Issuu on Google+

Jornal da Manhã - Ijuí, 10 de julho de 2012

Renault Duster: conforto e sofisticação em um só carro

• página 8

Amortex dá dicas de conservação para carros rebaixados • página 11 Conheça os benefícios dos importados da Wolkswagen na Mecautor • página 9

Chevrolet Spin: um carro para toda família • página 5


Ijuí, 10 de julho, 2012

Entenda as divisões dos modelos sedã Os sedãs são preferência de muitas pessoas, entretanto, dentro dessa categoria existem inúmeros modelos. Conheça-os A denominação comum ao veículo popularmente conhecido como sedã identifica os modelos que possuem a carroceria dividida em três partes: a da frente, destinada ao motor, a do meio, correspondente à cabine e a de trás, destinada ao portamalas, quando o compartimento não agrega o vidro traseiro. No mercado, há várias divisões no segmento, mas, de uma forma geral, os sedãs podem ser classificados em:

Compactos: os menores da turma, normalmente, possuem motorização de entrada entre 1.0 e 1.6 litro. São indicados a casais ou famílias pequenas, com apenas um filho

Médios: agrupam sedãs maiores, com mais oferta de equipamentos de segurança, conforto e tecnologia. São destinados a famílias maiores, com dois filhos ou mais. Algumas montadoras têm dado um toque de esportividade aos modelos, seja visualmente ou na mecânica, para conquistar clientes mais jovens

Grandes: os sedãs grandes abusam do conforto a bordo. Neste caso, a motorização conta pontos, mas desempenho não é o foco do modelo. Os "executivos" têm como principal objetivo oferecer uma viagem tranquila aos seus ocupantes. Ainda mais se eles estiverem atrás de um motorista


Ijuí, 10 de julho de 2012

Linea e Idea terão novidades para 2013

A

Fiat acaba de lançar no mercado as novas linhas 2013 do Fiat Linea e Fiat Idea com diversas novidades que deixam os dois modelos ainda mais atraentes para o consumidor. Dentre os principais destaques do Fiat Linea 2013 está o novo câmbio Dualogic Plus, que além de evoluir todo o conceito de trocas de marchas, tornando-as muito mais confortáveis, traz também as novas tecnologias Creeping e Auto-Up Shift Abort, proporcionando manobras muito mais confortáveis e retomadas com mais torque. Além disso, o Fiat Linea conta com novidades em todas as suas versões. O modelo traz agora nova grafia do quadro de instrumentos com display de LCD branco. A versão Essence ganhou ainda opcionais como novas rodas de 16 polegadas e comando de câmbio no volante tipo borboleta para a versão Dualogic. Já na Absolute, comando de câmbio tipo borboleta, assim como os parafusos antifurto e tapete em carpete preto são de série. Na linha 2013, o Fiat Idea chega com um interior renovado, começando pelo novo rádio, com design moderno, na cor preto para as versões Attractive e Essence, e Cinza para a versão Adventure. Com o novo rádio, os botões das funções Locker e My Car passam a ser abaixo dele, enquanto o botão de travamento das portas fica agora abaixo das saídas de ar centrais. Além disso, todas as versões receberam tecidos novos com temas exclusivos, ainda mais atraentes para o público.

Fiat Idea: Idea Attractive 1.4 Idea Essence 1.6 16V Idea Essence Dualogic 1.6 16V Idea Adventure 1.8 16V Idea Adventure 1.8 16V Dualogic

Fiat Linea: Linea Essence 1.8 16V Linea Essence Dualogic 1.8 16V Linea Absolute Dualogic 1.8 16V


Ijuí, 10 de julho de 2012

Freios: a diferença entre o sistema hidráulico e eletrônico

Até 2014, todos os carros produzidos no Brasil deverão sair da fábrica com freios ABS, sigla em inglês para Anti-lock Braking System, ou sistema de freios antitravamento. O item de segurança funciona a partir de sensores que monitoram a velocidade das rodas, identificando quando alguma delas está prestes a travar e aliviando a pressão para evitar o bloqueio. O controle eletrônico permite que o condutor mantenha o controle do veículo, ou seja, habilita o motorista a desviar do obstáculo. Sem o ABS, em uma freada brusca, as rodas não obedecem e não é possível evitar a colisão. Em pesquisa realizada pelo Centro de Estudos Automotivos (Cesvi), em 2007, mostrou que, com freio comum, a 70 quilômetros por hora, apenas 21% dos motoristas consegue desviar de um obstáculo, enquanto com o ABS o percentual sobe 81%. Além disso, o sistema antibloqueio faz com que o tempo de parada do carro seja menor. Apesar das vantagens do freio ABS, especialistas reclamam que os motoristas não são informados sobre as diferenças de guiar um carro com sistema antitravamento. A principal diferença é que, com ABS, o pedal do freio deve ser pisado até o fim, e é preciso

