Issuu on Google+

Terça-feira, 15 de maio de 2012 - Jornal da Manhã

Síndrome do pânico

Os melhores exercícios para as mães grávidas Página 3

Cuidados com os pés devem ocorrer desde criança Página 6

Ciência ainda não consegue Ataque de pânico pode atingir até 15% da aumentar o período população, diz estudo. reprodutivo da mulher Página 6

Página 8


Síndrome Dolorosa Miofascial Dra. Fernanda Plentz El Ammar Médica especialista em Medicina de Família e acupuntura médica Cremers - 31021

É uma causa muito co- cional, com dificuldade de mum de dor muscular ca- mobilização da área aferacterizada pela presença tada. Fraqueza muscular e de pontos gatilho. distúrbios do sono também Pontos gatilho são regiões são queixas frequentes. reconhecidas nos músculos O tratamento consiste com potencial de sensibili- na identificação de fator zação e produção de dor. causal e sua correção, no Quando o ponto gatilho se uso de medicamentos, e na torna ativo, há a liberação reabilitação. É muito imlocal de substâncias e a fibra portante a identificação de muscular que o erros posturais contém se torna e de movimenacentuadamentos durante o te contraída e dia a dia, os dolorosa. Essa quais são freativação, isto é, qüentemente quando o ponto a causa dessa se torna dolorosíndrome. so, pode ocorrer A acupuntura em decorrência tem se mostrade diversos fado uma ferratores. O trauma menta eficaz é a causa mais no manejo de O tratamento comum, seja condições de por lesão súbita dores múscuconsiste na ao músculo ou lo-esqueléticas após episódios crônicas, proidentificação de repetidos de movendo além fator causal e sua do alívio da microtraumatismos, como correção, no uso de dor, redução os que ocorrem do consumo nas lesões por medicamentos, e na de medicações esforço repetie melhor desereabilitação tivo. Outras caupenho na realisas são ansiedazação das ativide (causando dades diárias. contração musO s e fe i to s cular persistenneurobiológite), compressão cos da acupunnervosa (secuntura, que atua dária a prolaptambém sobre sos ou hérnias os neurotransdiscais, por missores relaexemplo), descionados com gaste muscular a dor e a de( e n f ra q u e c i pressão, qualimento muscular secundá- ficam o método como útil rio a um acidente vascular e adequado na terapêutica cerebral, por exemplo), da dor crônica. Para o alívio distúrbios neurohumorais da dor é realizada a desa(fadiga, síndrome da fibro- tivação dos pontos gatilho mialgia), distensão muscu- através do agulhamento da lar e condicionamento físico acupuntura tradicional e da inadequado, entre outros. eletroacupuntura. A escoA dor é o sintoma mais lha dos pontos utilizados se comum, tanto no local do faz a partir do diagnóstico ponto gatilho (de contra- clínico e do exame físico ção), quanto referida e detalhado. disseminada. A dor tende Sendo a Síndrome Doloroa piorar ou aparecer com sa Miofascial uma condição esforço físico. No entanto, frequente e muitas vezes ela pode ocorrer mesmo incapacitante, é importante ao repouso, quando não que se busque o diagnóstico for tratada precocemente. e manejo adequado para Também é frequente a o alívio da dor e melhora queixa de limitação fun- funcional.

“ ,,

Os artigos com assinatura, publicados nesta página, são de inteira responsabilidade de seus autores

Suco de romã funciona como Viagra natural A  superstição  sempre avisou:  romã traz fartura e fertilidade. E não é que a ciência comprovou mesmo a relação dessa fruta com o sexo? (Tem a ver com fertilidade, vai) Mas não adianta só guardar as sementes na carteira. Se quiser sentir o poder afrodisíaco da romã, você precisa beber pelo menos um copo de suco por dia. Um estudo realizado pela Universidade Queen Margaret, na Escócia, escalou 58 voluntários (homens e mulheres entre 21 e 54 anos) para beber um copo de suco de romã por dia, durante duas semanas. Após o período, o nível de testosterona dos participantes aumentou de 16% a 30%. Se aumenta a quantidade de testosterona no corpo, cresce também a vontade de fazer sexo. E isso acontece tanto com homens quanto com mulheres. Os pesquisadores ainda descobriram outros benefícios da

romã. Eles mediram, antes e depois da dose diária de suco, os níveis de algumas emoções, como medo, tristeza, culpa, timidez e autoconfiança. Depois do teste, as emoções positivas aumentaram e as negativas diminuíram. Ah, e a romã ainda reduziu a pressão arterial dos voluntários. Fora os benefícios para a saúde, o suco ainda sai até mais barato que o Viagra. Olha só: 4 comprimi-

dos azuis custam uns R$ 50; já o litro do suco de romã de caixinha sai por uns R$ 10 – se for beber 250 mL todo dia, por duas semanas, os gastos serão de R$ 40. Mais barato. Mas o efeito do remédio natural deve ser bem mais fraco (sem contar que o suco industrial é “batizado”, vem com maçã e uva.). Ainda assim, você acha que vale acrescentar o suco dentro da sua dieta diária?  Vai que…

