Issuu on Google+

Jornal

cidade

Curta nossa Fan Page e fique bem informado.

facebook.com/jornalcidadeemfocosrv

em foco

SRV

VE

NDA

CORTESIA

Ano 1 - Edição 26 - Santa Rosa de Viterbo, 19 de julho de 2013

Foi fazer graça na Avenida e acabou pagando caro

Motociclista se arrisca e arrisca vida de pessoas durante o evento Esquenta Santa Rosa

José Jurandir é campeão do 1º Trip Trail de São Sebastião da Grama

Um cidadão, querendo aparecer, fez manobras perigosas com uma moto em plena Avenida Presidente Vargas. Não deu outra: foi denunciado, moto apreendida e multas. Art. 175: Utilizar-se de veículo para, em via pública, demonstrar ou exibir manobra perigosa, arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus. Infração – gravíssima. Penalidade multa, suspensão do direito de dirigir e apreensão do veículo. Medida administrativa - recolhimento do documento de habilitação e remoção do veículo. Atenderam a ocorrência policiais Ronaldo e Ravanelli.

Página 15

Garoto de 5 anos se destaca no Mundo Country

Página 11

Opinião do Cidadão

Não há Empregos ou não há Profissionais?

É possível desligar a internet globalmente?

Problemas na mobilidade urbana incomoda cidadãos Página 5

Sebrae Ribeirão Preto subsidia caravana empresarial para o Mega Polo Página 7

Página 7

Página 9


2

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1

Oferta válida para essa sexta e sábado

3


4

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1

Não há Empregos ou não há Profissionais? Opinião do Cidadão

Tio Dani Olá pessoal. Tenho visto por ai muitas reclamações e questionamentos por parte dos jovens a respeito de empregos que a cidade ainda não tem. Então o que acham de se fazer ai uma enquete ou até mesmo uma pequena pesquisa sobre profissões que mais se tem aqui no Município e a faixa etária dos profissionais já formados, bem como também quantos +/- não há nenhuma formação, para se ter uma idéia do que Santa Rosa realmente precisa? Pois sabemos que cada vez mais os empregadores exigem por decorrência de leis que seus contratados sejam cada vez mais

capacitados e não é preciso pesquisar muito para ver que Santa Rosa ainda deve e muito nesse quesito (“QUALIFICAÇÃO E OU PREPARAÇÃO DE PROFISSIONAIS”). E ai, tem jeito?

Curtiram:

Ritinha Teixeira e Nathalia Angélica

Comentaram: Henrique Gil:  Gostaria de criar uma polêmica: quantas pessoas terminaram um curso técnico da cidade (Geraldo Magela ou ETEC) e estão empregados na área? Ou melhor: quantos formandos abandonaram seus [atuais] empregos para seguir carreira na área de

formação? Renan Romeiro:  Infelizmente em Santa Rosa é quase impossível de se arrumar um emprego onde se ganhe em média 3 salários mínimos, sendo que temos apenas as opções de se trabalhar como operário em usina e fábrica, trabalhar para pequenos comerciantes urbanos ou virar um desses pequenos comerciantes. Esse fato vai na contramão da capacitação que obtemos na cidade sendo que temos cursos profissionalizantes e técnicos para áreas saturadas e não temos emprego suficiente para esses novos profissionais. O jeito mesmo é sair da cidade como eu fiz e tentar a vida em outro lugar onde se tem uma variedade de escolhas

maior. Henrique Gil:  Concordo com você Renan, não há emprego para a qualificação de mão-de-obra oferecida!

Renan Romeiro

Henrique Gil

Problemas na mobilidade urbana incomoda cidadãos

Luiz Coutinho

Santa Rosa de Viterbo apesar de ser uma cidade pequena tem alguns problemas pontuais que existe em qualquer município brasileiro: Um deles é o problema da mobilidade urbana. Aqui há 2 ônibus “circular” durante a semana e aos sábados e domingos apenas um coletivo faz a linha na cidade toda. Muitos usuários reclamam

,e com razão desta insuficiência de transporte público e quando embarcam se deparam com alguns ônibus antigos, alguns motoristas apressadinhos, que falam ao celular, esquecem dos pontos, etc, etc. Isso deve ser analisado e colocado em pauta neste importante grupo de opiniões.

Curtiram:

Dany Stefaneli, Luiz Augusto Coutinho, Juh Faceto Alves, Tio Dani

dependem desse transporte precário para se locomover na cidade.

Renan Romeiro

Comentaram: Renan Romeiro  Em Santa Rosa é mais rápido ir a pé do Saracura ao Teto do que esperar o circular, e isso se deve ao fato da empresa responsável pelo transporte não ter concorrentes nem cobrança do Poder Público. Fico com pena das pessoas que

Juh Faceto Alves  E além desse amadorismo todo, tem coragem de subir o preço da passagem. E só entra sem pagar maiores de 65 anos. Se você tem 60, esqueça.