mantê-lo acionado durante todo o percurso da frenagem. A maioria das pessoas tende a "aliviar o pé" no meio do caminho, pois imagina que as rodas vão travar, o que realmente aconteceria, mas apenas com freios comuns. Esse risco não existe no ABS. Com o pedal pressionado, o sistema age plenamente e evita o bloqueio das rodas, garantindo a dirigibilidade do veículo. Outro detalhe importante, relacionado ao primeiro, é a trepidação no pedal. Os condutores, por falta de informação, costumam tirar o pé do freio quando o pedal começa a tremer. Mas a trepidação é normal, pois é causada pela alteração de pressão nas rodas - justamente o que impede o travamento delas. A instrução é manter o pé até o fim, sem medo de bloquear as rodas e sem medo da trepidação. Vale lembrar, ainda, que por causa da estabilidade garantida pelo ABS, é possível manter o pé no freio enquanto se faz curvas. Isso, no entanto, na exime o motorista de fazer conversões em velocidades compatíveis e dentro do indicado pela sinalização no local. Manutenção A sugestão é que de quatro em quatro meses, ou ao menos duas vezes por ano, o veículo seja levado ao mecânico

de confiança do proprietário para um revisão das condições dos freios. O tipo de uso que é feito do veículo influencia nesse tempo - carros usa-

Falar da paixão do brasileiro por carros é desne-

cessário. Cada vez mais o automóvel torna-se um bem

indispensável, principalmente nas grandes cidades. As pessoas estão, cada vez mais, passando maior tempo da vida dentro dos seus automóveis, em congestionamentos, viagem ou mesmo indo e voltando do trabalho. Dentre as exigências bá-

dos dentro da cidade, onde são comuns semáforos, engarrafamentos e situações em que se freia muito, tendem a gastar as pastilhas mais rapi-

damente. Vale lembrar que o freio traseiro, acionado a partir de cabos ligados ao freio de mão, também tem pastilhas que precisam ser trocadas.

A vantagem, além da eficiência, é que o ABS é mais seguro, pois ao evitar o travamento, diminui também as chances de derrapagem e perda de controle

Os dois principais sistemas de frenagem em veículos são o freio a disco e o ABS. Ambos funcionam a partir de pastilhas, que se aproximam e travam o disco da roda, impedindo-a de girar e, consequentemente, fazendo o automóvel parar

Garanta a segurança do seu carro na JR Performance sicas de motoristas e passageiros no quesito conforto, certamente tem lugar de destaque equipamentos de segurança como alarme e travas elétricas para garantir seu bem-estar, conforto e segurança. O Trio-Elétrico, como é

Alarme e trava elétrica são fundamentais para garantir a segurança e a comodidade do proprietário do veículo

normalmente chamado no Brasil, tem como objetivo principal aumentar o conforto do motorista e de seus passageiros. A procura por este opcional é intensa. No geral, deseja-se o alarme por uma questão de segurança do veículo e dos objetos deixados dentro dele, as travas elétricas para facilitar a abertura e fechamento das portas e os levantadores elétricos dos vidros também por questão de conforto e comodidade. Para garantir o seu conforto e a sua segurança, a JR Perfomance trabalha com a instalação de alarmes e travas elétricas. Visite a JR, faça um orçamento e escolha a melhor opção para o seu carro. JR Performance, na Avenida Coronel Dico, 850, Centro Telefone 55 3333-8789.


Ijuí, 10 de julho de 2012

C

Novo Peugeot 308 é gigante em conforto e estilo

om visual requintado, acabamento luxuoso, motorização e plataforma atualizadas e uma boa estratégia de preços, o Peugeot 308 se apresenta como um gigante em conforto na hora de dirigir um veículo. Ele traz para a categoria de hatches médios, tecnologias aprimoradas como os faróis de LED, central multimídia, teto panorâmico, freios ABS e airbags de série. Além disso, estreia o novo motor 1.6 flex da PSA, que dispensa o tanquinho de gasolina para a partida a frio. Fora isso, tem opções com o motor 2.0 do 408, também disponível com câmbio automático de quatro velocidades. Além disso, o Peugeot 308 dispõe de Air bags frontais (motorista e passageiro), Arcondicionado, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, comando de rádio na coluna de direção, computador de bordo, freios

ABS + AFU (auxílio a frenagem de urgência) + REF (repartidor eletrônico de frenagem), iuminação ''Follow me home'' Manual (acendimentos dos faróis por um tempo determinado), parabrisa acústico, retrovisores externos elétricos, rodas de liga leve 16'', vidros elétricos dianteiros e traseiros, sequenciais e com sistema antiesmagamento, volante revestido em couro, WIP Sound - Rádio CD player / MP3. A atualização estética é nítida. Primeiro, porque o modelo para o Brasil já recebe o novo leão sobre o capô, que deixa de ter um fundo escuro e ganha uma leve moldura feita por um vinco na carroceria. O símbolo é acompanhado pela nova grade frontal, faróis de neblina e luzes diurnas ou detalhes diferenciados quando estes itens são opcionais. Já a parte traseira alinha-se ao sedã 508, vem com difusor diferente e adap-

tação para o apoio de placas. Com isso, o carro ficou mais bonito, com destaque ainda maior para os bem trabalhados vincos que delineiam toda a carroceria. O 308 foi desenvolvido prezando o conforto no habitáculo, em especial, de quem vai na frente. O motorista não encontra dificuldade alguma para se posicionar bem e achar o ponto correto dos retrovisores. Além disso, os bancos são confortáveis e o parabrisa é amplo, o que garante uma boa visão frontal.


