Page 16

Ciências Ambientais Espetaculares

2018

Esquema de montagem

Figura 2 – Aquecimento e agitação da mistura de água desionizada, amido e glicerina.

Procedimento experimental 1. Medir 6,25 g de amido, numa balança. 2. Colocar 125 mL de água desionizada no interior do gobelé de 500 mL. 3. Transferir o amido para o gobelé contendo água desionizada. 4. Com o auxílio de uma pipeta conta-gotas, adicionar 1 mL de glicerina à mistura. 5. Colocar uma barra magnética no interior do gobelé. 6. Colocar o gobelé em cima de uma placa de aquecimento com agitação magnética. 7. Introduzir um termómetro na mistura. 8. Ligar o aquecimento e a agitação magnética. 9. Medir cerca de 30 minutos de cozedura da mistura, a 95ºC, sujeita a uma agitação de 900 rpm. 10. Transferir o bioplástico para a placa de esferovite. 11. Aguardar 1 a 2 dias e observar o bioplástico formado. 12. Repetir os procedimentos anteriores, mas usando 3,125 g de amido e 3,125 g de farinha de arroz, em vez de 6,25 g de amido (50% de amido). 13. Comparar o bioplástico formado em cada uma das situações.

Em alternativa à glicerina comercial, pode ser usada a glicerina extraída do processo de produção de biodiesel. 14. Repetir os procedimentos anteriores usando a glicerina obtida no processo de produção de biodiesel em vez de glicerina comercial. 15. Comparar o bioplástico obtido a partir de amido, amido e farinha de arroz, glicerina comercial e glicerina obtida no processo de produção de biodiesel.

Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

16

Manual Ciências Ambientais Espetaculares - Bloco I  

UJ 2018

Manual Ciências Ambientais Espetaculares - Bloco I  

UJ 2018

Advertisement