__MAIN_TEXT__

Page 1

MOBILIZAÇÃO / 3 Prefeitos vão a Brasília debater Estratégias e Ações para 2012 www.jmijui.com.br

SOCIAL / 13 Clube Ijuí começa gestão apoiando iniciativas culturais Leila Krüger lançou no sábado o romance Reencontro

IJUÍ, QUARTA-FEIRA, 29 DE FEVEREIRO DE 2012

ANO XXXVIII - Nº41

R$ 2,00

AGRICULTURA FAMILIAR / 10

Cooperativas conhecem plano de ações do governo Dorlei Cole, da secretaria estadual, apresentou em Ijuí as propostas para cerca de 70 cooperativas da região

55 ANOS DE ENSINO SUPERIOR / 5

UNIJUÍ RECEBE HOMENAGEM DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

CRIMINALIDADE / 11

Ijuiense é suspeita de assassinato Fabiana dos Reis Andrade está sendo procurada pela polícia.

ENERGIA / 3

Demei registra economia de 5% no consumo Percentual foi registrado durante o Horário de Verão.

POLÍCIA / 11

Homem morre após colisão com carreta A solenidade ocorreu após pedido feito pela deputada estadual Zilá Breitenbach, do PSDB

Paulo Cesar Santos Espindola perdeu a vida na BR 285.


2 l

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Radar

Jornal da Manhã

Pneus usados

O descarte adequado de pneus deve ser feito no Ecoponto de Ijuí. Ele está localizado no prédio da antiga Ceasa, o local funciona às quartas-feiras, das 8h às 11h e das 13h30 às 17h. Apenas pneus são recebidos no local. l

Concurso

As inscrições para os Prêmios Ambientais são concedidos anualmente pelo Poder Executivo por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) e já estão abertas, seguindo até o dia 27 de abril na prefeitura, junto ao protocolo da Secretaria de Meio Ambiente. Os interessados em participar poderão ler e obter o texto integral do Regulamento e Edital dos Prêmios, assim como as fichas de inscrições no site do município. A edição deste ano tem por tema: gestão integrada dos resíduos. Não gerar, reduzir, reciclar, tratamento adequado e disposição final. Os prêmios serão divididos em duas categorias, o Bem Hur Lenz César Mafra para organizações da sociedade civil, imprensa e comunidade em geral e o Ludwig Reichard Filho para empresas, governo e instituições de ensino. l

TJLP Dezembro/2011 ................ 6,00% Ouro ................................... R$97,00(gr)

IPVA

Os proprietários de veículos, que optarem em quitar o IPVA em três vezes, têm até hoje para pagar a segunda parcela com desconto de 2%. O valor da prestação é atualizado com base na UPF-RS vigente na data do pagamento. A terceira e última parcela, com desconto de 1%, vence em 30 de março. Após 30 de março, o eventual saldo remanescente, resultado do pagamento somente da primeira parcela ou das duas primeiras parcelas, também deve ser quitado em uma única vez sem desconto e baseado na UPF-RS do mês de pagamento, conforme as datas de vencimento do IPVA do veículo. O pagamento pode ser efetuado no Banrisul, Bradesco, Sicredi, Banco do Brasil e Banco Itaú. l

Poupança 28.02.2012 .............. 5223%

Dolar Comercial (compra) ...... R$ 1,697 Dolar Comercial (venda) ........ R$ 1,699 Dolar turismo (compra) ........... R$ 1,650 Dolar turismo (venda) ............. R$ 1,830 Euro (compra) ......................... R$ 2,282 Euro (venda) ........................... R$ 2,283 Salário Minimo Nacional ...... R$ 622,00 INCC-M Setembro/2012 ....... Var 0,14

Diversão - O local utilizado para sorteios de preás teve outra finalidade na 36ª Festa da Uva da Colônia Santo Antônio. As crianças que foram com os pais prestigiar a festa, utilizaram o local para brincadeiras que entreteram a todos no último final de semana.

Getúlio

Dos 18 exames de suspeita de Dengue já encaminhados em Ijuí, 16 retornaram com o resultado negativo, sendo que os outros dois ainda não foram concluídos. A informação é do coordenador de Campo da Vigilância Ambiental, Rinaldo Pezzetta, que destaca que não há circulação viral no município. No entanto, Pezzetta ressalta a “importância de a comunidade dar continuidade às medidas preventivas para que não aumente a população de mosquitos adultos, o que ofereceria mais risco de termos Dengue em Ijuí”. l

Comus

O presidente do Conselho Municipal de Saúde (Comus) de Ijuí, Moacir Deves, informou que a reunião ordinária do Conselho programada para hoje, às 8h, no auditório da Secretaria da Saúde, será aberta à comunidade. Entre os assuntos na pauta de discussão está a apresentação do relatório emitido pelo Ministério da Saúde do Sistema de Informações do Orçamento Público em Saúde. O relatório serve para analisar a aplicação do dinheiro na saúde com dados importantes como, por exemplo, quanto foi aplicado por habitante em Ijuí no ano de 2011. l

Unijuí

A Unijuí organizou uma programação especial para recepcionar os cerca de 10 mil alunos. O evento Volta às Aulas que irá acontecer hoje, a partir das 20h45, em frente ao prédio da Biblioteca reunirá todos os alunos do Campus Ijuí em uma confraternização com show da banda Decoders.

INPC/IBGE Dezembro/2012 ...... 0,51%

IGP-DI-FGV Dezembro/2012 ..... 0,16% UPF/RS 2011 .................... R$ 12,1913 *valores acima de R$ 300,00

Bolsa de estudos

Dengue

IGPM/FGV Janeiro/2012 ........... 0,25%

IPCA/IBGE Novembro/2012 ...... 0,52%

Estudantes universitários que receberam medalhas de ouro, prata ou bronze em alguma edição da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) ou da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), podem concorrer a bolsas de iniciação científica. A bolsa é um incentivo ao estudo avançado em matemática durante a graduação ou em mestrado concomitante. As inscrições podem ser feitas até 29 de abril. l

IPC/FIPE janeiro/2012 ............... 0,66%

MÊS

TAXA

IRPF

JUNHO

0,96

7,52

JULHO

0,97

6,55

AGOSTO

1,07

5,48

SETEMBRO

0,94

4,54

OUTUBRO

0,88

3,66

NOVEMBRO

0,86

2,80

DEZEMBRO

0,91

1,89

Observatório "Estamos na sexta eleição do século XXI e é a quinta que ele (Serra) participará. Não vejo qual a surpresa disso", Fernando Haddad, candidato à prefeitura de São Paulo, sobre a entrada de Serra no embate eleitoral. "Política é uma coisa muito dinâmica. Tem sempre a cláusula de prudência. Política não é uma coisa em que os horizontes se fecham", ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sobre a possibilidade de José Serra, mais uma vez, deixar um cargo para se candidatar a outro, como aconteceu quando era prefeito e governador de São Paulo. "Nos chamam de rebeldes. Acho graça. Rebeldes seríamos se não quiséssemos a permanência de Ricardo Teixeira. Nenhum de nós quer a saída dele", Francisco Noveletto Neto, presidente da Federação Gaúcha de Futebol, sobre o pedido de convocação de uma assembleia para que Teixeira esclarecesse se tem mesmo a intenção de largar a CBF. "Se eu soubesse que seria tão bom assim já teria vindo antes. É um lugar que me deixou muito feliz, as pessoas são bacanas, fiz amigos fora do futebol", Kleber, atacante do Grêmio, sobre a vinda dele ao Grêmio e seu desejo de permanecer no time e na cidade. "Temos a obrigação de tirar frutos desse tempo extra. Creio que o pensamento de todo grupo é esse. Tenho certeza de que vamos reiniciar as competições ainda mais unidos e fortes", atacante do Internacional, D'Alessandro, sobre tempo extra que o time terá de treino para Libertadores.

1º - 5.444 2º - 9.040 3º - 0.690 4º - 2.036 5º - 5.528

QUINA - CONCURSOnº 2834 06 27 30 49 58 DUPLASENA- CONCURSOnº 1050 1º FAIXA

01 06 15 30 32 46 2º FAIXA

01 20 36 42 43 47


Geral

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

MOBILIZAÇÃO

Prefeitos criticam novo piso do Magistério em Brasília Segundo a CNM impacto será de R$ 7 bilhões no orçamento municipal em 2012 Mais uma vez, o auditório do Senado Federal ficou lotado por prefeitos insatisfeitos com a Emenda 29 da Saúde, os Royalties, as finanças municipais e, em especial, com a divulgação do novo piso do magistério – anunciado pelo Ministério da Educação (MEC), na última segundafeira. O presidente da Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul (Assomasul), Jocelito Krug, afirma que a maioria dos prefeitos do seu Estado vai ter dificuldade para pagar o novo valor. “A gente espera que o governo complemente esse valor. O governo federal precisa ajudar ou os municípios vão afundar e os prefeitos estarão todos descumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal”, teme Krug. Ele ressalta a importância da mobilização. “Temos que acampar em Brasília, se preciso, para resolver os problemas até o fim do mandato. Estamos no segundo ano da presidente Dilma Rousseff e a liberação de recursos tem sido um entrave, são mais de R$ 24 bilhões a serem transferidos, e não são. Só temos até abril pra abrir licitações, são menos de 60 dias para colocar a casa em ordem”, diz preocupado o presi-

dente da Assomasul. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta que o reajuste de 22% do piso dos professores causará um impacto de R$ 7 bilhões no orçamento municipal em 2012. O salário do magistério passa para R$ 1.451. Presidentes de entidades estaduais de várias partes do país confirmam que seus municípios não devem ter condições de pagar os novos valores aos professores. O presidente da Associação Rondoniense de Municípios (Arom), Laerte Gomes, acredita que a participação dos gestores é importante na mobilização, porque a municipalidade brasileira vivencia um importante e decisivo momento. “Estamos aqui para tratar de ações e estratégias a serem traçadas para todo ano”, disse. Gomes enfatizou que os municípios do Estado não devem conseguir pagar o piso e que isso pode gerar um constraste com os professores do nível superior. O presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM) Marcio Cecílio, reclama que essa é a terceira vez que o governo aumenta o piso dos professores e o governo nunca ajudou com nenhuma complementação. “O

Prefeitos apresentaram suas reivindicações ontem, em Brasília

governo acena para uma conquista importante, mas não se sentaram para discutir o assunto com os municípios. Precisamos afinar a conversa para tocar a mesma música”, explica Márcio. O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, mediou o encontro que ocorreu no auditório Petrônio Portela, no Senado Federal. Além do Piso, o encontro tratou de questões da Saúde, royalties e fim de mandato. O líder disse ainda que os gestores devem desacostumar os governos federal e estadual e parar de pagar mais do

Ijuí tem economia de 5% com Horário de Verão Seguindo o mesmo índice do Estado, o município conseguiu obter uma economia aproximada de 5% no consumo de energia, durante o chamado Horário de Verão. As informações, prestadas pelo coordenador técnico do Demei, Vinícios Hock, não são precisas em função da ausência de um equipamento capaz de realizar o cálculo. "Para obter esse dado, nós calculamos em cima daquilo que faturamos todos os meses. Somando o que cada cidadão utiliza por mês, conseguimos chegar a um consumo aproximado", comenta. Hock lembra que, durante o mês de janeiro, houve um recorde no consumo de energia - havendo uma elevação de 6,78%. "Esse percentual corresponde a 11.500 mil MW/h, enquanto que no ano anterior tivemos o valor de 10.750 MW/h. Caso não houvesse esse horário especial, certamente teríamos uma situação crítica nestes meses, relacionada ao abastecimento", explica o coordenador. De acordo com Hock, a autarquia enfrentou problemas de

Climatizadores contribuiram para recorde de consumo de energia em janeiro

fornecimento de energia nos últimos meses, vindos da própria subestação, que se encontra em reformas. Outra questão que acabou interferindo foi a estiagem, fazendo com que o sistema trabalhasse sempre em alerta. "É importante que as pessoas entendam como funciona o cálculo de redução de consumo. Claro que nestes meses mais quentes a conta costuma vir mais elevada, em função de alguns aparelhos que

permanecem ligados. Mas a iluminação pública e comercial não é acionada nos chamados horários de pico, fazendo com que o sistema não sobrecarregue", frisa Hock. De acordo com o coordenador, também houve um acréscimo de energia no último trimestre, se comparado ao ano anterior. Em outubro, o percentual foi de 13,61%. Já em novembro, de 14,22% e, no mês seguinte, 9,36%.

que a lei determina que seja pago. “A maioria dos municípios paga 22%, quando o que a lei determina é 15%. Essas atitudes de boa intenção deixam os governos malacostumados, viciados em reduzir os recursos de programas e ações públicas”, acrescenta o líder municipalista.

Reconhecimento de paternidade é facilitado O processo de reconhecimento de paternidade ficou mais simples e ágil com uma norma editada na semana passada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A partir de agora, o pedido para que o nome do pai seja incluído na documentação do filho poderá ser feito diretamente no cartório de registro civil da cidade onde mãe e filho moram. A ideia é que o processo não passe mais pelo Ministério Público (MP) quando a solução for simples. Com o novo método, a mãe ou o filho maior de idade pode procurar o cartório de registro mais próximo para pleitear a localização do pai. A única condição é que nenhum pedido de reconhecimento de paternidade tenha sido feito à Justiça. No cartório, é preciso apresentar a certidão de nascimento da criança e preencher um formulário com os dados da mãe e do filho, assim como os do suposto pai, como nome e endereço, que são obrigatórios.