Pouco contato com a natureza aumenta incidência de alergias

A falta de exposição à natureza pode estar aumentando a incidência de asma e outras alergias entre moradores de cidades, segundo um estudo finlandês. Os cientistas dizem que certas bactérias, apontadas em outros estudos como benéficas para a saúde humana, são encontradas em maior abundância em ambientes rurais. Esses micro-organismos cumprem um papel importante no desenvolvimento e manutenção do sistema imunológico, explicam os especialistas. As conclusões do estudo foram divulgadas na publicação científica Proceedings of the National Academy of Sciences. “Existem micróbios em todo lugar, inclusive em áreas urbanas, mas os micróbios de ambientes naturais são mais benéficos para nós”, disse à BBC um dos autores, Ilkka Hanski, da Universidade de Helsinque. Função ‘especial’

Para realizar a pesquisa, a equipe coletou amostras de pele de 118 adolescentes finlandeses e constatou que os que viviam em fazendas ou perto de florestas tinham maior diversidade de bactérias e eram

menos sensíveis a alergias. Hanski explicou que as bactérias são benéficas para nós porque promovem a microbiota - o conjunto de micro-organismos que formam colônias dentro do corpo ou sobre a pele, mas sem provocar doenças. Segundo ele, estes micro-organismos são importantes “para o desenvolvimento e manutenção do sistema imunológico”. O estudo também permitiu que a equipe identificasse um grupo de bactérias, conhecidas como gama proteobactérias, que têm uma “função especial”. Um dos tipos de gama proteobactéria, chamada Acinetobacter, foi “fortemente associado ao desenvolvimento de moléculas anti-inflamatórias”. “Basicamente, nosso estudo revelou que quanto maior a quantidade dessa bactéria em particular

você tem na pele, (maiores suas) respostas imunológicas capazes de suprimir reações inflamatórias (ao pólen, a animais, etc)”, afirmou Hanski. O cientista explicou ainda que as gama proteobactérias tendem a ser mais prevalentes em ambientes vegetais, como florestas e terras usadas para agricultura, do que em ambientes urbanos e na água. “A urbanização é um fenômeno relativamente recente, durante a maior parte do nosso tempo (de evolução da espécie humana), temos interagido em uma área que hoje chamamos de ambiente natural.” “A urbanização pode ser vista como uma oportunidade perdida, para muitas pessoas, de interagir com o meio natural e sua biodiversidade, inclusive as comunidades de micróbios”. Hanski admite que não é possível reverter a tendência global de urbanização, mas disse que há uma série de opções para aumentar o contato com ambientes naturais. “Além de preservar áreas naturais fora de áreas urbanas, acho que é importante fazer um planejamento de cidades que inclua espaços verdes, cinturões verdes e infraestrutura verde.”


Os benefícios da musculação para gestantes A Active Academia tem profissionais habilitados para atender você

U

ma das maiores preocupações das mães nos dias de hoje é como voltar e manter o corpo durante e após a gestação. Os exercícios físicos moderados e acompanhados por profissionais são recomendados. No entanto é preciso seguir algumas recomendações. Seguindo os passos de qualquer outra atividade física praticada nesse período, é fundamental saber se a gestante já praticava ou não e se há liberação do médico para tal atividade, pois o profissional da área deve saber também se está correndo tudo bem. Após este check up, com avaliações físicas e anamnese, serão prescritos exercícios de pouca sobrecarga, impactos e força para a grávida. Nessas horas, é fundamental o instrutor ou personal trainer usar o bom senso e buscar conhecimento para que se tenha certeza do que está fazendo. Segundo Rodrigo Almeida, proprietário e personal trainer da Active Center Academia, a prática deve ser regular, como qualquer outra periodização, no mínimo três vezes na semana, com intensidade de leve a moderado. “Os exercícios sem suporte de peso corporal são os mais indicados, devido ao menor impacto, exemplo: a musculação. Exercícios de relaxamento alongamento, como alguns abordados no

