Page 1

festejos em honra de nossa senhora da salvação - 2011

Setembro Outubro 2011 revista do MunicĂ­pio | Arruda dos Vinhos

Arrudarevista

45


Indice Editorial

|

1

“Oeste + Igualdade”

|

2

Rede oeste Empreendedor

|

2

XIX Congresso na ANMP

|

3

Incêndios florestais - Ponto de situação

|

3

Reunião do Conselho Municipal de Segurança

|

3

Festejos em Honra de Nossa Senhora da Salvação

|

4

Prémios do Concurso de Gastronomia

|

6

Centros de Convívio levam séniores ao teatro

|

7

Colónia de Férias

|

7

Biblioteca em Movimento

|

7

Galeria Municipal

|

8

Concurso da rainha das Vindimas

|

8

Festival do Caracol

|

8

Agora já pode receber a fatura de água em formato digital

|

9

Apontamentos Culturais

|

10

Obras

|

12

FICHA TÉCNICA Edição e Propriedade: Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos Director: Carlos M. C. Lourenço - Presidente da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos Coordenação: Gabinete de Apoio à Presidência Fotografia: Gabinete de Comunicação e Imagem Composição: Gabinete de Comunicação e Imagem Distribuição digital em www.cm-arruda.pt

revista do Município | Arruda dos Vinhos

Arrudarevista


ArrudaRevista // setembro2011

EDITORIAL Cara(o)s Arrudenses, Mais um agosto passado, mais uma tradição cumprida! Decorreram no mês de agosto os Festejos em Honra de Nossa Senhora da Salvação, que se tornaram num ex-líbris no nosso concelho. Aliando a tradição religiosa à profana, estas Festas trazem anualmente muitos visitantes à nossa Vila de Arruda dos Vinhos e, este ano, não foi exceção. Em 2011, e mais uma vez, as Festas decorreram de forma exemplar e sem percalços. Por tal facto, quero aqui deixar uma palavra de apreço a todas as entidades envolvidas. Nesta edição, gostaria também de mencionar a elevadíssima qualidade dos pratos confecionados pelos nossos restaurantes e que tornaram a edição do Maio-Mês da Gastronomia num concurso de padrões superiores. Aliás, a qualidade dos pratos só reflete a qualidade dos restaurantes que cada vez mais vão conseguido afirmar-se não só no contexto local, como regional e, até mesmo, nacional e internacional. Ao nível social, relevo as atividades desenvolvidas com os mais novos e com os mais idosos. À semelhança de outras épocas continuamos a apostar nas iniciativas com estas duas faixas etárias. A colónia de férias e as atividades dos Centros de Convívio Sénior tornaram-se projetos de sucesso ao longo dos tempos e que a Câmara Municipal pretende continuar a desenvolver uma vez que projetos desta natureza constituem uma das grandes prioridades deste executivo. Cara(o)s Arrudenses, Avizinha-se setembro e mais um início de ano letivo. Para cerca de 196 crianças esta será a primeira vez que ingressam no Ensino Básico. No total contamos com 723 crianças nas nossas Escolas, o que perfaz um aumento de 10% comparativamente ao ano letivo anterior. Conscientes da importância que um planeamento atempado tem na educação das crianças, os serviços da Câmara Municipal trataram de toda a logística inerente, como são o caso do serviço de refeições, transportes e Atividades Extracurriculares de forma atempada por forma a corresponder às expectativas das nossas crianças e respetivos pais. Por último, uma chamada de atenção para a nossa Agenda Cultural. À semelhança do que vem acontecendo espero que desfrute das diversas atividades que o Município e as outras entidades proporcionarão nos próximos dois meses. Apresento a si e à sua família os meus melhores cumprimentos, Carlos Manuel da Cruz Lourenço Presidente da Câmara

