Issuu on Google+

A8

SALVADOR

SALVADOR SÁBADO 6/8/2011

REGIÃO METROPOLITANA

INVESTIGAÇÃO Polícia Civil divulga imagens de Paulo César Perrone Jr., da banda Estakazero, baleado e roubado em julho, monitorado por homens ao sacar R$ 3 mil

Suspeitos são flagrados por câmeras seguindo baterista

SAMUEL LIMA

Depois de divulgar, ontem, imagens captadas por câmeras de vigilância – nas quais aparecem dois suspeitos de assaltar e atirar no baterista da banda Estakazero, Paulo César Perrone de Souza Júnior, 32 anos –, o delegado Marcelo Tannus, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse contar com a colaboração da população para chegar aos criminosos. “Com a divulgação dessas imagens na imprensa, esperamos que as pessoas entrem em contato conosco por meio da linha do disque-denúncia. Pessoas que moram próximo a esses suspeitos sabem dizer quem são eles”, apostou o delegado durante entrevista na tarde de ontem. O telefone para denúncia é o (71) 3235-0000, e a identidade do denunciante é mantida em sigilo pela polícia. As imagens foram gravadas por câmeras instaladas na agência do Bradesco do Centro Empresarial Iguatemi, no próprio prédio comercial e em uma casa de eventos, na Rua do Jaracatiá, Caminho das Árvores, onde o crime foi cometido, em 19 de julho.

Cicatriz

Conforme o delegado, os suspeitos são um homem negro, vestido de camisa vermelha e bermuda branca, e outro que aparece nas imagens trajando calça jeans e camisa branca. Este possui uma cicatriz no braço esquerdo, supostamen-

te proveniente de uma fratura. O vídeo revela a presença de ambos no interior da agência, no exato momento em que o músico retira R$ 3 mil no caixa 4. Em seguida, as imagens já mostram Perrone colocando o dinheiro no bolso. O homem de camisa branca, que carrega um envelope o tempo todo, levanta-se de uma cadeira, seguindo o baterista. O outro suspeito sai da agência logo à frente da vítima. “Ele usa o envelope vazio, agindo como se fosse um despachante, justamente para não levantar suspeitas. E a cicatriz dele é grande, porque foi percebida de longe pela Fotos Rep. Margarida Neide / Ag. A TARDE

Homem usou celular e seguiu vítima no banco

Denúncias pelo fone (71) 3235-0000. Identidade do denunciante é preservada

única testemunha que se prontificou a colaborar com as investigações”, observou Marcelo Tannus. Tal testemunha estava no local onde Perrone foi baleado na cabeça, supostamente por reagir à abordagem da dupla. O rapaz estava ao volante de um Fiat Uno e seguiria para realizar depósito em outro banco. Os assaltantes aproveitaram o engarrafamento e, de motocicleta, investiram contra Perrone.

Mais evidências

Outras imagens evidenciam ainda mais o envolvimento dos dois desconhecidos no delito. Câmeras do setor de

Perigo dentro do banco Baterista foi monitorado pela dupla criminosa desde que sacou dinheiro na boca do caixa, observado e depois seguido pelo assaltante de camisa branca, enquanto o comparsa saía na frente. No Caminho das Árvores, os ladrões, na moto, seguem a vítima, momentos antes de balearem Paulo César

caixas eletrônicos registraram Perrone operando um dos terminais, logo depois de efetuar o saque na boca do caixa, e o suspeito de camisa branca seguindo-o. Segundo o delegado, os bandidos deixaram a motocicleta fora do centro comercial. “Eles só pegaram a moto após identificar o carro da vítima para poder segui-la”, explicou Tannus. A câmera instalada na porta da casa de eventos pegou o momento em que uma moto passa com dois ocupantes, em direção a um veículo com as mesmas características do Fiat de Perrone. Não há imagens do momento do assalto.

Homens presos em julho não foram reconhecidos Em 21 de julho, José Hilton dos Santos, de 28 anos, e Fabrício dos Santos Lemos, de 27, foram presos por investigadores da 34ª Delegacia Territorial (Portão, Lauro de Freitas) e chegaram a figurar como suspeitos de participação no assalto ao artista. Entretanto, não foram reconhecidos pela testemunha. “O envolvimento dos dois foi descartado”, sentenciou Marcelo Tannus.

Coma induzido

O baterista Paulo César Perrone Júnior continua internado no Hospital Geral do Estado. De acordo com infor-

mações da Secretaria Estadual da Saúde, ele permanece na unidade de terapia intensiva, em coma induzido. O estado de saúde dele é considerado grave. O único disparo – de pistola calibre 380 – o atingiu na cabeça. Os bandidos deixaram para trás objetos de valor, como um notebook, mas foi encontrado no local do crime um envelope de depósito bancário violado, reforçando a suspeita de que o músico foi vítima de um roubo do tipo saidinha bancária. SAMUEL LIMA Fotos Rep. Margarida Neide / Ag. A TARDE

