Page 1

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

1

Santa Rosa recebe ambulância do SAMU

Franco Montoro piora com as chuvas

Página 5

O veículo foi adquirido pelo Ministério da Saúde e está avaliado em R$ 128 mil. A ambulância já vêm equipada com oxímetro e desfibrilador.

Sistema de Transporte Escolar da Prefeitura Municipal está sendo reestruturado

Página 3

Presidente da Câmara fala sobre os problemas do Município

Ladrões explodem caixa eletrônico no Nosso Teto

Página 7

Página 15

Carnaval 2013 – Aposte nos looks com shorts jeans customizados

Página 17

A visão ao alcance de todos Optometria: Assunto de Interesse Social

Alexandre Louro fala das Página 18 vantagens de ter uma moto

Página 7


2

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

Sistema de Transporte Escolar da Prefeitura está sendo reestruturado

As aulas começaram e alguns pais se surpreenderam ao se depararem com a notícia de que não o haveria mais transporte escolar para seus filhos. Em coletiva para imprensa o prefeito do Município, Cassinho Cunha e a Diretora de Educação Maria Luiza Falaguasta disseram que não houve tempo hábil para avisar sobre as novas medidas, pois os alunos estavam de férias. “A medida foi tomada para reestruturar o Sistema de Transporte e tinha que ser feito no início das aulas”, diz a Diretora de Educação Maria Luiza Falaguasta. “Queremos oferecer transporte com qualidade, estávamos carregando crianças em situação de risco e modo irregular. Nos ônibus que cabiam 30 crianças, 60 estavam sendo transportadas”, continua Maria Luiza. O prefeito Cassinho Cunha diz que esta sendo feito todo um estudo para melhor atender os alunos. “Peço um pouco de paciência aos pais, pois teremos estatísticas e resolveremos todos os casos da melhor maneira. Nesse momento não conseguimos atender toda a demanda”, afirma o prefeito. O prefeito citou alguns casos que estão sendo estudados, por exemplo: Alunos que moram em um bairro e estudam em outro, sendo

Prefeito, vice, diretoria e assessores em coletiva para imprensa que tem escolaridade para o aluno no bairro que mora. “Particularidades acontecem e estamos dispostos a analisar. Nos colocamos a disposição e pedimos para que nos procurem”, confirma Cassinho. Segundo a Diretora de Educação alunos que moram muito longe, crianças especiais, faixa etária menor (creches) estão sendo todos atendidos. Na coletiva o prefeito ainda disse que as rotas estão sendo montadas para que os pais possam se adequar. “ Serão 8 rotas e acreditamos que vamos atender as necessidades” O Presidente da Câmara,

Luis Augusto dos Reis estava presente na reunião e disse ter conversado com a diretora do Teófilo Siqueira e a mesma diz não estar encontrando problemas em conversar com os pais. Segundo o prefeito os problemas estão sendo resolvidos caso a caso. “A van que era usada para atender a Diretoria de Educação também foi colocada em uso para os alunos, mas mesmo assim não atendemos a demanda. O número de alunos aumentou, como por exemplo os da Creche Irmã Hermana construída e em funcionamento e não podem deixar de ser atendidos e os alunos

que moram em um bairro e estudam em outro são questões que levaram a essa reestruturação no Transporte escolar”, explica o prefeito. A Diretora de Educação se colocou a disposição junto a sua equipe para atender os pais que tenha dúvidas. “Estamos estudando caso a caso, pedimos para que os pais procurem o Departamento de Educação para organizar a carteirinha do transporte de seus filhos”, declarou a diretora Maria Luiza. “Em nenhum momento a intenção é deixar de prestar o serviço, mas sim fazer com responsabilidade”, conclui o prefeito.

3

Editorial Carnaval pode ser uma festa de paz A festa do Carnaval vem ai, chega hoje. Com ela temos a liberdade de escolhermos brincar ou não, sair para descansar em outro lugar, ficar em casa, dormir. Seja qual for a escolha, preservemos a responsabilidade de se respeitar e respeitar o outro, seja ele pessoa, animal ou patrimônio, pois a festa passa, porém as consequências ficam. Ninguém tem o direito de agredir ninguém, seja física ou verbalmente. Os custos de atos contra o patrimônio não são do governo, são seus, quem paga é você, Vigie o outro. Não deixe destruir equipamentos públicos nem

privados. Respeito, sempre. Se não gosta de empurrão, nem saia, é inevitável, mas se for pra sair só para provocar, melhor ficar em casa ou ir para um local apropriado, quem sabe um ringue de luta. Crianças devem andar com os pais ou responsáveis e não devem passar em multidões. Deixe-as em casa seguras com alguém maior de idade durante a noite. Ambulante, limite-se a seu espaço e evite fogo, objetos cortantes e não ocupem o espaço dos foliões. Seguranças, façam realmente a segurança. E que seja um Carnaval de paz, muita diversão e alegria.

Expediente

Direção Geral Jaqueline Lasarete de Bem (16) 8169.1340

Diagramação Renan Jouberth (16) 9240.5630

Jornalista Responsável Alexandre Neri Xavier MTB – 26.599

Impresssão Grafisc São Carlos (16) 3368.3435

Contato Comercial Thamara Gratão (16) 8107.1483

Colaboradores João de Bem Alex Cássio Pereira Felipe Palomares André Nader Eduardo Bertocco Thamara Gratão

Arte Final Soma Design e Publicidade (16) 3954.3520

Email: cidadeemfocosrv@gmail.com


4

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Casas em situação de risco do Jardim Franco Montoro recebem ajuda da Prefeitura Municipal

