Issuu on Google+

GERAL / 3

Combate ao excesso de velocidade é o foco da Semana Nacional de Trânsito Ijuí, Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

www.jmijui.com.br

SAÚDE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL / 4

Ballin lamenta falta de médicos na rede pública de saúde

SAÚDE / 3

Hospital de Caridade conclui espaço físico que vai abrigar Medicina Nuclear Ano 39 - Nº 178

R$ 2,00


2 

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Radar

Jornal da Manhã

Ingressos Expo-Ijuí

A venda dos ingressos permanentes para a Expo-Ijuí 2012 está sendo realizada na Associação Comercial e Industrial de Ijuí, em horário comercial. O valor do permanente, que dá acesso ao Parque de Exposições durante os 11 dias de evento, custa R$ 25,00 durante o mês de setembro e R$ 30,00 durante outubro. A permanente não dará direito aos shows nacionais. Os shows da cantora Paula Fernandes e da dupla Fernando e Sorocaba têm ingressos antecipados comercializados em diversos pontos de venda. Os demais shows terão acesso livre. O valor do ingresso diário para a Expo-Ijuí será R$ 7,00. Estudantes com carteira atualizada terão direito a meio ingresso, ou seja, R$ 3,50. 

TJLP Março/2011.....................................6,00% Ouro13.9.2012..............................R$115,00(gr) Dolar Comercial (compra) . ........

Aipan

Dolar turismo (compra) . .........................R$1,94 Dolar turismo (venda)..............................R$2,16 Euro (compra) ......................................R$2,645 Euro (venda) .........................................R$2,646 IPC/FIPE Agosto/2012..............................0,27%

Eleições 2012- Desde que começou o prazo para os candidatos começarem a distribuir santinhos com suas propostas, o Grupo JM está construíndo um mural dos candidatos, tanto da situação quanto da oposição, com a colaboração dos funcionários do grupo, que ganham nas ruas ou quando um candidato visita a redação. No entanto, ainda falta uma boa parte de candidatos no mural.

SMS

A Unijuí irá sediar o teste IELTS ( International English Language Testing System), um exame padronizado que comprova proficiência em inglês. O teste é realizado pelo British Council (Conselho Britânico) e a Unijuí sedia a prova, no dia 24 de novembro, manhã e tarde, no Campus da Unijuí- Prédio A, sala A8/9. O teste é requisito para concorrer a bolsas de estudos do Programa Ciências Sem Fronteiras, assim como para ingressar em cursos de pós-graduação em universidades na Europa. As inscrições podem ser feitas diretamente no site do Conselho Britânico. O aluno deverá escolher o País (Brasil), colocar o mês da prova (novembro) e a cidade (Ijuí). Outras informações podem ser obtidas junto ao Escritório de Relações internacionais da Unijuí e no British Council. 

Workshop

O curso de Agronomia da Unicruz promove no dia 27 um Workshop de Topografia e de Geodesia. A atualização vai acontecer no Salão Nobre no Campus Universitário, nos turnos da manhã e tarde, com inscrições gratuitas.

INPC/IBGE Agosto/2012...........................0,45% IPCA/IBGE Agosto/2012............................0,41%

UPF/RS 2012....................................R$ 12,1913

Getúlio

CRA

Para comemorar o mês do Administrador, o Conselho Regional de Administração do RS (CRA-RS) está com agenda intensa no mês de setembro. A programação, que integra a campanha de valorização profissional Administração Profissional é o “X” da questão, promovida pelo Conselho Federal de Administração (CFA), conta com o 5º Eprocad (Encontro de Professores e Coordenadores dos Cursos de Administração) e 4º Encontro da Angrad (Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração), nos dias 14 e 15, em Rio Grande, e 7º Seminário de Administração em Saúde encerra a agenda, no dia 28, em Porto Alegre.

IGPM/FGV Agosto/2012........................... 1,43%

IGP-DI-FGV Agosto/2012..........................1,29%

A Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan) está promovendo curso com o biólogo Jeferson Muller Timm. O curso Sustentabilidade na Prática - vivência de Permacultura será realizado nos dias 28 e 29 de setembro. Inspirando-se nas relações ecológicas presentes na natureza, onde a energia se acumula e renova em constante fluxo, a permacultura traz propostas que utilizam recursos oferecidos pela natureza e contemplam as necessidades do homem, garantindo a conservação dos recursos naturais e beneficiando ambas as partes. O curso será no Parque de Exposições Wanderley Burmann. Mais informações pelo telefone (55) 3333-0256. 

R$2,009

Dolar Comercial (venda) ......................R$2,011

Core itinerante

Entre os dias 26 e 28 de setembro, estará em Ijuí o projeto do Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Rio Grande do Sul. O projeto pretende regularizar a situação dos profissionais que atuam de maneira ilegal na profissão, tanto no que se refere ao registro ou ainda quitação da anuidades de atraso. Pretende também atualizar o cadastro daqueles representantes comerciais mais antigos e ainda dar oportunidade para aqueles que não exercem mais a profissão em dar baixa no seu registro. O Core itinerante estará em Ijuí, na Associação Comercial. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (51) 3333-8550 ou pelo site www.core-rs.org.br 

Poupança 15.9.2012................................5000%

*valores acima de R$ 300,00

MÊS

TAXA

IRPF

OUTUBRO

0,88

5,94

NOVEMBRO

0,86

5,08

DEZEMBRO

0,91

4,17

JANEIRO

0,89

3,28

FEVEREIRO

0,75

2,53

MARÇO

0,82

1,71

ABRIL

0,71

1,00

Observatório "Não sabemos o resultado do nosso trabalho, porque ele é mais complexo do que se imagina, mas a maior motivação para a mulher parar de usar o crack é a maternidade", disse a psiquiatra Maria Lucrécia Zavaschi, coordenadora do projeto do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas (Cpad) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a iniciativa envolve um projeto de pesquisa sobre como a chegada de um filho pode significar um momento de virada para mulheres assoladas pelo vício. "Estamos tendo um surto de assaltos", admitiu o secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Airton Michels, sobre a onda de assaltos que assolam o Estado nos últimos meses. "O dinheiro é para o crime o que o sangue é para a veia. Se não circular, não temos esquemas criminosos como esse. Há uma necessidade enorme de que existam instituições financeiras que se prestem para situações como essas", disse a ministra Cármen Lúcia, que votou pela condenação de oito dos 10 réus do processo da mensalão. "O eleitor tem de olhar além do programa e das propostas e tem de confiar um pouco na instituição. É importante ver o perfil e a trajetória dos candidatos, os partidos que compõem as coligações e as características pessoais de cada um", falou o cientista político, Valeriano Costa, sobre as eleições municipiais que acontecem no Brasil. "Só conheço uma pessoa condenada por um beijo, foi Jesus Cristo. O fato de mandar beijo não é motivo para condenar", José Antonio Dias Toffoli para justificar o seu voto pela absolvição de Geiza Dias, ex-gerente financeira da agência SMP&B.

1º - 4.683 2º - 4.450 3º - 3.287 4º - 9.413 5º - 2.465

QUINA

CONCURSO Nº 2.995

04 12 33 38 62 LOTOFÁCIL- CONCURSO nº803 01 04 05 12 14 15 16 17 18 19 20 21 23 24 25


Geral

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

3

SAÚDE

Medicina Nuclear do HCI entra em fase final Diretoria entregou espaço físico que irá abrigar o setor de medicina nuclear construído com recursos próprios A diretoria da Associação Hospital de Caridade Ijuí acaba de entregar pronto o espaço físico de 586,43m² que vai abrigar toda a estrutura do mais novo serviço da instituição macrorregional, a medicina nuclear. Este serviço é uma especialidade médica que usa quantidades muito pequenas de material radioativo, de forma segura e sem dor, para diagnosticar e tratar doenças. Os procedimentos ajudam médicos especialistas a diagnosticarem doenças através de imagens chamadas cintilografias, produzidas a partir da injeção de substâncias marcadas com material radioativo, chamados de radiofármacos , que são detectados pelos equipamentos de Medicina Nuclear. “As doses de radiação aplicadas no paciente são mínimas, frequentemente menores até do que um exame de Raio-X e, por isso, a Medicina Nuclear pode ser utilizada em crianças, adultos e idosos”, explica o médico nuclear Gerson Kempfer, que vai atuar no novo serviço do HCI junto com o também médico nuclear Rafael Portugal. O diretor técnico do HCI, médico Airton Buss Júnior, adianta que este serviço pioneiro na região Noroeste do Estado vai servir para todas as especialidades médicas, pois os exames podem detectar precocemente anormalidades na função ou estrutura de um órgão do

corpo. “Esta detecção precoce possibilita que algumas enfermidades sejam tratadas nos estágios iniciais, quando existe uma melhor chance de prognóstico bem-sucedido e recuperação do paciente”, avalia o diretor técnico. Passada a fase de adequações da estrutura física, a segunda fase teve início nesta semana, com a instalação e montagem do aparelho pela equipe técnica da Siemens, indústria alemã, considerada uma das principais do mundo em equipamentos com tecnologia de ponta. Desde o início do ano, a equipe da Medicina Nuclear composta por 15 profissionais (médico, físico, enfermeiro, técnicos de enfermagem, técnicos em radiologia, físico, higienizadores, recepcionistas, contador e administrador), faz treinamentos e capacitações nos principais centros como o Hospital de Clínicas de Porto Alegre e Clínica Kozma de Passo Fundo. “A dedicação da equipe é surpreendente e motivadora. Agora que ingressamos na fase final de implantação do serviço, estamos ansiosos pelo início que vai depender da agilidade da comissão nacional de energia nuclear e vigilância sanitária que precisam fazer as vistorias”, afirma a coordenadora administrativa da Medicina Nuclear Luciane Houser. O presidente do HCI Claudio Matte Martins comemora os in-

Diretoria entrega estrutura física do novo serviço: 100% de recursos próprios da instituição hospitalar

vestimentos que tiveram a parceria importante do Ministério da Saúde para a aquisição do aparelho, que custou R$ 600 mil . “ Recentemente visitamos o ministro da Saúde e dissemos a ele que qualquer investimento com dinheiro público, deve ter a contrapartida financeira e nós, de forma ousada, conseguimos aplicar no total R$ 1.741.353,80. Esta decisão da Diretoria vai ficar na história do HCI, pois estamos conscientes de que a partir da im-

Semana do Trânsito inicia-se na segunda Começam na segunda-feira, 18, as atividades da Semana Nacional do Trânsito em Ijuí, através da Coordenadoria de Trânsito, em parceria com o Movimento Gaúcho Trânsito Seguro e Prohumat – Programa Municipal para Humanização do Trânsito. A programação deste ano inclui palestras nas escolas, ações educativas, mateada, distribuição de material informativo. A data é comemorada anualmente, conforme artigo 326 do CTB. Todos os órgãos ou entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito participam das atividades dessa semana, planejando ações de caráter permanente, procurando estabelecer parcerias com outras áreas envolvidas na área de educação e segurança no trânsito. O Sest Senat vai promover várias atividades durante a Semana Nacional do Trânsito. O gerente Carlos Dortzbacher ressalta que já participa da programação há vários anos e destaca que neste ano o mote da campanha é Dirija na Velocidade Permitida: É Hora de Fazer a Coisa Certa. “Teremos várias ações em par-

ceria, uma delas com PRF, que é a blitz educativa, em frente ao Posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR 285. Também temos agendado palestra nas escolas de Ensino Médio e Fundamental. No dia 24, na Praça da República, acontece a blitz educativa com o CFC Pizzutti e Sest/Senat. Vamos trabalhar bastante sobre o tema, a questão da velocidade, o quanto é importante andar, não somente nas vias urbanas, mas também nas rodovias, dentro da velocidade permitida”, destaca. O lançamento da Semana Nacional de Trânsito será na segunda-feira, no Salão Farroupilha da prefeitura. Na terça-feira pela manhã, condutores em geral e pedestres realizam a distribuição de materiais informativos nos postos de combustíveis. Na quarta-feira haverá uma ação educativa, junto ao Programa Sinal Verde para a Vida, da Medianeira Transportes, envolvendo crianças do 5º ano do Ensino Fundamental. Uma ação educativa na Praça da República será realizada no domingo. A programação contará com distribuição de material

Carlos Dortzbacher

informativo, pintura de rosto e mateada. Na segunda-feira haverá a palestra Em Trânsito Atitudes Mudam Caminhos, com alunos do Ensino Médio do Ruyzão. O encerramento da Semana Nacional de Trânsito contará com uma caminhada pelas ruas centrais da cidade, na terça-feira, dia 25, atividade que vai envolver escolas do município, entidades ligadas ao trânsito e comunidade em geral.

plantação deste serviço nos consolidamos ainda mais como referência na assistência médico-hospitalar do Estado”, avalia Matte Martins. Outra importante informação repassada pelo dirigente do HCI é que já foi encaminhado o processo de autorização de operação do serviço, bem como a autorização para a aquisição de fontes radioativas. Ao mesmo tempo, os principais convênios, inclusive SUS, também já estão encaminhados para

credenciamento. O serviço vai abranger toda a macrorregião missioneira, cerca de 120 municípios e uma população aproximada de 1.200.000 pessoas. “ A situação financeira equilibrada do HCI permite tais investimentos que são priorizados de acordo com a gestão estratégica da Instituição. A maior beneficiada é a população regional, que ganha um serviço de primeiro mundo”, finaliza o presidente do HCI.


4

Geral

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Jornal da Manhã

ELEIÇÕES 2012

Não tem sido fácil atender à demanda na área da saúde, conforme afirma o candidato à reeleição, Fioravante Ballin. Embora sejam feitos investimentos no setor, como a ampliação das unidades de saúde, faltam médicos para trabalhar na rede pública. Nesta edição do Palanque JM, ele revela falhas na área e ainda propõe ações de Desenvolvimento Social.

FIORAVANTE BALLIN - PDT Na avaliação do candidato Fioravante Ballin, da Frente Popular Trabalhista (PDT, PT, PRB, DEM, PTB e PPS), Ijuí possui uma assistência de qualidade na área da saúde. Há falhas, admite, mas que devem ser corrigidas em sua próxima gestão. "É importante lembrar que a cidade avançou nos últimos anos. Tanto que, hoje, temos um dos índices mais baixos do Estado na mortalidade infantil. Resultado que reflete a parceria que temos com os hospitais e clínicas locais", comenta o candidato. Como exemplo de ações desenvolvidas durante a sua gestão, Ballin lembra que agora o atendimento 24h pertence ao município - graças à construção de uma nova Secretaria de Saúde, muito mais ampla e moderna. É neste espaço, segundo ele, que são realizados cerca de 325 mil procedimenos por ano. Além disso, o governo municipal investiu nas equipes de saúde da família, que hoje somam 13. "Temos 100% de cobertura no interior e já estamos articulando a implantação de dois ESFs no bairro Getúlio Vargas. Uma nova equipe será direcionada ao Alvorada e, em outras três comunidades, haverá a transformação dos ambulatórios em ESFs", completou o candidato. O município também assumiu o Samu Salvar, que hoje realiza uma média de 1,6 mil atendimentos ao ano. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) está em construção e, em breve, a Liga Feminina de Combate ao Câncer terá uma nova sede. "E não foi apenas na estrutura destes espaços que investimos. Valorizamos muito nossos servidores e, em parceria com eles, implantamos o sistema de acolhimento no município. Situação que nos permitiu diminuir as filas e eliminar as fichas para consultas básicas. Todos que chegam à unidade de saúde são atendidos", reforça o candidato. Questionado sobre a demora para a liberação de consultas e exames especializados, Ballin lembrou que essa não é uma responsabilidade do município, mas do Estado. Mesmo assim, a administração se preocupou em destinar recursos à área - que chegaram a R$ 3 milhões, num período compreendido entre 2011 e julho deste ano. "O Informe Epidemiológico mostra que Ijuí aumentou sua expectativa de vida em seis anos para

homens e cinco para mulheres. Graças às ações que realizamos até então. Mas, claro, é praticamente impossível atender a toda a demanda", explica Ballin. Na farmácia do município, há uma gama de 180 itens, adquiridos em vários períodos do ano, via pregão eletrônico. "Há tempos esse sistema está instituído na cidade. Afinal, no Rio Grande do Sul não há indústrias ou laboratórios que forneçam os medicamentos", comenta o candidato. Por vezes, segundo Ballin, ocorre a falta de remédios nas unidades básicas, mas em função do atraso na entrega pelos fornecedores. Nestes casos, ocorre uma notificação aos responsáveis. "Chegamos a adquirir, no ano passado, 1,6 milhão de medicamentos básicos", completa. Para esta semana, Ballin promete uma novidade à cidade, além da instalação do Gabinete Odontológico no bairro Jardim. Isso porque foi adquirida pela administração uma nova ambulância, que atenderá a comunidade em casos especiais. "Eu sou enfermeiro e conheço a realidade local. E, diferente do que dizem, temos um sistema de saúde informatizado, via rádio. Só não conseguimos, ainda, trazer a fibra ótica", explicou. A coligação de Ballin pretende implantar uma central para agendamento, mas apenas para consultas e exames especializados. Estender o projeto para consultas básicas iria contra a proposta do acolhimento, que é proporcionar um atendimento rápido e humanizado a todas as pessoas. "Quanto ao teleagendamento, é importante que a comunidade fique atenta ao que estão inventando. A central implantada em Canoas, da qual usam como exemplo, não está dando certo. Tanto que a mídia estadual noticiou esperas que perduram por mais de 60 dias", garantiu. Uma das grandes dificuldades da área da saúde, segundo o candidato, é a falta de médicos. Um concurso chegou a ser realizado recentemente e, para as quatro vagas abertas, apenas um profissional se inscreveu. "Isso que oferecemos uma boa remuneração. Por isso, queremos trabalhar para que o curso de Medicina seja implantado na Unijuí", ressaltou Ballin. Na área de Desenvolvimento Social, o candidato lembrou que sua administração instituiu uma comissão para as igrejas cristãs e incentivou os mais de 30 Clubes de Mães existentes na cidade. "Tem candidato que fala em Deus, nas igrejas, e que nunca as frequentou. Fato atestado pelos padres e pastores, mas já percebido pela comunidade", finalizou.

