Page 1

PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO | 2016

Eu sou o Povo (2015) de Anna Roussillon.

CURTA CINEMA 2016 | FLUPP | DOC NA TELA Patrocínio

Apoio


CINEMAISON  |  NOVEMBRO 2016

NOVEMBRO 2016  | CINEMAISON

SUMÁRIO

EDITORIAL

3

EDITORIAL

4

FESTIVAL | CURTA CINEMA 2016

6 8

ESPECIAL | FESTA LITERÁRIA DAS PERIFERIAS

8

ESPECIAL | MOIS DU DOC

10 8

DOC NA TELA | GRANDES CLÁSSICOS DO DOCUMENTÁRIO

O mês de novembro no Cinemaison abre com o Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro, que completando sua 26ª edição, preparou uma programação exclusiva com duas mostras especiais: Em Trânsito e Paisagem Remota. Ao longo de todo o mês, o Cinemaison participa também do « Mois du Doc », evento organizado pela associação francesa Images en Bibliotèques em parceria com o Institut Français. O « Mois du Doc » tem como objetivo difundir ao redor do mundo o que há de mais recente no documentário francês. Cinco documentários serão exibidos, entre eles Sexo, Pregações e Política, da cineasta francesa radicada no Brasil Aude Chevalier Baumel, que estará presente no dia 21, às 19h, para apresentar o seu filme que foi destaque da 40ª Mostra de São Paulo e do 9º Festival de Brasília de Cinema Brasileiro.

Em paralelo, na sessão Doc Na Tela das 13h, serão exibidos alguns dos documentários mais celebres do cinema francês, com títulos de Jean Rouch, Chris Marker e Nicolas Philibert, no especial Clássicos do Documentário Francês. E em parceria com a FLUPP, Festa Literária Internacional das Periferias, receberemos no dia 14, às 19h, o realizador Guy Deslauriers, convidado do festival junto ao poeta e dramaturgo francês Patrick Chamoiseau, roteirista de grande parte de seus filmes, com a exibição de Passagem do Meio (1999). Bons filmes!

Sexo, pregações e política (Brasil 2016). De Aude Chevalier-Beaumel & Michael Gimenez.


NOVEMBRO 2016  | CINEMAISON

FESTIVAL | CURTA CINEMA 2016

07/11

EM TRÂNSITO 1

Classificação etária: 16 anos.

EM TRÂNSITO 2

Classificação etária: 14 anos.

13h00 Mast Qalandar Índia/Inglaterra, 2016). De Divij Roopchand. 1'.

PAISAGEM REMOTA 1

PAISAGEM REMOTA 2

18h00

20h00

Classificação etária: 18 anos.

15h00 Cambié su nombre y seguí hablando de ella sin que lo supieras

Os Sonhos da Tartaruga

A Distância Entre as Dunas

(Argentina, 2016). De Bruno Ciancaglini. 18'.

(Argentina, 2016). De Carla Francolino & Carolina Lara Grimberg. 20'.

(Brasil, 2016). De João Solda. 17'.

Salitre (Brasil/Canadá, 2016). De Lara Belov. 8'.

Classificação etária: 14 anos.

Cinemão Enter (Brasil/Vietnã, 2016). De João Lima & Rafael de Toledo. 14'.

2REIS

(Brasil, 2015). De Mozart Freire. 15'.

A Troca (Hungria, 2015). De Zoltán Nagy. 11'.

Terra sem males

Zagreb Confidencial Futuros Imaginários

Natureza Morta

(Brasil/Itália, 2016). De Enrico Masi & Urutau Guajajara. 17'.

(Croácia, 2015). De Darko Fritz. 13'.

(Brasil, 2015). De Mariana Kaufman. 19'.

(Brasil/Cuba, 2016). De Pedro Freire. 15'.

Olhos Sujos de Azul

Waste no.2 Wreck

Cheiro de Melancia

(Brasil, 2016). De Bia Vilela. 15'.