Ijuí, 10 de julho de 2012

Transferência de documentos: JT Peças: qualidade e profissionalismo entenda como funciona O Detran orienta os motoristas sobre a transferência de documentos em caso de venda ou troca de veículos em até 30 dias

A transferência de propriedade do veículo deve ser feita em um Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA), no prazo de 30 dias da data da aquisição, no seu município de residência. Para isso, você precisa: *cópias de seus documentos pessoais (CPF, RG, comprovante de residência); *o Certificado de Registro de Veículo (CRV) do proprietário anterior, preenchido em nome do comprador, com o preço de venda e a firma reconhecida por autenticidade; *o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e os comprovantes de quitação de IPVA, licenciamento e multas, todos fornecidos pelo ex-proprietário; o chassi do veículo; Conforme o Detran, o vendedor deve ficar com uma cópia autenticada do documento de transferência (CRV) e realizar uma Comunicação de Venda em um CRVA tão logo efetivado

A JT Peças abriu suas portas no ano de 1999, buscando trabalhar com as marcas nacionais na linha automotora: Volkswagen, Ford, Fiat e GM. Com objetivo de atender a esse mercado, a JT trabalha com peças de qualidade, agregando marcas como SKF, NGK, Bosch, Monroe Axios, Cofap, entre outras que originalmente estão presentes nos automóveis. A JT Peças e Acessórios Ltda têm como missão oferecer soluções para os clientes no

comércio de autopeças, primando sempre pela qualidade dos produtos e atendimento com profissionalismo, assegurando a satisfação dos clientes, sócios e colaboradores, buscando a excelência. Faça constantemente a revisão preventiva de seu veículo, contando sempre com os produtos de primeira qualidade que a JT Peças tem a oferecer. Venha nos visitar! JT Peças, Rua Mato Grosso, 27, próximo ao Zaffari. Telefone 55 3333-3840 / 3333-5991.

Fique atento ao prazo para realizar a transferência do veículo

o negócio. Lembramos que o prazo legal para isso é de 30 dias. Dessa forma, o vendedor não será responsabilizado por multas do novo proprietário. O comprador, antes de adquirir o veículo, poderá submetê-lo a uma vistoria prévia (vistoria avulsa) em qualquer CRVA para

assegurar-se de que tanto a numeração do motor quanto do chassi não foram adulteradas. Nesta vistoria, também será verificado se o veículo não resultou da emenda de dois ou mais veículos, bem como a existência e funcionamento dos equipamentos obrigatórios.

JT Peças trabalha com produtos de qualidade e profissionais especializados

Espelho especial acaba com Detran/RS comemora ponto cego de retrovisores 15 anos com redução

O popularmente conhecido “ponto cego” dos espelhos retrovisores do carro pode estar com os dias contados, graças ao espelho tridimensional desenvolvido por um professor americano. A invenção de Andrew R. Hicks, professor de matemática da universidade Drexel da Filadélfia (EUA) já foi patenteada e tem como principal função, permitir ao motorista, um campo de visão triplo, com 45 graus de angulação (os tradicionais espelhos planos contam com 15°). Segundo informações divulgadas pelo blog especializado em inovações tecnológicas, Science Update, o invento tem semelhança com um globo espelhado utilizado em casas noturnas,o qual reflete a luz a partir de si, e recebendo de volta, o reflexo em diversas direções. Para uma imagem perfeita, sem distorções, o espelho recebeu ajustes sob equação logarítmica específica desenvolvida por Hicks, além de um método de planificação da superfície.

da acidentalidade

Espelho recebeu ajustes sob equação logarítmica específica desenvolvida por Hicks

O projeto, que vem sendo desenvolvido desde 2008, a princípio não poderá ser implantado imediatamente por causa da legislação vigente nos Estados Unidos, que não

permite o uso de espelhos que não sejam planos. A perspectiva é que outros mercados da indústria de automóveis se interessem pela adoção da novidade.

Com a mensagem O trânsito é feito de pessoas. O Detran t ambém. Quinze anos em defesa da vida, o banner montado em comemoração aos 15 anos do Detran/RS busca uma identificação com o público, desmitificando a figura de um órgão repressor e punitivo. A aplicação de penalidades é apenas uma das tantas atividades que o Detran/RS desempenha. O slogan Em defesa da vida transmite fielmente a missão do órgão, sua razão de ser. Especialmente quando completa 15 anos, o Detran/RS também comemora a redução da acidentalidade no Estado. Após anos de crescimento dos índices, acompanhando o aumento da frota e da população, o Estado pôde comemorar uma redução de 6,6% das mortes no trânsito em 2011 em relação a 2010. Essa tendência de redução manteve-se nos primeiros quatro meses do ano de 2012: - 3,7% em relação ao mesmo período de 2011. Mantidos esses índices – mes-

mo considerando eventuais reveses – o Estado deve alcançar a meta da Década de Ação pela Segurança no Trânsito, de reduzir em 50% as vítimas de trânsito no período de 20112020. Para chegar a esse resultado, o Detran/RS investiu em parcerias com outros órgãos do Estado, municípios, ONGs. Seguiu a lição aprendida em visita a países da Europa que conquistaram índices invejáveis nos últimos 10 anos, onde as palavras-chave são integração e informação. No quesito informação, a qualificação das estatísticas é uma das prioridades do órgão. Em 2011, o Detran/RS passou a trabalhar com a metodologia internacional para acidentes de trânsito, acompanhando as vítimas até 30 dias após o acidente. O levantamento foi feito retroativamente até 2007, fazendo aumentar cerca de 30% o número de vítimas, e permitindo uma visão mais realista do quadro da acidentalidade.