Banrisul e MasterCard lançam cartão de crédito O Banrisul, em parceria com a MasterCard, lançou ontem, em Porto Alegre, o seu mais novo cartão de crédito Platinum. Desenvolvido para clientes do segmento de alta renda, que buscam produtos diferenciados, o cartão será emitido em três versões: o tradicional com o logotipo do Banrisul, e os que trazem os escudos da dupla Gre-Nal. Um dos diferenciais do produto é a participação no Programa BanriClube de Vantagens, com direito a mais pontos. Para cada dólar em compras com o cartão Banrisul Platinum, acumula-se 1,5 pontos para trocar por milhas aéreas e diversos outros prêmios. O cartão, na bandeira MasterCard, pode ser solicitado em toda a rede de agências do Banrisul. Segundo o presidente do Banrisul, Túlio Zamin, um dos benefícios oferecidos pelo produto é a isenção da primeira anuidade, com direito a um adicional gratuito. Ele destaca que, conforme os gastos no cartão, além dos pontos acumulados para trocar por milhas ou prêmios, o cliente obtém um desconto de 25 a 100% na anuidade seguinte. "Dessa forma, o Banrisul Platinum poderá ser sempre gratuito para o cliente que concentra seus gastos no cartão de crédito", disse. Na hora de realizar as suas

compras, os clientes contarão com a segurança do chip e da utilização de uma senha. Além disso, o vice-presidente comercial da MasterCard, João Pedro Paro, reforçou que uma série de vantagens também estão incorporadas ao produto, como a proteção contra perda ou roubo do cartão, assistência em viagens internacionais e o seguro de schengen, exigido para ingressar em vários países da Europa. "Os portadores do cartão terão, ainda, a comodidade do serviço de concierge, que fornece informações culturais, indicações e reservas de restaurantes, entre outros serviços", finalizou.

Túlio Zamin


4

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Geral

PLANO DE ARBORIZAÇÃO

Cinco mil mudas serão plantadas em quatro anos Plantio deve iniciar na segunda semana de março no município, priorizando a área central e locais com pavimentação O biólogo da Secretaria de Meio Ambiente, João Pedro Arzivenko Gesing, está coordenando o Plano de Arborização no município, que prevê o plantio de cinco mil mudas de árvores a cada quatro anos por parte da Secretaria. "Até o final do último ano, quando criamos a lei, não havia a obrigatoriedade do plantio por parte da Secretaria, apenas incentivávamos a sociedade a plantar, por isso torna-se interessante o estabelecimento dessas metas", diz. O plantio das mudas vai ocorrer de forma gradual. Parte do plantio também será efetuado pela comunidade. "Nós vamos efetuar um termo de compromisso com a pessoa interessada e ela fará o plantio, mas também existe a possibilidade de o plantio ser executado pela Secretaria", explicou. O cronograma para início do plantio prevê que a Secretaria comece com a área central e vias pavimentadas. "Chegamos a essa conclusão porque as vias com asfalto são, via de regra, com menos árvores. Isso ocorre desde a instalação do próprio asfalto que causa danos na arborização por conta da menor impermeabilidade de árvores", comenta. Além disso, o plantio

Espécies serão escolhidas de acordo com o local de plantio

será estruturado a partir dos locais que já deveriam ter árvores por conta de compromisso assinado para reposição de árvores nos locais de onde foram removidas. Conforme o biólogo, a primeira relação que será analisada para escolha da espécie da árvore que será plantada é a fiação elétrica. Nesses locais serão utilizados arbustos e arvoretas. "Organizamos uma lista com alguns nomes de árvores. Caso o morador esteja presente, ele poderá escolher que árvore será planta-

da, se o morador não estiver presente, a escolha será feita pela Secretaria", afirma. Hoje o município conta com um bom número de árvores e, segundo o biólogo, além da quantidade, outro destaque é a qualidade das árvores que são plantadas na cidade. "Nossa principal deficiência é a pavimentação de vias centrais e pavimentadas", comenta. O trabalho de plantio deve iniciar já na segunda semana de março de forma gratuita pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Jornal da Manhã

Governo do Estado fortalece operação Atacado Legal A Secretaria da Fazenda, dando continuidade à Operação Atacado Legal, iniciada em agosto de 2011, promoveu mudanças na legislação tributária estadual para proteger o comércio atacadista gaúcho. Após uma série de ações de fiscalização ostensiva nas chamadas "filiais de fachada", a Receita Estadual identificou preços subfaturados e, por este motivo, estipulou nova base de cálculos para a tributação de produtos como alimentos, material de limpeza, cosméticos, perfumaria, artigos de higiene pessoal e de toucador. Conforme o decreto 48.873/ 2012, publicado na semana passada, o setor seguirá uma tabela de valores mínimos. A lista, apurada pela Associação Gaúcha de Atacadistas e Distribuidores (AGAD) e validada pela Receita Estadual, inclui produtos como shampoos, condicionadores, pas-

tas de dente, entre outros. "As empresas realizam transferências de mercadorias de outros Estados para revendê-las no mercado gaúcho, porém as transferências são realizadas de forma subfaturada com o intuito de pagar menos ICMS", explica o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira. O segmento atacadista representa 12% da arrecadação de ICMS. Contudo, conforme entidades do setor, 70% do mercado interno é abastecido por empresas de outras unidades da Federação. As fraudes consistem na remessa de mercadorias por atacadistas de outros Estados para as filiais de fachada, a preços subfaturados. Estas "filiais", muitas vezes, nem recebem as mercadorias, somente fazem a troca das notas fiscais das operações interestaduais por notas das operações internas.

Prefeitura instala dois marcos históricos

Podas no passeio requerem autorização Conforme o coordenador de atendimento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Lincon Poll, árvores de qualquer espécie que estiverem no passeio público requerem autorização da Secretaria para poda ou corte. "É necessário que seja realizada uma vistoria por parte da Secretaria para saber da real necessidade de poda ou corte. Há também demandas de pedidos internos da prefeitura como no caso de novas pavimentações que necessitam o corte de alguma árvore. Todo esse processo é encaminhado com o biólogo responsável pelas autorizações que é o João Pedro Arzivenko Gesing", comenta. Segundo Lincon, no que diz respeito às árvores que estão dentro dos pátios das residências, a autorização se faz necessária apenas para corte ou poda de árvores nativas, caso o corte aconteça mesmo sem autorização, será considerado crime ambiental. Ele explica ainda que o Demei tem autonomia para realizar inter-

venções em árvores que estejam em atrito com a fiação elétrica. Dentre as espécies nativas que estão proibidas de serem cortadas estão: Xaxim, Palmito, Corticeira do Banhado, Corticeira da Serra, Figueiras Nativas, Inhanduvá e Algarrobo.

Quem deseja saber quais as espécies que são indicadas para o plantio e de outras restrições indicadas pela Secretaria de Meio Ambiente, pode acessar o site da prefeitura e na aba Downloads baixar o Anexo I do Plano de Arborização.

Ponto de partida do traçado das ruas centrais da cidade recebeu marco

Autorização deve ser solicitada junto à Secretaria de Meio Ambiente

Os dois marcos históricos que fazem parte da programação alusiva aos 100 anos de emancipação política de Ijuí, já estão instalados. O projeto tem como objetivo fazer uma rota histórica e turística no município, demarcando locais importantes desses 100 anos. Um dos marcos está em frente ao primeiro prédio da prefeitura, na esquina das ruas Benjamin Constant e do Comércio. A chamada “Prefeitura Velha” foi construída em 1903 e abrigou inicialmente, a Comissão de Terras da

Colônia Ijuhy. Posteriormente, com a instalação do município, em 1912, passou a funcionar no local a Intendência Municipal (Prefeitura). O prédio é uma das edificações mais antigas de Ijuí. O segundo marco, está instalado na esquina da Avenida 21 de Abril com a Rua 13 de Maio. O local é conhecido como “Marco Zero”, pois foi o ponto de partida do traçado das ruas centrais da cidade, de onde mediram-se à Leste e à Oeste as linhas que demarcaram os lotes vendidos aos primeiros colonizadores.


Geral

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Burmann destaca contribuição da Unijuí

Zilá Breitenbach homenageia os 55 anos da Unijuí A solenidade que marca o início do Ensino Superior na região foi realizada ontem O período do Grande Expediente da sessão de ontem foi de homenagem aos 55 anos da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí). Ao iniciar seu discurso, a proponente, deputada Zilá Breitenbach (PSDB), disse estar muito orgulhosa de poder prestar a homenagem, sendo exaluna da instituição. Ela ressaltou a importância da implantação do Ensino Superior na região em 16 de março de 1957, com a instalação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ijuí, que deu origem à universidade. Atualmente, a Unijuí oferece 33 cursos de graduação e 9 cursos na modalidade de ensino à distância, atendendo mais de 10 mil alunos. Possui um quadro de 400 professores e 555 técnicos, mais de 220 laboratórios e 120 projetos de pesquisa em andamento. Zilá lembrou da mobilização da comunidade de Ijuí, juntamente com a Ordem dos Fra-

des Menores Capuchinhos, para implantação do Ensino Superior na região, iniciada na década de 50. “A convergência desses fatores foi fundamental para a criação da Associação Ijuiense Pró Ensino Superior em 1956 e da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ijuí em 1957, através do Decreto 40936”, citou. A parlamentar destacou a importância da criação da faculdade que, por meio dos cursos na área de Educação, buscou a formação de professores que, até então, na sua maioria, não tinham formação superior. Ela também falou do envolvimento da comunidade. “O volume de novas demandas por cursos superiores fez com que a instituição, apoiada até então pela Sociedade Literária São Boaventura, exigisse nova mantenedora”, contou. Em 1969, surge a Fundação de Integração de Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado (Fidene), que hoje mantém a Unijuí; o Museu Antropo-

Cresce busca por alimentos nutritivos e sustentáveis O número de consumidores que buscam produtos sustentáveis e alimentos nutritivos tem crescido significativamente no Estado. A venda de alimentos orgânicos sem agrotóxicos e funcionais, conforme a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), cresce 40% ao ano nos supermercados gaúchos. A pesquisa Greendex, apresentada pela National Geographic Society, aponta o Brasil como o segundo país em consumo consciente, atrás apenas da Índia. A sustentabilidade também tem sido adotada em muitas estratégias das empresas do Estado. Varejo e produtores articulam parcerias para ampliar a oferta e reduzir os preços dos alimentos orgânicos. O aumento de variedade e a queda nos preços dos orgânicos nos supermercados são resultado dessas parcerias entre

varejo e fornecedores para tornar a categoria mais atraente ao consumo de massa. Grandes redes já dedicam estantes inteiras a produtos como hortifrúti, cereais, cafés e sucos orgânicos. Em pequenas e médias redes, o consumo consciente é percebido no aumento de venda de produtos integrais e funcionais. No entanto, a procura por orgânicos ainda é pequena e inviabiliza a abertura de mais espaços nas gôndolas para esses produtos. Produtos de higiene pessoal ou limpeza doméstica costumam ser associados à poluição e ao consumo excessivo de material plástico para embalagens. Químicos agressivos à natureza, no entanto, estão sendo punidos pelo consumidor consciente. As indústrias, por sua vez, estão se movimentando nos últimos anos para atender quem pensa assim.

Zilá Breitenbach no Grande Expediente em homenagem à Unijuí

lógico Diretor Pestano (MADP); a Escola de Educação Básica Francisco de Assis (EFA); o Instituto de Politícas Públicas e Desenvolvimento Regional (IPD) e a Radio e Televisão Educativa Unijuí (RTVE). Em 28 de junho de 1985, a Unijuí é reconhecida como a primeira universidade da Nova República; e, em 1994, o Ministério da Educação autoriza a

5

mudança da denominação de Universidade de Ijuí para Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS- Unijui, tendo a Fidene como mantenedora. Zilá enfatizou o papel fundamental que a Unijuí teve para o desenvolvimento da região Noroeste. “A Unijuí tem como marco o envolvimento regional e o empenho conjunto da comunidade no propósito de integração e desenvolvimento pela educação."

O líder da bancada do PDT, deputado Gerson Burmann, creditou o perfil atual de Ijuí, que ocupa a quarta colocação em qualidade de vida no Rio Grande do Sul, ao trabalho realizado há 55 anos pela Unijuí. A manifestação ocorreu durante o período do Grande Expediente, na tarde de ontem. Na presença de autoridades locais e estaduais, o deputado – que há cinco anos também prestou homenagem pelos 50 anos da instituição - destacou que “os frades capuchinhos, quando fundaram a Fidene, não imaginavam que a Unijuí fosse tomar a proporção que tomou, para nosso orgulho”. Conforme Gerson Burmann, “se fizermos um levantamento, ao longo dos últimos anos em Ijuí, pelo índice Firjan, estamos em quarta colocação, no Rio Grande do Sul, em termos de qualidade de vida. Isso tem muito a ver com a nossa Unijuí, com a qualidade de educação, geração de emprego e renda, e qualidade na área da saúde”.