Eliezer Pacheco declara apoio à candidatura de Ballin e Bira

União por Ijuí promove hoje Caminhada da Família

Na tarde de ontem, os candidatos a prefeito e vice, Fioravante Ballin e Ubirajara Teixeira, da Frente Popular Trabalhista (PDT, PT, PTB, PPS, DEM, PRB), receberam o apoio do secretário de Ciência e Tecnologia para Inclusão Digital do governo Dilma, Eliezer Pacheco. Pacheco esteve em Visita de Pacheco à cidade aconteceu na tarde de ontem Ijuí, onde gravou depoimento de apoio à candidatura de Ballin e Educação. Na ocasião, Eliezer Pacheco falou Bira, e confirmou a liberação de recursos da importância da obra para o educandário na ordem de R$ 2,8 milhões do programa e também da importância da reeleição de Cidade Digital para o município. O secre- Ballin e Bira para que possam dar contitário, Cidadão Ijuiense, também visitou as nuidade ao trabalho que estão fazendo para obras do Imeab, que estão sendo realizadas que Ijuí se desenvolva. com recursos federais a fundo perdido, na Hoje, Ballin e Bira participarão de caordem de R$ 2,3 milhões, liberados quando minhadas e visitações em bairros de Ijuí. Pacheco ocupava o cargo de secretário de Pela manhã, a programação acontecerá no Educação e Tecnologia do Ministério da bairro Thomé de Souza.

Acontece hoje, a partir das 9h30, a Caminhada da Família - promovida pela coligação União por Ijuí (que reúne PCdoB, PP, PMDB, PSDB, PSB e PSD). O evento foi organizado nesta semana e contará com a presença dos candidatos à majoritária, Junior Piaia e Rubem Härter. Às vésperas da eleição, a chapa Visitas passam a ser intensificadas na reta final de campanha também aproveitou para participar de no Alto da União – Linha 7 Leste e Linha comícios nesta semana, no interior da 4 Leste. Logos após, foi a vez de Rincão cidade. Na terça-feira, Piaia e Härter, dos Goi, Rincão dos Tigre, Rincão dos acompanhados pelos candidatos a verea- Brizzi e Rincão dos Fabrin receberem dor, populares e militantes, se reuniram as propostas da coligação.


Geral

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

PLEITO 2012

Mesários convocados para trabalhar receberão benefícios Legislação prevê benefícios trabalhistas, como vale-alimentação e folga de dois dias

Faltando 21 dias para as eleições municipais, os cartórios eleitorais entram na reta final para organização do pleito. O chefe da 23ª Zona Eleitoral de Ijuí Valdeci Vanderlei da Cunha confirmou que todos os mesários já foram convocados ainda no mês de agosto e os treinamentos iniciam-se na próxima segunda. Como trata-se de um trabalho sem remuneração, os convocados têm direito a benefícios trabalhistas. Valdeci esclarece que a legislação prevê que cada mesário receba um vale-alimentação de R$ 22. "Além disso, a cada dia trabalhado, pela lei, ele tem direito a dois dias de folga no seu trabalho, então para quem trabalhar no dia da eleição poderá folgar dois dias

e quem participar do treinamento poderá solicitar quatro dias de folga", disse, independente de ser no setor público ou privado. A orientação, segundo Valdeci, é de que as folgas sejam acordadas entre o mesário e o empregador. "Cada mesário recebe um documento assinado pelo juiz eleitoral comprovando a sua participação na eleição", esclarece. Os mesários estarão trabalhando desde as 7h até ofechamento da seção, já que as urnas devem ser fechadas às 17h. O Tribunal Regional Eleitora esclarece ainda que já para os trabalhos da Junta Apuradora serão convocados outros eleitores Outro benefício reservado aos trabalhadores convocados para atuar nas mesas de votação é que a participação no pleito poderá servir como desempate em concursos públicos. O chefe do cartório alerta ainda

Mesários que vão trabalhar nas eleições terão direito a dois dias de folga

que a partir do treinamento estarão definidos todos os integrantes das seções. "Apenas serão feitas substituições por motivo de força maior que devem ser comunicadas antecipadamente ao cartório",

destaca enfatizando ainda que, em caso de mesário convocado que tenha algum impedimento como vínculo a candidato ou a partido, deve comunicar o quanto antes à Justiça Eleitoral.

5

Treinamento inicia-se na segunda O chefe do cartório eleitoral da 23ª Zona, Valdeci Vanderlei da Cunha confirmou ainda que os treinamentos para mesários iniciam-se na próxima segundafeira. A primeira reunião acontece às 14h em Ajuricaba; em Bozano será dia 18 às 9h e no mesmo dia às 14h em Coronel Barros. No dia 19, a capacitação será em Catuípe às 14h, em Nova Ramada no dia 25 às 14h. Em Ijuí, os treinamentos acontecem nos dias 21 e 24 em diversos horários. "Isso porque o efetivo é bem maior, sendo 688 mesários. Nesses dias serão treinados os presidentes e primeiros mesários", disse Valdeci, lembrando que serão quatro mesários em cada seção. O treinamento em Ijuí acontece no Fórum, na Sala do Tribunal de Júri, no térreo. Na última semana, já chegaram as urnas eletrônicas no município. No total serão utilizadas 350 urnas nos seis municípios, sendo 172 apenas para Ijuí, que já estão com os registros das fotos e prontas para serem utilizadas no pleito do dia 7.


6

Opinião

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Editorial  

M

ENTREVISTA Léo José Borges Hainzenreder

A conta da saúde

ais uma vez os números revelados por uma pesquisa do IBGE mostram um cenário preocupante sobre as famílias brasileiras. Trata-se da Pesquisa de Orçamentos Familiares realizadas a cada cinco anos pelo instituto. A pesquisa aponta que a maior parte da renda das famílias é gasta com saúde, ou seja, mais de 7% do orçamento é com gastos neste setor. Já as diferentes condições de renda mostram que as proporções dos gastos também mudam. Em suma, os pobres gastam mais com remédios e os ricos com planos de saúde. Do total gasto com saúde, o peso de medicamentos era de 74,2% entre os 40% mais pobres e só de 33,6% para aqueles que estavam no topo da pirâmide A alta adesão a planos de saúde -os 10% mais ricos. Já o plano de traduz o que na saúde tinha partirealidade é um cipação de apenas problema grave em todas as regi- 7% no orçamento daqueles na base ões e para todas as famílias: o SUS dos rendimentos, contra 42,3% para não dá conta de os mais ricos. bancar um atendiPara as classes mento adequado. mais baixas, é a

"

"

realidade da falta de investimento em prevenção que acaba desencadeando no alto peso de gastos com medicamentos. O peso dos remédios nas despesas subiu de 44,9% para 48,6% e o dos planos, de 25,9% para 29,8%. Já para classe média e alta, o panorama aponta que os brasileiros continuam pagando a conta dos gastos que deveriam ser públicos, ou seja, a alta adesão a planos de saúde traduz o que na realidade é um problema grave em todas as regiões e para todas as famílias: o SUS não dá conta de bancar um atendimento adequado. A amostra das famílias é divulgada no mesmo dia em que o Conselho Federal de Medicina revela que nos últimos sete anos, o SUS perdeu quase 42 mil leitos. O levantamento foi feito justamente para mostrar os principais aspectos que dificultam o trabalho médico como a falta de investimentos e infraestrutura. Mesmo sendo apenas números, servem para mostrar a fotografia do País de que as políticas públicas de prevenção ainda não estão surtindo o efeito esperado para a população. A cultura permanece, pelo menos por parte dos usuários, sobretudo na busca de tratamento e não na prevenção das doenças. O SUS passa pelo subfinanciamento e pela falta de uma política eficaz de presença do governo, o que deixa a conta de saúde cada vez mais cara, comprometendo a renda dos brasileiros.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORA JORNALÍSTICA SENTINELA LTDA.

CNPJ: 87.657.854/0001-23

Rua Albino Brendler, 122 Centro - Ijuí/RS Fone/Fax: 55-3331-0300 C.Postal 518 CEP 98.700-000 www.jmijui.com.br

Jornal da Manhã

Diretor-superintendende do Sebrae O MPE Grande do Sul da região Noroeste fechou o ciclo de encontros que, nos últimos dois meses, debateu as potencialidades e necessidades das micro e pequenas empresas do Rio Grande do Sul. O diretorsuperintendente do Sebrae fala sobre o encontro que ocorreu na terça-feira em Ijuí

"Não adianta apenas capacitarmos as empresas. Nós temos que melhorar essa burocracia que existe" Qual o objetivo do trabalho que o MPE realizou nas regionais? O trabalho ocorre em função de que o Sebrae detectou, numa pesquisa, que 75% das micro e pequenas empresas reclamam de carga tributária elevada. A interpretação disso, para nós do Sebrae, não é somente imposto, mas toda a burocracia de alvará e licenças. Começamos a trabalhar na assinatura da Lei Geral desde 2009. Já temos 429 municípios e agora, a partir deste ano, estamos fazendo a implementação desta lei geral nos demais municípios. São quatro capítulos, divididos em compras governamentais, agente de desenvolvimento, desburocratização e empreendedor individual. O item mais importante e difícil de ser implementado tem sido as compras nos municípios, ou seja, as prefeituras comprarem de micro e pequenas empresas. A Lei permite e dá o privilégio de compras de até R$ 80 mil das pequenas empresas. Queremos que o município faça as compras no local, porque já temos o programa Fornecer com o governo do Estado do RS, que estamos praticando em todo o Rio Grande e tem dado uma economia de 46% nas aquisições novas e uma descentralização muito grande. Estamos ativando o mercado das micro e pequenas empresas, deixando a receita no local de consumo. O documento realizado com os municípios será encaminhado aos prefeitos? Sim. O encontro do MPE RS é exatamente para levantar as necessidades da região para nós passarmos num evento que vai haver no dia 4 de dezembro em Porto Alegre para os novos prefeitos eleitos. Vamos acompanhar isso nos próximos quatro anos, se os prefeitos estão fazendo ou não isso. A importância desse trabalho é que não adianta apenas capacitarmos as empresas. Nós

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Debora Wenningkamp redacao@jornaldamanhaijui.com

temos que melhorar essa burocracia que existe, começando pelas prefeituras e depois reivindicando o mesmo do Estado e do governo federal. Já é possível fazer um levantamento das principais demandas dos empresários? O item desburocratização é generalizado nos nove locais que já passamos. A prefeitura não concede alvará provisório, tem o problema do IPTU, aquele que se formaliza como empreendedor individual. Tem prefeituras que começam a cobrar IPTU como comercial e triplicam o valor. Nós trabalhamos para que continue o mesmo valor anterior, que pelo simples fato dele se formalizar não vá ter um acréscimo de imposto. Existe uma demanda muito forte, por problemas estruturais, que fogem da

agente local de inova"ção,O que está inserido nesta implementação da lei, é o elo que vai simplificar o relacionamento de todas as empresas e o próprio Sebrae

"

alçada do prefeito. Mas ações para melhorar o relacionamento com todo o comércio, incentivar a compra local, tem sido uma cobrança generalizada em todos os locais por onde passamos, e uma das reclamações é ter um ambiente profissional na prefeitura. Mas isso foge da nossa alçada. O que nós podemos fazer é cobrar dos prefeitos de que temos que ter gente, não em cargo político, mas gente com competência técnica que faça o desenvolvimento acontecer no município. De que forma essas discussões vão contribuir para incentivar as micro e pequenas empresas? O agente local de inovação, que está inserido nesta implementação da lei, é o

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 comercial@jornaldamanhaijui.com Assinaturas: (55) 3331-0315 assinaturas@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários Depto. de Circulação: N. W. Com. Logística e Dist. de Jornais e Revistas Ltda ME

elo que vai simplificar o relacionamento de todas as empresas e o próprio Sebrae. As instituições que estão constituídas na cidade vão melhorar, porque serão levadas para o prefeito as demandas que têm estas instituições e empresas. Tem sido comprovado que o agente local de desenvolvimento, funciona melhor que quatro ou cinco secretários municipais, porque faz a interface, o relacionamento com toda a sociedade para fazer as melhorias. Quais são as principais falhas das políticas públicas? É exatamente o processo burocrático, a cobrança exagerada de ISS, que é imposto sobre o serviço. Temos o exemplo claro de Canoas, que fez uma escala de imposto sobre o serviço. Quando atingisse um patamar de arrecadação, reduziria em 0,5% e o município já fez duas reduções de 0,5%, porque as empresas passam a pagar quando o imposto é menor e também aumenta a receita. Está comprovado que, se todos pagarem o imposto e que se este for baixo, vai ter mais receita para o município. Hoje se sabe que as empresas fazem de tudo para fugir dos tributos, fazem operações ilegais e não é o que queremos. Queremos que todos sejam legais, paguem, mas o justo, e não o excesso, como é hoje de carga no Brasil. O que o Sebrae espera das prefeituras nas próximas gestões? Esperamos que a prefeitura trabalhe conosco e as entidades locais, fazendo a mobilização local de que as coisas têm que acontecer na localidade. A prefeitura tem que fazer todas as compras que ela precisa das empresas locais e para isso já existe a lei geral, que dá o privilégio de compra às pequenas empresas. É importante também que a prefeitura ajude a mobilizar os empresários a participar de capacitações, melhorar o seu estabelecimento comercial, fazer inovações.

Impressão em Off-Set rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 Fone: 3331-0318 / 3331-0320 (após às 18h) - Ijuí/RS grafica@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS: Semestral: R$150,00 Anual: R$300,00 Correio Semestral: R$300,00 Correio anual: R$ 600,00


Geral

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

7

INCLUSÃO ALEXANDRE GARCIA Jornalista

CRISE MAGGIORE Escrevo no trem, de Stresa para Milão. Vim para a beira do Lago Maggiore para comemorar o aniversário de um velho amigo, matogrossense de Poconé. Muitos italianos estavam no aniversário dele, que foi gerente do Banco do Brasil em Milão. E a conversa de tarde inteira acaba na curiosidade dos italianos sobre o Brasil. Um deles me pergunta se é verdade que temos quase 100 assassinatos por dia. Respondi que não. Na verdade, temos 150 homicídios por dia, em média. Ele ficou com cara de quem não acredita. Falamos de estradas e carros e outro me pergunta se é verdade que temos mais de 100 mortes no trânsito a cada dia. Respondo que não. Temos, na verdade, mais de 200 mortes por dia no asfalto. “Vocês, brasileiros, são loucos!”- reage o italiano. Também errou. Somos, na verdade bobos. Muito bobos, porque morremos à razão de mais de 350 por dia de morte violenta e nada fazemos, não reagimos, aceitamos. Vocês, italianos, acham que a Itália está em crise e gozam o primeiro-ministro Mario Monti. Mas a crise de vocês não chega perto da nossa. Imaginem um país com 350 mortes violentas por dia, isso não é uma crise? É mais do que as mortes na Síria, no Afeganistão. Isso é que é crise. Não é de números na bolsa, no câmbio, no emprego. São números de vida. Sem vida segura, tudo mais é inútil, secundário. Mas nós, brasileiros, parece que estamos cegos, surdos e mudos ante uma crise assim tão séria, tão gigantesca, tão violenta - discursei. Depois das comemorações do aniversário, passei uns dias em Stresa, no mesmo hotel em que Hemingway escreveu Adeus às Armas. Na mesma cidade em que os aliados da Grande Guerra se reuniram em 1935 para tentar conter o rearmamento da Alemanha de Hitler. Uma conferência inútil, como se viu. Stresa é uma bela cidade. Boa comida, bons vinhos e, sobretudo, o Lago Maggiore, com suas três ilhas que Gustave Flaubert chamou de “paraíso terreno”. Tarde da noite, depois de um concerto com a Sinfônica de Frankfurt, saímos a passear por ruelas desertas, escuras e românticas. Nenhum medo de assalto. Segurança absoluta. O que fizemos do nosso Brasil? Pela manhã, na praia, o pai afastou-se do filho pequeno para fumar. Antes, caminhou um pouco para jogar o palito de fósforo no lixo. Como todos fazem assim, está tudo limpinho, bem cuidado, florido. Turistas andam em grupos que não produzem barulho e esperam o sinal verde na faixa de pedestre. E no café-da-manhã, a diferença: a primeira música da manhã, não é barulho. É, em geral, um piano ou um violino, em volume que mal dá para ouvir. O trem já está chegando a Milão; é uma composição regional, de apenas 140 km/h, com a passagem custando 7 euros e 40 centavos. E ninguém vem fiscalizar se estou com a passagem no bolso. É a civilização, amici.

Cadeirantes têm incentivo à prática de esportes

Projeto Basquete em Cadeira de Rodas prioriza a qualidade de vida dos participantes O Brasil encerrou sua participação nos Jogos Paralímpicos de Londres com o melhor desempenho da sua história ao terminar na sétima posição do quadro geral, com 21 ouros, 14 pratas e 8 bronzes, enquanto a China dominou de forma arrasadora com 95 títulos. Os atletas paralímpicos brasileiros superaram o recorde de Pequim, quando tinham ficado em nono, com 16 ouros, 14 pratas e 17 bronzes. O bom desempenho traz à tona a discussão sobre o esporte praticado por pessoas com deficiência física. Um exemplo de superação é o Projeto Basquete em Cadeiras de Rodas, desenvolvido em Panambi pelo professor do Instituto Federal Farroupilha, Jaubert de Castro Menchik. O projeto conta hoje com seis participantes da região. Conforme Jaubert, o projeto, que tem como objetivo principal a inclusão social, surgiu da vontade do professor de Educação Física, em proporcionar um local onde a prática esportiva pudesse se tornar em um meio de inclusão. Segundo ele, dentre os principais desafios, está a questão de valores. “Cada cadeira custa em torno de R$ 3 mil, o que dificulta bastante a sua aquisição”, ressalta.

Time de cadeirantes pratica basquete adaptado, proporcionando a inclusão social

Para o professor de Educação Física, os avanços são muito grandes. “É muito gratificante ver no rosto dos participantes a melhoria na qualidade de vida, melhora de sua autoestima, melhoria nas suas relações, enfim, nada paga o sorriso deles”, destaca. O projeto, que teve início em agosto, é realizado através de uma parceria entre

o Instituto Federal Farroupilha e a Prefeitura Municipal de Panambi . A intenção é promover, através da prática de atividade física, a melhoria da qualidade de vida dos participantes, promover a inserção dessas pessoas na comunidade e desenvolver a coordenação motora ampla, oferecendo assim uma autonomia maior dos participantes.

