Page 1

Jornal da Manhã

ijuí, 9 de abril de 2013

Peugeot 208 Aposta da montadora para este ano, carro se destaca pela beleza, inovação e bom desempenho. »3

Brasfilm Empresa é a única da região que oferece os serviços de instalação e manutenção de arcondicionado em caminhões. »5

Sticker bombs Conheça os adesivos que vão dar outra aparência ao seu veículo. »8

Informação e revisão são essenciais para evitar transtornos no trânsito Confira dicas de como ter segurança garantida na hora de pegar a estrada » 6, 7

capa.indd 1

09/04/2013 10:00:26


Ijuí, 9 de abril de 2013

Artigo

A RODA - A maior invenção de todos os tempos Mário Quintana, bem humorado poeta e jornalista brasileiro, disse que "A preguiça é mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda". Brincadeiras à parte, temos de reconhecer que a roda é provavelmente a mais importante invenção mecânica de todos os tempos, a peça mais simples do universo, a representação física do círculo, infinito e perfeito. Sem a roda, o homem não iria muito longe. Acredita-se que ela foi desenvolvida a partir do rolo, provavelmente um tronco de árvore, que representou o primeiro meio usado pelo homem para impedir o atrito de arrasto entre dois planos, substituindoo pelo atrito de rolamento. Conta-se que os egípcios colocavam troncos de árvore, à maneira de cilindros, para transportar cargas pesadas. Daí teria surgido o eixo fixo com discos de madeira nas extremidades. O vestígio mais antigo do uso da roda em veículos é o desenho de uma carroça numa placa de argila encontrada na Suméria (Mesopotâmia), de 3.500 a.C. Ao que tudo indica, tratava-se de um carro fúnebre com duas tábuas arredondadas presas de ambos os lados a uma tábua central. A evolução das rodas dos automóveis se origi-

nou diretamente das rodas das antigas carruagens puxadas a cavalos, às quais eram, a princípio, idênticas. Atualmente as rodas automotivas são bastante complexas: um pneu cheio de ar, estrutura de metal, bico pra calibragem, pastilhas de balanceamento e inúmeras inovações cuja

Acompanhando a evolução da humanidade, podemos afirmar que a invenção da roda é a essência da civilização e a chave do desenvolvimento tecnológico

finalidade é oferecer cada vez mais estabilidade, segurança, resistência a impactos e durabilidade. Acompanhando a evolução da humanidade, podemos afirmar que a invenção da roda é a essência da civilização e a chave do desenvolvimento tecnológico. É fascinante observarmos a capacidade do homem em sua marcha para

o progresso. Mesmo sendo perfeita, a roda original foi sendo aperfeiçoada e adaptada para diversos usos. O simples carrinho de mão inventado pelos chineses, cerca de 200 a.C., conduz sete vezes mais carga e passageiros do que o ombro humano. A bicicleta criada na França em 1645, permitia velocidades até três vezes maiores do que a de um homem caminhando pausadamente. Hoje, mais depressa, mais devagar, milhões de rodas, pequenas ou grandes, funcionam em todo o mundo, transformando a vida em movimento. Um dos principais indicadores do progresso consumista de um país, costuma ser medido pela quantidade de rodas que esse país faz girar e com qual rapidez. Agora, estão reinventando a roda. Parece mentira mas a nova roda é simplesmente... quadrada. O novo método de locomoção, já está sendo patenteado pelos criadores e poderá ser útil em várias aplicações como a construção de robôs, brinquedos e micromáquinas para locomoção em terrenos especiais. Mas isto é uma outra história...

Silvia Aguiar - Consultora de comunicação e marketing para empresas

VENDA DE CARROS 0KM CRESCE 20% As montadoras associadas à Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) emplacaram 268.588 unidades de veículos de passeio e comerciais leves em março, segundo dados da entidade. Isso representa uma alta de 20,6% em relação ao que foi registrado em fevereiro, quando apenas 222.730 unidades foram vendidas. “Março teve mais dias úteis e fevereiro ainda foi atrapalhado pelo carnaval”, explica Cledorvino Belini, presidente da Anvafea, sobre a recuperação do mercado. O resultado de março de 2013, porém, ainda é 5,4% menor que os 283.787 veículos licenciados no mesmo período de 2012. No acumulado do primeiro trimestre de 2013 foram emplacadas 788.505 unidades, ou 2,1% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado. “Precisamos lembrar que os primeiros meses de 2012 foram fracos e o governo só interviu com a redução do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) posteriormente”, diz Belini. Outro número que mostra a recuperação do mercado é o aumento na produção de veículos e comerciais leves, que cresceu 40,5% em março no comparativo com fevereiro, chegando 298.373 unidades fabricadas contra 212.358 do mês anterior.

