Page 1

AI !!

CIENTISTAS INCRÍVEIS, DESCOBERTAS SENSACIONAIS em quadrinhos

MARIE CURIE E A RADIOATIVIDADE 16 ADRIANA MOURA

EURECA! EURECA!*


Cientistas incríveis, descobertas sensacionais - em quadrinhos. Belo Horizonte. 2014. Adriana Moura Ilustração autorizada: Http://www.bitstripsforschools.com

Proibida a reprodução total ou parcial desta obra, de qualquer forma ou por qualquer meio eletrônico, mecânico, inclusive por meio de processos xerográficos, incluindo ainda o uso da internet, sem a permissão expressa da autora. (Lei no 9.610, de 19.2.98).

IMAGENS FORA DE ESCALA DE TAMANHO


PREFÁCIO Os cientistas empenham-se em ampliar os limites do conhecimento humano e dão à humanidade melhor compreensão da vida. Suas teorias revolucionam o pensar e influenciam a vida do homem. A teoria é o retrato de grande ideia baseada, principalmente, na observação. Cada descoberta faz parte da história de vida do seu autor. As ideias científicas sofreram mudanças de pensamento ao longo dos anos porque pessoas incrivelmente perseverantes derrubaram concepções arraigadas e apresentaram nova produção do pensar. Portanto, toda ideia científica que cremos hoje é passível de mudança, basta surgir alguém com novo conceito, ter determinação e estar convicto para provar suas hipóteses. Há ainda muitas questões para a próxima geração de cientistas que mudarão o mundo. Esta coleção tem por objetivo promover o aprendizado de conceitos básicos de ciências por meio da história da ciência, de forma atrativa, prazerosa e com linguagem de fácil compreensão, e assim possibilitar melhoria da educação científica. Ao final de cada história há a seção “Agora você é o cientista”. São atividades práticas relacionadas com a história lida e que convidam o leitor a se colocar no papel do cientista. Depois há exercícios de fixação que podem ser discutidos em grupo.

Adriana Moura Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas - UFMG Pós-Graduação em Ciências (Especialização) - UFMG Professora da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte Vice-Diretora e Diretora - Escola Municipal Israel Pinheiro/2003 a 2006 Professora Coordenadora do Programa Escola Integrada - Escola Municipal Israel Pinheiro/de 2007 a 2015 Integrante da equipe da Gerência de Educação Integral da Secretaria Municipal de Educação / desde 2015 Coordenadora do Programa Ecoescola BH /desde 2016


FAZER PESQUISA E CIÊNCIA NÃO ERA TAREFA PARA MULHERES. ELAS TINHAM QUE CASAR, CUIDAR DOS FILHOS E DA CASA.

MARYA SKLODOWSKA NASCEU EM 1867, EM VARSÓVIA, CAPITAL DA POLÔNIA. MAIS TARDE FICOU CONHECIDA COMO MARIE CURIE.

POLÔNIA ALEMANHA FRANÇA ITÁLIA ESPANHA

ATÉ O SÉCULO 19, EM MUITOS PAÍSES, MULHERES NÃO PODIAM ESTUDAR EM UNIVERSIDADES.

FOI NESSA ÉPOCA QUE VIVEU MARIE CURIE, A PRIMEIRA MULHER A GANHAR O PRÊMIO NOBEL*.

*UM DOS PRÊMIOS MAIS IMPORTANTES DO MUNDO, DADO ANUALMENTE AOS CIENTISTAS QUE MAIS SE DESTACAM.

CAÇULA DE 5 FILHOS. SEUS PAIS ERAM PROFESSORES.

EM 1876, SUA IRMÃ MAIS VELHA MORREU DE TIFO E EM 1878, AOS 10 ANOS, SUA MÃE MORREU DE TUBERCULOSE.

VOU LER A HISTÓRIA DE DAVID COPPERFIELD, DO ESCRITOR CHARLES DICKENS.

3


A POLÔNIA ESTAVA SOB O DOMÍNIO RUSSO. OS TEMPOS ERAM DIFÍCEIS.

MARYA, EU ADORARIA SER MÉDICA. MAS, AQUI NA POLÔNIA, AS MULHERES NÃO PODEM ESTUDAR NA UNIVERSIDADE.

MEUS FILHOS, PERDI O EMPREGO.

SIM, BRONIA, MAS SOUBE QUE NA FRANÇA PODE.

VOU DAR AULAS PARA CONTRIBUIR COM AS DESPESAS.

MAS DE QUE ADIANTA? NÃO TEMOS DINHEIRO PARA IR PARA LÁ.