Merenda escolar não é afetada pela seca em Ijuí A estiagem que neste ano causou prejuízos à agricultura do Estado, atingiu também a merenda escolar. Houve uma queda na participação dos produtos dos pequenos agricultores na merenda dos alunos da rede pública de ensino. A nutricionista da Secretaria Municipal de Educação, Sandra Link, destaca que em Ijuí não houve problemas no desabastecimento. No entanto, alguns itens precisaram ser substituídos, em função dos produtores não terem tido condições de produzir. Segundo ela, em alguns momentos foi necessário substituir por outros alimentos, o milho verde e folhosas, como alface, além da abobrinha. “Os produtores apresentaram alternativas para os alimentos que não tinham naquele momento. Quando há estiagem, faltam principalmente os alimentos destinados à salada. Mas conseguimos fazer uma substituição a contento e em nenhum momento o cardápio ficou prejudicado”, ressalta, destacando que a qualidade dos produtos proveniente da agricultura familiar é muito boa. Neste ano, as estimativas apontam para uma participação de 35% dos produtos

Estimativas apontam para uma participação de 35% dos produtos da agricultura familiar

da pequena agricultura na composição da merenda escolar em Ijuí. “Embora a seca tenha prejudicado bastante as lavouras de soja, o abastecimento de água para animais e as pastagens, não tivemos uma queda muito grande no fornecimento do alimento porque a produção dos pequenos

é basicamente de hortaliças com produção irrigada. Os agricultores sentiram a falta de água, mas tinham fontes alternativas para irrigação”, explicou Eloir Torres Haas, coordenador do Núcleo de Produção Vegetal da Secretaria de Desenvolvimento Rural de Ijuí.

Prova da Olimpíada de Matemática será aplicada hoje Estudantes classificados na primeira fase da 8ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP realizam hoje, às 14h30, a prova da 2ª fase da Olimpíada. Em Ijuí, a prova será aplicada para cerca de 300 alunos na Escola Estadual de Ensino Médio Ruy Barbosa, o Ruyzão. A prova é aplicada para alunos a partir do 6º ano do Ensino Fundamental, além

do Ensino Médio. Os alunos classificados deverão comparecer aos locais das provas com documento de identificação. Diferenciada por níveis de participação (nível 1: alunos do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental; nível 2: alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental; e nível 3: alunos de qualquer ano do Ensino Médio), a prova é discursiva e tem duração de três horas. A lista dos premiados será divulgada

em 30 de novembro de 2012 na página da OBMEP (www.obmep.org.br). Serão premiados 500 alunos com medalhas de ouro; 900 com medalhas de prata; 3.100 com medalhas de bronze; e até 46.200 alunos com certificados de menção honrosa. Todos os alunos premiados com medalhas (4.500) serão convidados a participar do PIC – Programa de Iniciação Científica da OBMEP, que tem a duração de 12 meses.


8

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Geral

Jornal da Manhã

LEI

Política Nacional do Livro poderá ser alterada pela tecnologia Livros eletrônicos poderão ser equiparados aos tradicionais, inclusive na isenção de impostos Publicações em braille, livros digitais, equipamentos eletrônicos utilizados para a leitura dos chamados e-books ou para reprodução de audiolivros terão os mesmos benefícios tributários dos livros tradicionais. A proposta foi aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos e aguarda avaliação da Comissão de Educação, Cultura e Esporte. O projeto modifica a Lei nº 10.753, de 2003, que institui a Política Nacional do Livro, já que a sua definição não é compatível com os avanços tecnológicos que se registraram nos últimos anos, especialmente no que se refere aos leitores eletrônicos. Na opinião da coordenadora pedagógica do Colégio Sagrado Coração de Jesus e Mestre em Educação, Márcia dos Santos, caso a lei seja implementada, trata-se de uma iniciativa válida, desde que

em nível governamental exista a garantia de acesso da população aos recursos tecnológicos. "Ao mesmo tempo, há de se investir na construção e manutenção de bibliotecas nas escolas, tanto digitais quanto as tradicionais, com livros de papel. A finalidade maior deve ser a formação de leitores conscientes", declara. Para o jornalista e professor de Teoria do Jornalismo e Redação Jornalística da Unijuí, Marcio da Silva Granez, a convergência do papel para o digital já existe e tende a ser cada vez maior. Para ele, a questão é o conteúdo, não a forma. "O que o livro tem a nos dizer que não possa ser dito pela palavra digitalizada? Assim como o rádio e a tevê já serviram e ainda servem a propósitos educativos, também o conteúdo dos livros pode ser veiculado em formas mais acessíveis, baratas

Márcia dos Santos

Marcio da Silva Granez

e ecologicamente corretas. Se for nessa direção que o governo está investindo, que assim seja", opina Marcio. O projeto de lei do Senado poderá levar à imunidade de impostos dos novos produtos, além da redução a zero das alíquotas do

PIS-Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Essa medida, na opinião do relator Inácio Arruda, é compatível com o benefício tributário concedido por meio da Medida Provisória 534/2011 aos tablets produzidos no País.

Livro eletrônico divide opinião de educadores Há quem diga que a plataforma digital é mais propensa a induzir uma leitura dispersiva, em função das possibilidades de transição de um texto para outro. Para Marcio Granez, além desta diferença entre o livro de papel e o eletrônico, é possível destacar as facilidades da tecnologia, como o mar de informações verbais e visuais que a navegação propicia ao leitor. Segundo ele, as diferenças não chegam a comprometer as formas de leitura. “Se a leitura tradicional pode facilitar a concentração, ela também tende a ser mais fechada, até dogmática. Se a leitura de um livro digital pode ser mais plural, ela pode também oferecer o risco da superficiali-

dade e da dispersão, dependendo da quantidade e qualidade dos dispositivos que acompanham o texto”, afirma. A praticidade da leitura digital é um dos pontos destacados por Márcia dos Santos, já que os aparelhos eletrônicos são leves e fáceis de carregar. "Também oferecem a possibilidade que a criança interaja com o material colorindo, desenhando e explorando sons", destaca Márcia, alertando para o detalhe da privação do manuseio e da exploração do livro impresso. "Como, por exemplo, o foco na sequência da história, uma vez que no tablet ou laptop o leitor divide sua atenção com jogos e aplicativos."

Internet é invadida pelos bichos Ainda que não seja uma prática recente entre as pessoas que têm acesso constante às redes sociais, a criação de perfis para animais de estimação em Facebook, Twitter e YouTube chamam a atenção dos usuários da grande rede. Seja gatos, cachorros, papagaios, tartarugas, os animais também têm seu espaço na web e, muitas vezes, são tratados como seres humanos. Um recente estudo feito no Reino Unido revelou que um em cada 10 animais de estimação tem um perfil nas principais redes sociais da internet. Não só como uma forma de revelar o comportamento das pessoas com seus animais na rede, a pesquisa aponta que alguns animais conseguem ser mais populares que algumas celebridades que estão no Facebook. Em Ijuí não é diferente. Uma das situações diz respeito ao cachorro Garu, um pinscher macho de quatro anos. Os donos, Eliane e Eriovaldo do Nascimento, garantem que a ideia de criar o perfil no Facebook para o animal de estimação foi dos alunos da escola onde Eliane leciona. “Ela sempre leva ele aos colégios em que dá aula nas horas de folga. Quem atualiza a página e elabora as postagens são nossas sobrinhas e os seus alunos que curtem esta rede social. Foi por insistência dos alunos que surgiu a ideia”, conta Eriovaldo. A reação das pessoas, conta ele, foi de diversão, pois as fotos postadas no perfil de Garu são de roupas comemorativas e é um animal “de personalidade”: “Só falta falar de tanta esperteza”, diz Eriovaldo. Já Dimi Xu, um shit-zu de sete meses, tem uma fanpage dedicada a si no Facebook. A dona, a estudante Carolina Zanetti, garante que a criação foi baseada na página de pessoas, personagens e desenhos animados. A cada post, frases com erros ortográficos propositais surgem junto com a imagem de Dimi Xu, como se ele “falasse”. “Acho que as pessoas gostaram, pois curtem e comentam que ficou engraçado. Ele fala daquele jeito porque é criança”, diz Carolina.


Geral

Jornal da Manhã

MERCADO

Estado terá 10 cidades com free shops

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Paim não concorda que Previdência esteja falida

Municípios do Rio Grande do Sul serão os mais beneficiados com a liberação da instalação das lojas francas na fronteira brasileira Com a aprovação do Senado na última quarta-feira, por unanimidade, o projeto de lei que autoriza a criação de lojas francas ou free shops, na fronteira brasileira, 10 cidades gaúchas serão beneficiadas com essa medida. Os estabelecimentos podem ser instalados em cidades que tenham uma "cidade gêmea" do outro lado da linha divisória nacional. Em princípio poderão ser instalados free shopps em 28 cidades brasileiras de nove Estados. Do total de 28 cidades, dez estão localizadas no Rio Grande do Sul. Livramento, Aceguá, Jaguarão, Chuí e Quaraí, Barra do Quaraí, Uruguaina, Itaqui, São Borja e Porto Xavier são cidades separadas por uma rua ou um rio. Nestas lojas, poderão ser comercializadas mercadorias nacionais ou importadas. Relatora da proposta, a senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou que, em algumas localidades, basta aos brasileiros atravessar a rua para comprar no

Regras dos free shops As lojas deste tipo são isentas do Imposto de Importação (II), do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), do PIS/Pasep-Importação e da Cofins-Importação. Mas nem tudo pode ser vendido nesses locais • A isenção de tributos nas lojas francas vale após o desembarque do viajante no Brasil e antes de sua apresentação à fiscalização aduaneira, para mercadorias até o valor total de U$ 500. • Cada pessoa pode adquirir até 24 unidades de bebidas alcoólicas – sendo no máximo 12 unidades por tipo de bebida, 20 maços de cigarros de fabricação estrangeira, 25 unidades de charutos ou cigarrilhas, 250 gramas de fumo para cachimbo, 10 unidades de artigos de toucador e 3 relógios, máquinas, aparelhos, equipamentos, brinquedos, jogos ou instrumentos elétricos ou eletrônicos. • Mercadorias adquiridas nas lojas francas do Brasil, no momento da partida do viajante e nos free shops no exterior ou em catálogos da aeronave não são isentas de tributação.

free shop de um país vizinho, o que configura uma "competição injusta e predatória". Como foi alterado pelo substitutivo da senadora, o texto terá de ser reexaminado na Câmara, onde o presidente Marco Maia já assegurou o apoio dos líderes para aprová-lo ainda neste ano. O Rio Grande do Sul é o Estado mais prejudicado pelos vizinhos

que já operam cidades francas, com dez localidades situadas na Argentina e no Uruguai. É seguido pelo Acre e por Mato Grosso do Sul, cada um deles com quatro lojas francas localizadas nos países vizinhos; Paraná e Roraima, cada um com três vizinhos com lojas francas, e uma loja franca vizinha aos Estados de Santa Catarina, Rondônia e Amapá.

9

A Previdência Social no Brasil passa por um debate ferrenho sobre as mudanças que poderão alterar as atuais regras de recebimento de aposentadorias e pensões pelos brasileiros e também porque existe uma ala que diz que sistema previdenciário brasileiro está falido. Pensamento esse que não é acompanhado pelo senador Paulo Paim, um dos principais agentes representantes desta categoria e que já encaminhou o projeto que visa o fim do fator previdenciário, que dá aposentadoria integral para o trabalhador e o reajuste do salário dos aposentados pelo acompanhamento do crescimento do PIB ou da massa salarial. Paim afirma que a Previdência não tem um déficit, como muito é anunciado. “Vamos acabar com essa ideia de que Previdência está falida, porque ela não está, principalmente no Regime Geral da Previdência, onde aplica o fator e não tem reajuste. O superávit é de

R$ 15 bilhões por ano. Já falei isso dezenas de vezes na Tribuna do Senado e ninguém me desmentiu, ninguém disse que é mentira. Se existe este dinheiro e acabando com o fator, o gasto seria de R$ 1 bilhão a mais e dando o reajuste que estou querendo para os aposentados, vamos dizer que seja de R$ 2 ou R$ 3 bilhões a mais, ainda sobraria de R$11 a R$ 12 bilhões de superávit”. Para justificar mais a sua posição em relação aos projetos encaminhados, Paim aponta que o governo recentemente abriu mão da contribuição do empregador sobre a folha de pagamento. Os empresários que pagavam 20% hoje pagam 1,5%, os que pagavam menos passaram a pagar 1% e os que pagavam menos ainda passaram a pagar nada. “Metade dos empresários hoje não paga nada a mais sobre a folha. Ali nesta matemática, se voltarmos há 15 anos atrás, nós abrimos mão de mais de R$ 100 bilhões ano. Então, quem pode abrir mão da contribuição do empregador para a Previdência não pode dar reajuste para o aposentado?”, questiona o senador. As propostas aprovadas pelo Senado já foram encaminhadas para a Câmara.


10

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Geral

CONSULTA POPULAR

PEC encaminhada por Polo apresenta falhas Afirmação foi feita pelo líder de governo da Assembleia Legislativa, que diz não haver discordância sobre o mérito da proposta O impasse envolvendo o Processo de Participação Popular (PPP) está longe de ter um fim na Assembleia Legislativa. Conforme destacou o líder de governo na Casa, deputado Valdeci Oliveira (PT), não há discordância quanto ao mérito da proposta de emenda constitucional, encaminhada no final do ano passado por Ernani Polo (PP). O problema, segundo ele, é que há irregularidades na proposta. "Temos levantado pelo menos duas questões em nossos debates. Primeiro, que há um entendimento de boa parte dos parlamentares da base aliada de que uma emenda não pode tratar de um programa. E a consulta popular é um programa, que pode ser alterado por qualquer governo. Segundo, que o texto dessa PEC é impositivo", disse. A imposição acontece porque a emenda dá preferência aos

projetos da Consulta Popular, independente do que aconteça no Estado. "O texto impõe essa preferencialidade sob qualquer situação. E enquanto não forem executados os projetos do PPP, não é possível fazer o contingenciamento do orçamento para outras áreas. Seja para a saúde ou para uma questão de emergência", destacou Valdeci. Busca-se, de acordo com o deputado, uma alternativa para o problema junto à Casa Civil e ao governo do Estado. A proposta até deveria ter entrado em votação na última terça-feira, mas a falta de quórum impediu o processo. Situação fruto de uma articulação política de Polo, que, vendo que a PEC seria rejeitada, decidiu recuar. "É importante que fique claro que o governo tem feito um esforço enorme para atender as demandas da consulta popular. Há um passivo de

mento dessas instituições e da conversão de débitos em bolsas de estudo. Agora, realiza o debate com as universidades, para finalizar o relatório do projeto de lei (PL 7639/2010) que reconhece as instituições comunitárias como públicas não-estatais. “Um dos méritos deste debate é que abrimos uma porta para outras questões em torno da situação que as universidades comunitárias vivenciam. Além disso, o novo marco regulatório possibilitará a regulamentação da relação entre as universidades e o Estado, com objetivo de promover a pesquisa e a extensão. Entre as vantagens da nova lei, está a possibilidade de repasse de recursos públicos, seja por via orçamentária ou através do maior

Comunidade poderá participar do debate JM A partir de hoje, a comunidade poderá enviar questionamentos aos candidatos à majoritária, Fioravante Ballin (PDT) e Junior Piaia (PCdoB). Perguntas que serão selecionadas pela equipe do Grupo JM de Comunicação e incluídas no segundo debate eleitoral, que acontece na próxima sexta-feira, a partir das 9h. É necessário que as indagações não fujam do campo de ideias e contemplem as mais diferentes áreas do cotidiano, como saúde, segurança e desen-

volvimento rural. Cada empresa ou cidadão terá a possibilidade de enviar uma questão, através do e-mail politica@jornaldamanhaijui.com. Além da transmissão ao vivo pela internet e pela Rádio JM, o Grupo promete uma novidade: a abertura do debate para o público em geral. Um telão será instalado em frente ao jornal, onde acontecerá o evento, e tanto a comunidade como as coligações poderão acompanhar ao vivo a sabatina.

Renovar CNH pode custar menos a idosos

Valdeci Oliveira

gestões anteriores que, segundo a equipe de Tarso Genro, será pago até o final de 2013. Óbvio que há dificuldade em caixa, mas o possível está sendo feito", explicou o parlamentar.

Unijuí debate marco regulatório na segunda A Unijuí e a Unicruz debatem, na segunda-feira, o projeto de lei que prevê um novo marco regulatório para as universidades comunitárias. Cada uma das universidades sediará uma audiência pública da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, a fim de ampliar a discussão que já percorreu outras dez instituições gaúchas. Na Unijuí, o debate acontece às 9h, e na Unicruz, às 15h. As audiências são propostas pelo deputado federal Luiz Noé (PSB-RS), titular da Comissão de Educação, o qual realiza um trabalho permanente junto às questões que envolvem as universidades comunitárias gaúchas. Recentemente, o parlamentar trabalhou na pauta do endivida-

Jornal da Manhã

acesso a editais públicos”, diz o parlamentar. A partir das discussões realizadas pela comunidade acadêmica em cada uma das instituições, o relatório será finalizado pelo deputado Luiz Noé e entregue à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados. No Rio Grande do Sul, as universidades comunitárias abrangem até 75% dos estudantes universitários. Atualmente, há 17 instituições desse tipo no Estado, totalizando cerca de 180 mil estudantes matriculados. A audiência pública já foi realizada na Unisc, Univates, PUC, Ulbra, Unisinos, IPA, Unilasalle, Unifra, UCS e UPF.

Se depender do deputado estadual Gerson Burmann (PDT), a renovação da carteira de motorista ficará mais barata aos idosos. Há um ano, ele encaminhou um projeto de lei à Assembleia Legislativa, que reajusta as taxas à terceira idade. Texto que deve ir à votação até o final deste ano. "O problema, hoje, é que a renovação para os idosos acontece por três anos e custa o mesmo valor que para o restante do público, que consegue renovar por cinco anos. O que queremos não é nem a gratuidade, mas a proporcionalidade", explicou o parlamentar. A proposta só não entrou em pauta, ainda, em função de pedidos de vista feitos por outros deputados. "Mas todas as comissões têm sido unânimes na aprovação do projeto", completou Burmann. Segundo ele, a perda

Gerson Burmann

que o governo estadual terá em arrecadação será pequena, não justificando uma possível rejeição no plenário.

Projeto que limita número de CCs deve ir à votação Com a falta de quórum na última terça-feira, também ficou pendente o projeto de lei que limita o número de Cargos em Comissão que poderão atuar fora da Assembleia Legislativa. Proposta que, segundo o líder de governo, Valdeci Oliveira, deve retornar à pauta na próxima semana. "Porém, acredito que essa medida não resolverá as distorções que temos hoje na Casa",

comentou. Segundo ele, o PT chegou a esboçar uma emenda substitutiva, afirmando que a limitação não trará resultados. "E, assim como muitos deputados, acredito que os CCs não devam fazer bicos." Gerson Burmann, do PDT, disse que a limitação não comprometerá o seu trabalho. "Sou favorável ao regramento", completou.