MERCEDES TROCA DANCE POR FUNK CARIOCA A Mercedes-Benz acaba de lançar no Brasil a nova geração do Classe A. O carro deixou de ser um monovolume de mamãe e agora é um hatch invocado, projetado para atrair novos compradores e rejuvenescer a marca. Mais: o Classe A nasce para ser o carro mais popular da marca no país. A começar pela primeira propaganda, feita pela Agência Tesla e embalada pelo funk carioca "Passinho do Volante", aquele da sequência onomatopaica "Lelek, lek, lek, lek, tchum, tchum, tcha, tcha". O desejo expresso da marca é transformar a peça num viral e quebrar o estigma de que a Mercedes só faz "carro de tiozão", como o site parceiro Carsale revelou. No canal oficial da Mercedes no Youtube, as opiniões se dividem: mais de 100 mil internautas já viram e ouviram a nova batida do Classe A; o total de "likes" e "dislikes" se equipara.

COM ALTA DE 6,4%, SETOR DE MOTOS ESBOÇA REAÇÃO O segmento de motocicletas registrou alta de 6,4% na produção de fevereiro a março, passando de 123.338 para 131.174 unidades. As vendas aos concessionários subiram 7,1%, atingindo 129.982 motocicletas contra 121.361 no mês anterior. Os dados são da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares). No varejo ,a média diária, que teve dois dias úteis a mais em relação ao mês anterior, ficou em 6.192 motocicletas, superando 5.661 contabilizadas em fevereiro. A comercialização totalizou 123.847 unidades, em março, contra 101.890 registradas no mês anterior, representando uma alta de 21,5%. No acumulado do primeiro trimestre, a produção ficou 25,1% abaixo do volume registrado no mesmo período de 2012, com 381.708 unidades, contra 509.545 dos três primeiros meses de 2012. As vendas no atacado registraram queda de 21,9%, passando de 468.493 para 366.078 motocicletas.

GOLF É TETRACAMPEÃO DO MUNDO O VW Golf continua a receber prêmios. Hoje, foi entregue ao modelo o prêmio Carro Mundial do Ano durante o Salão de Nova York. De acordo com a fabricante, o carro ganhou seu 17º prêmio desde que foi lançado, em novembro de 2012. O júri, que é formado por 66 jornalistas especializados de 23 países diferentes dois por país - disse que "o Golf tem o tamanho ideal, é espaçoso, prático e confortável" e ainda exaltou que o motor e seu design também foram os responsáveis pela conquista.

pag 2.indd 2

09/04/2013 10:00:43


Ijuí, 9 de abril de 2013

Dicas para estender a vida útil dos pneus do seu carro

Peugeot aposta todas suas fichas no novo 208

Tão importante quanto escolher os pneus corretos para determinado modelo de caminhão e aplicação, é mantê-los corretamente. Um acompanhamento diário dos pneus é obrigatório para quem procura tirar o melhor rendimento do veículo, afinal, em função do contato com o solo, eles são determinantes na economia decombustível,noequilíbrio e no alinhamento geral. Conheça alguns hábitos e dicas capazes de estender e vida útil dos pneus: Calibrar os pneus semanalmente - Esta regra básica garante economia em diversos fatores, tanto na manutenção do próprio pneu quanto no gasto de combustível. Rodar com pressões incorretas traz grandes prejuízos. Quando a pressão é insuficiente, o pneu tende a se apoiar mais nas laterais da rodagem e estas se gastam de forma prematura, podendo até comprometer toda a estrutura. No caso de pressão excessiva, o gasto será maior na faixa central de rodagem, além de prejudicar o conforto. Realizar o rodízio de pneus - Para um desgaste equilibrado dos pneus – o que mais tarde garante recapagens corretas e melhor aproveitamento da carcaça – é indicado rodiziá-los regularmente.Aperiodicidade

