Issuu on Google+

MENSALÃO / 11

Gurgel pede condenação de 36 réus e prisões imediatas após o julgamento www.jmijui.com.br

Ijuí, Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

ELEIÇÕES / 8

Grupo JM inicia série de entrevistas com candidatos na terça Ano 39 - Nº 149

R$ 2,00

REFLEXOS DA CRISE / 3

Processos na Vara do Trabalho de Ijuí crescem mais de 60% em 2012 OLIMPÍADA / 21

Nadador brasileiro Cesar Cielo ganha apenas o bronze nos 50 m livre

Cesar Cielo foi superado nos milésimos finais e chorou após receber a medalha


2 

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Radar

Jornal da Manhã

SMS

A apresentação do Informe Epidemiológico, desenvolvido pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio da Vigilância Epidemiológica, foi realizada na manhã de ontem. O Informe Epidemiológico vem sendo desenvolvido há sete anos com informações relacionadas às diferentes áreas da saúde. Pode ser considerado como destaque desta edição os indicadores da mortalidade infantil, que mostram que em 2011 foi registrado o menor coeficiente do município, ou seja, o índice de mortes diminuiu significativamente. 

Contabilidade

O Sindicato dos Contabilistas de Ijuí está organizando um curso intensivo de contabilidade. O objetivo é apresentar e abordar de forma prática toda a rotina de procedimentos e lançamentos da Contabilidade, embasada em Teorias e Doutrinas contábeis, bem como na Legislação Tributária Fiscal vigente com as alterações implementadas pela Lei 11.638/2007, Lei 11.941/2009 e Resolução CFC 1.255/2009 – NBC TG 1000 (PMEs). O público alvo são contadores, técnicos em contabilidade, auxiliares de contabilidade, controllers, auditores, consultores, classificadores contábeis, estudantes e outros profissionais ligados à área Contábil, Fiscal e Tributária. O curso será realizado entre os dias 22 e 23 de agosto, num total de 15h. Vagas limitadas. Contato pelo telefone 3332-7449 ou pelo email sindi.ijui@ terra.com.br. 

Ouro 2.8.2012...............................R$105,30(gr) Dolar Comercial (compra) . ..................R$ 2,026 Dolar Comercial (venda) .....................R$ 2,027 Dolar turismo (compra) . .......................R$ 1,95 Dolar turismo (venda).............................R$ 2,16 Euro (compra) ......................................R$2,515 Euro (venda) .........................................R$2,516 PC/FIPE junho/2012.................................0,23% IGPM/FGV junho/2012............................. 0,66%

Atitude - Os casos de furtos e de vandalismos têm feito alguns moradores tomarem atitudes extremas para evitar perdas e danos dos seus pertences. Um morador chegou acorrentar a lixeira que fica em frente à sua residência ao poste na área central de Ijuí.

Fórum de leite

Um dos mais importantes eventos do Estado sobre a bovinocultura de leite está com as inscrições abertas: é o Fórum Produção Pecuária-Leite. Em sua XV edição, o evento acontece de 10 a 12 de setembro, numa promoção do curso de Medicina Veterinária da Universidade de Cruz Alta. As inscrições podem ser feitas no endereço http://ctec.unicruz.edu.br/propex ou pessoalmente na Assessoria de Eventos – Campus Universitário, nos turnos da manhã, tarde ou noite. O investimento é de R$ 45,00.

INPC/IBGE junho/2012.............................0,26% IPCA/IBGE junho/2012..............................0,08% IGP-DI-FGV junho/2012............................0,69%

Getúlio

UPF/RS 2012....................................R$ 12,1913

*valores acima de R$ 300,00

Semana Farroupilha

A Comissão Executiva da Semana Farroupilha realizou reunião com as entidades do município para a definição dos subtemas, ordem do desfile e demais detalhes da Semana Farroupilha. O tema geral desse ano é “Nossas riquezas” e a partir dele, as entidades trabalham seus subtemas. A ordem do desfile e os subtemas que serão apresentados pelas entidades ficaram assim definidos: CTG Clube Farroupilha com o subtema “Fauna”, Grupo de Arte Nativa Cabo Toco é responsável pelo subtema “Flora”, Centro de Cultura Nativa Piazito Carreteiro com o subtema “Água”, CTG Chão Batido apresentará o subtema “A produção agrícola”, CTG Velho Vargas com o subtema “Indústria”, Grupo de Folclore Chaleira Preta com o subtema “ O Comércio”, Grupo de Folclore Fogo de Chão é responsável pelo subtema “ A produção de energia”, CTG Avô Maragato com o tema “Extrativismo” e para fechar o desfile artístico, o CTG Laureano Medeiros apresentará o subtema “Cultura”. Já os cavalarianos desfilarão em ordem diferente, porém, ainda não foi definida. 

TJLP Novembro/2011...............................6,00%

Case

Na última quinta-feira, foi publicado no Diário Oficial o edital do concurso público para a contratação de 85 profissionais e cadastro reserva para os 13 Centros de Atendimento Socioeducativos do Estado (Cases). Sem concurso para a fundação desde 2002, a seleção está aberta para 13 áreas de atuação e contemplará oito cidades em que há unidades. Os salários básicos vão de R$ 698 a R$ 2,8 mil.As inscrições podem ser feitas desde ontem por meio do site www.fundacaolasalle. org.br/concursos 

Poupança 4.8.2012..................................5049%

MÊS

TAXA

IRPF

OUTUBRO

0,88

5,94

NOVEMBRO

0,86

5,08

DEZEMBRO

0,91

4,17

JANEIRO

0,89

3,28

FEVEREIRO

0,75

2,53

MARÇO

0,82

1,71

ABRIL

0,71

1,00

Observatório "O senhor é o revisor do processo. Se tinha essa convicção de que deveria ser desmembrado, por que só se manifestou agora", questionou o ministro Joaquim Barbosa, que considerou desleal a atitude do colega, Ricardo Lewandoski, que pediu o desmembramento do processo que julga 38 réus no processo do mensalão. "Essa questão, inclusive, trato na preliminar do voto que preparei para esse caso”, disse o ministro Dias Toffoli sobre o julgamento do mensalão, no qual ele irá julgar o amigo e ex-ministro José Dirceu, considerado líder da quadrilha do mensalão. "Infelizmente, Peluso não participará", falou o Antonio Carlos de Almeida Castro, advogado que defende o publicitário Duda Mendonça , no processo do mensalão, sobre o atraso do início do processo do julgamento que poderá tirar a possibilidade do ministro Cezar Peluso votar no processo. "O número de automóveis produzidos deve ultrapassar 300 mil unidades. Caso confirme, serão melhor número mensal da história da indústria automotiva no país", comentou o analista de mercado automotivo Fernando Trujillo, sobre o reflexo do IPI reduzido na indústria que aparecerão nos resultados de julho.

1º - 8.042 2º - 4.544 3º - 3.689 4º - 4.893 5º - 3.869

QUINA

CONCURSO Nº 2.960

01 05 07 30 56 LOTOFÁCIL- CONCURSO nº787 01 04 05 08 09 10 11 12 13 14 16 17 19 20 23

Dól -1.0 Dól -1.3 Eur Eur


Geral

Jornal da Manhã

VARA DO TRABALHO

Número de processos já supera total de 2011 Crescimento está relacionado à crise financeira da região e à estiagem que afetou a colheita da soja, influenciando a economia O número de novos processos na Vara do Trabalho já teve neste ano um crescimento de 61,5% comparado ao número total de 2011, quando os processos relacionados às causas trabalhistas totalizaram 800. Nos primeiros sete meses do ano, esse número chega a cerca de 1.300. Conforme o titular da Vara do Trabalho de Ijuí, juiz Luís Ernesto dos Santos Veçozzi, o número de processos de 2012 ultrapassa o patamar do ano passado em razão da crise econômica financeira na região e também devido à estiagem que afetou a colheita da soja. “Conhecemos essa realidade e sabemos que isso influencia toda a economia, afeta o comércio, afeta a indústria e, inevitavelmente, gera demissões e isso vem bater às portas do judiciário trabalhista”, destaca, acrescentando que, apesar de contar com uma economia pujante, o volume de ações em Ijuí não é grande. “Comparado à média regional, fica abaixo de cidades como Santo Ângelo, Santa Rosa e mesmo Cruz Alta. Não é acima da média dentro do Estado”, ressalta.

O juiz lembra que, no Brasil, foi promulgada a consolidação das leis do trabalho, em 1943, que vigora até hoje com pouquíssimas alterações. Veçozzi lamenta o censo comum que existe, de que a Justiça do Trabalho sempre dá razão ao empregado. “Isso não é verdade. Nenhum juiz inventa direitos. Nós juramos, quando tomamos posse, aplicar a lei e nós nos limitamos a aplicar a lei que, por sua vez é protetiva, mas até certo ponto. Não significa que o trabalhador sempre ganha ou sempre tem razão. Quando o trabalhador não tem razão ou exagera, aumenta ou inventa, ele não só perde, como pode vir a ser condenado como litigante de má fé”, explica. Veçozzi salienta que é um defensor da conciliação. “Ela realmente traz a paz entre o empregado e o empregador. Cada um cede um pouco e ganha um pouco e para o trabalhador representa um atalho”, destaca. Na 4ª região, Veçozzi foi, estatisticamente, o segundo juiz que mais acordos conseguiu ao longo de um ano. No ano passado, em Uruguaiana, o juiz

Luís Ernesto dos Santos Veçozzi

apresentou um estudo para o Conselho Nacional de Justiça, que foi a obtenção de 710 acordos numa única oportunidade, com o município de Uruguaiana. “Conseguimos uma enorme economia com o poder público e um imediato atendimento dos anseios destes trabalhadores, quebrando o preconceito que ainda existe em alguns lugares, de que o órgão público não faz acordo”, avalia.

OAB tem programação no mês do advogado A OAB Ijuí preparou para o mês de agosto programação alusiva à passagem do mês do Advogado. O Dia do Advogado transcorre no dia 11, e a 23ª Subseção realizará o projeto OAB Cidadania que consiste em atividades em prol da saúde com profissionais da área de saúde do HCI e Hospital Bom Pastor. Na atividade também estará presente a ambulância da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA). Estarão sendo realizados exames de glicose, colesterol, aferição de pressão e teste hepatite serão realizados. Os interessados também terão orientações odontológicas, atendimento jurídico, corte de cabelo, entre outros serviços. O projeto OAB Cidadania acontece na Praça da República das 8h30 às12h do dia 11, próximo sábado. A programação do mês do Advogado ainda prevê jantar de confraternização com advogados de Augusto Pestana na quarta feira dia 8, a partir das 20h. Para o dia 25, no CTG Piazitto Carreteiro, está previsto almoço de confraternização em comemoração ao Dia do Advogado, com show do cantor Dante Ramon Ledesma e sorteio de brindes

para os advogados e familiares. O cardápio será churrasco e os convites podem ser adquiridos de forma antecipada na sede da Subseção da OAB, Edifício Hass Center. A Comissão de Eventos Culturais da OAB tem previsto ao longo do mês do advogado palestras que abordarão temas relacionados ao dia a dia dos profissionais do direito. Execuções trabalhistas, reforma do código penal, e dano moral e direito de família serão temas abordados. Os novos advogados também terão momento de homenagem com entrega das carteiras da OAB. Ato está marcado para o dia 18, após a palestra que abordará as reformas do código penal no

salão do tribunal popular do júri de Ijui. Na área artística ocorrerá entre os dias 20 e 24 a 1ª Semana de Exposição e Mostra de Artes – OAB/Vara do Trabalho de Ijuí na Vara do Trabalho de Ijuí das 10h às 12h e das 14h às 17h30. O encerramento do mês do advogado será marcado com assembleia geral dos advogados para prestação de contas (2010/2012). O encontro que começa às 13h30h acontece na sala 22 do Edifício Comercial Hass Center com tema: Sistema Cooperativo dos Advogados. A íntegra da programação do Mês do Advogado pode ser conferida no site www.oabijui. com.br.

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

3

Causa da morosidade é algo cultural, pondera juiz Uma recente pesquisa da Associação Nacional dos Magistrados constatou que apenas 25% das ações que hoje tramitam no Judiciário decorrem de uma dúvida real quanto ao cumprimento de uma lei ou de um contrato. Os outros 75% são descumprimento voluntário de obrigações. “São questões que o devedor sabe que deveria cumprir e não cumpre espontaneamente, só após uma decisão judicial, porque ele conta com a morosidade e pode lançar mão dos recursos que a legislação coloca à disposição”, revela, destacando que a principal causa da morosidade é algo cultural. “Não adianta construirmos mais fóruns e termos mais varas e mais cargos de juiz , porque o volume vai continuar aumentando. A questão realmente é de mudança de postura”, analisa. O juiz admite que a morosidade nos processos não é um problema exclusivo de Ijuí ou do Rio Grande do Sul. Segundo ele, são vários os fatores que in-

fluenciam essa demora na solução dos processos e que não pode ser atribuída ao juiz. “Temos um assoberbamento, devido ao volume de ações. E isso decorre de fatores como a legislação brasileira, que é fruto de acomodações de interesses”, pondera. Segundo ele, a lei, quando é publicada, já possibilita mais de uma interpretação. “Isso, por si só, já gera conflitos que vão bater às portas do Judiciário em todas as suas esferas”, destaca o juiz Luís Ernesto dos Santos Veçozzi. A Vara do Trabalho foi instalada em Ijuí no dia 19 de agosto de 1963. Há cinco anos, passou a ter prédio próprio. No dia 10 de agosto será realizado um evento para comemorar os 49 anos do órgão. Será realizada uma palestra com o juiz Marcelo Caon Pereira, de Lagoa Vermelha, sobre temas relacionados à execução trabalhista. Durante o evento, serão abordados principalmente temas de interesse da comunidade dos advogados trabalhistas.


4

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Geral

PREVIDÊNCIA SOCIAL

INSS registra mais de 60 milhões de segurados De acordo com cada categoria de contribuição, benefícios em relação à aposentaria ou outros direitos podem mudar

A 19ª edição do Anuário Estatístico da Previdência Social (AEPS), divulgado no ano passado, aponta que a Previdência Social atingiu 60,2 milhões de contribuintes em 2010. Desse total, a maioria são de trabalhadores com carteira assinada, que automaticamente acabam sendo filiados à Previdência Social, e tem descontado 8% do salário. Já quem trabalha por conta própria precisa se inscrever e contribuir mensalmente para ter acesso aos benefícios previdenciários. São segurados da Previdência Social os empregados, os empregados domésticos, os trabalhadores avulsos, os contribuintes individuais e os trabalhadores rurais. Até mesmo quem não tem renda própria, como as donas-de-casa e os estudantes, pode se inscrever na Previdência Social. Para se filiar é preciso ter mais de 16 anos. O trabalhador que se filia à Previdência Social é chamado de segurado. Inscritos como contribuintes individual estão as pessoas que trabalham por conta própria (autônomos) e os trabalhadores que prestam serviços de natureza eventual a empresas, sem vínculo empregatício. São considerados contribuintes individuais, entre ou-

tros, os sacerdotes, os diretores que recebem remuneração decorrente de atividade em empresa urbana ou rural, os síndicos remunerados, os motoristas de táxi. Já todo o trabalhador que presta serviço na casa de outra pessoa ou família, desde que essa atividade não tenha fins lucrativos para o empregador, pode se cadastrar como contribuinte individual. São empregados domésticos: governanta, jardineiro e outros. São os trabalhadores rurais que produzem em regime de economia familiar, sem utilização de mão de obra assalariada. Estão incluídos

nesta categoria cônjuges, companheiros e filhos maiores de 16 anos que trabalham com a família em atividade rural. Também são considerados segurados especiais o pescador artesanal e o índio que exerce atividade rural e seus familiares. Segurado facultativo estão todas as pessoas com mais de 16 anos que não têm renda própria, mas decidem contribuir para a Previdência Social. Por exemplo: donas-de-casa, estudantes, desempregados. Independente da forma como o contribuinte está filiado ao INSS, ele possui direitos, conforme o box acima.

Jornal da Manhã

Parlamentares querem votar fator previdenciário Parlamentares e sindicalistas iniciaram nesta semana pressões para que o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, coloque em votação projeto que muda a aposentadoria. A proposta extingue o fator previdenciário -índice que reduz o benefício por tempo de contribuição de quem se aposenta cedo. A fórmula foi criada para estimular o adiamento do benefício, mas, na prática, isso não ocorreu. Os trabalhadores continuaram a se aposentar cedo, com valor menor, e optaram por continuar na ativa após receber o benefício. Além disso, há um agravante: em razão do fator, é impossível para o trabalhador programar sua aposentadoria. O índice muda -para pior- todos os anos, com a evolução da expectativa de sobrevida da população. Hoje, um homem com 60 anos de idade e 35 anos de contribuição tem fator 0,8668 (veja quadro). Porém um trabalhador com 55 anos de idade e 30 de contribuição não terá esse mesmo índice em cinco anos. O fator será menor -porque a expectativa de sobrevida da população tende a aumentar-, e seu impacto na aposentadoria, maior. A pressão pelo fim do fator aumentou há cinco anos. O Congresso chegou a aprovar sua extinção, mas o então presidente Lula vetou a proposta em 2010 por não haver um substituto para o índice.Agora as discussões voltam-se para o chamado fator 85/95, que já foi discutido anteriormente, mas acabou descartado. Como o governo não aceita o fim puro e simples do fator atual, a fórmula voltou a ser cogitada. A proposta é simples: aposentadoria integral quando a soma

Ademir Camilo

da idade do segurado com seu tempo de contribuição for 85, para mulheres, e 95, para homens. O tempo mínimo de contribuição (30 anos, para mulheres, e 35, para homens) seria mantido. A mudança valeria só para os trabalhadores da ativa. O problema é que o governo, que já deveria ter apresentado uma contraproposta mais próxima do que considera viável do ponto de vista orçamentário, não conseguiu finalizar o texto até agora. Além disso, o Ministério da Previdência já fala que medidas provisórias podem emperrar as votações e levar a discussão para setembro. O relator do fator 85/95, deputado Ademir Camilo (PSD-MG), entretanto, afirma que Marco Maia será cobrado para manter o acordo de votação até o dia 10 de agosto."Temos acordo com as lideranças. Se o governo não apresentar um novo texto, pode fazer ajustes no nosso." A CUT e a Força Sindical também prometem pressionar pela votação.


Geral

Jornal da Manhã

TRÂNSITO

Motoristas continuam respeitando a faixa

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

5

Contran prorroga prazo para capacitação de mototaxistas

Tanto condutores quanto pedestres confirmam que o respeito ao sinal de trânsito continua sendo marca do município Ontem, a seção de Ensino e Treinamento do Comando da Brigada Militar de Ijuí divulgou que nos primeiros seis meses deste ano as guarnições do Policiamento Ostensivo do 29º Batalhão da Brigada Militar atenderam a 394 acidentes de trânsito nas vias de Ijuí. Destes, 163 resultaram com danos materiais, duas mortes (ho-

micídios culposos) e 229 lesões corporais. Durante a semana, o Comando da Brigada Militar de Ijuí já havia divulgado a contagem dos acidentes de trânsito do tipo atropelamento, ocorridos no município nos primeiros sete meses deste ano e que foram atendidos pela BM. De acordo com o levantamento,

21 pessoas foram atropeladas, um número 19,23% menor que o mesmo período do ano passado, onde foram registrados 26 atropelamentos. A Brigada, no entanto, não constatou quantos desses atropelamentos ocorreram nas faixas de segurança. Por este motivo, o Grupo JM foi às ruas e perguntou aos pedestres e condutores:

Você acha que os condutores ijuienses ainda respeitam as faixas de segurança?

Daltro Lucchese - Aposentado

Juliana Sanches - Estudante

Tatiane Simon - Vendedora

"Na minha opinião, as pessoas continuam respeitando as faixas de segurança, pois o que vejo quando viajo é que todos citam Ijuí como exemplo nesta parte das faixas de segurança."

"Aqui, os motoristas respeitam, porque na minha cidade, eles não respeitam muito. Lá os motoristas param em cima da faixa e aqui é bem diferente."

"Eu acho que aqui as pessoas continuam respeitando a faixa de segurança, pois comparando com outras localidades, aqui é muito bom."

Eliane Nascimento Professora

Edgar Gieseler Corretor de imóveis

José Renato Moraes Professor

"Eu não sou natural de Ijuí, faz seis anos que estou aqui e já morei em várias cidades, e eu acredito que ainda as pessoas respeitam a faixa aqui."