Política

Jornal da Manhã

CLÁUDIO HUMBERTO

de Brasília

“...e as pessoas reagem de uma forma muitas vezes muito rude” Ex-ministra Ana de Hollanda (Cultura), sem confirmar se referia a presidenta Dilma PMDB-MG apoia Patrus sob garantia de ministério O deputado Leonardo Quintão (PMDBMG) já se sente ministro dos Transportes. Este foi o cargo negociado com o governo e o PT, sob inspiração de Lula, em troca do apoio do seu partido a Patrus Ananias para prefeito de Belo Horizonte. Mas faltou combinar com o eleitor: de acordo com a mais recente pesquisa Datafolha, o atual prefeito Márcio Lacerda (PSB), com 49%, ampliou sua vantagem sobre Ananias (31%). Quinhão O acordo em troca do Ministério dos Transportes fez o PMDB substituir Quintão pelo ex-deputado AloísioVasconcelos, como vice de Ananias. Fazendo fila Como não acredita na vitória de Patrus Ananias, o PMDB-BA espera o segundo turno em Salvador para exigir... o Ministério dos Transportes. Assombração PT e PSDB estão com um bode na sala da campanha: quando FHC aparece, José Serra cai; quando Lula entra, as pesquisas despencam. É a mãe Um apagão deixou cinco milhões de cubanos às escuras. Eles confiam que em breve o eterno mandachuva Fidel Castro dê à luz. Governo persegue museu que zela Rolls de Dilma O Museu do Automóvel de Brasília, que encerou e preparou o Rolls-Royce que conduziu a presidenta Dilma ao desfile de 7 de Setembro, já na segunda-feira seguinte (10) recebeu notificação para ser lacrado. Trata-se de ação movida pelo Ministério dos Transportes, que deseja instalar no prédio o “arquivo morto” de órgãos extintos em sua área. A ação liquida o museu, que é um dos mais representativos do País. Acervo desabrigado Além de veículos históricos, a biblioteca Museu do Automóvel de Brasília, de 8 mil volumes, é a mais completa da América Latina. Alô, Dilma Tentamos ouvir o Ministério dos Transportes, ontem, mas a assessoria alegou pelas 16h que já não havia ninguém “devido o horário”. Última cartada Uma das derradeiras esperança do Museu do Automóvel e a ministra Marta Suplicy (Cultura), que assumiu prometendo apoiar os museus. Já foi tarde Houve alívio no governo com o pedido de demissão de José Eduardo Castello da presidência da estatal Valec, que constrói ferrovias. Ex- subsecretário de prefeitura na Baixada Fluminense, ele não entendia bulhufas de ferrovias, e era acusado de provocar a paralisia da Valec.

PODER SEM PUDOR

Brizola e a cobra de Amin O conservador Esperidião Amin se aliou a Leonel Brizola em l986, quando ambos sofriam com o êxito do Plano Cruzado. Ao visitar o governador no Rio, Amin contou uma fábula árabe para explicar como via o quadro: - O urubu queria se vingar da cobra e contou seu plano à raposa: “Quando a cobra sair do buraco, dou uma bicada em cada olho e ela acaba morrendo”. A raposa ponderou que havia risco e sugeriu: “Vá à cidade, roube uma jóia da moça mais bonita e uma multidão vai atrás de você. Voe para o buraco da cobra, atire a jóia lá dentro e a turba vai matá-la para você”. Brizola fez cara de quem nada entendeu e Amin contou a moral da história: - Você está mais para cobra, neste momento.

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

11

DESDOBRAMENTO

Ex-colaborador de Cachoeira é preso no Distrito Federal Arnaldo Rúbio Junior é acusado de ser o maior fornecedor de máquinas de jogo na região A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu ontem, em Goiânia, o bicheiro Arnaldo Rúbio Junior, ex-colaborador do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, durante a segunda etapa da Operação Jackpot. Segundo a Polícia Civil, Junior é o principal fornecedor de máquinas caça-níquel para cassinos clandestinos instalados no DF. Durante a prisão, foram apreendidos vários cheques, agendas com nomes de clientes e fornecedores, além de vales que eram dados a clientes dos cassinos quando esses não tinham mais dinheiro. De acordo com o delegado adjunto da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Deco), Fernando Cocito, depois da prisão de Cachoeira, em fevereiro, Arnaldo Rúbio Junior se tornou o maior operador de jogos ilegais de Goiás. "A Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, havia deixado claro que Arnaldo já disputava território com Carlinhos Cachoeira. Com a prisão de Cachoeira, ele ficou livre para expandir seus negócios", disse Cocito. "Há dois anos, Arnaldo prestava

conta com grupo de Cachoeira, mas com a prisão do líder ele continuou no negócio sozinho", acrescentou. O delegado informou que, ao ser preso, Arnaldo disse que disputa o mercado de jogos de azar em Goiás com parentes de Carlinhos Cachoeira. Cocito acredita que, apesar de preso, Cachoeira mantém o comando de vários pontos de jogos ilegais no Estado. Ainda segundo o delegado, depois da prisão de várias pessoas ligadas a Cachoeira durante a primeira etapa da Jackpot, no mês passado, foram obtidas informações que levaram a Polícia até Arnaldo Junior. Segundo as investigações, ele era o responsável por enviar e fazer a manutenção de máquinas caça-níquel na capital federal. Para viabilizar o jogo clandestino no DF, Arnaldo Junior também financiava a abertura de cassinos. "Para que o sujeito abrisse uma casa de jogos aqui no DF, ela recebia dos contraventores, pelo menos, R$ 10 mil. Esse era o valor para abertura do cassino, além de todo o material, que era trazido em gran-

Presidente Dilma Rousseff chega a Porto Alegre A presidente Dilma Rousseff desembarcou ontem, às 16h, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. Na próxima segunda-feira, Dilma segue para Rio Grande a fim de fazer visitas às empresas Quip, responsável pela construção das plataformas P-55, P-58 e P-63, e a Ecovix, que constrói oito cascos de plataforma no polo naval. À tarde, a presidente participa da inauguração do prédio administrativo da Petrobras. A visita ao município do Sul do Estado já havia sido suspensa duas vezes.

Dilma Rousseff passa o fim de semana com a família e volta a Brasília às 17h30 da segunda-feira. Ao deixar o Salgado Filho, a presidente visitou o ex-marido Carlos Araújo, e seguiu para sua residência na zona Sul da Capital. Para ir a Porto Alegre, Dilma cancelou viagem a São Paulo, onde tinha prevista a participação em um congresso que trata de estratégias para aumentar a competitividade, gerar empregos e assegurar o crescimento do Brasil.

Eleições municipais põem em risco relação do PT com aliados Partidos da base aliada confirmam que o comportamento do PT durante o pleito pode fragilizar as relações com a aliança que sustenta o governo e um potencial apoio para a reeleição de Tarso Genro em 2014. A ligação com legendas que apoiaram a campanha de Tarso desde o primeiro turno e com outras que aderiram ao governo com a vitória estaria estremecida por causa das disputas municipais. O líder do PSB na Assembleia Legislativa, Heitor Schuch, declarou que todas as circunstâncias destas eleições vão ser avaliadas, imediatamente, após os resultados finais das urnas. Segundo o deputado, o que já está claro é que o PT optou por antigos adversários em vez de manter a união com os partidos que sempre formaram uma grande frente popular de esquerda. "O fato é que em mais de 50 municípios

o PT não está do lado do PSB em candidaturas majoritárias. A peculiaridade de cada município tem exigido diferentes estratégias de campanha para evitar atritos ou potencializar divergências com partidos que estão no governo do Estado", ponderou Schuch. Além do PSB, o PDT prevê complicações diante da polarização em Porto Alegre entre o trabalhista José Fortunati e a comunista Manuela D'Ávila. De acordo com o presidente estadual do PDT, Romildo Bolzan, é necessária cautela do governo Tarso caso esse cenário se repita no segundo turno. "O mínimo que se espera do PT é uma postura de isenção no confronto direto, se houver segundo turno entre Manuela e Fortunati. Se isso não ocorrer, com certeza poderemos projetar um estado de preocupação em nível de troca de apoios partidários", atacou Bolzan.

Carlinhos Cachoeira

des caminhões para cá", disse Cocito. De acordo com ele, em apenas cinco dias de funcionamento dessas casas, a organização conseguia recuperar o investimento feito.

STF retoma julgamento do mensalão na segunda-feira O Supremo Tribunal Federal (STF) fez um intervalo ontem no julgamento da Ação Penal 470, também conhecida como processo do mensalão, e retoma na próxima segunda-feira. Na segunda, começa a etapa do sexto capítulo da denúncia do Ministério Público Federal (MPF), que trata de corrupção ativa, corrupção passiva, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro dos partidos da base aliada do governo. Também no dia 17, os ministros da Corte Suprema deverão discutir se promovem sessões extras às quartas-feiras para dar mais agilidade ao julgamento. A proposta foi apresentada na quinta-feira à noite pelo ministro-relator Joaquim Barbosa. Segundo ele, a etapa que começa na próxima semana é a mais exaustiva. Na segunda-feira, o ministro-relator apresenta seu voto sobre lavagem de dinheiro envolvendo dirigentes de partidos políticos, integrantes do PT e o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto. No item sobre evasão de divisas e lavagem de dinheiro, os principais réus são o publicitário Duda Mendonça e sua sócia Zilmar Fernandes. O capítulo que trata do crime de formação de quadrilha será apreciado apenas na última etapa do voto do ministro-relator. Barbosa disse que é mais fácil contextualizar se houve formação de quadrilha quando os demais crimes já tiverem sido apresentados.


12

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Região Estado

Jornal da Manhã

ECONOMIA

Carta de Conjuntura da FEE apresenta análise sobre o setor primário gaúcho Análise mostra que preço médio do arrendamento de terras no RS é um fator recente de atratividade na agropecuária O grau de dependência da economia gaúcha do setor primário é destaque na divulgação da Carta de Conjuntura do mês de setembro. A análise foi apresentada durante entrevista coletiva, quinta-feira, na Fundação de Economia e Estatística (FEE), pelo economista Vanclei Zanin. O economista destacou ainda, no texto intitulado A atratividade do setor primário gaúcho, o aumento de crédito e a introdução de novas tecnologias na agropecuária como fatores de crescimento, mas informou que a ampliação das restrições ambientais, dos custos de insumos e a incidência de eventos climáticos externos, contribuíram para a diminuição dos lucros.

Segundo Zanin, os ganhos dos produtores rurais gaúchos foram maiores até 2004, com aumento das exportações, mas caíram com a grande estiagem sofrida pelo Rio Grande do Sul em 2005. No período de 2008 a 2011, houve relativa estabilização do índice de preços recebidos e pagos pelos produtores. "O preço médio do arrendamento de terras no RS é um fator recente de atratividade na agropecuária gaúcha", acrescentou o pesquisador. Zanin lembrou que a conjuntura internacional, com ascensão dos preços, aumento da demanda por carnes, soja e biocombustíveis, crescimento do crédito rural, desvalorização cambial e, recentemente, a estiagem nos Estados Unidos,

são indicativos de continuidade de tendência favorável aos produtores gaúchos. Outro tema em destaque na Carta de Conjuntura trata sobre os Polos Regionais Sul-Riograndenses, no período de 1992 a 2009. "É uma avaliação de dez anos sobre os polos regionais do Rio Grande do Sul, sendo que o principal deles está na capital, seguido do eixo São Leopoldo-Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas-Rio Grande e Santa Maria", explica o economista Jaime Fialkow. O economista afirma ainda que, em período de grande crescimento agropecuário, os centros regionais do Estado perderam espaço no setor de serviços, mas mantiveram na indústria.

esta ação é da Comissão Municipal de Meio Ambiente. A intenção é concretizar parcerias com associações e entidades ligadas à coleta de

lixo e, para isso, a comissão analisa e se baseia em casos de outros municípios onde a coleta seletiva já está implantada. “O objetivo principal é recolher alguns tipos de resíduos, sentido de latas, plástico, papel. Resíduos que se não dermos destino adequado acabam sendo utilizados de má forma. Queremos

A possível redução do efetivo da Brigada Militar em Panambi tem preocupado o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro). A preocupação é em relação a um futuro próximo, atualmente a BM atende ao município, mas futuramente poderá diminuir esse número por conta da aposentadoria de diversos militares. Outra preocupação é com a aquisição de novas viaturas. Nos últimos 12 meses o Consepro investiu em torno de R$ 20 mil em manutenção de viaturas e reformas de melhorias no prédio do quartel. Os recursos são recebidos de instituições e pessoas físicas parceiras, através da conta de energia da Hidropan.

Santo Ângelo

Vanclei Zanin

Coronel Barros deverá ter coleta seletiva de resíduos O município de Coronel Barros deverá implantar, a partir do próximo ano, a coleta seletiva nas zonas urbana e rural. O planejamento para

Panambi

fazer recolhimento de lixo de forma individual, mas depois definitiva”, explica a integrante da comissão, Marla Fischer. Atualmente, Coronel Barros realiza trabalhos esporádicos de coleta seletiva. A próxima ação ocorre em dezembro e é mais um passo rumo à criação do serviço.

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da URI, finalizou quinta-feira a instalação de novos equipamentos na universidade, com o objetivo de obter maior segurança, integridade, disponibilidade e velocidade no acesso aos dados. Para fazer a implantação e ativação dos equipamentos, o profissional em Sistemas de Informação da IBM / Partner IT de São Paulo, Thiago Bezerra, esteve durante toda a semana auxiliando na instalação.

Cruz Alta A comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (CIPA), realiza nesta segundafeira, em Cruz Alta, eleições para escolher integrantes da nova Comissão para os anos de 2012/2013, onde seis colaboradores devem ser eleitos para compor a nova etapa de trabalho da Cipa. Devem votar todos os integrantes do corpo técnico-funcional e docentes. A apuração dos votos será realizada no mesmo dia, após o encerramento das atividades, no Setor de Medicina e Segurança do Trabalho. Podem participar da apuração a Comissão Eleitoral e todos os interessados em acompanhar o resultado do processo.


Nacional

Jornal da Manhã

ESTUDO

SUS perdeu quase 42 mil leitos em sete anos Levantamento do Conselho de Medicina mostra que áreas mais afetadas são psiquiatria, pediatria, obstetrícia, cirurgia e clínica O Sistema Único de Saúde (SUS) desativou quase 42 mil leitos de hospitais nos últimos sete anos, revela uma análise do Conselho Federal de Medicina (CFM). Atualmente, o país tem mais de 354 mil leitos em todos os Estados, mais o Distrito Federal. A redução, portanto, representa 11,8% do total em atividade hoje. Os dados foram obtidos pelo Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, do Ministério da Saúde, e fazem parte de um relatório sobre os aspectos que dificultam o trabalho dos médicos no Brasil, como a falta de investimentos e infraestrutura. Entre outubro de 2005 e junho 2012, Mato Grosso do Sul foi o estado que mais sofreu com a perda de leitos, com uma queda de 26,6%. Em seguida, aparecem Paraíba (19,2%), Rio de Janeiro (18%), Maranhão (17,1%) e São Paulo (13,5%). As áreas mais prejudicadas

foram psiquiatria, pediatria, obstetrícia, cirurgia geral e clínica geral. Apenas seis Estados apresentaram um aumento no número de leitos nesse período: Roraima (33,5%), Rondônia (23,6%), Amapá (9,2%), Pará (7,4%), Amazonas (6,7%) e Acre (2%). Segundo disse em nota o presidente do CFM, Roberto Luiz d'Ávila, "os gestores simplificaram a complexidade da assistência à máxima de que 'faltam médicos no país'. Porém, não levam em consideração aspectos como a falta de infraestrutura física, de políticas de trabalho eficientes para profissionais da saúde e, principalmente, de um financiamento comprometido com o futuro do Sistema Único de Saúde". O texto afirma ainda que, na visão do Ministério da Saúde, a redução de leitos é uma tendência mundial, decorrente do avanço dos equipamentos e remédios que permitem tratamentos sem a

Roberto Luiz d'Ávila

necessidade de internação. Apesar disso, o governo tem investido na criação de novos leitos hospitalares: no ano passado foram abertos 1.296 e este ano devem ser 1.783.

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

13

BC decreta liquidação dos bancos Cruzeiro e Prosper Banco Central (BC) decretou ontem a liquidação extrajudicial do Banco Cruzeiro do Sul, com sede na cidade de São Paulo, e do Banco Prosper, do Rio de Janeiro. O Banco Cruzeiro do Sul detém cerca de 0,25% dos ativos do sistema bancário e 0,35% dos depósitos. A instituição estava sob Regime de Administração Especial Temporária (Raet), desde 4 de junho de 2012, devido a suspeita de fraude. A determinação do regime especial (intervenção e liquidação extrajudicial) ocorre depois que a fiscalização do BC verifica algum tipo de problema na instituição financeira, como ausência de liquidez (recursos disponíveis), desvio de dinheiro, descumprimento de normas ou não pagamento de obrigações. Inicialmente, o BC adotou a intervenção na instituição, com o afastamento da família Índio da Costa do controle do banco Cruzeiro do Sul. A gestão passou a ser feita pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), como forma de proteger os depósitos dos clientes, e agora foi decretada a liquidação extrajudicial. A instituição financeira em liquidação extrajudicial tem os bens vendidos a fim de pagar credores.

A decisão de ontem do BC abrange a controladora do Banco Cruzeiro do Sul, a Cruzeiro do Sul Holding Financeira S.A., e as empresas Cruzeiro do Sul S.A Corretora de Valores e Mercadorias; Cruzeiro do Sul S.A. DTVM e Cruzeiro do Sul S.A. Companhia Securitizadora de Créditos Financeiros. Essas empresas também estão submetidas ao Raet. De acordo com o BC, o Banco Prosper é instituição financeira que detém aproximadamente 0,01% dos ativos do sistema bancário e 0,01% dos depósitos. “A liquidação do Banco Prosper, que teve proposta de mudança de controle para o Banco Cruzeiro do Sul não aprovada pelo Banco Central, deve-se a sucessivos prejuízos que vinham expondo seus credores a risco anormal, a deficiência patrimonial e a descumprimento de normas aplicáveis ao sistema financeiro”, informou o BC, em nota. Do total de depósitos à vista e a prazo do Banco Cruzeiro do Sul e do Banco Prosper, cerca de 35% e de 60%, respectivamente, contam com garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Os bens dos controladores e dos ex-administradores estão indisponíveis.