A partir de 13 de abril chega às concessionárias da Peugeot de todo o Brasil, o 208, o hatch compacto Premium da marca. A montadora francesa está apostando todas as fichas nele, que é considerado o principal lançamento da empresa desde o 206, apresentado em 1998. Motivos não faltam para acreditar que a fabricante vai ganhar essa aposta. O 208 é bonito, inovador na posição de dirigir, tem bom desempenho e traz itens que fazem a diferença na comparação com seus principais concorrentes. O novo carro da Peugeot será oferecido nas versões Active, Allure e Griffe. O índice de nacionalização do 208 é de 84%, e ele foi fabricado em Porto Real, no Rio de Janeiro. A Peugeot garante que ele é seguro, sendo, inclusive, mais pesado do que um teto convencional de aço. A montadora francesa tem bastante experiência com esse item. Logo de cara, o 208 impressiona pelas linhas externas modernas, ornamentadas por elementos cromados, e ainda inspiradas pelo “DNA felino” da marca. Do lado de dentro, chamam a atenção o quadro de instrumentos em posição mais elevada, o volante de diâmetro reduzido (10% menor que o do 207) e, principalmente, a tela de 7 polegadas da central multimídia, posicionada ao centro do painel. A cabine conta com plásticos de boa qualidade e peças bem encaixadas e sem rebarbas. De acordo com a Peugeot, a configuração Allure representará 50% do mix de vendas, enquanto a outra metade será dividida entre as versões Active e Griffe com câmbio automático. Além de ter apelo visual, ser bem equipado e saber entreter o motorista, o 208 tem como outro trunfo estar atualizado com o que a marca vende no primeiro mundo. A expectativa da Peugeot é de que 2.500 unidades do 208 saiam das concessionárias por mês, fazendo do modelo o mais vendido da marca neste ano.

Um acompanhamento diário é obrigatório para quem procura tirar melhor rendimento do veículo

vai depender de cada tipo de veículo e do peso carregado, mas distribuí-los de maneira igual ao longo do tempo vai ampliar sua vida útil. Evitar sobrecarga de peso - Além de mudar valores de pressão ideal para cada pneu, o excesso de peso pode comprometer a estrutura dos pneus, aumentando o risco de estouros. Fa ze r a m a n u t e n ç ã o preventiva do veículo Amor tecedores, molas, freios, rolamentos, eixos e rodas atuam diretamente sobre os pneus. Manter o caminhão bem

equilibrado em todos os componentes gera ganhos de rendimento do combustível e influi diretamente na durabilidade dos pneus. Assegurar a inspeção visual diária - Seja à base da martelada ou de uma olhada criteriosa, todo dia é dia de observar como andam os pneus. Uma simples verificação visual pode indicar se as bandas estão sendo gastas de maneira incorreta, se há algum tipo de avaria ou se a pressão está se mantendo no nível correto.

Veículo foi fabricado em Porto Real, no Rio de Janeiro

Fazer a manutenção preventiva do veículo é um dos hábitos que prolongam sua vida útil

pag 3.indd 3

Novo 208 é bonito, inovador e tem bom desempenho

09/04/2013 10:01:01


Ijuí, 9 de abril de 2013

Produção de veículos cresce 39% em março

Confira 10 aplicativos que ajudam você no trânsito

Indústria fechou primeiro trimestre com 827,7 mil veículos produzidos

Resultado é em relação a fevereiro; na comparação anual, alta foi de 3,4%. No 1º trimestre, houve avanço de 12% sobre o mesmo período de 2012. A produção de veículos subiu 39,2% em março, na comparação com fevereiro, que foi mais curto. Em relação a igual período do ano passado, a alta foi de 3,4%, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira (4) pela Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Autmotores (Anfavea). No total, foram fabricadas 319,1 mil unidades entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. Em fevereiro, foram 217,8 mil.

