Page 1

Jornal da Manhã

ijuí, 19 de março de 2013

PRISMA 2013: sedã da Chevrolet vem com design inovador

Veículo atende uma categoria que não abre mão de espaço e de um carro esportivo. »3

Carro usado Para fazer bom negócio no mercado de usados é preciso fazer uma boa avaliação do veículo. »5 Troca de marchas Saiba mais sobre as diferentes formas de utilizar os sistemas de transmissão. »7

capa.indd 1

19/03/2013 09:52:46


Ijuí, 19 de março de 2013

Artigo

Na velocidade do bom senso Nossa legislação de trânsito é um verdadeiro desafio ao bom senso, sobretudo quando diz respeito à velocidade. A política dos gerenciadores de trânsito é resolver tudo pelos meios mais fáceis e, nesse aspecto, quanto menor for a velocidade dos veículos, menores são as chances de uma lesão grave nas vítimas de acidentes. De fato, a alta velocidade pode sim agravar as consequências de um acidente, mas a velocidade baixa demais também causa problemas. O ideal seria educar os autores do trânsito (motoristas, pedestres, ciclistas e motociclistas) a se acostumarem com as regras de bom comportamento e não nivelar todo mundo por baixo, como se todos os veículos fossem inseguros e todos os motoristas fossem mentalmente incapazes. Hoje nós temos situações absurdas como uma estrada de quatro faixas, com piso perfeito, acostamento, bem sinalizada, mas com velocidade máxima permitida de 80 km/h. Ou ainda, avenidas com três faixas de rolamento, iluminadas, sinalizadas e bem asfaltadas com velocidade máxima de 60 km/h. Estou certo de que esses limites servem exclusivamente para retirar dos gerenciadores de trânsito a enorme carga de responsabilidade pelo número de vítimas de trânsito. É mais uma vez o sistema fascista prevalecendo sobre o educador. Em vez de educar, fiscalizar e punir severamente, o Estado prefere reduzir as velocidades. Mesmo que anualmente carros, motos e equipamentos de segurança estejam melhores e mais seguros. Imagine a tortura que é viajar a 80 km/h em uma estrada a bordo de um carro moderno,

equipado com pneus novos e largos, sistemas eletrônicos de tração e frenagem, motores potentes e econômicos! Ou em uma moto com motor potente, freios ABS e segura, que a essa velocidade está praticamente na marcha-lenta. Quem determina a velocidade tão baixa para uma estrada deve imaginar que a maioria dos veículos é velha,

O mais importante na estrada é entender e respeitar os limites de velocidade não só determinados pela lei, mas principalmente pelo bom senso.

mal conservada e caindo aos pedaços, conduzidos por motoristas incompetentes, desleixados e inábeis. E pode piorar, porque já existem planos de reduzir ainda mais a velocidade nas estradas e ruas brasileiras. No caso das motos, temos um complicador a mais. Como a área do veículo é muito pequena em relação aos automóveis, as motos se tornam menos visíveis. Circular em baixa velocidade em vias de muito movimento é desaconselhável porque o motociclista pode ser facilmente

atingido por trás. Nas rodovias é fundamental para a segurança que a moto trafegue na mesma velocidade ou um pouco acima dos outros veículos. O mais importante na estrada é entender e respeitar os limites de velocidade não só determinados pela lei, mas principalmente pelo bom senso. Motos com quase 200 cavalos de potência e que passam de 280 km/h são projetadas de forma a quase não passar a sensação de velocidade ao piloto. É comum se surpreender rodando a 150 ou 160 km/h sem perceber porque a esta velocidade a moto ainda tem muito acelerador e potência para desfrutar. Mas o motociclista precisa entender que velocidade é um dado absoluto, não existem interpretações nem subjetividade. Rodar a 250 km/h na estrada significa percorrer quase 70 metros por segundo. A esta velocidade a frenagem é crítica e a capacidade de mudar de trajetória também. Qualquer susto a partir de 200 km/h coloca o motociclista em uma crise de pânico que pode terminar em um violento acidente. Mais do que isso, quem está de fora, ou seja, os outros motoristas e pedestres não fazem a menor ideia do que significa um veículo se aproximando a mais de 50 metros por segundo. É pensando nestes agentes externos que o motociclista deve usar de todo bom senso na hora de pilotar na estrada. Ninguém pode ser responsabilizado pelo prazer na velocidade dos outros! Geraldo Tite Simões - Jornalista, instrutor de pilotagem e ministra o Curso SpeedMaster de Pilotagem com apoio de Honda, Pirelli, Tutto e Shoei.

FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS CAI 5% Nos primeiros dois meses do ano, os financiamentos de veículos automotores apresentaram uma queda de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando 1,03 milhão de unidades. Somente no mês de fevereiro, o volume de financiamentos atingiu 460 mil unidades, segundo a Cetip.Os financiamentos de veículos leves novos tiveram um aumento de 3% no primeiro bimestre de 2013, em relação ao mesmo período de 2012, atingindo 315,516 mil unidades. No mês passado, o volume de financiamentos atingiu 136,618 mil unidades.Já os financiamentos de veículos leves usados tiveram uma queda de 2% em janeiro e fevereiro, atingindo 482,855 mil unidades. Em fevereiro, o volume de financiamentos atingiu 213,157 mil unidades.Ainda de acordo com a empresa, no segmento de motos novas houve redução de 22% nos financiamentos no primeiro bimestre, atingindo 154,324 mil unidades. Em fevereiro, o volume de financiamentos foi de 73,389 mil unidades. Os financiamentos contemplam operações de crédito direto ao consumidor, arrendamento mercantil e consórcio.

COTAS PARA FABRICANTES DE CARROS O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior anunciou no dia 13 de março as cotas de exportação a que terão direito as diferentes montadoras de veículos que exportam seus produtos para o México, segundo o acordo assinado pelos dois governos o ano passado para restringir o comércio do setor. Um decreto publicado hoje no Diário Oficial da União define as várias cotas para as oito empresas que atualmente exportam para o México e estabelece uma reserva que poderá ser distribuída entre novas empresas interessadas em entrar no segundo maior mercado da América Latina. Segundo o decreto do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o Brasil terá direito a exportar para o México até US$ 1,56 bilhão em automóveis, caminhões e ônibus em condições favoráveis entre o dia 19 deste mês e 18 de março de 2014. Os veículos que ultrapassarem essa cota precisarão pagar tarifas muito superiores às estipuladas entre ambos os países. No primeiro ano do acordo, que vence neste mês, a cota foi de US$ 1,45 bilhão, enquanto no terceiro ano o máximo poderá chegar a US$ 1,64 bilhão.

MUNDO TERÁ 60 MILHÕES CONECTADOS EM CINCO ANOS Dentro de cinco anos, o mundo terá 60 milhões de carros que possuem alguma aplicação que acessa a internet, segundo o relatório “Mercado de Carros Conectados”, produzido pela consultoria Markets and Markets. Entre 2013 e 2018, o volume desses veículos aumentará 41,2%. A estimativa é que esse setor movimente US$ 98 bilhões ao final do período. O segmento dos carros conectados vai crescer graças ao avanço e disseminação de tecnologias como o LTE (usada pela banda larga móvel de quarta geração) e wi-fi. Puxarão essa tendência a demanda dos motoristas por ferramentas interativas, como eCall, na Europa, o Glonass, na Rússia, diz o relatório. A transformação dos carros em repositórios de dados virtuais abrirá novas oportunidades de negócio, como novos serviços criados somente para gerir as aplicações que rodem nesses veículos. Um exemplo disso são os seguros, outro são os modelos de conteúdo digital, disponibilizado pelo britânico Spotify.

BOLSA NACIONAL Estabelecida em Florianópolis, mas atuando com vendas por meio da internet, a Parco apresenta seu primeiro produto na linha de bolsas para bicicletas. A marca, que trabalha agora uma bolsa de guidão produzida em algodão com couro e acabamentos em metal dourado. O modelo cai bem para os adeptos do cycle chique. O preço sugerido é de R$175. Mais detalhes em www. parcodesign.com.br/destaques/bpsa-bici.html.

