Issuu on Google+

badalo

Candice Fiais

Marighella

A cantora, compositora e instrumentista baiana Candice Fiais faz show no Franco Lounge (Rio Vermelho) na quinta (26). No repertório, blues, jazz e soul. A partir das 20h. Couvert: R$ 15.

Estreia hoje (10) nos cinemas de todo o Brasil o documentário ‘Marighella’, de Isa Grinspum Ferraz. O longa conta a história do líder comunista e parlamentar Carlos Marighella. A narração é de Lázaro Ramos.

badalo@jornaldametropole.com.br

o que rola

Eternamente Amado

Kid Abelha 30 Anos

Exposição integra programação especial do centenário do escritor baiano

O trio da Kid Abelha, comandado por Paula Toller, chega a Salvador neste domingo (12) com show da turnê de lançamento do DVD ‘Kid Abelha 30 Anos - Multishow Ao Vivo’. O show acontece neste domingo (12), às 18h30, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA). Os ingressos custam R$ 80 e R$ 40 e podem ser adquiridos na bilheteria do TCA ou nos postos SAC dos shoppings Barra e Iguatemi. A abertura do show será feita pela guitarrista baiana Thati. CHRISTIAN GAUL/DIVULGAÇÃO

...................................................... ........................................................

Habib’s De novo. O Habib’s de Piatã continua pisando fora da faixa. Depois de esperar mais de 20 minutos por quatro esfihas de chocolate, o cliente recebeu uma caixa com produto faltando e sabor trocado. No caixa, descobriu que o pedido, na verdade, era do deputado Eliel Santana. Na tentativa de corrigir, o Habib’s errou de novo: o cliente levou quatro esfihas, mas nenhuma era de chocolate.... Sugestões para naova@jornaldametropole.com.br

16

Texto Clarissa Pacheco

clarissa.pacheco@jornaldametropole.com.br

SE ESTIVESSE vivo, Jorge Amado completaria hoje (10) seu primeiro centenário. Em 10 de agosto de 1912, o primogênito do coronel João Amado e dona Eulália nascia na Fazenda Auricídia, em Ferradas, povoado de Itabuna. Dezenove anos depois, Jorge escrevia o romance ‘O país do carnaval’, primeiro passo para se tornar um dos escritores mais lidos e respeitados do mundo. Gabriela, Tereza Batista, Tieta, Dona Flor, os Capitães da Areia, Quincas Berro d’Água. Jorge Amado foi um grande criador de personagens. Pelas obras do autor, mais de 5 mil ganharam o mundo. “Ele inovou a literatura brasileira, incorporando temas do cotidiano na recriação de cenários e personagens que remetem à cultura popular”, lembra a diretora da Fundação

Casa de Jorge Amado (FCJA), Myriam Fraga. Para ela, Jorge também tratou de temas antes ignorados, como miscigenação, preconceito, liberdade religiosa, ecologia e até direitos humanos. Jorge, Amado e Universal - No mês em que se celebra o centenário do escritor baiano, a FCJA, em parceria com a Grapiúna, oferece ao público uma programação especial. O principal evento é

a mostra ‘Jorge, Amado e Universal’, aberta a partir de hoje à visitação do público no Museu de Arte Moderna da Bahia. “O maior desafio foi editar os conteúdos. Jorge Amado é muito plural, uma figura superlativa”, diz a organizadora da mostra, Ana Helena Curti, que a dividiu em módulos. O acervo, pertencente à FCJA, reúne mais de 250 mil documentos. Para a escolha, foram deixadas

de lado peças de teatro e novelas inspiradas na obra de Jorge. “Criamos um ambiente que propiciasse uma relação direta entre o público e a obra. As pessoas já vêm com os seus ‘Jorges Amados’ e nós vamos levar outras facetas dele”, afirma Curti. Além da mostra, em cartaz até 17/8, outros eventos integram as homenagens. Confira a programação no site: www. jorgeamado.org.br. ACERVO FUNDACAO CASA DE JORGE AMADO/DIVULGAÇÃO

“Zélia foi a grande biógrafa de Jorge Amado”, diz Myriam Fraga

Salvador, 10 de agosto de 2012


Eternamente Amado