Page 1

Dossier: acessibilidade

Mobilidade das pessoas portadoras de deficiência Francisco Craveiro Duarte

TÓPICOS ›

Atitude social, obrigações nacionais e europeias;

Responsabilidade social da indústria;

Exigência no cumprimento da legislação;

Iniciativa para a sensibilização e fiscalização;

Impactos económicos e financeiros;

Conclusão;

Documentos de referência.

Como introdução vou falar-vos de uma cur-

entre o hotel e o local da conferência? Que

que poderia ter tido o mesmo serviço sem

ta experiencia pessoal quando acompanhei

tempo prever para o transporte e acesso

qualquer necessidade da minha presença.

numa deslocação de avião a Bruxelas, uma

ao local do evento? Todas estas questões

pessoa portadora de deficiência motora,

que me assaltaram eram para mim novas

Aprendi de facto muito com o acompanha-

viagem precisamente destinada a assistir

e praticamente não se põem à generalidade

mento do nosso convidado e principalmen-

a um evento sensibilizador das responsa-

das pessoas… exceto se temporariamente

te apercebi-me da necessidade e obrigação

bilidades que a sociedade tem para com

não foram remetidos à condição de menor

da sociedade (e naturalmente os agentes

os seus membros que, por motivos tran-

mobilidade, por exemplo por qualquer pe-

que fornecem bens e serviços) de ter estas

sitórios ou definitivos, têm limitações físi-

queno acidente desportivo ou convalescen-

questões bem presentes e soluções obriga-

cas que dificultam as suas relações com a

ça de cirurgia!

toriamente disponíveis e planeadas.

Abrevio aqui a perceção que me ficou desta

Por exemplo, o adquirente de um aparta-

experiência de há alguns anos atrás.

mento, aonde possivelmente vai residir

sociedade. Tratava-se de um convidado da ANIEER en-

durante umas dezenas de anos, durante os

quanto representante de uma instituição No nosso País a simpatia era sempre evi-

quais muitas coisas acontecem, algumas

dente e inexcedível mas o tempo corria

delas por ventura menos felizes, ser dra-

Desde logo me apercebi, para uma pessoa

interminável até que surgissem soluções

maticamente surpreendido anos depois da

portadora de deficiência, da importante ne-

para os obstáculos que, em série, surpre-

aquisição com a existência de obstáculos

cessidade de preparação de qualquer deslo-

endiam, pelo menos aparentemente, quem

que não imaginara, nem legalmente deviam

cação por mais simples que seja. Como fiquei

tinha de os resolver.

existir. Mais, por vezes desconhecendo os

pública.

seus direitos, sujeita-se aos custos e às

com a responsabilidade de acompanhar o nosso convidado, a ansiedade apoderou-se

Pelo contrário em Bruxelas as soluções

consequências da sua resolução tardia sem

de mim quando antecipei diversos momen-

pareciam aparecer antes que as questões

ser ressarcido.

tos: como preparar o embarque no avião?

surgissem, desde o desembarque prioritá-

Pré-aviso? Para que serviço? Quando? Aon-

rio com os meios adequados, uma coleta

A atitude social tem vindo a revelar-se

de nos apresentamos para o “check-in”?

de bagagem, em que se incluía a cadeira

sensível mas com timidez ou inércia e isso

A chegada ao destino deveria ser preparada

de rodas, imediata, a um caminho de saída

é muito claro com a constatação perma-

antecipadamente? Na marcação de hotel as

alternativo e direto ao transporte especial

nente, como exemplo, do estacionamento

condições a solicitar, em particular do quar-

cujo condutor nos acompanhou até ao piso

irregular que obstaculiza a mobilidade dos

to a reservar, estariam preenchidas por

dos quartos do hotel, tudo isto sem qual-

peões que muitas vezes optam pela troca

princípio, ou exigiam uma procura cuidado-

quer planeamento prévio mas resultante

de posições ao deslocarem-se nas faixas de

sa? Como garantir o transporte adequado

de estar identificada a condição do cliente,

rodagem.

34

elevare

Mobilidade das pessoas portadoras de deficiência  

Autor: Francisco Craveiro Duarte; Revista: Elevare nº1

Mobilidade das pessoas portadoras de deficiência  

Autor: Francisco Craveiro Duarte; Revista: Elevare nº1

Advertisement