1


2

ArrudaRevista // setembro2011

“Oeste + Igualdade” Com o objetivo de promover a efetiva igualdade de género no Oeste, através do desenvolvimento de um conjunto de atividades com os diversos municípios, a OesteCIM apresentou uma candidatura à Tipologia 7.2 – Planos para a Igualdade, do POPH- QREN, tendo a mesma sido deferida. Assim, ao longo de vários meses, o Município de Arruda dos Vinhos, em conjunto com os restantes muinicípios associados da Comunidade Intermunicipal do Oeste, desenvolverá um conjunto de iniciativas tentando cumprir os sete objetivos da candidatura: • Objetivo 1: Conhecer o “estado da arte” da Igualdade de Género na região Oeste: Municípios e Concelhos da OesteCIM através da concretização dos Diagnósticos • Objetivo 2: Definir e Implementar estratégias de ação na área da Igualdade de Género através dos Planos para a Igualdade • Objetivo 3: Informar, sensibilizar e formar para a Igualdade de Género os/ as trabalhadores/as dos Municípios, das entidades das Redes Locais e da OesteCIM • Objetivo 4: Efetivar práticas e discursos de Igualdade de Género nos Municípios e nas suas comunidades • Objetivo 5: Divulgar a temática da Igualdade de Género e o projeto através de website • Objetivo 6: Criar culturas organizacionais promotoras da Igualdade de Género • Objetivo 7: Criar estruturas de apoio à Igualdade nos Municípios e na OesteCIM – definição e implementação de Gabinetes para a Igualdade.

Rede Oeste Empreendedor A OesteCIM apresentou uma candidatura integrada no Eixo Prioritário I - Competitividade, Inovação e Conhecimento, do Programa Operacional Regional do Centro visando a implementação de ações de parceria na Região Oeste tendo em vista a promoção e implementação do Empreendedorismo. Com esta candidatura pretende-se promover a criação de um ecossistema empreendedor, apoiado na estruturação e coordenação de uma rede regional que contribua para favorecer a criação de sinergias e de condições de eficácia e eficiência no domínio do apoio ao empreendedorismo de base local. Esta candidatura assenta no desenvolvimento de um conjunto de ações imateriais de promoção do empreendedorismo, com vista à integração e disponibilização de serviços de apoio à criação e desenvolvimento de PME através de uma metodologia de intervenção em REDE, com forte liderança para a prossecução de metas económicas e sociais tendentes à promoção do emprego sustentável. Pretende-se assim, facilitar o acesso a instrumentos de apoio à

criação de empresas de forma a estimular os empreendedores a criar empresas na Região e ainda identificar e explorar novas oportunidades de emprego. Com esta iniciativa pretende-se igualmente fortalecer os atributos do território com o desenvolvimento das suas potencialidades endógenas, mobilizando igualmente um conjunto diversificado de atores locais que, trabalhando em rede, promovam e sensibilizem a população para o empreendedorismo, criem serviços partilhados de apoio, capacitem os seus agentes, potenciem formas de financiamento alternativas e adequadas, com vista à identificação de oportunidades de investimento que se consubstanciem na criação de empresas e de emprego. Nestes moldes, pretende-se que a “ROE” - Rede Regional de Promoção do Empreendedorismo do Oeste, enquanto parceria estratégica, se constitua num poderoso instrumento de apoio aos públicos empreendedores. A candidatura prevê um investimento total de 350.022,68 €, dos quais 280.018,14 € serão financiados pelo FEDER, no âmbito do Programa Operacional do Centro, sendo a contrapartida nacional, no valor de 70.004,54 €, financiada pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, através dos seus municípios. O período previsto para a execução do projeto abrange os anos de 2011 e 2012, englobando todos os municípios do Oeste onde se insere o Município de Arruda dos Vinhos.


ArrudaRevista // setembro2011

XIX Congresso da ANMP Decorreu no passado dia 10 de julho, em Coimbra, o XIX Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

financeira dos próprios. Neste congresso participaram aproximadamente 600 autarcas. Arruda dos Vinhos esteve presente no Congresso e integraram a sua delegação 4 elementos: Carlos Lourenço (Membro do Conselho Fiscal da ANMP), Lélio Raimundo Lourenço (Vice-Presidente da Câmara Municipal), Luís Manuel Rodrigues (Presidente da Assembleia Municipal) e Joaquim Manuel Luís (Presidente de Junta de Freguesia de Arranhó).

