Page 1

1-SEXO, DROGAS E CARNAVAL/DIVIRTA-SE COM RESPONSABILIDADE O carnaval é para os brasileiros a festa mais esperada do ano. É o momento de se divertir como nunca, é como se vivesse cada dia que antecede a quarta-feira de cinzas como se fosse o último. No meio da festa mais sensual brasileira, para muitos, vale tudo, de experimentar coisas novas a fazer tudo o que se tem vontade. No entanto, é sempre bom lembrar que algumas ações podem ter consequências para além dos dias de folia, até mesmo para a vida inteira, portanto, curtir de maneira intensa, mas com responsabilidade é fundamental para um divertimento saudável e seguro. Regada por música, sexo e drogas, a diversão proporcionada pelo carnaval pode se tornar um pesadelo para àqueles que não se cuidam. A liberação sexual exige o uso da camisinha uma vez que nessa época é que ocorre a maior contaminação pelo vírus HIV. Além do sexo, carnaval está ligado a drogas. Para Alberto, de 22 anos, usuário de maconha desde os 18, o carnaval é o momento em que faz tudo que tem direito, inclusive o uso de drogas ilícitas, para ele, um baseado é tão prejudicial quanto a cerveja, que é lícita. Já para Fernando, hoje com 31 anos, todo tipo de droga prejudica e toda atitude sem responsabilidade traz sérios problemas, e foi justamente isso que o fez ficar paraplégico aos 20 anos no último dia de carnaval de 1998, quando sofreu um grave acidente. Fernando lembra que o amigo que estava dirigindo havia bebido a noite toda, e que todos estavam “doidões” no carro e pedindo mais velocidade. O resultado: uma tragédia. O carnaval é uma excelente festa, desde que aproveitada com responsabilidade, portanto, dance, curta, aproveite ao máximo. Mas lembre-se, após os dias de folia ainda existe vida! Responsabilidade e diversão combinam muito bem com Carnaval.

2-MANUAL DAS DROGAS Pesquisas indicam que em cada 5 alunos universitários, 1 já fez uso de droga e 70% ficam dependentes. Independente da forma (ingerida, injetada, inalada ou absorvida pela pele), as drogas entram na corrente sanguínea e atingem o cérebro alterando o equilíbrio, podendo levar a reações agressivas. Aproveitando o Carnaval, o marco de iniciação de muitos jovens ao mundo das drogas, segue algumas informações.

CIGARRO: A nicotina presente em um só cigarro aumenta a produção de hormônios receptores no lobo frontal do cérebro. Desta forma, dois dias após ter fumado um único cigarro, o indivíduo passa a ter necessidades da droga no organismo. ÁLCOOL:droga psicotrópica que atua no sistema nervoso central causando dependência e mudança no comportamento. Os efeitos são percebidos em dois períodos, um que estimula e outro que deprime. Os efeitos do consumo são sentidos em órgãos como o fígado, coração, vasos e estômago. Para os viciados a suspensão do consumo, pode causar confusão mental, visões, ansiedade, tremores e convulsões. LANÇA-PERFUME: conhecida como a droga dos carnavais é um solvente à base de cloreto de etila, éter, clorofórmio e essência perfumada. Essa substância é absorvida e libera adrenalina no organismo, acelera a frequência cardíaca, proporcionando sensação de euforia e desinibição ao mesmo tempo em que confere perturbações auditivas e visuais, perda de autocontrole e visão confusa. Como seus efeitos são rápidos, os usuários inalam diversas vezes e isso pode causar falta de ar, desmaios, alucinações, convulsões, paradas cardíacas e morte. COCAÍNA: droga psicoativa, estimula e vicia, promove alterações cerebrais que faz com que o usuário vivencie sensações de poder, tais efeitos têm pouca duração. Logo o indivíduo entra em contato com a realidade o que desperta ansiedade em poder usá-la novamente. Seu uso altera o ritmo cardíaco, dilata a pupila, altera a pressão sanguínea, provoca calafrios, náuseas, vômitos, perda de peso e apetite.

MACONHA: Vicia e provoca efeitos alucinógenos. CRACK: O consumo é maior que o da cocaína, pois é mais barato. Por ser estimulante, ocasiona dependência física e até a morte. Seu uso acelera os batimentos cardíacos, aumenta a pressão arterial, dilata as pupilas, provoca suor intenso, tremores, excitação.