MAS E VOCÊ, MARYA? VOCÊ ADORA ESTUDAR.

BRONIA, TIVE GRANDE IDEIA. VAMOS FAZER UM PACTO. VOU TRABALHAR AQUI NA POLÔNIA PARA PAGAR SEU ESTUDOS DE MEDICINA EM PARIS.

QUANDO VOCÊ SE FORMAR SERÁ SUA VEZ DE ME AJUDAR A ESTUDAR FÍSICA, TAMBÉM NA FRANÇA.

ASSIM, BRONIA FOI PARA PARIS. QUE GRANDE IDEIA, MARYA!

POLÔNIA

FRANÇA

4


ALÉM DE BONITO É INTELIGENTE.

O TEMPO FOI PASSANDO E ELES FORAM SE CONHECENDO MELHOR. LOGO SE APAIXONARAM E COMEÇARAM A NAMORAR.

EU AINDA VOU ESTUDAR FÍSICA E MATEMÁTICA NA FRANÇA. VOCÊ? UMA MULHER?

ELA É DIFERENTE. SABE FALAR COMO MULHER INSTRUÍDA E AINDA SABE DANÇAR.

ELE É DIFERENTE DOS OUTROS RAPAZES DA REGIÃO. É INTELIGENTE E EDUCADO. MAS A FAMÍLIA DELE NÃO GOSTOU NENHUM POUCO. FILHO, ELA É FEIOSA E EU NÃO ACEITO UMA GOVERNANTA NA FAMÍLIA.

MARYA, TEMOS QUE TERMINAR O NAMORO. VOU VOLTAR PARA VARSÓVIA.

ELA NÃO TEM UM TROCADO NA BOLSA. ALÉM DISSO, VOCÊ PRECISA VOLTAR PARA SEUS ESTUDOS.

NÃO PRECISAMOS TERMINAR O NAMORO. NAS PRÓXIMAS FÉRIAS VOCÊ VOLTA. ESTAREI ESPERANDO.

MARIA FICOU ANIQUILADA.

NÃO ME ESPERE. NÃO VOU MAIS NAMORAR COM VOCÊ.

SNIF SNIF SNIF SNIF

6


SOU FORTE O BASTANTE PARA G U A R D A R M E U S SENTIMENTOS E CONTINUAR TRABALHANDO. NUNCA ME DEIXAREI DERROTAR, NEM POR PESSOAS, NEM POR ACONTECIMENTOS.

MINHA IRMÃ VAI SE CASAR E ME ESCREVEU DIZENDO QUE POSSO IR PARA PARIS MORAR COM ELA.VIVA!!!!

EM 1891, AOS 24 ANOS, FOI PARA PARIS.

VOCÊ MORA LONGE DA UNIVERSIDADE DE SORBONNE. NÃO POSSO PERDER TANTO TEMPO NO TRANSPORTE. VOU ALUGAR UM QUARTINHO PERTO DA UNIVERSIDADE. QUERO APENAS ESTUDAR.

BRONIA, VIM PARA PARIS, MAS DECIDI QUE NÃO VOU MORAR COM VOCÊ.

MAS POR QuÊ?

SEU QUARTO NÃO HAVIA ÁGUA ENCANADA, NEM AQUECIMENTO. PASSAVA FOME E FRIO COM FREQUÊNCIA. NÃO É LINDA A TORRE EIFFEL? ELA FOI CONSTRUÍDA HÁ DOIS ANOS, EM 1889, COMO PARTE DAS COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA REVOLUÇÃO FRANCESA.

AMANHÃ TENHO QUE ESCOLHER OU COMPRO COMIDA OU COMPRO CARVÃO PARA ME AQUECER.

7


NO MESMO ANO FOI TRABALHAR NO LABORATÓRIO DA ESCOLA DE FÍSICA. BOM DIA, SRA. MARIE. MEU NOME É PIERRE CURIE. SOU O CHEFE DESTE LABORATÓRIO.

POSSO ACOMPANHÁ-LA ATÉ SUA CASA?

SENHOR CURIE, AGRADEÇO O PRIVILÉGIO DE TRABALHAR NO SEU LABORATÓRIO.

MUITO OBRIGADA. ESSA CHUVA ME PEGOU DESPREVENIDA.

SR. CURIE, ESTOU COM DÚVIDA NESTE EXPERIMENTO. VOCÊ PODERIA ME AUXILIAR?

MAS É CLARO QUE SIM.

APESAR DA DIFERENÇA DE PAÍSES TEMOS MUITA AFINIDADE.

SUAS MENTES ESTABELECIAM PROFUNDA RELAÇÃO.