Assim, a indústria fechou o primeiro trimestre com 827,7 mil veículos produzidos, 12,1% a mais do que em igual período do ano passado. Para 2013, a Anfavea prevê um aumento de 4,5% na produção, chegando a cerca de 3,5 milhões de veículos, o que seria uma marca recorde. Considerando apenas os carros de passeio e os utilitários leves - segmentos beneficiados pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) -, a produção somou 298,4 mil unidades no terceiro mês do ano, uma alta de 3% em relação ao volume de um ano antes. Na comparação com fevereiro, houve acréscimo

de 40,5%. A fabricação de caminhões também avançou: 6,6% na comparação anual e 21,9% em relação a fevereiro, somando 16,9 mil unidades no mês passado. Nas fábricas de ônibus, a produção subiu 30,9% em março, comparativamente ao mesmo período de 2012. No total, 3,8 mil ônibus foram produzidos no mês passado, 26,2% acima de fevereiro. Segundo o balanço da Anfavea, a ocupação nas montadoras, incluindo o setor de máquinas agrícolas, atingiu 151,9 mil empregados em março, no mesmo nível de fevereiro.

Carro traz como tema a Mulher-Maravilha Depois do Super-Homem e outros heróis dos quadrinhos terem um carro especial, chegou a vez da Mulher-Maravilha (Wonder Woman). A Kia Motors America (KMA), juntamente com a DC Entertainment e a revista Super Street, para transformar um Sportage em um veículo customizado para a heroína. O Wonder Woman Sportage foi apresentado no Salão de Nova York, que acontece até 7 de abril de 2013. O Kia Sportage Wonder Woman traz as cores do uniforme da Mulher-Maravilha, vermelho e azul, ao lado de estrelas prateadas. O visual fica completo com detalhes em dourado, presente na tiara e laço mágico da heroína. A grade dianteira do veículo tem o emblema da personagem. Os painéis laterais cromados, por sua vez, são interpretações do jato invisível usado pela heroína.

pag 4.indd 6

Kia Sportage Wonder Woman traz as cores do uniforme da MulherMaravilha, ao lado de estrelas prateadas

A cada dia, aparelhos recebem mais tecnologia que ajudam em diversas situações

Faz tempo que o telefone celular não é apenas uma ferramenta que serve para fazer ou receber chamadas. A cada dia que passa, os aparelhos recebem mais tecnologia, o que ajuda em diversas situações. Para os motoristas existem diversos aplicativos que contribuem na hora de fugir do trânsito, distrair as crianças ou de escolher o melhor combustível. Confira dez apps úteis para você ter no celular. Para fugir do radar - Radar Droid Lite (grátis): Os motoristas distraídos podem receber uma ajudinha deste aplicativo gratuito e evitar algumas multas. O sistema avisa, por meio de um sinal sonoro, os locais onde estão posicionados os radares e qual o limite de velocidade daquela via. Álcool ou gasolina? - BrasilFLEX 2.0 (grátis): Esta ferramenta indica qual o combustível mais em conta para abastecer o carro de motor flex. Ele também mostra o consumo médio e todos os gastos com o veículo, além de informações sobre manutenção. Para quem não lembra onde estacionou - Take Me To My Car (grátis): O sistema facilita a vida dos “esquecidinhos” que não lembram onde estacionaram o carro, em shopping e supermercados, por exemplo. O motorista precisa apertar um botão para marcar a localização do carro. Na hora de voltar, o sistema funciona como navegador e leva o motorista até seu veículo. Para pedir ajuda - SOS Motors (grátis): O sistema é útil para quando o motorista está em um lugar desconhecido e o carro quebra. O aplicativo dá uma forcinha e localiza oficinas e serviços de auxílio mais próximos de onde você está. Ele funciona com rede 3G e GPS. Para se achar no trânsito - Google Maps (grátis): O aplicativo serve como navegador e na versão mais atualizada indica caminhos alternativos, tempo de duração da rota até o destino e o trânsito atual da via. Para batidas - iWrecked (grátis): Facilita a vida do motorista quando se envolve em algum acidente de trânsito (sem vítimas). Por meio de um formulário oferecido pelo sistema, o condutor pode anotar as informações necessárias (como fotos, danos no carro, nome, documento, placa), que serão geradas em um relatório em formato PDF. Para saber a performance - Dynolicious (grátis): O aplicativo mostra o desempenho do seu carro. Ele calcula quanto tempo o veículo leva de 0 a 100 km/h, cavalos de potência, força G e outras métricas. Ele também permite comparar o resultado com o de outros modelos.