"Eu respeito as faixas tanto como condutor quanto como pedestre, pois tem alguns motoristas que abusam e tem alguns pedestres que são preguiçosos."

"Já teve época que foi melhor, embora em algumas faixas, como na Praça, existe essa respeitabilidade e é uma cultura que Ijuí não deve perder."

Motociclistas profissionais terão prazo até fevereiro

Foi prorrogado, pela terceira vez, o prazo para que motoboys e mototaxistas realizem curso de capacitação. O novo prazo, que foi estendido para 2 de fevereiro de 2013, foi concedido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e publicado no Diário Oficial da União (DOU). O prazo anterior terminaria hoje e foi estendido para que todos os profissionais tenham tempo hábil para se adequar à legislação. Até sábado passado, o curso já havia capacitado 1,1 mil motofrentistas e 368 mototaxistas, dos 350 mil motocilcistas profissionais do Estado. Motoboys e mototaxistas

que não se adequarem receberão, a partir de fevereiro, multa com valor mínimo de R$ 191,54. Também foi ampliado o número de instituições capacitadas para realizarem o curso. Com a resolução, as aulas também podem ser aplicadas nas modalidades presencial e semipresencial. Poderão oferecer os cursos de capacitação o Serviço Social do Transporte (Sest), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), Centros de Formação de Condutores (CFCs) e entidades de ensino, desde que comprovem capacidade técnica.

Seinfra e Dnit firmam acordo de R$ 21 milhões O secretário de Infraestrutura e Logística do RS, Beto Albuquerque, e o diretor de Infraestrutura Aquaviária do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), Adão Proença, assinaram na quinta-feira o termo cessão dos equipamentos da Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH) – parque de dragagem e embarcações de apoio operacional e carreira - para que sejam recuperados pelo Dnit. A cessão de uso do maquinário faz parte do convênio de gestão compartilhada entre União e Estado

para a modernização do sistema hidroviário no RS, assinado no início do ano, que prevê investimentos iniciais na ordem de R$ 21 milhões. Do total de recursos, R$ 12 milhões serão aplicados na recuperação das máquinas e R$ 9 milhões no projeto de balizamento e sinalização noturna, que já está em processo licitatório. "Este é um projeto prioritário. O nosso governo e a gestão compartilhada irá otimizar os recursos, racionalizar projetos e tornar nossas hidrovias mais competitivas", disse o secretário.


6

Opinião

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Editorial  

O

Jornal da Manhã

ENTREVISTA Luiz Antonio de Assis Brasil

Título na berlinda

Secretário de Estado da Cultura

tradicional título que Ijuí mantém relativo ao respeito às faixas de segurança tem sido alvo de questionamentos. Trata-se da mudança diária de hábitos de pedestres e motoristas. Nas faixas centrais, a maioria dos motoristas ainda dá a vez ao pedestre, mas a alta demanda de carros no Centro tem feito crescer significativamente os acidentes na faixa. Enquanto alguns motoristas param, outros acabam seguindo, o que pode provocar o atropelamento, caso o pedestre não esteja atento. Na realidade, a confiança exagerada ao atravessar a faixa é sinônimo de perigo. Mesmo tendo o direito, por outro lado, os motoristas reclamam que muitos pedestres atravessam sem olhar, sem se preocupar com o trânsito. É um risco que se corre. Assim como Em uma coisa os motoristas pedestres e motodevem parar e ristas concordam: dar a passagem o respeito à faixa na faixa, os peé uma questão destres precisam cultural que Ijuí estar antenados e não pode perder. atravessar a rua E é exatamente nesse ponto que concentrados no entra o papel da trânsito e não ficidadania, ou seja, car "desfilando". a faixa tem que ser respeitada por todos os agentes. Assim como os motoristas devem parar e dar a passagem na faixa, os pedestres precisam estar antenados e atravessar a rua concentrados no trânsito e não ficar "desfilando". Mas, infelizmente, também é unanimidade entre os ijuienses que o respeito existe apenas nas faixas do Centro, nos bairros, além de serem poucas, não são respeitadas pelos motoristas. A crescente demanda de veículos e de pedestres exige que a população ijuiense mude seus hábitos no trânsito. Além da questão da faixa, dar a vez a outros veículos é adotar uma postura de motorista cidadão. Cabe à Coordenadoria de Trânsito reforçar seu papel de agente fiscalizador junto às faixas, para que essa marca, de respeito, não deixe de existir em Ijuí. Por outro lado, os próprios ijuienses também têm papel fundamental, além de respeitar a sinalização, repassar essa cultura às futuras gerações de pedestres e motoristas. Caso não haja uma postura agora, o aumento no número de veículos pode tornar o trânsito um caos, e num futuro próximo. Educação para o trânsito é lição que deve ser aprendida e reciclada para ser colocada em prática todos os dias. É essa a qualidade de vida que os ijuienses merecem, um trânsito de respeito e que sirva de exemplo para os demais municípios.

"

"

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORA JORNALÍSTICA SENTINELA LTDA.

CNPJ: 87.657.854/0001-23

Rua Albino Brendler, 122 Centro - Ijuí/RS Fone/Fax: 55-3331-0300 C.Postal 518 CEP 98.700-000 www.jmijui.com.br

O secretário de Estado da Cultura, Luiz Antônio de Assis Brasil, esteve em municípios da região avaliando os editais que estão abertos voltados à cultura e à modernização das bibliotecas. Em Santo Ângelo, o secretário participou da abertura da Semana Cultural.

"Estamos constatando e avaliando os editais que estão abertos e que favorecem a cultura'" Qual é o objetivo da visita na região Noroeste? O nosso objetivo com esta visita é o conhecimento da realidade cultural, das quais temos informações. Essas comunidades têm um grande contato com a cultura, portanto, viemos ver mais de perto. Também estamos constatando e avaliando os nossos editais, que estão abertos e que favorecem a cultura, mais particularmente o nosso edital de modernização de bibliotecas, ao qual temos experiências muito interessantes. Na manhã de quinta-feira estive em São Miguel das Missões e lá encontrei uma das bibliotecas, a municipal, que foi apoiada pelo edital. Nela verificamos como o recurso foi bem empregado e o quanto a comunidade está motivada. Da mesma maneira fizemos em Coronel Barros, onde nos encontramos com a comunidade. Fomos especialmente para a biblioteca pública para avaliar o emprego desses recursos que foram disponibilizados pela Secretaria da Cultura. Como é vista a questão relacionada aos editais e também à cultura em nossa região em relação aos valores? No ano passado trabalhamos principalmente com recursos do Estado, tanto que esse edital de modernização de bibliotecas que estamos analisando nesta visita, é o que propomos em 2011. Neste ano estamos com editais abertos na área de cultura e biblioteca junto ao Ministério da Cultura. Esse recurso pode parecer pouco para uma realidade urbana, de capital, mas pelo que via na região, em São Miguel das Missões, o recurso de R$ 20 mil foi muito bem empregado e está correspondendo a tudo aquilo que era esperado, pois o município soube fazer render e melhorar as condições da biblioteca. Como é vista a Lei de Incentivo à Cultura, ela pode ser ampliada? A Lei de Incentivo à Cultura surgiu num contexto neoliberal, em que de certo modo o Estado se encolhia e deixava as grandes empresas tomar conta. Estamos, sim, apoiando essa Lei de Incentivo à Cultura do Estado, com a qual trabalhamos e que significa os descontos do ICMS. Claro, não estamos pensando apenas Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Debora Wenningkamp redacao@jornaldamanhaijui.com

nisto, estamos pensando em ir além, especialmente estamos concretizando neste ano os editais correspondentes a um aporte do tesouro do Estado por determinação do governo estadual, no valor de R$ 10 milhões. Estamos trabalhando com o fundo de apoio à cultura e me parece que com ele é possível fazer política pública direcionada aos propósitos que norteiam uma política cultural pública. Existe algum investimento previsto para a região? Não estamos a rigor priorizando nenhuma região, mas todas são bem-vindas, habilitando-se nos diferentes editais que temos aberto, me parece muito significativo, principalmente aqueles de bibliotecas, de pontos de cultura e também nos agentes de leitura. Os editais estão abertos, esse é o momento da comunidade e as prefeituras se mobilizarem, porque há também edital de apoio às Feiras do Livro.

sugerindo para "queEstamos os municípios invistam

ao menos 1% do seu orçamento para a cultura, que é o recomendado pela Unesco. Sempre que podemos, alertamos os municípios sobre a responsabilidade da cultura.

"

O governo do Estado repassa diversos recursos para os municípios para investimentos em cultura. Qual é o papel dos municípios para colocar isso em prática? Estamos esperando que os municípios implantem o seu conselho municipal de cultura que estabeleça seu plano e que instituam seus fundos municipais. Através de três instituições, o município se habilita à recepção de editais e outras vantagens que não são apenas do Estado e sim especialmente do governo federal. Acredito que o papel do município neste momento é de instituir seu conselho, para que a partir de uma conferência municipal de cultura, e a partir daí o diálogo se torne muito mais facilitado e especialmente o

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 comercial@jornaldamanhaijui.com Assinaturas: (55) 3331-0315 assinaturas@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários Depto. de Circulação: N. W. Com. Logística e Dist. de Jornais e Revistas Ltda ME

acesso aos recursos federais e estaduais. O que acontece nos casos em que os municípios acabam não explorando a cultura? Estamos sugerindo para que os municípios invistam ao menos 1% do seu orçamento para a cultura, que é o recomendado pela Unesco. Sempre que podemos, alertamos os municípios sobre a responsabilidade da cultura e que as comunidades se mobilizem para obter da prefeitura uma cópia orçamentária que não seja menor que 1%. Esse é o grande propósito, há municípios, como o caso de Canoas, que está trabalhando com mais de 2% para a cultura, o que significa muito em relação ao plano nacional. Como é formado o edital aberto neste ano? Até 31 de agosto estão abertas as inscrições para o edital 2012 de Modernização de Bibliotecas Públicas. Os recursos provenientes de convênio entre o Ministério da Cultura (MinC) e Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) contemplarão 100 bibliotecas, em cidades de até 10 mil habitantes, com valores de R$ 20 mil cada unidade; e 25 bibliotecas em cidades com população acima de 10 mil habitantes, com valores de R$ 55 mil cada unidade. O projeto promove a modernização de espaços culturais dinâmicos de bibliotecas públicas, assegurando a organização de registros bibliográficos e democratizando o acesso ao livro, à leitura e à literatura para setores expressivos da comunidade do Rio Grande do Sul. Fez parte da agenda a participação na abertura da Semana Cultural de Santo Ângelo, o que foi possível perceber nesse município? A partir de políticas públicas bem orientadas, Santo Ângelo conseguiu estabelecer a tríade que se espera de todos os municípios brasileiros: o Conselho, o Plano e o Fundo de Cultura. Preenche todas as condições para integrar-se ao Sistema Nacional e ao Sistema Estadual de Cultura. Analisando a programação da semana, percebi como contempla todas as manifestações artísticas, e tem que ser assim, pois cultura é um idioma universal que pertence a todos.

Impressão em Off-Set rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 Fone: 3331-0318 / 3331-0320 (após às 18h) - Ijuí/RS grafica@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS: Semestral: R$150,00 Anual: R$300,00 Correio Semestral: R$300,00 Correio anual: R$ 600,00


Geral

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

7

GREVE FEDERAL ALEXANDRE GARCIA Jornalista

PETROBRAS & MERCOSUL O que há em comum entre Petrobras e Mercosul? A Petrobras, símbolo do Brasil, sempre foi uma empresa de resultados, mas agora aparecem alguns tropeços feios. No governo Lula, fez uma parceria com a petroleira venezuelana PDVSA, para construir uma refinaria em Pernambuco. De nome Abreu e Lima, proposto por Chavez, porque foi um pernambucano que teria lutado com Bolívar. A Venezuela até agora não entrou com um centavo, e o custo saltou de 2,3 bilhões de dólares para 20,1 bilhões; era para ser entregue em 2010 e agora fala-se em 2014. Não foi um projeto empresarial, mas uma ação entre amigos - Chavez e Lula. A atual presidente da Petrobras afirmou que a lição deve ser aprendida, para que isso nunca mais se repita. No Rio, um complexo petroquímico prevê duas refinarias e um polo petroquímico. Era para começar a produção em 2011, mas só vai terminar tudo em 2018. E o pior: a Petrobrás comprou dois geradores de mais de 1000 toneladas de peso. Chegaram da Itália e estão no porto do Rio, mas não podem sair de lá. Não há possibilidade de transporte rodoviário para eles e não há calado suficiente para transportá-los por água. Um fiasco logístico. Comprou e não sabe carregar. Isso sem falar no fiasco do lançamento do petroleiro João Cândido, para fazer festa em 2010. Com perigo de afundar, o navio voltou para o estaleiro e só ganhou o mar em maio deste ano, com dois anos de atraso. A Transpetro encomendou 22 ao mesmo estaleiro, em Pernambuco, terra de Lula, para estimular por lá a indústria naval, mas o parceiro coreano, a Samsung, caiu fora. O Mercosul, por sua vez, embora com mais de 40 anos desde que surgiu como Associação Latinoamericana de Livre Comércio, agora está com 21 anos com o novo nome, mas ainda não chegou a maioridade de um livre comércio; é apenas uma união aduaneira cheia de barreiras, principalmente por parte da Argentina em crise. Sem cumprir normas e regras do Tratado de Assunção, de 1991, como a Venezuela abrir-se para produtos brasileiros, a liberação do comércio e a adoção de uma tarifa externa comum, admite-se o país de Chavez, um estatizante. Com isso, abrem-se as portas para a Bolívia, o Equador, o Suriname. E, como se vê pela retração da Comunidade Européia, fecham-se portas maiores. Alguém vai querer negociar com um empreendimento que tenha Chavez como sócio? Perceberam, já, o quanto há de comum entre o Mercosul e a Petrobras? Duas potências econômicas que deveriam seguir princípios do mercado e da economia e ater-se a considerações técnicas, foram contaminadas pela política/ideológica pequena, atrasada, desatualizada do mundo. A retórica das soluções sociais e políticas se impôs sobre a realidade econômica. A Petrobras é uma empresa do estado brasileiro, não de um governo que possa usá-la. O Mercosul é resultado de um Tratado entre estados, não entre governos, nem pode ficar jungido aos presidentes de turno. Nos dois casos, misturar com política pequena significa apequenar o que poderia ser grande.

Ufrgs define tempo de vigência de cotas para 10 anos Reserva de 30% das vagas será mantida para candidatos egressos de escola pública A reunião do Conselho Universitário (Consun) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) para discutir a ampliação de vagas para cotistas e o reforço nas políticas de permanência desses estudantes se estendeu além do tempo previsto e acabou interrompida por volta das 15h desta sexta. Os cerca de 70 integrantes do Consun aprovaram a manutenção do sistema de cotas da instituição por mais dez anos - até 2022. Por 41 votos a 25, o colegiado também definiu manter o percentual atual de reserva de vagas de 30% para candidatos egressos da escola pública. Após a votação, a reunião foi suspensa e os demais pontos do relatório que vai

nortear as diretrizes da política de ações afirmativas da universidade devem ser votados na sexta-feira da semana que vem. O reitor e presidente do Conselho marcou nova sessão para o próximo dia 10 de agosto. O que os alunos pedem agora é a desvinculação das cotas raciais e sociais. Os estudantes defendem que metade das cotas seja destinada a alunos oriundos do ensino público e o restante a autodeclarados negros, mesmo que tenham estudado em escola particular. Na última quinta, estudantes se mobilizaram e ocuparam o prédio da reitoria da Ufrgs para tentar garantir que a reunião ocorresse. Havia boatos, segundo os alu-

nos presentes no local, de que o movimento de direita da universidade tentaria impedir que a reunião ocorresse. Sentados no saguão, em silêncio, eles acompanharam em um computador os trâmites do encontro. Segundo a assessoria de comunicação da Ufrgs, a permanência das vagas de cotistas é um consenso geral e o que está sendo discutido é a ampliação do programa. Desde 2007, as cotas da universidade estavam fixadas em 30%, privilegiando tanto os estudantes oriundos do ensino público, quanto os negros, com vigência de cinco anos. Para manter a política da instituição, o Conselho aprovou a permanência de reserva de cotas, mudando apenas o tempo de vigência.

Dona Leopoldina realiza projeto Educar e Abraçar Alunos do Pré 1 do turno da tarde, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Dona Leopoldina realizaram ontem a Exposição Passeio. A professora da turma, Lilian Shirlei Fabrim Pinto, conta que o trabalho foi feito a partir de uma releitura da obra Passeio Dois, da artista gaúcha Cristiane Marcante. A professora explica que cada aluno levou para casa uma boneca e foi solicitado que, com a ajuda da família, realizassem o trabalho, vestindo a boneca e criando uma bicicleta para ela. Lilian destaca que surgiram trabalhos muito bonitos e que a maioria das famílias se engajou na atividade. A atividade faz parte do projeto Educar e Abraçar, através do qual os alunos foram estimulados com atividades físicas, brincadeiras e movimento. Antes da exposição, a turma, de 20 alunos, já havia realizado, no início do ano letivo, a tarde da bicicleta. A professora conta com a ajuda da auxiliar Luana Matter Cargnelutti.

Alunos fizeram uma releitura da obra Passeio Dois, da artista gaúcha Cristiane Marcante

Alunos participam de reflexão O Centro de Educação Básica Francisco de Assis - EFA – oportunizou reflexão com alunos dos Anos Finais e Ensino Médio sobre a importância dos estudos diários na formação do bom estudante. Organizados em dois grupos, o dos que tiveram bom desempenho escolar e o dos que ainda precisam estudar mais, dedicando-se e se esforçando para atingir a meta estabelecida, a dinâmica envolveu o debate acerca das escolhas que se faz, da forma como se estuda, dos objetivos e metas que cada um se coloca e sobre a vida, que é única para cada um. Segundo Rosane Nunes Becker, coordenadora pedagógica, estudar exige mais do que paciência e força de vontade. "Estudar requer também, muita disciplina e o domínio de algumas técnicas, às vezes,simples, para que o aprendizado seja feito com a máxima eficiência e o mínimo de tempo. É uma questão de reeducação de hábitos, de mudar a rotina diária para retomar, ler e refazer o já visto, de exercitar a leitura e a escrita e a pergunta como poderosos instrumentos de apropriação de conhecimentos”. De acordo com a coordenadora pedagógi-

ca, os pais também podem ajudar nesta tarefa de incentivo à formação de sujeitos leitores e escritores: envolvendo-se na vida escolar dos filhos; fazendo perguntas sobre o que aprendeu e como isso pode ser importante na sua vida, dando o exemplo pelo consumo de livros, jornais, revistas e promovendo cultura pelo hábito de boas músicas, bons filmes, participando de bons espetáculos.Ela ainda dá mais algumas dicas: "Mostre a seu filho, a sua filha que são capazes de solucionar problemas, em lugar de resolver por eles. Não pressione. Pai/mãe fiscal não funciona. Fique atento(a) nas datas de avaliações. Leveas em conta na hora de programar viagens e atividades familiares. Seja tolerante com erros. Tente fazer com que seu filho/sua filha aprenda com eles. Tire proveito do vínculo de seu filho/de sua filha com os amigos. Convide-os para assistir a um filme ou a um show que possa ser relacionado aos assuntos escolares.Antes de recorrer a aulas de reforço escolar, veja se o jovem é capaz de superar a deficiência sozinho. Assim, teremos da família e da escola o cumprimento de suas funções de educar", finaliza.

SEG está com inscrições abertas O SEG – Colégio Frei Matias está com as inscrições abertas para o curso Técnico em Segurança do Trabalho, com aulas de segunda a quinta-feira, à noite. O profissional desta área está apto para atuar em empresas com obrigação legal de constituir o Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho, como empresas comerciais e industriais de médio e grande porte, hospitais, prefeituras, entidades de serviços, instituições de ensino, empresas de consultoria, entre outros. O curso possibilita ao aluno a identificação dos determinantes e condicionamentos do processo saúde-doença e a aplicação de normas de biossegurança, bem como dos princípios e normas de Higiene e Saúde pessoal e ambiental. Ao ingressar em um curso do SEG, o aluno usufrui do sistema de encaminhamento para o mercado de trabalho. Mais informações podem ser adquiridas no Colégio Frei Matias, localizado na Rua 24 de Fevereiro, 434, pelo telefone 55 3332.8839 ou no site www.estudeseg.com.br.


