Page 1

1


2


port ifรณlio

Sรฃo pa u lo 2018 3


sobre Olá, sou estudante do quinto ano da graduação em Arquitetura e urbanismo pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho – UNESP de Bauru, e os trabalhos apresentados neste documento são frutos de minha experiência acadêmica. Procurei apresentar minhas potencialidades a partir de escalas distintas, desde um conjunto habitacional ao projeto de uma fonte tipográfica, pois acredito na multidisciplinaridade do ofício do arquiteto e na sua capacidade de criar e alterar espaços independente da abordagem disponível, sempre visando o bem-estar e a satisfação do usuário.

4


projeto

bairro ecológico cumaru

6

projeto

arquitetura de interiores

16

projeto

escritório de planejamento urbano

28

identidade

arquiteto faz cartazes

46

imagens

aquarelas e outras mídias

50

tipografia

habitat font

64

ENTRE EM

CONTATO

72 5


6


invasões na área equipamentos públicos

O Bairro Ecológico Cumaru é uma proposta de projeto que visa a integração da comunidade adjacente à Floresta Estadual de Pederneiras – SP à pratica de produção agrícola de baixa escala, de maneira responsável, a modo de favorecer a auto sustentabilidade de seus usuários. Outra grande preocupação durante o projeto foi de não atenuar a desigualdade entre os bairros do entorno, ao considerar que os beneficiados pelo Bairro Ecológico teriam uma maior disponibilidade de terra, e desta forma, de condições. Como forma de compensação, é proposta a implementação de diversos equipamentos públicos, sendo eles: Escola Infantil, ETEC e EJA, Quadras poliesportivas, Balneário, Feira Permanente, CRAS, Centro de Processamento, Centro Comunitário e um

7


Parque. Estes equipamentos estão dispostos em três grandes quadras localizadas nas extremidades da área do projeto, para facilitar o acesso dos moradores da região. O acesso e uso público está também na Agrofloresta, que corta e percorre toda área, criando um grande corredor verde no projeto.

equipamento público:

educação e lazer

equipamento público:

parque cumaru

equipamento público:

cívico e comercial Legenda Vias públicas Loteamento Horta da Comunidade Sistema Agroflorestal APA 8

IMPLANTAÇÃO


EQUIPAMENTOS PÚBLICOS

educação e lazer

Quadras poliesportivas

balneário municipal

estacionamento

etec e eja escola de educação infantil

Espaço de uso misto: técnico e profissionalizante durante os períodos matutino e vespertino; no noturno a escola oferece então educação à jovens e adultos da região.

9


EQUIPAMENTOS PÚBLICOS

educação e lazer feira permanente Infraestrutura ideal para o comércio de produtos locais. Os produtores teriam direito à locação de boxes. Além disso, é incentivado a ocupação por meio de seguimentos alimentícios, garantindo assim o uso diversificado do local, principalmente no período noturno, como forma de recreação.

centro de processamento estacionamento

Local destinado aos usuários das hortas coletivas e residentes do programa que desejarem valorizar sua produção e adequar para demandas de novos mercados.

centro comunitário cras Centro de Referencial de Assistência Social.

parque cumaru

Desde atividades corriqueiras na vida de pequenas cidades, como jogos de tabuleiro, bocha e playground; este também apresenta ambientes para encontros, atividades físicas e contemplação. 10

Espaço para reuniões da comunidade e cursos. Junto ao edifício, temos um teatro ao ar livre.


lote, agrofloresta e a horta da comunidade

unidades produtivas

sistema agroflorestal

depósito de materiais e produtos

horta da comunidade

lote Modular, o sistema de lotes conta com a residência unifamiliar e edificações de apoio ao cultivo e outras produções.

Com o intuito de integrar aqueles interessados na produção agrícola da região, é criado o sistema de lotes disponível para a locação social, cabendo ao locatário apenas os custos da manutenção do local (água, luz, etc.). Para abranger um maior número de pessoas e havendo a necessidade, o produtor teria 5 anos para utilizar, terminado o período, o lote ficaria disponível para novos produtores. Um curso de melhores práticas e manuseio da terra é imprescindivel e obrigratório aos beneficiados pelo programa.

11


moradia e produção

o lote

residência unifamiliar

vegetação remanescente

área produtiva oficina/ cozinha ind. depósito de materiais e produtos Localizado na extremidade do lote para facilitar a dispersão da produção.

