Page 1

DOSSIER

revista técnico-profissional

98

o electricista Schneider Electric Portugal

o ciclo da eficiência energética em 4 passos Actualmente, num contexto global de aumento permanente dos custos de energia, aliado à crise económica, em que se vive, torna-se cada vez mais premente a preocupação com a sustentabilidade e o futuro do planeta, bem como com a poupança energética. Em todo o mundo, a população começa cada vez mais a estar consciente da necessidade de poupar em termos energéticos, controlar a poluição e reduzir as emissões de gases com efeito de estufa para travar as alterações climáticas.

sos sectores de actividade, devendo a Eficiência Energética ser entendida, não apenas como uma medida pontual e avulsa, mas sim como um processo cíclico de melhoria contínua baseado em 4 etapas:

QUANDO é utilizada a energia, isto é, devese fazer uma desagregação dos consumos energéticos, de forma a analisar e determinar onde encontramos os maiores desperdícios de Energia, e assim detectar oportunidades de economia de energia.

Em Portugal, foram criadas legislações específicas para cada área de mercado, sendo que em qualquer uma, o foco é no desenvolvimento de estratégias de Eficiência Energética a ser implementadas nos diver-

1› MEDIR E ANALISAR OS CONSUMOS DE ENERGIA

No caso das empresas, é frequente efectuar-se uma auditoria energética detalhada, contudo, em muitos casos uma simples caracterização energética da instalação, permitirá ter um retrato energético fidedigno, com benefícios não só em termos de custos como também em termos de uma maior rapidez na análise dos dados recolhidos.

Nesta etapa deve-se efectuar uma recolha de informação o mais completa possível, nomeadamente, perceber QUANTO, ONDE E

2› ESTABELECER AS BASES E DECIDIR O ESSENCIAL Após a recolha e análise de dados de consumos de energia, é necessário estabelecer para cada área/equipamento, as acções mais eficazes de redução de consumos. Nesta fase deve-se decidir quais as melhores estratégias a aplicar, se medidas de Eficiência Energética Passiva; ou medidas de Eficiência Energética Activa, ou combinando os dois tipos de medidas. Deve-se mesmo efectuar um plano de implementação dessas medidas, colocando as que têm um maior impacto na redução

O ciclo da eficiência energética em 4 passos  
O ciclo da eficiência energética em 4 passos  

Autor: Schneider Electric Portugal; Revista: oelectricista nº38

Advertisement