14

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Economia

Jornal da Manhã

INVESTIMENTO

White Martins vai instalar 2ª fábrica mais moderna em Ijuí Expectativa é que atividades iniciem em maio de 2013, gerando pelo menos 25 empregos diretos Mais uma empresa de porte inicia as obras para operar em Ijuí e região com o apoio da prefeitura, na concessão de uma área de 4,5 mil metros quadrados do Distrito Industrial da Avenida José Gabriel, 2275, próximo ao trevo da BR 285. A informação foi confirmada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo Nilo Leal. AWhite Martins, a maior empresa do ramo de gases da América do Sul, comercializa gases industriais (gás carbônico, acetileno, hidrogênio e misturas para soldagens), gases atmosféricos e medicinais (oxigênio, nitrogênio e argônio). Os gases estão presentes em muitos setores da economia em geral, tais como: metalmacânica, alimentos, bebidas, polos petroquímicos, siderúrgicos e setor da saúde e hospitais. Segundo Nilo, o município de Ijuí dispõe de duas leis de inecentivo, a 40/49 de 2002 e 49/51 de 2009, que dispõem sobre os incentivos a empresas visando a geração de emprego e renda. "Há dois anos, recebemos um

pedido de área da White Martins, que é a maior empresa de gás da América do Sul, encaminhamos a tramitação em função da logística que necessita a empresa, tivemos que buscar áreas no município visando 4,5 mil metros quadrados que deveria ficar próxima da BR visando não trazer caminhões para dentro da área urbana do município e conseguimos na José Gabriel uma área excelente que atende à logística", explicou. Segundo o secretário, o município de Ijuí foi escolhido devido ao diagnóstico feito pela própria empresa que fez um levantamento entre os municípios que mais crescem na região, e Ijuí se destacou, além de estar bem localizado. A White Martins, além dos produtos que comercializa, conta também com equipe de apoio e assistência técnica e uma equipe de logística para as entregas aos clientes, e irá atuar para a região das Missões, Planalto Médio e Celeiro, principalmente. A White Martins já realizou os licenciamentos ambientais,

sondagens geológicas do terreno e o projeto das edificações estão concluídos e em breve irá iniciar as obras da unidade Ijuí, uma das mais modernas do Brasil. "Segunda unidade mais moderna do país da empresa, somente a unidade de São Paulo é mais moderna em função do volume", comentou Nilo. No local, ficará o depósito de gases, os equipamentos de mistura e transformação e enchimento dos cilindros, a logística e o setor administrativo, com investimentos superiores a R$ 1,6 milhão, para operar em sua filial de Ijuí já em maio de 2013, criando mais empregos e um grande valor adicionado de ICMS ao município. "Já existe início de terraplanagem para nivelamento do terreno. O objetivo é de forma imediata iniciar as obras, o funcionamento desta empresa deve iniciar em maio de 2013, segundo o cronograma", garantiu Nilo. Sobre o impacto econômico, Nilo destaca que “eles dão preferência às contratações e compras no local, e devem criar pelo menos

Nilo Leal

25 empregos diretos já a partir de maio e também indiretos”, disse ressaltando ainda que a partir do volume de produtos comercializados, o valor adicionado do ICMS do município também será beneficiado. Já esse faturamento deverá ser um dos cinco maiores do município.

SPC de Ijuí registra queda no registro de fichas O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) de Ijuí apresentou os números de consultas de Crédito realizadas pelas empresas associadas, no mês de agosto. O total foi de 35.570 consultas, comparando com agosto de 2011, com um aumento no número de consultas em 2.96%, sendo que o número de consultas

daquele período foi de 34.548. Em agosto, foram registradas 3.231 fichas de devedores, o que representa uma redução das fichas registradas em - 4.71% em comparação ao mesmo período do ano passado, agosto de 2011, quando foram registradas 3.391. Em comparação com o mês ante-

rior, julho de 2012, houve uma pequena redução no número de fichas registradas em - 0,83% foram registradas naquele período 3.258 fichas de devedores. Já o total de fichas canceladas em agosto, foi de 3.060 fichas de devedores, o que representa uma redução no número de fichas canceladas em - 0,84% em

comparação ao mesmo período do ano passado agosto de 2011, quando foram canceladas também 3.086 fichas de devedores. Em comparação com o mês de julho, houve também uma redução no número de fichas canceladas em - 6.96%, foram canceladas naquele período 3.289 fichas de devedores.

Desoneração de 25 setores Caixa oficializa bolões derruba arrecadação de apostas nas lotéricas O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou quinta-feira que 25 setores da economia serão beneficiados com desoneração da folha de pagamento, além dos 20 para os quais o incentivo foi concedido este ano. O benefício levará a renúncia fiscal de R$ 60 bilhões na arrecadação nos próximos quatro anos. Para 2013, a previsão é R$ 12,83 bilhões. No primeiro semestre de 2012, o governo concedeu igual desoneração a quatro setores. Em agosto, o benefício passou a valer para mais 15. Agora, empresários dos ramos da indústria, serviços e transportes conquistaram redução a partir de janeiro do próximo ano. Os setores contemplados deixam de pagar a contribuição de 20% ao INSS e arcam com um percentual sobre o faturamento, como forma de compensação. De acordo com

o ministro Guido Mantega, os empresários beneficiados mantiveram diálogo com o governo e optaram por fazer a troca. “São setores de mão de obra intensiva, cuja folha de pagamento tem um peso maior no custo da empresa”, disse Mantega. Segundo o ministro, em lugar de pagar R$ 21,5 bilhões de INSS, o total de 45 setores beneficiados desembolsará R$ 8,74 bilhões sobre o faturamento. As empresas exportadoras que aderiram à medida não arcam com qualquer forma de encargo, uma vez que não têm faturamento aferido pela Receita Federal. Parte das desonerações deve ser incluída por meio de emendas na Medida Provisória (MP) 563, que desonerou os 15 setores iniciais. O restante será objeto de nova MP. As medidas fazem parte do Plano Brasil Maior.

A Caixa Econômica Federal vai oficializar os “bolões” de apostas que são feitos por brasileiros de todo o país de forma informal, não oficial, nas casas lotéricas. O novo produto, Bolão Caixa, foi anunciado ontem, no Rio de Janeiro, pelo vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Fábio Ferreira Cleto, e entrará em operação no dia 1º de outubro próximo. De acordo com Cleto, com a oficialização, a partir do momento em que for montado o bolão em uma casa lotérica, haverá um número de bilhetes correspondente ao número de cotas. “Se você entra com dez pessoas se cotizando para fazer um bolão, você vai ter a emissão de dez recibos de aposta, cada um contemplando uma cota de um dez avos desse bolão. Porque já vai ter a segurança de

o apostador estar participando do bolão de forma oficial e com toda a garantia de que ele pode ir pegar o prêmio correspondente à sua cota”, disse. O Bolão Caixa, segundo ele, terá um teto de 100 apostadores, mas não há limite financeiro. A aposta mínima será R$ 10, divididos em duas cotas de R$ 5 cada. Fábio Cleto informou ainda que a partir de negociação com os lotéricos, feita pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (SAE), ficou acordado que será até 35% o percentual de prêmio que eles poderão cobrar de taxa de administração de um bolão. Ressaltou que, ao mesmo tempo, as pessoas poderão montar um bolão entre os amigos e apenas registrá-lo na casa lotérica, sem nenhuma cobrança de taxa de serviço.

Tribunal Regional Federal da 4ª Região (RS) : Inscrições: de 17 de setembro a 16 de outubro, pelo site www.trf4.jus.br/ concursojfs. Taxa de R$ 160 Salário: R$ 21.766,16 Escolaridade: Bacharel em Direito há no mínimo 3 anos Cargos: São 5 vagas de juiz federal substituto Prefeitura de Capela de Santana Inscrições: Até 17 de setembro Escolaridade: Médio e Superior Salário: De R$ 629,91 a R$ 5.994,75 Cargo: 56 vagas Prova: 21 de outubro Prefeitura de Cachoeirinha Inscrições: até 24 de setembro pelo site www. fundatec.org.br. A taxa é de R$ 30. Escolaridade: Ensino fundamental completo Salário: R$ 771,90. Vagas: 20 vagas e cadastro de reserva Cargo: Agente comunitário de saúde Polícia Rodoviária Federal Inscrições: de 20 de setembro a 10 de outubro no site http://www. cespe.unb.br/concursos/ dprf_12_administrativo. As taxas de R$ 55 para nível médio e de R$ 65 para nível superior. Escolaridade: Nível médio e superior para o setor administrativo Salário: de R$ 2.364,47 a R$ 3.875,72 Cargo:São 71 vagas: 3 para técnico em assuntos educacionais, 1 para técnico de nível superior e 67 para agente administrativo Universidade de Santa Cruz do Sul Inscrições: Até 2 de outubro, na própria Universidade. Escolaridade: Superior Salário: De R$ 629,91 a R$ 5.994,75 Cargo: 10 vagas


Economia

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

15

RENDA Fases da Vida... - Pai, se eu tiver um namorado que torce pelo outro time, aquele que você não gosta muito, vai ter algum problema? -Namorado ? Que namorado ? Você não tem idade para ter namorado. -Eu sei pai. Mas quando eu tiver idade, vai ter algum problema ? -Não está na hora de conversarmos sobre namoro. Você ainda não tem idade. Esquece isso... -Quer dizer então que você vai pensar? É isso ? -Claro que não. - Esse não quer dizer que não tem problema então, se ele torcer por outro time ? -Não, vocênão entendeu, é claro que eu não vou pensar nisso, agora. Você é muito nova e namoro é algo muito sério. -E se não for namoro. For só ficar ? -Só o que ? -Ficar... -Ficar o que? -Ficar ! -Ficar não existe. Não deve ter nem no dicionário. -Algumas amigas minhas já ficaram... -(longa pausa pensando...) -Antes dos 15 nem pensar! Você é muito nova. Suas amigas provavelmente falam isso para impressionar.Você tem que brincar. Namorar, ficar, é em outra fase. Não agora. - Mas eu posso ter um amigo ? - Amigo, claro. Meninos são amigos. Jogam bola, correm, gritam etc... -Não pai. Um amigo, tipo, mais amigo que os outros. -Óbvio que não. Era só o que faltava... -E se ele viesse conversar contigo ? - Conversar sobre o que ? - Sobre nós.. -Nós quem ? -Nós ! -Só se o “nós” for eu, ele, você e a minha rottweiller.. -Pai, já sou uma moça.. - E eu sou o Batman... - Tá bem, pai...eu vou esperar. -Esperar o que ? -Meus 15 anos.. -Tem tempo ainda.. -É, mas durante esse tempo você já vai pensando...afinal, o mundo de hoje não é o mesmo que você nasceu.. Das minhas leituras da madrugada: “Mudar, e mudar para melhor, são duas coisas bem diferentes”- Ditado Alemão.

Brasileiros comprometem 7,2% do orçamento com saúde

Pesquisa do IBGE aponta que maior parte dos orçamentos de saúde dos brasileiros é gasta com remédio O gasto dos brasileiros com saúde aumentou de 7% do orçamento familiar, no período de 2002 e 2003, para 7,2%, em 2008 e 2009. Os dados fazem parte da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 – Perfil das Despesas do Brasil, divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O aumento nesse tipo de despesa foi puxado pelas regiões Sul, que passou de 6,6% para 7%, e Sudeste, cujos gastos passaram de 7,5% para 7,9% no período. Já nas outras regiões do País, os gastos com saúde passaram a representar uma parte menor de seus orçamentos: Nordeste (que passaram de 5,4% para 4,9%), e Centro-Oeste (de 6,8% para 6,4%). Em termos absolutos, o brasileiro gastava, em média, R$ 153,81 por mês com saúde no período de 2008 e 2009. No Sudeste, o gasto é maior, de R$ 198,89. Já a região Norte é o local

onde os brasileiros gastam menos: R$ 82,22. Há diferença também entre áreas urbanas e rurais: os moradores das cidades gastam R$ 167,58 por mês, mais que o dobro gasto pelos moradores do campo (R$ 79,19). A maior parte dos orçamentos de saúde dos brasileiros é gasta com remédios (48,6%) e planos de saúde (29,8%). Outras despesas representam menos de 5%, cada um, como consulta e tratamento dentário, consultas médicas e hospitalização. Tanto os gastos com remédios quanto com planos de saúde aumentaram em relação ao período de 2002 e 2003, quando os itens representavam, respectivamente, 44,9% e 25,9% dos orçamentos destinados à saúde. Na pesquisa de 2008 e 2009, o IBGE observou que há diferenças nos gastos com saúde por faixas de renda. As famílias de menor rendimento gastaram 74,2% de seus orçamentos de saúde com remédios, enquanto para aqueles

Compra de medicamentos chega a 48% dos gastos em saúde

de maior renda, os remédios representaram apenas 33,6% dos gastos com saúde. “A gente vê que os remédios tiveram maior peso para as famílias com os menores rendimentos. Por outro lado, as despesas com planos de saúde são muito maiores para as famílias de maior rendimento”,

Doméstico gasta mais com comida Os brasileiros gastam, em média, 16,2% do seu orçamento com alimentação. O comprometimento do orçamento familiar com comida, no entanto, varia entre os diferentes tipos de trabalhadores. Os empregados domésticos, por exemplo, concentram 23,3% de suas despesas com alimentação. Isso é mais do que o dobro do percentual do orçamento gasto pelos empresários com comida (11,5%). Há diferença, inclusive entre empregados privados, que gastam 17,1% com comida, e os empregados públicos, que comprometem 12,5% do orçamento. Os dados integram a Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-

2009 – Perfil das Despesas do Brasil. De acordo com o tipo de emprego, também muda o espaço para aumentar o patrimônio. Enquanto trabalhadores domésticos conseguem usar apenas 2,2% do seu orçamento com o aumento de patrimônio, a porcentagem entre os empresários é quase cinco vezes maior: 9,9%. A média geral é 5,9%. Há diferenças também entre as regiões. Enquanto as famílias da Região Centro-Oeste comprometem apenas 14,1% do orçamento com alimentação, no Norte, esse percentual sobe para 21,6%. No Nordeste, apenas 4,8% do orçamento são usados no aumento do patrimônio familiar; na Região

Sul, esse índice sobe para 9,3%. Acomposição familiar também influencia os gastos do brasileiro. Casais sem filhos gastam 14% do orçamento com alimentação e 7,3% com aumento do patrimônio. Já os casais com filhos e outros parentes representam gastam 18,2% com alimentos e apenas 4,2% com crescimento patrimonial. Entre as religiões, os evangélicos de missão (igrejas históricas) comprometem 2,3% do seu orçamento com doações, duas vezes mais do que a média nacional, 1,1%. Mas eles também são aqueles que mais conseguem usar seu orçamento para aumentar o patrimônio (6,5%).

Gasto com transporte iguala alimentação As famílias brasileiras já gastam praticamente o mesmo valor com transporte e alimentação, segundo dados divulgados pelo IBGE. No período 2008-2009, o gasto médio mensal com transporte ficou em R$ 419,19, enquanto a alimentação consumiu R$ 421,72, o equivalente a 16,1% e 16% das despesas totais, de R$ 2.626,31. No levantamento anterior, referente ao período 2002-2003, os alimentos representavam parcela maior nos gastos totais, de 16,9%, ante 15,1% dos transportes. Dentro do grupo transportes, a maior parcela vem do item aquisição de veículos, que representa em média

6,9% das despesas mensais. Os gastos com habitação, no entanto, seguem na liderança entre as despesas da família, com uma média de R$ 765,89 ao mês (equivalente a 29,2% dos gastos totais) em 2008-2009. Em 20022003, esses gastos representavam 29% do total. Na comparação entre as pesquisas de 2002-2003 e 2008-2009, perdeu espaço o gasto com educação, passando de 3,3% do total para 2,5%. Na avaliação por religião, as famílias em que a pessoa de referência era espírita, a despesa média total era de R$ 4.821,66

em 2008-2009, mais que o dobro das famílias com pessoa de referência evangélica pentecostal (R$ 2.035,01). Entre os católicos, a despesa média ficou em R$ 2.602,42. “Os gastos com pensões, mesadas e doações apresentavam percentuais significativamente maiores nas famílias com pessoa de referência evangélica de missão (20,2%), evangélica de origem pentecostal (19,2%) e outras evangélicas (13,3%), enquanto representa apenas 7,6% para o grupo com pessoa de referência espírita, 9,2% para católico e 9,5% para sem religião e não determinadas”, aponta o IBGE.

afirma o pesquisador do IBGE José Mauro Freitas. A Pesquisa de Orçamentos Familiares é realizada de cinco em cinco anos pelo IBGE e analisa a composição orçamentária das famílias brasileiras, investigando hábitos de consumo, alocação de gastos e distribuição dos rendimentos.

Classe média e alta gasta mais com viagens O brasileiro gastava, em média, R$ 50,16 por mês com viagens esporádicas (ou seja, não rotineiras) em 2008 e 2009. Segundo dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 – Perfil das Despesas do Brasil, os brasileiros com renda superior a R$ 3 mil gastam R$ 147,63 com viagens por mês, enquanto aqueles com renda até R$ 910 gastam apenas R$ 8,46. “As famílias com maiores rendimentos mensais gastaram o triplo da média nacional e quase 18 vezes a quantia estimada para as famílias de menor rendimento”, diz o pesquisador do IBGE José Mauro Freitas. Os gastos variam também de acordo com o grau de escolaridade do brasileiro. Aqueles com Ensino Superior gastam R$ 187,61 com viagens, quatro vezes mais do que aqueles com apenas Ensino Médio (R$ 44,79) e oito vezes mais do que aqueles com Ensino Fundamental ou menos (R$ 22,29). Entre os gastos com viagens, 48,7% são destinados a transporte, 22,6% a alimentação, 12,8% a pacotes e 11,6% a alojamentos (hotéis ou aluguéis por temporada). A maior parte dos gastos é feita em viagens a lazer e férias (37,9%), visita a parentes e amigos (22,3%) ou de negócios (15,8%).


16

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Comunidade

SOLIDARIEDADE

Liga recebe doação de Coral da Unijuí

Jornal da Manhã

Servidores do Demei doam alimentos ao Lar

O ato aconteceu no início desta semana e integra as atividades referentes ao aniversário do grupo na instituição de ensino Na última segunda-feira, o Coral da Unijuí realizou doação dos recursos angariados no Concerto Vozes, que teve a cobrança de entradas com o objetivo de destinar parte da receita líquida à Liga Feminina de Combate ao Câncer, de Ijuí. O ato de entrega ocorreu na sede da entidade e contou com a presença das coralistas Marinei Zorzella e Joice Müller, da regente do Coral, professora Letícia Buchmann, e das representantes da Liga, a presidente Nerli Biesdorf, e as senhoras Ione Mattione e Terezinha Krombauer. Em 2012, o Coral completa 20 anos de história, e para marcar essa caminhada, em prol da cultura musical, na comunidade e região, o grupo vem desenvolvendo uma série de atividades, todas com caráter beneficente, visando divulgar a música, através de apresentações, sensibilizando e integrando em torno da arte musical. A entrega dos valores à Liga Feminina de Combate ao Câncer

Foram arrecadados diferentes gêneros alimentícios para doação

Durante as atividades desenvolvidas na XIV Sipat – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, do Departamento Municipal de Energia de Ijui (Demei), o grupo de servidores acolheu a tarefa de Os valores arrecadados foram entregues a representantes da Liga

foi possível, graças à realização do Concerto Vozes, ocorrido no dia 7 de julho. O Coral promoveu também, o Recital em Homenagem aos 20 anos do grupo, em março e beneficiou à Sabeve (Serviço Amparo Bem-Estar da Velhice) com mais de 400kg de alimentos não perecíveis.