Ijuí, 10 de julho de 2012

Chevrolet Spin: seu carro para curtir com todo mundo Conheça a nova minivan que dita novo sinônimo em conforto e versatilidade na Sponchiado Veículos

C

om opções de 5 e 7 lugares, 32 porta-objetos e o maior porta-malas da categoria, o que não falta é espaço para levar toda a família para onde você quiser. A nova Chevrolet Spin, além de proporcionar conforto para as pessoas mais importantes da sua vida, conta com um design diferenciado, equipada com um novo conjunto de motor e transmissão, além de muitos itens de segurança de série, o que torna esse carro único. Pensando em cada detalhe para agradar você, a Chevrolet trabalhou no design externo com linhas robustas e modernas, além de detalhes cromados que foram pensados para surpreender quem a vê passando na rua. O design conta ainda com linha de cintura alta, rack de teto em alumínio, detalhes cromados, rodas de aço e alumínio 15” e aerofólio. Ao entrar no Chevrolet Spin, nota-se o valor da beleza interior. É fácil notar que tudo nele foi pensado para seu conforto e versatilidade. A minivan conta com o painel de instrumentos com combinação exclusiva e esportiva entre digital e analógico, computador de bordo, interior dual tone, terceira fileira para garantir conforto para toda família, além de bancos rebatíveis em duas posições, maior espaço para as pernas e assentos mais elevados.

Um carro em que cabem tantas pessoas teria mesmo que vir recheado de equipamentos que deixam a experiência ainda mais confortável. Para isso, a Spin conta com ar condicionado de série, vidros elétricos, alarme antifurto e travas elétricas de série, sensor de estacionamento, direção hidráulica progressiva com regulagem de altura de série e comando para acessar o controlador automático de velocidade, som e o maior porta-malas da categoria. Para garantir o prazer de dirigir, o motor e a transmissão ganharam reforço pesado, afinal, um carro completo só poderia contar com um conjunto à altura. O motor da Chevrolet Spin é 1.8 ecnoflex com exclusiva tecnologia Chevrolet que proporciona excelente dirigibilidade ao motorista. Além de ágil e fácil transmissão manual de cinco velocidades, o Spin é o único em sua categoria com opção de transmissão automática de seis velocidades que garante conforto total ao dirigir, com suavidade na passagem de marchas. Para garantir sua segurança, o veículo vem com freios ABS e airbag duplo em todas as suas versões. Aproveite para fazer o test drive na Sponchiado Veículos. Afinal, é dirigindo que sentirá todas as vantagens que só o Spin tem para você.

Nova S10 já lidera segmento das picapes médias no Brasil Recém-lançada, a nova Chevrolet S10 rapidamente reassumiu a tradicional e cativa liderança no segmento das picapes médias no Brasil, que foi ocupada por 16 anos consecutivos pelo modelo anterior até dezembro de 2011. Além de ser a primeira colocada com folga no ranking nos últimos meses de março e abril, ela também já lidera as vendas acumuladas no Brasil – incluindo o modelo anterior em janeiro -, com quase 10 mil unidades emplacadas e participação de mercado superior a 25%. No mês de abril, as vendas aumentaram para 3.393 unidades e a participação pulou para 37,6%. Este resultado equivaleu a praticamente a soma de vendas dos segundo, terceiro e quarto colocados, que foi de 3.876 unidades - obtidas respectivamente pelos modelos L200 (1.305 unidades), Ranger (1.296 unidades) e Frontier (1.275

unidades). Atualmente, quase metade da frota circulante de picapes médias no Brasil - que é estimada em quase 1 milhão de unidades -, ostenta o logotipo da Chevrolet, justificando o DNA da marca no mercado picape, seja para o árduo trabalho na agricultura, que hoje é um dos mais importantes negócios do Brasil, ou nos grandes centros urbanos, carregando famílias inteiras. A nova Chevrolet S10 foi lançada para atender aos gostos de todos os consumidores brasileiros. Ela tem 12 configurações da picape, que se dividem entre motores diesel e Flex, cabine duplas e simples, tração 4x2 e 4x4 e ainda três níveis de acabamento e equipamentos: LS, LT e LTZ, respeitando a nova nomenclatura aplicada a todos os veículos Chevrolet.