Subordinado ao tema “Ao serviço de Portugal e dos portugueses”, a ordem de trabalhos do congresso destacou-se pelo debate de vários temas que, hoje em dia, constituem uma preocupação constante dos Municípios, como por exemplo o exercício de competências sem os correspondentes meios e a situação

Incêndios Florestais - Ponto de Situação Apesar de ainda estarmos a meio do período crítico, e sendo prematuro efetuar qualquer balanço definitivo sobre a forma como decorreu o ano de 2011 relativamente aos incêndios florestais, os dados da Autoridade Florestal Nacional permitem desde já fazer uma análise do período decorrido. Assim, verifica-se que o número de ocorrências registadas até 18 de agosto se encontra abaixo da média do último quinquénio, sendo que o número de fogachos (ocorrências cuja área ardida é inferior a 1 ha) segue a mesma tendência dos outros anos e continua a ser superior ao número de incêndios (ocorrências de área superior a 1 ha). Pelos dados observados constata-se ainda que houve, em 2011, um aumento, quase para o dobro, da área ardida face ao mesmo período em 2010, sendo este valor também superior à média registada no último quinquénio. Não existem ainda elementos que permitam fazer uma análise crítica destes dados por forma a encontrarem-se as razões que conduzem a estes resultados. Ocorrências Incêndios

(Área <1ha)

Florestais

2006

28

8

36

2007

9

0

9

2008

11

1

12

2009

18

3

21

2010

11

2

13

2011

7

3

Média 2006-2010

15

3

No passado dia 14 de julho, o Conselho Municipal de Segurança de Arruda dos Vinhos, reuniu no edifício dos Paços do Concelho. O representante da Guarda Nacional Republicana, Capitão Bessa, deu a conhecer aos restantes membros do Conselho o balanço da atividade daquela força policial no ano de 2011, comparando-os com os dados referentes aos anos anteriores, no Concelho de Arruda dos Vinhos. No espaço aberto ao debate foram tratadas algumas questões relativas à segurança no Concelho, designadamente sobre a sensação de aumento de criminalidade nas suas diversas vertentes, patrulhamento e tempos de resposta das forças policiais. Área ardida (ha)

Fogachos

Ano

reunião do Conselho Municipal de Segurança

Total

1 Jan - 31 Dez

Povoamento

Mato

Total

1 Jan - 31 Dez

92

1,50

16,46

17,96

73,95

163

0,00

0,67

0,67

84,24

117

0,00

1,89

1,89

78,07

124

0,11

4,75

4,85

83,96

60

0,00

6,54

6,54

25,61

10

-

0,00

12,43

12,43

-

18

111

0,32

6,06

6,38

69,16

3


4

ArrudaRevista // setembro2011

Festejos em Honra de Nossa Senhora da Salvação De 6 a 18 de Agosto Arruda dos Vinhos viveu mais uma edição dos Seculares Festejos em Honra de Nossa Senhora da Salvação. As origens daquele que é hoje em dia o maior acontecimento do Concelho de Arruda dos Vinhos remontam a 1531, quando D. Manuel I, em Ação de Graças por se ter salvo da peste, passou a invocação de Santa Maria de Arruda para Nossa Senhora da Salvação e mandou que todos os anos se celebrasse, a 15 de Agosto, festejos em sua honra.


ArrudaRevista // setembro2011

Arruda, da Pré-História à História No âmbito das atividades do setor Cultural por ocasião das festas anuais do Concelho, é realizada uma exposição que retrata a História do Concelho. Muitos têm sido os temas abordados e que têm “contado”, recordado e mostrado o que foi e o que é Arruda ao longo dos tempos nas suas vertentes sociais, etnográficas e culturais. Este ano a abordagem reportou-se ao que se julga ter sido a primeira ocupação do território que corresponde atualmente ao Concelho de Arruda dos Vinhos. A exposição pretende dar a conhecer as primeiras marcas dessa ocupação e as caracteristicas deste território que permitiram a fixação de povos e o desenvolvimento de comunidades. A exposição encontra-se patente no edifício do GAE (antigo Posto de Turismo junto ao Chafariz) de terça a sexta no horário normal de expediente até meados de outubro .