8

Geral

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Jornal da Manhã

ELEIÇÕES 2012

JM inicia série de entrevistas com candidatos a prefeito de Ijuí A partir da próxima terça-feira, eleitor poderá conhecer as propostas dos postulantes à prefeitura para vários setores O Grupo JM de Comunicação dá início, na próxima semana, a mais uma edição do Palanque JM. A série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Ijuí começa na terça-feira e segue até o dia 21 de setembro. As regras da proposta desenvolvida pelo Jornal da Manhã e Rádio JM foram acordadas em reunião na quarta-feira à tarde, na sede do JM, com os representantes das coligações Frente Popular Trabalhista (PDT, PT, PRB, PPS, PTB e DEM) e União por Ijuí (PCdoB, PP, PMDB, PSDB, PSB e PSD). Durante o encontro, também ocorreu o sorteio que definiu a ordem dos temas e o cronograma de entrevistas. O Painel será aberto pelo

candidato à reeleição Fioravante Ballin (PDT) na terça-feira. Na quinta, será a vez de Junior Piaia (PCdoB). A primeira rodada tem como tema Infraestrutura Urbana e Trânsito (veja ao lado o cronograma completo do Palanque JM). As entrevistas vão ao ar nas terças e quintas-feiras, ao vivo, na Rádio JM - AM 1340, sempre às 9h, e têm duração de meia hora. O coordenador de Jornalismo do Canal da Informação, Mateus Tamiozzo, explica que os eleitores também poderão acompanhar as entrevistas pela internet, ao acessar www.jmijui.com.br e clicar no link Estúdio ao Vivo ou Web TV. As propostas apresentadas pelos candidatos também serão divulgadas em reportagens do

Representantes das duas coligações assinaram o acordo nesta semana

Jornal da Manhã, às quartas e sábados. A editora do JM, Debora Wenningkamp, comenta que o Palanque JM é uma iniciativa do Grupo, que visa conceder espaço igualitário aos candidatos para apresentação de seu Plano de Governo. "A proposta do Palanque JM é, essencialmente, apresentar de forma pública e em igualdade de espaço as propostas dos candidatos à prefeitura do município de Ijuí. O painel trará perguntas sobre temas iguais a cada um dos candidatos, permitindo que eles apresentem, em resumo, as suas ideias e posicionamentos a respeito de questões fundamentais para o município", disse Debora destacando que o painel segue as determinações da Justiça Eleitoral. O painel também concede espaço para os vices, Ubirajara Teixeira (Bira), da FPT, e Rubem Härter, da União por Ijuí, apresentarem suas ideias sobre os temas propostos, além das considerações sobre o papel do vice no governo municipal. Paralelo ao Palanque, o Grupo JM acertou a realização de dois debates eleitorais entre os candidatos, nos dias 6 e 28 de setembro. Os dois confrontos ocorrem na Associação Comercial e Industrial (ACI) de Ijuí, das 9h às 11h, com transmissão ao vivo da Rádio JM.

Seções eleitorais mudam de lugar O eleitores devem conferir os locais de votação para o pleito de outubro. A Justiça Eleitoral realizou algumas alterações para facilitar o pleito. Segundo a técnica judiciária da 23ª Zona Eleitoral, Leda Marli Hess, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) determinou a alteração de locais de votação, bem como a aglutinação de seções. A servidora esclarece que as mudanças visam facilitar o andamento do pleito. "Muitas seções estavam localizadas em propriedades privadas, onde ocorrem festividades. E nesta mesma região também existem espaços públicos, por isso, foi feita a adequação, facilitando o andamento da eleição.Além disso, locais como escolas, por exemplo, permitem uma separação mais apropriada das seções eleitorais", esclarece destacando que todas as mudanças de seções são para locais próximos (confira mudanças no quadro ao lado). Em Catuípe, duas seções (11 e 32) que estavam no Salão

CONFIRA AS MUDANÇAS NAS SEÇÕES DE IJUÍ SEÇÃO 299 104 38 e 226 23 e 162 153 e 154 26 e 228

ANTIGO LOCAL Penitenciária Campus Unijuí CTG Laureano Medeiros CTG Farroupilha Clube Ijuí Ginásio Muncipal

Paroquial passaram para Escola Municipal de Ensino Fundamental Girassol. Nos seis municípios que intergram a 23ª Zona (Ajuricaba, Bozano, Catuípe, Coronel Barros, Ijuí, e Nova Ramada) a Justiça Eleitoral efetuou a aglutinação de algumas seções eleitorais. Conforme Leda, como se trata de um pleito que envolve apenas dois votos, para prefeito e vereador, será uma eleição rápida. "Por isso, algumas seções foram unificadas, diminuindo assim os custos do pleito e a utilização de mesários", disse a técnica esclarecendo que em pleitos municipais é possível receber até 560 elei-

NOVO LOCAL Escola Luiz Fogliatto Escola Carlos Zimpel Sede-Fidene Escola N. Sra. da Penha CEAP Imeb

tores em uma única seção. Esta readequação foi providenciada nas cidades da Zona, diminuido o número de seções. Na região, foram 67 unificações, passando para 242 seções, sendo 172 apenas em Ijuí. "Esta mudança agiliza a organização do pleito, já que são necessários quatro mesários por seção", finaliza. Até o final do mês, a 23ª Zona Eleitoral deve receber novas urnas que serão disponibilizadas na sede do Cartório. No entanto, a Justiça trabalha com um tempo médio baixo de votação. "Alguns demoram um pouco mais, mas a média é de rapidez extrema, cerca de 6 segundos", projeta Leda.

Renúncias e indeferimentos chegam a 16 na região As informações no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até a noite de ontem apontavam que, juntas, as 17ª, 45ª, 23ª, 115ª e 155ª Zonas Eleitorais tinham nove pedidos de renúncias de candidatos e sete indeferimentos (com ou sem recurso) de candidaturas de vereadores para as eleições de outubro. Ijuí, Jóia, Condor, Cruz Alta, Catuípe, Santo Ângelo e Panambi tiveram registros desta espécie. Entre os pedidos de renúncia de candidatura estão Álvaro Luiz Quadros Viana (PSC), de Jóia, Eunice Cristina Pereira Martins (PDT), de Condor, Sandra Ivony Oliveira da Costa (PTB), de CruzAlta, e Cleber Roberto Goi (PDT), de Catuípe. Já em Santo Ângelo, foram quatro renúncias: Carmem Pereira Samuel (PT), Claudinei Adilson Hasse (PSD), Lenir Stocker Diel (PP) e Marcia Rudek (DEM). Em Ijuí, houve apenas um pedido, de Jorge José de Moura (PT). Em relação aos indeferimentos, Panambi conta com uma ação, protocolada contra o candidato

Ibanes Lima de Souza (PP), da coligação O Povo em Primeiro Lugar (PP, DEM, PSDB e PSD). Cruz Alta também conta com um candidato indeferido: trata-se de Nelson Rodrigues da Encarnação (PCdoB), da coligação entre PRB e PCdoB. Já em Santo Ângelo, são duas as situações de indeferimento de candidaturas. Claudir Diniz Garcia (PT), da coligação Frente Popular (PT, PR, PSB e PCdoB), teve sua candidatura impugnada, mas ainda tem possibilidade de recurso. A outra situação se refere a Luis Carlos Gonçalves dos Santos (PDT), da coligação Avança Santo Ângelo (PDT e PPL). Por sua vez, Ijuí é o município com o maior número de candidaturas indeferidas, mas todas com possibilidade de recurso. São três: Dorvalino Frains de Lima, o Baixinho (PPS), da Frente Popular (PT, PTB, PPS), Magnos Alfredo Mühlbeier (PCdoB), da União por Ijuí (PCdoB e PSB), e Sérgio Augusto Berno (PMDB), da União por Ijuí (PMDB e PSDB).


Geral

Jornal da Manhã

CONSUMIDOR

Passageiros devem ficar atentos aos bilhetes Ser transportado com pontualidade, segurança, higiene e conforto são direitos dos consumidores durante viagens terrestres Os passageiros devem ficar atentos aos seus diretos antes de escolher a empresa pela qual viajarão. O primeiro direito é o de livre escolha entre as empresas de ônibus. Motoristas, funcionários e fiscais devem tratar o passageiro com respeito e cortesia. A poltrona deverá apresentar as mesmas condições especificadas no bilhete de passagem. Também é direito do consumidor receber serviços adequados, como ser transportado com pontualidade, segurança, higiene e conforto, do início ao fim da viagem. Quanto às passagens, o bilhete tem validade de um ano ao contar a partir da data de emissão, sendo possível também comprar um bilhete com a data de viagem em aberto, mas o passageiro deve ficar atento, porque se o bilhete não for utilizado em um ano, a contar da data da sua emissão, estará sujeito a reajuste de preço.

Os passageiros devem receber serviço adequado do início ao fim da viagem

E ainda, segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), no caso de desistência da viagem, o passageiro poderá receber o valor pago ou revalidar a passagem, desde que comunique o fato com, no mínimo, 3h de antecedência, no caso de desistência, e a empresa de ônibus poderá reter até 5% do

valor da passagem, a título de multa compensatória. Nas situações em que o cliente/ passageiro se sinta prejudicado, deve entrar em contato com a ANTT através da ouvidoria pelo telefone 0800 61 0300, e-mail ouvidoria@antt.gov.br, site www. antt.gov.br (fale conosco) ou escritórios regionais.

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

9

Inspeção veicular deve mudar em janeiro de 2013 Através de fiscalização do transporte intermunicipal de passageiros, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), em Porto Alegre, que coordena 17 superintendências regionais do Estado, com presença nas rodoviárias de maior movimento ou em ações de blitz realizadas periodicamente, fiscalizando também estações rodoviárias, transportes de linhas regulares, fretamento e turismo. Para o diretor de Transportes Rodoviários do Daer, Saul Sastre, a função do Daer é fazer cumprir a lei. “Por exemplo, quando a fiscalização detecta superlotação, ela autua a empresa”, revela. Quanto aos passageiros ficarem em pé dentro do transporte intermunicipal, ele afirma que é permitido somente na modalidade comum. Segundo Saul, o Daer possui 120 agentes que fazem a fiscalização. “No transporte regular, são 1.800 linhas, e no Fretamento e Turismo, possuem 17.000 veículos”, acrescenta. No caso de Fretamento e Turismo, o diretor de Transportes Rodoviários acredita que os clientes devam questionar aos transportadores se o veículo possui laudo de inspeção técnica

em dia e se o seguro está pago. “No caso do transporte regular (linhas) os passageiros devem utilizar o cinto de segurança”, diz Saul Sastre. Quanto à fiscalização do uso de cinto de segurança, Saul afirma que é o próprio Daer e as Polícias Rodoviária Estadual e Federal que fiscalizam os meios de transporte. Passageiros de transporte turístico devem ficar atentos à fiscalização veicular. “Mas a partir de janeiro de 2013, todos os laudos de inspeção veicular serão emitidos por organismos credenciados pelo Inmetro, o que trará mais segurança aos passageiros”, revela o diretor. Enquanto não entra em vigor as novas exigências para o Laudo de Inspeção Técnica, a Diretoria de Transportes Rodoviários do Daer adotou medidas complementando as requisições contidas no laudo, isso é válido até janeiro de 2013, até que os organismos credenciados pelo Inmetro possam realizar a inspeção veicular. Sastre lembra que, diante de irregularidades, o passageiro pode fazer denúncia no setor de ouvidoria do Daer, através do telefone (51) 3210-5018 ou pelo e-mail ouvidoria@daer.rs.gov.br.


10

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Geral

INFRAESTRUTURA

Apenas 9% dos municípios já têm Plano de Resíduos Presidente da CNM não concorda que os prazos para elaboração tenham sido estabelecidos em datas idênticas para todos os municípios Encerrou-se na quinta-feira o prazo para que os Estados e municípios brasileiros elaborem seus Planos de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. Estudo realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) junto a 3.457 cidades (62,14%) mostra que apenas 314 (9,08%) atenderam à obrigação legal. Conforme o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, a pesquisa indica que, do total, 49,08% dos municípios não deram início à criação dos planos em razão de inexistência de equipe técnica, falta de recursos financeiros ou por estarem aguardando a liberação de verbas prometidas pelo governo federal. “Daqueles que estão fazendo seus planos, 61% custeiam integralmente a iniciativa, e 39% receberam ou aguardam recursos advindos de convênios”, acrescenta. A CNM contatou todos os 5.563 municípios através de telefone, fax ou e-mail. Destes, 3.457 responderam às questões formuladas, “o que torna esta amostra extremamente significativa, pois temos informações de todos os Estados da federação e de todos os tamanhos de municípios”, destaca Ziulkoski. Dos 496 municípios gaúchos, 390 foram pesquisados, o que representa 78,63%. Desses, apenas 6,5% concluíram o plano

no tempo hábil. O presidente da CNM não concorda que os prazos para elaboração tenham sido estabelecidos em datas idênticas para Estados e municípios, “pois o correto e ideal é que haja integração entre as propostas e fixação de prazo para a União elaborar o Plano Nacional de Resíduos Sólidos”, defende Ziulkoski. “Há necessidade urgente de um projeto que direcione os principais aspectos que devem ser seguidos, integrando-o à Política Nacional de Saneamento, que estabelece como prazo a data de 31 de dezembro de 2013 para a elaboração dos planos de saneamento”, ressalta. É também preocupação da CNM o fato de este ser o último ano do mandato dos atuais gestores, o que implica assegurar a inviabilidade de realização destes planos até o final do ano, pois os municípios estão envolvidos com as eleições municipais, e os prefeitos com o encerramento legal e financeiro de suas gestões. Ao mesmo tempo, não é possível ignorar que em 2013 os novos gestores estarão trabalhando com planejamento elaborado pela atual gestão e que os planos plurianuais por estes novos gestores propostos, estarão em vigor apenas em 2014. “Infelizmente, inverteu-se esta ordem natural das coisas e, ao

Paulo Ziulkoski

estabelecer prazo ao município, a União jogou o prefeito numa situação que certamente causará sérios problemas legais, administrativos e criminais”, adverte. A pesquisa comprovou que somente 338 municípios (9,7%) do universo pesquisado (3.457) conseguiram recursos federais. Ficou claro também, conforme a conclusão do trabalho da CNM, que mais de 70% que o fez ou o está fazendo não têm tido suporte técnico. “Assim como está a atual situação, nos próximos anos dificilmente eliminaremos os mais de 1.500 lixões existentes no País, porém, prefeitos condenados serão muitos”, sentencia.

Banco de Leite do HCI é modelo no RS O Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria lançaram, na quarta-feira, a Campanha Nacional de Amamentação 2012. O evento integra a 21ª Semana Mundial de Amamentação, que ocorre até o dia 7 de agosto, com comemorações em todo o País. A campanha tem como objetivo incentivar as mães brasileiras a amamentar até os dois anos ou mais e de forma exclusiva até o sexto mês de vida do bebê. O leite materno é um dos maiores aliados no combate à mortalidade infantil. Só na última década, o Brasil reduziu a taxa em 47%, graças a um conjunto de políticas públicas voltadas para a família, a gestante e a criança. O Rio Grande do Sul tem um dos piores índices de amamentação do Brasil. A média de aleitamento materno no Estado chega a apenas 23 dias, sendo que o mínimo recomendado é de seis meses. Com a intenção de incentivar o aleitamento materno e a doação do excedente, o Banco de Leite do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), único da metade Norte do Rio Grande do Sul, adquiriu recentemente um novo equipamento para a coleta de

leite materno excedente, que serve principalmente para a demanda da UTI Neo-Pediátrica da Instituição, referência para 120 municípios da macrorregião Missioneira. Atualmente, é coletado pelo banco de leite do HCI uma média de 40 litros/mês, sendo que o ideal seria o dobro. "A esgotadeira elétrica é mais uma forma de sensibilizar as mamães a fazer a doação e assim ajudar muitas crianças que necessitam desse alimento rico em anticorpos e proteínas", avalia a coordenadora do setor, enfermeira Mara Noll. Segundo ela, nos cursos de gestantes organizados pela equipe multidisciplinar do hospital, são repassadas todas as informações sobre o aleitamento materno, inclusive com treinamento específico de como proceder na coleta do excedente. Na semana passada, o Banco de Leite do HCI recebeu a visita da equipe responsável pela seção da saúde da criança da Secretaria Estadual da Saúde, que fez uma avaliação positiva do serviço prestado pelo hospital macrorregional. Segundo a nutricionista da seção

da saúde da criança do RS, Kátia Rospide, o banco de leite do HCI está de acordo com os procedimentos técnicos adotados pela rede nacional de bancos de leite. A representante do governo afirma que somente o leite excedente é doado: “Isso significa que não vai faltar para o filho da doadora e também vai servir de estímulo para a produção de mais leite, beneficiando o bebê, e é exatamente isto que estamos divulgando e estimulando nos hospitais referência como o HCI”, afirma. Este serviço pioneiro na região, recebe visitas de profissionais de outros hospitais do Estado que buscam orientações, já que o HCI é referência, em função da padronização dos procedimentos técnicos adotados pela rede nacional de bancos de leite. De acordo com Mara Noll, essa padronização também tem a finalidade de amamentar bebês prematuros internados na UTI Neonatal. A intenção do Banco de Leite do HCI é aumentar o número de doadoras cadastradas. Para tanto, disponibiliza serviço de transporte onde uma enfermeira vai até a residência da doadora, para fazer a coleta.

Jornal da Manhã

Zambon assume coordenação da Unimed Mercosul O presidente da Unimed Noroeste/RS, médico Leandro Roberto Oss Zambon, assumiu na semana passada o cargo de coordenador do Conselho Fiscal da Confederação de Federações de Cooperativas Unimed do Sul do Brasil (Unimed Mercosul). Com sede em Florianópolis, tem como finalidades a integração, a coordenação e a orientação de suas confederadas, no intuito de organizar e facilitar, em escala maior, a utilização recíproca dos serviços econômicos e assistenciais de interesse das mesmas. Como membros efetivos do Conselho Fiscal, acompanham o presidente Leandro Zambon, os médicos Daoud Nasser da Unimed Maringá/PR e Iris Xavier, da Unimed Curitibanos/SC. Já como suplentes, integram o Conselho Lecy Ferreira Mattos da Unimed Ponta Grossa/PR, Humberto Martins Fornari da Unimed Brusque/ SC e Neori Gusson da Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo/RS.

Leandro Roberto Oss Zambon

Para o médico Leandro Zambon, a Unimed Noroeste/RS estar representada dentro do Sistema Unimed é motivo de reconhecimento do trabalho que vem sendo desenvolvido e das estratégias do novo modelo de gestão adotado.

Equipe do Cerest Ijuí promove capacitação Os profissionais da saúde da rede básica de Rolador se reuniram na última quarta-feira na Câmara Municipal de Vereadores para debater sobre a saúde do trabalhador. A equipe do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador da Macrorregião Missioneira (Cerest – Ijuí) realizou uma palestra de capacitação e orientação para identificar acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. Durante o encontro foram apresentados o Cerest e suas atribuições. Os profissionais também foram orientados sobre o processo de notificação de acidentes e doenças. O técnico em segurança do

trabalho, Vandercleison Heusner, e a psicóloga do Cerest, Patrícia Felden Torma, ainda realizaram a apresentação do Sistema de Informações em Saúde do Trabalhador (Sist). “Entre os objetivos do encontro, estava mostrar a importância dessa notificação para criar um reflexo real dos acidentes de trabalho”, afirma o técnico em segurança do trabalho do Centro de Referência. Cerca de 30 profissionais participaram do evento. O Cerest da Macrorregião Missioneira realiza ações como esta ao longo de todo o ano, com intuito de informar e orientar os profissionais da saúde.

Justiça volta a proibir a venda do álcool líquido Foi publicada na última quartafeira, pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, decisão que garante à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o direito de cumprir a resolução que proíbe a comercialização do álcool líquido, em todas as suas formas, até o consumidor final. A resolução da agência estava suspensa por causa da ação movida pela Associação Brasileira dos Produtores e Envasadores de Álcool (Abraspea). A Abraspea chegou a ganhar em primeira instância, mas a Anvisa recorreu. Na sentença publicada essa semana, o juiz federal Márcio Barbosa Maia destaca que o álcool é inflamável e que, portanto, evitar acidentes em função da utilização do álcool líquido é mais importante

do que o uso do produto como desinfetante. Entidades como a Associação de Consumidores (Proteste), Criança Segura, Associação Médica Brasileira (AMB) e Associação Paulista de Medicina (APM) pressionaram para que a venda fosse proibida. A medida foi tomada devido ao alto número de acidentes domésticos que acontem por meio do álcool líquido. A supervisora institucional da Pro Teste, Poliana Carlos, afirma que mais de duas mil crianças já foram internadas por acidentes com fogo. "Em 2011, mais de 2,3 mil crianças foram hospitalizadas com queimaduras no Brasil e desse total 30% estavam ligadas a queimaduras por substâncias inflamáveis que inclui o álcool", afirma.