Ijuí, 10 de julho de 2012

O

Renault Duster: perfeito para você

Renault Duster chegou com boas qualidades para conquistar o consumidor. O estilo do Renault Duster conquista à primeira vista. Seu design robusto une elementos como paralamas musculosos, rodas de liga-leve 16" e detalhes cromados que dão um toque de sofisticação. Uma combinação perfeita para você que quer um carro com personalidade marcante. O Duster atende bem aos que procuram espaço. São 4,31 m de comprimento, 2,67 m de distância entre os eixos, 1,82 m de largura e 1,69 de altura. Os ocupantes que viajam no banco de trás não encontram problemas com as pernas ou a cabeça. Com portas grandes, o acesso também é feito sem dificuldades. O porta-malas, na versão 4x2 é de 475 litros. Em termos de equipamentos de série, estão direção hidráulica, arcondicionado, vidros dianteiros elétricos, trava elétrica e ajuste de altura do volante. Já a versão Dynamique vem bem mais ‘recheada’: rodas de liga leve de 16 polegadas, freios com ABS (antitravamento), airbag duplo, bancos revestidos em couro, entre outros ‘mimos’. Falta, no entanto, um ajuste de profundidade da coluna de direção, o que ajudaria, e muito, a encontrar a melhor posição ao volante. O Duster está preparado para enfrentar os obstáculos das grandes cidades e das grandes trilhas. São 6 versões disponíveis, com opções de motorização 1.6 ou 2.0, câmbio manual ou automático, e tração 4x2 ou 4x4. Um SUV feito para o lazer e para o trabalho. Ideal para você. O Renault Duster tem a robustez necessária para enfrentar qualquer obstáculo. Com excelente ângulo de ataque e saída, altura em relação ao solo e opções de tração 4x2 ou 4x4, você tem certeza que o Duster encara qualquer terreno. Encare o inexplorado e vá mais longe com o Renault Duster. Faça um test drive na Sulbra Renault. Avenida Coronel Dico, 1626, Sol Nascente. Telefone: 55 3333.3200.

Brasfilm inova para bem atender

Atuando há 11 anos no mercado, a Brasfilm é tradicionalmente conhecida pela qualidade de produtos e serviços em nossa cidade. Instalação de som, alarmes, vidros e travas elétricas, películas e manutenção em ar condicionado automotivo são

alguns dos serviços prestados pela empresa que é referência em toda região. Buscando novos mercados e tecnologias para melhor atender seus clientes, a Brasfilm está oferecendo dois novos serviços: autoelétrica

e manutenção de ar condicionado agrícola. Para o ramo elétrico, adquiriu os equipamentos mais modernos, possibilitando um atendimento rápido e muito eficiente. Já, na área da climatização agrícola, efetuará os serviços diretamente na propriedade

do cliente com veiculo plenamente equipado para tal situação. Faça seu orçamento na Brasfilm e opte por quem se importa com o seu conforto e satisfação. Brasfilm, na Rua Tiradentes, 226. Centro. Telefone 55 3332-4384.


- Ijuí, 19 de junho de 2012

Importados Volkswagen: o verdadeiro prazer de dirigir

O

s veículos Volkswagen são conhecidos mundialmente pela qualidade, dinâmica e conforto. Os importados da Volkswagen vêm conquistando milhares de brasileiros em todo país. Um grande exemplo disso é o novo Jetta. Projetado na Alemanha, o Jetta se apresenta no Brasil em três versões: Comfortline manual, Comfortline automática e Highline automática. Sob o capô, o sedã traz os motores 2.0 TSI de 200 cv (Highline) e 2.0 Total Flex de 116 cv (gasolina)/120 cv (álcool) de potência (Comfortline). A transmissão utilizada no modelo topo de linha, o Highline, é a DSG, de dupla embreagem Tiptronic e seis marchas. Já o Jetta Confortline automático é equipado com o sistema Tiptronic segunda geração, também de seis marchas. Na versão topo de linha Highline, o Jetta traz de série rádio MP3 touchscreen com Bluetooth, freios ABS, controle eletrônico de estabilidade ESP, ar-condicionado Climatronic, piloto automático e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, entre outros itens. Já a versão Comfortline conta com rodas de liga leve com 16 polegadas e pneus 205/55, limpadores de parabrisa com variação intermitente, airbag para motorista e passageiro e alarme. Além disso, o novo Tiguan chegou para inovar na Volkswagen. É o segundo melhor da linha SUV, e o primeiro no segmento “A SUV”. Desde que começou a ser vendido, o Tiguan já acumula 600 mil unidades vendidas. No teste de colisão, o carro ganhou 5 estrelas, talvez por isso faça tanto sucesso. Tranquilidade de sobra para dirigir, e potência também. Um motor 2.0 Turbo TSI 16 válvulas, que atinge 200 cv de potência a 5.100 rpm e 28 kgfm de torque entre 1.700 e 5.100 rpm, com injeção direta de combustível, o que aumenta o desempenho. Dentro do Tiguan, todos, não só o motorista, têm espaço de sobra para se esticar. Tudo garantido por bancos reajustáveis e com um bom espaçamento entre eles. Além desses, outros importados da Volkswagen destacam-se consideravelmente no setor. Venha conhecer o prazer de dirigir com automóveis de qualidades feitos para você. Faça a revisão de seu veículo regularmente. Mecautor, revendedora Volkswagen. BR 285, KM 445, 1552, Ijuí. Telefone 55 3333-1010. Santo Ângelo, Avenida Ipiranga, 826, bairro Kurtz. Telefone: 55 3313-2100. Cerro Largo, Avenida Coronel Jorge Frantz, 112. Telefone: 55 3359-1252.


