Page 114

DIRIJA AUTO

A revolução elétrica dos automóveis

por Joca Petribú

N

a história evolutiva do automóvel, temos que honrar os grandes nomes que fazem parte dos primórdios desta criação que não para de evoluir, ajudando cada vez mais o desenvolvimento da humanidade. Falo do inventor alemão Karl Benz, criador do Automóvel Moderno em 1876, do americano Henry Ford, inventor da linha de produção em série e fundador da Ford Motor Company, do engenheiro Austríaco Ferdinand Prosche, Fundador da Porsche, dentre outros. Foram estes personagens da história que ajudaram a criar toda uma vida dependente destes veículos que ditam a evolução. Tudo isso é uma história clássica que nós sabemos um pouco e aprendemos a romantizar, sonhar e sempre introduzir um automóvel em momentos importantes de nossas vidas, como o conversível alugado nas estradas norte americanas ou mesmo o carro do Pai/Avô que desejamos ter um exemplar igual restaurado em nossas garagens. Pois bem, isso é apenas a parte bela dessa história centenária que desencadeou outras corridas, como a do petróleo, que a cada dia se torna um vilão ameaçador da humanidade. Falo da poluição que a queima dos combustíveis consumidos por estes automóveis expele sem pudor na atmosfera, uma dose fatal de um poderoso veneno que

Mito ou

verdade?

por Petrônio Santiano - Gerente Auto Parvi

Muitos usuários acreditam ter todas as respostas para as dúvidas mais frequentes na manutenção do carro. Teste seus conhecimentos. Gasolina aditivada rende mais?

MITO - A gasolina aditivada possui apenas compostos detergentes que ajudam a manter o sistema do carro mais limpo. Um motor “sujo” pode vir aumentar o consumo de combustível. Efetuando a limpeza do motor e

abre uma cicatriz incurável em nosso planeta. Eis que surge Elon Reeve Musk, nascido na África do Sul e radicado nos Estados Unidos, com uma carreira brilhante, desenvolvendo projetos que não só superaram as expectativas de evolução natural das coisas, mas mostraram principalmente preocupação com a extinção da humanidade. Grande parte das geniais invenções de Musk já está em prática e com sucesso absoluto, como a TESLA MOTORS que vem revolucionando o mundo moderno dos automóveis com carros 100% elétricos, os quais têm uma autonomia impactante, velocidade de superesportivos e, o melhor, não poluem o meio ambiente, visto que não emitem gases ou poluição sonora, por possuírem motores elétricos impressionantemente silenciosos. Importante destacar que o nome foi escolhido em homenagem ao grande inventor Nikola Tesla, que no final do século XIX e início do século XX era tratado como “o cientista que inventou a modernidade”, sendo responsável pela criação da corrente contínua e do motor AC (base para todos os motores elétricas da atualidade). Surge a TESLA MOTORS em 2003, fabricando automóveis 100% movidos a energia acumulada, e comercializando componentes elétricos, como as baterias de lítio-íon para construtoras de automóveis, incluindo Daimler e Toyota. A promessa da empresa,

o uso contínuo de gasolina aditivada, poderá voltar ao seu desempenho original, criando assim uma impressão de maior economia com autonomia. É preciso fazer rodízio de pneus?

verdade - Vários especialistas e montadoras

recomendam o rodízio dos pneus por eixo (dianteiro e traseiro) a cada 10 mil quilômetros, mantendo-os do mesmo lado de montagem. Que equilibra o desgaste entre os quatro pneus, aumentando a vida útil do conjunto. Na hora da substituição por novos, os quatro devem ser trocados. Quando trocamos de combustível no carro Flex, é necessário rodar alguns quilômetros?

verdade - Os especialistas recomendam zerar o combustível atual, para acrescentar o outro combustível. Após o abastecimento

como uma fabricante de automóveis independente que é, consolida-se nos carros elétricos a preços acessíveis para o consumidor de classe média. Pois bem, no final de Janeiro deste ano, fui à cidade de São Francisco na Califórnia, centro do vale do silício e berço da montadora TESLA. Vale ressaltar que me considero um “purista” para o segmento de automóveis e motocicletas. Adoro os roncos estridentes das supermáquinas italianas, sou apaixonado pelos belos exemplares clássicos alemães e piloto minha Harley-Davidson como se fosse um piloto de caça da segunda guerra mundial, tendo apreço pelo cheiro de gasolina exalado dos carburadores aspirados. Todavia nada disso conseguiu segurar minha certeza de que o futuro chegou. Descobri que ser cool, chique, moderno na Califórnia não é mais embarcar em uma Kombi florida, vestindo calças boca de sino e camisas estampadas como na década de 70. Ser cool na Califórnia é dirigir um elétrico, que além de todas as vantagens já pontuadas, ainda leva a reboque benefícios que estimulam a aquisição destes objetos de desejo. Falo aqui dos incentivos fiscais, isenções de pedágios, preços diferenciados em estacionamentos públicos, dentre outros. Confesso que senti falta dos Porsches, Ferraris, Bugattis e Lamborghinis esbanjando potência com seus cilindros queimadores de gasolina. Mas bastou um dia para eu entrar naquela “onda” e passar a desejar um “Eletric Car” e dirigir sem culpa nas mesmas ruas que há alguns anos atrás estavam tomadas por clássicos da engenharia automotiva e seus motores pulverizadores de veneno invisível. O futuro chegou e fica muito claro que a era “Mad Max” não existirá, já que é notória a derrocada dos motores a combustão e o atual crescimento dos motores automotivos 100% elétricos e não poluentes. Vida longa à TESLA, mentora desta nova revolução ecologicamente correta!

andar de 5 a 10 quilômetros com o carro para gastar o combustível antigo, fazendo com que o novo chegue ao motor, para ser reconhecido pela unidade de comando que recalibra o sistema a nova mistura. É melhor passar pela lombada com o carro pela diagonal?

MITO - Vários motoristas acreditam que passar na diagonal (com uma roda por vez) pelo obstáculo protege o veículo. Errado! Essa manobra causa torções na carroceria desnecessárias que aumentam o esforço Imposto à suspensão, a carga concentra em uma roda de cada vez. O correto é passar de frente, com as rodas alinhadas.

Profile for Revista Terra Magazine

Revista Terra - edição 45  

Estamos confiantes e fortalecidos que o país olha para frente otimista diante dos próximos desafios que temos: ano de eleição e claro, uma C...

Revista Terra - edição 45  

Estamos confiantes e fortalecidos que o país olha para frente otimista diante dos próximos desafios que temos: ano de eleição e claro, uma C...

Advertisement