(Finlândia, 2016) De Jan Ijäs. 10'.

(Brasil, 2016). De Maria Cardozo. 16'.

Mas é Sempre Melhor em Outro Lugar

Tudo ainda orbita (Brasil/Alemanha/Croácia/ Sérvia, 2016). De Dane Komljen & James Lattimer. 23'.

Campo Adentro

(Colômbia, 2016). Andrés Piñeros. 22'.

Se Por Acaso

(Estados Unidos, 2016). De Vivian Ostrovsky. 4'.

(Argentina, 2016). De Gala Negrello & Melina Gutman. 15'.

Das Águas que Passam (Brasil, 2016). De Diego Zon. 23'.

Tarja Preta A Fronteira Invisível (Brasil, 2016). De Lucas Bonolo. 22'.

E O FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS DO RIO DE JANEIRO – CURTA CINEMA volta a acontecer no Cinemaison. Neste ano de 2016, o festival realiza sua 26º Edição apresentando mais de 190 filmes dos mais representativos, nacionais e estrangeiros, em formato curta metragem. Foram quase 3000 inscrições das quais selecionamos filmes representativos de mais de 30 nacionalidades. Para o Cinemaison, o festival preparou uma programação exclusiva com duas mostras especiais.

4

m Trânsito é uma mostra centrada na exibição de filmes aonde o realizador cria sua obra a partir do ponto de vista do estrangeiro, em países e territórios pelos quais visita: seja enquanto estudante, i m i g r a n t e , investigador, document arist a ou simplesmente turista.

(Brasil, 2015). De Marcio Farias. 24'.

P

aisagem remota pensa a relação do humano com os espaços nos quais ele habita: sejam amplitudes rurais, complexos urbanos, sites industriais, cubículos; moradias; espaços imaginários e etc. Filmes nos quais os espaços dados ganham algum grau de subjetividade para além de simples cenário/ locação; tornando-se um elemento fundamental nos desdobramentos narrativos que afetam os indivíduos. 5


CINEMAISON  |  NOVEMBRO 2016

NOVEMBRO 2016  | CINEMAISON

ESPECIAL | FLUPP – FESTA LITERÁRIA DAS PERIFERIAS

A

FLUPP, Fest a Literária das Periferias, promove intercâmbios entre autores e leitores de diferentes partes do Brasil e do mundo. Em 2016, o evento chega a sua 5ª edição se consolidando cada vez mais como um espaço de formação de novos leitores e autores na periferia das grandes cidades brasileiras.

A

FLUPP 2016 conseguiu algo que almeja desde sua primeira edição em 2012: trazer o renomado escritor, poeta e dramaturgo francês Patrick Chamoiseau. A consagração literária do autor ocorreu em 1992, quando ganhou

14/11 19h

6

o Prêmio Goncourt com o romance Texaco, livro que tem uma importância especial para os curadores do evento. Chamoiseau escreveu diversos roteiros para o cineast a Guy Deslauriers, também convidado da FLUPP.

D

ia 14 de novembro, às 19h, Guy Deslauriers, estará presente para apresentar o seu filme Passagem do Meio (1999), com roteiro de Patrick Chamoiseau, que conta o horror do tráfico de escravos que envolveu as principais nações da Europa entre os séculos XVI e do século XIX.

A PASSAGEM DO MEIO Le Passage du Milieu (França, 1999). De Guy Deslauriers. Com Maka Kotto. Drama. 118’. Classificação etária: Livre. Ngor e Coumba habitam em uma pequena vila do Senegal. Ngor e Coumba querem se casar há algum tempo, mas neste ano a colheita está fraca. As chuvas são bastante irregulares para o amendoim, única opção comercial herdada da colonização. Como poderão eles ter renda o suficiente para se casar e sobreviver Sessão com a presença do diretor Guy Deslauriers.