Ijuí, 10 de julho de 2012

P

Classificação Padronizada da Qualidade dos Pneumáticos

oucos produtos disponíveis no mercado mundial atual oferecem a confiabilidade e valor quanto os modernos pneumáticos de passeio. A confiança depositada neles é alta, especialmente considerando-se sua complexidade, a forma como os veículos são comumente conduzidos e as condições de pavimento, às quais eles são submetidos durante sua vida. Contudo, a compra de novos pneus na reposição pode ser bem confusa. A variedade de produtos na mesma dimensão é muito grande. Muitos clientes acreditam nas recomendações das lojas ditas especializadas ou ainda daquelas que têm uma variedade de produtos a preços convidativos ou até mesmo pela “lealdade” a certos fabricantes de pneumáticos que lhes ofereceram no passado serviços adequados. Indiferentemente onde você compra ou quanto você paga, todos os pneumáticos de seu veículo são obrigados a atender padrões internacionais. Muitos consumidores imaginam o que deveriam procurar quando necessitassem de pneus novos. Por exemplo, um produto é pior do que outro com preço superior? Pode ser, mas nem sempre! Muitas pessoas assumem que quanto maior o preço melhor o produto. Contudo, um produto “Premium” de determinado fabricante pode diferir e muito de demais produtos “Premium”. A verdade é simples: como os pneumáticos são usados, a sua forma de conduzi-los, onde são manejados e a atenção e frequência como você os mantêm, podem realmente influenciar no desempenho de produtos equivalentes. Mas

como determinar esta equivalência, visto que produtos também “Premium” podem diferir na performance almejada? O sistema que há tempos os bons fabricantes de pneus adotam é conhecido como UTQG (Uniform Tire Quality Grade ou Classificação Padronizada da Qualidade dos Pneumáticos). Mas o que é e como funciona este sistema?

A Fenabrave - Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - divulgou nesta segunda-feira, 2 de julho de 2012, seus relatórios de vendas e emplacamentos realizados no Brasil, durante o mês de junho de 2012. Seguindo na primeira colocação na categoria dos automóveis está o Volkwagen Gol com 27.275 unida-

Uniform Tire Quality Grading UTQG é na verdade um sistema de informação simples projetado a auxiliar compradores quanto à comparação direta de certas informações básicas, sem que necessariamente se dirija o pneu antes de comprá-lo. O UTQG não é uma pontuação quanto à segurança dos pneus e tampouco uma garantia que um pneu atinja uma quilometragem predeterminada. Ele fornece sim, informações adicionais que combinadas a outras considerações, como preço, lealdade e recomendações prévias, por exemplo; ajudam o cliente a comprar um produto que lhe atenda as necessidades. No sistema UTQG, pneus de diversos fabricantes são classificados em três áreas distintas: “Treadwear” (Desgaste da Banda de Rodagem), “Traction” (tração) e “Temperature Resistance” (Resistência a Temperaturas elevadas). E isto não se encontra em tabelas, mas sim no próprio pneumático, comumente em uma das laterais ou então nos “ombros” dele.

Visite a GP Pneus e conheça o que há de melhor em conforto e segurança para seu veículo. Avenida Coronel Dico, 492. Fone: (55)3333-8499

controladas em pista específica do governo americano. Por exemplo, uma classificação 150 significa que este pneu percorreria uma vez e meia (1½) a distância naquela pista do que um pneu classificado como 100. O desempenho relativo dos pneumáticos, contudo, dependerá das condições atuais de uso e manutenção, e pode variar de acordo com hábitos de condução, pressão de inflação incorreta, clima, etc...

Treadwear A classificação Treadwear é uma comparação baseada na relação de desgaste do pneu quando testado sob condições

Temperature – “A”, “B” e “C”. A classificação “Temperature” representa a resistência a geração de calor e varia de A (maior) a C (menor). Também considera a capacidade do pneumático em dissipar o calor em condições controladas em laboratório de ensaios aprovado pelo governo americano.

A exposição à temperatura s elevadas pode levar o pneu à sua degeneração e redução da vida útil, bem como em casos extremos a falhas repentinas. A classificação C corresponde a um nível mínimo a que todos os pneus devem atender sob uma determinada norma da FMVS (Federal Motor Vehicle Safety) dos Estados Unidos. Classificações A e B representam níveis superiores aos requeridos por esta mesma norma. Contudo, a designação de resistência ao calor é estabelecida considerando-se que o produto foi inflado corretamente e com a carga máxima permissível. Velocidades excessivas, subinflação, excesso de carga; isoladamente ou não, contribuem para uma maior geração de calor e consequente redução da vida útil.