pag 2.indd 2

19/03/2013 09:53:00


Ijuí, 19 de março de 2013

Detalhes Sponchiado Ijuí entre as Prisma melhores concessionárias do país do 2013 O Grupo Sponchiado, um dos mais sólidos do ramo no Brasil, construiu e preserva uma sólida marca junto aos clientes e colaboradores da empresa. Com cinco revendas autorizadas no Rio Grande do Sul, o Grupo Sponchiado conta com uma das maiores redes de concessionárias General Motors do Brasil, atuando nos segmentos de carros novos, seminovos, oficina, peças e acessórios. No dia 13 de março, o gerente regional da GM, Diego de Lima, esteve na Sponchiado Ijuí, premiando a concessionária por conquistar a pontuação máxima nos quesitos avaliados pela GM, conquistando a classificação A e unindo-se às melhores do Brasil. Apenas 10% das concessionárias do Brasil, entre as mais de 570, conseguem chegar a esta pontuação, e o grupo Sponchiado chega a essa conquista com 4 de suas 6 lojas. A Sponchiado de Ijuí, contemplada pela segunda vez com a classificação A, oferece esse reconhecimento aos clientes da empresa. Em abril, essa clientela será agraciada com um remodelado espaço, ainda mais moderno da revenda, situada na Avenida David José Mar tins, 897. Bairro Sol Nascente. Telefone: 55 3331 6000. Site: www.sponchiado.com.br.

pag 3.indd 3

Gerente regional Diego Lima e o gerente geral da Sponchiado, Valdir Weller, entre funcionários da empresa

Prisma é um dos lançamentos disponíveis na Sponchiado de Ijuí

O novo Prisma 2013 surgiu com um design bem inovador para estrear no ano de 2013. A montadora Chevrolet pretende alavancar as vendas do modelo neste ano e entrar na lista dos mais vendidos de 2013. A novidade agora é a estrutura que o novo Prisma 2013 usará com este modelo, que será a mesma base mecânica do Chevrolet Onix 2013, e virá acompanhado com os motores SPE\4 1.0 e 1.4 (de 80 cv e 106 cv, respectivamente), uma segunda versão do modelo terá opção da escolha pelo câmbio automático de seis marchas, mas isso em um breve futuro. O novo Prisma 2013 conta com airbags frontais e freios ABS que serão acessórios de série desde o modelo básico. Inclui ainda retrovisor interno com regulagem dia e noite, lanternas traseiras com lente escurecida e rodas de aço de 15 polegadas. Também inclui sistema MyLink de conectividade, faróis de neblina dianteiros, vidros traseiros e retrovisores com controle elétrico, computador de bordo e rodas de alumínio de 15 polegadas com pintura escurecida. Opcionais: câmera de ré para o sistema My Link, DVD de encosto de cabeça, banco de couro, pedaleira esportiva, friso com inserto cromado e lâmpadas para lanternas e faróis na configuração Effect Blue.

19/03/2013 09:53:22


Ijuí, 19 de março de 2013

Só 57% dos donos de Ferrari gostam de dirigi-las No imaginário das pessoas com uma situação financeira "comum", uma Ferrari deve oferecer extrema satisfação a seu proprietário, não é mesmo? Mas, de acordo com o levantamento da empresa britânica de seguros AXA, somente 57% dos proprietários entrevistados apreciam a experiência de conduzir um modelo da renomada marca de esportivos italiana. Apesar do índice de satisfação baixo quando os proprietários falam do prazer ao dirigir seus automóveis, segundo a empresa, a firma com mais insatisfeitos é a Volvo:

O que você deve saber antes de comprar um carro usado

Levantamento é da empresa britânica de seguros AXA

apenas 46% estão satisfeitos com seus automóveis. Outra empresa mal colocada foi a

Land Rover, com a satisfação de somente 59% de seus respectivos donos.

Produção de motos tem queda em fevereiro O mês de fevereiro registrou 123.338 unidades de motos produzidas no país, informou a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas e Similares (Abraciclo), no dia 7 de março. De acordo com a entidade, o volume representou queda de 3%, em relação às 127.209 motos de janeiro. Comparando a fevereiro de 2012, quando 153.113 unidades foram fabricadas, a baixa alcançou 19,4%. Para a Abraciclo, as quedas sucessivas na produção refletem o ritmo de vendas no varejo. “No acumulado de janeiro e fevereiro, foram

Algumas precauções podem ser tomadas para que seja feito um bom negócio

Comparando a fevereiro do ano passado, a baixa alcançou 19,4%

produzidas 250.547 motocicletas, correspondendo a uma retração de 24,1% sobre os dois primeiros meses de 2012. As exportações de motos em fevereiro foram de 8.521 motocicletas, o que representa uma queda de 2,5% em relação ao mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano a retração foi de 8,3%. A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgou no dia 5 que as vendas de motos seguem em baixa, com queda de 24,3% em 7 fevereiro, em relação ao mesmo período do ano passado. No total, 101,9 mil motos foram emplacadas no país no mês passado, 19,4% abaixo do volume de janeiro.

