Page 1

D O S S I E R G E ST Ã O E T R ATA M E N TO D E Á G U A Siemens, S.A. Tel.: +351 214 178 000 . Fax: +351 214 178 044 www.siemens.pt

SENSORES NAS ETAR´S As numerosas fases de funcionamento de uma ETAR, desde o filtro de grades até ao digestor, têm de estar perfeitamente sincronizadas, só assim é possível garantir o melhor tratamento e optimizar os meios de produção. É neste contexto que surgem equipamentos de alta precisão, que constituem os olhos e os ouvidos que vigiam o processo.

O recurso vital mais importante é a água, recurso esse que é constantemente ameaçado quer pelo uso excessivo, quer pela poluição ambiental. Por sempre ter desempenhado um papel muito importante na vida dos seres humanos, a existência de fontes de água limpa é hoje um dos maiores desafios colocados às sociedades. Nesse sentido, a indústria da água tem vindo a registar um crescimento muito grande a nível mundial. O único compromisso possível passa por um

abastecimento seguro e sem perdas e pelo tratamento das águas residuais com qualidade e a custos reduzidos. Em todo o processo do ciclo da água, desde a captação à distribuição, passando pelo seu tratamento, diversos equipamentos, soluções e serviços são necessários para um controlo total. Os produtos, especialmente concebidos para a indústria das águas, estão cada vez mais presentes em todos os processos neste segmento das águas limpas e residuais, municipais e industriais.

Figura 1 · Layout dos processos de uma ETAR com indicação dos locais onde são aplicados todos os tipos de sensores de nível, pressão, caudal, temperatura e pesagem.

robótica [45]


DOSSIER

GLOSSÁRIO Nível Recorrendo a diversas tecnologias, desde radar, ultra-sónica, capacitiva, ou pressão hidrostática, as soluções de medição e de monitorização de nível estão em quase todas as etapas do processo das águas limpas e residuais, tanto para medição de nível em contínuo como estático. Caudal A medição de caudal numa ETAR é das variáveis mais importantes a monitorizar, no entanto, e dependendo da agressividade química da água ou químico a medir, estão disponíveis uma ampla variedade de materiais de revestimento. Altamente precisos e fiáveis, medem e monitorizam caudais de líquidos e pastas, bem como gases. As tecnologias utilizadas passam pelos electromagnéticos, ultra-sónicos, pressão diferencial, vortex ou mássicos (Coriolis). Pressão Soluções para medição de pressão – relativa, diferencial e absoluta fazem parte da gama de instrumentação que se encontra numa estação de tratamento de águas residuais. A precisão, robustez, facilidade de utilização, funcionalidade e segurança são os requisitos técnicos solicitados. Temperatura Sondas e transmissores para medição de temperatura proporcionam um desempenho excelente mesmo sob condições muito difíceis – em

ambientes quentes, frios, ou altamente inflamáveis. Os transmissores de temperatura de ”montagem à cabeça” ou montagem em rack são instrumentos que proporcionam leituras de alta precisão, fiáveis e compatíveis com todo o tipo de sensores e sondas. Regulação, monitorização e registo Posicionadores inteligentes de válvulas são essenciais em qualquer estação de tratamento ou gestão de água. Sensores acústicos monitorizam bombas e identificam até mesmo o caudal mais pequeno, evitando falhas nos processos. Todos os valores principais de medição do processo podem ser gravados e arquivados, o que é muito importante para a comunicação com as autoridades. Peso e dosagem Na gestão da água, os sistemas de pesagem são especialmente importantes na área de tratamento de lamas e processamento. Telas de pesagem em contínuo, células de carga estática ou doseadores fornecem a melhor solução para qualquer tarefa de pesagem. Análise de gás Os sistemas de análise de gás monitorizam a composição de gases (CH4, H2S) em medições de emissões na fase da digestão e durante a incineração de lamas. Isto é conseguido, quer através de extracção com analisadores de gás por infravermelhos ou “in situ”, com base na tecnologia laser. PUB

Sensores nas ETAR'S  
Sensores nas ETAR'S  

Autor: Siemens, S.A; Revista: robótica nº84

Advertisement