09/04/2013 10:01:43


Ijuí, 9 de abril de 2013

Brasfilm oferece ar- Cuidados na contratação do condicionado para seguro para o seu veículo caminhões Devido ao calor excessivo durante o verão, o arcondicionado tornou-se um item indispensável nos veículos. Já no inverno, o aparelho acaba sendo esquecido ou deixado de lado pelo motorista. Po ré m , n e s s e p e r í o d o também exige cuidados e atenção do condutor, além de ser a melhor época para ser realizada sua instalação. Após ser instalado, a sua manutenção periódica é o que garante seu correto funcionamento. Fazer uma inspeção geral é indispensável, seja em veículos leves ou pesados. A instalação e a manutenção de ar-condicionado para veículos pesados, como é o caso do cami-

nhão, é um serviço dificilmente oferecido pelas empresas do ramo, o que faz com que o proprietário tenha que deslocar o veículo para cidades distantes. Na região Noroeste do Rio Grande do Sul, por exemplo, a única empresa que presta esse tipo de assistência é a Brasfilm de Ijuí, que realiza o serviço tanto no município, na sede da empresa, quanto na estrada, já que conta com veículo completamente equipado para este trabalho. A Braslfilm prima pelo bom atendimento, pela qualidade e pelo bem-estar do cliente. A empresa está situada na Rua Tiradentes, 226. Telefone: 55 3332 4384.

Manutenção, dificilmente figura entre as principais preocupações dos caminhoneiros

Utilização durante o ano inteiro é importante para garantir o bom funcionamento do ar-condicionado

pag 5.indd 6

Se você nunca contratou um seguro de carro e está analisando a compra de uma apólice, já deve ter percebido que opções não faltam. O número de corretoras especialistas na venda de seguros para carros é muito grande, assim como a quantidade de seguradoras que disponibilizam o produto. O mercado de seguros é muito dinâmico e não há uma regra que possa definir como economizar e em qual seguradora estará a melhor opção para o seguro do seu carro. As taxas aplicadas para cada veículo e cada perfil de condutor, variam mensalmente de acordo com o histórico de sinistros da seguradora, porém algumas táticas podem ser utilizadas para encontrar a melhor opção na hora da contratação. O pedido de orçamentos em algumas seguradoras antes de contratar definitivamente o serviço é essencial. Pois assim, se percebe com mais facilidade que há diferenças muito grandes nos valores apresentados por cada uma delas. Solicitar que a corretora apresente opções com diferentes tipos de coberturas é outra questão que ajuda na hora da escolha. As seguradoras oferecem diversos tipos de cláusulas adicionais, tais como: carro reserva, cobertura para despesas extras, danos morais, cobertura para danos aos vidros, retrovisores, lanternas e faróis, entre outras. Cada cobertura deve ser analisada, assim como a probabilidade de utilizar o serviço durante a vigência do contrato. Muitas corretoras oferecem o seguro mais básico possível para fechar o negócio por preço, porém, nem sempre economizar nas cláusulas representa poupar dinheiro, pois se você precisar de um serviço que não foi contratado na apólice, irá desembolsar muito mais do que se tivesse adicionado a cobertura ao contrato. Na contratação do seguro de automóvel, o ideal é procurar a orientação de um profissional da área, adequando as coberturas conforme as necessidades e perfil do segurado. Segundo o corre-

tor de seguros Luis Roberto Eickhoff, as informações que fazem parte do perfil e que influenciam na escolha do seguro são muito importantes e devem ser feitas com exatidão para evitar futuras dores de cabeça, como a negativa de indenização. “Aparecem com muita frequência, segurados que tiveram o pedido de indenização negado pela companhia seguradora, em função de inexatidão de informações de perfil, muitos deles atraídos por preços menores ou mesmo por contratação sem a intermediação de um corretor”, explica. Luís salienta que na hora da contratação do seguro é muito importante discutir com o corretor as coberturas oferecidas, até para que

ele possa explicar todos os benefícios contratados, e na hora do sinistro, o segurado saiba exatamente o que tem direito. “Quando a pessoa for fazer a contratação do serviço, é muito importante que se procure sempre um corretor de seguros de confiança e que dê assistência 24 horas. Ele , com certeza, irá apresentar a melhor relação custo\benefício para a apólice e estará presente para assessorar na hora do imprevisto”, conclui. Se estiver em dúvida na compra de dois ou mais modelos de veículo, solicite o orçamento do seguro antes de fechar negócio. O índice de roubo do carro é um dos fatores que mais interferem na escolha do veículo.