Juh Faceto Alves

5

COISAS QUE A MAIORIA DE NÓS NÃO SABE O conhecimento adquirido via ensino formal até o nível superior era privilégio de poucos. Assim mesmo, conhecimento específico mais aprofundado sobre determinadas áreas demandava tempo e dedicação ao estudo e trabalho de pesquisa. por João de Bem A leitura só era possível jotabem@bol.com.br em publicações escritas – livros, jornais e revistas. Poucos eram leitores – por falta de tempo, não tinham vontade ou mesmo, por não saberem ler ou interpretar o que liam. Hoje a coisa mudou. Com o advento da Internet e dos inúmeros mecanismos de acesso a rede, qualquer ser humano com pouco conhecimento pode acessar o que quiser e ter informação sobre qualquer coisa. Aqueles que aprenderam por força da profissão, outros por dever de ofício que precisam aprimorar o saber de seus conhecimentos enriquecendo-os com atualidades relativas ao que fazem se valem dos recursos proporcionados pela rede mundial de computadores, onde encontram quase tudo que precisam em termos de informação em qualquer nível de conhecimento. Outros que desejarem melhorar conhecimentos genéricos, ampliar seu vocabulário preparando-se para discussões em qualquer nível sobre assuntos variados, encontram subsídios na fantástica e atual Internet. A televisão também acrescenta informação diferentemente da Internet. Na telinha, na maioria das vezes, a informação é dirigida, ou melhor, editada convenientemente visando determinado público ou objetivo definido por interesse – da própria empresa ou do patrocinador, assim como se faz na propaganda convencional, com um pouco menos de ostensividade. Uma das “coisas” que ouvimos com frequência – teste de DNA. Sabemos que serve para determinar quem é o pai ou mãe da criança. Entre humanos somente gêmeos univitelinos tem o mesmo DNA. Para todos nós outros, há uma pequena diferença, o que nos faz ser único. Como animal humano, leigo, é espantoso sabermos que uma espécie de macaco denominada “bombo” tem quase o mesmo DNA nosso – a diferença é de apenas 1,2%! O mais incrível está em nossa relação genética com os ratos – a compatibilidade é de 97,5%! Com os gatos é um pouco menor – 95%. Com a vaca entre 75 e 80%. Um “peixinho zebra” tem 70%. Com os vegetais temos compatibilidade de 50% com a banana e 40% com o repolho! Incrível, não? Nada a ver – mas vai que nossos políticos, por força do hábito, substituíram a qualidade humana atrelada ao DNA para correspondentes “qualidades” de gato e rato? Os sintomas estão por toda a “família” política! Naturalmente o gato é o predador natural do rato, mas nesse caso a natureza de um e de outro se fundiu. Sem predadores proliferam a olhos vistos e rapidamente se recompõe dos desconfortáveis protestos acéfalos! Malandros, adiaram quase tudo na pauta para agosto e de lá... adeus reforma política! Nenhum deles quer – seria a ratoeira para muitos “coronéis”. O teatro segue – o próximo ato é a visita do Papa funcionando como calmante para a “macacada” agitada.


6

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1

José Jurandir é campeão do 1º Trip Trail de São Sebastião da Grama Neste ultimo domingo 14/07 foi realizada na cidade de São Sebastião da Grama o 1° Trip Trail circuito de Mountain Bike. Com um percurso de aproximadamente 40 km de pura montanha que chegaram a 9% de inclinação uma prova de desafio pessoal onde os atletas demonstraram muita força e vontade de vencer, nosso ciclista José Jurandir, determinado, mostrou o resultado de seu intenso treinamento e conquistou a 1º colocação sagrando-se assim campeão da prova. José Jurandir está muito feliz e satisfeito com mais esse resultado positivo e mais feliz ainda por levar o nome de Santa Rosa ao lugar mais alto do pódio. O atleta agora se prepara para um dos maiores desafios da temporada, que é o Campeonato Brasileiro de XCO que acontecerá na próxima semana na cidade de

Juiz de Fora - MG. Por toda Santa Rosa atletas e simpatizantes do esporte torcem para que o atleta conquiste o tão sonhado medalhão de campeão brasileiro.

Expediente Direção Geral Jaqueline Lasarete de Bem (16) 8169.1340 Jornalista Responsável Alexandre Neri Xavier MTB – 26.599 Impresssão Gráfica Primeira Página (16) 3373.7373

Colaboradores João de Bem Alex Cássio Pereira Felipe Palomares André Nader Eduardo Bertocco Rodolfo Ap. da Silva Soma Design e Publicidade Cristina Yazbek Renata Brunelli Ricardo Costa

cidadeemfocosrv@gmail.com

Sebrae Ribeirão Preto subsidia caravana empresarial para o Mega Polo O escritório regional do Sebrae-SP está com vagas abertas para uma missão empresarial para o Mega Polo – maior shopping atacadista e de pronta-entrega do setor da América Latina, localizado no bairro do Brás, em São Paulo. Duas vezes por ano, o shopping realiza desfiles nos lançamentos das coleções outono-inverno e primavera-verão, que apontam ao mercado brasileiro as tendências das estações. A missão será no dia 30 julho, partindo da sede do Sebrae-SP em Ribeirão Preto às 05:00 horas, com previsão de retorno às 17:30. O valor do transporte para cada empresário é de R$ 30,00. Interessados em participar, devem entrar em contato com o Sebrae-SP pelo telefone (16) 3621-4050 e fazer inscrição com antecedência. Livia Borges - Máquina Public Relations a serviço do Sebrae-SP