ADORO NOSSAS CONVERSAS SOBRE PROBLEMAS CIENTÍFICOS. VAMOS SAIR PARA COMER ALGUMA COISA?

9

ELE NÃO SE IRRITA COM NADA.

GOSTO DE SEU ESTILO DE VIDA SIMPLES E INDEPENDENTE. DISPENSA FORMALIDADE.


CASARAM-SE EM 1895 E TORNOU-SE MADAME CURIE. GOSTO MUITO DE VIR AQUI NOS FINS DE SEMANA.

ÓTIMA IDEIA PASSAR NOSSA LUA DE MEL NO CAMPO.

DURANTE OS PRIMEIROS ANOS DO CASAMENTO DO CASAL CURIE A CIÊNCIA COMEÇOU A SE TRANSFORMAR RADICALMENTE.

O RAIO X É UMA ESPÉCIE DE LUZ INVISÍVEL QUE PASSA ATRAVÉS DE MATERIAIS COMO PAPEL, MADEIRA, METAL E ATÉ O CORPO HUMANO.

FONTE DE RAIO X

PRIMEIRO RAIO X

WILHELM RÖNTGEN

PESSOA

CHAPA FOTOGRÁFICA

EM 1895, O FÍSICO ALEMÃO WILHELM RÖNTGEN FEZ A DESCOBERTA DO RAIO X E RECEBEU O PRÊMIO NOBEL POR ISSO.

TODA CHAPA FOTOGRÁFICA FICA ESCURA QUANDO EXPOSTA A QUALQUER TIPO DE LUZ.

QUANDO EMITO O RAIO X ATRAVÉS DO CORPO A CHAPA FOTOGRÁFICA REPRODUZ A IMAGEM DO CORPO.

A CARNE FICA MAIS ESCURA PORQUE MAIOR QUANTIDADE DE RAIOS PASSA PELA CARNE.

OS OSSOS FICAM MAIS CLAROS PORQUE MENOR QUANTIDADE DE RAIOS PASSA PELOS OSSOS.

10


EM 1896, O QUÍMICO FRANCÊS, HENRI BECQUEREL, PESQUISAVA A UTILIZAÇÃO DO RAIO X QUANDO INESPERADAMENTE FEZ GRANDE DESCOBERTA.

SERÁ QUE OUTRAS SUBSTÂNCIAS TAMBÉM EMITEM RAIO X SE EXPOSTAS À LUZ DO SOL? VOU TESTAR O URÂNIO?

QUE INTERESSANTE ESSES RAIOS X. ALGUMAS SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS BRILHAM QUANDO O RAIO X AS ILUMINA. VOU ENVOLVER ESSA CHAPA FOTOGRÁFICA EM PAPEL PRETO E POR CIMA COLOCAR O COMPOSTO DE URÂNIO. AGORA EXPONHO À LUZ DO SOL.

LUZ DO SOL

COMPOSTO DE URÂNIO

ENVELOPE CONTENDO CHAPA FOTOGRÁFICA

SE O URÂNIO TIVER RAIOS X, A LUZ DO SOL FARÁ COM QUE FIQUE REGISTRADO NA CHAPA FOTOGRÁFICA.

DEU CERTO! O URÂNIO EMITE RAIOS X.

12 MAS NÃO ERA BEM ISSO.


PRONTO. VOU DEIXAR GUARDADO NESSA GAVETA.

HOJE NÃO TEM SOL. NÃO DÁ PARA FAZER MEU EXPERIMENTO. ENTÃO VOU DEIXAR TUDO PREPARADO PARA QUANDO O SOL APARECER.

MUITOS DIAS SEM SOL SE PASSARAM. VOU VER SE AS CHAPAS ESTÃO BEM GUARDADAS. QUE CHATEAÇÃO. SEM SOL NÃO POSSO TRABALHAR.

MAS PARA SUA SURPRESA...

UAU. MESMO SEM SOL A IMAGEM DO URÂNIO FICOU R E V E L A D A N A C H A PA FOTOGRÁFICA

FILME USADO POR BECQUEREL EM SUA DESCOBERTA. AS MANCHAS ESCURAS CORRESPONDEM AOS LOCAIS MAIS ATINGIDOS PELA RADIAÇÃO. MATERIAL PRESERVADO NA ESCOLA POLITÉCNICA DE PARIS.