O Crda Ontem... Hoje e Amanhã

Oração Se as minhas mãos unidas Soubessem da urgência desse olhar piedoso… Conta-me Senhora: Das lamúrias do vento no teu véu de seda Antes que o tempo entardeça. Perdido de vez Nas contas do nosso rosário. Paulo Pimentel

Enlaço-me na Incerteza das Cores Caem-me palavras Do único pedaço de mim Que continua a dar-lhes importância. Se alguém as encontrasse E as trouxesse para aqui, Para junto deste pórtico Que separa o céu do quotidiano, Talvez o sol cumprimentasse a lua E voltasse a brilhar. De outro modo, interiorizo O suspiro da alma, O seu som aberto, E enlaço-me noutro quase-ser, Esperando que a ponte Se eleve o suficiente, Deixando-me alcançar, pelo menos, A incerteza das cores. Jorge da Cunha

Destacamos a exposição que pretende retratar o CRDA, desde a sua fundação até ao momento presente.

Transbordo-me É tal o desassossego Da ausência Que me transbordo Chego a acordar-me Para te pensar… Anabela Val-Flores

Também o CRDA (Clube Recreativo e Desportivo Arrudense) se associou aos Festejos em Honra de Nossa Senhora da Salvação, com a organização de algumas atividades.

Arruda

esta terra personagem

Arruda... esta Terra Personagem Esta exposição, patente no edifício dos Paços do Concelho, é da autoria dos Trovadores do Vento. Quatro Arrudenses decidiram, há algum tempo, usar das suas capacidades de escrita e outras para “presentear” os outros Arrudenses (e não só) com sessões de Poesia da sua autoria e de autores conhecidos. Desta feita, decidiram “ilustrar” as suas poesias, reflexões e inflexões com fotografias de Arruda. Esta exposição, resulta do conjunto desses trabalhos de grafia e de iconografia, constituindo uma viagem pelas memórias e pela história de Arruda! A exposição, inaugurada a 12 de agosto, encontrar-se-á patente até meados de outubro e pode ser visitada de segunda a sexta no horário normal de expediente.

Foi com algum sentimento de nostalgia que percorremos o nosso olhar por aquelas imagens “repescadas ” do fundo de alguns baús de memória.

5


6

ArrudaRevista // setembro2011

Prémios do Concurso de Gastronomia No passado dia 18 de agosto teve lugar a cerimónia de entrega dos prémios do IX concurso de Gastronomia do Concelho de Arruda dos Vinhos, que decorreu durante o mês de maio.

Melhor prato de bacalhau - Valverde

Este ano o júri constituído por um elemento do Município, um elemento do Pólo de Desenvolvimento de Turismo do Oeste, um representante da Adega Cooperativa de Arruda dos Vinhos, um representante da Casa Agrícola Ribeiro Correa e um representante da Quinta de São Sebastião, decidiu atribuir os prémios aos seguintes restaurantes participantes:

Melhor prato de carne - Tasca do Beco Torto

Prémio melhor prato de bacalhau Valverde Kottada de Galopin Prémio melhor prato de carne Ao Forno Tasca do Beco Torto Prémio a melhor sobremesa Sabores da Quinta Melhor sobremesa - Sabores da Quinta

Melhor prato de bacalhau - Kottada de Galopin

Prémio Turismo do Oeste Sabores da Quinta Prémio Tradição O Fuso Esta iniciativa reveste-se de todo o interesse para a promoção da gastronomia do Concelho e para a dinamização das economias locais cuja participação e colaboração dos restaurantes, produtores de vinho e demais entidades é de extrema importância para que seja possível atingir os resultados pretendidos. Melhor prato de carne - Ao Forno

Prémio tradição - O Fuso


ArrudaRevista // setembro2011

Centros de Convívio levam séniores ao teatro No passado dia 16 de julho a noite foi de Teatro para 37 utentes dos Centros de Convívio de Arruda dos Vinhos e Cardosas que tiveram a oportunidade de ver a mais recente adaptação feita por La Féria - “A Flor do Cacto”.