Na hora de contratar o seguro, o proprietário do veículo deve analisar com bastante atenção as opções de cobertura

09/04/2013 10:02:11


Ijuí, 9 de abril de 2013

Antes e depois da viagem, revise seu veículo Finais de semanas são ótimas oportunidades para recuperar as energias de uma rotina agitada e repleta de compromissos. No entanto, para evitar que acidentes estraguem o divertimento, é essencial que antes de partir para uma viagem seja feita uma revisão nos principais itens e componentes do veículo. Cuidados estes que não devem se concentrar apenas antes da viagem. Depois de grandes distâncias trafegadas, desgastes podem afetar o carro e trazer desgastes também ao veículo. Por isso, é importante dar uma olhada em algumas peças e componentes após o feriado. Antes e depois da viagem faça um diagnóstico das condições do seu veículo, levando-o a um profissional do ramo. É rápido, barato e evita transtornos na viagem. Não deixe de conferir os seus documentos e também os documentos do veículo. Estas são sugestões dos profissionais da Mecânica O Paulinho, que conta com um quadro de funcionários

experientes e qualificados em vários setores automobilísticos para prestar reparos ao seu veículo, levando tranquilidade e segurança para sua viagem. A empresa também oferece serviços de revisão em geral, ar condicionado, sistemas elétri-

Alguns cuidados devem ser tomados durante e depois da transação

Realize sua revisão com os profissionais da Mecânica O Paulinho

Preste reparos ao seu veículo e garanta tranquilidade e segurança para a sua viagem

pag 6ok.indd 6

cos, motores, caixa de câmbio, suspensão e freio em todos os veículos leves e também caminhonetes, furgões, vãs e muitos outros. A Mecânica O Paulinho está situada na Rua Albino Brendler, 661. Telefones: 55 3332 5482/9622 0771.

Cuidados com a documentação ao vender o seu carro

O cuidado principal de quem está vendendo o veículo é certificar-se do recebimento do valor acordado antes de dar início aos procedimentos quanto à documentação. No entanto, após a conclusão das operações bancárias, o Certificado de Registro de Veículos (CRV) deve ser preenchido. Após a conclusão da transação, você deve preencher completamente o CRV, colocando a data da venda. É imprescindível que você reconheça a firma de sua assinatura e em hipótese alguma você deve entregar esse documento em branco ao comprador do veículo ou a despachantes. Nada mais desagradável que, depois que você trocou de carro, receber em casa uma notificação de multa ou de débitos do carro que você vendeu. Basicamente, isso ocorre porque o novo dono não fez a transferência do veículo e, assim, multas e débitos acabam sendo creditados ao antigo dono. Por isso, é preciso tomar alguns cuidados durante e depois da transação. Outro procedimento que deve ser adotado é tirar uma cópia autenticada de toda a documentação de venda. Você também deve informar ao Detran que o veículo que até então estava em seu nome foi vendido. Para isso, dentro do prazo de 30 dias após a data de assinatura do documento, basta entregar uma cópia autenticada do comprovante de transferência, devidamente preenchido e com a firma reconhecida, no protocolo geral do Detran ou na Ciretran de sua cidade. Por lei, o novo proprietário tem no máximo 30 dias para fazer a transferência, a contar da data da venda, que consta do CRV. Se no prazo estipulado o carro não for transferido, o antigo dono deve solicitar o bloqueio do veículo por falta de transferência. Esse documento o protege de qualquer tipo de problema e o novo proprietário só conseguirá licenciar o veículo após efetuar a regularização da transferência.

