Page 1

Publi-Reportagem

Grundfos Portugal Tel.: +351 214 407 600 . Fax: +351 214 407 690 www.grundfos.pt

Visita de imprensa à instalações industriais da Grundfos na Dinamarca e na Alemanha por Luís Andrade Ferreira

Decorreu nos passados dias 24-26 de Abril de 2007 uma visita da imprensa especializada às instalações industriais da Grundfos situadas em Bjerringbro na Dinamarca, onde está situada a sede da empresa, e em Pfinztal (Söllingen) na Alemanha. Esta visita foi dirigida a jornalistas especialistas em assuntos relacionados com água e ambiente do Sul da Europa, uma das áreas de negócio mais importantes da empresa. A Públindustria participou, a convite da Grundfos, nesta visita.

1. INTRODUÇÃO A Gundfos foi fundada em 1945 por Poul Due Jensen. É hoje uma referência mundial na produção de bombas de água, produzindo anualmente mais de 10 milhões de bombas. A empresa está representada em 72 países. Cerca de 15 000 pessoas trabalham no grupo Grundfos em todo o mundo. Sendo uma empresa privada, actualmente cerca de 86% do capital da empresa pertence à Fundação Poul Due Jensen, tendo a família do fundador cerca de 12%, encontrando-se o restante capital distribuído pelos colaboradores da empresa. A Grundfos é reconhecida mundialmente pela fiabilidade dos seus produtos, credibilidade das soluções apresentadas e pela inovação constante dos seus serviços e produtos. O slogan da empresa BE>THINK>INNOVATE reflecte bem as preocupações da empresa na procura de novas e mais eficientes soluções para a utilização da água, recurso cada vez mais escasso e mal distribuído na superfície da Terra, face às cada vez maiores necessidades existentes.

O grupo de jornalistas que participou na visita às instalações da Grundfos.

2. VISITA ÀS INSTALAÇÕES DA GRUNDFOS DE BJERRINGBRO, DINAMARCA A visita às instalações industriais foi antecedida por uma apresentação da empresa por Carlo Prola, Vice Presidente Executivo do Grupo Grundfos. Nesta apresentação foram salientadas as principais realidades da empresa e, também, as actuais preocupações no desenvolvimento dos novos produtos. Assim, foi salientado que mais do que um fornecedor de bombas de água,

‘46 · MANUTENÇÃO

a Grundfos pretende ser um participante activo no encontro das soluções que melhor correspondam às necessidades dos seus clientes, minimizando os custos energéticos. Tal é conseguido optimizando a utilização dos sistemas de bombagem, adequando a sua capacidade às necessidades dos consumidores a jusante, através da constante pilotagem dos sistemas com recurso à electrónica, área em que a Grundfos foi pioneira em 1991. Por este facto e tendo em consideração que cerca de 85 % dos custos totais das bombas de água ao longo de todo o seu ciclo de vida se devem ao consumo de energia, qualquer ganho energético é sempre bem-vindo. O facto da empresa fabricar os motores que aplica, assim como desenvolve e fabrica os sistemas electrónicos integrados, permite uma maior eficácia no controlo do funcionamento das bombas. Para se ter uma ideia da importância que a empresa atribui aos problemas ambientais, foi salientado o facto de todas as bombas de água a desenvolver até 2009 devem consumir menos 5% de energia que as actuais, que já são consideradas das mais eficientes entre as existentes no mercado. Também, todos os novos produtos devem requerer uma menor quantidade de materiais para serem fabricados, o que implica entre outras coisas, menores desperdícios na fase de produção e uma optimização do projecto. Por fim, 90 a 99% dos materiais das bombas podem ser reciclados no fim da sua vida útil. Foi por outro lado afirmado que uma política sustentada de inovação só o pode ser se a empresa apostar decididamente em políticas activas de investigação e desenvolvimento. Cerca de 4% do turnover da empresa são aplicados nestas áreas, numa constante interacção com as universidades da Dinamarca e de outros países. Dentro da política de desenvolvimento de soluções integradas para os clientes, a Grundfos iniciou há alguns anos o desenvolvimento de uma nova linha de produtos, as bombas doseadoras, com uma aplicação particular em sistemas de tratamento e desinfecção de águas, tendo integrado a empresa alemã Alldos em 2005. O neto do fundador da empresa, também ele Poul Due Jensen, explicou o interesse da empresa no desenvolvimento de bombas doseadoras desde 1994, com o aparecimento de uma linha específica a partir dessa altura. A integração da empresa alemã Alldos, especialista neste tipo de bombas, permitiu ter acesso a novos produtos e a novos mercados, alargando a área de intervenção do Grupo Grundfos. A nova empresa, a Grundfos Alldos mantém a sua independência relativamente à investigação e desenvolvimento de novos produtos no sector das bombas doseadoras e aos sistemas de desinfecção.