Biblioteca em Movimento Com a chegada do verão e das férias escolares, a Biblioteca Municipal realizou, mais uma vez, os Ateliers de Verão, atividade ligada à promoção do livro e da leitura. Este ano com obras escolhidas da autora Luísa Ducla Soares: “O canto dos Bichos” e “A arca de Noé” desenvolveram-se seis ateliers para um conjunto de aproximadamente sessenta crianças dos seis aos dez anos de idade. Das diversas atividades realizadas destacam-se: construção de dois fantoches por criança, marcadores de livro, leitura de vários textos, jogos diversos, escrita criativa e terminaram com a apresentação em teatro de fantoches, do texto escolhido por cada criança, aos familiares convidados.

Colónia de Férias 2011 A Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos iniciou a Colónia de Férias 2011 a 27 de junho. O objetivo principal foi abranger um maior número de crianças e jovens do concelho, visando assim, dar uma resposta essencial às muitas famílias que não teriam onde colocar os seus filhos em segurança durante as férias de verão.

No período de 27 de junho a 29 de julho, proporcionamos a mais de 300 participantes atividades de interesse cultural, desportivo e lúdico, tornando-se no maior programa de ocupação de tempo livres. A diversão em momentos únicos de convívio e partilha passaram pela praia,

piscina, centro equestre, Escola Fixa de Trânsito, Fábrica do Gelo entre outros. A concretização deste projeto só foi possível com o esforço financeiro, logístico e humano que a Autarquia de Arruda dos Vinhos disponibilizou para oferecer um serviço de qualidade no período de férias.

7


8

ArrudaRevista // setembro2011

Galeria Municipal Desde o dia 19 de julho estão patentes ao público, no Centro Cultural do Morgado, os trabalhos de Pintura, Escultura e Fotografia que concorreram ao I Prémio de Artes do Concelho de Arruda dos Vinhos. No dia 16 de setembro será divulgada a decisão do júri e, caso haja Prémio ou menções honrosas, serão atribuídas no Auditório Municipal no dia 23 de setembro, numa cerimónia comemorativa do aniversário da Biblioteca Municipal Irene Lisboa.

Festival do Caracol Nos passados dias 2 e 3 de julho realizou-se, no Pavilhão Multiusos, a 8.ª edição do Festival do Caracol. Este certame, enriquecido por um vasto programa de animação e exposições, convidou à imaginação das Associações participantes para apresentaram os mais variados pratos tendo sempre como base o caracol.

Concurso da Rainha das Vindimas 2011 No passado no dia 9 de julho , em Viana do Castelo, realizou-se a IV edição do concurso nacional da Rainha das Vindimas. Este certame conta com a participação das concorrentes dos vários Municípios nacionais que fazem parte da Associação Nacional dos Municípios Produtores de Vinhos (ANMPV) que, para além de muitas outras iniciativas anuais, promovem este concurso como forma de promover a cultura e as tradições locais associadas à cultura vitivinícola. A concorrente representante do Município de Arruda foi a Miss Festa da Vinha e do Vinho 2010, Catarina Mendes, aluna finalista do Externato João Alberto Faria.

Participaram neste evento a Sociedade Recreativa e Cultural de Camondes, Sociedade Recreativa de A-oM-ourão , Sociedade Recreativa e Cultural de Alcobela de Cima, União Columbófila Arrudense, Associação dos Bombeiros Voluntários de Arruda dos Vinhos e Sociedade Recreativa, Cultural e Desporto da Tesoureira.


ArrudaRevista // setembro2011

agora já pode receber a fatura de água em formato digital O Município de Arruda dos Vinhos aderiu à ViaCTT e passará a enviar a sua fatura de água através deste serviço.

Como activar a ViaCTT? Para ativar a sua Caixa Postal Eletrónica pode escolher o meio que achar mais conveniente:

Através da ViaCTT, uma caixa postal eletrónica gratuita que permite receber, organizar, partilhar e arquivar toda a correspondência em formato digital, os cidadãos podem agora receber os documentos relativos aos serviços municipais de Arruda dos Vinhos.