7


CINEMAISON  |  NOVEMBRO 2016

NOVEMBRO 2016  | CINEMAISON

ESPECIAL | MOIS DU DOC

08/11 19h

28/11

Je suis le peuple (França, 2015). De Anna Roussillon. Documentário. 111’. Classificação etária: Livre. Em janeiro de 2011 o Egito foi marcado por manifestações contra o governo. Enquanto dezenas de milhares de manifestantes se reuniram em Cairo, moradores pobres no sul do país acompanharam a situação tensa na Praça Tahrir pelas suas telas de TV. É a partir da perspectiva deles que este documentário apreende as mudanças políticas no Egito, desde a derrubada do presidente Mubarak até à eleição e queda de Morsi. Seleção ACID –Cannes 2015 | Prêmio do Público – Olha de Cinema 2015

21/11

CINEAST(A)S

21/11

SEXO, PREGAÇÕES E POLÍTICA

28/11

A PERMANÊNCIA

28/11

OH LA LA PAULINE!

16h

15h

19h

O

r g a n i z a d o p e l o g ru p o I m a g e s e n Bibliotèques em parceria com o IF, o Mois du Doc é uma manifestação que visa difundir documentários franceses ao longo do mês de novembro em diversas plataformas e lugares. Sua 17ª edição traz cerca de 1600 títulos transmitidos em mais de 2000

8

plataformas culturais, sociais e educacionais na França e no mundo – incluindo o Cinemaison com cinco sessões! A iniciativa é um meio de viabilizar a descoberta de uma imensa variedade de obras documentais através de sua programação eclética e plural. www.moisdudoc.com

8

EU SOU O POVO

18h

20h

Cineast(e)s (França, 2013). De Julie Gayet & Mathieu Busson. Documentário. 75’. Classificação Indicativa: Livre. Um filme dirigido por uma mulher é diferente de um filme feito por um homem? Por que existe tão poucos filmes feitos por mulheres? Mais de 20 cineastas apresentam a confiança em sua arte e discutem sobre o lugar das mulheres no cinema.

Sexo, Pregações e Política (Brasil, 2016). De Aude Chevalier-Beaumel & Michael Gimenez. Documentário. 72’. Classificação etária: Livre. O Brasil cria e vende uma imagem de sociedade em que a sexualidade é liberada e a diversidade respeitada. No entanto, esse mesmo Brasil se revela um país conservador. 40ª Mostra de São Paulo | 49° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro Sessão com a presença da diretora Aude Chevalier-Beaumel.

La permanence (França, 2016). De Alice Diop. Documentário. 97’. Classificação etária: Livre. Interior do Hospital Avicenne. Há o que se parece com uma ilha de abandonados no fim do corredor. Uma grande sala escura e em ruínas onde homens doentes, marcados na carne por uma dor que é sua sentença de exílio. Eles não voltam novamente porque ali ainda encontram uma maneira de levantar-se e resistir.

Pauline s'arrache (França, 2015). De Émilie Brisavoine. Documentário. 118’. Classificação etária: Livre. O primeiro filme da realizadora Émilie Brisavoine é sobre sua meia-irmã, que quer desesperadamente abandonar sua outra família. Embora seu irmão e irmã tenham fugido dos conflitos domésticos, Pauline é a única que resta, incapaz de escapar disso. Seleção ACID –Cannes 2015

9


CINEMAISON  |  NOVEMBRO 2016

NOVEMBRO 2016  | CINEMAISON

NA TELA

GRANDES CLÁSSICOS DO DOCUMENTÁRIO

D

urante o mês do documentário, a faixa Doc Na Tela das 13h propõe uma seleção de grandes clássicos do documentário francês, com três títulos símbolos na filmografia de diretores que marcaram a história do gênero: Crônica de um Verão (1961), de Jean Rouch; Ser e Ter (2002), de Nicolas Philibert; e O Encantador Mês de Maio (1963), de Chris Marker.

