Page 12

Capítulo VII Dos Poderes Sociais Assembléia Geral – Conselho Deliberativo Conselho Fiscal – Diretoria Executiva Seção I Dos Poderes Sociais Art. 22 - A Administração do Círculo será exercida pelos seguintes Poderes Sociais: a) Assembléia Geral; b) Conselho Deliberativo; c) Conselho Fiscal; d) Diretoria Executiva. Subseção I Da Assembléia Geral Art. 23 - A Assembléia Geral é o Poder Soberano do Círculo, consistindo na reunião de sócios convocados, e instalada na forma deste Estatuto, a fim de deliberar sobre matéria de grande interesse social. § 1º - A Assembléia Geral será Ordinária ou Extraordinária, de acordo com a sua finalidade. § 2º - A Assembléia Geral Ordinária destina-se, exclusivamente, às eleições dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, e às eleições de Presidente, 1º e 2º Vice-Presidentes do Círculo. § 3º - Quando convocada na forma do parágrafo 2º deste artigo, em período trienal, na primeira quinzena do mês de agosto do ano eleitoral, será instalada e funcionará com qualquer número de sócios presentes, respeitadas as disposições estatutárias. § 4º - A Assembléia Geral Extraordinária reunir-se-á, eventualmente, para deliberar sobre assuntos de superior interesse do Círculo, que excedam à competência dos Conselhos Deliberativo e Fiscal e da Diretoria Executiva. § 5º - A reunião da Assembléia Geral Extraordinária dependerá de solicitação do Presidente do Círculo, ou da maioria dos membros do Conselho Deliberativo, ou ainda a requerimento subscrito, no mínimo por 20% (vinte por cento) de sócios, em dia com as suas obrigações estatutárias e com direito a voto, submetido à Diretoria Executiva com a necessária exposição de motivos. § 6º - A Assembléia Geral será convocada e instalada pelo Presidente do Conselho Deliberativo e presidida por este ou por um Oficial General presente, o qual escolherá o seu secretário. § 7º - A convocação da Assembléia Geral far-se-á com antecedência mínima de 05 (cinco) dias, por intermédio de edital a ser publicado, no mínimo, em 1 (um) dos jornais de grande circulação no Município de Curitiba, do qual constará, obrigatoriamente, a data, hora e local da instalação, bem como a Ordem do Dia dos assuntos a serem tratados. Art. 24 - A Assembléia Geral Extraordinária somente poderá ser instalada com a maioria absoluta dos sócios com direito a voto em primeira convocação; em Segunda convocação, meia hora depois, com qualquer número, observada as restrições estatutárias. § 1º - As deliberações da Assembléia Geral serão nulas se discutidos e votados os assuntos não constantes da Ordem do Dia. § 2º - Terão direito a voto na Assembléia Geral os sócios das Categorias “A”, “B”, “B1”, Especiais letras “a” e “b’, Remidos, Honorários Sócios e Cônsules, desde que em dia com a suas obrigações sociais, observadas as restrições estatutárias”. § 3º - A Secretaria do Conselho Deliberativo manterá um livro intitulado “Livro de Presenças à Assembléia” destinado, exclusivamente, a receber as assinaturas dos sócios presentes à mesma.

Estatuto 2014 - Círculo Militar do Paraná  

Estatuto 2014 - Círculo Militar do Paraná

Estatuto 2014 - Círculo Militar do Paraná  

Estatuto 2014 - Círculo Militar do Paraná

Advertisement