• www.viactt.pt Registe-se no site ViaCTT e depois envie os documentos de identificação pessoal indicados para o serviço ViaCTT.

O que pode fazer com a ViaCTT? • ATIVAR ENTIDADES e RECEBER correio em formato digital; • PAGAR faturas ou outros documentos; • Receber ALERTAS de aviso por e-mail ou SMS; • PARTILHAR documentos com outros utilizadores; • GRAVAR ou imprimir os documentos recebidos.

• Portal das Finanças Adira às Notificações Eletrónicas no Portal das Finanças (www.portaldasfinanças.gov.pt). Depois, para receber o correio em formato digital do Município de Arruda dos Vinhos (e das demais entidades emissoras presentes) basta ativar a respectiva entidade na sua caixa de correio ViaCTT.

• Estação de Correio Receba um Código Temporário de Utilizador e complete a ativação da sua caixa em www.viactt.pt.

9


10

ArrudaRevista // setembro2011

Apontamentos Culturais Praça de Touros José Marques Simões Situada ao cimo do Jardim Municipal, no antigo campo da feira, a Praça de Touros José Marques Simões, tomou o lugar a uma antiga praça em madeira existente na vila. Inaugurada no ano de 1925 graças ao apoio da Câmara Municpal, com a cedência do terreno, e da União Tauromáquica Arrudense, constituída a 10 de outubro de 1922, por um grupo de aficionados pela arte tauromáquica. A União Tauromáquica Arrudense, composta por um grupo de cidadãos arrudenses e por um representante do município, tinha como missão, segundo os seus estatutos, “(…) manter uma praça de toiros em terreno para esse fim,(...) prover o seu acabamento e a sua conservação e explorando-a quer diretamente, quer por cedência a outra entidade, constando que se salvaguarde a realização anual de duas corridas tauromáquicas por ocasião da feira anual de junho e uma por ocasião da festa de agosto , nesta vila quando se realizarem.”

Trinta e seis anos após a sua inauguração, no ano de 1961 a praça foi alvo de uma reconstrução e ampliação, aumentando a sua lotação para 2790 lugares, e melhorando as condições de segurança e as condições para acolher os grandiosos espetáculos tauromáquicos que se foram sucedendo ao longo dos anos até aos dias de hoje. Da pequena praça de madeira pouco se conhece, e os registos da ampliação realizada entre finais dos anos cinquenta e inícios dos anos sessenta ilustram a grande transformação desta arena, embora tenha vindo a sofrer diversas obras de conservação e de melhoramento até à data da sua grande transformação. José Marques Simões, Presidente da Câmara na época deu o nome a esta praça, marcando assim uma homenagem a um dos grandes inpulsionadores desta magnifica obra e que teve carreira curta à frente dos destinos do concelho por ter de abandonar o cargo permaturamente devido a doença.

Praça antes da remodelação

O entusiasmo pela festa brava levou a grandes cartazes e a grandes enchentes nos espetáculos com carteis que nada ficavam atrás das grandes praças nacionais. A corrida de inauguração da nova praça teve lugar no dia 24 de setembro de 1961, presidida pelo Dr. Osório Vaz, o então Governador Civil de


ArrudaRevista // setembro2011

Lisboa, e a sua receita reverteu para “as vítimas de angola”, tal como noticia o Jornal Vida Ribatejana. Foram lidados 8 toiros de Júlio Borba, pelos cavaleiros João Núncio, D. Francisco de Mascarenhas e David Ribeiro Teles e os cavaleiros amadores José Samuel Lupi, José Barahona Núncio e José Maria da Cunha e Carmo, os espadas Marcelo Acosta, do México, Eduardo Abularach, da Guatemala e o português Joaquim Barroca, de Vila Franca de Xira. A pega dos toiros destinados à lide a cavalo esteve a cargo do Gupo de Forcados Amadores de Santarém, capitaneado por Rhodes Sérgio. Mas nem só de boas recordações é feita esta praça. Durante um espetáculo no dia 16 de agosto de 1913 ou 1914, não sendo confirmado o ano, Laurentino Pereira, jovem forcado do Grupo de Forcados Amadores de Arruda dos Vinhos, socumbiu aos ferimentos causados durante uma pega, quando ”ao abraçar o pescôço do toiro, apanhou um ferro, que se despegou e se lhe cravou na garganta”, como refere nas suas crónicas o então médico municipal, Tito de Bourbon e Noronha que acudiu o ferido. A Tourada foi interrompida e cancelada, deixando uma grande tristeza entre seus companheiros e público, sendo até motivo para não continuar com os festejos e arraiais

