Issuu on Google+

Colégio: Salesiano Itajaí Alunos:Gabriella (nº 11),Gabrielly(nº12),Mariane(n°28),Hugo(Nº14) Série:8º ano A

P.R.A PROJETO DE RECONHECIMENTO AMBIENTAL

1° Etapa Identificação e estimativa de biodiversidade

Data: 20/06/2011


METODOLOGIA UTILIZADA

A professora Sandra escolheu um espaço para o grupo onde era seco e tinha poucas espécies, pois o solo tinha poucos nutrientes. Depois a Tayana marcou outra área onde o solo era bem diversificado e que abrigava muitas espécies de vários tamanhos e tipos diferentes. A área era o abrigo de diversos seres, alguns conhecidos e outros não, mas com a ajuda da Tayana conseguimos identificar os seres com as fotos que tiramos. Distribuímos as tarefas para que todos os integrantes do grupo pudessem trabalhar de forma organizada e aproveitar o maior tempo possível para concluir o nosso trabalho de uma forma com que fique bem completo. A maior dificuldade do grupo foi identificar algumas espécies, para isso tivemos que observar com cuidado e muito bem, e em alguns casos pedimos ajuda da professora Tayana. Distribuídos as tarefas assim: Fotos: Gabriella Zajankauskas Desenho: Bruna Tomaz Fichas: Gabrielly e Mariane Procurar as espécies: Hugo


RESULTADOS OBTIDOS

Obtemos muitos resultados na área que a Tayana escolheu para nós, visualizamos na área de estudo o número de biodiversidade que é de aproximadamente 75%. O local onde ficamos era muito bom, pois tinha diversas espécies para descobrirmos. A grama era rasteira e bem úmida. Os reinos que observamos foram: animália, plantae, monera e fungi. O principal é a animália, porque tinha em toda a parte do m². Mais no final do trabalho, os resultados foram todos bons,porque nosso grupo obteve ótimos resultados e todos participaram para a conclusão da 1° etapa do P.R.A. Tabela das espécies encontradas no local estudado: Espécies encontradas

Número de indivíduos

Liquens Bromélia

85% da árvore 1

Fungos

60,00%

Potozinho

1

Tatu bolinha

1

Minhoca Gramínea

5 95,00%

Aranha

2

Formiga

80,00%

Caracol

2

Flor do campo Árvore

40,00% 1

Chippo

2

Trevo de quatro folhas

20,00%

Flor roxa

2


DISCUSSÃO FINAL

Achamos que a 1ª etapa do PRA foi muito produtiva, pois nela fizemos a saída de campo e recolhemos os dados que serão necessários em todas as etapas e conhecemos mais sobre a biodiversidade da nossa cidade. A professora Sandra os indicou uma área muito legal, nela encontramos vários seres vivos de diversos reinos. Observamos também uma árvore dormente que estava coberta por uma espécie de teia que tentamos descobrir o que era, perguntando para a professora Tayana. Pra gente conseguir identificar os seres encontrados tivemos que observar as principais características e definir a qual reino ele pertencia, e isso foi muito importante na parte escrita para poder desenvolver a 1ª etapa


Colégio salesiano Itajaí Alunos:Gabrielly,Gabriella,Mariane,Hugo Serie:8°A

P.R.A PROGRAMA DE RECONHECIMENTO AMBIENTAL

2° Etapa (caracterização e classificação de espécies)

DATA:29/09/11


Categoria

Classificação

Caracteristicas

Reino

Animalia

Multicelulares eucariontes

Filo ou divisão

Anelídeos

Animais que têm o corpo formado por anéis repetidos.

Classe

Oligochaeta

Possuem o corpo coberto por muco e poucas cerdas

Ordem

Haplotaxida

Familia

Lunbricidade

Genero

Pheretima

Especie

Pheretima hawayana

Nome popular

Minhoca

Tabela de algumas espécies encontradas no local:

Categoria

Classificação

Caracteristicas

Reino

Animalia

São eucariontes

Filo ou divisão

Cuthropodo

Animais invertebrados com patas articuladas

Classe

Insecto

São invertebrados com exoesqueleto quintinoso

Ordem

Hymenoptera

Únicos para o grupo e presentes em todos os seus membros. Apenas uns poucos caracteres morfológicos atendem a esses dois requisitos, dado o enorme número de espécies e sua extrema variedade morfológica

Familia

Formecidae

Essa Ordem, é nomeada para todos os tipo de formigas.

Genero

Iridomininc

Especie

Iridominea purpureus

Nome popular

Formiga


Categoria

Classificação

Caracteristicas

Reino

Animalia

São eucariontes

Filo ou divisão

Arthopoda

Animais invertebrados com patas articuladas

Classe

Diplópoda

Qualquer organismo da classe Diplópode do filo dos Artrópodes

Ordem

Scorpiones

Possui exoesqueleto quitinoso (cutícula), que recebe todo seu corpo

Família

Julidae

NÃO ENCONTRAMOS

Genero

Yporangiella

NÃO ENCONTRAMOS

Especie

Yporangiella stygius

NÃO ESCONTRAMOS

Nome popular

Piolho de cobra

NÃO ENCONTRAMOS


Colégio salesiano Itajaí Alunos: Gabrielly, Gabriella, Mariane, Hugo. Serie: 8°A

P.R.A PROGRAMA DE RECONHECIMENTO AMBIENTAL

3° Etapa (Fatores abióticos e bióticos observados na área em estudo)

DATA:29/09/11


Fatores abióticos regionais. O clima da região de Itajaí foi classificado como temperado, as estações são bem definidas, no Inverno o tempo é úmido e a temperatura pode chegar a 4°C, já no verão o tempo é bastante seco e a temperatura pode até chegar aos 40°C, o que faz com que a média anual seja de 20°C.As chuvas são bem distribuídas durante o ano, as principais correntes de vento vêm do sul e do sudoeste. Devido ao nível do mar da nossa cidade é basicamente plana e seu ponto mais alto é o morro da Cruz, que fica a 170 metros de altitude. A cidade ocupa uma área de 289 km² sendo que 80% dessa área é rural ou de preservação.


ASPECTOS LOCAIS: Nossa área de estudo era humífero, pois havia matéria orgânica em decomposição que deixa o solo rico em nutrientes. No espaço havia uma árvore que dava bastante sombra no m², mas a luz do sol estava sempre presente durante o dia, pois a temperatura ambiente é temperada, ou seja, nem muito frio e nem muito calor. Havia bastante vegetação (densa) em grande parte de todo o local. O local era bem conservado, pois é um lugar de estudo cientifico para os jovens estudantes do colégio salesiano Itajaí, e também um lugar de passeio para a área dos estudantes infantil.


Cadeia alimentar


Anexo 1


PRA_gabrielly_gabriella_mariane_hugo