ECSTASY: também conhecida como bala. Seus efeitos surgem após 20 e 70 minutos, provoca taquicardia, aumento da pressão sanguínea, secura da boca, diminuição do apetite, dilatação das pupilas, dificuldade em caminhar, vontade de urinar, tremores, transpiração, câimbras, sensação de intimidade e de proximidade com outras pessoas, aumenta a comunicação, a sensualidade, euforia, despreocupação, autoconfiança e perda da noção de espaço. Provoca lesões celulares irreversíveis, depressão, paranóia, alucinação, despersonalização, ataques de pânico, perda do autocontrole, impulsividade, dificuldade de memória e de tomar decisões.

3-USO DE DROGAS DURANTE CARNAVAL PODE LEVAR À MORTE Drogas de abuso como cocaína, ecstasy, cristal e outras anfetaminas, geralmente consumidas por adolescentes e adultos durante festas como o Carnaval, podem representar um risco para a saúde e até levar à morte. O alerta é da Secretaria da Saúde do Estado .

Segundo os médicos, o socorro à vítima de doses elevadas (overdose) precisa ser imediato, devendo a mesma ser conduzida para a unidade de emergência mais próxima. As drogas de abuso têm a capacidade de provocar um estado de euforia e “bem estar”, além de aumentar a disposição, vigor e resistência física nos “embalos”, daí o consumo durante festas. E acrescenta: “A associação dessas substâncias com bebidas alcoólicas causa reações adversas, com quadros graves e maior risco de morte”.As vias de consumo destas drogas variam, podendo ser cheiradas, fumadas, injetadas, inaladas ou tomadas por via oral. Em doses elevadas as drogas provocam tremores, delírio, pânico, alucinações visuais e auditivas, paranóia, irritabilidade excessiva e agressividade. Outros efeitos do abuso de drogas incluem: tremor de mandíbula (cristal), desidratação e sudorese profunda (ecstasy), náuseas, vômitos, hipotermia, taquicardia, insuficiência respiratória, hipertensão arterial, dificuldade de micção, lesões neurológicas, perda de consciência, convulsões e morte. RESPONDA. (Matriz de referência 9º ano) 1-Qual o tema central dos textos? D 1 2- Que informação está explícita nos textos? D 2 3- Qual o sentido da palavra bala no texto 2? D 5 4- No texto 1 que opinião os jovens têm sobre as drogas? D 10 5-Qual é a função desses textos? D 6 6- Que drogas são mencionadas nos textos? D 2 7- Que informação o texto 1 traz sobre o perigo da liberação sexual? D 2 8-Baseado no texto 1, explique o que são drogas lícitas e ilícitas? De exemplo. D 3 9- Qual a intenção do autor do texto 1 ao usar a expressão “após os dias de folia ainda existe vida!” D 5 10- De que formas as drogas podem ser usadas? D 2 11- De acordo com o texto 2, qual é o marco inicial de muitos jovens ao mundo das drogas? D 2 12- De acordo com o texto 2, qual é a droga do carnaval e que reações ela provoca nos usuários? D 2 13- De acordo com o texto 2, que droga é a que mais está associada a liberação sexual? D 3 14-Segundo o texto 3 o que significa ‘drogas de abuso’? De exemplo. D 5 15-Segundo o texto 3, qual a causa dos jovens usarem ‘drogas de abuso’ durante as festas e qual pode ser a conseqüência desse uso desmedido? D 12