Política

Jornal da Manhã

CLÁUDIO HUMBERTO

de Brasília

“...o mais atrevido e escandaloso caso de corrupção da História” Roberto Gurgel, procurador-geral da República, definindo o mensalão do governo Lula Gurgel cita fato novo e pode retardar julgamento Foi considerada muito competente a denúncia do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, no julgamento do mensalão, mas ele optou pela ousadia ao apresentar como prova de corrupção passiva a votação da Lei de Falências, quando parlamentares receberam dinheiro para aprová-la. Isto não está na denúncia, nem nas alegações finais, e como fato novo levado ao julgamento, pode provar a sua suspensão. Contraditório Advogados de defesa estudam pedir terça-feira, em questão de ordem, a suspensão do julgamento no STF para oferecimento do contraditório. Ritmo definido O receio dos advogados é serem “atropelados” pela pressão do calendário já definido pelo STF, sofrendo nova derrota no plenário. Ouvidos atentos O “grupo paulista” de advogados “comeu mosca” no fato novo levado por Gurgel ao STF. Mais experiente, o “grupo brasiliense” o percebeu. Motobobo Ao fim da longa denúncia do procurador-geral Roberto Gurgel, ontem, concluise que Delúbio Soares era boy de luxo da Mensalão Delivery. MPF tem contas a ajustar com o ministro Toffoli Tem dois pés no passado a ameaça do Ministério Público Federal de acionar o ministro Dias Toffoli com base nas Leis dos Crimes de Responsabilidade, por atuar do julgamento do mensalão: no impeachment de Fernando Collor e no parecer dele, como ministro-chefe da Advocacia-Geral da União, contrário a que promotores e procuradores façam investigação criminal. O caso se arrasta no STF. Caminhos cruzados Um dos sabatinadores do ministro Toffoli ao Supremo, na Comissão de Justiça do Senado, em 2009, foi o ex-senador Demóstenes Torres. Mau cheiro O “mensalão” é mesmo podre. Um urubu sobrevoou ontem o Supremo durante o julgamento. Era o “Urubulula” para um curioso no espetáculo. Verde vale A Presidência da República pretende gastar até R$ 2,9 milhões com a manutenção e revitalização dos jardins do Alvorada e do Planalto. Falta Lula entre os réus O advogado Luiz Francisco Barbosa, que defende Roberto Jefferson, acha que o procurador-geral protege Lula, para ele o verdadeiro chefe do mensalão. Barbosa pediu no ano passado a inclusão de Lula entre os réus, mas sua petição nunca foi analisada por Roberto Gurgel. Dever cumprido Ontem foi dia de glória para o procurador-geral Roberto Gurgel. Após sobreviver ao fogo cerrado do governo e do PT e a um grave acidente doméstico, finalmente cumpriu seu dever no Supremo Tribunal Federal.

PODER SEM PUDOR

O governador reprovado No livro que prepara sobre o avô, a deputada estadual Juliana Brizola (PDTRS), lembra da professora aposentada e ex-líder sindical, de 90 anos, que a procurou em seu gabinete para contar que reprovou Leonel Brizola por meio ponto, reencontrando o ex-governador gaúcho décadas depois, numa negociação salarial: - Guria, como eu podia imaginar que o aluno que reprovei por meio ponto viria a se tornar governador?

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

11

JULGAMENTO DO MENSALÃO

Procurador pede condenação de 36 dos 38 réus do processo Roberto Gurgel falou por 5h e afirmou que Mensalão maculou a República Após quase cinco horas de argumentação, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou ontem que o caso conhecido como Mensalão “maculou gravemente a República”. Ele pediu ao Supremo Tribunal Federal a condenação de 36 dos 38 réus do processo. Ao final da exposição, Gurgel requereu a expedição dos mandados de prisão "cabíveis" assim que o julgamento terminar. A previsão é de que as sessões sobre o caso avancem até o início de setembro. A expectativa era de que réus eventualmente condenados pudessem aguardar em liberdade a publicação do acórdão da decisão para questioná-lo. Por ser tratar de decisão da Suprema Corte, a condenação não poderia ser revertida, mas eventuais penas, sim. A decisão sobre os mandados de prisão será dos onze ministros do Supremo. Caso o pedido do procurador seja aceito, os réus condenados serão presos logo após a decisão final. Gurgel disse estar “plenamente convencido” de que as provas produzidas “comprovam a existência do esquema de cooptação de apoio político descrito na denúncia”. "Demonstramos os graves crimes cometidos. Só não produzimos a prova impossível. (...) Provas são suficientes para a condenação dos réus." O procurador disse que "altas autoridades devem servir de paradigma para a sociedade" e pediu perdas de cargo, sanções patrimoniais (devolução de dinheiro) e cassação de eventuais aposentadorias. Ao concluir, citou trecho da música "Vai Passar", de Chico Buarque: "Dormia, a nossa pátria mãe tão distraída, sem perceber que era subtraída, em tenebrosas transações". Durante todo o tempo da sessão, ele fez a leitura da peça de acusação, sem ser

Durante julgamento, vários protestos aconteceram do lado de fora do prédio do Supremo Tribunal

interrompido. Foi ouvido pelos ministros do Supremo e por advogados de réus que estavam na plateia. Segundo a denúncia da Procuradoria, o Mensalão foi um esquema ilícito de arrecadação de recursos usados para pagar parlamentares pela aprovação, no Congresso, de matérias de interesse do governo Luiz Inácio Lula da Silva. “Foi o mais atrevido e escandaloso caso de corrupção, de desvio de dinheiro público flagrado no Brasil. Maculou gravemente a República. Foi um sistema de enorme movimentação financeira com objetivo de comprar votos de parlamentares nas matérias importantes para os líderes criminosos”, afirmou, em referência aos acusados do núcleo político do grupo: o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

A acusação de Gurgel ocupou toda a sessão no segundo dia do julgamento, que começou às 14h25 e terminou às 19h45 - com intervalo de 30 minutos. Para o procurador, não há provas nos autos para a condenação de dois acusados: o ex-ministro Luiz Gushiken e Antônio Lamas, irmão de outro réu. Em 2006, o ex-procurador Antonio Fernando de Souza denunciou 40 pessoas, mas um morreu (José Janene) e outro fez acordo com Ministério Público (Sílvio Pereira). Mesmo com o pedido de Gurgel para absolvição de dois réus, todos os 38 acusados serão julgados pelos ministros do Supremo. Com a conclusão da argumentação de Gurgel, serão iniciadas na próxima segundafeira as sustentações orais dos advogados de defesa dos 38 acusados. Cada defensor terá até uma hora para apresentar a defesa e rebater os argumentos do procurador.

Gurgel diz que provas apontam José Dirceu como líder De acordo com Roberto Gurgel, o conjunto de provas da ação penal é “contundente quanto à atuação de José Dirceu como líder" do suposto esquema. O procurador usou 26 minutos para acusar o ex-ministro da Casa Civil. Na defesa apresentada ao Supremo, José Dirceu negou que tenha utilizado o cargo de ministro para beneficiar empresas que supostamente repassavam dinheiro para o esquema. Ele afirmou que as negociações não partiram do governo e que não tinha controle sobre as finanças do PT. "Afirmo que a prova é contundente quanto à atuação de José Dirceu como líder do grupo criminoso.” (...) Nada, absolutamente nada, acontecia sem a prévia autorização de José Dirceu", declarou o procurador. Gurgel disse que, “sem risco de cometer injustiça, (José Dirceu) foi a principal figura de todo o apurado”. “Foi José Dirceu que formatou sistema ilícito da formação da base aliada mediante pagamento ilícito. (...) Comandou os demais integrantes para a consecução de seus objetivos. (...) Autor intelectual não envia mensagem, não movimenta contas, age por intermédio de laranjas, não se relaciona diretamente com secundários da quadrilha,

não deixando rastros facilmente perceptíveis.” Durante acusação aos réus do processo, o procurador-geral afirmou que funcionários de Marcos Valério, citado como "operador" e responsável pela obtenção do dinheiro que abasteceu o esquema, tiveram que salugar um carro-forte para transportar valores que seriam pagos a parlamentares. "As agências de Valério, só nesta oportunidade, tinham R$ 650 mil em espécie, que foram transportados pelo carro-forte. Algo que poucas agências têm em espécie nos dias de hoje", afirmou, ao ler trecho das alegações finais que citava que o ex-assessor parlamentar do PP, João Cláudio Genu, recebeu dinheiro transportado pelo carro-forte. Ainda segundo Gurgel, o publicitário Marcos Valério era o “operador do mensalão” e, conforme os supostos pagamentos e acordos em troca de apoio político aumentavam, seu papel se tornava mais importante na organização criminosa denunciada. “Na medida em que se intensificavam os acordos, ele (Valério) tornou-se personagem influente com poder até para influenciar os acordos com a base aliada”, disse. Segundo Gurgel, Valério tornou-se o “homem de confiança de Dirceu”.

Para o procurador, “Dirceu foi o mentor do esquema enquantoValério foi seu principal operador”. “A prova não deixa dúvidas de que Dirceu teve a ideia, mas era necessário o dinheiro”, disse Gurgel. Nas alegações entregues ao Supremo, a defesa de Valério confirmou que foram feitos empréstimos ao PT, mas negou irregularidades. Disse acreditar que o dinheiro seria usado para quitar dívidas de campanha. Gurgel afirmou que parlamentares, outros políticos e assessores receberam pagamento em dinheiro de várias formas pelo apoio ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso. "Todos esses pagamentos estão documentalmente comprovados nos autos. (...) Em vários casos, temos pagamentos até semanais”, destacou Gurgel, que relatou casos de saques na boca do caixa em agências do Banco Rural, entrega de dinheiro em hotéis ou pessoalmente em outros locais marcados. Ainda conforme o procurador, o esquema do mensalão ocorria da seguinte maneira: efetuados acordos com partidos e parlamentares, o acusado de operar o esquema, MarcosValério, providenciava o dinheiro e o entregava aos destinatários indicados por Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT.


12

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Região Estado

Jornal da Manhã

SANTA BÁRBARA DO SUL

Coronel Barros

Governador confere trabalhos de recuperação após desastre

Está em fase final o processo de licitação da Escola de Educação Infantil de Coronel Barros. A expectativa é de que o lançamento do processo ocorra na semana que vem e o início das obras num prazo de dois meses. O empreendimento será construído nas imediações do Centro Municipal de Saúde com investimento de mais de R$ 300 mil. O objetivo é atender a demanda de 70 crianças. A obra será realizada com verbas do município. Esta é uma situação em discussão pela administração municipal desde o início do ano. O município não terá impedimentos com a obra devido ao período eleitoral.

Tarso Genro estará no município hoje e deve anunciar novas medidas para auxiliar comunidade afetada por tornado O governador Tarso Genro viaja hoje para Santa Bárbara do Sul, onde avaliará os estragos provocados pelo forte vendaval que atingiu o município no dia 28 de julho. O chefe do Executivo chegará no município por volta das 10h45 para conferir os trabalhos de recuperação da comunidade. Após percorrer os bairros mais atingidos, o governador se reunirá com o prefeito Mário Roberto Utzig Filho, ao meiodia, na sede da prefeitura. Tarso irá apresentar um balanço das ações de sua gestão na cidade e anunciará novas medidas. Após a reunião, será concedida entrevista coletiva para a imprensa. Com situação de emergência homologada na quarta-feira,

a cidade localizada na região Noroeste calcula prejuízos em torno de R$ 7 milhões, conforme relatório técnico entregue pelo prefeito ao governo do Estado. Pelo menos quatro mil pessoas foram afetadas nos bairros Loeblein, Cerutti, Padroeira, Tiradentes, Juventude, Fátima e em parte do Centro. A Defesa Civil Estadual já entregou 500 kits dormitório, 500 cestas básicas e quatro mil telhas para a população atingida. Além disso, Tarso Genro solicitou ao Gabinete dos Prefeitos todo o tipo de assistência para recuperação da infraestrutura na cidade e reconstrução rápida das moradias. O Banrisul também disponibilizou linha de crédito faci-

Cruz Alta

Reconstrução iniciou no dia seguinte ao temporal que destruiu parte da cidade

litada para acelerar a aquisição de materiais de construção. A população também pode entregar donativos nas regionais da

Defesa Civil ou no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Avenida Borges de Medeiros, 1501), na Capital.

Secretário estadual da Cultura esteve na região O secretário da Cultura, Assis Brasil, esteve na região nesta semana visitando as novas instalações das Bibliotecas Públicas dos municípios de São Miguel das Missões e Coronel Barros. Ambas foram contempladas no edital de Modernização de Bibliotecas 2011. A biblioteca Tekomboé, de São Miguel das Missões, ampliou as instalações de 30 metros quadrados para 100 metros quadrados, renovou o acervo literário, instalou climatização e criou um espaço digital. O secretário elogiou o trabalho desenvolvido pela direção da biblioteca. "Esta visita significa ver concretizado o que imaginamos em nosso projeto. Vemos aqui o quanto uma proposta de melhoria de biblioteca foi bem aproveitada. E o trabalho aqui realizado concretiza a máxima da valorização da leitura para a construção do futuro." Em Coronel Barros, a coor-

denadora de Cultura apresentou as novas instalações da biblioteca pública, destacou o espaço multimídia e a renovação do acervo. Ao reunir-se com estudantes, Assis Brasil frisou a importância da leitura. O secretário esteve na abertura da 20ª edição da Semana Cultural de Santo Ângelo, na noite de quinta-feira, na capela do Colégio Teresa Verzeri. Para ele, o município conseguiu conquistar aquilo que se espera do restante dos municípios. “Analisando a programação da Semana Cultural, percebi que ela contempla todas as manifestações artísticas e deve ser assim”, avalia Assis Brasil. O secretário municipal de Cultura, Lazer e Juventude, Alberto Scherer, falou sobre os objetivos do evento. "Buscamos, com esta semana, resgatar e reforçar a importância das manifestações artísticas e a preservação do patrimônio histórico da cidade e

da região." Como parte da programação, o secretário Assis Brasil assinou o livro tombamento da Capela Teresa Verzeri no livro das Belas Artes do Rio Grande do Sul. A capela já é tombada como Patrimônio Histórico do Estado e o ato vem para complementar.

A preservação do Patrimônio Histórico de Santo Ângelo foi o tema da reunião entre o prefeito e o secretário no início da tarde. O prédio da prefeitura e o do Memorial da Coluna Prestes estão com processo aberto para tombamento. O secretário visitou ambas as edificações.

Secretário visitou os prédios do Memorial Coluna Prestes e da prefeitura

Começou a funcionar nesta semana a seccional de Juízes Mediadores do município. No local podem ser encaminhadas solicitações e questões a respeito de Direito Patrimonial disponível, como cheques, promissórias ou outros créditos a receber. Além disso, são aceitos pedidos de disputas decorrentes de contratos em geral, como venda, compra ou locação de imóvel; condomínio; consórcio; direito do consumidor; e responsabilidade civil. A formatura da turma de Juízes Mediadores de Cruz Alta ocorreu há cerca de um mês, após quase um ano de curso.

Panambi Foram aprovados e autorizados pelo governo Federal para o município dois projetos para implantação de polos de Academias da Saúde. O Programa Academias da Saúde tem como principal objetivo contribuir para a promoção da saúde da população a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis. Ainda sob este aspecto, o município conta com academias ao ar livre para atendimento à comunidade.


Nacional

Jornal da Manhã

ELEIÇÃO 2014

Se fosse candidato, Lula teria 70% das intenções Pesquisa CNT divulgada ontem avaliou vários cenários com candidatos diferentes na disputa. Dilma também sairia vencedora Se as eleições presidenciais de 2014 fossem hoje, o ex-presidente Lula teria 69,8% das intenções de votos segundo pesquisa CNT Opinião divulgada ontem. Em segundo lugar na pesquisa aparece o senador Aécio Neves (PSDB-MG) com 11,9% das intenções de votos seguido do governado de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), com 3,2%. Num primeiro cenário apresentado pela pesquisa aos entrevistados apenas os nomes dos três foram postos como possíveis candidatos. Entre aqueles que não responderam ou que não votariam em nenhum dos três estão 15,2% dos entrevistados. Num segundo cenário em que o nome de Lula é trocado pela atual presidente Dilma, ela também vence os outros dois possíveis concorrentes. De acordo com a pesquisa, Dilma teria 59% dos votos contra 14,8% de Aécio e 6,5% de Eduardo Campos. Não souberam responder ou não votariam em nenhum dos três, 19,7% dos entrevistados. Se a disputa fosse apenas entre Dilma e Aécio, os números também são favoráveis à petista.

Ex-presidente Lula em evento de produtores de biodiesel que lhe fizeram uma homenagem

Ela teria 63,8% contra 21,5% do tucano. Não souberam responder ou votariam branco/nulo 14,6% dos entrevistados. Quando trocado o nome de Dilma por de Lula, a vantagem sobre Aécio numa possível disputa pela presidência aumenta. O petista teria 73,4% contra 15,2% do tucano. Não souberam responder ou votariam branco/nulo 11,4% dos entrevistados. No cenário em que a disputa seria entre Dilma e Eduardo Campos a petista teria 69,1% das

intenções de votos contra 12,4% de Campos. Não souberam responder ou votariam branco/nulo 18,6% dos entrevistados. Se a disputa fosse com Lula a distância entre Campos também aumento. O ex-presidente teria 76,1% e o governador de Pernambuco 8,7%. Não souberam responder ou votariam branco/ nulo 15,2% dos entrevistados. A pesquisa CNT de Opinião foi feita entre 18 e 22 de julho. Foram entrevistadas 2.000 pessoas, segundo o levantamento.

Aprovação do governo Dilma cresce A aprovação do governo Dilma Rousseff é de 56,6%, de acordo com pesquisa CNT Opinião divulgada ontem. Dos entrevistados, apenas 7% classificaram o governo como ruim ou péssimo, e outros 35,5% acham regular. Na pesquisa feita em agosto do ano passado, o governo Dilma apresentava uma avaliação positiva de 49,2% e negativa de 9,3%. O período foi marcado pela "faxina" aplicada pela presidente

que culminou na queda de seis ministros suspeitos de corrupção. Quanto ao desempenho de Dilma, 75,7% dos entrevistados disseram que aprovam a atuação da presidente contra 17,3% que desaprovam. Em comparação com a pesquisa de agosto do ano passado Dilma teve um crescimento de 5,5% no índice de aprovação e uma queda de 3,8% na rejeição. Quando o tema é a comparação entre o governo Lula (2003-

2010) e o da atual presidente, ao contrário da pesquisa anterior, a maioria 48,2% acha que os dois governos são iguais. Entre aqueles que acham o governo Dilma pior em comparação ao de Lula estão 34,6%. Outros 15,9% acham Dilma melhor. Na pesquisa de agosto de 2011, a maioria (45,4%) achava o governo Lula melhor, 38,1% iguais. Outros 11,4% achavam Dilma melhor.

Petrobras poderá importar gás da Bolívia A Petrobras poderá importar 30 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia da Bolívia. A empresa recebeu autorização do Ministério de Minas e Energia para a operação, que tem o objetivo de atender à demanda de gás natural no Brasil, exceto na Região Norte e no Estado de Mato Grosso. O transporte do gás natural será feito pelo Gasoduto BolíviaBrasil, que liga Corumbá (MS) a Porto Alegre (RS). Segundo a portaria, a entrega no Brasil será feita na fronteira entre os dois países, no estado de Mato

Grosso do Sul, próximo à cidade de Corumbá. A Petrobras terá que apresentar todos os meses, à Agência Nacional de Petróleo, Gás Na-

tural e Biocombustíveis (ANP), relatório detalhado sobre as operações de importação realizadas no mês anterior. A autorização tem validade até julho de 2019.