Adultos serão foco de vendas na Páscoa Ao contrário de 2011, quando as crianças concentravam as atenções da indústria, o público adulto será o principal foco dos produtos dos supermercados e das indústrias na Páscoa neste ano. É o que revela a pesquisa do Instituto Segmento Pesquisas, encomendada pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) e divulgada ontem pelo presidente da Agas, Antônio Cesa Longo. De acordo com o presidente da Agas, o crescimento do poder aquisitivo da população e "o desejo de resgatar o prazer de comer chocolate que não puderam desfrutar no passado", irão auxiliar as vendas. O mercado dos ovos infantis e teens já havia dado seu grande salto em 2011, devido aos investimentos da indústria. Outro fator que vai favorecer as vendas, segundo Longo, é a comemoração da Páscoa em abril, quando as temperaturas estão mais baixas que em março, o que au-

Preço médio de produtos Produtos Bombom cx Bombom avulso Chocolates Colomba pascal Ovos em geral Ovos até 150g Ovos até 500g Ovos mais de 500g Refrigerantes Cerveja Peixes em geral Vinhos nacionais Azeite importado Bacalhau Vinhos importados Carne/churrasco

Média (%) 5,4 2,8 1,7 3,5 6,4 4,3 5,2 4,9 10,3 6,9 5,3 4,4 0,8 5,5 4,8 7,7

menta o consumo de chocolates. "O setor prevê um crescimento de 6% para este ano", projeta Longo. Conforme a pesquisa, os ovos Premium e trufados, além das caixas para presente serão as vedetes de consumo das classes A e

Em R$ 5,7 4,8 4,2 11,9 15,9 10,4 23,3 37,8 3,1 2,2 13,1 8,6 11,1 28,5 17,0 13,0

(Média %) 5,1 -0,2 4,6 -0,6 5,9 5,8 4,2 4,2 8,3 7,4 9,1 7,0 5,0 7,3 9,0 8,9

B. Para a classe C, os ovos para adultos também irão pleitear a lista de compras. Serão mais de 90 lançamentos. Para o público infantil, 80% dos produtos vendidos terão personagens licenciados em evidência.


6

Opinião

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Jornal da Manhã

Editorial E o Brasil vai parar

A

Copa de 2014 aos poucos deixa de ser apenas um sonho dos brasileiros e começa a tomar forma. Ontem foi a vez da Câmara dos Deputados fazer a sua parte e analisar o texto base da Lei Geral da Copa. O texto que desenha a legislação do Mundial no país tem realmente a cara do Brasil, ou seja, pontos divergentes que ainda vão gerar muita polêmica. A definição do preço dos ingressos ficou dentro do que se esperava, ou seja, terá valor para (quase) todos os gostos. Algumas alterações serão votadas hoje e a expectativa é de que calorosos discursos políticos toResta aos bra- mem a frente num sileiros aguardar embate, mais uma e pressionar por vez, entre os intealgum benefício resses da base aliajá que num país da e oposição, já que o projeto pasdemocrático, sa pelo plenário da tudo pode virar Câmara antes de moeda de troca, ser encaminhado principalmente para o Senado e sob forte influên- depois receber o cia política. aval da presidente Dilma. Entre os pontos polêmicos está a exclusão dos estudantes do direito à meia entrada, benefício garantido até agora apenas aos idosos. Para amenizar, a proposta é a liberação de ingressos a preços populares para os estudantes e a garantia de férias escolares para que realmente o país pare para ver a Copa do Mundo, nem que seja pela televisão. Além disso, os beneficiários de programas do governo, como o Bolsa Família, também terão direito a ingressos a preço diferenciado. Ou seja, mais uma vez o governo federal empunha sua bandeira e não perde a chance de reforçar o marketing em cima de seu programa mais popular. Do jeitinho brasileiro, o governo usa a mesma estratégia adotada no antigo império romano que pregavam a popular frase "pão e circo para todos": Bolsa Família serve para comprar comida e para ganhar desconto e assistir os jogos da Copa. E assim o Brasil disfarça seus problemas. Enquanto isso, os outros milhares de brasileiros continuarão trabalhando para alimentar a economia brasileira sem direito a parar para assistir à Copa 2014. Resta aos brasileiros aguardar e pressionar por algum benefício já que num país democrático, tudo pode virar moeda de troca, principalmente sob forte influência política. Índigenas ainda estão na expectativa e vão cobrar as promessas da Fifa. O poder público ainda pode ofertar férias coletivas, mas a rede privada, essa não pode parar porque, senão, a conta vai pesar ainda mais.

Luciane Sarturi Antes A fisioterapeuta do Cerest explica as principais causas e precauções da Ler/Dort no dia Internacional da Doença, realizado ontem

"

"

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORA JORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Rua Albino Brendler, 122 Centro - Ijuí/RS Fone/Fax: 55-33310300 C.Postal 518 CEP 98.700-000 www.jmijui.com.br

Quais as causas da Ler/Dort? O desenvolvimento das Ler/Dort é multicausal, sendo importante analisar os fatores de risco envolvidos direta ou indiretamente. A expressão "fator de risco" designa, de maneira geral, os fatores do trabalho relacionados com as Ler/Dort. Os fatores de risco não são independentes, devendo ser consideradas: a região anatômica exposta aos fatores de risco; a intensidade dos fatores de risco; a organização temporal da atividade; o tempo de exposição aos fatores de risco. O que as empresas deveriam fazer para evitar a doença? Elas deveriam investir em Ergonomia, um programa de Ergonomia de fato, e não só no papel para cumprir a legislação. Além disso, é importante planejar novos postos de trabalho, ou novas funções, operações e processos, evitar condições de trabalho que prejudique trabalhadores e coloque-os em risco de acidentes ou doenças e estar atento ao excesso de horas extras, sobrecarga de trabalho, tempo de exposição a fator de risco, ritmo acelerado, repetitividade de tarefas, pausas e micro pausas para descanso e recuperação do desgaste físico e mental, promover a rotatividade de tarefas. De que forma as lesões são percebidas?

Podemos citar como principais sintomas a sensação de peso e cansaço no membro afetado, dor, formigamento, choque, perda de força muscular, vermelhidão da pele, cistos, rigidez, crepitação. Tendo em vista o número de casos que chegam até o Cerest da doença, há como ditar uma porcentagem de pessoas que sofre com a doença hoje? A alta prevalência das Ler/Dort tem sido explicada por transformações do trabalho e das empresas. O advento das Ler/Dort acometendo grande número de pessoas, em diferentes países, provocou uma mudança no conceito tradicional de que o trabalho pesado, envolvendo esforço físico, é mais desgastante que o trabalho leve, envolvendo esforço mental, com sobrecarga dos membros superiores e relativo gasto de energia. Quais as precauções necessárias? Evitar se expor aos fatores de riscos desencadeantes das Ler/Dort e investir em programas de prevenção e educação em saúde do trabalhador. As Ler/Dort surgem por diversos fatores riscos que interagem entre si e devem sempre ser analisados como um todo. Entre os múltiplos fatores de risco encontramos as posturas; as posturas inadequadas, podem forçar os limites da amplitude de movimento das articulações.

Mochila pesada, saúde ameaçada Naiana Ortiz Boeno – Professora da rede municipal de ensino

Iniciam-se as aulas e, com elas, a expectativa dos educandos quanto a um ano cheio de coisas novas. E entre estas está a compra de materiais escolares, tão esperada pelas crianças que frequentarão a escola. A família retira a lista de materiais que será utilizada durante o ano letivo e lá se vai para a pesquisa de preços e a busca pelo contentamento de seu filho a respeito da "modinha" do corrente ano. São dois lápis diferentes, duas colas (uma líquida e outra em bastão), canetinhas, canetas coloridas... e por aí vai. Tudo dentro de um enorme estojo que será levado todos os dias para a escola; sem contar os cadernos de aula, de textos, de colagem. Mas é indispensável que a família observe o material que seu filho levará ao longo do ano letivo; o que poderá deixar na escola e o que deverá deixar em casa e utilizar somente nos momentos de necessidade, pois o número excessivo de materiais carregados diariamente na mochila pode acarretar problemas futuros de saúde infantil.

"Carregar mochilas muito pesadas pode levar à dor na criança e causar sérias lesões no dorso. O excesso de peso da mochila faz com que a coluna fique torta e os ombros inclinados." Carregar mochilas muito pesadas pode levar à dor na criança e causar sérias lesões no dorso. O excesso de peso da mochila faz com que a coluna fique torta e os ombros inclinados. Uma pesquisa realizada em uma rede escolar do Estado de São Paulo mostrou que o peso do material escolar transportado por meninos e meninas entre 8 e 14 anos é, em média, de 4,5 a 5 quilos; envolvendo o peso da própria mochila e também considerando livros didáticos, cadernos e o estojo que está a cada dia maior (Revista Ciência Hoje das Crianças,

nº 66, SBPC). A maioria das crianças carrega a mochila pendurada nas costas, ou em apenas um dos ombros. Mesmo que sejam mochilas de rodinha, o perigo em causar lesões continua. De acordo com os pesquisadores, os músculos das crianças podem suportar, sem problemas futuros de saúde, entre 1 e 2,5 quilos. Sendo assim, os especialistas recomendam que o peso da mochila não ultrapasse 20% do peso da criança, pois pesos maiores do que este poderão estar associados às dores nas costas relatadas no decorrer das aulas. Portanto, famílias e educadores: fiquem atentos! Buscar o bom senso na utilização dos materiais diariamente, adequando o local de cada um e os momentos em que serão usados pelas crianças é de suma importância para que estas não acarretem problemas de saúde futuros. A colaboração em conjunto enriquece não apenas o trabalho da escola, mas também e, principalmente, o bem estar de cada criança que frequenta a mesma.

Os artigos com assinatura, publicados nesta página, são de inteira responsabilidade de seus autores. Artigos para esta página devem ser enviados para o e-mail: redacao@jornaldamanhaijui.com, na fonte Times, corpo 10,5, com no máximo 30 linhas.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Debora Wenningkamp redacao@jornaldamanhaijui.com

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 comercial@jornaldamanhaijui.com Assinaturas: (55) 3331-0315 assinaturas@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários Formato Representação de Veículos de Mídia S/C Ltda. Depto. de Circulação: N. W. Com. Logística e Dist. de Jornais e Revistas Ltda ME

Impressão em Off-Set rotativa - Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 Fone: 3331-0318 / 3331-0320 (após às 18h) - Ijuí/RS grafica@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS: Semestral: R$140,00 Anual: R$280,00 Correio Semestral: R$280,00 Correio anual: R$ 560,00


Política

Jornal da Manhã

CÂMARA FEDERAL

"Essa disputa está comprometendo o Estado" Em entrevista, o deputado federal Paulo Pimenta admitiu que falta união entre os parlamentares gaúchos na busca de recursos Diferente do que ocorre com outras regiões do País, o Rio Grande do Sul não possui uma bancada unida na Câmara Federal. A opinião, já citada por Jerônimo Goergen (PP), foi apoiada pelo deputado Paulo Pimenta (PT), em entrevista ao Grupo JM de Comunicação. "Os gaúchos sempre tiveram uma tradição de disputa, que perdura até hoje no futebol. E a mesma coisa acontece na Câmara. Trabalha-se enquanto bancada, sem pensar em projetos para o Estado", disse. De acordo com Pimenta, enquanto os gaúchos perdem com a disputa, estados como São Paulo e regiões do Nordeste dão "um verdadeiro baile" nos sulistas. "Quando se busca uma demanda nestas regiões, todos os deputados se mobilizam, assim como governadores e demais autoridades. No nosso Estado isso não ocorre. Prova disso foi o que aconteceu com a ponte do Guaíba. Demorou 20 anos para que essa demanda fosse atendida, porque só agora os 31 parlamentares e três senadores decidiram se unir", explicou Pimenta.

Segundo ele, por vezes os deputados se comportam como gremistas e colorados, torcendo pela derrota do adversário. "E isso precisa acabar, para que haja a conquista de recursos para a região", completou. Sobre o "corte" de valores no orçamento, tão criticado pelos parlamentares, Pimenta explica que apenas ocorreu o contingenciamento de R$ 55 bi em emendas parlamentares. Ou seja, há a suspensão temporária do orçamento, havendo a liberação mediante a confirmação da receita. "Embora o governo tenha a previsão de arrecadar R$ 10 mi num mês, isso nem sempre ocorre, não havendo a possibilidade de liberação de recursos aos parlamentares. Mas em meses seguintes isso pode ocorrer", comentou. Dos R$ 12 milhões destinados a cada deputado, cerca de 50% são empenhados todos os anos, conforme informou Pimenta. Além disso, há as emendas de bancada, que dependem do tamanho e número de habitantes de cada Estado. "Nós, do Rio Grande do Sul, temos direito a 20, que correspondem a

Em entrevista ao Grupo JM de Comunicação, Jeferson também falou da recente audiência realizada em Santa Rosa, onde foram debatidas questões ligadas às bacias hidrográficas. O encontro, que contou com a presença de representantes do governo, movimentou comitês de todo o Estado. "Trata-se de grupos formados por voluntários, que frequentemente se reunem para avaliar a situação dos rios. O assoreamento e a poluição têm causado grandes problemas na execução dos trabalhos", comentou. A audiência, segundo o deputado, foi benéfica no sentido de orientar a população quanto à forma correta de preservar as águas, de recuperar as margens dos rios e de utilizar esse bem com responsabilidade. O ponto alto do encontro foi a discussão sobre planos de irrigação e a melhor forma de armazenar água, especialmente no interior. "Nós tivemos uma chuva no final de semana, por exemplo, mas poucas são as residências que possuem cisternas ou açudes. Principalmente aqueles impro-

7

Rubem Härter pode ter apoio do Democratas Depois de uma reunião, realizada nesta semana, o Partido Democratas emitiu uma nota à imprensa, manifestando apoio à candidatura do empresário Rubem Härter (PP). Para que isso se efetive, no entanto, é necessário que o progressista concorra apenas à vaga de prefeito, buscando um outro nome para a vice-liderança. De acordo com a Executiva da sigla, presidida por Paulo Fontoura, além do PP ser repre-

sentativo na cidade, Härter é uma pessoa totalmente ligada a Ijuí. Além disso, ambos os partidos têm na sua história a luta pela democracia plena e liberdade. "Nós entendemos que a aliança com partidos radicais de esquerda não fecha com a nossa ideologia, e a comunidade está atenta a isso", diz a nota. A posição final do Democratas deve ocorrer até o mês de março, conforme anunciou a Executiva.