RESPONDA. (Matriz de referência 9º ano) 1-Qual o tema central dos textos? D 1 2- Que informação está explícita nos textos? D 2 3- Qual o sentido da palavra bala no texto 2? D 5 4- No texto 1 que opinião os jovens têm sobre as drogas? D 10 5-Qual é a função desses textos? D 6 6- Que drogas são mencionadas nos textos? D 2 7- Que informação o texto 1 traz sobre o perigo da liberação sexual? D 2 8-Baseado no texto 1, explique o que são drogas lícitas e ilícitas? De exemplo. D 3 9- Qual a intenção do autor do texto 1 ao usar a expressão “após os dias de folia ainda existe vida!” D 5 10- De que formas as drogas podem ser usadas? D 2 11- De acordo com o texto 2, qual é o marco inicial de muitos jovens ao mundo das drogas? D 2 12- De acordo com o texto 2, qual é a droga do carnaval e que reações ela provoca nos usuários? D 2 13- De acordo com o texto 2, que droga é a que mais está associada a liberação sexual? D 3 14-Segundo o texto 3 o que significa ‘drogas de abuso’? De exemplo. D 5 15-Segundo o texto 3, qual a causa dos jovens usarem ‘drogas de abuso’ durante as festas e qual pode ser a conseqüência desse uso desmedido? D 12 RESPONDA. (Matriz de referência 9º ano) 1-Qual o tema central dos textos? D 1 2- Que informação está explícita nos textos? D 2 3- Qual o sentido da palavra bala no texto 2? D 5 4- No texto 1 que opinião os jovens têm sobre as drogas? D 10 5-Qual é a função desses textos? D 6 6- Que drogas são mencionadas nos textos? D 2 7- Que informação o texto 1 traz sobre o perigo da liberação sexual? D 2 8-Baseado no texto 1, explique o que são drogas lícitas e ilícitas? De exemplo. D 3 9- Qual a intenção do autor do texto 1 ao usar a expressão “após os dias de folia ainda existe vida!” D 5 10- De que formas as drogas podem ser usadas? D 2 11- De acordo com o texto 2, qual é o marco inicial de muitos jovens ao mundo das drogas? D 2 12- De acordo com o texto 2, qual é a droga do carnaval e que reações ela provoca nos usuários? D 2 13- De acordo com o texto 2, que droga é a que mais está associada a liberação sexual? D 3 14-Segundo o texto 3 o que significa ‘drogas de abuso’? De exemplo. D 5 15-Segundo o texto 3, qual a causa dos jovens usarem ‘drogas de abuso’ durante as festas e qual pode ser a conseqüência desse uso desmedido? D 12 RESPONDA. (Matriz de referência 9º ano) 1-Qual o tema central dos textos? D 1 2- Que informação está explícita nos textos? D 2 3- Qual o sentido da palavra bala no texto 2? D 5 4- No texto 1 que opinião os jovens têm sobre as drogas? D 10 5-Qual é a função desses textos? D 6 6- Que drogas são mencionadas nos textos? D 2 7- Que informação o texto 1 traz sobre o perigo da liberação sexual? D 2 8-Baseado no texto 1, explique o que são drogas lícitas e ilícitas? De exemplo. D 3 9- Qual a intenção do autor do texto 1 ao usar a expressão “após os dias de folia ainda existe vida!” D 5 10- De que formas as drogas podem ser usadas? D 2 11- De acordo com o texto 2, qual é o marco inicial de muitos jovens ao mundo das drogas? D 2 12- De acordo com o texto 2, qual é a droga do carnaval e que reações ela provoca nos usuários? D 2 13- De acordo com o texto 2, que droga é a que mais está associada a liberação sexual? D 3 14-Segundo o texto 3 o que significa ‘drogas de abuso’? De exemplo. D 5 15-Segundo o texto 3, qual a causa dos jovens usarem ‘drogas de abuso’ durante as festas e qual pode ser a conseqüência desse uso desmedido? D 12 RESPONDA. (Matriz de referência 9º ano) 1-Qual o tema central dos textos? D 1 2- Que informação está explícita nos textos? D 2 3- Qual o sentido da palavra bala no texto 2? D 5 4- No texto 1 que opinião os jovens têm sobre as drogas? D 10 5-Qual é a função desses textos? D 6 6- Que drogas são mencionadas nos textos? D 2 7- Que informação o texto 1 traz sobre o perigo da liberação sexual? D 2 8-Baseado no texto 1, explique o que são drogas lícitas e ilícitas? De exemplo. D 3 9- Qual a intenção do autor do texto 1 ao usar a expressão “após os dias de folia ainda existe vida!” D 5 10- De que formas as drogas podem ser usadas? D 2 11- De acordo com o texto 2, qual é o marco inicial de muitos jovens ao mundo das drogas? D 2 12- De acordo com o texto 2, qual é a droga do carnaval e que reações ela provoca nos usuários? D 2 13- De acordo com o texto 2, que droga é a que mais está associada a liberação sexual? D 3 14-Segundo o texto 3 o que significa ‘drogas de abuso’? De exemplo. D 5 15-Segundo o texto 3, qual a causa dos jovens usarem ‘drogas de abuso’ durante as festas e qual pode ser a conseqüência desse uso desmedido? D 12

Sexo.carnaval  

ECSTASY: também conhecida como bala. Seus efeitos surgem após 20 e 70 minutos, provoca taquicardia, aumento da pressão efeitos têm pouca dur...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you