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

13

Casos de queimadas sobem 61% em relação a 2011 O registro de focos de incêndio no Brasil aumentou 61% de janeiro até ontem, em comparação com o mesmo período do ano passado, quando houve 20,2 mil ocorrências. Pelas imagens captadas por satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), desde janeiro até ontem, foram identificadas 32,6 mil ocorrências no país. A população do Estado de Mato Grosso é a que tem sentido os maiores efeitos das queimadas, com o registro de mais de 6 mil ocorrências. No Maranhão, o número de focos de incêndio chega a 5,6 mil. Os casos no Piauí, na Bahia e no Tocantis mantêm-se em torno de 3 mil ocorrências mapeadas pelos 11 satélites do instituto. O coordenador do Monitoramento de Queimadas do Inpe, Alberto Setzer, explicou que, este ano, as condições climáticas estão mais propícias aos incên-

dios, diferentemente de 2011, cujo cenário foi mais úmido. No ano passado, o monitoramento de incêndios revelou um decréscimo de 56% das ocorrências em relação aos registros de 2010. “O ano passado foi chuvoso. Mas, normalmente, neste período do ano, algumas regiões do Brasil Central ficam até três meses sem chuva e isso favorece a propagação do fogo. Algumas regiões de Mato Grosso e do Tocantins já estão há 30 dias sem chuvas”, explicou Setzer. Apesar do clima seco, com temperaturas acima dos 30 graus Celsius e a baixa umidade [abaixo de 40%], o pesquisador do Inpe revela que praticamente todos os casos são provocados pela ação humana. “Na seca, não tem ocorrência de raio que poderia começar o incêndio. A origem não é o clima. O problema é que, com a seca, as pessoas começam a colocar fogo”, disse.


14

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Economia

Jornal da Manhã

PESQUISA

Empresas Incubadas são destaque em empreendedorismo Estudo da Anprotec revela o crescimento das incubadoras de empresas no Brasil Em 2011, um estudo realizado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), apontou o amadurecimento das incubadoras de empresas no Brasil. Entre 1984 e 1993, o país contava com 13 incubadoras. De 1994 até 2007, período de incidência do Plano Real, o crescimento médio do número de incubadoras foi de 30% ao ano. Segundo o estudo, atualmente, o país conta com 384 incubadoras e 2.640 empresas incubadas. Dentro desse cenário, a Criatec conta com cinco empresas incubadas, duas em residência interna e três em residência externa, em diversos estágios de desenvolvimento. Segundo a gerente da Agência de Inovação e Tecnologia da Unijuí (Agit), Sandra Albarello, uma incubadora busca promover o fortalecimento de micro e pequenas empresas através da solução de gargalos tecnológicos e de formação, apoiando a complementação da

estrutura produtiva. O objetivo maior de uma Incubadora é diminuir a mortalidade desse segmento de mercado, algo que no Brasil, segundo o Sebrae, gira em torno dos 56% até o terceiro ano de vida. Permeada pelo projeto “Estudo, Análise e Proposições sobre as Incubadoras de Empresas no Brasil”, a pesquisa sistematiza uma análise sobre os aspectos financeiros das incubadas. No estudo diagnosticou-se que o faturamento das empresas fica em torno de R$ 533 milhões de reais e que são gerados cerca de 16.394 postos de trabalho nas empresas incubadas e associadas e 29.905 nas graduadas. De acordo com a analista de negócios, Maria Odete Palharini, a Criatec graduou até este ano cinco empresas, emprega 40 pessoas e gera um faturamento anual de aproximadamente R$ 800 mil. O estudo da Anprotec e da MCTI identificou um novo foco de atuação das incubadoras no Brasil. Idealizadas inicialmente para abrigar empreendimentos de setores intensivos em tecnologia, como informática, biotecnologia

Já está em construção nova sede da Criatec Unijuí

e automação industrial, elas tinham como maior propósito a criação de empresas com potencial para levar ao mercado novas ideias e tendências tecnológicas. Atualmente, o segmento das incubadoras está mais voltado ao compromisso com o crescimento local. É o que explica Sandra sobre a Criatec: “A incubadora tem realizado estudos com a perspectiva de apoiar a constituição de um parque tecnológico no município”. Para ela, isso é possível mediante incentivo à cooperação

entre os atores locais na viabilização de ações que apoiem as micro e pequenas empresas. O principal requisito para uma empresa ser incubada também ganhou atenção do estudo. O critério é o empreendedorismo inovador que a empresa propõe. Um critério comprovado pelos números. Atualmente, 98% das empresas incubadas inova. Segundo a pesquisa, 15% inovam em âmbito mundial, 55% em relação ao mercado nacional e 28% em âmbito local.

Associados devem aderir à campanha da Ceriluz Os associados da Ceriluz têm ainda poucos dias para fazer a adesão à Campanha Participação Premiada 2012, uma vez que o prazo de entrega das cartelas preenchidas se estende até o dia 24 de agosto, nas urnas existentes nos pontos de pagamento da conta de energia da Ceriluz, ou para os leituristas. A Cooperativa já está recolhendo as cartelas devolvidas e iniciando sua análise. Até o momento a maior adesão acon-

teceu no município de Ijuí, onde a Ceriluz tem o maior número de associados. Em seguida estão os municípios de Augusto Pestana, Ajuricaba, Catuípe e Chiapetta, respectivamente. Os associados dos demais municípios de atuação da Ceriluz também já entregaram, mas em menor número. A Campanha Participação Premiada é uma oportunidade para o associado participar da gestão da Cooperativa, avaliando

os serviços prestados, apresentando suas principais demandas e dando sugestões de investimentos. Além disso, a iniciativa vai sortear os seguintes prêmios entre os participantes: refrigerador duplex; notebook; TV led 32”; climatizador 12.000 btus e lava jato 1.600 libras. Ainda será sorteado um notebook entre os participantes dos seguintes municípios: Ijuí, Ajuricaba, Augusto Pestana, Catuípe, Boa Vista

do Cadeado, Bozano, Chiapetta, Coronel Barros, Inhacorá, Jóia, Nova Ramada, Santo Augusto e São Valério do Sul. O sorteio dos prêmios vai acontecer no dia 14 de setembro, a partir das 17 horas, no auditório da Ceriluz e contará com a presença da direção, conselheiros, associados, colaboradores e a imprensa. A entrega será no dia 18 de outubro, no salão de atos da Afucoper.

Quase 50% dos consumidores deve quitar dívidas em 3 meses Levantamento divulgado nesta quinta-feira pela Fundação Getúlio Vargas mostra que 48,9% dos consumidores que tinham dívida em julho deverão quitar as prestações em até três meses. "Isso ajuda a economia brasileira, pois o consumidor pode voltar a ter maior disposição para comprar depois de pagar as dívidas", afirmou a coordenadora do estudo da FGV, Viviane Seda. Os demais consumidores com compras a prazo estão divididos entre os que possuem prestações com vencimento entre 3 e 6 meses (28,4%), entre 7 e 12 meses (12,6%) e acima de 12 meses

(10,1%). O levantamento da FGV analisou o endividamento das famílias a partir da Sondagem de Expectativas do Consumidor, realizada por amostra de cerca de 2.000 domicílios em sete das capitais do País, entre os dias 2 e 20 de julho. O estudo mostrou ainda que apenas 3,3% dos entrevistados possuem dívidas que comprometem entre 51% e 100% do orçamento. A parcela dos que têm prestações a pagar que superam a renda mensal é ainda menor, de 0,9%. A maior parte dos consumidores (29,2%) afirmou que as compras parceladas comprome-

tem até 10% da renda do mês e para 24,8% o comprometimento fica entre 11% e 50%. As famílias com menor poder aquisitivo são as mais endividadas. Entre os que ganham até R$ 2.100 mensais, 6,8% comprometem mais de 51% da renda com compras a prazo. No grupo dos que ganham mais de R$ 9.600 por mês, essa porcentagem cai para 1,5%. Apesar disso, o grupo com maior parte de consumidores (41,9%) que não têm compras parceladas em seu nome é o daqueles que ganham até R$ 2.100. "Esse é um grupo que não tem

muito perfil de comprar parcelado porque seu maior gasto é com alimentação, luz, água. Sobra pouco para se endividar", disse a coordenadora do estudo. Entre as capitais, o perfil pouco difere da média Brasil. As capitais nordestinas Salvador e Recife são as que apresentam maior percentual com parcelas que correspondem entre 51 e 100% da renda mensal: 8,4% e 5,4%, respectivamente. Em Porto Alegre, 32,1% dos entrevistados disseram ter entre 11% e 50% da renda comprometida por parcelas e 30,3% disseram não ter compras parceladas.

Tribunal de Justiça do RS Inscrições: até 6 de agosto pelos sites www.tjrs.jus.br e/ou www. faurgsconcursos.ufrgs.br Salário: de R$ 2.916,11 a R$ 8.364,95 Escolaridade: Nível Médio e Superior Cargos: Superior: analista judiciário - área administrativa (administração; ciências contábeis; economia), analista judiciário - área de apoio especializado engenharia civil, analista judiciário - área de apoio especializado engenharia elétrica, analista judiciário - área de apoio especializado engenharia mecânica, analista judiciário - área de apoio especializado estatística, analista judiciário (ciências jurídicas e sociais), arquiteto, assistente social, bibliotecário judiciário, historiógrafo e taquígrafo forense. Médio: auxiliar de comunicação, desenhista e técnico judiciário - área judiciária e administrativa. CRO - Conselho Regional de Odontologia Inscrições: de 17 de agosto pelo site www.quadrix.org.br Salário: até R$ 2.874,69 Escolaridade: Nível Fundamental, Médio e Superior Cargos: Agente operacional, Auxiliar de Serviços Gerais, Porteiro, Auxiliar de Departamento, Fiscal, Recepcionista, Técnico em Arquivologia, Técnico em Informática, Assessor Jurídico, Contador, Secretária Executiva. Ministério Público Inscrições: até 9 de agosto pelo site www.mp.rs.gov. br/concursos Salário: até R$ 3.558,82 Escolaridade: Ensino Médio Cargo: 8 vagas para Técnico em Informática Polícia Militar Inscrições: até 15 de agosto no site R$ 6.812,42 pelo site www.iobv.com.br Escolaridade: Superior Salário: até R$ 6.812,42 Cargo: Oficiais Capelães


Jornal da Manhã

Economia

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

15

FINANCIAMENTOS

O Jovem Médico Fofoqueiro... Eles trabalhavam em uma pequena cidade do norte do estado de Santa Catarina. Médicos, enfermeiros e demais atendentes de um Posto de Saúde. Este posto é a referência para aquela pequena comunidade. Como eram dois médicos que atendiam naquele posto, quis o destino que surgisse uma pequena discórdia entre eles. O mais novo passou a não gostar do médico mais velho. Então, tudo que o médico mais velho prescrevia aos seus pacientes, o mais novo dizia que estava errado, e trocava o medicamento por um similar, mas com o mesmo princípio ativo. Mais do que interferir na carreira do outro, o médico mais novo resolveu espalhar pela pequena comunidade que o médico mais velho se envolvia sexualmente com pacientes e que representava um perigo à sociedade. A fofoca circulou, circulou, circulou e um dia chegou aos ouvidos do médico mais velho. Indignado resolveu processar o colega alegando o abalo moral sofrido perante a pequena comunidade catarinense. Em sua defesa o jovem médico fofoqueiro alegou que a acusação se baseia em ciúmes, já que é mais novo e tem uma posição sociocultural mais favorável que a do colega. Acrescentou ainda que as fofocas e histórias são fruto de mal entendidos entre pacientes e funcionários do posto de saúde onde trabalhavam. Disse não saber de nada, como todo bom fofoqueiro... O juiz então passou a ouvir as testemunhas e ficou evidente que realmente existiam as fofocas e trocas de medicamentos. Condenou o jovem médico a pagar uma indenização de R$ 20 mil ao colega. Indignado, o fofoqueiro recorreu ao Tribunal de Justiça. Ao examinar o processo o desembargador Jairo Fernandes, relator da matéria, levou em consideração que os fatos ocorreram em uma pequena cidade do interior onde as informações se espalham de forma rápida e acabam afetando a imagem pública do indivíduo. Justificou ainda que ambos exercem a medicina, profissão que tem como pilar fundamental a confiança na relação médico-paciente e que qualquer comentário direcionado a um profissional desta área tem um impacto negativo na sua carreira. Manteve a condenação, mas reduziu o valor para R$ 10 mil, pois não foi comprovada a extensão do dano causado na imagem do médico. (fonte: TJSC Apel. Cív. 2008079139-4) Agora, realmente é impressionante a capacidade de algumas pessoas em se preocupar com a vida alheia. Todos tem seu espaço. Todos tem direito a crescer. Para um crescer não é necessário que o outro seja destruído. Se a energia utilizada nas fofocas contra o colega fossem canalizadas para um melhor atendimento no próprio posto, com certeza a comunidade estaria muito mais feliz com este profissional, e o seu reconhecimento viria naturalmente como recompensa pelo seu trabalho. Isso me lembra a história do homem que jogava pedaços de carvão em um lençol branco que secava no varal, por pura maldade. Quando acabou de jogar os pedaços de carvão olhou para si mesmo e percebeu que estava tão sujo quanto o lençol que ele tentava atingir... Das minhas leituras da madrugada: Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem a você...

BNDES eleva orçamento para microcrédito em 122% Prazo de vigência do programa foi ampliado até 31 de dezembro de 2013

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) elevou a dotação orçamentária do Programa BNDES de Microcrédito, de R$ 450 milhões para R$ 1 bilhão, uma alta de 122%. O prazo de vigência do programa foi ampliado até 31 de dezembro de 2013. Antes o prazo, ia até dezembro deste ano. A diretoria do BNDES também decidiu dividir o programa em dois subprogramas, de acordo com o perfil dos operadores dos recursos: BNDES Microcrédito Agente Financeiro e BNDES Microcrédito Agente Repassador. Agentes repassadores são entidades públicas ou privadas não credenciadas como agentes financeiros pelo BNDES, mas que estão aptas a repassar para terceiros recursos do programa. Segundo nota do Banco, são enquadrados como agentes repassadores organizações da sociedade civil de interesse público (OSCIPs), sociedades de crédito ao microempreendedor (SCM), agências de fomento não credenciadas como agente financeiro do BNDES, cooperativas singulares de crédito (que atendem a pessoas físicas, microempreendedores individuais e agricultores familiares) e cooperativas centrais de crédito (espécie de "holding" de cooperativas singulares, que reúnem três ou mais cooperativas). De acordo com a forma de atuação, os agentes operadores podem ser classificados como de primeiro piso - instituições de microcrédito produtivo orientado (IMPO), que atuam diretamente com o microempreendedor - ou de segundo piso, caso dos agentes

de intermediação (AGI), que repassam os recursos para as IMPO. O custo financeiro para os agentes de primeiro piso foi reduzido de TJLP (5,5%) mais 1,5% ao ano para TJLP acrescida de 0,9% ao ano. O prazo de financiamento é de até 72 meses, incluindo 36 de carência. Já sobre os agentes de segundo piso, incide apenas TJLP (5,5% ao ano), sem taxa de remuneração básica. O prazo de financiamento é de até 96 meses, incluindo 60 de carência. Em ambos os casos, não há taxa de risco de crédito. Para os beneficiários finais, o custo financeiro é determinado pelo agente operador de microcrédito, limitado a 4% ao mês, acrescido de uma taxa de abertura de crédito (TAC) de até 3% sobre o valor do financiamento. Cada beneficiário final pode contrair empréstimo de até R$ 15 mil, e os recursos podem ser utilizados

para investimento fixo ou capital de giro. A receita bruta anual máxima desses beneficiários foi elevada de R$ 240 mil para R$ 360 mil. O programa BNDES de Microcrédito busca promover a economia popular por meio da oferta de recursos a atividades produtivas de pequeno porte. O BNDES possui 73 operações contratadas no âmbito deste programa: 39 com OSCIPs, 12 com cooperativas de crédito singulares, cinco com cooperativas centrais, oito com agências de fomento, quatro com bancos de desenvolvimento, um com banco comercial, duas com bancos cooperativos e duas com sociedades de crédito ao microempreendedor. Entre 2005 e junho de 2012, os desembolsos da carteira de microcrédito do Banco atingiram R$ 308 milhões, sendo R$ 70 milhões em 2011 e R$ 90 milhões neste ano até junho.

EIs devem superar as microempresas Os empreendedores individuais (EIs) devem dobrar em dois anos e superar as micro e pequenas empresas (MPEs), segundo estudo do Sebrae. Hoje, o Brasil tem 2,1 milhões de EIs, mas deve chegar a 4,3 milhões em 2014, quando as MPEs serão 4,2 milhões -atualmente são 3,9 milhões. Os dados foram colhidos em maio. O avanço é um reflexo do aumento do poder de compra da chamada nova classe média, que consome mais serviços e impulsiona principalmente os negócios locais. Criado em 2009, o modelo de EI estipula que a empresa fature até R$ 60 mil por ano. Já o teto de faturamento das micro é de R$ 360 mil, e das pequenas, de R$ 7,2 milhões. Como benefício, têm carga tributária menor, entre R$ 31 e R$ 37 por mês, resultado de uma contribuição para o INSS de 5% sobre o valor do salário mínimo, alíquotas reduzidas de ICMS para as empresas de comércio (R$ 5) e ISS para as de serviço (R$ 1). Ao fim de 2012, serão 3 milhões de EIs.

Mantega diz que setores com IPI Reforma Trabalhista reduzido não poderão demitir O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem, por meio de sua assessoria de imprensa, que não vai "tolerar" o descumprimento dos acordos de não demissão nos setores beneficiados por redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), entre eles o automotivo e o de linha branca (máquinas de lavar, geladeiras e fogões). O recado foi dado um dia antes da reunião entre representantes da General Motors (GM) e do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, previsto para hoje, com o intuito de discutir eventuais demissões resultantes do fechamento do setor Montagem de Veículos Automotores (MVA) na cidade – que teria como consequência o fechamento de 1.500 postos de trabalho. Na quinta-feira, o ministro Mantega já havia se reunido com o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Cledorvino Bellini. O ministro também se encontrou com representantes da GM, e avaliou, na última terça-feira, que empresa estaria realizando mais contratações do que demissões – e que, portanto, estaria cumprindo o compromisso com o governo federal de manter o nível de empregos. A própria presidente da República,

Guido Mantega

Dilma Rousseff, já havia reclamado publicamente das eventuais demissões em setores favorecidos pelo IPI baixo autorizado pelo governo. Em nota divulgada na última terça-feira, porém, o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região criticou as declarações de Mantega. "(O) ministro faz estas afirmações sem o mínimo cuidado de ouvir a outra parte", diz o texto.

A reforma trabalhista foi considerada como prioritária, segundo pesquisa do Instituto Sensus e divulgado ontem pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Para 36,4% dos entrevistados, a reforma trabalhista é a maior prioridade. A reforma política ficou como segunda prioridade para 19,3% dos entrevistados. A reforma da Previdência foi apontada como a prioridade número três para 12% dos entrevistados. Em seguida estão as reformas do judiciário (11%), tributária (10%) e agrária (6,8%). Os entrevistados também foram consultados sobre a situação da saúde em seu município. A situação está boa para 10%. Para 49,2% dos entrevistados a situação está boa, mas poderia melhorar. E 40% deles disseram que está ruim.w Outro ponto pesquisado foi a situação da educação. Pouco mais da metade dos entrevistados (56,2%) disseram que a situação está boa, mas que poderia melhorar. Entre os que disseram que a situação está boa estão 17,3% e para 25% a situação está ruim. Também foi perguntada sobre a situação da segurança no município. Para 45,3% dos entrevistados, a segurança no município está boa, mas é preciso melhorar e 40,4% disseram que está ruim. Apenas 13,8% consideraram a situação boa.


16

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Comunidade

DOAÇÃO DE ALIMENTOS

Mãos que Ajudam arrecada 1,5 tonelada O Projeto de 2012 contou com a participação de mais de 130.000 voluntários em todo o Brasil e teve como meta armazenar e doar alimentos

Jornal da Manhã

Coordenadora da Parceiros Voluntários é homenageada Nos dias 24 e 25 de julho foi realizado em Porto Alegre, o 25º Encontro da Rede Parceiros Voluntários, com a participação de 28 Coordenadoras das Unidades Parceiros Voluntários. Neste Encontro a presidente da ONG Parceiros Voluntários, Maria Elena P. Johannpeter, homenageou a primeira coordenadora destaque da Unidade da Parceiros Voluntários a nível de Estado, Liziane Oliveira da Silva, que representa

a Unidade Parceiros Voluntários de Ijuí-ACI e vem se destacando pelo trabalho junto à comunidade ijuiense. Liziane apresentou durante o encontro o que a Unidade Parceiros Voluntários vem desenvolvendo com os voluntários, com as OSC`S,com os jovens e também com as empresas, enfatizando que este trabalho somente é possível graças ao apoio da direção e o espaço da ACI-Ijuí.