Quinta feira a tarde a prefeitura fez um multirão em algumas casas O novo Conjunto Habita- mandar arrumar, vamos ver nários colocando terra nas cional Franco Montoro, en- como fica”, diz a moradora. áreas de risco. Um funciotregue pelo ex-prefeito no O prefeito diz que os casos nário da prefeitura disse que final de 2012 continua com urgentes vem sendo tratado também serão feitos outros problemas por conta das como prioridade e que as serviços para melhorias no fortes chuvas. No começo medidas para a construção local e minimizar os probleda semana a moradora da dos muros serão tomadas mas enquanto ainda chove casa na Avenida Joaquina, em breve. Na quinta-feira e até que o problema seja 444, estava bastante preocu- a tarde caminhões da pre- solucionado de vez com a pada com a situação de ris- feitura e máquinas estavam construção dos muros de co da sua casa. A enxurrada no local com vários funcio- arrimo. que passa pelo quintal leva toda terra embora por falta dos muros de arrimo. Pelo menos mais 3 casas na avenida estão em situação semelhante. O mestre de obras da construtora disse que o prefeito esteve no local e pediu para que fosse feito um serviço para atender a emergência na casa da moradora e de casos semelhantes até que se resolva essa situação da maneira correta, que é a construção dos muros de arrimo. “O prefeito teve Casa antes de chegar o caminhão de terra aqui em casa e disse que vai

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

5

Vale a pena ler de novo

MOTIVAÇÃO – TRABALHAR PARA VIVER OU VIVER, TRABALHANDO! Na esteira de eventos humanidade sem outro métemporais que o homem todo eficaz de reprodução, conhece através dos re- seríamos extintos como gistros históricos, mil espécie. O tema é polêmimaneiras justificam o co, e não estamos condecomportamento laboral nando comportamentos na contribuição de cada diferenciados de qualquer um dos viventes para natureza, de homens ou a evolução material. O mulheres, mesmo porque principal motivo ou, mo- há um “frenesi” político na tivação maior, para os in- aprovação de leis para redivíduos crescerem com gularização jurídica dessa o trabalho, é alavancado população. pelo argumento de que é O ontem foi, o amanhã preciso cuidar do futuro será. Os tempos do verbo - seu - e da humanida- definem nossas motivações Por João de Bem de. Futuro esse legado a enquanto “somos” - no e-mail: jotabem@bol.com.br quem ainda está fora do presente. Muitos humacampo visual, como por nos trabalham apenas para vários os tipos de corrupexemplo, nossos filhos, viver: - Uns por falta de ção - seria incompatível netos bisnetos e seus ambição, outros por limi- na presença de cidadãos também descendentes tação induzida por longos com o perfil “viver, traque ainda não nasceram. períodos em costumes an- balhando”. Estamos falando da cestrais, onde a condição Há uma dificuldade namaioria da população, é trabalhar, contemplando tural no cidadão de bem independentemente de apenas a continuidade físi- com relação a “entrar” cultura, religião ou etnia, ca do corpo, satisfazendo na política. O problema e de qualquer região do as necessidades básicas. é que quanto mais cidaglobo. A maioria dos humanos dãos de bem se afastam Há exceções – uma gama deve estar nessa condi- do meio político, ou meenorme de definições em ção, uma vez que carece lhor, do poder político, siglas, pequenos con- de recursos de educação mais os aproveitadores tingentes de indivíduos abrangente, com qualidade messiânicos se aprovei– crescentes, que vivem e informação suficientes, tam das “oportunidades” em desacordo com a or- para evoluir o ser humano que o cargo político lhes dem “natural” das coisas, integralmente. Mas isso os proporciona. O pior – lemas ainda sem pertur- políticos não querem, nota- vam para o serviço púbar a linha ascendente damente no Brasil. O voto blico todos aqueles que majoritária, traçada pela do excluído socialmente concordam em viver sem maioria “ortodoxa” dos é mais importante que sua trabalhar e com a maneihumanos animais. Claro qualidade de vida – é só ra perversa de fazer poque a motivação desses olhar para os programas lítica, como única forma indivíduos, mesmo ge- sociais de “bolsas” e cons- de sobrevivência. rados e nascidos como tatarmos – quem trabalha Todos, como sangueshumanos fisicamente para viver e até dos que vi- sugas amontoam-se nas definidos, tenha algum vem sem trabalhar. repartições públicas que diferencial particular no A minoria da população precisa remunerar a corja tocante a preferências mundial que realmente insaciável. Aí está para vivenciais. Comprovada- vive, integralmente, traba- satisfazer tal apetite, a mente, a natureza ainda lha. Esses sabem realmen- maior carga tributária não “evoluiu” ao nível de te o significa trabalhar e e os maiores juros do animais do mesmo sexo valorizam a vida temporal mundo. Nessa condição gerar filhos, notadamen- no presente, referenciando multiplicam-se de forma te o animal humano. Por o passado e construindo o desordenada – eles não isso mesmo a maioria da futuro. Passam a seus des- têm consciência de onde população mundial con- cendentes o trabalho como são gerados os recursos tinua sendo responsável forma de ganhar a vida, li- – se soubessem que popelo futuro da humanida- teralmente, gratificando-se dem morrer por colapso de, e só por isso, esse uni- nas oportunidades patroci- do hospedeiro, talvez se verso é uníssono nas mo- nadas pelo comportamen- emendasse. Mas isso é tivações comuns, com to social responsável, que utopia. relação ao único modo passa pelo autoconheci- A solução está nos cidade gerar mais humanos e mento efetivo nas defini- dãos conscientes e consecontinuar com a raça. O ções de dever e direito. qüentes – quem sabe, nas conhecimento da ciência Particularmente não gosto próximas eleições mudo genoma humano ain- do termo, mas por falta de nicipais teremos alguém da não ultrapassou os 3% outro no momento, vou ter esse perfil – coragem e e, portanto, respeitando que usar – infelizmente – disposição para enfrentar o direito de quem tem no mundo político vemos o “sistema” predador que outras preferências, se pouco esse tipo de cidadão. leva a maioria a trabalhar de repente a homossexu- Por razões óbvias - o meio para viver e pagar imposalidade atingisse toda a político corrompido, são tos, e só.