09/04/2013 10:02:37


Ijuí, 9 de abril de 2013

Guinchos são opção de segurança veicular Ao pegar a estrada para uma viagem ou encarar uma noite de passeio, ainda que dentro da cidade, estamos sujeitos a surpresas do acaso. Assim, algumas informações são úteis aos proprietários e usuários de veículos automotores para remoção de viaturas de determinados locais. Por isso, caso seu carro pare na estrada e você não estiver em condições de dirigir, ou ocorra algum problema parecido, torna-se importante, além de prático, estar sempre com o contato

de uma empresa de guincho ao seu alcance. Tendo o telefone de uma empresa, basta acionar o serviço, ligar e repassar os dados do veículo, como placa, nome do proprietário, endereço onde ele está e para onde ele vai, além de fornecer um telefone de contato. Até duas pessoas podem ir juntos no caminhão do guincho. Caso você não queira acompanhar o carro, é necessário um check-list, que é um documento assinado pelo proprietário, que descreve

o carro detalhadamente, incluindo os objetos que estão dentro dele. Para sua segurança, é recomendado chamar sempre uma equipe de confiança e responsabilidade. E a equipe do Guincho Triângulo realiza este papel em Ijuí e região, atuando no setor há 8 anos, realizando remoções tanto para automóveis, caminhões, equipamentos agrícolas e serviços de munk. O Guincho Triângulo está situado na BR 285, Km 465. Telefone: 55 3333 4019 e 91488382.

Algumas informações são bastante úteis aos proprietários para remoção de viaturas de determinados locais

Novos taxistas terão acesso a financiamento para comprar o primeiro carro Os taxistas que precisarem comprar o primeiro carro para começar a

pag 7.indd 1

trabalhar terão acesso a financiamento operado com dinheiro do Fundo de Ampa-

ro ao Trabalhador (FAT). O Banco do Brasil, responsável pela linha de crédito, informou que, com a aprovação do Ministério do Trabalho, o dinheiro poderá ser utilizado por novos permissionários. Antes, o crédito era destinado apenas à renovação de frota, para taxistas em atividade. O FAT Taxista tem como finalidade a compra de carro zero quilômetro, de fabricação nacional. O prazo das prestações é até 60 meses, com teto de financiamento até 90% do valor do carro, limitado a R$ 60 mil. As parcelas são debitadas em conta corrente depois de somada a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) mais 4% ao ano, o que representa atualmente 0,75% ao mês.

Dicas e Manutenção

Aprenda a cuidar da pintura de seu carro

Assim como as mulheres precisam de cosméticos para retardar o envelhecimento e prolongar a beleza, a pintura do veículo também precisa de alguns cuidados para combater a ação do tempo e de outros fatores devastadores. Para manter a lataria sempre bem conservada e com aquele brilho, é necessário saber dosar a escolha dos produtos corretos com a melhor forma de utilizá-los. - Na hora da lavagem, a lataria precisa ser enxaguada constantemente para o sabão não secar. As laterais e as partes mais baixas do carro devem ser lavadas por último e com panos diferentes. Lave o carro uma vez por semana. Mesmo sem estar suja, a pintura sofre com reagentes químicos da poluição. É interessante secar toda a pintura com outro pano, inclusive os vãos das portas e os contornos dos faróis, onde a água pode estar acumulada. - Quanto ao banho de espuma, apesar de não representar ameaça de efeito imediato à pintura, como o lava-jato, pode ir danificando a lataria a longo prazo. A bucha utilizada para lavar um carro é a mesma com a qual já foram lavados vários outros, e a sujeira acumulada pode fazer pequenos riscos na lataria. A diferença entre o banho de espuma e o lava-jato é que a bucha é passada com menos força do que o escovão. Outro risco que se corre ao dar banho de espuma no veículo é quanto à utilização de produto para fazer espuma. Para não agredir a pintura, o sabão precisa ser neutro (com o pH 7) e, de preferência, biodegradável. - A escolha acertada dos produtos para lavar o veículo é importante para evitar danos à pintura. No entanto, a forma como é feita a lavagem também deve seguir alguns critérios. Primeiro, a lataria não pode estar quente e a lavagem deve começar pelo teto. Outro fator relevante é a definição do pano para a lavagem. Prefira flanelas, lãs de carneiro e tecidos de algodão a qualquer tipo de bucha ou esponja. - Os excrementos de pássaros, cuja acidez é agressiva a ponto de modificar a tonalidade da tinta caso não seja retirado, pode ser ainda pior. Para remover, é preciso ter muito cuidado: usar apenas água e esfregar lentamente com pano macio. Evite estacionar embaixo de árvores. Algumas espécies liberam resinas que deixam a pintura opaca e vulnerável à corrosão. - Nunca encere o carro com a pintura quente. O brilho da pintura pode ser alterado. Dê polimento a cada dois meses com cera lustradora. Só use cera limpadora quando a pintura estiver queimada. Na hora de aplicar a cera, não economize panos ou estopas. Isole as peças plásticas e emborrachadas (maçanetas, frisos etc) do carro com fita crepe, por exemplo, antes de aplicar cera. Em caso de pintura sem brilho, leve o carro a uma loja especializada para fazer uma revitalização. - Por fim, quando o carro passou a noite na rua, jogue um esguicho de água para retirar o sereno e, em seguida, passe um pano para secar a lataria.