As doações foram entregues às entidades no sábado na sede da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

O programa Mãos que Ajudam arrecadou neste ano mais de 1,5 toneladas de alimentos em Ijuí. No sábado, dia 28, as doações foram entregues às entidades, na sede da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mormons). No Brasil, mais de 493 toneladas de alimentos doados. O Projeto de 2012 contou com a participação de mais de 130.000 voluntários em todo o Brasil e teve como meta armazenar e doar

alimentos. Em Ijuí, o programa contou com o auxílio do Supermercados Kuchak e Comercial Zaffari, que ofereceram espaço para que fosse apresentado aos clientes o projeto que em Ijuí beneficiou as entidades do Lar das Meninas, Apae e Acolhimento de Meninos e Meninas de Ijuí. Mãos que Ajudam é um programa permanente de ajuda humanitária e de serviço comunitário, que mobiliza milhares

de voluntários de todas as idades, membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no Brasil, estendendo a mão a quem precisa. Em parceria com outras entidades, instituições religiosas, empresas privadas, órgãos governamentais ou organizações assistenciais, o programa leva alento aos menos favorecidos em asilos, orfanatos, creches, ruas e onde houver necessidade.

Atividades motivam trabalho em equipe A Fidene/Unijuí, através do Programa de Endomarketing Sinergia, realizou durante o mês de julho uma atividade diferenciada, propondo atividades de organização, limpeza e descarte de materiais em cada setor. A arquivista do Museu Antropológico Diretor Pestana, Sandra Maldaner, realizou qualificações para a preservação da memória Institucional. As ações tiveram como objetivo qualificar o ambiente de trabalho e promover o trabalho em equipe para melhorar o relacionamento entre colegas. A atividade integrou ainda um dos objetivos firmados entre a Instituição e a ONG Parceiros Voluntários. Solange Bohn, Analista de Recursos Humanos da Unijuí, destacou que o objetivo da Instituição com este convênio é de, através de ações institucionais, incentivar os colaboradores a participar de ações voltadas ao voluntariado. Os materiais descartados, especialmente papéis, foram doados para a Associação de Catadores de Material Reciclá-

Homenagem ocorreu durante 25º Encontro da Rede Parceiros Voluntários

Alunos têm palestra sobre prevenção às drogas Na última quinta-feira foi realizada palestra para quarenta alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Instituto Municipal de Educação Assis Brasil (Imeab). Ministrou a palestra o 1º Sargento Davi Leonardo Radons, que atua em projetos sociais do 29º BPM e é instrutor do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). Dentre os temas tratados destacam-se o questionamento referente ao posicionamento dos estudantes diante da realidade da sociedade; objetivos de vida: o que são drogas e quais as reais consequências de seu uso; como evitar as drogas; pressões externas para seu uso; questão legal referente às drogas; e influência da propaganda (publicidade) na

vida das pessoas. As palestras são solicitadas com frequência através de ofício ao Comandante do 29º BPM, por escolas, igrejas e empresas. Somente neste ano foram proferidas palestras a um público estimado de 560 pessoas, especialmente crianças e adolescentes. Para o Comandante do 29º BPM, Major Claiton Rui da Costa Portilho, o desenvolvimento de projetos sociais pelo Batalhão é de extrema importância, uma vez que em sua maioria atinge crinças e adolescentes cuja idade é propícia ao recebimento e assimilação de uma grande quantidade de informações. As palestras fazem parte da ação proativa de Segurança Pública do 29º BPM.

Os materiais descartados em cada setor foram doados para a Acata

vel de Ijuí – Acata. A atividade buscou promover a cultura da reciclagem e o correto encaminhamento dos descartes. Para Solange, a quantidade de materiais arrecadados superou as expectativas. “Três cargas de papel foram recolhi-

das, número acima do esperado e tendo grande envolvimento dos colaboradores na ação”. O Programa Sinergia pretende desenvolver, a cada semestre, ações como esta que incentivem o voluntariado e o correto descarte de materiais.

Alunos do EJA do Imeab ouviram a palestra realizada pelo sargento da BM


Jornal da Manhã

Comunidade

QUALIDADE DE VIDA

Unijuí dá início a projeto com terceira idade Atividades com 50 idosos da região começaram na tarde de quarta-feira, e seguem até o final deste mês A Unijuí iniciou na tarde desta quarta-feira o projeto Unijuí e Terceira Idade Numa Parceria para Melhor Qualidade de Vida. Elaborado pelos professores Hedi Luft, coordenadora do curso de Pedagogia, e Luiz Serafim de Mello Loi, coordenador do curso de Educação Física, com o apoio da Pró-Reitoria do Campus Santa Rosa, o projeto tem o objetivo de aprofundar conhecimentos gerais, proporcionar troca de informações e ideias entre os participantes, visando o envelhecimento com dignidade e melhor qualidade de vida. Professores de várias áreas da Unijuí Campus Santa Rosa trabalham no desenvolvimento do projeto que atende nesta primeira edição um grupo de 50 pessoas com idade acima de 50 anos, de diversos níveis de escolaridade. O projeto é desenvolvido através de atividades teóricas e práticas, durante o período de um mês, com encontros semanais, nas quartas-feiras, no turno da tarde, no Campus Santa Rosa. Os encontros de formação contemplam palestras e painéis sobre saúde, importância da atividade física, espiritualidade,

Os encontros contemplam palestras, painéis e atividades diferenciadas

aposentadoria, estatuto do idoso e oficinas de música, teatro, ginástica e informática. O projeto partiu dos próprios grupos de Terceira Idade que desafiaram a Universidade a propor atividades aos grupos organizados, e que a partir das sugestões elaborou-se este projeto. Durante a abertura oficial do projeto, Itálico Cielo, coordenador regional dos grupos de idosos, manifestou a alegria de viabilizar a atividade. Os

professores Hedi Luft e Luiz Loi explicaram aos idosos o funcionamento das atividades do mês e destacaram que esta é a idade da vida plena: “abrimos as portas da Universidade para que os idosos retornem à sala de aula, mas para uma sala de aula diferente, onde eles, além de aprender, também estão ensinando muito, através de sua experiência de vida”. O projeto segue até o final do mês, com possibilidades de novas turmas.

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

APBMI promove almoço beneficente Acontece amanhã um almoço em benefício do atendimento dos animais em emergência, acidentados, doentes e desabrigados do inverno. O evento acontece na sede do bairro Osvaldo Aranha e é promovido pela Associação dos Praças da Brigada Militar de Ijuí (APBMI), é alusivo ao Dia do Soldado, que transcorre hoje, e a arrecadação será revertida para a Associação dos Amigos de Animais de Ijuí (AAAI). Conforme uma das integrantes da Associação dos Amigos dos Animais de Ijuí, Dulce Matte, o recurso será destinado às necessidades com os animais de emergência, especialmente para o atendimento clínico e veterinário. Segundo ela, hoje a AAAI atende cerca de 100 animais, que estão abrigados em casas de voluntários. Ela destaca que numa destas casas, existem 40 animais. “A maioria destes animais, que foram abandonados, é de pessoas que se mudaram. Tem uma família do bairro Luiz Fogliatto que se mudou e deixou para trás 17 animais”, comenta. Segundo Dulce, nesta semana a Associação autorizou a compra de medicamentos para um cavalo que estava sofrendo com maus tratos. Ela destaca que, para todas essas necessidades, é fundamental a ajuda da comunidade.

EFA sedia encontro de grêmios estudantis Rede promove Sábado Solidário

Encontro aconteceu na tarde de ontem no auditório da Sede Acadêmica

Restabelecer a União Municipal dos Estudantes e Secundaristas foi um dos objetivos do encontro realizado ontem, na Sede Acadêmica, com integrantes dos grêmios estudantis das escolas públicas e particures de Ijuí. O encontro contou com a presença de representantes do Conselho da Juventude, estabelecido no ano passado. Conforme a presidente do Grêmio Estudantil da EFA, Ana Carolina Porciúncula Ávila, a pauta para esta reunião é fazer uma união dos grêmios. “Inicialmente talvez não venhamos a definir como Umes, como era na década 60, mas pretende restabelecer uma unifica-

ção entre o grêmio estudantil das escolas, tanto particulares, quanto as estaduais”, ressalta. Ana Carolina comenta que anteriormente já foram feitas reuniões com alguns colégios, mas que desta vez a mobilização é maior, pois a organização ocorreu com maior antecedência. “Foram mandados ofícios para as direções, para que houvesse a mobilização das escolas para debater o tema”, explica, acrescentando que a ideia dessa unificação surgiu através da mobilização de grêmios de outros municípios na internet. Segundo ela, o evento também contou com o apoio do Conselho da Juventude

e integrantes do grêmio do Ruizão. Segundo Ana Carolina, o Grêmio Estudantil da EFA é bem ativo. “Desde a primeira semana, procuramos fazer atividades diferenciadas que unissem os alunos, visando a participação ativa dos alunos. Era algo que há bastante tempo não passava do estatuto que regia o grêmio”, comenta, destacando que, dentre as ações promovidas pelo Grêmio, se destacam as atividades esportivas, Dia do Ridículo, venda de lanches. “Tudo que é promovido pelo grêmio e tem bastante aceitação dos alunos, com interação dos pais e professores”, finaliza.

Acontece hoje o Sábado Solidário, evento promovido pela Rede de Integração Social e que deve envolver durante todo o dia as 22 entidades que fazem parte da rede. O Sábado Solidário será realizado nos supermercados Cotrijui, Nacional e Zaffari, com apoio da John Deere. A Rede de Integração Social tem o objetivo de ser referência estadual na articulação de ações sociais e no estímulo à responsabilidade social das organizações. A Associação Rede Gaúcha de Integração Social reúne mensalmente as instituições filiadas ao programa para resolver questões relacionadas ao seu cotidiano. Conforme a presidente da Rede de Integração Social, Maria Leda Roberto, em cada serviço prestado e auxílio recebido, a comunidade ijuiense é a grande parceira. “Graças à abertura que os grandes supermercados dão, são arrecadados alimentos que servem para minimizar a exclusão social”, finaliza.

17

Cefor O Cefor tem vagas de estágio remunerado para alunos dos cursos de: Ensino Médio; Pedagogia; Administração; Ciências Contábeis; Técnico em Administração e Contabilidade; Arquitetura e Urbanismo.Interessados devem comparecer ao Cefor com: comprovante de matrícula atualizado, cópia de RG e CPF e uma foto 3x4, na Rua: Jose Bonifácio, nº 534 Centro. Telefones: (55) 3332-3170 ou (55) 3332-3242.

Sine

O Sine de Ijuí oferece vagas para: agente funerário, ajudante de açougueiro, auxiliar de cozinha, auxiliar de linha de produção, auxiliar de mecânico de autos, carpinteiro, confeiteira, costureira em geral, cozinheira, eletrotécnico, esteticista de animais, ferreiro, garçom, instalador de som e acessórios de veículos, instalador de antenas, lavador de veículos, marmorista, mecânico de automóveis, mestre de obras, montador de estruturas metálicas, operador de caixa, operador de máquina de dobrar chapas, operador de perfuratriz, pedreiro, polidor de automóveis, serralheiro, servente de obras, soldador, vendedor interno, empregada doméstica.

Plantão Conselho O número do telefone para contato com o plantão do Conselho Tutelar é 8451-1045.

Cursos gabinete Terá início na segunda-feira, o curso de corte e costura, promovido pelo gabinete da primeiradama. O curso será realizado das 13h30 às 17h, nas dependências da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Creches públicas A partir da segunda-feira, o Distrito Federal e municípios poderão entrar com pedido de recursos, junto ao Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec), para a manutenção de novas turmas da Educação Infantil e atendimento a crianças de até quatro anos de idade, provenientes de famílias beneficiadas pelo programa BolsaFamília. A ação dos ministérios da Educação e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome faz parte do programa Brasil Carinhoso, do governo federal.

Campanha As doações da Campanha do Quilo, que foi lançada na quartafeira, podem ser feitas até o final de setembro no 27º GAC, SMDS, Unijuí. A campanha é promovida pelo 27º GAC, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), Unijuí, Lions Club, Rotary e John Deere e tem como objetivo a arrecadação de alimentos que serão destinados a instituições e pessoas carente.


18

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Rural

Jornal da Manhã

CARTÃO EMERGÊNCIA RURAL

Agricultores definem aplicação de recursos do governo estadual Com R$ 400, contemplados adquirem mantimentos para a família e alimento para rebanhos Uma semana e meia após o início das entregas do Cartão Emergência Rural a agricultores de todo o Rio Grande do Sul, a maioria deles já definiu a aplicação ou já utilizou o valor disponibilizado pelo governo estadual. São R$ 400 em parcela única – na região, são mais de 800 contemplados. A grande parte deve escolher gastar o dinheiro com a compra de mantimentos para a família e alimento para os rebanhos nas propriedades. Em seu discurso na entrega dos cartões em Ijuí, o governador Tarso Genro disse que os recursos são uma “pequena gota d’água em um mar de necessidades”. A frase ilustra exatamente a situação vivida pelo agricultor Aristeu Pereira, que vive com sua esposa na comunidade de Rincão da Laje, interior do Bozano. E recebeu porque perdeu toda a sua área plantada na safra no verão passado: oito hectares de soja e dois de milho – o que naturalmente contribuiu para que sua quebra fosse mais nítida. A

produção leiteira em sua propriedade também sofreu redução, ao passar de três mil litros de leite por mês antes da estiagem para mil litros de leite mensais durante o período da estiagem. Aristeu foi um dos agricultores que receberam o cartão simbolicamente da mão do governador no dia 25 de julho, durante o evento realizado em Ijuí. “É uma grande ajuda do governo, mas não é suficiente, porque a vida continua. Agora temos esperança porque começou a chover”, diz o agricultor. Dos R$ 400 que recebeu, Aristeu afirma que já gastou metade com a compra de mantimentos para o sustento da família. Os outros R$ 200 devem ser aplicados pelo agricultor na compra de alimento para os animais de sua propriedade. A título de comparação, segundo o proprietário da empresa Relva, Sadi Pereira, com R$ 400 é possível comprar apenas seis sacas e meia de adubo de 50 quilos para aplicação nas lavouras

Aristeu Pereira recebeu Cartão Emergência Rural das mãos do governador em Ijuí

de trigo e milho. Além disso, o valor repassado pelo governo do Estado rende um saco de milho transgênico de qualidade mais baixa, assim como é possível plantar cinco hectares de soja com qualidade inferior à transgênica. Questionado como vai dar prosseguimento às suas atividades após a quebra na safra, Aristeu garante que tem saídas:

“A gente tem alguma produção, daqui para frente dá para ir levando”. O investimento em todo o Rio Grande do Sul por parte do governo estadual com o Cartão Emergência Rural é de aproximadamente R$ 45 milhões. Na região de abrangência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Ijuí, o valor chega a R$ 342,9 mil.

Rede Leite analisa qualidade da silagem na Unijuí Considerada reserva de alimento em períodos críticos, a silagem é uma garantia de que não vai faltar comida para o gado, especialmente quando não chove. Contudo, a zootecnista Juliana Comin, responsável pelo laboratório de Bromatologia e Nutrição Animal da Unijuí, acha fundamental que o produtor de leite saiba em

que patamar de qualidade está a silagem que ele oferece às vacas. Essa informação, segundo Juliana, somente pode ser obtida através de uma detalhada análise, feita em laboratório. Preocupado, o produtor Élvio Siqueira, de Boa Vista do Incra, enviou ao laboratório da Unijuí uma amostra da refeição que

serviu ao plantel leiteiro no período de estiagem. Élvio tomou essa decisão após conversar com pesquisadores do Programa Rede Leite, do qual faz parte desde 2009. Segundo o produtor, quando o pasto no campo secou e a alimentação das vacas ficou restrita à silagem, foram verificados alguns prejuízos, como a dificuldade para se reproduzir e até óbito de uma vaca. O resultado da análise bromatológica feita na amostra de silagem enviada ao laboratório, confirmou as suspeitas: o alimento que as vacas do seu Élvio con-

sumiram era de baixa qualidade. Segundo a zootecnista da Unijuí, isso se deve a vários fatores. Juliana recomenda que os produtores realizem análises periódicas dos alimentos. “Assim como nós, os animais precisam comer para se manter vivos e produzir carne, leite, lã ou ovos. Quanto mais qualidade, melhor serão os ganhos e o resultado de produção e maior a longevidade produtiva do animal. Se a qualidade estiver abaixo do normal, o alimento precisa ser complementado”, finalizou Juliana.

Novas medidas para pesca são anunciadas em evento A reunião da Federação de Pescadores do Rio Grande do Sul, realizada nesta terça-feira em Porto Alegre, rendeu novidades ao setor. A partir de agora, os pescadores artesanais passam a fazer o pagamento de R$ 30 mensais ao sindicato da categoria. De acordo com o presidente da Colônia de Pescadores Z-18 Itamir Lizot, a ação é tomada para valorizar e melhorar as condições de trabalho de pescadores artesanais e

profissionais. Além da novidade sindical, representantes estaduais do setor da pesca estão em Brasília para buscar a inclusão da categoria no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. A ideia é justamente buscar novos investimentos e políticas para o setor no Rio Grande do Sul e também para estimular a exportação gaúcha de peixe.

INDICADORES RURAIS Resultado comprovou baixa qualidade da silagem no período de estiagem

Preços de ontem, 03/08/2012

Soja: R$ 69,00

Milho: R$ 25,50

SISTEMA DE ALERTA Segurança e soberania alimentar como eixo estratégico de desenvolvimento A segurança alimentar é uma questão que diz respeito a trajetória da humanidade, a tentativa de vencer a incerteza, a carestia, a escassez de alimentos, bem como o modo de conseguir os alimentos e consumi-los, vem junto com a humanidade e com seu desenvolvimento. As estratégias de desenvolvimento centradas na segurança alimentar devem contribuir na implementação do direito à alimentação. A segurança alimentar como estratégia pressupõe o reconhecimento de que a questão alimentar nos processos de desenvolvimento, se deve a alguns fatores: - Estar adequadamente alimentado constitui um direito humano básico enquanto condição vital da existência; - O conjunto de atividades ligadas à produção, distribuição e consumo de alimentos (o sistema alimentar) desempenha um papel central na configuração econômica, social e cultural da região; - As questões ligadas aos alimentos e à alimentação sempre foram fonte de preocupações e mobilizações sociais, e objetos permanentes das políticas públicas. O tratamento dos vários aspectos envolvidos na questão alimentar (a segurança, a soberania, a qualidade/quantidade e sanidade, práticas produtivas com bases sustentáveis, a cultura alimentar, o acesso) também contribui para uma maior equidade social. Estimular o desenvolvimento de cadeias alimentares regionais e locais, pois a atividade agrícola continua sendo a mais importante fonte de renda (e de alimentos) para a maioria das unidades familiares rurais. A produção agroalimentar possibilita enfrentar simultâneamente, tanto a necessidade de criar oportunidades de trabalho e de renda, como a de ampliar e melhorar a oferta de alimentos em âmbito regional e local. Pensar estratégias de desenvolvimento para a atual e as futuras gerações, também pressupõe planejar e projetar um modelo alimentar seguro e sustentável, reapropriarmos -nos do sistema alimentar, seja voltado ao passado, seja avaliando as prática de hoje.