7

“A Leveza do Amor...”O evangelho de hoje é um convite muito sério para refletir sobre tudo o que fazemos e principalmente nossos trabalhos pastorais. Jesus fala de um fardo pesado que nos cansa e traz grande fadiga, Padre Alex Cássio Pereira naquele tempo era a observância das leis de Moisés, que os Fariseus haviam multiplicado e como Guardiães da Lei, se davam ao direito de cobrar e exigir de toda a assembléia de maneira minuciosa, todos aqueles preceitos. De igual modo hoje há em nossa igreja o perigo de um ativismo exagerado onde perdemos a noção daquilo que é essencial, que é sempre ter em vista o “Por que” fazemos. Os sintomas de fardo pesado sempre aparecem: são as brigas pelo poder, as discussões, desentendimentos, falta de compreensão e de paciência no relacionamento entre as pessoas de uma equipe, pastoral ou movimento. Uma das equipes de serviço que mais evidencia esse Julgo Pesado,  é a equipe de eventos, espelho e reflexo do restante da comunidade. Se nessa equipe faltar: alegria, solidariedade, companheirismo, misericórdia, compreensão, pode saber que o restante das lideranças também está contaminado. O que Jesus nos pede é para que o busquemos para sentirmos alívio em nosso fardo, e daí aquilo que é uma obrigação, e que vou arrastando entre gemidos, queixas e lamúrias, se torna leve, suave, alegre. Qual o segredo de Jesus? Exatamente o FAZER com e por AMOR. Jesus colocou um julgo diferente dos Fariseus: o Amor que se doa, que serve a todos, e que se entrega. Ele o tomou por primeiro ao carregar a cruz, sem praguejar, sem queixar-se, sem lamuriar-se e sem decepcionar-se com os homens que o condenaram. Na comunidade há os que exigem e sempre reclamam, há os que querem dominar mas há outros que se entregam, se doam, sempre com alegria, tornando aquela ação prazerosa. Estes são os que fazem por amor, os que buscaram a Jesus e transformaram o peso insuportável das obrigações cristãs, na leveza do Amor que a todos ama e serve,  exatamente como Jesus. Na Comunidade nada façamos por mera obrigação, mas por amor, e chega de nos valorizarmos a todo o momento, afirmando ou pensando que, sem nós o trabalho não será feito. Que o nosso amor cristão se traduza unicamente em serviço, sempre feito na leveza do Amor, que gera em nós esta incontida e santa alegria no Senhor. 


8

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

9

Edição 26 - Ano 1

Informática É POSSÍVEL DESLIGAR A INTERNET GLOBALMENTE?

Governos do mundo todo precisariam estar alinhados em ação simultânea para desativar a internet por completo. Por Adriana Tempesta Recentemente, um parlamentar russo acusou os Estados Unidos de ser o único país capaz de desligar a internet do mundo todo. Segundo o congressista, esse tipo de mecanismo deveria ser regulado por uma entidade internacional, como uma organização da ONU criada para regular as telecomunicações da Terra. Mas será que tudo isso faz sentido? Durante a Guerra Fria, os Estados Unidos iniciaram o desenvolvimento de uma forma de comunicação que não pudesse ser interrompida caso parte das instalações militares do país fosse atacada. Portanto, se levarmos em conta o fato de que a descentralização está no cerne da estrutura da internet, fica difícil considerar essas especulações. Porém, depois do aparecimento de projetos secretos como o PRISM, o nível de des-

confiança sobre essas questões aumentou demais e, a cada dia, novos rumores chegam à internet. Mas, afinal, existe algo parecido com um “botão” para desligar a internet? É possível interromper a internet no mundo todo?

O caso dos servidores-raízes Como sabemos, toda máquina conectada à internet possui um endereço IP atribuído a ela, uma espécie de identificador que possibilita a comunicação. E para que ninguém tenha que decorar um monte de números estranhos, existem servidores de nomes (DNS) que atribuem endereços mais legíveis a esses IPs. Graças a esses servidores você pode digitar a URL “google.com” em um navegador web, em vez de “74.125.234.70”. Esses servidores são parte crucial do bom funcionamento da web e, portanto, derrubá-los

traria grandes danos à World Wide Web. Porém, ao contrário das muitas mensagens que circulam pela internet, esses servidores não formam o temido “botão desligar” da rede. Há quem diga que todos os servidores-raízes da internet ficam em solo norte-americano, mas, como podemos ver no mapa abaixo, fornecido pelo  root-servers.org, a informação é falsa. Há servidores como esses espalhados pelo mundo todo.

Internet pode ser quebrada, mas não interrompida Além disso, o próprio pai da web, Tim Berners-Lee, nega a possibilidade de que a rede possa ser desligada. “Da forma como é projetada, a internet é bastante descentralizada. Hoje, como países se conectam uns com os outros de maneiras muito distintas, não existe um

botão de desligar, ou seja, não há um local central onde você possa desligá-la”, afirmou o inventor em entrevista para o site Mirror. Quem confirma a informação é Jim Cowie, co-fundador da Renesys, uma empresa de inteligência voltada para a internet. Em entrevista para a  CNN, Cowie afirmou que a internet pode ser “quebrada”, mas não desligada: “A parte mais divertida da internet é que se você separá-la ao meio, as duas partes funcionarão como internets separadas ”.

Os 7 guardiões da internet Tempos atrás, uma notícia que parecia ter saído de um romance de Dan Brown fez sucesso na internet. Segundo matéria publicada pela PopSci, “chaves” da internet foram distribuídas para 7 pessoas anônimas ao redor do globo. Assim,