A presidente da Liga, Nerli, afirma que essas doações são importantes para que a ONG continue desenvolvendo o trabalho no município. Para quem tem interesse em realizar doações, basta entrar em contato com uma das representante, preencher o formulário em que autoriza o Demei a descontar os valores na conta mensal de energia elétrica.

arrecadar mantimentos para doação. Foram recolhidos gêneros alimentícios, materiais de limpeza, roupas e calçados. A doação foi realizada na última terça-feira, ao Instituto Lar Bom Abrigo, do bairro Burtet.

Unimed entrega prêmios do "Olha minha horta" A Unimed Noroeste entregou os prêmios para os ganhadores do concurso Olha a Minha Horta, que envolveu participantes de dois grupos de reeducação alimentar do programa Viver Mais. A iniciativa faz parte das atividades que estimulam cultivar hábitos de vida saudáveis.

Foram premiadas a colaboradora Carla Ribas, que atua no Centro Cirúrgico, e Rosane Zawatski, do Serviço de Quimioterapia. Para Rosane foi muito importante o incentivo ao cultivo da horta caseira. Segundo ela “os temperos frescos dão outro sabor aos alimentos”. O concurso também foi lançado com o grupo atual do programa, que vem participando de encontros semanais. Vence aquele que mantiver sua horta mais bonita, seja em espaço interno (cultivo em potes) ou externo de sua residência.

Iniciou o Clube da Gestante Em andamento desde o dia 5 de setembro o Curso da Gestante promovido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Os encontros acontecem todas as quartas-feiras, a partir das 19h, no auditório da própria SMS, localizado no terceiro andar. O objetivo do curso é de orientar, informar e sanar dúvidas referentes à gestação. Cada participante pode levar um acompanhante, que pode ser o companheiro ou um familiar, e o curso é aberto também a não gestantes. Na próxima quartafeira não haverá encontro em função do feriado.

Conselho Tutelar O número do telefone para contato com o plantão do Conselho Tutelar é 8451-1045.


Comunidade

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Cefor

COMUNIDADE ESCOLAR

Escola adquire imóvel para ampliação das instalações A partir da assinatura do contrato, a diretoria aguarda os trâmites para dar início às obras A Escola Municipal de Ensino Fundamental Estado do Amazonas, situada no bairro Elizabeh, vai ampliar suas instalações. A aquisição do imóvel, localizado ao lado direito da escola, ocorreu na última quintafeira, ao valor de R$ 90 mil. Atualmente, o Amazonas atende 240 crianças, desde a pré-escola até a 8ª série. De acordo com a diretora da escola, Cleonice Medianeira, o imóvel adquirido partiu “de uma proposta que a comunidade escolar levou até o secretário de Educação, Eleandro Lizot”. Ela informa que o interesse do educandário está no terreno, já que a casa encontra-se em situação

precária e provavelmente seja demolida. Não há um prazo para o início das obras, mas a diretora analisa que não deve demorar. Com esse novo espaço, a diretora salienta que haverá ampliação no trabalho pedagógico realizado com as crianças. “A possibilidade da recreação, tendo o recreio em uma área maior, vai possibilitar reorganizar a pracinha, que hoje se encontra em um local sem sombra, com muito concreto. Estamos sempre pensando no bem-estar das crianças”, explica Cleonice. Ampliar as instalações da escola sempre foi um desejo da comunidade local para proporcionar um ambiente mais saudável aos alunos. De acordo com a mãe da

17

O Cefor tem vagas de estágio remunerado para alunos dos cursos de Ensino Médio; Técnico em Administração e Contabilidade; Administração; Ciências Contábeis; Técnico em Enfermagem; Pedagogia. Interessados devem comparecer ao Cefor - Ijuí com: comprovante de matrícula atualizado, cópia de RG e CPF e uma foto 3x4, na Rua José Bonifácio, nº 534 - Centro. Tel: (55) 33323170 ou (55) 3332-3242.

Sine

Imóvel que deve ser demolido para a contrução de área de recreação

aluna Eduarda, da segunda série, Camila Costa, a escola melhorou muito nos últimos anos, inclusive

ganhando uma quadra de esportes, cujo projeto para cobertura do espaço já está em andamento.

O Sine de Ijuí oferece vagas para açougueiro, auxiliar de açougueiro, assistente administrativo, atendente de telemarketing, auxiliar de confeiteiro, auxiliar de cozinha, auxiliar de estoque, auxiliar de linha de produção, auxiliar de mecânica diesel, auxiliar de pintor de automóveis, carpinteiro, cobrador, confeiteiro, costureira, cozinheira, empacotador, garçom, lavador de veículos, mecânico de automóveis, mecânico de manutenção de máquinas de costura, mecânico de linha pesada, montador de móveis, motoboy, motorista carreteiro, motorista entregador, oficial de serviços gerais, operador de caixa, operador de carga e descarga, operador de máquina a laser, padeiro, repositor de mercadoria, secretária, serralheiro, soldador, servente de obras, técnico em segurança no trabalho, trabalhador rural, vendedor interno, vendedor pracista, vendedor porta a porta e empregada doméstica.


18

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Rural

Jornal da Manhã

TRIGO

Escassez de commodities estimula aumento nos preços Principal cultura de inverno acompanha avanços e chega a US$ 350 a tonelada Uma série de fatores contribui para o aumento nos preços praticados para o trigo no Rio Grande do Sul. O principal deles – a escassez de commodities da soja, do milho e do arroz – faz com que os valores de exportação da principal cultura de inverno brasileira chegue a US$ 350 (algo em torno de R$ 700) a tonelada. Além disso, a seca norteamericana, que afeta as lavouras de soja, e a redução na produção de trigo no leste europeu, naArgentina e no Paraná provoca a valorização do cereal. O valor está acima do preço mínimo estabelecido que é de R$ 510 a tonelada para o trigo Tipo 1. O presidente da Federação de CooperativasAgropecuárias do Rio Grande do Sul (Fecoagro), Rui Polidoro Pinto, considera “inesperado” o aumento nos preços do trigo e diz que a situação não deve mudar nos próximos meses. Quase como um efeito dominó, a alta nos valores da

soja e do milho acabaram refletindo na situação do trigo. Com valor de saca a R$ 32 e com a alta registrada continuamente, a situação sinaliza uma boa perspectiva de renda para o agricultor e comercialização mais rápida. “Até hoje, a perspectiva de colheita de área plantada é boa, assim como a qualidade”, acrescenta o presidente da Fecoagro. Por outro lado, quem encontra problemas na produção são as indústrias. A partir da lógica de que a alta no preço do trigo reduz os estoques nas empresas, a Câmara Setorial do Trigo no Rio Grande do Sul estabeleceu medidas a serem repassadas ao Conselho Monetário Nacional (CMN). “Um financiamento deve ser concedido às indústrias de forma geral para manter os estoques, para comprar produtos e garantir abastecimento”, comentou Rui Polidoro Pinto. Com isso, as entidades esperam evitar o

Trigo está em fase de desenvolvimento no RS e deverá seguir em alta nos próximos meses

chamado “passeio do trigo” e reter o produto em solo nacional. Isso em nada afeta o bom desempenho apresentado nas lavouras de trigo no Rio Grande do Sul. Conforme o presidente da Fecoagro, todas

as análises técnicas estão “ótimas”. A expectativa de colheita no Estado é de 2,6 milhões de toneladas de sementes. É o maior índice do País, pois o Paraná terá colheita de 2,2 milhões de toneladas.

Agricultores terão que replantar milho no Estado A falta de chuvas nas últimas semanas no Rio Grande do Sul traz o primeiro prejuízo para produtores que já cultivaram milho nas lavouras. Mesmo com a precipitação registrada no fim de semana passado, algumas plantas não tiveram o desenvolvimento esperado para o período inicial. Com isso, os agricultores terão que desembolsar valores para o replantio da cultura. Segundo e engenheiro agrônomo da Emater estadual, Alencar Rugeri, a situação começa a

afetar os custos de produção do milho, assim como em relação à aplicação de adubação. “Quando ocorrem fenômenos adversos, sempre temos prejuízos. Se fizermos análise do custo da lavoura do trigo, a grande dificuldade é que o milho é uma cultura pouco elástica”, diz Rugeri, se referindo ao fato de que se algumas plantas não apresentam desenvolvimento adequado, as demais não vão compensar a perda – o que não ocorre com a soja, por exemplo. Questionado sobre a possibi-

lidade da adoção de uma cultura diferente para plantio por parte dos agricultores, o engenheiro agrônomo disse não acreditar em uma alteração, especialmente devido à necessidade de cuidados especiais por produtos depositados no solo e que são benéficos apenas ao milho. A recomendação da Emater é que os produtores busquem técnicos da empresa para que se tenha um panorama real da necessidade de replantio e da situação da lavoura após a aplicação de produtos como herbicidas.

Alencar Rugeri

Mapa repassará mais de R$ 7 mi para saúde animal O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) repassará R$ 7,2 milhões à Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul até o final deste ano para apoiar ações na área de Defesa Agropecuária. Cerca de R$ 4,1 milhões já foram disponibilizados ao Estado, e o restante será remetido após o processo eleitoral, provavelmente em novembro. A decisão foi tomada em reunião do secretário gaúcho Luiz Fernando Mainardi, nesta quinta-feira, em Brasília, com o secretário Executivo do Mapa, José Carlos Vaz, e o secretário de Defesa Agropecuária, Enio Marques. Com a decisão, o

Estado terá condições de dar continuidade aos trabalhos de qualificação do sistema de defesa animal. Hoje, uma das principais ações para esta área no Rio Grande do Sul está ligada à febre aftosa e à raiva herbívora. Ainda que com baixos índices de infecção em animais, a febre aftosa ainda requer cuidados dos agricultores e faz parte de um sistema obrigatório de vacinações anualmente. A segunda dose da vacinação ocorrerá no mês de novembro. Em relação à raiva herbívora, animais com risco de infecção na região de Ijuí já estão imunizados por pelo menos um ano.

Encontro definiu investimentos para o desenvolvimento de ações para saúde animal

INDICADORES RURAIS Preços de ontem, 14/09/2012

Soja: R$ 75,00

Milho: R$ 27,00

SISTEMA DE ALERTA Conservação e processamento de alimentos A conservação e o processamento de alimentos fazem parte da história alimentar da humanidade. A preservação de alimentos visava, principalmente, prolongar sua vida útil, manter no maior grau possível seus atributos e controlar o desenvolvimento microbiano durante a armazenagem. Sendo uma atividade por muito tempo, ligada à atividade agrícola, ao trabalho doméstico, destinada para o consumo da família e realizado principalmente pelas mulheres. Nos últimos anos, no entanto, a transformação dos produtos agrícolas em alimentos foi se tornando, cada vez mais uma atividade industrial, localizada nas cidades e comandada, em muitos casos, por grandes empresas do setor agroindustrial. Na mesa dos consumidores, tanto na cidade como até mesmo no meio rural, foram se tornando presentes alimentos padronizados, processados ou semi-processados, contendo ingredientes muitas vezes desconhecidos pelo consumidores. As receitas de família, os sabores e produtos típicos da cultura/das regiões, os alimentos ”da estação”, passaram a concorrer com uma indústria organizada e capaz de produzir uma grande quantidade de produtos e amplamente distribuídos. No meio rural também ocorreram mudanças. Produtos que eram transformados na propriedade ou em pequenas agroindústrias em nível local como moinhos comunitários, pequenas cantinas, engenhos de açúcar foram sendo desativados. Porém numa nova proposta de desenvolvimento a agroindústria familiar tem sido apontada como um componente importante na construção de um projeto alternativo de desenvolvimento rural. Um projeto alternativo que tem por objetivo: - Descentralizar as atividades agroindustriais, que passam a ser desenvolvidas em unidades produtivas de pequeno porte e localizadas no meio rural. - Desenvolver atividades que possam potencializar a utilização de conhecimentos e recursos locais ampliando as possibilidades de viabilização da agricultura familiar. - Assegurar o controle, individual ou coletivo, dos agricultores sobre os meios de produção, os processos e os produtos da agroindústria familiar. - Diminuir a distância entre produtores e consumidores através do fortalecimento do mercado local. - Gerar um desenvolvimento includente que potencialize o que existe de melhor em cada unidade produtiva e em cada região. -Valorizar a família enquanto agente importante na construção do desenvolvimento local e regional. Este modelo alternativo de agroindústria familiar está em construção. Existe hoje um número significativo de experiências que tem mostrado uma melhoria da renda das famílias, pela agregação de valor aos produtos agrícolas, a entrada de recursos financeiros ao longo de todo o ano, aproveitamento na mão de obra e produtos agrícolas locais e os consumidores tem acesso a produtos de qualidade e procedência conhecida. Equipe Técnica da emater/RSAscar


Polícia

Jornal da Manhã

CRIME

Preso suspeito de incendiar residência Prisão preventiva de Darlan Jaime Miorança Monteiro foi despachada pelo juiz Eduardo Giovelli e cumprida ontem à tarde A Polícia Civil de Ijuí prendeu ontem à tarde o suspeito de incendiar uma residência, na Rua João Ribeiro, 166, bairro Luiz Fogliatto, na terça-feira à noite. De acordo com a ocorrência policial 8146/2012, Darlan Jaime Miorança Monteiro, 24 anos, compareceu expontaneamente na delegacia, após ser intimado. Ele foi ouvido e posteriormente foi dada a voz de prisão ao suspeito. Monteiro dividia a casa com a companheira. De acordo com dados do processo 016.2.12.0004015-0, na última terça-feira, a Justiça deferiu medidas protetivas de urgência em favor da mulher do suspeito. "Foi determinado o afastamento do agressor do lar conjugal, o qual também restou proibido de se aproximar da vítima, devendo manter distância mínima de 100 metros, bem como vedado manter contato com a vítima", disse o juiz

19

Presos reformam cela de triagem em Santo Ângelo Santo Ângelo - O Presídio Estadual de Santo Ângelo (Pesa) reformou a cela de triagem, que desde a inauguração da unidade prisional, em 1982, não recebia melhorias. A reforma, toda realizada com mão de obra prisional, foi custeada com verbas do Juizado Especial Criminal (Jecrim) do Poder Judiciário. O presídio também recebe apoio do Ministério Público e Conselho de Comunidade. Nelson Werlang, administra-

dor do Presídio de Santo Ângelo, ressalta que a casa prisional vai completar 30 anos em outubro, e a cela de triagem, local onde são recebidos os presos, necessitava com urgência de reforma. Segundo ele, neste espaço foram construídas seis camas, revestido o piso com cerâmica, além de pinturas na parede. Werlang acrescenta que o apoio destas instituições são importante e, pretende realizar mais melhorias no presídio.

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas Incêndio que destruiu casa no bairro Luiz Fogliatto ocorreu na terça-feira à noite

Eduardo Giovelli, responsável pela 2ª Vara Crime da Comarca de Ijuí. No despacho, segue o juiz, na quarta-feira passada, a vítima retornou à polícia onde registrou ocorrência de incêndio no imóvel onde o casal residia. "Afirmando que foi o acusado, ora representado, que teria ateado fogo na casa sendo que ele insistentemente

ameaçava o sinistro caso ela o deixasse ou registrasse ocorrência policial, inclusive com a intenção de matá-la queimada." Por este motivos, o juiz deferiu prisão preventiva do suspeito, que foi encaminhado ontem à Penitenciária Modulada, onde está à disposição da Justiça até o fechamento desta edição.

Brasil é o 2º em segurança privada O Brasil é o segundo País das Américas na proporção entre seguranças privados e policiais, dos 22 com dados disponíveis: são quase cinco agentes particulares para cada um do Estado, mais do que o dobro da média regional. A informação está no Relatório sobre a Segurança Cidadã nas Américas em 2012, que foi lançado ontem pela Organização dos Estados Americanos, em Washington. Segundo o documento, que combina dados de governos federais, policiais, institutos de estatísticas e ministérios dos 34 países da região nos últimos dez anos, o ranking de privatização do policiamento é liderado pela Guatemala, com 6,7 seguranças para cada policial. O Brasil (cujo índice de homicídios por 100 mil habitantes, 21, é metade do guatemalteco) tem 4,9; em seguida vem o Chile, com três. Os EUA, conhecidos por empresas gigantescas no setor, têm 1,5 segurança para cada policial. A média regional é de 2,3. "A política pública de segurança tem sido feita com uma polícia privada que não está nem sequer dentro da estrutura (estatal) das polícias", disse Luiz Coimbra, editor-chefe do relatório e coordenador do Observatório de Segurança Hemisférica. "É importante que a polícia privada esteja coordenada, organizada e submetida às mesmas regras de compromisso com direitos humanos, treinamento policial e

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

conhecimento de técnica." Para Coimbra, a privatização da segurança virou um "grande negócio", sobretudo em países da América Central, onde a estrutura do Estado é mais deficitária."Mas esses homens estão armados nas ruas, eles têm de ser reconhecidos

como parte dos atores de segurança. Isso não pode ficar sob controle de empresas comerciais com regras soltas." No Brasil, em 2008 (último dado disponível) havia 1,67 milhão de seguranças particulares e 2.904 empresas registradas no setor.

Horizontina - Agentes da Delegacia de Polícia de Horizontina, com apoio das delegacias de Doutor Maurício Cardoso, Tuparendi, Tucunduva, Três de Maio e Boa Vista do Buricá, prenderam na manhã de ontem três pessoas que estavam sendo investigadas por tráfico de entorpecentes.

A diligência faz parte da Operação Brilho Falso que a DP de Horizontina está desenvolvendo para coibir o tráfico de entorpecentes. Os presos, uma mulher e um homem de Horizontina e um homem de Boa Vista do Buricá, foram ouvidos e encaminhados ao Presídio Estadual de Santa Rosa.

