Page 1

INFORMAÇÃO TÉCNICO - COMERCIAL Phoenix Contact Tel.: +351 219 112 760 · Fax: +351 219 112 769 www.phoenixcontact.pt

FONTES DE ALIMENTAÇÃO As fontes de alimentação são componentes de funcionamento simples mas de extrema importância para aplicações de automação industrial e domótica. Por esse motivo, há que dar atenção especial não apenas ao regime de funcionamento normal mas também ao regime de sobrecarga e explorar aplicações em disparo automático de disjuntores e montagem em redundância.

CARACTERÍSTICA IDEAL A característica ideal de uma fonte de alimentação é o fornecimento de corrente eléctrica mantendo o valor de tensão eléctrica constante. Ao valor da tensão eléctrica que se pretende constante dá-se o nome de tensão nominal. Na prática, as fontes de alimentação possuem esta característica até um determinado valor de corrente eléctrica. A esse valor dá-se o nome de corrente nominal (ver Figura 2).

Tensão Tensão Nominal

Corrente Nominal

Corrente

Figura 2 · Característica tensão/corrente de uma fonte de alimentação, com indicação da tensão

PRINCIPAL FUNÇÃO

nominal e corrente nominal.

A função fundamental de uma fonte de alimentação é transformar uma tensão eléctrica do regime de baixa tensão (por exemplo 230 VAC) numa tensão SELV (ver Figura 1). SELV vem da expressão inglesa Safety Extra Low Voltage, isto é, tensão eléctrica reduzida de segurança acrescida. Em automação industrial, a tensão mais frequentemente utilizada é 24 VDC. Em domótica, 12 VDC e 24 VDC são as tensões mais frequentes e em telecomunicações é a tensão de 48 VDC.

Quando o valor da corrente é inferior ao da corrente nominal, a fonte funciona em regime normal; quando é superior, a fonte funciona em regime de sobrecarga, cuja implicação principal é deixar de funcionar de acordo com a característica tensão – corrente, ou seja, deixar de impôr a tensão nominal.

FUNCIONAMENTO EM REGIME NORMAL E EM REGIME DE SOBRECARGA Na perspectiva da fonte de alimentação, importa indicar automaticamente se a fonte está a funcionar em regime normal ou em regime de sobrecarga.

Fonte de Alimentação

Tensão do Regime de Baixa Tensão (pRUe[HPSOR 230 VAC)

Tensão SELV (pRUH[HPSOR 24 VDC, 12 VDC)

Figura 1 · Função fundamental de uma fonte de alimentação: obter uma tensão SELV a partir de uma tensão eléctrica do regime de baixa tensão.

A forma mais simples de indicar sobre qual dos regimes a fonte está a funcionar é uma indicação luminosa (indicação local) e um contacto livre de potencial (indicação remota). É com este propósito que as fontes QUINT SFB da Phoenix Contact têm, como se pode ver na Figura 3, o indicador luminoso BOOST e o contacto livre de potencial 13,14. robótica [69]


PUB

REDUNDÂNCIA ENTRE FONTES DE ALIMENTAÇÃO Em casos onde a disponibilidade de funcionamento da fonte é crítica, é prática habitual recorrer a uma segunda fonte e colocá-las em paralelo, ou seja, colocar duas fontes em redundância (ver Figura 7).

AC

Fonte de Alimentação 2

Fonte de Alimentação 1

Díodo DC Figura 7 · Duas fontes de alimentação em redundância.

Para além das duas fontes, é necessário utilizar um díodo de potência. A função deste díodo é impedir que uma das fontes seja consumidora de corrente em vez de produtora. Com o díodo, a corrente nunca entra das fontes de alimentação. As fontes de alimentação da Phoenix Contact já têm o díodo integrado na sua estrutura interna, pelo que o díodo externo não é necessário. Adicionalmente, é possível criar arranjos mais complexos de redundância, como por exemplo colocar 3 fontes de alimentação em paralelo (ver Figura 8).

AC

Fonte de Alimentação QUINT SFB (1)

Fonte de Alimentação QUINT SFB (2)

Fonte de Alimentação QUINT SFB (3)

DC

Figura 8 · Três fontes de alimentação em redundância, sem recurso ao díodo de potência.

CONCLUSÃO Todos os conceitos aqui descritos, entre outros, estão implementados em fontes de alimentação da Phoenix Contact. A diversidade de fontes é enorme. Entre várias tensões nominais, de 5 VDC a 48 VDC, e várias correntes nominais, de 0,75 A a 40 A, o número de modelos de fontes aproxima-se da centena. Todos estes modelos contam com certificações e homologações rigorosas e MTBF superior a 500.000 horas.

Figura 9 . Modelos de fontes de alimentação da Phoenix Contact (da esquerda para a direita): QUINT POWER, TRIO POWER, MINI POWER, STEP POWER.

Fontes de alimentação  
Fontes de alimentação  

Autor: Phoenix Contact; Revista: robótica nº84

Advertisement