Ana Amélia quer limitar multas para passagem aérea

Paulo Pimenta

cerca de R$ 400 milhões. Nestes casos, sim, deve-se haver uma atenção maior para que o Estado não saia perdendo", finalizou. Questionado sobre a atuação da presidente Dilma Rousseff, Pimenta vê com tranquilidade. "Dilma trouxe inovação e coragem para demitir aqueles que apresentaram irregularidades. Em governos anteriores, isso não era feito".

Água pode ser privatizada em São Luiz Conforme destacou o deputado estadual Jeferson Fernandes (PT), algumas cidades missioneiras já caminham para a privatização da água. O Supremo Tribunal de Justiça aprovou, inclusive, a abertura de um edital no município de São Luiz Gonzaga, que deve acontecer hoje. "E nós estamos lutando para que isso não ocorra. Todos sabem que a iniciativa privada visa o lucro, não havendo qualquer controle da tarifa que será cobrada. Fora que os serviços deixam a desejar, como podemos conferir na área de telecomunicação e energia elétrica, em que sequer uma reclamação pode ser feita", comentou o parlamentar. Jeferson lembra que países que privatizaram a água voltaram atrás, já que a população não conseguiu pagar as taxas exorbitantes. "Muito se fala em municipalização, também, mas há localidades que não conseguem atender a esse tipo de serviço - como é o caso de Catuípe, por exemplo. Este é um tema que precisa ser avaliado com calma, pensando no futuro", disse.

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

A senadora Ana Amélia (PPRS) quer limitar em 10% do valor da passagem aérea a multa por remarcação ou cancelamento. Projeto de autoria da parlamentar está em discussão na Comissão de Constituição e Justiça. Pelo projeto da senadora gaúcha, as companhias aéreas poderão cobrar no máximo 10% do valor de qualquer tipo de passagem, para sua remarcação ou cancelamento. Hoje, o Código Brasileiro de Aeronáutica prevê essa taxa, mas deixa de fora as passagens adquiridas em tarifas promocionais. A proposta estabelece também o prazo de um ano para o passageiro remarcar ou cancelar o bilhete. A senadora afirmou que as companhias aéreas vêm cobrando taxas abusivas pela remarcação das passagens, o que em sua opinião, não se justifica. "Às vezes você tem que alterar o voo e a companhia simplesmente te cobra o dobro da passagem paga originalmente. A cobrança pode haver, pois ocorre

Ana Amélia

alteração, há problema de lotação e outros fatores, mas no máximo 10% e não a exorbitância que é cobrada hoje", disse Ana Amélia. O projeto será discutido pela Comissão de Constituição e Justiça. Se for aprovado pelo colegiado segue para discussão na Câmara dos Deputados.

Polo encaminha pleitos da suinocultura e setor de óleos

Jeferson Fernandes

visados, em que você além de cavar a terra, também a reveste com uma lona. Dessa forma é possível utilizar água em hortas, pomares e até para lavar o carro", diz. Quanto ao Código Florestal, foi ressaltada a necessidade do Estado ressarcir os pequenos agricultores que, por conta da lei, deixam de plantar para preservar a área.

O deputado estadual Ernani Polo (PP) intermediou audiência, realizada nesta semana na secretaria da Fazenda, em Porto Alegre, com representantes dos setores de óleos vegetais e suinocultura. O objetivo da reunião foi solicitar a revisão da tributação incidente sobre a importação de girassol e também dos mecanismos que estão previstos no programa pró-produtividade, que estabelece relação entre indústrias de suínos e produtores integrados. No caso específico das indústrias beneficiadoras de girassol, a solicitação apresentada ao secretário Odir Tonollier por Osmar Giovelli, é de que não seja recolhido antecipadamente o ICMS incidente sobre o girassol importado, medida que é considerada fundamental para a competitivi-

dade do setor. “Este mecanismo já existe, por exemplo, para a cultura da canola e, no caso do girassol, já está em vigor em Estados vizinhos como Santa Catarina e Paraná”, diz Giovelli. O secretário Tonollier acenou positivamente para o atendimento da medida. Em relação aos suinocultores integrados, o vice-presidente da ACSURS, Jean Fontana, solicitou a revisão dos mecanismos utilizados dentro do programa pró-produtividade, onde os créditos de ICMS das indústrias são repassados aos produtores. Com o alto custo do milho e a estiagem que afetou o RS, as indústrias têm importado o grão, não gerando tributos e, consequentemente, não repassando valores para os integrados.


8

Política

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Jornal da Manhã

CÂMARA DOS DEPUTADOS

Comissão aprova textobase da Lei Geral da Copa Meia-entrada será apenas para idosos. Estudantes terão direito a ingressos mais baratos A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou ontem o texto-base da Lei Geral da Copa, que estabelece regras sobre a venda de ingressos, comercialização de bebidas e garantias aos patrocinadores do mundial. Os deputados ainda vão analisar os destaques (alterações), que serão votados em separado hoje. O projeto ainda deverá passar por votação no plenário da Câmara, antes de ser apreciado pelo Senado. Só depois, vai à sanção presidencial. O texto do relator da matéria na comissão especial, deputado Vicente Cândido (PT-SP), estabelece a venda de meiaentrada apenas para idosos e 300 mil ingressos populares para estudantes e beneficiários de programas de transferência de renda. Pela proposta, pessoas com mais de 60 anos também estão incluídas entre os beneficiários da chamada "categoria 4", de ingressos baratos (previstos para serem vendidos a este grupo por US$ 25, cerca de R$ 43, na cotação atual). A Copa do Mundo terá quatro categorias de ingressos, sendo que a "categoria 1" será a mais cara. De acordo com o deputado Vicente Cândido, a "categoria 4" terá entradas a US$ 50, mas estudantes, idosos e beneficiários de programas de transferência de renda pagarão metade desse valor. Os ingressos da "categoria 3", segundo o deputado, custarão cerca de US$ 100, a "categoria 2" deverá ter entradas a US$ 450, e os ingressos da "categoria 1" custarão em torno de US$ 900. O novo texto da Lei Geral da Copa estabelece que a Federação Internacional de Futebol (Fifa) deverá sortear os ingressos populares "prioritariamente" entre estudantes, idosos e beneficiários de programas de

transferência de renda que se candidatarem. O texto prevê a possibilidade de que mais ingressos, além dos 300 mil, sejam vendidos na "categoria 4", para qualquer pessoa. Neste caso, porém, o valor subiria para US$ 50 (cerca de R$ 85). A proposta afasta a incidência de outras leis federais ou estaduais que estabeleçam meia-entrada. Com isso, se for aprovado o Estatuto da Juventude, que prevê meiaentrada para estudantes de todo o país, a legislação não teria validade durante os jogos da Copa do Mundo. O estatuto foi aprovado neste mês na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e ainda precisa passar por três comissões antes de ser apreciado em plenário. "As disposições constantes de lei federal, estadual ou municipal referentes a descontos, gratuidades ou outras preferências aplicáveis aos ingressos ou outros tipos de entradas para atividades esportivas, artísticas ou culturais e de lazer não se aplicam aos eventos", destaca o texto atual da Lei Geral da Copa. O texto de Vicente Cândido diz ainda que os "ingressos para indígenas e proprietários de armas de fogo" que aderirem a campanhas de desarmamento serão "objeto de acordo" com a Fifa. Sindicalistas, liderados pelo deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, defendem ingressos gratuitos para os trabalhadores que construíram os estádios da Copa. Apesar dessa previsão não constar no texto, Vicente Cândido disse que a Fifa se comprometeu a dar ingressos gratuitamente para essas categorias. A proposta aprovada pela comissão especial autoriza a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante os jogos da

Vicente Cândido

Copa do Mundo. O texto não estende a liberação para outros campeonatos. O texto aprovado pela comissão especial altera ainda o período de férias escolares em 2014 para que não haja aulas durante a Copa do Mundo. A proposta aprovada na comissão especial também diz que "os entes federados e a Fifa poderão celebrar acordos para viabilizar o acesso e a venda de ingressos para pessoas portadoras de deficiência, considerada a existência de instalações adequadas e específicas nos locais oficiais de competição". O texto prevê ainda a exigência de venda de ingressos da "categoria 4" na Copa das Confederações. "A Fifa colocará à disposição, para as partidas da Copa das Confederações de 2013, no decurso das diversas fases de venda, ao menos, 50 mil ingressos da categoria 4", diz o texto.

Entidades pedem pressa em projeto que prevê fim do ICMS O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), se reuniu ontem com empresários e trabalhadores para acelerar a tramitação do projeto de resolução que elimina o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) nas operações interestaduais com produtos importados. A disputa entre os estados também é conhecida como "guerra

dos portos". O projeto de resolução foi criado em 2010 no Senado, já passou pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde aguarda parecer do relator, senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES). O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (PDT-SP),

disse que o caso é bastante grave. “Existem setores e empresas praticamente quebrados por causa do ICMS entre estados”. O parlamentar, que coordenou a reunião com o presidente do Senado, concluiu dizendo que “a resolução não resolve todos os problemas, mas é um dos principais fatores. Faço um apelo porque o Senado pode nos ajudar muito”.

Maia diz que tentará votar em março projeto dos royalties O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, afirmou ontem que o projeto que redefine a divisão dos recursos provenientes da exploração do petróleo, conhecido como o projeto dos royalties, poderá ser votado na segunda semana de março. Ele se reuniu com governadores de pelo menos dez estados, que fizeram um apelo pela rápida aprovação da proposta. “Nós tivemos um pedido dos governa-

dores para que se apresse a votação dos royalties. Para isso, é preciso liberar a pauta da Câmara, com a votação de medidas provisórias e formatar um acordo político. Estamos trabalhando para que, na segunda semana de março, haja uma janela de votações, sem medidas provisórias, para votar o projeto dos royalites”, afirmou. Em outubro, o Senado aprovou a nova proposta de redistribuição. Pelo texto, a

participação dos estados produtores cai de 26,25% para 20% a partir de 2012, com a diferença repassada a estados não produtores. A mudança sofreu resistência das bancadas do Rio e do Espírito Santo, dois dos principais estados produtores, onde houve atos públicos de protesto. Para entrar em vigor, o texto precisa ser votado na Câmara e sancionado pela presidente Dilma Rousseff.

CLÁUDIO HUMBERTO de Brasília "Em São Paulo é preciso reconhecer que erramos" Senadora Marta Suplicy (PT-SP) sobre o flerte comprometedor do PT com Kassab

Partidos aliados articulam rebelião no Congresso Líderes de partidos da base de apoio a presidenta Dilma Rousseff articulam uma rebelião que pode surpreender o governo numa próxima votação importante, como a criação do fundo de pensão dos servidores públicos, considerado vital para ajustar as contas da Previdência. Os partidos aliados acusam o PT paulista, que já controla os 11 ministérios mais ambicionados, de "aparelhar" até o segundo e terceiro escalões. Bye, bye, Haddad O PR mostra suas garras, anunciando o deputado Tiririca na disputa pela prefeitura de São Paulo. Só para embaralhar o xadrez petista. Líderes da revolta PMDB, PTB, PDT e PR estão entre os partidos aliados mais revoltados com o avanço fisiológico dos petistas paulistas no governo Dilma. Fisiologismo Ao contrário de Lula, que ignorava o apetite fisiológico do PT, a ex-PDT Dilma cede às pressões petistas tentando se legitimar no partido. Aparelhados O PT-SP comanda os ministérios da Fazenda, Planejamento, Justiça, Saúde, Educação e Secretaria-Geral da Presidência, entre outros. Recesso acabou, mas senadores batem asas Os contribuintes terão de pagar a senadora Marta Suplicy (PT-SP) para bater pernas em Boston (EUA), de 7 a 10 de março, num evento de economistas. Luiz Henrique (SC) e Jarbas Vasconcelos (PE), ambos do PMDB, e o tucano Aloysio Nunes Ferreira (SP), paladinos dos bons costumes, vão flanar por nossa conta, de 2 a 5 abril, na bela Praga, República Tcheca, num inusitado encontro com parlamentares locais. Classificados Corretores oferecem em Brasília a venda de seis hotéis do grupo Bittar, de três a cinco estrelas, pelo valor global de R$ 640 milhões. Gaiola de Ouro A Câmara Legislativa do DF tem o maior orçamento por legislador do País: R$ 9,8 milhões. Mas, insaciáveis, os deputados querem mais. Tá feia a coisa O escritório do governo potiguar em Brasília reflete a penúria da gestão de Rosalba Ciarlini (DEM): telefone, internet e energia estão cortados. Rios globais Bem humorada, Dilma brincou com a proverbial mania de grandeza dos pernambucanos, ontem, no Recife. Ao falar que seu governo financiará um projeto de navegação fluvial na cidade, disse que os rios Capibaribe e Beberibe "formam Oceano Atlântico". A platéia foi ao delírio.

