a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1


2 EDITORIAL Trabalho e resultado foram as palavras de 2019 para a Cigás. Foram mais de 16 quilômetros de rede de distribuição de gás natural implantados nas ruas de Manaus, totalizando 131. Resultado de um investimento de aproximadamente R$ 16 milhões. A consequência do crescimento foi o atendimento a centenas de novos clientes, chegando a 642 unidades consumidoras no ano, entre termoelétricas, indústrias, comércios, postos e residências. Novas aquisições que levaram o volume comercializado de gás natural atingir seu recorde mensal em novembro, com distribuição média de 5,3 milhões de m³/dia, aumentando em 26% em relação ao mesmo período em 2018. No segmento veicular, uma campanha de incentivo reflete diretamente no aumento do consumo do GNV. Bônus de R$ 4 mil ao motorista que converter o veículo e atender as condições previstas em regulamento. Uma ação de benefício direto ao consumidor e retorno evidente no aumento do consumo. Em 2020, a Cigás celebra 10 anos de operações comerciais, com muito a comemorar, mas ciente da longa jornada de trabalho pela frente.

Funcionários receberam treinamento de Compliance

Programa de Compliance é nova meta Transparência, equidade e prestação de contas. Essas são as práticas que a Cigás pretende fortalecer através da implantação do programa de Compliance. Entre 11 e 13 de dezembro, lideranças da Companhia, profissionais convidados de outros órgãos do governo e do Tribunal de Contas do Estado receberam um treinamento da Fundação Instituto de Administração (FIA) sobre legislação e implantação do programa. Instituído através da Portaria Nº 08 de 20 de setembro, o Comitê de Compliance da Cigás é responsável pela adoção de estratégias, políticas e medidas de difusão da cultura de controles internos.

Boa leitura!

Expediente Wilson Miranda Lima Governador do Estado do Amazonas René Levy Aguiar Diretor-Presidente Clovis Correia Jr. Diretor Técnico-Comercial

Segurança e saúde serão premissas na atuação da Companhia

José Ricardo dos Santos Neto Diretor Administrativo-Financeiro

Saúde e segurança a um novo patamar

Izabelly Costa, Bruno Tadeu , Larissa Mahall e Adriane Pantoja Assessoria de Comunicação Institucional

Certificada nas normas de gestão da qualidade e gestão ambiental, a Cigás inicia em 2020 os ajustes em busca da certificação na norma de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional, a ISO 45001, de 2018. Responsável pela distribuição e comercialização do gás natural no Amazonas, a Companhia já dispõe de processos organizados em sistema de gestão reconhecido desde 2013. Para garantir a norma internacional e elevar a um novo patamar o nível de gestão, a empresa desenvolverá uma nova estrutura para identificar riscos e oportunidades para prevenir acidentes e proporcionar um ambiente de trabalho seguro e saudável.

Companhia de Gás do Amazonas Av. Torquato Tapajós, 6100, Flores Cep: 69058-830 Tel: +55 092 3303-3200/3303-3201 SAC/ Emergências: 117 comunicacao@cigas-am.com.br www.cigas-am.com.br


3

26% mais gás natural H

á dez anos o uso do gás natural cresce continuamente no Amazonas. E 2019 foi mais um capítulo importante no processo de mudança da matriz energética do estado. Em novembro, o volume comercializado médio do combustível cresceu 26% em relação ao mesmo período no ano anterior, atingindo média de 5.322.975 metros cúbicos por dia, a maior registrada na região. Esse crescimento se deve ao trabalho estratégico de ampliação da rede e o surgimento de novos usuários e aumento do consumo. Cinco segmentos são atendidos pelo gás natural no Amazonas: o termoelétrico, o industrial, o veicular, o comercial e o residencial. As usinas termoelétricas são as principais consumidoras e foram responsáveis pelo uso de 4.885.046 m³/dia do total comercializado no último novembro. Todas as térmicas registraram alta no período: Mauá 3 (12%), Tambaqui (11%), Jaraqui (8%), Cristiano Rocha (2%), Manauara (2%) e Gera (1%), em Manaus, e Anamã (5%), Anori (3%) e Codajás (2%) no interior. Na indústria, o pico de consumo em 2019 ocorreu em outubro, com 110.021 m³/dia. As empresas atendidas são: Alpha, Ambev, Benaion, Bike Norte, Britânia, Caloi, Corprint, Carboman, Ceras Johnson, Cometais, Climazon, Coca-Cola, CTK, Daido, Daikin, DDW,