pilates ou yoga, são indicados para complemento à musculação, nunca praticar até a exaustão, manter-se sempre bem hidratada para evitar o aumento elevado da temperatura corporal e sempre ter muita atenção com a dieta para prevenir o ganho de peso excessivo.” O personal trainer salienta também que não se deve utilizar prescrições de atividade física como uma “receita de bolo”, e sim buscar a orientação e acompanhamento de um profissional. “Durante toda a gestação é imprescindível a prática de atividade física e acompanhamento médico pré-natal. A gestante deve ter sempre em mente que sua saúde passa por um momento especial e mantê-la é primordial para a manutenção do bem-estar do feto”, afirma Almeida. As atividades físicas mais realizadas pelas gestantes são a caminhada,ahidroginástica,aginásticalocalizada sem impacto e a musculação. É importante neste momento, que a gestante procure uma orientação de um profissional de Educação Física para a prescrição e planejamento do treinamento físico. O volume e a intensidade deste treinamento devem ser medidos e calculados de acordo com as capacidades físicas de cada uma delas, respeitando-se sempre o aumento do volume abdominal. A atividade física durante a gestação é importante para se obter um condicionamento orgânico melhor e mais apropriado proporcionando melhora da qualidade de vida. “É interessante ressaltar que os exercícios físicos têm por objetivo melhorar a saúde física e mental, diminuindo as intercorrências médicas. Salienta-se que não se deve objetivar o condicionamento

Exercícios físicos moderados e acompanhados por profissionais devem ser feitos por gestantes físico exaustivo para as gestantes, pois o excesso pode ser prejudicial à mãe e ao feto”, afirma o Rodrigo. RECOMENDAÇÕES DO PROFISSIONAL: Fazer muito alongamento para a região lombar, musculatura interna das pernas e peitorais; Posições de “barriga para baixo”, decúbito ventral, devem ser evitadas, pois pressionará grandes vasos sanguíneos; Evitar ficar muito tempo na mesma posição (sentada ou em pé); Adotar posições que não provoquem grande força ou pressão abdominal; Usar roupas e calçados adequados; Incluir no treinamento exercícios para os músculos da pelve, abdome e diafragma, pois estas musculaturas vão facilitar o trabalho de parto se estiverem fortalecidas.

ATENÇÃO: Alguns casos contraindicados: Casos de pressão alta, dor de cabeça forte, sangramento ou perda de líquido, fadiga excessiva, desmaio, tontura, histórico de abortos repetidos.

Musculação é uma das modalidades indicadas para as grávidas

Benefícios da atividade física para as gestantes:

Melhora da força e resistência muscular Melhora da coordenação motora Melhora do equilíbrio corporal Melhora da autoestima Melhora da estética corporal evitando o excesso de peso Melhora da postura por fortalecimento da musculatura e articulações, aliviando, portanto, as dores músculo-articulares. Melhora do sono Melhora da respiração, principalmente durante o parto. Para isso a Active Center Academia oferece para você uma megaestrutura para a prática de atividades físicas, conta com mais de 500 metros quadrados de área e recentemente adquiriu novos equipamentos. A academia oferece as modalidades de musculação, power jump,e personal trainning. A Active funciona de segunda a sábado, das 6h30 às 22h, sem fechar ao meio- dia e aos sábados das 8h30 às 12h e das 14h30 às 17h. Contato pelo telefone: 3331-1022. A equipe de profissionais da Active Academia espera por você.


Pablo Lago oferece tratamento ortodôntico rápido e menos incômodo ‘Um tratamento que seja mais rápido e menos incômodo é o sonho de qualquer pessoa que precise passar por um tratamento ortodôntico. Se, além disso, o tratamento apresentar uma maior eficiência, melhor ainda. É justamente em busca disso que a Ortodontia tem evoluído, sempre atrás de melhores resultados para seus tratamentos. As mais novas tecnologias da Ortodontia são a utilização de braquetes autoligantes e de dispositivos transitórios de ancoragem (DTAs) na correção de problemas ortodônticos. Os braquetes autoligados têm sido apresentados como um diferencial para o ortodontista clínico que procura se desdobrar na tentativa de oferecer um tratamento de excelência no menor tempo possível e com número mínimo de consultas. A justificativa principal desses novos sistemas é que o seu desenho permite um rápido nivelamento, devido ao fato dos dentes deslizarem por um caminho de pouca, ou nenhuma, fricção (atrito) entre o braquete

Dr. Pablo Lago, especialista em Ortodontia e Radiologia e mestrando em Clínica Odontológica pela UPF.

O consultório do Dr. Pablo Lago está situado na Rua 15 de Novembro, 275, sala 402. Contato pelo telefone: (55) 3333-0714.