em caso de uma catástrofe que prejudique a World Wide Web globalmente, esses “guardiões” podem se reunir e ajudar a restabelecer a ordem virtual. A medida foi definida pela Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), uma organização sem fins lucrativos e que tem acesso a um sistema de segurança destinado a proteger os usuários de fraudes e ataques cibernéticos. Parte desse esquema de segurança é constituída pelo Domain Name System Security (DNSSEC), um protocolo de segurança que garante que os websites estão registrados e autenticados, assegurando que você chegue ao site correto quando acessa uma URL, e não a uma página similar e repleta de scripts maliciosos. Os principais servidores do planeta fazem parte do DNSSEC e, durante um ataque muito grande, o serviço pode interromper a conexão entre esses servidores para protegê -los e conter a ameaça. Quando isso acontecer, as sete pessoas escolhidas pelo projeto são convocadas para reiniciar o sistema e garantir que tudo volte ao normal. Por mais romântica que pareça a idéia, esses guardiões não receberam uma chave propriamente dita. Na verdade, o que eles agora protegem são smart cards com trechos de um código necessário para a reinicialização. E para que esse código seja reconstruído, é preciso que pelo menos cinco das sete pessoas se reúnam em uma base norte-americana. Os portadores dos cartões estão espalhados por países como Grã-Bretanha, Estados Unidos, Burkina Faso, Trinidad e Tobago, Canadá, China e república tcheca. Fonte:  Mirror,  PopSci,  CNN,  Skeptics,  Root-Servers


10

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1

Garoto de 5 anos se destaca no Mundo Country Como em todos os esportes, atletas são descobertos bem cedo e estamos tendo o privilégio de ver a iniciação de um. Eduardo Fornari Campanini de 5 anos é um garoto prodígio e sonha, em seu esporte, em participar de uma Olimpíada. Montando cavalos desde os 3 anos, com apoio de seus pais Fabricio e Adriana, o jovem cavaleiro se divertia no sitio do avô Nenê Campanini . O que era diversão virou esporte e há 5 meses ele treina Hipismo no Centro de Treinamento Dalton Maia, aqui em Santa Rosa e já participa de competições. Eduardinho, como é conhecido no meio, iniciou os treinamentos com o treinador “Dão” de Santa Rita do Passa Quatro, onde adquiriu equilíbrio, técnica e disciplina, exigidos pelo esporte. Com o professor Dalton Maia, iniciou-se no Hipismo e foi incentivado a participar de torneios e

hoje já compete e ganha títulos, como o 1o. Lugar na 1a. Etapa de Hipismo da Sociedade Hípica de Ribeirão Preto, onde “levou” a categoria infantil, para crianças até 60 cm e o 2o. Lugar, na mesma categoria no Centro Hípico do Guegua, também em Ribeirão Preto. Sempre montado no seu cavalo Robinho, Eduardinho convida a todos para assistirem uma aula e coloca a disposição os telefones para contato 9238 5645 (Fabricio) e 8118 1119 (Daltinho).

11

Coluna Viva Vida A DEPENDENCIA QUIMICA NA MULHER

A mulher dependente química sofre mais para conseguir tratamento, manter a manutenção deste tratamento; e seu uso de drogas geralmente obtém relatos que geram preconceitos e discriPor Renata Brunelli minação.  A sexualidade fica comprometida também, como é comum a todos os dependentes químicos. O uso de drogas pelas mulheres geralmente ocorrem dentro do próprio lar, pelos hábitos e vícios culturais da bebida alcoólica como já sabemos. Também ocorre por experiência, aprovação de grupos e curiosidade. Mas principalmente por envolvimento com ‘’alguém’’ ou ‘’algum carinha’’ ou namorado que fazia uso. A experiência deu-se em baladas, festas raves ou até mesmo nos momentos mais íntimos da relação. Tenha sido por um porre, uma noite de embriaguez, ou por um cigarro de maconha fumado ou visto fumar; ou por algumas carreiras cheiradas; as primeiras experiências tem-se dado cada dia mais. Ou cada noite mais… ‘’Importante saber por onde andam vossas filhas’’. Até porque os relatos citados acima, que apontam para as primeiras experiências da garotas, fazem-nos lembrar que nos dias atuais não há tempo para responder grandes questionamentos. E saber que o número de garotas que tem experimentado alguns porres e drogas, tem crescido. Por escolhas feitas por elas mesmas principalmente. Comenta-se sobre a dificuldade em educar filhos na atualidade! Reintegrar uma mulher a seus verdadeiros valores, ajudando-a na busca de tratamento zeloso e leal, onde suas emoções e compulsões possam ser freadas é uma bela missão. O nosso papel é ajudar esta mulher a encontrar o auto respeito, a auto reflexão e espiritualidade de forma que esta mulher, possa reintegrar-se a sociedade, vencendo tabus se superando e reencontrando a sua liberdade!


12

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Opinião do

História do risco do uso do Cerol Bom dia queridos amigos leitores, hoje vamos falar um pouquinho sobre o risco do uso do cerol, que é muito comum infelizmente, e um problema de saúde publica. Com a chegada das férias, e vento propicio porque não soltar uma pipa, desde que seja com cuida- por Dr. Rodolfo Ap. da Silva dos, procurar área longe de fios de alta tensão, ficar longe vias de acesso rápido como avenidas, rodovias pelo risco de atropelamento, e nunca utilizar o cerol, que é um crime. O QUE É CEROL? Cerol é uma mistura criminosa de cola de madeira com vidro moído que as crianças passam na linha dos papagaios e pipas para cortar a linha das pipas de outras crianças. Esta mistura de cola e vidro moído faz com que a linha se torne uma verdadeira navalha causadora de muitos acidentes fatais. São utilizados também variações de pó cortante, o mais comum é o pó de ferro. O pó de ferro tem um agravante, pode conduzir eletricidade quando toca nos fios de alta tensão provocando curtos circuitos e até morte em quem solta as pipas. QUAIS OS RISCOS QUE ELE PODE CAUSAR PARA O NOSSO CORPO? Os maiores riscos são os cortes causados pelas linhas, os motociclistas são as principais vítimas, que em caso de acidentes tem alguma parte de seu corpo cortada, o pescoço é a parte mais atingida, principalmente devido a falta de proteção. Neste local passa uma artéria de grande calibre e o corte desta pode provocar um sangramento muito intenso causando a morte em poucos minutos. Existem casos de pessoas que tentaram retirar a linha do pescoço e tiveram seus dedos amputados. Capacetes sem as viseiras podem favorecer o corte no rosto e olhos. Amigos pensem que do outro lado pode ser um dos nossos, como filhos, pais irmãos, com isso fique longe do cerol.