6

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Ladrões explodem caixa eletrônico no Nosso Teto

Caixa eletrônico completamente destruído após a explosão Quatro homens armados e encapuzados explodiram um caixa eletrônico da agência Santander localizado no prédio dos Correios do Nosso Teto na madrugada de ontem, no conjunto habitacional Liliana Urtiaga Andreazza (Nosso Teto). Estilhaços da explosão foram parar do outro

lado da rua e os moradores dizem estar apreensivos. De acordo com a Polícia, o mesmo caixa eletrônico foi arrombado pelo menos duas vezes no ano passado. Em todos os casos, a quantia levada pelos bandidos não foi divulgada. Nesta madrugada, moradores ouviram o barulho da explo-

são e ligaram para a polícia. Testemunhas afirmaram ter visto ao menos quatro homens armados e encapuzados com armas de cano longo ao lado de um carro. O prédio ficou nitidamente danificado. Até agora nenhum dos homens havia sido encontrado. A Polícia Civil investiga o caso.

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

7

Alexandre Louro fala das vantagens de ter uma moto Passamos pela Águia Motos, que está instalada na Avenida Rio Branco e falamos com o proprietário Alexandre Louro e sua esposa Anita. Ele aproveitou para falar da loja e as vantagens em ter uma moto. Sobre a loja, Alexandre dá um recado: “Não perca mais tempo e nem dinheiro, compare e compre tudo em peças e acessórios para sua HONDA,YAMAHA ou SUZUKI na ÁGUIA MOTO PEÇAS e troque-as na oficina sem custo nenhum. É isso mesmo, Guidão mod. orig,Manoplas, Relação, Lona e Pastilha de Freio, Óleo do Motor, Mini Pisca, Guidão Alto, Kit Xenon Slin, Tank-Pad, Lampadas e Mangueiras Coloridas e + 9.000 itens a disposição. Além de toda linha YAMAHA 0KM a pronta entrega e com parcelas a partir de R$ 217,00 para Factor k 125 modelo 2013 com capacete grátis!!! Aceitamos Cartões. Passe na Av. Rio Branco, 463 ou ligue 3954.2342 ou 9319 8610”. E agora, as vantagens de ter uma moto: Muita gente ainda acha que Motos não passam de bicicletas com motor. É claro que este é um pensamento incorreto. As motos são veículos motorizados de duas rodas, perfeitamente capazes de desenvolver velocidades de cruzeiro com segurança e conforto. As pessoas estão se interessando por este novo mundo, por motivos como economia (de tempo e de dinheiro), e praticidade, mas ainda tem receio de uma Moto ser um meio de transporte inseguro, e até mesmo perigoso, o que nem

Loja Águia Motos sempre é verdade. Acontece que as pessoas têm a mesma expectativa que tem com um carro, o que não é possível de se obter. Em um carro, se o motorista abusa da velocidade, ou comete algum erro com os comandos, ele está “protegido” pela lataria do carro, que uma moto obviamente não oferece, porém, devemos observar que a moto é muito mais leve do que o carro, consequentemente, é muito mais ágil aos comandos do piloto, além disso, o piloto tem uma visão panorâmica de toda a via, enquanto que dentro do carro, o motorista tem uma visão muito limitada. Isso é muito importante, pois evita uma grande quantidade de acidentes. Além disso, o motociclista deve andar em sua moto com os equipamentos de proteção adequado.O

equipamento de proteção realmente é eficiente. Uma boa jaqueta com proteções nos ombros, cotovelos e costas, uma boa calça com proteções nos joelhos, um bom par de luvas e botas e um bom capacete garantem que você não irá se machucar no caso de um acidente. Usar motos tem algumas vantagens: Motos são econômicas, tanto no consumo quanto na manutenção. Motos são mais rápidas no transito urbano intenso. Motos são pequenas, podem ser estacionado em qualuer lugar. Motos não pagam estacionamento na maioria dos estacionamentos de Shopping e Supermercados. Motos não pagam pedágio no estado de SP (rodovias estaduais), e no resto do Brasil, paga aproximadamente metade do valor dos carros.


8

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

Eduardo D. Vilas Bôas Bertocco Advogado e Consultor Jurídico

O dano à imagem A Constituição Federal assegurou, no elenco dos direitos e garantias fundamentais, o direito das pessoas serem indenizadas por danos materiais, morais e à imagem. Surpreendentemente, não vemos, em nosso cotidiano, ações de reparação de danos pedindo essas três verbas distintas. Em nosso ordenamento jurídico há espaço, em sendo confirmadas as respectivas lesões, para a condenação conjunta ao dever de indenizar as três espécies de danos constitucionalmente admitidos. O que seria então esse pouco falado dano à imagem? Sem nenhuma pretensão além de acalorar o debate da matéria, essa espécie de dano deve ser vista como as repercussões sociais do dano que fora tornado público e que, de forma reflexa, foram suportadas pela vítima. Destarte, podemos refletir como sendo o aspecto objetivo do dano que, de uma forma ou de outra, repercutiu para toda uma coletividade. A Constituição, ao prever a reparabilidade do dano à imagem, o faz logo após assegurar a liberdade de expres-

são, restando nítida a coerência do texto constitucional. Assim, podemos concluir que nossa Constituição garantiu o direito a indenização por dano à imagem como sendo um consectário da livre manifestação de pensamento mal utilizada, gerador de conseqüências nefastas para aquele que fora alvo de tal manifestação. Interessante notar que essas repercussões atingem indiretamente a vítima, porém de forma não menos danosa. O bem jurídico a ser protegido pela reparação do dano à imagem é, como o próprio termo deixa claro, a imagem, a reputação, o conceito que as pessoas fazem ou faziam do lesado. Alguém que é caluniado ou difamado publicamente com certeza terá o seu bom nome abalado diante dos seus pares e sofrerá as conseqüências conexas da sua perda de respeito e/ou credibilidade. Isso se manifesta na forma como as pessoas mudam seu comportamento, se tornando mais arredias e desconfiadas para com a vítima. Alcançar um alto grau de estima e consideração social é tarefa para toda uma vida, tendo a pessoa que se manter firme aos mais rigorosos pa-