Braquetes autoligantes possibilitam um tratamento em menor tempo

e os fios comparado com as tão famosas “borrachinha” coloridas. Em relação a utilização de miniimplantes estes proporcionam uma ancoragem esquelética, que impede a movimentação da unidade de ancoragem durante a aplicação da mecânica ortodôntica. Os mini-implantes agem somente sobre o local determinado, fazendo com que os dentes sadios não sofram

qualquer interferência. No final de 2011, o ortodontista Pablo Lago participou de um curso na New York University College of Dentistry, onde o assunto principal foi o uso de braquetes autoligantes e mini-parafusos ortodônticos. Este e outros serviços odontológicos como o tratamento de ronco e apnéia pelo uso de aparelhos orais são oferecidos pelo

de saúde, como a hipertensão e sobrecarregar os rins. Porém, manter o sal longe do prato ou pelo menos diminuir as quantidades dele nas receitas pode ser mais fácil do que você imagina. A substituição do mineral por outros temperos naturais dá novo gostinho às preparações e ainda por cima promove uma onda de boa saúde. “Os temperos naturais ou condimentos melhoram

o sabor, aroma e aparência dos alimentos preparados”, explica a nutricionista Maíra Malta, da Unesp. Por isso, confira abaixo alguns temperos que te ajudam a se manter longe do sal.   Alho e Cebola: Os acompanhamentos básicos de quase todos os nossos pratos fazem muito bem a nossa saúde. “O alho, por exemplo, contribui para a diminuição da pressão sanguínea e dos níveis de colesterol. Já a cebola inibe a ação de algumas bactérias e fungos prejudiciais ao nosso organismo e diminui os riscos de trombose e aterosclerose”, diz a especialista. A duplinha também ajuda na prevenção de alguns tipos de câncer, como o de pulmão, estômago, próstata e fígado. Sálvia: Esta erva é usada como

Temperos substituem o sal e deixam sua comida muito mais saudável

O sal é um dos vilões mais temidos da atualidade, mas também é o menos combatido. Isso porque desde sempre nós nos acostumamos a comer tudo com uma bela pitada de sal. E se fosse só essa pitada, tudo bem! Mas, o que torna o sal um grande vilão é que ele é a principal fonte de sódio que consumimos, podendo causar aumento da pressão arterial levando a problemas mais sérios

condimento e como planta medicinal por sua ação anti-inflamatória e por ser estimulante da digestão. “A sálvia é indicada nos casos de falta de apetite, edema, afecções da boca, afta, tosse e bronquite. Fica ótima com massas e aves”, diz Maíra Malta. A sálvia pode ser usada tanto em pó como as folhas inteiras. Manjericão: A erva já é amiga da cozinha há muito tempo. Você provavelmente já a usou diversas vezes e seu gostinho inconfundível é o toque que falta em molhos vermelhos, tortas, saladas ou no clássico molho pesto. “O manjericão, além de muito gostoso, é amigo do sistema cardiovascular e acalma os espasmos da digestão. Quando utilizado em grandes quantidades, é um ótimo fortifi-

Temperos naturais dão um gostinho às preparações e ainda promove a boa saúde

cante e antigripal.” Alecrim: A planta confere um gostinho leve e especial quando usada na preparação de carnes vermelhas ou peixes. No arroz e em sopas é uma boa pedida também, perfumando o prato e a cozinha. “O alecrim faz bem porque combate o vírus da gripe e previne doenças dos rins, da retina e da catarata.” Salsa: A salsinha também já é famosa conhecida de quem cozinha. Seja ela desidratada ou em folhas frescas, confere aos pratos um sabor leve e agradável, além é claro, de também ser uma aliada do nosso organismo, pois, como ensina a nutricionista, a salsa combate doenças do coração e dos rins. Pimentas: Não é só na Bahia que este condimento é popular. Há quem ame e quem não viva sem. Mas, o importante é saber que a pimenta é muito mais do que um sabor afrodisíaco. O sabor ardido é por causa da capsaicina, substância antioxidante de ação curativa. “Além de prevenir alguns tipos de câncer e de reduzir o colesterol ruim (LDL) do sangue, a pimenta também acelera o metabolismo e, por isso, auxilia no emagrecimento.” Coentro: Tantos as folhas como as sementes do coentro são ricas em ferro e vitamina C, alivia indigestão e tem poder calmante.


