Issuu on Google+

π M A G A Z I N E

produção gráfica DESCUBRA POR QUE PRODUÇÃO GRÁFICA TEM TUDO A VER COM MODA

ensaio hair UMA VIAGEM AOS 60´S

1


2


3


π M A G A Z I N E

CAPA: FLÁVIA SHIGEOKA

EXPEDIENTE DIREÇÃO

CLARA FERNANDES EDITORA CLARA FERNANDES

FOTOGRAFIA CLARIFY PHOTO DESIGN

MAMÃE QUEIME SEU SOUTIEN PÁGs 6-12

ESTRUTURA GRÁFICA CLARIFY PHOTO DESIGN COMERCIAL CLARA FERNANDES clarifyphoto@ymail.com +55 (48) 9929.1281 MAS QUE DIABOS É A PRODUÇÃO GRÁFICA? PÁG 13

4


5


6


mamãe, queime o seu soutien.

Guerra – paz, rebeldia – conservadorismo, sensualidade – puritanismo. Características conflitantes no início da revolução sexual dos anos 60. Produto da contracultura hippie, a nudez retratada, com o objetivo de provocar a polícia, durante manifestações anti-guerra.

7


Liberdade, leveza, naturalidade, é o que revela o ensaio clicado pela fotógrafa Clara Fernandes. Inserindo a modelo Flávia Shigeoka nos cenários dos anos 60, inspirado no filme e rock-musical Hair, escrito por James Rado e Gerome Ragni.

8


9


10


Muitas das canções de Rado e Ragni, tornaram-se hinos dos movimentos populares anti-guerra da época. Como o muldialmente conhecido Aquarius:

”Harmonia e compreensão Simpatia e confiança existirá Sem mais falsidades ou escárnios Sonhos dourados vivos de visões Revelação mística de cristal E a verdadeira libertação da mente Aquário! Este é começo da era de aquário Tempo de aquário! Aquário! Aquário!”

Traduzida em vários idiomas e apresentada em diversos países como Estados Unidos, Inglaterra, México, França, Alemanha, Iugoslávia, Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Dinamarca, Finlândia, Itália, Japão, Noruega e Suécia. Totalizando 300 gravações diferentes das músicas, fazendo de Hair a “mais bem sucedida trilha sonora escrita especialmente para um musical da Broadway em todos os tempos”.

11


...mas que diabos é a

Produção Gráfica?

Entenda por que produção gráfica está na “Moda” Produção Gráfica é conceituado como a junção das operações necessárias no processo de criação, com a impressão de um projeto idealizado pelo designer gráfico. Podendo ser o projeto gráfico desde um simples cartão de visita, até livros, brochuras, folhetos, embalagens, rótulos, cartazes, ou outros mais complicados que combinam vários tipos de materiais e de técnicas. O designer gráfico deve ter conhecimento em produção gráfica para que suas idéias sejam possíveis de ser executadas. O produtor gráfico é o profissional responsável de orientar o designer dentro das possibilidades. O designer só obterá sucesso nas suas produções quando conseguir conciliar as habilidades técnicas com as criativas, como unir arquitetura com engenharia. Qual o material que se enquadra, qual melhor gráfica, que processos de impressão devem ser implementados, quanto tempo será investido na produção de tal projeto, quais valores financeiros serão agregados para facilitar uma boa relação custo-benefício, são condições a serem levadas em conta. De nada serve ao designer ser criativo se não consegue executar sua criação através do domínio da técnica. O que Moda e Produção Gráfica têm em comum: O designer – tanto de Moda, quanto o Gráfico devem estar antenados as tendências do mercado, as influências culturais do projeto a ser realizado, atualizações técnicas. E quanto a sua parte criativa e/ou técnica estãocorrelacionados, unindo referenciais, estilos, tendências, mercado e cores. Ambos têm a chance de transformar e analisar as necessidades humanas e os sistemas produtivos através de sua visão. .

12


13


14


15


VICTORIA´S SECRET What is sexy?

16


revista PI