Observando todas as informações acima descritas, podemos notar que existem várias características importantes e que devem ser levadas em consideração no momento da escolha dos pneumáticos, tendendo a optar pelo produto mais confiável, seguro e adequado para a aplicação desejada. Confiabilidade esta que só pode ser oferecida por fabricantes de pneus novos, que possuem certos padrões de qualidade, podendo dessa forma, diferentemente de outros pneus oferecidos no mercado nacional, como por exemplo: pneus “remoldados” e recauchutados, fornecer produtos que realmente informem ao consumidor, através das diversas classificações, o que realmente estão adquirindo.

des emplacadas. No segundo lugar, está o Fiat Uno, com 25.852 unidades comercializadas. No ranking dos dez aumotóveis mais vendidos, a novidade é o Fiat Siena que substitui o Chevrolet Cobalt, na última posição, com 9.482 unidades emplacadas. No segmento de comerciais leves, o Fiat Strada mantém liderança com 8,379 unidades

vendidas. Entre os cinco primeiros colocados, o Renault Duster subiu um degrau (do 5º lugar, para o 4º) de maio para junho, contabilizando a venda de 5.170 unidades. No segmento de motocicletas, o modelo mais comercializado foi a CG 150, da Honda, com 29.558 unidades. A disputa geral entre as marcas em junho se man-

tém entre Fiat, General Motors, Volkswagen e Ford. Na soma das vendas diretas e de varejo, de automóveis e comerciais leves, a Fiat ocupa a primeira colocação com 51,26%% do mercado. Recuperando o segundo lugar no ranking está a Volkswagen com 48,13%, seguida pela GM com 32,9% e pela Ford, com 19,54% de participação.

No mercado das motocicletas, a Honda mantém a liderança com ampla vantagem: 79,86%. Na segunda colocação, continua a Yamaha, com 10,44%, e na terceira, surge a Dafra, com 2,32%. A Suzuki, que vinha se mantendo na terceira posição até o mês de maio, fechou o mês de junho na quarta colocação com 1,92%.

Fenabrave divulga lista de carros mais vendidos em junho


Ijuí, 10 de julho de 2012

Manual para o "condutor" de primeira viagem E

Entenda os principais aspectos que você deve observar na hora de comprar seu primeiro veículo

scolher o modelo, a motorização, a cor e os opcionais. A lista de pesquisa é longa para quem está comprando um carro pela primeira vez. Entretanto, algumas dicas são importantes para os marinheiros de primeira viagem na escolha certa para seu primeiro carro. A primeira coisa que deve ser considerada é se a compra será de um carro novo ou usado. Nesse caso, o manual do veículo é primordial para encontrar informações sobre o estado do veículo. É nele que estão registradas as revisões obrigatórias e se a quilometragem é correspondente ao que está marcado no hodômetro. Outro ponto que merece atenção é o preço. Desconfie se o valor estiver incompatível com o mercado. Revisar o veículo e manter a manutenção em dia também é muito importante. Estar sempre atento à verificação do óleo do motor, água do sistema de arrefecimento, visual dos pneus e do estepe, extintor de incêndio, palhetas do limpador de parabrisa e o cinto de segurança são coisas simples que podem ser feitas tranquilamente pelo próprio condutor. Com o carro em movimento, é possível testar o freio (ruídos significam que algum dos componentes pode estar desgastado)

e o balanceamento das rodas: a trepidação do volante exige que as rodas passem por verificação. Dentro do carro, o painel é um componente muito importante para a verificação das peças do carro. Além da pressão do óleo, falta de água de bateria, é lá que você pode saber se os freios estão gastos. Se a luz acender, significa que o nível de fluido está baixo. Como o componente funciona sob pressão, quando as pastilhas estão gastas, elas ocupam menos volume e a bomba libera mais óleo para o condutor de pressão, com o objetivo de completar esse “espaço perdido”. Consequentemente, o nível de óleo abaixa. Economizando com o combustível

A tarefa não exige grande conhecimento. Um filtro de ar entupido, por exemplo, pode significar que o motor não esteja recebendo a quantidade de ar necessária e, portanto, não está “queimando” o combustível corretamente. Substituir a vela do motor na quilometragem certa (a cada 20 mil km rodados) também ajuda o propulsor na queima do combustível alinhada, evitando desperdícios. Outros detalhes também são muito importantes na hora de

Observe algumas questões na hora de comprar seu primeiro veículo

economizar: pneus com 5 libras abaixo da calibragem recomendada gastam 20% a mais de

gasolina. A maneira de dirigir também é importante neste caso. O acelerador gera energia e o freio

dissipa. Procure sempre manter a rotação do motor o mais baixo possível sem que ele trepide.

Como andar com um carro rebaixado

Se você tem ou quer um carro rebaixado buscando um visual mais agressivo e esportivo, confira algumas dicas de como preservar sua suspensão e andar com seu carro “socado no chão”. Para a turma dos rebaixados, o recado é claro. Não adianta ficar desesperado, a melhor maneira de se conduzir para evitar qualquer tipo de obstáculos é dirigindo com atenção, pois as ruas escondem armadilhas constantes para os carros rebaixados. Desta forma, pode-se estar evitando prejuízos maiores e mais caros. Cuidados básicos como estes para manter a conservação dos componentes da suspensão não podem ser esquecidos. Rodar com um carro rebaixado requer que seu dono esteja consciente dos cuidados que um rebaixado exige. Lembre-se que carros com suspensão rebaixada ficam muito próximos ao solo. Dirigir com cuidado, ficar ligado nas ruas em que se trafega e andar sempre em baixas velocidades ainda é a melhor solução para evitar surpresas desagradáveis.