Inovação na cirurgia do quadril Os procedimentos cirúrgicos ao nível do quadril vêm entrando em um novo capítulo. Depois de décadas de aperfeiçoamento na realização das artroplastias totais do quadril, procedimento em que substitui a articulação danificada, e que hoje é considerado por muitos especialistas como o procedimento mais resolutivo da ortopedia, os cirurgiões de quadril estão evoluindo para nova era da especialidade. Na busca de procedimentos menos agressivos, mas que tenham também um alto índice de resolução das patologias é que vem entrando em cena a videoartroscopia do quadril. Procedimento minimamente invasivo já muito realizado em outras articulações como o joelho, teve seus primeiros relatos ao nível do quadril no início do século passado. Mas foi somente a partir da década de 90 que ganhou força, com uma técnica mais apurada, um melhor conhecimento das patologias passíveis de serem tratadas e com isto, com melhores resultados. Este procedimento está sendo difundido mundialmente por ser capaz de tratar quadris dolorosos de pacientes adultos jovens, com bom potencial de cura e quando é negligenciado o seu tratamento, estes quadris podem evoluir rapidamente para a artrose(desgaste). As cirurgias realizadas por videoartroscopia tem incisões mínimas (uma polegada),e no geral devem permitir a alta do paciente após 24 horas, já caminhando e pronto para uma rápida reabilitação. No dia 5 de maio foram rea-

Procedimento de videoartroscopia de quadril foi realizado no Hospital da Unimed

lizadas duas videoartroscopias de quadril no Hospital Unimed de Ijuí. Na ocasião esteve na cidade Dr David Gusmão, cirurgião ortopédico especialista em videoartroscopia do quadril,com experiência nacional e internacional neste procedimento, que atua no Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre. Nesse dia, ele e o Dr Marcelo Garzella operaram dois pacientes de Ijuí, com pleno sucesso e a provação do

Dr. David Gusmão e Dr. Marcelo Garzella

Dr.Gusmão quanto aos materiais e aparelhos disponíveis no hospital de Ijuí. Este é um caminho definitivo

para a cirurgia do quadril nos próximos anos e que traz a possibilidade de tratamento de patologias importantes de

pacientes em idades ativas e produtivas, de forma minimamente invasiva e com uma rápida reabilitação.


Reprodução X Idade A ciência ainda não conseguiu aumentar o período reprodutivo da mulher

I

nfelizmente, com todo o avanço científico, não se conseguiu aumentar o período reprodutivo da mulher e, sem dúvida, o fator mais importante para  se alcançar  uma gravidez  é a idade. O período de vida reprodutiva  permanece inalterado em função do chamado “relógio” biológico existente no ovário. Nada consegue interferir na dinâmica do folículo ovariano que possui o óvulo, elemento principal para se conseguir uma gestação.  Um fato que exemplifica bem isso é que a idade média em que a mulher entra em menopausa não se modificou ao longo das décadas, e o período reprodutivo é somente um terço da vida da mulher. Isto porque os oócitos não são renovados no ovário e são consumidos ao longo do tempo (ovulação mensal). O que ocorre atualmente  é que a mulher foi assumindo um novo papel na sociedade e, em virtude de estudos, carreira profissional, independência financeira foi adiando o seu papel de mãe. Além disso, o aumento dos divórcios que gera novos relacionamentos em geral com mais idade, levou aos casais decidirem por filhos mais tarde em suas vidas. Em vários países, como Dinamarca, Finlândia, Itália, Suiça, Suécia e Holanda aa idade média para a primeira  concepção aumentou de 2

a 4 anos, estando em torno de 30 anos. Obviamente, isto levou ao aumento das taxas de infertilidade, pois estudos em populações sem uso de anticoncepção mostram que a idade é fator que interfere diretamente na fecundidade. Sabe-se que até os 35 anos há uma diminuição gradual na fertilidade e após esta idade o declínio da fertilidade é bem mais rápido. Ao nascimento temos de 1 a 2 milhões de oócitos, quando iniciamos a vida reprodutiva (menstruações), restam de 300 a 500 mil oócitos, aos 37 anos restam 25.000 e aos 51 anos ( média da menopausa) sobram somente 1000.  Isto significa que não há mais folículos e não serão mais liberados óvulos.  Em resumo, até os 35 anos temos uma possibilidade de  taxa de gravidez na população em geral de 15 a 20% ao mês. Entre os 40 e 42 anos esta taxa fica em torno de 5% ao mês e após os 43 anos fica em 3% ou menos.  As mulheres pensarão: mas hoje em dia temos a fertilização “in vitro” (de laboratório), então não precisamos nos preocupar... Bem, realmente é um método excelente e temos ótimas respostas, mas... é caro, e o resultado é mais ou menos o seguinte: gravidez com nascidos vivo em torno de 45% em mulheres com menos de 35 anos;  37,3% em mulheres