Polícia

Jornal da Manhã

PENITENCIÁRIA

Modulada tem sete famílias presas

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

19

Casal é detido por suspeita de roubo a taxista

Maioria dos casos de detenções de presos parentes é devido à prática do crime de tráfico de drogas Dos 490 detentos que estão na Penitenciária Modulada de Ijuí, alguns deles, além de dividir as celas da prisão, também dividem o mesmo sobrenome, devido ao grau de parentesco que existe entre eles. Os registros da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), apontam que atualmente a penitenciária de Ijuí possui sete famílias. A informação foi revelada em entrevista ao Grupo JM, pela psicóloga Daiane Steiernagel, que atua junto à Susepe. A psicóloga aponta que na casa prisional estão cumprindo pena, em alguns casos, pais, filhos, noras e genros. Em torno de 20 presos, que de alguma forma ou outra, possuem algum laço de parentesco. " A maioria dos casos são de mãe e filho ou filha, mas também têm casos que são os sogros e o genro. É bem diverso, mas a maioria é um dos genitores e o filho", comenta. Outro caso que chama atenção da psicológa é que a maioria dos casos de famílias presas é porque eles praticam o crime de tráfico de drogas. "Os pais são presos e

filhos também", ressalta Daiane. Da análise dos casos que estão na Penitenciária, Daiane diz que a prática do crime entre familiares acontece porque um deles acaba se envolvendo no mundo crime e, por isso, torna-se o responsável financeiro pela família. "Quando preso, os familiares , para manter o sustento da família, acabam dando continuidade ao delito. Têm casos em que o pai iniciou e os filhos acabaram seguindo, e vice-versa", explica. Existem também casos de familiares que estão presos devido à prática de assalto, homicídio, entre outros crimes. Para a psicóloga, não existe um único fator que faz com que essas famílias pratiquem crimes, mas percebe-se, segundo ela, que o fator econômico preponderante. Como na Penitenciária Modulada existe módulo masculino e feminino, os presos parentes, quando do mesmo sexo, podem até mesmo dividir a mesma cela. "No caso de mãe e filha, têm casos que elas podem ficar até na mesma cela. Caso contrário, nos dias de visita, se

Daiane Steiernagel

estão no mesmo módulo, eles podem se encontrar", salienta. A Penitenciária Modulada de Ijuí possui também um sistema de classificação de presos. Eles são colocados em módulos ou celas de acordo com o crime praticado. Já os presos que possuem um relacionamento conjugal, têm direito a visita íntima uma vez por semana.

Valdenir Oliveira de Souza

Cristian Tatiane Figueiredo

Um taxista acabou sendo vítima de roubo na manhã de ontem em Ijuí. De acordo com a ocorrência, duas mulheres solicitaram uma corrida a um taxista no ponto de táxi em frente ao Hospital de Caridade (HCI) até o bairro São Paulo. Chegando ao local, as duas mulheres saíram. Neste momento surgiu um homem que, armado, rendeu o motorista e roubou cerca de R$ 230. Logo após sair do local, o taxista acionou a Brigada Militar que prendeu Valdenir Oliveira de Souza, de 35 anos, conhecido como Careca, e Cristian Tatiane Figueiredo Porciuncula, de 30 anos. Ambos foram reconhecidos pelo taxista. A segunda mulher não foi encontrada. Conduzidos à Delegacia de

Polícia, os dois suspeitos foram enquadrados por roubo qualificado e devido à ficha criminal dos acusados, foi solicitada a prisão preventiva. Os dois foram conduzidos à Penitenciária Modulada. De acordo com a Brigada Militar, Souza também é suspeito de estar envolvido no roubo a outro taxista, que ocorreu na noite de quinta-feira. Segundo a ocorrência da BM, por volta das 20h10, um homem solicitou a um taxista do ponto do Terminal Rodoviário que o levasse até o bairro Modelo. Após andar alguns metros, o homem, empunhando uma faca, roubou do taxista a quantia de R$ 180,00 e exigiu que o deixasse nas proximidades do beco do bairro São Paulo.

Apresentada alternativa para penitenciárias Morador atira em O Método Associação de Pro- Exigente e Themis). em um show de horrores. Te- eletricistas de empresa teção e Assistência aos Condenados (APAC) foi apresentado pela promotora de Justiça de Controle e Execução Criminal, Cynthia Jappur, durante o seminário Quantos presos queremos ter?, ocorrido no Presídio Central, em Porto Alegre, na quinta-feira. O evento foi promovido pelas entidades que fazem parte do Fórum da Questão Penitenciária (AMPRS, Adepergs, Ajuris, OAB-RS, Pastoral Carcerária, Cremers, Crea-RS, Conselho da Comunidade, além das organizações não governamentais Afructo, Amor

A programação contou com a participação de especialistas no assunto, inclusive os próprios detentos que vivem no Presídio Central. Em sua participação, Cynthia Jappur explicou que as APACs, que existem há 40 anos em Minas Gerais e são exemplo mundial de ressocialização de presos, devem ser uma alternativa para o sistema carcerário gaúcho. “Por trás da superlotação, existe uma cultura de que a pena tem que ter um caráter de suplício. É preciso sofrer com publicidade,

mos que mudar isso”, explicou a Promotora. “Não basta só prender, é preciso ressocializar, mas essa previsão legal hoje é descumprida”, analisa. Para Cynthia Jappur, a APAC é a melhor forma de se proporcionar a reinserção para aqueles presos que quiserem aderir ao sistema. “Os presos ficam com a chave do estabelecimento e se responsabilizam pelo seu direito de ir e vir. Dessa forma, os índices de fuga e reincidência são inferiores a 10%, porque do amor, ninguém foge”, concluiu.

comunicou que foi arrombada a porta do seu estabelecimento comercial, sendo furtado de uma gaveta do caixa R$ 200 em dinheiro, dois litros de vinho e uma garrafa de whisky. Furto em residência - O morador da Rua Luiz da Rocha Guterres constatou que a fechadura da porta dos fundos de sua residência estava danificada. Ao entrar na residência, constatou que haviam subtraído do local seis caixas de cerâmica e uma pasta com documentos. Não há suspeitos para o furto. Furto em obra - Uma obra em construção foi arrombada na Rua dos Imigrantes. No

local, ladrões furtaram várias ferramentas usadas no dia a dia. Foram furtados dois motores de bitoneira, uma furadeira, uma serra circular, uma serra de cortar mármore, um carrinho de mão, cinco marretas, três plumos e quatro talhadeiras. Abigeato - O fato ocorreu às margens da BR-285, km 443, em Bozano. Foram furtados dois bovinos, uma da raça Jersey e outro da raça Holandesa, de cerca de dois anos. O comunicante informou à polícia que no dia do crime foi vista próximo à sua propriedade uma F-1000 marrom, com carroceria boiadeira.

Plantão Furto qualificado – A Guarnição da Brigada Militar, em uma ocorrência de furto qualificado, entrou em contato com a vítima, moradora do bairro Glória, a qual comunicou que saiu de casa às 15h, que retornou às 16h20, quando constatou que a porta dos fundos de sua residência estava arrombada e do interior foi furtada uma TV Philips de 20 polegadas de cor cinza e o aparelho de som marca Philips. Furto em estabelecimento comercial - A Guarnição da Brigada Militar entrou em contato com a vítima, residente no bairro Morada do Sol, a qual

Uma guarnição da Brigada Militar (BM) de Ajuricaba apreendeu, na quinta-feira à tarde, uma espingarda de pressão calibre 5,5 mm, em Nova Ramada. De acordo com a BM, um eletricista da concessionária de energia elétrica que abastece o local desempenhava sua atividade profissional em uma residência no Bairro Preto, onde deveria interromper o fornecimento de luz. Ao subir na escada, o mora-

dor ameaçou o eletricista com um facão e, posteriormente, efetuou um disparo de espingarda de pressão contra o eletricista e seu colega. O disparo não os atingiu. Ao comparecer no local, a guarnição solicitou que a arma de pressão fosse entregue. Segundo a BM, o acusado vai responder perante à Justiça pelo crime do Art. 132 do Código Penal: “perigo para a vida ou saúde de outrem”.


20

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Esporte

Jornal da Manhã

AMADOR

Olimpíada Comerciária fecha a fase de classificação Futsal masculino definiu os classificados para a etapa eliminatória que abre na segunda Dois jogos quinta-feira à noite, no Ginásio Municipal Wilson Mânica, em Ijuí, fecharam a primeira fase da etapa municipal da 32ª Olimpíada Comerciária, modalidade futsal masculino. Na primeira partida, a equipe Dalipet/Agrovel venceu o time Prósis Informática por 5 a 3. No segundo jogo, a equipe Bola na Rede/Kuchak derrotou por 4 a 2 o time Looks Óptica e Joalheria. Na próxima segunda-feira, a partir das 19h30, serão disputados estes jogos pela segunda fase, eliminatória: Taqi/Parfix x Rei das Frutas/ Cadile´s e Mercado Bom Preço x Looks Óptica e Joalheria. O Serviço Social do Comércio reali-

zará a 2ª edição dos Jogos Sesc, Master e Sêniors, com o objetivo de valorizar a prática esportiva a partir dos 40 anos e promover a qualidade, socialização e cooperação entre os atletas participantes. As equipes interessadas em participar das modalidades de Futebol 7, Futsal, Voleibol, Câmbio, Tênis, Bocha Trio, Natação e Canastra, já podem retirar as fichas de inscrição junto ao Sesc ijuiense. A etapa regional dos jogos ocorre em Ijuí, dia 2 de setembro, envolvendo atletas de Santa Rosa, Santo Ângelo, São Luiz Gonzaga, Cruz Alta e Ijuí. A final estadual dos jogos será em Erechim, dias 29 e 30 de setembro.

Primeira fase do futsal da Olimpíada Comerciária foi concluída na quinta-feira

AABB entrega premiação a campeões da bocha O presidente da Associação Atlética Banco do Brasil de Ijuí, Tiago Dalla Rosa, disse que os tradicionais Jogos de Inverno da AABB concluídos na semana passada atingiram seus objetivos de integração das equipes participantes. A competição foi disputada entre 2 e 26 de julho. A entrega de premiação na última sexta-feira envolveu aproximadamente duzentas pessoas. Os campeões foram estes: bocha trio, Jefferson Dalla Rosa, Fernando Lacortt e Cristiano Antonello; vice, Everton Manhabosco, Ozeias Bastos e Valdir Forgiarini; xadrez, campeão, Leo Backes, e vice, Silvano Friske; canastra, campeão, Fernando Lacortt e Baroni; vice, Ari Fassbinder e José; tênis de quadra categoria iniciantes, dupla, Valter Chagas e Rodrigo Bressan; vice-campeão, Sandro Dorneles e Gabriel; categoria livre, campeão, Kiko Bussmann e Jean Mônaco; vice, Vini Grando e Maicon Romero; futsal adulto, campeão, Mercado Dorneles com estes atletas: Cristiano Dorneles, Roberto Diniz, Jean Dalla Rosa, Juliano de Lara, Lairton da Silva, Lucas dos Anjos, Elivelton da Silva e Felipe Tamiozzo; Artilheiro: Everton Bihain; Goleiro menos vazado: Jean Dalla

PLACAR JM 15ª COPA DUNGA SESC/CEDL DE FUTEBOL SETE Hoje 4.8 às 13h45 Campo do Sesc Infantil – Uefa Nova Ramada x CMD Coronel Barros Mirim – Cometa Branco x Grêmio Dimicron Feminino – Uefa Nova Ramada x Cometa Pré-mirim – Cometa Branco x Grêmio Mareli Pré-mirim – Cometa Vermelho x Grêmio

RENATO MARSIGLIA renato.marciglia@tvglobo.com.br

INTER DEMOROU A ACORDAR A direção colorada deitou em berço esplêndido, ficou focada nos euros que entrariam nos cofres com a venda de Oscar e esqueceu de que ficaria sem centroavante por boa parte do Brasileirão. A ausência por longo tempo de Leandro Damião era de conhecimento até das traves do Beira-Rio. Forlán levará algum tempo para entrar em forma e aconteceram as lesões de Dagoberto e D'Alessandro, deixando a equipe sem atacante. Ah, tem o Jajá. É mole? O Inter corre agora para conseguir trazer Rafael Moura, hoje terceiro reserva no Fluminense. Não que seja um mau jogador, pelo contrário. Mas também é outro que faz tempo que não joga uma partida completa. Falta de planejamento. GRÊMIO COMPLETO EM TODAS O Grêmio não tem alternativa. Deve jogar com o melhor que tiver à disposição tanto no Brasileirão como na Copa Sul-Americana. Evidente que alguma alternância deve acontecer por conta de lesão ou cansaço, o que é natural. O que não pode é colocar time misto nesta ou naquela competição. Por exemplo, terá que jogar numa quintafeira (23/08) à noite em Curitiba pelo jogo da volta pela Sul-Americana e no domingo tem Gre-Nal. Paciência. O primeiro jogo vale vaga na fase seguinte e o segundo nem precisa falar de sua importância. Ruim é quando não tem nada para disputar ou jogar apenas para cumprir tabela. OLIMPÍADAS: NADA MUDA Não entendo como existe gente que ainda se decepciona com o número de medalhas do Brasil em Jogos Olímpicos. Para mim, o simples fato de um atleta brasileiro conseguir índice para ir a uma Olimpíada já é motivo de festa. Medalha então é para alguns poucos gênios que se destacam pela perseverança num País onde o esporte escolar não existe. Em qualquer país civilizado, o esporte é a base da educação, com a qualidade saindo da quantidade. Isto no Brasil é utopia pura.

Primeiros colocados da modalidade bocha trio dos Jogos de Inverno da AABB

Rosa; troféu mamadeira futsal adulto: Leandro Hermann; Troféu gadanha futsal adulto: André Stochero; Futsal Master: campeão, Móveis Novos Horizontes (Aldemar Mazurana, Everton Manhabosco, Ozéias Bastos, Adilio Barella,

Flavio Atkinson, Paulo Silva dos Santos, Roberto da Rosa, Clovis Lacortt, Carlos Antunes); Troféu mamadeira: Flavio Atkinson; Troféu gadanha: Adilio Alberto Barello, e Troféu O corneta dos Jogos de Inverno: Joselito Rocha da Silva.

Dimicron Infantil – São Luiz Vermelho x Grêmio Mareli Equipes semifinalistas Categoria Mirim- Cometa Branco, Grêmio Dimicron, Greminho Condor e CFE Grêmio Tricolor Categoria Infantil- Uefa Nova Ramada, CMD Coronel Barros, São Luiz Vermelho e Grêmio Mareli Categoria Feminina- Cometa, Uefa Nova Ramada, E.C. Ijuí e São Luiz Nas categorias Fraldinha e Pré-mirim, são jogos de integração. Neste sábado serão quatro jogos semifinais. 4ª COPA CARLOS EDUARDO DE FUTEBOL

Hoje 4.8 Campo do Ipiranga em Coronel Barros Sub-11- 13h15-SER S. Ângelo/Verde Sports x GBM de Ijuí Sub-13- 14h30-Greminho Condor x CFE Grêmio/Garra 2000 Sub-17- 15h45-Greminho Condor x Escolinha Pindorama Amanhã 5.8 Sub-11- 13h15-Greminho Condor x Escolinha São José/Pindorama Sub-15- 14h30-Greminho Condor x São Luiz 97 Sub-15- 15h45-São Luiz 98 x CMD Coronel Barros

LEVIANDADE COM DINHEIRO PÚBLICO Só não fiquei pasmo com as declarações do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Artuz Nuzmann, referendadas pelo Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, porque nada mais me surpreende neste País em matéria de farra oficial com o dinheiro do contribuinte. O País irá gastar UM BILHÃO de reais para preparar os atletas com o objetivo de alcançar trinta medalhas em 2016. Certamente o Brasil não possui problemas sociais para resolver.Há moradia decente para todos, a saúde pública é maravilhosa, nossos professores são bem pagos e a segurança pública é exemplar. Logo, nada mais normal do que gastar esta fortuna para ganhar medalha em Olimpíada. POR FALAR EM FARRA... Todas as obras planejadas visando a Copa/2014 estão atrasadas e os custos ultrapassam o dobro do previsto inicialmente. Todas, sem exceção. Nada que não se soubesse desde que o Brasil aceitou ser sede do Mundial. O objetivo da candidatura, todos sabem, era esse mesmo.Bem, agora não tem mais volta.Não dá para desistir. O máximo que podemos fazer é torcer para que Deus realmente seja brasileiro e as coisas aconteçam da melhor forma possível. Inclusive para que as obras, para lá de superfaturadas, realmente sejam entregues à população antes do evento.


Esporte

Jornal da Manhã

CARLOS ALBERTO PADILHA esporte@jornaldamanhaijui.com

ELIMINAÇÃO- Preferia começar este espaço falando sobre a vitória do futebol brasileiro feminino em Londres, mas isso não será possível. A equipe de Marta, Cristiane e companhia parou no Japão. Em sua pior participação olímpica, a Seleção Brasileira foi eliminada pelo Japão nas quartas de final dos Jogos de Londres. Atuais campeãs do mundo, as asiáticas aproveitaram a atuação pouco inspirada de Marta e venceram por 2 a 0, em Cardiff. Apesar de manter a posse de bola, a Seleção não foi capaz de criar oportunidades para marcar. O Japão, por sua vez, preferiu não se expor e abriu o placar com Ogimi em um vacilo no primeiro tempo. Armado para jogar no contra-golpe, o time asiático ampliou através de Ohno, já na etapa complementar. Uma derrota para a Grã-Bretanha no último jogo da primeira fase provocou o duelo com o Japão e a consequente queda precoce. Desde a primeira participação olímpica, em Atlanta-1996, a Seleção feminina nunca havia saído antes das semifinais. Em Atenas-2004 e Pequim-2008, ficou com a prata. Falta mais investimento no futebol feminino. VOLEIBOL- Com duas derrotas consecutivas nos Jogos Olímpicos de Londres, para a Coreia do Sul e para os Estados Unidos, a Seleção Brasileira feminina de vôlei entrou em quadra na manhã de ontem ameaçada, teve dificuldades, mas conseguiu vencer a China por 3 sets a 2, parciais de 25/16, 20/25, 25/18, 28/30 e 15/10. Para avançar às quartas de final, o Brasil tem que encerrar sua participação na fase de grupos com vitória sobre a Sérvia, por 3 a 0 ou 3 a 1, amanhã, às 18h, o que garante três pontos somados na tabela de classificação. Além disso, o time de Zé Roberto deve torcer para os Estados Unidos vencerem a Turquia ou para o duelo entre China e Coreia terminar em 3 a 2, independentemente do vencedor. A Seleção Brasileira feminina de basquete perdeu mais uma partida nos Jogos Olímpicos e eliminou qualquer chance de classificação ontem. Diante do Canadá, o Brasil sofreu uma derrota pelo placar de 79 a 73. O Brasil não venceu nenhum confronto na competição. ABERTURA- Começa hoje, às 14h, no Ginásio de Esportes Wilson Mânica, a 2ª Copa Sest Senat Ijuí de Futsal. A primeira rodada terá estes jogos: Transportadora Pampa x TNT Mercúrio; 3 Tentos x PST; MedianeiraTransporte Urbano 2 x Transparati; e TRR Lambari x TW Transportes. A chave A terá estes times: Coordenadoria de Trânsito, TNT Mercúrio, PST, 3 Tentos eTransportadora Pampa. Na chave B estão: Medianeira Transporte Urbano 1, Transparati, TW Transportes, TRR Lambari e Medianeira Transporte Urbano 2.

Marcelo Moreno e Zé Roberto confirmados

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

O técnico Vanderlei Luxemburgo quer o Grêmio com intensa movimentação no jogo de amanhã, às 16h, no Estádio Olímpico, diante do Bahia pelo Campeonato Brasileiro. O treinador entende que isso ajudará a superar uma provável retranca do time comandado por Caio Júnior. No treino de ontem, foram constantes as tro-

21

cas de passes dos meias e atacantes. O atacante Marcelo Moreno e o meia Zé Roberto, que foram poupados na partida contra o Coritiba, pela Copa Sul-Americana, trabalharam normalmente entre os titulares. O Tricolor deve jogar com Marcelo Grohe; Edilson, Werley, Gilberto Silva e Pará; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Kleber e Marcelo Moreno.

JOGOS OLÍMPICOS

Mano Menezes adota cautela Técnico pede respeito da Seleção Brasileira no jogo decisivo de hoje contra Honduras

Mesmo com 100% de aproveitamento e diante de um adversário sem tradição no futebol, o técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, prefere ser cauteloso para a partida contra Honduras, hoje às 13h (horário de Brasília), pelas quartas de final da Olimpíada de Londres. "Jogo ganho antes da hora é um prato cheio para o fracasso", declarou o treinador ontem. A Seleção de Honduras provocou em 2001 um dos maiores vexames brasileiros ao eliminar nas quartas de final a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari, que veio a ser campeã

mundial um ano depois na Copa da Coreia do Sul e Japão. Na véspera do primeiro jogo da fase eliminatória da Olimpíada, o Brasil treinou intensamente cobranças de pênaltis para evitar o vexame da Copa América do ano passado, na Argentina. Mano Menezes comandou uma atividade leve, em Newcastle, local da partida, e, após o treino de dois toques, pediu para que os jogadores treinassem cobranças de pênalti. Em caso de empate no tempo normal, a vaga nas semifinais pode ser decidida nas penalidades. Foram mais de 60 cobranças treinadas por um grupo de jogadores. O atacante Alexandre Pato, que disputa com Leandro Damião vaga no ataque ao lado de Neymar, foi quem teve o melhor aproveitamento, junto com o meia Oscar. O técnico Mano Menezes

Treinador da Seleção Brasileira ainda não confirmou o time para hoje

não divulgou o time que vai enfrentar Honduras. Disse que manteria a base do time que atuou nos dois primeiros jogos da fase classificatória. A equipe

deve começar o jogo com Neto; Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro, Rômulo e Oscar; Hulk, Alexandre Pato (Leandro Damião) e Neymar.