Funeral de Laurentino Pereira - 1913 ou 1914 - Saída da Capela da Misericórdia

realizados em Honra de Nossa Senhora da Salvação. Tal acontecimento precipitou o fim deste grupo de amadores, que teve o seu regresso já nesta década. Ao longo dos anos a praça tem tido vários contratos de concessão, tendo como principal condição dar continuidade às tradições taurinas, tendo anualmente lugar a obrigatoriedade de espetáculos nos dias 16 e 17 de agosto , datas dos seculares festejos em honra de Nossa Senhora da Salvação e reflete as já ancestrais tradições tauromáquicas da vila e do concelho.

União Tauromáquica Arrudense Registada a 10 de outubro de 1922, no Cartório Notarial de Arruda dos Vinhos, teve como fundadores Jose Vaz Monteiro. Armando Munhoz Bastos da Fonseca, Joaquim Jose de Azevedo e Silva, Armando Augusto de Azevedo e Silva, Antonio Alexandre Luiz Louro, Augusto da Silva Nunes Guedes, Salvador Alexandre Leal, Feliciano Augusto de Mendonça, Augusto Vaz Monteiro, Tito de Bourbon e Noronha, Antonio Bernardo de Miranda, Diniz Martins Coelho Lobo, Joaquim Soares e Inácio do Nascimento, representante da Câmara Municipal. Os estatutos declaram que, “os fins são manter uma praça de toiros em terreno para esse fim, cedido pela Camara Municipal, no campo da feira. Prover o seu acabamento e a sua conservação e explorando-a quer diretamente , quer por cedência a outra entidade, constando que se salvaguarde a realização anual de duas corridas tauromáquicas por ocasião da feira anual de junho e uma por ocasião da festa de agosto , nesta vila quando se realizarem.” (...) “A sociedade deverá por tempo indetermina-do e enquanto puder, manter a praça em estado da realizacao de corridas tauromáquicas.” (...) “O capital social é de treze mil e oito-centos escudos, constituido por ações de dez escudos cada uma, podendo haver titulos de uma, cinco, dez, vinte, cinquenta e cem ações . O capital poderá ser ampliado se se reconhecer insuficiente para o acabamento da praça de toiros.” (...) “Haverá uma direção e um concelho fiscal, aquela de cinco membros e este de três membros, eleitos de entre os sócios e servindo por três anos.” Fontes: Arquivos Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos in Jornal Vida Ribatejana, 1961 in Novo Burladero, Catarina Bexiga (Jornalista) Noronha, Tito de Bourbon;” Memórias de um João Semana”; Edição Município de Arruda dos Vinhos; 2006

11


12

ArrudaRevista // julho2011 setembro2011

OBRas reparação de rede viária, na vila de arruda dos vinhos


ArrudaRevista // julho2011

Reparação de rede viária, no carrasqueiro

Execução de valetas

Limpeza e desmatação

13


1.ª edição

Escultura, Fotografia e Pintura

Arruda dos Vinhos

PRÉMIO DE ARTES

EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS Centro Cultural do Morgado

Até 15 de Outubro de 2011

Terça a Sexta (9h às 12h e das 14h às 17h30) Sábado e Domingo (10h às 13h e das 14h às 18h)

Festejos em Camondes Prémios a atribuir aos trabalhos vencedores Prémio de Artes - 1.000€

Organização

Divulgação dos resultados - 16 de Setembro de 2011 Cerimónia de entrega dos prémios - 23 de Setembro de 2011 Camondes

www.cm-arruda.pt

www.facebook.com/marrudavinhos twitter.com/municipioarruda

Arruda Revista n.º 45  

Revista do Município de Arruda dos Vinhos - Setembro 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you