SÃO CAETANO

FLAGRANTE

Discussão banal resulta em morte

Operação prende três pessoas em Pernambués

Clarissa Pacheco / Ag. A TARDE

CLARISSA PACHECO

Uma discussão banal provocou a morte do cabeleireiro Romildo Ferreira de Jesus, 29 anos, na manhã de ontem, no bairro de São Caetano. De acordo com o sargento Anderson Santos, da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (9ª CIPM), a vítima seguia andando para a Barbearia do Cabeludo, de propriedade da família, quando se desentendeu com dois homens em um Fiat Palio azul. De acordo com o sargento, Romildo teria criticado o motorista, que estava buzinando por conta de um engarrafamento na via. Condutor e passageiro teriam descido do veículo e os três discutiram. Após a confusão, o cabeleireiro seguiu para o trabalho – e chegou a anotar a numeração da placa do veículo para apostar no jogo do bicho – segundo relatos de testemu-

Cabeleireiro reclamou de motorista que buzinava e foi assassinado. Delegado já identificou e procura o dono do Fiat Palio conduzido pelo criminoso nhas. Cerca de 30 minutos depois, a dupla no Palio retornou e executou o cabeleireiro a tiros. Romildo não resistiu aos ferimentos e morreu no interior da barbearia. Os criminosos fugiram no veículo em direção ao bairro de Fazenda Grande.

LEANDRO DE MORAIS COSTA MISSA DE 7º DIA Eduardo Silva Costa, Maurício de Morais Costa, Daniela dos Santos Costa, Zenilda Lago Morais e Margarida Maria Costa Batista, respectivamente, pai, irmãos e tias, e demais parentes, convidam para a Missa de 7º Dia em memória de LEANDRO DE MORAIS COSTA, a se realizar na Capela Santo Inácio (Capela Interna do COLÉGIO ANTÔNIO VIEIRA), Garcia - neste sábado, dia 06/08/2011, às 15:30h.

JOÃO EÇA

Corpo da vítima é removido de dentro da barbearia De acordo com a polícia, o cabeleireiro não tinha antecedentes criminais, era trabalhador e morava no bairro desde criança.

Pistas

Segundo o delegado Marcelo Tannus, o proprietário do Fiat

Palio já foi identificado. De acordo com Tannus, trata-se de um homem com antecedentes criminais – ele prefere ainda não divulgar o nome para preservar as investigações. A meta agora é saber se era ele próprio quem conduzia o veículo.

A polícia prendeu, na manhã de ontem, três pessoas por participação no tráfico de entorpecentes na região da Baixa do Manu, em Pernambués. Gilmar de Jesus Silva, 21 anos, o Gibão, Daiane Calmon de Barros Braga, 23, e Cláudio Nei Santos Santana, 27, o Claudinho, foram detidos após uma operação dos policiais da Delegacia de Tancredo Neves (11ª DT), em parceria com militares da 1ª CIPM e a 48ª CIPM. Segundo informações da polícia, o trio de criminosos é comandado pelo traficante Luciano Silva dos Santos, 25, conhecido na região como Babalu.

Drogas

Na operação de ontem, foram apreendidos dois quilos de maconha prensada, 41 saquinhos de cocaína e 150 pacotes

de maconha prontos para ser comercializados. Segundo o investigador José Guerreiro, a droga foi encontrada em uma casa que vinha sendo usada por Babalu para esconder o material ilegal.

Armas

Na casa de Gilmar, a polícia encontrou, ainda, três revólveres calibre 38. Segundo os investigadores, Daiane estava com uma pedra de crack e cinco pacotes de maconha escondidos na residência. Claudinho, por sua vez, já tinha um mandado de prisão contra ele expedido pela Justiça baiana. Daiane defendeu-se, alegando que a droga apreendida na operação foi escondida em casa pelo marido dela. Já Claudinho disse que não está mais “nessa vida”, não é mais comparsa de Babalu e, atualmente, trabalha na sapataria do pai.

OBITUÁRIO BOSQUE DA PAZ Maria Esmeralda dos Santos faleceu em casa, de Feira de Santana-BA

CAMPO SANTO Manoel Domingos Santos em casa, 83 anos, natural de Santo Amaro-BA Nelson dos Santos faleceu em casa, 80 anos, natural de Salvador

Maria Idália da Silva no H. Ana Nery, 75, de Cipó-BA Ana Lourdes Araújo Maurício no H. Espanhol, 90, de Casa Nova-BA Arlindo Bastos de Miranda Filho em casa, 83, de Salvador Elias Alves da Rocha faleceu em casa, 95 anos, natural de Ituaçu-BA

Hilton Nogueira de Souza no H. Santa Izabel, 74, natural de Salvador Ivonice Ribeiro Silva em casa, 58, de Salvador José Brito no H. Aristides Maltez, 76, de Salvador Maria Suely de Souza Cruz no H. São Jorge, 61, natural de Petrolina-PE Renato José de Souza no

Hospital Aliança, 74 anos, natural de Salvador Risete Ferraz de Jesus no H. Sagrada Família, 79 anos Vivaldo Bispo Barreto no H. Jaar Andrade, 68 anos Wanda Maria Veloso Nery no H. Teresa de Lisieux, 83 anos Zenaide de Souza Matos no H. Português, 68 anos


Discussão banal resulta em morte