem parte do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, a partir da madrugada deste domingo. O uso dos blindados da Marinha e da Aeronáutica está sendo negociado para a ocupação. A ação na Maré será realizada nos mesmos moldes do Complexo do Alemão. O efetivo da Polícia Militar será substi-

tuído, aos poucos, pelas tropas federais, que ficarão por tempo indeterminado na Maré. Na última sexta-feira, o clima é tenso no Complexo da Maré. Nos acessos às favelas Nova Holanda e Parque União, na Avenida Brasil, equipes do 22º BPM (Maré) fazem patrulhamento e abordam carros. Policiais do Bope fazem operações no interior dessas comunidades. Moradores informaram que as escolas da região pediram que as crianças que não tiveram aulas evitem ficar circulando pelas ruas. Agência Globo

Soldados do Exército vão auxiliar a ação da PM


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

25

MUNDO

Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006

Área de busca do avião da Malásia é alterada após nova pista Nova zona é de aproximadamente 319 mil quilômetros quadrados e está a 1.100 quilômetros do local onde estava sendo feita a operação Cinco dos dez aviões enviados para nova área de busca pelos destroços do Boeing 777-200 da Malaysia Airlines encontraram, nesta sexta-feira, vários objetos coloridos, segundo autoridades australianas. Diante de novos indícios, a operação se deslocou para uma zona a 1.100 quilômetros a nordeste do local até então explorado. Os dados indicam que o avião voava mais rápido que o estimado anteriormente, o que provocou um aumento do consumo de combustível e, portanto, a redução da distância percorrida pela aeronave, que se dirigiu para o sul do Oceano.

Agora, a Autoridade Australiana de Segurança Marítima (AMSA, na sigla em inglês) espera as imagens para confirmar as novas evidências. “As imagens fotográficas dos objetos foram capturadas e serão avaliadas durante a noite. Os objetos não podem ser confirmados como sendo do voo MH370 até que sejam recuperados por navios”, revelou a AMSA em comunicado. Um avião da Força Aérea da Nova Zelândia informou ter avistado um grande número de objetos brancos ou de cor clara e uma boia de pesca. Já um Force P3 Orion australiano teria encontrado dois objetos retangulares azuis ou cinza flutuando no oceano. Uma segunda aeronave australiana avistou vários objetos de várias cores em uma parte separada da área de pesquisa, a cerca de 546 km dali.

A nova zona de busca é de aproximadamente 319 mil quilômetros quadrados e está a 1.850 quilômetros a oeste de Perth, no oeste da Austrália. O país reposicionou seus satélites para a nova área de busca. A avaliação foi elaborada pela equipe de investigação internacional na Malásia, com a colaboração da Australian Transport Safety Bureau (ATSB), e conclui “que é a pista mais crível sobre onde localizar os destroços do avião”. O sul do Oceano Índico é considerado uma área isolada, onde o tráfego marítimo é pouco denso e não é fácil encontrar objetos flutuando como em outros mares. A missão é um verdadeiro desafio no meio do deserto marinho, temido pelos navegantes mais experientes, no meio do caminho entre o extremo sudoeste australiano e a Antártica. GREG WOOD / AFP

Um avião Orion RAAF decola da base aérea em Bullsbrook, 35 quilômetros ao norte de Perth, na Austrália


26

PUBLICIDADE

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


27 27 27

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

CURTAS

Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006 Guilhotina usada será leiloada em Nantes, na França, Item pode alcançar até 60 mil euros (mais de R$ 192 mil) em leilão

Norueguês tatua nota fiscal do McDonald’s no antebraço

Leilão de guilhotina pode alcançar até R$ 192 mil na França

A escolha da tatuagem é um momento importante. Devese evitar motivos para arrependimentos. Mas para Stian Ytterdahl, de Lorenskog (Noruega), a “inspiração” para a tatuagem foi “imposta”: Sim, o jovem de 18 anos tatuou uma nota fiscal do McDonald’s no antebraço direito! De acordo com o site “Scallywag and Vagabond”, o norueguês foi punido pelos amigos “por ser muito ativo com as meninas”. Eles deram duas opções a Stian: a nota da rede de fast food ou uma Barbie. Ele preferiu a primeira. À imprensa local Stian comentou: “Agora sou um outdoor vivo”. Reprodução/Facebook

