Page 110

“Clancy e eu estamos à disposição caso você precise de alguma coisa”, ele disse, bem sério. “Obrigada, Richard. Eu agradeço muito.” Quando desliguei, tive que me controlar para não atirar o telefone na parede. Consegui me acalmar um pouco para ver o site da Crossroads antes que Gideon voltasse do escritório. Ele parecia exausto, e até um pouco tonto, o que era de esperar, aliás. Lidar com a minha mãe quando estava chateada era um desafio para qualquer um, e Gideon não tinha muita experiência nesse quesito. “Eu avisei.” Ele ergueu os braços e alongou o corpo. “Ela vai ficar bem. É bem mais durona do que aparenta.” “Ela ficou feliz por você ter ligado, né?” Ele sorriu. Eu revirei os olhos. “Ela acha que eu preciso de um homem rico pra cuidar de mim e me manter em segurança.” “E é isso que você tem.” “Só espero que não esteja dizendo isso com a conotação que um homem das cavernas usaria.” Eu me levantei. “Preciso ir pra casa me preparar pra visita do meu pai. Vou precisar dormir em casa enquanto ele estiver aqui, e não acho uma boa ideia você aparecer no meu apartamento. Se ele confundir você com um ladrão, a coisa vai ficar feia.” “E também seria um tremendo desrespeito. Vou aproveitar esse tempo pra marcar presença na minha cobertura.” “Certo.” Passei as mãos no rosto e aproveitei para admirar meu relógio novo. “Pelo menos tenho esta belezinha aqui pra contar os minutos até a gente poder se ver de novo.” Ele foi até mim e me pegou pela nuca. Com os polegares, começou a fazer movimentos circulares tentadores junto ao meu pescoço. “Preciso saber que você está bem.” Eu balancei a cabeça. “Já estou cansada dessa coisa de a minha vida girar sempre em torno de Nathan. Preciso pôr uma pedra sobre esse assunto de uma vez por todas.” Eu imaginava um futuro em que minha mãe respeitava minha privacidade, meu pai era minha fortaleza, Cary era feliz, Corinne morava em algum país distante e Gideon e eu não éramos mais assombrados pelo passado. E, a partir daquele momento, eu enfim me sentia pronta para trabalhar nesse sentido.

Profile for Cláudia Tressoldi

Crossfire 3 para sempre sua  

Crossfire 3 para sempre sua