Dicas Amortex

1- Saídas de garagens exigem que o carro esteja com o menor peso possível, preferencialmente com o motorista apenas; 2- As valetas devem ser atravessadas em primeira marcha e sem se usar o freio. Porém, é preciso que se passe reto e devagar, acelerando apenas no fim; 3- Em lombadas é preciso reduzir antes e frear. Evite passar com o carro de lado para não empenar a carroceria, rachar o monobloco ou sobrecarregar a suspensão; 4- Caso você esteja em alta velocidade e surgir um buraco ou uma lombada, as dicas são as seguintes: a) Mantenha a velocidade constante; b) Nunca freie no buraco ou na lombada. A roda parada concentra o impacto num único ponto, o que pode destruí-la para sempre e ainda danificar a suspensão. c) Rodas grandes e pneus de perfil baixo precisam rolar lentamente até encostar-se ao obstáculo evitando o impacto direto e o surgimento de bolhas.

5 - Uma dica importante é de como ter um carro rebaixado, geralmentepara realizar este procedimento, o método mais utilizado é acompressão e corte das molas da suspensão. O procedimento, acaba diminuindo a durabilidade dos componentes presentes na suspensão, pois ela não trabalha como deveria e acaba não exercendo a sua função. Atualmente existem no mercado amortecedores especiais para carros rebaixados, feitos sob medida para que esse visual “invocado” fique também confortável, estável e funcionamento como se fosse o carro original, não comprometendo o conforto e parte estrutural do carro. E para isso, procure a Amortex Amortecedores Especiais. Lembramos que atualmente o veículo rebaixado pode ser regularizado pelo Inmetro, podendo circular sem problemas. Essas são dicas bem úteis para se preservar a suspensão dos carros, especialmente as de carros rebaixados. As dicas estão aí, agora é só aproveitar o passeio no seu possante rebaixado. E curtir o sucesso!

Siga as dicas da Amortex e mantenha seu veículo em perfeito estado de conservação


Ijuí, 10 de julho de 2012

A

Saiba quando trocar a correia dentada do seu carro

correia sincronizadora, conhecida popularmente como “correia dentada” do motor, é responsável por sincronizar a abertura das válvulas do cabeçote de acordo com o sincronismo do motor. Conforme o coordenador técnico da Mecânica Myrto JF, Jorge Luiz Manchini, a correia dentada deve ser trocada de acordo com as recomendações da montadora do veículo. Esta informação está disponível no manual do proprietário do automóvel. Além da orientação da montadora, os fabricantes de correias recomendam a troca da correia dentada e rolamento tensor a cada 40.000 km, e em alguns veículos a condição poderá se prolongar para os 50.000 km. Após essa quilometragem, a correia perde a resistência, e o rolamento começa a perder sua eficiência e pode causar uma ruptura na correia dentada, trazendo danos consequentes ao motor. “Culturalmente, os proprietários de carros no Brasil (em sua maioria) não se preocupam com a devida manutenção do seu veículo, ou ainda, não escolhem um carro de acordo com sua capacidade de mantê-lo, transferindo a responsabilidade do baixo custo de manutenção para o mecânico, autorizando somente a troca da correia den-

tada, sendo que o rolamento tensor deve ser trocado junto”, salienta Jorge. Ele explica ainda, que, caso não ocorra isso, haverá o rompimento da correia dentada, ou o travamento do rolamento tensor, causando danos nas válvulas de admissão e escape, dependendo do carro, ano e modelo, varia de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil podendo ser evitado com aproximadamente R$ 300. A Mecânica MyrtoJF sempre troca a correia dentada e o(s) rolamento(s) juntos, por dois motivos: - Correia dentada e rolamentos trabalharam o mesmo número de horas, pois se há fadiga em uma peça há em outra também. “Define-se fadiga mecânica como o fenômeno de ruptura progressiva de materiais sujeitos a ciclos repetidos de tensão ou deformação”, esclarece.

Manchini recomenta ainda que se troque a bomba de água. “Muitos proprietários de veículos pedem para dar uma olhada na correia dentada. Mas não se pode confiar nesse tipo de diagnóstico, pois a correia dentada e rolamentos devem ter um contro-

Mecânica Myrto JF preocupada em proporcionar o melhor serviço para você

Cuidados com a correia dentada evitam dores de cabeça indesejáveis

le por km”, ressalta. Dica da Mecânica JF: Quando você comprar um carro seminovo, é muito importante fazer a troca da correia e dos rolamentos auxilia-

res da correia. Mecânica MyrtoJF: especializada em todos os tipos de veículos nacionais e importados recomenda que se faça a manutenção preventiva. “Nosso objetivo é tirar dúvidas e esclarecer a importância da manutenção preventiva, a maneira mais barata e inteligente de cuidar do seu carro”, frisa. A manutenção preventiva proporciona maior economia e segurança para sua família, redução de acidentes no trânsito e dor de cabeças indesejáveis. Mecânica MyrtoJF agora em sede própria na Rua Manaus,20 Bairro Burtet. Fones: 55 3332-9111 / 3332-9280.


Caderno Veículos 10.07.2012