PODER SEM PUDOR Pontaria ruim Nos anos 40, Otávio Mangabeira (UDN) foi representar a Câmara dos Deputados em uma demonstração de tiro da Marinha, em alto mar. Não gostou da missão porque detestava exibições militares. Durante o exercício, era visível o seu desinteresse. O comandante resolveu se vingar quando percebeu que o absorto Mangabeira tomou um susto com um dos tiros: - Ora, deputado, não vá me dizer que está com medo... Mangabeira foi rápido no gatilho: - Estou sim, almirante. É que o único lugar seguro, por aqui, é o alvo...


Educação

Jornal da Manhã

ENSINO FUNDAMENTAL

Rede estadual exclui reprovação até o 3º ano Apesar de não haver retenção do 2º para o 3º ano do Ensino Fundamental, avaliação será frequente nas escolas Todas as escolas estaduais do Rio Grande do Sul adotarão, neste ano, a chamada progressão continuada para os alunos entre o 1º e o 3º ano do Ensino Fundamental. Assim como não havia reprovação do 1º para o 2º ano, também não haverá mais do 2º para o 3º ano do Ensino Fundamental. Conforme Márcia Scherer, responsável pelos anos iniciais, alfabetização, do setor pedagógico da 36ª CRE, essa progressão continuada é uma orientação do Conselho Nacional de Educação, expressa na resolução 7, de 2010, que determina que, mesmo em regime seriado, a escola deve considerar os três primeiros anos do Ensino Fundamental como se fossem um bloco ou um ciclo sem interrupção. Isso significa que não deve haver nesse início de Ensino Fundamental a retenção, privilegiando, no entanto, a alfabetização e o letramento, além das diversas formas de expressão. "Orienta-se que os três primeiros anos sejam os principais na alfabetização", ressalta Márcia. De acordo com Márcia, para

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

9

Faltam professores nas escolas estaduais Contradizendo afirmação da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, de que não haveria falta de professores na cidade, o Grupo JM de Comunicação recebeu denúncias na manhã de ontem de pais de alunos, ressaltando que não há professores suficientes em algumas escolas. A mãe de uma aluna do 3º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Otávio Caruso Brochado da Rocha relatou que nos primeiros dias de aula, sua filha está sem professor. "Uma pessoa da direção ficou na sala dela. Hoje, a previsão é de que a aula termine às 15h30, porque não tem professor", relata. Ao entrar em contato com a Escola Estadual de Ensino Médio Otávio Caruso Brochado da

Rocha, a direção confirmou que faltam professores de química, matemática e também de séries iniciais. A turma do 3º ano do Ensino Fundamental está sendo atendida pela vice-diretora da escola e ainda não há previsão para a chegada da professora. A direção ainda informa que pela parte da manhã também não há equipe de coordenação pedagógica. Conforme a direção da Escola Estadual Guilherme Clemente Koehler, o Polivalente, na escola ainda faltam professores para duas turmas que foram criadas neste ano, de 3º e 5º ano do Ensino Fundamental. A direção frisa, no entanto, que a escola está passando por um período de ajustes e que todos os contratempos estão sendo resolvidos.

Escola deve considerar três primeiros anos como se fossem um bloco

a adaptação, foram feitas discussões com os professores da Rede Estadual no ano passado. "Foram realizadas reuniões, seminários, para discutir sobre o assunto, momentos que terão continuidade neste ano", destaca. Márcia salienta ainda que essa progressão continuada deve ser pensada como algo positivo para os alunos, já que os três primeiros anos são considerados como a grande etapa de alfabetização e

considerando também que tornou-se obrigatória a matrícula no Ensino Fundamental de crianças com 6 anos completos ou a completar até o dia 31 de março do ano em que ocorrer a matrícula. No entanto, a não retenção nos primeiros anos não exclui a avaliação dos alunos. "Os professores continuarão fazendo discussões conjuntas e a avaliação estará bem presente no processo de aprendizagem", garante Márcia.

Uma das escolas que enfrenta a dificuldade é a Otávio da Rocha

Calouros foram Meu Pequeno Mundo tem aulas na sede recepcionados na Unijuí

Aulas devem voltar à normalidade no início de março, após conclusão das obras na escola

Nesta semana, pais de alunos matriculados na Escola Municipal de Educação Infantil Meu Pequeno Mundo procuraram a redação do Jornal da Manhã para criticar a demora no retorno das aulas. Conforme Romi Rohde, coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, o impasse acontece porque a empreiteira responsável pelas reformas da escola ainda não concluiu o trabalho. "A empresa prometeu entregar algumas salas no início de março", explica a coordenadora. De acordo com Romi, devido

ao impasse, as aulas estão ocorrendo na sede do Bairro Assis Brasil. "Os pais que não têm onde deixar os filhos para trabalhar, podem levar as crianças, que estarão sendo atendidas na sede. Por isso, os pais precisam entrar em contato com a direção da escola", afirma. Segundo a diretora da Escola Meu Pequeno Mundo, Sandra Roncata, as crianças que já frequentavam a escola estão sendo atendidas na sede do Bairro. No entanto, aquelas que foram matriculadas neste ano estão aguardando a conclusão das obras, devido

ao período de adaptação. "Sabemos que a sede não possui a estrutura adequada para atendermos estas crianças no período de adaptação. Queremos receber as crianças numa salinha preparada, com brinquedos, num ambiente calmo", destaca. Sandra enfatiza ainda que, após as reformas, deve haver uma melhora significativa nas instalações da escola. "O que está acontecendo agora é uma situação atípica. E as reformas estão ocorrendo devido a uma reivindicação da comunidade. Depois, vai melhorar 100%", garante a diretora.

Os novos estudantes da Unijuí foram recepcionados na noite de segunda-feira, 27, no Salão de Atos do campus. Os calouros receberam já na chegada um caderno personalizado da Instituição, com um mapa do campus e da sede da Unijuí, adesivos da rádio Unijuí FM e foram acolhidos no evento “Sou Universitário”, que contou com a presença da vice-reitora de Graduação, Cátia Maria Nehring, que explicou o funcionamento de toda a Instituição, localizações, procedimentos e ressaltou o novo momento vivido pelos estudantes. Logo após, o professor Larry

Antonio Wizniewsky falou sobre “Vida de Universitário”, quando ressaltou a mudança nas dinâmicas da Universidade em comparação com o Ensino Médio. De forma descontraída, utilizando vídeos e clipes, o professor prendeu a atenção dos alunos e foi enfático ao afirmar que “os que estão aqui hoje são uma elite e precisam conhecer a realidade do país em que se vive, independentemente do curso que optaram em realizar e se tornar agentes de mudança social”. Na quarta-feira, acontece o evento Volta às aulas no campus Ijuí, com apresentação da Banda Decoders.

Calouros receberam caderno personalizado da Instituição


10

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Rural

Jornal da Manhã

POLÍTICAS PÚBLICAS

Cooperativas manifestam interesse nas ações do governo Encontro reuniu cerca de 70 cooperativas da região para apresentação de ações Ocorreu ontem na Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI), encontro entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e Emater/RS-Ascar (executora das políticas públicas da SDR), com 71 cooperativas da região Noroeste para divulgar as ações de trabalho de assistência e extensão voltadas às questões tributária e fiscal, à qualificação da gestão, à atualização tecnológica e à adequação de processos e produtos, durante encontro promovido pelo Núcleo de Cooperativismo Ijuí-Santa Rosa. A Metodologia de Assistência Técnica e Extensão Rural (MAT – Gestão), inspirada na gestão de micro e pequenas empresas, será adotada pela SDR e Emater/RSAscar em cooperativas de base familiar do Noroeste do Estado. O anúncio foi feito ontem, em Ijuí, a representantes de 71 cooperativas. “A MAT-Gestão é um protocolo mínimo de trabalho que o Governo do Estado está oferecendo às cooperativas”, definiu o coordenador estadual dos Núcleos de Cooperativismo, engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Neimar Peroni. Segundo um dos integrantes do Núcleo de Cooperativismo Ijuí-Santa Rosa, João Vitor Buratti, a MAT-Gestão permite percorrer um caminho dentro das cooperativas. Após concluir o diagnóstico, o objetivo da MAT-Gestão é chegar ao Plano de Aprimoramento e, na sequência, evoluir para a Implantação das Soluções pactuadas pela maioria dos associados. A metodolo-

Dorlei Cole representando o Departamento de Cooperativismo apresentou propostas

gia que a SDR adotou já foi validada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) nos empreendimentos da agricultura familiar. Após o encontro, realizado na ACI de Ijuí, 45 representantes de cooperativas manifestaram interesse em receber a assistência. Nos próximos dias, a Emater/RSAscar (executora das políticas públicas da SDR), deverá assinar um Termo de Adesão, formalizando o atendimento às cooperativas. “Queremos e precisamos desse auxílio”, concluiu o presidente da Cooperativa de Produção Agroindustrial de Santo

Agricultores atingidos pela seca ainda não receberam trigo Quase um mês após o anúncio, as 14 mil toneladas de trigo liberadas para produtores atingidos pela seca ainda não chegaram ao campo. O motivo é um desacerto entre os Ministérios do Desenvolvimento Agrário e do Desenvolvimento Social. O acordo foi firmado com os movimentos sociais no dia primeiro de fevereiro e a ideia era que o trigo já estivesse em mãos dos agricultores no dia dez, o que não aconteceu. Conforme o secretário de Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul, Ivar Pavan, o problema estaria na variedade do trigo estocada nos armazéns da Conab no Estado, que é o trigo pão, e este, conforme o MDS, não pode ser doado para alimentação animal. Além disso, de acordo com ele, as 14 mil toneladas, que é sobra da

safra passada, já teriam sido vendidas. Segundo a informação dos representantes do MDA, este trigo estaria no Rio Grande do Sul. A informação que a Conab passou para o MDS é que este trigo foi vendido e que só existe agora o trigo de boa qualidade. "Se o laudo que foi enviado é o laudo de todo o trigo, estaríamos inviabilizados de receber a doação deste trigo" diz o secretário. Pavan informa que o governo gaúcho trabalha em soluções para resolver o impasse. No ano passado, a entrega do trigo aos produtores atingidos pela seca na metade sul também atrasou mais de um mês. Cerca de 30 mil toneladas haviam sido liberadas, mas houve atraso no processo de licitação de empresas transportadoras do produto.

CMN pode aprovar mudanças nas prorrogações de dívidas da seca A reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), agendada par hoje, às 15h, terá entre os itens da pauta, mudanças nas resoluções 4.047 e 4.048 que autorizaram o refinanciamento de débitos dos produtores de soja, milho e feijão que tiveram prejuízos em decorrência da estiagem.

As alterações que serão discutidas pelos membros do CMN visam atender pleito do deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS) que cobrou a inclusão de todas as culturas e da produção pecuária de corte e leiteira nas mesmas regras que garantem a prorrogação das operações de custeio e de investimentos.

Ângelo (Coopasa), Ademir Friske. A assistência oferecida pelo Governo do Estado é uma ação prevista no Programa Gaúcho do Cooperativismo Rural, lançado em abril de 2011 com a finalidade de atender, até 2014, aproximadamente 200 cooperativas familiares no RS. Também participaram do encontro representantes do Departamento de Cooperativismo da SDR, Dorlei Cole e Aliel Freitas Correa, gerentes da Emater/RSAscar das regiões administrativas de Ijuí, Geraldo Kasper e Antônio Altíssimo, e de Santa Rosa, Amarui da Silva Coracini.

Safra de soja tem previsão de queda no Brasil A previsão da safra de soja do Brasil 2011/12 foi rebaixada para 68 milhões de toneladas por conta da seca no Sul, ante 70,2 milhões de toneladas na estimativa de janeiro, informou a consultoria AgRural. "A continuidade da falta de chuva na parte do Sul do país levou a AgRural a reduzir novamente sua estimativa para a safra brasileira de soja 2011/12", afirmou em relatório. A região Sul foi a maior responsável pelo rebaixamento da estimativa, uma vez que sua produtividade média está estimada para cair 31% ante a temporada anterior, quando o clima favoreceu as plantações. Na temporada passada, o Brasil (segundo produtor do mundo de soja) colheu um recorde de 75,3 milhões de toneladas. A área total plantada foi projetada em 24,8 milhões de hectares, um recorde, mas a produtividade média no Brasil está estimada em 45,7 sacas por hectare, queda de 12% ante a temporada passada, puxada pelas perdas no Sul.

