Page 1

Edição no 5 Outubro/2015

Boletim Informativo do CENHA - Centro Social Nossa Senhora da Penha

cenha.org.br

O meu porto seguro “Sou especial, nasci a caçula de quatro irmãs, mas a Bruna faleceu nenê. Ficamos só a Jennifer, a Cristiane e eu,Thais. Eu tenho Síndrome de Down. Cheguei aqui no CENHA com seis anos e meio, não sabia falar, nem me expressar direito. Tinha amiguinhos na outra escola, mas me chamavam de doente. Quando eu ficava brava, chutava as pessoas. Era o meu jeito de dizer que não gostei. Não entendia nada. Ficava quieta no meu canto.

banda Calypso. Queria estar lá, cantando e dançando. Gosto de brincar e também de falar sério. Sou muito vaidosa, gosto de me arrumar e de passar batom, de me pintar. Coloco minhas coisas no Facebook, mas minha irmã lê para mim. Quero aprender muito ainda, para trabalhar no shopping, para servir, mas minha mãe me diz que o mundo lá fora é perigoso. Eu sei que é um pouco, mas quero me acostumar a ser independente.

Hoje eu tenho 22, ainda não Estava pensando: casar sei ler nem escrever. Juntar as não é comigo. Não vou deletrinhas é muito difícil para mim, pender de marido. Ficar sozinha é Foto: Talita Mariano mas no CENHA aprendi a falar muito bom. Ter amigos é bom! Quando eu tiver bem, a me controlar e a amar as pessoas. Sei que 30 anos vou sair do CENHA. Aqui é tudo existem pessoas especiais e as não especiais. É muito bom, adoro minha professora Neusa, mas assim que as coisas são. Aprendi que é impor- eu já sei do meu futuro: vou vender fuxico, anel, tante ter amizades, carinho, educação, respeito. cachecol, coisas que ela me ensinou a fazer. Sempre gostei de ajudar. Lembro de um dia, quando era pequena, que eu subi na pia, lavei e sequei toda louça. Minha mãe, sempre calma, perguntou: - O que você está fazendo, menina? E respondi: - Eu preciso aprender a não depender de ninguém.

Em casa, agora, tem uma nenê, minha sobrinha Luisa. Ela está com três meses. Quero ajudar a cuidar bem dela, trocar fralda, pegar no colo. Eu sempre digo à minha mãe: - Ela, a Luisa, é o meu porto seguro.”

Cresci, aprendi a varrer, passar pano, a arrumar a cama, a cozinhar, a me vestir, a fazer tudo sozinha. Assisto o jornal e adoro o Chimbinha, da

Depoimento de Thais Aparecida Bueno, portadora da Síndrome de Down, educanda do CENHA


Caro leitor,

Escola da Vida

Foto: Talita Mariano

Finalmente, com ajuda de voluntários, conseguimos reeditar nosso boletim “CENHA em pauta” que, pretendemos, chegará até você, mensalmente, com reportagens e informações importantes para quem se preocupa em oferecer um mundo melhor para crianças e adolescentes com déficit intelectual. Nesta edição, você vai conhecer o trabalho dos dedicados profissionais das áreas da saúde e da educação, entre outras, para desenvolver os dons especiais de pessoas que agora desfrutam de qualidade de vida e oportunidades na sociedade. É o caso especial que contamos em nossa capa, com a história de Thais Bueno, portadora da Síndrome de Down, que tem sonhos e anseios para o futuro. Exemplo claro dos resultados desse trabalho são as parcerias com empresas para contratação de nossos jovens. Contamos o caso do McDonald’s, que abriu suas portas para os jovens atendidos por nossa instituição. Informações sobre como matricular um aluno no CENHA e o sucesso de nossos eventos para arrecadar fundos para a manutenção da entidade completam este informativo. Precisamos do apoio de todos para continuar cumprindo nossa missão que é a de atender as pessoas com deficiências, promovendo sua independência e integração familiar e social, com auxílio de profissionais qualificados. Nosso maior desafio hoje é manter com qualidade o atendimento para 450 assistidos. Apesar de todas as dificuldades que o terceiro setor enfrenta no Brasil, não desistimos. Estamos seguindo na direção da excelência. Agradecemos aos abnegados que, como associados, voluntários, parceiros, doadores e colaboradores, nos ajudam a manter viva nossa instituição há mais de 50 anos. Você pode ser um deles. Espero vê-lo em nosso próximo Almoço de Relacionamento, no dia 19 de outubro. Abraços fraternos,