Plantão Abigeato– Um abigeato foi registrado no Centro de Operações na quinta-feira, na propriedade de Arnaldo Huller. O fato ocorreu na Linha 6 Oeste, interior de Ijuí. Segundo informações do registro, abigeatários furtaram uma vaca da raça holandesa, de pelagem preta e branca. Aproximadamente 800 metros da propriedade a vaca foi abatida. Arrombamento - Um furto em residência aconteceu na Rua Cassiano Ricardo, bairro Boa Vista. Ladrões arrombaram uma janela basculante e furtaram uma câmera digital, um aparelho de som, um DVD e um celular. O furto ocorreu durante a noite. Entorpecentes - Um apenado

do Instituto Penal de Ijuí foi flagrado no final da tarde de quintafeira com cerca de 27,45 gramas de maconha. O fato aconteceu quando Davi dos Reis Bittencourt,32 anos, dava entrada na casa prisional onde cumpre pena no regime semi-aberto. Bittencurt, que é natural de Santa Maria, tem uma condenação a cumprir por homicídio. Detenção - Na Rua São Francisco, a Brigada Militar de Ijuí flagrou um elemento já bastante conhecido nos meios policiais com algumas pedras de crack. Ele disse que a droga era para consumo próprio. O homem foi levado para o plantão da Delegacia de Polícia, onde foi feito registro policial por posse de entorpecente.


20

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Esporte

Jornal da Manhã

AMADOR

Atletas do GBM defendem Escolinha de Ernestina Jogadores ijuienses treinam desde março na agremiação de futebol do Planalto Médio Atletas revelados pela Escolinha GBM de Ijuí estão atuando em uma parceria com o Centro de Treinamento do Ernestina Futebol Clube. Foram encaminhados pelo coordenador Jair Galvão. O técnico Elton Forgiarini (Kinho) vinha trabalhando naquela equipe, mas assumiu o Juvenil do Lajeadense no segundo turno do Gauchão Série A. Estes atletas ijuienses jogam pelo Ernestina: atacante Márcio Cossetin, categoria sub15; volante Patrik Moura, categoria Sub-14; zagueiro, Kenin Moraes, categoria Sub-14; lateral-esquerdo Arilson Timm, categoria Sub-15; lateral-direito John Soares, categoria Sub-13; zagueiro Rafael Lauermann, Sub13; meia-esquerda Alex Torres, Sub-15; e o lateral-direito Leonardo Lacerda, categoria Sub-14. Estes jogadores do GBM estão disputando o Gauchão da categoria pelo Ernestina. Treinam naquela equipe, desde março, todos os dias na parte da manhã e estudam à tarde. "Existe também uma parceria muito grande com o Lajeadense e os atletas do Sub-15

Em pé, da esquerda para a direita, Márcio Cossetin, Patrick Moura, Kenin Moraes, Arilson Timm e técnico Elton Forgiarini. Agachados: John Soares, Rafael Lauermann, Alex Torres e Leonardo Lacerda

irão fazer parte do Juvenil no final do ano. Os da categoria Sub-14 se apresentam em

dezembro para formar o Sub-15 (Infantil) do time de Lajeado.

Time do Pró-Vôlei segue na disputa do Estadual Depois de estrear com bons resultados no Estadual deste ano, o Ijuí Pró-Vôlei, após duas fases, segue na disputa por um lugar entre os melhores da categoria infantil masculino do Campeonato Gaúcho de Voleibol. A equipe de Ijuí garantiu no último fim de semana, na sede da Sogipa, em Porto Alegre, a classificação para um dos triangulares que definirão os semifinalistas da competição. Nesta próxima etapa, a gurizada do Pró-Vôlei encara novamente a Sogipa, de Porto Alegre, além do Colégio Mauá, de Santa Cruz do Sul. Dos quatro jogos que disputou, a equipe do Idene/Ijuí Pró-Vôlei venceu dois: diante do Dakota, de Nova Petrópolis (2 sets a 0), e do Comusa, de Novo Hamburgo (2 sets a 1). As derrotas foram diante das equipes da UCS, de Caxias do Sul (2 sets a 0), e da Sogipa, da capital gaúcha (2 sets a 1). O treinador da equipe e coordenador geral do projeto Ijuí Pró-Vôlei, Alex Stragliotto, disse que há muito o que comemorar. "A gurizada se comportou bem em mais da metade do tempo que esteve em quadra. A equipe oscilou muito ainda, mas já evoluiu com relação à primeira fase, quando estreou. Aos poucos a insegurança do primeiro Estadual vai sendo diluída. A partir daí, fica a diferença técnica e a

PLACAR JM CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL, 2ª DIVISÃO DA CIDADE 3ª rodada Hoje, 15.9, às 13h30 e 15h30 Campo do Flamengo da Linha 4 Leste Chave E Associação Esportivo x Construtora Progresso/ Marmoraria São Lucas Chave C PFC x Toca Fogo Amanhã, 16.9 Campo da Imasa Chave A

Técnico Alex Stragliotto orienta os jogadores do Pró-Vôlei durante o tempo técnico

quantidade de jogos, que só o treinamento e a rodagem poderão resolver", avaliou o técnico. A próxima etapa do Estadual deve ocorrer novamente na Sogipa, em Porto Alegre, no dia 30 de setembro. Segue a venda de ingressos para o Top Four Pró-Vôlei de Campeões dias 28 e 29 deste mês no Ginásio Municipal Wilson Mânica, em Ijuí. Ao preço de R$ 10,00,

os bilhetes estão sendo comercializados na Farmácia São João, Quality Esportes, GP Pneus e na sede do Projeto Ijuí Pró-Vôlei, junto ao Ginásio Municipal Wilson Mânica. O megaevento esportivo que abre dia 27, em Santo Ângelo, terá em Ijuí estes times: RJX, do Rio de Janeiro/RJ; VIVO/Minas, de Belo Horizonte/MG; Canoas Vôlei, de Canoas/RS; e Bolívar Voley, da Argentina.

Sul América Jr. x Associação Independência Chave A Baterias Goi/Casa Moderna x Avaí Campo do Modelo Chave B Real Sociedad x Progresso Chave B Lazio x Flamengo Junior Campo do Flamengo da Linha 4 Leste Chave C Corinthians x Santos Chave E Huracan x Estrela/Star Gesso Campo da Afumisa Chave D Associação Amigos Villa Nova x Rio Branco

Napoli x Avenida Estádio Bertholdo Christmann Chave F Atlântico x Portuguesa Junior Chave F Gaúcho x SER Atenas Campo do Sesi Chave G 14 de Julho x Associação Santa Cruz Chave G Flamengo da Linha 4 x Associação Atlética Villa Nova Campo do Lambari Chave H Botafogo x Associação Atlética Colonial Afumisa x Juventus do bairro Lambari

RENATO MARSIGLIA renato.marciglia@tvglobo.com.br

FELIPÃO PROCURA EMPREGO Óbvio que não deve ser por necessidade que Scolari irá procurar emprego, mas Felipão não é mais o técnico do Palmeiras. Verdade que a campanha é pífia, mas verdade maior é que o time é muito ruim. Vale o mesmo para Dorival Júnior, que embarcou numa “furada” com o Flamengo. Ruindade constrangedora. Joel Santana tinha razão quando dizia que “treinador tem que ser muito bem pago, pois sempre paga a conta sozinho”. Situação bem diferente de Fernandão, que tem nas mãos a maior folha de pagamento do país e não consegue montar um time. Em tempo: com Felipão no mercado, te cuida Mano Menezes. BRASIL X CHINA Impossível fazer qualquer análise da vitória de 8 x 0 sobre a ridícula (que me perdoem os amigos chineses) Seleção Chinesa. Adversário escolhido a dedo. Inacreditável que os jogadores brasileiros vibrassem a cada gol como se estivessem jogando uma final de Copa de Mundo. Deveriam, isto sim, é pedir desculpas aos chineses a cada gol feito. Neymar jogou oito das vinte e quatro rodadas do Brasileirão por causa de convocações para jogos como estes. Um escárnio com o Santos e com os clubes que servem jogadores à CBF. Quero ver na hora de enfrentar times de verdade. INTER: EXCESSO DE ESTRANGEIROS Dátolo e Bolatti ficaram fora do jogo contra o Botafogo, pois Guiñazu, Forlán e D'Alessandro eram titulares. Este é um problema que o Inter terá que enfrentar toda a semana. A legislação brasileira estabelece que apenas três jogadores estrangeiros podem assinar a súmula, entre reservas e titulares. Se já não é fácil administrar vestiário de futebol repleto de egos inflados, imagina com tais restrições. Perguntinha básica: ninguém pensou nesta hipótese quando o clube resolveu sair às compras? Onde está o famoso “planejamento” tão apregoado pelos dirigentes? BEIRA-RIO EM ESCOMBROS Há alguns meses me posicionei neste espaço contra jogos no BeiraRio enquanto durarem as obras de remodelação. Escrevi inclusive que era o único estádio em obras que se jogava futebol. Cruzei semana passada num aeroporto com Leandro Vuaden, que apitou o último Gre-Nal, e ele me disse que não existe atmosfera de espetáculo esportivo dentro do campo. É tapume e lona por todos os lados. “O clima dentro do estádio é quase que de depressão”, arrematou. Pois agora o próprio treinador Fernandão, além de muita gente dentro do Beira-Rio, diz o mesmo. Brigaram com o Ministério Público por pura teimosia. ELEIÇÕES DO GRÊMIO O assunto da semana no Estádio Olímpico é o embate entre Fábio Koff e Paulo Odone, uma vez que Homero Bellini entrou na disputa já eliminado. O ódio que envolve as duas principais candidaturas faz crer que o Grêmio sairá em frangalhos desta disputa. Se vier a acontecer, o tradicional discurso pós-eleição de união, não passará de piada de mau gosto. Não há mais a mínima possibilidade de juntar os cacos. A divisão dentro do clube é irreversível. Resta saber o que o futebol poderá sofrer com tudo isto.


Esporte

Jornal da Manhã

CARLOS ALBERTO PADILHA esporte@jornaldamanhaijui.com

ACRÉSCIMO- As especulações eram fortes nos últimos dias, mas ontem sim o departamento de futebol do São Luiz anunciou oficialmente a contratação do zagueiro Thiago Costa. O defensor que fez um ótimo Gauchão pelo alvirrubro assinou o pré-contrato e enviou para o clube. A direção do São Luiz adota uma decisão. Somente anuncia quando está tudo certo. Thiago Costa é bom jogador. Tem uma técnica apurada, ótimo posicionamento e vai acrescentar muito no elenco. PROBLEMAS- Fer nandão segue com dificuldades para escalar o time do Inter. Nei com dores musculares está fora do jogo de amanhã às 18h30 no Beira-Rio contra o Sport. Elton, suspenso, é outra ausência certa frente aos pernambucanos.Josimar, que teve uma indisposição e não enfrentou o Botafogo, passou por exames ontem e ainda é dúvida. Ygor, Juan, Kléber, Rafael Moura e Dagoberto, todos com problemas musculares ou em fase final de recuperação, estão fora da partida. Melhor condicionado fisicamente, o uruguaio Forlán deve começar ao lado de Damião. Para um time que ainda sonha com a Libertadores, empatar com o Botafogo foi um péssimo negócio. O Inter não consegue manter um padrão de jogo e não acredito que o encontrará até o final do Brasileirão. ENCONTRO- Segunda-feira, às 15h30 na Associação Comercial e Industrial (ACI), tem reunião para apresentação e retirada de fichas dos Jogos da Primavera. Também será definida a data de início dos jogos. Para esta edição, além das tradicionais modalidades que fazem parte dos jogos da primavera, que são o futsal, voleibol, handebol, basquetebol, atletismo e xadrez, passarão a fazer parte da programação modalidades como tênis, canoagem e pinguepongue. Os jogos são abertos à participação de todas as escolas de Ijuí, sejam elas particulares, estaduais ou municipais, e abrangerão as faixas etárias do pré-mirim (nascidos nos anos de 2003 a 2001), mirim (nascidos nos anos de 2000 e 1999), infantil (nascidos nos anos de 1998 e 1997) e juvenil (nascidos nos anos de 1996 e 1995), nos naipes masculino e feminino. QUALIDADE- Paulo Henrique Ganso é um ótimo jogador. Claro que não está conseguindo uma regularidade nos últimos anos, mas o Grêmio já recuperou Elano e tantos outros jogadores. O problema é o salário do atleta.

Tenista de Ijuí é campeão em Santana do Livramento

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

21

O tenista Gustavo dos Santos (foto), da Sociedade Recreativa Ijuí (SRI), conquistou o primeiro lugar na 3ª classe da 2ª Copa de Tênis Barão Free-Shop em Santana do Livramento no último fim de semana. Ele venceu o uruguaio Fernando Texidor com parciais de 6/3 e 6/4. O ijuiense Jaison Burtet também disputou a competição. Amanhã, às 15h, na Recreativa, Gustavo decide o título da 2ª classe contra o atleta Gabriel Gerhart, de Santo Cristo. O tenista de Ijuí é o primeiro colocado na 3ª classe e o sexto na 2ª classificação no ranking da Federação Gaúcha de Tênis.

SÃO LUIZ

Zagueiro Thiago Costa volta Jogador que atuou pelo clube no Gauchão deste ano acertou o seu retorno ontem à tarde O São Luiz anunciou ontem à tarde a volta do zagueiro Thiago Costa. Ele vai disputar o Campeonato Gaúcho de 2013 pelo alvirrubro onde se destacou nesta temporada chamando a atenção de vários clubes. Cerâmica de Gravataí e Veranópolis também queriam o defensor que recentemente atuou pelo América de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. Thiago sofreu uma lesão na tíbia, abaixo do joelho direito, no dia 23 de junho durante jogo treino contra o Mirassol. Depois da recuperação voltou a jogar normalmente. O gerente de futebol San-

dro Palharini negou que o São Luiz tenha acertado com o goleiro Oliveira. "Existe sim o interesse na volta deste atleta, mas não tem nada assinado. Negociamos há alguns meses com Marcelo Pitol, ex-Grêmio e atualmente no Aimoré de São Leopoldo, porém, não houve acerto financeiro. Nos próximos dias teremos uma definição sobre o camisa 1", comentou Palharini. O dirigente revelou que 13 jogadores já assinaram o pré-contrato. Na próxima semana mais quatro jogadores deverão acertar. A média de idade do elenco deverá ser de 26 anos. Os joga-

dores deverão começar a fazer os exames a partir do dia 28 de novembro para logo em seguida iniciar a pré-temporada. A diretoria continua negociando com o preparador físico. Apesar de não haver confirmação dos dirigentes, o nome mais cotado é Luciano Nagel, que está no Concórdia, de Santa Catarina. O atacante Eraldo, atualmente sem clube, pode reforçar o São Luiz. Artilheiro da equipe em 2010, o jogador tem a simpatia de alguns integrantes da diretoria, mas a forma como ele deixou a agremiação ao se transferir para o Vila Nova-GO ainda é lembrada.

Zagueiro Thiago Costa

Definição sobre Ganso fica para a segunda-feira O Grêmio comemora 109 anos neste sábado e a diretoria pretende dar um grande presente ao torcedor: o meia Paulo Henrique Ganso. Durante o banquete em comemoração ao aniversário do clube ontem à noite, o presidente Paulo Odone disse que neste fim de semana não ocorrerá definição sobre o futuro do atleta do Santos. "Até segunda-feira nada acon-

DOIS TOQUESRÚSTICA-A 3ª etapa do Circuito de Corridas de Rua de Ijuí acontece amanhã, com largada às 9h na categoria estudantil, e às 9h30 no adulto. A prova será junto ao Complexo Esportivo do bairro Storch, próximo ao Lar da Criança. O percurso adulto terá um total de 7 mil metros e o estudantil de 2.400 metros. Os atletas que se inscreveram na primeira e segunda etapas já estão inscritos para a terceira. Todas as escolas com mais de 30 inscritos que participarem e concluírem a prova, receberão premiação em artigos esportivos. A etapa será dividida em 25 categorias com premiação do primeiro ao terceiro lugar e para os três primeiros gerais masculino e feminino. DECISÃO- SER Chorão de Ijuí e Ases de Panambi decidem amanhã, às 15h, no Estádio 19 de Outubro, o título da região da Amuplam do Gauchão Polar de Futebol de Várzea. Para chegar à final o time ijuiense superou o Mancha Verde de Pejuçara e o Corinthians de Nova Ramada, enquanto o Ases eliminou o Nacional da Linha 21 Norte, Ajuricaba. O técnico Jair Galvão escala o Chorão com Vitor; Jardel, Pezão, Adriano e Pablo Pezetta; Miguel (Jica), Pablo, Vágner e Marcinho Galvão; Cristian e Carlos (Jader). O ingresso terá preço único de R$ 4,00.

tecerá de diferente. O Elano e o Vanderlei Luxemburgo conversaram com o garoto, que gostou do que ouviu sobre o Grêmio", comentou Odone. Ontem à tarde, Grêmio e DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, que detém 55% dos direitos econômicos de Ganso, se reuniram mais uma vez para tratar da possibilidade de viabilizar a LIGA GAÚCHA DE FUTSAL- O time feminino do Esporte Clube Ijuí/Cadile´s/ Hart Transportes, campeão da região Missões, joga amanhã, às 15h, no Ginásio da Associação Atlética Banco do Brasil contra o CMD Maçambará, campeão da região Oeste. Quem vencer decide o título da competição em um triangular, com possibilidade de a final acontecer no município, se o time de Ijuí se classificar. Neste domingo, após o jogo semifinal, tem a partida decisiva na categoria Sub-11 entre o Greminho de Condor e o Maçambacity de Maçambará. 4ª COPA CARLOS EDUARDO DE FUTEBOL- Cinco jogos serão disputados pela competição hoje no campo do Ipiranga, em Coronel Barros: Sub-15-CFE Grêmio x Nova Ramada-9h; Sub-9-Escolinha São José/ Pindorama x Escolinha Cometa-13h; Sub-11-Escolinha Cometa x GBBC São Luiz Gonzaga-14h; Sub-15-CMD Coronel Barros x GBBC São Luiz Gonzaga-15h; e Sub-17-GBM de Ijuí x GBBC São Luiz Gonzaga-16h15. MUNICIPAL DE BOCHA DE IJUÍ, CANCHA SINTÉTICA- A partida de volta das finais será hoje na cancha da SER Burtet, entre SER Burtet Suzuki e Gaúcho de Floresta. O jogo de ida terminou empatado em 1 a 1. No mesmo local jogam Clube Aquático Tiaraju e Parador, decidindo terceiro e quarto lugares.

contratação do jogador por parte do Tricolor. Investidores ligados ao Grêmio estão tentando arrecadar a quantia de R$ 23,8 milhões para viabilizar a vinda do atleta. O Tricolor iria adquirir 45% dos direitos econômicos do meia que também interessa ao São Paulo. O volante Fernando, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, é

o desfalque gremista amanhã, às 18h30, no Engenhão diante do Flamengo. Vilson e Léo Gago são as principais alternativas. Zé Roberto, que não enfrentou o Náutico na última quarta-feira, retorna ao time com a saída de Marquinhos. O Tricolor é o terceiro colocado do Brasileirão com 47 pontos.

