Page 202

saindo muito bem. Vou te dar muito prazer”. Ele perdeu o fôlego quando fui um pouco mais fundo, estimulando sua próstata com a ponta do dedo. “Eva!” Seu pau inchou ainda mais, ficou todo vermelho, com as veias saltadas, e o líquido pré-ejaculatório escorreu por sua barriga. Estava duro como pedra, encurvado sobre o abdome, logo acima do umbigo. Vê-lo assim tão excitado me deixou louca de tesão. “Você é meu.” Remexi o dedo de levinho dentro dele, enquanto passava a língua por todo o seu membro ereto. “Eu te amo demais, Gideon. Estou adorando fazer isso com você... ver você desse jeito.” “Ah, nossa.” Ele estremeceu violentamente. “Me fode, meu anjo. Agora”, ele soltou por entre os dentes. “Com força.” Eu abocanhei seu pau duro e fiz o que ele pediu, massageando-o por dentro e fazendo-o gemer e se contorcer sob um bombardeio de diferentes sensações. Ele me soltou e arqueou o corpo para trás, mas eu continuei a segurá-lo com a boca e com a mão, puxando-o para mais perto. “Ah, meu Deus”, ele gemeu, agarrando o edredom com as mãos até rasgá-lo, produzindo um som que reverberou pelo espaço confinado em que nos encontrávamos. “Para. Eva. Já chega. Puta que pariu!” Enfiei o dedo com mais força e o suguei com vontade, e nesse momento ele gozou com tamanha intensidade que até engasguei com seu fluido quente. Gideon continuou esporrando sobre os meus lábios quando o tirei da boca, e depois sobre os meus seios e sua própria barriga, em um jorro tamanho que era difícil acreditar que ele tinha acabado de gozar pouco tempo antes. Eu podia sentir as contrações na ponta do meu dedo, as pulsações violentas que faziam com que mais e mais esperma saísse do seu pau. Só tirei o dedo quando senti que seu corpo se acalmou, e me virei, toda trêmula, para abraçá-lo. Estávamos suados e melados, e adorei o fato de que isso não fazia a menor diferença. Gideon afundou seu rosto úmido entre os meus seios e começou a chorar.

Profile for Cláudia Tressoldi

Crossfire 3 para sempre sua  

Crossfire 3 para sempre sua  

Advertisement