Na antiga tradição chinesa, os pés pequenos eram considerados um dos símbolos da beleza feminina: “pés de fada, irresistível arma de redução”. As mães orientais, para garantir a beleza dos pezinhos de suas filhas, os mantinham comprimidos em minúsculos sapatos. Andar, se constituía uma tarefa difícil, uma tortura, o minúsculo espaço impedia a circulação na região. Assim, os pezinhos cresciam gerando, entre outros, sérios

problemas para a coluna. Ainda hoje eles continuam sendo idolatrados. Mas, fetiches à parte, os pés são a base sobre o qual pousa o equilíbrio do nosso corpo. São eles que nos carregam, nos levam a todos os lugares. O que seria a nossa vida sem eles? Cuide bem o alicerce de seu corpo, evite calçados apertados e saltos muito altos. O uso de sapatos inadequados traz vários inconvenientes, inclusive calos, calosidades, unhas encravadas

Até os 35 anos há uma dimininuição gradual na fertilidade

entre 35 e 37 anos; 26,6% em mulheres de 38 a 40 anos ; 15,2% em mulheres de 41 a 42 anos e 6,7% nas de 43 a 44 anos. Então, mesmo para fertilização assistida, o fator idade é muito importante. Então, é importante para nós, ginecologistas, que a mulher tenha conhecimento destes dados e de seu ¨relógio biológico¨ e , se deseja muito  engravidar que não o deixe para muito tarde; quem sabe tente se organizar e fazer algumas coisas já com o bebê ( mestrado, doutorado, etclembrar das creches, avós, maternidade compartilhada com o pai atuante). Para aquelas que não pretendem ou não podem ter filhos mais jovens, lembrar que existem métodos que possibilitam adiar a maternidade sem comprometer signifivativamente as chances de gestação. São os congelamentos:  de embrião ( mulheres com parceiro) e de oócitos ( sem parceiro) . Na verdade, nenhum tratamento atual e baseado em evidências científicas, consegue evitar a queda da fertilidade com o passar da idade e isso o médico e as pacientes devem estar conscientes. A mulher deverá planejar a sua gravidez bem orientada e escolher, se possível,  qual o seu melhor momento. Dra. Marília Thomé da Cruz Ginecologista - CREMERS 5185

Cuidados com os pés devem começar desde pequeno

Dicas para manter pés sempre bonitos:

e outros. Segundo a podóloga Neusa, do Salão Dorinê, os cuidados com os pés devem começar desde o nascimento da criança, são frágeis e delicados. Comece a sua atenção pelos sapatinhos de lã ou tecido, pois eles devem dar toda a liberdade e movimentação ao pezinho do recém-nascido. A seguir, o uso do sapatinho de couro, que deve ser flexível, macio, tipos de amarrar ou abotoar para que fique firme nos pés.

- Não forçar a criança a ficar de pé muito tempo quando ainda em idade de engatinhar. - Cortar semanalmente as unhas cuidando para não encravar. - Assim que ela se mantiver sozinha na postura ereta, observar o arco dos pés. - Faça caminhar com os pés descalços para fortalecer a musculatura. - Usar de preferência calçados ortopédicos e se necessário. - Enquanto criança e pré-adolescente (no caso meninas) evitar calçados de salto alto, pois pode causar deformações e problemas de coluna. Fonte: Associação de Podologia de São Paulo


Saiba mais sobre a cirurgia para orelhas de abano O

relhas proeminentes são um pequeno detalhe, mas costumam incomodar bastante. A boa notícia é que existe uma técnica cirúrgica chamada otoplastia que soluciona o problema. Essa é a plástica de orelhas mais comum, pois trata da conhecida orelha de abano sem deixar nenhuma cicatriz aparente. É realizada para modelar a cartilagem através de um acesso feito atrás da orelha, de onde é retirado o excesso quando necessário. Pode ser feita a partir dos seis anos de idade, quando a estrutura já apresenta mais de 85% do tamanho da orelha de uma pessoa adulta.   A orelha de abano, ou orelha proeminente, é a queixa estética mais frequente em relação a essa região. Corresponde à má formação mais comum da orelha e no seu desenvolvimento ocorre uma grande influência genética. Haverá uma atenuação do sulco antihelical - a dobra mais externa da orelha - um

aumento da concha - a parte de dentro - e um aumento do ângulo concho-escafal - encontro entre a parte de trás da orelha com o osso. Essas características fazem com que a porção lateral da orelha fique mais afastada da cabeça, se tornando mais visível, o que dá a impressão de que a orelha é maior.  A orelha de abano, ou orelha proeminente, é a queixa estética mais frequente em relação a essa região. Corresponde à má formação mais comum da orelha e no seu desenvolvimento ocorre uma grande influência genética.