drões da ética e da moral. Antagonicamente, para acabar com tudo isso basta um único deslize, uma única mentira. A boa reputação, o bom nome, o alto conceito que alguém goza diante da sociedade é como um belo vaso de cristal que, uma vez quebrado, por melhor que seja a restauração, sempre deixará marcas e desvalorização. Percebe-se com maior nitidez o dano à imagem diante das chamadas "pessoas públicas". Um político de boa índole, que tem sua honestidade questionada reservadamente por alguém, com certeza sofrerá como qualquer pessoa um dano moral. Por outro lado, se ele vier a ser chamado da mesma forma diante de um meio de imprensa, além desse seu dano subjetivo, arcará também com a injusta reprovação social que o colocará na mesma vala dos desonestos (objetivo). Ele perderá credibilidade, confiança, respeito e também votos. Essas conseqüências trazem para o ofendido, repercussões sérias e muito relevantes, ainda que por via difusa.

Carnaval x Família

O culto à sensualidade é marca registrada de todos os anos em nosso país. Preparem-se! Ao som do cavaco, cuíca e tamborins - os corpos desnudos das mulheres estarão na tela de sua casa sem qualquer tipo de restrição em poucos dias (pergunta: - Será que esqueceram que na sua casa também residem crianças? Não podemos julgar então o que nos resta é presumir... Todos devem estar demasiadamente atarefados com os preparativos; os policiais reforçam suas guarnições; os foliões preparam suas fantasias; as escolas de samba preparam-se para a disputa dos holofotes; o governo, bom o governo dosa a liberdade a fim de manter sua própria estabilidade; e as famílias preparam-se para o “mal iminente” -> gravidez precoce de suas respectivas “filhinhas”, rapazes hospitalizados devido o uso excessivo de drogas, casais destruídos devido à proposta de relacionamentos extraconjugais... Deve ser por estes motivos e muitos outros “obscuros” que ninguém pediu licença ou pelo menos perguntou se todos es-

tão de acordo com esta “péssima programação para este final de semana” – (segundo a bíblia 1Jo 5.19 “... o mundo inteiro jaz no Maligno (Diabo)." – isso significa que toda esta destruição faz parte de seu lucro.) -> Perdoe o “monólogo” – mas você pode estar se perguntando “Será que ele não aprecia o carnaval...” – Não, sequer o aceito dentro do meu lar, por derradeiro, procuro convencer os jovens da igreja, a qual sou pastor, em não participarem desta tamanha promiscuidade. – (por isso, todos os anos passamos estes respectivos dias confinados em chácaras afim de driblar tais repercussões maléficas e aproximar-se um pouco mais do nosso Senhor Jesus Cristo). Alem disso, considero que tal acontecimento não passa de um tipo de fermento que tem poder para levedar toda a massa -> Onde esta o regozijo deste acontecimento que chamamos de festa... !? - sendo que o seu desfecho é sempre marcado por infelicidades. Interessante, você já parou para perceber que a instituição família sempre abraça o maior prejuízo? Não adianta se ludibriar (enga-

PR. Felipe Palomares - Min. Palavra e Verdade nar) nesta próxima quarta-feira procurando uma autoridade eclesiástica para confessar os seus excessos pecaminosos, utilizando a figuração das cinzas -> o pior pecado é aquele que se inflama através da agravante chamada iniqüidade, alguém já recitou para você este texto bíblico Gl.6.7 ““Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” -> Não seja a oferenda deste ano... ainda há tempo...Volte-se para Cristo, pois enquanto o Diabo projeta meios para te destruir Jo10.10b – “Jesus veio para que tenham vida, e que a tenham em abundância”


Edição 2 - Ano 1

Vinte cidades recebem ambulâncias para o Samu

Santa Rosa está entre as 20 cidades contempladas

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) Regional entregou no dia 5 de fevereiro, terça-feira, 20 novas ambulâncias. A solenidade de entrega foi às 10h, na sede do Samu, localizada em Ribeirão Preto. Desse total de veículos, dois ficaram em Ribeirão Preto e as demais para as cidades integrantes do consórcio do Samu Regional. As cidades contempladas são: Altinópolis, Barrinha, Brodowski, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Guariba, Guatapará, Jardinópolis, Luiz Antonio, Monte Alto, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa de Viterbo, Santo Antonio da Alegria, São Simão e Serrana. Os veículos foram adquiridos pelo Ministério da Saúde e cada um está avaliado em R$ 128 mil. Eles já vêm equipados com oxímetro e des-

Prefeito Cassinho e vice Lê - Nova ambulância SAMU fibrilador, exceto os de Ri- cia. Segundo o prefeito, o beirão Preto, que são para Município precisa de cerca renovação da frota. Ribei- de 90 dias para adequar e rão Preto é o polo gerencial colocar o serviço em fundo consórcio pelo novo cionamento. “Precisamos sistema de atendimento de de capacitação para enferambulâncias e chamadas meiros, técnicos, auxiliares de 192. Como polo regio- e condutores, uniforme, nal, Ribeirão Preto centra- sistema de rádio, conforme liza as chamadas e norteia determina o Ministério da a ambulância necessária do Saúde. A base será na UBS Samu para cada ocorrên- do Povo.

