Page 3

Ciências Ambientais Espetaculares

2018

Produção de bioetanol … a partir de uma solução aquosa de glicose Notas introdutórias O carvão, o petróleo e o gás natural são denominados por combustíveis fósseis e são considerados fontes de energia não renováveis. Os combustíveis fósseis são constituídos fundamentalmente por carbono e a sua combustão interfere com o ciclo do carbono, contribuindo para a emissão de dióxido de carbono para a atmosfera. As alternativas aos combustíveis ou os combustíveis alternativos são as soluções encontradas para resolver um problema ambiental inerente ao uso desenfreado de combustíveis fósseis e à eminente crise energética. Uma das estratégias energéticas implementada a nível mundial tem sido a produção de biocombustíveis, nomeadamente biodiesel e bioetanol. O biodiesel tem sido produzido para substituir parcial ou totalmente o gasóleo, enquanto o bioetanol pretende substituir parcial ou totalmente a gasolina. Os biocombustíveis são soluções muito restritas por continuarem a investir no ciclo do carbono. Ao investir no ciclo do carbono permanece o problema do envio de dióxido de carbono para atmosfera durante a combustão dos combustíveis. Em termos idealistas, a estratégia deverá passar pela maior eficiência no uso, pela necessidade de economizar a energia e por minimizar as implicações ambientais da sua utilização. A produção de bioetanol pode ser feita usando várias técnicas e matérias-primas. São exemplos de matérias-primas: cana-de-açúcar, cereais (milho, trigo), erva, amido, celulose e frutas. A nível laboratorial, a produção de bioetanol compreende as seguintes etapas: (1) uso de glicose ou a obtenção de glicose a partir de outros glícidos; (2) fermentação alcoólica; (3) destilação. Os glúcidos ou glícidos (vulgarmente designados por hidratos de carbono ou açúcares) são compostos orgânicos.

Os

glúcidos

podem

ser

classificados

em:

monossacarídeos,

oligossacarídeos

polissacarídeos. A tabela 1 mostra exemplos de monossacarídeos. Tabela 1 – Exemplos de monossacarídeos.

Glicose

Frutose ou Levulose

Galactose

Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

3

e

Manual Ciências Ambientais Espetaculares - Bloco I  

UJ 2018

Manual Ciências Ambientais Espetaculares - Bloco I  

UJ 2018

Advertisement