Page 82

Dei um beijo na testa dele ao ouvir isso. “Não foi nada fácil descobrir algo a respeito da Fundação Crossroads.” “Você que não soube procurar.” “O seu mecanismo de busca é péssimo”, eu rebati, abrindo o site. “Tem essa página inicial, que é bonita, mas não traz informação nenhuma. Onde estão os links e as informações das instituições beneficiadas? E a sessão ‘Quem somos’, explicando o que é a fundação e qual é o seu objetivo?” “Uma pasta com informações detalhadas é mandada pras instituições de caridade, pros hospitais e pras universidades duas vezes por ano.” “Ótimo. Mas chegou a hora de entrar na era da internet. Por que as ações promovidas pela fundação não fazem nenhuma menção a você?” “A Crossroads não precisa remeter a mim, Eva.” “Como não?” Gideon ergueu as sobrancelhas, mas eu fiz o mesmo e entreguei uma lista de afazeres a ele. “Vamos minimizar o impacto do escândalo provocado por Deanna antes mesmo que ela comece a fazer estrago. Esse site precisa ser reformulado na segunda-feira no primeiro horário, acrescentando essas páginas e as informações que eu reuni.” Gideon deu uma olhada rápida no papel, apanhou a caneca de café e se recostou na cadeira. Preferi manter os olhos na caneca, e não sobre seu tronco descoberto. “O site das Indústrias Cross deveria ter um link pra fundação, na página da sua biografia”, eu continuei. “Que, aliás, também precisa ser reformulada e atualizada.” Mostrei mais um papel com anotações para ele. Gideon o apanhou e passou os olhos pela breve biografia que eu esbocei. “É claramente escrita por alguém apaixonado por mim.” “Não precisa bancar o modesto, Gideon. Às vezes você precisa bater no peito e dizer: ‘Eu sou o cara’. As suas qualidades vão muito além do seu rosto bonito, do seu corpo gostoso e do seu tesão inesgotável. Mas vamos nos concentrar nas coisas que posso dividir com o resto do mundo. Gideon abriu um sorriso e perguntou: “Quantas canecas de café você já tomou hoje?”. “O suficiente pra acabar com você, então tome cuidado.” Eu bati com o quadril em seu braço. “Também acho que seria bom escrever um comunicado à imprensa anunciando a aquisição de La Rose Noir, pras pessoas associarem o seu nome ao de Giroux. Pra todo mundo saber que Corinne, com quem você andou saindo ultimamente, tem um marido. Dessa forma, Deanna não pode pintar você como um canalha por ter rompido com ela. Isso se ela decidir ir por esse caminho.” Ele me puxou para seu colo, me pegando de surpresa. “Meu anjo, eu não aguento ver você preocupada desse jeito. Podemos fazer o que você quiser, mas antes entenda que essa Deanna não tem nada nas mãos. Ian Hager não vai comprometer a chance de ganhar uma bela indenização divulgando essa história. Ele vai assinar o acordo de sigilo, receber uma boa bolada e sumir no mundo.” “Mas e...” “Pro Six-Ninths não é uma boa ideia que as pessoas saibam que a musa

Profile for Cláudia Tressoldi

Crossfire 3 para sempre sua  

Crossfire 3 para sempre sua  

Advertisement