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

9

Vivendo autenticamente... “Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus” (Mt 7, 21) Quem nunca se deparou com momentos da sua vida em que se questionou sobre a razão e o sentido da sua vivência religiosa, da sua fé? Quem é que nunca se questionou sobre o porquê ou a real necessidade de tantos trabalhos pastorais, reuniões e energias gastas na evangelização? Certamente são questionamentos legítimos e que, quem ainda não os teve, seria um bom momento para e refletir. Sabemos que só podemos expressar a nossa fé, que é uma atitude de viver conforme Cristo, sendo fiel e obediente a Deus através da ação do Espírito Santo, através de nossas opções concretas, das nossas atitudes do dia-a-dia. Mas estas opções concretas são realizadas por nós inseridas dentro de um contexto, dentro de uma situação presente, e que nem sempre são capazes de refletir sua real intenção. Ou seja, nossa liberdade está sempre sob a pressão concupiscente do pecado. Por esta razão, sempre se faz necessário revermos nossa maneira de ser e de viver, para que possamos cada vez mais viver autenticamente como cristãos. Sim, devemos

estar em constante vigilância, em constante processo de conversão. Onde a chave desse processo está na autenticidade, na nossa honestidade diante de nós mesmos e do outro de reconhecermos nossas fraquezas e nossos limites. Autenticidade e humildade para assumirmos as nossas sombras, os nossos limites, o nosso lado que temos vergonha de reconhecê-lo. Porque um processo de conversão que não parta de dentro da pessoa, da sua identidade mais profunda e radical, que não assuma suas sombras, não é um processo de conversão. É apenas um paliativo para acalmar nossas consciências e tentar nos convencer, e ao próximo, que estamos buscando o caminho de Deus. É um processo extrínseco estéril que não é capaz de transformar a pessoa em sua totalidade. É um processo de faz-de-conta que leva à frustração da pessoa. “Sede perfeitos assim como o vosso Pai é perfeito”. Essa é a nossa meta. Uma meta certamente inatingível enquanto não tivermos o encontro com Deus face a face. Uma meta inatingível sim, porém estimulante. Uma meta que nos diz que nunca devemos nos acomodar e deixar de buscar a libertação da nossa liberdade. Nunca devemos deixar de buscar a todo instante a nossa conversão autêntica, assumindo nossa real identidade, para que, aos poucos e com a ação do Espírito Santo, possamos nos configurar a Cristo.

Padre Alex Cássio Pereira

Se a evangelização e os encontros pastorais na Igreja Católica estivessem mais voltados no auxílio mútuo para o processo de conversão autêntica e menos preocupados em transmitir doutrinas e ensinamentos, veríamos comunidades cristãs sendo mais sinais de Jesus no mundo. Não é vestindo a fantasia da “santidade” que estaremos nos convertendo ou ajudando nosso próximo nesse processo. E sim, assumindo nossas falhas e limitações, para a partir delas começarmos o processo autêntico de transformação. Mais vale um pecador que, na tentativa de agir segundo a ação do Espírito Santo, cometeu erros, do que uma “santidade” aparente de alguém que nunca tentou agir autenticamente, ficando apenas no comodismo e na superficialidade da vivência e dos relacionamentos.


10

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

11


12

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

13


14

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

15

Presidente da Câmara fala sobre os problemas do Município

Em entrevista para o Jornal Cidade em Foco SRV, O Presidente da Câmara dos Vereadores, Luis Reis Augusto – Bode (PT), fala sobre alguns dos problemas atuais do Município e relacionamento do Legislativo com Executivo.

Casas Franco Montoro “Estou acompanhando de perto e esperamos que em breve o problema seja resolvido. Acompanhei em várias ocasiões o ex-prefeito e sei o esforço que foi feito para que a verba fosse aumentada de cerca de 7 milhões (data da assinatura do contrato) para cerca de 14 milhões, para assim poder adequar as contruções para o tipo de terreno. Além dos muros de arrimo, as galerias também tem que ser concluídas. Essa medida ajudará a minimizar os problemas enfrentados pelos morado-

res, devido as fortes chuvas”.

Transporte Escolar “O prefeito se comprometeu comigo que irá solucionar o problema e adaptar o transporte dentro da realidade da prefeitura e de acordo com as necessidades dos alunos. É preciso ver caso a caso, o aluno deve estudar nas Unidades Escolares próximas de sua moradia. Quando não houver Unidade Escolar próxima, aí sim o transporte deve ser disponibilizado. Relacionamento dos prefeito e vice com os vereadores Até o momento a relação está tranqüila. O prefeito atende a todas as solicitações dos vereadores, até onde eu sei. Nosso trabalho é coletivo, e eu como Presidente da Câmara, procuro direcionar a todos.

Luis Reis Augusto, conhecido como Bode - Presidente da Câmara Municipal


16

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

17

Carnaval 2013 – Aposte nos looks com shorts jeans customizados. Faça você mesmo short dip dyed ou com aplicações

Saiba que o feriado mais festivo do Brasil acontece esse final de semana. Já sabe o que vestir? Que tal apostar nos shorts jeans? Versáteis, confortáveis e práticos, eles conquistaram o guarda-roupas feminino e se tornaram clássicos. Vamos colocar as pernas de fora? O modelo mais em alta são os “dip dyed”, ou seja, os tingidos irregulares que podem ser degradês

ou com mistura de cores. Barras desfiadas e aplicação de tachas também estão bombando, por isso invista nesses pequenos detalhes. Você também pode aplicar brilhos e spikes para deixar o modelo ainda mais bacana. Coloridos Quer aprender como fazer você mesmo?. É só pegar uma calça jeans antiga, que pode ser sua ou até do namorado (o short

fica mais larguinho e mais estiloso) e cortar as pernas no comprimento que desejar. Se for cortar em “V”, não se esqueça de a parte mais curta bater com a costura lateral da peça. Depois vem a hora de por a mão na massa. Corantes para tecido são vendidos em mercados e lojas de artesanato.

dida em um balde. Daí é só mergulhar o pedaço da peça. Se quiser, acrescente sal, que ajuda a fixar cor.

Leia a receita na bula e dilua o pigmento na quantidade de água quente pe-

Para tingir, mergulhe a peça em um balde com a cor diluída em água

É fácil achar os corantes, eles estão à venda em supermercados e lojas de artesanato. Já as tachinhas você encontra em lojas de armarinhos

Franja e dip dyed para você arrasar no carnaval 2013 Para colocar tachas, spi- arranhar superfícies mais kes e rebites, espere a delicadas. peça secar por cerca de um dia. Para aplicar os Descoloridos metais, é só furar a peça Para as mais básicas, aincom as pontinhas e depois da há a opção de descodobrá-las. lorir. Da mesma maneira, mergulhe o pedaço que Importante: Se optar por queira em um balde com colocar os spikes (este água sanitária. Deixe o aviamento de metal pon- produto agir. Depois é só tudinho que está super na lavar com água e sabão e moda), na parte de traz deixar secar no varal. Para do short, lembre-se que dar mais bossa, aplique pode ficar desconfortável metais nos bolsos, por na hora de sentar e ainda exemplo.