pag 4.indd 6

Para fazer bom negócio no mercado de usados, é preciso fazer uma boa avaliação do carro. Como o mercado está aquecido, há até consultores especializados em avaliar automóveis. Dá para perceber que o carro está muito rodado? Sim. Nem sempre dá para confiar no hodômetro (instrumento que mede a distância percorrida pelo carro), pois ele pode ter sido adulterado. Alguns indícios de que o carro já rodou bastante são a manopla de câmbio e volante lisos, o desgaste no pedal do freio – que indica que ele passou dos 70.000km, marcas irregulares de desgaste nos pneus – que podem significar falta de alinhamento e problemas na suspensão, e o parachoque, que se continuar mexendo após balançá-lo, pode ser sinal de que os amortecedores estão gastos. O aspecto externo de um usado pode ser avaliado observando a pintura, já que, quando ela for recente e com ondulações, podem ser sinais de que o carro foi batido. É importante verificar o vão entre partes (como capô, grade ou parachoque); se ele for grande, as peças foram trocadas. Parafusos de outra cor em chapas e peças da carroceria também indicam reparos. Também xeque se as portas estão desalinhadas. Marcas de ferramenta e arranhões em peças como faróis e lanternas revelam se elas já foram trocadas. Para completar, procure pontos de solda além dos originais de fábrica. Para quem está interessado em vender o seu carro usado, basta saber que o veículo com cara de bem tratado é mais bem avaliado. Riscos na lataria ou lanterna trincada, por exemplo, depreciam o valor do carro na revenda mais do que o custo do reparo. Uma simples troca do reservatório de água, que geralmente suja, dá um aspecto de boa manutenção ao abrir o capô do carro. Vazamentos de óleo também causam má impressão e espantam compradores.

19/03/2013 09:53:37


Ijuí, 19 de março de 2013

Peugeot 208 alcança a marca de 300 mil unidades produzidas Um ano após seu lançamento industrial na Europa, o Peugeot 208 atinge o total de 300 mil unidades produzidas. O veículo que carrega essa marca foi fabricado na planta industrial da PSA Peugeot Citroën localizada em Poissy, na França. Produção do 208 já foi iniciada no Brasil e o modelo estará disponível nas concessionárias de todo o país a partir do dia 13 de abril. Em janeiro de 2012 a Peugeot deu início à fabricação em série do Peugeot 208, o novo ícone da Marca, na fábrica de Poissy, na França. Pouco tempo depois, no mês de março, a Marca lançou o modelo comercialmente e deixou claro seu objetivo de reconquistar a liderança do segmento B, o mais disputado do mercado europeu. Com 221 mil unidades vendidas em 2012 e a conquista do primeiro lugar no ranking do segmento B em dezembro, o Peugeot 208 está em linha com as ambições da Marca. O

pag 5.indd 6

sucesso do modelo foi confirmado em mais de um país: na França,posicionou-senotopodo ranking nos meses de dezembro e janeiro; o mesmo aconteceu na Espanha e em Portugal ao final do mês de dezembro e, para completar, o modelo já ocupa a segunda posição nos Países Baixos. O modelo, que já teve sua produção em série iniciada no Centro de Produção de Porto Real (RJ) e chegará ao mercado nacional no dia 13 de abril, recebeu diversos títulos de reconhecimento na Europa, em países como Grã-Bretanha, Espanha, Itália, Croácia e Irlanda, além de ser um dos finalistas para o título de “Carro do Ano 2013”. A produção do exemplar número 300 mil foi marcada pela entrega simbólica de uma chave pelas maõs de, Gaëlle Monteiller, diretor da fábrica de Poissy, e Marc Giulioli, diretor de Marketing da Peugeot França.

Produção do Peugeot 208 já foi iniciada no Brasil e modelo estará disponível nas concessionárias de todo o país a partir de abril

19/03/2013 09:53:54


Ijuí, 19 de março de 2013

Injetek: mais segurança para seu carro A Injetek Centro Automotivo é uma empresa especializada em câmbios automáticos, ar condicionado, imobilizadores, chaves codificadas, injeção eletrônica – regulagem de motores e falhas, e mecânica em geral – reforma de motores, troca de óleo e

suspensão. Além do ótimo atendimento oferecido por uma equipe completa, a Injetek disponibiliza aos clientes todas as marcas disponíveis no mercado, scanners originais de diagnósticos – Peugeot, Renaut, Citroen.