09/04/2013 10:03:03


Próximo Caderno

Ijuí, 9 de abril de 2013

Sticker bombs: nova moda de customização sobrepõe adesivos

O "bombardeio de adesivos" é a onda do momento na personalização de veículos e possibilita que a adesivação seja feita com os mais variados tipos de imagens

Esqueça o "preto fosco" e os adesivos "família feliz". A nova moda de personalização veicular é o Sticker Bomb. O Sticker Bomb é uma modalidade de arte que se utiliza de etiquetas adesivas. É uma manifestação da arte pós-moderna popularizada na década de 1990 por grupos urbanos ligados à cultura alternativa. O trabalho pode ser realizado com o propósito de transmitir uma mensagem ou pelo simples prazer de enfeitar algo, como seu carro, telefone, aparelhos domésticos e o que mais imaginar. Os primeiros stickers chegaram ao Brasil como adesi-

vos decorativos utilizados na decoração de residências e lojas. Os adesivos são recortados em vinil autoadesivo e protegidos por máscara transparente que o aplicador retira ao fixá-los no local de destino - que deve ser um espaço liso. Comum nos Estados Unidos, Japão e Europa, o sticker bombs nacional é feito com um adesivo único, impresso com diversas imagens, e cortado de acordo com a peça que será coberta. No caso da instalação desse material em carros e motos, apenas algumas partes do veículo recebem os adesivos. Colunas, parachoques,

Os detalhes são o foco da adesivação

Além dos carros, as motos e outros veículos também estão aderindo à nova moda

pag 8.indd 1

retrovisores, paralamas, capôs e o painel interno são os locais mais comuns. Entre as estampas, há modelos inspirados em grafites ou que remetem a marcas - ligadas ou não ao mundo automotivo. A técnica é simples: sobrepor adesivos até cobrir uma parte do carro. "É um processo e material semelhantes ao do envelopamento”, explica Dalvan Pereira Martins, proprietário de uma empresa de personalização veicular de Ijuí. O preço dos adesivos varia dependendodotamanhoedo material. “Para instalação no paralama, o valor fica em torno de R$ 120, com a mão de obra incluída”, explica Dalvan. O proprietário da empresa destaca ainda, que o adesivo pode ser personalizado de acordo com o que o cliente desejar, de forma que podem ser confeccionadas as mais variadas combinações de cores, modelos e formas. “As opções são muitas, vai do gosto de cada um. E o melhor é que esses adesivos não deixam marcas caso o dono do veículo queira removê-lo”, ressalta. O adesivo é de fácil aplicação, mas é preciso tomar alguns cuidados, principalmente no acabamento. “É preciso fazer uma limpeza no local antes da aplicação do adesivo, para ficar com um bom acabamento e não formar bolhas ou qualquer outra coisa que possa estragar o adesivo do carro”, informa Dalvan. Em relação aos cuidados após a aplicação dos adesivos, Dalvan destaca que a lavagem deve ser feita apenas com sabão neutro e que a exposição ao sol deve ser moderada, pois a tendência é que o material desbote ao longo do tempo.

As opções de adesivos para personalização são inúmeras

Atenção ao Código de Trânsito Brasileiro Na hora de fazer a personalização em seu veículo é importante estar atento ao que diz a legislação referente. O artigo 292/2008 do Contran estabelece que as alterações devem ser informadas ao Detran em caso da área de plotagem ultrapassar 50% do veículo.

09/04/2013 10:03:42

Caderno Veículos 09.04.2013  

Edição especial do caderno Veículos do JM

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you