A presença de pelos indesejáveis é um problema estético que traz incômodo, e sua eliminação é desejada principalmente pelas mulheres modernas. Mesmo a pilosidade normal, como a da axila e virilha acabam se transformando em problemas, por causa da frequente necessidade de se submeter a processos desagradáveis e pouco eficientes de remoção (depilação a cera, lâmina e cremes depilatórios). Outros problemas são as dermatites geradas pela simples presença do pelo ou por sua retirada com os métodos convencionais, além das sequelas que estes métodos determinam com o passar dos tempos,

principalmente as manchas. O sistema SPA TOUCH, que utiliza a luz intensa pulsada é um método moderno e eficaz para tratar a pilosidade normal e anormal indesejáveis.Ao mesmo tempo ocorre a melhora das foliculites, dos pelos encravados e das manchas. O princípio desta tecnologia é utilizar a capacidade da melanina dos pelos de absorver esta luz e assim destruir não só o pelo, mas também o folículo que o produz. Então, a eliminação do pelo é progressiva e permanente. Para realizar a depilação, as dúvidas devem ser esclarecidas, e para isso é indicada uma boa avaliação. Nesta consulta inicial, todo o tratamento é explicado,

Quando optar pela cirurgia? A cirurgia é aconselhada especialmente para as pessoas que enfrentam problemas de relacionamento e autoestima devido a esse aspecto, porque é uma pequena imperfeição estética que costuma estar relacionada e gerar “brincadeiras”, piadas e apelidos de gosto duvidoso. Por isso, o objetivo central da técnica da otoplas-

Orelhas proeminentes são um pequeno detalhe, mas constumam incomodar bastante quem sofre com o problema

tia é corrigir justamente essas imperfeições para que a face posterior da orelha se aproxime da cabeça, tornando-a menos visível quando se olha a pessoa de frente.  Como é feita a cirurgia? A intervenção pode ser feita

com anestesia local e sedação ou anestesia geral e, o tempo de internação é de aproximadamente 12 horas. No pósoperatório é indicado o uso de uma faixa elástica por um período de quatro semanas apenas para dormir, isso para proteger e manter as orelhas

na posição. Em geral, a recuperação é bastante rápida. O efeito da otoplastia pode ser observado logo depois da cirurgia, porém o resultado definitivo aparece de seis meses a um ano após a cirurgia, quando a cicatrização é finalizada. 

Tratamento para pelos com luz intensa pulsada

de medicações fotossensiblizantes). O ideal é iniciar a depilação no inverno para estar livre dos pelos no verão e também em função da não exposição ao sol (contra-indicado durante o processo).Constitui-se em um método muito seguro, rápido e eficaz, sem riscos e sem efeito sistêmico, trazendo beleza e conforto para quem opta por este método de depilação.

O sistema Spatouch utiliza a luz intensa pulsada para tratar a pilosidade

deverá será avaliado o tipo de pele na área a ser tratada e as características do pelo, além

de se obter informações necessárias para dar segurança ao tratamento (por exemplo, uso

Fisioterapeuta Heloísa Meincke Eickhoff CREFITO 5 - 14.374 – F Centro Integrado de Saúde Fisio & Vida Barão do Rio Branco, 32, Ijuí RS Fone: 55 – 3332-7005 heloisa@unijui.edu.br


Terça-feira, 15 de maio de 2012

Síndrome do pânico: um transtorno que pode atacar você Cerca de 15% da população sofre com este problema que pode não ter uma causa específica