Conheça os serviços e produtos oferecidos pela Injetek Centro Automotivo. Seu carro merece mais qualidade e você mais segurança. A empresa está situada na Rua Alberto Schmidt, 117. Bairro Assis Brasil. Telefone: 55 3332 0996/9156 7901.

Empresa disponibiliza aos clientes todas as marcas disponíveis no mercado

Centercar Auto Pinturas: Soluções pintam por aqui A Centercar Auto Pinturas visa garantir a qualidade e a conservação do seu veículo com o máximo do cuidado e competência, sempre valorizando o seu direito ao conforto e agilidade. A Centercar conta com os segmentos de funilaria, pintura e personalização na área automotiva. Dispondo de inovações no ramo de autopintura, possui laboratório de tintas computadorizado da linha 55 da Basf, garantindo perfeita reparação em qualquer tipo de colisão, seja em veículos nacionais ou importados. Além de pistolas, lixadeiras, cabine de pintura e secagem, e muito mais! Atendemos todas seguradoras e clientes particulares, o compromisso da Centercar Auto Pinturas é a qualidade em todos os seus serviços! A empresa está localizada na

pag 6ok.indd 6

Site permite aluguel de carros para viagens no exterior Os brasileiros em viagem para o exterior ganham a partir deste mês um site nacional para fazer a locação de veículos. O site da Zanzo permite ao viajante alugar um carro nos EUA, Europa, América do Sul, América Central, África, Oriente Médio e na Oceania pela Internet em apenas quatro passos. A página compara as tarifas das principais operadoras e permite a reserva online e o pagamento em cinco vezes sem juros em reais, sem incidência de IOF. Segundo a empresa, uma das vantagens do serviço é poder realizar o pagamento em reais. No resultado da pesquisa, a Zanzo apresenta o valor total da locação - incluindo todos os impostos e taxas. Assim, o usuário pode comparar o valor total da reserva em diferentes locadoras. Além disso, o usuário também pode ordenar os resultados por menor tarifa, categoria e relevância - isto é, tarifas recomendadas pela Zanzo. Do lado esquerdo da página, o usuário pode refinar a busca por preço, quantidade de pessoas e bagagem, pelo que gostaria de incluir na tarifa, pela categoria do carro (econômico ou luxo, por exemplo) e pela locadora de sua preferência. Escolhido o veículo, o viajante tem ainda a opção de escolher acessórios (assentos para bebês e crianças e GPS, entre outros) antes de finalizar a locação. Outra vantagem do serviço, segundo a empresa, é que ele padroniza as diferentes coberturas oferecidas pelas locadoras: o usuário não precisa ficar pesquisando entre milhares de siglas (CDW, LDW, SLI, LIS, PAI, PEC) antes de fechar o aluguel do automóvel. A Zanzo permite o aluguel de carros da Alamo, Avis, Budget, Dollar, Europcar, Hertz, Sixt, Thrifty e da National, de todos os tipos e categorias. A empresa oferece desde carros econômicos até vans para 15 pessoas e carros de luxo, como Ferrari ou Lamborghini. O portal ainda dá dicas e tira dúvidas sobre os tipos de coberturas de seguro, documentação necessária e motorista adicional, entre outras.

Algumas precauções podem ser tomadas para que seja feio um bom negócio

Rua Canoas, 95, bairro Osvaldo Aranha, Ijuí / RS. Atende também pelo telefone: (55) 3332.6695 / 3333.6604 ou pelo e-mail: centercarau-

topinturas@brturbo.com.br. Para conhecer um pouco mais sobre nossa empresa entre no nosso site: www.centercarautopinturas.com.br.