Espaço destinado para suprir diferentes necessidades e oferecer apoio à outras práticas, como marcenaria e costura, entre outros ofícios.

sistema de aquecimento solar coleta de água da chuva

cisterna 12


moradia

tipologia I

planta baixa 2

0

planta de cobertura 2

4

2

0

2

4

elevação 1

corte e

sem escala

elevação 2

elevação 3

corte f

sem escala

elevação 4 13


moradia

tipologia Ii

planta baixa 2

0

planta de cobertura 2

4

2

elevação 1

corte a

sem escala

elevação 2

elevação 3

corte b

sem escala

elevação 4 14

0

2

4


moradia

tipologia Iii

planta baixa 2

0

planta de cobertura 2

4

2

0

2

4

elevação 1

corte c

sem escala

elevação 2

elevação 3

corte d

sem escala

elevação 4 15


“Hall/Recepção”, imagem renderizada via Sketchup Pro + Vray 16


O intuito do projeto a seguir foi de reformar e adequar uma casa localizada em Bauru-SP, num local ideal para receber um escritĂłrio de arquitetura. Seguindo uma linha industrial de design de interiores, foram extraĂ­das paredes para criar ambientes abertos e convidativos.

planta baixa original - tĂŠrreo

planta baixa original - Primeiro Pavimento

2

2

0

2

4

0

2

4

17


projeto

modificações

18

planta layout reforma - térreo

planta layout reforma - primeiro pavimento

2

2

0

2

4

0

2

4


detalhes

sala de estagiรกrios/maquetaria

planta baixa 0,5

0

0,5

1

19


detalhes

cortes

corte a 0,5

0

corte b 0,5

1

corte d 0,5

20

0

0,5

0

0,5

corte c 0,5

1

0,5

0

0,5


1

1

“Sala dos estagiários”, imagem renderizada via Sketchup Pro + Vray 21


“Sala dos estagiários”, imagem renderizada via Sketchup Pro + Vray

22


“Maquetaria”, imagem renderizada via Sketchup Pro + Vray

23


detalhes

cozinha

planta baixa 0,5

24

0

0,5

1


detalhes

cortes

corte a 0,5

0

0,5

1

0,5

1

corte d 0,5

0

25


detalhes

cortes

corte c 0,5

0

0,5

1

0,5

1

corte b 0,5

26

0

“Cozinha�, imagem renderizada via Sketchup Pro + Vray


27


28


subsolo

térreo

primeiro pavimento

O projeto surge a partir da demanda de criar um espaço destinado a abrigar profissionais, de diversas especialidades, com a finalidade de criar e gerenciar planos de desenvolvimento urbano para a região de Bauru-SP. Trata-se de um edifício simples, bem geométrico e de estrutura metálica, que atua como apoio para deixar o volume flutuando sobre o subsolo, o estacionamento dos usuários. No interior temos ambientes de encontro e de solitude, concentração. O térreo é destinado a recepção do público, enquanto o primeiro pavimento é um espaço aberto e colaborativo, integrando e incentivando a troca de conhecimentos. 29


o projeto

plantas

anfiteatro/ sala de reuniões

estacionamento

copa

área de serviço

diretoria

hall/recepção

área ajardinada

rampa de acesso

planta baixa - subsolo 30

planta baixa - térreo


sala de reuniĂľes

sala de planejamento urbano

planta baixa - primeiro pavimento

planta de cobertura 2

0

2

4

31


o projeto

cortes

32

corte a

corte b

corte d

corte e


corte c

corte f 2

0

2

4

33


o projeto

cortes

corte g

corte h

2

34

0

2

4


história de uma

escada

“Escadaria”, imagem renderizada via Sketchup Pro + Vray 35


detalhes das escadas

plantas

planta baixa - escada - subsolo

planta baixa - escada - tĂŠrreo 0,5

36

0

0,5

1


detalhes das escadas

cortes

corte a

0,5

0

0,5

1

37


detalhes das escadas

cortes

corte b

38

corte c


corte d

0,5

0

0,5

1

39


detalhes das escadas

pormenores

detalhe 1

detalhe 3 40


detalhe 2

detalhe 4 41


detalhes das escadas

pormenores

detalhe 5

detalhe 6

42


detalhe 7

43


44


“Sala do Planejamento�, imagem renderizada via Sketchup Pro + Vray

45


46


Os cartazes a seguir foram confeccionados para a “XII Semana de Arquitetura” da UNESP de Bauru, que teve como tema a diversidade de atuação do arquiteto. Para a construção da identidade visual, busquei assimilar o nome do evento, “Arquiteto Faz”, com imagens de profissionais icônicos e situações do dia a dia para divulgar concursos e festas do evento.