Fica ai uma dica do amigo Dr.Rodolfo.

Não use linhas com fio de cobre ou cerol. Só as de algodão são seguras. Não solte pipas perto de fios ou antenas para evitar choques elétricos. Não retire pipas presas em fios ou árvores. O risco de choque e acidente é grande. Procure locais abertos, como parques, praças ou campos de futebol. Preste atenção a motos e bicicletas. A linha é perigosa para os condutores Não empine papagaios em lajes ou telhados, para evitar quedas fatais. Olhe bem onde pisa, especialmente quando anda para trás, para não cair. Use luvas quando empinar pipas, para não machucar as mãos na linha. Um ótimo final de semana a todos queridos amigos, um grande abraço do Dr.Rodolfo.

Cidadãos reclamam de atraso e m Dany Lopes Como nossa Cidade está péssima na área da saúde. Isso porque tenho o convênio da São Francisco Clinicas. Como agem com descaso com a gente e não só com a gente mais com pessoas q estão necessitando de atendimento.. 1 hora e meia para tirar uma guia para um exame. E lá sentada percebi como as pessoas tem que se humilhar, pois além de perder meu exame porque não quiseram me atender e com razão, afinal cheguei uma hora e meia atrasada, ainda vi pessoas que necessitavam de ajuda e precisavam de guia. Guia para fazer curativo, guia para tomar soro, a pessoa com dor esperando guia para ser medicado. Que é isso gente vamos acordar e protestar pelos nossos direitos. A gente paga pelo convênio e mesmo quem não pague convênio, a gente paga imposto. As pessoas nos atendem com cara feia, tanto em convênio como em hospital ,como em PS. Tem tanta gente querendo trabalhar e tanta gente trabalhando e tratando mal as pessoas, com cara feia. NÃO TEM CONDIÇÕES DE FICAR QUIETO. VAMOS ACORDAR SANTA ROSA OU VAI FICAR PIOR QUE JA ESTÁ.

O grupo Opinião do Cidadão foi criado no facebook para que juntos possamos unir em um só lugar as necessidades e anseios da população de nossa cidade. Temos aqui vários munícipes corajosos, que dão a cara a tapa toda semana e falam sim o que enxergam de errado em nossa cidade, Muitos apenas observam, tem medo de represálias. Não tenham medo, gritem aqui suas sugestões, reclamações e elogios se for o caso. Alguns políticos estão no grupo, infelizmente nenhum deles manifestou qualquer opinião até o presente momento. Ao nosso cidadão que tem feito dessa página pauta de jornal agradecemos, sobre os políticos de nossa cidade que a ignoram eu só tenho a lamentar. Seria uma ótima oportunidade de mostrarem porque ocupam cargos que representam toda uma população. Caso não use facebook, Sr. Político, delete, é apenas uma sugestão ....”novamente sugestão” O espaço continua aberto a todos. Vamos usar com respeito e certeza do que falamos.


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

13

Edição 26 - Ano 1

o Cidadão

mau atendimento na área da Saúde Curtiram: Carlos Alberto Rosa, Elaine Paschoalin, Thamara Gratão, Marcelo Benjamin Sordi, Giovana Capitú, Sebastião Xandó, Isabel Ferretti, Jussara Moussa, Andreia Souza, Maína Pires Aguiar, Kátia Caldas

Clodoaldo Benavenuto

Comentários: Maína Pires Aguiar:

Eles atendem com pouco caso mesmo, acham que estão fazendo muito ainda.

Jussara Moussa: 

Ou também estão completamente desestimulados, pois está faltando tudo no setor de saúde, mas a educação e o respeito pelo próximo é dever de todo atendente, seja de funcionários, médicos, etc.

Jussara Moussa

Dany Lopes: 

Pode ser Jussara Moussa, mas não justifica é como você disse mesmo, educação é tudo.

Clodoaldo Benavenuto: 

Muitos dos servidores se aproveitam por estarem cobertos pela lei onde não se pode ofendê-los. Dai fazem seu trabalho como se estivessem nos dando esmolas. Sentem-se os maiorais e nos sentimos quase invisíveis. Lamentável!