19/03/2013 09:54:12


Ijuí, 19 de março de 2013

Sistemas de transmissão: formas diferentes de trocar a marcha

Mesmo sem perceber, o que mais o motorista faz dentro do carro é trocar a marcha

É um movimento tão automático que você nem percebe, mas uma das coisas que o motorista mais faz dentro de um carro é trocar a marcha. Só que nem todos os câmbios são iguais. Há diferenças na forma de funcionamento, na alavanca de seleção de marchas e

também no pedal de embreagem que, às vezes... não existe. Confira a seguir os tipos de sistemas de transmissão existentes no mercado. Câmbio Mecânico Utiliza o sistema de embreagem com platô e disco, que transferem as forças para a caixa de câmbio, que por sua

vez possui engrenagens com várias relações em pares de eixos. A mudança de marcha é manual, geralmente realizada por uma alavanca mecânica. Câmbio Automatizado Apresenta o mesmo sistema de transmissão de forças do câmbio mecânico, mas, para realizar as mudanças de marcha, usa um sistema hidráulico monitorado por uma central eletrônica. É ela que realiza as operações de forma automatizada, fazendo com que as trocas sejam feitas sem a intervenção do motorista. Há veículos que possuem a opção de troca manual, mas a operação é feita pelo sistema, e o motorista aciona apenas um botão ou alavanca no veículo. Câmbio Automático

Este tipo de transmissão eliminaoconjuntodeembreagem e adota o conversor de torque, que trabalha com fluido hidráulico em seu interior. As trocas são feitas pela alavanca seletora, que modula eletronicamente as solenoides de troca de marchas. Elas administram as pressões hidráulicas com diversos discos de fricção e tambores com cinta externa, além de um conjunto de caixa-satélite. Esse conjunto faz a engrenagem das marchas de acordo com a necessidade do veículo ou intenção do motorista. Caso a marcha selecionada seja incompatível com a velocidade desenvolvida, o sistema impede a engrenagem para evitar danos no câmbio e no motor do veículo.

Carro que detecta ciclistas e freia sozinho Radar e câmera combinados percebem manobras arriscadas. Marca sueca já havia lançado modelo com airbag para pedestres. A Volvo reservou ao Salão de Genebra, que segue até o dia 17 de março o lançamento do que descreve como o primeiro sistema do mundo de detecção de ciclistas, que freia o carro sozinho em situação de risco. Ele estará disponível nos modelos V40, S60, V60, XC60, V70, XC70 e S80 models a partir de meados de maio. No ano passado, a marca sueca já havia lançado o sistema de detecção de pedestres, em 2010, e primeiro carro com airbag para pedestres, o Volvo V40, em 2012, que chegou a ser exposto no Salão de São Paulo, em outubro passado.

Agora, o novo pacote de segurança será chamado Detecção de Ciclista e de Pedestre, com frenagem automática total. Todos os carros que já tinham o sistema que alertava para pedestres poderão completá-lo, com o de ciclistas. Segundo dados divulgados pela Volvo, cerca de metade dos ciclistas mortos em acidentes na Europa colidiram com carros. No sistema da montadora, há um radar instalado na grade frontal dos modelos e uma câmera na frente do espelho retrovisor interno, ambos ligados a um controle central. A função do radar é detectar objetos na frente do carro e a distância entre ele e o automóvel. A câmera de alta resolução determina de que tipo de objeto se trata,

mesmo que o objeto esteja se movendo. Um dos exemplos de situação coberta pelo sistema, segundo a Volvo, é o caso de um ciclista, circulando na mesma pista, cruzar de repente na frente do carro. Na iminência da colisão, o sistema dispara um alerta

e freia totalmente o veículo. A frenagem automática depende de que tanto o radar e a câmera confirmem para a central eletrônica a existência desse objeto. A tecnologia também considera outros veículos que estejam na mesma pista.

Dicas e Manutenção Com a chegada dos dias frios alguns cuidados devem ser redobrados •Verifique os faróis e lanternas, substitua as lâmpadas necessárias. Em caso de neblina é muito importante ver e ser visto. •Pneus carecas não combinam com piso úmido. Verifique todos os pneus, inclusive o estepe. Sinais de desgastes irregulares devem ser avaliados pelo mecânico. O alinhamento e o balanceamento ajudam a economizar combustível e prolongar a vida útil dos pneus. •Se seu carro é flex ou a álcool, mantenha o reservatório de partida frio abastecido com gasolina, isto facilitara as partidas pela manhã. •A bateria também deve estar em ordem, pois no inverno é mais solicitada. Na maioria existe um visor na parte de cima, se estiver verde está em ordem; mas se estiver preto é um indicador de que algo não vai bem. Caso venha substituir a bateria, peça ao mecânico para verificar se alternador e as correias estão em bom estado. •Cuidado com combustível muito barato, no inverno os combustíveis adulterados dão mais dores de cabeça aos motoristas. Com temperaturas abaixo de 18 graus, o motor terá dificuldades na partida pela manhã.

