Page 1

Figuras

Resumo biográfico de Amadeu Ferreira da Silva

Amadeu Moura Ferreira da Silva, nascido a 20 de fevereiro de 1934, no Porto,

empresa lhe confiassem desde muito cedo obras de grande importância.

muito cedo começou a contactar com o mundo dos materiais elétricos através

Por volta dos vinte anos, já fazia parte da

da antiga empresa de engenheiros “G.

equipa que esta empresa destacou para

Perez, Lda” representante na altura

trabalhar na “Barragem de Picote”.

em Portugal dos ascensores suíços Schlieren, do Porto.

Aos vinte e quatro anos, nomeado chefe de montagens, foi transferido para Lisboa,

O seu pai, António Ferreira da Silva Júnior

tendo ficado responsável pela instalação

foi nesta empresa também um técnico es-

e montagem do elevador num dos pilares

pecializado e desde muito cedo começou a

do Cristo-Rei com uma equipa de cinco co-

levar os filhos com ele para a empresa nas

legas.

férias da escola. Pode-se imaginar o esforço e o engenho

Mais informações:

Rapaz sagaz, curioso e inteligente desde mui-

que foram necessários àqueles homens

Pesquisa Google: “Elevador vai durar

to cedo começou a ter a estima e carinho dos

para que, no espaço de quinze meses, com

mais 50 anos” ou http://videos.sapo.pt

trabalhadores mais velhos e até dos pró-

as escassas ajudas técnicas que existiam

prios donos desta empresa que, como ele

naquela época, tivessem pronto no prazo

considerava, foi a sua “Maior Universidade”.

previsto o elevador “Schlieren”.

aquilo que construía, apesar de todos os contratempos por que tinha passado. Dedi-

Foi ali que, depois de ter completado o ciclo

Atualmente, continua a funcionar como no

cou grande atenção a todos os projetos em

preparatório da “Escola Industrial Infante D.

primeiro dia e está apto para funcionar por

que participou, mas demonstrava um cari-

Henrique” no Porto, se quis empregar e con-

mais uns largos anos. “A Schlieren”, empre-

nho especial pelo “projeto do Cristo-Rei” e

tinuar a aprender com aqueles que já muito

sa suíça, que faliu nos finais dos anos seten-

pelo “Projeto da EDP”da Rua Camilo Castelo

respeitava pelo empenhamento, dedicação

ta do século passado apostava na qualidade

Branco, 43 em Lisboa.

e capacidade de ensino aos mais novos.

e segurança dos materiais para que estes

Mas esta era só uma das vertentes que ele

tivessem uma longa duração e segurança

Como lembrava muitas vezes, parafrase-

para os utentes.

ando Lavoisier, "na natureza nada se cria,

considerava muito importante, e que acha-

nada se perde, tudo se transforma". Era esta

va não ser suficiente e por isso continuou a

Desta qualidade era adepto Amadeu Ferrei-

máxima que servia para pautar tudo quan-

estudar no curso noturno da escola acima

ra da Silva, pois conhecia deveras os com-

to fazia. No seu trabalho, tentava todos os

referida. Como Amadeu Ferreira da Silva di-

ponentes da marca, dado que tinha estuda-

dias aprender e descobrir algo de relevante,

zia: para toda a prática havia sempre uma

do profundamente todos os seus atributos.

que lhe garantiu o reconhecimento de téc-

razão teórica e toda a teoria somente fazia

Entre eles estava o sistema de pára-quedas

nico conhecedor, responsável e eficiente.

sentido quando podia ser aplicada à prática.

que garantia a segurança das pessoas que

Na sua vida pessoal, em que o seu traba-

Continuou a estudar, chegando a frequentar

se encontravam dentro da cabine em caso

lho era uma das suas principais paixões,

o antigo “Instituto Industrial”, cujo curso não

de desprendimento dos cabos, que em 1970

tentou transformar os seus valores e co-

terminou, pois a sua opção a tempo inteiro

ainda não era conhecido pelos engenheiros

nhecimentos em sabedoria, o que fez deste

foi a dedicação à “G. Perez Lda”.

portugueses.

“Homem”, uma pessoa, solidária, atenciosa, amante de valores altruístas e da partilha

O seu interesse, empenhamento e perfecio-

Falava do seu trabalho com uma paixão

dos seus conhecimentos, com todos os que

nismo, fez com que os responsáveis desta

intensa, própria de quem amava a vida e

com ele lidavam.

elevare 39

Resumo biográfico de Amadeu Ferreira da Silva  
Resumo biográfico de Amadeu Ferreira da Silva  

Autor: Revista Elevare; Revista: oelectricista/elevare nº40

Advertisement