Page 1

TA B E L A CO M PA R AT I VA Ricardo Sá e Silva

TABELA COMPARATIVA DE

SENSORES E TRANSDUTORES DE PRESSÃO A Pressão é uma das magnitudes que se medem com mais frequência na indústria, porque influencia directamente muitos outros processos. Também serve para conhecer outras variáveis, tais como o caudal, o nível. Além disso, observando que a pressão se mantém entre os valores previstos, verifica-se que tudo está a funcionar correctamente, e se isto não acontecer, alguns problemas, podem ser solucionados antes que ocorram consequências mais graves. Matematicamente a pressão é a razão:

p=

F A

Onde p é a pressão, F é a força, e A a área da pressão atmosférica. No sistema internacional, a pressão é medida em Newtons por metro quadrado, em que o nome da unidade que é mais usual é o Pascal. (1 Pa=1 Nm2) Dentro desta matéria, temos vários tipos de pressão, e consequentemente, existem vários instrumentos para os medir. Tipos de Pressão: • Pressão Relativa; • Pressão Atmosférica; • Pressão Hidráulica. A pressão relativa define-se como a diferença entre a pressão absoluta e a pressão atmosférica. Os aparelhos destinados a medir a pressão relativa são o manómetro e também o piezômetro. A pressão atmosférica mede-se com um barómetro, inventado por Torricelli. (Torricelli foi nomeado matemático do Grão-Duque e Professor de Matemática na Academia Florentina depois da morte de Galileu. A descoberta do princípio do barómetro que perpetuou a sua fama (“tubo de Torricelli”, “vácuo de Torricelli”) aconteceu em 1643. O torricelli (símbolo torr), uma unidade de pressão, recebeu o seu nome).

O termo pressão hidráulica refere-se a pressões transmitidas por fluidos, como óleos, em especial, em máquinas hidráulicas, em cilindros hidráulicos, em fenómenos relacionados com o princípio de Pascal, entre outros, em que as variações de pressão sofridas por um volume de um líquido são transmitidos integralmente a todos os pontos deste líquido e às paredes do recipiente onde este está contido. Um Transdutor, numa definição mais restrita (e a mais usual) é um dispositivo que transforma energia, utilizando para isso um elemento sensor. Por exemplo, um transdutor pode traduzir informação não eléctrica (velocidade, posição, temperatura, pH) em informação eléctrica (corrente, tensão, resistência). Um tipo curioso de transdutor é elaborado a partir de cristais naturais denominados cristais “piezoelétricos”, e estes transformam energia eléctrica em energia mecânica na relação de 1:1 (um sinal eléctrico para um sinal mecânico). Dentro da família dos Transdutores existem dois tipos distintos, os activos e os passivos: Transdutores activos são aqueles que dispõem de uma alimentação de energia. Neles, a maior parte da energia de saída é provida pela alimentação. Transdutores passivos são aqueles cuja energia de saída é proveniente unicamente (ou quase unicamente) da energia de entrada. Alguns exemplos de transdutores são o LVDT, Termopar, Termometro, entre outros. Na Tabela Comparativa que se segue tem algumas especificações, tanto para os Sensores como para os Transdutores de Pressão.

[82]

UREËWLFD

Tabela Comparativa de sensores e transdutores de pressão  

Autor: Ricardo Sá e Silva; Revista: robótica nº80

Tabela Comparativa de sensores e transdutores de pressão  

Autor: Ricardo Sá e Silva; Revista: robótica nº80

Advertisement