Na Europa, cerca da metade dos ciclistas mortos em acidentes colidiu com carros

•Mantenha o reservatório do limpador de para-brisa abastecido e com detergente especifico, pois garoa, chuvisco e poeira deixam o para-brisa sujo.

Volkswagen anuncia produção de seu primeiro veículo elétrico A Volkswagen anunciou no dia 14 de março a a produção de seu primeiro veículo totalmente elétrico, o e-up! - versão movida a bateria do compacto apontado como “sucessor do Fusca”. O modelo terá autonomia de 150 km com uma carga e, segundo a montadora alemã, roda com nível de ruído próximo a zero. O e-up! leva quatro pessoas e atinge velocidade máxima de 135 km/h. De acordo com a Volkswagen, em 30 minutos o motorista carrega 80% da bateria do carro. O carro será mostrado ao público em setembro, durante o salão do automóvel de Frankfurt, e, a partir da data, entrará em comercialização. A marca não informou a possibilidade de vendas do carro no Brasil.

pag 7.indd 1

Versão e-up! leva quatro pessoas e atinge a velocidade máxima de 135 km/h

19/03/2013 09:54:28


Próximo Caderno

Ijuí, 19 de março de 2013

Conheça as vantagens oferecidas pela Mecautor O novo Gol 2 portas da Volkswagen destaca a esportividade como o alvo a ser utilizado em seu desenvolvimento. Projetado simultaneamente com a versão de quatro portas, o novo Gol 2 portas teve sua coluna “B” deslocada para trás para aumentar área das portas, o que facilita o acesso ao banco traseiro. Nesta nova opção, o Gol 2 portas é oferecido com as opções de motores 1.0 e 1.6, esta última com a opção do câmbio I-Motion. Já o novo Voyage pode ser considerado o irmão sedã do Gol. O modelo alinha com a atual identidade da marca alemã e fica mais parecido com os modelos maiores. A parte dianteira do novo Voyage lembra muito o Polo Europeu. Os faróis receberam linhas retas iguais a do Fox. Na traseira, o Voyage 2013 recebeu novas lanternas horizontais que invadem

tradição e mais de 350 mil veículos entregues, sendo o maior consórcio de veículos do país segundo o Banco Central. Adquirindo uma das 120

cotas do Consórcio Nacional Volkswagen você concorre sem custos adicionais a um gol zero km em sorteio extra.

Voyage 2013 é considerado o irmão sedã do novo Gol

a tampa do porta-malas. O parachoquetambémmudou e recebeu refletores na parte inferior das extremidades. Assim como o Gol 2013, o novo Voyage 2013 também recebeu novos itens de série, como vidros elétricos dianteios, travas eletétricas e abertura interna do porta-malas. Limpador e desembaçador traseiros também são de série. ABS e airbag duplo frontal são

série apenas nas versões Power e Comfortline. O Gol e o Voyage 2013 você encontra na Mecautor, revendedora da Volkswagen em Ijuí, que há 40 anos prima pela qualidade e tradição, oferecendo aos clientes os serviços de manutenção e assistência técnica especializada. A Mecautor também oferece o serviço de consórcio, com quase três décadas de

Amortex: Tratamento vip para o seu carro A marca Amortex está há 4 anos no mercado de suspensões de rosca e fixa, buscando dar um visual mais confortável, estável e com um melhor funcionamento ao veículo, como um carro original, sem comprometer o conforto e a parte estrutural do carro. Com tratamento diferenciado aos clientes e serviço

ao cemitério municipal). O novo telefone da empresa é 55 3332 2144. Na Amortex – Mecânica e

Amortex ampliou seu atendimento para novo endereço

A Amortex oferece tratamento especializado aos clientes, além de serviço de qualidade

pag 8.indd 1

Suspensões você encontra carros rebaixados com qualidade, exclusividade, conforto, totalmente revisados.

de qualidade, a empresa, visando ampliar seus horizontes, tornou-se Amortex – Mecânica e Suspensões, passando a atuar também no ramo da mecânica em geral: suspensão, freios, embreagem, limpeza de bicos e motor. AAmortexampliouseuatendimento para um novo endereço, estando situada agora na Rua Frederico Prauchner, 24, no bairro Assis Brasil (próximo

19/03/2013 09:54:57

Caderno Veículos 19.03.2013  

Edição especial do Caderno Veículos do JM

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you