Família sueca captura ratazana de 38 centímetros! O choque foi grande. A família Bengtsson-Korsås esperava capturar uma rato grande em sua casa em Solna (Suécia), mas não como este exemplar: A ratazana capturada pela ratoeira gigante, instalada por ema empresa de combate a pragas, tinha nada menos que 38 centímetros! Sem contar o rabo! O roedor conseguiu cavar um túnel na parede de concreto para ter acesso à residência dos Bengtsson-Korsås, contou reportagem do “Daily Mail”. Reprodução/Facebook(Justus Bengtsson-Korsås)

Uma casa de leilões em Nantes, na França, exibiu entre os objetos que serão leiloados uma guilhotina, que atraiu di-

versos olhares curiosos. O item usado, com a inscrição “Améés de la Republique” (exército da república, em tra-

dução livre), será leiloado, e deve ser vendido pelo preço entre 40 e 60 mil euros (até R$ 192 mil).


28

FOFOCAS

Gracyanne Barbosa diz que adiou planos de maternidade por contrato e que vai mudar para São Paulo com Belo Gracyanne Barbosa tem confidenciado aos amigos que teve que adiar os planos de ser mãe em 2014 porque assinou um contrato com uma empresa estrangeira de suplementos alimentares. Fato é que o compromisso, fechado pouco antes do carnaval e com duração de 12 meses, virou uma espécie de muleta para a mulher de Belo quando é questionada sobre ter filhos. Por se sentir pressionada e com dificuldades de engravidar, ela tem respondido que terá que deixar o contrato acabar para voltar a planejar filhos. Em tempo: Gracy e Belo estão procurando um imóvel para morar em São Paulo. Belo, que é paulistano, convenceu a mulher que ter um endereço fixo na capital ajudaria no trabalho do casal. O imóvel no Rio, por enquanto, será mantido.

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006

Peladona de Congonhas queima sutiã e ‘protesta’ por falta de emprego Professora, Jéssica Lopes se manifestou em frente à Secretaria de Educação de São Paulo: ‘Só porque sou gostosa não posso dar aula?’.

Ela está chateada. Jéssica Lopes, a Peladona de Congonhas, decidiu recorrer ao símbolo máximo do feminismo para se manifestar. Sozinha. Cabelos escovados, vestidinho preto indefectível colado ao corpo, saltos e um conjunto de lingerie matador, a loira decidiu queimar um sutiã - tal qual as mulheres que protestavam por melhores condições na década de 1970. Com uma garrafinha de álcool e uma caixa de fósforo, Jéssica fez seu protesto solitário porque, como professora, não consegue mais emprego na área. Sendo assim, decidiu mostrar sua indignação em frente a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo. Não sem antes, claro, tirar o vestido e ficar apenas de lingerie para, digamos, chamar mais atenção para sua condição de

“mestre desempregada”. “Já acreditei na educação desse país. O que querem? Que eu coloque um óculos fundo de garrafa, roupas largas e tenha cara de nerd? Só porque sou gostosa não posso dar aula?”, questiona ela, indignada. Jéssica foi professora durante cinco anos. Formada em matemática conta que sofreu preconceito desde a época da faculdade. “Diziam que eu saía com os professores para ter notas como as que eu tinha. Só tirava de 8 para cima. E sempre fui estudiosa. Impressionante. Nesse país não pode ser bonita e inteligente”, dispara ela, que lecionou para adolescentes e adultos em Porto Alegre, onde morava: “Dava aula em três períodos. Ganhava cerca de R$ 2,5 mil por mês. Hoje, com dois eventos tiro isso”.