E

m algum momento da vida, a maioria das pessoas já apresentou um conjunto de sensações e o denominou “pânico”. De acordo com estimativas médicas, acredita-se que cerca de 10% a 15% das pessoas irão apresentar um ataque de pânico ou um episódio semelhante em determinado momento da vida. Nos Estados Unidos, cerca de três a sete milhões de pessoas apresentam o problema. No Brasil, não existem dados estatísticos precisos, mas acredita-se que o transtorno atinja milhões de pessoas. Essas sensações do transtorno do pânico são, em geral, reações naturais a situações assustadoras ou que ameaçam a integridade do indivíduo. O transtorno do pânico é diferente. Essa condição médica é caracterizada pela ocorrência frequente de “ataques de pânico”. Esses ataques manifestam-se como episódios súbitos e imprevisíveis de intenso medo. Segundo o médico psiquiatra Antônio do Amaral, a síndrome do pânico é um quadro de ansiedade que tem como característica muitos sintomas orgânicos (físicos), mas que não precisa ter uma causa específica. “Um quadro de ansiedade com intensa repercussão no organismo. Ela pode surgir de uma forma súbita, isto é, pode aparecer sem uma causa aparente. Essas são as características básicas do quadro”. Para o médico, um dos problemas da síndrome do pânico é que ela tem uma duração limitada. “Um ataque dura em média de 15 até 30, 40 minutos, uma hora no máximo. O que significa isso? Que quando o indivíduo vai buscar ajuda, ele pode chegar ao prontosocorro e aqueles sintomas todos já terem passado. Isso acaba gerando um medo muito grande, pois o paciente chega ao prontosocorro, o médico pode dizer que está tudo bem, mas isso não vai ser o suficiente, porque aquela sensação física foi desesperadora e o medo que isso possa voltar vai persistir. E na maioria das vezes, ela volta”, comenta Amaral. E nessas idas e voltas das crises, muitas vezes o paciente acaba

se isolando, deixando de conviver em sociedade. “Este medo acaba causando certo prejuízo nas atividades, fazendo com o que indivíduo não vá para o trabalho e não saia de casa com medo de que ocorra uma nova crise”, diz o médico. Por causar sintomas físicos, a pessoa que sofre com o drama acaba procurando médicos especialistas no problema físico, porém, os exames apontam que ela não sofre com nenhum problema. “Muitas vezes o paciente faz eletro, faz avaliação digestiva e não aparece nenhum problema, pois o problema é psíquico”. Existem vários tratamentos para o controle desse transtorno. Eles envolvem terapia como o uso de medicamentos. “Este quadro de ansiedade, na maioria das vezes, necessita de medicação. Não significa que a pessoa não possa melhorar sem medicação, mas não usar remédios é de certa forma, para um profissional da área de saúde, tendo conhecimento, fazer com a demora na melhora seja significativa, pois a medicação tem a capacidade de reverter

Ataques manifestam-se com episódios súbitos e imprevisíveis de medo

essa ansiedade. Este é um quadro que responde muito rápido à medicação”, ressalta o médico psiquiatra.

Necessidade de mudanças pode ser uma das causas do aumento da Síndrome do Pânico A sociedade atual impõe a necessidade constante de mudança. Para o médico psiquiatra Antônio do Amaral, essa questão da mudança faz com que gere uma grande crise de ansiedade nas

pessoas. “Se você tem que trocar de trabalho, se você vai ter que mudar de relação, você vai ter que mudar de cidade, vai implicar em ansiedade, pois vai provocar uma perda da referência do antigo e vai gerar a ansiedade com o

novo. Para o médico, “o ritmo atual de vida é gerador de ansiedade, pois vivemos constantemente na cobrança de mudança, de resultado”. A crise de ansiedade pode ser gerada pela cobrança no trabalho, pela sensação de falta de segurança ou perspectiva de mudança. No entanto, nem toda a ansiedade pode ser considerada síndrome do pânico. É necessário reunir vários fatores, como os reunidos abaixo, para que seja diagnosticado sobre síndrome do pânico, pois “há uma ansiedade de proteção, que faz parte de nosso basal de sobrevivência e que é normal. Nós não podemos considerar ansiedade como anormal”. Ao atravessar uma rua movimentada é considerado normal que gere um momento estresse, de ansiedade, pois ela acaba protegendo o ser humano de problemas.

Veja o que você pode estar sentindo e descubra se você pode estar ou não com a Síndrome do Pânico. Marque os sintomas apresentados na mesma ocasião (ou que ocorreram muito próximos um do outro). • Palpitações, coração batendo forte e rápido • Sudorese • Tremores • Sensação de falta de ar • Sensação de asfixia ou estrangulamento • Dor ou desconforto torácico • Náusea ou desconforto abdominal • Sensação de tontura, desequilíbrio ou de que vai desmaiar • Sensação de estar longe de si mesmo ou de que a situação é irreal • Medo de perder o controle ou enlouquecer • Medo de morrer • Formigamentos • Ondas de calor ou calafrios

Paraumdiagnósticodeataquedepânicoserfeito,vocêprecisaapresentar quatro ou mais dos treze sintomas acima, na mesma ocasião. Estessinaisesintomasnormalmentedesenvolvem-sesubitamentee costumam piorar em poucos minutos. Seu médico precisa ter certeza de que seus sintomas não são devidos a outras causas, como outra condição médica devido à ação de algum medicamento.

Médico Antônio do Amaral


Caderno Saúde 15.05.2012