Publi-Reportagem

compra de uma empresa com tradição no mercado e com soluções inovadoras, a Alldos. Esta empresa, fundada em 1968, possui um gama de produtos destinada ao tratamento de águas, quer sejam de águas em circuito aberto (ex: fornecimento de água potável) ou em circuito fechado (ex: tratamento de águas em piscinas). Tem também capacidade de produzir equipamentos para tratamento de águas industriais, limpas ou residuais. A Grundfos Alldos mantém um centro de investigação próprio, que desenvolve os seus produtos, aproveitando as sinergias com o centro tecnológico existente na Dinamarca. Colabora também com a Universidade Técnica de Karlsrhue, uma das principais universidades alemãs. Dentro da gama de produtos desta unidade salientam-se as bombas doseadoras digitais, as bombas doseadoras mecânicas, os sistemas de desinfecção e os sistemas de medição e controlo. Dentro de uma perspectiva de apresentação de soluções integradas aos clientes, a Grundfos Alldos fornece sistemas “chave na mão“ quando tal é requerido. As bombas doseadoras digitais DME apresentam-se como a opção mais moderna para o doseamento de produtos em líquidos, fazendo uso de uma tecnologia própria à empresa com recurso à utilização de motores passo a passo, que permitem introduzir a cada momento a quantidade necessária de químicos no líquido, de acordo com as necessidades. Tal permite, segundo a Alldos, uma poupança de cerca de 30% em produtos químicos anualmente, por exemplo no tratamento da água de uma piscina municipal, com todas as vantagens económicas e ambientais, assim como uma maior comodidade de utilização para os utentes, evitando o excesso de produtos químicos na água como o Cloro e mantendo um pH correcto a cada instante. São, por isso, apresentadas como sendo mais eficientes que as tradicionais bombas de solenoide, que sendo mais baratas na aquisição, têm um custo mais elevado ao longo do ciclo de vida e são menos fiáveis.

uma tecnologia mais flexível de doseamento de produtos por parte das bombas, permite aumentar a eficiência dos sistemas.

Gama de bombas doseadoras da Grundfos Alldos.

Uma visita às instalações fabris permitiu ver como as sinergias de um grupo industrial como a Grundfos podem melhorar a capacidade produtivas de uma empresa de pequena dimensão como a Alldos, sem que esta perca a sua criatividade e dinamismo. A viagem terminou com a visita a um parque de diversões aquático com capacidade para no Verão receber até 1000 visitantes/dia, onde ficou demonstrado o elevado grau de eficácia dos sistemas implementados pela Grundfos Alldos, quer na manutenção da qualidade da água das diferentes piscinas, quer na eficácia de utilização de produtos químicos no tratamento dessa mesma água ao longo do tempo. A quantidade de água tratada é de 3 200m3 nas piscinas interiores e de 1 500 m 3 nas piscinas interiores. O responsável técnico da piscina salientou o bom desempenho dos sistemas instalados, aliado aos materiais utilizados no revestimento das piscinas, neste caso o aço inox. Apesar do investimento inicial ter sido cerca de 50 % superior ao das soluções tradicionais, o retorno do investimento foi conseguido ao fim de dois anos e meio, com uma melhor qualidade de serviço prestado à comunidade.

Com apenas nove modelos de bombas doseadoras, a gama Grundfos Alldos DME cobre uma gama de caudais e pressões muito vasta.

As bombas doseadoras digitais são ainda fáceis de utilizar, já que é possível integrá-las em sistemas de monitorização da qualidade da água, sendo possível observar no monitor da bomba os diferentes parâmetros, como caudais, pressão e características próprias ao fluído como o pH. A Grundfos Alldos tem ainda a possibilidade de desenvolver sistemas de desinfecção de águas por processos outros que os químicos, como por exemplo através da utilização de raios UV ou do ozono. Uma competência própria à Alldos muito importante é a relativa aos sistemas de medida e controlo, que permitem a cada momento controlar os mais variados parâmetros da água. São estes equipamentos, que aliados a

‘48 · MANUTENÇÃO

Vista parcial do spa “SaSch“, situado em Bruchsal, perto de Karlsruhe, na Alemanha. Nota: A visita às instalações da Grundfos e da Grundfos Alldos foi patrocinada pela Grundfos Portugal, S.A., a quem a Publindústria agradece as facilidades concedidas.

Visita d imprensa à instalações industriais da Grundfos na Dinamarca e na Alemanha  

Autor: Grundfos Portugal; Revista: Manutenção nº93

Visita d imprensa à instalações industriais da Grundfos na Dinamarca e na Alemanha  

Autor: Grundfos Portugal; Revista: Manutenção nº93

Advertisement