Maína Pires Aguiar

ETERNO AMOR

Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí. (Jeremias: 313b) Presente, passado e futuro são os tempos que conhecemos, mas PR. Felipe Palomares para Deus só existe Min. Palavra e Verdade um: a eternidade! Eterno é aquilo que não termina, que se perpetua e se mantém constante. Vinicius de Moraes teria desejado à sua amada um amor eterno enquanto durasse (na verdade, ele disse ‘’infinito’’). Todavia, essa é a ‘’eternidade’’ do amor humano: que de repente acaba. Haveria algum amor cuja eternidade não acabe jamais? O amor de Deus é assim. É eterno desde sempre e será eterno até sempre! Ele sempre nos amou, mas só reconhecemos esse amor quando decidimos seguir Jesus Cristo. Não conhecemos Deus desde sempre, mas a partir deste momento a eternidade de seu amor se apropria de nós e nos envolve para sempre! O livro de Oséias, onde está o texto que lemos acima, mostra como Deus ama profundamente seu povo. Nossa relação com Deus deve ser permeada por seu amor eterno e transformador. Mas não confunda tal amor com arroubos românticos entre Criador e criatura. Não! O amor de Deus é perfeito e revela-se em atos, testemunhos, mudanças. Ele sustenta a vida, encanta nosso coração, realinha os horizontes da alma, pinta a vida com outras cores. Faz sorrir, chorar, tocar, olhar, orar, adorar, exaltar e amar. O amor de Deus produz perdão, simplicidade, contrição. Transforma, preenche, alegra, potencializa. É alimento, canção e vida! Poucas coisas levam-nos de volta ao começo de tudo, uma delas é o amor de Deus, imprescindível a quem o conhece. Se o seu ‘’primeiro amor’’ por Deus se tornou raro, frágil ou inexistente, volte correndo a encontrá-lo. Busque-o com fome voraz e ‘’encha-se’’ dele. No meio de toda a temporalidade e futilidade de nossa existência e de tantos apetrechos inúteis que a envolvem, não deixe que o amor fique ofuscado ao ponto de quase sumir. Deixe tudo e volte correndo ao amor eterno, ao Deus cujo amor quer envolvê-lo para sempre!


14

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1 torista continuou a fuga deixando seu parceiro pra trás. A placa da motocicleta foi anotada e seu condutor vai responder pelo crime, além das multas feitas. Atenderam os policiais Augusto e Leandro.

Bebeu todas e ficou sem o carro Roubou as bebidas e esqueceu um chinelo no local T.T. foi abordado pela Policia Militar carregando várias bebidas enroladas em uma camiseta e com apenas um chinelo em um dos pés. Próximo ao local foi verificado que um comércio havia sido arrombado e no interior deste foi encontrado um chinelo semelhante ao que ele usava em um dos pés. Diante da constatação do furto, foi apresentado na delegacia onde foi recolhido a cadeia pública local pelo crime de furto. Atenderam os policiais Shikota e Jefferson.

Direção perigosa de veiculo. Fugiu, mas placa foi anotada Em operação de trânsito, policiais deram ordem de parada a um motociclista e seu garupa, que em seguida empinou a moto e fugiu, realizando manobras perigosas, transitando na contra mão em praça pública e em calçadas. Em dado momento seu garupa caiu da moto e o mo-

Policiais durante patrulhamento pela Av. São Paulo perceberam que o condutor de um veículo trafegava com dificuldades pela via. Em dado momento resolveram abordar tal veiculo e perceberam que o condutor estava visivelmente embriagado. O motorista foi conduzido a delegacia após se negar soprar o etilometro, porém foi submetido ao exame e liberado em seguida. O veiculo foi recolhido e sua habilitação foi suspensa. Atenderam os policiais Ronaldo e Ravanelli

Barraco na Vila Mendes A Policia Militar recebeu algumas ligações de moradores da Vila Mendes, onde diziam que estava acontecendo algo de estranho em alguma casa no bairro, mas que não sabiam qual era a casa, pois só ouviam barulhos de vidros quebrando e gritos e que provavelmente seria uma briga. A Policia Militar foi até o local, mas não conseguiu identificar qual seria a residência.

Acidente com vitimas Moto x moto No começo da noite de terça-feira a policia foi chamada por volta das 20h30 para atender um acidente de trânsito envolvendo duas motocicletas que se colidiram em um cruzamento de uma avenida no bairro Nosso Teto. Pelo local, um dos condutores se tratava de um menor, que teve sua moto recolhida por falta de habilitação. O proprietário da motocicleta vai responder pelo crime de entregar veiculo a pessoa não habilitada. Ambos tiveram escoriações leves pelo corpo. Atenderam policiais Haroldo e Lourenço.