Com centenas de novas unidades consumidoras em 2019, consumo apresenta aumento e volume recorde em novembro

Eternit, FCC, Fitas Flax, Gree, Innova, ITAM, Klabin, Keihin, Koretech, Metalfino, Metalsete, Moto Honda, Neotec, Novamed, Nissin Brake, Ox Bike, Procoating, Ripasa, Saint-Gobain, Samsung, Sato, Showa, Sodécia, Universal, Tutiplast, Six Label, 3M, 3 Corações e Yamaha. O ano também foi de alta no consumo do Gás Natural Veicular (GNV). Em novembro, o volume comercializado aos postos apresentou aumento de 6% em relação a outubro. O maior crescimento de consumo no ano se justifica pela vigência da Campanha ‘Faça a Conta. Use GNV!’, que iniciou em 2019 e concedeu 76 de 250 benefícios de R$ 4 mil previstos a motoristas que converteram e regularizaram o veículo conforme regulamento da Campanha, que pode ser consultado no endereço https://usegnv.cigas-am.com.br/regulamento. No atendimento ao varejo, principal foco da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) em 2019, comércios e residências seguem apresentando crescimento de consumo gradual, com destaque para outubro. Nos pontos comerciais o volume distribuído foi de 3.134 m³/dia a 89 unidades consumidoras. Nas residências, o volume comercializado foi de 219 m³ a 489 unidades habitacionais.


4

O motorista Roger Freire foi um dos beneficiados pela Campanha

GNV para crer Campanha de incentivo ao Gás Natural Veicular transforma realidade de motoristas. De 250, 76 benefícios foram entregues até 2019.

E

conomizar cerca de 40% do custo com combustível e ainda receber R$ 4 mil. Parece bom demais para ser verdade, mas é a realidade de quem fez os cálculos, converteu o veículo para o gás natural veicular (GNV) e participou da Campanha ‘Faça a Conta. Use GNV!’. Até o fim de 2019, foram 76 benefícios concedidos de um total de 250 disponíveis. Iniciada no dia 30 de setembro, a ação é promovida pela Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) e tem como objetivo fomentar o mercado do GNV em Manaus. Para participar, o motorista deve adaptar em seu veículo o kit GNV de 5ª geração numa oficina autorizada pelo Inmetro, realizar inspeção e vistoria do veículo, atualizar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e preencher o cadastro e agendamento

no site usegnv.cigas-am.com.br. Os 250 primeiros levam um cheque de R$ 4 mil. O regulamento da campanha é extensivo para Pessoa Física, que pode inscrever até três veículos. Foi o que fez o empresário Icaro Sevalho, que trabalha com aluguel de veículos para motoristas de aplicativo. “Essa campanha está sendo muito útil porque eu já queria fazer um diferencial no meu negócio, que era colocar o GNV nos carros”, disse após receber R$ 12 mil. A campanha também atende Pessoa Jurídica, como foi o caso da empresa Sarmento Construções de Edifícios. “É outra vida. Em relação a consumo, rendimento, é outra realidade. Não estou mais refém de gasolina e álcool”, disse a dona da empresa, Daniele Sarmento,


5

Daniele queria economizar no combustível, aderiu ao GNV e levou R$ 4 mil

Movimento aumentou em oficinas credenciadas

que além de receber R$ 4 mil reduziu os custos com combustível, sem abrir mão do conforto ao dirigir. Atento às ações de incentivo ao GNV, o funcionário público Russein Essucy acumula economia e benefícios. Ele participou da campanha realizada em 2015, quando o benefício era de R$ 1 mil. De carro novo, adaptou novamente o sistema com gás natural e mais uma vez foi contemplado. “Participei da campanha anterior e, quando vi essa, nem acreditei, porque essa é quase o preço da instalação (do kit GNV)”, comentou. Os motoristas interessados em viver experiência semelhante ainda podem participar. Basta iniciar os processos de conversão, regularização e, com a posse dos documentos necessários, realizar o cadastro no site da campanha. O regulamento está disponível em https://usegnv.cigas-am.com. br/regulamento/.

Oficinas A campanha movimentou as oficinas credenciadas pelo INMETRO na capital. Segundo os mecânicos proprietários, a procura aumentou em 100% nas primeiras semanas da ação.Proprietário de uma das oficinas autorizadas para adaptar veículos ao GNV, Cleocimar Souza comemora o movimento. “A procura está grande. A perspectiva é bem grande do cliente. Muitos estão pegando a autorização e alguns vindo instalar o kit. É a segunda campanha que a Cigás está fazendo e tem tudo para dar certo. É um valor bem razoável”, comentou Cleocimar.