Rosario Del Manto Neto Presidente do CENHA Boletim Informativo do CENHA - Centro Social Nossa Senhora - Pág. 2

Segundo a diretora técnica do CENHA, Rosa Magdalena Rosa Martins, desenvolver dons especiais significa preparar para a vida, trabalhar a vida em sociedade e cultivar amigos. “Ensinamos nossos educandos a viver socialmente, a conviver com as diferenças. Para ingressar em qualquer uma de nossas atividades, é preciso agendamento com nosso Serviço Social”, resume. No CENHA, crianças e adolescentes de 7 a 17 anos recebem atendimentos pedagógicos de forma lúdica. Já para os adultos de 18 a 30 anos, existem as oficinas de Ateliê: Customização (artesanato, pintura, bordado e costura), Serigrafia, Matemática, Expressão Oral, Padaria, Cores e Reciclagem. Nos núcleos de Inclusão para Pessoas com Deficiência, os atendidos se beneficiam das atividades de Musicoterapia, Educação Física, Karatê, Informática e passeios diversos. Na área Clínica há fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, terapia ocupacional, serviço social e psicopedagogia. Completam o atendimento terapêutico, as atividades de hidroterapia e equoterapia.

Oportunidade é no McDonald´s Todos os anos, o McDonald’s realiza o sonho do primeiro emprego de milhares de jovens. Em 2014, sete alunos do CENHA foram contratados pela rede. Entre os benefícios oferecidos pela empresa estão: alimentação no local, seguro de vida, assistência médica e odontológica, vale-transporte, treinamento contínuo e plano de carreira. “Sempre que existem vagas para Pessoas com Deficiência (PCD), eles nos procuram oferecendo oportunidades para os nossos educandos”, revela Maria Inês Amorim Guerra, coordenadora pedagógica do CENHA. Todas as atividades, realizadas pela instituição, são voltadas para o mundo do trabalho. “Trabalhamos para que nossos assistidos possam crescer e se tornar independentes para a vida”, conclui.


36ª Festa do Pão, Queijo e Vinho

Foto: Reinaldo Oliveira

A realização da Festa do Pão, Queijo e Vinho é uma das formas encontradas pelo CENHA para arrecadar recursos e mobilizar parceiros no desenvolvimento dos programas em prol dos portadores de deficiência intelectual. Neste ano, no dia 28 de agosto, com a animação da banda Sant’Anna e em parceria com o Corinthians e outros, como a Universidade Cruzeiro do Sul e a gráfica Agns, o CENHA reuniu amigos, voluntários e apoiadores, em torno de um buffet completo de frios, pães, antepastos e sopas, preparado por Sonia Catandi e equipe de voluntárias. Também foram servidos vinhos, cervejas, refrigerantes e água. A renda arrecadada foi totalmente revertida para manutenção e melhorias da instituição, que comemora seu cinquentenário em outubro deste ano. “Com esses valores pudemos cobrir uma parte do déficit acumulado”, revelou Rosário Del Manto Neto, presidente do CENHA.

• Jantares oferecidos, em agosto, pelos Rotary de Vila Antonieta e Vila Carrão colaboraram com o CENHA para divulgar sua missão, objetivos e serviços oferecidos a pessoas com deficiência intelectual. A oportunidade surgiu da parceria com a ONG Cidade sem Fome, que plantará uma horta comunitária na sede do CENHA. • O CENHA agradece as doações recebidas em setembro, entre elas: uma cadeira de rodas, da Unimed; 36 latas de tinta, da Tinta Futura, usadas na reforma da instituição; e 25 kg de doces caseiros, da Cebradi, para a sobremesa dos atendidos pela entidade. • Em fase de conclusão as obras de reforma da recepção, sala de mães, bazar, ambulatório e sanitários adaptados. Essa benfeitoria foi possível com o apoio do Instituto Credit Suisse Hedging Griffo e demais parceiros, como a Porte Construtora, no financiamento da mão de obra ou na doação de insumos, sem custo para o CENHA.

Foto: Ricardo Chialastri Jr.

Matrículas abertas para crianças carentes com deficiência mental Para fazer parte do Núcleo de Apoio Socioeducativo do CENHA, antes de tudo, é preciso agendar uma consulta no Serviço Social da entidade. Atualmente, o CENHA atende 450 crianças, com déficit intelectual e motor nas áreas educacional e terapêutica (psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia, terapia ocupacional, psicopedagogia), sem limite de idade. São 16 salas de aula e tratamento, além de equoterapia com quatro cavalos e hidroterapia em piscina aquecida, para promover o desenvolvimento das habilidades de portadores de Síndrome de Down, paralisias e deficiências mentais, dificuldades educacionais, emocionais, motoras, físicas e sensoriais. Segundo a assistente social Idalina de Freitas, “só não é possível atender quadros psiquiátricos graves e com histórico de agressividade”. Serviço: Agendamento de consultas ao Serviço Social F.: (11) 2942-0900.