18

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

Informe Publicitário

A visão ao alcance de todos: Optometria: Assunto de Interesse Social Pelo próprio nome, Optometria significa: Opto – visão, Metria – medida. Isso quer dizer medida da acuidade visual ou medida da refração ocular. Portanto torna-se bem claro que o exame prestado pelo optometrista consiste em identificar a correção ideal com a qual a visão pode alcançar o seu melhor resultado. Ou seja, através do uso de lentes corretivas (óculos).

Lucas Lima Reis - optometrista A Optometria como profissão já existe no mundo há mais de 100 anos, tendo surgido como atividade pela primeira vez nos Estados Unidos por volta dos anos de 1860-1870. É uma profissão livre, sanitária - não médica - e independente na assistência primária. É a ciência que estuda o complexo sistema visual com o fim de obter da visão o máximo rendimento visual com o mínimo gasto energético. Para consegui-lo, a OPTOMETRIA recorre às várias áreas do conhecimento: anatomia, biologia, neurologia, farmacologia, patologia, fisiologia, psicologia, ergonomia, etc.; mas de forma preferencial há uma parte da física que mais tem contribuído para o desenvolvimento da humanidade: A FÍSICA ÓPTICA. Um óptico-optometrista é o profissional sanitário primário que se encarrega do sistema visual funcionalmente inadequado. Está qualificado a determinar o estado de saúde visual e a valoração funcional dos componentes de acomodação refrativa, ocular-sensorial-motora e percentual do aparelho visual. Atualmente, a Optometria é uma profissão completamente difundida e respeitada no mundo inteiro, sendo que está presente em mais de uma centena de paises no mundo, entre eles: Estados Unidos, Canadá, México, Cuba, Panamá, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Inglaterra, Alemanha, Itália, Portugal, Espanha, Rússia, Japão, China, Índia, África do Sul, Quênia, Israel, Líbano, Nova Zelândia, Aus-

trália, entre outros. Nos países que adotam a OPTOMETRIA, percebeu-se uma melhor distribuição desses profissionais em regiões longínquas e de difícil acesso. Isto facilitou o atendimento à população, principalmente, a menos favorecida. Em todos estes países o profissional em Optometria possui qualificação específica e trabalha em harmonia com todos os outros profissionais sanitários e médicos. A optometria é uma ciência já disponível em nosso país através do trabalho dos ópticos-optometristas. Atualmente, o Brasil possui diversos centros de formação técnica e acadêmica de optometristas, mas o seu trabalho ainda é pouco conhecido pela sociedade. Os benefícios proporcionados pela optometria têm sido pouco divulgados e adotados pelas autoridades de saúde, no Brasil, principalmente devido à desinformação sobre o assunto. Nosso país enfrenta uma grave situação na área de saúde visual, pois 56% de sua população, ou seja, cerca de 95 milhões de pessoas, possuem dificuldades para enxergar devido as alterações visuais de causas ópticas (refrativas) e não patológicas (doenças oculares). As crianças que não enxergam bem têm um rendimento escolar medíocre, com elevados níveis de repetência, os quais acabam por desestimular a continuidade de seus estudos. Milhões de adultos têm sua produtividade reduzida ou até interrompida e os idosos detêm uma queda brusca de qualidade

de vida pela falta de uso de um simples par de óculos. A nação brasileira perde muito dinheiro e talento por questões relacionadas à visão. Esse problema pode ser resolvido de forma rápida e acessível, através da optometria. Na legislação nacional, a Optometria é uma atividade reconhecida pelo Decreto-Lei n° 20.931 do ano de 1.932. Outro importante reconhecimento é por parte do Ministério da Educação que registra hoje vários cursos de nível técnico e também superior em optometria, totalmente regulares com as normas da educação. E a regulamentação vem pelo Ministério do Trabalho, que através da CBO – Classificação Brasileira de Ocupações estabelece a área de atuação do Óptico Optometrista, determinando suas atribuições, onde bem claro a realização de Exames de Refração Ocular e a Adaptação de Lentes de Contato. A atuação do Óptico Optometrista é de suma importância na prevenção da cegueira, pois pode identificar casos em que o indivíduo tenha que se submeter a uma cirurgia e assim encaminha-lo a um especialista. Na solução de problemas oculares e na correção de disfunções visuais de origem não patológicas (vícios de refração: miopia, hipermetropia, presbiopia, astigmatismo, etc), trabalhando especificamente sobre o ato visual e não sobre o globo ocular, realizando um atendimento visual primário e não uma intervenção de caráter médico, posto que a Optometria não é uma emanação da Medicina.

O Optometrista não utiliza qualquer medicamento ou técnica invasiva ao corpo humano. Todos os equipamentos utilizados são de caráter observativo e direcionados a avaliação quantitativa e qualitativa do sentido da visão. Também é preparado para reconhecer uma alteração visual de ordem patológica ocular ou sistêmica, encaminhando, nestes casos, a um profissional da área de médica, realizando assim seu trabalho de prevenção. Sendo um profissional sanitário, o Optometrista trabalha em harmonia com outros profissionais da saúde, sendo um dos elos fundamentais na cadeia multi-profissional e multi-disciplinar, em benefício da saúde da população. A Optometria possui reconhecimento de Organizações Mundiais: OMS-ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE Afirma que o profissional em Optometria é a responsável principal pelo atendimento primário a visão. OPAS – ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DE SAÚDE Preconiza desde 1984 sobre a importância da atenção primária (prevenção) como pilar da saúde visual, serviço este realizado por Optometristas, profissionais especializados e preparados para esta função. ONU – ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS Reconhece a profissão de Optometrista como prestador de serviços de atendimento primário à visão. A OPTOMETRIA lida com a SAÚDE VISUAL, entretanto não exerce nenhuma atividade médica. Medicina é saúde. Saúde não é medicina. A saúde não é privativa de nenhuma profissão.