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

29

CLASSIFICADOS

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM

Vende-se apartamento em Ipatinga(MG) bairro Bom Retiro. Apt. grande, arejado, com 3 quartos, 2 banheiros, copa, sala, cozinha e area de serviço, garagem e area de churrasqueira no condominio. Portaria com portão eletronico. Quitado e documentação toda em dia. Aceito financiamento bancario e troca por imovel nos EUA. Desconto especial para pagamento nos EUA. Ligue para (774) 249-2689. Vendo web site completo para o setor de limpeza em geral. Web site tem ferramenta de expansão para todos os Estados Unidos. www. gradestarmaides.com ligue para (781) 915-7749

Alugo um apartamento de 2 quartos, 2 banheiros por temporada perto da Universal Studios em Orlando Flórida. Metro West Area. (561) 907-0440 falar com Delma Quarto Aluguel - Alugo quarto grande 132 Hancock st sem vicios .tudo incluido.600 tudo incluido. vaga na garagem falar com josema. telefone (857) 2498305 (#499) Watertown - Alugo apartamento de 3 quartos com sala cozinha, banheiro. Lugar para 2 carros na garagem. Recém-reformado, direto com o Dono. (781) 376-0020 Aluga-se apartamento de 3 quartos com sala de estar, sala de jantar, otimo estado, tudo muito novo e bem amplo, 920 Main St. Woburn Ligue para o Genuino, 617-592-7000 ou Ademar 617-447-9296

Oporunidade - Atenção profissionais de salão. Aluga-se cadeira para Cabeleleiro (a) ótimo localização, estacionamento e um grupo de profissionais. $150,00 por semana Ligar para (781) 399-4001 (#466)

Vendo Jogo de rodas semi-novo com penews novos completo. Super liga-leve. Pode conferir na 29 Bow Street (RT99) Everett ou liga para Cesar (857) 236-5210 (#512) Somerville - Alugo quarto para mulher, espaço grande ambiente familiar. Com vaga na garage, TV Globo, Internet, Cable. Tudo incluído $450.00 por mês. Disponivel para morar hoje. As interessadas ligar para (617) 866-3391 (#469) Aluga-se apartamento de 3 quartos com sala de estar, sala de jantar, otimo estado, tudo muito novo e bem amplo, 920 Main St. Woburn Ligue para o Genuino, 617-592-7000 ou Ademar 617-447-9296 Procuro apartamento ou studio de um quarto para alugar para casal e que tenha garagem ou park pois tenho moto na area de Malden, Medford ou Everett. ligar para Robson 857-312-1950. (#436) Alugo um quarto em Somerville para uma pessoa, não fumante. Quarto de bom tamanho com um grande quarda roupa. Tem lavanderia no prédio, ótima localização com fácil transporte. Ambiente calmo e familiar. Disponível para Maio. Interessados Por favor, ligar para: 617-776-7337


30

BOSA MESA CULINÁRIA BRASIL BRUNO TRINDADE Churrasqueiro Profissional

jbbrazil@hotmail.com (978) 876-1990

Em busca do

churrasco perfeito

Preparar um bom churrasco para os amigos é o sonho de todo churrasqueiro. O dilema é como conseguir agradar a todos nesse momento tão especial. Pensando nisso, o Clube da Carne, empreendimento curitibano especializado em carnes Premium, vai promover nesta quarta-feira, dia 26 de março, o workshop “Em Busca do Churrasco Perfeito”. De maneira dinâmica e descontraída, o workshop vai apresentar o segredo de cortes como o Ojo de Bife, o Bife de Chorizo e Entrecôte, algumas das carnes mais consumidas e saborosas do mundo. Além de técnicas para acender o fogo, utensílios indispensáveis, temperos, escolha da carne, manuseio de ingredientes e temperatura da churrasqueira. O workshop “Em Busca do Churrasco Perfeito” será realizado no espaço de eventos do Clube da Carne (Avenida Munhoz da Rocha, nº 655), no bairro Cabral, a partir das 19h. As inscrições são abertas para todos os interessados, custam R$ 220,00 e incluem, também, a degustação de vinhos e cervejas especiais. As vagas são limitadas.

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014 Edição # 535 asemana@icloud.com Redação: 617-417-6006


29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

31 Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


32

29 DE MARÇO A 3 DE ABRIL DE 2014

PUBLICIDADE

Edição # 535 WWW.JORNALASEMANA.COM


A SEMANA - The Brazilian Newspaper