INDICADORES RURAIS Preços de 28/02/2012 Soja: R$ 42,50

Milho: R$ 26,00

Coluna do Beck

ERLON BECK ODONTÓLOGO/FARMACÊUTICO, ESPECIALISTA EM GESTÃO HOSPITALAR

Internação domiciliar Temos que acompanhar as inovações sob pena de sermos atropelados pelas mesmas. Na área da saúde, as coisas avançam numa velocidade impressionante, somos bombardeados diariamente com notícias de novas tecnologias, novas técnicas e também novos medicamentos, que são colocados diante de nós. Mas isto é apenas uma parte do processo, também novas ideias são implementadas. A que está tomando força nos últimos anos é a “desospitalização” , um termo que vai ser muito ouvido nos novos tempos. Na prática, é a redução do tempo de internação no hospital. Esta é a nova tendência mundial, é uma forma de tornar os hospitais mais eficientes para as pessoas. Como estamos frente a constantes faltas de leitos hospitalares, por conta do aumento do número de pacientes agudos e crônicos que estão sobrevivendo mais pelas novas tecnologias, esbarramos no problema de longas internações que impedem a ocupação de leitos por novos pacientes. Mas patologias estáveis, de portadores de doenças crônicas, como doenças neurológicas degenerativas e músculo-esqueléticas, podem se beneficiar da internação domiciliar, além dos pacientes crônicos ou idosos. A internação domiciliar deve ser vista como uma alternativa para todas as idades e patologias, contanto que o paciente esteja estável. O paciente tem muito a ganhar com isto, ele fica mais próximo de seus amigos e parentes, tornando o processo bem mais favorável. Se for feita com responsabilidade e segurança, a desospitalização é uma forma inteligente de proporcionar ao paciente e seus familiares um tratamento mais humanizado, e o paciente se recupera mais rápido. Todo este processo depende de uma coisa importante e fundamental, a sintonia entre o hospital e a rede pública. Temos que ter vontade política do gestor da hora em montar um serviço de internação domiciliar e, em harmonia com o hospital, proporcionar aos pacientes este benefício. Há mais de cinco anos o SUS recomenda esse tipo de cuidado para idosos, portadores de doenças crônicas ou câncer - com exceção daqueles que precisam de ventilação mecânica. E, por aqui, nada se ouviu neste sentido. Mas se tivéssemos vontade política para montar uma equipe formada por médico, enfermeiro, assistente social, nutricionista e fisioterapeuta, poderíamos mudar a realidade da falta de leitos. Contra o imobilismo dos nossos gestores da saúde pública, só posso deixar esta frase: "...a pessoa que pensa positivo, é mais feliz, é mais determinada, tem uma saúde mais favorecida, e tem objetivos mais ousados"! É isso! Ousar!


Polícia

Jornal da Manhã

ASSASSINATO

Ijuiense é suspeita de matar empresária Fabiana dos Reis de Andrade e o namorado estão sendo procurados pela polícia pelo assassinato de empresária O Judiciário decretou na segunda-feira a prisão preventiva do casal de namorados acusado da morte da empresária Janice Madalena Schneider, 37 anos, encontrada morta na manhã de sábado embaixo de uma cama, em um apartamento no bairro Scharlau, em São Leopoldo. No local moravam a ijuiense Fabiana Reis Andrade, 32, e pernambucano Bruno Xavier dos Santos, 28, que estão foragidos. As medidas foram pedidas pelo delegado da 2ª DP de São Leopoldo, Adriano Nonnenmacher de Souza. "As provas testemunhal, material e documental são contundentes", afirma o delegado. Segundo as informações, Fabiana era funcionária de Janice na creche da vítima no bairro Scharlau e havia sido demitida no ano passado. Ela e o namorado estavam desempregados. A empresária estava desaparecida desde o meio-dia de quinta, após sacar R$ 9 mil de uma agência da Caixa Econômica Federal. No mesmo dia, às 13h15, familiares da empresária encontraram o Fiesta branco dela abandonado nas proximidades do banco. Em diligência à casa dos suspeitos, os policiais encontram uma

Adriano Nonnenmacher

Fabiana dos Reis de Andrade

carta, datada de 17 de fevereiro, onde a ijuiense pedia perdão aos filhos por uma "besteira", ressaltando que só teria cometido o erro por querer dar melhor condição de vida às crianças. O delegado observa que o casal foi visto pela última vez na sexta-feira à noite, bebendo cerveja em um bar próximo à residência onde moravam e onde o corpo de Janice estava. Para o policial, isso denota frieza do casal, que deve ter retornado ao apartamento, pois documentos foram deixados no local em uma possível fuga com a chegada dos

policiais no sábado pela manhã. "A Polícia Civil estava trabalhando no bairro, o casal percebeu forte movimentação e fugiu.'' O delegado explica que está em andamento a segunda etapa das investigações, que é a captura do casal. "Em São Leopoldo eles não estão. Não descarto nenhuma hipótese para onde eles possam ter fugido.'' A entrevista completa com o delegado Adriano Nonnenmacher de Souza vai ao ar hoje no programa Linha Direta, a partir das 8h30, na Rádio Jornal da Manhã (AM 1340).

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

11

Colisão causa a morte de homem na BR-285 Um acidente na tarde de ontem, às 12h20, na BR-285, km 77, próximo ao acesso à Coronel Barros, entre uma caminhonete S-10, placas JXH-3279, de Ijuí, conduzida por Paulo Cesar dos Santos Espindola, de 34 anos, e uma carreta Scania, placa IDE 3520, de São Pedro do Butiá, conduzida pelo Hélio Lenz, resultou em uma vítima fatal. O condutor da caminhonete dirigia na direção Ijuí-Coronel Barros e carreta vinha no sentido contrário. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, o motorista da S-10 colidiu contra o rodado da traseira do caminhão, causando danos de grande monta na caminhonete. O motorista da S-10 ficou preso nas ferragens e precisou ser retirado pelo Corpo de Bombeiros de Ijuí. Removido das ferragens, foi conduzido pelo Samu de Santo Ângelo ao Hos-

Paulo Espindola

pital Santo Ângelo, onde não resistiu os ferimentos e acabou morrendo. O trecho ficou interrompido nas duas vias por cerca de uma hora.

Incêndio em silo destrói 12 toneladas de milho Às 4h40 da madrugada de ontem, o Corpo de Bombeiros de Cruz Alta foi acionado para apagar incêndio em um silo de uma propriedade do interior de Boa Vista do Incra. Segundo informações dos bombeiros, a guarnição trabalhou mais de 8 horas para apagar o fogo. As primeiras informações diziam que o fogo havia consumindo 30 toneladas de milho. No

final da tarde, os bombeiros que atenderam a ocorrência informaram que 12 toneladas de grãos foram perdidas. Segundo o proprietário, Raul Veilmann, o fogo começou depois que a corrente de um dos três compartimentos dos silos arrebentou. Com isso, parte do milho armazenado parou de circular e acabou superaquecendo, entrando em combustão. O incêndio não deixou feridos.

Polícia captura assaltante procurado no RS Idoso morre após receber Na noite de segunda-feira foi Léguas, ele tentou subordar os tral de Porto Alegre. recapturado em Porto Alegre um policiais com cerca de R$ 10 mil, Segundo a Superintendência choque elétrico dos mais procurados assaltantes de banco do Rio Grande do Sul, conhecido como Papa-Léguas. Segundo a Polícia Civil, o foragido estava com mandado de prisão emitido desde outubro de 2011, depois de fugir do regime semiaberto que cumpria na Colônia Penal Agrícola de Venâncio Aires, em setembro do mesmo ano. De acordo com a Brigada Militar, que fez a abordagem a Papa-

além de uma pistola 9 mm, que estaria guardada na casa do suspeito. A BM acompanhou o homem até a sua residência, onde foram apreendidos celulares, documentos falsos, como uma carteira de habilitação e uma carteira funcional da Brigada Militar, além de fardas de soldado e de sargento. Preso em flagrante, Papa-Léguas foi encaminhado ao Presídio Cen-

dos Serviços Penitenciários (Susepe) do Rio Grande do Sul, PapaLéguas tem passagens por roubo, falsificação e formação de quadrilha. Ele foi preso pela primeira vez em 1998 e, três anos depois, escapou da Colônia Penal Agrícola de Charqueadas. Recapturado, fugiu em 2008 do Instituto Penal de Mariante. Em 2011, deixou de se apresentar no mesmo local, onde estava no regime semi-aberto.

Deputados adiam votação de projeto da BM Os deputados esvaziaram a Assembleia Legislativa do Estado na tarde de ontem para adiar a votação do polêmico projeto do Palácio Piratini que modifica os critérios de promoções para oficiais da Brigada Militar. Encaminhado pelo governo Tarso ao Parlamento em regime de urgência, as mudanças devem ser votadas na próxima terça-feira. A falta de quórum foi provo-

cada pelo desentendimento entre as bancadas e até os governistas questionam as alterações propostas pelo governador Tarso Genro. Deputados de oposição pressionaram para que a matéria fosse retirada da pauta, porém o governo decidiu mantê-la. Segundo o líder do governo na Assembleia, deputado Valdeci Oliveira (PT), o objetivo das mudanças apresentadas no texto

é universalizar todas as promoções de oficiais da Brigada Militar, conforme lei já existente. Oliveira afirmou que a base aliada estava presente na sessão, porém, no momento da verificação de quórum, alguns parlamentares não haviam registrado presença. Já o líder da bancada do PMDB, Márcio Biolchi, afirmou que o projeto do Estado, é "uma derrota para a sociedade".

Um homem de 78 anos faleceu na tarde de segunda-feira em Ijuí, após receber um choque elétrico. O corpo de bombeiros informou que Albino Krause acabou sofrendo a descarga elétrica no interior de uma residência lo-

calizada na Rua Irmãos Person, área central. Os bombeiros foram acionados por volta das 16 horas e chegaram a socorrer a vítima até o HCI, onde não resistiu e acabou falecendo. A polícia investiga as circunstâncias do fato.

PRF apreende 150 kg de cocaína em Seberi A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na manhã de ontem 150 kg de cocaína no fundo falso de uma caminhonete no quilômetro 51 da BR-386, em Seberi. A polícia flagrou um veículo com placa de Florestópolis, no Paraná, com 150 tijolos da droga escondidos na carroceria. O motorista Joarez Albino dos Santos, de 39 anos, foi detido e encaminhado à PRF em Santo Ângelo. Ao observarem o chassi do veículo, os policiais desconfia-

ram que a carroceria havia sido adulterada. Em seguida, soltaram os parafusos e encontraram a droga. De acordo com a PRF, a cocaína veio de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O homem disse que levaria o carregamento para Caxias do Sul, onde deveria largar o veículo em um posto de combustíveis. De acordo com a polícia, o homem receberia R$ 15 mil pelo serviço quando retornasse.


12

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Esporte

AMISTOSO

São Luiz empata com a SER Panambi fora de casa Alvirrubro saiu atrás do placar, mas chegou à igualdade com Xaro O São Luiz empatou em 1 a 1 com a SER Panambi ontem à noite no Estádio João Marimon Júnior, em Panambi, em amistoso que para o alvirrubro serviu de preparação para a estreia no segundo turno do Gauchão CocaCola domingo, às 19h, em Ijuí diante do Santa Cruz. O Panambi joga a sua primeira partida na Série A-2 do futebol gaúcho domingo em casa, contra o Juventus de Santa Rosa. O amistoso integrou as comemorações dos 57 anos de Panambi. No São Luiz aconteceram duas estreias, a do meia Ruy Netto e do atacante Thiago França. A partida começou bastante movimentada. O Panambi, aos 18 minutos do primeiro tempo, atacou com perigo, mas Neguette evitou a finalização certeira de Fusca. No lance seguinte Jonatan teve liberdade, mas finalizou para fora. O Panambi seguiu atacando e Thiago Costa cometeu pênalti em Renato após uma jogada rápida de ataque do time panambiense. O ala André cobrou a penalidade aos 24 minutos no meio do gol e superou o goleiro Vanderlei, fazendo 1 a 0 para o Panambi. Mesmo com dificuldades para controlar a partida, o São Luiz chegou ao empate aos 36 minutos. Danilo Baia cobrou uma falta e Xaro pegou o rebote ingressando pela esquerda. O ala venceu um marcador e bateu de perna direita no canto esquerdo do goleiro Vágner, empatando o jogo. O São Luiz cresceu na partida e

DOIS TOQUES

Juventude

Genoma

O lateral-direito Élder Granja, 29 anos, foi anunciado ontem pelo departamento de futebol do Juventude de Caxias do Sul. Na temporada passada o atleta defendeu o São Caetano. Ele iniciou a carreira nas categorias de base do Santos, mas viveu o melhor momento no Internacional onde conquistou os títulos do Gauchão e Libertadores da América de 2006. Granja atuou em clubes como Atlético-MG, Palmeiras, Sport, Vasco da GamaRJ, Atlético-PR e São Caetano. Após ser submetido a exames médicos, assinou contrato, foi apresentado e participou do primeiro treinamento.

O atleta do Genoma Colorado, Evandro José Luza, da categoria 96, passa por período de testes no Caxias desde o dia 13 de fevereiro. O jogador foi destaque e artilheiro no ano passado do Citadino de Futsal de Cruz Alta e da Copa Internacional de Flores da Cunha. Se aprovado, passará a integrar aquela equipe. Ele já teve aprovação em Santa Rosa e no Puma de Caxias do Sul. Caso não fique no Caxias, atuará no Sampaio Correa, de Maringá-PR, onde jogará a 2ª Divisão daquele Estado. No Genoma Colorado ele é treinado pelo técnico Marcelino Vieira.