A medicina estuda as enfermidades. As ciências da saúde estudam como evitá-las. Portanto, o êxito da medicina depende do fracasso da saúde, da mesma forma que a cirurgia surge como conseqüência do fracasso da medicina. A saúde não é medicina e tão pouco é ausência de enfermidade. A saúde, em suma, é qualidade de vida. A OPTOMETRIA é a alternativa mais eficaz e menos onerosa no combate à baixa qualidade visual de um povo. Apesar da pressão de interesses contrários, a Optometria vem crescendo no Brasil através dos Conselhos Regionais. Os serviços prestados nas Brigadas Optométricas, realizadas pelo CBOO – Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria vêm comprovando a legitimidade da atividade. A Optometria tem como objetivo prevenir, detectar e solucionar problemas visuais. Seu objetivo final é alcançar a máxima performance com a fadiga visual mínima. Para fazer isso, também estuda o estado refrativo do olho, o que pode ter influenciado de alguma forma, aspectos de aprendizagem visual e desenvolvimento, binóculos possíveis disfunções hábitos quanto à postura e leitura de ambiente, distância ou ambiente. A Optometria presta especial atenção ao funcionamento do sistema visual em distâncias curtas (leitura, escrita, trabalho de precisão, computadores ...), porque é onde mais se originam disfunções visuais. Os termos de visão e os olhos são intimamente relacionados, mas não o mesmo. Os olhos recebem estímulos visuais e ver através deles, mas apenas compreender e aprender através da visão. Em outras palavras, a visão é a capacidade de processar a informação a partir do ambiente e compreender o que é visto através dos olhos. Optometria no SUS JÁ!! Na rede pública, o paciente pode esperar meses para ser atendido, sendo que a maioria dos casos poderia ser solucionada pela ação do optometrista, reservando a consulta oftalmológica para os casos mais graves. A optometria também poderia, por exemplo, tornar realidade o atendimento pri-

mário qualificado da grande massa de alunos da educação básica, identificando problemas visuais e fazendo a triagem dos casos patológicos enviando aos oftalmologistas. Estatística do conselho brasileiro de oftalmologia diz que, em cada 10 crianças 8 nunca fizeram um exame de vista, e essas 2 que fizeram foram triadas por professores em sala de aula. Agora você pode ver quem faz a triagem para encaminhar para um oftalmologista para ver se ele esta livre de alguma patologia é um professor sendo que não é sua função fazer isso e sim ensinar nossas crianças a ler e escrever! A Optometria está presente em centenas de países, a profissão trabalha em harmonia com outros profissionais de saúde, sendo um dos elos fundamentais na equipe multidisciplinar e multiprofissional, em benefício da saúde da população. Optometria - Profissão de 1º mundo, AGORA no Brasil. Meu Apelo Social •Melhoria nos atendimentos dos Postos de Saúde dos bairros, com incentivo para contratação de mais profissionais. A saúde é multidisciplinar e precisamos contratar o maior número de profissionais para uma melhor prestação de serviços ao cidadão santa-rosense. •Melhorar o Setor Óptico com qualificação profissional e muito mais... •Incentivar a contratação de um optometrista para cada posto de Saúde dos bairros, para desafogar os grandes centros e dessa forma eles terem mais tempo para dedicar-se na realização de cirurgias e tratamentos de doenças, para podermos diminuir o índice de cegueira que aumenta a cada dia, pois doença não espera. •Conscientizar a população sobre a importância do profissional Optometrista, para nossa saúde, pois se podermos ser a 20ª(vigésima) profissão mais bem paga dos Estados Unidos e a 1ª(primeira) barreira contra cegueira no mundo – OMS. Merecemos ser reconhecidos na saúde brasileira. Lucas Lima Reis Optometrista: Faculdade Filadélfia.


Edição 2 - Ano 1

Em foco – Facebook Jovens que se destacam nas redes sociais Inteligentes, irreverentes e despojados nossos jovens cada vez mais chamam atenção pelas redes sociais. Aí estão alguns que se destacam com publicações de autores que admiram ou com suas próprias publicações, tornando público seus desabafos, seus amores, ódios, suas opiniões em geral. Nessa edição escolhemos três destaques. Aí estão eles: Henrique Garbuglio, Juliana Porfirio, Julia Maria. Cada um com seu jeito exclusivo de ser. De cada um, uma das suas várias publicações que deram ibope.

Juliana Porfirio Comemorando a aprovação no vestibular 49 pessoas curtiram

Julia Maria Sobre a postagem de uma foto 64 pessoas curtiram

19

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

Henrique Garbuglio Sobre o carnaval 67 pessoas curtiram

Se sua opinião me fizesse diferente...

Salve, salve! Vamos lá de novo, para alegria dos que me amam e tristeza dos que me odeiam. Essa semana o assunto foi Silas Malafaia De Frente com Gabi, deveria ser De Frente com a Opinião que Eu Não Pedi. Digo isso, pois enquanto alguns se rasgam pelo que o homem disse a minha vida continua caminhando e minhas contas vencendo e o patrimônio dele aumentando. E enquanto estou aqui escrevendo, estou pensando: Que diferença me faz a opinião desse senhor e de algumas outras pessoas? Não vou entrar no quesito genética, até por que ele falou tanta asneira que se for enumerar aqui, passaríamos horas e horas. Mas falando em religião vamos pensar o seguinte: Como disse a semana passada, nasci assim. Não escolhi, quando nasci, não tive a opção de assinar um documento dizendo que seria gay pro resto da minha vida. E agora então, tenho de viver o resto

Por André Nader

da minha vida achando que Deus não me aceita também? Não bastasse preconceito, discriminação e mais outras coisas. Pois bem, se Deus está contra minha condição e volto a dizer, condição sim e não opção já que não tive escolhas, por que então ele tem me abençoado e me contemplado com tantas graças? Tá!!! Já me basta não poder entrar numa igreja e exercer meu papel de fiel. Então, o que o senhor Silas Malafaia e seus seguidores têm a pensar sugiro que fiquem para eles. Opinião cada um tem a sua, tenho a minha sobre eles e nem por isso saio gritando aos quatro cantos. A diferença é que eu ainda respeito as pessoas e suas diferenças. E tenho dito. Beijo e até a próxima!


