Issuu on Google+

Tópico 19 –9º ano 3º bimestre.Agenda 21 OP-35 •O etnoconhecimento e a etnodiversidade do povo brasileiro: importância dos saberes e fazeres (conquistas tecnológicas) elaborados e acumulados por populações tradicionais em seus diversos campos, como a botânica, a medicina, a astronomia, a filosofia e a literatura, bem como suas especificidades sociais e territoriais. Por se tratar de um patrimônio humano, artístico e científico brasileiro é relevante conhecê-los e protegê-los com medidas eficazes de combate à biopirataria. Eles vivem em todos os biomas brasileiros. São os povos indígenas, seringueiros, quilombolas, quebradeiras de coco, ribeirinhos e extrativistas.


• Políticas públicas nacionais de combate à pobreza e busca do desenvolvimento sustentado: avaliação do Programa Fome Zero em escala local e análise do Programa Biodiesel como alternativa sustentável de fonte de energia.

• Entre as medidas de conservação dos ambientes naturais destaca-se a criação de reservas extrativistas. Nessa abordagem colocar-se-á em questão a importância do manejo sustentável dos recursos florestais amazônicos e o Programa Nacional da Biodiversidade e a biopirataria, ou seja, saque indevido das riquezas naturais, que movimenta por ano no mundo cerca de US$ 60 bilhões, segundo estimativas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).



Tópico 19Tópico 19 –9º ano 3º bimestre.Agenda 21 OP-35