Decisão na Copa Piratini

São Luiz começa o segundo turno domingo, diante do Santa Cruz

criou uma boa oportunidade aos 39 minutos. O meia Ruy Netto iniciou a jogada e cruzou para Douglas que escorou para Danilo Baia. O meia finalizou rente à trave. Quase ao final, aos 40 minutos, Danilo Goiano cobrou uma falta na trave. O São Luiz voltou do intervalo com várias modificações. O Panambi também promoveu mudanças e o jogo caiu de qualidade. Thiago Corrêa teve uma boa chance para virar o placar em uma finalização quando o goleiro Vágner estava batido no lance. O Panambi respondeu com Faccin. O árbitro Anderson Daronco deu cartão vermelho para André Tereza do Panambi e Adriano Paulista do São Luiz após um pequeno desentendimento. O meia Kim sentiu o adutor da coxa e não atuou ontem.

Segue o impasse sobre o contrato Mais uma reunião na tarde de ontem tentou o acerto financeiro para que o contrato entre Inter e Andrade Gutierrez (AG) pudesse ser assinado finalmente. No entanto, o Banrisul considerou as garantias apresentadas pela empreiteira outra vez insuficientes para auxiliar no financiamento retirado junto ao BNDES. Após o encontro, o presidente do Banrisul, Túlio Zamin, concedeu entrevista coletiva. Ele explicou as razões do banco gaúcho em não aceitar participar do processo. A Andrade Gutierrez quer bancar apenas 20% da obra e apresentou o próprio Beira-Rio como garantia, segundo indicou Zamin. “Recebemos algumas informações adicionais. O detalhamento daquela que seria a intenção e composição da proposta da AG. E a conclusão que tivemos é que a proposta é insuficiente em relação às garantias, que é o

Jornal da Manhã

que já vínhamos informando para a sociedade”, afirmou, para complementar. “A empresa continua se apresentando com responsabilidade de apenas 20% do projeto dos ativos. E isso é insuficiente. E nós deixamos claro que as garantias que admitimos em nossa política de risco, é que tem que ser prévias e não podem ser vinculadas ao empreendimento, não dependam do sucesso do empreendimento”, explicou. As negociações, no entanto, seguem. O próprio Banrisul se colocou à disposição para ouvir novamente a proposta da empresa, desde que reparada. Depois do Banrisul negar mais uma vez o financiamento para a Andrade Gutierrez, o presidente do Inter Giovanni Luigi pressiona a construtora para que assuma a responsabilidade das garantias para conseguir a verba pública do BNDES.

SER Panambi 1 x 1 São Luiz Vágner André (Flávio) Faccin Airton Jonatan (Douglas Gaúcho Toto André Tereza Evandro (Dário) Douglas Ramos Fusca (Cleberson) Renato (Jaca) Técnico: Vitalino Barzotto (Grizzo)

Vanderlei (Altieri) (Célio) João Paulo (Da Silva) Thiago Costa (Marcelo Mineiro) Neguette (William Barbosa) Xaro ( Tato) Danilo Goiano (Cássio) William Santos (Baiano) Danilo Baia ( Thiago Corrêa) Ruy Neto (Adriano Paulista) Douglas (Thiago França) Sharlei (Sotilli) Técnico: Gelson Conte

Gols: André (Panambi) e Xaro (São Luiz). Arbitragem: Anderson Daronco auxiliado por Ismael Mansilha e Pablo de Melo. Cartões amarelos: Tato e William Barbosa (São Luiz), Douglas Ramos (Panambi). Expulsões: André Tereza (Panambi) e Adriano Paulista (São Luiz).Local: Estádio João Marimon Júnior em Panambi.

Tricolor O Grêmio terá uma baixa que não esperava para o início de returno do Gauchão. O volante Souza terá de parar por aproximadamente duas semanas, segundo a previsão inicial do Departamento Médico do Grêmio. Ele teve uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda. A lesão, de grau 2, aconteceu em um lance durante o jogo de domingo, quando o Grêmio perdeu para o Caxias nos pênaltis e foi eliminado da Taça Piratini. Na ocasião, o volante continuou na partida até o final. O Grêmio está perto de anunciar mais um novo reforço. No entanto, não é o nome que a torcida gremista estava esperando, como Cristian Rodríguez e Guillermo Burdisso. O lateral Pará, ex-Santos, realizou exames médicos na tarde de ontem e pode ter sua contratação oficializada a qualquer momento. Pará era o reserva da lateraldireita no Santos.

A Taça Piratini do Gauchão Coca-Cola vai conhecer o seu campeão hoje, a partir das 22h, no Estádio do Vale entre Novo Hamburgo e Caxias. O Novo Hamburgo comandado por Itamar Schulle teve a melhor campanha na fase classificatória e a defesa menos vazada, além do ataque que está entre os melhores. Tem o atacante Juba, que ao lado de Zulu lidera a artilharia com sete gols marcados. O treinador poderá

Técnico Itamar Schulle

contar com a volta do zagueiro Luis Henrique após cumprir suspensão no último jogo, mas terá o desfalque do volante Chicão, que levou terceiro amarelo, e do meia Preto, que está no departamento médico. No Caxias a dúvida é o volante Humberto. Se não tiver condições deve atuar Alisson. O time grená está invicto fora de casa. Novo Hamburgo e Caxias terá arbitragem de Leandro Pedro Vuaden.

Técnico Paulo Porto

Vitória sofrida da Seleção Um gol contra, marcado aos 45 minutos do segundo tempo, livrou a Seleção Brasileira de começar a temporada com o pé esquerdo e garantiu uma vitória por 2 a 1 sobre a Bósnia, ontem, em Saint Gallen, na Suíça. Marcelo abriu o placar para o Brasil logo no começo da partida, e Ibisevic deixou tudo igual minutos depois. Papac empurrou contra a própria meta no final e salvou a equipe do técnico Mano Menezes. A vitória sobre a Bósnia foi a sexta consecutiva de Mano e o sexto triunfo em estreias de temporada nos últimos oito anos. Neste período, o Brasil perdeu no primeiro jogo do ano em 2007, para Portugal, e também havia perdido em 2011, para a França. A Seleção só volta a se reunir no dia 26 de maio, em Hamburgo, Alemanha, para enfrentar a Dinamarca. Também haverá uma partida em 30 de maio, em Washington, contra os Estados Unidos.

Mano apostou em um ataque nacional, com Leandro Damião, Ronaldinho Gaúcho e Neymar, todos atuando em equipes locais, mas foram dois laterais estrangeiros que organizaram a jogada do primeiro gol. Aos três minutos de jogo, o barcelonista Daniel Alves carregou bola da direita e tocou na esquerda para o rival do Real Madrid Marcelo, que chutou cruzado, de primeira. Nove minutos depois, no entanto, uma falha do goleiro Júlio César acabou com a tranquilidade da Seleção. Ibisevic carregou bola pelo meio em um dos muitos contra-ataques bósnios e chutou fraco. A bola teve leve desvio de David Luiz, mas veio fácil. Júlio César aceitou. Quase nos acréscimos, quando já havia tomado alguns sustos do adversário, o gol caiu do céu para a Seleção. Neymar cobrou falta no meio campo, Marcelo colocou em profundidade para Hulk na esquerda, e Papac marcou contra após cruzamento.


Jornal da Manhã

Social Cultural

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

1

Clube Ijuí promove lançamento de livro

A escritora Leila Krüger ao centro, com os integrantes da diretoria do Clube Ijuí

O Clube Ijuí realizou no sábado a sua estreia na promoção de eventos culturais. Na ocasião, foi lançado o romance “Reencontro”, de Leila Krüger, com apoio de empresas locais e da comunidade, que participou prestigiando. A iniciativa surgiu através da presidente cultural da entidade, Maria Ivone Lazaroto, que conheceu a obra da ijuiense, reconhecendo seu talento. E, como uma das metas do Clube para 2012 é a realização de atividades ligadas a cultura, a iniciativa veio à somar. Os convidados foram recepcionados com coquetel, pronunciamento da presidente cultural, seguida do seu vice, Teobaldo Branco, além das boas vindas proferida pela presidente do Clu-

be, Narda Pissinin. O público pode contar com bate-papo com a autora, leitura de poemas, sessão de autógrafos e apresentação de repertório ao piano de Hariet Krüger, mãe de Leila. Segundo Narda Pissinin,a primeira experiência do ano ligada ao cultural foi bastante gratificante. “Foi incrível, tivemos a participação de pessoas ligadas ao setor, além de autoridades. O Clube só oferece social por falta de espaço, por isso essa nova ênfase na cultura, em todas as suas formas. Esse foi o primeiro passo e a acolhida foi grande”, avaliou. O próximo evento realizado pelo Clube será no dia 17 de março, quando acontece o baile de posse da diretoria que assumiu a entidade em 2012.

Público contou com sessão de autógrafos das obras

Albino e Lisany Fetter Adriele, Noemia e Eduarda

Reencontro Depois de publicações de contos nas coletâneas “Amanhã, Outro Dia” e “Tempo de Tudo”, Leila Krüger lançou seu primeiro romance. A obra demorou um ano e meio para ficar pronta e fala sobre grandes temas da vida, como amor, solidão, fé e reencontros. Antes do evento no Clube Ijuí, no sábado, a escritora ijuiense realizou o lançamento em Porto Alegre, na Livraria Saraiva do Barra Shopping Sul, em novembro do ano passado.

Casa de Dança. A Casa de Dança promove na sexta-feira, a partir das 23h, festa especial ao som da Banda Fênix, que traz repertório preparado para a ocasião especialmente aos apaixonados pela dança. Conhecida pelo ambiente agradável, com espaço para confraternizações e ideal para fazer amigos, está empenhada em manter e preservar a cultura da dança de salão. O traje exigido para a ocasião é o alto esporte, sendo proibida a entrada de vestidos muito curtos, minissaia e decotes ousados. Para breve, grandes nomes da dança de salão do Brasil estarão realizando shows e cursos. O primeiro deles é Junior Cervila, e vem a Ijuí no dia 17 de março para workshop e baile de tango. Faça a sua reserva através do telefone 3332-4378 e se divirta ao som da boa música. ........................................................................................................................ Banda Fênix no Gervi R.M. Promoções estará trazendo para o domingo a renomada Banda, sempre recorde de público. Casais que chegarem até as 15h30 ganham uma cerveja e ingressos individuais dão direito a um refrigerante. Troque seus ingressos por cartelas para concorrer a sete sorteios durante ao ano. O primeiro já tem data marcada e será no dia 18 de março, tendo como prêmio um climatizador.

Julieta Sandri, Helena Marder e Léa Moraes

Maria Luiza Dürks e Paulo Covarri

Baile do Chopp

Quartaneja no Absoluto

O Rotary Club de Ijuí convida a comunidade para o lançamento do Baile do Chopp, marcado para terça-feira, dia 6 de março, nas dependências do Chopp Ijuhy. Já tradiconal, o evento deste ano será beneficente ao Cacon, que terá duas novas alas beneficiadas com os recursos. O Rotary segue buscando apoiadores para o Baile, que neste ano acontecerá no dia 24 de março. Informações: 9934-5590.

Hoje tem Quartaneja no Absoluto, que traz a festa em comemoração a volta às aulas. No espaço Lounge quem faz o show da noite é a dupla Sandro e Cícero e, no Pub, o público confere o melhor do pop e do rock. Até a meia-noite ingressos femininos à venda por R$ 5,00 e masculinos a R$ 10,00. É proibida a entrada de menores de 18 anos e indispensável a apresentação de RG.

Show nativista A Cantina Sapore D´Itália recebe o público na sexta-feira para uma noite que envolve gastronomia e música nativista. O show ficará a cargo do consagrado cantor Julio Saldanha e músicos de Porto Alegre e Santa Maria. Reservas podem ser feitas pelos telefones 3332-7667 ou 9908-0074.

2x8 convite pastor


14

Variedades

Quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012

TV

Jornal da Manhã

Comercial reúne craques do futebol A Nike investiu pesado e conseguiu reunir, num mesmo comercial, grandes nomes do futebol brasileiro. Além dos tradicionais patrocinados pela marca, como Neymar e Ganso, o novo vídeo, que começou a ser veiculado pela empresa norteamericana nesta segunda-feira no Youtube, reúne também o jogador Ronaldo, o técnico Mano Menezes, o pagodeiro Thiaguinho (ex-Exaltasamba), o rapper Emicida e o lutador de MMA Anderson Silva. Para reunir esse time, a empresa desembolsou R$ 4 milhões e o anúncio foi gravado em Milão e em São Paulo.

30 anos Bruno De Luca já começou a gravar o programa “30 coisas para fazer antes dos 30”, programa que tem estreia prevista para 7 de junho, data de seu aniversário de 30 anos, no Multishow. A atração deverá contar com dez episódios.

Vazamento A música "Incondicional", que Luan Santana lançaria ontem, foi parar na internet no último sábado, o que teria deixado a equipe do cantor furiosa. Para correr atrás do prejuízo, o cantor está gravando o clipe que entrará em sua página no YouTube na sexta-feira.

