Page 1

E.E.”Dr JOAQUIM VILELA” AVALIAÇÃO; DE LÍNGUA PORTUGUESA DATA:__/__/__SÉR 6º ANO ALUNO (A):_______________________________________________ Nº___ PROFESSORA D.LUCIENE LARA: _________ TÓPICO DESCRITOR Leia os textos e responda as questões Texto I A lebre e a tartaruga Era uma vez... uma lebre e uma tartaruga. A lebre vivia caçoando da lentidão da tartaruga. Certa vez, a tartaruga, já muito cansada por ser alvo de gozações, desafiou a lebre para uma corrida. A lebre, muito segura de si, aceitou prontamente. Não perdendo tempo, a tartaruga pôs-se a caminhar, com seus passinhos lentos, porém firmes. Logo a lebre ultrapassou a adversária e, vendo que ganharia fácil, parou e resolveu cochilar. Quando acordou, não viu a tartaruga e começou a correr. Já na reta final, viu finalmente a sua adversária cruzando a linha de chegada, toda sorridente. Moral da história: Devagar se vai ao longe! http://www.qdivertido.com.br/verconto.php?codigo=29

1-O episódio da narrativa que contribui para a vitória da tartaruga é (A) a decisão da lebre de parar e cochilar. (B) o desafio de realizar uma corrida com a lebre. (C) o desafio de correr para garantir a vantagem. (D) a decisão firme de caminhar com passos lentos. 2-O trecho que expressa uma opinião a respeito de um dos personagens é (A) “Logo a lebre ultrapassou a adversária...” (B) “Era uma vez... uma lebre e uma tartaruga.” (C) “A lebre, muito segura de si, aceitou prontamente.” (D) “Quando acordou, não viu a tartaruga e começou a correr. 3-A finalidade deste texto é ensinar ao leitor que (A) o sono renova as energias do corpo. (B) a caçoada do adversário garante a vitória. (C) o êxito depende de dedicação e persistência. (D) o esporte é necessário para manutenção da saúde. 4-As características do texto “A lebre e a tartaruga”, tais como – o tipo de personagens e a presença de moral –, exemplificam o texto conhecido como (A) receita. (B) fábula. (C) campanha publicitária. (D) história em quadrinhos. Texto II Fada feiticeira Geralda É uma fada cozinheira Que quando entra na cozinha Até parece feiticeira. É que seus molhos são pecados As suas massas são feitiços As suas carnes são caprichos Quitutes da mãe brasileira. Seus doces Seus bons-bocados, seus quindins Suas pamonhas, seus bombons Suas paçocas, seus pudins. Quando ela faz a sobremesa


É sempre o prato mais gostoso Vem um perfume saboroso Que todo mundo vai querer Pegar Sentir Mexer Cheirar Provar Lamber Morder Comer Ricardo Azevedo. A casa do meu avô. São Paulo: Ática, 2003.

5-Os versos 17 a 24, construídos por meio de verbos, expressam (A) os passos a serem seguidos por aqueles que desejam cozinhar bem. (B) os desejos das pessoas ao sentirem o perfume da sobremesa de Geralda. (C) as atitudes adotadas pela fada feiticeira ao preparar seus feitiços. (D) as instruções para preparação dos quitutes da mãe brasileira. Texto lll Sempre o Juquinha No primeiro dia de aula, a professora explica que vai testar a capacidade de raciocínio das crianças, fazendo-as ligar determinadas características ao animal certo. Chama o Juquinha e começa: – Quem pia é... – Pião! – diz o garoto terrível. Com paciência, a professora diz que é o pintinho da galinha que pia. – Vou lhe dar outra chance: quem ladra é... – Ladrão! A professora, irritada, explica que é o cachorro. – Seu Juquinha, vou lhe dar a última chance: quem muda de cor é... E o Juquinha: – Semáforo! Almanaque Brasil de Cultura Popular. São Paulo, ano 2, n. 15, jun. 2000, p. 30.

6-Nos trechos ”– Quem pia é ...”; “quem ladra é...”; “quem muda de cor é...”, o uso das reticências, em relação ao aluno, reforça a (A) oportunidade de completude da fala. (B) informação sobre extinção de animais. (C) expressão de irritação da professora. (D) falta de resposta dos alunos. Texto lVQ

Maurício de Souza. As melhores tiras da Mônica. São Paulo: Globo, 2006.

7-A expressão “CHUAC!” reproduz (A) o som do beijo da personagem no sapo. (B) o susto que o sapo levou ao ser beijado. (C) o surgimento de uma ideia repentina. (D) o desejo realizado por um príncipe.


8-No último quadrinho, a fisionomia do sapo mais os corações ao seu redor revelam (A) medo em relação à atitude da personagem Mônica. (B) reconhecimento do assombro vivido pela personagem Mônica. (C) encantamento do personagem em relação à transformação ocorrida. (D) curiosidade do personagem sobre a presença da “fada madrinha”. Texto V

Ziraldo. Curta o Menino Maluquinho, São Paulo. Globo, v. 2, 2007.

9-Na história em quadrinhos que você leu, a expressão “Irado!” aparece no título e no quinto quadrinho com o sentido de (A) sensacional. (B) revoltante. (C) medonho. (D) curioso. 10- Maluquinho não caiu do touro mecânico porque (A) a torcida o estimulou. (B) guardou chicletes no bolso de trás. (C) o touro mecânico movimentou-se devagar. (D) desenvolveu a habilidade com treinamento.

Boa sorte!Resolva as questões com calma e atenção.

avaliação pav6  

Texto II Fada feiticeira Geralda É uma fada cozinheira Que quando entra na cozinha Até parece feiticeira. É que seus molhos são pecados As s...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you