Rafael Silva faz história Desfalques em São Paulo Rafael Silva conquistou ontem a última medalha disputada pelo Brasil no judô nas Olimpíadas de Londres, a quarta do esporte na competição. Com um yuko conquistado após duas punições do adversário, com a luta já no golden score, o brasileiro venceu o sul-coreano Sung-Min Kim e ficou com o bronze na categoria Peso Pesado (mais de 100kg). Com 2,03 m e 155 kg, o judoca brasileiro dificultou muito o trabalho dos adversários, sendo derrotado apenas nas quartas de final, pelo russo Alexander Mikhaylin, na decisão por bandeiras da arbitragem, depois de levar a luta para o golden score, mas mesmo assim, sem ser derrubado pelo adversário, ele conquistou o quarto pódio da seleção no

tatame, um recorde para o Brasil em Olimpíadas. Com o bronze de Rafael, o judô do Brasil encerra sua participação com quatro medalhas. Silva agora se junta a Sarah Menezes (ouro), Mayra Aguiar (bronze) e Felipe Kitadai (bronze), outros medalhistas do esporte nesta Olimpíada. A decepção ficou por conta do nadador Cesar Cielo. Ele defendeu o seu título na prova dos 50 m livre obtido nos Jogos Olímpicos de Pequim há quatro anos, mas não repetiu o desempenho de 2008 e sucumbiu frente ao francês Florent Manaudou e ao americano Cullen Jones, que levaram o ouro e prata, respectivamente. Superado nos milésimos finais, Cielo ganhou o bronze. O outro brasileiro na prova, Bruno Fratus, terminou em quarto.

Judoca Rafael Silva beija medalha de bronze conquistada ontem

O Inter enfrenta o Palmeiras hoje, às 18h30, na Arena Barueri em São Paulo, pelo Brasileirão, mais uma vez desfalcado. Na coletiva de ontem, o técnico Fernandão reclamou da falta de peças de reposição no setor ofensivo colorado. As ausências de Leandro Damião, na Seleção Olímpica, e Dagoberto por lesão, foram lembradas pelo treinador que tem no momento apenas Forlán, se adaptando, e o garoto Maurides. Jajá treinou entre os titulares e deve começar a partida. O Inter jogará

com Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Fabrício; Ygor, Elton, Guiñazu e Fred; Jajá e Diego Forlán. O Colorado é o quinto colocado com 22 pontos. O Palmeiras vai em busca de reação no Campeonato diante do Inter. O técnico Luiz Felipe Scolari ganhou dois reforços para este sábado. Recuperados de lesão na coxa esquerda, Valdívia e Thiago Heleno treinaram com bola na última atividade e devem aparecer no time de Felipão. O retorno mais aguardado é o do chileno.

BRASILEIRÃO 14ª rodada-Série A Hoje, 4.8 Palmeiras x Internacional18h30 Atlético-GO x Botafogo-18h30 Portuguesa x Figueirense-21h Amanhã 5.8 Vasco x Corinthians-16h São Paulo x Sport-16h Grêmio x Bahia-16h Coritiba x Fluminense-16h Cruzeiro x Ponte Preta-18h30 Náutico x Santos-18h30 15ª rodada-Série B Ontem, 3.8 Vitória 0 x 1 Bragantino Grêmio Barueri 0 x 0 CRB Ipatinga 0 x 6 Goiás Boa Esporte 1 x 1 América-RN

Hoje, 4.8 Atlético-PR x São Caetano-16h20 Joinville x Criciúma-16h20 Avaí x Ceará-16h20 Guarani x Guaratinguetá-16h20 ASA x América-MG-16h20 ABC x Paraná Clube-21h Série C 6ª rodada Amanhã, 5.8-chave B Caxias x Vila Nova-GO- 15h Série D Amanhã, 5.8-chave A7 Cerâmica de Gratavaí x Marília15h Chave A8 Arapongas-PR x Juventude20h15


22

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

Variedades

Jornal da Manhã

Novelas

Ticiane vai comandar reality de moda

Amor Eterno Amor- Globo

A apresentadora Ticiane Pinheiro vai revezar com Ana Hickmann o comando da casa de Itu, onde ficarão confinadas as 24 participantes do "Top Model - O Reality", da Record. "Mas não vou dormir lá", afirma Ticiane. Mais detalhes do formato da atração, que deve estrear no dia 19 de agosto, estão ainda sendo definidos. Ticiane foi responsável pela seleção das candidatas em seis capitais do País. "Sempre trabalhei como modelo e agora apresentadora. É legal unir as duas coisas", disse ela. Ela é filha da Garota de Ipanema, Heloisa Pinheiro, e casada com o apresentador Roberto Justus.

Josué beija modelo em comercial e irrita esposa Jáqui cumprimenta Kléber e Priscila. Bruno briga com Juliana e acaba beijando Cris. Elisa seduz Rodrigo, mas não o impede de ir para a fazenda. Fernando finge ter conseguido voltar a mexer os dedos do pé e diz que é o amor de Miriam que o está curando. Rodrigo comenta com Tobias que se sente mal depois de estar com Elisa. Gracinha finge se preparar para o convento e Pedro estranha seu comportamento. Regina conta a Fernando que Beatriz não chamará a polícia para descobrir quem invadiu seu computador. Josué beija uma modelo para fazer um comercial e Valéria se enfurece.

Cabelo comprido

De volta

A cantora Wanessa, afastada dos palcos desde que deu à luz o menino José Marcus, quer voltar com tudo de sua licença maternidade. Com retorno programado para agosto, ela chamou o dançarino Bryan Tanaka para coreografar as músicas de seu novo DVD. As gravações começam no dia 13 e passarão por Manaus, São Paulo, São José do Rio Preto e Piracicaba. Tanaka é conhecido como coreógrafo de divas pop como Beyoncé e Rihanna.

Garrafada Marcelo Faria negociou o pagamento de R$ 19 mil ao segurança Fabricio Lopes, por tê-lo agredido com uma garrafa. O rapaz levou seis pontos, mas já retornou à rotina. "Se passar na rua, será um estranho. Não vou falar". Para não entrar com uma ação judicial contra Marcelo, Fabricio pediu R$ 20 mil. O ator pechinchou e tentou pagar R$ 15 mil. Quando a negociação chegou em R$ 19 mil, o segurança topou. Com o valor da indenização, ele vai limpar o nome no SPC, comprar um sofá e quitar dívidas.

Leonardo Miggiorin parou de cortar os cabelos há meses para entrar no espírito de seu personagem na nova temporada de “Malhação”. Ele será Leandro, um professor de física desleixado, nem aí para a aparência.

Segredo

O elenco de “Avenida Brasil” segue recebendo o texto picotado. Até quem participa de certas sequências, mas não tem muitas falas, fica sem acesso ao script completo. Por exemplo, dos que estavam no casamento de Roni (Daniel Rocha), apenas Adriana Esteves teve o capítulo todo com antecedência.

Fael grava programa sobre o campo O ex-BBB Fael divulgou no Twitter um teaser de seu novo programa na televisão. O vídeo retrata a vida no campo e não tem nome definido. Segundo o ganhador do Big Brother Brasil 12, o novo projeto está quase pronto e conta com retratos do cotidiano de quem tem uma vida rural. Fael ganhou o reality show com 92% dos votos, a maior aprovação da história do programa, e levou o prêmio de R$1,5 milhão. "Se eu começar a gastar esse dinheiro de qualquer jeito, vão me ver como fracassado em um ano e eu não quero que isso aconteça comigo", analisou o novo milionário logo depois de sua vitória, no programa de Ana Maria Braga .

Nos bastidores

Cheias de Charme - Globo Beyoncé Beyoncé resolveu seguir os passos de Katy Perry e gravar seu próprio documentário. O filme deve misturar trechos de shows com depoimentos sobre a vida da cantora, incluindo uma entrevista confessional com a própria. Além de estrelar o longa e produzi-lo, Beyoncé vai também estrear na direção. A cantora está também envolvida em outros projetos cinematográficos: ela vai dublar um personagem na animação "Epic" e está no elenco do remake do musical "Nasce uma Estrela", dirigido por Clint Eastwood.

Paula Fernandes esquia em Bariloche

Conrado e Cida são parados em blitz Fabian descobre a farsa de Chayene. Otto avisa a Penha que não desistirá dela. Cida enfrenta Sônia, que fica em choque com a atitude da enteada. Penha pensa em Otto. Sônia se recusa a falar com Sarmento. Conrado tenta se insinuar para Cida, mas ela o afasta. Tom chega ao apartamento de Rosário com um novo visual. Cida dá um vestido usado para Isadora. Socorro avisa que conseguiu atrapalhar a viagem das Empreguetes. Isadora se enfurece quando Conrado se oferece para levar Cida ao aeroporto. Lygia confessa a Liara que teme que Samuel se decepcione com Gilson. O carro de Conrado é parado em uma blitz e Cida se angustia. Sandro vê Walmir e um camelô sendo presos e se apavora. Tom questiona se Rosário e Penha viajarão sem Cida.

Avenida Brasil - Globo

Mulheres criam regras para dividir Cadinho

Conhecido pelo excelente astral, Jorge Fernando brinca com o elenco de “Guerra dos sexos” num intervalo das gravações em Itaipava: Reynaldo Gianecchini, Tony Ramos e Irene Ravache. A novela de Sílvio de Abreu sucederá “Cheias de charme”, na Globo, e teve sequências realizadas também em Angra. A próxima parada é São Paulo e, depois, Projac.

De férias, Paula Fernandes viu a neve pela primeira vez. A cantora esteve em Bariloche, na Argentina, onde praticou durante dias o esporte de esqui. Ontem, postou no Twitter uma foto da viagem. "Realizei mais um sonho essa semana. Finalmente eu conheci a neve! E ainda comecei a esquiar! Poucos tombos e muitos sorrisos! Amei a viagem, que foi curta, mas maravilhosa e inesquecível!", escreveu ela no microblog.

Jorginho pressiona Nilo e descobre que Lucinda se relacionou com Santiago. Leandro provoca Suelen. Darkson repreende Silas por tratar Olenka como dona de casa. Leleco implora que Darkson não conte para Tessália sobre sua traição com Muricy. Noêmia e Verônica decidem aceitar a proposta de Alexia. Jorginho cuida de Picolé e descobre novas informações sobre Santiago. Carminha chama Nina ao seu quarto. Alexia, Noêmia e Verônica estabelecem suas regras para dividir Cadinho. Jorginho chega ao hospital de bonecas de Santiago.


Enfoque

Jornal da Manhã

CARA OU COROA

**Existem no mundo 3 potências olímpicas indiscutíveis. Os EUA, a China e a Rússia. Isto sempre se confirma no final dos jogos pelo número de medalhas e participação nas mais diversas modalidades. Existe a informação de que um país, para sair da mediocridade olímpica, deve conquistar no mínimo 25 medalhas.Nos últimos jogos, na Grécia, o Brasil conquistou 16 medalhas . Nos jogos de Londres vamos ficar no mesmo número. **O COB{ Comitê Olímpico Brasileiro] está projetando o futuro olímpico brasileiro. Estão sendo alocados recursos. Está sendo prospectado o que está sendo feito no mundo . Se realmente fizermos tudo direitinho, em 20 anos alcançaremos as 25 medalhas olímpicas e sairemos da mediocridade. **A base dos atletas alemães é o exército, dos EUA as escolas, em especial as universidades, da China é a política de governo que é uma ditadura. No Brasil onde será o celeiro? **Quando se fala em telefones, tudo é fabuloso. A começar pelo numero 240 milhões de telefones. É fabuloso o que o governo arrecada com impostos, seguramente os mais caros do mundo. É fabuloso também o número de queixas pelos serviços deficientes. Agora, finalmente, existem iniciativas para corrigir estas distorções. Telefones mais baratos e mais eficientes é o que merecemos. **A URGS divulga relatório onde aponta que é entre os alunos”quotistas” que se situa o pior desempenho. Pior do que isto, é entre eles que se verifica o maior número de desistências. O “ atalho” imaginado para a inclusão de mais gente nas universidades, esquecendo o mérito, não tem funcionado. **Tudo começou quando apareceu a filmagem de um ato de corrupção atribuído ao presidente do PTB, o deputado federal Roberto Jeferson. Pois encontraram o “ padre bêbado”. O deputado abriu a caixa de pandora e mostrou a extensão da corrupção. Resultado; agora começam a ser julgados, 7 anos depois, 37 entre as maiores figuras da política brasileira envolvidas no “ mensalao”. Está em julgamento o governo de Lula também. É o maior processo da historia brasileira a ser julgado pelo STF. **O Sistema Público de Saúde da Inglaterra foi homenageado na abertura dos Jogos Olímpicos de Londres. É um orgulho do povo britânico. Acontece que para 60 milhões de habitantes, a Inglaterra tem o mesmo PIB do Brasil com seus 180 milhões de habitantes. E lá os recursos destinados ao setor são adequados.

23

MEMÓRIA JM A edição do dia 2 de agosto de 1977 publicava:

Os riscos da automedicação

Armindo Pydd

MEDIOCRIDADE OLÍMPICA

Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

A automedicação parece ser um fenômeno típico do Brasil. Em geral, o brasileiro tem o hábito de prescrever, para si mesmo, o tratamento que julga mais adequado, contando para isso com a ajuda do balconista da farmácia, considerando, na maioria das vezes, uma pessoa que entende do assunto e na qual ele deposita toda sua confiança. Mas quais seriam as consequências dessa automedicação, aliada à ingestão indiscriminada dos mais variados tipos de medicamentos, sem qualquer espécie de prescrição médica? Para os médicos como o Dr. Luiz Carlos Formação de mão de obra: uma prioridade do governo. Com o objetivo de incorporar efetivamente a força de trabalho no processo de desenvolvimento e obter a elevação dos padrões de vida e bem-estar do trabalhador brasileiro, o Ministério do Trabalho vem desenvolvendo e coordenando amplos programas de formação profissional. Para a coordenação dos vários órgãos de formação profissional, como o Senar, Senai, Senac, Pipmo, as empresas e outras organizações particulares que atuam em diferentes níveis, o governo instituiu o Sistema Nacional de Formação de Mão de Obra, tendo como órgão central o Conselho Federal de Mão de Obra. Chuvas trazem prejuízos ao município. As constantes chuvas destas últimas semanas, além de trazer preocupações aos agricultores, pois o

clima não se mostra propício para a lavoura de trigo, também está ocasionando prejuízo ao município. Ao receber a imprensa em seu gabinete, o prefeito Wilson Mânica frisou que as seguidas precipitações pluviométricas vêm prejudicando especialmente os trabalhos de conservação e melhoria das estradas municipais. Em meados de 78 Ijuí terá DDD. “As obras da nova Central Telefônica Automática estão marchando dentro do cronograma e tudo indica que serão confirmadas as previsões de que o sistema de Discagem Direta a Distância (DDD), em Ijuí, será acionado no final do primeiro semestre de 78.” As declarações são do gerente local da CRT, Heitor Mann. O prédio onde será montada a nova Central Automática está em fase de acabamento. Construído junto à Cen-

Thomé da Cruz, tal iniciativa poderá acarretar problemas às pessoas. No caso de indivíduos hipersensíveis, por exemplo, poderá ocorrer um choque devido a ingestão de medicamentos sem supervisão médica. “Tudo depende do tipo de medicamento usado e da reação da pessoa.” O analgésico – outro medicamento tomado indiscriminadamente pela maioria da população – é considerado inofensivo, quando na verdade, ingerido em profusão, pode ocasionar até hemorragias em alguns órgãos vitais do organismo, como estômago e fígado. tral atual, o novo prédio abrigará as salas de transmissão e comutação e os grupos geradores.

A ampliação do prédio da CRT permitirá a implantação de moderna Central Automática

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no acervo do Museu

NOSSA HISTÓRIA

Museu Antropológico Diretor Pestana

ELEIÇÕES MUNICIPAIS – A ESCOLHA DE 1976 O ano de 1976 trouxe para o pleito ijuiense a disputa entre duas forças políticas. De um lado a situação, representada pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA), e de outro, a oposição era feita pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Cinco candidatos almejavam o cargo do executivo municipal. Pela sublegenda da ARENA os nomes de Wilson Maximino Mânica, Armindo Pydd e Nilo Bonfanti contavam para vice com Olivar Scherer. Já o MDB lançou as candidaturas de Sady Strapazon para prefeito e Valdir Heck para vice, e Wanderley Agostinho Burmann e Itelvino João Severgnini, respectivamente para prefeito e vice. Na eleição de 1976 nosso município contou com aproximadamente 29 mil eleitores, sendo que compareceram às urnas 25.048, distribuindo seus votos de tal forma que o eleito foi o candidato Wilson Mânica, que obteve 6.028 votos, embora o candidato da chapa opositora Wanderley Burmann tenha conquistado 9.394 eleitores. A soma da legenda da ARENA foi de 12.091 votos. Armindo Pydd (ARENA) computou 5.579 votos; Nilo Bonfati (ARENA) alcançou 1.294 eleitores. Sady Strapazon (MDB) obteve 1.915 votos. Na votação para prefeito foram 553 votos brancos e 285 votos nulos. A escolha da vereança municipal recebeu 23.641 votos válidos, e foram eleitos 17 representantes. A ARENA ficou com o maior número de cadeiras no legislativo, elegendo Adair Casarin (579 votos); Armerindo Souza de Lima (576 votos); Egídio Alfredo Wissmann (636 votos); Egone Franke (453 votos); Elio Picolli (835 votos); José Henrique da Silva (807 votos); José Wilson Sandri (518 votos); José Zanchet (455 votos); Nilson Brum (484 votos); e Trajano Heitor Fernandes (489 votos). O MDB teve a representação de Alcides Lucion (401 votos); de Euclides Veriato da Cunha (580 votos); de Eugênio Laureano Netto (507 votos); de Jaime Sérgio Muraro (769 votos); de João Batista Lucchese (593 votos); de João Leonardo Viera Koehler (403 votos); e de Valmir Beck da Rosa (624 votos).

Eleições 1976. Correio Serrano, n. 135, 17 nov. 1976, capa.

Texto: : Tamires Rodrigues Okasezki. Acadêmica do Curso de História, modalidade EaD da Unijuí, pesquisadora no MADP. REFERÊNCIAS 29 mil eleitores e 150 mesas receptoras este ano. Correio Serrano, Ijuí, ano LIX, n. 133, 11 nov. 1976. Capa, p. 01. Os candidatos à prefeitura e a vereança. Correio Serrano, Ijuí, ano LIX, n. 134, 13 nov. 1976. Eleições, p. 12. A votação dos 91 candidatos que concorrem à Câmara dos Vereadores. Correio Serrano, Ijuí, ano LIX, n. 135, 17 nov. 1976, p. 09. Vitória do início ao fim. Correio Serrano, Ijuí, ano LIX, n. 135, 17 nov. 1976, p. 14. Câmara: Maioria é da Arena. Picolli e Muraro, os mais votados dos dois partidos. Correio Serrano, Ijuí, ano LIX, n. 135, 17 nov. 1976, p. 14. Eleição para prefeito. Correio Serrano, Ijuí, ano LIX, n. 136, 20 nov. 1976, p. 20.


Ijuí, Sábado e domingo, 4 e 5 de agosto de 2012

SAÚDE / 10

HCI investe em novo aparelho para o Banco de Leite

CADERNO DOIS

Tradicionalistas repercutem mudanças no regulamento da Ciranda Cultural

Quesitos beleza e uso correto do português não serão mais avaliados nos concursos de prenda

EDUCAÇÃO / 7

Banco de Leite do HCI é modelo no interior do Estado e visa estimular a amamentação através da orientação às mães

Escola estimula a arte na Exposição Passeio

POLÍCIA / 19

Modulada registra 7 casos de famílias presas na instituição TRÂNSITO / 5

Faixa de segurança ainda é referência para população Alunos do Pré 1 da Escola Dona Leopoldina mostraram os trabalhos que fazem parte do projeto Educar e Abraçar

ANÁLISE DA SILAGEM / 18

Resultado aponta baixa qualidade durante estiagem


Jornal da Manhã 04.08.2012