47


Atuei com liberdade, criando leituras humorísticas. Artigas, Burle Marx e Niemeyer se divertem num Karaokê e logo depois seguem para o show dos 48

americanos Wright, Eisenman e Guery no sarau mais próximo. Enquanto isso, Le Corbusier faz um delicioso e diferenciado macarrão instantâneo.


49


50


“Céu da FAU-USP”, aquarela sobre papel Hahnemuhle 425g/m³

Durante a graduação me dediquei à técnica de aquarela, procurando retratar desde edifícios icônicos da arquitetura paulista à retratos de famosos. Em minha iniciação científica “ Um estudo da luz na arquitetura através de imagens pictóricas e fotográficas” busquei analisar a relação entre a pintura aquarelada e a fotografia analógica quanto a luz e formas de representar a arquitetura. Além disso, participo de grupos de “Urbans Sketchers” , que se reúnem para desenhar a cidade in loco. São desenhos rápidos, croquis urbanos, sem o rigor da técnica, apenas a impressão do espaço no papel. 51


“Ângulos do MuBE”, aquarela sobre papel Hahnemuhle 425g/m³

“Eterno B.B. King”, aquarela sobre papel Hahnemuhle 425g/m³ 52


53


54


“Elevador da Pinacoteca”, aquarela sobre papel Hahnemuhle 425g/m³

“Eleven”, aquarela sobre papel Hahnemuhle 425g/m³

55


56


“Lina Bo Bardi: MASP e Sesc Pompéia”, aquarelas sobre papel Hahnemuhle 425g/m³

“Casa Amarela, Instituto Lauro de Souza Lima de Bauru”, aquarela sobre papel Hahnemuhle 425g/m³ 57


“Luz e Pinacoteca”, Pentax K1000, Lente 50mm 1:2, filme Kodak Pro-Image 100

58


59


60


“Verde Kodak: Praça Victor Civitá e Edifício Louveira”, Pentax K1000, Lente 50mm 1:2, filme Kodak Pro-Image 100

61


“Sesc Pompéia”, croquis sobre papel Hahnemuhle 425g/m³

62

“Centro de São Paulo”, croquis sobre papel Hahnemuhle 425g/m³


63


64


65


Habitat é uma fonte baseada na prática do projeto arquitetônico, da forma que procura elaborar e valorizar espaços. Bem geometrizada, foi elaborada inicialmente a partir de módulos e softwares tidos como exóticos no design gráfico, como Autodesk Autocad e Sketchup Pro.

66


habitat bold

uppercase

lowercase

numbers and glyphs

67


numbers and glyphs

lowercase

uppercase

habitat regular

68


habitat thin

uppercase

lowercase

numbers and glyphs

69


70


71


ENTRE EM

CONTATO! :)

(11) 94549-3154 bigoto.claudia@gmail.com Av. Lacerda Franco, 570, Cambuci, São Paulo - SP

ARQUITETURA E URBANISMO

Data de nascimento: 09/01/93

nível do inglês

Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP

Nacionalidade: Brasileira Estado Civil: Solteira

Unidade de Bauru 2014 - 2019 (em curso) leitura

escrita

conversação

Linguas: Português e Inglês

Arquitetura

2016

2015

Representante discente titular em Conselho de Curso.

Arquitetura hospitalar

Iniciação Científica: “Um estudo da Luz na Arquitetura através de imagens pictóricas e fotográficas”.

Design de interiores

Evento: “Encontro Multidisciplinar de Práticas Inclusivas, Design e Saúde: Interfaces Possíveis”.

Representação gráfica

Integrante do Centro Acadêmico.

Pintura

Representante discente titular do Conselho de Curso.

Urbanismo Tipografia Fotografia

Comissão Organizativa: “Semana de Arquitetura 2015”. Organização: “Eventos Comemorativos do Centenário de Vilanova Artigas”.

72

A U TO CA D

PH OT OSH OP

behance.net/bigotoclau479b

REV IT

I LLUST RA T O R

linkedin.com/claudia-bigoto

S K ETCHUP

I N DE SI GN

facebook.com/claudia.bigoto

V RA Y

E XCE L

twitter.com/claudiabigoto


73


74

Claudia Bigoto - Portifólio - Arquitetura e Urbanismo 2018  

Uma coletânea de alguns trabalhos realizados durante meus anos de graduação em arquitetura e urbanismo pela UNESP Bauru.

Claudia Bigoto - Portifólio - Arquitetura e Urbanismo 2018  

Uma coletânea de alguns trabalhos realizados durante meus anos de graduação em arquitetura e urbanismo pela UNESP Bauru.

Advertisement