14/11

CRÔNICA DE UM VERÃO

21/11

SER E TER

28/11

O ENCANTADOR MÊS DE MAIO

13h

13h

13h

10

Chronique d'un été (França, 1961). De Jean Rouch & Edgar Morin. Com Marceline LoridanIvens, Edgar Morin, Jean Rouch. Documentário. 90’. Classificação etária: Livre No verão parisiense de 1960, o cineasta e etnólogo Jean Rouch e o sociólogo Edgar Morin interrogam transeuntes, estudantes, operários e alguns casais sobre as motivações de suas vidas, registrando suas dúvidas, emoções e opiniões sobre política e racismo.

Être et avoir (França, 2002). De Nicolas Philibert. Documentário. 104’. Classificação etária: Livre Com uma paisagem de montanhas e terras agrícolas, o documentário segue um grupo de crianças entre quatro e doze anos que estudam em um pequena escola de vila em Auvergne. Mostrando o dia a dia das crianças, a intenção é mostra como elas aprender a viver lado a lado e conviver com os outros e seus desejos.

Le joli mai (França, 1963). De Chris Marker & Pierre Lhomme. Com Yves Montand, Chris Marker, Simone Signoret. Documentário. 136’. Classificação etária: Livre. Maio de 1962, Chris Marker e sua equipe filmam a cidade de Paris, buscando uma maior proximidade com as pessoas da cidade. O documentário faz uma reflexão sobre o primeiro mês de paz, após sete anos de guerra na Argélia.

Crônica de um Verão (França, 1980). De Jean Rouch.

11


PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO / 2016 07

13h 15h 18h 20h

CURTA CINEMA: EM TRANSITO 1 CURTA CINEMA: EM TRANSITO 2 CURTA CINEMA: PAISAGEM REMOTA 1 CURTA CINEMA: PAISAGEM REMOTA 2

08

13h

MOIS DU DOC: EU SOU O POVO

14

13h 15h 18h

DOC NA TELA GRANDES CLÁSSICOS DO DOCUMENTÁRIO: CRÔNICA DE UM VERÃO ÚLTIMA CHANCE: NEM O CÉU, NEM A TERRA SESSÃO ESPECIAL FLUPP: PASSAGEM DO MEIO

21

13h 15h 19h

DOC NA TELA GRANDES CLÁSSICOS DO DOCUMENTÁRIO: SER E TER MOIS DU DOC: CINEAST(A)S MOIS DU DOC: SEXO, PREGAÇÕES E POLÍTICA

28

13h 16h 18h 20h

DOC NA TELA GRANDES CLÁSSICOS DO DOCUMENTÁRIO: O ENCANTADOR MÊS DE MAIO MOIS DU DOC: EU SOU O POVO MOIS DU DOC: A PERMANÊNCIA MOIS DU DOC: OH LA LA PAULINE!

CURTA CINEMA

FLUPP

MOIS DU DOC

DOC NA TELA

PATROCÍNIO

A TV5MONDE, como patrocinadora oficial do Cinemaison, tem o prazer em fazer parte deste novo formato do cinema do Consulado Geral da França, aproximando, ainda mais, as culturas francesa e brasileira. TV5MONDE: o canal em francês, para você. ENDEREÇO CINEMAISON Teatro da Maison de France Avenida Presidente Antônio Carlos, 58, subsolo. Centro. Rio de Janeiro – RJ. Telefone : (21)3974-6644 www.cinefrance.com.br cinemafrances /cinefrance

APOIO:

INGRESSOS

REALIZAÇÃO:

O Cinemaison é accessível apenas para os detentores da carteirinha de sócio. Para solicitar sua carteirinha, acesse o site: www.cinefrance.com.br.

CAPACIDADE DA SALA 350 Lugares Ingressos sujeitos a lotação da sala

PARCERIA:

CINEMAISON - Programação Novembro 2016  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you