13


RAIOS ALFA: ATRAVESSAM UMA FOLHA DE PAPEL RAIOS BETA: MAIS PENETRANTES. BARRADOS POR PLACA DE MADEIRA DE 2,5cm. RAIOS GAMA: EXTREMAMENTE PENETRANTES E ENERGÉTICOS. BARRADOS APENAS POR GROSSAS PLACAS DE CHUMBO. FOLHA DE PAPEL

MADEIRA DE 2,5 cm

PLACA DE CHUMBO.

A CIÊNCIA COMEÇAVA A ENTRAR NA ERA DA ENERGIA NUCLEAR! MAS NÃO FOI SOMENTE A RADIOATIVIDADE QUE MARIE DESCOBRIU. EM 1898...

VEJA SÓ. TRITURO A URANINITA QUE É COMPOSTA DE URÂNIO E TÓRIO ELEMENTOS QUE EMITEM RADIAÇÃO.

INTERESSANTE. ESSE MINÉRIO DE URÂNIO, A URANINITA, É MAIS RADIOATIVO QUE O PRÓPRIO URÂNIO.

COMO ISSO É POSSÍVEL?

COLOCO NO ELETRÔMETRO QUE VOCÊ INVENTOU PARA MEDIR A QUANTIDADE DE RADIAÇÃO.

O RESULTADO É 8 PONTOS DE RADIAÇÃO.

AGORA SEPARO O URÂNIO PRESENTE NA URANINITA E MEÇO A QUANTIDADE DE RADIAÇÃO DO URÂNIO PURO. O RESULTADO É 2.

17 FICAM FALTANDO 6 PONTOS DE RADIAÇÃO.


VAMOS PRECISAR DE OUTRO LOCAL PARA DEPOSITAR AS VÁRIAS TONELADAS DE URANINITA E PARA ISOLAR O RÁDIO.

CONSEGUI RESTOS DE URANINITA DE UMA FÁBRICA AUSTRÍACA QUE FAZ EXTRAÇÃO DE URÂNIO.

NÃO TEMOS DINHEIRO PARA ALUGAR OU COMPRAR UM LUGAR PARA ESSE TRABALHO.

VOU TER QUE COMEÇAR DO ZERO. DISPONHO DE POUCA APARELHAGEM E POUCOS RECURSOS.

VIVA!

CONSEGUI PERMISSÃO PARA USARMOS O DEPÓSITO ABANDONADO DA ESCOLA DE FÍSICA. LÁ PODEREMOS FAZER AS PESQUISAS.

EU ESTAREI COM VOCÊ.

MAS ISTO AQUI ESTÁ HORROROSO! CHEIO DE GOTEIRAS...

É ESTE O DEPÓSITO. VAMOS LÁ.

21

NÃO TEM IMPORTÂNCIA. AQUI TEREI LIBERDADE PARA FAZER OS EXPERIMENTOS.


PASSARAM A SER MANCHETES DE JORNAIS E A SEREM CONVIDADOS PARA BANQUETES, HONRARIAS, HOMENAGENS. CERCADOS DE FOTÓGRAFOS E CURIOSOS. HOJE TEMOS MAIS UM BANQUETE EM NOSSA HOMENAGEM.

EU TAMBÉM NÃO GOSTO DE NADA DISSO

EINSTEIN, QUE CONVIVEU COM MARIE CURIE EM ALGUNS MOMENTOS, CERTA VEZ DISSE: MARIE CURIE É, ENTRE TODAS AS PESSOAS NOMEADAS, A ÚNICA QUE A FAMA NÃO CORROMPEU.

NÃO AGUENTO MAIS TANTOS EVENTOS. QUERO DESCANSAR.

É TUDO QUE MAIS DETESTO. SINTO-ME ACORRENTADA.

PEIRRE OBTEVE O CARGO DE PROFESSOR DE FÍSICA NA SORBONNE E MARIE TORNOU-SE CHEFE DE LABORATÓRIO.

EM 1905 NASCEU A FILHA EVE. MARIE ERA MÃE DEDICADA.

VOCÊ QUER MENINO OU MENINA?

VOU GOSTAR DE QUALQUER UM.

EM 1906, NUMA CHUVOSA MANHÃ DE ABRIL , PIERRE ESCORREGOU NA RUA MOLHADA.

CUIDADO!

OPA!

24


AGORA VOCÊ É O CIENTISTA! EXPERIÊNCIA 1) TITULO: Massas muito pequenas Marie e Pierre Curie extraíram apenas um décimo de grama (0,1g) de rádio de uma tonelada do minério. Como é possível medir quantias tão pequenas com balanças menos precisas? OBJETIVOS: mostrar que certas medidas podem ser obtidas por via indireta; mostrar que é preciso formular hipóteses para fazer certas medidas. MATERIAL: uma balança de braços iguais, confetes (podem ser obtidos com furador de papel), clipes, pesinho de 1g (ou objeto que tenha essa medida). PROCEDIMENTO: 1. Coloque o pesinho de 1g em um dos pratos. 2. No outro prato coloque quantos clipes forem necessários para equilibrar a balança. 3. Complete: 1g = ____ clipes.