DATENA ABANDONA PROGRAMA AO VIVO A terça-feira começou tensa na rede Bandeirantes de Rádio. O polêmico apresentador e jornalista José Luiz Datena se irritou com a produção do seu "Manhã Bandeirantes", atração diária que apresenta na AM 840 e FM 90,9. Ele pediu desculpas aos ouvintes e abandonou o programa. O jornalista Agostinho Teixeira assumiu como âncora imediatamente após Datena sair do ar e se desculpou com os ouvintes também.

Novelas

A Vida da Gente -

Globo

Manu será doadora de Júlia Daniel explica a todos os riscos que Manu e Júlia correm com a cirurgia. Manu comenta com Gabriel sobre o amor que ela, Rodrigo e Ana sentem por Júlia, e como o sentimento é capaz de uni-los novamente. Eva tenta convencer Lúcio de que Manu não é a pessoa ideal para doar o fígado para sua neta, mas o médico não dá ouvidos. Sofia fotografa para uma campanha. Moema não aceita voltar a namorar Wilson. Dora termina com Marcos. Júlia diz que está feliz porque suas duas mães, Ana e Manu, se reconciliaram.

Aquele Beijo -

Globo

Bernadete esconde gravidez de Ricardo Claudia fica arrasada com o fim do namoro. Bernadete pede a Ana Girafa para não contar nada a Ricardo sobre sua gravidez. Joselito cruza com Claudia no hospital e faz uma previsão para ela. Diva abandona as filhas e vai morar com Deusa. Mirta conta para Rubinho que Vicente ficou paralítico. Sebastião visita Vicente e tenta animá-lo. Damiana vai a casa de Valério. Grace Kelly se surpreende ao encontrar Diva no apartamento da mãe. Agenor e Raíssa levam as máquinas e os tecidos para a casa de Eveva. Orlandinho pede para morar com a tia. Henrique procura Vera e propõe a reabertura da Comissão de Inquérito da Comprare. Rubinho oferece apoio a Claudia.

Fina Estampa -

Globo

Guaracy salva Beatriz na rua Tereza Cristina diz a Pereirinha que guarda dinheiro em casa para o caso de precisar fugir. Louzada fala para o delegado Paredes que possui as gravações do dia em que Marcela morreu. Ferdinand pensa em como provar os crimes de Tereza Cristina. Quinzé flagra Griselda e Guaracy se beijando. Paulo lembra de quando cuidou de Victoria. Ao acordar, Pereirinha vai até o cofre de Tereza Cristina. Celeste descobre que Solange não dormiu em casa e avisa Baltazar. Crô tenta tranquilizar Baltazar. Daniel pede Solange em casamento. Guaracy salva Beatriz de ser atacada por pessoas na rua. Danielle recebe uma intimação para apresentar sua defesa no Conselho Regional de Medicina. Teodora passa mal ao acordar. Quinzé descobre o segredo de Fabrícia.

Baixa audiência Em pouco mais de uma década, o "Fantástico" perdeu 38% de sua audiência. A revista dominical da Globo, que completou no domingo 2.000 edições no ar, obtinha média de 34,3 pontos de audiência em 2000. Em 2011, a média do programa foi de 21 pontos. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande São Paulo.

Áries Quando você se disponibiliza para os outros, certamente está caminhando para construção de uma relação estável. É tempo de persistir na formação de bons relacionamentos, mesmo que as primeiras tentativas não sejam tão bem sucedidas. Touro Existem muitos caminhos, mas é bom saber qual seria o mais adequado para quebrar a mesmice que o envolve e que o paralisa. É tempo de fazer o que estiver ao seu alcance para criar maneiras mais prazerosas de viver bem. Gêmeos A ponderação ao lidar com as pessoas pode ser a qualidade necessária para que você se comunique com clareza e inteligência. É tempo de ter sensibilidade no uso das palavras para que você obtenha fluidez na comunicação. Câncer É possível que você não saiba ao certo se o que desponta no horizonte são novos desejos ou uma reedição de planos engavetados. É tempo de acreditar que, sejam quais forem, eles poderão lhe render um longo tempo de alegrias ao realizá-los. Leão Algumas vezes o excedente emocional pode parecer inadequado e, outras vezes, uma demonstração de pura alegria. É tempo de viver plenamente, mesmo que precise adaptar seus impulsos às circunstâncias para evitar certos aborrecimentos. Virgem Quando você olha exclusivamente para cada situação específica, talvez não seja capaz de encontrar as melhores saídas. É tempo de avaliar a realidade como um todo e deixar que a sua intuição lhe aponte as soluções mais apropriadas. Libra Sem dúvida, mudar é preciso. Entretanto, é necessário também saber concentrar seus impulsos na direção de transformações construtivas. É tempo de ter confiança em si mesmo e encontrar modos de modificar o que não lhe faz bem. Escorpião Se as emoções reprimidas vierem a ser liberadas inadequadamente, é possível que se sinta fragilizado. É tempo de se fortalecer emocionalmente encontrando formas graduais de extravasar seus sentimentos para não causar danos a si mesmo. Sagitário Ao agir com intolerância você pode estar colaborando para se envolver em situações emocionalmente difíceis. É tempo de direcionar sua impaciência para atividades prazerosas, evitando se sentir abandonado pelas pessoas quando mais precisa delas. Capricórnio Emoções e pensamentos muitas vezes caminham em direções conflitantes, parecendo não ser possível chegar a acordo entre eles. É tempo de se acalmar, de modo que encontre um ponto de convergência entre os anseios da mente e do coração. Aquário Quando a ansiedade está presente, em geral é causadora de transtornos pessoais, pois ela impede o raciocínio claro e a ação apropriada. É tempo de respirar novos ares e encontrar um modo de não deixar que a ansiedade se transforme em estagnação. Peixes Às vezes, várias complicações surgem de uma só vez e é preciso resolvêlas prontamente. É tempo de ter a tranquilidade necessária para que venha a encontrar as soluções adequadas para os seus problemas emocionais.


Enfoque

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

15

PESQUISA

Regra das oito horas de sono pode ser 'mito' Cientistas e historiadores afirmam que padrão natural seria o do sono com interrupção durante a noite Dados científicos e históricos sugerem que a recomendação de oito horas ininterruptas de sono por dia pode ser baseada em um mito. Segundo especialistas, o processo biológico natural prevê um sono segmentado em duas partes, mas o padrão foi aos poucos sendo alterado por transformações sócio-culturais. No início da década de 90, o psiquiatra Thomas Wehr realizou uma experiência na qual um grupo de pessoas ficou em um ambiente escuro durante 14 horas por dia em um período de um mês. Os voluntários precisaram de um tempo para regular o sono mas, na quarta semana, eles apresentaram um padrão de sono muito diferente: dormiam por quatro horas, acordavam durante uma ou duas horas e depois dormiam por mais quatro horas. Além desta pesquisa, em 2001

Pesca desregulada enfraquece recifes de corais Uma pesquisa publicada ontem pela revista científica da Sociedade Internacional dos Estudos de Recifes dá um exemplo de como as consequências das ações humanas sobre o meio ambiente podem ser amplas. O estudo mostra que a pesca afetou não só na população de peixes, mas alterou também outros organismos de ecossistemas na costa do Quênia. Isso acontece devido a um efeito conhecido como cascata trófica: toda a cadeia alimentar é influenciada pela redução do número de predadores. Com menos peixes, a população de ouriços cresceu e a de algas vermelhas diminuiu nas regiões estudadas, que foram piscinas formadas no mar por barreiras de corais. As algas vermelhas possuem substâncias químicas que fortalecem os corais. Portanto, se a população de algas vermelhas é ameaçada, a estrutura dos corais também é. Isso é um problema para todo o ecossistema, que é adaptado ao mar calmo e depende dos recifes para barrar as correntes do mar.

o historiador Roger Ekirch, da Universidade Virginia Tech, publicou um estudo depois de 16 anos de pesquisa que revelou várias provas históricas de que o sono humano é dividido em dois períodos. Quatro anos depois, Ekirch publicou o livro At Day's Close: Night in Times Past ("No Fim do Dia: A Noite no Passado", em tradução livre), que mostra mais de 500 referências a um padrão de sono segmentado, em diários, registros jurídicos, livros médicos e literatura, desde a Odisseia, de Homero, até um relato antropológico a respeito de tribos modernas da Nigéria. Estas referências descrevem um primeiro período de sono que começava cerca de duas horas depois do anoitecer, seguido de um período em que a pessoa ficava acordada por uma ou duas horas e então um segundo perío-

do de sono. Na experiência de Wehr, durante o período de duas horas em que as pessoas ficavam acordadas, havia atividade. Estas pessoas se levantavam, iam ao banheiro ou fumavam e algumas até visitavam os vizinhos. Ekirch descobriu em sua pesquisa que as referências ao primeiro e segundo sono começaram a desaparecer no final do século 17. Isto começou nas classes sociais superiores do norte da Europa e nos 200 anos seguintes se espalhou para o resto da sociedade ocidental. O pesquisador atribui esta mudança à melhoria na iluminação pública, na iluminação doméstica e a um aumento do número de cafeterias que, em alguns casos, ficam abertas a noite inteira. A noite se transformou em um período de atividade normal e o tempo de descanso diminuiu.

Psiquiatra apresentou provas de que o sono é dividido em dois períodos

Jovens são alvos do comércio de medicamentos pela internet

Pets aumentam sobrevida de doentes crônicos

Os jovens são alvos, com frequência cada vez maior, das redes de tráfico de medicamentos ilícitos na internet e nas redes sociais, advertiu a Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes (JIFE), uma agência da ONU, em seu relatório anual publicado nesta terça-feira em Viena. "As farmácias ilegais na internet começaram a utilizar as redes sociais para atrair clientes a seus portais, o que pode expor um público amplo, e sobretudo jovem, a produtos perigosos", declarou Hamid Ghose, presidente da JIFE. "A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que mais da metade dos medicamentos procedentes de farmácias ilegais na internet são falsificados", completou. A JIFE pede aos governos uma ação contra as farmácias ile-

Portadores de doenças crônicas que possuem mascotes parecem ter corações mais saudáveis do que aqueles que vivem sem um animal de estimação, diz novo estudo japonês. Na pesquisa publicada no American Journal of Cardiology, cientistas descobriram que aqueles que tinham um pet contavam com mais variabilidade do ritmo cardíaco do que os que não tinham um animal. Isso significa que seus corações respondem melhor às exigências das mudanças corporais, como bombear sangue mais rapidamente em situações de estresse. Uma variabilidade reduzida está associada ao maior risco de morrer por problemas do coração. "Entre os pacientes com doença coronária, os donos de mascotes mostram uma sobrevida um ano maior do que os que não têm bichos", diz o autor, Naoko Aiba,

gais virtuais e o confisco das substâncias que são comercializadas. Aorganização da ONU recorda que os jovens são particularmente sensíveis ao conjunto das dificuldades sociais geradas pelas drogas: violência, desemprego, saúde ruim e dificuldades escolares.

da Universidade de Kitasato, no Japão. No estudo, a equipe avaliou 191 pessoas com diabetes, pressão arterial elevada ou colesterol alto durante 24 horas usando um monitor cardíaco durante todo o tempo. A faixa etária estava entre 60 e 80 anos. Os pesquisadores também perguntaram sobre as atividades diárias e sobre se tinham ou não animais domésticos. Nos donos de pets, cerca de 5% das batidas do coração diferiam em 50 milésimos de segundo em extensão, contra 2,5% dos que não tinham animais. Isso significa que o ritmo cardíaco mudava menos. Até agora, não se sabe o que causa a diferença. Pode ser em função dos animais, ou pode ser que haja diferenças entre os que escolhem ter pets e os que não querem bichos.

Tatuagem começa a ser usada para fornecer dados médicos nos EUA Um pequeno número de norte-americanos começa a usar tatuagens para propósitos médicos que não têm nada a ver com estética ou moda: servem para fornecer informações sobre as condições médicas da pessoa em caso de socorro. As tatuagens podem indicar alergias, doenças crônicas e orientações caso a pessoa morra (como a doação de órgãos no pósmorte). O patologista Ed Friedlander,

60 anos, da cidade de Kansas, tem escrito bem no meio de seu peito "no CPR". A inscrição indica que ele não deseja receber ressuscitação cardiopulmonar por um paramédico se seu coração parar de bater. Para o endocrinologista Saleh Aldasouqi, da Universidade do Estado de Michigan, seria importante padronizar o local onde as tatuagens devem ser feitas, de forma que os médicos possam procurar as informações sobre o paciente com facilidade.

Ed Friedlander tem tatuado "no CPR" no peito


IJUÍ, QUARTA-FEIRA, 29 DE FEVEREIRO DE 2012

GERAL / 4

ENSINO / 9

Plano de Arborização prevê plantio de cinco mil mudas

Meu Pequeno Mundo inicia ano letivo em obras

POLÍTICA / 7

Deputado Pimenta critica desunião da Bancada Gaúcha EDUCAÇÃO / 9

Escolas estaduais não terão mais reprovação até o 3º ano

Aulas da Escola de Educação Infantil estão acontecendo na sede do Bairro Assis Brasil. Reforma está em fase final

ESPORTE / 12

Brasil vence a Bósnia com gol marcado no último minuto

Atacante Neymar teve dificuldades na vitória suada da Seleção Brasileira diante da Bósnia e Herzegovina

Profile for Classificados Jornal da Manhã

jornaldamanha29.02.12  

jornaldamanha29.02.12

jornaldamanha29.02.12  

jornaldamanha29.02.12

Advertisement