Page 1

ARTIGO TÉCNICO

revista técnico-profissional

o electricista

123

Marta Machado Quitérios

quadro de colunas ou/e

centralização de contagem 803.0 - Instalação coletiva: “... Uma instalação coletiva pode ter o seu início numa ou mais portinholas ou diretamente no próprio Quadro de Colunas.”

LEGISLAÇÃO EM VIGOR

A escolha do tipo de distribuição de energia na instalação coletiva depende sempre do tipo de instalação de utilização a que se destina,

tendo em conta a flexibilidade, fiabilidade da instalação e sua viabilidade económica (Figura 1). A distribuição de energia numa instalação coletiva pode ser realizada através de uma ou mais colunas montantes, que derivam das proteções de saída dos Quadros de Colunas para as caixas de coluna que alimentam as várias instalações de utilização. Esta solução permite que a distribuição seja feita de forma radial e implica que os contadores sejam instalados junto às instalações de utilização a que se destinam. Pode-se optar pela instalação de uma Centralização de Contagem (bateria de contadores) onde, para além da função de proteção, contagem e respetiva distribuição de energia para as instalações de utilização do Edifício, garante-se a centralização dos contadores de energia. Esta solução é habitualmente recomendada pelo distribuidor de energia, quer se tratem de contadores centralizados junto ao hall na entrada do edifício ou contadores centralizados por piso (Figura 2).

Figura 1 . Instalação coletiva com Quadro de Colunas. Derivação para coluna

Figura 2 . Instalação coletiva com Centralização de Contagem. Derivação dos

montante e Serviços Comuns.

contadores de energia para as entradas das respetivas instalações de utilização.

Esta definição, expressa nas Regras Técnicas das Instalações Elétricas de Baixa Tensão (RTIEBT) publicadas pela Portaria n.º 949-A/2006 de 11 de setembro, realça a grande importância da função do Quadro de Colunas na Instalação Coletiva, pois é através deste que se opta pelo tipo de distribuição (radial) a adotar num Edifício Coletivo. Os requisitos quanto à constituição dos Quadros de Colunas mantêm-se por recomendação da Certiel (Boletim Informativo n.º 33), apesar da Norma Portuguesa NP1271 (Quadros de Colunas) ter sido revogada em outubro de 2009, estando por isso sujeito ao cumprimento normativo da EN 61439:2009 – Aparelhagem de Baixa Tensão e RTIEBT.

Estruturas de Distribuição de Energia

Quadro de colunas ou/e centralização de contagem  
Quadro de colunas ou/e centralização de contagem  

Autor: Marta Machado; Revista: oelectricista/projecto nº39

Advertisement