20

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013


Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

21

Drops da Net

Dieta das Panicats

Quem vê as beldades do programa Pânico na TV (as famosas Panicats), fica se perguntando, inevitavelmente, COMO será que chegaram àqueles corpos esculturais? O que será que elas fazem no dia a dia além dos treinos pesados na academia? CAFÉ DA MANHÃ: o café da manhã é muito importante e determina a qualidade do dia inteiro. Se o café da manhã for de boa qualidade, com frutas, pães integrais, sucos de frutas naturais, etc. ALMOÇO: Dê preferência aos vegetais livres de

agrotóxicos, alimentos integrais, como o arroz, carboidrato e proteínas, que podem ser encontradas também no ovo. Vegetais e proteínas são ótimos companheiros. LANCHES DA TARDE: Sanduiches naturais (leves), água de coco, sucos naturais, castanhas, amêndoas e vitaminas, são ótimas pedidas para o lanche rápido, só deve-se ter o cuidado de não exagerar. JANTAR: esta refeição exige um cuidado maior com os excessos, pois uma boa noite de sono é

fundamental para o rendimento do dia seguinte. Algumas pessoas sofrem de dores de cabeça e até insônia devido à uma má alimentação nessa hora, já que tem mais tempo,calma e paciência para jantar, é comum abusarem de bebidas ou da comida.

Embora a captação líquida da poupança (diferença entre os depósitos e os saques) in-

dique que a caderneta ainda tem a preferência dos brasileiros na hora de aplicar.

O dólar comercial acelerou a queda nesta quinta-feira (7) e atingiu o menor nível em

Com juro baixo, poupança deve perder a preferência, dizem especialistas

LANCHE DA MANHÃ - 4 claras de ovos e 2 batatas cozidas; 1 dose de Whey Protein. ALMOÇO - arroz parboilizado. Frango grelhado; batata assada. LANCHE DA TARDE macarrão integral; frango grelhado. ANTES DO TREINO Maltodextrina e bcaa. DIETA DA JUJU PA- DEPOIS DO TREINO NICAT 1 dose de Whey Protein CAFÉ DA MANHÃ - Isolado e bcaa. leite desnat. Com 1 colher JANTAR - frango grelhapequena de chocolate em do; batata assada. pó; 4 fatias de pão inte- ANTES DE DORMIR gral com manteiga light; 1 dose de Whey Protein Suco Ades Isolado.

Dólar cai a R$ 1,972, menor valor em 9 meses; Bolsa tomba pelo quarto dia seguido.

quase nove meses, fechando com baixa de 0,82%, a R$ 1,972 na venda.

Nunca é tarde Nunca é tarde para pensar na vida, procurar uma saída, erguer as mãos caídas, recomeçar... Nunca é tarde para levantar os olhos, andar de cabeça erguida, contemplar um novo horizonte, sonhar... Nunca é tarde para estender a mão amiga para tirar alguém da briga que luta contra a solidão, nunca é tarde para ouvir a voz da razão seguir a ordem do coração e viver com gratidão... Nunca é tarde para saciar a fome ao dividir o pão, ser luz para alguém sair da escuridão, caminhar de mãos dadas sentindo a emoção de haver feito o bem para um irmão... Nunca é tarde para rever os amigos, ajudar os aflitos, resolver os conflitos no diálogo e não aos gritos, ser vencedor e não vencido pois tudo é belo mais que bonito... Nunca é tarde para mudar os planos, recuperar o ânimo, caminhar juntos, rever os enganos, enfrentar as barreiras

Mensagem de Chico Xavier dos anos e no final ainda dizer te amo... Nunca é tarde para dizer sim para vida, para dizer perdão querida, dizer não ao ego enxugar uma lágrima para curar um ferida... Nunca é tarde para mudar de gesto, de atitude e de pensamento para ser feliz, deixar o protesto, sentir a liberdade numa prece... Nunca é tarde para dar um basta na amargura, refazer a postura, deixar a vida dura, encontrar a esperança que ficou perdida, viver a paz que é sem medida... Nunca é tarde para abraçar um filho, sentir o seu amor, orientar seus caminhos para jamais andar sozinho e deixar de ser menino em sua vida escolhida... Nunca é tarde para sorrir, agradecer a Deus pela vida, viver a realidade de um novo dia, prender o que não sabia, fazer o que não fazia e ensinar o que vivia...


22

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

Sociais

Os melhores clicks sempre por aqui, no Jornal Cidade em Foco SRV. Confira!

Will e sua esposa Kelly, com pequena Pietra.

Aline (OAB) curtindo um happy hour

Marcio Cicolani (Martelinho de Ouro) e Gislaine (Bella Casa Acabamentos) no Puerto Escondido

Renata Costa na Chopp Mania

As “Gis” da Farmácia do Seu Zizico.

Chaquib atendendo Julie – O Café, que fica de esquina com o fórum oferece uma deliciosa novidade Leite Gelado com chocolate – Fica muito cremoso e delicioso. Vale a pena experimentar.

Eliane e Soninha da Conveniência do Posto Terra Flores

Norberto e Cássia – Em breve, novidades em negócios.


Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

23


24

Edição 2 - Ano 1

Sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013

Cidade em Foco SRV - Ed. 3  

Cidade em Foco SRV - Ed. 3

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you