ETAPA C: Evaporação MATERIAL: 5ml de solução de azul de metileno, 1 copo de vidro, 1 funil de plástico, 1 bastão de vidro, uma pinça de madeira, 1 tubo de ensaio, uma estante para tubos de ensaio, uma lamparina a álcool, álcool para queimar. PROCEDIMENTO: 1. Coloque o tubo de ensaio na estante. 2. Coloque a solução de azul de metileno no copo limpo e passe-a para o tubo de ensaio com o auxílio do funil e do bastão. 3. Acenda a lamparina. 4. Segure o tubo de ensaio com a pinça de madeira e leve-o sobre a chama. 5. Espere a solução entrar em abulição e deixe todo o líquido evaprar. 6. Observe o resíduo azul escuro que fica no fundo do tubo de ensaio.

35


PARA FIXAR 1) Quais as descobertas de Marie Curie? 2) Qual a importância dessas descobertas? 3) Que impacto essas descobertas tiveram no mundo? 4) Marie Curie teve reconhecimento científico enquanto estava viva? Qual foi? 5) Qual sua opinião sobre o uso que o ser humano faz da radioatividade? 6) Por que é importante conhecer o símbolo que indica a presença de material radioativo? 7) O que pode acontecer se material radioativo vazar? 8) Em 2011, o Japão foi atingido por violento terremoto seguido de tsunami. Esses eventos provocaram acidentes em usinas nucleares japonesas aumentando a apreensão mundial sobre a segurança dessas usinas. Quais são as vantagens e as desvantagens das usinas nucleares? 9) Qual a diferença entre raio X e radioatividade? 10) As radiografias são imagens do interior do corpo obtidas com o uso do raio X e muito utilizadas em medicina. Explique como a imagem é formada na chapa fotográfica. 11) Encontre, na história, quais quadrinhos o Bug Bug ( é a descoberta científica em questão.

37

) aparece e descreva qual


BIBLIOGRAFIA Balchin, Jon. Ciência: 100 cientistas que mudaram o mundo. Tradução: Lucia Sano. São Paulo: Masdras Editora. 2009. P. 193-195, 202-204, 229-231. Birch Beverley. Personagens que mudaram o mundo. Os grandes cientistas. Marie Curie. Sao Paulo:Editora Globo. 1993. 64p. Canto, Eduardo Leite. Ciências naturais: Aprendendo com o cotidiano. 9

o

ano. 4a edição. São Paulo: Moderna, 2012.p. 229-232. Carvalho, Washington L.P. Ciências para nosso tempo. 9o ano – Curitiba: Positivo, 2011.p. 285-293. Ferris, Julie, et all. Ideias que revolucionaram o mundo. São Paulo: Publifolha. 2011. P. 22-23, 28-29. Goldsmith, Mike. Os Cientistas e seus experimentos de arromba.São Paulo: Editora Schwarcz. 2007. p.149-172. Haven, Kendall F. As 100 maiores descobertas científicas de todos os tempos. Tradução: Sérgio Viotti. São Paulo: Ediouro. 2008. P. 157-159. Lee, Rupert. Eureka! 100 grandes descobertas científicas do século XX. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006. 270p. Liacho, Lázaro. Titãs da ciência. Rio de Janeiro: Livraria El Ateneo do Brasil. 1956. P. 155-180. Moore,Peter. Ciência - pequeno livro das grandes ideias. São Paulo:Ciranda Cultural Editora. 2008.p.90-91. Mosley, Michel e Lynch, John. Uma História da Ciência. Experiência, poder e paixão. Rio de Janeiro: Editora Zahar. 2011. P. 86-99, 180-181. Revista Super Interessante. Por dentro da mente de 29 gânios: por trás dos maiores cérebros da história. São Paulo: Abril, 2012. Simmon, John C. Os 100 maiores cientistas da história. Uma classificação dos cientistas mais influentes do passado e do presente. Rio de Janeiro: Difel, 2003. P. 169-174. Stevens, Willian Oliver. Cientistas famosos. Rio de Janeiro: Editora Lutador. 1964. P. 155-164.

38

Livro 16 curie  

Biografia de MARIE CURIE em quadrinhos

Livro 16 curie  

Biografia de MARIE CURIE em quadrinhos

Advertisement