• Realizada no dia 16 de setembro, no Espaço Porte, no Tatuapé, uma tarde beneficente com coquetel do Outback Steakhouse Mooca para arrecadar fundos e favorecer cerca de 450 crianças de baixa renda, portadoras de deficiência intelectual, atendidas pelo CENHA. • A convite do subprefeito Evando Reis, o CENHA participou da 36ª Mega Feira Social da Mooca. Nos dois estandes, montados no evento, a entidade angariou R$ 2 mil com a venda de produtos. O montante contribuirá para a alimentação dos assistidos. • O deputado federal Ricardo Izar esteve presente, no dia 14 de setembro, no Almoço de Relacionamento do CENHA e fará uma doação à entidade. O evento, realizado mensalmente na instituição, também contou com 50 apoiadores de nosso projeto social. • Começa a ser aplicado, na área de educação do CENHA, o software interativo, cedido pela empresa Mentes Notáveis, para tornar o aprendizado em sala e aula mais dinâmico e lúdico. • O CENHA participa do grupo, formado por 15 instituições, que discute o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (Mrosc). A lei nº 13019/2014 visa aperfeiçoar as parcerias realizadas entre as organizações da sociedade civil e o Estado.

Boletim Informativo do CENHA - Centro Social Nossa Senhora - Pág. 3


Chá beneficente no Terraço Itália Chá com palestra “Espiritualização nas Organizações e Networking”, ministrada por Alexandre Caldini, presidente da Editora Abril. Toda renda será revertida ao CENHA. Reserve seu convite: R$ 100,00 Data: Quarta, 7 de outubro de 2015. Horário: 14h30 Local: Terraço Itália (av. Ipiranga, 344 - República, São Paulo – SP) Informações: (11) 2942-0900 Traje: Esporte fino

Bazar de Natal 2015 Antecipe suas compras de Natal! As voluntárias do CENHA aguardam por você no tradicional Bazar de Natal, com peças elaboradas, durante o ano todo, pela equipe do artesanato. Haverá sorteio de brindes. A renda é toda revertida para manutenção e melhorias da instituição. Datas: 03 e 04 de dezembro de 2015. Horário: Quinta, das 14 às 18 horas; sexta, das 10 às 18 horas. Local: CENHA (rua Francisco Bueno, 284 – Tatuapé) Informações: (11) 2942-0900

Almoço de Relacionamento Nesse almoço, o CENHA reúne amigos, profissionais, apoiadores e voluntários, para apresentar as novidades da entidade e interagir com os convidados interessados em apoiar o projeto social. Data: Segunda, 19 de outubro de 2015. Horário: 12h30 Local: CENHA Rua Francisco Bueno, 384 - Tatuapé Informações: (11) 2942-0900 Traje: Esporte

Contribua com a festa do Dia das Crianças! Você pode doar brinquedos, valores, brindes, guloseimas, alimentos, transporte e espaço e colaborar para o churrasco em come-moração ao Dia das Crianças. Informe-se na Secretaria do CENHA: (11)2942-0900.

O Boletim Informativo CENHA em pauta é uma publicação dirigida aos associados, voluntários e colaboradores do CENHA - Centro Social Nossa Senhora da Penha. Endereço: Rua Francisco Bueno, 384 – São Paulo – SP CEP 03077-020 – Fone : (11) 2942-0900 – Site: www.cenha.org.br – e-mail: cenha@cenha. org.br – Presidente: Rosário Del Manto Neto. Diretoria de Comunicação: Carla Cilento e Roberto Souza. Jornalista responsável: Clarice Pereira (MTb: 15.778) LINK Portal da Comunicação F. (11) 3034-1155. Arte e diagramação: Reinaldo Oliveira. Colaboração: Michele Gonçalves, Rosa M. R. Martins. Assessoria de Imprensa: RS Press F. (11) 3875-6296. Impressão: Gráfica Agns F. (11) 2966-0322.Tiragem: 1.000 exemplares. Boletim Informativo do CENHA - Centro Social Nossa Senhora - Pág. 4

Boletim cenha em pauta n5  

Boletim informativo do CENHA - uma entidade voltada para crianças com deficiência intelectual Edição outubro/2015