BRASILEIRÃO 25ª rodada-Série A Hoje, 15.9 Fluminense x Atlético-GO18h30 São Paulo x Portuguesa-18h30 Amanhã, 16.9 Palmeiras x Corinthians-16h Cruzeiro x Vasco-16h Coritiba x Santos-16h Náutico x Atlético-MG-16h Bahia x Figueirense-16h Flamengo x Grêmio-18h30 Internacional x Sport-18h30 Ponte Preta x Botafogo-18h30 25ª rodada-Série B Hoje, 15.8 Goiás x Atlético-PR-16h Guarani x Vitória-16h Ceará x Joinville-16h CRB x ABC-16h Boa Esporte x Ipatinga-MG21h 12ª rodada-Série C Grupo B Hoje, 15.9 Chapecoense x Caxias-16h Tupi x Madureira-16h Duque de Caxias x BrasilienseDF-16h

Amanhã, 16.9 Vila Nova-GO x Santo André16h Ontem, 14.9 Oeste 1 x 1 Macaé Copa Hélio Dourado Hoje, 15.9 Grêmio B x Sapucaiense-15h Cerâmica x Internacional-B-15h Ypiranga x Riopardense-15h S ã o J o s é - P OA x N ovo Hamburgo-15h Amanhã, 16.9 Guarany-CAM x São Paulo-15h Riograndense-SM x Brasil-PEL Pelotas x Inter-SM-16h Caxias x Milan-16h Segundona Amanhã, 16.9 A s s o c i a ç ã o N ova P ra t a de Esportes x Atlético de Carazinho-15h Guarany-BA x Tupy-15h São Borja x Três Passos-15h30 Segunda-feira, 17.9 Aimoré x Associação Garibaldi-20h


22

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

Solta a voz Samantha Schmütz, do “Zorra Total”, quer se lançar como cantora profissional. A atriz, que já foi vocal de apoio de Sérgio Loroza, compôs mais de dez músicas e está fazendo aulas de canto para gravar um CD.

Do Divino ao Caribe Nem mesmo o elenco secundário de “Avenida Brasil” escapa da disputa por atores na Globo. Thiago Martins (Leandro), Ailton Graça (Silas), Débora Nascimento (Tessália) e José Loreto (Darkson) sairão do fictício Divino diretamente para as gravações de “O Caribe é aqui”, de Walther Negrão. Juca de Oliveira, uma das estrelas do folhetim das 21h, também já é certeza na novela.

Salve Jorge Nem tudo será ficção em “Salve Jorge”, novela de Gloria Perez que sucederá “Avenida Brasil” na faixa das 21h, na Globo. O diretor-geral do folhetim, Marcos Schechtman, usará imagens reais da ocupação policial no Complexo do Alemão, em 2010. Na história, a comunidade também será pacificada. Os atores gravarão na favela e também na cidade cenográfica no Projac.

Variedades

Kate Middleton é fotografada fazendo topless Uma revista francesa publicou em sua capa essa semana imagens da duquesa de Cambridge fazendo topless em uma viagem com o marido, príncipe William. Nas imagens, o casal aparece se bronzeando no litoral do Sul da França, sem notar a presença de um paparazzi. O casal foi avisado sobre as imagens e apesar de "extremamente chateados" com o escândalo, decidiram não cancelar a agenda de compromissos. Se eles tomarem uma ação legal contra a publicação, seria um marco para a realeza britânica, que não possui processos contra a imprensa em toda a sua história. Kate Middleton e William estão em turnê pelas colônias inglesas do Sudeste Asiático, uma viagem que faz parte das atividades pelo O casal estava se bronzeando no litoral do Sul da França Jubileu de Diamante da rainha.

Justin Bieber lança livro de memórias O cantor canadense de apenas 18 anos lançou nessa semana o seu segundo livro de memórias. No livro “Just Getting Started” (“Apenas Começando”, na tradução para o português), Bieber relembra as apresentações que costumava fazer na rua e conta detalhes de sua trajetória nos últimos dois anos, já que o primeiro volume da série saiu em 2010. Entre os assuntos mais polêmicos comentados pelo astro teen, está a agressão ao paparazzi que o levou a julgamento e o processo de paternidade apresentado por uma fã contra ele.

Miss Bumbum O Rio Grande do Sul tem uma candidata na final do Miss Bumbum. Ela é Isis Gomes, que recentemente posou para fotos de biquini e fez questão de ressaltar seu atributo principal: os 110 cm de bumbum.

Hebe está de volta ao SBT Após quase dois anos, Hebe Camargo acertou diretamente com Silvio Santos sua volta ao SBT. Não há ainda uma previsão para a estreia, mas talvez só aconteça no começo do próximo ano. O que se sabe é que não será um programa semanal e que Silvio deu a ela total liberdade de escolher o que será melhor, inclusive sobre o local das gravações, no SBT ou na casa dela.

Guerra dos Sexos O casal Felipe e Vânia, interpretado por Edson Celulari e Luana Piovani, promete garantir boas cenas ao público de Guerra do Sexos, próxima novela das 19h da Globo. Sempre se encontrando às escondidas, eles fazem de tudo para namorar sem serem flagrados. Eles não poderão assumir o namoro porque trabalham na mesma empresa, onde há uma regra que os funcionários não podem se envolver. Então, eles vão viver se metendo em situações muito engraçadas. Essa é a primeira vez que os atores trabalham juntos.

Novelas

Lado a Lado Globo

Albertinho aparece no mercado e assusta Isabel Albertinho conta para Isabel que terá aulas com madame Besançon. Guerra convida Edgar para trabalhar com ele no jornal. Albertinho aparece no mercado e assusta Isabel. Laura se desentende com Edgar. Isabel se recusa a sair com Albertinho. Edgar assume a administração da fábrica de sua família. Constância inventa um almoço na casa de Laura. Isabel avisa a Afonso que vai dormir na casa de madame Besançon. Mário avisa a Diva que comprou o restaurante de Queiroz. Laura e Edgar dividem a mesma opinião sobre a lei que Constância sugere a Bonifácio. Laura pede que ela e Edgar sejam amigos.

Cheias de Charme - Globo

Rosário enfrenta Chayene Depois de um casamento forçado, Laura e Edgar vão se apaixonar em "Lado a lado", novela das 18h da Globo. Os dois perceberão que têm afinidades durante o período de convivência na nova casa e acabarão se entregando um ao outro. O advogado começará a conquistar a mulher ao incentivá-la a voltar a dar aulas na Biblioteca Nacional. Mais tarde, ele descobrirá que a sogra Constância se livrou de todos os livros da filha depois do casório. Ele conseguirá recuperar as obras, deixando Laura em êxtase.

Dança dos Famosos

Rebeldes A turnê de despedida da banda Rebeldes causou uma comoção em Belém, no Pará, nessa semana. Os integrantes do grupo precisaram de muitos seguranças para conseguir deixar o hotel onde estavam hospedados na capital paraense, tamanha a histeria dos fãs do grupo adolescente.

Lado a Lado: Laura e Edgar se apaixonarão

Jornal da Manhã

O casal formado pelo ator Rodrigo Simas e a bailarina Raquel Guarini, no quadro "Dança dos Famosos" do "Domingão do Faustão", está dando o que falar. Eles estão na final da competição, mas o entrosamento dos dois parece ir além da dança. Em uma das apresentações do casal, o ator chegou a dar um beijão na moça em pleno palco, para o delírio da plateia. Apesar disso, eles garantem que não existe romance e que tudo não passou de uma brincadeira para agradar os fãs da dupla.

Sarmento fica comovido com a oferta de Cida. Gilson pede para Penha ficar com ele. Sandro fica arrasado ao saber que Penha sairá com Gilson. Chayene revela para os jornalistas que cantará com Fabian o dueto de Rosário. Inácio desabafa com Romana e diz ter sido egoísta com Rosário. Isadora pede para Niltinho ficar com ela. Brunessa se surpreende ao ver um grafite de Rodinei. Penha fica encantada com o tratamento que recebe de Gilson. Conrado convence a namorada a acompanhá-lo no coquetel de inauguração do escritório. Stela percebe a troca de olhares entre Elano e Cida. Penha desce do carro de Gilson e se encontra com Lygia. Rosário enfrenta Chayene.

Avenida Brasil - Globo

Jorginho tenta convencer Tufão a esquecer Nina Jorginho se esconde de Tufão. Begônia afirma que ajudará Nina a se livrar da cadeia. Max tenta colocar a culpa pelo sequestro de Carminha e pelo assalto na mansão em Nina, e Janaína o repreende com o olhar. Begônia se declara culpada e livra Nina e Betânia das acusações. Nina tenta fazer com que Tufão vá embora da delegacia, mas ele insiste em levá-la em casa. Valdo discute com Betânia por causa de Nina. Alexia é despejada e se muda para a casa de Verônica. Tessália beija Darkson na frente de Leleco. Olenka elogia a performance de Cadinho na pista do baile charm. Valdo vende as fotos que Nina deixou com Betânia para Carminha.


Enfoque

Jornal da Manhã

CARA OU COROA

Armindo Pydd

DIREITA, ESQUERDA,CENTRO **A propósito das eleições municipais desde ano verificam-se mais do que nunca coligações antes impensáveis. Todo o expectro político, dependendo da situação local consegue dialogar, se associar, disputar e, coligar. As exceções são insignificantes eleitoralmente. Existe a afirmação cada vez mais presente de que na realidade não existe diferença entre esquerda e direita. **Mas existem diferenças, sim. Existem coalizões de classe ou pactos políticos associando trabalhadores e capitalistas. Estes no entanto se dividem entre os empresários que dirigem suas empresas, inovam e realizam lucros e os empresários financistas que vivem de juros, dividendos, aluguéis, etc. **Assim, é desenvolvimentista o pacto político que associa trabalhadores e classes médias aos empresários.Aposto num pacto desenvolvimentista, num grande acordo social revalorizando produção e conhecimento, mas muitas lutas serão para isto necessárias[ idéias de Luiz Carlos Bresser Pereira, economista] **O casamento de um sobrinho me levou a Ji-Paraná Rondônia. Depois de Porto Velho, esta cidade é a mais populosa do estado. 40 graus de calor seco, 70 dias sem chuva mas, o que se vê lá é gente com iniciativa que acredita no futuro. Foi muito bom ver o bom prestígio que os muitos gaúchos lá residentes têm. Um taxista me falou que lá não existe nenhum pedinte que seja japonês ou gaúcho. **Homenagens inclusive uma casa-museu autêntica do pioneiro e herói daquelas bandas do Brasil, Marechal Candido Rondonsobresaem.Cuiabá,[100 dias sem chuva, 41 graus] uma parada do avião, é cidade grande, 1 milhão, com Várzea Grande juntinho está otimista com as obras de sede da Copa do Mundo .Problema maior lá, como no país inteiro, a falta de segurança, **Erasto Gartner é hospital filantrópico em Curitiba como o HCI. Tem um Cacon. Ao procurar um médico por motivos profissionais e me apresentar como sendo de Ijuí, veio a agradável observação. Ah,Ijuí, conhecemos pelo Cacon que é um dos que mais inclui pacientes em tratamento e se destaca pela pesquisa. **O corte, mesmo que seletivo, de tributos que está sendo efetuado pelo governo federal para frear a queda de crescimento do país deve ser louvado. Até hoje, o movimento foi sempre o inverno: mais tributos. **3 escolas e 4 incêndios. Agora a suspeita é de que seja guerra de gangues. É a preocupação em Ijuí.

Sábado e domingo, 15 e 16 de setembro de 2012

23

MEMÓRIA JM A edição do dia 13 de setembro de 1977 publicava:

Casa própria: hoje um sonho quase impossível O mercado imobiliário teve nos últimos 13 anos um desenvolvimento fora do comum. Entre os fatores responsáveis pelo chamado boom imobiliário encontra-se, certamente, a criação em 1964 do Banco Nacional de Habitações (BNH). Entretanto, o que foi criado para solucionar o problema de muita gente – a aquisição da casa própria – frustrou seus objetivos, pois a classe média já não tem condições de pagar os elevados preços das unidades habitacionais. A perda do poder aquisitivo do cidadão nos últimos anos também foi outro fator que contribuiu para desfazer o sonho da casa própria.

Professores aconselham: A criança já pode fazer ginástica desde os primeiros meses de idade. A Educação Física – arte, ciência ou sistema de métodos – ajuda o indivíduo a desenvolver convenientemente o seu corpo, mantendo-o em perfeito funcionamento, melhorando sua destreza, habilidade, força física, resistência e agilidade, bem como influindo favoravelmente na sua formação moral e intelectual. A iniciação da criança nos exercícios físicos em suas diversas modalidades deve ser feita o mais cedo possível, porque a alegria que ela sente ao descobrir a quantidade de posturas que seu corpo pode executar e a sua capacidade de se expressar corporalmente,

O BNH afirma estar disposto a reservar parte substancial de seus fabulosos recursos para o financiamento de moradias populares, enquanto trabalha na elaboração de um estudo em profundidade para baratear os custos da construção. Entretanto, por outro lado, em São Paulo, perto de 35 mil unidades habitacionais esperam comercialização, quer pelos seus elevados preços, quer pelas quase inatingíveis rendas exigidas para se conseguir o financiamento dos agentes financeiros. Ou ainda pelo exagero nas prestações excessivamente altas dos financiamentos, em comparação com os salários achatados.

dão-lhe segurança e confiança para enfrentar o convívio social e a vida.

ência escolar, oferecendo-lhes também assistência médico-odontológica, alimentação e recreação.

Cebem oferece pré-profissionalização aos menores. O Centro de Bem-Estar do Menor (Cebem) que já mantém em Ijuí seis núcleos nos bairros, está também voltando sua atenção aos menores que, como engraxates, vendedores ambulantes, jornaleiros ou desocupados, fazem da zona central da cidade o seu campo de ação. O Cebem está iniciando o trabalho de cadastramento desses menores, visando dar-lhes uma ocupação através de cursos de pré-profissionalização, devendo orientá-los quanto a mercados de trabalho, frequ-

Bancada da Arena aprova moção de repúdio contra declarações de João Koehler. Um clima de certa tensão e expectativa cercava a reunião da noite passada do Legislativo ijuiense, pois se sabia que estaria em discussão as declarações que teriam sido feitas pelo líder da bancada do MDB, João Koehler, a edis arenistas, acusando José Henrique da Silva e Heitor Fernandes, vereadores da situação, de o terem procurado com o objetivo de solicitar o possível afastamento do vereador José Wilson Sandri (Arena) da presidência da Casa.

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no acervo do Museu

NOSSA HISTÓRIA

Museu Antropológico Diretor Pestana

AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS – O PLEITO DE 1963 A segunda metade do século 20 no cenário nacional é marcada por uma euforia econômica. O país desenvolve-se industrialmente com ajuda de capital estrangeiro, o que eleva também a dívida externa do Brasil. Adentramos a década de 1960 em crise. E, conforme Brum (1986), “no decorrer da crise rompe-se o pacto social e político entre a burguesia nacional e o operariado urbano”. O que leva a uma radicalização ideológica e, consequentemente, a uma nova composição de forças, esquerda (reformista) e direita (reacionária). Tal radicalização configura-se em um dos fatores que justificam o golpe de 1964. Mas o ano que antecedeu o golpe, 1963, foi cenário de disputa eleitoral. E, conforme noticiou o Correio Serrano de 9 de novembro de 1963, essa seria a quinta vez que os ijuienses compareceriam às urnas após a redemocratização do país. Concorreram ao pleito pela coligação Ação Democrática Popular (PRP/PSD) Walter Müller (PRP) como prefeito e Solon Gonçalves da Silva (PSD) como vice. Eles obtiveram, respectivamente, 8.413 votos e 8.882 votos, sendo, desta forma, os eleitos. O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) lançou as candidaturas de Ademar Porto Alegre (5.664 votos) para prefeito e Telmo Tassinari (4.241 votos) como vice. O Movimento Trabalhista Renovador (MTR) teve o candidato a vice-prefeito Serafim Rodrigues Pasche, que obteve 713 votos. Na escolha para prefeito foram computados 694 votos nulos e 547 votos em branco, já para vice-prefeito foram 681 votos nulos e 801 votos brancos. Na Câmara Municipal de Vereadores onze cadeiras foram disputadas e os ocupantes eleitos para o próximo mandato foram Alceu Carlos Hickembick (PTB), que obteve 443 votos; Alfredo Schmidt (PRP), que obteve 590 votos; Almicar Estanislau de Souza (PTB), que somou 1.041 votos; Emídio Odósio Perondi (PSD), que fez 382 votos; Eugênio Michaelsen (PRP), que alcançou 706 votos; Francisco Assis Costa (PL), que fez 1.038 votos; Henrique Rodolfo Gressler (PL), que obteve 553 votos; Notélio Mariotti (PSD), que conquistou 356 votos; Pedro Paulo Ceretta (PTB), que alcançou 375 votos; Renato Gonçalves Terra (PTB), que obteve 971 votos; e Valdenor Flores da Fonseca (PTB), que fez 351 votos. Nas eleições de 10 de novembro de 1963 estavam inscritos 18.274 eleitores, mas compareceram apenas 15.318, registrando abstenção de 16,2%, o que, aliás, foi destaque das eleições municipais daquele ano, pois muitos eleitores não compareceram. Em Porto Alegre, por exemplo, a abstenção foi de 14, 4%.

Ação Democrática Popular em 1963 - panfleto.

Texto: Tamires Rodrigues Okasezki. Acadêmica do Curso de História, modalidade EaD da Unijuí, pesquisadora no MADP.


Ijuí, Sábado e Domingo, 15 e 16 de Setembro de 2012

POLÍCIA / 19

Homem é preso por suspeita de incendiar casa no Luiz Fogliatto DEBATE JM / 10

Comunidade pode encaminhar perguntas aos candidatos ECONOMIA / 15

Gastos em saúde são os que mais pesam no bolso do brasileiro

SUPERAÇÃO / 7

Projeto de inclusão social possibilita a prática de esportes a cadeirantes Basquete em Cadeira de Rodas é um projeto que tem o objetivo de promover a qualidade de vida dos participantes

CADERNO DOIS

CTGs recebem ijuienses para os festejos farroupilhas

TECNOLOGIA / 8

Donos demonstram na internet carinho por animais de estimação

Eliane criou um perfil no Facebook para seu cão, Garu

Escolas também oferecem programação especial, como o puchero do Colégio Sagrado Coração de Jesus


Jornal da Manhã 15.09.2012