6

Um gás aos motoristas

M

Com preço mais acessível e maior autonomia, GNV faz a diferença na renda de profissionais do volante em Manaus

otoristas que circulam muitos quilômetros por dia ou mais, sendo com atividade remunerada ou a serviço de terceiros, enfrentam o desafio de equilibrar as contas em razão do alto custo dos combustíveis líquidos. A instabilidade nos preços e imprevistos com essas despesas geram prejuízos e incertezas, mas os condutores de Manaus têm alternativa. Com o preço em R$ 3,29, o gás natural veicular (GNV) é mais barato, oferece maior autonomia que a gasolina e é um diferencial para longas viagens no volante.

por dia, dependendo do quanto eu rodava. E hoje em dia gasto, no máximo, R$ 80”, calculou.

A depender dos quilômetros rodados por dia a economia pode variar consideravelmente, resultando em redução de custo e estabilidade na hora de pagar o abastecimento. Afinal, a tarifa do GNV, definida pela Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) é regulada pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam). No dispenser, o valor recebe ainda o acréscimo referente a margem do posto e/ou da bandeira, mas se mantém estável e mais econômico que as demais opções.

Nessas oficinas, o valor da instalação varia entre R$ 4 mil e R$ 5 mil. Após a conversão, é necessário realizar vistoria e inspeção do veículo e atualizar o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) com a informação de que utiliza o gás natural. Medidas necessárias para garantir a segurança no uso do combustível.

Motorista de serviço de aplicativo, Adson Santos percebeu nitidamente a diferença nas primeiras semanas com o kit GNV instalado no veículo. “Em relação ao que eu gastava por dia, a economia é de 40% a 50%. Eu gastava em torno de R$ 100 a R$ 150

Edson transformou o próprio trabalho com economia do GNV

Economizando dessa maneira, Adson estima reembolsar o valor investido na conversão em menos de um ano. Em Manaus, há quatro oficinas autorizadas pelo Inmetro para instalação do Kit GNV, que tem como componentes: injetores, eletroválvula, redutor, chave comutadora, central eletrônica e o cilindro, que pode ser novo, requalificado e de capacidade variada, dependendo do interesse do motorista.

A vantagem evidente na ponta do lápis vem ganhando reflexo nos postos que oferecem o combustível na capital amazonense. De janeiro a novembro de 2019, o volume comercializado do gás natural a este segmento aumentou 21%. No décimo primeiro mês do ano, a distribuição chegou no valor médio de 14.148 metros cúbicos distribuídos por dia.


7

Simulação eleva SEGURANÇA

Oitava edição de exercício simulado prepara Cigás e órgãos parceiros para ocorrência de emergência em Manaus

A

simulação de um acidente com rede de gás natural testou a ação integrada entre Cigás, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e SAMU, na Rua Palmeira do Miriti, bairro Gilberto Mestrinho, na manhã do dia 6 de novembro. O evento teve objetivo de reforçar a segurança da rede de gás natural de Manaus e é realizado anualmente desde 2011. São nove anos de operações comerciais com gás canalizado na capital amazonense e, até então, não há registros de acidentes dessa natureza. A ação simulada serve para testar a resposta dos órgãos estaduais e municipais de segurança, que avaliam tempo de atendimento à ocorrência e alinhamento com os órgãos parceiros através do acionamento do Plano de Atendimento a Emergência (PAE), criado pela Cigás para sistematizar essas ações.

O cenário da oitava edição do exercício simulado foi o Distrito Industrial II, onde a Companhia construiu recentemente um trecho de gasoduto para atendimento a indústrias na região. “É de total interesse da Companhia testar periodicamente uma ação conjunta com outros órgãos. Graças a iniciativas como essa, todos estão prontos para atuar em um acidente, que tem sido evitado com muito êxito”, informou o diretor técnico e comercial da Cigás, Clovis Correia Junior. Integraram esta ação o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Manaustrans e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O evento também teve a participação da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).


Profile for cigas-am

Cigás Informa - Energia renovada  

Nesta edição do Cigás Informa, o Informativo trimestral da Cigás, você confere as principais ações da Companhia no último trimestre de 2019...

Cigás Informa - Energia renovada  

Nesta edição do Cigás Informa, o Informativo trimestral da Cigás, você confere as principais ações da Companhia no último trimestre de 2019...

Profile for cigas-am
Advertisement