15

Eduardo D. Vilas Bôas Bertocco Advogado e Consultor Jurídico

ABANDONO DO IDOSO

Recentemente, entrou em vigor na China lei que obriga a freqüente visita entre parentes, institucionalizando uma antiga tradição chinesa, a de prestação de cuidados dos filhos aos pais idosos, que necessitam da presença afetiva dos filhos, servindo-lhes de suporte emocional e existencial à idade avançada. A chamada “Lei de Proteção dos Direitos e Interesses do Idoso” revigora valores morais que devem ser preservados na sociedade chinesa, despertando a consciência dos mais jovens, no objetivo de não abandonarem os pais; devendo-lhes, antes de tudo, cuidados adequados, carinho presente e atenção de vigília, em proteção objetiva da família. Lá, de agora em diante, a visitação tornou-se obrigatória, de tal conduto a desconstituir qualquer hipótese de caracterização de abandono afetivo pela ausência recalcitrante dos filhos. Referida ausência tem ensejado, naquele país, ações judiciais de pais abandonados que reclamam o devido suporte emocional que lhes faltam diante da omissão dos filhos. No Brasil, a CF consagra ordem jurídica de tutela máxima de proteção ao idoso, sobremodo na esfera familiar, em perspectiva de dignidade constitucionalmente assegurada pelo art. 230 que, afinal, orientou a lei 8.842/94, dispondo sobre uma política nacional de proteção ao idoso. A responsabilidade parental mútua tem sede constitucional, em dicção do art. 229, da CF, ao estabelecer que “os pais tem o dever de assistir, criar e educar os filhos menores, e os filhos maiores tem o dever de ajudar e amparar os pais na velhice, carência ou enfermidade”. No mesmo sentido, o Estatuto do Idoso - lei 10.741/03 - acentua que a família e o Estado devem assegurar ao idoso os direitos fundamentais bem como o respeito à convivência familiar e comunitária. Entretanto, torna-se preciso e urgente que não sejam observadas mais rugas no espírito do que na face. O idoso brasileiro é, em regra, indigente em sua dignidade de ser idoso; falta-lhe a força de trabalho e melhor qualidade de vida. Ele é tratado como problema e não como um segmento social valorizado em suas características próprias. A cidadania do idoso deve ser por isso, tema recorrente, iniciada no próprio cenário familiar. Envelhecer não é estigmatizante. Ser idoso também não. Saber envelhecer é saber ser idoso, e não envelhecido pela idade adiantada. Mudam as cores do tempo, chega a estação outonal e, com o avanço da idade, revela-se a vida, com novos matizes, ajustando o homem, com dignidade, a sua experiência a um novo tempo que o acrescenta. Afinal, o homem envelhece na ordem direta da vida e na ordem inversa da resistência da alma. As pessoas apenas envelhecem pelo relógio do tempo, e somente se tornam velhas quando não mais se colocam cúmplices da vida. Uma quebra de harmonia com o espírito jovem que vincula o homem ao seu tempo presente e o faz referir sempre com um olhar para o futuro. Pensar e viver no passado é envelhecer definitivamente. Aprender algo novo, descobrir contextos mais amplos, saber estimular a capacidade cognitiva, exercitar a vida pelo aprendizado que ela oferece; tudo isso significa envelhecer bem, e envelhecer menos. A velhice não é uma variável fixa; ela é uma realidade culturalmente construída. Pois bem. Tramita na Câmara Federal projeto legislativo que estabelece sanções civis e punitivas aos filhos que abandonem os pais idosos. O projeto de lei 4.294/08 acrescenta parágrafo ao art. 3º do Estatuto do Idoso, prevendo indenização por dano moral decorrente do abandono de idosos por sua família. Mais precisamente, a redação dada ao parágrafo 2º proposto dispõe: “O abandono afetivo sujeita os filhos ao pagamento de indenização por dano moral”. Lado outro, o mesmo projeto introduz parágrafo único ao art. 1.632 do Código Civil, expressando: “o abandono afetivo sujeita os pais ao pagamento de indenização por dano moral.” Com efeito, estabelece, em largo espectro, a indenização por dano moral em razão do abandono afetivo, nas relações paterno-filiais. A inovação legislativa ganha maior relevância jurídica, quando estima-se que a população anciã brasileira chegará a 32 milhões em 2025. Bem cientes todos que a obrigação dos filhos diante os pais idosos tem viés constitucional e que deveria nem ser preciso escrever na lei obrigações morais, de proteção afetiva, quando bastaria o compromisso de dignidade nas relações familiares. O amparo das pessoas idosas reflete a própria maturidade de uma sociedade melhor organizada e digna de si mesma, pelo conjunto harmônico das relações em família.


16

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1

17

Melhor aqui que ali...

Casa próximo ao Virgínio Melonni

Edícula, 77 mts Jd. Das Flores

Casa no Monte Alto 2 dormitórios

80 mil

135 mil

Duas Casas Geminada Cohab II

Casa Cohab I 2 dorm.

Casa COHAB III 2 dormitórios

Casa Luiz Ganzaga 2 dorm.

Casa Julio Moretti 2 dorm.

Terreno Julio Moretti 10 x 28

Terreno esquina em frente igreja teto

Casa Luiz Gonzaga 2 dorm.

Casa em frente ao Virgínio Meloni (escola) – troca por outro imóvel

170 mil

65 mil

60 mil

Casa em Cajuru 3 dorm., 2 wc sala – cozinha troca por imóvel em Sta. Rosa

Casa Cohab II PRECISA DE REFORMA

90 mil

80 mil

70 mil

Casa Luiz Gonzaga (primeira rua)

250 mil

Casa Júlio Moretti com 2 dorm. e área de churrasco

130 mil

95 mil

65 mil

Casa COHAB I 3 dormitórios

70 mil

Alugo chácara – casa + casa caseiro + piscina + baia + granja + poço artesiano + 1.000,00 –

dentro da cidade

105 mil

120 mil

130 mil

Casa Jardim Aquarius 2 dorm. – troca por imóvel de maior valor

130 mil

Temos muito mais imóveis p/ financiamento na faixa de 80 a 85 mil. Venha conferir!

Olá pessoas!!! Estamos aqui de novo em uma semana sem muitos acontecimentos extraordinários. Que saudades das manifestações! Mas, vamos falar sério e essa semana o papo é em torno da aceitação da família e sociedade. Estamos em uma época Por André Nader onde tudo está mais evoluído. Me lembro que quando criança dificilmente víamos nas ruas um homossexual assumido e respeitado. Quando havia o mesmo já estava caracterizado como mulher e as chacotas entre os “machões” eram comuns. Hoje porém, o mundo está evoluído. Existe inegavelmente ainda o preconceito, atitude primata mas, não com tanta intensidade como há 25 anos atrás. Antigamente, assumir a homossexualidade era quase impossível, quando hoje está tudo mais simples. Já falei aqui sobre como e quando assumir aos pais sua sexualidade, o que quero expor hoje é como agir depois que eles já souberem. O sonho de todo pai e mãe é ver seu filho(a) casado(a) com uma boa esposa(o), ter filhos e uma vida que eles julgam normal. Então é necessário entender que o processo de aceitação é demorado e muitas vezes doloroso. Imagem vocês acreditando a vida inteira em algo e anos depois descobrir que não é como imaginado. É bem assim que eles se sentem. Então, ao assumir que ao invés de amar a Maria você ama o João, ou vice versa, entenda que levar o seu companheiro(a) em casa em um primeiro momento é algo um pouco complicado, bem como demonstrações de afeto em público. É direito nosso, porém a sociedade ainda não está preparada para tal. Imagine uma criança, no auge dos seus 7 anos de idade ver dois homens se beijando... Ham? Como assim? É fato que antes disso tudo as crianças têm de ser preparadas para tal, pois foge de tudo que elas acreditam e são ensinadas pelos pais. Preconceito e discriminação sempre vão existir já que elas crescem sendo programadas pelos pais para acreditarem que tal atitude é errada (mas, espancar o coleguinha de escola tá certinho...). E outra coisa, voltando aos pais não é necessário apresentar seu parceiro(a) como namorado, pais conhecem os filhos que têm e basta dizer: - mãe, pai esse é o fulano (a) – e já está tudo resolvido, pelo menos até que eles comecem os questionamentos. Quanto aos pais um conselho, ficar bravo, expulsar filhos de casa, rejeitá-los ou instituir castigo jamais ira resolver as coisas, aliás, só iria piorar uma situação que já está muito tensa. É melhor aceitar que seu filho(a) traga seu parceiro para casa e fiquem ali na segurança do seu lar que deixar que eles se percam pelas ruas. O mundo lá fora está cheio de pessoas que lhe estenderam as mãos para levá-los para um caminho que talvez não seja o mais seguro. Melhor sob seus olhos que sob os olhos de alguém que vocês muitas vezes nem conhecem. Certo? Fico por aqui e até a semana que vem!!!


18

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

19

Edição 26 - Ano 1

Colher de Pau Administração

https://www.facebook.com/pages/Colher-de-Pau http://cristinayazbek.blogspot.com.br

Por Cristina Yazbek

Manjar Branco Especial Ingredientes

Modo de Preparo

1 lata de Leite Condensado 2 medidas e meia (da lata) de leite 1 vidro de leite de coco (200ml) meia xícara (chá) de amido de milho

Misture bem o leite condensado, o leite, o leite de coco e o amido de milho. Leve ao fogo, mexendo sempre, até obter um creme grosso. Retire do fogo, despeje em uma forma com furo central (19 cm de diâmetro) molhada ou levemente untada com óleo e leve à geladeira por cerca de 4 horas.

Manjar:

Calda:

1 xícara e meia (chá) de açúcar 150 g de ameixa preta 1 pedaço de pau de canela (opcional) 2 cravos da índia (opcional)

Manjar:

Calda:

Misture o açúcar, as ameixas, a canela, o cravo e duas xícaras e meia (chá) de água. Leve ao fogo e cozinhe por cerca de 10 minutos após iniciar fervura. Sirva a calda fria com o manjar, ou se preferir, despeje sobre o manjar depois de desenformar.

Mordomo do mundo não é somente aquele que encanece os cabelos, à frente dos interesses coletivos, nas empresas públicas ou particulares, combatendo tricas mil, a fim de cumprir a missão a que se dedica... Cada inteligência da Terra dará conta dos recursos que lhe foram confiados porque a fortuna e a autoridade não são valores únicos de que devemos dar conta hoje e amanhã. O corpo é um templo sagrado; a saúde física é um tesouro; a oportunidade de trabalhar é uma bênção; a possibilidade de servir é um obséquio divino; o ensejo de aprender é uma porta libertadora; o tempo é um patrimônio inestimável; o lar é uma dádiva do Céu; o amigo é um benfeitor; a experiência benéfica é uma grande conquista; a ocasião de viver em harmonia com o Senhor, com os semelhantes e com a Natureza é uma glória comum a todos; a hora de ajudar os menos favorecidos de recursos ou entendimento é valiosa; o chão para semear, a ignorância para ser instruída e a dor para ser consolada são apelos que o Céu envia sem palavras ao mundo inteiro. Que fazes, portanto, dos talentos preciosos que repousam em teu coração, em tuas mãos e no teu caminho? Vela por tua própria tarefa no bem, diante do Eterno, porque chegará o momento em que o Poder Divino te pedirá: — “Dá conta de tua administração.” (Emmanuel, adaptada da mensagem “Administração”, Fonte Viva, 75, Francisco C. Xavier)


20

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Sociais por Otávio Vieira “ ...tentando vir à tona em um oceano de caos”

Natane Maganha comemorando sua formatura com a família! Lucas Lourenço, comemorando seu aniversário com suas irmãs Laís e Larissa. Felicidades! Rafaela Vieira, aprovada para fazer intercâmbio na Universidade Nacional de Coyo, na Argentina, está de partida neste dia 30 de julho. Parabéns loira!

Olívia, Mariana, Arthur, Karina e Rodrigo curtindo a noite no Chiqueirinho! (Café Puerto Escondido) Ritinha Teixeira, a mais nova integrante da equipe Heigi Concept! Sucesso...

Thauanny Arruda em ensaio fotográfico. Linda!

Família Lamberti... Evandro, Renata, Emanuela e Isabela Lamberti.


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1

21


22

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Grande campanha de libertação Todas as quartas-feiras com o Pr Felipe Palomares

DIGA NÃO AS DROGAS E SIM PARA VIDA!!!

Rua Piauí, 558

BREVE EM NOVO ENDEREÇO


Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Edição 26 - Ano 1

23


24

Edição 26 - Ano 1

Sexta-feira, 19 de Julho de 2013


Cidade em Foco SRV - Ed. 26